Downloads - Igreja Presbiteriana da Paz

Сomentários

Transcrição

Downloads - Igreja Presbiteriana da Paz
Informativo Igreja Presbiteriana da Paz | Montes Claros | Abril 2013
Missão:
Amar a Deus, Amar ao Próximo, Servir ao Mundo
Avivamento sem medo
De vez em quando a igreja se vê fria e
reconhece a necessidade de um
avivamento. Então, começa a orar por
uma visitação especial do Espírito. Nessa
hora, nada mais propício do que tentar
definir corretamente o que é avivamento.
É possível encontrar uma boa definição para
o termo no livro “A Verdade do Evangelho”, de John Stott.
Segundo o autor, “reavivamento é uma visitação
inteiramente sobrenatural do Espírito soberano de Deus,
pela qual uma comunidade inteira toma consciência de sua
santa presença e é surpreendida por ela. Os inconversos se
convencem do pecado, arrependem-se e clamam a Deus
por misericórdia, geralmente em números enormes e sem
qualquer intervenção humana. Os desviados são
restaurados. Os indecisos são revigorados. E todo o povo,
inundado de um profundo senso de majestade divina,
manifesta em suas vidas o multifacetado fruto do Espírito,
dedicando-se às boas obras”.
Sob o ponto de vista histórico, avivamento é aquele curto
período de tempo em que o Espírito atua maciçamente no
meio de um grupo de crentes de um determinado lugar,
levando-o a buscar a Deus de forma intensa, deixando de
lado a rotina, a frieza, a inércia e os escândalos, tudo para
engrandecimento de seu reino. O avivamento em si pode
durar pouco tempo, mas os efeitos que ele produz podem
ser duradouros.
Avivamento é uma coisa; conversão é outra. A conversão
marca a passagem da incredulidade à fé, da apatia ao
compromisso, da confissão à convicção, da culpa ao
perdão, da imundície moral à purificação, do vazio
existencial à companhia de Jesus. O avivamento é a
renovação e o alargamento da conversão. É a passagem da
fé menor para a fé maior, do cálice pela metade para o
cálice cheio, da entrega parcial para a entrega total, da
mesmice para a novidade de vida, das obras da carne para
os frutos do Espírito, da posse do Espírito para a plenitude
do Espírito.
A IPPaz Informa:
Fique Informado, acesse:
Site: presbiterianadapaz.com.br
Facebook: [email protected]
Cantina:
Ministério de
dia 07 de abril após o culto à noite
Mulheres
Classe
de
Batismo
NOVA CLASSE DE PREPARAÇÃO
Início: 09/04 - 3ªs Feiras, às 19h30min
Procure o Pr Roberto e faça sua matrícula.
Pariticpe do Show de talentos.
Dia 20 de abril às 20hs.
Inscrições na secretaria da
Igreja. Valor R$ 10,00.
Música, Stand up, dança e teatro
Escala
Berçario
Dia 07 - Laudy
Dia 14 - Angélica
Dia 21 - Helena
Dia 28 - Lia
As crianças que dormirem durante o culto
podem ir para o berçário.
31 março a 6 abril
Julio César Guimarães
Escala de
Serviço Diaconal
Antônio Pinheiro
Domingos José
Eujácio José
Embora o avivamento seja uma visitação soberana de
Deus, sempre há os antecedentes, cujas nascentes já são
manifestações do Espírito. Um deles, afirma Martyn LloydJones, é a pregação poderosa da Palavra.
Alguns de nós temos medo de avivamento. Não
necessariamente porque o Espírito insistentemente nos
constrange a negarmo-nos a nós mesmos, mas devido aos
excessos e às deturpações que sempre o acompanham.
Embora a cautela seja necessária, a presença e o perigo do
joio nos campos onde o trigo do avivamento é semeado não
devem, de forma alguma, nos fechar para ele.
A matéria de capa desta edição poderá nos encorajar a
buscar o avivamento sem medo.
E. César
Gilson Fonseca
Josué Teixeira
7 a 13
Célio Pereira
Antônio Ruas
Ataíde Alves
Júlio César Ribeiro
Kennedy Lacerda
Paulo Ricardo
14 a 20
Arinaldo Rios
Elton Pereira
Geraldo Carlos
João Evangelista
Joel Nunes
Marcelo Assunção
21 a 27
Julio César Guimarães
28 a 4/maio
Célio Pereira
Antônio Pinheiro
Eujácio José
Antônio Ruas
Ataíde Alves
Júlio César Ribeiro
Gilson Fonseca
Josué Teixeira
Kennedy Lacerda
Paulo Ricardo
Domingos José
Um avivamento faz coisas surpreendentes
Em poucas palavras, avivamento é o sopro de Deus para tirar a poeira acumulada no decurso dos anos, no período variável
de tempo compreendido entre o avivamento anterior e o momento atual. Não importa a quantidade nem a qualidade da
poeira. É uma obra de Deus, periódica e poderosa, que ele realiza quando e onde quer. Essa manifestação surpreendente de
Deus recoloca a igreja em seu primeiro amor, produz convicção e confissão de pecado, desejo sério de santificação pessoal,
renovação das certezas da fé e do entusiasmo que elas criam, renúncia da soberba e da autossuficiência, anseio por Deus e
