Português p/ MP-RS (com videoaulas)

Сomentários

Transcrição

Português p/ MP-RS (com videoaulas)
Aula 00
Português p/ MP-RS (com videoaulas)
Professores: Décio Terror, Equipe Décio Terror
00000000000 - DEMO
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Aula 00: Morfologia: estrutura e formação de palavras.
SUMÁRIO
PÁGINA
1. Palavra primitiva
3
2. Palavra derivada
4
4. Lista das questões apresentadas
38
5. Gabarito
50
Olá! É com grande prazer que iniciamos nosso curso de
Língua Portuguesa para MP-RS!
Meu nome é Décio Terror Filho. Atuo no ensino da
Língua Portuguesa para concurso público há treze anos e
venho estudando as principais estratégias de abordagem de prova das diversas
bancas. Sou professor concursado na área federal e autor do livro
“Resoluções de Provas de Português – banca ESAF” e “Resoluções de
Provas de Português – banca FCC”, ambos lançados pela editora Impetus.
Nosso curso terá foco nas provas do próprio MP-RS, de forma que
treinemos bastante o seu estilo de cobrança.
Nós vamos procurar trabalhar os conteúdos de uma forma simples e com
aplicação direta nas questões das provas anteriores dessa banca.
Veja o que prevê o edital quanto ao conteúdo de Língua Portuguesa:
Convenções Ortográficas: sistema ortográfico vigente. Morfologia:
estrutura e formação de palavras. Sintaxe e Morfossintaxe: identificação e
emprego das classes gramaticais; flexão verbal; flexão nominal; concordância
verbal e nominal; colocação pronominal; regência verbal e nominal (emprego
do sinal de crase); frase, oração e período (a oração e seus termos; estrutura
da oração e do período; colocação dos termos na oração e das orações no
período); processos sintáticos: coordenação e subordinação; paralelismo
sintático; equivalência e transformação de estruturas; discurso direto e
indireto. Pontuação: ponto, dois-pontos, ponto e vírgula, vírgula, travessão e
parênteses. Semântica: significado de palavras e expressões; relações de
sinonímia e antonímia; denotação e conotação. Intelecção de textos: análise
e interpretação de textos; tipos de texto; estrutura textual; relação entre
ideias: coesão e coerência; recursos coesivos; ponto de vista do autor; ideia
central e ideias convergentes; informações literais e pressupostas; inferências.
Redação Oficial.
00000000000
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
1 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Com base nesses assuntos, fizemos a sua distribuição nas aulas de
maneira a abordar mais facilmente a matéria e a resolução das questões, por
isso não seguiremos fielmente a ordenação do conteúdo do edital, mas vamos
abordar todos eles de forma esquematizada e com muitas questões
comentadas.
Naturalmente, para que possamos exercitar bastante, vou lançar mão de
algumas questões de outras bancas.
Veja o conteúdo programático do curso:
DISPONÍVEL
CONTEÚDO
Aula 00
Morfologia: estrutura e formação de palavras. (aulas em PDF e vídeo)
Aula 01
Sintaxe da oração: a oração e seus termos, estrutura da oração, colocação dos
termos na oração. Pontuação: ponto, dois-pontos, ponto e vírgula, vírgula, travessão e
parênteses. (aulas em PDF e vídeo)
Aula 02
Frase, oração e período. Colocação das orações no período, processos sintáticos:
coordenação. Paralelismo sintático. Equivalência e transformação de estruturas.
Pontuação: ponto, dois-pontos, ponto e vírgula, vírgula, travessão e parênteses.
(aulas em PDF e vídeo)
Aula 03
Processos sintáticos: subordinação. Equivalência e transformação de estruturas.
Pontuação: ponto, dois-pontos, ponto e vírgula, vírgula, travessão e parênteses.
(aulas em PDF e vídeo)
Aula 04
Concordância verbal e nominal. (aulas em PDF e vídeo)
Aula 05
Regência verbal e nominal (emprego do sinal de crase) (aulas em PDF e vídeo)
Aula 06
Intelecção de textos: análise e interpretação de textos; tipos de texto; estrutura textual;
relação entre ideias: coesão e coerência; recursos coesivos; ponto de vista do autor;
ideia central e ideias convergentes; informações literais e pressupostas; inferências.
(aulas em PDF e vídeo)
00000000000
Aula 07
Convenções Ortográficas: sistema ortográfico vigente. (aulas em PDF e vídeo)
Aula 08
Identificação e emprego das classes gramaticais; flexão verbal; flexão nominal;;
colocação pronominal;
Aula 09
Semântica: significado de palavras e expressões; relações de sinonímia e antonímia;
denotação e conotação. (aula em vídeo)
Aula 10
Redação Oficial. (aula em vídeo)
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
2 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Agora, vamos ao assunto desta aula!
Estrutura e formação das palavras
As palavras têm uma classificação básica: primitivas e derivadas.
Palavra primitiva: é aquela que não se origina de outra palavra existente na
língua portuguesa: pedra, jornal, gato, homem, feliz.
A palavra primitiva é subdivida em partes menores, chamadas de
elementos mórficos.
Exemplos: gatinho
gat + inho
infelizmente
in + feliz + mente
Os elementos mórficos são classificados em radical, vogal temática,
tema, desinência, afixo, vogais e consoantes de ligação.
Primeiro, vamos entender o que é o radical. Ele transmite o significado
básico da palavra. Palavras de mesmo radical são consideradas de mesma
família etimológica, por isso são chamadas “palavras cognatas”. O radical
normalmente se junta a uma vogal temática para dar sentido à palavra
primitiva. O resultado disso é o tema:
“cas”
+ a = casa
“livr” + o = livro
radical
VT
tema
radical
VT
tema
Vale ressaltar que a vogal temática é um morfema que se junta ao
radical para formar uma base à qual se ligam as desinências. Essa base é
chamada tema. Além de atuar como elemento de ligação entre o radical e as
desinências, a vogal temática também marca grupos de nomes e de verbos.
Isso significa que existem vogais temáticas nominais e verbais. Na aula
passada, vimos a vogal temática verbal. Aqui nos interessa apenas a vogal
temática nominal. Para identificá-la, precisamos seguir três critérios:
I - representada pelas vogais -a, -e e -o;
II - quando átona final (palavras nominais oxítonas não têm vogal
temática)
III - não há oposição de gênero (quando há essa oposição, teremos
desinência de gênero e não vogal temática)
00000000000
Ex.: mesa, artista, busca, perda, escola, base, combate, destaque, livro,
tribo, resumo.
Observe cada palavra acima.
vogais temáticas, pois satisfazem
palavra “gata”, por exemplo. Veja
desinência de gênero feminino, pois
Perceba que as vogais em negrito são as
os três critérios acima. Compare com a
que nesta palavra a vogal em negrito é
há oposição de gênero (gato/gata).
Assim, em “mesa”, temos a seguinte estrutura: mes +
radical
Já a estrutura da palavra “gata” é a seguinte: gat +
a
+ vogal temática
a
radical + Desin. gênero feminino
Agora, vamos aprofundar um pouco no estudo das desinências!
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
3 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
As desinências são elementos que indicam as flexões que os nomes
podem apresentar. São subdivididas em desinências nominais de gênero e de
número.
Desinências nominais: indicam o gênero (masculino e feminino) e
número (singular e plural). As desinências de gênero são a e o; as desinências
de número normalmente são o s para o plural e o singular não tem desinência
própria.
Exemplo:
gat o (radical + desinência nominal de gênero)
gat o s (radical + desinência nominal de gênero + desinência nominal de número)
Assim, vimos que a palavra primitiva pode possuir um ou vários dos
seguintes elementos mórficos: radical, vogal temática, tema, desinências.
Palavra derivada: é aquela que provém de outra palavra da língua
portuguesa: pedreiro, jornalista, gatarrão, batida.
Para se entender a derivação, é importante saber o conceito de afixos.
Eles são elementos que se juntam aos radicais, ou aos temas, para formação
de novas palavras. Os afixos podem ser:
Prefixos: quando colocados antes do radical: descaso, sobrevivência.
Sufixos: quando colocados depois do radical: riacho, filhote, casarão.
Completando os morfemas de uma palavra, veremos agora as vogais e
consoantes de ligação. Esses são elementos inseridos entre os morfemas
(elementos mórficos), em geral, por motivos de eufonia ou de sentido, ou seja,
para facilitar a pronúncia e o entendimento de certas palavras.
Por exemplo, a palavra “cafeteira” é o resultado da junção do radical
“café” (veja que o “e” não é vogal temática, porque esta palavra é oxítona)
mais o sufixo “eira”.
Mas, simplesmente juntando os dois, teríamos “cafeeira”, o que
modificaria o sentido da palavra, concorda?
00000000000
Assim, a fim de manter o sentido da palavra, inseriu-se a consoante de
ligação ‘t”: cafeteira.
O mesmo ocorreu com a palavra “pluralidade”. É a junção do radical
“plural” com o sufixo “dade”, mas não existe “pluraldade”. Assim, a fim de soar
melhor, inseriu-se a vogal de ligação “i”: “pluralidade”.
Vimos a estrutura da palavra. Agora, quanto à sua formação, veremos os
tipos de derivação:
A derivação pode ocorrer das seguintes maneiras:
Prefixal: processo pelo qual é acrescido um prefixo a um radical:
desfazer, inútil.
Sufixal: processo pelo qual é acrescido um sufixo a um radical:
carrinho, livraria.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
4 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Prefixal e sufixal: processo pelo qual é acrescido tanto um prefixo quanto
um sufixo a um radical.
deslealdade, infelizmente.
Veja que podemos retirar o prefixo ou o sufixo e a palavra continua com
sentido:
lealdade, felizmente, desleal, infeliz.
Vejamos alguns prefixos latinos e gregos mais utilizados:
Prefixos Latinos
Prefixos
Latinos
ab-, abs-
Sentido
Exemplos
ambi-
afastamento; separação
aproximação; tendência;
direção
duplicidade
ante-
posição anterior
bene-, ben-,
bem-
bem; muito bom
bis-, bi
duas vezes
ad-, a-
contra-
ao redor; movimento em
torno
oposição; ação contrária
com-, con-, co-
companhia; combinação
Circum-, circun-
de-, des-, dis-
movimento para baixo;
afastamento; ação
contrária; negação
movimento para fora;
mudança de estado;
separação
posição exterior;
superioridade
posição interna;
passagem para um
estado; movimento para
dentro; tendência;
direção para um ponto
negação; falta
posição intermediária;
reciprocidade
proximidade
abuso, abster-se, abdicar
adjacente, adjunto, admirar,
agregar
ambivalência, ambidestro
antebraço, anteontem,
antepor
benevolência, benfeitor, bemvindo, bem-estar
bisavô, biconvexo, bienal,
bípede, biscoito
circunferência, circumadjacente
contra-ataque, contradizer
compartilhar, consoante,
contemporâneo, co-autor
decair, desacordo, desfazer,
discordar, dissociar, decrescer
00000000000
ex-, es-, eextrain-, im-, i-, en-,
em-, intra-,
introin-, im-, iinter-, entrejustaProf. Décio Terror
exonerar, exportar, exumar,
espreguiçar, emigrar, emitir,
escorrer, estender
extra-oficial, extraordinário,
extraviar
incisão, inalar, injetar, impor,
imigrar, enlatar, enterrar,
embalsamar, intravenoso,
intrometer, intramuscular
intocável, impermeável, ilegal
intercâmbio, internacional,
entrelaçar, entreabrir
justapor, justalinear
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
5 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
pospre-
proreretrosemisub-, sob-, sosuper-, sobre-,
supra
trans-, tras-,
tra-, tresultravice-, vis-
posição posterior;
ulterioridade
anterioridade;
superioridade;
intensidade
posição em frente;
movimento para frente;
em favor de
repetição; intensidade;
reciprocidade
pós-escrito, pospor, postônico
prefixo, previsão, pré-história,
prefácio
proclamar, progresso,
pronome, prosseguir
realçar, rebolar, refrescar,
reverter, refluir
retroativo, retroceder,
para trás
retrospectivo
semicírculo, semiconsoante,
metade
semi-analfabeto
posição abaixo de;
subconjunto, subcutâneo,
inferioridade; insuficiência subsolo, sobpor, soterrar
superpopulação, sobreloja,
posição superior; excesso supra-sumo, sobrecarga,
superfície
transbordar, transcrever,
através de; posição além
tradição, traduzir, traspassar,
de; mudança
tresloucado, tresmalhar
além de; excesso
ultrapassar, ultra-sensível
posição abaixo de;
vice-reitor, visconde, vicesubstituição
cônsul
Prefixos Gregos
a-, anana-
privação; negação
repetição; separação;
inversão; para cima
duplicidade; ao redor; de
ambos os lados
ateu, analfabeto, anestesia
análise, anatomia, anáfora,
anagrama
00000000000
anfiantiapoarqui-, arcecata-
oposição, ação contrária
separação; afastamento;
longe de
posição superior;
excesso; primazia
movimento para baixo; a
partir de; ordem
dia-
através de; ao longo de
di-
duas vezes
Prof. Décio Terror
anfíbio, anfiteatro, anfibologia
antibiótico, anti-higiênico,
antitérmico, antítese,
antípoda, anticristo
apogeu, apóstolo, apóstata
arquitetura, arquipélago,
arcebispo, arcanjo
catálise, catálogo, cataplasma,
catadupa
diafragma, diagrama, diálogo,
diagnóstico
dipolo, dígrafo
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
6 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
disen-, em-, e-,
endoex-, ec-, exo-,
ectoepieu-, evhemihiperhipometapara-
mau funcionamento;
dificuldade
posição interna; direção
para dentro
movimento para fora;
posição exterior
posição superior; acima
de; posterioridade
excelência; perfeição;
verdade
metade
posição superior;
intensidade; excesso
posição inferior;
insuficiência
posteridade; através de;
mudança
proximidade; ao lado;
oposto a
peri-
em torno de;
pro-
posição anterior
multiplicidade;
pluralidade
simultaneidade; reunião;
resumo
posição abaixo de;
inferioridade; insuficiência
polisin-, simsub-, sob-, sosuper-, sobre-,
supra
posição superior; excesso
00000000000
trans-, tras-,
tra-, tres-
através de; posição além
de; mudança
ultra-
além de; excesso
posição abaixo de;
substituição
vice-, vis-
dispneia, discromia, disenteria
encéfalo, emblema, elipse,
endotérmico
êxodo, eclipse
epiderme, epílogo
euforia, evangelho
hemisfério
hipérbole, hipertensão
hipotrofia, hipotensão,
hipodérmico
metamorfose, metabolismo,
metáfora, metacarpo
paradoxo, paralelo, paródia,
parasita
pericárdio, período, perímetro,
perífrase
prólogo, prognóstico
polinômio, poliedro
sinfonia, simbiose, simpatia,
sílaba
subconjunto, subcutâneo,
subsolo, sobpor, soterrar
superpopulação, sobreloja,
supra-sumo, sobrecarga,
superfície
transbordar, transcrever,
tradição, traduzir, traspassar,
tresloucado, tresmalhar
ultrapassar, ultra-sensível
vice-reitor, visconde, vicecônsul
Sufixal – processo de derivação pelo qual é acrescido um sufixo a um radical.
