O Condestável

Сomentários

Transcrição

O Condestável
BOLETIM
INFORMATIVO
Direcção: Manuel Ribeiro Mendes
Redacção: Fernando Mendes, Severino Fernandes,
António Coelho, Alberto Silva, Filipe Alves
E-mail:
[email protected]
[email protected]
ascsobreposta.wordpress.com
DA
ASSOCIAÇÃO SOCIAL E CULTURAL
DE SOBREPOSTA
SOBREPOSTA
N.º 22 — JUNHO — 2010
O senhor Gil do Paço
As casas do Paço
Todos os nomes de sítios e lugares de uma
aldeia ou cidade encerram uma história
longínqua, muitas vezes difícil de
compreender. São nomes que remontam a
tempos muito antigos e de cuja pertinência
não ficaram registos escritos.
Ensino articulado da música
O 5º C
O projecto começou há um ano quando a senhora
Directora da Companhia da Música, Professora
Doutora Elisa Lessa, no seguimento de um
trabalho conjunto desta Associação com os seus
alunos da cadeira de Etnomusicologia da
Em quase todas as nossas aldeias há
sempre um lugar ou uma casa designada
por Paço. A palavra paço é a transcrição
popular da palavra latina que designa
palácio (palatium). Ora, segundo o já
falecido cónego Arlindo Ribeiro da Cunha,
arqueólogo e historiador que se interessou
pelo estudo da capela e antiga paróquia de
S. Tomé de Lageosa, após a conquista
destes territórios pelos romanos, os novos
A turma do 5º C com a sua Directora de Turma e
senhores
instalaram-se
no
seu
a Professora de Formação Musical e Classe de Conjunto
“palatium” (= paço), exploraram as terras à
volta para a produção de cereais e vinho Universidade do Minho, conheceu melhor o nosso
(lugar da Vinha) e foram à procura de meio e se interessou pelo seu desenvolvimento
águas aos montes sobranceiros (lugar do cultural.
Continua na página 3
Monte) que guiaram até às suas
explorações (Lugar do Rego).
Na época da conquista romana (há
aproximadamente dois mil anos) a
população de Lageosa estaria reduzida aos
senhores do Paço e seus criados. E pouco
mais cresceu até ao século XVIII. Com efeito, nesta data, por ter menos de
vinte famílias, Lageosa foi anexada a Sobreposta – situação que se
mantém.
Os finalistas da EB1 de
Sobreposta
Continua na página 5
VI ALMOÇO/CONVÍVIO
DA ASSOCIAÇÃO SOCIAL E
CULTURAL DE SOBREPOSTA
DIA 15 DE AGOSTO DE 2010
JUNTO À CAPELA DE S.TOMÉ DE LAGEOSA.
INSCRIÇÕES ATÉ 8 DE AGOSTO
FACILITA O TRABALHO DA ORGANIZAÇÂO
INSCREVENDO-TE DENTRO DO PRAZO ESTABELECIDO
Ana Sofia Antunes, António Miguel Antunes, Bruna
Daniela Veloso, Bruno Daniel Pereira, Cátia
Fernandes, Diana Anunciação, Fábio Silva, Gonçalo
Ferreira, Henrique Gomes, Hugo Miguel Gomes, Hugo
Miguel Fernandes, José Miguel Leite, José Pedro Silva,
Luís Miguel Gonçalves, Mariana Teixeira, Noémia
Catarina Gil, Ricardo José Gonçalves, Rui Francisco
Cunha, Valter Dinis Rodrigues, Vítor Samuel Ferreira.
Continua na página 7
Página 2
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
A FESTA DE PENTECOSTES
VIAJAND O 3
Há muito prometi, mas sempre
tem sido adiada a continuação do
artigo “Viajando”, em que me
referia ao encontro com outras
religiões, umas vezes, porque o excesso de
material a publicar não dava espaço,
outras, porque dada a grandeza e
importância da quadra, exigiam uma
reflexão diferente.
No passado, as Igrejas Cristãs convictas da
centralidade de Cristo, o Verbo feito carne,
e apoiadas na urgência do envio
missionário: “Ide e fazei discípulos de
todas as nações baptizando-os em nome do
Pai do Filho e do Espírito Santo,
ensinando-os a observar tudo quanto vos
mandei” (Mt. 28, 19-20), parece não ter
deixado alternativa para colocar o
problema sobre qual o sentido das outras
religiões.
De há anos a esta parte, porém, a Igreja
tem vindo a reflectir as suas posições e tem
tomado uma atitude mais compreensiva.
Os novos aprofundamentos bíblicos e
teológicos, bem como o aprofundamento
da psicologia moderna, têm levado a Igreja
a repensar e a melhor esclarecer a sua
atitude em relação a esta matéria.
Creio, desde logo, que a primeira coisa a
ver é, precisamente, qual a razão da
Encarnação do Verbo. S. João diz-nos sem
qualquer restrição: “Eu vim para que
tenham vida e a tenham em
abundância” (Jo. 10,10). No acto da
consagração eucarística, o sacerdote
referindo as palavras de Jesus, é ainda
mais explícito: “este é o cálice do meu
Sangue, o Sangue da nova e eterna aliança,
que será derramado por vós e por todos”.
Com efeito, Cristo deu a vida por todos
sem excepção. Ele, (Cristo) é o
primogénito de todas as criaturas, porque
nele foram criadas todas as coisas… Ele é
a Cabeça da Igreja, que é o seu Corpo: Ele
é o Princípio, o Primogénito dos mortos,
pois nele aprouve a Deus fazer habitar a
plenitude e reconciliar por Ele e para Ele
todos os seres, os da terra e os dos céus,
realizando a paz pelo sangue da Sua
Cruz” (Cl. 1, 15-20). Assim sendo, não
podemos excluir ninguém e nem a
caridade cristã o consente. Cristo veio,
também, e direi mesmo, sobretudo, para os
fracos, os doentes, os marginalizados, para
os sem voz deste mundo. São esses,
particularmente, que esperam e anseiam
pela salvação, como constatamos no
Antigo Testamento nos casos dos pagãos:
como a viúva de Sarepta, do sírio Naamã
ou dos Ninivitas.
A mesma atitude encontramos no Novo
Testamento, nos Evangelhos como são os
casos do centurião (Mt. 8,10-12), da
cananeia (Mt. 15,21-28) ou da
samaritana (Jo. 4,1-41), quer nos
Actos dos Apóstolos como é o caso
de Cornélio (Act. 10) ou a pregação
aos pagãos. Cristo veio destruir todo
o tipo de barreiras: nacionais, sociais,
económicas, religiosas. A Sua missão
é congregar na unidade. Que sejam
um, como Nós somos Um (Jo.17,22).
Na verdade, o Espírito de Deus sopra
quando quer e onde quer, e nada O
pode deter. Deus é o Pai comum de
todos porque a todos criou, a todos dá
a vida, e a todos veio salvar em Jesus
Cristo. Nada criou para destruir, mas
deseja que tudo seja salvo e participe
da Sua comunhão.
A Igreja é a fiel depositária da
Palavra de Deus, não para a guardar,
mas fielmente a proclamar e
testemunhar. É verdade que os Livros
Sagrados falam da defesa
intransigente do Deus único; também
isto contribuiu para que a Igreja
desconfiasse das outras religiões
como de algo idolátrico, metendo no
mesmo saco o Judaísmo e o
Islamismo. A tudo isto poderemos,
certamente, juntar a auto-suficiência
europeia e os problemas coloniais,
que levaram muitas vezes não só ao
desprezo das culturas, como mesmo a
combatê-las. Todavia, a revelação é
algo dinâmico. O Caminho faz-se
caminhando. Jesus havia dito: “Tenho
ainda muitas coisas a dizer-vos, mas
vós não as podeis compreender agora.
Quando vier o Espírito da Verdade
Ele vos ensinará toda a verdade” (Jo
16, 12-13).
