Organizações de Produtores discutiram em Dublin o Futuro do

Сomentários

Transcrição

Organizações de Produtores discutiram em Dublin o Futuro do
10/10/2010
Fonte: IRISH FARMERS ASSOCIATION
Organizações de Produtores discutiram em Dublin o Futuro do
Sector da Carne de Bovino na Europa
As organizações dos principais países produtores de carne bovina da Europa
(Espanha, França, Irlanda e Itália) reuniram-se em Dublin – Irlanda a convite da
congénere Irish Farmers Association para discutir a situação actual do mercado e as
perspectivas do futuro da Política Agrícola Comum para o sector e das negociações
da OMC/Mercosul.
O representante da IFA para o sector pecuário, Michael Doran, disse após a
reunião, ser consensual que o principal factor que afecta o sector primário é o facto
do preço ao produtor estar abaixo do custo da sua produção.
Adicionou, que este é o quarto ano consecutivo que os produtores enfrentam
quebras no rendimento o que está forçar o abandono da actividade.
A contínua redução da capacidade produtiva da União Europeia constituiu um
problema muito sério não só para os decisores políticos mas também para os mais
de 500 milhões de consumidores que exigem dos produtores carne proveniente de
animais saudáveis, segurança alimentar e preocupações ambientais no modo de
produção.
Michael Doran disse que os consumidores não vão aceitar que as normas de
produção dos países exportadores sejam diferentes daquilo que se exige aos da
União Europeia.
Em jeito de conclusão, as organizações de produtores de Espanha, França, Itália e
Irlanda pediram que os deputados europeus dos seus países defendam e apoiem de
uma forma intransigente o sector da carne bovina na próxima revisão da PAC pós2013 e os interesses da União Europeia nas negociações da OMC/Mercosul.
À margem desta reunião o Presidente da IFA, John Bryan, criticou fortemente a
actuação do Comissário Europeu Karel De Gucth e do próprio Presidente Durão
Barroso por reatarem conversações com os países do Mercosul, dado que se
prepara uma proposta para eliminar as tarifas de importação. Esta negociação vai
_____________________________________________________________
Av. Álvaro M. Homem, 31 / 9700-017 Angra do Heroísmo / www.faa.pt /
[email protected] /tel & fax: +351 295 628350
reforçar a capacidade de exportação, principalmente do Brasil e por outro lado
diminuir ainda mais a capacidade produtiva e a competitividade do sector na União
Europeia.
John Bryan diz que o Comissário deve exigir que o Brasil, actualmente presidente
do Mercosul, cumpra as normas Europeias, de modo particular as questões
ambientais já que se observa a contínua destruição da floresta tropical – cerca de 2
milhões de hectares/ano - para a produção de pastagens.
_____________________________________________________________
Av. Álvaro M. Homem, 31 / 9700-017 Angra do Heroísmo / www.faa.pt /
[email protected] /tel & fax: +351 295 628350

Documentos relacionados