Exemplo: carrinho, livraria.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
7 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Vejamos alguns sufixos importantes:
Sufixos que formam nomes de ação
-ada - caminhada
-ança - mudança
-ância - abundância
-ção - emoção
-dão - solidão
-ez(a) - sensatez, beleza
-ismo - civismo
-mento - casamento
-são - compreensão
-tude - amplitude
-ura - formatura
-ença - presença
Sufixos que formam nomes de agente
-ário(a) -secretário
-eiro(a) - ferreiro
-ista - manobrista
-or - lutador
-nte - feirante
Além dos sufixos acima, tem-se:
Sufixos que formam nomes de lugar, depositório
-aria - churrascaria
-or - corredor
-ário - herbanário
-tério - cemitério
-eiro - açucareiro
-tório - dormitório
-il - covil
Sufixos que formam nomes indicadores de abundância, aglomeração, coleção
-aço - ricaço
-ada - papelada
-agem - folhagem
-al - capinzal
-ame - gentame
-ario(a) - casario, infantaria
-edo - arvoredo
-eria - correria
-io - mulherio
00000000000
-ume - negrume
Sufixos que formam nomes técnicos usados na ciência
-ite
-oma
-ato, eto, ito
-ina
-ol
-ite
-ito
-ema
-io
Prof. Décio Terror
bronquite, hepatite (inflamação)
mioma, epitelioma, carcinoma (tumores)
sulfato, cloreto, sulfito (sais)
cafeína, codeína (alcaloides, álcalis artificiais)
fenol, naftol (derivado de hidrocarboneto)
amotite (fósseis)
granito (pedra)
morfema, fonema, semema, semantema (ciência
linguística)
- sódio, potássio, selênio (corpos simples)
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
8 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Sufixo que forma nomes de religião, doutrinas filosóficas, sistemas políticos
-ismo
Budismo, kantismo, comunismo
SUFIXOS FORMADORES DE ADJETIVOS
a) de substantivos
-aco - maníaco
-ento - cruento
-ado - barbado
-eo - róseo
-áceo(a) - herbáceo, liláceas
-esco - pitoresco
-aico - prosaico
-este - agreste
-al - anual
-estre - terrestre
-ar - escolar
-ício - alimentício
-ário - diário, ordinário
-ico - geométrico
-ático - problemático
-il - febril
-az - mordaz
-ino - cristalino
-engo - mulherengo
-ivo - lucrativo
-enho - ferrenho
-onho - tristonho
-eno - terreno
-oso - bondoso
-udo - barrigudo
b) de verbos
SUFIXO
-(a)(e)(i)nte
SENTIDO
ação, qualidade, estado
-(á)(í)vel
possibilidade de praticar
ou sofrer uma ação
ação referência, modo
de ser
possibilidade de praticar
ou sofrer uma ação,
referência
ação, pertinência
-io, -(t)ivo
-(d)iço, -(t)ício
-(d)ouro,-(t)ório
Prof. Décio Terror
00000000000
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
EXEMPLIFICAÇÃO
semelhante, doente,
seguinte
louvável, perecível,
punível
tardio, afirmativo,
pensativo
movediço, quebradiço,
factício
casadouro, preparatório
9 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Vamos a mais um quadro que resume os sufixos:
Tipos de
sufixos
Nominais
formam
substantivos e
adjetivos
Principais sufixos
aumentativo: -alhão, -ão, anzil, -arra, -orra, -ázio...
diminutivo: -acho, -eto, inho, -inha, -ote...
superlativo: -íssimo, érrimo,
-limo...
lugar: -aria, -ato, -douro, ia...
profissão: -ão, -dor, -ista...
origem: -ano, -eiro, ês...
coleção, aglomeração,
conjunto: -al, -eira, -ada, agem...
excesso, abundância: -oso, ento, -udo...
Verbais
Adverbiais
-ear, ejar, -ecer, -escer, entar, -fazer, -ficar, -icar, iscar, -ilhar, -inhar, -itar,izar...
somente o sufixo -mente
Exemplos
copázio, bocarra, corpanzil,
casarão
riacho, filhote, livrinho
belíssimo, paupérrimo,
facílimo
papelaria, internato,
bebedouro
diarista, dentista,
vendedor
francês, alagoano, mineiro
folhagem, cabeleira,
capinzal
gostoso, ciumento,
barbudo
folhear, velejar,
envelhecer, florescer,
afugentar, liquefazer,
petrificar, adocicar,
chuviscar, dedilhar,
escrevinhar, saltitar,
organizar
amavelmente,
distraidamente
00000000000
Derivação Parassintética – processo pelo qual é acrescido um prefixo e
sufixo simultaneamente ao radical. Dá origem principalmente a verbos, obtidos
a partir de substantivos e adjetivos.
abençoar
enraizar
enrijecer
endireitar
amaldiçoar
empastelar
engordar
amadurecer
espreguiçar
expatriar
entortar
aportuguesar
Observação: Existem palavras que apresentam prefixo e sufixo, mas não são
formadas por parassíntese. Para que ocorra a parassíntese é necessário que o
prefixo e o sufixo juntem-se ao radical ao mesmo tempo. Para verificar tal
derivação, basta retirar o prefixo ou o sufixo da palavra. Se a palavra deixar de
ter sentido, então ela foi formada por derivação parassintética.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
10 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Note que a palavra “bençoar” não existe, assim como não existe “abenç”.
Isso confirma que os morfemas “a” e “oar” foram inseridos simultaneamente e
a palavra “abençoar” é formada por derivação parassintética.
Caso a palavra continue a ter sentido, mesmo com a retirada do prefixo
ou do sufixo, ela terá sido formada por derivação prefixal e sufixal. Veja o que
falei sobre a palavra “infelizmente” (feliz, infeliz, felizmente).
Regressiva - ocorre quando se retira a parte final de uma palavra primitiva,
obtendo-se por essa redução uma palavra derivada. Nesse processo de
derivação são formados substantivos a partir de verbos principalmente da 1ª e
2ª conjugações, por isso chamada palavra deverbal (a preposição “de” indica
origem - vem do verbo) e indicam sempre o nome de uma ação. O mecanismo
para sua obtenção é simples: substitui-se a terminação verbal formada pela
vogal temática + desinência de infinitivo (-ar ou -er) por uma das vogais
temáticas nominais (-a, -e ou -o):
buscar
tocar
censurar
sacar
ajudar
palavra
primitiva
Exemplo:
busca
toque
censura
saque
ajuda
alcançar
apelar
atacar
chorar
perder
alcance
apelo
ataque
choro
perda
derivação
regressiva
palavra
primitiva
derivação
regressiva
Ninguém justificou o atraso. (do verbo atrasar)
O debate foi longo. (do verbo debater)
Imprópria (ou conversão) - processo de derivação que consiste na mudança
de classe gramatical da palavra sem que sua forma se altere.
Exemplo: O jantar estava ótimo. (de verbo para substantivo)
Não aceitei um não como resposta. (de advérbio para substantivo)
É um absurdo o que você está propondo. (de adjetivo para substantivo)
Comprei uma camisa gelo. (de substantivo para adjetivo)
00000000000
Essas derivações vistas acima são as mais conhecidas e as que mais caem em
concursos, mas também devemos observar outras:
Hibridismo: É a formação de palavras combinando elementos de línguas
diferentes, por exemplo: televisão, automóvel, genocídio, homossexual (grego
e latim); goiabeira (tupi e português); abreugrafia (português e grego);
sambódromo (africano e grego); surfista (inglês e grego); burocracia (francês
e grego); e muitos outros.
As bancas examinadoras há muito já deixaram de cobrar palavras que
possuam tal processo de formação, pois isso demanda conhecimento do
princípio das palavras, algo desnecessário nos concursos. Registro aqui tal
processo, pois, vez por outra, aparece nas alternativas para confundir o
candidato.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
11 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Onomatopeia: Ocorre quando se forma uma nova palavra por meio da
imitação de sons. Assim, surgem palavras como: cacarejar; zumbir, arrulhar,
crocitar, troar e outros verbos que designam vozes de animais e fenômenos
naturais; tique-taque, teco-teco, reco-reco, bangue-bangue (a partir do inglês
bang bang), pingue-pongue, xixi, triquetraque (fogo de artifício), saci (nome
de uma ave e, por extensão, de ente mitológico), cega-rega (cigarra; por
extensão, pessoa tagarela), chinfrim (coisa sem valor), quiquiriqui (pessoa ou
coisa insignificante), blablablá, zunzunzum, pimpampum e outras, sempre
sugestivas.
Siglonimização (siglas) – As siglas são formadas pela combinação das letras
iniciais de uma sequência de palavras que constitui um nome: IBGE (Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística); IPTU (Imposto Predial, Territorial e
Urbano).
Abreviação vocabular: Consiste na eliminação de um segmento de uma
palavra a fim de se obter uma forma mais curta: cine (de cinema), foto (de
fotografia), moto (de motocicleta), entre outros.
Neologismo: É um processo muito utilizado nas composições de poemas,
canções e nas crônicas. São palavras inventadas pelo autor do texto, isto é,
palavras expressas pelo autor que ainda não foram registradas nos dicionários.
São inventadas por adequação ao discutido no texto, seja por fim poético ou
não. Ex: “Cronocida” [brincadeira linguística em que um autor utilizou para
caracterizar aqueles que matam (Cida) o tempo (cronos)].
Agora, vamos passar para outro tipo de formação de palavras: a composição.
Composição: É o processo pelo qual a palavra é formada pela junção de dois
ou mais radicais. A composição pode ocorrer de duas formas: JUSTAPOSIÇÃO
e AGLUTINAÇÃO.
Justaposição – quando não há alteração nas palavras e continuam sendo
faladas (escritas) da mesma forma como eram antes da composição.
Exemplo: girassol (gira + sol), pé-de-moleque (pé + de + moleque)
00000000000
Aglutinação – quando há alteração em pelo menos uma das palavras seja na
grafia ou na pronúncia. Exemplo: planalto (plano + alto).