Assim, eu creio que o Espírito de
Deus vai, em cada momento, fazendo
luz sobre a Igreja. Esta, uma vez
iluminada, torna-se consciência e luz
para os homens e para o mundo de
cada tempo, ilumina a história. O
Vaticano II é, neste como em muitos
outros casos, de uma clareza
meridiana como procurarei mostrar
no próximo artigo
Como se aproxima o tempo de férias,
desejo àqueles que as tiverem umas
boas férias. Para isso, e já que
certamente muitos terão de fazer
longas viagens, recomendo prudência
na condução a fim de que tudo seja
vivido na alegria e não no sofrimento
e na dor. Boas férias!
Com amizade,
P. Zé do Muro
A
palavra
pentecostes
significa
quinquagésimo dia e esta festa religiosa
tem este nome, quer entre os judeus, quer
entre os cristãos, porque se celebrava e
celebra 50 dias após a Páscoa. Os judeus
celebram o dia em que Moisés recebeu as
tábuas da Lei, no monte Sinai. Por sua vez,
os cristãos celebram a descida do Espírito
Santo sobre os Apóstolos que os impele a
iniciar a evangelização. De acordo com a
tradição, o Espírito Santo é representado
pelo vento (força invisível), pelo fogo
(elemento purificador) ou pela pomba
(símbolo da simplicidade e da bondade).
A propósito desta festa do calendário
liturgico, um amigo e antigo missionário
em Moçambique (que habitualmente lê o
nosso Boletim) enviou-nos o texto que se
segue onde relata a sua experiência de vida
por ocasião da Festa do Pentecostes que,
este ano, se celebrou no dia 23 de Maio
passado.
O “rosto humano”
do Espírito Santo
na paragem do autocarro
Madrid - 23 de Maio. Era Domingo de
Pentecostes. Eu estava na paragem do
autocarro. Havia muita gente naquela
paragem. Entretanto, chegou uma mulher
com o seu filho, já de maioridade, com
doença
de
D o w n
( d o e nç a
popularmente
conhecida
p
o
r
mongolismo).
Não
pude
deixar de me
fixar
neles
como se não houvesse mais ninguém
naquela paragem. Logo a seguir chegou
outra mãe com outro menino também
com grande incapacidade psíquica. O
menino trazia na mão uma ramo de
flores. Não eram flores compradas, mas
flores colhidas no campo. O menino não
parava de mexer-se e de falar com a mãe.
E foi, então, aquela mãe que prendeu
completamente a minha atenção…
Já observaram, alguma vez, com vagar, o
rosto de uma mãe ou de um pai que
aceitaram com amor a realidade de terem
um filho “diferente”? Por um lado,
vemos que é um rosto marcado pela dor
que resulta desta preocupação: Quem vai
cuidar do nosso filho um dia que nós lhe
faltemos? Por
outro lado, porém,
veremos que é um rosto de ternura
infinita, habitado por uma espécie de luz
misteriosa que nos surpreende e nos
Continua na página 7
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
Notícias de Espinho
Continuação da página 6
A escola do Salgueiral precisava de obras de remodelação que
estavam programadas para o ano lectivo que agora findou, o que
não aconteceu. Esperamos que as dificuldades surgidas para o
arranque das obras sejam ultrapassadas rapidamente para que toda
a comunidade escolar de Espinho (Jardim de Infância e EB1) se
volte a encontrar no mesmo complexo educativo, com as
vantagens logísticas para alunos, pais e educadores que são
evidentes.
Momentos do último dia de aulas:
Homenageamos
aqui os 6 alunos
que concluíram o
4º ano, sob a
orientação
do
p r o f e s s o r
Augusto, e que,
portanto,
no
p r ó xi mo
ano
lectivo
vão
enfrenta
um
mundo
escolar
novo na EB 2/3
de
Gualtar.
Finalistas de Espinho: Bruno Silva Cunha, Isabel Novos caminhos,
Jacinto Antunes, José Alexandre Gonçalves novos
colegas,
Rodrigues, Diogo Gonçalves Vaz, Pedro Miguel
n o v o s
Rodrigues Oliveira, Rafael Meira Fernandes
professores,
novas disciplinas e novos saberes que, esperamos, os haverão de
entusiasmar e fazer crescer como pessoas e cidadãos autónomos e
responsáveis.
Página 3
Ensino articulado da música
O 5º C
Continuação da página 1
O desafio foi proposto à Direcção do Agrupamento e foi
aceite. Fizeram-se reuniões com todos os pais dos alunos
de Pedralva, Espinho e Sobreposta que terminaram o 4º
ano. No total das três freguesias, eram 37 crianças. Destas,
22 aceitaram o desafio de constituir uma turma especial
em que, além das disciplinas normais, teriam mais 3
disciplinas: Formação Musical, Classe de Conjunto ou
Coro e Instrumento (Violino, Viola d’Arco, Violoncelo,
Clarinete, Flauta Transversal e Trompete).
A Associação Social e Cultural de Sobreposta, a Junta de
Freguesia e a boa vontade dos senhores professores de
Instrumento, ajudaram a resolver alguns problemas de
logística respeitantes a instalações. E, ao longo do ano,
registou-se uma atitude diferente de pais, de alunos e de
seus familiares face a estas aprendizagens inovadoras. As
audições apresentadas pelos alunos (na biblioteca da
Escola de Gualtar, no Natal, no salão paroquial de
Sobreposta, na Páscoa e no Museu Pio XII, no final do
ano lectivo) e os convites para assistir a concertos na
cidade, começaram a mudar as nossas mentalidades.
Na reunião da Directora de Turma com os pais e
Encarregados de Educação foi manifestada a opinião do
Conselho de Turma segundo a qual a aprendizagem da
música está a ter consequências positivas no
aproveitamento geral da turma.
Está criado um grupo de trabalho que vai continuar a
Obras em Pedralva
Depois de grandes obras de requalificação, a Escola Primária
começou a funcionar desde Abril passado. Este facto pôs fim à
Festa da turma no último dia de aulas
dispersão dos alunos do 1º ciclo por três espaços adaptados: escola
antiga, Junta de freguesia e Casa do Povo. Alunos e Professores
partilham, agora, um mesmo e belíssimo espaço e com melhores
condições para o desenvolvimento do seu trabalho.
* Referimos noutro local a construção do Mini-campo desportivo,
situado no bairro da Grumeira e já colocado ao serviço da
população.
Brevemente, a Junta vai iniciar obras de pavimentação da Rua da
Boavista e arranjo da área envolvente da capela do Espírito Santo.
surpreender-nos. Muito devemos ao empenho das
direcções das organizações envolvidas e à autêntica
“devoção” que a Directora de Turma (Professora Maria
Albertina Domingues) e restantes professores da turma
(professores da EB2/3 de Gualtar e professores da
Companhia da Música) dedicam a estes meninos.
A Associação Social e Cultural de Sobreposta vai
continuar a acompanhar este projecto na medida em que
os pais e as direcções do Agrupamento de Escolas de
Gualtar e da Companhia da Música o entenderem
necessário e útil.
Página 4
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
aplicadas por ambos os pais. Se não houver consistência na
aplicação das regras e das suas consequências por ambos os
pais (pai e mãe), o efeito será o mau comportamento, a
permanente utilização de um dos pais para atingir os seus fins,
a tendência permanente para contornar as regras estabelecidas
e, consequentemente, a incapacidade de tolerar a frustração
No cumprimento do Plano Anual de Actividades da Unidade quando, na vida, tiver mesmo que ser obrigado a cumprir
Educativa de Espinho, realizou-se no passado dia 28 de Maio, regras.
às 21,00 horas, numa
sala do Jardim de Brincar é crescer
Infância, uma palestra É preciso brincar com os filhos e participar nas suas
dedicada ao tema “A brincadeiras com as outras crianças. Brincando constroem-se e
Relação Pais/Filhos/ solidificam-se laços afectivos, partilham-se experiências,
Escola”.
F o r a m desemvolvem-se competências, aprende-se a conhecer melhor
convidados a participar o outro e promove-se um espaço de tomada de decisão, de
todos os pais e escolha e de iniciativa à criança.
encarregados
de
educação das crianças 2. Pais/Filhos/Escola
do Jardim de Infância e Finalmente, a Dra Ana João sublinhou que sempre que, na
dos alunos do 1º ciclo. relação pais/filhos, os três níveis do “cuidar” (físico, emocional
Registamos a presença e social) foram bem sucedidos, ficaram cumpridos os préde todos os senhores professores e educadoras desta Unidade requisitos para uma escolaridade sem problemas. Dito de outro
modo: Se a criança foi educada para o exercício da autonomia
Educativa.
