Edital do Processo Seletivo 2016.2

Сomentários

Transcrição

Edital do Processo Seletivo 2016.2
EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2016
A Comissão Permanente de Processo Seletivo da Faculdade Católica Recife torna público para
conhecimento, aos interessados, as condições de habilitação às vagas pretendidas para
ingresso em seus cursos de graduação e de tecnologia, no SEGUNDO SEMESTRE DE 2016,
conforme estabelecidos neste edital:
1 – CURSOS E VAGAS PRETENDIDAS
1.1 A União Brasiliense de Educação e Cultura – Faculdade Católica Recife oferece para o
SEGUNDO SEMESTRE DE 2016 os seguintes cursos e vagas:
Ato de autorização
publicado no DOU
Vagas
autorizadas
anualmente
Renovação de
reconhecimento Port. MEC
nº 704/2013
200
Reconhecido pela Port.
MEC nº 120/2010
100
CST em Recursos Humanos
Renovação de
reconhecimento Port. MEC
nº 704/2013
100
CST em Sistemas para Internet
Renovação de
reconhecimento Port. MEC
nº 579/2013
200
Curso
Administração
Direito
Turno
Vagas
Oferecidas
Matutino
50
Noturno
50
Matutino
50
Noturno
50
Noturno
50
Matutino
50
Noturno
50
TOTAL DE VAGAS OFERECIDAS PARA O SEMESTRE 2016/2: 350 (trezentos e cinquenta)
VAGAS
2. FORMAS DE INGRESSO/ SELEÇÃO
A Faculdade Católica Recife realiza o Processo Seletivo para ingresso no ensino superior por
meio das seguintes formas de seleção: a) Realização de Prova de Vestibular; b) Nota obtida no
ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio; c) ProUni, aos candidatos encaminhados pelo
sistema, nos termos e limites definidos em lei; d) Transferência Externa e) Análise de Currículo
para portadores de diploma de ensino superior; f) FIES - A Faculdade Católica Recife possui
adesão ao Fundo de Financiamento Estudantil – FIES; As ofertas de vagas dependerão das
regras e disponibilidade orçamentária do programa dispostas pelo órgão regulador.
2.1. Todos os procedimentos relacionados a cada uma das formas de seleção estão dispostos
neste Edital.
2.2.
O candidato deverá optar por apenas uma das formas de seleção.
2.3.
Somente está apto a ingressar nos cursos de bacharelado e tecnólogo da Faculdade
Católica Recife, independentemente da opção da forma de seleção, o candidato que apresentar
COMPROVANTE DE CONCLUSÃO do Ensino Médio, de acordo com a lei, ou equivalente,
tornando-se nula de pleno direito a classificação daquele que não apresentar prova dessa
escolaridade.
3. INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO
A inscrição será feita por via eletrônica no site www.faculdademarista.com.br.
3.1. Período de inscrição: 11/04/2016 a 12/08/2016
Observação: as informações prestadas no ato da inscrição são de inteira responsabilidade do
candidato e, para produzir os efeitos a que se destinam, deverão ser feitas com observância das
normas contidas no presente Edital e no Manual do Candidato.
3.2. Data e horário das provas: As provas agendadas ocorrerão no período de 11/04/2016 a
12/08/2016, de segunda a sexta-feira, no horário entre 8h as 21h e aos sábados entre 08h às 12h,
com intervalo de 1 (uma) hora pra cada tempo de prova.
3.3. Forma de Pagamento: o pagamento da taxa de inscrição para prova de vestibular será
exclusivamente por meio de boleto bancário, emitido no ato da inscrição, cujo valor é R$ 20,00
(vinte reais).
4. SELEÇÃO POR MEIO DA PROVA DE VESTIBULAR
4.1. A seleção por meio da Prova de Vestibular considerará exclusivamente a avaliação de
competências e habilidades de redação que consta no Manual do Candidato.
4.2. Não é obrigatório se submeter ao vestibular 2016.2 o candidato que foi aprovado em
processo seletivo da Faculdade Católica Recife nos últimos dois anos.
5. SELEÇÃO POR MEIO DA NOTA DO ENEM
A seleção por meio da Nota obtida no ENEM considera exclusivamente o desempenho obtido pelo
candidato no Exame Nacional do Ensino Médio no ano de sua participação. Para tanto, o
candidato que se submeteu ao ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio poderá optar por
concorrer a uma vaga do Processo Seletivo 2016/2 da Faculdade Católica Recife por meio da
nota obtida neste exame e divulgada no Boletim de Desempenho Individual.
5.1 Ao optar pelo ingresso por meio de Nota obtida no ENEM, o candidato automaticamente
descarta o ingresso por meio de Prova de Vestibular, Transferência Externa, ProUni e para os
portadores de diploma.
5.2 As notas obtidas na prova do ENEM serão convertidas proporcionalmente aos valores das
provas do Processo Seletivo da Faculdade Católica Recife.
6. SELEÇÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA/TRANSFERÊNCIA EXTERNA
6.1 A inscrição para ingresso como portador de diploma ou transferência externa só será aceita se
anexado os documentos obrigatório para sua avaliação;
6.2 Documentos originais e cópias exigidos no ato da inscrição: Histórico Escolar, RG e CPF,
Declaração de vínculo para transferência e Diploma para portadores;
6.2 O ingresso como portador de diploma ou transferência dar-se-á, em sua maioria, por vagas
remanescentes.
