CAMPo BoM

Сomentários

Transcrição

CAMPo BoM
Prestação de Contas 2010 da Administração Municipal de Campo Bom -
gestão
2009/2012
E
ditorial
Campo Bom no
caminho certo
C
ampo Bom é uma cidade diferenciada, bonita, agradável e que não pára.
Vibrante pela força de seus moradores e inovadora por natureza, é pioneira em uma série de iniciativas que reforçam sua predestinação em ser
diferente. Em 2010 Campo Bom conquistou o reconhecimento como 3ª
melhor cidade da região e 9ª do RS em índice de desenvolvimento social, título que
é fruto de um trabalho contínuo e coletivo, mas também de ações e decisões administrativas que mantiveram a cidade no caminho certo.
O gerenciamento responsável e austero dos recursos públicos permitiu que a
cidade melhorasse em diferentes áreas. Só em obras e serviços, o investimento
ao longo de 2010 soma R$ 30 milhões. Na área de Educação - carro-chefe desta
gestão que se preocupa em formar com qualidade os adultos do futuro - o investimento é de 40% do orçamento sendo que no último mês de dezembro as obras
em andamento somaram cerca de R$ 5,5 milhões. Nesta área o uso da tecnologia
em sala de aula despontou como um marco na história da cidade. Por suas lousas
interativas e mesas educacionais computadorizadas que chegaram às escolas em
2010, Campo Bom tornou-se referência neste sentido em todo o RS devendo melhorar ainda mais com a aquisição de mais 90 lousas interativas neste ano. Além
disso, por toda a cidade há melhorias sendo executadas tanto em obras viárias,
em espaços de lazer, escolas e ginásios quanto na construção, reforma e ampliação de unidades de saúde.
Também preocupada com o desenvolvimento socioeconômico, a Administração investiu nas pessoas por meio de iniciativas que resultaram em mais qualidade de vida e por ações voltadas ao desenvolvimento profissional. Neste sentido o
ano de 2010 deixou sua marca por meio dos programas de qualificação profissional e cursos de formação oferecidos gratuitamente aos moradores e empresários.
Some-se a isso os incentivos dados às empresas para sua expansão e geração de
empregos. Como saldo desta política administrativa, o ano de 2010 encerrou com
um recorde na geração de empregos na cidade. Desde a criação do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em 2000, jamais uma administração municipal havia gerado tantos empregos em tão pouco tempo.
O cenário agora é muito positivo para Campo Bom e, consequentemente, seus
moradores. O município sabe para onde quer ir e, mantendo-se as atuais condições, pode confiar num amanhã de muito mais sucesso, privilégio de poucas cidades brasileiras. Essa conquista é mérito de cada morador que faz sua parte na
construção de uma Campo Bom melhor, praticando sua cidadania. A todos estes
um muito obrigado da Administração Municipal pela parceria e que em 2011 esse compromisso se fortaleça em nome do que há de melhor em cada cidadão: o
orgulho de morar em Campo Bom.
Administração Municipal
2009/2012
2
Campo Bom...E do Melhor
Educar para formar
Orçamento
reforçado para
educação
A Administração Municipal entende que investir em educação é garantir um futuro melhor para todos. Por isso investiu 40% de seu orçamento em educação, muito mais que o exigido por lei. E esse investimento é direcionado para um público considerado especial para
a Administração: nossas crianças, o futuro de Campo Bom. O projeto
Acolher é um dos alicerces desse investimento. São projetos de contraturno escolar ampliados a cada dia por meio de oficinas e atividades que
contribuem com a formação de nossas crianças e jovens. Ao total, a Prefeitura oferece 50 ações que envolvem mais de 6 mil alunos.
TECNOLOGIA NAS ESCOLAS
O uso da tecnologia é evidente nas escolas de Campo
Bom. De 2009 para cá a Prefeitura fez uma série de
investimentos que fazem de Campo Bom modelo em
gestão educacional. A aquisição de mesas educativas
computadorizadas, lousas interativas, instalação de
laboratórios de informática nas escolas e a utilização
de notebooks pelos professores são exemplos desse
compromisso com a modernização do ensino.
s
✔ A Prefeitura adquiriu 90 lousas interativa6º ao 9º
do
os
alun
der
aten
para
adas
computadoriz
s, dando
ano. Em 2009 outras nove foram adquirida do ensino
ação
erniz
mod
de
esso
seguimento ao proc
s 40
✔ Já mesas educacionais foram adquirida que atende
de
cida
da
la
esco
cada
para
unidades, uma
a alunos da educação infantil até o 5º ano
foram
✔ Para os professores da rede municipal num
disponibilizados 130 notebooks em 2010,
investimento de R$ 330 mil
TRABALHO
RECONHECIDO
NO BRASIL
EDUCAÇÃO DESTAQUE NO RS
Outro orgulho para a cidade é a classificação de Campo Bom no IDEB,
índice que mede a qualidade do ensino público e no qual as escolas
municipais obtiveram excelente desempenho. O resultado de Campo
Bom supera o obtido inclusive por grandes cidades da região.
O trabalho desenvolvido
nas escolas gerou vários
reconhecimentos nacionais
a Campo Bom em 2010. Um
dos destaques foi o projeto
Conhecendo os Banhados,
desenvolvido na escola 25 de
Julho, que recebeu 1º lugar
em prêmio nacional promovido
pela Agência Nacional das
Águas, em Brasília. Também a
escola CEI – com seu projeto
Heroes x Crack – recebeu
2º lugar em prêmio nacional
organizado pela Microsoft.
Campo Bom...E do Melhor
3
Educar para formar
SMEC EM NOVO ESPAÇO
Para garantir mais conforto no
atendimento aos pais e professores que
se deslocam à Secretaria Municipal de
Educação e Cultura, a Prefeitura investiu
num novo espaço para a secretaria. Mais
amplo, confortável e prático, o local fica no
4º pavimento do Centro Administrativo e
recebeu investimento de R$ 1,2 milhão. O
novo espaço agrega novidades como um
amplo auditório de 130 lugares, três salas
de reuniões, além de amplos espaços
para os departamentos e coordenações
das áreas de educação infantil e ensino
fundamental, entre outros.
MERENDA DE QUALIDADE
CRIATIVIDADE EM EVIDÊNCIA
Ao longo de 2010 a Prefeitura investiu ainda mais em
eventos como a Semana de Ciência e Tecnologia e a Feira
do Livro onde apresentou inovações como a Parada do
Leiturino, biblioteca que está percorrendo bairros e levando
livros para a porta da casa dos moradores.
A merenda escolar
é outro destaque
do ano de 2010
período no qual
as crianças da
rede municipal
receberam
alimentação de
qualidade. Ao
longo do ano mais
de 12 mil refeições
diárias foram servidas nas 40 escolas. Além disso o
cardápio foi reforçado agregando alimentos fresquinhos
e saudáveis como mel, melado e verduras adquiridas
diretamente de produtores rurais.
MERENDA ESCOLAR
incentivo à leitura
4
Outra inovação foi o vale livro, novidade que permitiu
que mais de 8 mil estudantes pudessem comprar
seus próprios livros durante a Feira do Livro. A
Prefeitura investiu cerca de R$ 80 mil nos vales que
fizeram a alegria dos alunos e dos livreiros.
Campo Bom...E do Melhor
Escola Fundamental:
R$ 0,30
Valor/dia por criança do governo Federal:
0,70
R$
o:
icípi
Mun
ça
crian
por
ia
*Custo/d
Escola Infantil:
R$ 0,60
Valor/dia por criança do governo Federal:
2,02
R$
o:
icípi
*Custo/dia por criança Mun
*Valor aproximado
Educar para formar
COMUNIDADE
PARTICIPA
Para a comunidade
escolar também há
diversas iniciativas
elaboradas pela
Prefeitura justamente
para aproximar
pais e família do
ambiente escolar e
voltadas à formação
e qualificação dos
moradores. Ao longo
do ano passado,
cerca de 400 pessoas
formaram-se nos
cursos de informática
promovidos dentro
das escolas. Também
foram realizadas
na rede quase
50 palestras que
envolveram público
de mais de 5 mil
pessoas. Além disso,
há iniciativas como
formação de times
de pais e mães nas
escolas e aulas
de ginástica, com
treinos nos ginásios
e áreas cobertas das
instituições de ensino.
ÉTICA E
CIDADANIA
NA ESCOLA
Outra novidade foi
a introdução da
disciplina Ética e
Cidadania no currículo
escolar. Por meio
dela a Prefeitura
investe ainda mais na
formação de cidadãos
comprometidos com o
futuro e sabedores de
seu compromisso com
a cidadania. Fazer do
estudante de hoje o
adulto responsável e
profissional qualificado
de amanhã, é um
compromisso que se
renova todo o dia para
a Administração.
LEITURA PARA FORMAR
Comprometida em formar cidadãos críticos, a
Administração Municipal investe em projetos de
leitura e ações voltadas à consciência ambiental.
Uma das iniciativas, que foi destaque em 2010, é o
projeto do jornal na sala de aula, que disponibiliza
um jornal diário para os alunos, permitindo que o
mesmo seja levado para casa para ser lido pela
família e, ainda, reciclado, fazendo com que a
renda obtida com a venda se transforme em livros
para as bibliotecas das escolas.
CAPACITAÇÃO DOS PROFESSORES
Ao mesmo tempo em que trabalha para melhorar a
infraestrutura nas escolas, a Prefeitura investe na
capacitação e valorização dos professores por meio
de cursos de qualificação, garantindo ensino de
qualidade. Ao longo de 2010 foram realizadas mais de
11 mil horas de capacitação envolvendo cerca de 800
professores.
Campo Bom...E do Melhor
5
Educar para formar
Na escola o dia inteiro
Investir na criança e no jovem é formar cidadania
Mais de R$ 2 milhões
em investimento; 76
professores exclusivos
que representam 13,7%
da equipe da Smec;
1.514 horas mensais de
atividades; 50 projetos
diferenciados; mais de 6
mil crianças atendidas;
26 escolas e espaços
de apoio envolvidos. Os
números do programa
Acolher surpreendem e
dizem respeito a projetos
executados no turno
contrário ao da aula,
focando ações preventivas
para manter o aluno dentro
do ambiente escolar e
longe do apelo das Ruas.
Os dados do programa
Acolher tornam-se um
exemplo por envolverem
atividades diferenciadas
como informática, natação,
xadrez, inglês, aulas de
reforço, jogos das mais
diversas modalidades
(incluindo pingue-pongue,
tênis e badminton),
atletismo, danças (inclusive
com cordas), artes
(incluindo curso de pintura
em tela), instrumentos
musicais (entre eles flauta,
violão e técnica vocal) e até
plantio de horta e de flores.
CINEMA E TEATRO
AO ALCANCE
6
6 mil
crianças
atendidas
R$ 2
milhões de
investimento
Às sextas-feiras, durante o
Quando o assunto é cultura,
ano letivo há horários em
a Prefeitura garante acesso
gratuito à sessões de cinema
que a população não paga
e teatro, incentiva a produção
nada para assistir filmes
de iniciativas artísticas e
em cartaz. A iniciativa é
culturais e realiza eventos que
fruto de uma parceria com
buscam agradar a todos os
o Sesc.
gostos. Ao longo de 2010 foram
disponibilizadas quase 31 mil
gratuidades - entre cinema e
teatro – para a comunidade. Acessível
a população o valor médio do ingresso
ao cinema é R$ 8,00, mas algumas
sessões chegam a custar R$ 3,00.
Campo Bom...E do Melhor
INGLÊS COMO
DIFERENCIAL
O ano de 2010 inovou também pela
formatura da primeira turma do
curso de inglês que é oferecido no
turno contrário ao da aula dentro do
programa Acolher. O aprendizado
é direcionado a estudantes a
partir do 7º ano e focado na
língua estrangeira, seguindo
os mesmos moldes dos cursos
regulares em escolas de formação
estrangeira, mas com o diferencial
de ser gratuito. Do curso de inglês
nasceram iniciativas com o musical
The Cats e um grupo coral.
Educar para formar
Flores como terapia
É um sucesso o programa Floração Para a Vida que
ensina aos alunos o processo de plantio de flores,
permitindo que semeiem, reguem e acompanhem
o crescimento delas. O trabalho valoriza o
compromisso de cada um com o meio ambiente e
é desenvolvido no núcleo central do projeto (junto
ao Parcão) de onde saem centenas de mudas para
enfeitar os canteiros e rótulas de Campo Bom.
tratamento vip para os bebês
Os professores da rede infantil do Município foram qualificados
com a técnica de massagem indiana Shantala que estimula os
bebês. A técnica, além de promover um melhor desenvolvimento,
ainda fortalece os laços entre os pequenos e quem aplica a
massagem.
Educação de jovens
e Adultos
Oportunizar a adultos e jovens a
continuidade dos estudos ou mesmo
seu processo de alfabetização. É isso
que permite o curso Educação para
Jovens e Adultos (EJA) implantado pela
atual Administração e que já formou 480
alunos com mais de 15 anos de idade.
competições
esportivas integram
Ao longo de 2010 a Prefeitura trabalhou para valorizar
equipes esportivas e investiu em diversos campeonatos em
diferentes modalidades. Organizados pelo Departamento
Municipal de Esportes, foram onze eventos que reuniram
mais de 30 mil pessoas entre atletas e torcedores com a
proposta de integrar a comunidade, apostar nos talentos
locais e incentivar a qualidade de vida por meio do esporte.
po Bom
✔ Aber to de Voleibol da Cidade de Cam
(masculino e feminino)
Ouro
✔ Campeonato Municipal de Futsal Série
15 e Copa
✔ Campeonato Municipal de Futebol (sub
Amizade 40 anos)
culino e
✔ Campeonato Municipal de Voleibol (mas
feminino)
e Prata e copa
✔ Campeonato Municipal de Futsal (séri
)
anos
33
e Bronze e
✔ Campeonato Municipal de Futsal (séri
torneio feminino de futsal)
Amizade 50
✔ Campeonato Municipal de Futebol Copa
anos
culino e
✔ Torneio Vôlei de areia de duplas (mas
feminino)
os (trio e
✔ Torneio Municipal de Bocha entre bairr
individual)
de base de futsal
✔ Encontro das Escolinhas (categorias
e convidados)
de base de
✔ Encontro das Escolinhas (categorias
s)
idado
futebol e conv
7
Campo Bom...E do Melhor
Educar para formar
secretaria voltada
ao esporte e ao lazer
Novos materiais
esportivos
A Prefeitura conta desde o dia 1º de fevereiro de 2011 com a
Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. A criação de uma nova
secretaria se deu pela importância e crescente atenção dada,
pela Administração Municipal, ao esporte e ao lazer no município
e também pelos vários eventos esportivos que são realizados em
Campo Bom. A nova secretaria está instalada no segundo andar do
Centro Administrativo, na avenida Independência, nº 800, Centro.
A Prefeitura investiu mais de R$140 mil
em materiais esportivos que vão desde
bolas de futebol até varas para salto em
altura e camas elásticas. Os equipamentos
foram adquiridos para servir alunos da rede
municipal de ensino e também envolvidos
no programa Acolher.
Você Sabia que...
Na tentativa de familiarizar os
alunos com os números, a Smec
criou em 2010 a Olimpíada de
Matemática e que a preparação é
feita nas aulas por meio do ensino
com jogos e dinâmicas de grupo?
Todo ano a Prefeitura promove
a visitação de alunos da rede
municipal de ensino a lugares
históricos como Os 7 Povos
das Missões e Rio Grande? A
iniciativa faz parte de projetos
como o Vivendo a História
e Conhecendo Diversas
Paisagens?
