RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2015

Сomentários

Transcrição

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2015
INSTITUTO
ROGACIONISTA
SANTO ANÍBAL
2015
Relatório de
Atividades
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
1
Diretoria Executiva
Pe. Juarez Albino Destro, presidente honorífico
Pe. Lédio Milanez, diretor presidente
Pe. Vincenzo Lumetta, diretor vice-presidente
Pe. Valmir de Costa, diretor secretário
Pe. Marcos de Ávila Rodrigues, diretor tesoureiro
Dulcinéa Pastrello, diretora executiva
Conselho de Assuntos Econômicos e Fiscais
Pe. Geraldo Tadeu Furtado
Ir. Francisco Chirico (in memorian)
Pe. José Osmar Rosa
Filiais
Obra Social Santo Aníbal
Pe. José Sival Soares, diretor local
Pe. João Ademir Vilela, secretário local
Pe. Luciano Grigório, tesoureiro local
Centro de Convivência Santo Aníbal
Pe. Vincenzo Lumetta, diretor local
Pe. Wilson Lopes Gomes, secretário local
Pe. Nilson Rocha Santos, tesoureiro local
Departamentos
Coordenadores
Edleide de Moura Hammes, Administrativo-financeiro
Eduardo Donizete Rodrigues, CC São Lucas
Luciana Marcondes Pazzini, CC Madre Nazarena
Laerte Ferreira da Silva, CC Intergeracional Santo Antônio
Rosana de Jesus Amaral, Centro de Acolhida Zancone
Fátima Conceição Coelho Bergamin, CEI Santa Marina
Adriana Patrícia Bogajo, CEI Santo Aníbal
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
1.
INTRODUÇÃO
O Instituto Rogacionista Santo Aníbal – doravante nomeado por Instituto Rogacionista - é uma
organização social sem fins econômicos, fundada em 02 de agosto de 1969 na cidade de São Paulo,
que tem como finalidade estatutária a Assistência Social como atividade preponderante. O Instituto
Rogacionista atua na cidade de São Paulo (SP), onde tem sua sede e sete departamentos, e está a
implementar as filiais nas cidades de Curitiba (PR) e de Presidente Jânio Quadros (BA).
Oferece serviços, gratuitos, de proteção social básica e especial e de educação infantil às famílias e
pessoas em situação de vulnerabilidade e risco pessoal e social, bem como à luta pela garantia e
defesa de direitos sociais, proporcionando atividades socioeducativas emancipadoras.
Ele faz parte da Rede Rogacionista de Evangelização, Assistência Social e Educação
(www.rogacionista.org) que atua no Brasil, Angola, Argentina e Paraguai. A mantenedora é a
Congregação dos Rogacionistas do Coração de Jesus, que está presente em todos os Continentes. A
Organização Social tem como referência Santo Aníbal Maria Di Francia, sacerdote italiano, e nos
seus ensinamentos baseia as suas linhas norteadoras no agir socioeducativo.
Missão
Visão
Valores
Acolher crianças, adolescentes, jovens
e adultos e possibilitar a formação de
pessoas éticas, justas e solidárias, por
meio da educação, de ações
socioeducativas e da evangelização,
contribuindo para o exercício da
cidadania.
Ser referência, pela excelência dos
serviços prestados, na educação, nas
ações socioeducativas e na formação
ético-cristã de pessoas comprometidas
e participativas na construção de uma
sociedade sustentável, justa e fraterna.
Acolhida e zelo.
Respeito à diversidade.
Fortalecimento das relações humanas.
Carisma, mística e espiritualidade.
Responsabilidade, justiça e
sustentabilidade.
Comprometimento mútuo.
Ação política-participativa.
Excelência na prestação de serviços.
Gestão competente e eficiente.
Ética, integridade e transparência.
Foco nos processos e resultados.
2. UNIDADES DE SERVIÇOS SOCIOEDUCATIVOS
A) ASSISTÊNCIA SOCIAL
2.1 UNIDADES DE PROTEÇÃO BÁSICA - CRIANÇAS E ADOLESCENTES
a) Serviços
NOME
CC Madre
Nazarena
TIPOLOGIA
Serviço de
Convivência e
Fortalecimento de
Vínculos
ATENDIMENTO/DIA
120
IDADE
6 a 14 anos
SITUAÇÃO
Vulnerabilidade e
Riscos Sociais
CC São
Lucas
Serviço de
Convivência e
Fortalecimento de
Vínculos
180
6 a 14 anos
Vulnerabilidade e
Riscos Sociais
ENDEREÇO
Rua
Blumenau,
66
Vila
Leopoldina
05319 020
São Paulo SP
Av. Santa
Marina, 534
Água Branca
05036 – 000
São Paulo SP
b) Recursos Humanos
NOME
CC Madre Nazarena
CC São Lucas
TOTAL
CLT
08
11
19
OFICINEIROS
01
01
02
VOLUNTÁRIOS
04
02
06
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
2
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
c) Caracterização
É um serviço de fortalecimento de vínculos e convivência que desenvolve atividades com crianças e
adolescentes, tendo por foco a constituição de espaço de convivência a partir dos interesses,
demandas e potencialidades dessa faixa etária. As intervenções são pautadas em experiências
lúdicas, culturais e esportivas como formas de expressão, interação, aprendizagem, sociabilidade e
proteção social. Atende, também, crianças e adolescentes com deficiência, retiradas do trabalho
infantil e/ou submetidas a outras violações de direitos, por meio de atividades que contribuam para
ressignificar vivências de isolamento, bem como propiciar experiências favorecedoras do
desenvolvimento de sociabilidades e prevenção de situações de risco social.
d) Objetivos
Objetivo Geral
Oferecer proteção social à criança e ao adolescente, em situação de vulnerabilidade e risco pessoal e
social, por meio do desenvolvimento de suas potencialidades, bem como favorecer aquisições para
a conquista da autonomia, protagonismo e cidadania, mediante o fortalecimento de vínculos
familiares e comunitários.
