linsell simone

Сomentários

Transcrição

linsell simone
Impresso Especial
9912287935/2011-DR/MG/MG
Sociedade Brasileira de
Ortopedia e Traumatologia
Regional Minas Gerais
Revista da SBOP
Sociedade Brasileira de Ortopedia Pediátrica
ano 2 - n° 5 - maio/junho/julho de 2012
... Correios ...
...
DEVOLUÇÃO
GARANTIDA
... Correios ...
Evento reúne especialistas em Fortaleza
Assembleia da SBOP aprova resoluções durante o X CBOP........ pag 08
Linha do Tempo..................................................................................pag 12
Com a palavra , Dr. Paulo Bertol .......................................................pag 14
3
Sociedade Brasileira
de Ortopedia Pediátrica
Al. Lorena, 427 - 14º Andar
Cep: 01424-000 - São Paulo/SP
www.sbop.org.br
[email protected]
F: (11) 2137 5400
Diretoria:
Presidente:
Dr. Rui Maciel de Godoy Jr
Vice-Presidente:
Dr. Alexandre F. de Lourenço
Secretário-Geral:
Dr. Miguel Akkari
1º Secretário:
Dr. Gilberto Francisco Brandão
1º Tesoureiro:
Dr. Gilberto Waisberg
2º Tesoureiro:
Dr. Pedro Henrique Barros Mendes
Comissão Científica:
Dr. Mauro César de Morais Filho
Dr. Luís Eduardo Munhoz da Rocha
Dr. Jamil Faissal Soni
Dr. André Luis Fernandes Andujar
Revista da SBOP:
Criação / edição:
Via Comunicação/BH
Telefax: (31) 3291-1305
Fotolito/Impressão:
Gráfica Premier
F: (31) 3025-3333
Periodicidade:
trimestral
Tiragem:
3.000 exemplares
As informações
da Revista da SBOP podem
ser reproduzidas, desde
que citadas as fontes.
Palavra do Presidente
Dr. Rui Maciel de Godoy Junior
Presidente da SBOP
Caros(as) colegas,
A nova edição da nossa Revista da SBOP traz muitas notícias
e informações para vocês.
Após o Curso Internacional de Pé da Criança e Adolescente
realizado em São Paulo, tivemos em junho, a nossa grande
reunião bienal em Fortaleza-Ceará.
O Congresso Brasileiro de Ortopedia Pediátrica trouxe grande
contribuição científica aos ortopedistas que se dedicam às
crianças e adolescentes.
A participação dos convidados nacionais e internacionais foi
relevante e a grande integração e participação da platéia foi um
demonstrativo claro da concretização dos objetivos do CBOP.
O clima de Fortaleza e suas belezas naturais foram o cenário
perfeito para nosso evento maior, que, como de hábito, desenrolou-se em ambiente de união e amizade.
Em nome da SBOP, quero agradecer à toda a comissão
organizadora, dirigida pelo Paulo Colares, que não mediu esforços para fazer desse congresso um enorme sucesso tanto
do ponto de vista científico quanto social.
Durante a assembléia foi realizada a eleição da Diretoria 2013/
2014 que será presidida pelo Alexandre Lourenço.
Nosso próximo encontro será no CBOT de Salvador-Bahia, em
novembro, onde haverá o pré-congresso e o Dia da Especialidade com a presença do convidado internacional Vernon Tolo.
Abraços a todos.
4
editorial
Estimados colegas,
A nossa Revista chega ao quinto número e frente às manifestações de vários colegas, estamos trabalhando para que ela
seja cada vez mais interessante. Temos um novo parceiro, o
laboratório Sanofi, que apoirá integralmente as edições desde ano.
Dr. Gilberto Brandão
1° Secretário da SBOP
Na coluna Linha do Tempo, a partir deste número,
relembraremos os nossos CBOPs, fonte esta que será utilizada para atualizar a história de nossa sociedade no site da
SBOP.
A ortopedista homenageada é a Dra Jacinta Prado, médica
pioneira na condução da ortopedia pediátrica no estado do
Ceará. Falando em Ceará, especialmente em Fortaleza, há uma
matéria sobre o nosso evento maior, o X Congresso Brasileiro de Ortopedia Pediátrica, organizado brilhantemente pelo
colega Paulo Colares.
Na Coluna dos ex-presidentes, o Dr. Paulo Bertol, um dos
fundadores da SBOP, faz algumas observações importantes
sobre a nossa atuação profissional, bem como o crescimento
de nossa sociedade.
Um grande abraço e não deixem de enviar matérias e sugestões de pauta para a nossa revista pelo e-mail:
[email protected] .
Ótima leitura!!!