A Prefeitura de Campo Bom
continua acompanhando seus
estudantes mesmo fora do ano
letivo com o projeto Brincando
nas Férias? São mais de 600
alunos da rede municipal de
ensino que no verão participam
de atividades como gincanas,
jogos e passeios?
bebedouros NAS ESCOLAS
Bebedouros elétricos, feitos em fibra, com filtro
e sob medida para que todos possam alcançar a
água. Essa é a novidade que a Prefeitura levou para
as 20 escolas infantis e sete instituições de ensino
fundamental da rede municipal em 2010.
8
Campo Bom...E do Melhor
SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
Recursos
e mais
saúde
O ano de 2010 foi de superação para a área de saúde. Fazendo uso da mesma faixa
de investimentos que em 2009 a Prefeitura conseguiu fazer muito mais, aumentando os
números globais de atendimento, exames e procedimentos como mamografias e consultas, aplicando de forma planejada cada real destinado à pasta. Como resultado desse formato de gestão da saúde, a Administração Municipal obteve melhoria em vários índices,
entre eles o de mortalidade infantil, que caiu de 12 em 2009 para 5 em 2010. O investimento na rede de postos com melhorias e reformas em UBSs é outro resultado positivo do ano de 2010 onde três unidades tiveram reformas concluídas e outras duas estão
com obras em andamento, investimentos que somam mais de R$ 700 mil. Os números
que seguem mostram com clareza que os investimentos realizados na rede municipal de
saúde no ano passado retornaram em grandes benefícios à comunidade de Campo Bom,
e são resultado de uma forma responsável de gerenciar os recursos.
2010 em NÚMEROS
70% do dinheiro investido na Saúde de
*
Campo Bom é Recurso Próprio da Prefeitura
Investimentos
Próprio: R$ 8.691.020,99 ➜ R$ 144,85 por habitante
União: R$ 3.226.629,93 ➜ R$ 53,76 por habitante
Estado: R$ 409.828,85 ➜ R$ 6,81 por habitante
*Dados até outubro
MAIS CONSULTAS NA REDE
mais ATENDIMENTOS
2009
2010
Clínicas
Médica ESF
Enfermagem ESF
Grupos VDs/ACSs*
Pré-Natal
Ginecologia
Pediatria
Inspeção sanitária
Odontologia
30.579
36.370
14.908
64.296
1.414
4.929
11.590
1.020
16.566
34.899
40.122
15.564
73.843
1.952
5.602
13.861
814
21.147
Mamografias
Fisioterapia
Radioterapia
Quimioterapia
Festa da Vida
Semana do Homem
Ginecologia CMI*
Vacinação
Total:
181.672
207.794
*Centro Materno Infantil
2009
2010
1.603
9.713
28
60
7 mil
00
3.627
47.181
2.264
11.441
54
198
10mil
700
4.978
61.363
9
* Visitas Domiciliares dos Agentes Comunitários de Saúde
Campo Bom...E do Melhor
SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
QUEDA DA MORTALIDADE INFANTIL
A Prefeitura focou investimentos da Secretaria de Saúde em ações
voltadas às futuras gerações e à redução dos índices de mortalidade
infantil. Garantir atendimento pré-natal à gestantes agregando a este
inovações como aulas de hidroginástica exclusivas foram algumas
das novidades. Outra ação permitiu que 81% das futuras mamães
realizassem 7 ou mais consultas pré-natal durante a gestação.
No Centro Materno Infantil o número de consultas em ginecologia
aumentou 38% em relação a 2009.
2007 ➜ 8 casos
2008 ➜ 11 casos
2009 ➜ 12 casos
2010 ➜ 5 casos
CASOS DE LEPTOSPIROSE CAIRAM DE 7 em 2009 para 2 em 2010
REPASSES GARANTEM ATENDIMENTO NO HOSPITAL
O atendimento à comunidade no Hospital Lauro Réus só é possível graças às transferências financeiras que a Prefeitura
faz mensalmente à casa de saúde. No ano de 2010 a administração deve repassar mais de R$ 2,5 milhões ao hospital.
HOSPITAL - Repasses Recursos*
HOSPITAL – procedimentos*
Procedimento
R$ médio mensal
Emergências
1.273.600,00
Remoções
134.400,00
Consultas básicas
22.000,00
Mutirão cirurgia
169.723,59
Cons. Especialistas
135.125,32
Laboratório
71.203,92
Raio X
42.273,74
Outros
160.419,72
Tipo
Consultas especialistas
Mutirão cirurgia
Consultas Urgência
Diagnose e terapia
Internações
Remoções
Atendimentos (Ao Grupo Hospitalar Mãe de Deus)
(AGUARDAMOS OUTUBRO)
Quantidade
3.139
1.093
42.538
21.605
4.190
357
104.833
*até outubro/2010
*até outubro/2010
Total de repasses* 2010: R$ 2.008.746,29*
ECONOMIA NA aquisição
DE MEDICAMENTOS
Administrar com zelo os recursos da área
de saúde. Essa foi a receita da Prefeitura
que em 2010 conseguiu economizar 33%
na compra de medicamentos. Com cerca
de 70 mil atendimentos na Farmácia
Municipal, número maior que o de 2009, a
Administração Municipal conseguiu manter
a qualidade na distribuição da
medicação, atender mais pessoas
33%
e ainda economizar na compra.
de economia e
mais atendimentos
10
Campo Bom...E do Melhor
*até outubro
SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
primeiro pronto atendimento
24h da história de Campo bom
O primeiro serviço de pronto atendimento 24 horas da
história de Campo Bom está prestes a ser inaugurado,
atendendo uma antiga demanda da comunidade.
O Pronto Atendimento irá atender a comunidade
no espaço hoje ocupado pelo Centro de Saúde
Especializado (CSE), bem no Centro e funcionará
24 horas por dia, todos os dias, inclusive sábados,
domingos e feriados. A obra é um importante passo
para a qualificação dos serviços de saúde e para melhor
atender ao cidadão. Haverá no posto atendimentos e
clínica geral além dos exames de urgência conforme a
prescrição médica. O PA também contará com estrutura
para casos de remoções.
Mutirão de
cirurgias
PRONTO ATENDIMENTO
NA GRANDE OPERáRIA
Em 2010 a Prefeitura
promoveu um mutirão de
cirurgias que deveriam
ser feitas pelo Governo
do Estado, mas que
em virtude das filas de
espera acabaram sendo
providenciadas pela
Prefeitura beneficiando
cerca de 400 pessoas,
num investimento de
mais de R$ 200 mil em
recursos próprios.
Além de uma UBS totalmente nova e
reformada, a comunidade da Grande
Operária ganhou um pronto atendimento no
posto que passou a funcionar até a meianoite para casos de urgência, ficando aberto
para comunidade 18 horas por dia. Para
manter o serviço (antes a unidade funcionava
até as 17h) a Prefeitura está investindo cerca
de R$ 560 mil por ano em recursos próprios e
que envolvem também a contratação de mais
funcionários. A unidade ganhou também uma
ambulância com motorista e um consultório
odontológico totalmente equipado.
Unidades móveis de
atendimento odontológico
Duas unidades móveis levam atendimento odontológico
aos bairros de Campo Bom. Um ônibus e um trailer
disponibilizam, de forma alternada, acesso a tratamentos
básicos dentários e serviços como restauração, extração,
limpeza e aplicação de flúor. Cada unidade chega a
passar três meses ininterruptos em cada bairro para que
os tratamentos dos pacientes possam ser finalizados.
SAIBA MAIS
Festa da Vida ➜ Todos os anos a Prefeitura
realiza no Parcão a Festa da Vida levando
diversos atendimentos e serviços gratuitos à
comunidade. Em 2010 mais de 10 mil pessoas
participaram do evento.
Terceira idade ➜ As UBSs de Campo Bom
mantém grupos de atendimento destinados à
terceira idade por meio do grupo Hiperdia, que
reúne pessoas com problemas de hipertensão
e diabetes. Essas pessoas também têm
acesso gratuito a sessões de hidroginástica,
fisioterapia e hidroterapia.
Campo Bom...E do Melhor
11
SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
SUPERAULAS DE
HIDROGINáSTICA
Uma novidade fez Campo Bom
dar um salto em qualidade
de vida em 2010. Trata-se da
superaula de hidroginástica
que a comunidade tem acesso
gratuito todo o sábado na
piscina do CEI. Cerca de 250
pessoas participam, tornando
a iniciativa ainda mais divertida
e integrada. A novidade
destacou Campo Bom que é a
única cidade do RS a oferecer
essa modalidade esportiva
gratuitamente em um espaço
público.
OPÇÃO PELA SAÚDE
As sessões de hidroterapia são novidades que
agradam à comunidade assim como a realização
de caminhadas orientadas para a população.
Grupos de terceira idade e também gestantes
tiveram atenção especial em 2010, no que diz
respeito à valorização da qualidade de vida.
GINÁSTICA AO AR LIVRE
Outra iniciativa implantada e que mostra que Campo Bom está
à frente quando se trata de oferecer espaços gratuitos para o
corpo e a mente dos moradores é a aula de ginástica ao ar livre
que acontece duas vezes por semana junto à Estação Saúde, no
Parcão, e também é gratuita e aberta a todos.
HUMANIZAÇÃO no
atendimento
12
Comprometida em humanizar cada
vez mais o atendimento a Prefeitura
investiu na qualificação dos funcionários
da área de saúde por meio de cursos,
palestras e oficinas. Foram 32 atividades
envolvendo 1.107 funcionários contra
24 eventos que contemplaram 453
profissionais em 2009. A ampliação do
quadro de médicos e equipes de apoio
também são evidências de que em
Campo Bom saúde é prioridade.
Campo Bom...E do Melhor
Nova academia ao ar livre
Preocupada em oferecer mais um lugar para a prática de exercícios
gratuitos aos campo-bonenses, a Prefeitura adquiriu oito aparelhos
que vão fazer parte da nova academia ao ar livre a ser montada
no Parque do Centro de Educação Integrada (CEI), na Av. dos
Estados. Dentre as novidades, a principal está no fato do novo
espaço também ser destinado a cadeirantes. Dessa forma, os
oitos aparelhos novos terão mecanismos especiais, onde o
cadeirante poderá prender sua cadeira de rodas e fazer o exercício
tranquilamente de forma eficaz e segura. Foram adquiridos pela
Administração duas torres de elevação de braços, duas paralelas,
uma multi rodas de ombros, uma máquina de bíceps, um jogo de
barras e uma bicicleta de mão. Na compra destes equipamentos
foram investidos cerca de R$ 13 mil.
SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
UBSs
renovadas
Cinco Unidades Básicas de
Saúde receberam atenção
especial da Prefeitura em
2010 somando investimentos
em reforma e ampliação
que chegam a R$ 700 mil.
Das cinco obras, três foram
concluídas ao longo do ano e
duas estão em andamento.
Aurora ➜ Reforma e ampliação
R$ 96 mil – Obra pronta
25 de Julho ➜ Reforma e ampliação
R$ 133 mil - Obra pronta
Imigrante Sul ➜ Reforma e ampliação
R$ 220 mil – Obra em andamento
Operária ➜ Reforma, ampliação e gab
odontológico R$ 89 mil – Obra pronta inete
ão
Quatro Colônias ➜ Reforma e ampliaç
nto
ame
R$ 110 mil – Obra em and
13
Campo Bom...E do Melhor
SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
Remédios em casa
Em 2010, a Prefeitura passou a fazer
a entrega domiciliar de medicamentos
para cadastrados na Secretaria
Estadual da Saúde. O serviço
especial de entrega já beneficia
450 pessoas e é exclusivo para
medicamentos cuja responsabilidade
de fornecimento é do Governo do
Estado. Antes os medicamentos
precisavam ser retirados na Farmácia
Comunitária. A entrega engloba os
medicamentos excepcionais, de
dispensação da Administração de
Medicamentos Especiais (AME) e
que são de médio e alto custo.
MUTIRÃO de
MAMOGRAFIA
Com a finalidade de reduzir
a fila de espera por exames
de mamografia, a Prefeitura
decidiu pagar com recursos
próprios os exames e
ofereceu o procedimento para
cerca de 400 mulheres. O
exame é de responsabilidade
do Governo do Estado.
AÇÕES de PREVENÇãO
Como prevenir é a melhor forma de se investir
em saúde a Prefeitura organizou ao longo de
2010 diversas campanhas como a Semana do
Aleitamento Materno; de Prevenção à Aids e às
DSTs; Semana do Homem; Semana da Primavera;
Dia do Diabetes; Semana da Mulher; Festa da
Vida; Festejar é Sempre Bom e vacinação.
14
Campo Bom...E do Melhor
SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
novo sistema informatizado na Farmácia Municipal
Preocupada com a saúde dos campo-bonenses a Prefeitura inovou mais uma vez e criou um sistema
informatizado na Farmácia Básica Municipal. A novidade comporta lista e atualização de medicamentos e
dados de quem utiliza a farmácia. Entre as inovações também está o cadastramento dos usuários. Agora,
quem retira seu medicamento já faz no ato o novo cadastro, garantindo e agilizando o atendimento.
Você sabia que...
Em 2010 a Administração criou a
Semana do Homem, ação que ofereceu,
durante cinco dias, uma série de
atividades dirigidas ao sexo masculino,
cujo foco foi a prevenção? Quase 800
exames de sangue preventivos ao câncer
foram realizados, num investimento que
superou os R$50 mil.
Esse ano, a Administração Municipal
promoveu uma ação de vacinação
direcionada a alunos do Ensino Médio
de Campo Bom contra a hepatite B?
Mais saúde em 2011 -
Obras previstas
Academia ao ar livre

para Pessoas Com Deficiência
✔ Consultório odontológico na UBS Santa Lúcia
✔ Consultório odontológico na UBS 25 de Julho
✔ Construção Centro Materno Infantil na avenida São Paulo
Reforma e ampliação da UBS Celeste
✔ Início implantação UTI no Hospital Lauro Réus
✔ Início da implantação de 30 leitos no Hospital Lauro Réus
✔ Implantação de Política de Atendimento ao Idoso
nova UBS no bairro Mônaco
✔ Implantação de Política de Atendimento ao Homem
✔ Criação de academias ao ar livre nos bairros
15
Campo Bom...E do Melhor
Celebração da
cultura gaúcha
Música, poesia, shows, novos
talentos, provas artísticas,
campeiras, grandes nomes da
música gaúcha e o compromisso
com o engrandecimento cultural
da cidade e do rs. Comprometida
com os valores da nossa terra a
administração municipal de campo
bom orgulha-se em oferecer uma
programação de onze dias inteiros
voltados à celebração da cultura
gaúcha e que se inicia no dia 3 de
março com a retomada de um dos
principais festivais nativistas da
história do rio grande do sul.
Depois de 19 anos adormecido,
o acampamento da canção nativa
ressurge unindo-se a outros dois
sinônimos de tradição e amor por
nossa terra: o 9º bivaque da poesia
gaúcha e o 33º rodeio nacional de
campo bom.
RELEVANCIA - Durante o
Acampamento diversos nomes
da cultura nativista irão desfilar
músicas inéditas, fazendo com que
este festival musical retome sua
grandeza como um dos maiores
e mais respeitados encontros
culturais da música nativista.
16
Da Mesma Forma O Bivaque Da Poesia Gaúcha – Adormecido Há Quatro Anos - Reunirá Os
Melhores Talentos Na Arte Da Declamação E Do Verso, Sendo Um Dos Únicos Festivais De
Poesias Do Rs A Contar Com Tanto Prestígio Em Seu Meio. No Rodeio Nacional, As Raízes Do
Rio Grande Do Sul Tem Sua Origem Preservada E Perpetuada Por Meio De Provas Culturais E
Campeiras. Trata-Se De Uma Das Principais Festas Campeiras Do Estado E Que Reina Absoluto
Como Um Dos Maiores Rodeios Do Estado, Sendo Agora Organizado Pela AdministraÇão
Municipal E Oferecendo Aos Visitantes Provas Que Seguem À Risca O Que Manda A Tradição.