Objetivos específicos
o
Assegurar o espaço para o convívio grupal, comunitário e social, e o desenvolvimento de
relações de solidariedade e respeito mútuo.
o
Prevenir a institucionalização e a segregação de crianças e adolescentes, assegurando
convivência familiar e comunitária.
o
Oportunizar o exercício da cidadania através de informações sobre direitos e participação.
o
Promover ações que assegurem o acesso aos serviços das políticas públicas presentes nos
territórios.
o
Possibilitar o desenvolvimento de novas habilidades, através de experiências e
manifestações artísticas, culturais, esportivas e de lazer.
o
Desenvolver ações com as famílias e comunidade para o fortalecimento dos vínculos
familiares e sociais, visando à proteção e o desenvolvimento das crianças e adolescentes.
e) Atividades
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Assegurar o espaço para o convívio
grupal, comunitário e social, e o
desenvolvimento de relações de
solidariedade e respeito mútuo.
Prevenir a institucionalização e a
segregação de crianças e
adolescentes, assegurando
convivência familiar e comunitária.
Oportunizar o exercício da
cidadania através de informações
sobre direitos e participação.
Promover ações que assegurem o
acesso aos serviços das políticas
públicas presentes nos territórios.
REALIZADAS
Foram realizadas ações de convivência grupal, informação, comunicação e defesa de
direitos e vivências pautada pelo respeito a si próprio e aos outros, fundamentadas
em princípios éticos de justiça e cidadania.
Os usuários foram constantemente informados sobre os seus direitos básicos, bem
como as suas responsabilidades.
Foram realizadas atividades de fortalecimento de vínculos familiares e sociais, por
exemplo, o Programa Fortalecendo Famílias.
O Conselho dos Usuários do Serviço funcionou no Centro de Convivência Madre
Nazarena; já no Centro de Convivência São Lucas ele continua sendo um desafio a
ser implantado.
A participação dos usuários e seus familiares nas instâncias do controle social da
política pública da assistência social aconteceu na participação da Conferência das
Crianças e dos Adolescentes no Centro de Convivência Madre Nazarena.
Nas reuniões dos responsáveis, nos eventos culturais, entre outros, foi divulgado o
caráter de política pública da assistência social.
Nas reuniões trimestrais os responsáveis foram informados sobre o sistema de
garantia de direitos do cidadão.
Manteve-se banner com os direitos socioassistenciais na unidade social.
Afiançou-se a segurança alimentar, através de um cardápio balanceado e
diversificado e acompanhado pela nutricionista.
Foram realizados passeios em parques, praças de esportes, museus, bibliotecas e
outros equipamentos, com reflexo também na participação de suas famílias;
No CC São Lucas foi possibilitado o acompanhamento preventivo da saúde, por meio
da presença de agentes de saúde da UBS Barra Funda.
Foi estimulada a permanência no sistema educacional.
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
3
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
Possibilitar o desenvolvimento de
novas habilidades, através de
experiências e manifestações
artísticas, culturais, esportivas e de
lazer.
Desenvolver ações com as famílias
e comunidade para o
fortalecimento dos vínculos
familiares e sociais, visando à
proteção e o desenvolvimento das
crianças e adolescentes.
Utilizou-se da linguagem digital como ferramenta de aprendizagem e recurso para
pesquisas e conhecimentos diversos, permitindo o acesso à internet e seus recursos,
realizou-se elaboração de trabalhos escolares.
Entre os novos projetos socioeducativos de cultura, lazer, esporte e lúdicas, citamos:
Vivenciando Valores em parceria com o Instituto Criança é Vida e Direito de Brincar,
em parceria com a SMADS.
No período de férias escolares foram realizadas atividades diferenciadas como:
excursões, visita à clubes esportivos, visitas ao zoológico etc.
Foram desenvolvidas atividades intergeracionais, propiciando troca de experiências
e vivências, fortalecendo o respeito, a solidariedade e os vínculos familiares e
comunitários.
Realizou-se, em cada semestre, o Dia da Família no Rogacionista, favorecendo a
aproximação e participação das famílias;
Foram celebradas as datas comemorativas do calendário civil e rogacionista.
Foram encaminhadas ao CRAS as famílias para acesso aos Benefícios e Programas
socioassistenciais (PTR);
Favoreceu-se a presença da comunidade no serviço para atividades socioeducativas
com os usuários, como páscoa, festa junina, Dia Feliz no Rogacionista, Café da Manhã
na Praça, Natal no Rogacionista.
f) Metas
DESCRIÇÃO
Crianças fora do trabalho infantil
Inserção e permanência das crianças e adolescentes na rede de ensino
Crianças e adolescentes inscritas em atividades de outras políticas públicas
Crianças e adolescentes participando de fóruns ou atividades relacionadas à garantia de seus
direitos
Crianças e adolescentes envolvidas em ações de convivência grupal
Crianças e adolescentes envolvidas em ações e experiências que possibilitam o
desenvolvimento de potencialidades
Crianças e adolescentes envolvidas em ações e experiências que amplie o universo
informacional e cultural
Famílias encaminhadas ao CRAS para cadastro aos benefícios dos Programas de Transferência
de Renda (PTR)
Envolvimento das famílias em atividades e eventos
Famílias participando de ações e vivências pautadas no seu papel protetivo e na superação de
suas dificuldades
PROPOSTA
100%
100%
70%
60%
ATINGIDA
sim
99,99%
em parte
sim
100%
100%
sim
sim
100%
sim
100%
sim
60%
80 %
sim
sim
g) Capacitação dos Educadores
A capacitação contínua dos trabalhadores das unidades socioeducativas, conforme preconiza a
NOB-RH SUAS, aconteceram de forma sistemática mensalmente nas paradas pedagógicas no
serviço. Por quatro vezes no ano a formação foi propiciada pelo CRAS – Lapa.
