Guia do Tênis - Revista Contra

Сomentários

Transcrição

Guia do Tênis - Revista Contra
Guia do Tênis
NIKE VOMERO 5+
A nova edição do Vomero trouxe um calcanhar
redesenhado e projeto de solado baseados no
Nike Free, para que a pisada fique mais natural.
O modelo para mulheres tem uma tecnologia na
região dos dedos que faz que com o tênis se molde melhor ao formato do pés femininos. Harry
Thomas Jr., que testou o modelo por cerca de
180 km, disse que “o Vomero 5 deixou para trás
a ‘grave falha’ dos modelos anteriores que era
a excessiva ‘moleza’ de seu solado, assim como
a melhora do design, principalmente de sua
biqueira que ficou mais fina e moderna. Ótimo tênis para treinos de rodagem”. Modelo masculino
e feminino; 325 g (masc. 41); R$ 550.
SUPINADOR
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
NIKE FREE RUN+
A Nike foi a primeira das fabricantes de tênis a pensar
no “correr descalço”. O Free, apesar de ter calcanhar
elevado, visa simular a corrida como se o corredor
estivesse descalço. Por isso, o tênis não tem nenhum
suporte para pisada, é extremamente leve e tem a forma
larga. E esta versão incorporou tecidos mais modernos
no cabedal. O testador Edilson Pierini afirmou que
depois de se adaptar o tênis “some do pé”. “No início dos
treinos eu queria parar de correr e trocar o tênis, mas fui
insistindo e acabei me adaptando. Depois de aquecer
você corre sem lembrar que está com ele nos pés”.
Modelo masculino e feminino; 247 g (masc. 42); R$ 300.
SUPINADOR
NIKE LUNAR GLIDE 2+
O Lunar Glide foi o modelo da Nike que introduziu o conceito
de suporte dinâmico, que faz com que o tênis possa ser usado
tanto por pronadores como supinadores. Em sua nova versão,
o tecido chamado flywire foi estendido até a parte de trás,
fazendo com que o tênis se molde melhor ao pé do corredor.
O modelo feminino tem na parte interna do cabedal um tecido
elástico para fazer com o que o calcanhar
ESCOLHA
se ajuste com mais precisão, visando
DO EDITOR
estabilidade. Nosso testador Luiz Henrique
Mendes, que tem tendência a pronar com
o pé direito e pisada neutra no esquerdo,
afirmou que se adaptou rapidamente ao
modelo: “Corri em asfalto, concreto, terra, areia, sob chuva
e sol, e de modo geral achei o tênis confortável. Senti que o
modelo e minhas particularidades de pisada deram certo.”
Modelo masculino e feminino; 311 g (masc. 42); R$ 400.
OUTUBRO 2010
SUPINADOR
68
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
CONTRA -RELÓGIO OUTUBRO 2010
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
NIKE LUNAR SWIFT+
O Swift é mais um dos tênis de nova geração de
suporte dinâmico da Nike. Ele tem a entressola
mais baixa e o cabedal não tem costuras internas.
João Paulo de Toledo testou o modelo e comentou que “antes de correr, parece que ele é meio
‘duro’, mas assim que se começa a treinar dá
para notar como o amortecimento é eficiente. A
parte do ‘colar’ que envolve o tornozelo tem dois
ressaltos em forma de bolha que me incomodaram. Acho que o Swift+ poderia ter o cabedal
mais flexível, pois sentia o tecido dobrar para
dentro durante a fase de decolagem”. Modelo
masculino e feminino; 313 g (masc. 42); R$ 300.
SUPINADOR
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
NIKE LUNAR FLY+
O LunarFly também faz parte da turma do suporte
dinâmico, e por essa razão pode ser usado por
corredores com qualquer tipo de pisada (exceto
aqueles com pronação severa). Seu diferencial está
na leveza e é boa opção para competições e treinos
curtos. Yara Achôa testou o modelo e nos disse
que “apesar de ser baixo, o Fly+ mostrou grande
estabilidade; achei ele super leve e aguentou bem
um longo de 30 km sem qualquer desconforto. O
tênis é bem ventilado, mas cheguei a ter a sensação
de ter esquentado um pouco.” Modelo masculino e
feminino; 228 g (fem . 37); R$ 250.
SUPINADOR
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
PUMA COMPLETE VENTIS
Depois de um breve intervalo, os tênis da Puma voltam
ao Guia da CR. O Ventis foi testado por Vinícius Nunes por cerca de 200 km, que fez o seguinte comentário: “o amortecimento é bom e o acabamento do
cabedal é perfeito, porém achei a região lateral (em
volta do calcanhar) muito flexível. Apesar de não ter
desamarrado, considerei o cadarço muito pequeno,
pois não é possível dar dois nós, prática comum entre
os corredores, para garantir a amarração, principalmente em dias de chuva ou quando se transpira
demais. Sugiro melhorar a ventilação, pois nos dias de
calor ele aqueceu muito”. Modelo masculino e feminino; 371 g (masc. 42); R$ 500.
SUPINADOR
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
OUTUBRO 2010 CONTRA -RELÓGIO
69
Guia do Tênis
