Computação gráfica

Сomentários

Transcrição

Computação gráfica
DISCIPLINAS DO CURSO INFORMÁTICA ÊNFASE GESTÃO DE
NEGÓCIOS.
PROFESSOR: DOUGLAS DUARTE
DISCIPLINA: COGR - 4º SEMESTRE
Computação gráfica
A computação gráfica é a área da ciência da computação que estuda a transformação
dos dados em imagem. Esta aplicação estende-se à recriação visual do mundo real por
intermédio de fórmulas matemáticas e algoritmos complexos.
A computação gráfica é a área da computação destinada à geração de imagens em geral
— em forma de representação de dados e informação, ou em forma de recriação do
mundo real. Ela pode possuir uma infinidade de aplicações para diversas áreas, desde a
própria informática, ao produzir interfaces gráficas para software, sistemas operacionais
e sites na Internet, quanto para produzir animações e jogos.
Origem e desenvolvimento
A computação gráfica surge da necessidade humana para visualização de dados. Um
dos aspectos mais importantes está no desenvolvimento dos dispositivos de interação
humana (monitores, mouses, teclados).
Aplicações
A computação gráfica intervém em diversas áreas, tais como:
•
Artes : Para expressão artística utilizando os ambientes gráfico-computacionais
como meio ou fim, tais como gravura digital, arte digital, web arte.
•
•
•
Arquitetura e Design de Produto: desenvolvimento gráfico dos projetos de forma
visual e com a aplicação dos cálculos matemáticos para os testes dos projetos
quanto a resistência, a variação de luz e ambientes.
Jogos: A indústria do entretenimento atualmente dá mais lucro que a
cinematográfica! Jogos são a maior aplicação da computação gráfica, e a grande
motivação para seu desenvolvimento.
Cinema: para produção de efeitos especiais, retoques nas imagens do filme, e
filmes de animação. Um dos primeiros filmes à utilizar efeitos em pessoas e
elementos foi Exterminador do Futuro, o primeiro filme à utilizar efeitos
especiais em animais foi Jurassic Park.
•
Engenharia: simulação de todas as espécies de eventos físicos, químicos dos
materiais envolvidos nos projetos em elaboração.
•
Geoprocessamento : Para geração de dados relacionados à cidades, regiões e
países.
•
•
Medicina: Para análise de exames como tomografia, radiografia, e mais
recentemente o ultra-som (que consegue gerar a partir deste uma imagem em
3D)
Design Visual: para o desenvolvimento de mídias visuais, desde a impressa
(como propagandas em revistas e outdoors) quanto para o auxílio
cinematográfico dos comerciais televisivos.
Conceitos
•
Imagem: Uma pintura bidimensional, podendo ser um desenho ou uma
fotografia, também pode ser capturada através do olho humano.
•
Pixel: Contido em imagens digitais, o pixel é a menor parte de uma imagem,
geralmente são representados em forma de quadrados ou círculos.
•
Gráfico: São representações visuais em uma superfície, geralmente usados para
se mostrar uma cena, gráficos podem ser bidimensionais ou tridimensionais.
•
Renderização: Processo de gerar uma imagem a partir de modelos em um
mundo tridimensional.
o
Projeção 3D: Método de mapear pontos tridimensionais em plano
bidimensional.
o
Ray Tracing: Técnica usada para gerar uma imagem tracejando o
caminho da luz através de um plano de imagem.
o
Sombreamento: Técnica de calcular o nível de escuridão em modelos
3D.
o
Mapeamento de textura: Método de aplicar detalhes a uma superfície 3D
lisa.
Geração de imagens em um computador
Toda a computação gráfica é embasada em pixels que são pontos que fazem com que a
imagem seja sintetizada visualmente em um monitor. Seja em 3D por modelagem
tridimensional ou 2D, o profissional em computação gráfica trabalha direta ou
indiretamente com pixels e suas compressões. Isso porque todo o nosso formato de
vídeo, tanto monitores, televisores, celulares, cinema ou qualquer tipo de emissor de
imagens atualmente são interligados por uma série de algoritmos e ferramentas padrões
de construção e edição de imagens. Levando em conta que a maioria de criações e
edições passam por um computador para um resultado melhor ou mais atraente.
Atualmente, as ferramentas para a construção de imagens (os softwares) lidam
praticamente sozinhos com toda a parte algorítmica do hardware; quanto mais
específico for o resultado de uma determinada ferramenta, mais real o objeto criado
será. No entanto os programas mais poderosos são bastante flexíveis em relação a isso,
ou seja, é possível em muitos softwares que novas ferramentas sejam criadas por
usuários que tenham um mínimo de conhecimento em programação. É possível criar
verdadeiros programas dentro desses programas, como é o caso do 3D Studio Max,
software para criação de imagens em 3D da Autodesk, ou do Software livre Gimp para
desenhos em 2D. Desta maneira, o usuário pode tanto criar algo que seja mais próximo
a seu interesse como também diminuir em muito seu tempo de trabalho.
Imagens geradas totalmente por computação gráfica
Aplicativos para Computação Gráfica
- Desenho Vetorial/Ilustradores
•
•
•
Illustrator
Inkscape - aplicativo de código aberto
CorelDraw
- Desenho de bitmaps/Edição de fotos
•
•
Adobe Photoshop
Corel PHOTO-PAINT
•
GIMP - aplicativo de código aberto
- Visualizadores de imagens
•
•
•
XnView
IrfanView
Ulead Photo Explorer
- CAD
•
•
•
•
Autocad
QCad - aplicativo de código aberto
DataCAD
Corel Designer
- Edição de Vídeo
•
•
•
•
After Effects
VirtualDub - aplicativo de código aberto
Adobe Premiere
Sony Vegas
- Modeladores 3D
•
•
•
Wings 3D
Autocad
Rhino3d
- Modeladores e Animadores 3D
•
•
•
•
Blender - aplicativo de código aberto
3D Studio MAX
Cinema 4D
Maya
- Outros exemplos de Aplicativos
•
•
•
•
•
•
•
ACIS - núcleo geométrico.
Autodesk Softimage
POV-Ray
Scribus
Silo (software)
Hexagon
Lightwave

Documentos relacionados