Passagem Certa De Quem Ama Esse Estado, O Rodeio Agora É Organizado Pela Administração
Municipal Em Parceria Com As Entidades Tradicionalistas, Sendo Responsável Pela Perpetuação
Do Que Há De Melhor No Rs Por Meio De Provas Campeiras E Artísticas, Numa Programação
Que Promete Resgatar O Que Ha De Melhor No Povo Gaucho: O Orgulho De Sua Tradição.
Campo Bom...E do Melhor
SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
O Casco e a Pedra
Letra: Gujo Teixeira e Zeca Alves
Música: Vitor Amorim, Juliano Gomes e Kiko Goulart
O casco pisando a pedra, são como a flor e o espinho:
-Embora sendo distintos, estão no mesmo caminho.
São na verdade, um exemplo, pra todo aquele que pensa que
a estrada, não tem motivos, pra unir, pela diferença!
Por entre o casco e a pedra, o cuidado é mais sentido
pois, quem já feriu com ferro, com ferro, um dia é ferido..
E quando num trote largo, o casco também se quebra
a dor que manca o cavalo, é bem mais forte que a pedra.
Quem estropeia um cavalo, por gosto, perde a razão aponta o
próprio destino, com sete pedras na mão.
E bem sabe, quem lhe toca, pelas estradas de chão
que o “mol do casco” é sensível, e se chama coração...
Nos campos duros de pedra, um mês sem chuva, é o bastante
e os cascos são como as luas, crescente, cheia e minguante.
Que vão crescendo, enfraquecem e ficando ressequidos se
quebram por quase nada, igual a um copo de vidro...
Depois de quebrar de fato, nem dá pra fazer alarde
posto que o tempo se cruza, pra remediarjá é tarde...
Que há tempos cuido da vida, e dos cavalos que enfreno
aparo e “groseio” os cascos, pelas manhãs de sereno...
Por isso o casco e a pedra, são iguais e tão distintos vivem
assim, um no outro, respeitando os seus instintos.
Sabem da força incontida, que apenas, só um detém e sabem
que sobre as pedras, nem rastro, fica de alguém!!
O Espelho da Milonga
Letra: Alex Palma
Música: Tuny Brum
Esta milonga onde me entrego por inteiro,
Vem de um espelho que a muito se quebrou.
Por muito tempo refletindo minhas mágoas,
Foi fio de adaga que na face me marcou.
Buscando rumos eu talvez tenha errado,
Deixando marcas no sentimento de alguém.
Feito um arado que sangrava a terra boa,
Hoje só eu vivo a sangrar por quem não vem.
O espelho onde me vejo é meu esteio,
Abre cancelas para os sonhos que plantei.
Levando fé o meu caminho se prolonga,
Quem vai mais longe sempre tem outra milonga,
E sobra amor pra quando a estrada traz alguém.
Mesmo a imagem refletida pelas águas,
Também se quebra quando a chuva beija o rio.
Mas as milongas que refletem meus guardados,
Se vão aos poucos preenchendo meu vazio.
Tenho a moldura e muitos cacos do passado,
Peças quebradas que o destino quis assim.
Mas levo o espelho da milonga no costado,
Pra refletir o que há de bom dentro de mim.
Um Romance Chamamecero
Letra: Wilson Vargas
Música: Eduardo Lopes
A cordeona se encantou
pelas manhas do m ‘baracá
e um romance porá
se fez por chamamecero,
pra ir além dos esteros
e das águas do Paraná;
Então fizeram morada
em ranchos e tolderias
ramadas e pulperias,
entre assado e gajeta,
hay um compasso maceta
pra temperar alegrias.
De padrinho, um sapucai
de regalo, um chamamé,
!Que pareja bien caté!
La guitarra y la verdulera,
trazem essencia campeira
no cantar m ‘bareté.
Se alegram os paisanos
quando juntos, entonados,
e um batará emplumado
revela que a madrugada
vem, pra dar uma
bombeada
num resto de céu prateado.
Escreveram seus acordes
no catecismo dos ventos
que traduzem sentimentos
e conduzem os sonidos
que embrujam os ouvidos
pregando seus
mandamentos.
Campo Bom...E do Melhor
17
SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
Descendente
AS MÃOS
Letra: Lisandro Amaral
Música: Cristian Camargo
Letra: Rodrigo Nolibus Bauer
Música: Pedro Guerra Pimentel
Será índio o filho novo
Que recebi destes tempos?
Terá o sopro dos ventos
E cantará ao seu povo?
Pensando assim vou de novo
a intenção de indagá-lo
agora hei de cantá-lo
na eternidade de irmão
pois traz o campo não mãos
e o sangue dos meus cavalos...
O tempo esconde segredos,
tecendo em nós suas teias
e escorre, por entre os dedos,
se transformando em areia!
Nas mãos há uma geografia,
tudo o que sou e o que fui:
a pele que era macia,
as veias densas e azuis...
Maria
Letra: Rafael Chiapeta
Música: Cristian Camargo
Indiozito curandeiro
dos meus espinhos que sangram
das dores que arremangam
bombachas de peão tropeiro
há um vulto em mim noitero
que reza em verso e que canta
e quando a luz se levanta
aos olhos baios do dia
eu agradeço a poesia
que derramei da garganta
Numa folga domingueira, fui campear uma trigueira,
Que há muito eu já sonhava.
A Maria flor pampiana, tinha olhos de picâna,
Que em puaços me toreava.
No cantar então do galo, encilhei o meu cavalo,
Na intenção de compromisso
No meu zaino “pata banca”, fui então cortando a pampa,
Pondo fé no meu feitiço.
Na beleza da paisagem, fui ganhando uma coragem,
Na manhã daquele dia
Quando as garças revoaram, os meus olhos se encontraram.
Com os olhos de Maria.
A manhã ficou eterna, quando então boleei a perna
Pra dizer o que sentia
Pois parou até o vento, que ficou também atento,
Na resposta da Maria.
A pergunta deste peão, pra que serve um coração.
Se não for pra um bem querer?
Pois o meu vai mais além, se não pulsa por alguém.
Ele para de bater.
Sem saber que me queria, fui no rancho da Maria.
Na mais pura devoção
Pois querendo entendimento, revelei meu sentimento,
Dando ela o coração.
No pealo do momento, eu selei o juramento,
Que só dela então seria
Foi na sombra da figueira, que o brilho da boieira,
Vi nos olhos de Maria.
João Antonio te batizo:
verso perfeito de pai,
nome composto que atrai
por que lembrar é preciso
se ao versejar me escravizo
diante a pena contida
escorro - João - dolorida
a hora em que está a teu mundo
e às vezes respiro fundo
te oferecendo esta vida
o mundo é mundo e será
até quando Deus quiser
quando se pensa o que quer
um pai ao filho dirá
espinha o caraguatá,
da sombra o umbu campero
o amor é mais que o dinheiro,
o espírito — sim - é eterno
e só é frio o inverno
pra quem não crê - curandeiro.
Nas mãos eu trago, hoje em dia,
marcas que o tempo timbrou...
As mesmas marcas que eu via
nas mãos vividas do avô!
Tateando a vida em seu jeito,
o tempo as mãos esculpiu!
Ele é um artista perfeito
com seu formão bom de fio...
Mãos que amansaram cavalos,
trançaram laços, buçais...
Têm cicatrizes e calos
que não lhes deixam jamais!
Nas minhas mãos vi caminhos...
O quanto tenho trilhado;
e algumas marcas de espinhos
que ficam do aprendizado!
A minha vida vai nelas...
A ansiedade e a calma
são dimensões paralelas
em cada uma das palmas!
E, mesmo, a própria poesia,
que irriga o meu coração,
verte da alma e um dia
vem transbordar pelas mãos!
DEUS me permita o direito
de envelhecer de mansinho
sem que elas percam o jeito
de demonstrarem carinho!
O Poeta e o Tempo
Letra e música: Adair de Freitas
Havia de já hoje um verso novo
Com asas de gavião quiri-quiri
Cantava pacholices e retovos
Num tempo de viver quase guri
A folha bebe tinta e se alvoroça
A rima se agiganta em seus desvelos
O poeta bebe a seiva dos poemas
E tem a cor do tempo em seus cabelos
O tempo não é maula nem perverso
Com ele quem aprende se preserva
Pois sabe quem mateia desde cedo
A ciência de saber virar a erva
Havia um poeta igual ao verso
Novito, corpo e alma, canto e voz
Um rio que da nascente andou disperso
E um dia reencontrou-se junto à foz
E a quem sempre falou de vida e lida
Saudade não é rima mais dileta
Pois soube aprender com a própria vida
Que é o verso que envelhece, não o poeta
O poeta vive o tempo em suas rimas
O tempo não lhe prende em suas amarras
E o verso p’ra que a alma se redima
Renasce nos acordes das guitarras.
Campo Bom...E do Melhor
SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
À João
Evangelista
Letra e música: Geraldo trindade
Ô sanfoneiro,
Que aqui chamam gaiteiro,
Toque umchoteou um balão
Pra alegrar meu coração!
È malvadeza
A saudade, a tristeza,
A vontade, a incerteza
De voltar pro meu sertão!
Sou nordestino,
Sim sinhô, com muito orgulho,
Mas no meio do gorgulho
Já não tinha mais feijão.
No meu roçado,
Sete anos só de mágoa,
Não caía um pingo d’água
Prá “matá” a sede do chão.
E vim pro sul
Que, me disseram, é porreta,
Uma terra onde a seca
Não castiga a plantação.
Ignorava
A desgraça d’uma enchente
Pois a chuva prá minha gente
É resposta de oração
Fico cismando
Que padim cíço, ocupado,
Pode “tê” se preocupado
Em mitigar minh’afliçâo.
E fez cair
A enxurrada que eu pedira,
No entanto errou na mira
Mandou pr’outra região!
Eu sou um cabra
Que saiu dacaatinga
No caminho tomei pinga
Na chegada, chimarrão
Corto o churrasco
Co`a “peixêra”, de confiança,
Carne seca é uma lembrança,
Com gosto de solidão.
A terra é boa,
O povo trabalhador,
Todos sabem dar valor
Ao serviço de um peão;
Apesar disso,
Peço a deus, todos os dias,
Se o favor não me fazia
De eu voltar pro meu sertão!
Manga de Chuva
Letra: Felipe Severo
Música: Felipe Barreto
Toada Boieira
Letra: Rodrigo Duarte e Mateus Neves da Fontoura
Música: Rodrigo Duarte
Um carreteiro pede passagem
Para uma charla, para um dedo de prosa
Quando a boieira, amiga antiga,
Dorme sentida com o rangido das rodas
Nessa cantiga, mais que um lamento,
Tudo é saudade na poeira dessa estrada.
Onde a poesia, roda e luzeiro,
De um mesmo rastro se apartam nessa toada:
Eira boi, Eira boleira, é madrugada.
Eira boi... E o carreteiro vai surgindo pela estrada...
E o carreteiro, cruzando o tempo
Busca em silêncio um horizonte de esperança
Levando sempre, pra vida inteira,
O próprio lume de sinuelo em sua andança...
Se a madrugada clareia aos poucos
E lhe desvela estrada e o rumo em dia bueno,
Também ofusca de sua mirada
A confidente guardiã de seus segredos...
Eira boi, Eira boieira, é madrugada.
Eira boi.. E o carreteiro vai surglndo pelo estrada...
Triste e sozinho pelas distâncias
Em dissonâncias poeirentas vive um quebra...
Do vau do tempo, seguindo estrelas,
Navega um poema que nem ao tempo se verga
Sobram carretas, rodam as horas
Pelas estradas... Quantas juntas amansadas?
E o carreteiro pra nosso alento
Canta as saudades de boieiras entoadas:
Eira boi, Eira boieira, é madrugada.
Eira boi... E o carreteiro vai surgindo pela estrada...
Eira boi, Eira boieira, é madrugada.
Eira boi... E a boieira vai sumindo pela estrada
Abriu-se um poncho depois da porteira
Branqueou o horizonte no pago fronteiro
Fim de primavera e a chuva bem vinda
roncou feito potra ao pechar o potreiro
O ranger da cancela era prenunciador
que um sopro morno de manso pra forte
era um chasque vaqueano trazendo recados...
... que vento e garoa mandavam do norte
Virou precisão o aguaceiro na terra
pra’o pasto queimado de sol e mormaço
pra matar a sede e depois rebrotar
verdejando o pampa com força e vistaço.
E a alma retorna de um fundo de campo
(onde laço é mangueira e o campomar é rancho)
Depois um apeia dos tentos pra’o chão...
... e o outro retoma dos ombros pra’o gancho
Então desencilha mirando a querência
e vai despertar cambona e vigüela
que logo é Domingo e le gusta a estrada...
... e um trote largo à saudade sinuela.
Forma torrentes no rumo das sangas
(dos banhos dos tauras nos sóis de Janeiro.)
E quando se alonga o intervalo das mangas
O sol lhes obriga a um largo sombreiro.
Foi firmando o tempo e a chuva cruzou
depois de partida, mermou e deu trégua
deixando dois horizontes apostos...
... o claro e o escuro distante uma légua.
Ficou um barreiro erguendo um rancho
E o aroma das flores das laranjeiras
Mesclando-se ao cheiro de terra molhada
Imagens de campo, postais de fronteira.
Un lianto de cunumí...
Letra: Zé Renato Dauth e Diego Muller
Música: Juliano Moreno
La noche embala el silencio
En un ranchito costero
Mientras un viento orejano
Trae aromas de otros tiempos
Adentro un viejito sueña
Con días que ya están lejos
Nostalgias de juventud
Que se volvieron recuerdos
Hay un acordeón en su alma
Que le hace a veces sonreír
Y entonces cierra los ojos
Y sale a volar por ahí...
A sus ojos vuelve el brillo
De sus antiguas primaveras
Y galopa una vida entera
De vuelta por los caminos
Su alma va entre las manos
Y en ella van mil canciones...
Nombrando amigos y amores
Y el canto de sus paisanos
Después de mucha distancia
A otro rancho al fin llega
Y escucha las coplas viejas
Que olvidó allá en la infancia...
Su madre lo espera allí!...
Y ei gaucho ai verla despierta
Y el sueño tan solo queda
Un ilanto de cunumí...
Campo Bom...E do Melhor
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
O Homem
e o Rio
O Espelho
no Escuro
Letra: Arabi Rodrigues
Música: João Darlan Bettanin (Xiruzinho)
Letra: Carlos Omar Villela Gomes e Paulo Righi
Música: João Bosco Ayala Rodriguez e Nilton Júnior
Nasceu e crescéu à beira do rio,
viveu e não viu o tempo passar.
A linha da vida, estendida no fundo,
pra fome do mundo, quem sabe - matar.
As brancas barrancas cobertas de areia,
arranca na cheia a nova paisagem
O tempo nos traz a paz do caminho,
quem vive sozinho, tem outra linguagem.
Quando a lua nua - vem nadar à noite,
no pequeno apoite, não sé ouve o som,
perfume de flor, pescador calado,
aqui deste lado, já é Campo Bom!!!
Atalho grisalho, trabalho na praia,
paisagem cambraia de fino algodão;
o rio desgoverna, inverna no mato,
o velho “Donato” pescando ilusão.
O espelho se divertia
Já desprovido de luz...
Retalhos de fantasias
De algum momento qualquer...
Um velho contando as rugas
Sentindo o peso da cruz...
