Apresentação do PowerPoint - Sinduscon-SP

Сomentários

Transcrição

Apresentação do PowerPoint - Sinduscon-SP
1 de dezembro de 2015, no Caesar Business Faria Lima
(Re)Estruturando a
Infraestrutura
Rafael Benke
Realização
A Centralidade da Infraestrutura
Fonte: Veja, Infobae, The Economic Times, Financial Times e Folha (de cima para baixo).
Aonde desejamos chegar?
Fonte: Report McKinsey Infrastructure Practice - 2013
Fonte: Report McKinsey Infrastructure Practice - 2013
Para onde têm ido os
investimentos internacionais
em geral?
Fonte: World Investment Report 2015 - UNCTAD
Fonte: World Investment Report 2015 - UNCTAD
Para onde têm ido os
investimentos em
infraestrutura?
Fonte: Report Infrastructure Rising and Asset Class Takes Shape 2015 – BlackRock
Novos ‘players’ nos
investimentos em
infraestrutura?
(O governo é essencial?)
Fundos Soberanos: “SWF”
Fonte: World Investment Report 2015 - UNCTAD
Private Equity
Fonte: World Investment Report 2015 - UNCTAD
Infraestrutura: “Asset Class”
Fonte: BlackRock: “Infrastructure Rising”, April 2015
Brasil como Destino dos
Fluxos Internacionais
Qualidade da Infraestrutura
Fonte: Report Filling the Gap: Infrastructure Investment in Brazil – FMI (2015)
Qualidade da Infraestrutura
Fonte: Report Latin America and the Caribbean – Banco Mundial 2015
O Brasil na Região
Fonte: Evaluating the environment for public-private partnerships in Latin America and the Caribbean – The Economist 2014
Argentina, Chile, Colombia, Costa Rica, Ecuador, El Salvador, Guatemala, Honduras, Jamaica, Mexico, Nicarágua,Panamá, Paraguai, Peru,
República Dominicana, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela.
O Brasil e Players relevantes
Fonte: Report Doing Business 2016 – Banco Mundial
Concorrência Internacional por Capital
Setor Privado Organizado:
(Re)Estruturando a Infraestrutura
Crise?
Setor Privado Organizado:
Estruturando a Infraestrutura
• Compreender o ambiente global: Brasil como um dos destinos
• Compreender os novos investidores e novas fontes financeiras
• Organizar e estruturar o setor para nova realidade e oportunidades
• Inserir o Brasil nos novos fluxos de investimento
• Estruturar ambiente regulatório para nova realidade
• Trabalhar na mudança de cultura pública e privada