h) Recursos Financeiros
NOME
ATENDIMENTO
CC Madre Nazarena
gratuito
CC São Lucas
gratuito
PRINCIPAL FONTE
CONVÊNIO
Municipal
037/SMADS/2010
Municipal
173/SMADS/2013
OUTRAS FONTES
mantenedora;
Comunidade
Mantenedora;
Comunidade;
Eventos;
NFP
PROJETADO
R$
496.204,68
RECEBIDO
R$
550.699,16
568.800,48
626.484,93
i) Infraestrutura e Divulgação
Infraestrutura
Divulgação dos Serviços
No CC São Lucas deu-se início a resistematização dos espaços com início da reforma das
salas de atividades e do refeitório.
Placa indicativa do serviço, conveniado entre o Instituto Rogacionista e a Prefeitura
Municipal de São Paulo – Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social
(PMSP/SMADS), fixada na fachada do serviço; anexação de cartazes nas comunidades do
território; utilização de folder, panfletos e folhetos da organização social e do serviço;
exposição de banners institucional e da parceria com a PMSP; avisos em, escolas e outros
equipamentos públicos da região; no sítio eletrônico do Instituto Rogacionista; em outros
meios eletrônicos como: blog e facebook da organização social.
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
4
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
j) Avaliação e Impacto Social
A avaliação aconteceu durante o desenvolvimento do serviço a partir da análise feita entre a equipe
gestora e dos educadores do serviço. Os familiares participaram parcialmente da avaliação a partir
da aplicação de questionários do marco zero.
Da realização das metas percebe-se que os dois serviços atingiram os objetivos propostos para
2015, porém deve ainda aprimorar o método avaliativo para que possa medir o impacto do serviço
quanto a realização das metas qualitativas e quantitativas.
2.2 UNIDADE DE PROTEÇÃO BÁSICA - INTERGERACIONAL
a) Serviço
NOME
Centro de
Convivência
Intergeracional
Santo Antônio
TIPOLOGIA
Centro de
Desenvolvimento
Social e Produtivo
CEDESP
ATENDIMENTO/DIA
160
IDADE
a partir dos
15 anos
SITUAÇÃO
Vulnerabilidade e
Risco Sociais e
Pessoal
ENDEREÇO
Av. Santa
Marina 534
Água Branca
05036-000
São Paulo SP
b) Recursos Humanos
NOME
CEDESP
TOTAL
CLT
13
13
OFICINEIROS
0
0
VOLUNTÁRIOS
03
03
c) Caracterização
É um serviço de convivência e fortalecimento de vínculos. Desenvolve atividades com adolescentes,
jovens e adultos com a finalidade de investir na formação pessoal, social e profissional em
diferentes habilidades e competências, por meio de ações socioeducativas, preparando-os para o
mundo do trabalho e o convívio social.
d) Objetivos
Objetivo Geral
Ofertar proteção social a jovens e adultos em situação de vulnerabilidade e risco social por meio da
capacitação de habilidades laborais e de intervenção social a fim de favorecer aquisições para o
alcance da autonomia, do protagonismo, da cidadania e o fortalecimento dos vínculos familiares e
comunitários.
Objetivos específicos
o
Desenvolver os talentos e competência individuais e relações interpessoais.
o
Desenvolver ações que propiciem o protagonismo dos adolescentes, jovens e adultos.
o
Propiciar a autogestão e o empreendedorismo.
o
Possibilitar a participação nos organismos políticos e de controle social.
o
Desenvolver ações com as famílias para o fortalecimento de vínculos familiares e sociais.
o
Favorecer para a inserção no mercado de trabalho.
e) Atividades
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Desenvolver os talentos e
competência individuais e relações
interpessoais.
Desenvolver ações que propiciem o
protagonismo dos adolescentes,
jovens e adultos.
Propiciar a autogestão e o
empreendedorismo.
Possibilitar a participação nos
organismos políticos e de controle
REALIZADAS
Foram realizadas atividade para desenvolver o raciocínio lógico e abstrato, como:
dinâmicas de grupos; redação de textos; teatro; saraus, história da arte etc.
oficinas de oratória e comunicação escrita aconteceram nos dois semestres, uma vez
por semana;
foram desenvolvidas atividades para que os usuários se apoderassem do
protagonismo requerido pela política pública de Assistência Social, como: momento
de acolhida realizar diariamente e outras atividades para se apropriar dos espaços
públicos da cidade, como: visita à museus, teatros, exposições etc;
O acesso ao conhecimento científico e tecnológico se deu através dos cursos
específicos de confeitaria, elétrica residencial, técnicas administrativa e informática.
O Conselho de Representantes dos Educandos Rogacionistas (CRER) foi eleito nos
dois semestres;
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
5
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
social.
Desenvolver ações com as famílias
para o fortalecimento de vínculos
familiares e sociais.
Favorecer para a inserção no
mercado de trabalho.
Possibilitou-se a participação nas várias atividades do controle social, entre os quais
destacamos: Conferências da Assistência Social: Região da Lapa e Município de São
Paulo; Conselho Municipal de Assistência Social e Fórum Municipal de Assistência
Social da Cidade de São Paulo;
Foram celebradas e trabalhadas as datas comemorativas do calendário civil e
rogacionista no intuito de fortalecer os vínculos sociais;
os educandos e seus familiares foram atendidos a fim de os orientá-los, escutá-lose,
apoiá-los.