Radicais Latinos - 1º elemento da composição
Forma
Agri
Ambi
arboribis-, bicaloricrucicurviequiferri-, ferroProf. Décio Terror
Sentido
campo
ambos
árvore
duas vezes
calor
cruz
curvo
igual
ferro
Exemplo
agricultura
ambidestro
arborícola
bípede, bisavô
calorífero
crucifixo
curvilíneo
equilátero, eqüidistante
ferrífero, ferrovia
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
12 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
locomortimultiolei-, oleoonipedipiscipluriquadri-, quadruretisemitri-
lugar
morte
muito
azeite, óleo
todo
pé
peixe
muitos, vários
quatro
reto
metade
três
locomotiva
mortífero
multiforme
oleígeno, oleoduto
onipotente
pedilúvio
piscicultor
pluriforme
quadrúpede
retilíneo
semimorto
tricolor
Radicais Latinos - 2º Elemento da Composição
Forma
-cida
-cola
-cultura
-fero
-fico
-forme
-fugo
-gero
-paro
-pede
-sono
-vomo
-voro
Sentido
que mata
que cultiva, ou habita
ato de cultivar
que contém, ou
produz
que faz, ou produz
que tem forma de
que foge, ou faz fugir
que contém, ou
produz
que produz
pé
que soa
que expele
que come
00000000000
Exemplos
suicida, homicida
arborícola, vinícola, silvícola
piscicultura, apicultura
aurífero, carbonífero
benefício, frigorífico
uniforme, cuneiforme
centrífugo, febrífugo
belígero, armígero
ovíparo, multíparo
velocípede, palmípede
uníssono, horríssono
ignívomo, fumívomo
carnívoro, herbívoro
Radicais Gregos - 1º Elemento da Composição
Forma
aeroantropoArqueoAuto
bibliobiocaliCosmocromocronoProf. Décio Terror
Sentido
ar
homem
antigo
de si mesmo
livro
vida
belo
mundo
cor
tempo
Exemplos
aeronave
antropologia
arqueologia
autobiografia
biblioteca
biologia
caligrafia
cosmologia
cromossomo
cronologia
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
13 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
dactilodecademodiele( c )troeneaetnofarmacofilofisiofonofotogeohemoheptaheterohexahidrohipoictioIsso
litomacromegamelomesomicromitomononecroneooctoOdontoOftalmoonomatoortooxipaleopanpatopentapiropoliPotamoProf. Décio Terror
dedo
dez
povo
dois
(âmbar) eletricidade
nove
raça
medicamento
amigo
natureza
voz, som
fogo, luz
terra
sangue
sete
outro
seis
água
cavalo
peixe
igual
pedra
grande, longo
grande
canto
meio
pequeno
fábula
um só
morto
novo
oito
dente
olho
nome
reto, justo
agudo, penetrante
antigo
todos, tudo
doença
cinco
fogo
muito
rio
00000000000
dactilografia
decaedro
democracia
dissílabo
eletroímã
eneágono
etnologia
farmacologia
filologia
fisionomia
fonologia
fotosfera
geografia
hemorragia
heptágono
heterogêneo
hexágono
hidrogênio
hipopótamo
ictiologia
isósceles
litografia
macróbio
megalomaníaco
melodia
mesóclise
micróbio
mitologia
monarca
necrotério
neolatino
octaedro
odontologia
oftalmologia
onomatopeia
ortodoxo
oxítono
paleontologia
pan-americano
patologia
pentágono
pirotecnia
poliglota
potamografia
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
14 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
primeiro
falso
alma, espírito
mil
mão
nariz
raiz
arte
quente
quatro
figura, marca
lugar
três
animal
protoPseudopsicoquiloquirorinorizotecnotermotetratipotopotrizoo-
protozoário
pseudônimo
psicologia
quilograma
quiromancia
rinoceronte
rizotônico
tecnografia
termômetro
tetraedro
tipografia
topografia
trissílabo
zoologia
Radicais Gregos - 2º Elemento da Composição
Forma
-agogo
-algia
-arca
-arquia
-céfalo
-cracia
-doxo
-dromo
-edro
-fagia
-fago
-filia
-fobia
-fobo
-foro
-gamia
-gamo
-gêneo
-glota; -glossa
-gono
-grafia
-grafo
-grama
-logia
-logo
-mancia
Prof. Décio Terror
sentido
que conduz
dor
que comanda
comando, governo
cabeça
poder
que opina
lugar para correr
base, fase
ato de comer
que come
amizade
inimizade, ódio, temor
que odeia, inimigo
que leva ou conduz
casamento
casa
que gera
língua
ângulo
escrita, descrição
que escreve
escrito, peso
discurso
que fala ou trata
adivinhação
00000000000
exemplos
pedagogo
nevralgia
monarca
monarquia
microcéfalo
democracia
ortodoxo
hipódromo
poliedro
antropofagia
antropófago
bibliofilia
fotofobia
xenófobo
fósforo
poligamia
bígamo
heterogêneo
poliglota, isoglossa
pentágono
ortografia
calígrafo
telegrama, quilograma
arqueologia
diálogo
quiromancia
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
15 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
medida
que mede
que tem a forma
lei, regra
que regula
ato de fazer
cidade
asa
ato de ver
instrumento para ver
sabedoria
lugar onde se guarda
cura
corte, divisão
tensão, tom
-metria
-metro
-morfo
-nomia
-nomo
-peia
-pólis; -pole
-ptero
-scopia
-scópio
-sofia
-teca
-terapia
-tomia
-tono
biometria
pentâmetro
polimorfo
astronomia
autônomo
onomatopeia
petrópolis, metrópole
helicóptero
macroscopia
microscópio
logosofia
biblioteca
fisioterapia
dicotomia
monótono
Vamos às questões!
Questão 1: MP RS 2015 Apoio ao Usuário (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações sobre a palavra descentralizada.
I.
Seu prefixo tem o mesmo sentido que
desrespeitado.
II. Seu sufixo forma adjetivos a partir de verbos.
III. Ela significa o mesmo que descentrada.
o
prefixo
da
palavra
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas I e II.
(E) I, II e III.
Comentário: A frase I está correta, pois o prefixo “des-” tem o sentido de
ação contrária ou negação. Por isso, entendemos que “descentralizada” é o
contrário de “centralizada”, assim como “desrespeitado” é o contrário de
“respeitado”.
A frase II está correta, pois o sufixo “ado/ada” forma adjetivos a partir
de verbos. Para tanto, basta excluir o sufixo verbal “r” do infinitivo e
acrescentar o sufixo formador de adjetivo “ado/ada”: amar (amado), cantar
(cantado), partir (partido).
A frase III está correta, pois os adjetivos “descentralizada” e
“descentrada” têm o mesmo sentido. A diferença é que o primeiro foi gerado
do verbo “descentralizar” e o segundo do verbo “descentrar”.
Assim, a alternativa correta é a (E).
Gabarito: E
00000000000
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
16 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 2: MP RS 2015 Técnico Superior em Informática (banca MPRS)
Considere as três afirmações abaixo, sobre a formação de palavras do texto.
I.
II.
III.
Na palavra radiotáxi, radio- tem o mesmo sentido que radio- na
palavra radioterapia.
A palavra pesquisadores apresenta sufixo que pode formar
substantivos a partir de verbos.
A palavra tradicional contém sufixo que pode formar adjetivos a partir
de substantivos.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas I e III.
(D) Apenas II e III.
(E) I, II e III.
Comentário: A frase I está errada, pois, na palavra “radiotáxi”, o radical
“radio” tem relação com a emissão de sons via sinais eletromagnéticos; já em
radioterapia, o radical “radio” significa radiação. Assim, os sentidos são
diferentes.
A frase II está correta, pois o substantivo “pesquisador” foi gerado a
partir do verbo “pesquisar”. Assim, pesquisador é aquele que pesquisa.
A frase III está correta, pois o sufixo “-al” realmente pode formar
adjetivos a partir de substantivos, como “tradição” (tradicional); “condição”
(condicional).
Assim, a alternativa correta é a (D).
Gabarito: D
Questão 3: MP RS 2015 Contador (banca MPRS)
Na coluna da esquerda, abaixo, estão listadas quatro palavras retiradas do
texto; na da direita, são apresentados quatro tipos de formação de palavras.
Associe adequadamente a coluna da direita à da esquerda.
00000000000
1.
2.
3.
4.
interessadas
embalagens
financeiras
contabilidade
(
(
(
(
)
)
)
)
adjetivo formado a partir de substantivo
adjetivo formado a partir de verbo
substantivo formado a partir de verbo
substantivo formado a partir de adjetivo
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
(A) 2 – 4 – 1 – 1.
(B) 4 – 2 – 2 – 3.
(C) 2 – 4 – 1 – 3.
(D) 4 – 2 – 2 – 1.
(E) 3 – 1 – 2 – 4.
Comentário: A palavra “interessadas” é um adjetivo gerado do verbo
“interessar”.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
17 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
A palavra “embalagens” é um substantivo gerado a partir do verbo
“embalar”.
A palavra “financeiras” é um adjetivo gerado a partir do substantivo
“finança”.
A palavra “contabilidade” é um substantivo gerado a partir do adjetivo
“contábil”.
Assim, a alternativa correta é a (E).
Gabarito: E
Questão 4: MP RS 2013 Agente Administrativo (banca MPRS)
Fragmento do texto: Não se concebe que um ato normativo de qualquer
natureza seja redigido de forma obscura, que dificulte ou impossibilite sua
compreensão. A transparência do sentido dos atos normativos bem como sua
inteligibilidade são requisitos do próprio Estado de direito.
(...)
Acrescente-se que a identificação das características específicas da
forma oficial de redigir não deve ensejar o entendimento de que se proponha
a criação – ou se aceite a existência – de uma forma específica de linguagem
administrativa, o que coloquialmente e pejorativamente se chama burocratês.
Considere as seguintes afirmações sobre palavras do texto.
I.
II.
III.
O emprego de inicial maiúscula na palavra Estado justifica-se à medida
que, no texto, essa palavra designa divisão territorial e política no
interior de uma Nação.
O sufixo -mente da palavra coloquialmente poderia ser suprimido, sem
acarretar erro gramatical ou alteração do significado.
A palavra burocratês é um neologismo, criado pelos autores do texto,
que significa uso abusivo de linguagem retórica na redação de
documentos oficiais .
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas I e II.
(E) I, II e III.
Comentário: A frase I está errada, pois “Estado de Direito” é a situação
jurídica em que o poder do Estado encontra-se limitado pelo direito. Assim, no
texto, essa palavra não designa divisão territorial e política no interior de uma
Nação. Isso ser refere a estados como “Minas Gerais”, “São Paulo” etc.
00000000000
A frase II está errada, pois, quando advérbios terminados em “mente” e
ligados por vírgula ou conjunção “e”, por concisão, o primeiro deles pode
excluir tal sufixo.
Veja:
... de uma forma específica de linguagem administrativa,
coloquialmente e pejorativamente se chama burocratês.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
o
18 de 50
que
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
... de uma forma específica de linguagem administrativa, o que coloquial e
pejorativamente se chama burocratês.
A frase III está errada, simplesmente porque tal neologismo não foi
criado pelos autores do texto. Isso porque o próprio texto afirma que a criação
de uma forma específica de linguagem administrativa é chamada
pejorativamente de burocratês. Assim, já era conhecida assim e os autores
apenas se apropriaram dessa palavra.
Gabarito: B
Questão 5: MP RS 2013 Agente Administrativo (banca MPRS)
Julgue a frase como CERTA (C) ou ERRADA (E)
A palavra inaceitável contém o mesmo prefixo que a palavra
impessoalidade.
Comentário: O prefixo “in”, dependendo da palavra que inicia, pode ser
grafado da seguinte forma: “in”, “im”, “i”.
Assim, nas palavras “inaceitável” e “impessoalidade”, o prefixo é o
mesmo.
Gabarito: C
Questão 6: MP RS 2013 Agente Administrativo (banca MPRS)
Julgue a frase como CERTA (C) ou ERRADA (E)
As palavras publicidade e entendimento apresentam sufixos que formam
substantivos a partir de verbos.
Comentário: O substantivo “publicidade” é formado do adjetivo “público”, e
não do verbo “publicar”. Note que tal verbo gera o substantivo “publicação”.
Já o substantivo “entendimento” realmente é gerado do verbo
“entender”.
Gabarito: E
Questão 7: MP RS 2013 Técnico em Informática (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações sobre relações morfológicas que se
estabelecem entre palavras do texto.
00000000000
I.
As palavras desenvolvedores e consumidor são formadas por sufixo
que acresce ao radical a noção de `agente´.
II. As palavras aplicativos e invasivos contêm sufixos que transformam
adjetivos em substantivos.
III. As palavras conhecimento e expansão são formadas por sufixos que
transformam verbos em substantivos.
Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas I e III.
e) I, II e III.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
19 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Comentário: A frase I está correta, pois o sufixo “-dor” transmite a noção de
agente: aquele que desenvolve, aquele que consome.
A frase II está errada, pois “aplicativos” realmente é substantivo gerado
de um adjetivo (aplicado). Já a palavra “invasivos” é um adjetivo, e não
substantivo, como a frase afirma.
A frase III está correta, pois “conhecimento” e “expansão” são
substantivos gerados dos verbos “conhecer” e “expandir”.
Assim, a alternativa correta é a (D).
Gabarito: D
Questão 8: MP RS 2014 Médico (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações sobre a estrutura de palavras do texto.
I.
II.
III.
A palavra metabolismo contém sufixo que transforma verbos em
substantivos.
A palavra capacidade contém sufixo que transforma adjetivos em
substantivos.
A palavra crescimento contém sufixo que transforma verbos em
substantivos.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas II e III.
(E) I, II e III.
Comentário: A frase I está errada, pois a palavra metabolismo é um
neologismo, a partir da junção do termo grego metabole, que significa
“mudança”, e o sufixo –ismo, que é relativo a “qualidade” ou “sistema”.
A frase II está correta, pois “capacidade” realmente é substantivo
gerado de um adjetivo (capaz).
A frase III está correta, pois “crescimento” é substantivo gerado do
verbo “crescer”.
Assim, a alternativa correta é a (D).
Gabarito: D
00000000000
Questão 9: MP RS 2014 Assistente Social (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações a respeito de palavras extraídas do texto.
I.
II.
A palavra desdobramento é formada por parassíntese.
A palavra civilidade contém sufixo que forma substantivos a partir de
adjetivos.
III. A palavra civilização contém sufixo que forma substantivos a partir de
verbos.
Quais estão corretas?
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
20 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.
Comentário: A frase I está errada, pois não houve a inserção simultânea dos
afixos (prefixo e sufixo), como ocorre nas palavras parassintéticas. Na
realidade, a cada situação um afixo foi sendo acrescentado. Primeiro houve o
verbo “dobrar”, o qual recebeu o prefixo “des-”, gerando “desdobrar”. Em
seguida, houve a inserção do sufixo formador de substantivo “-mento”:
“desdobramento”. Assim, esta palavra foi formada pela derivação prefixal e
sufixal.