A estranha filosofia
Dos olhos de uma mulher.
Amarra desgarra a barra do dia,
o vento assovia na ponta da verga;
miragem bonita, repita este verso,
que lindo universo - pra quem não enxerga.
O frio desafio, pro rio continua,
à beira da rua o “João” e o “Zé”:
cruzando co’a Sorte, sem norte nem sul;
o céu é azul, mas o rio, mas o rio já não é!!!
Campo bom
é um paraiso
Letra: Roberto Ornes
Música: Alexandre Oliveira
Quando guri me criei a campo fora
Sorvendo auroras na costa do rio dos sinos
De pés descalços sem camisa e altaneiro
Pelos pesqueiros repontando o meu destino
Meu velho pai que foi mascate e balceiro
Também pulpeiro, capataz indio do bem
A minha mãe que tinha dom pras iguarias
Que eu vendia lá na estação do trem
Santa maria dos caboclos terra santa
Lindas bailantas. Chão batido e candeeiro
Lembro das prendas do rodeio e carreiradas
Das cacadas e da lida de tropeiro
Depois cresci e pra minha satisfação
A tradição e o acampamento nativista
Foram ajoujando porto blos e a barrinha
Junto as famílias da bela vila paulista
Porisso falo do 15 e do mbororé
Cruzei a pé canudos e no improviso
Morro das pulgas, oriente, quatro colonias
Sem cerimônia campo bom é um paraíso
Campo Bom...E do Melhor
Milonga de
Campo À
Laurindo Pedra
Letra: Fabio Maciel e Gujo Teixeira
Música: Vitor Amorim
Quem conheceu nestes fundos, um gaúcho de respeito
conheceu Launndo Pedra, tal o seu nome, o seu jeito...
Viveu qual pedra de campo, encravado em seu lugar
Pele moura e face rude, mas com cristais no olhar.
Viveu a vida aos pouquinhos um dia de cada vez
Dividiu seu próprio tempo entre a calma e a solidez
Solidez de quem um dia escolheu viver sozinho
Na calma de quem entende que a vida aponta um caminho
Num rancho sombreado a velas e copas de timbauva
As vezes cruzava as tardes ouvindo a prosa da chuva
Soube porque ela chorava, que um dia chorou também
Pois aprendeu o que é saudade pela partida de alguém.
Tinha silêncios na alma, entre murmúrios e preces
Neste seu mundo interior, bem menor do que parece...
Tal como pedra no tempo, também confundiu-se a terra
Vivendo apenas por ela, num ciclo que não se encerra.
Há quem conte nos bolichos, que ele perdeu-se na vida
Petnficado em silêncio depois do adeus da partida.
Eu acredito em seus olhos, que não parecem mentir
Dizendo que seu silêncio, somente a alma há de ouvir...
Bem como a pedra do nome, sua vida foi muito dura
Talvez por isso que a estrada lhe apontou a desventura...
Seus horizontes de campo, não foram além da divisa
Pois cada um sabe a estrada e dos rumos que precisa.
E ali no mesmo ranchito, sombreado, quieto e distante
Mateia Launndo Pedra, com o mesmo jeito de antes
Feliz, topou seu destino, sem questionar os motivos
Pois sabe bem que viver, não é somente estar vivo...
O espelho estava no escuro
Sem cores pra refletir...
Mas tinha mais do que aço
E vidro em sua moldura;
O espelho somava sonhos
Pois aprendeu a sentir...
Morria e ressuscitava
Sonhando da sala escura.
A sala tinha segredos
E estavam tão bem guardados...
Gravados fundo no espelho
Também sonhavam no escuro;
O espelho era um portal
Onde as visões do passado
Sentindo além do seu tempo
Vinham ganhar o futuro!
O espelho amava escuro
Um amor reflexão...
Entre o insano e o impuro
Zombava se qualquer um.
Mas bem no fundo queria
Mil luzes na escuridão
E assim querendo, o espelho
Nutria um sonho comum.
O espelho preso no escuro
Trazia mais que miragens...
Transpassando tantos muros,
Da escuridão tão vazia.
O espelho ria baixinho,
Criando mundos e imagens,
Pois tinha um sonho em seu aço
Que se chamava poesia!
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
Tenho Dito...
Letra: João Stimamilio
Música: Érlon Péricles
No agosto tem cordeiro, vento toca um chuvisqueiro, e “bamo” lá!
Poncho aberto; vou tranquecindo, aba larga gotejando, a revisar...
Tenho dito por aí... Quanta coisa já ouvi! Vou te contar!
Por Trás da Face
dos Homens
Nao se fia calavera! Bota lenha na fogueira pra esquentar!
Cola-fina faz besteira, enfiado na mangueira a estorvar...
Fica o dito por não dito! Toma um trago, molha o bico, deixa pra lá!
Letra: Martim César Gonçalves
Música: Antonio Guadalupe Júnior
Rio Grande “veio”, quando estou longe de ti
Nao nego a raça, sou assim desde guri
Tenho comigo os ditados que apreendi
Quem escutar vai saber que eu sou daqui
Por trás das faces do mundo
dormem histórias veladas
há rios correndo profundos
sob águas represadas
verdades que, lá no fundo,
são mentiras disfarçadas.
Por trás da face dos homens
há tanta face escondida
impérios e sobrenomes
ceifando sonhos e vidas
os pratos vazios da fome
sobrando em mesas floridas.
‘Bamo metê”! ‘Bamo metê”! “Bamo atracá”!
Se a coisa é braba é preciso “acreditá”!
‘Bamo metê”! ‘Bamo metê”! “Bamo atracá”!
Há uma verdade em cada dito popular!
Dar sabão na mão de louco faz espuma e mais um pouco, pra se lavar!
Fiasquento perde a linha! Ladainha é pro “chinedo”... Deixa gritar...
Passa um sebo nas “canela”, sai correndo de atrás dela... O que será?
Tenho andado por aí... Tanta coisa eu já vi! Nem vou falar!
Mas garanto que é verdade, alguma barbaridade de se espantar!
Fica o dito por não dito! Toma um trago, molha o bico, deixa pra lá!
Como enxergara verdade por trás das faces maquiadas num
tempo em que a realidade é a que nos chega inventada?
Por trás de tanta embalagem
como avaliar o conteúdo
as imagens valendo tudo
as vidas valendo nada?
Por trás de mil aparências
somente um rosto real
sob a máscara da inocência
o mal é somente o mal
e o homem mostra, na essência,
o que ele é, afinal.
Pelos olhos, Canto Luás
Letra: Mauro Dias
Música: Zulmar Benitez
Meu olhar de lua nova
Negror de céu sem estrelas
Silêncio de ponte suelas
Na solidão de posteiro
É cinza sobre o braseiro
é za1no negro tapado
Saleiro sem sal nem gado
É tropa sem um ponteiro
Meu olhar se fez crescente
Se fez noite e se fez dia
Na terra, se mente e porfia
Seara , porvir que florece
Poncho alado que me aquece
A água que mata a sede
É o peixe que cai na rede
É a mágoa que o tempo esquece
A lua é o olho de deus
Velando o sono dos filhos
Conduz sonhos andarilhos
No universo adormecido
E o poncho do desvaildo
A inspiração dos ámantès
companheira dos errantes
Portai do amor esquecido
Meu olhar de lua cheia
Clarão sobre breu da vida
É rumo, chegada e partida
É galpão ,calor de brasa
Coração que pede vaza
Romance, cheiro de flor
Saudade mimando a dor
Luzeiro ao redor das casas
Meu olhar quedou minguante
num ciclo que vem e vai
Sina de avô, neto e pai
Do rio que chega na foz
É vida que cala a voz
Mudando a alma de fase
É o certo que virá quase
Quando nos paramos sós
Campo Bom...E do Melhor
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
DESTAQUE
NO RS
A 3a melhor cidade da região e 9a do Rio Grande do Sul em desenvolvimento social. Esse título Campo Bom conquistou em 2010 graças
a diversas ações que fazem de nossa cidade um modelo. Comprometida
com o desenvolvimento, a Prefeitura realiza diversas ações voltadas à
geração de empregos e ao crescimento das empresas. Além de programas de incentivos para atrair novos investimentos, foca na formação
profissional dos moradores por meio de cursos de qualificação.
GERAÇÃO DE
EMPREGO RECORDE
Campo Bom comemora um novo
recorde na geração de empregos.
Desde o dia 1º de janeiro de 2009
até 31 de outubro de 2010 foram
geradas 3.109 vagas de trabalho,
mais de 2.000 destas em 2010.
Além do reaquecimento do mercado,
essa conquista é resultado de
uma política administrativa voltada
ao desenvolvimento e ao esforço
contínuo da Prefeitura em investir
em ações comprometidas com
a qualificação da mão de obra e
incentivo às empresas.
CURSOS de qualificação para geração de renda
Em parceria com o Senai e o Senac a Prefeitura vem desenvolvendo uma série de
cursos de qualificação profissional. Desde 2009 foram 50 cursos que ajudaram a
formar mais de mil campo-bonenses em áreas distintas voltadas à geração de renda.
Entre as iniciativas há cursos como costura para calçados, garçom, eletricista predial,
manutenção elétrica de automóveis, atendimento com qualidade, padeiro, confeiteiro e
auxiliar administrativo.
Campo Bom...E do Melhor
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
Oportunidades de expansão
Oferecer oportunidade de expansão e busca
de novos mercados. É o que faz a Prefeitura ao
investir na participação de empresas calçadistas
em feiras como a Couromoda e Francal, vitrines de
lançamentos de calçados do país. Desde 2009 a
Prefeitura subsidiou a participação de 23 empresas
nestas feiras, investindo cerca de R$ 150 mil.
Incentivo para empresas
A Prefeitura investe nas empresas campo-bonenses. Por
meio do Programa de Incentivo à Geração de Emprego
(Pige), diversas empresas de Campo Bom ampliam sua
produção, contratam novos funcionários e aquecem a
economia da cidade. O programa tem auxiliado empresas
na locação de prédios, isenção tributária e até em
infraestrutura. De 2009 até agora já foram investidos
mais de R$ 2,5 milhões, garantindo a geração de mais de
3.000 novas vagas de trabalho no município.
Formando empreendedores
Ajudar empresas e empresários a administrarem melhor seus negócios. Com essa
proposta, o Programa de Incentivo ao Empreendedorismo (Piem) vem auxiliando
empreendedores de Campo Bom. Desde 2009 foram cerca de 500 pessoas beneficiadas
pelo programa por meio de cursos, palestras e consultoria técnica personalizada.
Inventário Turístico
Concluído o inventário turístico da cidade. Realizado
em parceria com a Universidade Feevale, o
inventário permite que a Prefeitura planeje ações
para impulsionar o turismo em Campo Bom.
Comprar Aqui é Sempre Bom
Comprar em Campo Bom significa concorrer a prêmios.
Só em 2010, a campanha Comprar Aqui é Sempre Bom
distribuiu 75 prêmios para os participantes que trocaram
notas fiscais de produtos e serviços por cupons. Além
de incentivar a compra no comércio local, a campanha
incrementa o desenvolvimento da cidade já que cada
nota emitida retorna em obras para a cidade.
Campo Bom...E do Melhor
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
R$ 2,5 milhões para
distritos industriais
Para garantir o emprego, diversificar a economia
e oportunidades de emprego para a população,
a Prefeitura também investe nas empresas e
cria condições para que novas iniciativas se
instalem em Campo Bom. Neste sentido investiu
mais de R$ 2,5 milhões em recursos próprios
na expansão de áreas industrias junto à ERS
239. Na Rua João Lampert, a Administração
implantou toda a infraestrutura – terraplanagem,
asfalto, rede de água, rede pluvial e iluminação –
e preparou o local para receber novas empresas.
Novo distrito industrial da cidade, a João Lampert
conta com seis lotes destinados à instalação
de novas empresas e que nos próximos meses
estarão gerando mais empregos e recursos para
o município. Já no Loteamento Industrial Norte,
o investimento da Administração chega a R$ 1,5
milhão para sua expansão e que incluem obras
de pavimentação, rede elétrica, de água e pluvial.
No loteamento, mais de 50 mil metros quadrados
de área estão à disposição de empresas.
Você Sabia que...
Para cada R$ 100,00 gerados por
tributos em Campo Bom:
14% ➜ fica na cidade
25% ➜ vai para o Governo do Estado
61% ➜ vai para o Governo Federal
Maior produtor de
hortaliças do estado
A cidade de Campo Bom tem status de potência
quando o assunto é agricultura. O município é o maior
produtor de mudas de hortaliças do Rio Grande do
Sul. Todo ano as cerca de 40 estufas, que juntas
somam 30 mil m², produzem mais de 120 milhões de
mudas. Grande parte dessas hortaliças fica na própria
comunidade, já que a Prefeitura incentiva a produção
através da aquisição de alimentos para a merenda
escolar direto com os agricultores locais, sem
intermediários. A Prefeitura também isenta em 50% no
pagamento de IPTU as propriedades com finalidade
agropecuária em área urbana.
Você Sabia que...
piloto de qualificação
A Prefeitura criou em 2010 um projeto empresa local, onde os
e
ai
Sen
o
profissional em parceria com
arketing com chances
participantes finalizam o curso de telem parceira?
resa
emp
reais de contratação pela própria
24
Campo Bom...E do Melhor
DESENVOLVIMENTO URBANO
Exemplo
para a
região
Um canteiro de obras que nunca pára. Assim pode ser definida a cidade de Campo Bom com diversas realizações e melhorias de infraestrutura em todos os bairros. Desde os acessos floridos e embelezados,
cuidado que orgulha sua gente, Campo Bom tem servido de exemplo
para a região. Nos últimos dois anos Campo Bom tem recebido diversos
investimentos em infraestrutura. São ações que garantem mais qualidade de vida e tornam Campo Bom uma cidade cada vez melhor.
SINALIZAÇÃO SEMPRE
RENOVADA
A sinalização de trânsito de Campo
Bom está sempre renovada graças
ao trabalho constante da Prefeitura
que investe na pintura de meios-fios,
faixas de segurança e demarcação
de vagas de estacionamento.
Uma das novidades de 2010 foi a
implantação de vagas exclusivas
de estacionamento para Pessoas
Com Deficiência. Este ano a cidade
implantou vagas de estacionamento
especiais para idosos
CALÇADAS
PADRONIZADAS
Todas as 40 escolas
municipais de Campo
Bom receberam ou estão
recebendo padronização
de acessos tanto nas
calçadas quanto nos
pátios, uniformizando os
passeios com blocos de
concreto. O investimento
é de R$ 1,2 milhão.
25
Campo Bom...E do Melhor
DESENVOLVIMENTO URBANO
ESCOLAS MAIORES
E MELHORES
Ao longo de 2010 a Prefeitura investiu muito para tornar
maiores, mais confortáveis e bonitas as escolas de Campo
Bom. O ano se encerra com obras em andamento que
somam cerca de R$ 5,5 milhões. Confira algumas delas:
Edmundo Strassburger ➜ R$ 78 mil
Santos Dumont ➜ R$ 188 mil de investimento
Duque de Caxias ➜ R$ 650 mil
25 de Julho ➜ R$ 1,6 milhão
Lúcia Mossmann ➜ R$ 700 mil
Ginásio Princesa Isabel ➜ R$ 620 mil
Borges de Medeiros ➜ R$ 510 mil
26
Campo Bom...E do Melhor
DESENVOLVIMENTO URBANO
Mais uma escola infantil
Emilio Vetter ➜ inicia em breve (em licitação)
Campo Bom dá mais um salto em educação.
Agora em 2011 a Administração Municipal está
preparando um ano especial para os campobonenses que irão ganhar sua 41º escola.