Todos os usuários foram encaminhados ao CRAS e as famílias com direitos aos
benefícios e programas socioassistenciais foram cadastradas;
O Dia da Família no Rogacionista aconteceu nos dois semestres, permitindo a
aproximação e participação destas no serviço;
foram realizadas as reuniões bimestrais com as famílias dos usuários;
Elaboração de currículos e preparação para entrevistas de trabalhos;
foram realizadas parcerias com as empresas e outras organizações para a inserção
no mercado de trabalho;
foram realizados cursos de varejo e ocupação operacional;
Os usuários foram certificados pela organização e em parceria com o SENAI.
f) Metas
DESCRIÇÃO
Adolescentes, jovens e adultos concluam o curso;
Adolescentes e jovens devem frequentar o ensino formal
Usuários adquiram conhecimentos e habilidades para a vida profissional e para o mundo
do trabalho
Usuários envolvidos em ações de mediação de conflito por meio de diálogo,
compartilhando outros modos de pensar e agir
Usuários invistam de modo autônomo na sua formação profissional ou sejam
encaminhados ao mercado de trabalho
Usuários envolvidos em vivências e experiências que contribuam para o fortalecimento
de vínculos familiares
Famílias encaminhadas ao CRAS para benefícios socioassistenciais e programas de
transferência de renda (PTR)
Usuários envolvidos em ações que contribuam para superação das dificuldades de
subsistência, trabalho e aferição de renda
Presença de pais e responsáveis nas reuniões e outras atividades
PROPOSTA
95%
100%
90%
ATINGIDA
sim
sim
sim
100%
em parte
60%
sim
100%
sim
100%
sim
100%
em parte
60%
superada
g) Capacitação dos Educadores
A capacitação contínua dos trabalhadores, conforme preconiza a NOB-RH SUAS, aconteceu nas
paradas pedagógicas mensais. Houve assessorias externas e por duas vezes no ano se deu sob a
orientação do CRAS-Lapa.
h) Recursos Financeiros
NOME
ATENDIMENTO
CEDESP
gratuito
PRINCIPAL FONTE
CONVÊNIO
Municipal
224/SMADS/2014
OUTRAS FONTES
PROJETADO
RECEBIDO
Mantenedora;
Comunidade;
Eventos;
NFP
835.724,88
962.067,25
i) Infraestrutura e Divulgação
Infraestrutura
Divulgação do Serviço
Deu-se início a reestruturação do espaço físico com a reforma dos refeitório,
banheiros e telhado.
O serviço foi divulgado da seguinte forma: anúncio em jornais do território; facebook
e blog do Instituto; nas escolas e nas comunidades por meio dos educandos.
j) Avaliação e Impacto Social
A avaliação se deu nos dois semestres e aconteceu de forma processual, sistemática e continuada, sendo o usuário analisado
e observado num todo de seu desenvolvimento e formação. Ao iniciar as atividades foi realizada a avaliação diagnóstica,
através de entrevista aos familiares e usuários. Ao longo do processo se fez as avaliações quantitativa e qualitativa, através
de reuniões esporádicas e encontros mensais nas paradas pedagógicas. No final do processo, se repetiu as perguntas do
marco zero, que junto com os relatórios dos educadores (avaliações qualitativa) e outros instrumentais (avaliações
quantitativas) forneceram os dados para avaliação do impacto do serviço. Da análise destes indicadores pode-se perceber de
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
6
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
forma segura que o CEDESP atingiu as metas proposta e, desta forma, o impacto social a que o serviço se propôs foi
totalmente atingido.
2.3. UNIDADE DE PROTEÇÃO ESPECIAL – ADULTOS EM SITUAÇÃO DE RUA
a) Serviço
NOME
Centro de
Acolhida
Zancone
TIPOLOGIA
Centro de
Acolhimento
Provisório para
Homens em
Situação de Rua
ATENDIMENTO/DIA
170 pessoas
(100 conviventes fixos
e 50 pessoas para o
centro de serviço).
Na época de inverno
(frente-frias): mais 20
vagas para pernoites
IDADE
A partir dos
18 anos
SITUAÇÃO
Homens em
Situação de Rua
7
ENDEREÇO
Av. Imperatriz
Leopoldina,
1.335
Vila Leopoldina
05305-012
São Paulo SP
b) Recursos Humanos
NOME
Centro de Acolhida Zancone
TOTAL
CLT
27
27
OFICINEIROS
0
0
VOLUNTÁRIOS
03
03
c) Caracterização
Espaço para acolhimento provisório, por 24 horas, destinado a homens em situação de rua.
Possibilita orientação aos conviventes para regularização de documentos pessoais, ao mercado de
trabalho e atendimento a saúde. Favorecer a reinserção familiar e social permitindo o processo de
saída das ruas.
d) Objetivos
Objetivo Geral
Acolher as pessoas em situação de rua e oferecer estrutura e condições de suprir suas necessidades
básicas, proporcionando meios de desenvolvimento de sua autonomia, reinserção familiar e social e
de geração de renda, garantindo seus direitos.
Objetivos específicos
o
Proporcionar o fortalecimento da identidade, autoestima e autonomia.
o
Contribuir para restaurar e preservar a integridade dos usuários.
o
Promover ações para a capacitação profissional.
o
Promover a reinserção familiar e comunitária.
o
Possibilitar condições de acesso à rede de serviços e a benefícios assistenciais.
o
Construir o processo de saída das ruas, respeitando-se as especificidades do atendimento.
e) Atividades
OBJETIVOS ESPECÍCOS
Proporcionar o fortalecimento da
identidade, autoestima e
autonomia.
Contribuir para restaurar e
preservar a integridade dos
usuários.
Promover ações para a capacitação
profissional.
Promover a reinserção familiar e
comunitária.