fatos
& fotos:
Ortopedistas pediátricos brasileiros no POSNA-2012:
Cristiana Virgulino, Simone Batibugli, Luciano Dias,
Helder Yamada, Marcus Vinicius Moreira, Patrícia
Fucs, Mauro Morais Filho e Alexandre Lourenço.
5
X Congresso Brasileiro foi um sucesso
* Dr. Paulo Colares
A SBOP apresentou, entre os dias 6 e 9 de junho,
em Fortaleza, a décima edição do seu Congresso Brasileiro. O encontro aconteceu no maior e melhor Centro de Eventos particular do
estado do Ceará - a Fábrica
de Negócios.
A Comissão Organizadora
teve a honra de receber 357
congressistas de todas as regiões brasileiras que colaboraram para a marca maior desse
evento: a troca de experiências
entre todos os participantes.
Para essa edição foram
convidados colegas reconhecidos internacionalmente,
como o Dr. Paulo Selber, brasileiro que há cerca de 15 anos
trabalha no The Royal
Children’s Hospital em Melbourne - Austrália, que abrilhantou nosso congresso com
aulas especiais na Neuro-Ortopedia, além de um workshop
magnífico sobre o uso de Toxina Botulínica/Fenol nas Doenças Espásticas Infantis.
Destaque também para o colega Michael Millis, referência
mundial no tratamento das doenças do quadril infantil, do
adolescente e do adulto jovem, através de seu “Child
and Adult Preservation Program”, no Boston Children’s
Hospital e na Harvard Medical School. Ele foi responsável por um disputado
Dr. Paulo Colares - Presidente do X CBOP 2012, durante
discurso de boas vindas aos congressistas
workshop que abordou o Tratamento das Doenças do Quadril na Criança e Adolescente.
Ainda tivemos a oportunidade de presenciar as aulas
do colega russo, erradicado
nos EUA, Dr. Alexander
Cherkashin, do Texas Scottish
Rite Hospital for Children, que
abordou assuntos no tratamento das deformidades de
membros com fixador externo
monoplanar e circular e ministrou o workshop “Tratamento das Deformidades dos
Membros de Crianças e Adolescentes com Fixadores Externos Monoplanares e Circulares - Orthofix Pediátrico”.
Para completar esta equipe de expoentes, tivemos a
oportunidade de presenciar
nossos colegas hermanos
argentinos Juan Couto e Francisco Lucero, com importantes assuntos na Ortopedia
Pediátrica.
Tivemos também três cursos simultâneos: Pediatria
nas Doenças Musculoesqueléticas; Especialidades Pediátricas nas Doenças Musculoesqueléticas e Fisioterapia
nas Doenças Musculoesqueléticas Infantis, onde tivemos
a oportunidade discutir com
nossos colegas e parceiros as
doenças infantis pertencentes a essa interface, no sentido de aprendizado mútuo.
Foram oferecidos amplo
espaço de estandes aos nossos 12 patrocinadores: Sanofi-Aventis, Allergan, DMX
Medical, Ortoplan/Orthofix,
Helca, Rhosse, Ortofor, Tecnimed, Livro Norte, Ipsen, Intermedic e Biomarin, além de patrocínios em ítens extras: Richards e Boghos Boyadjian,
todos fundamentais para a o
sucesso do nosso evento.
De suma importância também o patrocínio do Governo
do Ceará e demais apoiadores,
em especial a SBOT-CE .
Nos dias de 06 a 09 de junho ocorreram momentos de
6
muita animação e descontração entre os participantes. Na
quarta-feira (06) tivemos um
jantar com a presença de vários dos nossos convidados
internacionais em um tradicional restaurante alencarino. Já
na 5a feira (07) podemos contar com uma animada festa
para os presentes na solenidade de abertura, com Carol
Oliveira e Banda Dona Flor. Já
na sexta-feira (08) podemos
presenciar um forró autêntico
no Bar e Restaurante “Arre
Égua”, além de uma decoração
típica da cultura cearense. No
sábado (09), após solenidade
de encerramento, tivemos uma
tarde de muito samba no Bar
Tereza e Jorge.
Depois de meses de preparação e esses dias de convivência e muito trabalho, sabemos hoje que a SBOP e a
Comissão Organizadora do X
Congresso Brasileiro de Ortopedia Pediátrica cumpriu
seu intuito de proporcionar a
todos nossos participantes,
familiares e colaboradores,
momentos memoráveis, amizades estreitadas e muito