A frase II está correta, pois “civilidade” realmente é substantivo gerado
de um adjetivo (civil).
A frase III está correta, pois “civilização” é substantivo gerado do verbo
“civilizar”.
Assim, a alternativa correta é a (D).
Gabarito: D
Questão 10: MP RS 2011 Engenheiro (banca MPRS)
Fragmento do texto: Parece que Darwin hoje incomoda tanto quanto Galileu
em sua época. Alguns pretendem dar ao "Criacionismo" status de ciência,
colocando-o como teoria alternativa ao "Darwinismo". Nada mais pobre do
ponto de vista espiritual e intelectual do que confundir ciência com religião: a
fé é de foro íntimo, e de cada um; a ciência busca o entendimento da
natureza, e não há nesse ato qualquer atitude de crença em dogmas
religiosos. Assim, Darwin é vítima do obscurantismo, pois suas ideias tendem
a ser negadas pelo público leigo, como se pertencessem a um lado diabólico
da humanidade.
(...)
Ao unificar os resultados de Michelson e Morley sobre o fato de que a luz
não necessita suporte material para se propagar com as equações de Lorentz
para cálculo de velocidades relativas e com o fato de a velocidade da luz
independer do referencial, Einstein concluiu que as leis do eletromagnetismo
também são as mesmas para todos os referenciais inerciais.
Considere as seguintes afirmações sobre a formação de palavras do texto.
00000000000
I.
As palavras Criacionismo e obscurantismo, formadas com o sufixo
–ismo, designam, respectivamente, doutrina e atitude ideológicas.
II. O sufixo –al, presente nas palavras espiritual e referencial, serve para
formar adjetivos ou substantivos a partir de adjetivos.
III. O prefixo de independer tem o mesmo sentido do prefixo de irreal.
Quais estão corretas?
(A) Apenas III.
(B) Apenas I.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
21 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
(C) Apenas I e III.
(D) Apenas II.
(E) I, II e III.
Comentário: A frase I está correta, pois, além de o sufixo “-al” transmitir o
sentido de doutrina ou pensamento ideológico, o próprio contexto nos informa
que “Criacionismo” tem status de ciência. Além disso, o próprio texto sugere
que “obscurantismo” tem relação com pensamentos ideológicos.
Assim, tanto a estrutura da palavra quanto o contexto nos mostram que
a afirmação está correta.
A frase II está errada, pois “espiritual” é adjetivo formado do
substantivo “espírito”, porém “referencial” é adjetivo gerado de um
substantivo (“referência”), e não de adjetivo.
A frase III está correta, pois “independer” é iniciado com o prefixo “in”,
que significa oposição. O mesmo ocorre com “irreal”.
Assim, a alternativa correta é a (C).
Gabarito: C
Questão 11: MP RS 2011 Assessor (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações sobre formação de palavras do texto.
I.
As palavras impostas e inevitavelmente contêm o mesmo prefixo.
II. As palavras liberdade e livres têm a mesma etimologia.
III. A palavra jugo pertence à mesma família da palavra julgamento.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas I e II.
(D) Apenas II e III.
(E) Apenas III.
Comentário: A frase I está errada, pois o prefixo em “impor” transmite a
ideia de passagem para um estado; já o prefixo em “inevitavelmente”
significa negação.
A frase II está correta, pois palavras de mesma etimologia são as que
pertencem à mesma família, aquelas de mesma raiz. Assim, “liberdade” e
“livre” pertencem à mesma raiz: “liber-”. Detalhe: o radical “livr-” foi uma
variação da raiz “liber-”. Logicamente, ambos de mesmo sentido. Houve
apenas uma adequação morfológica. Isso confirma que há mesma família
etimológica.
A frase III está errada, pois o radical em “jugo” significa opressão,
sujeição, submissão; já o vocábulo “julgamento” vem de outra raiz: “julg”.
Esta significa sentenciar, decidir. Como os sentidos desses radicais são
diferentes, fica fácil perceber que tais palavras não fazem parte de mesma
família etimológica.
Assim, a alternativa correta é a (B).
Gabarito: B
00000000000
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
22 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 12: MP RS 2012 Técnico em Informática (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações sobre relações morfológicas que se
estabelecem entre palavras do texto.
I.
As palavras fundamental e condicional são formadas a partir de
verbos, assim como carnaval.
II.
As palavras dinheiro e primeiro são formadas a partir de adjetivos,
assim como brasileiro.
III. As palavras equipamento e conhecimento são formadas a partir de
verbos, assim como julgamento.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas II e I
Comentário: A frase I está errada, pois “fundamental”, “condicional” e
“carnaval” não são gerados de verbo. Além disso, não existe um verbo
referente ao substantivo “carnaval”. Os adjetivos “fundamental” e
“condicional” são gerados dos substantivos “fundamento” e “condição”.
A frase II está errada, pois as palavras “dinheiro”, “primeiro” e
“brasileiro” não são formadas a partir de adjetivos. Note que a palavra
“brasileiro” foi gerada do substantivo “Brasil”. As demais podem ser
entendidas como palavras primitivas.
A frase III está correta, pois os substantivos “equipamento”,
“conhecimento” e “julgamento” são formados a partir dos verbos “equipar”,
“conhecer” e “julgar”.
Assim, a alternativa correta é a (C).
Gabarito: C
Questão 13: CBTU 2014 Assistente de Manutenção (banca Consulplan)
Do ponto de vista morfológico, a palavra “libertária” é formada por
00000000000
A) composição, visto que apresenta dois radicais seguidos de um sufixo.
B) justaposição, porque a palavra não perde som no processo de formação.
C) aglutinação, visto que, se juntar dois radicais diferentes, a palavra perde
alguns sons.
D) derivação, porque forma-se com o acréscimo de um sufixo, que altera
parcialmente o significado do radical.
Comentário: A palavra “libertária” apresenta apenas um radical: “liber”. O “t”
é uma consoante de ligação, a fim de manter a sonoridade da palavra. Em
seguida, há o sufixo “-ária”. Por isso, tal palavra é formada pela derivação
sufixal.
Um detalhe, o radical “liber” é a forma arcaica do radical “livr-” (livre). É
natural resgatarmos um radical latino ou grego, quando vamos inserir
determinado sufixo.
Assim, a alternativa correta é a (D).
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
23 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Gabarito: D
Questão 14: CODERN 2014 Administrador (banca Consulplan)
Fragmento do texto: Admiro o brilhantismo político e a presciência de Chico.
Ele compreendeu antes que a maioria que qualquer estratégia para a
preservação da Amazônia teria de ser também uma estratégia de
desenvolvimento. Essa foi a gênese da reserva extrativa, que pode ser
resumida como um esforço para fazer com que a floresta valha mais viva do
que morta, sobretudo para quem vive nela.
O elemento destacado em “presciência” tem seu sentido explicitado no próprio
texto, em “Ele compreendeu antes” (linha 2). O mesmo elemento com o
mesmo sentido pode ser identificado em
A) prestação. B) empresas. C) preservação. D) empréstimo. E) precondições.
Comentário: O prefixo “pré-“, como o próprio texto destacou, tem sentido de
anterioridade. É fácil perceber que o mesmo ocorreu com o substantivo
“precondições”, isto é, condições prévias!
As demais palavras não apresentam prefixo.
Dessa forma, a alternativa (E) é a correta.
Gabarito: E
Questão 15: MAPA 2014 Agente Inspeção Sanitária (banca Consulplan)
Assinale a alternativa em que todas as palavras foram formadas por derivação
sufixal.
A) Constituição – região – mineração.
B) Manifestações – oposição – produtores.
C) Reservatório – relações – descendentes.
D) Anarquismo – parlamentaristas – poderes.
Comentário: Na alternativa (A), as palavras “Constituição” e “mineração” são
formadas por derivação sufixal, haja vista que existem as palavras primitivas
“constituir” e “minério”. Já a palavra “região” não apresenta sufixo, é palavra
primitiva.
A alternativa (B) é a correta, pois as palavras “manifestações”,
“oposição” e “produtores” são formadas por derivação sufixal, haja vista que
existem as palavras primitivas “manifestar”, “(o)por” e “produto”. Lembre-se
de que a palavra “opor” foi gerada de “pôr”. Primeiro, a palavra “pôr” gerou
“opor”, depois “oposto”, e então “oposição”. Assim, primeiro houve uma
derivação prefixal (“pôr” para “opor”), depois uma sequência de derivações
sufixais (“opor” para “oposto” e depois para “oposição”).
Faço esta observação, porque alguns alunos não marcaram esta
alternativa por pensarem que “oposição” seria uma derivação prefixal, mas
não é, ok?!
Na alternativa (C), as palavras “reservatório” e “descendentes” são
formadas por derivação sufixal, haja vista que existem as palavras primitivas
“reserva” e “descender”. Já a palavra “relações” não apresenta sufixo, é
palavra primitiva. Houve apenas a flexão de plural, o que não apresenta
00000000000
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
24 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
derivação, mas apenas desinência.
Na alternativa (D), as palavras “anarquismo” e “parlamentaristas” são
formadas por derivação sufixal, haja vista que existem as palavras primitivas
“anarquia” e “parlamentar”. Já a palavra “poderes” não apresenta sufixo, é
palavra primitiva. Houve apenas a flexão de plural, o que não apresenta
derivação, mas apenas desinência.
Gabarito: B
Questão 16: Pref Cascavel 2014 Agente de Apoio (banca Consulplan)
Em “[...] romances amorais do Antigo Regime [...]”, o termo sublinhado
possui o mesmo sentido do prefixo em
A) acéfalo.
B) antepor.
C) ambíguo.
D) adjacência.
E) apodrecer.
Comentário: O prefixo “a-“ significa “falta de”, “sem”. O mesmo ocorre com
“acéfalo”, isto é, sem “cabeça”, o que pode ser estendido para sentidos
figurados como uma instituição sem liderança, pessoa sem imaginação,
supostamente sem inteligência etc. Assim, a alternativa (A) é a correta.
A palavra “antepor” apresenta o prefixo “ante-“, que significa
“anterioridade”, “antecipação”; a palavra “ambíguo” apresenta o radical
“ambi-“, que significa “ambos”, “duplicidade”; a palavra “adjacência”
apresenta o prefixo “ad-“, que significa “aproximação”; a palavra “apodrecer”
apresenta o prefixo “a-“, que significa “tornar-se”.
Gabarito: A
Questão 17: AVAPE 2013 Assistente Administrativo (banca Consulplan)
Participou da constituição morfológica dos adjetivos “imbatíveis”, “indecentes”
e “inesgotáveis” um prefixo de valor negativo.
Comentário: O prefixo “in(m)” apresenta realmente valor negativo, contrário,
pois imbatíveis são aqueles de quem não se consegue ganhar, bater.
Indecentes são aqueles que não possuem decência. Inesgotáveis são aquelas
coisas que não se esgotam.
Gabarito: C
00000000000
Questão 18: CODEG 2013 Auxiliar Administrativo (banca Consulplan)
Quanto ao processo de formação, a palavra “exclusivamente” é formada por
A) derivação sufixal.
D) derivação parassintética.
B) derivação prefixal.
E) justaposição de palavras.
C) aglutinação de palavras.
Comentário: O adjetivo “exclusivo” recebeu o sufixo “-mente” para virar
advérbio. Assim, tal palavra é formada por derivação sufixal.
Gabarito: A
Questão 19: Pref Uberlândia-MG 2012 Assistente Adm (banca Consulplan)
Analise as seguintes palavras.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
25 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
escol-a escol-ar escol-arização escol-arizar sub-escol-arização
O elemento comum a todas elas é chamado
A) prefixo. B) vogal temática. C) radical. D) sufixo. E) desinência.
Comentário: O elemento comum a estas palavras cognatas é o morfema
“escol-“, o qual é a base significativa da palavra. Portanto é o radical.
Gabarito: C
Questão 20: Pref Vila Rica-MT 2012 Assistente Social (banca Consulplan)
Julgue a frase como CERTA (C) ou ERRADA (E)
Os termos “blogueiros” e “internetês” são neologismos.
Comentário: Os termos “blogueiros” e “internetês” são palavras inventadas a
fim de transmitirem noções de sentido, ainda não constantes dos dicionários.
A palavra “blogueiro” significa o autor de “blogs” da internet, e “internetês”
seria a linguagem usada nas salas de bate-papo virtuais e em redes sociais da
internet.
Assim, a afirmativa está certa.
Gabarito: C
Questão 21: Pref Barra Velha-SC 2012 Agente Adm (banca Consulplan)
Fragmentos do texto: O caso da ararinha azul, que ficou famoso em todo o
mundo devido à luta desenvolvida para recuperar a população nativa
representada por apenas um único exemplar que sobrevivia no sertão baiano,
na região de Curaçá, é apenas um exemplo entre muitos.
(...)
Estão sendo implementados sistemas de controle informatizados para gestão
do uso da fauna, especialmente de criadouros de animais silvestres e
zoológicos. Isto permitirá o controle de procedência e a identificação de
possíveis irregularidades. O Ibama criou em 2003 uma divisão específica para
fiscalização aeroportuária. O sistema já funciona em Manaus.
Os termos Ibama e ararinha são formados, respectivamente, pelos processos
de
A) siglonimização e derivação sufixal.
B) derivação regressiva e onomatopeia.
C) derivação prefixal e abreviação.
D) derivação parassintética e derivação imprópria.
E) composição por justaposição e hibridismo.