Possibilitar condições de acesso à
rede de serviços e a benefícios
assistenciais.
Construir o processo de saída das
ruas, respeitando-se as
REALIZADAS
Foram celebradas, mensalmente, os aniversários como momento de fortalecimento
da autoestima e valorização da vida;
Foram celebradas e trabalhadas as datas comemorativas do calendário civil e
rogacionista;
foram desenvolvidas ações que permitiram uma melhor acolhida e discussões
quanto as questões relacionadas à convivência, das quais destacamos o
estabelecimento em conjunto do regimento interno;
foram realizadas assembleias mensais com pauta de discussão voltadas ao convívio
interno e a organização do espaço;
possibilitou-se acesso ao trabalho com informações de vagas e encaminhamentos
para o mercado de trabalho;
foram realizados alguns encontros e passeios no sentido de apropriação dos espaços
públicos do território e da cidade;
foram encaminhados ao CRAS/CREAS os casos com direito a cadastro aos benefícios
dos Programas de Transferência de Renda (PTR);
foram elaborados e aplicados o Plano Individual de Atendimento (PIA);
Aconteceu a participação nos espaços de discussão, controle e deliberação da
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
especificidades do atendimento.
política pública da assistência social na busca do protagonismo;
a intersetorialidade das políticas públicas sociais no território aconteceu,
principalmente, com a participação no Fórum Social da Leopoldina; encontro com a
Defensoria Pública; encontros com o Consultório na Rua; encontro com o CAPS-AD e
PROSAM.
8
f) Metas
DESCRIÇÃO
Usuários em atividades de convívio social
Usuários em atividades que estimula o resgate dos vínculos familiares
Usuários ter reparados ou minimizados os danos por rompimento de vínculos
familiares
Usuários ampliada a autonomia, o protagonismo e as condições de bem estar
Usuários incentivados ao desenvolvimento de aptidões, capacidades e
oportunidades para autonomia
Usuários envolvidos na organização de seus pertences, hábitos de higiene,
cuidados pessoais
Usuários orientados para acesso a documentação pessoal
Usuários inseridos no mercado de trabalho e/ou em projetos de capacitação e
preparação para o mundo do trabalho
Usuários encaminhados ao CRAS/CREAS para cadastro aos benefícios dos
Programas de Transferência de Renda (PTR)
Usuários encaminhados para política de saúde
PROPOSTA
80%
70%
90%
ATINGIDA
em parte
sim
em parte
90%
100%
sim
sim
100%
sim
100%
80%
sim
em parte
100%
sim
100%
sim
g) Capacitação dos Educadores
A capacitação contínua dos trabalhadores do Serviço foi realizado mensalmente por meio de um projeto
financiado pela Organização Social. Foi contratada uma assessoria especializada que trabalhou nos
alinhamentos relacionados: construção de vínculos, redução de danos; assertividade na abordagem,
reconhecimento do território etc. A equipe da cozinha foi assessorada ao longo do ano pela profissional de
nutrição, financiada pela organização social.
h) Fonte dos Recursos Financeiros
NOME
ATENDIMENTO
Centro de
Acolhida
Zancone
gratuito
PRINCIPAL FONTE
CONVÊNIO
Municipal
322/SMADS/2013
OUTRAS FONTES
PROJETADO
RECEBIDO
mantenedora;
Comunidade;
Doações.
1.072.576,08
1.172.890,02
i) Infraestrutura e Divulgação
Infraestrutura
Divulgação dos Serviços
No ano foram realizadas várias ações no sentido de melhorar o atendimento com uma
estrutura mais humanizada. A organização social apresentou à SMADS uma proposta de
reforma estrutural e de acessibilidade do serviço. Foram aplicados recursos para o a licença
dos bombeiros. A organização social reestruturou vários ambientes e alguns foram pintados.
Foram investidos recursos financeiros na compra de equipamentos como novos armários
para o bagageiro
Placa indicativa do serviço, conveniado entre o Instituto Rogacionista e a Prefeitura
Municipal de São Paulo – Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social
(PMSP/SMADS), fixada na fachada do serviço; utilização de folder, panfletos e folhetos da
organização social e do serviço; exposição de banners institucional e da parceria com a
PMSP; em Meios de Comunicação Sociais impressos da região; no sítio eletrônico do
Instituto Rogacionista; em outros meios eletrônicos como: blog e facebook da organização
social.
j) Avaliação e Impacto Social
A avaliação das atividades realizadas aconteceram nas paradas pedagógicas, nas assembleias dos
usuários em reuniões com os educadores e equipe técnica e, também, com a supervisão do poder
público.
O impacto social do ponto de vista estrutural interno e o atendimento, dos educadores e equipe
técnica, ao usuário teve avanço significativo atingindo os objetivos ao que o serviço se propôs.
B) EDUCAÇÃO
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
2.4 UNIDADES DE EDUCAÇÃO INFANTIL
a) Serviços
NOME
CEI Santa
Marina
TIPOLOGIA
Educação Infantil
CEI Santo
Aníbal
Educação Infantil
ATENDIMENTO/DIA
61
150
IDADE
02 a 04 anos
0 meses a 3
anos
SITUAÇÃO
-
-
ENDEREÇO
Rua Doutor
Moacir Trancoso
120 Água Branca
05037120
São Paulo SP
Rua Capitão
Francisco
Teixeira
Nogueira 383
Água Branca
05037030
São Paulo SP
b) Recursos Humanos
NOME
CEI Santa Marina
CEI Santo Aníbal
TOTAL
CLT
09
32
41
OFICINEIROS
0
0
0
VOLUNTÁRIOS
01
02
03
c) Caracterização
As Unidades Educativas proporcionam ações de cuidado e de educar em atendimento integral às
crianças de ambos os sexos visando o seu desenvolvimento global e favorecendo suas condições de
vida, através do processo de formação sócio educativo concorrendo para o desenvolvimento da
comunidade. Elas executam as suas ações sócio-pedagógicas em parceria e complementariedade às
das famílias. Desenvolve atividades político-sociais para o desenvolvimento completo do educando,
facilitando o exercício da cidadania por meio de acesso aos sistema de garantia e de defesa dos
direitos, além da formação.
d) Objetivos
Objetivo Geral
Garantir à criança, por meio do educar e do cuidar, acesso a processos de apropriação, renovação e
articulação de conhecimentos e aprendizagens de diferentes linguagens, assim como o direito à
proteção, à saúde, à liberdade, à confiança, ao respeito, à dignidade, à brincadeira, à convivência e à
interação com outras crianças.
