552 KBTU

Сomentários

Transcrição

552 KBTU
552 KBTU
Máquinas transfer de balancear alternadores
• Máquina de projeto modular com
sistema de transferência rotativo
• Seqüência de operações totalmente
automática, aplicação flexível, troca
fácil e diagnóstico de falhas
• Controle numérico do eixo para todos
os movimentos
• Fácil integração a linhas de produção
• Unidade de medição microprocessada
Range de aplicação
Medição e correção do desbalanceamento em alternadores
de diversos tamanhos. Aplicação em linhas de produção de
altos volumes.
Projeto
Máquina de cinco estações com seqüência de operações
totalmente automática.
Transferência de estação para estação e integração com
equipamentos periféricos através de um sistema de
transferência rotativo.
As peças podem chegar à máquina através de
transportadores ou em pallets.
Seqüência de operações
A unidade de transporte rotativa permanece parada sobre a
estação. Após início, a garra desce e pega o rotor nas
diversas estações, girando em 72° e depositando-os na
estação seguinte.
A unidade de transporte vazia retorna a posição inicial e as
funções da máquina ocorrem de forma automática,
paralelamente em cada estação.
Estação de medição:
O rotor é acelerado até a rotação de balanceamento,
desacelerado e posicionado na posição angular de correção.
Os valores de desbalanceamento são calculados e
armazenados.
Estação de correção:
O rotor é posicionado e corrigido por furação polar ou em
componentes em 1 ou 2 planos.
Estação de controle:
O rotor é acelerado até a rotação de balanceamento e então
freado. Os valores de balanceamento são calculados para
processamento future e então armazenados. Rotores for a de
tolerância após o 2o passo de correção (opcional) que não
possam ser trazidos para tolerância são segregados.
Estação de carga e descarga:
A unidade de transferência retira o rotor do transportador de
alimentação e o substitui pelo rotor da estação de controle.
Este segundo é então transferido então para o transportador
de saída, para o transportador de peças fora de tolerância, ou
ainda de volta a máquina para um segundo passo de
correção.
Schenck RoTec GmbH
Landwehrstrasse 55
D-64293 Darmstadt
Telefon (0 61 51) 32 23 11
Telefax (0 61 51) 32 23 15
http://www.schenck-rotec.de
E-Mail [email protected]
552 KBTU
Máquinas transfer de balancear alternadores
A furação em áreas adequadas do rotor (p. ex., nos pólos) é uma forma econômica de
corrigir o desbalanceamento.Um sistema inteligente de controle variável permite a
correção quase-polar ou em componentes. Esta alta flexibilidade é atingida através da
utilização de uma correção controlada digitalmente e um equipamento para
posicionamento.
A mais moderna tecnologia de medição: as unidades de balanceamento possuem
acionamentos por correia com servo motor AC, captadores de vibração eletrodinâmicos de
precisão e mancais para o rotor da forma exata.
Todos os componentes de contato com a peça possuem catracas posicionadores para uma
troca simples para outro tipo de rotor.
Softwares para o cálculo de correção, autoteste e avaliação estatística da produção estão
integrados a unidade de medição, que processa os sinais medidos de forma digital. A
ampla memória de dados de tipo, aliada a interface amigável de operação, permite
processo de preparação bastante automatizado.
Unidade de transporte rotativa efetiva e rápida. Seus movimentos suaves garantem a
manipulação da peça de forma gentil, além das garras serem equipadas com um sistema
de proteção. Caso a garra &
Schenck RoTec GmbH
Landwehrstrasse 55
D-64293 Darmstadt
8220;encontre&
Telefon (0 61 51) 32 23 11
Telefax (0 61 51) 32 23 15
http://www.schenck-rotec.de
E-Mail [email protected]
552 KBTU
Máquinas transfer de balancear alternadores
Dados técnicos
Unidade de medição
Correção polar, furação inclinada
541 KBTU
552 KBTU
CAB 850
CAB 850
•
Correção em componentes, furação inclinada
•
Rotor
Peso
[kg]
0,3 - 5
0,3 - 5
Diâmetro
[mm]
80 - 115
80 - 115
Comprimento
[mm]
50 - 180
50 - 180
Largura A
[mm]
2100
2100
Profundidade B
[mm]
2400
2400
Altura C
[mm]
2200
2200
[kg]
6000
6000
Incerteza de medição
[gmm]
1-2
1-2
Tolerância atingível
[gmm]
8
8
[s]
10 - 12
10 - 12
Tempo de troca de tipo
[min]
15/20
15/20
Volume de produção
[St./h]
300
300
Pressão de ar
[kPa]
450
450
Consumo de ar
[m3/h]
6
6
Consumo
[kVA]
13
13
Referência nr.
R0230100.01
R0230200.01
Referência nr.
R0230102.01
R0230102.01
Braço de segregação de peças NOK + transportador de peças NOK
Referência nr.
R0230103.01
R0230103.01
Codificação do pallet, mecânica
Referência nr.
R0230104.01
R0230104.01
Codificação do pallet, eletrônica
Referência nr.
R0230105.01
R0230105.01
Unidade de troca para outros jogos de garras
Referência nr.
R0230106.01
R0230106.01
Peças para troca para outros tipos de rotores
Referência nr.
R0230107.01
R0230107.01
Máquina
Peso
Tempo de ciclo
2) Máximo de 2 furos por plano
3) Diâmetros iguais/diferentes
4) Dados ilustrativos, dependentes do respectivo equipamento
Schenck RoTec GmbH
Landwehrstrasse 55
D-64293 Darmstadt
Telefon (0 61 51) 32 23 11
Telefax (0 61 51) 32 23 15
http://www.schenck-rotec.de
E-Mail [email protected]
552 KBTU
Máquinas transfer de balancear alternadores
5) Dependente do rotor
Schenck RoTec GmbH
Landwehrstrasse 55
D-64293 Darmstadt
Telefon (0 61 51) 32 23 11
Telefax (0 61 51) 32 23 15
http://www.schenck-rotec.de
E-Mail [email protected]

Documentos relacionados

HL 1

HL 1 permite não só sua calibração permanente, mas também garante uma alta precisão de balanceamento.

Leia mais

Série HGW

Série HGW O cuidadoso dimensionamento de todos os componentes da máquina garante uma longa vida útil, alta disponibilidade e segurança operacional.Os fusos de apoio especiais cobrem uma ampla faixa de rotaçõ...

Leia mais

HM 4 - HM 50

HM 4 - HM 50 universalmente; acionamentos por eixo cardã (U) permitem altas potências de acionamentos.

Leia mais

MAK-BA, MAK-BV

MAK-BA, MAK-BV montados. Os MAK permitem a correção do desbalanceamento através de furação em posições disponíveis no rotor (remoção de material) ou execução de furos para a posterior adição de massa (adição de m...

Leia mais

V 2 L - 40 L, VE 2 L

V 2 L - 40 L, VE 2 L Verticais, as máquinas de medição de força da série V foram especialmente desenvolvidas para o balanceamento de discos de turbinas e compressores de motores a jato, em um ou dois planos de correção...

Leia mais

DH 2 - DH 13

DH 2 - DH 13 próximo a sua freqüência natural faz com que o pacote de softwares seja completo. Para a medição da vibração do eixo, sensores sem contato são utilizados para análise do comportamento do rotor nos ...

Leia mais

GS 1000

GS 1000 Medição de run-out em componentes de câmbio integrado em uma máquina de balancear vertical automática. O run-out é medido durante a corrida de medição do desbalanceamento. Caso o desbalanceamento e...

Leia mais