Saiba mais sobre o Acinetobacter baumannii

Сomentários

Transcrição

Saiba mais sobre o Acinetobacter baumannii
O que é o Acinetobacter?
E o que acontece quando tiver alta?
É uma bactéria encontrada frequentemente no ambiente (na água e solo). Dos
mais de 20 tipos de Acinetobacter, é o
Acinetobacter baumannii aquele que está
mais associado a infecções adquiridas no
hospital.
O ABMR geralmente não afecta pessoas saudáveis,
como tal não são necessárias medidas especiais
quando for para casa. As precauções de contacto
a que esteve sujeito durante o internamento foram
necessárias para o proteger a si e a outros doentes
que muitas vezes se encontram debilitados e,
assim, mais sujeitos a apanhar infecções.
Como se transmite o Acinetobacter baumannii ?
Em sua casa a única medida importante a ter por
si e pelos seus familiares é uma boa higiene das
mãos, que irá prevenir não só a transmissão do
ABMR como de outros tipos de infecções!
O Acinetobacter baumannii é transmitido
de pessoa a pessoa por contacto.
Uma pessoa que seja portadora deste
micróbio nas suas mãos ou pele pode
passá-lo a outra pessoa, caso não seja
praticada uma boa higiene.
O Acinetobacter baumannii também pode
ser encontrado no ambiente ou no equipamento utilizado por uma pessoa portadora, caso não exista uma boa limpeza
destas superfícies.
Lave e seque as mãos:
• Depois de utilizar as instalações sanitárias e
depois de assoar o nariz.
• Antes e após contacto com uma ferida ou disposi-
Saiba mais sobre o
Acinetobacter
baumannii
Informação aos Doentes e Visitas
tivo que tenha colocado (por exemplo: algália).
• Antes e após prestar cuidados a um familiar.
• Depois de fazer a lida da casa, como por exemplo, limpar.
• Antes de comer ou beber.
O que pode causar o Acinetobacter baumannii ?
Esta bactéria pode, por vezes, causar
infecções da pele e das feridas. Em pessoas debilitadas e internadas há muito
tempo (especialmente em unidades de
risco, como os cuidados intensivos), pode
ainda causar infecções respiratórias e do
sangue.
Se tiver que ser re-internado por favor avise o
enfermeiro ou médico que teve Acinetobacter
baumannii multirresistente no internamento
anterior.
Se tiver dúvidas, por favor contacte-nos!
Comissão de Controlo de Infecção
Unidade Local de Saúde de Matosinhos
Rua Dr. Eduardo Torres
4454-509 Matosinhos
Telefone: 229 391 000
Correio electrónico: [email protected]
842_00_CCI_1860
Proteja-se a si
e aos outros!
Como é tratado o Acinetobacter
baumannii ?
Muitas vezes as bactérias vivem na pele
ou feridas sem causar infecção, não
havendo necessidade de tratar com antibióticos.
Nas instituições de saúde, o Acinetobacter baumannii é, muitas vezes, resistente
a muitos antibióticos, situação em que é
chamado de multirresistente. Nestes
casos, quando existe infecção, esta é
mais difícil de tratar.
•
Se estiver numa enfermaria, manter a
cortina corrida (evitando movimentá-la) para
que esta sirva de separação física com a
cama ao lado.
Se vier visitar alguém
ABMR que posso fazer?
•
Quando visitar alguém com ABMR deverá:
Não ter contacto com outros doentes
(pode falar com eles, mas evite contacto físico
ou partilha de pertences com estes). Se tiver
contacto, deverá lavar e secar as mãos antes
e após esse contacto (ou desinfectá-las com
um liquido azul colocado aos pés da sua cama
=> peça ao enfermeiro que estiver consigo
que o ensine a utilizar).
•
Se estiver internado e tiver Acinetobacter baumannii multirresistente (ABMR) o que posso
fazer?
Quando é detectado ABMR, deverá
haver alguns cuidados que os profissionais de saúde chamam de “Precauções
de Contacto”. Estes cuidados têm como
objectivo protegê-lo a si e aos outros e
evitar que este micróbio se transmita.
Os cuidados a ter quando está em
“Precauções de Contacto” são os seguintes:
•
Evitar sair da enfermaria/ quarto,
mantendo-se na sua unidade (chama-se
“unidade” ao conjunto de mobiliário e
equipamento em contacto com cada
doente, normalmente uma cama, mesa
de cabeceira e/ou cadeirão).
•
Manter a sua unidade com o mínimo
de coisas possível, de modo a ser facilmente limpo.
Lavar e secar sempre as mãos depois
de ir às instalações sanitárias.
•
Não tocar em feridas que tenha, mesmo
que protegidas por pensos ou em qualquer
dispositivo que tenha colocado, como por
exemplo: cateter por onde recebe soro, uma
algália por onde sai urina ou um dreno por
onde podem sair outros líquidos do seu corpo.
com
• Lavar e secar as mãos antes e após a
visita (ou desinfectá-las com um liquido
azul colocado aos pés da cama ou à
entrada de todas as enfermarias e quartos => peça a um enfermeiro que o
ensine a utilizar).
• Se estiver numa enfermaria, certificar
-se que a cortina está corrida para
que esta sirva de separação física com
a cama ao lado.
• Não ter contacto físico com outros
doentes ou a sua unidade (cama ou
mesa de cabeceira) nem com os seus
pertences.
• Não se sentar na cama.
•
Lembrar às visitas dos cuidados a ter (ver
pergunta seguinte).
Os profissionais de saúde irão utilizar bata,
luvas e, por vezes, máscara sempre que
entrarem em contacto consigo. Mas não entre
em pânico! É esta a maneira para o tratar
melhor, protegendo também os outros
doentes.
Em certas situações poderá ter que utilizar
bata, luvas e máscara que lhe irão ensinar
a colocar. Nessas situações tenha os
seguintes cuidados:
• Enquanto estiver com este equipamento
colocado deverá só ter contacto com a
pessoa que está a visitar, evitando ao
máximo contacto com equipamento ou
mobiliário.
• Logo que se afaste da unidade da pessoa que está a visitar (ou que saia do
quarto), deverá retirar o equipamento,
rejeitá-lo para um contentor de lixo com
saco branco e lavar ou desinfectar as
mãos.
Saiba mais sobre o Acinetobacter baumannii

Documentos relacionados