Objetivos Específicos
o
Acolher a criança para que se sinta segura.
o
Planejar e registrar situações de aprendizagem.
o
Estabelecer através da linguagem uma relação no meio social em que está inserida e o
lúdico, sabendo que é brincando que se aprende.
o
Orientar as crianças como fazer com indicações e sugestões relativas a princípios gerais,
organização do tempo, do espaço, dos materiais, observação, registro e avaliação.
o
Cuidar e orientar quanto à higiene do corpo e do espaço.
o
Oferecer condições e recursos para que as crianças usufruam seus direitos civis, humanos e
sociais, assumindo a responsabilidade de compartilhar e complementar o cuidado das crianças com
as famílias e a comunidade.
o
Avaliar as ações sobre as condições de aprendizagem oferecidas.
e) Atividades
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Acolher a criança para que se sinta
segura.
Planejar e registrar situações de
aprendizagem.
REALIZADAS
Foram realizadas ações de adaptação e acolhida, com a participação dos
responsáveis;
confecção de portfólios, gravação de DVD, relatórios individuais entregues às
famílias;
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
9
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
Estabelecer através da linguagem
uma relação no meio social em que
está inserida e o lúdico, sabendo
que é brincando que se aprende.
Orientar as crianças como fazer
com indicações e sugestões
relativas a princípios gerais,
organização do tempo, do espaço,
dos materiais, observação, registro
e avaliação.
Cuidar e orientar quanto à higiene
do corpo e do espaço.
Oferecer condições e recursos para
que as crianças usufruam seus
direitos civis, humanos e sociais,
assumindo a responsabilidade de
compartilhar e complementar o
cuidado das crianças com as
famílias e a comunidade.
Avaliar as ações sobre as condições
de aprendizagem oferecidas.
o dia-a-dia foi composto por atividades lúdicas;
Foram incentivadas ações para a criança cuidar, explorar e se situar no ambiente,
como: atividades de sombras, ética racial, hortas, culinárias, leitura em casa, cantos
diversificados de atividades, passeio na comunidade etc;
foram celebradas as datas comemorativas do calendário rogacionista;
as habilidades motoras, o autoconhecimento, o raciocínio lógico e a criatividade
foram desenvolvidas com atividades psicomotricidades, roda de conversas, brincar
no parque e nas atividades de artes etc;
as ações para desenvolver a oralidade, a comunicação e a fantasia foram: contos de
histórias, teatro, fantoche, parlendas, musicalidade etc;
a segurança alimentar aconteceu com atividades de self-service na CEI Santa Marina
e acompanhamento do cardápio na atividade;
foram dadas orientações e possibilitadas práticas de higiene do corpo e do espaço;
foram realizadas atividades em parceria com a UBS Barra Funda;
entregou-se às famílias, no ato da matrícula, panfleto explicativo contendo os
direitos básicos do educandos e suas responsabilidades ;
entregou-se o Regimento Interno das unidades socioeducativas;
foram realizadas palestras para pais ou responsáveis sobre o sistema de garantia de
direitos do cidadão;
encaminhou-se para os organismos competentes os casos de violações de direitos da
criança;
criação de indicadores de avaliação institucional e aplicação de questionários da
rede rogacionista;
houve a aplicação de indicadores da educação infantil do poder público.
f) Metas
DESCRIÇÃO
PROPOSTA
Crianças envolvidas em atividades que possibilitam compreender o mundo que as cercam
100%
Crianças envolvidas em atividades que ampliem seus conhecimentos respeitando suas limitações
100%
Crianças possam expressar emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades
100%
Crianças desenvolvam hábitos de higiene e cuidados com o próprio corpo
100%
Crianças capazes de vestir-se, calçar-se e cuidar de seus pertences
95%
Redução dos casos de desnutrição infantil
100%
Crianças encaminhadas para o sistema preventivo da política pública de saúde
100%
Crianças encaminhadas para o sistema de garantia de direitos, no caso de violação;
100%
Crianças se familiarizarem com adultos e outras crianças criando vínculos de afetividade;
100%
Crianças encaminhadas para a etapa seguinte de educação prevista pelo sistema educacional 100%
brasileiro
Famílias informadas dos seus direitos na política pública
100%
Famílias com acesso às informações sobre o desenvolvimento da criança atendida
100%
Famílias encaminhadas à rede socioassistencial, benefícios e Programa de Transferência de 100%
Renda, conforme a necessidade
ATINGIDA
sim
sim
sim
95%
sim
sim
sim
sim
sim
sim
sim
sim
sim
g) Capacitação dos Educadores
Aconteceu nas paradas pedagógicas mensais com reflexão sobre o desenvolvimento das atividades,
visando a qualidade do atendimento. Em dois encontros foram contratados formadores externos
com os temas: ética racial e sombras.
h) Recursos Financeiros
NOME
ATENDIMENTO
CEI Santa Marina
gratuito
CEI Santo Aníbal
gratuito
PRINCIPAL FONTE
CONVÊNIO
Municipal
401/SME/2012– RP
Municipal
402/SME/2012 – RI
OUTRAS FONTES
PROJETADO
RECEBIDO
mantenedora;
Comunidade;
doação;
festas;
eventos
mantenedora;
doações;
Comunidade
430.612,00
506.084,90
1.186.445,00
1.053.597,47
i) Infraestrutura e Divulgação
Infraestrutura
No CEI Santo Aníbal aconteceu serviços de pinturas interna e externa, ampliação do espaço lúdico do
berçário menor; na brinquedoteca foi colocado piso na parte externa. No CEI Santa Marina foi
reformado o banheiro dos educandos, espaço de depósito de gás, pisos e pintura da área de
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
10
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
Divulgação
brinquedoteca e recepção.
