Animais Exóticos

Сomentários

Transcrição

Animais Exóticos
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
COMUNICAÇÕES LIVRES
Animais Exóticos
pp. 427 - 436
104. Prevalência de Hematozoários em Aves Silvestres Admitidas no Centro de Recuperação de Animais 427
Selvagens do Parque Florestal de Monsanto (C.RA.S.P.F.M.) [Prevalence of Hematozoa in Wild Birds
Admitted for Rehabilitation at Centro de Recuperação de Animais Selvagens do Parque Florestal de
Monsanto (C.R.A.S.P.E.M.)] - Martinho, F.; Melo, P.C.
105. Programa de reabilitação de duas lontras de rio (Lutra lutra) [Rehabilitation program of two River 429
Otters (Lutra lutra)] - Salbany, A.; Roque, L.
106. De volta ao básico [Back to the basics] - Salbany, A.; Roque, L.
431
107. Marcadores epidemiológicos de Salmonella em aves exóticas [Epidemiological markers of Salmonella 433
in exotic birds] - Gomes, N.M.V.; Bernardo, F.M.A.; Ferreira, M.L.; Vidal, R.; Rosinha, R.; Machado,
J.
108. Diagnóstico e patologia de Salmonella em aves exóticas [Diagnosis and pathology of Salmonella in 435
exotic birds] - Gomes, N.M.V.; Ferreira, M.L.; Bernardo, FMA; Correia, J.J.; Barão da Cunha, M.
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
Animais Exóticos
Prevalência de Hematozoários em Aves Silvestres Admitidas no Centro de
Recuperação de Animais Selvagens do Parque Florestal de Monsanto
(C.RA.S.P.F.M.)
Martinho, F.1 ; Melo, Pedro Canavilhas 2
1
Hospital Veterinário da Estefânia, R. Almirante Barroso 17-A Lisboa, <[email protected]>;
2
Parque Natural da Ria Formosa, Quinta do Marim, Quelfes, 8700 Olhão
Está descrito que os hemoprotozoários podem afectar a dinâmica populacional de aves
silvestres. No entanto, muitos aspectos relativos à sua prevalência e efeitos patogénicos são ainda
desconhecidos. Em Portugal os estudos sobre este tema são escassos. Com este trabalho pretendeuse contribuir para o conhecimento da epidemiologia destas infecções em aves silvestres.
Durante um período de cinco meses compreendido entre 1 de Setembro de 2001 e 31 de
Janeiro de 2002 foram colhidas amostras de sangue a 84 aves admitidas no C.R.A.S.P.F.M.,
pertencentes a 5 ordens (Ciconiiformes, Falconiiformes, Charadriiformes, Strigiiformes e
Passeriformes), incluindo tanto animais irrecuperáveis como em recuperação. As amostras colhidas
foram usadas, entre outros exames de rotina, para a pesquisa de hemoprotozoários.
Foram identificados 3 géneros de hemoprotozoários: Leucocytozoon, Haemoproteus e
Plasmodium, sendo Leucocytozoon o mais frequente (19,1 % dos indivíduos). A prevalência total de
infecção por hemoprotozoários foi de 27,4 %. Esta prevalência é significativamente maior para
rapinas nocturnas (ordem Strigiiformes), 68,8 %, do que para rapinas diurnas (ordem
Falconiiformes), 19,3 %. Foram detectadas infecções mistas por Leucocytozoon e Plasmodium
(Buteo buteo) ; Haemoproteus e Plasmodium (Buteo buteo, Tyto alba, Strix aluco, Asio flammeus) e
Leucocytozoon, Haemoproteus e Plasmodium (Bubo bubo, Strix aluco). Foram encontradas
associações estatisticamente significativas entre duas ordens de aves, Falconiiformes e Strigiiformes
e a infecção por hemoprotozoários (4,63 e 14,54 respectivamente). No entanto, a associação entre
esta infecção e a presença de anemia nas aves não era significativa.
As prevalências de infecção encontradas são ligeiramente superiores às encontradas noutros
estudos feitos em Portugal e corroboram a ideia de que há um acréscimo de prevalência de infecção
de Sul para Norte ao longo do continente Europeu. Confirmou-se também uma maior prevalência
de hemoprotozoários em Strigiiformes (68,8 %) do que em Falconiformes (19,3 %) e associações
estatísticamente significativas entre duas ordens de aves, Falconiiformes e Strigiiformes e a
infecção por hemoprotozoários.
- 427 -
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
Prevalence of Hematozoa in Wild Birds Admitted for Rehabilitation at Centro
de Recuperação de Animais Selvagens do Parque Florestal de Monsanto
(C.R.A.S.P.E.M.)
Martinho, F.1 ; Melo, Pedro Canavilhas 2
1
Hospital Veterinário da Estefânia, R. Almirante Barroso 17-A Lisboa, <[email protected]>;
2
Parque Natural da Ria Formosa, Quinta do Marim, Quelfes, 8700 Olhão
It is described that hematozoa can affect the populations of wild birds. However, there are
many things about their prevalence and pathogenic effects that are still unknown. In Portugal there
are few works in this area. This particular work is expected to contribute to the knowledge of the
epidemiology of hematozoa infection in wild birds.