A
palestra responsável, para a aceitação e o cumprimento de regras e se
esteve a cargo cresceu num ambiente afectivo seguro e consistente, a vida e as
da
senhora exigências escolares não encontrarão qualquer obstáculo no seu
psicóloga Dra desenvolvimento.
Ana
J o ã o Aos pais cabe, pois, criar as condições básicas para o bom
V i l a - L o b o s desempenho escolar dos seus filhos, envolverem-se nos seus
que conseguiu trabalhos escolares e ir reforçando a sua auto-estima.
Co mo
po dem
manter
o
fazer isso? De
público muito
uma forma muito
interessado e
simples,
muito
participativo.
natural e acessível
Considerando
a todos os pais
o interesse do
qualquer que seja
assunto para todos os que têm a nobre e difícil tarefa de
o
seu
nível
educar, deixamos aqui uma síntese do que foi explanado na
académico:
palestra.
Dialogando.
Contando
aos
1. A Relação Pais/Filhos
filhos como foi o
A Dra Ana João sintetizou a relação dos pais com os filhos
seu dia e ouvindo
numa relação funcional que se pode exprimir pela palavra
e
perguntando
como
foi
o
dia
deles.
Mostrando
apreço e
“CUIDAR”. Na verdade, têm os pais, desde o nascimento, a
valorizando
o
que
fez
com
empenho
e
esforço,
obrigação de “cuidar” do seu filho ou filha. Atenção que este
independentemente
dos
resultados.
Acompanhando
as
“cuidar” desenvolve-se em três níveis:
actividades
escolares
e
supervisionando
os
trabalhos.
a) Cuidar físico (alimentação, higiene, sono, saúde, etc.).
b) Cuidar emocional (educação dos afectos, criação de Valorizando o conhecimento. Criando contextos de
rotinas comportamentais, estabelecimento de regras e limites, aprendizagem partilhada em casa.
participação nas brincadeiras, desenvolvimento da autonomia e
da autoestima).
SORTEIO
c) Cuidar social (ensinar o respeito pelos direitos dos outros,
A Direcção da Associação continua
o respeito pelos direitos e deveres do próprio, o altruismo, a
a sortear entre os associados, um
capacidade de escolha, o sentido de responsabilidade, a
almoço ou jantar para duas
cidadania).
pessoas que será oferecido pelo
Rotinas e Regras
Restaurante CARREIRA DE TIRO,
A especialista deixou claro que as crianças e adolescentes têm
situado em Sandim - Sobreposta.
necessidade imperiosa de que lhes sejam criadas rotinas
O feliz contemplado foi, desta vez,
porque estas estruturam a sua vida, dão-lhes segurança e o associado n.º 15 – António José Macedo Ribeiro, que
evitam o caos emocional. Ligado com as rotinas está, também, deverá contactar a Direcção da Associação para proceder ao
o estabelecimento de regras e limites porque a criança quer levantamento da credencial que lhe confere direito ao almoço ou
saber até onde pode ir. É imprescindível que a transgressão das jantar para duas pessoas.
regras tenha consequência e que essas consequências sejam
Parabéns e bom apetite.
A Relação
PAIS/FILHOS/ESCOLA
Palestra em Espinho
Página 5
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
O senhor Gil do Paço
Continuação da página 1
O lugar do Paço é constituído por três casas designadas
por paço de cima, paço do meio e paço de baixo (hoje
mais conhecida por casa Quintães). É provável que este
núcleo habitacional fosse, inicialmente, uma casa só
onde residia o “senhor da terra” e os seus mais próximos
colaboradores.
Vem isto a propósito da memória que pretendemos fazer
ao senhor José da Silva Gil, talvez o último “patriarca”
da Casa do Paço.
As múltiplas actividades do senhor Gil
Segundo rezam as memórias dos nossos “mais
velhos” (e, por isso mesmo, mais sabedores), há cerca de
200 anos a Casa do Paço era propriedade de um padre –
o Padre José do Paço. Veio morar com o referido padre
uma sua afilhada chamada Maria Joaninha que, mais
tarde, haveria de casar com o senhor Venceslau
Raimundo da Silva. Deste casamento nasceria, em 28 de
Julho de 1894, José da Silva Gil. O nome de José foi,
naturalmente, uma homenagem ao padrinho da mãe – o
senhor Padre José do Paço.
Recordemos, então, o
senhor José Gil do Paço.
O senhor Gil, como era
geralmente tratado, era um
homem de múltiplas
actividades a favor das
pessoas e da freguesia.
Como agricultor era
extremamente cuidadoso
com as suas terras e
culturas: Tudo muito bem
arranjado, campos sem
ervas e bem cuidados. Às
famílias que não tinham
terrenos, facilitava-lhes o
uso de um terreno para que
tivessem uma horta para a
produção de batata e
couves.
Dedicado colaborador da paróquia onde desempenhava
funções de assistente e conselheiro junto do pároco. Na
peregrinação ao Sameiro e nas procissões paroquiais lá
estava a figura inconfundível do senhor Gil a fazer a
marcação das crianças “da cruzada”. Na visita pascal, o
senhor Gil acompanhava sempre o compasso com uma
laranja e um raminho de oliveira.
Lembramos o senhor Gil, também, como um facilitador
junto do Hospital de Braga sempre que alguém precisava
de ser internado e tratado sem ter de pagar (recorde-se
que naquele tempo não havia sistema nacional de saúde).
A sua casa – mais propriamente, a chamada Sala da Eira
– funcionava como posto de primeiros socorros. O
senhor Gil fazia de “enfermeiro” da aldeia: dava
injecções e prestava os primeiros socorros a quem sofresse
algum pequeno acidente. Tinha sempre o mínimo para
acorrer a estas situações: álcool, tintura, mercuro-cromo,
compressas, adesivos, etc.
Homem sempre disponível para os outros, foi muitas vezes a
Lisboa para acompanhar pessoas que emigravam para as
Áfricas, o Brasil, o Canadá ou outras terras distantes e eram
obrigadas a embarcar na Gare Marítima de Alcântara ou no
Cais da Rocha. Porque eu próprio residia na área de Lisboa,
tive o privilégio de me encontrar muitas vezes com ele e,
assim, poder testemunhar a sua afabilidade e simpatia.
O guia dos romeiros de S. Bento
Por certo, muitos ainda se
recordam dos grupos de
romeiros que o senhor Gil
guiava até ao São Bento da Porta
Aberta. Às duas horas da
madrugada o senhor Gil deitava
um foguete para acordar os
romeiros. Às três horas um novo
foguete avisava da concentração
dos peregrinos à porta do
estabelecimento
do
senhor
Augusto Mendes. Estando já
todos reunidos, era deitado um
terceiro foguete para anunciar o
início da caminhada. Recordo
que no merendeiro de cada um
havia sempre algo mais a contar com a senhora D. Maria do
Domingos que fora abandonada pelo marido e era mãe de
três filhos. Em contrapartida, esta senhora, apesar da sua
pobreza extrema, cantando e dançando, contagiava de
alegria toda a comitiva romeira.
O senhor Gil desempenhou, na freguesia, as funções de
ajudante do Registo Civil. Dada a distância que separava
estas terras da cidade de Braga e a falta de transportes, foi
criado o Posto de Sobreposta. Assim, na tal Sala da Eira da
casa do Paço, eram feitos os registos de nascimento, de
casamento e de óbito.
Faleceu em 7/11/1978. Passam já quase 40 anos do
desaparecimento do homem mais conhecido de Sobreposta
naquela época e cujo principal divertimento era a caça aos
coelhos: senhor de tiro certeiro, dizem que “cada cartucho,
cada coelho”.
À sua morte conservava a mesma riqueza material que
recebera à nascença. Os serviços prestados à comunidade
foram gratuitos, prestados por dedicação e espírito de
serviço. Por isso, merece o nosso “obrigado” principalmente
daqueles que mais de perto privaram com ele.
Muitos dos dados referidos aqui resultaram de informações
e memórias contadas por pessoas mais idosas. Por isso,
termino lembrando: cada vez que enterramos uma pessoa
idosa estamos a enterrar um livro de saberes, conhecimentos
e histórias reais sobre a vida e sobre a nossa terra.