Comentário: Veja que “Ibama” é uma sigla que significa “Instituto Brasileiro
do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis”. Assim, seu processo
de formação de palavras é a siglonimização.
A palavra “arara” recebe o sufixo diminutivo “-inha”. Assim, “ararinha” é
uma derivação sufixal.
Dessa forma, a alternativa correta é a (A).
Gabarito: A
00000000000
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
26 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 22: Pref Nova Iguaçu 2012 Assistente Adm (banca Consulplan)
No trecho “num abrir e fechar de olhos”, pode-se afirmar que na palavra em
destaque ocorreu um processo de derivação
A) sufixal. B) prefixal. C) imprópria. D) regressiva. E) parassintética.
Comentário: Note que o verbo “abrir” está antecipado do artigo “um”, o qual
está em contração com a preposição “em” (num). A presença desse artigo
antecipado marca a substantivação do verbo. Assim, há uma derivação
imprópria.
Gabarito: C
Questão 23: TSE 2012 Analista Judiciário (banca Consulplan)
Fragmento do texto: O sistema da corrupção é composto de um jogo de
forças do qual uma das mais importantes é a “força do sentido”. É ela que faz
perguntar, por exemplo, “como é possível que um policial pobre se negue a
aceitar dinheiro para agir ilegalmente?”
O simples fato de que essa pergunta seja colocada implica o pressuposto
de que uma verdade ética tal como a honestidade foi transvalorada. Isso
significa que foi também desvalorizada.
Assinale a alternativa em que o elemento destacado NÃO tenha o mesmo
sentido que o de trans , em transvalorada.
(A) transbordar (B) trasantontem
(C) tresnoitar
(D) trastejar
Comentário: O vocábulo “transvalorada” possui o prefixo “trans-“, o qual
significa “movimento para além de”. No contexto em que se encontra,
percebemos que a honestidade foi transvalorada, isto é, ficou além do seu
sentido comum, e por isso tal verdade ética acabou por ser desvalorizada.
Os vocábulos das alternativas (A), (B) e (C) possuem os prefixos
“trans-“, “tras-” e “tres-”, os quais também significam “movimento para além
de”:
“transbordar”= ultrapassar o limite da borda: além da borda;
“transantontem”= palavra coloquial que transmite o sentido de antes (“além”)
do dia anterior ao de ontem: transantontem anteontem ontem hoje;
“tresnoitar”= ultrapassar o período da noite sem dormir: além da noite de
sono.
Já a palavra “trastejar” não possui prefixo. Ela é sufixal. Ocorre, então,
o radical “traste-” (móvel caseiro ou sem nenhum valor; pessoa de mau
caráter, inútil; filetes de metal de instrumento de corda) com o sufixo verbal
“-ejar”. Assim, esta palavra pode ter amplos sentidos, como: negociação de
objetos pouco valiosos, ação de conduta imoral, bater a corda do violão.
Por isso, a alternativa (D) deve ser marcada.
Gabarito: D
00000000000
Questão 24: TSE 2012 Analista Judiciário (banca Consulplan)
Fragmento do texto: O economista Dan Ariely vai mais longe e propõe que,
no mundo das relações sociais, o presente serve para aliviar culpas: ofereça
ao presenteado algo de que ele goste, mas acha bobagem comprar, como um
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
27 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
jantar naquele restaurante chique ou um perfume um pouco mais caro. O que
você está lhe dando, na verdade, é uma licença para ser extravagante.
Segundo Ariely, é esse mecanismo que explica o sucesso de valespresentes e congêneres, que nada mais são que dinheiro com prazo de
validade e restrições de onde pode ser gasto.
Assinale a palavra em que o elemento con- (ou co-) NÃO tenha o mesmo valor
que o de congêneres.
(A) concentrar
(B) condomínio (C) contabilidade (D) confraria
Comentário: Esta questão foi bem superficial quanto à formação e sentido
das partes das palavras. Veja que o pedido da questão não enfatizou sentido
do prefixo, simplesmente, o valor de “con-” em “congêneres”. Ele é um
prefixo.
As alternativas (A), (B) e (D) possuem prefixo “co(n)”.
A palavra “concentrar” é uma derivação parassintética, pois há o prefixo
“con-", o radical “centr-” e o sufixo verbal “-ar” (designação de infinitivo de
primeira conjugação).
A palavra “condomínio” é uma derivação prefixal, pois há o prefixo
“con-” e o vocábulo “domínio”.
A palavra “confraria” é uma derivação prefixal, pois há o prefixo “con-" e
o radical “fraria” (uso raro no Português atual).
Já a palavra “contabilidade” não possui prefixo “con-". Esta palavra é
derivada sufixal, pois ocorre o radical “cont-” e a vogal temática “a”, seguidos
do sufixo erudito “bil”, consoante de ligação “i” e o sufixo “-dade”.
Bom, aprofundamos um pouquinho para evitar dúvidas, mas na prova
bastava perceber que em “contabilidade” não há prefixo.
Gabarito: C
Questão 25: TSE 2012 Analista Judiciário (banca Consulplan)
Assinale a palavra que tenha sido formada por processo DISTINTO do das
demais.
(A) teológica
(B) biografia
(C) narcotráfico (D) desvalorizada
Comentário: As alternativas (A), (B) e (C) apresentam palavras compostas
por justaposição:
(A) teológica: radical “teo-” (Deus) + radical “-logic-” (ciência, estudo) +
desinência de gênero feminino “a”
(B) biografia: radical “bio-” (vida) + radical “-graf-” (ação de escrever,
descrição) + sufixo formador de substantivo “-ia”
(C) narcotráfico: radical “narco-” (entorpecimento) + radical “-trafic-”
(comércio, negócio ilegal) + vogal temática “o”.
Já a alternativa (D) apresenta uma derivação prefixal e sufixal, pois
desvalorizada, possui o prefixo “des-” (negação), seguido do radical “valor” e
do sufixo “iza”, que é a redução do sufixo verbal “izar” (valorizar), além do
sufixo de particípio ou adjetivo “-da" (valorizada).
Gabarito: D
00000000000
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
28 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 26: COFEN – Assistente Administrativo – 2010 (banca Consulplan)
“Se não se dispõe de uma listinha dos melhores meses para comprar cada
produto, basta observar a oferta e o preço.” Os sufixos inha/inho significam
diminutivo. Assinale a alternativa que NÃO apresenta um vocábulo com sufixo
de grau diminutivo:
A) Bifinho.
B) Sacolinhas.
C) Carinho.
D) Precinho.
E) Saquinhos.
Comentário: Para se ter certeza de que há um sufixo diminutivo, basta
subentender o adjetivo “pequeno”, juntamente com a palavra original:
A) Bifinho (bife pequeno); B) Sacolinhas (sacolas pequenas); D) Precinho
(preço pequeno/baixo); E) Saquinhos (sacos pequenos).
Na alternativa (C), “Carinho” não apresenta sufixo diminutivo, pois não
conseguimos subentender a palavra “pequeno”.
Gabarito: C
Questão 27: Detran 2013 – Assistente de Trânsito (banca FGV)
As alternativas a seguir apresentam vocábulos que possuem a mesma
formação, à exceção de uma. Assinale-a.
(A) comunicação / educação.
(B) conscientização / mobilização.
(C) utilização / preocupação.
(D) reeducação / população.
(E) fiscalização / notificação.
Comentário:
A alternativa (A) apresenta vocábulos com formação por
derivação sufixal, tendo em vista que “comunicação” possui o radical
“comunic-”, a vogal temática “a” e o sufixo “-ção”. O mesmo ocorre com a
palavra “educação”, pois há o radical “educ-”, a vogal temática “a” e o sufixo
“-ção”.
A alternativa (B) apresenta vocábulos com formação por derivação
sufixal, tendo em vista que “conscientização” possui o radical “conscient-”, o
sufixo “-iza-” e o outro sufixo “-ção”. O mesmo ocorre com a palavra
“mobilização”, pois há o radical “mobil-”, o sufixo “-iza-” e o sufixo “-ção”.
A alternativa (C) apresenta vocábulos com formação por derivação
sufixal, tendo em vista que “utilização” possui o radical “útil-”, o sufixo “-iza” e
o outro sufixo “-ção”. A palavra “preocupação”, possui o radical “preocup-”, a
vogal temática “a” e o sufixo “-ção”.
A alternativa (D) é a errada, pois apresenta o vocábulo “reeducação”,
com formação por derivação sufixal e prefixal, tendo em vista que
“reeducação” possui o radical “-educ-” a vogal temática “a” e o sufixo “-ção”.
Porém, tal vocábulo recebeu o prefixo “re-”. Assim, está em desacordo com a
formação do vocábulo posterior., pois a palavra “população”, possui o radical
“popul-”, a vogal temática “a” e o sufixo “-ção”.
A alternativa (E) apresenta vocábulos com formação por derivação
sufixal, tendo em vista que “fiscalização” possui o radical “fiscal-”, o sufixo
00000000000
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
29 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
“-iza-” e o outro sufixo “-ção”. A palavra “notificação”, possui o radical
“notific-”, a vogal temática “a” e o sufixo “-ção”.
Gabarito: D
Questão 28: INEA 2013 – Técnico (banca FGV)
Assinale a alternativa que apresenta a palavra que é formada de forma
distinta das demais.
(A) Geração.
(B) Proteção.
(C) Preocupação.
(D) Distribuição.
(E) População.
Comentário: Ao analisarmos cada morfema das palavras, percebemos que
todas são formadas por derivação sufixal. Note que há os diversos radicais,
em seguida as vogais temáticas e depois o sufixo “ção".
Bom, então, esta questão não tem resposta?
Neste caso, a banca pede que reflitamos sobre a origem da palavra
também. Quatro palavras são originadas de verbos:
Gerar
Geração
Proteger
Proteção
verbo
substantivo
verbo
substantivo
Preocupar
Preocupação
Distribuir
Distribuição
verbo
substantivo
verbo
substantivo
Porém, o vocábulo “população” é gerado do adjetivo “popular”. Assim,
a alternativa que apresenta palavra que é formada de forma distinta das
demais é a (E).
Gabarito: E
Questão 29: SEFAZ-RJ – 2012 Analista Controle Interno (banca CEPERJ)
A formação do vocábulo destacado do texto está corretamente identificada na
seguinte alternativa.
00000000000
A) levantamento – substantivo formado a partir de verbo
B) desigualdade – substantivo formado a partir de outro substantivo
C) tributário – substantivo formado a partir de outro substantivo
D) brasileira – adjetivo formado a partir de outro adjetivo
E) desenvolvimento – adjetivo formado a partir de verbo
Comentário: Primeiro, devemos lembrar que um substantivo é o nome das
coisas. Identificamos facilmente o substantivo ao inserirmos um artigo
(o,a,os,as): as crianças, o menino, a menina, os meninos. Já adjetivo é um
nome caracterizador e deve concordar com o substantivo: criança feliz, noite
linda, vida bela.
A alternativa (A) é a correta, pois o substantivo “levantamento” é
sufixal, tendo o verbo “levantar” recebido o sufixo formador de substantivo
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
30 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
“mento”: levanta(r) + mento= levantamento.
A alternativa (B) está errada, pois o substantivo “desigualdade” teve a
formação gerada do adjetivo “igual”, em seguida recebeu o sufixo formador de
substantivo “dade” (igualdade), só depois recebeu a preposição “des”:
“desigualdade”.
A alternativa (C) está errada, pois “tributário” é um adjetivo.
A alternativa (D) está errada, pois “brasileira” é um adjetivo formado a
partir do substantivo próprio “Brasil”.
A alternativa (E) está errada, pois “desenvolvimento” é um substantivo.
Gabarito: A
Questão 30: Prefeitura Cantagalo – 2006 Assistente Social (banca CEPERJ)
O radical do vocábulo cordial está presente na expressão destacada em:
A) O Brasil colonial era submisso à Coroa Portuguesa.
B) O cortejo seguiu vagarosamente.
C) Sabemos de cor todos os impostos que pagamos.
D) É preciso ter coragem para mudar.
Comentário: O vocábulo “cordial” possui o radical “cor-”. Assim, “cordial” é
aquilo que é relativo ou pertencente ao coração. Por extensão, significa
“afetuoso”, “afável”, “sincero”, “franco”.
A alternativa (C) é a correta, pois a expressão “de cor” significa “de
coração”, “de memória”. Assim, possui o mesmo radical “cor-”.
Na alternativa (A), a palavra “coroa” é formada pelo próprio radical, que
significa ornato circular.
Na alternativa (B), a palavra “cortejo” possui o radical “cortej” e significa
cumprimento
solene;
comitiva
pomposa;
séquito;
procissão,
acompanhamento.
Na alternativa (D), a palavra “coragem” é formada pelo radical “corag” e
significa bravura, intrepidez, ousadia.
Gabarito: C
00000000000
Questão 31: Prefeitura Cantagalo – 2006 Assistente Social (banca CEPERJ)
A palavra ataques (para que se evitassem doenças como ataques cardíacos),
segue o mesmo processo de formação presente na palavra assinalada em:
A) “... ameaça permanente à sobrevivência da espécie.”
B) “... a desnutrição foi nosso principal problema...”
C) “...saúde pública; hoje, é a obesidade.”
D) “...a fome representou ameaça permanente...”
Comentário: O substantivo “ataques” é uma derivação regressiva, também
chamada de deverbal, pois é gerado de um verbo: “atacar”.
O mesmo ocorre com o substantivo “ameaça”, o qual foi gerado do
verbo “ameaçar”, por derivação regressiva: perda do “r”.