6.3 A inscrição deverá ser realizada através do site da Faculdade Católica Recife
(www.faculdademarista.com.br).
7. PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS
O portador de necessidade especial deverá comunicar à Faculdade Católica Recife, no ato da
inscrição no Processo Seletivo, que possui necessidades especiais.
7.1 Será necessário comprovar a devida deficiência por meio de atestado/laudo médico para que
a estrutura necessária para realização da prova (ledor para deficiência visual total, prova ampliada
para deficiência visual parcial, local de fácil acesso para os candidatos com dificuldade de
locomoção ou expressão) seja providenciada.
8. DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA A REALIZAÇÃO DAS PROVAS
O candidato deverá apresentar no dia da prova, o documento original de identidade, cujo
porte é obrigatório, e o comprovante de pagamento da inscrição. ATENÇÃO: São
considerados documentos de identidade: as carteiras ou cédulas de identidade expedidas
pelas Secretarias de Segurança, pelas Forças Armadas, pelo Ministério das Relações Exteriores e
pelas Polícias Militares, Passaporte, Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação (novo
modelo), além das carteiras expedidas por Órgãos e Conselhos que, por lei federal, valham como
identidade. Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento ou
casamento, título eleitoral, carteiras de motorista (modelo antigo), carteiras de estudante, carteiras
funcionais sem valor de identidade, bem como documentos ilegíveis, não identificável ou
danificado.
9. ELIMINAÇÃO DO CANDIDATO
9.1 Da Prova de Vestibular: O candidato será eliminado da prova nas seguintes circunstâncias:
a) por desrespeito aos coordenadores e/ou fiscais ou, ainda, por atitude inadequada; b)
quando se comprovar que realizou a prova usando documentos, informações falsas ou
quaisquer outros meios ilícitos; c) não comparecer à prova; d) comparecer à prova sem
documento original de identidade; e) zerar a prova; f) descumprir com as obrigações contidas
nas orientações da prova de redação.
9.2 Da Nota obtida no ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio: a) não apresentar o Boletim
de Desempenho Individual do ENEM; b) quando se comprovar que os documentos entregues
não são verídicos.
9. REVISÃO DE PROVAS
Não será aceito pedido de vista ou de revisão de provas/redação.
10. MATRÍCULA E DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
Conforme consta no Manual do Candidato:
10.1. A matrícula do candidato menor de 18 anos deverá ser efetuada pelos pais ou terceiros
nomeados pelos pais por procuração. Os mesmos deverão apresentar adicionalmente cópia e
originais dos documentos de RG, CPF e Comprovante de endereço. A efetivação da matricula
ficará condicionada ainda à assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais
fornecido pela Faculdade Católica Recife e do pagamento do boleto da primeira parcela da
semestralidade.
10.2 O candidato aprovado no Processo Seletivo que tenha cursado disciplinas em outro curso de
graduação e que pretenda obter aproveitamento de estudos, deverá efetuar matricula no primeiro
período do curso. Após a entrega dos documentos no período previsto em calendário acadêmico e
análise por parte da coordenação de curso, havendo aproveitamento de estudos a matrícula será
alterada até a data determinada no calendário acadêmico do corrente semestre.
11. DISPOSIÇÕES GERAIS
11.1. A opção de curso, do candidato, só será mantida com a confirmação da formação de
nova turma com, no mínimo, 35 alunos. No caso de não haver a formação de turma o candidato
poderá optar por outro curso, caso haja vagas remanescentes, ou terá o valor da matrícula
devolvido na sua integralidade.
11.2. Antes da prova o candidato titular de porte de arma, nos termos da lei, deverá apresentar-se
junto à Comissão Permanente de Processo Seletivo para fins de apresentação dos documentos
comprobatórios (carteira funcional expedida pelo órgão competente, o certificado de registro e a
autorização de porte expedido pela Polícia Federal, quando for o caso).
11.3. O presente Processo Seletivo tem validade de 12 meses.
11.4. Os casos omissos no presente Edital serão resolvidos pela Comissão Permanente de
Processo Seletivo.
Recife, 01 de abril de 2016.
Fábio Leandro Melo Ramos dos Anjos
Secretário Acadêmico
Faculdade Católica Recife
ANEXO I
Manual do Candidato
Rua Itatiaia, 318 – Apipucos – Recife/PE
Fone: (81) 4009.7777
Fax: (81) 4009.7788
www.faculdademarista.com.br
MENSAGEM DA DIREÇÃO
Caros Vestibulando e Vestibulanda,
A Faculdade Católica Recife foi oficialmente instalada em novembro de 2002. Atualmente, oferece quatro
cursos de graduação: Bacharelados em Administração e Direito e Tecnológicos de Sistemas para Internet
(Web design*) e Gestão de Recursos Humanos. A Faculdade Católica Recife se destaca no mercado de
trabalho e na área acadêmica, com todos os seus cursos devidamente reconhecidos pelo MEC.
Sua Missão é a de “promover uma educação integral, formando bons cristãos e virtuosos cidadãos,
comprometida com desenvolvimento regional autossustentável, em sintonia com o contexto globalizado e
com a tecnologia em sua dimensão humanizadora”.
Com uma proposta de ensino e aprendizagem, ambiciosa e inovadora, alicerçada nos princípios
educacionais cristãos, a Faculdade Católica Recife encontra-se em harmonia com a sociedade
contemporânea.