Que pena! Hoje tão pouco valor se dá ao que dizem e sabem
os mais velhos! Um apelo: Vamos escutar os nossos velhos!
Junho/2010
Alberto Gomes da Silva
Página 6
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
Notícias de Espinho
1. Falecimentos:
- José Joaquim da Costa, 84 anos, falecido a 0401-2010, última residência em Travessa da Costa,
nº 7 de Espinho.
- Mara de Lurdes da Cunha Antunes, 47 anos, falecida a 2001-2010, última residência em Travessa da Costa, nº 11 de
Espinho.
No fim da liturgia o pároco, senhor padre Artur, dirigiu-se às
crianças com palavras de parabéns e entregou a cada uma
delas um lenço com o nome e a data para que, pela vida fora,
recordem a belíssima festa da sua 1ª comunhão.
3. Actividades da Junta de Freguesia
- Obras em curso na freguesia: manutenção diversa na rede
viária; trabalhos de finalização das obras na Rua do Paço,
Travessa de Pinheiro e Rua do Bouço com ligação à Rua da
Costa;
- Diligências, junto da TUB, para circulação dos transportes
públicos na Rua de Regadas, Ribeiro e Paço;
- Joaquim de Sousa Gomes, 88 anos, falecido a 20-02-2010,
ultima residência em Rua da Cachada, nº 9 de Espinho
- Aquisição do terreno para a nova sede de junta e outras
valências "civicas" para a freguesia (terreno com cerca de
5.000 m2);
- Joaquim José da Costa, 85 anos, falecido a 21-02-2010,
ultima residência em Av. S. Martinho, nº 82 de Espinho
Finalmente, foi conseguida a doação pela Confraria de Nossa
Senhora do Sameiro, do "patronato", à freguesia de Espinho;
- João de Oliveira, 76 anos, falecido a 08-03-2010, com
última residência na Casa de Saúde de S. José, Areias de
Vilar, Barcelos
- João da Cunha Gonçalves, 67 anos, nascido em
11/04/1943, com última residência em Strasbourg – França
2.Festa da 1ª Comunhão na Paróquia de Espinho
Realizou-se no dia 3 de Junho a 1ª Comunhão de 12 crianças
da comunidade paroquial de Espinho. Este grupo de crianças
(4 meninos e 8 meninas) foram preparados para este
importante acto da sua vida cristã, pelos catequistas Filipe
Alves e Sónia Rodrigues, sob a supervisão, naturalmente, do
pároco, Rev.mo Padre Artur Marques.
A cerimónia decorreu na igreja paroquial de Espinho, às
10,30h, integrada na celebração festiva do Corpo de Deus e
participada pelos membros da comunidade paroquial,
nomeadamente, pelos pais, padrinhos e familiares mais
próximos das crianças.
A cerimónia teve início com o cortejo das crianças e
respectivos pais que acompanharam o celebrante até ao altar.
No momento do ofertório, as crianças levaram até ao mesmo
altar as flores, o missal, o cálice, etc.
- Brevemente será concluído o "ante-projecto", para as novas
instalações da junta de freguesia e outras valências para a
freguesia;
4. As escolas de Espinho
A Unidade Educativa de Espinho compreende o Jardim de
Infância e a EB1 (antigamente chamada Escola Primária). As
actividades lectivas estão sob a responsabilidade de 3
professores do 1º ciclo e duas educadoras. A Unidade
Educativa tem como coordenadora a Educadora Sameiro Taxa.
As educadoras enviaram-nos a seguinte nota sobre a forma
como os mais pequeninos de Espinho comemoraram o Dia
Mundial do Ambiente, no dia 5 de Junho passado:
Para se comemorar o Dia Mundial do Ambiente, este Jardim
de Infância, em colaboração com todos os Encarregados de
Educação organizou um desfile pelas ruas da freguesia.
As crianças desfilaram com roupas elaboradas pelos seus
Encarregados de Educação, utilizando diversos materiais.
Tivemos em atenção a política dos três “R”: REDUZIR,
REUTILIZAR, E RECICLAR.
Como é
conhecido,
as aulas do
1º ciclo
funcionaram
todo o ano
lectivo na
chamada
Escola da
Costa.
Continua na página 3
Página 7
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
Os finalistas da EB1 de Sobreposta
Continuação da página 1
Com natural ansiedade e muita esperança no futuro,
estas duas dezenas de crianças aguardam o início do
próximo ano lectivo onde as espera uma escola nova e
maior, uma maior diversidade de disciplinas e de
professores e uma multidão de novos colegas
provenientes de outros meios sociais e geográficos.
Enfim, um mundo novo se vai abrir para estas crianças
que, como tudo o que é novo, traz desafios, esperanças e,
por vezes, dificuldades de
adaptação. Por isso, desde já
apelamos aos pais que estejam
atentos.
Ao longo dos quatro anos deste 1º
ciclo de escolaridade, estes
meninos e estas meninas tiveram
como docente a senhora Professora
Luísa.
Ao longo do seu percurso escolar,
irão conhecer muitos professores
mas, estamos convencidos, nenhum outro lhes ficará tão
gravado na memória como a professora que lhes abriu a
mente para as primeiras letras e os primeiros
conhecimentos. Mas se os professores marcam os
alunos, também os alunos marcam os professores. E a
confirmá-lo, vejam a belíssima mensagem que a senhora
professora Luísa deixou escrita aos seus alunos:
“Chegamos ao fim do ano. Foram quatro anos de muita
entrega e canseira. Sempre foi a minha preocupação
fazer de vós bons alunos, responsáveis e, acima de tudo,
futuros cidadãos com valores.
Fica de vós: o vosso sorriso, as vossas brincadeiras e
traquinices… a saudade de todos os momentos bons e
até dos menos bons, mas que são próprios das crianças.
Desejo-vos os maiores êxitos esperando sempre que o
vosso sucesso seja também o meu.
Felicidades para os anos vindouros da professora que
nunca vos esquecerá.” (M. Luísa)
É assim!… Se há professores que ficam na memória,
também os alunos habitam a memória dos professores
fazendo suas as vitórias e os sucessos deles.
O “rosto humano” do Espírito Santo
na paragem do autocarro
Continuação da página 2
enche de admiração, de respeito e de comovido silêncio…
Esta mãe da paragem do autocarro teria uns 60 anos, a sua
cara aparentava a tranquilidade de quem está bem consigo
própria e os seus olhos eram claros e serenos. Sorria
ternamente para o seu filho enquanto lhe dizia para não falar
tão alto e para se manter quieto. Logo depois, chegou a
monitora que ia acompanhar aqueles meninos e rapazes numa
excursão ou visita de estudo e como as flores que o menino
tinha nas mãos eram para ela, a mãe disse: dá-lhas. E ele
entregou-lhas com um abraço de menino. Neste momento
acho que todas as pessoas que estavam na paragem repararam
nesta cena e, tal como eu, sentiram muita vontade de se
ajoelharem…
Foi então que eu compreendi o impacto que produziu em mim
o “rosto” daquela mulher cheia de amor pelo seu filho
“diferente”. E dei-me conta de que Deus se esconde nos
nossos caminhos, nos autocarros, no nosso local de trabalho
ou em qualquer sítio… pondo-se diante dos nossos próprios
olhos. Quase sempre passamos ao largo e não o
reconhecemos. Naquele dia acredito que o descobri nos olhos,
cheinhos de amor, daquela mulher… E quando tento imaginar
o “inimaginável” Espírito Santo de Deus, vem-me sempre à
mente o rosto doce, amoroso e terno daquela mulher e rezo:
“Vem Espírito de Deus, vem Pai e Mãe dos pobres e enche o
nosso coração com a mesma ternura e as mesmas carícias com
que esta mãe da paragem do autocarro enchia o coração do seu
“menino grande”.
Dia de Pentecostes, 2010
Alfonso Valverde
ATRANCADAS
Este ano, os participantes nas atrancadas, talvez motivadas pelo
mundial de futebol, utilizaram uma táctica diferente do habitual.
Normalmente só altas horas da madrugada o recinto começa a
receber os primeiros enfeites.