A construção da nova escola de educação
infantil no bairro Santo Antônio vai garantir
mais conforto, educação e qualidade para os
pequenos e famílias do bairro. A estrutura da
nova escola, que terá uma área de 603m²,
será totalmente moderna e diferenciada. Serão
construídas 12 salas, incluindo refeitório,
cozinha, sala multiuso e banheiros adaptados
para cadeirantes. Cerca de 180 crianças
poderão ser atendidas na nova escola que terá
um investimento de R$ 1.000.142,46.
Dona Augusta ➜ R$ 100 mil (obra em andamento)
Rui Barbosa ➜ inicia em breve (em licitação)
CINCO NOVoS
espaços DE LAZER
Comprometida com o lazer da comunidade a
Prefeitura também direcionou investimentos na
construção de campos de futebol e canchas
de areia, totalizando cinco espaços que hoje
recebem a comunidade para momentos de
descontração e entretenimento e que também
servem de espaço para o lazer das crianças
dos projetos de contraturno escolar.
GINASIOS E áreas cobertas
Ao longo do ano a Prefeitura investiu na construção
de áreas cobertas e melhorias em ginásio, sendo que
até 2011 todas as escolas da rede municipal devem
contar com este tipo de espaço que já beneficia 18
das 20 escolas municipais. Além destas áreas, desde
2009 a Prefeitura realizou obras em 10 ginásios que
receberam novo piso e outras melhorias.
Campo Bom...E do Melhor
27
DESENVOLVIMENTO URBANO
CAMPO BOM: UM CANTEIRO DE OBRAS
Pista de atletismo iluminada
Sinalização turística pela cidade
Pavimentação asfáltica na Rua Itaipu
280 gavetas mortuárias no Cemitério Municipal
Campo de futebol Independente
Ponte e esgoto na Rua Fridolino Martin
28
Nova ponte na Barrinha
Campo Bom...E do Melhor
Reforço na ponte João Goulart
DESENVOLVIMENTO URBANO
Recapeamento da Rua Emílio Vetter
Rede pluvial no Rio Branco
Sinalização viária na Av. dos Municípios
Implantação de novas rotatórias pela cidade
Recapeamento do anel central da ciclovia
Conclusão do prédio do Centro Administrativo
Asfalto novo na Av. João XXIII
Pavimentação de Ruas na Vila Rica
Campo Bom...E do Melhor
29
DESENVOLVIMENTO URBANO
Preocupação
com o Trânsito
Preocupada com os perigos que o trânsito apresenta,
a Prefeitura de Campo Bom realiza uma série de
ações como campanhas de conscientização de
motoristas e pedestres, blitzes educativas, além de
investir em uniformes e novos equipamentos para os
fiscais de trânsito. No ano de 2010 foram realizadas
cerca de 30 ações que resultaram na abordagem de
mais de 8 mil motoristas e pedestres.
CENTRO DE EDUCAÇÃO
AMBIENTAL
A Prefeitura
investiu mais de
R$ 530 mil
Mini auditório, laboratório de ciências
na obra
com toda a estrutura, microscópio,
lupas, tubos de ensaio, lousas
interativas computadorizadas, telão e
muitas ferramentas para pesquisa ambiental. Essa é a novidade
que a Prefeitura de Campo Bom construiu para a comunidade
de Campo Bom. Trata-se do Centro Municipal de Educação
Ambiental (Cemea), localizado no bairro Metzler, próximo à pista
de bicicross, a estrutura direcionada a estudantes e professores
e também para uso da comunidade para palestras, visitação e
oficinas sobre preservação, sustentabilidade e cuidados com o
meio ambiente. Em sua área externa o Cemea contará com horta
para plantio de hortaliças e jardim de flores para aulas práticas.
A intenção é promover a consciência ambiental e permitir que os
alunos pratiquem essa responsabilidade que se estende também
para ações relativas ao monitoramento dos arroios, rio e cursos
de água de Campo Bom.
R$ 8 milhões para
pavimentação
30
A Prefeitura criou em 2010 um pacote de obras no
valor de R$ 8 milhões inteiramente voltado para a
pavimentação de Ruas. Constam no pacote 45 vias da
cidade que ficaram de cara nova depois de recapeadas.
Além de asfalto novo, todas receberam nova pintura na
sinalização. Rodolfo Bauer (Quatro Colônias); Visconde
de Mauá (Centro); João XXIII (Centro); Willi Reichert
(Centro), Manacá, Azaléia e Margarina (Aurora) foram
algumas das vias asfaltadas.
Campo Bom...E do Melhor
Frota renovada
A Secretaria de Obras teve sua frota reforçada
este ano, quando a Administração Municipal
investiu R$ 1,3 milhão na aquisição de cinco
novos veículos, dentre eles, duas tombadeiras,
um caminhão muck e um caminhão com
vassourão para limpeza das Ruas.
Bairros 100% asfaltadas
ltadas as
A Prefeitura conseguiu deixar 100% asfa de. Vila
cida
da
tos
Ruas de três bairros e loteamen
podem
Rica, Quatro Colônias e Recanto da Paz
e
2010
em
s
zada
reali
orias
melh
as
rar
comemo
rede
na
s
ento
stim
inve
que envolveram, inclusive,
de esgoto.
CIDADE MAIS BONITA
Rótulas e
acessos
embelezados
Campo Bom chama a atenção por sua beleza. É impossível entrar na
cidade e se manter indiferente às surpresas que reserva seja por meio de
canteiros floridos e bem cuidados, por rótulas enfeitadas, ruas limpas e caprichosamente mantidas ou ainda por espaços diferenciados e de qualidade
como praças, largo, parques e a própria ciclovia. Campo Bom encanta os
visitantes e orgulha quem é da cidade. Morar num município diferenciado
que é cuidado com zelo faz bem a auto estima do campo-bonense. Caminhar
e pedalar pela ciclovia recém revitalizada, com flores, pergolados e muito
colorido, é um prazer diário que poucas cidades oferecem, por isso há quem
venha a Campo Bom apenas para usufruir de seus belos e democráticos
espaços que em 2010 ficaram ainda mais bonitos. O ano que se encerra foi
marcado também por investimentos em paisagismo e urbanização, pois a
Administração Municipal entende que arrumar a cidade, mantê-la bonita,
limpa, agradável e com opções de espaços diferenciados é um dever associado ao prazer de morar num lugar tão especial como Campo Bom.
Memorial do
Pioneirismo
de cara nova
Cartão postal de Campo Bom, o
Memorial do Pioneirismo passou
por completa revitalização.
Além de luminárias, pintura,
substituição de alguns itens
decorativos, o espaço na divisa
com Novo Hamburgo recebeu o
plantio de 9.000 mudas de flores,
tornando-se um cartão postal no
acesso de Campo Bom.
Avenida Brasil
encantadora
A Avenida Brasil ganhou
um charme especial
graças às obras de
revitalização realizadas
pela Prefeitura e que
incluíram o plantio de
55 pés de coqueiros
(jerivás). As árvores
recepcionam com alegria
e beleza quem entra em
Campo Bom, tornandose outro exemplo de
zelo e capricho da
Administração com a
apresentação da cidade.
31
Campo Bom...E do Melhor
CIDADE MAIS BONITA
Ciclovia
revitalizada,
mais qualidade
de vida para
Campo Bom
Um dos cartões postais da
cidade, a ciclovia, teve cerca
de seis quilômetros de seu anel
central revitalizado em 2010.
Num investimento de R$ 720 mil,
a Administração Municipal refez
o capeamento asfáltico da pista,
implantou floreiras, pergolados
e plantou mais de mil mudas de
árvores como palmeiras, ipês,
figueiras, coqueiros, extremosas
e jacarandás, refazendo o
paisagismo. Além disso, já
está recebendo iluminação em
todo trecho de 6 km, tornandose mais bonita e segura. Além
do anel central, a ciclovia está
sendo revitalizada no trecho
entre a Avenida Presidente
Vargas e a Rua Independência,
que receberá tratamento
semelhante ao anel central.
Mais de R$ 1 milhão na João Lampert
32
Importante via para o desenvolvimento econômico de Campo Bom, a Rua João
Lampert recebeu completa infraestrutura da Prefeitura e está pronta para receber mais
empresas. Localizada num dos acessos à ERS 239, recebeu drenagem, terraplanagem,
asfaltamento, implantação de meio-fio e iluminação, um investimento de mais de R$ 1
milhão com a finalidade de transforma-la em um novo distrito industrial.
Campo Bom...E do Melhor
CIDADE MAIS BONITA
Parcão mais bonito
O Parque da Integração Arno Kunz, Parcão, passou por completa revitalização em 2010 recebendo limpeza, colocação
de aterro, saibro, plantio de mais de cerca de 500 m2 de grama e mais de 100 árvores nativas como plátanos, coqueiros,
escova-de-garrafa e árvores frutíferas como pitangueiras, cerejeiras e jabuticabeiras. No último mês de novembro a
Prefeitura deu início ao processo de revitalização das praças de brinquedos do local.
CAMINHO
DOS
Plátanos
A Prefeitura
investiu em 2010,
na criação de um
futuro túnel verde
na estrada que
liga Campo Bom
a Dois Irmãos
(bairro Quatro
Colônias) e que
recebeu o plantio
de 320 pés de
plátanos com
cerca de quatro
metros de altura
cada.
33
Campo Bom...E do Melhor
CIDADE MAIS BONITA
Parque Municipal
do Trabalhador,
lazer o ano
inteiro
É com orgulho que a
administração municipal
entrega para a comunidade
um espaço de lazer
concebido para ser
referência e estrutura de
qualidade para o lazer
e convivência: o parque
municipal do trabalhador. O
espaço sintetiza o esforço
da administração em
oferecer para aos moradores
o ano todo um local de
qualidade, por isso, durante
os últimos meses, a área
de 50 hectares mereceu
um esforço concentrado
em obras e melhorias que
a transformaram em um
espaço diferenciado onde
muitos investimentos ainda
estão previstos. Um deles é
a construção do centro de
lazer da terceira idade.
Ruas pavimentadas
e iluminadas além
de estrutura como
banheiros, chuveiros,
estacionamento e
área de preservação
ambiental fazem do
parque um exemplo
em investimentos e
ponto de referencia
para os grandes
eventos do municipio
34
Campo Bom...E do Melhor
Bivaque da poesia
9o Bivaque
da Poesia
Gaúcha
Pela primeira vez organizado pela Administração Municipal, o 9º Bivaque da
Poesia Gaúcha chega para resgatar o que há de melhor nas rimas e versos gauchescos e na cultura tradicionalista. Dando vida a uma proposta da Prefeitura em preservar a tradição e as origens do Rio Grande do Sul, o festival reúne declamadores,
poetas e artistas de todo o RS e outros estados, valorizando desta forma o que há
de mais importante no povo gaúcho: o orgulho e paixão por sua tradição. Grandes
nomes da poesia irão marcar presença neste festival já consolidado como um espaço tradicional no rio grande do sul e que já revelou dezenas de talentos. Filho
do acampamento da canção nativa, o bivaque convida a todos para momentos de
emoção que só a poesia com a qualidade das inscritas neste grande festival podem
proporcionar. Junto com o Bivaque, a Administração Municipal promove também
o Acampamento da Canção Nativa e o Rodeio Nacional de Campo Bom.
33o RODEIO NACIONAL:
preservando as origens do RS
Responsável por resgatar as origens do RS e oferecer ao
público um espetáculo de provas artisticas e campeiras de alta
qualidade, o Rodeio Nacional de Campo Bom figura entre uma
das principais festas campeiras do estado. Ponto de encontro
de tradicionalistas de todas as querências, prima por oferecer
aos visitantes provas que seguem à risca os preceitos do
Movimento Tradicionalista Gaucho, por isso sua importância
como palco cultural. Organizado pela prefeitura a partir de
2011, é passagem certa de quem ama esse estado.
35
Campo Bom...E do Melhor
A Dor
Claudio Silveira/Cristiano Ferreira Pereira
Dor...
Que é sofrimento...
... das feridas;
tormento, aflição
...do desamor;
pena... remorso,
arrependimento...
dó dos bichos...
... dó de si;
ou apenas... Dor.
...Foram-se as eras...
...passaram-se os tempos...
... séculos e séculos...
E ela como um aço inquebrável
jamais deixou de existir...
qual uma sombra a seguir o homem,
na guerra, na angústia, na fome,
na saudade...
ofuscando o lume do nosso sorrir...
Mas... mesmo com a sua presença
não deixaram de se perfilarem as Pátrias,
resenharam-se as fronteiras,
repontadas pelos homens
que faziam da Dor
mais um horizonte para ser cruzado;
rasgadores de hemisférios...
campeadores de paz e novos rumos,
a pelear por seus ideais,
por algo mais...
inclusive pela Fé e... seus Mistérios.
Forjava-se então o Rio Grande
no alvorecer de sua história;
em meio a belezas e riquezas...
habitava a revolta,
o horror,
a vergonha...
O índio era mutilado... morto,
... tombado
36
Campo Bom...E do Melhor
... vencido
.... humilhado...
condenado a fazer parte de um passado...
na dor da carne e da alma...
... Os homens dos arreios...
que embora rudes e vaqueanos,
tiveram as vidas marcadas por dor,
no seu mundo “rural”...
... a dor resultante de um golpe de bagual
e... dos tirões de um laço de esperança
que muitas braças tinha...
a dor do cansar do braço
quando boleava groteiros campo afora...
da impotência ante aos desmandos e desvelos
ou...quando as ausências
se faziam esporas...
a lhes rosetear em puaços...
Veio, então,
o compasso dolorido
das tropas que marchavam,
rumbeando pros saladeiros,
e até as almas dos tropeiros
sentiam a dor
da marretada mortal...
E das rezes pealadas porteira afora
para a marca incandescente
e o fio da faca
que resenhava o sinal...
dos malinos cerdas grossa
que caiam enleados ao maneador,
condenados a morrer sem descendência,
pintando quadros na Querência
de vida, lida e
... de dor.
Existem exemplos outros...
Quando no espelho de sangue do Rio Negro,
A Dor sorria, vibrava – sem rubores –
por haver conquistado uma vitória
ao ludibriar ambas as cores;
quando lâminas cortaram
pela fama dos senhores,
brandindo o aço dos mitos
em nome de pecadores.
E o gume impiedoso de sua espada,
cortou junto das lanças e adagas
pra cobrir de rubro
o poncho verde das planuras,
na inerte loucura das guerrilhas,
de matar e matar...
... e os ranchos...
na dividida dor
de quem partia, peleava e tombava,
e de quem ficava, esperava... e esperava
na infinda prece
para esse tempo terminar.
...Dor...
...não a vemos...
apenas sentimos
nas Dantescas imagens das batalhas
ou no cristalino espelho das lágrimas,
que peregrinam andarilhas
nos caminhos da face
daqueles que sentem saudade.
São esses olhos
que hoje bombeiam a volta,
a vislumbrar tanta dor...
são retinas do pago que guardaram
o que viram e o que sentiram...
por campeiro dentre a lida...
por humano e pecador...
querendo não mais senti-la
para que essa força...
nos leve cada vez mais
pra o rumo certo do Amor!...
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
Corrida de Lebre
Lauro Antônio Corrêa Simões ( in memorian)
O rincho em tom de clarim.
Nesse tom característico
Dos baguais que se iniciam
Em seus primeiros galopes.
Têm o jeito vacilante
Do potro em primeira “pega”
Para a lida dos arreios.
No seu trotar cadenciado
Ritma as puas do ofício,
Mais cantoras nos careios
Que armas de sacrifício
De um domador que se preza
É assim que reprincipia
A cada manhã que nasce,
No chiar de uma cambona,
No rubro de um cerne em brasa
Ou, quem sabe, simplesmente
Nalgum “causo” de planura.