During a five-month period between 1st September of 2001 and 31st January of 2002 blood
samples were collected from 84 birds admitded at C.R.A.S.P.E.M., belonging to 5 different orders
(Ciconiiformes, Falconiiformes, Charadriiformes, Strigiiformes and Passeriformes). These blood
samples were used to run some routine test, besides the detection of hematozoa
Three genera of hematozoa were identified: Leucocytozoon, Haemoproteus and
Plasmodium, being Leucocytozoon the most common (19,1 % of birds). The total prevalence of
infection was 27,4 %. This prevalence was much higher in nocturnal birds of prey (order
Strigiiformes), 68,8 %, than in diurnal birds of prey (order Falconiiformes), 19,3 %. It was detected
some mixed infections by Leucocytozoon and Plasmodium (Buteo buteo); Haemoproteus and
Plasmodium (Buteo buteo, Tyto alba, Strix aluco, Asio flammeus) and Leucocytozoon,
Haemoproteus and Plasmodium (Bubo bubo, Strix aluco). The association between 2 groups of
birds, Falconiiformes and Strigiiformes, and hematozoa were significant (4,63 and 14,54) but there
was no relationship between the presence of anemia in birds and infection.
The prevalence of hematozoa is slightly higher than that found in other works made in
Portugal and supports the idea that in Europe there is an increasing prevalence of infection from
Southern to Northern countries. It is also confirmed that Strigiiformes have higher prevalence of
hematozoa (68,8 %) than Falconiformes (19,3 %) and that the association between these two taxa
and the infection by hematozoa is significant.
- 428 -
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
Animais Exóticos
Programa de reabilitação de duas lontras de rio (Lutra lutra)
[Rehabilitation program of two River Otters (Lutra lutra)]
Ana Salbany, Luís Roque
Mundo Aquático S.A. – Zoomarine, E.N. 125, km 65 – Guia, Albufeira
Resumo
Durante o mês de Fevereiro foram trazidas aos serviços Veterinários do Zoomarine através
do ICN e parque Natural de Montesinho e Vila real de santo António duas Lontras de Rio (Lutra
lutra) confiscadas com cerca de 45 dias de idade.
Fazemos aqui a descrição do processo de reabilitação e da sua evolução até ao momento.
Temos também como objectivo alertar os colegas para este tipo de situação e dos meios ao
nosso dispor para ajudar em situações mais invulgares da nossa actividade.
Summary
During February two 45 days old (estimated) River Otters (Lutra lutra) were confiscated
and brought to Zoomarine veterinarian services by ICN, through the Sapal de Castro Marin e Vila
Real de Stº António Natural Preserve.
We will describe the Otters rehabilitation process and their up to date.
It is also our intention to alert our colleagues to these situations and the means at our
disposal to help in the less usual events of our activity.
- 429 -
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
- 430 -
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
Animais Exóticos
De volta ao básico [Back to the basics]
Ana Salbany, Luís Roque
Mundo Aquático S.A. – Zoomarine, E.N. 125, km 65 – Guia, Albufeira
Resumo
Descrição generalizada dos meios laboratoriais mais simples ao nosso dispor, para o apoio
clínico da actividade.
Tentamos de uma forma simplista incentivar o uso de técnicas laboratoriais rápidas e
simples que nos podem dar informação preciosa e orientação nos diagnósticos clínicos de diferentes
áreas.
Summary
General description of the basic laboratory potential at our disposition related with all
aspects of the clinical activity.
We try to implement and reinforce the quick and simple laboratory techniques that allow
invaluable information and guidance on the clinical diagnosis in all different areas.
- 431 -
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
- 432 -
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
Animais Exóticos
Marcadores epidemiológicos de Salmonella em aves exóticas
[Epidemiological markers of Salmonella in exotic birds]
Gomes, N.M.V1.; Bernardo, F.M.A2.; Ferreira, M.L.2; Vidal, R.3; Rosinha, R.4; Machado, J.5
1
Rua Marcos Marreiros nº 23-1º, 1200-254 Lisboa.< [email protected]>; 2Faculdade de
Medicina Veterinária, U T L, R. Prof. Cid dos Santos, Pólo Universitário do Alto da Ajuda, 1300477 Lisboa, Portugal; 3Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa. Av. Das Forças Armadas
1649-019 Lisboa, Portugal; 4Laboratório Nacional de Investigação Veterinária (LNIV), Est. de
Benfica 701, 1500 Lisboa, Portugal; 5Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. Av. Padre
Cruz 1600-560 Lisboa, Portugal
Resumo
O objectivo deste estudo foi pesquisar marcadores epidemiológicos e factores de virulência
de Salmonella isoladas em aves exóticas mantidas em cativeiro no Jardim Zoológico de Lisboa e
Parque Ecológico de Monsanto.