Desta vez, os primeiros apetrechos agrícolas apareceram ainda
antes da meia-noite. Certamente uma jogada de antecipação.
Estando os donos alegremente na noitada de S. João é muito mais
Excursão a Lourdes
A pedido de alguns associados, divulgamos esta iniciativa
em que participam algumas famílias de Sobreposta,
Pedralva e Espinho.
A excursão tem a duração de 5 dias com partida no dia 30
de Agosto e regresso no dia 3 de Setembro. Além de
Lourdes, inclui visita a Monserrate (Barcelona) e Andorra.
O preço por pessoa é de €315,00 com hotel e refeições
incluídas à excepção do pequeno almoço e almoço do 1º
dia (30 de Agosto) e o jantar do último dia (3 de
Setembro).
As pessoas interessadas devem contactar o senhor José
Santos Cruz, telef. 253 941 315 / 964 169 643.
fácil, para os “amigos das atrancadas”, retirar alguns utensílios
sem serem vistos.
Assim, e já com o largo do Monte perfeitamente engalanado, o
fogareiro começa a servir as primeiras febras, ainda a noite é uma
criança…
Foi pena não virem cães este ano…costumam dar um belo
argumento sonoro às atrancadas e são sinal de valentia, para os
corajosos que os trazem.
Página 8
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
Primeira Comunhão na
Paróquia de Pedralva
No passado dia 16 de Maio celebraram, na igreja paroquial
de Pedralva, a 1ª comunhão 8 crianças: 5 meninos e 3
meninas:
Foram eles:
Lara Fabiana Antunes Gomes, Tânia Alexandra Batista
Genoveva, Anabela Magro Couto, Ricardo Manuel
Rodrigues Silva, João Pedro Peixoto Pereira, João Miguel
Rodrigues Vieira, Luís Miguel Costa Azevedo e José
Miguel Meira Oliveira
BODAS DE OURO
Em 26 de Dezembro de 2009 celebraram as suas Bodas de
Ouro matrimoniais António Joaquim Ferreira Rodrigues e
Maria da Silva
Teixeira.
O
simpático
casal, residente
na Rua Alto do
Pedregal, em
Lageosa, são
pais de 6 filhos
e avós de 10
netos
Apesar de já
com
algum
atraso – que
não é da nossa
responsabilidade – não podemos deixar de saudar este
ilustre e simpático casal, sempre muito activo ao longo da
vida, no associativismo. O senhor Rodrigues é, também,
um dos mais antigos associados da Associação Social e
Cultural de Sobreposta.
Muitos parabéns, e votos de longa e feliz vida na companhia
de seus filhos, netos e demais familiares.
Vítor Guimarães
938 611 394
Armazém:
Largo do Paço, n.º 1
Sobreposta
Venda de Artigos:
Camas/Colchões anti-escaras/ Cadeiras de Rodas/ Cadeiras
Sanitário/ Muletas/ Andarilhos/ Fraldas/ Meias Elásticas/
Medidores de Tensão/ Calçado Ortopédico/ Consumíveis Médicos
Página 9
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
FESTA DA CATEQUESE
No dia 20 de Junho as crianças da catequese
ofereceram a toda a comunidade uma festa de final de
ano. Foi uma tarde bem passada, em que a um ritmo de
grande profissionalismo foram apresentadas canções,
peças de teatro e jogos. O salão paroquial foi pequeno
para tão grande festa.
Parabéns a todos os participantes e uma palavra de
apreço a quem durante um ano dá o seu tempo em
favor da comunidade e particularmente da formação
das nossas crianças.
Vendas:
* Pneus
* Jantes
Rua S.ª da Conceição, 106 Sobreposta
4710-841 BRAGA Tel. 253 281 436
PÁSCOA
Como é habitual
a Páscoa em
Sobreposta
decorreu
em
clima de festa,
amizade
e
convívio entre
todos
os
paroquianos.
Com a freguesia
em
plena
Compasso em Sobreposta
expansão,
os
dois mordomos e acompanhantes percorreram as casas em
passo de corrida para que o horário pudesse ser cumprido o
melhor
possível.
Não
pretendemos “meter a foice em
seara
alheia”
mas,
provavelmente a visita pascal
terá que sofrer alterações, quem
sabe se com mais cruzes. É que
as horas do dia são as mesmas
e a população da freguesia,
felizmente, tem aumentado.
Talvez a festa ganhe com o
compasso a um ritmo mais
calmo, facilitador de um são e
mais longo convívio.
Parabéns a quem deu o melhor
de si para que esta bela tradição
religiosa de manifestação da
Fé se mantenha..
Mordomo em Lageosa
* Manutenção
* Assistência automóvel
* Lavagem
Transportes
regulares PortugalFrança- Portugal
Transportes para
particulares
(zonas de Toulouse,
Clermont-Ferrand...)
Não hesite em
contactar-nos.
Página 10
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
VIDA PAROQUIAL EM SOBREPOSTA
OLHANDO DO ALTO DA PENA
Baptizados
1 - REDE DA ESCOLA
Quando há uns meses, Sobreposta foi sujeita a uma violenta
tempestade,
os
estragos
foram de grande monta em
vários locais da freguesia.
Também a rede da escola foi
atingida, caindo para o
recreio.
Como se encontra com falta
de segurança as crianças
viram-se
privadas
da
totalidade do espaço para brincarem. Já estão de férias. Pode
ser que agora a situação se resolva, ou então esperemos que no
próximo Inverno as rajadas de vento soprem em sentido
contrário
Ana Isabel Gomes Antunes – filha de Manuel António
Gonçalves Antunes e Maria Gorete Ferreira Gomes
Rodrigo Carvalho de Sousa – Filho de José Filipe Silva
Sousa e Susana Manuela Freitas Carvalho
Vânia Ferreira de Sá e Ana Ferreira de Sá – Filhas de
Calisto Ribeiro de Sá e Eulália Maria Fernandes Ferreira
Maria Miguel Vieira Sá Ferreira – Filha de Adriano
Manuel Martins Ferreira e Maria Manuela Sá Vieira
Lara Marques Gomes – Filha de Carlos Alberto
Teixeira Gomes e Maria Isabel Vaz Marques
Falecimentos
- José António Anunciação - nasceu em
16/05/1912 e faleceu em 18/05/2010 - (98
anos). Residia no Lugar de Vitoreira
- Artur Rodrigues Silva Marçal – nasceu
em 25/09/1924 e faleceu em 09/06/2010 - 85
anos Lar Social e Paroquial de Sobreposta
A seus familiares apresentamos as nossas condolências.
S. TOMÉ DE LAGEOSA
Aldeia asseada,
singela e airosa:
serás sempre amada,
linda Lageosa.
Entrai no terreiro,
alegres, com fé:
eis o padroeiro,
o bom S. Tomé.
S. Tomé de Lageosa,
padroeiro sem igual:
na capela tão saudosa,
cercada por pinheiral.
Uma Imagem delicada,
para todos venerar:
nesta era e na passada
muitas bênçãos a espalhar.
Desde tempos bem remotos,
maus caminhos a trilhar,
fervorosos, os devotos,
mercês vêm suplicar.
S. Tomé, bom padroeiro,
desta aldeia que Lhe quer
e não há nenhum romeiro
que mais O possa esquecer...
4 de Abril de 2010
José Fernandes da Silva
2 - CAMINHO DO OLEIRO
O caminho do Oleiro está a sofrer obras de alargamento e
repavimentação.
É mais um arranjo que
beneficiará a população de
Sobreposta. Certamente um
acesso que encurtará o
trajecto entre a Avenida de
Requeixo e o Centro
Paroquial e o tornará mais
seguro e funcional.
3 - AO DOMINGO, EM S. TOMÉ
Um grupo de cidadãos de Sobreposta disponibilizou-se por
manter o bar (renovado) de S. Tomé de Lageosa aberto aos
Domingos à tarde. As receitas revertem a favor da festa. Desta
forma é um espaço de convívio e também de angariação de
dinheiro para que as festas sejam ainda maiores. Louvamos a
disponibilidade daqueles que voluntariamente ajudam nas
iniciativas em prol da freguesia e esperamos que seu esforço
seja correspondido pelos conterrâneos, tendo em vista ajudar a
ultrapassar algumas dificuldades aos organizadores do eventos
locais.