REEBOK PREMIER ROAD SUPREME
O Road Supreme tem uma interessante tecnologia que visa melhorar a absorção de impacto. Ela
atua de modo independente para amortecer as
forças verticais e horizontais na hora do primeiro
impacto dos pés com o chão. A Reebok também
se preocupou em eliminar as costuras internas
do cabedal para evitar atritos e bolhas, gerando
mais conforto. Nosso testador Jamil Mourad
afirmou que o tênis é “extremamente confortável, tem bom amortecimento e estabilidade. Só
acho que poderia ser mais ventilado, mas de
modo geral é um excelente modelo”. Modelo
masculino e feminino; 380 g (masc. 43); R$ 430.
SUPINADOR
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
REEBOK PREMIER ULTRA KFS VII
Um dos destaques do Ultra VII são pequenas
partes elásticas no cabedal que, além ajudar
no calce, se movimentam durante a pisada,
contribuindo no movimento da pisada. Carlos
Ribeiro, que testou o modelo por cerca de
140 km, nos disse que “o acabamento interno
do cabedal é excepcional; realmente me
surpreendeu. O solado dá boa tração e não
apresentou indícios de desgaste após os testes.
A palmilha é muito simples e acabou destoando
dos fatores positivos do modelo”. Modelo
masculino e feminino; 325 g (masc. 41); R$ 370.
SUPINADOR
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
SAUCONY KIVARA
Novo produto da Saucony, o Kivara vem para tentar se firmar
entre os modelos que ficam no meio do caminho entre os
tênis de corrida tradicional e os tênis mínimos, assim como
o Nike Free. O interessante do Kinvara é o
MELHOR
conjunto único de entressola e solado, e a
LANÇAMENTO
pequena diferença de altura entre o calcanhar e a parte da frente (4 mm), fazendo
com que o movimento da corrida seja
mais natural. Outro ponto a destacar foi a
preocupação de produzir um cabedal o mais leve possível.
Nosso testador Marco Aurélio Bosseto achou o tênis “extremamente leve, com ótima relação entre amortecimento
e estabilidade. Mas nos treinos mais longos incomodou um
pouco sentir as formas geométricas do solado no meu pé”.
Modelo masculino e feminino; 218 g (masc. 41); R$ 500.
OUTUBRO 2010
SUPINADOR
70
CONTRA -RELÓGIO OUTUBRO 2010
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
SAUCONY HURRICANE 12
A nova versão do Hurricane veio com uma diminuição da curvatura do calcanhar em relação ao
restante do tênis, para proporcionar maior contato
com o chão, que por sua vez ajuda em uma transição
de passada mais suave e eficiente. A lingüeta recebeu reforço no acolchoamento, visando melhorar o
conforto, e o cabedal possui um excelente recurso
para se moldar ao arco dos pés e proporcionar mais
estabilidade. Fernanda Mello testou o modelo e
achou-o “bastante flexível, leve e macio, mas os detalhes e costuras do cabedal incomodam um pouco
e o amortecimento poderia ser melhor.” Modelo masculino e feminino; 341 g (fem. 37); R$ 550.
SUPINADOR
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
SAUCONY TYPE A3
O cabedal do Type foi totalmente remodelado. A
malha em mesh,que antes era exageradamente
aberta, foi reduzida, mas sem chegar a alterar
uma das melhores características que marcam
esse modelo, que é a excelente ventilação. O
testador Willian Maia Cavarsan gostou muito
da lingueta do tênis, que é presa ao cabedal
através de uma tira elástica. “É importante
um tênis leve como este ter estabilidade.
Porém acho que ele poderia ser mais flexível.”
Modelo masculino; 191 g (masc. 41); R$ 280.
Esse tênis é vendido exclusivamente na loja
Procorrer de Curitiba (www.procorrer.com.br)
SUPINADOR
NEUTRO
PRONADOR
PRONADOR SEVERO
SERVIÇO
Acesse o site das marcas para obter
mais informações sobre os modelos
A D I DA S
w w w. a d i d a s . c om . b r
NEW BALANCE
w w w. n ew b a l a nce.com.br
A S IC S
w w w. a s i c s . c om . b r
N IK E
w w w. n i kec or r e.com.br
F IL A
w w w. f i l a . c om . b r
PU M A
w w w. p um a . c om.br
K - SW I SS
w w w. k- s w i s s . c o m . b r
REEBOK
w w w. r eeb o k . c om.br
M IZ U N O
w w w. m i z un o b r. c om . b r
SAU C O N Y
w w w. s a uc o ny. com.br
OBSERVAÇÃO
• Tanto o tênis Nike Free Run+ como o
Saucony Kinvara apresentam construções não
convencionais e trabalham a musculatura dos
pés e das pernas de forma diferente. Por isso
nós recomendamos que o corredor que opte
por esses modelos passe a usá-los com cautela,
para que haja boa adaptação ao calçado.
O ideal é correr inicialmente, por exemplo, 2 km
e aumentar gradualmente a distância.
• A Contra-Relógio pesa todos os modelos na
redação com uma balança de precisão. Por
isso, pode haver uma pequena diferença em
relação ao peso divulgado pelas marcas e o
apurado pela revista.
OUTUBRO 2010 CONTRA -RELÓGIO
71