A alternativa (A) possui o substantivo “sobrevivência”, que é gerado,
primeiro, por derivação sufixal “vivência”, com o acréscimo do sufixo “ência”
ao radical “viv-”; depois por derivação prefixal: sobrevivência, com o
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
31 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
acréscimo do prefixo “sobre” ao substantivo “vivência”.
A alternativa (B) possui o substantivo “desnutrição”, que é gerado,
primeiro, por derivação sufixal “nutrição” , com o acréscimo do sufixo “ção”
ao tema “nutri-”; depois por derivação prefixal: desnutrição, com o acréscimo
do prefixo “des” ao substantivo “nutrição”.
A alternativa (C) possui o substantivo “obesidade”, que é gerado por
derivação sufixal “obesidade”, com o acréscimo do sufixo “(i)dade” ao radical
“obes-”.
Gabarito: D
Questão 32: SUFRAMA – Agente – 2008 (banca Funrio)
Fragmento do texto: A Amazônia é vítima de um ecocídio em função da
ganância do capital. Se a sociedade não pressionar e o governo não agir, no
futuro haverá ali um novo Saara, com graves consequências para a
sobrevivência da humanidade e da Terra.
O vocábulo “ecocídio” é um(a)
A) arcaísmo.
B) anacronismo.
C) neologismo.
D) onomatopeia.
E) eufemismo.
Comentário: A palavra “ecocídio” foi criada neste texto. A junção de “eco”
(natureza) e “cídio” (matar) transmite um sentido novo. Esse processo de
formação é denominado neologismo.
Gabarito: C
Questão 33: DEPEN – Agente – 2009 (banca Funrio)
Escrever é triste. Impede a conjugação de tantos outros verbos. Os dedos
sobre o teclado, as letras se reunindo com maior ou menor velocidade, mas
com igual indiferença pelo que vão dizendo, enquanto lá fora a vida estoura
não só em bombas como também em dádivas de toda natureza, inclusive a
simples claridade da hora, vedada a você, que está de olho na maquininha. O
mundo deixa de ser realidade quente para se reduzir a marginália, purê de
palavras, reflexos no espelho (infiel) do dicionário.
00000000000
(Carlos Drummond de Andrade: “Hoje não escrevo”, 1974)
O vocabulário usado pelo cronista inclui várias palavras derivadas. Algumas
delas contêm sufixos, como comprova a seguinte alternativa, que transcreve
apenas palavras formadas por derivação sufixal:
A) indiferença, dádivas, maquininha, reflexos.
B) conjugação, velocidade, claridade, marginália.
C) realidade, teclado, dicionário, reunindo.
D) você, também, reduzir, natureza.
E) impede, inclusive, infiel, igual.
Comentário: A questão pede a alternativa que possua apenas as palavras
formadas por sufixação. Veja que a alternativa (B) é a correta, pois nela se
incluem palavras com radical e sufixo: conjugação, velocidade, claridade,
marginália.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
32 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Veja os vocábulos das demais alternativas com afixos em negrito e
sublinhados. Quando a palavra não tiver essa marcação, é sinal de que não
possui prefixo ou sufixo:
A) indiferença, dádivas, maquininha, reflexos.
C) realidade, teclado, dicionário, reunindo.
D) você, também, reduzir, natureza.
E) impede, inclusive, infiel, igual.
Gabarito: B
Questão 34: DOCAS – Assistente-Administrativo – 2006 (banca Funrio)
Fragmento do texto: Nas últimas cinco décadas, o “peso ideal” foi um dos
indicadores mais importantes da boa saúde. O excesso puro e simples de
tecido adiposo era tido como o vilão responsável por uma série de doenças de infartos e derrames a apneia do sono, de vários tipos de câncer a
problemas na coluna.
No vocábulo adiposo o sufixo oso tem a noção de:
a) nomenclatura científica. b) ação.
c) profissão.
d) quantidade.
e) procedência.
Comentário: O sufixo “oso” tem sentido de “excesso, abundância”. Por isso,
a alternativa correta é a (D).
Gabarito: D
Questão 35: DEPEN – Agente – 2009 (banca Funrio)
Olhar colírico
Lírios plásticos do campo e do contracampo
Telástico cinemascope
Teu sorriso tudo isso
Tudo ido e lido e lindo e vindo do vivido
Na minha adolescidade
Idade de pedra e paz
Caetano Veloso e Rogério Duprat compuseram em 1969 “Acrilírico”, uma
experiência de instrumentos, sons urbanos e palavras sonoras, algumas delas
inventadas pelos compositores, que utilizaram os recursos morfológicos da
língua para produzir
00000000000
A) derivações prefixais.
B) neologismos lexicais.
C) substantivos paradoxais.
D) alterações flexionais.
E) arcaísmos desconexos.
Comentário: Note que palavras como “colírico”, “contracampo”, “Telástico”,
“cinemascope” e “adolescidade” são inventadas pelos compositores. A esse
tipo de formação de palavras dá-se o nome de neologismo. Por isso, a
alternativa (B) é a correta.
Gabarito: B
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
33 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 36: DOCAS – Assistente-Administrativo – 2006 (banca Funrio)
“... gordura visceral ou intra-abdominal”.
O sentido do prefixo latino está contido no vocábulo.
a) introvertido.
b) introdução.
c) intraduzível.
d) intragável.
e) intransferível.
Comentário: Em “intra-abdominal”, o prefixo “intra” tem sentido de “posição
interior”, “no meio”, “no interior”, “dentro”. O mesmo sentido é encontrado
em “introvertido” (estar voltado para dentro, recolhido, concentrado).
Na alternativa (B), o prefixo “intro” tem o sentido de fazer entrar ou
iniciar. Nas alternativas (C), (D) e (E), o prefixo “in” tem valor de negação
(“intraduzível”=sem tradução; “intragável”=sem tragar; “intransferível”=sem
transferir).
Gabarito: A
Questão 37: DOCAS – Assistente-Administrativo – 2006 (banca Funrio)
Em qual das alternativas a seguir o sufixo exprime ideia de agente:
a) agricultor, verdureiro, agente, modelador.
b) paulista, viveiro, anilina, inglesa.
c) algodoal, arvoredo, cardume, formatura.
d) canteiro, acetileno, solidão, resistente.
e) maldade, surdez, brancura, perecível.
Comentário: A alternativa correta é a (A), pois “agricultor” (aquele que
agriculta, planta), “verdureiro” (aquele que vende verduras), agente (aquele
que age), modelador (aquele que modela).
Na alternativa (B), “paulista” (pertencente a), “viveiro” (local),
“anilina” (proveniente de), “inglesa” (pertencente a).
Na alternativa (C), “algodoal” (quantidade, coleção), “arvoredo”
(aglomeração), “cardume” (coleção), “formatura” (resultado de uma ação).
Na alternativa (D), “canteiro” (local), “acetileno” (substâncias
insaturadas), “solidão” (próprio de), “resistente” (aquele que resiste).
Na alternativa (E), “maldade” (próprio de, caráter de), “surdez”
(qualidade ou afecção de), “brancura” (qualidade de), “perecível” (sujeito a).
Vamos ser práticos!!!! Para resolvermos esta questão, precisaríamos
saber esta quantidade de sentido dos sufixos???? Perceba que não, a banca
deixou bem evidente a alternativa correta, para que o candidato não tivesse
que raciocinar tanto com todos esses sufixos.
Gabarito: A
00000000000
Questão 38: Pref Cel Fabriciano – Administrador – 2008 (banca Funrio)
Em “Aqueles que atravancam meu caminho, eles passarão... e eu passarinho”
(Mário Quintana), o autor opõe, para efeitos de sentido, -ão e –inho,
parecendo desprezar o fato de serem próprios de
A) classes gramaticais diferentes.
B) universos impossíveis de articular.
C) sentidos opostos um ao outro.
D) sentidos semelhantes um ao outro.
E) classes gramaticais semelhantes.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
34 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Comentário: O verbo “passarão” não apresenta sufixo. Esse vocábulo possui
radical “pass”, “vogal temática “a” e desinência modo-temporal “ra” e
desinência número-pessoal “o”.
Em contraposição ao substantivo “passarinho”, o qual possui o sufixo
diminutivo “inho”, esse jogo de palavras fez soar “ão” supostamente como
sufixo aumentativo.
O humor é gerado justamente porque o verbo não admite esse sufixo,
que é típico de substantivo.
Por isso, a alternativa (A) é a correta.
Gabarito: A
Questão 39: Pref Cel Fabriciano – Administrador – 2008 (banca Funrio)
O vocábulo do texto formado pelo processo de derivação prefixal e sufixal é
A) rancorosamente.
B) tradicional.
C) choupana.
D) desigualdade.
E) eletricidade.
Comentário: A derivação sufixal e prefixal é aquela que possui os dois afixos,
podendo-se retirar um ou outro, e a palavra permanece gramaticalmente
correta, mesmo que tenha sentido diferente:
Na alternativa (A), “rancorosamente” possui apenas sufixos “osa” e
“mente” (derivação sufixal).
Na alternativa (B), “tradicional” possui apenas o sufixo “al” (derivação
sufixal).
Na alternativa (C), “choupana” possui apenas o sufixo “ana" (derivação
sufixal).
A alternativa (D) é a correta, pois “desigualdade” possui o prefixo “des”
e o sufixo “dade”. Por isso houve derivação prefixal (desigual) e sufixal
(igualdade).
Na alternativa (E), “eletricidade” possui o sufixo “dade” (derivação
sufixal).
Gabarito: D
00000000000
Questão 40: IDENE – Biblioteconomia – 2008 (banca Funrio)
A alternativa que contém uma palavra formada exatamente pelo mesmo
processo pelo qual se obteve “seringueiro” é
A) cigarros.
B) desarrumação.
C) penumbra.
D) reconhecimento.
E) simplicidade.
Comentário: O vocábulo “seringueiro” é derivado por sufixação, pois possui o
sufixo “eiro”.
Na alternativa (A), “cigarros” não possui afixos, por ser uma palavra
primitiva.
Na alternativa (B), “desarrumação” é uma palavra derivada sufixal
(arrumação) e depois prefixal (desarrumação).
Na alternativa (C), “penumbra” apresenta uma composição por
aglutinação, pois há o radical “pene” (quase, aproximadamente) e “umbra”
(escuridão).
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
35 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Na alternativa (D), “reconhecimento” é uma palavra derivada sufixal
(conhecimento) e depois prefixal (reconhecimento).
A alternativa (E) é a correta, pois o vocábulo “simplicidade” é derivado
por sufixação. O radical é “simpli(c)” e o sufixo “(i)dade”.
Gabarito: E
Questão 41: INSS – Analista Seguro Social – 2009 (banca Funrio)
Em “devemos nos desprender de lembranças”, o termo “desprender” é
formado pelo acréscimo do prefixo “des-” (que expressa negação ou privação)
+ verbo prender.
Dentre as alternativas abaixo aquela em que há um termo que segue o
mesmo processo de formação (prefixo + verbo) é
A) apontadas.
B) longevidade.
C) pontiagudo.
D) renovação.
E) recolher.
Comentário: A alternativa (A) está errada, pois “pontadas” não é verbo
A alternativa (B) está errada, pois “longevidade” apresenta uma
derivação sufixal, pois ocorre o sufixo “dade”.
A alternativa (C) está errada, pois “pontiagudo” é formada por
composição por aglutinação, pois ocorre a junção dos vocábulos “ponta” e
“agudo”, havendo a mudança da vogal “a” para “i”.
A alternativa (D) está errada, pois “renovação” é formada por derivação
parassintética, tendo em vista que ocorrem simultaneamente o prefixo “re” e
o sufixo “ção” .
A alternativa (E) é a correta, pois o verbo “colher” recebe o prefixo “re”:
recolher.
Gabarito: E
Questão 42: JUCERJA – Administrador – 2008 (banca Funrio)
Julgue a frase como CERTA (C) ou ERRADA (E)
Em “com baixa auto-estima”, o termo “auto-estima” é formado por um
pseudoprefixo.
Comentário: Pseudoprefixos são radicais que trabalham como prefixos,
formando novas palavras, como “automóvel”, “autoajuda”, “autopropulsão” e
“auto-estima” (após a reforma ortográfica de 2009, esta palavra perdeu o
hífen: autoestima). Por isso, a afirmação está correta.
Essas palavras são formadas por composição (dois radicais), mas
parecem ser formadas por derivação prefixal.
Gabarito: C
00000000000
Questão 43: JUCERJA – Administrador – 2008 (banca Funrio)
Julgue a frase como CERTA (C) ou ERRADA (E)
Em “brotavam” e “sofreria”, os morfemas destacados são indicadores do
modo e do tempo verbal.
Comentário: Esta questão explora a estrutura da palavra. Vimos as
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
36 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
estruturas dos verbos na aula passada. Assim, perceba que o verbo
“brotavam” apresenta a desinência modo-temporal “va”, marcando o tempo
pretérito imperfeito do indicativo.
O verbo “sofreria” apresenta a desinência modo-temporal “ria”,
marcando o futuro do pretérito do indicativo.
Por isso, a afirmativa está correta.
Gabarito: C
Questão 44: MJ – Administrador – 2008 (banca Funrio)
No título, o vocábulo “pirataria” é formado por meio de derivação sufixal. A
palavra que também se formou por derivação sufixal, é
A) secretário.
B) combate.
C) desarticulação.
D) devemos.
E) narcotráfico.