A Faculdade Católica Recife aceita o desafio de preparar homens e mulheres comprometidos com valores
éticos, da liberdade e da dignidade humana, sem descuidar das questões consagradoras da virtude, da
verdade, da fé, da cultura e da vida. Assim sendo, só nos resta esperar que o caminho escolhido por nós,
seja também, o caminho aceito por você.
Acolhendo você e seus sonhos, esperamos por seu ingresso na nossa Instituição.
Faculdade Católica Recife
SUMÁRIO
1. Histórico da instituição
10
2. Instalações
10
3. Cursos autorizados pelo MEC e diferencial de ensino
10
3.1. Diferencial da faculdade
12
3.2. Diferenciais dos cursos
14
Curso de Administração
14
Curso de Direito
15
Curso Superior em Gestão de Recursos Humanos
15
Curso Superior em Sistemas para Internet (Web design*)
17
4. Calendário do concurso vestibular
4.1. Divulgação dos resultados
5. Provas
18
19
19
5.1. Data, horário e local
19
5.2. Recomendações importantes
19
5.3. Natureza
22
5.4. Conteúdo
24
5.5. Padronização de escores
29
5.6. Critérios de classificação
29
6. Divulgação do resultado
30
7. Remanejamento
31
8. Matrícula
32
1. HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO
A Faculdade Católica Recife é mantida pela União Brasiliense de Educação e Cultura (UBEC), pessoa
jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com sede e foro na cidade do Recife e com estatutos
registrados no 1º Cartório de Registros de Títulos e Documentos e Registro Civil de Pessoa Jurídica, da
Comarca do Recife, sob o nº 208264, livro A-3-236, em 26 de julho de 1994.
Com o objetivo de atender às diferentes demandas da Região Nordeste, a Faculdade Católica Recife
oferece à comunidade quatro cursos de graduação: Administração, Direito, Gestão de Recursos Humanos e
Sistemas para Internet (Web design*).
2. INSTALAÇÕES
A Faculdade Católica Recife, a partir de 2006, passou a funcionar em Apipucos. As novas instalações
acolhiam, anteriormente, a Casa Provincial dos Irmãos Maristas. Para cumprir as novas finalidades, o prédio
sofreu adaptações significativas de modo a propiciar aos corpos docente e discente condições de trabalho e
estudos compatíveis com os padrões internacionais de qualidade.
A Instituição ocupa uma área de 140.000 m², contando com uma infraestrutura de primeiro
mundo: salas de aula climatizadas com um projeto acústico diferenciado, laboratórios de informática, de
rádio e TV e de fotografia, uma biblioteca com um acervo com cerca de 20.000 volumes, internet com
cobertura wireless integral, linha de RNP, três auditórios, Núcleo de Prática Jurídica e Empresa Júnior
Consultoria e PEDEM.
3. CURSOS AUTORIZADOS E RECONHECIDOS PELO MEC E DIFERENCIAL DE ENSINO
:: Curso de Administração
Duração: 8 semestres
Turno: manhã e noite
Vagas: 50 p/ turno
Coordenadora: Prof.º MSc. José Marcelo Gonçalves Leitão
Portaria de autorização: 4.031/02 (D.O.U) 31/12/2002
Portaria de reconhecimento: 164/07 - (D.O.U nº35, de 21/02/2007) – CMB
Portaria de renovação de reconhecimento: 704/13 – (D.O.U. nº 246, de 19/12/2013)
:: Curso de Direito
Duração: 10 semestres
Turno: manhã e noite
Vagas: 50 p/ turno
Portaria de autorização: 3.667/03 (D.O.U) 10/12/2003
Coordenador: Prof.º Dr. Sergio Torres Teixeira
Portaria de reconhecimento: 120, de 02 de Janeiro de 2010 (DOU n.24 em 04/02/2010)
:: Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos
Duração: 4 semestres
Turno: noite
Vagas: 50
Coordenadora: Prof.º MSc. José Marcelo Gonçalves Leitão
Portaria de autorização: 3.086/03 - (D.O.U.) 31/10/2003
Portaria de reconhecimento: 215 de 28/11/2006- CMB
Portaria de renovação de reconhecimento: 704 de 18/12/2013 (D.O.U. nº 246, de 19/12/2013)
:: Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet (Web design*)
Duração: 4 semestres
Turno: manhã e noite
Vagas: 50 p/ turno
Coordenador: Prof. MSc. Flávio Ricardo Dias de Souza
Portaria de autorização: 76/04 - (D.O.U.) 14/01/2004 - A
Portaria de reconhecimento: 158 de 22/11/2006 – CMB
Portaria de renovação de reconhecimento: 579, de 12/11/2013 (D.O.U. n.° 221, de 13/11/2013)
3.1. Diferencial da Faculdade
A Instituição prima pela preocupação constante no fortalecimento dos princípios e valores
que a regem: formação do senso crítico, compreensão de que é necessário saber distinguir entre o
que a sociedade materialista propõe e os valores cristãos que a escola confessional procura
defender e preservar continuamente.
Com base nessa diretiva, a Faculdade Católica Recife agregou a todos os seus cursos:
- a flexibilidade curricular;
- a indissociabilidade entre teoria e prática;
- o apoio às atividades de investigação científica;
- o estímulo à criatividade por meio, sobretudo, da produção de revistas e jornais;
- o incitamento à participação em atividades de extensão;
- o apoio acadêmico;
- o acompanhamento psicopedagógico;
- a integração escola-empresa;
- a adoção de mecanismos de nivelamento escolar;
- a oferta de bolsas de pesquisa;
- o estímulo à participação na vida estudantil.