No gole da água pura
Que a pipa-d’ água conserva
Gelada da brisa andeja
Que passeia na ramada.
No universo do campo
O homem faz seu caminho
Pois ninguém anda sozinho,
Mesmo que assim pense estar.
No grito de um quero-quero.
Rosendo, o índio campeiro
Sempre tem de companheiro
Jesus a lhe amadrinhar.
Há um sentido misterioso,
Pra não dizer abstrato
Em uma cerca-de-pedra
Que corta um capão-de-mato.
Talvez do fundo da História
Pelos saraus das estâncias
Ganharam a importância
Da misteriosa aparência,
Inexplicável à ciência
Porque lhe falta a razão
De se prender a um grilhão
Mais do que corpo, a consciência.
E a camperiar no seu potro
O Rosendo que proguesse
Vendo à macega uma lebre
De grandes olhos matreiros.
Pena que dois bons lebreiros,
Parceiros diariamente
Tenham ficado à corrente
Pelo nascer dos cordeiros.
Quem vive o mundo do campo
Parece que o lebrão fala
E a sorrir vai dizendo:
- Cadê os lebreiros, Rosendo?
Neste varzedo de sala.
Bota a correr o teu potro!
Nem vais desatar o pala!
Aprende que à singeleza
É onde habita a beleza
Que alimenta o coração.
Na mais simples das figuras
Que inesperada acontece,
Uma visão resplandece
Qual aurora de verão
Na alma das criaturas.
Um lote de gafanhotos
Guasqueia às patas do potro
Que negaça mas, se ajeita
De maneira contrafeita
Querendo “tirá uma tóra”.
Pra quem conhece essa hora
A experiência é quem decide
Se haverá o revide,
Pois no momento mais conta
Que a doma já quase pronta
Não se perca por tão pouco,
No gesto meio de louco
De uma enganchada de esporas.
O rincho em tom de clarim
Parece um “naife” cortando.
No canhadão ecoando
Aquieta o capão-de-mato.
No meio do unhal-de-gato
Mais um mês, quem sabe dois
Porque sei tua morada.
Carreira já confirmada
Pra depois da parição.
Petulância do lebrão
Desfazer dos seus lebreiros.
Diminuir o parelheiro
Que ele nunca viu correndo.
Não sei se sou eu que entendo
Pois se não diz, eu que penso
Que apesar todo silêncio
Sabemos que quem decide
Qual será a cor do lenço.
O julgamento, lhe falo
É do Senhor de a cavalo
Que amadrinha o Rosendo!
O CORVO
Luis Lopes de Souza
Asas negras preenchiam
o esboço vazio da tarde...
Misterioso e repudiado
o abutre carniceiro
deslizou no céu do Pago...
Asas grandes estaqueadas
como pairado no ar,
a fome urgindo no instinto
e a gula cega no olhar...
Em sua faina agourenta
buscou o farto banquete
que se estendia alo largo,
naquele campo cenário
de um combate malogrado.
O fartum repugnava
no repasto mormacento,
regalo para saciar
seu anseio famulento...
...o que chamavam bravura
na tal de revolução,
não passava de barbárie
dos homens do mesmo
chão...
Chegou num vôo rasante
negaceando, vacilante...
mas decidido enfim
pousou o porte bizarro
no cobiçado festim.
Como quem busca detalhes
no caos macabro que via
o avejão relutava...
- Abria as asas, parava...
- Armava o vôo, voltava...
Como quem mesmo tentado
se sacrifica ao jejum
pra não cair num pecado...
Parecia renegar
sua natureza insaciável,
por pena da raça humana
ser tão fraca e miserável...
Eram homens!
Perfeição que Deus moldou
com o barro primordial,
pra ser de alma e matéria
sua imagem racional...
Sim, eram humanos!
O ser que domina o mundo
se decompondo qual bicho,
a ignorância estampada
com asqueroso capricho...!
Também chamados de,
gente!
-Mas, piores que o corvo
talvez-
Pois este nunca enfurece
e convive com sua espécie
numa instintiva harmonia,
não mata mesmo com fome
bem diferente do homem
que mata por covardia!
Não!
Não saciaria sua fome
naquele campo de guerra,
com os despojos da fúria
do pior animal da terra!
No mais nojento desprezo
galgou de novo o espaço
sumindo no céu do Pago...
Asas grandes estaqueadas
como pairado no ar
a fome urgindo no instinto
e a gula cega no olhar!!
37
Campo Bom...E do Melhor
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
Do Outro Lado do Rádio
Vinícius Antônio Machado Nardi
Muito embora não tenha água,
nem praia e tão pouco maré,
tem alma de campo e estrada
- o que deixa sempre o ouvido em pé-.
segundo o moço da rádio e o homem da
capital
- Mas chê ... tu anda escutando essas
bobage!”
“E vamos encerrando nossas
programações...
Shhhhhhhhhhhhhhh, shhhhhhhhhhhhhhh”
“Olha guri,
pro teu pai cabelos brancos”...
E calam-se os gritos e pingos.
E o rádio se cala.
“Mas que barbaridade de letra bonita.
Desgraça é este chiado lá no fundo.
Maria... ô Maria...
me traz um pedaço de bombril”
Do outro lado da sala
com um sorriso matreiro nos lábios
- e o parceiro embaixo do braço,
já que é nobre artista do cenário –
sai de cena o Almiro.
Seu parceiro fica só,
conversando com seus pensamentos.
Escuta apenas a voz do vento
- que já não carrega mais ondas em si-.
E lá se vai o aço na antena.
O rádio em sua caixa morena,
- molhado de tanto sol –
pousa agora manso embaixo da figueira...
Volta pra lida
que o cheiro da chuva
é perfume raro no pasto.
“Olha o dourado que bateu no espinhel...
Traz a canoa que rio fundo não da pé”...
“Barbaridade!
Hoje de tardinha vou pra cidade.
Tem que deixar recado pra tia Quitéria
e já aproveito pra trocar ideia
com esse moço locutor...”
No dia seguinte...
“Alô dona Quitéria...
Teu sobrinho Almiro mandou avisar
que te espera no domingo
- que vai ser um dia dos mais lindo –
e que a ovelha gorda vai carneá”...
“ E não é que sai até uns versinho...”
O dia lindo da semana
vira e revira em si.
Cai a chuva.
E leva a onda pro chão.
Enquanto isso, no bolicho...
“- Buenas... que baita viração.
Isso é coisa da virge que anda solta.
- Mas diz que logo volta o sol pro campo,
38
Campo Bom...E do Melhor
“E agora, pra fechar a empreitada
um baita verso do Jayme...”
Bzzzzzz, shhhhhhhhh...
“Em Brasília, 19 horas”
“Mas que diacho...
Tinha que ser agora?
Mas que deixasse pra outra hora
As notícias lá de cima...”
E o rádio, pequeno parceiro,
anuncia a vida do braseiro
e singra na fronte um sinal:
a lua já vai banhar o campo
melhor é seguir de volta pro rancho
que o dia já chegou no final.
Durante a janta,
- retoçando as ideias –
vem uma marca nova
pra por vida na matéria.
No som alegre e pequeno
bailam pelo rancho pobre
os desejos- e as pernas –
de um pequeno par de vidas.
Depois, cansada da lida,
a Maria finge que não escuta,
o último estampido do botão...
Silente murmúrio de campo,
- será de sanga ou de rio?recobre-se diante da vida
- e também por causa do frio -.
“E lá se vai a vida,
em cada noite escorrida.
Mas amanhã bem cedo renasço
- pois o rádio verga meu aço –
me fazendo chorar e sorrir.”
E no primeiro pontear de luz
- e de som, pra não perder o tom- ...
descobre então que renasceu.
Sim, pois entre os zumbidos
músicas, alertas e notícias,
confesso amargamente que menti.
Almiro, que pena, não era eu,
pois vim depois da magia
que junto ao rádio se perdeu.
Mas se uma onda nova
atinge em cheio meu ouvido
- e me faz de novo perder o sentidodescubro que finalmente renasci.
Em seu balanço firme e eterno
forte vergador de meu aço
me vejo assim, correndo descalço
e me revelo de novo um GURI.
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
A CRUZ DE CEDRO
Rodrigo Nolibos Bauer
Talvez tenha sido morto na Guerra do Paraguai...
Ninguém o sabe por certo, que o tempo longe se vai...
Num cemitério de campo plantou-se mais um cristão
e a Cruz de cedro, ainda verde, ficou cravada no chão!
Em seu retorno pra terra, nunca talvez lhe ocorresse
que emprestaria as entranhas para que a Cruz não morresse!
Ou sua alma guerreira, por ter a fibra imortal,
ganhou a Cruz de madeira, se erguendo na vertical?
No seu enterro pacato, poucos amigos, parentes...
É neles que permanece, pra sempre, um pouco da gente!
Depois, na noite com chuva, o campo inteiro sentiu
mais uma ausência habitando o cemitério vazio!
O tempo cruzou com tropas, carretas e temporais
e a Cruz abriu mais os braços pra receber os cardeais...
Enraizou suas lendas e hoje, copando mistérios,
sombreia além dos antigos limites do cemitério!
O sol acendeu os dias e a vida, então, continuou
e a Cruz de cedro, ainda verde, vencendo a morte, brotou...
Quando se deram por conta, de verde estava vestida
uma ironia campeira marcando a morte com vida!
Seu nome, a poeira da história, por certo já sepultou,
mas sua Cruz é tão viva que, sem cuidados, brotou!
Descansa um homem sem nome dentro da cova sem luz...
Vencido pelo passado, velado por sua Cruz!
Ode às Mãos do Bem
Vaine Darde
Não, não invejo os pássaros...
Pois só tem asas quem não tem mãos.
E foi pela vocação das mãos
Que construímos caravelas,
E nos jogamos aos mares
Pra transpor os continentes,
E nos tomamos Ícaros insones
Pra voar entre as estrelas.
Foi pelo auxílio das mãos
Que saímos da treva das cavernas
Para a luz da sabedoria,
Que falquejamos as dificuldades
Da pobre condição humana
Para o domínio dos objetos
E conquistamos os mares, os ares
E onde nossos avós plantaram casebres
Semeamos edifícios.
A mesma mão que alcança o mate:
Tece o pala, trança loncas,
Toca acordes, lança o laço!
E quando os lábios imprimem
A música do verbo,
Aí, sim, as mãos são asas...
Um par de asas inquietas
Dialogando com as palavras.
E como tudo, entre o céu e a terra,
Há mãos do bem e mãos do mal:
As que se unem pela vida
E as que se armam para a morte,
As que afagam e as que agridem,
As que condenam e as que perdoam,
Mãos que curam e mãos que matam.
Mas as mãos que me fascinam
São aquelas mais humildes,
As aprendizes do oficio da semente,
Que fecundam esperança
Com a dádiva do grão.
Incansáveis mãos, mágicas mãos
Que transformam trigo em pão
E se ferem pelas uvas
Para a comunhão do vinho.
As mãos que me encantam
São as mãos que salvam vidas,
Que exercem dons divinos
Num labor angelical:
Mãos que curam, que acolhem.
Que orientam e protegem,
Que se doam pelo outro
Em inúmeros ofícios
De sublime vocação.
As mesmas mãos que firmam tentos
Pra que o homem se imponha
Sobre a força do animal,
São as mãos que acariciam
E andejam com ternura
Quando a pele veste céu...
A mão que marca a fogo
Pode ser também a mesma
Que oferta a rosa rubra.
Há mãos que imitam Deus
Pra transpor a realidade
Ao criar o inexistente
Quando a arte é religião,
E há mãos que se dedicam
A encantar a solidão
Ao semear vale e planície,
Desde o rio ao horizonte,
Povoando o ermo extenso
Com a dança das espigas.
Há mãos que se embriagam
No bailado das adagas
Nesse bárbaro ritual
Que ostenta armas brancas!
Mas há mãos que erguem taças
Pelo amor ou pela paz,
Ou nos templos, nos altares,
Quando o vinho é consagrado
No mais belo dos mistérios
No esplendor da liturgia.
Se foi pela razão que nos tornamos
Absolutos sobre a terra,
Foi pelas mãos que nos fizemos
Artífices de todas as conquistas,
Dominantes de nosso tempo,
Audazes e capazes de todas as ações:
Mover rios, remover montanhas,
Redescobrir a vida, reinventar a criação,
Refazer a luz e pisar na lua.
Não vou cantar às mãos do mal,
As que mutilam e destroem,
As que assinam e assassinam
Pelo mau uso do poder.
Essas não me interessam por seus atos
Pois são mãos que profanam e
arrebatam
A vida, o sonho, o pão.
Glória, sim, às mãos do bem,
Às calejadas mãos de ofícios nobres,
Mãos que plantam esperança
Pra colher searas plenas.
As mãos... as mesmas mãos...
As mãos que nos trazem à luz
São as mãos que nos sepultam.
Mãos que embalam o berço
No materno apogeu...
E, postas, unidas, entrelaçadas,
Ou dedilhando o terço
Unem o humano ao divino
Quando o homem, de joelhos,
Cruza as mãos perante Deus!
39
Campo Bom...E do Melhor
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
Porque Choram Inocentes...?
Jorge Luiz Rosa Chaves
Por que choram inocentes...
Se o mundo evoluiu?
Nos ponchos preservativos;
A mágica solução!
...Se o pingo espera encilhado
E o sol hermana pro frio.
No farto úbere latino,
Celeiro da humanidade;
... Santa mãe prosperidade!
Aos tambores rangem dentes,
- Lágrimas inconfidentes...Sangrias de apologias
Que aporreiam o mal;
N’alguns templos rasgam o
“verbo”
Aos cânticos espirais.
Se os altidoors pilcham a Terra
Com a bandeira universal
Desta Globalização,
Em conselhos de silêncio...
Três mundos num mesmo chão?
Se as asas da paz libertam
Com medalhas cor de mel,
Se não falta pão e leite
Nessa “Torre do Nobel”.
... Por que choram inocentes...
Se o mundo evoluiu?
Na fecunda evolução,
Urânio, lixo e gatilhos...
- Corre a tecnologia –
E a tal mídia contamina
Com a Pedra Filosofal.
Um satélite prosaico
Numa clareira do ozônio,
Troca orelhas espiando
Os carentes pequeninos,
Com o sal da devassidão.
DNAs viajam em provetas...
... Nas manchetes dos jornais.
Multiplica-se a Palavra
Com a verdade ou afronta
- Numa urgência missionária –
Liquidação de passagens...
... Pra Arca, mas
Quem lhe apronta?
Por que choram inocentes...
Se o mundo evoluiu?!
Se o gaúcho enfrena sonhos
Nos pampas do Mercosul,
E há uma doutrina consciente
Pra história da palmatória.
Acalambraram-se os vícios
...A tropéis da sociedade?
Se os “loucos valores certos”
Na “Profecia do Bem”
- Amadrinham a juventude –
Viva a nossa plenitude...
Mesas encurtam pras massas
De manobras, para as guerras...
E alargam-se os territórios
Nos caminhos da Internet,
Em sogueiros escritórios.
Já não há temor às pestes
E os campeiros nos agrestes
Gineteiam os desafios,
Se escomungamos Golias...
Por que minas e pavios?
...Por que choram inocentes...
Se o mundo evoluiu?!
...A febre nos engoliu?
Por que escondem nossas crias
Se a marcha abrandou o tom,
E os cavalos não se alçam?
Já ruídas não se calçam
As botas da intolerância
Na luz da diplomacia.
Emergem mais camicazes
P’rum Império armamentista
... de uma “raça superior”!