Realizou-se ações para que a comunidade se apropriasse destes serviços públicos por meio de placa
indicativa do convênio da organização com a PMSP, fixada na fachada da unidade; cartazes nas
comunidades do território; publicação da unidade em panfletos, folhetos da organização, hotsite,
blog e facebook institucionais.
11
h) Avaliação e Impacto Social
A avaliação foi processual, sistemática e continuada, sendo o educando analisado e observado num
todo de seu desenvolvimento e formação. Ao iniciar as atividades foi realizada a avaliação
diagnóstica, através de entrevista aos familiares dos educandos. Este processo, o marco zero,
proporcionou a possibilidade de direcionamento das atividades, conforme necessário. Ao longo do
processo se fez as avaliações quantitativa e qualitativa, através de reuniões esporádicas e encontros
mensais nas paradas pedagógicas, que foram formativas e avaliativas. No final do processo, se
repetiu as perguntas do marco zero, que junto com os relatórios dos educadores (avaliações
qualitativa) e outros instrumentais (avaliações quantitativas) forneceram os dados para avaliação
do impacto do projeto.
Das avaliações realizadas e do envolvimento das famílias no responder os questionários percebe-se
que as unidades educativas atingiram os objetivos propostos.
3. PROJETOS E PROGRAMAS
Para complementar as ações socioeducativas dos serviços de assistência e de educação, o Instituto
Rogacionista desenvolveu em 2015 o seguinte projeto:
3.1. Projeto “Futuros Craques I – Instituto Rogacionista”
Este projeto teve início em 01/06/2015 e se prolongará até 31/05/2016. É desenvolvido pelo
Instituto Rogacionista em parceria com o Governo do Estado de São Paulo – Secretaria de Esporte,
Lazer e Juventude, por meio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte. Tem o apoio das empresas
Grupo Votorantim e Cobasi.
Os destinatários são 200 crianças e adolescentes, dos 09 aos 15 anos, de ambos os sexos, que se
encontram em situação de risco e vulnerabilidade social.
O projeto visa empregar o esporte como inserção social ao oferecer atividades esportivas e
incentivando as crianças e os adolescentes a levar uma vida saudável e ecologicamente sustentável,
além de orientá-los quanto aos aspectos físicos, técnicos e táticos do esporte.
É desenvolvido nas unidades de serviços de assistência social: SCVF – CCA Madre Nazarena e SCVF
– CCA Santa Marina.
Valor recebido (a ser executado até maio/16): R$ 357.115,00
Valor executado (2015): R$ 300.647,92
4. ÁREA DE APOIO
A Área de Apoio do Instituto Rogacionista é composta pela Diretoria, Setor Administrativofinanceiro e Setor de Capacitação e Projetos que gerenciam e administram a matriz, as filiais, as
unidades de serviços e núcleos de atividades da organização social.
Objetivos
Objetivo Geral
Dirigir, gerenciar e apoiar nos aspectos organizacionais, sustentabilidade, jurídicos, financeiros e
contábeis para planejar e dar transparência às suas ações socioeducativas do Instituto
Rogacionista.
Objetivos Específicos
o
Assessorar a formação contínua dos trabalhadores do Instituto Rogacionistas.
o
Assegurar os direitos trabalhistas de seus funcionários.
o
Gerenciar os Recursos Humanos nos aspectos jurídicos e legais.
o
Gerenciar o Voluntariado Rogacionista.
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
o
Fornecer elementos para o Plano de Atendimento e Ações e o Planejamento Estratégico,
Econômico, Financeiro e Administrativo.
o
Elaborar e manter atualizados, nos prazos, o Relatório de Atividades, balanço social,
regimento interno, manual de procedimento dos trabalhadores e semelhantes.
o
Informar à diretoria e atualizá-la sobre aspectos jurídicos e legais.
o
Elaborar projetos de apoio às ações socioeducativas e apoiar os serviços nestes aspectos.
o
Zelar pela retidão do uso dos recursos financeiros nos aspectos legal, contábil, jurídico,
administrativo e pessoal.
o
Manter organizado o arquivo legal, contábil, jurídico, administrativo e pessoal do Instituto
Rogacionista.
o
Monitorar as certificações e as documentações legais da organização social.
o
Assessorar as prestações de contas.
o
Gerenciar a captação de recursos.
o
Dar transparência às atividades da organização social, publicizando-as por meios
impressos e/ou eletrônicos.
Recursos humanos
NOME
Apoio
TOTAL
CLT
08
08
DIRETORES (não remunerado)
10
10
VOLUNTÁRIOS
10
10
O Setor contou, ainda, com os seguintes profissionais autônomos e prestadores de serviços:
Auditoria, Jurídico, Medicina do Trabalho, Nutricionista, Website e Assessoria Administrativa à
Captação de Recursos.
As demonstrações contábeis e financeiras foram realizadas pelo Escritório Contábil Monello
Contadores e constaram dos seguintes elementos:
I - Balanço patrimonial
II - Demonstração do resultado do exercício
III - Demonstração das mutações do patrimônio
IV - Demonstração das origens e aplicações de recursos
V - Notas explicativas.