Os serótipos encontrados foram S. typhimurium, S. derby, S. hadar, S. enteritidis, S. havana,
S. heidelberg e S. waycross. Os isolados com antibiorresistência (95 %) corresponderam a 8 perfis,
1 simples e 7 múltiplos. Encontraram-se 3 fagotipos de S. typhimurium (PT1, PT40 e PT104b) e S.
enteritidis (PT4). Não se detectaram bacteriófagos endógenos de Salmonella.
Encontraram-se fímbrias T1 em 31,3 % das estirpes. Não se detectaram hemolisinas. 27,3 %
das Salmonella testadas codificavam resistência ao mercúrio. 90 % das estirpes albergavam
plasmídeos entre 1,4 e 43 Md. Encontraram-se 3 endonucleases de restrição tipo II.
Os resultados apontam que estas aves podem ser portadoras de salmonelas de diversas
proveniências e com interessantes características de virulência.
Palavras Chave: Salmonella, aves exóticas, marcadores epidemiológicos, plasmídeos, fímbrias.
Summary
The objective of this study was to search epidemiological markers and virulence features in
Salmonella isolated in exotic birds kept in Lisbon`s Zoological Park and Lisbon`s Monsanto
Ecological Park.
The serotypes found were: S. typhimurium, S. derby, S. hadar, S. enteritidis, S. havana, S.
heidelberg and S. waycross. The antibioresistant isolates (95%) matched with 8 profiles, 1 simple
and 7 multiples. In 27,3% of the Salmonella tested, a codified resistance to mercury was observed
and 90% of the strains carried plasmids between 1,4 and 43 Md. Three phage types were found in S.
typhimurium (PT1, PT40 and PT104b) and S. enteritidis (PT4). Salmonella endogenous
bacteriophages were not detected. T1 fimbriae were found in 31.3% of the strains but hemolysins
were not found. Three type II restriction endonucleases were found.
These results suggest that these birds can be carriers of Salmonella of several sources and
with particular virulence features.
Key Words: Salmonella, exotic birds, epidemiological markers, plasmids, fímbriae.
- 433 -
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
- 434 -
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
Animais Exóticos
Diagnóstico e patologia de Salmonella em aves exóticas
[Diagnosis and pathology of Salmonella in exotic birds]
Gomes, N.M.V.1; Ferreira, M.L.2; Bernardo, F.M.A.2; Correia, J.J.2; Barão da Cunha, M.3
1
Rua Marcos Marreiros nº 23-1º, 1200-254 Lisboa.< [email protected]>; 2Faculdade de
Medicina Veterinária, U T L, R. Prof. Cid dos Santos, Pólo Universitário do Alto da Ajuda, 1300477 Lisboa, Portugal; 3Jardim Zoológico de Lisboa. Estrada de Benfica, 158/160 1549-004 Lisboa.
Resumo
A etiopatogenia e a epidemiologia de Salmonella em aves exóticas mantidas em cativeiro,
sendo desconhecidas em Portugal constituíram o objectivo deste trabalho em que se estudaram 483
amostras de fezes, água, alimentos e órgãos de aves do Jardim Zoológico de Lisboa e Parque
Ecológico de Monsanto. Nestas, 16 foram Salmonella positivas (3,31 %) em 9 espécies de aves,
com 27 isolados, 20 em órgãos e 7 em fezes. A prevalência foi de 2,19 % em amostras de fezes e de
8,4 % em amostras de órgãos.
Neste trabalho, 22,2 % do total de isolados de Salmonella foram obtidos por sementeira
directa e 77,8 % por sementeira indirecta: RV-He (52,4 %) seguido de RV-BGA (23,8 %), SC-He
(14,3 %) e SC-BGA (9,5 %). Não se detectaram parasitas metazoários nas fezes.
O exame anatomopatológico destas aves evidenciou lesões compatíveis com este processo.
Palavras Chave: Salmonella, aves exóticas, prevalência, lesões.
Summary
The pathogenicity and epidemiology of Salmonella in exotic birds kept in captivity, in
Portugal has not yet been studied. Therefore, the objective of this work was to evaluate some of
these aspects in birds kept in Lisbon’s Zoological Park and Lisbon’s Monsanto Ecological Park.
Samples (n= 483) of faeces, water, feedstuff and organs were collected. In these, Salmonella were
isolated in 16 samples (3.31 %) in 9 different birds species, with 27 isolates: 20 in organs and 7 in
faeces. The prevalence was of 2.19 % in faeces samples and of 8.4 % in organs samples, where the
observed lesions were described.
In this study, 22,2 % of the total Salmonella isolates were obtained by direct cultures and
77,8 % by indirect cultures: RV-He (52,4 %) followed by RV-BGA (23,8 %), SC-He (14,3 %) and
SC-BGA (9,5 %). Metazoan parasites were not detected in the faeces.
These birds anatomopathologic examination revealed lesions compatible with this process.
Key Words: Salmonella, exotic birds, prevalence, lesions.
- 435 -
Congresso de Ciências Veterinárias [Proceedings of the Veterinary Sciences Congress, 2002], SPCV, Oeiras, 10-12 Out.
- 436 -