E torres contemplativas
debruçam conflito e dor.
... A fé batiza a coragem...
em estandartes, mensagens...
...funerais da hipocrisia!?
Com tapetes de neon,
Os céus enfeitam os portais
- se descansam os lanceiros –
... por que tremem os mortais?
Aos escombros das muralhas,
“homens” juram sobre o Livro:
...- “Eu prometo... serei bom”!
Charqueiam as sesmarias
e aprontam as cavalarias
pros berros do Armagedon.
Por que há medo nas gentes
se a fuga já está emalada,
pra meridianas alturas,
em disquetes eficientes...
- Suam vida as criaturas,
no choro dos inocentes!
Ases montam em radares,
riscando o pala celeste.
Na boca livre dos ventos:
...escarcéus, questionamentos...
- A paz não está nas fardas
que guardam lerdos discursos...
... escudos, dogmas, cor...
...Está na simplicidade,
na justiça que harmoniza...
...para as portas do amanhã:
- As sete chaves do amor!!!
Horizontes Largos
Rodrigo Canini Medeiros
Habita meu horizonte
uma alma sorridente
e um jeito calmo de ser
que evoque a sabedoria
de um andar desmesurado.
em meio às réstias de sol;
água pura de vertente
para avivar consciências
e ressonâncias de viola
despertando o coração.
Povoa meu horizonte
um céu de estrelas silentes
e um vento que sopra manso,
com grilos e vagalumes
rondando a volta das casas;
O meu amanhã distante
há de ser iluminado
por prendinhas graciosas
e inquietudes de meninos
com sorriso disfarçado
e traços bem conhecidos...
Há de ter uns olhos claros
de paixão e de mistério
e um cheiro doce de fêmea
me embriagando os sentidos.
Ocupa meu horizonte
um alforje de lembranças
de me fazer rir por dentro
nas noites enluaradas;
amanheceres serenos
40
Campo Bom...E do Melhor
O meu longínquo horizonte
há de ter caminhos planos
e um caminhar de mãos dadas
de imensa cumplicidade;
há de ter amigos plenos
mesas repletas de vozes,
flores de todas as cores,
vinho, pão e uma sesta.
O meu oculto amanhã
há de tornar surpreendente
o entardecer dos caminhos,
desvendando outro horizonte
de contornos transcendentes
nesta jornada sem fim!
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
Palanque
Cristiano Ferreira Pereira
Palanque!...
A fibra e o viço da madeira...
Contendo a força bruta
Que lhe tironeia.
Palanque...
A rigidez... a retidão...
A alterar destinos... temperamentos...
A sujeitar os ímpetos
E registrar lições... com as marcas do
tempo.
Talvez...
Quem retrate esse ente campechano,
Baseado apenas na imobilidade “aparente”,
Não o fite com os olhos de ver além...
De olhar para trás...
Estradear no tempo...
Este... menor que o merecido... .
...Maior que o aparente.
Assim...
Não te verá: Palanque!...
Com teus galhos de Guajuvira,
Balançando ao vento...
Para a roda constante do chimarrão
...Junto a ti.
Agregavas a teu redor...
Vidas tantas... que ganhavas gestos...
Histórias, vozes... e expressões;
Somavas amigos a teus fins-de-tarde...
E ao canto contumaz dos pássaros.
E a força que se renovava...
Com as ervas do chimarrão - seiva bugra Entre os palheiros, os causos... os
recitados...
E a chiadeira de um radinho insistente...
Por conta de algum “aviso”.
E pros pequeninos...
Quantos sonos tranqüilos
Velastes, serenamente... à tua sombra;
Povoando os sonhos com tua imagem
...Imponente e acolhedora;
Cantando ventos entre teus galhos...
Cantigas de ninar e... de ronda,
Pra bonecas de pano... ou tropas de osso.
E nas “ingratas” e temporais,
Fostes porto-seguro...
Abrigo resistente e firme;
Rígido pra não tombar...
Mas... móbil o suficiente para acolher...
Os que a ti recorriam.
Ah, senhores!...
Só não o notou
Quem não fez por onde!...
Personagem marcante do dia-a-dia,
Bombeando longe...
...Até onde a vista alcança,
Sendo testemunha e quartel...
General imponente sobre a coxilha
E parceiro sempre pronto...
Antes de qualquer pegada ou...
Num matear de mano...
Naquelas horas em que a coisa enfeia
E se campeia guarida...
Ao invés de olhares recriminantes.
Mas...
Quando o destino marca na paleta...
Não há torena que sujeite o golpe...
E... num sofrenaço...
A jornada muda!...
Calam os cantos ao derredor...
Os gestos mudam...
Se extinguem.
No costado... não rodam mais as cuias...
Surgem ponto final...
Interrogações...
E... um recomeço!
Nova fase...
Agora... sim!...
É um palanque forte,
Tironeando potros
Pras lições das domas;
Mostrando aos queixudos a moral dos
campos...
...Contendo ímpetos,
No teu exemplo ímpar
De agüentar tirões!
A tua volta...
Sentam, se alçam e se entregam...
À ação das lidas...
Até os mais pavenas e brutos!...
Tua seiva é outra hoje...
Vem do suor dos que te cercam...
E das chuvas mansas... de lavar a alma.
Ainda é companheiraço
Dos brinquedos da gurizada...
Quando a ti se achegam os laços
De algum “bracito” treinando...
Ou para ti correm
As pegadas pequeninas...
Brincando de se esconder...
Ou... no trato de algum cavalo-de-pau...
...Que sempre precede aos petiços.
Ah! Amigo velho!...
Ao te ver bombeando o pampa
E a teu horizonte largo,
...Palanqueando a tua carga...
...O tempo pára!...
Já não contam as horas desse tempo...
E não cantam... as rosetas das minhas
esporas...
São meus olhos que me cabresteiam...
E me prendem a tua imagem...
E eu... me entrego ao tirão maior...
Este de “quebrar o queixo” da consciência
...
...Topo de frente... com a Lei da Vida!
Ah! Senhores!...
Surgimos todos pra somar no mundo...
Frágeis e sujeitos aos tombos...
Das forças todas que nos cercam...
Ganhamos o viço...
Cerne forte...
Ramificações...
Agregamos vozes...
...E amigos.
Crescemos sendo cuidados e... depois
...Somos fortins e aconchego;
...Acalanto e... tironaço!
E... mesmo com o cerne forte
Tombamos com a ação dos anos...
Mas... ficamos ainda...
Como Palanques vigorosos
Cravados nas coxilhas, nos campos
E... peito adentro dos homens;
A alinhar destinos e temperamentos...
...Com cada lição deixada... a apontar
sentidos...
...E ser contos pras bonecas-de-pano...
...E aboios pras tropas-de-osso...
...E dar viço e força... de pais e avós...
...Pra eterna criança que há em nós!...
41
Campo Bom...E do Melhor
CONSCIÊNCIA AMBIENTAL
POR ESTA LUZ!...
Guido Moraes
Tanto berrou, sapateou, implorou
e afinal chorou
que Fabiano ficou de rédeas no chão...
Estranhando a demora da lenha,
pela janela do oitão
entreviu Chiquinho sentado no picador,
soluçando de fazer lama...
- Ligeiro, guri,
que tua mala de garupa já tá pronta!
Só falta emalá o ponchinho...
Descrente e ansioso,
guri, graveta e lenha,
mais o cachorro Bilu
invadira rancho e alma do Posteiro.
Na jantinha arroz-com-couve
e um feijãozito com charque,
Fabiano sentenciou:
“Tropear neste janeiro ardente
não é comer biscoito com apojo...
São trezentos bois de vário pêlo
e várias cruzas,
cruzando gados e campos alheios.
Precisa tino e traquejo,
destreza e firmeza nos arreios.
Água e lenha no fogão
é serviço pra esse peão...”
- rematou apontando seu Chiquinho.
Cinco dias de cansaço e poeira.
Seis noites sob o céu que era uma joeira.
-Hoje a ronda é contigo, guri bueno!
42
Campo Bom...E do Melhor
-Varo a noite de olho aceso, Tio Pedroso!
-Eta guri tigre! Gente brava..!
Fabiano sorria para dentro,
orgulhoso,
sabendo que o guri não se escalava.
Mas... na última porteira,
a tronqueira encimada lindamente
pelo ninho-berçário da forneira.
O casalzinho barroso deu rasantes,
gritando, azucrinando, protestando,
quase furando a orelha do intruso...
(Deixa estar – grunhiu Chiquito –
na volta vou calar esse gritedo...)
Entregue o gado, voltavam satisfeitos,
dever cumprido, a plata na guiaca,
já repartida pelo capataz de tropa.
Bem antes da porteira dos barreiros,
Chiquito esporeou a rosilho
e esperou, compondo arreios e
redemoinhando,
que passassem todos os tropeiros...
Desaparecendo estes no lançante,
de pé nos estribos, pra crescer,
enfiou o cabo do relho com fiel e tudo
na fresta do ranchinho topetudo
e puft..! Prole, penas,
musquinhos, lama dura,
amontoaram- se em estranha sepultura...
“FARTO E VARIADO MUNÍCIO
NO BOLICHO DO APPARÍCIO!”
gritaram , chegando à pulperia...
Branquinha correndo farta,
gasosa para o Chiquito
conforme a reza da mãe:
“Ave, Maria cheia de graça,
guri pequeno não toma cachaça!”
Mala cheia, além do trivial:
salame, sardinha, rapadura,
caramelos pro menino,
um fumo de Sobradinha
e caninha daquela pura...
Repechando para o Posto, vendo as
plantas,
Só o umbu.... e as laranjeiras...
esporeou.....galopeou...
(E A FUMAÇA QUE UM PASSANTE VIU NO
RANCHO?)
Só a pereiras....e as figueiras.... SÓ???
...E AS CINZAS.... E o fogão torrado
e a cama velha da finada retorcida...
Chiquiiiiito!
Antes do sono inconciliável, sob o umbu,
perguntou por perguntar:
- Tu não buliu com o ninho dos bichinhos?
Na porteira aquela?
- POR ESTA LUZ, PAI!
Fabiano, tirando o chapéu dos olhos,
não viu Lua....nem Estrela...ou
Vagalume.
CONSCIÊNCIA AMBIENTAL
Compromisso
com o futuro
Mais do que cuidar da cidade a Prefeitura tem o compromisso de zelar pela integridade ambiental de Campo Bom, atuando com a responsabilidade de pensar o município para o futuro, proteger suas reservas naturais e formar cidadãos comprometidos com o bem da cidade. Focada
neste compromisso, criou em 2010 a Secretaria Municipal de Meio Ambiente cuja finalidade principal é atuar na formação de consciência em
adultos e crianças. Neste sentido a Administração Municipal realizou
em 2010 diversas ações voltadas à preservação ambiental, área considerada de vital importância para a Prefeitura sendo que um dos resultados
mais positivos desse trabalho é o fato de que, graças à conscientização,
em 2010 Campo Bom conseguiu reciclar 17% do lixo que produz.
Estímulo à
reciclagem
Mais do que arborizar
a cidade, a Prefeitura
tem trabalhado na
conscientização dos
moradores por meio de
programas que estimulam
a separação do lixo seco. A
coleta seletiva em Campo
Bom é feita a partir de Pontos
de Entrega Voluntária, nos
quais a comunidade deve
entregar seu resíduo seco
para ser reciclado e retornar
à cadeia produtiva.
Conscientização de catadores
Também fruto da busca pela conscientização, a Prefeitura vem desenvolvendo um belo trabalho junto
aos catadores de Rua que recebem orientação e qualificação por meio de cursos onde aprendem a
manusear e armazenar de forma correta o resíduo seco, gerando ainda mais renda para o grupo.
Campo Bom...E do Melhor
43
CONSCIÊNCIA AMBIENTAL
A responsabilidade
da Posse
Um dos trabalhos destacados da
Secretaria de Meio Ambiente é o programa
Posse Responsável. Além de conscientizar
as pessoas sobre a responsabilidade de
adotar um cão ou gato, ainda atua na
esterilização de animais de Rua. Neste
sentido o programa Esterilização de
Fêmeas Errantes evitou que mais de 3 mil
filhotes nascessem nas Ruas de Campo
Bom e ficassem abandonados.
Entreposto dá destino
adequado ao lixo
Graças ao Entreposto de Recicláveis implantado pela atual
administração o lixo seco que é coletado pelos catadores pode
ser separado, enfardado e vendido para reciclagem. O prédio
de 300m² permite que o grupo trabalhe com segurança e
possa estocar e vender o que arrecada, sem atravessadores,
resultando em uma renda melhor para o grupo.
Alunos
conscientes
O compromisso com a
conscientização é levado
também para dentro das
escolas por meio da Rede de
Educação Ambiental e dos
monitores ecológicos. São
professores e alunos que
reúnem-se periodicamente para
aprimorar conhecimentos sobre
questões ambientais, tornandose multiplicadores dessa
consciência.
Aprendendo
com as flores
44
Já o projeto Floração Para a Vida é um dos reflexos
desse aprendizado. Por meio dele, alunos são levados
a praticar ações como plantio de flores. Além de plantar
as sementes e cuidar da flor desde a germinação,
aprendem na prática a zelar pela natureza e convivem
com espaços como o Horto Municipal e o Laboratório
de Ciências. A produção de flores do programa que
já rendeu 26 mil mudas pode ser vista diariamente
pelos campo-bonsenses nas rótulas e nos canteiros
enfeitados que estão por toda a cidade.
Campo Bom...E do Melhor
CONSCIÊNCIA AMBIENTAL
Dia da Troca
estimula
cidadania
A fim de incentivar a
comunidade a reciclar o lixo
seco, a Secretaria Municipal de
Meio Ambiente implantou o Dia
da Troca Permanente, por meio
do qual o cidadão pode levar seu
lixo seco em qualquer um dos
95 Pontos de Entrega Voluntária
(PEV) e troca-lo por mudas de
flores, árvores ou ainda por
adubo orgânico.
Recuperação
da mata
ciliar
Mais de 60 espécies
de árvores fazem
parte do processo de
recuperação da mata
ciliar realizado em 2010
e que resultou no plantio
de cerca de 6 mil mudas
de árvores às margens
do Rio dos Sinos e
cursos d’água por toda
a cidade.
Mudas nativas
no horto
florestal
O Horto Municipal produziu,
só em 2010, mais de 5 mil
mudas de plantas nativas
que têm embelezado a
cidade e auxiliado na
reposição da mata ciliar.
Grande parte das mudas é
doada aos moradores por
meio do programa Dia da
Troca Permanente.
Você sabia?
ve presente em
Meio Ambiente este
Que a Secretar ia deedições do Festejar é Sempre Bom
cada uma das sete troca de resíduo seco por mudas de
com postos para a 10 foram mais de 700 trocas durante
plantas? Só em 20 lvendo mudas de ár vores, flores e
as festividades, envopara adubo
composto orgânico
o já participou de
de municipal de ensinbiente ou participou
re
da
no
alu
do
to
e
Qu
lacionada ao meio am
alguma atividade re como o Horto Municipal, Central
ço Floração, ou
de visitações a locais
s Domésticos, Espa
Municipal de Resíduoa Rede de Educação Ambiental?
fazendo parte de um
Campo Bom...E do Melhor
45
CONSCIÊNCIA AMBIENTAL
Muitas ações
pela cidade
Plantio de árvores
recuperando a mata
ciliar do Rio do Sinos
por meio do projeto
Cílios do Sinos
Programa Adote
Campo Bom, que
incentiva a adoção
de área para
embelezamento da
cidade
Produção de mudas
de árvores no Horto
que já entregou
mais 12 mil mudas
de árvores para a
população
Remediação da área
do antigo lixão junto à
RS 239
Formação de
monitores ecológicos
Investimentos
para ampliação da
Usina de Resíduos
Domésticos
Peixe Dourado e seus
subprojetos, iniciativa
que também desperta
a conscientização
ambiental entre
crianças e
adolescentes
46
Campo Bom...E do Melhor
DESENVOLVIMENTO E INCLUSÃO
Igualdade
de acesso
Acolher a comunidade e oferecer oportunidades por meio de ações comprometidas com o desenvolvimento e a inclusão. Essa é a missão da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação de Campo Bom que
vem realizando diversos programas voltados ao bem estar e comprometidos
com jovens, idosos e portadores de necessidades especiais. Criar espaços
que oportunizem uma vida melhor aos que mais precisam, bem como promover a qualidade de vida é um compromisso da Administração Municipal.