4 - PISCINA
A junta de freguesia de Sobreposta, oferece a todos os jovens
as entradas grátis na piscina durante o período da manhã, de
28 de Junho a 17 de Julho. Um procedimento habitual que
proporciona a todos, momentos de diversão, mas também a
oportunidade de praticarem um desporto completo de forma
inteiramente gratuita.
Um acto de louvar, já que sendo um equipamento comunitário
deverá ter entrada paga por todos os frequentadores.
Ou então ser de acesso livre, de forma igualmente
democrática.
QUER PAGAR A SUA QUOTA?
Todos os Domingos, das 10,00 às 12,00h haverá
alguém na Sede da Associação para o atender.
Para pagar as quotas ou para tratar de qualquer
outro assunto que lhe interesse. Venha ter
connosco!
Página 11
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
NOTÍCIAS DE PEDRALVA
Actividade paroquial de Pedralva
Baptizados
O ano vai a meio e, em Pedralva, apenas foram celebrados 2
baptizados. O número de baptismos reflecte a forte queda da
taxa de natalidade nesta freguesia, como diz, preocupado, o
senhor padre Tobias. Registamos aqui os dois baptizados
efectuados este ano com votos de muitas felicidades às duas
criancinhas e parabéns aos seus pais:
- 9 de Maio de 2010: Francico José Machado Carvalho,
filho de Amaro Alberto Oliveira Carvalho e de D. Cristina
Manuela Fernandes Machado.
- 13 de Junho de 2010: Ângela da Silva Gomes, filha de Rui
Miguel Araújo Gomes e de D. Elisabete Maria Sameiro da
Silva Gomes.
Falecimentos
- Amadeu da Luz Ferreira, viúvo, com 87 anos.
Faleceu no dia 21 de Março de 2010.
- António Rodrigues, com 84 anos, casado com D.
Maria Alves Ferreira. Faleceu no dia 7 de Abril de
2010.
- Celeste do Céu Antunes Novais, com 74 anos,
casada com Francisco Espírito Santo Carvalho.
Faleceu no dia 13 de Abril de 2010.
senhor padre Tobias completou
as bodas de ouro da sua
ordenação sacerdotal, afixaram
na parede da sua igreja uma
lápide comemorativa.
E quando foram completados,
em 2001, 50 anos de serviço paroquial em Pedralva, a mesma
população erigiu
um monumento
comemorativo no adro da igreja.
Não há dúvida que a pessoa e a vida do senhor
padre Tobias está indissoluvelmente ligada a
Pedralva e a Pedralva pertencem. A Pedralva e
às freguesias vizinhas, nomeadamente, a
Sobreposta onde muita gente nasceu e cresceu
habituada a ver esta figura emblemática nas
cerimónias religiosas das suas paróquias.
Ao senhor padre Tobias endereçamos os nossos
votos de uma vida longa, saudável e feliz.
ESCOLA DE PEDRALVA
Alunos finalistas (4º Ano)
Onze meninos e meninas concluíram o 4º ano. No próximo
ano lectivo (a partir de Setembro) estas crianças vão
experimentar situações completamente novas no seu dia-a-dia
escolar: os transportes, os novos colegas, novos professores e
auxiliares, novas regras, novas disciplinas…
Os pais e educadores têm de estar muito atentos a estas
mudanças… Joga-se aqui muito do futuro destas crianças e –
estamos certos – nenhum pai ou mãe quer ver esse futuro
comprometido por qualquer distracção da sua parte.
- Hilário Antunes, solteiro, de 45 anos, emigrado
nas Caraíbas. Faleceu no dia 2 de Junho de 2010.
Festas da Paróquia
- Dia 1 de Agosto: Santíssimo Sacramento
- Dia 15 de Agosto: Espírito Santo
Bodas de Prata
No dia 13 de Junho celebraram as bodas de prata matrimoniais
Fernando Silva e Ana Lourenço Silva.
Parabéns e votos das maiores felicidades na companhia de seus
familiares e amigos.
60 anos da ordenação do
Senhor Padre Tobias
No dia 9 de Julho Pedralva celebra o 60º
aniversário da ordenação sacerdotal do seu
pároco. A data será recordada com a
celebração de uma missa solenizada às
20,00 horas na igreja paroquial.
O Rev. padre Tobias ordenou-se em 1950.
Veio para Pedralva em 1951. Significa
que dos 60 anos de sacerdote, 59 foram
dedicados a esta paróquia de Pedralva.
Os paroquianos de Pedralva não têm deixado esquecidas as
datas importantes da vida do seu pároco e, por isso, quando o
A professora Diana e os finalistas: Andreia Filipa Gonçalves, Bruno
Miguel Magalhães, Catarina Gonçalves, Diana Catarina Rodrigues,
Eduardo Lopes, Eduardo José Novais, Flávia Daniela Gomes, Mariana
Borges, Nuno José Costa, Pedro Tadeu Costa, Sofia Manuela Ferreira.
Para a história, registamos o hino destes finalistas:
Ai estes são os finalistas
Da professora Diana
Motivados para aprender
E também agradecer.
Ai estes sãos os alunos do quarto ano
Adultos para ser
Ansiosos por saber
Qual a sua profissão.
Ai estes são os meninos de Pedralva
Alunos para ser
Ansiosos por saber
Qual a sua profissão.
Página 12
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
Futebol Clube de Sobreposta
Têm estado a decorrer reuniões de associados
para encontrar uma nova equipa dirigente para
o Futebol Club de Sobreposta dado que o mandato dos
actuais dirigentes chegou ao fim.
A nova direcção deverá conduzir o clube durante as
próximas duas épocas desportivas.
A época de 2009/2010 chegou ao fim e as cores do F. C.
Sobreposta foram defendidas pelos atletas, equipa técnica
e equipa dirigente que a foto, parcialmente, documenta.
Dizemos parcialmente porque, além dos presentes na
fotografia, há muitas outras pessoas que dedicam muito
tempo e trabalho para o sucesso deste Clube. É o caso,
por exemplo, do senhor António Lima e muitos outros.
Na temporada que agora terminou, o Clube disputou o
campeonato da 2ª Divisão Regional da Associação de
Futebol de Braga ao lado de outras 15 equipas. O
resultados nem sempre foram os melhores mas – todos
concordamos – o importante é competir e contribuir para
o desenvolvimento físico e ético da juventude da nossa
terra.
A direcção cessante, conjuntamente com os associados,
está já a preparar a próxima temporada desportiva
procurando um novo treinador e tentando reforçar a
equipa com mais 2 ou 3 jogadores que, de acordo com as
palavras do senhor António Lima, “possam fazer a
diferença e equilibrar o banco”.
Futsal em Sobreposta
Durante o mês de Julho decorre no Pavilhão
Gimnodesportivo de Sobreposta um torneio de Futsal.
Estão inscritas 8
equipas:
José
Antunes Ribeiro,
Os Revolution,
Café Juventude,
Sampaio
de
Pousada, THC
Colombo
II,
Ponto
de
E n c o n t r o ,
Imagem do jogo Transportes Henrique &
Catarina x Marcos Ambulâncias 2/07/2010 Transportes
H.
Catarina
e
Marcos Ambulâncias. A fase de Grupos decorre até 16 de
Julho, passando às eliminatórias seguintes as 4
melhores equipas.
A modalidade de Futsal ganha cada vez mais adeptos e
praticantes. Ao longo do presente ano praticaram esta
modalidade, em Sobreposta, duas equipas: uma equipa
com crianças dos 6 aos 10 anos (Escolinhas) e outra
equipa com adolescentes dos 11 aos 16 anos
(Iniciados). Este projecto nasceu com o apoio da Junta
de Freguesia de Sobreposta no sentido de proporcionar a
todas as crianças e jovens a possibilidade de manterem
uma actividade fisica e desenvolverem o gosto pelo
Futsal. Logo no primeiro ano inscreveram-se cerca de
30 jovens atletas estando previsto para 2010 a entrada
em competição, através da inscrição de duas equipas
para competir no campeonato de Escolas e Iniciados da
A. F. Braga. Para isso são necessários mais atletas e
estão abertas as inscrições estando os treinos/captações a
funcionar durante o mês de Julho e Setembro às
quartas e sextas feiras das 19 até às 20 horas. Estão a
ser ponderados outros projectos, existindo
a
possibilidade de criar uma equipa feminina de Futsal em
Sobreposta.