aprofundamento científicoprofissional.
Valeu a pena ter ido a Fortaleza, pois todos nós alcançamos nosso objetivo, CRESCER !!!
Flashes do evento
Drs. Paulo Selber, Michael Mills e Willian Belangero
Drs Anastácio Kotzias
e João Leite
Valeusca Godoy, Nazaré
Brandão e Rui Maciel
Drs. Alexandre Lourenço,
Augusto Monteiro e Rui Maciel
Dr. Rui Maciel
Stand da Sanofi
Dr. Paulo e Karen Colares
com os colabodores do evento
Paulo Colares
Presidente do X CBOP 2012
7
Dr. Alexander Cherkashin
durante workshop
Homenagem às esposas: Karen Colares e Valeusca Godoy
Dra. Patrícia Fucs,
Michael e Jill Mills
Drs.Miguel, Patrícia,
Francisco, Clóris e Gilberto
Drs. Ana Paula e Gilberto
Brandão
Dr. Juan Couto
Flashes do evento
Dr. Paulo Selber
Novos membros da SBOP
Encerramento do X CBOP
8
Assembleia Geral da SBOP: Drs. Gilberto Wrisberg, Miguel Akkari, Rui Maciel e Alexandre Lourenço
Assembleia Ordinária do X CBOP
Durante o X CBOP,
realizado em junho deste
ano, em Fortalez, aconteceu a tradicional Assembléia Ordinária da Sociedade Brasileira de Ortopedia Pediátrica para
aprovação de várias resoluções de interesse da
entidade e do ortopedista
pediátrico. Entre elas foi
eleita a nova chapa da
SBOP- Gestão 2013/
2014, que terá como presidente o colega Alexandre Lourenço.
Na ocasião, ficou definida também a data e local do XI CBOP. Ele será
realizado em 2016, em
Belo Horizonte, sob a presidência do Dr. Gilberto
Francisco Brandão.
Durante a assembléia
foram aprovadas ainda as
seguintes propostas: menções honrosas para o Dr.
Willian Belangero, por seu
trabalho frente à Revista
científica; para o Dr. Gilberto Francisco Brandão,
por seu trabalho junto ao
Jornal da SBOP; e para o
Dr. Rui Maciel de Godoy
Jr., por sua atuação como
presidente da SBOP.
Foi criada também
uma comissão para revisão do Estatuto da SBOP,
assim constituída pelos
doutores Edilson Forlin ,
Jamil Faissal Soni e Marcos A. Almeida Matos.
Em decorrência desta revisão, o Dr. Rui Maciel de
Godoy sugeriu a criação
de uma condição de membro associado à SBOP.
Além disso, foi aprovada também o lançamento,
ainda este ano, de mais
uma edição do Suplemento da RBO em Ortopedia
Pediátrica.
Entre as orientações
aprovadas, os sócios poderão enviar suas sugestões de projetos a serem
desenvolvidos pela SBOP
pelo novo site da sociedade: sbop.org.br .
Finalizando, o Dr. Akel
Nicolau Akel Jr., presidente do TROIA 2013, anunciou que o evento será realizado nos dias 7 e 8 de
junho, em Vitória / Espirito Santo.
9
Entrevista: Homenagens às ortopedistas
D r a. Jacinta Maria da Silva Prado
Nascida em Fortaleza,
Dra. Jacinta Maria decidiu
cursar medicina ainda na
adolescência, teve por influência um vizinho que falava
muito sobre a profissão. Desde então nunca se imaginou
trabalhando em algo fora da
área da saúde.
Formada em Ortopedia
Pediátrica pela Universidade
Federal do Ceará, fez residência no Hospital Infantil Albert
Sabin e atualmente é coordenadora da Ortopedia e Preceptora da Residência neste
mesmo Hospital.
Ela conta que a paixão
pela Ortopedia Pediátrica
nasceu após concluir a residência em pediatria, quando passou a trabalhar em
um hospital terciário e teve
contato com o setor de Ortopedia Pediátrica. “Decidi
pela residência em Traumatologia-ortopedia já com o
objetivo de me dedicar à
área pediátrica”.
A Dra. Jacinta revela que
tem estudado Andragogia,
segundo ela é muito interessante e necessário aos médicos dedicados ao ensino.
“São métodos modernos e
eficazes que contribuem para
Foto
Dra. Jacinta Maria: referência em Ortopedia Pediátrica
melhor aproveitamento dos
nossos residentes”, afirma.
Assim como em todos os
setores da medicina, evidentemente o avanço tecnológico chegou a Ortopedia Pediátrica, segundo ela a ortopedia tem passado por mudanças desde novas técnicas cirúrgicas até o retorno ao método de Ponsett para tratamento do Pé Torto Congênito. “O Ponsett é um método
para tratar PTC usado há mais
de 50 anos e abandonado por
algumas décadas, hoje é o