Documentos relacionados

Guia - parte 1 - Revista Contra

Guia - parte 1 - Revista Contra Guia do Tênis ADIDAS ADISTAR RIDE 2 O Ride ganhou um material muito interessante na região do meio do pé do cabedal. Ele basicamente se estica durante a fase de transição de peso da planta do pé p...

Leia mais

Guia do Tênis - Revista Contra

Guia do Tênis - Revista Contra que sua edição anterior, mas é cerca de 40 g mais leve que seus principais concorrentes. MELHOR Ele tem excelente ATUALIZAÇÃO tecnologia de ajuste do calce, que faz com o tênis fique bem agarrado a...

Leia mais

Guia - Revista Contra

Guia - Revista Contra O Frontier é uma versão mais enxuta do conhecido Wave Creation. A falta de EVA por cima da placa de amortecimento compromete a qualidade do último, fato relatado por nosso testador Carlos Hideaki F...

Leia mais

GUIA DO TÊNIS - Revista Contra

GUIA DO TÊNIS - Revista Contra Este novo lançamento da Ironman não segmentou a sola em duas partes distintas, o que dá a ele maior estabilidade em relação ao seu antecessor. Já o conforto, que vem da excelente escolha dos tecido...

Leia mais

Guia parte 4 - Revista Contra

Guia parte 4 - Revista Contra A nova versão do Vomero, além de torná-lo compatível com o sistema nike plus, deixou o tênis mais confortável do que seu primeiro modelo. As mudanças pontuais no cabedal, como a trama de mesh e as ...

Leia mais

Parte 2 - Revista Contra

Parte 2 - Revista Contra Swiss traz ao Brasil tem mais cara de tênis de corrida. O Keahou dá boa impressão logo de primeira e é muito confortável. O “colar” que envolve o calcanhar é bem reforçado e macio, e o cabedal bem ...

Leia mais

Tabela de referência rápida - Revista Contra

Tabela de referência rápida - Revista Contra pisada neutra ou levemente pronada. Já o tênis Saucony Hurricane é apropriado para quem tem a pisada neutra ou pronada. Veja os detalhes dos modelos testados pela revista nas páginas seguintes

Leia mais

BROOKS ADRENALINE GTS 8 este modelo da Brooks ADIDAS

BROOKS ADRENALINE GTS 8 este modelo da Brooks ADIDAS espessura, como os pontos de ventilação no solado. “É o tênis mais leve e ventilado que já usei”, João Theoto Júnior. É indicado para corredores que querem um modelo para competição e que tenham pi...

Leia mais

Guia parte 1 - Revista Contra

Guia parte 1 - Revista Contra O cabedal do DS-Trainer se “divide” em duas partes e os pontos de amarração seguem uma linha mais ergonômica em relação ao arco dos pés. Ele utiliza a mesma placa que ajuda na estabilidade e propul...

Leia mais