Motor Clube do Estoril

Сomentários

Transcrição

Motor Clube do Estoril
Motor Clube do Estoril
COV Motosport Vodafone – Circuito João Mateus
1 e 2 de Outubro
Comunicado de Imprensa, 2 de Outubro 2011
Tiago Dias e Fernando Costa partilham vitórias nas Superbikes no Estoril
Tal como no primeiro dia do Circuito João Mateus, este domingo de acção foi
marcado pelo bom tempo no Circuito Estoril, com Tiago Dias e Fernando Costa a
vencerem as corridas da categoria rainha em mais uma ronda competitiva da
responsabilidade do Motor Clube do Estoril.
No primeiro embate da categoria rainha, ainda de manhã, a vitória foi para Tiago
Dias. O piloto da Suzuki GSXR1000 partiu da pole e perdeu uma posição na
partida, mas na segunda volta já rodava em primeiro para não mais perder a
posição, batendo Fernando Costa (Ducati 1098R), que veio do quarto posto da
grelha e foi segundo desde a segunda volta. Enquanto isso, José Leite (Suzuki
GSXR1000), segundo à partida, terminou em terceiro após ter rodado em quinto.
Leite só na 10ª volta ascendeu ao mais baixo do pódio depois de bater o líder do
Campeonato Tiago Magalhães (Kawasaki ZX10), que perdeu desde logo a
possibilidade de se sagrar Campeão de 2011 nesta penúltima jornada da época
disputada no Estoril.
Já da parte da tarde, a fechar o programa na segunda corrida de 12 voltas do
Campeonato Open Superbike e com apenas dez motos, Tiago Magalhães sofreu
queda e desistência na Curva 1 devido a toque de Tiago Dias. Situação que
motivou mesmo penalização de passagem pela vias das boxes por toque evitável a
Dias e ditou o terceiro posto final, atrás de Fernando Costa e José Leite,
respectivamente.
Enquanto isso, na Superstock 600 o mais alto do pódio ficou a cargo de Ruben
Nogueira (Yamaha R6) no que começou por ser uma algo corrida tranquila, mas
terminou de forma mais disputada. A luta pela segunda posição foi ainda mais
animada, com o líder do Campeonato Tiago Araújo (Triumph Daytona 675) a bater
Nelson Rosa (Kawasaki ZX6) depois de algumas trocas de posições. Já a disputa
do título ficou adiada para a última prova do ano.
Quanto à Promomoto, o triunfo, o terceiro do ano, foi para Filipe Carvalho (Suzuki
GSXR1000) que assim arrebatou o ceptro de 2011, em boa parte devido ao quarto
posto assinado por Nuno Caetano (Suzuki GSXR1000), líder da classificação à
chegada a esta prova. No intermédio do pódio ficou Pedro Monteiro (Yamaha R1),
com o piloto/jornalista Fernando Neto (Suzuki GSXR1000) a ocupar a terceira
posição numa corrida com pouca história já que Carvalho liderou desde a pole e as
demais posições dos quatro primeiros ficaram decididas à quarta volta.
Os mais jovens da Promo Júnior, que incluiu as 85cc e as 125cc, deram início às
emoções vespertinas, mas foi pouca a história na corrida. Os três primeiros da
grelha terminaram as nove voltas nas mesmas posições em que partiram, com o
triunfo a ficar para Ivo Lopes (Minarelli), seguido de André Pires (Honda RS125GP)
e Angel Dominguez (Honda RS125GP).
Na Sport Produção, também conhecida como Campeonato Galego, o triunfo ao
cabo das 14 voltas de corrida foi para Hugo Moreira (Yamaha R6). Vindo da pole, o
piloto teve corrida difícil, chegando mesmo a rodar em oitavo, mas logrou recuperar
para bater Miguel Arias (BMW 1000R), que tinha partido de segundo, e Marcos
Nunez (Yamaha R1), que também não mudou a sua posição face à grelha.

Documentos relacionados

Veja aqui

Veja aqui A Suzuki teve a meio do dia a sua acção SUZUKI HM MOTOS nesta pista. Fechamos a prova com as seguintes classificações:

Leia mais