Comentário: A alternativa (A) é a correta, pois o vocábulo “secretário” é
derivado por sufixação, pois há o sufixo “rio”.
A alternativa (B) está errada, pois a palavra “combate” é formada por
derivação prefixal.
A alternativa (C) está errada, pois “desarticulação” apresenta uma
e
depois
uma
derivação
prefixal
derivação
sufixal
(articulação)
(desarticulação).
A alternativa (D) está errada, pois há apenas uma palavra primitiva.
Radical “dev”, vogal temática “e” e desinência número-pessoal “mos”.
A alternativa (E) está errada, pois “narcotráfico” é uma composição por
justaposição, pois ocorre a junção dos vocábulos “narco” + “tráfico”.
Gabarito: A
Questão 45: PM RJ – Administrador – 2008 (banca Funrio)
Fragmento do texto: Dizem as escrituras sagradas: "Para tudo há o seu
tempo. Há tempo para nascer e tempo para morrer". A morte e a vida não são
contrárias. São irmãs. A "reverência pela vida" exige que sejamos sábios para
permitir que a morte chegue quando a vida deseja ir. Cheguei a sugerir uma
nova especialidade médica, simétrica à obstetrícia: a "morienterapia", o
cuidado com os que estão morrendo. A missão da morienterapia seria cuidar
da vida que se prepara para partir.
O neologismo "morienterapia" é um vocábulo formado por
00000000000
A) derivação sufixal.
B) derivação prefixal.
C) parassíntese.
D) derivação regressiva.
E) composição.
Comentário: Como há junção dos vocábulos “mori” (morte) e “terapia”, a
formação da palavra é feita por composição.
Gabarito: E
Questão 46: Prefeitura Niterói – Aux Adm – 2008 (banca Funrio)
Fragmento do texto: Normal (talvez apenas comum...) ver todo tipo de
gente andando pelas ruas e falando com o além... Ou com alguém. Todos
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
37 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
recebendo informações e tomando decisões e trocando ideias e falando,
falando. Ou marcando encontros. Ou discutindo seriamente os destinos da
nação. Tecnômades do século XXI. Gente pobre e gente rica. Celulares
pululando Brasil afora, mundo afora.
“Tecnômades do século XXI.”
“Tecnômades” é um(a):
A) palavra inglesa
B) neologismo
C) galicismo
D) termo corrente na informática E) vocábulo latino
Comentário: A palavra “Tecnômades” é uma composição da palavra
“tecnologia” com “nômades”. Esse vocábulo não é encontrado nos dicionários,
ele foi criado neste texto para avivar a característica de algumas pessoas. Por
isso, observamos que há um neologismo.
Gabarito: B
Questão 47: Prefeitura Niterói – Aux Adm – 2008 (banca Funrio)
“Um ilustre comentador de TV declarou...”
A palavra comentador é formada por:
A) prefixação
B) composição
C) sufixação
D) aglutinação
E) redução
Comentário: O vocábulo “comentador” é formado pelo radical “coment”,
vogal temática “a” e sufixo “dor”. Assim, há uma derivação sufixal.
Gabarito: C
Abraço.
Terror
00000000000
Questão 1: MP RS 2015 Apoio ao Usuário (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações sobre a palavra descentralizada.
I.
Seu prefixo tem o mesmo sentido que
desrespeitado.
II. Seu sufixo forma adjetivos a partir de verbos.
III. Ela significa o mesmo que descentrada.
o
prefixo
da
palavra
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
38 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
(C) Apenas III.
(D) Apenas I e II.
(E) I, II e III.
Questão 2: MP RS 2015 Técnico Superior em Informática (banca MPRS)
Considere as três afirmações abaixo, sobre a formação de palavras do texto.
I.
II.
III.
Na palavra radiotáxi, radio- tem o mesmo sentido que radio- na
palavra radioterapia.
A palavra pesquisadores apresenta sufixo que pode formar
substantivos a partir de verbos.
A palavra tradicional contém sufixo que pode formar adjetivos a partir
de substantivos.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas I e III.
(D) Apenas II e III.
(E) I, II e III.
Questão 3: MP RS 2015 Contador (banca MPRS)
Na coluna da esquerda, abaixo, estão listadas quatro palavras retiradas do
texto; na da direita, são apresentados quatro tipos de formação de palavras.
Associe adequadamente a coluna da direita à da esquerda.
1.
2.
3.
4.
interessadas
embalagens
financeiras
contabilidade
(
(
(
(
)
)
)
)
adjetivo formado a partir de substantivo
adjetivo formado a partir de verbo
substantivo formado a partir de verbo
substantivo formado a partir de adjetivo
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
(A) 2 – 4 – 1 – 1.
(B) 4 – 2 – 2 – 3.
(C) 2 – 4 – 1 – 3.
(D) 4 – 2 – 2 – 1.
(E) 3 – 1 – 2 – 4.
00000000000
Questão 4: MP RS 2013 Agente Administrativo (banca MPRS)
Fragmento do texto: Não se concebe que um ato normativo de qualquer
natureza seja redigido de forma obscura, que dificulte ou impossibilite sua
compreensão. A transparência do sentido dos atos normativos bem como sua
inteligibilidade são requisitos do próprio Estado de direito.
(...)
Acrescente-se que a identificação das características específicas da
forma oficial de redigir não deve ensejar o entendimento de que se proponha
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
39 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
a criação – ou se aceite a existência – de uma forma específica de linguagem
administrativa, o que coloquialmente e pejorativamente se chama burocratês.
Considere as seguintes afirmações sobre palavras do texto.
I.
O emprego de inicial maiúscula na palavra Estado justifica-se à medida
que, no texto, essa palavra designa divisão territorial e política no
interior de uma Nação.
II.
O sufixo -mente da palavra coloquialmente poderia ser suprimido, sem
acarretar erro gramatical ou alteração do significado.
III. A palavra burocratês é um neologismo, criado pelos autores do texto,
que significa uso abusivo de linguagem retórica na redação de
documentos oficiais .
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas I e II.
(E) I, II e III.
Questão 5: MP RS 2013 Agente Administrativo (banca MPRS)
Julgue a frase como CERTA (C) ou ERRADA (E)
A palavra inaceitável contém o mesmo prefixo que
impessoalidade.
a
palavra
Questão 6: MP RS 2013 Agente Administrativo (banca MPRS)
Julgue a frase como CERTA (C) ou ERRADA (E)
As palavras publicidade e entendimento apresentam sufixos que formam
substantivos a partir de verbos.
Questão 7: MP RS 2013 Técnico em Informática (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações sobre relações morfológicas que se
estabelecem entre palavras do texto.
00000000000
I.
As palavras desenvolvedores e consumidor são formadas por sufixo
que acresce ao radical a noção de `agente´.
II. As palavras aplicativos e invasivos contêm sufixos que transformam
adjetivos em substantivos.
III. As palavras conhecimento e expansão são formadas por sufixos que
transformam verbos em substantivos.
Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas I e III.
e) I, II e III.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
40 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 8: MP RS 2014 Médico (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações sobre a estrutura de palavras do texto.
I.
II.
III.
A palavra metabolismo contém sufixo que transforma verbos em
substantivos.
A palavra capacidade contém sufixo que transforma adjetivos em
substantivos.
A palavra crescimento contém sufixo que transforma verbos em
substantivos.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas II e III.
(E) I, II e III.
Questão 9: MP RS 2014 Assistente Social (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações a respeito de palavras extraídas do texto.
I.
II.
A palavra desdobramento é formada por parassíntese.
A palavra civilidade contém sufixo que forma substantivos a partir de
adjetivos.
III. A palavra civilização contém sufixo que forma substantivos a partir de
verbos.
Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.
00000000000
Questão 10: MP RS 2011 Engenheiro (banca MPRS)
Fragmento do texto: Parece que Darwin hoje incomoda tanto quanto Galileu
em sua época. Alguns pretendem dar ao "Criacionismo" status de ciência,
colocando-o como teoria alternativa ao "Darwinismo". Nada mais pobre do
ponto de vista espiritual e intelectual do que confundir ciência com religião: a
fé é de foro íntimo, e de cada um; a ciência busca o entendimento da
natureza, e não há nesse ato qualquer atitude de crença em dogmas
religiosos. Assim, Darwin é vítima do obscurantismo, pois suas ideias tendem
a ser negadas pelo público leigo, como se pertencessem a um lado diabólico
da humanidade.
(...)
Ao unificar os resultados de Michelson e Morley sobre o fato de que a luz
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
41 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
não necessita suporte material para se propagar com as equações de Lorentz
para cálculo de velocidades relativas e com o fato de a velocidade da luz
independer do referencial, Einstein concluiu que as leis do eletromagnetismo
também são as mesmas para todos os referenciais inerciais.
Considere as seguintes afirmações sobre a formação de palavras do texto.
I.
As palavras Criacionismo e obscurantismo, formadas com o sufixo
–ismo, designam, respectivamente, doutrina e atitude ideológicas.
II. O sufixo –al, presente nas palavras espiritual e referencial, serve para
formar adjetivos ou substantivos a partir de adjetivos.
III. O prefixo de independer tem o mesmo sentido do prefixo de irreal.
Quais estão corretas?
(A) Apenas III.
(B) Apenas I.
(C) Apenas I e III.
(D) Apenas II.
(E) I, II e III.
Questão 11: MP RS 2011 Assessor (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações sobre formação de palavras do texto.
I.
As palavras impostas e inevitavelmente contêm o mesmo prefixo.
II. As palavras liberdade e livres têm a mesma etimologia.
III. A palavra jugo pertence à mesma família da palavra julgamento.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas I e II.
(D) Apenas II e III.
(E) Apenas III.
00000000000
Questão 12: MP RS 2012 Técnico em Informática (banca MPRS)
Considere as seguintes afirmações sobre relações morfológicas que se
estabelecem entre palavras do texto.
I.
II.
III.
As palavras fundamental e condicional são formadas a partir de
verbos, assim como carnaval.
As palavras dinheiro e primeiro são formadas a partir de adjetivos,
assim como brasileiro.
As palavras equipamento e conhecimento são formadas a partir de
verbos, assim como julgamento.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
42 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
(C) Apenas III.
(D) Apenas II e I
Questão 13: CBTU 2014 Assistente de Manutenção (banca Consulplan)
Do ponto de vista morfológico, a palavra “libertária” é formada por
A) composição, visto que apresenta dois radicais seguidos de um sufixo.
B) justaposição, porque a palavra não perde som no processo de formação.
C) aglutinação, visto que, se juntar dois radicais diferentes, a palavra perde
alguns sons.
D) derivação, porque forma-se com o acréscimo de um sufixo, que altera
parcialmente o significado do radical.
Questão 14: CODERN 2014 Administrador (banca Consulplan)
Fragmento do texto: Admiro o brilhantismo político e a presciência de Chico.
Ele compreendeu antes que a maioria que qualquer estratégia para a
preservação da Amazônia teria de ser também uma estratégia de
desenvolvimento. Essa foi a gênese da reserva extrativa, que pode ser
resumida como um esforço para fazer com que a floresta valha mais viva do
que morta, sobretudo para quem vive nela.
O elemento destacado em “presciência” tem seu sentido explicitado no próprio
texto, em “Ele compreendeu antes” (linha 2). O mesmo elemento com o
mesmo sentido pode ser identificado em
A) prestação. B) empresas. C) preservação. D) empréstimo. E) precondições.
Questão 15: MAPA 2014 Agente Inspeção Sanitária (banca Consulplan)
Assinale a alternativa em que todas as palavras foram formadas por derivação
sufixal.
A) Constituição – região – mineração.
B) Manifestações – oposição – produtores.
C) Reservatório – relações – descendentes.
D) Anarquismo – parlamentaristas – poderes.
00000000000
Questão 16: Pref Cascavel 2014 Agente de Apoio (banca Consulplan)
Em “[...] romances amorais do Antigo Regime [...]”, o termo sublinhado
possui o mesmo sentido do prefixo em
A) acéfalo.
D) adjacência.
B) antepor.
E) apodrecer.
C) ambíguo.
Questão 17: AVAPE 2013 Assistente Administrativo (banca Consulplan)
Participou da constituição morfológica dos adjetivos “imbatíveis”, “indecentes”
e “inesgotáveis” um prefixo de valor negativo.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
43 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 18: CODEG 2013 Auxiliar Administrativo (banca Consulplan)
Quanto ao processo de formação, a palavra “exclusivamente” é formada por
A) derivação sufixal.
D) derivação parassintética.
B) derivação prefixal.
E) justaposição de palavras.
C) aglutinação de palavras.
Questão 19: Pref Uberlândia-MG 2012 Assistente Adm (banca Consulplan)
Analise as seguintes palavras.
escol-a escol-ar escol-arização escol-arizar sub-escol-arização
O elemento comum a todas elas é chamado
A) prefixo. B) vogal temática. C) radical. D) sufixo. E) desinência.
Questão 20: Pref Vila Rica-MT 2012 Assistente Social (banca Consulplan)
Julgue a frase como CERTA (C) ou ERRADA (E)
Os termos “blogueiros” e “internetês” são neologismos.
Questão 21: Pref Barra Velha-SC 2012 Agente Adm (banca Consulplan)
Fragmentos do texto: O caso da ararinha azul, que ficou famoso em todo o
mundo devido à luta desenvolvida para recuperar a população nativa
representada por apenas um único exemplar que sobrevivia no sertão baiano,
na região de Curaçá, é apenas um exemplo entre muitos.