A Faculdade Católica Recife integra a União Brasiliense de Educação e Cultura – UBEC.
Constituída como Associação Civil, religiosa de direito privado e de caráter assistencial, educacional
e filantrópica, a UBEC é formada pela união de cinco Províncias Religiosas e uma Diocese: A
Província Lassalista de Porto Alegre – Irmãos Lassalistas; a Província São José da Congregação dos
Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo – Padres e Irmãos Estigmatinos; a Província
Marista do Centro Norte do Brasil – Irmãos Maristas; a Inspetoria São João Bosco – Salesianos de
Dom Bosco; a Inspetoria Madre Mazzarello – Irmãs Salesianas, e a Diocese de Itabira/Coronel
Fabriciano.
Atualmente, além da Universidade Católica de Brasília (UCB), a UBEC mantém, o Centro
Educacional Católica de Brasília (CECB), Centro Educacional Católica do Leste de Minas
Gerais (CECMG), Centro de Formação da Agricultura Familiar – Pe. Leandro Caliman (UBECCENTAF), Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (UNILESTE), Colégio Padre de Man (CPM), e
a Faculdade Católica do Tocantins (FACTO).
3.2. Diferenciais dos cursos
Curso de Administração
O Curso de Administração da Faculdade Católica Recife está em plena sintonia com a visão
moderna de mercado e está estruturado conforme as Diretrizes Curriculares Nacionais considerando
as áreas/eixos que norteiam a organização curricular do curso. O Administrador graduado na
Faculdade Católica Recife poderá atuar em organizações tendo como pressuposto básico a
rentabilidade, assegurando produtividade, qualidade, criatividade e a satisfação do cliente. Sendo
assim, apoia-se nos princípios da competitividade do mercado e da participação na sociedade e nas
suas ações para o exercício teórico/prático inovador, perpassando por uma visão crítica e analítica
dos processos envolvidos, embasados numa concepção holística do homem, promovendo a
integração com a comunidade, tendo em vista a melhoria da qualidade de vida, em conformidade
com os valores da Instituição. O Curso está comprometido em formar bacharéis dotados de alto grau
de capacidade técnica e forte competitividade, mas simultaneamente tem como principais
características a valorização do ser humano e seu ambiente, a solidariedade e a compaixão, gerando
profissionais éticos e humanistas, comprometidos com a justiça, a dignidade da pessoa humana, a
cidadania e a justiça social e tendo como princípios a responsabilidade social, a preservação
ambiental e a cultura empreendedora. Para tanto, é necessário deter uma visão global do mercado e
da concorrência, além de tecnologia de informação, habilitando-se ainda na atuação e
acompanhamento de pesquisas de mercado, gerenciamento de macro a micro estratégias
organizacional, a orientar os processos produtivos, o foco do negócio e as técnicas de negociação. As
atividades integradoras estão presentes ao longo do curso de Administração e visam estabelecer
conexão entre a teoria e prática por meio das atividades de ensino, pesquisa e extensão. Os projetos
interdisciplinares, a Empresa de Consultoria Junior, a semana da Pesquisa e Iniciação Científica e o
dia da Responsabilidade Social são exemplos de projetos e eventos que visam integrar os
conhecimentos e desenvolver habilidades e atitudes necessárias para a boa atuação do profissional
de Administração. O Curso de Administração também possibilita aos alunos estágios em instituições
públicas e privadas, com o objetivo de aproximar o aluno de seu futuro campo de atuação
profissional, estabelecendo relações efetivas entre a IES e o Mercado de Trabalho. O curso é formado
por professores de elevada qualificação acadêmica (mestres e doutores) e com uma diversificada
atuação profissional (empresários, executivos, consultores, gestores e membros do Conselho
Regional de Administração – CRA/PE), além de apresentar uma matriz curricular completamente
atualizada com as exigências contemporâneas da profissão de administrador/gestor. Os excelentes
conceitos obtidos diante do MEC (IGC e ENADE CONCEITOS 4) e instituições privadas de avaliação
(três estrelas no Guia Abril do Estudante de Cursos Superiores), o parecer favorável e a
recomendação do Conselho Regional de Administração (CRA/PE) e a destacada "empregabilidade"
demonstrada mediante o recrutamento dos inúmeros alunos por empresas são provas inequívocas
do sucesso alcançado pelo Curso de Administração da Faculdade Católica Recife.