mais moderno”, explica.
Ela conta que ainda passa por grandes desafios, entre eles está à dificuldade do
atendimento pelo SUS e o
relacionamento com as ope-
radoras dos planos de saúde. “Para realizar um bom trabalho continuamos trabalhando excessivamente, descuidando de nossa própria
saúde e até mesmo de nossas famílias”. Outra dificuldade proporcionada pela
profissão é a demanda reprimida no serviço público pela
falta de ortopedias na área
pediátrica.
Dra. Jacinta Maria é mãe
de 3 filhas, e se orgulha por
ter sido exemplo para elas, já
que as três são formadas na
área de saúde. “Acho que a
mulher tem a capacidade de
realizar muitas tarefas simultaneamente. Penso que consegui cumprir meu papel de
mãe com sucesso”.
10
Aliviando
o estresse
2° World Congress on External Fixiation
& Bone Reconstruction Societies 11º
Brasilian Congress of ASAMI
Inscrições e informações:
www.externalfixation2012.com ou asamifix.com.br.
Miguel Alito(à direita),
com amigo de pescaria
Sócio da Clínica Genus, em Cuiabá, Miguel
Aprelino Alito vive em seu
dia a dia uma correria típica da profissão. Entre a clínica e o ambulatório de deformidades congênitas do
Estado do Mato Grosso,
onde trabalha também, no
outro extremo da cidade,
ele enfrenta um trânsito
caótico. Para aliviar este
estresse, conta com o
apoio e o carinho da família e, nos finais de semana,
com uma “loura” bem gelada para refrescar e relaxar diante de um calor infernal de 40 graus. Além
disso, sempre que pode
viaja para a Chapada dos
Guimarães, local paradisíaco com uma natureza ímpar formada por cachoeiras, trilhas e cavernas, em
clima ameno. Mas o melhor
mesmo, afirma, é pescar.
“Cerca de quatro a seis vezes ao ano saio para uma
pescaria com amigos no
Pantanal Matogrossense.
Esta diversão desacelera
minha rotina e me dá energia para mais três meses de
labuta. Depois nova pausa para mais uma pesca.
O 2º Congresso Mundial de Fixação Externa e
Reconstrução Óssea
acontecerá em Salvador
- Bahia, entre os dias 6 e
8 de Setembro de 2012,
sob a presidência do Prof.
José Carlos Bongiovanni.
O evento é uma realizaão
da ASAMI Brasileira e
terá como principais temas o Trauma, as deformidades congênitas e as
infecções.
Seguindo orientação
da SBOT de promover a
integração dos Comitês,
serão realizados quatro
grandes pré-cursos em
conjunto com a Sociedade de Cirurgia do Tornozelo e Pé, Sociedade de
Cirurgia do Joelho e Sociedade de Cirurgia Pe-
diátrica.
O Objetivo do Congresso é discutir e divulgar as novas técnicas de
reconstrução e alongamento ósseo. Atualmente a técnica de fixação
externa é mais um instrumento no tratamento dos
distúrbios traumáticos ou
correção de deformidades e alongamento para
o cirurgião ortopédico. O
evento abordará desde os
conceitos básicos (précurso), a conceitos recentes na técnica e indicações da fixação externa, o que acrescentará
em muito na atualização
do cirurgião pediátrico.
O 2° World Congress
contará com a presença
de mais de 30 convidados
internacionais, dentre eles
o Dr. Nuno Craveiro Lopes, de Portugal; o Dr.
Maurizio Catagni, Itália; o
Dr. Dror Paley, Estados
Unidos; o Dr. Ignácio Ginebreda, Espanha; e o Dr.
Tsuchia, do Japão.
11
Agenda
 44º CBOT
Data: 15 a 17/novembro
Local: Salvador / BA
A Ortopedia Pediátrica e o Trauma Ortopédico
serão o tema oficial do 18º Congresso Mineiro de
Ortopedia e Traumatologia marcado para 09 a 11 de
agosto de 2012, em Juiz de Fora. O evento, um dos
mais importantes do calendário científico nacional,
terá como destaque internacional o Dr. John Anthony
Herring, Chefe Emérito do Serivço de Cirurgia Ortopédica do Texas Scottish Rite Hospital; e o Dr.
Wade Smith, Professor da Universidade do Colorado e Traumatologista do Swedish Medical Center,
ambos dos Estados Unidos. Dentro desse temário, a
Ortopedia Pediátrica terá papel de destaque e estará
comemorando os 100 anos da descoberta da Doença de Legg-Calvèt-Perthes. A programação terá, ainda, um curso pré-congresso e várias palestras sobre