Esse foco tem marcado todas as ações na área de assistência social cuja finalidade é bem atender e garantir igualdade de direitos e acesso a todos.
HORTA
COMUNITáRIA
Um dos destaques de
2010 foi a implantação do
Programa de Segurança
Alimentar. A Horta
Comunitária, no bairro
Aurora, é um exemplo de
trabalho em grupo. Alface,
repolho, beterraba, temperos
e muita dedicação formam
a receita desta iniciativa
que beneficia diretamente
cerca de 40 famílias que
receberam da Prefeitura
toda a infraestrutura para
a concretização do projeto.
Além da cedência da área
a Prefeitura entregou aos
moradores um espaço
de almoxarifado e poço
artesiano para irrigação.
REFORÇO ALIMENTAR
NOS BAIRROS
Preocupada em garantir
alimentação saudável às famílias
no período mais frio do ano, a
Prefeitura organizou o Sopão nos
Bairros, iniciativa que integra o
Programa de Reforço Alimentar,
cuja finalidade é auxiliar as famílias
atendidas pelos projetos sociais.
Além de alimento, o programa
oferece orientações sobre economia
familiar, boas práticas alimentares
e cursos de geração de renda.
Ao longo de 2010 mais de 10 mil
refeições de excelente qualidade
foram servidas à comunidade. Já
os cursos beneficiaram diretamente
mais de 250 pessoas.
47
Campo Bom...E do Melhor
DESENVOLVIMENTO E INCLUSÃO
INSERÇÃO NO
MERCADO DE
TRABALHO
A inserção no mercado
de trabalho através
de programas de
qualificação profissional
voltados a pessoas de
baixa renda também
é destaque. Em 2010,
mais de 250 pessoas
foram beneficiadas com a
iniciativa que oportuniza
crescimento profissional
e renda extra aos
participantes.
30 mil
agasalhos
distribuídos
A campanha do agasalho
é outro programa que
resultou em números
excelentes. Cerca de 30
mil peças de roupas e
calçados foram distribuídas.
Um benefício para mais de
duas mil famílias. Em 2010
a campanha se estendeu
para os bairros atendendo à
comunidade com conforto e
proximidade.
CERCA DE
DOIS MIL KITS
ESCOLARES
ENTREGUES
48
A entrega de cerca de dois mil
kits de material escolar alunos
da rede municipal em 2010 e
2011 é outra ação destacada
na Secretaria Municipal de
Desenvolvimento Social e
Habitação. Graças ao trabalho
da Administração os alunos
tiveram acesso a cadernos,
lápis, borracha, régua e outros
itens de qualidade para uso
em sala de aula.
Campo Bom...E do Melhor
DESENVOLVIMENTO E INCLUSÃO
FESTA DAS
CRIANÇAS
Outra iniciativa marcante
de 2010 foram as festas
do dia da criança. Também
organizadas nos bairros,
elas reuniram meninos e
meninas em brincadeiras
saudáveis regadas a
música, brinquedos e muita
diversão. Foram cinco
edições em diferentes
bairros, envolvendo mais de
1.500 crianças.
GRUPOS DE CONVIVêNCIA
Encontros regulares de autoajuda, passeios, apresentações artísticas, oficinas de talentos, espaços para
recreação e entretenimento também são algumas iniciativas que marcaram o ano de 2010 da Secretaria
Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação que mantém grupos de convivência de pessoas
portadoras de necessidades especiais, idosos e de Pessoas Com Deficiência (PCDs).
Exames em casa
Para garantir conforto e uma
melhor qualidade de vida
para a comunidade campobonense, além de entregar
medicamentos, a Prefeitura
está fazendo a entrega de
exames a domicílio para
pacientes do Sistema Único de
Saúde (SUS) cadastrados na
Secretaria de Desenvolvimento
Social e Habitação (Sedsh).
O programa, que começou
em 2010, entrega quase 30
exames toda a semana.
49
Campo Bom...E do Melhor
DESENVOLVIMENTO E INCLUSÃO
Outras iniciativas
Oficinas de fraldas para
geração de renda
Oficinas de padaria
Cursos no Horto Florestal
Implantação do Transporte
Social
Painel do emprego
Casa do Pequeno Aprendiz
passou a atender meninas
Entrega de 25 cadeiras de
rodas para a comunidade
Passe Livre
50
Campo Bom...E do Melhor
UM DIFERENCIAL
Mais obras e
investimentos
Os investimentos da Administração Municipal em 2010 passaram
também por serviços diferenciados como a internet sem fio gratuita que
atende toda a cidade e que recebeu aporte para ampliação da qualidade de sinal e velocidade de navegação. Esse investimento demonstra o
compromisso da Administração em investir também em áreas consideradas não essenciais, mas que resultam num diferencial em qualidade de
vida. Qual cidade do país mantém uma piscina pública e gratuita para a
comunidade, como ocorre com o Centro de Lazer Bela como a Aurora
Acilon Bica Alves? Ao direcionar recursos para obras como a reforma e
ampliação da sede do Corpo de Bombeiros, instituição sob responsabilidade do Governo do Estado, a Administração Municipal está investindo
no cidadão e, mais do que isso, no futuro de Campo Bom.
Centro de Lazer
Bela Como a Aurora
O Centro de Lazer Bela Como a Aurora Acilon Bica Alves
passou por completa revitalização e ajudou a refrescar
os dias quentes dos moradores no verão. A piscina de
860m² recebeu novo revestimento em fibra e o centro
ainda ganhou novos brinquedos, como balanços e
escorregadores, além de duas canchas de bocha.
Internet gratuita
ampliada
A Prefeitura está implantando novas
antenas e torres pela cidade para
ampliar a capacidade e velocidade de
conexão do programa W-Campo Bom,
que oferece internet gratuita para toda
a cidade. O link de acesso passará de
6 para 20 megabytes, mais do que o
triplo de banda de transmissão para a
internet gratuita disponível no momento.
Com diversas outras obras de melhoria
que estão sendo executadas nas torres
de transmissão de dados, a ampliação
do link fará com que os usuários finais
tenham um aumento significativo na taxa
de transmissão de dados com a internet.
O valor do investimento é de R$ 500 mil.
Nova sede para os bombeiros
A Prefeitura iniciou em 2010 as obras de ampliação da
nova sede do Corpo de Bombeiros. A melhoria atende
demanda definida pelo Conselho Comunitário. A sede
está sendo ampliada em 150m² com a construção
de novo alojamento, sanitários, sala de atendimento
e garagem com espaço para três caminhões. O
investimento da Prefeitura é de R$ 350 mil.
Isenção de
IPTU para
Idosos
Entre os anos de
2009 e 2010, mais
de mil aposentados
foram beneficiados
com a isenção do
IPTU – Imposto
Territorial Urbano,
resultando em
um total de mais
de R$ 300 mil em
benefícios.
Campo Bom...E do Melhor
51
CULTURA COMO DESTAQUE
Obrigado
comunidade
De todas realizações da Prefeitura em 2010, uma merece destaque especial: a participação de você, cidadão, nos eventos que a Administração
realiza. Ao longo do ano foram dezenas de ações organizadas gratuitamente e que só se tornaram possíveis graças à participação de cada um. Contar
com o prestígio dos moradores de Campo Bom em iniciativas promovidas
pela Prefeitura é um entusiasmo. Obrigado povo de Campo Bom por ser tão
especial!!! Obrigado por fazer parte dessa história e por tornar ainda mais
bonito e especial cada momento que dedicamos a vocês:
➜ Em 2009, no dia 31
de janeiro, aniversário
da cidade, os campobonenses ganharam de
presente o show de Zezé di
Camargo e Luciano e em
2010 o 52º aniversário foi
comemorado com o cantor
Leonardo. Os dois grandes
shows gratuitos reuniram
milhares de pessoas no
Largo Irmãos Vetter
➜ A encenação da
Paixão de Cristo
levou emoção às
famílias, na Páscoa.
52
Campo Bom...E do Melhor
CULTURA COMO DESTAQUE
➜ Em junho,
a comunidade
mostrou seu
talento por meio
do 1o Festival
de Coros e da
2o Mostra de
Corais
➜ No dia das
mães, a vinda
do padre
Antonio
Maria,
enterneceu
Campo Bom.
➜ Também em junho, brincou e se
divertiu no Arraial Municipal
➜ Em junho, ainda reconheceu quem ajudou a construir a cidade,
realizando o evento Resgate Histórico 51 anos de Campo Bom.
53
Campo Bom...E do Melhor
CULTURA COMO DESTAQUE
➜ O oitavo
mês do ano
teve também
a presença
do programa
Galpão
Crioulo na
cidade.
➜ A Festa das
Etnias foi a
grande atração
do mês de
agosto
➜ Na semana
Farroupilha, em
setembro, o folclore e
o tradicionalismo se
fortaleceram em eventos
como a Penha Crioula, a
Mateada e o Festival de
Declamação de Poesias.
➜ Além disso, com início em junho, o
projeto Festejar É Sempre Bom percorreu
bairros levando serviços e lazer.
54
➜ Campo Bom fez uma viagem
ao futuro com o tema do
desfile de Sete de Setembro
Campo Bom...E do Melhor
CULTURA COMO DESTAQUE
➜ Ainda em
setembro, o
Festival de
Bandas Marciais
foi uma novidade
em Campo Bom.
➜ Em novembro o ponto alto foi a participação
da população na Gincana de Bairros,
confraternização que envolveu toda a cidade com
tarefas divertidas e inusitadas.
➜ A criançada fez a festa e se divertiu
em um dia dedicado especialmente a
elas em outubro
➜ Outra
novidade em
outubro foi
o Festival
Gospel, que
reuniu trabalhos
surpreendentes
de músicos da
cidade.
55
Campo Bom...E do Melhor
CULTURA COMO DESTAQUE
➜ A mobilização dos
moradores também foi
responsável pelo sucesso de
iniciativas como o Conselho
Comunitário de 2010,
que percorreu 15 regiões
ouvindo os cidadãos sobre os
investimentos que desejam
para seus bairros.
56
➜ Em dezembro,
o Natal da
Integração
transformou a
cidade num lugar
encantador pelo
brilho e criatividade
da decoração;
e atraente
pela extensa
programação
gratuita e com
shows de renome
nacional.
Campo Bom...E do Melhor
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
Uma cidade
cada vez melhor
➜ Novo Parque
do Trabalhador
Uma cidade se faz com planejamento e ações organizadas a médio
e longo prazos. Para 2011 a Administração Municipal planejou diversos investimentos que prometem deixar a cidade ainda melhor.
EM S
OBRA
➜ Nova UBS
bairro Mônaco
EM S
OBRA
➜ Retomada
do Acampamento
da Canção Nativa
EM S
OBRA
➜ Realização
do Bivaque da
Poesia
EM S
OBRA
➜ Criação da
Casa do Artesão
EM S
OBRA
➜ Realização do
Rodeio de Campo
Bom
57
Campo Bom...E do Melhor
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
➜ Criação do museu
Casa da Memória
EM S
OBRA
➜ Investimentos
de R$ 5 milhões em
pavimentação
EM S
OBRA
➜ Aquisição de 90
lousas interativas para
todas as turmas de
séries finais
➜ Construção do
Centro de Lazer para
Terceira Idade
➜ Sede no campo
do Esporte Clube
Floresta
➜ Nova sede para o
Conselho Tutelar
EM S
OBRA
➜ Construção de
Centro Comunitário
no bairro
Cohab Leste
58
Campo Bom...E do Melhor
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
➜ Ampliação
e reforma na
escola Marcos
Silvano
EM S
OBRA
➜ Implantação
de Política de
Atendimento ao
Homem
EM S
OBRA
➜ Implantação
de consultório
odontológico
na UBS 25 de
Julho
EM S
OBRA
➜ Novas
quadras e
praças para
atividades de
lazer
➜ Academia
ao ar livre para
Pessoas Com
Deficiência
➜ Criação de
Academias
ao ar livre nos
bairros
➜ Ampliação
da sede do
Esporte Clube
Independente
➜ Construção
de Centro
Comunitário
no bairro 25 de
Julho
➜ Início da
implantação de
UTI no Hospital
Lauro Reus
59
Campo Bom...E do Melhor
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
➜ Construção de
berçário na escola
Tico-Tico
➜ Construção Centro
Materno Infantil na
avenida São Paulo
➜ Implantação
de consultório
odontológico na UBS
Santa Lucia
➜ Reforma
na pista de
bicicross
EM S
OBRA
➜ Implantação
de Política de
Atendimento ao Idoso
➜ Ampliação e
reforma na escola
Presidente Vargas
60
Campo Bom...E do Melhor
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
➜ Reforma e
ampliação da
UBS Celeste
➜ Pavimentação
de Ruas na
Barrinha
➜ Implantação
de escola de
anos iniciais
no Loteamento
Morada do Sol
EM S
OBRA
➜ Implantação do
Posto 24 Horas
➜ Reforma e
ampliação da
escola Primeiros
Passos
➜ Nova
sede para
a Casa de
Passagem
➜ Alargamento
da Rua Idalino
João Martin,
para redução de
alagamentos
➜ Recapeamento
asfáltico da Rua
Helmuth Saenger
➜ Ciclovia no
bairro Mônaco
➜ Ampliação
do centro
Comunitário do
Bela Vista
61
Campo Bom...E do Melhor
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
➜ Implantação
de gabinete
odontológico na
escola Rui Barbosa
➜ Ampliação e
reforma na escola
Adriano Dias
➜ Centro
Comunitário para o
bairro Celeste
➜ Recuperação
de quadras
poliesportivas
➜ Mais
espaços de
paisagismo
➜ Inicio de
serviços para
implantação de
loteamento popular
➜ Obras de
extensão de rede
elétrica
➜ Manutenção
do Programa de
Incentivo à Geração
de Emprego (Pige)
➜ Novos cursos
de qualificação
profissional
62
Campo Bom...E do Melhor
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2011
EM S
OBRA
➜ Ampliação e
reforma da Casinha
da Alegria
EM S
OBRA
➜ Ampliação e
reforma da escola
Dona Augusta
➜ Início da
implantação de
30 leitos Hospital
Lauro Réus
➜ Recuperação
e revitalização de
mais um trecho
da ciclovia
EM S
OBRA
EM S
OBRA
EM S
OBRA
➜ Reforma do Centro
Comunitário Cohab Leste
➜ Construção de pavilhão na
escola Princesa Isabel
Expediente
A revista Campo Bom....e do Melhor é uma publicação da Prefeitura Municipal de Campo Bom
Produção: Coordenadoria de Imprensa da Prefeitura de Campo Bom
Jornalista responsável: Sílvia Trovo/RP 8336 - Projeto Gráfico: Gil Jesus - Impressão: Grupo Editorial Sinos - Tiragem: 15 mil exemplares
63
Avenida Independência, 800 - Centro - fone (51) 3598-8600
Campo Bom...E do Melhor
Campo Bom...E do Melhor