Curso de Direito
O Curso de Direito da Faculdade Católica Recife está em plena sintonia com a visão
moderna do mundo jurídico globalizado e dedicado à preparação dos seus discentes para os
desafios do mercado profissional do Direito. Com professores de alta qualificação acadêmica
(mestres e doutores) e diversificada atuação profissional (advogados, membros do ministério
público, juízes e desembargadores) e uma matriz curricular completamente atualizada com as
exigências das profissões jurídicas contemporâneas, incluindo disciplinas como Direito Urbanístico,
Vias Alternativas à Jurisdição Estatal (Mediação, Conciliação e Arbitragem) e mesmo disciplinas de
Direito Processual Civil com conteúdos já atualizados como a nova disciplina prevista no novo
Código de Processo Civil (Lei 13.105/2015, que somente entrará em vigor em 2016), o Curso está
comprometido em formar bacharéis dotados de alto grau de capacidade técnica e forte
competitividade, mas simultaneamente com solidariedade e compaixão, gerando profissionais
éticos e humanistas, comprometidos com a justiça, a dignidade da pessoa humana, a cidadania e a
justiça social. Os excelentes conceitos obtidos diante do MEC (conceito 4) e instituições
privadas de avaliação (quatro estrelas no Guia Abril do Estudante de Cursos Superiores), o parecer
favorável da Ordem dos Advogados do Brasil no seu processo de renovação, os altos índices de
aprovação dos egressos no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (88% de aprovação no XIV
Exame da Ordem) e em concursos públicos, as vitórias em competições acadêmicas (como o I
Torneio Internacional de Mediação sediada em Recife em 2015), além da destacada
"empregabilidade" demonstrada mediante o recrutamento de inúmeros alunos por empresas e
grandes escritórios de advocacia em Recife, são provas inequívocas do sucesso alcançado pelo
Curso de Direito da Faculdade Católica Recife.
Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos
O Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Faculdade Católica Recife
está em plena sintonia com a visão moderna de mercado e está estruturado conforme as Diretrizes
Curriculares Nacionais e balizado pelo Parecer da Câmara de Educação Superior do Conselho
Nacional de Educação. Este curso é de menor duração que os cursos convencionais, sem prejuízo dos
conteúdos programáticos específicos e das disciplinas essenciais à adequada formação profissional e
cultural. O conceito que fundamenta o perfil acadêmico é da empregabilidade e da característica
empreendedora e empresarial exigida aos novos profissionais que ingressam no mercado de trabalho
ou que pretendem o seu crescimento profissional. Tem como objetivo preparar profissionais com
capacidade e discernimento para trabalhar com pessoas, incluindo o conhecimento do processo da
motivação e a aplicação eficaz da liderança, com capacidade de influenciar o comportamento do
grupo com empatia e equidade, visando aos interesses interpessoais e institucionais. O curso visa
desenvolver habilidades para atuar em equipe e de forma interativa, em prol dos objetivos comuns e
compreensão da complementaridade das ações coletivas para analisar planos estratégicos
institucionais e elaborar planos táticos e operacionais para os setores de recrutamento, seleção,
treinamento, desenvolvimento, avaliação, atuando de forma integrada com todos os setores de uma
organização, utilizando métodos e técnicas específicas da área, para gerenciar processos e pessoas.
Portanto, busca desenvolver nos alunos que se deve ter uma visão do todo e ser capaz de
compreender e vivenciar os conceitos de cooperação, comprometimento e responsabilidade, enfocar
a comunicação eficaz e as habilidades de relacionamento e desenvolver visão estratégica, postura de
inovação e espírito empreendedor. O aluno formado na Faculdade Católica Recife poderá atuar em
organizações tendo como pressuposto básico a rentabilidade, assegurando produtividade, qualidade,
criatividade e a satisfação do cliente. Sendo assim, apoia-se nos princípios da competitividade do
mercado e da participação na sociedade e nas suas ações para o exercício teórico/prático inovador,
perpassando por uma visão crítica e analítica dos processos envolvidos, embasados numa concepção
holística do homem, promovendo a integração com a comunidade, tendo em vista a melhoria da
qualidade de vida, em conformidade com os valores da Instituição. O Curso está comprometido em
formar profissionais dotados de alto grau de capacidade técnica e forte competitividade, mas
simultaneamente tem como principais características a valorização do ser humano e seu ambiente, a
solidariedade e a compaixão, gerando profissionais éticos e humanistas, comprometidos com a
justiça, a dignidade da pessoa humana, a cidadania e a justiça social e tendo como princípios a
responsabilidade social, a preservação ambiental e a cultura empreendedora.. As atividades
integradoras estão presentes ao longo do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos
Humanos e visam estabelecer conexão entre a teoria e prática por meio das atividades de ensino,
pesquisa e extensão. Os projetos interdisciplinares, a Empresa de Consultoria Junior, a semana da
Pesquisa e Iniciação Científica e o dia da Responsabilidade Social são exemplos de projetos e eventos
que visam integrar os conhecimentos e desenvolver habilidades e atitudes necessárias para a boa
atuação do profissional de Recursos Humanos. O Curso também possibilita aos alunos estágios em
instituições públicas e privadas, com o objetivo de aproximar o aluno de seu futuro campo de
atuação profissional, estabelecendo relações efetivas entre a IES e o Mercado de Trabalho. O curso é
formado por professores de elevada qualificação acadêmica (mestres e doutores) e com uma
diversificada atuação profissional (empresários, executivos, consultores, gestores e membros do
Conselho Regional de Administração – CRA/PE), além de apresentar uma matriz curricular
completamente atualizada com as exigências contemporâneas da profissão de administrador/gestor.
Os excelentes conceitos obtidos diante do MEC (IGC e ENADE CONCEITOS 4), o parecer favorável com
a recomendação do curso pelo Conselho Regional de Administração (CRA/PE) e a destacada
"empregabilidade" demonstrada mediante o recrutamento dos inúmeros alunos por empresas são
provas inequívocas do sucesso alcançado pelo Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos
Humanos da Faculdade Católica Recife.
Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet (Web Design*)
Trata-se de um curso superior de tecnologia, no formato novo sugerido pelo MEC, com
duração reduzida e carga horária concentrada. Em apenas 02 (dois) anos, o aluno pode concluir o
curso e inserir-se no mercado de trabalho, iniciando rapidamente, uma carreira moderna e ousada,
que lhe trará extrema realização. O Curso de Sistemas para Internet tem comprovado
reconhecimento das diversas organizações que compõe o setor de Tecnologia da Informação, que
referendam o altíssimo nível de empregabilidade. O Tecnólogo em Sistemas para Internet (Web
Design*), formado pela Faculdade Católica Recife, pode dar continuidade aos estudos, cursando
especializações, mestrado e doutorado.
A criação desse curso foi fruto de uma pesquisa de mercado que verificou uma grande
demanda por profissionais com formação ministrada no Curso Superior de Sistemas para Internet
(Web design*) da Faculdade Católica Recife. A excelência do curso de Sistemas para Internet (Web
Design*) foi atestada pelo Ministério da Educação (MEC) que lhe conferiu conceito máximo
(”conceito muito bom” - CMB) no processo de reconhecimento do curso (Portaria de
Reconhecimento nº 158, de 22/11/2006) nos três itens avaliados: corpo docente, projeto
pedagógico e infraestrutura. O Curso também recebeu do MEC a Nota 4, durante o processo de
renovação de reconhecimento (Portaria: 579, de 12/11/2013 - D.O.U. n.° 221, de 13/11/2013).
O Curso Superior de Sistemas para Internet (Web Design*) da Faculdade Católica Recife é formado
por dois módulos:
Módulo I (Back End)
Nesse módulo, o aluno aprenderá toda a base de informática necessária ao trabalho com a
Web e também as ferramentas, linguagens e técnicas relativas à confecção de Web Sites
Profissionais e Dinâmicos, para publicação na Internet ou implementação em Intranets. O módulo
possui duração de 1 (um) ano.
Módulo II (Front End)
Nessa etapa, o aluno será capacitado a implementar interessantes aplicações via Web:
aplicações mobile, comércio eletrônico, automação comercial via Web, etc. O módulo possui
duração de 1 (um) ano.
*Para se adaptar ao Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia, o curso de Web Design teve o
seu nome modificado para Sistemas para Internet, de acordo com a portaria nº 158, de 22 de novembro de
2006.
4. CALENDÁRIO DO CONCURSO VESTIBULAR
ATIVIDADE
DATA
INSCRIÇÕES
ATÉ 48 HORAS ANTES DA DATA DA
PROVA
PROVAS
VESTIBULAR AGENDADO/REDAÇÃO
4.1. Divulgação dos Resultados
A divulgação dos resultados acontecerá no prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis, após a realização
das provas.
5. PROVAS
5.1. Data, horário e local
5.1.1. Os vestibulares agendados serão realizados nas terças, quintas e sábados nas
instalações da Faculdade Católica Recife. Nos seguintes horários:
Terças: 08h às 09h; 09h às 10h; 10h às 11h; 11h às 12h; 14h às 15h; 15h às 16h; 16h às 17h;
17h às 18h; 18h às 19h; 19h às 20h e 20h às 21h (horário local);
Quinta: 08h às 09h; 09h às 10h; 10h às 11h; 11h às 12h; 14h às 15h; 15h às 16h; 16h às
17h; 17h às 18h; 18h às 19h; 19h às 20h e 20h às 21h (horário local);
Sábado: 08h às 09h; 09h às 10h; 10h às 11h e 11h às 12h (horário local).
5.1.2. Havendo demanda o vestibular poderá ser feito em outra localidade e/ou em outra
dia da semana, desde que autorizado pela COVEM e Direção Geral.
5.2. Recomendações importantes
5.2.1. A prova será iniciada de acordo com o horário programado, devendo o candidato
apresentar-se à Faculdade Católica Recife, com antecedência mínima de 30 minutos,
munido do documento de identidade e de caneta esferográfica nas cores preta ou azul. Os
retardatários ficarão impedidos de ingressar nas salas onde os exames serão realizados;
5.2.2. O acesso ao prédio, em que será realizada a prova, só será permitido aos candidatos
que apresentarem o documento original de identidade, cujo porte é obrigatório, e o
comprovante de pagamento da inscrição. ATENÇÃO: São considerados documentos de
identidade: as carteiras ou cédulas de identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança,
pelas Forças Armadas, pelo Ministério das Relações Exteriores e pelas Polícias Militares,
Passaporte, Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação (novo modelo), além das
carteiras expedidas por Órgãos e Conselhos que, por lei federal, valham como identidade.
Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento ou
casamento, título eleitoral, carteiras de motorista (modelo antigo), carteiras de estudante,
carteiras funcionais sem valor de identidade, bem como documentos ilegíveis, não
identificável ou danificado.
5.2.3. O candidato deverá localizar a sala na listagem afixada na Faculdade Católica Recife;
5.2.4. Não será aceito pedido de vista ou de revisão de provas/redações.
5.2.5. Estando o candidato impossibilitado de fazer as provas no local designado, por
motivo de doença súbita ou acidente, devidamente comprovado por atestado médico ou
documento hábil, o mesmo deverá solicitar acompanhamento especial à Comissão do
Vestibular da Faculdade Católica Recife - COVEM, pelo telefone (81) 4009.7777, até uma
hora antes do horário previsto para a realização da prova;
5.2.6. A solicitação deverá ser encaminhada pelo responsável do candidato à COVEM,
anexando ao pedido, a cópia do documento de identidade do candidato, bem como os
documentos originais, aptos a comprovarem as razões para solicitação de
acompanhamento especial;
5.2.7. O atestado médico, apresentado pelo responsável, na forma do item anterior, deverá
conter o registro da doença (CID) impeditiva da realização do concurso pela via regular;
5.2.8. A prova, a ser realizada com acompanhamento especial, deverá obedecer à data e ao
horário previsto no calendário do vestibular;
5.2.9.