o assunto.
De acordo com o Dr. Francisco Nogueira, presidente do evento, “para nos brindar com seu conhecimento e experiência, o Dr. Herring irá abordar os
seguistes temas, entre outros: “Perthes: Selecting the
Right Patient for Containment Treatment: age 4-9”;
“Case Discussions: Managing Perthes form Diagnosis to Adolescence”; “The Management of Neglected Foot Problems that Appear in your Office”;
“DDH Management from Ultrasound to Osteotomies”; “Amputations” “Prosthetics”; “The Treatment
of Legg Perthes Disease”; “The Management of a
Child with Limb Deficiency”; e “The Era of Polio”
O evento é uma grande oportunidade para o especialista discutir e atualizar seus conhecimentos com
um dos maiores nomes da Ortopedia Pediátrica mundial. Mais informações no site congressodeortopedi
amg.org.br.
XX Congresso Latino
Americano de Medicina e
Cirurgia da Perna e Pé
Data: 12 a 14 / novembro
Local: Salvador / BA
Informações:flamecipp.com
18º Congresso Mineiro
de Ortopedia e
Traumatologia
Data: 09 a 11 / agosto
Local: Juiz de Fora / MG
Informações:congressode
ortopediamg.org.br
Sugestão de
Leitura
Nonoperative
Treatment of
Both-bone
Forearm Shaft
Fractures in Children:
Predictors of Early
Radiographic Failure
Eric N. Bowman,
Charles T. Mehlman,
Christopher J. Lindsell
and Junichi Tamai,
MDw
(J Pediatr Orthop
2011;31:23–32)
12
pelo Dr. Marcelo Sternick
Relembrando:
V Congresso Brasileiro de Orto
LINHA DO TEMPO
O presidente do evento: Dr. Marcelo Sternick
O V Congresso Brasileiro de Ortopedia Pediátrica foi
realizado em Belo Horizonte
entre os dias 18 e 21 de junho de 2003. A escolha por
nossa cidade aconteceu durante o III Congresso de Guarujá, quando concorremos
com Salvador.
Durante o processo de
organização, fizemos uma
forte união de todos os ortopedistas pediátricos mineiros, para realizar um evento
que congregasse não só os
ortopedistas, mas todos os
médicos com especialidades
afins, e a sociedade civil.
A Comissão Organizadora, presidida por mim, foi formada pelos colegas Rodrigo
Galinari Costa Faria, César
Luiz Andrade Ferreira Lima,
Wagner Nogueira da Silva,
Ronald Moura Vale Mota,
Fernando Mascarenhas Du-
arte Mendes, Dalton Lopes
Terra, Túlio Canella Carneiro, Dorotéia Starling Malheiros, Francisco Carlos Salles
Nogueira, Ary Américo Araújo, Gustavo Alves Mendonça, Deodoro Gonçalves e
13
asileiro de Ortopedia Pediátrica
Destaque internacional: o casal
Shlomo Wientroub (Israel)
Abraçados, Paulo César Schott
e o saudoso Arnaldo Bonfim,
ambos do RJ, e Anastácio
Kotzias / Florianópolis
Rui Maciel, atual presidente da
SBOP, e Osny Preuss/Paraná
Lauro Machado Filho/Porto
Alegre, Charles Galasko/Inglaterra, Carl Stanitski/USA, Patrícia Fucs/SP
Fernando Araújo Lopes.
Contamos com o constante apoio da diretoria da
SBOP, que, durante a organização e realização do evento, foi dirigida pelos colegas
Akira Ishida e Patrícia Barros de Morais Fucs. Pela primeira vez, nosso congresso
teve o apoio da Sociedade
Brasileira de Pediatria, na
época presidida pelo saudoso Lincoln Freire. Também
teve um pioneiro e importante apoio da UNICEF.
Cerca de 320 ortopedistras participaram do evento,
abrilhantado pela presença
dos renomados convidados
internacionais: Carl Stanitski/
Estados Unidos, Charles Galasko/Reino Unido e Shlomo
Wientroub/Israel.
Na programação, composta de mesas-redondas,
conferências e temas-livres,
priorizamos uma ampla interatividade com a plateia e discutimos temas relevantes,
como o uso de calçados com
salto alto pelas crianças, medicina esportiva e o diagnóstico pré-natal das anomalias
musculoesqueléticas, priorizando os aspectos éticos
envolvidos.
Paralelamente, realizamos
os cursos de Ortopedia para
o Pediatra e de Fisioterapia
Neuromuscular. Realizamos
também o Fórum da Família,
que congregou todas as Organizações Não-Governamentais ligadas aos pacientes portadores de enfermidades ortopédicas, além do Simpósio de Prevenção de Acidentes e Violência na Infância, que congregou profissionais das mais diferentes áreas profissionais, com representantes da Sociedade Brasileira de Ortopedia Pediátrica, Sociedade Brasileira de