Elas serão devidamente examinadas por auditor independente legalmente habilitado no Conselho
Regional de Contabilidade.
A partir do princípio de transparência, o Instituto Rogacionista fará a publicação das informações
contábeis do exercício 2015.
O Voluntariado Rogacionista foi incentivado, auxiliando nas atividades socioeducativas e,
principalmente, nos eventos e captação de recursos. Sua ação se deu conforme o que diz a Lei do
Voluntariado, nº 9.608, de 18/02/98.
Atividades Realizadas
4.1. Diretoria
o
As ações desenvolvidas pela diretoria foram aquelas contidas no Estatuto Social do
Instituto Rogacionista: Título V – Da Administração, em especial os artigos 40 a 44.
Além disso, em 2015, foram realizadas as seguintes ações:
o
Ao longo do primeiro semestre foram realizados estudos para adaptação do Estatuto
Associativo conforme a Lei 13.019/2014. Em 02 de agosto, a Assembleia Geral, convocada
extraordinariamente para este fim, aprovou o novo Estatuto, bem como a mudança de endereço da
sede da Av. Santa Marina, 534 para a Rua Dr. Moacir Trancoso, 48.
o
A Diretoria Executiva, em reunião de 22/09/2015, autorizou a nomeação da primeira
Diretora Executiva do Instituto Rogacionista. Este novo cargo permitirá maior agilidade na
representação legal e administração da organização social.
o
Em 26/10/2015 a Diretoria Executiva criou, constituiu e organizou as primeiras filiais e os
Departamentos. Além disso, nomeou e deu posse aos membros das Diretorias Locais das filiais e
também dos Coordenadores Departamentais. As filiais criadas são as seguintes: Obra Social Santo
Aníbal (Curitiba – PR) e Centro de Convivência Santo Aníbal (Presidente Jânio Quadros – BA). Os
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
12
INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL
CNPJ 62.715. 529/0001–49
www.institutorogacionista.org.br
Rogai, pois, ao Senhor da Messe...
Departamentos, todos na cidade de São Paulo, são: CEI Santa Marina, Centro de Convivência São
Lucas, Centro de Convivência Intergeracional Santo Antônio, CEI Santo Aníbal, Centro de Acolhida
Zancone e Centro de Convivência Zancone.
o
No segundo semestre, a Diretoria Executiva iniciou os estudos da viabilidade de se assumir
o convênio com a Prefeitura Municipal de São Paulo – Secretaria Municipal de Educação da Unidade
Educativa Centro de Educação e Cultura Indígena e Centro de Educação Infantil Indígena no
Jaraguá.
o
Prosseguimento nos planejamentos de fortalecimento da sustentabilidade econômica,
social e ecológica.
o
Fez-se o estudo e início das obras de restruturação dos espaços das unidades
socioeducativas, em especial, o CEI Santa Marina, Centro de Convivência São Lucas e Centro de
Convivência Intergeracional Santo Antônio.
o
Ao longo do ano aconteceram vários encontros com o Poder Público Municipal no intuito
de restruturação do Centro de Acolhida Zancone.
4.2. Setor Administrativo-financeiro
o
Foi iniciada a elaboração do Balanço Patrimonial Imobilizado do Instituto Rogacionista por
meio de assessoria especializada.
o
Deu-se início a reorganização dos processos de gestão de pessoas e comunicação para o
cumprimento da missão, visão e valores: descrição da função dos trabalhadores nos diversos
serviços; descrição da rotina dos gestores das diversas unidades socioeducativas e o processo de
comunicação interna;
o
ao longo do ano se buscou fontes de receitas diversificadas para a sustentabilidade
institucional: planejamento dos eventos; ações beneficentes para a captação de recursos;
o
foram realizadas vários contatos de captação de recursos para financiamento, por meio de
renúncia fiscal, do projeto da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, “Geração de
Talentos Esportivos”;
o
acompanhou-se a implantação e a aplicação financeira do projeto “Futuros Craques I –
Instituto Rogacionista”;
o
manteve-se atualizado e em ordem os arquivos da organização social;
o
o Instituto Rogacionista, nos termos da Lei nº 12.685/2007, a qual dispõe sobre a criação
do Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Estado de São Paulo, ampliou ações para captação
de recursos por meio do Programa da Nota Fiscal Paulista.
5. INFORMAÇÕES ADICIONAIS
O Instituto Rogacionista ao longo do ano de 2015 viu crescer a sua ação socioeducativa nas suas
unidades de Assistência Social e Educação. Destaque foi a construção de um novo Estatuto
Associativo que permite que a Organização Social possa continuar cumprindo seus objetivos
institucionais na fidelidade criativa a sua história de quase 50 anos de fundação e ao mesmo tempo
se lançando para os novos desafios contemporâneos. Outro destaque é a expansão de sua ação
socioassistencial para outras regiões brasileiras com a criação das filiais de Curitiba (PR) e
Presidente Jânio Quadros (BA).
São Paulo (SP), 31 de janeiro de 2016
___________________________
Lédio Milanez
Diretor Presidente
Rua Moacir Trancoso, 48 – Água Branca – São Paulo – SP – Brasil
Telefones: (11) 3611 0977 – 3611 1387
[email protected]
13

Documentos relacionados

INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL

INSTITUTO ROGACIONISTA SANTO ANÍBAL Pe. Vincenzo Lumetta, diretor local Pe. Wilson Lopes Gomes, secretário local Pe. Nilson Rocha Santos, tesoureiro local Coordenadores Departamentais Edleide de Moura Hammes, Administrativo-financeir...

Leia mais