.
A sabedoria dos mais velhos
não pode morrer!
A morte de alguém é sempre um
acontecimento surpreendente ainda
que muitas vezes esperado.
Queremos aqui relembrar o
falecimento da nossa amiga e vizinha
senhora D. Teresa Fernandes,
ocorrido em Fevereiro passado e de
que demos notícia no nosso último
Boletim, publicado em Março.
E perdoem-nos os seus familiares que voltemos a falar
desta distinta senhora porque a ela lhe ficamos a dever
um especial preito de homenagem pelo testemunho que
nos deixou sobre tantas coisas do nosso património oral.
De facto, a senhora D. Teresa Fernandes era uma
enciclopédia de saberes, cantigas, rezas, lendas e
tradições que esta Associação teve o privilégio de
registar no âmbito do trabalho de levantamento e recolha
de usos e costumes que tem vindo a desenvolver.
Para este objectivo temos já umas dezenas de páginas e
muitas destas páginas foram precioso contributo da
senhora D. Teresa. Esperamos terminar, em breve, uma
parte deste trabalho e publicar, em livro, esta riqueza
patrimonial comum. É uma forma de manter viva a
nossa história e as pessoas que ajudaram a preservá-la.
Obrigado, D. Teresa pela herança cultural que nos
deixou.
Pel’A Direcção
Alberto Gomes da Silva
Página 13
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22 . JUNHO 2010
FESTAS EM SOBREPOSTA
Festa das escolas de Pedralva
FESTA DE S.TOMÉ
Dias 3 e 4 de Julho
Sábado, dia 3 de Julho
Durante a tarde, música gravada e
funcionamento do bar das festas para
toda a população e romeiros.
21.30 h – Actuação do conjunto musical
– “A NOSSA TERRA”, que abrilhantará
as festividades.
24.00 h – Grandiosa sessão de fogo de artificio.
Domingo dia 4 de Julho
10.30 h – Missa solene em honra de S. Tomé
16.00 h – Terço, seguido de procissão
17.00 h – Grupo de cantares “VOZES DO SOUSA”
FESTA DO SANTISSIMO SACRAMENTO
Dias 24 e 25 de Julho
As actividades lectivas terminaram no dia 18 de Junho. Para
celebrar o fim de mais um ano lectivo, toda a comunidade
Toda a semana anterior ao fim de semana da festa,
haverá missa e pregação alusiva ao Santíssimo
Sacramento – 21 horas
Dia 24
- Volta dos Zés Pereiras, por toda a freguesia.
- 15.30 h – Saída do arco de Lageosa,
acompanhado pelos “Zés Pereiras”
- 20.00 h – Missa vespertina, pregação e adoração
solene ao Santíssimo Sacramento.
- 22.00 h – Actuação dos “AMIGOS DE
SOBREPOSTA”
- 24.00 h – Fogo de artificio
Dia 25
- 10.30 h – Missa solene e sermão ao Sagrado Coração de Jesus –
profissão de fé
- 16.00 h – Adoração, sermão ao Santíssimo Sacramento e procissão
eucarística
- 21.30 h – actuação do grupo musical – “ZÉ AMARO”
- 24.00 h – Fogo de artificio
escolar de Pedralva (alunos do Jardim de Infância e 1º Ciclo,
professores e muitos pais e encarregados de educação)
juntaram-se no salão de festas da Junta de Freguesia para
mostrar uma parte do trabalho feito: as crianças dos diferentes
escalões etários e diferentes níveis de escolaridade
apresentaram músicas, fizeram dramatizações, disseram
FESTA DA SENHORA DE GUADALUPE E DO SENHOR BOM
JESUS DOS MILAGRES
Dias 21 e 22 de Agosto
Dia 21 de Agosto
Manhã – saída do Grupo – “Zés Pereiras” que
percorrerão as ruas da freguesia.
- 21.00 horas – Procissão de velas desde a
Capela de S. Tomé, até à Igreja Paroquial.
- Missa vespertina
- Actuação do grupo musical “SÓ P´RA
PULAR”
- 24.00 horas – Sessão de fogo-de-artifício
Dia 22 de Agosto
- 10.30 horas – Missa em honra da Senhora de Guadalupe
- 16.00 horas – Missa em honra do Bom Jesus dos Milagres Procissão solene
- 21.00 horas – Arraial com actuação do grupo Musical –
“ALVORADA MUSICAL”.
- Sessão de fogo preso.
Os Mesários da confraria do Santíssimo Sacramento e da Senhora de
Guadalupe, bem como as comissões de festas do Bom Jesus dos
Milagres e São Tomé, agradecem a todos os que contribuem com
esmolas ou trabalho no sentido do engrandecimento das festividades
poemas, dançaram, etc. Aqui ficam algumas fotos da festa.
Página 14
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22. JUNHO 2010
Actividades da Junta de
Freguesia de Sobreposta
Desporto em Pedralva
1. Obras
Já, noutro local, foi referido o alargamento e pavimentação
da Cangosta do Oleiro. Todavia, além desta obra, estão em
curso o alargamento e pavimentação da Rua das Lapas e
arranjos de parte da Rua da Pena.
Depois uma curta paragem para correcção do plano das obras
de alargamento e requalificação da Sede da Junta, as obras
voltaram ao seu curso normal e espera-se que dentro de um
ano a freguesia esteja dotada de instalações apropriadas para
dar resposta às iniciativas culturais, educativas e cívicas que
a autarquia e as associações, conjuntamente, desenvolvem.
2. Cabe ao presidente da Junta de Freguesia de Sobreposta a
responsabilidade de, durante este ano, presidir à Comissão
Social Interfreguesias do Monte Sameiro. Esta Comissão é
constituída pelas Juntas de Freguesia de Pedralva,
Sobreposta, Espinho, Lamaçães, Nogueiró e Tenões e, ainda,
pelas organizações da sociedade civil (Associações, Centros
Sociais Paroquiais, etc) cujos objectivos se enquadram no
âmbito da solidariedade social, do combate à pobreza e
exclusão social e na promoção do desenvolvimento social.
Da parte de Sobreposta têm assento neste órgão, além da
Junta de Freguesia, o Centro Social Paroquial de Sobreposta
e a Associação Social e Cultural de Sobreposta.
A Junta de Freguesia colocou à disposição da população
mais jovem da freguesia um Mini Campo Desportivo,
situado junto ao Jardim de Infância. É um equipamento de
utilização livre e que pode servir para a prática de várias
modalidades desportivas: basket, andebol, futebol de cinco,
etc.
Por sua vez, o Grupo Desportivo de Pedralva – umas
vezes com mais sucesso outras com menor sucesso –
continua a sua actividade para o desenvolvimento da prática
de futebol, integrado na Associação de Futebol de Braga.
No próximo ano o G.D.P. jogará na 2ª Divisão Regional e os
3. Internet para todos
A Junta tem em estudo um projecto de cobertura de todo o
território da freguesia com o sistema wireless. Após
instalado o sistema, toda a população poderá aceder, na sua
própria casa, à Internet.
Para o efeito e no sentido de moralizar esta oferta de serviço
público é preciso que cada domicílio se inscreva previamente
na Junta de Freguesia. O uso deste serviço terá um custo
simbólico de 10,00 euros/ano por habitação. É um custo
meramente simbólico destinado a garantir uma boa utilização
da rede e o seguro do equipamento. Aqui está uma excelente
ideia: Em Sobreposta todas as casas vão ter uma janela
aberta para o mundo.
Sobreposta
(Acróstico)
Aos meus conterrâneos
Sobreposta, linda terra,
onde um dia ao mundo vim,
berço que hoje ainda encerra
recordações para mim
e lembro vezes sem-fim,
pois não esqueço os momentos
outorgados em criança:
sorrisos e sofrimentos,
tempestades e bonança,
ambições e esperança…
Páscoa de 2010
José Fernandes da Silva
Montra de troféus do GDP existente no Bar da sede
seus dirigentes estão apostados em fazer uma boa temporada
e regressar rapidamente à 1ª Divisão Regional.