Pediatria, Núcleo de Humanização do Trânsito, Programa
Criança Segura (Safe Kids
Brasil), Associação Brasileira
de Normas Técnicas (ABNT),
Juizado da Infância e Adolescência de Minas Gerais e
UNICEF.
Já na área social, destaques para as festas de abertura do evento, e a de congraçamento na Chácara Chiari, além de uma excursão a
Ouro Preto e visita ao Mercado Central de Belo Horizonte, que, depois do nosso
congresso, virou parte obrigatória dos eventos médicos
que se seguiram.
O nosso evento cumpriu seu papel e, até hoje,
permanece na memória daqueles que estiveram em
Belo Horizonte.
14
Palavra dos ex-presidentes
Dr. Paulo Bertol - Gestão 1995 / 1996
Observações sobre a
Ortopedia Pediátrica de hoje
Desde que foi fundada a
nossa sociedade lá se vão mais
de 20 anos. Como membro
fundador não poderia deixar de
ressaltar as mudanças observadas ao longo desses anos
na evolução da especialidade,
na relação mais íntima entre
nós, os especialistas, a criança e os pais, e, também, nas
razões porque os nossos residentes, cada vez menos, optam pela ortopedia pediátrica
como subespecialidade.
O maior conhecimento sobre as doenças ortopédicas da
criança e a sua abordagem terapêutica evoluíram consideravelmente e continuam a melhorar. Da mesma forma, os
avanços nas técnicas cirúrgicas melhoraram enormemente
a qualidade dos resultados, reduzindo a morbidade e aumentando a satisfação dos pacientes e familiares.
A evolução da qualidade
dos aparatos de imagem possibilitou também que a especialidade atingisse outro patamar de eficiência.
Observamos, ainda, intervenções cirúrgicas muito menos frequentes no tratamento
do pé torto congênito com divulgação e aplicação corretas
da técnica de Ponseti.
A comunicação entre o ortopedista pediátrico, a criança
e a família é outro aspecto que
merece atenção. Dispender
maior tempo para lidar com a
criança e as emoções dos familiares é de suma importância quando estamos diante de
uma criança portadora de uma
deformidade congênita ou de
uma fratura complexa.
No passado, propor o tratamento conservador de uma
fratura dos ossos do antebraço com desvio aceitável e fazer os pais aceitarem era uma
missão muito menos árdua do
que nos dias atuais.
Frases como esta:- esta
dentro do que se aceita”, - o
osso da criança remodela”,- vai
ficar bem” - eram ditas com
muito mais tranquilidade de
nossa parte. Nelas os pais acreditavam prontamente e raramente gerava alguma dúvida.
A outra observação proeminente decorre da razão pela
qual nossos residentes, cada
vez menos, optam pela ortopedia pediátrica como subespecialidade. Deformidades
complexas, tratamentos complexos, curva de aprendizado
lenta, resultados terapêuticos
limitados em muitas doenças,
entre outras razões, são as jus-
tificativas mais citadas.
Na formação de um ortopedista pediátrico, a curva de
aprendizado é longa, as doenças em geral são difíceis de tratar, os resultados muitas vezes, por mais técnicos e competentes que sejamos, podem
deixar a desejar. Tratamentos
cirúrgicos complexos que consomem toda manhã, onde, em
outra especialidade seria possível realizar vários procedimentos, também pesam, e,
aqui, entra em jogo o nosso
trabalho como meio de subsistência cada vez mais difícil nos
dias de hoje, muito em função
da aviltada remuneração das
fontes pagadoras.
Como presidente da sociedade na gestão 1995-1996
não poderia deixar de expressar o orgulho e a satisfação de
ter contribuído para o progresso da nossa entidade. Na época, ainda comitê, tivemos a felicidade de torná-la sociedade
e, como sociedade, gostaria de
destacar a aliança que foi estabelecida entre a nossa sociedade e a sociedade americana de ortopedia pediátrica, o
que para mim foi um passo
importante para que pudéssemos ser reconhecidos como
uma entidade estruturada.