Será de inteira responsabilidade do candidato o ônus decorrente do
comparecimento do fiscal ao local onde a prova será realizada, desde que tal deslocamento
esteja confinado ao perímetro urbano;
5.2.10. Durante a realização das provas, não serão permitidas consultas a livros ou
apostilas, sendo expressamente proibido o uso de equipamentos eletrônicos;
5.2.11. O candidato que utilizar expediente fraudulento ou qualquer tipo de comunicação
com outro candidato, durante a realização das provas, será automaticamente eliminado do
concurso;
5.2.12. O candidato só poderá entregar a prova/redação depois de transcorrida, no mínimo,
20 (vinte) minutos do seu início;
5.2.13. Fica proibida a saída do candidato do local de realização do concurso com o caderno
de provas/folha rascunho, sob pena de exclusão do vestibular;
5.2.14. A filha rascunho é de uso optativo. Nesse documento estão impressos o nome do
candidato, o número de inscrição e opção de curso;
5.2.15. Serão discordantes da correção da redação:
d) letras ilegíveis;
5.2.16. A folha resposta da redação, juntamente com a folha rascunho, deverá ser entregue
ao fiscal da sala, ao término do exame;
5.2.17. Sob nenhuma hipótese, poderá ser fornecido uma segunda folha resposta;
5.2.18. O preenchimento incorreto, na parte referente aos dados do aluno, implica sua
eliminação do concurso.
5.2.19. O candidato será eliminado da prova nas seguintes circunstâncias: a) por
desrespeito aos coordenadores e/ou fiscais ou, ainda, por atitude inadequada; b) quando
se comprovar que realizou a prova usando documentos, informações falsas ou quaisquer
outros meios ilícitos; c) não comparecer à prova; d) comparecer à prova sem documento
original de identidade; e) zerar a prova escrita; f) descumprir com as obrigações contidas
nas orientações da prova de redação.
5.3. Natureza:
5.3.1. A prova do vestibular terá caráter eliminatório e classificatório, avaliando o
conhecimento do candidato através de prova prevista nesse manual;
5.3.2. A prova constará de uma produção textual (redação);
5.3.3. A produção textual sobre tema indicado, a ser desenvolvido em folha pautada,
padronizada, fornecida pela Instituição, com o máximo de 25 (vinte e cinco) linhas e o
mínimo de 20 (vinte) linhas, equivalente a 1000 (mil) pontos.
5.3.5. Será atribuída pontuação 0 (zero) para a produção textual (redação) nos seguintes
casos:
a) se o candidato assinar ou rubricar a folha pautada destinada à produção textual
(redação);
b) se o candidato entregar o caderno de provas sem a folha de rascunho;
c) quando houver qualquer outra indicação, além do código do candidato, impresso
na folha de redação;
d) quando o candidato não atender aos requisitos estabelecidos pela comissão de
correção.
5.4. Padronização dos escores
5.5.1. A soma dos pontos alcançados pelos candidatos, na produção textual, será
transformada em argumento de classificação, aplicando-se à nota obtida através de
correção.
5.6. Critérios de classificação
5.6.1. A classificação final será obtida por meio do argumento de classificação (AC) de cada
candidato.
5.6.2. O preenchimento das vagas oferecidas em cada curso será realizado, rigorosamente,
na ordem decrescente dos argumentos de classificação dos candidatos, atendidos em suas
preferências, até o limite de vagas oferecidas.
5.6.3. Havendo candidatos com a mesma classificação será matriculado o candidato com
mais idade.
5.6.4. Será eliminado do concurso o candidato que:
a) deixar de comparecer à prova;
b) obtiver pontuação inferior a 200 (duzentos) na produção de texto;
c) não terá direito à matrícula, o candidato cuja classificação ultrapassar o número
de Vagas oferecidas no curso.
6. DIVULGAÇÃO DO RESULTADO
6.1.
O
resultado
será
divulgado
no
site
(www.faculdademarista.com.br), na área do candidato.
da
Faculdade
Católica
Recife
6.2. À comissão de Aplicação do Vestibular não poderá ser imputada a qualquer responsabilidade
por erro de informação do vestibular, inclusive, nome, qualificação, curso e classificação do
vestibulando feita por terceiros, por meio da imprensa escrita, falada ou televisionada.
6.3. Será eliminado, por desistência tácita, o candidato classificado que:
a) não efetuar sua matrícula nos dias, horários e locais previstos no calendário desse manual;
b) deixar de fazer a entrega, por ocasião da matrícula, de qualquer documento exigido;
c) deixar de efetuar o pagamento da primeira parcela correspondente ao semestre.
6.4. Na impossibilidade de comparecimento do candidato para efetuar a matrícula na Faculdade,
esta poderá ser feita por seu bastante procurador, desde que, em observância às normas, às
condições e aos prazos constantes no MANUAL, apresente:
a) procuração pública ou particular, com firma reconhecida, contendo poderes específicos
para a prática do ato;
b) documento de identidade (do procurador).