Independentemente, porém, dos resultados obtidos, o
importante é contribuir para o desenvolvimento da prática
desportiva da população e honrar o nome da freguesia de
Pedralva na região.
Entretanto, o Campo de Futebol de Pedralva foi palco de um
interessante torneio de futebol dos mais pequenos em que
participaram 32 equipas de “Escolinhas” da Associação de
Futebol de Braga. Os miúdos de Pedralva, que jogam
integrados na Escolinha do Fintas da Póvoa de Lanhoso,
fizeram excelentes exibições.
Página 15
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22. JUNHO 2010
REUNIÃO COM
PRESIDENTES DE JUNTA DE
FREGUESIA
No dia 12 de Maio,
realizou-se
uma
reunião
da
Associação Social e
Cultural
de
Sobreposta com os
Presidentes
das
J u nt a s
d e
Freguesia
de
Espinho, Pedralva
e Sobreposta, na
sede
da
nossa
Associação.
Na sequência de diversas reuniões que temos
empreendido, os presidentes foram postos ao
corrente de algumas preocupações dos Pais
relativamente às condições dos transportes
escolares, designadamente para a EB 2,3 de
Gualtar, quer quanto à segurança dos mesmos,
quer quanto ao tempo que a respectiva viagem
demora. Os senhores presidentes das Juntas de
Pedralva, Sobreposta e Espinho mostraram-se
sensibilizados para o problema e vão colocar a
questão
à
entidade
competente.
Foi avaliada a possibilidade de a Associação, em
conjunto com as autarquias locais, oferecer às
crianças finalistas do 1º ciclo de básico um
passeio/convívio com os seguintes objectivos:
• Premiar o trabalho escolar.
• Incentivar a vontade de prosseguir as
aprendizagens.
• Promover o conhecimento recíproco entre os
finalistas de Pedralva, Sobreposta e Espinho.
• Estabelecer relações de companheirismo e
solidariedade entre os adolescentes das três
freguesias.
• Consolidar, através das visitas a efectuar,
conhecimentos adquiridos nas aulas de História e
Geografia de Portugal e outros.
Finalmente, foi feito o ponto da situação
relativamente à rede social e à implantação das
respostas sociais urgentes e necessárias para a
área geográfica que abrange as freguesias de
Espinho, Pedralva e Sobreposta, nomeadamente, a
questão da creche, do apoio juvenil e
acompanhamento parental, etc.
No final, ficou a satisfação por, mais uma vez, se
constatar a solidariedade e o esforço comuns dos
representantes eleitos destas três freguesias,
possuídos de uma vontade forte de tudo fazer para
melhorar as condições de vida das populações!
Alunos do Curso EFA B2
Comemoram Final de Curso
Continuação da página 16
louvou o empenho, trabalho e dedicação que todos os
formandos demonstraram ao longo do ano lectivo pelo que,
com a ajuda dos seus formadores e mediadores,
conseguiram concluir com excelente aproveitamento a sua
formação, obtendo assim o certificado que lhes confere o
6º ano de escolaridade. Agradeceu também à Junta de
freguesia de Sobreposta e à Associação Social e Cultural de
Sobreposta a sua enorme colaboração, dado que sem elas
este projecto jamais poderia ter sido executado. Terminou
solicitando aos finalistas que não ficassem por aqui e que
aproveitassem a oportunidade que lhes está a ser dada e
continuassem a seu percurso formativo, inscrevendo-se em
cursos de nível três, com equivalência ao 9º ano. Aos
formandos da turma B3 desejou felicidades para o próximo
ano lectivo que iniciará em Setembro.
Quadra dita por uma formanda:
Pedi a Deus um conselho
Para encontrar alegria;
Deus mostrou-me a terra e disse:
Trabalha, semeia e cria
Dr. Paulino de Carvalho Gonçalves
Pereira
De doença súbita, faleceu no passado dia 2 de
Julho, o senhor professor Paulino Pereira,
docente do quadro da Escola Secundária
Alberto Sampaio (Braga). O senhor professor
Paulino desempenhava as funções de mediador
do curso EFA Escolar, turma 4. Esta é uma das
duas turmas EFA escolar a funcionar em
Sobreposta por força do protocolo entre aquela
prestigiada escola secundária e esta associação.
Na qualidade de professor mediador, o senhor professor
Paulino era o responsável pela orientação escolar, pessoal e
social destes alunos e fazia a ligação entre os adultos em
formação, a equipa pedagógica e a escola. Pela sua atitude
como docente e como pessoa, gozava do carinho de todos os
alunos.
À família, ao Centro de Novas Oportunidades da Escola
Secundária Alberto Sampaio e, de uma forma geral, a todo o
corpo docente e demais colaboradores desta mesma escola,
expressamos o nosso pesar.
Acompanhe a vida da
Associação na página:
ascsobreposta.wordpress.com
Contacte-nos pelo e-mail
[email protected]
Página 16
BOLETIM INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO S. C. SOBREPOSTA - N.º 22. JUNHO 2010
Alunos do Curso EFA B2
Comemoram Final de Curso
.
JARDIM DE INFÂNCIA DE
SOBREPOSTA
No passado dia 18 de Junho, pelas 20.30h, os formandos
FESTA DE FIM DE ANO
do Curso EFA B2 e B3 do Agrupamento de Escolas de
Gualtar realizaram na escola EB1 de Sobreposta a sua No passado dia 23 de Junho, as crianças do jardim de
festa de final de ano.
infância de Sobreposta tiveram oportunidade de fazer a
Foi num ambiente festivo de grande alegria, que os
formandos da turma B2 de Sobreposta comemoraram o
fim do seu percurso escolar. Além do natural convívio à
volta de uma recheada mesa, os formandos apresentaram
algumas actividades por si realizadas e preparadas para
esta festa de final de ano.
Alunos finalistas da professora Isabel:
Rita, Bárbara, Gonçalo, André, Tânia, Juliana
Adultos que concluíram o 6º Ano:
sua festa de final de ano. Uma festa cheia de alegria, em
que todos participaram com grande entusiasmo e
motivação. São também momentos de grande felicidade
para os pais. Ver os “pequenitos” actuar perante tão
Maria Cândida Vaz Rodrigues, Maria Assunção Silva Marques Oliveira,
Rosa Maria Antunes Carvalho, Maria de Lurdes da Cunha Cruz, António
da Costa Vieira, Maria do Céu Rodrigues da Silva, Maria Madalena
Gonçalves Vieira, Maria Teresa Gonçalves Vieira, João Barbosa
Rodrigues, Hilário Gonçalves Gomes, Maria Alice de Sousa Pereira,
Emília Gonçalves Pereira, Rosa Gonçalves Lopes Alves.
Nesta actividade estiveram presentes, além dos dois
grupos de alunos (turmas B2 e B3), os seus formadores,
mediadores, assim como representantes da Associação
Alunos finalistas da professora Celeste: Francisco, Francisca,
Carolina, Artur, Joana, Margarida, Dinis.
Equipa de Professores do B2 e B3 de Sobreposta
Social e Cultural de Sobreposta, da Junta de Freguesia de
Sobreposta e alguns familiares dos formandos.
No início da sessão, após algumas palavras dos
Presidentes da Junta de Freguesia e da Associação Social
e Cultural de Sobreposta, o professor Guilherme,
Coordenador dos cursos EFA da EB 2,3 de Gualtar,
Continua na página 15
vasta e exigente audiência, provoca uma satisfação
imensa. Serão talvez estes os momentos que todos mais
tarde recordarão, são certamente estas festas que os
tornam mais autónomos, mais responsáveis e capazes de
saberem lidar com a pressão no futuro.
Estive lá e gostei. Pelas crianças sempre impecáveis,
pelas educadoras sempre incansáveis, pelas auxiliares
sempre atenciosas e também pelos pais sempre
entusiastas.
E festa que é festa acaba com um lanche. Também esta
terminou com um grande convívio entre todos. Jogos
tradicionais e petiscos num final de tarde muito
agradável. A todos que trabalharam para que esta
confraternização fosse uma realidade – muito obrigado.
Severino Fernandes

Documentos relacionados