Documentos relacionados

jbones

jbones Sociedade Brasileira de Ortopedia Pediátrica Al. Lorena, 427 - 14º Andar Cep: 01424-000 - São Paulo/SP www.sbop.org.br [email protected] F: (11) 2137 5400 Diretoria / Gestão 2013 / 2014: Presiden...

Leia mais

Arnold Chldrn hospitalar palmer

Arnold Chldrn hospitalar palmer da reunião clínica. Suas aulas podem ser vistas no nosso site. Estamos completando a lista dos serviços de Ortopedia Pediátrica de todo Brasil que iremos divulgar no site da SBOP. Por enquanto, tod...

Leia mais

Kaelin Monika

Kaelin Monika Sociedade Brasileira de Ortopedia Pediátrica Al. Lorena, 427 - 14º Andar Cep: 01424-000 - São Paulo/SP www.sbop.org.br [email protected] F: (11) 2137 5400 Diretoria: Presidente: Dr. Rui Maciel de...

Leia mais

Revista_edição 3.p65

Revista_edição 3.p65 Sociedade Brasileira de Ortopedia Pediátrica Al. Lorena, 427 - 14º Andar Cep: 01424-000 - São Paulo/SP www.sbop.org.br [email protected] F: (11) 2137 5400 Diretoria: Presidente: Dr. Rui Maciel de...

Leia mais