7. REMANEJAMENTO
7.1. As vagas geradas pelo não comparecimento de candidatos à matrícula ou pelo não
atendimento às exigências da mesma serão preenchidas, de imediato, pelo remanejamento de
candidatos classificados.
7.2. Concluído o processo de matrícula e de reclassificação dos candidatos, até o limite das vagas
existentes, os classificados remanescentes poderão ser matriculados em outros cursos, desde que
exista vaga.
7.3. Encerradas as matrículas essas vagas poderão ser preenchidas por portadores de diploma de
nível superior.
8. MATRÍCULA
8.1. A matrícula na Faculdade Católica Recife é obrigatória e inadiável para todos os candidatos
classificados.
8.2. Somente adquirirá a condição de aluno regular da Faculdade, o candidato classificado que
cumprir, integralmente, as exigências do processo de matrícula.
8.3. O candidato que não efetivar matrícula nas datas e horários fixados no calendário do manual
estará, automaticamente, eliminado por desistência tácita.
8.4. A matrícula deverá ser realizada em até 5 (cinco) dias após a divulgação do vestibular e
efetuada até a data de vencimento do boleto de matrícula.
8.5. A matrícula, ato formal de ingresso do aluno no curso e de vinculação à Faculdade, realizar-se-á
na secretaria da Faculdade Católica Recife, com sede à Rua Jorge Tasso Neto, nº 318, Apipucos,
Recife - PE, em prazos estabelecidos no calendário escolar, instruído no requerimento com a
seguinte documentação (art. 61 do Regimento Geral da Faculdade Católica Recife). Na ocasião, o
aluno deverá apresentar-se munido da documentação (original e cópia) descritas abaixo:
a) Certificado ou diploma de curso do Ensino Médio ou equivalente, bem como cópia do
Histórico Escolar;
b) Comprovante de pagamento ou de isenção da primeira mensalidade dos encargos
educacionais;
c) Contrato de prestação de serviços educacionais, devidamente registrado, em
substituição ao documento previsto na alínea “a”.
d) Prova de quitação com o serviço militar obrigatório e obrigações eleitorais;
e) Cédula de identidade e CPF;
f) Certidão de nascimento ou casamento;
g) Título de eleitor;
h) Uma fotografia recente 3x4;
i) Comprovante de residência.
8.6. Ao candidato classificado que, cancelar a matrícula com até 10 dias de antecedência do início
das aulas, será feita a devolução dos seus documentos e de 70% (setenta por cento) do valor do
depósito pago por ocasião da matrícula. Para tanto, o candidato deve requerer, em formulário
próprio, o cancelamento do curso, com rigorosa obediência ao prazo acima estipulado, a fim de
eliminar responsabilidade financeira futura.
8.7. A matrícula só será considerada efetivada, mediante o pagamento da primeira (1ª) parcela do
semestre correspondente até o respectivo vencimento e a entrega do Contrato de Prestação de
Serviços Educacionais devidamente assinados.
8.8. Os portadores de diploma de curso de nível médio (Magistério, Técnico em Contabilidade etc.)
contendo, no verso, o respectivo Histórico Escolar, deverão fazer a entrega de uma cópia do
mesmo (frente e verso) autenticada. Não constando o histórico no verso, deverão fazer a entrega
do original e da cópia do correspondente Histórico Escolar.
8.9. Os alunos, provenientes do Supletivo, entregarão o Certificado de Conclusão de Exames
Supletivos de Nível Médio, não podendo, em hipótese alguma, ser substituído por atestado de
eliminação de matéria.
8.10. Quando o aluno tiver realizado o curso em outro país, ele fará entrega da documentação de
conclusão de Ensino Médio, devidamente autenticada pela autoridade diplomática (EMBAIXADA ou
CONSULADO BRASILEIRO) sediada no país responsável pela expedição da documentação, com
tradução oficial.
8.11. Quando apenas parte dos estudos foram realizados no exterior (um ou dois anos), a
equivalência será de competência da escola recebedora, com registro no próprio Histórico Escolar,
como consta na Lei de Diretrizes e Bases (LDB nº 9.394/96), Art. 23 1º, regulamentado no item 3.5,
da instrução nº 01/97 do Conselho Estadual da Educação do estado de Pernambuco, de 24 de
dezembro de 1997, aqui citada: "A escola poderá reclassificar os alunos, inclusive quando se tratar
de transferência entre estabelecimentos de ensino, situados no país e no exterior, tendo como
base as normas curriculares gerais".
8.12. Os portadores de curso superior ficam isentos da entrega do Certificado do Ensino Médio,
substituindo-o por uma cópia, frente e verso, do diploma do curso superior, acompanhado do
original para conferência ou cópias autenticadas.
8.13. Os portadores de Certificado de Alistamento Militar deverão verificar o prazo de validade do
documento. Certificados de Reservistas de 1ª e 2ª Categorias deverão conter, no verso, as
anotações periódicas, referentes às datas das apresentações anuais obrigatórias, nos 5 (cinco) anos
imediatos ao retorno à vida civil. O candidato, que não estiver em dia com o serviço militar, deverá
apresentar-se ao órgão do Serviço Militar para imediata regularização da sua situação.
8.14. A Faculdade Católica Recife se reserva o direito de não formar turma, caso o número de
alunos matriculados num determinado curso, não atinja o número mínimo de 35 alunos, antes do
início das aulas.