(...)
Estão sendo implementados sistemas de controle informatizados para gestão
do uso da fauna, especialmente de criadouros de animais silvestres e
zoológicos. Isto permitirá o controle de procedência e a identificação de
possíveis irregularidades. O Ibama criou em 2003 uma divisão específica para
fiscalização aeroportuária. O sistema já funciona em Manaus.
Os termos Ibama e ararinha são formados, respectivamente, pelos processos
de
A) siglonimização e derivação sufixal.
B) derivação regressiva e onomatopeia.
C) derivação prefixal e abreviação.
D) derivação parassintética e derivação imprópria.
E) composição por justaposição e hibridismo.
00000000000
Questão 22: Pref Nova Iguaçu 2012 Assistente Adm (banca Consulplan)
No trecho “num abrir e fechar de olhos”, pode-se afirmar que na palavra em
destaque ocorreu um processo de derivação
A) sufixal. B) prefixal. C) imprópria. D) regressiva. E) parassintética.
Questão 23: TSE 2012 Analista Judiciário (banca Consulplan)
Fragmento do texto: O sistema da corrupção é composto de um jogo de
forças do qual uma das mais importantes é a “força do sentido”. É ela que faz
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
44 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
perguntar, por exemplo, “como é possível que um policial pobre se negue a
aceitar dinheiro para agir ilegalmente?”
O simples fato de que essa pergunta seja colocada implica o pressuposto
de que uma verdade ética tal como a honestidade foi transvalorada. Isso
significa que foi também desvalorizada.
Assinale a alternativa em que o elemento destacado NÃO tenha o mesmo
sentido que o de trans , em transvalorada.
(A) transbordar (B) trasantontem
(C) tresnoitar
(D) trastejar
Questão 24: TSE 2012 Analista Judiciário (banca Consulplan)
Fragmento do texto: O economista Dan Ariely vai mais longe e propõe que,
no mundo das relações sociais, o presente serve para aliviar culpas: ofereça
ao presenteado algo de que ele goste, mas acha bobagem comprar, como um
jantar naquele restaurante chique ou um perfume um pouco mais caro. O que
você está lhe dando, na verdade, é uma licença para ser extravagante.
Segundo Ariely, é esse mecanismo que explica o sucesso de valespresentes e congêneres, que nada mais são que dinheiro com prazo de
validade e restrições de onde pode ser gasto.
Assinale a palavra em que o elemento con- (ou co-) NÃO tenha o mesmo valor
que o de congêneres.
(A) concentrar
(B) condomínio
(C) contabilidade (D) confraria
Questão 25: TSE 2012 Analista Judiciário (banca Consulplan)
Assinale a palavra que tenha sido formada por processo DISTINTO do das
demais.
(A) teológica
(B) biografia
(C) narcotráfico (D) desvalorizada
Questão 26: COFEN – Assistente Administrativo – 2010 (banca Consulplan)
“Se não se dispõe de uma listinha dos melhores meses para comprar cada
produto, basta observar a oferta e o preço.” Os sufixos inha/inho significam
diminutivo. Assinale a alternativa que NÃO apresenta um vocábulo com sufixo
de grau diminutivo:
00000000000
A) Bifinho.
B) Sacolinhas.
C) Carinho.
D) Precinho.
E) Saquinhos.
Questão 27: Detran 2013 – Assistente de Trânsito (banca FGV)
As alternativas a seguir apresentam vocábulos que possuem a mesma
formação, à exceção de uma. Assinale-a.
(A) comunicação / educação.
(B) conscientização / mobilização.
(C) utilização / preocupação.
(D) reeducação / população.
(E) fiscalização / notificação.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
45 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 28: INEA 2013 – Técnico (banca FGV)
Assinale a alternativa que apresenta a palavra que é formada de forma
distinta das demais.
(A) Geração.
(B) Proteção.
(C) Preocupação.
(D) Distribuição.
(E) População.
Questão 29: SEFAZ-RJ – 2012 Analista Controle Interno (banca CEPERJ)
A formação do vocábulo destacado do texto está corretamente identificada na
seguinte alternativa.
A) levantamento – substantivo formado a partir de verbo
B) desigualdade – substantivo formado a partir de outro substantivo
C) tributário – substantivo formado a partir de outro substantivo
D) brasileira – adjetivo formado a partir de outro adjetivo
E) desenvolvimento – adjetivo formado a partir de verbo
Questão 30: Prefeitura Cantagalo – 2006 Assistente Social (banca CEPERJ)
O radical do vocábulo cordial está presente na expressão destacada em:
A) O Brasil colonial era submisso à Coroa Portuguesa.
B) O cortejo seguiu vagarosamente.
C) Sabemos de cor todos os impostos que pagamos.
D) É preciso ter coragem para mudar.
Questão 31: Prefeitura Cantagalo – 2006 Assistente Social (banca CEPERJ)
A palavra ataques (para que se evitassem doenças como ataques cardíacos),
segue o mesmo processo de formação presente na palavra assinalada em:
00000000000
A) “... ameaça permanente à sobrevivência da espécie.”
B) “... a desnutrição foi nosso principal problema...”
C) “...saúde pública; hoje, é a obesidade.”
D) “...a fome representou ameaça permanente...”
Questão 32: SUFRAMA – Agente – 2008 (banca Funrio)
Fragmento do texto: A Amazônia é vítima de um ecocídio em função da
ganância do capital. Se a sociedade não pressionar e o governo não agir, no
futuro haverá ali um novo Saara, com graves consequências para a
sobrevivência da humanidade e da Terra.
O vocábulo “ecocídio” é um(a)
A) arcaísmo.
B) anacronismo.
C) neologismo.
D) onomatopeia.
E) eufemismo.
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
46 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 33: DEPEN – Agente – 2009 (banca Funrio)
Escrever é triste. Impede a conjugação de tantos outros verbos. Os dedos
sobre o teclado, as letras se reunindo com maior ou menor velocidade, mas
com igual indiferença pelo que vão dizendo, enquanto lá fora a vida estoura
não só em bombas como também em dádivas de toda natureza, inclusive a
simples claridade da hora, vedada a você, que está de olho na maquininha. O
mundo deixa de ser realidade quente para se reduzir a marginália, purê de
palavras, reflexos no espelho (infiel) do dicionário.
(Carlos Drummond de Andrade: “Hoje não escrevo”, 1974)
O vocabulário usado pelo cronista inclui várias palavras derivadas. Algumas
delas contêm sufixos, como comprova a seguinte alternativa, que transcreve
apenas palavras formadas por derivação sufixal:
A) indiferença, dádivas, maquininha, reflexos.
B) conjugação, velocidade, claridade, marginália.
C) realidade, teclado, dicionário, reunindo.
D) você, também, reduzir, natureza.
E) impede, inclusive, infiel, igual.
Questão 34: DOCAS – Assistente-Administrativo – 2006 (banca Funrio)
Fragmento do texto: Nas últimas cinco décadas, o “peso ideal” foi um dos
indicadores mais importantes da boa saúde. O excesso puro e simples de
tecido adiposo era tido como o vilão responsável por uma série de doenças de infartos e derrames a apneia do sono, de vários tipos de câncer a
problemas na coluna.
No vocábulo adiposo o sufixo oso tem a noção de:
a) nomenclatura científica.
d) quantidade.
b) ação.
c) profissão.
e) procedência.
Questão 35: DEPEN – Agente – 2009 (banca Funrio)
Olhar colírico
Lírios plásticos do campo e do contracampo
Telástico cinemascope
Teu sorriso tudo isso
Tudo ido e lido e lindo e vindo do vivido
Na minha adolescidade
Idade de pedra e paz
00000000000
Caetano Veloso e Rogério Duprat compuseram em 1969 “Acrilírico”, uma
experiência de instrumentos, sons urbanos e palavras sonoras, algumas delas
inventadas pelos compositores, que utilizaram os recursos morfológicos da
língua para produzir
A) derivações prefixais.
C) substantivos paradoxais.
E) arcaísmos desconexos.
Prof. Décio Terror
B) neologismos lexicais.
D) alterações flexionais.
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
47 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 36: DOCAS – Assistente-Administrativo – 2006 (banca Funrio)
“... gordura visceral ou intra-abdominal”.
O sentido do prefixo latino está contido no vocábulo.
a) introvertido.
b) introdução.
c) intraduzível.
d) intragável.
e) intransferível.
Questão 37: DOCAS – Assistente-Administrativo – 2006 (banca Funrio)
Em qual das alternativas a seguir o sufixo exprime ideia de agente:
a) agricultor, verdureiro, agente, modelador.
b) paulista, viveiro, anilina, inglesa.
c) algodoal, arvoredo, cardume, formatura.
d) canteiro, acetileno, solidão, resistente.
e) maldade, surdez, brancura, perecível.
Questão 38: Pref Cel Fabriciano – Administrador – 2008 (banca Funrio)
Em “Aqueles que atravancam meu caminho, eles passarão... e eu passarinho”
(Mário Quintana), o autor opõe, para efeitos de sentido, -ão e –inho,
parecendo desprezar o fato de serem próprios de
A) classes gramaticais diferentes.
B) universos impossíveis de articular.
C) sentidos opostos um ao outro.
D) sentidos semelhantes um ao outro.
E) classes gramaticais semelhantes.
Questão 39: Pref Cel Fabriciano – Administrador – 2008 (banca Funrio)
O vocábulo do texto formado pelo processo de derivação prefixal e sufixal é
A) rancorosamente.
D) desigualdade.
B) tradicional.
E) eletricidade.
C) choupana.
Questão 40: IDENE – Biblioteconomia – 2008 (banca Funrio)
A alternativa que contém uma palavra formada exatamente pelo mesmo
processo pelo qual se obteve “seringueiro” é
00000000000
A) cigarros.
D) reconhecimento.
B) desarrumação.
E) simplicidade.
C) penumbra.
Questão 41: INSS – Analista Seguro Social – 2009 (banca Funrio)
Em “devemos nos desprender de lembranças”, o termo “desprender” é
formado pelo acréscimo do prefixo “des-” (que expressa negação ou privação)
+ verbo prender.
Dentre as alternativas abaixo aquela em que há um termo que segue o
mesmo processo de formação (prefixo + verbo) é
A) apontadas.
D) renovação.
Prof. Décio Terror
B) longevidade.
E) recolher.
C) pontiagudo.
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
48 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 42: JUCERJA – Administrador – 2008 (banca Funrio)
Julgue a frase como CERTA (C) ou ERRADA (E)
Em “com baixa auto-estima”, o termo “auto-estima” é formado por um
pseudoprefixo.
Questão 43: JUCERJA – Administrador – 2008 (banca Funrio)
Julgue a frase como CERTA (C) ou ERRADA (E)
Em “brotavam” e “sofreria”, os morfemas destacados são indicadores do
modo e do tempo verbal.
Questão 44: MJ – Administrador – 2008 (banca Funrio)
No título, o vocábulo “pirataria” é formado por meio de derivação sufixal. A
palavra que também se formou por derivação sufixal, é
A) secretário.
D) devemos.
B) combate.
E) narcotráfico.
C) desarticulação.
Questão 45: PM RJ – Administrador – 2008 (banca Funrio)
Fragmento do texto: Dizem as escrituras sagradas: "Para tudo há o seu
tempo. Há tempo para nascer e tempo para morrer". A morte e a vida não são
contrárias. São irmãs. A "reverência pela vida" exige que sejamos sábios para
permitir que a morte chegue quando a vida deseja ir. Cheguei a sugerir uma
nova especialidade médica, simétrica à obstetrícia: a "morienterapia", o
cuidado com os que estão morrendo. A missão da morienterapia seria cuidar
da vida que se prepara para partir.
O neologismo "morienterapia" é um vocábulo formado por
A) derivação sufixal.
C) parassíntese.
E) composição.
B) derivação prefixal.
D) derivação regressiva.
00000000000
Questão 46: Prefeitura Niterói – Aux Adm – 2008 (banca Funrio)
Fragmento do texto: Normal (talvez apenas comum...) ver todo tipo de
gente andando pelas ruas e falando com o além... Ou com alguém. Todos
recebendo informações e tomando decisões e trocando ideias e falando,
falando. Ou marcando encontros. Ou discutindo seriamente os destinos da
nação. Tecnômades do século XXI. Gente pobre e gente rica. Celulares
pululando Brasil afora, mundo afora.
“Tecnômades do século XXI.”
“Tecnômades” é um(a):
A) palavra inglesa
B) neologismo
D) termo corrente na informática E) vocábulo latino
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
C) galicismo
49 de 50
Português para MP-RS
Teoria e exercícios comentados
Prof. Décio Terror Aula 00
Questão 47: Prefeitura Niterói – Aux Adm – 2008 (banca Funrio)
“Um ilustre comentador de TV declarou...”
A palavra comentador é formada por:
A) prefixação
D) aglutinação
1. E
11. B
21. A
31. D
41. E
2. D
12. C
22. C
32. C
42. C
B) composição
E) redução
3. E
13. D
23. D
33. B
43. C
4. B
14. E
24. C
34. D
44. A
5. C
15. B
25. D
35. B
45. E
C) sufixação
6. E
16. A
26. C
36. A
46. B
7. D
17. C
27. D
37. A
47. C
8. D
18. A
28. E
38. A
9. D
19. C
29. A
39. D
00000000000
Prof. Décio Terror
www.estrategiaconcursos.com.br
00000000000 - DEMO
50 de 50
10.
20.
30.
40.
C
C
C
E