prazer de ler com proveito a Palavra e de orar ao Senhor. O avivamento leva a igreja a redescobrir a pessoa e a obra do
Espírito Santo, sem o qual nunca será possível vencer a pecaminosidade latente, a pressão do mundo e a força das
potestades do ar.
Mesmo podendo ter um teor místico acentuado, avivamento é bem mais do que isso. É o motor de coisas novas, de
realizações extraordinárias e de certa duração, na área de devoção, de educação religiosa, de evangelização e missões, e
de socorro ao sofrimento humano. Forçosamente, o avivamento gera preocupação com os não-alcançados pela pregação
do evangelho, os não-salvos pela graça de Deus e os moralmente marginalizados (os publicanos e as meretrizes de
antigamente). A história mostra que esse sopro especial do Espírito induz os crentes a fazerem obras de caridade e a
levantarem a voz contra a injustiça social, seja ela qual for e custe o preço que custar.
Problemas sérios como a escravidão, o alcoolismo, a delinquência juvenil e a licenciosidade levaram as igrejas a organizar
sociedades dispostas a trabalhar com esses segmentos. As pregações de Charles Finney, líder mor do Segundo Grande
Avivamento, têm muito a ver com os fortes sentimentos antiescravistas que tomaram conta dos crentes do norte e do
centro-oeste dos Estados Unidos. Os textos escritos por Theodore Weld (“A Bíblia contra a Escravidão” e “A Escravidão como
Ela É”) e o famoso livro de Harriet Beecher Stowe (“A Cabana do Pai Tomás”) são subprodutos do ministério de Finney.1
Graças ao Primeiro Grande Avivamento (1725-1760) e ao Segundo (meados do século seguinte), muitas escolas,
universidades e seminários cristãos foram fundados nos Estados Unidos. Por volta de 1880, havia 142 seminários no país,
quase todos no lado leste, sendo 26 presbiterianos, 22 batistas, 21 católicos, 17 episcopais, 16 luteranos, 14 metodistas,
11 congregacionais, 3 reformados, e 12 outros.2 Entre as universidades estão as de Princeton, Pensilvânia, Rutgers, Brown
e Dartmouth. Por meio dessas instituições de ensino, o espírito de avivamento era transmitido a muitos jovens. Charles
Dodge, um dos três teólogos mais famosos do século 19, por exemplo, converteu-se por ocasião de um avivamento na
Universidade de Princeton (1815).
Como a ligação entre avivamento e missões é muito estreita, muitos jovens tornaram-se missionários. Em 70 anos de
história (1812-1882), o Seminário de Princeton formou 3.464 rapazes em 150 cursos diferentes. Destes, 204 foram para
os campos missionários, entre eles Ashbel Green Simonton, fundador da Igreja Presbiteriana do Brasil. Todos os primeiros
missionários da Junta Americana de Comissionados para Missões Estrangeiras, fundada em 1810, são frutos do
avivamento. Entre eles estão Hiran Binghan, missionário no Havaí; Adoniram Judson, missionário e tradutor da Bíblia na
Birmânia (hoje Myanmar); Luther Rice, missionário na Índia; e Jonas King, missionário na Palestina e, depois, na Grécia.
Pelo menos quarenta estudantes convertidos na Universidade de Rochester, no estado de Nova York, tornaram-se pastores
e missionários. Entre as dezenas de sociedades missionárias surgidas como resultado do Segundo Grande Avivamento
está a histórica Sociedade Bíblica Americana (1816). No avivamento ocorrido na Universidade de Yale, no Connecticut, em
1831, o jornalista Horace Bushnell (1802-1876) teve uma profunda experiência de conversão e, aos 29 anos, trocou o curso
de direito pela teologia, tornando-se um pastor congregacional e teólogo notável.
O avivamento é um tempo propício para conversões. Segundo Bruce Shelley, em 3 anos (1740- 1742), o Primeiro Grande
Avivamento acrescentou cerca de 50 mil membros só às igrejas da Nova Inglaterra. Entre 1750 e 1760 formaram-se 150
novas comunidades eclesiásticas, sem falar na contínua proliferação dos batistas.3 Williston Walker, da Universidade de
Yale, acrescenta que, por intermédio dos reavivamentos, das organizações missionárias e das sociedades voluntárias,
denominações outrora sem grande expressão vieram a se destacar. Os metodistas, de 15 mil membros em 1784,
passaram a mais de 1 milhão em menos de 70 anos. Na primeira metade do século 19, os batistas aumentaram oito vezes.
Só em Rochester, no estado de Nova York, 100 mil pessoas tornaram-se membros de alguma igreja.4 Naturalmente nem
todas as conversões são autênticas e o número diminui com o tempo. Enquanto em alguns lugares o índice de permanência
era de 80%, em outros baixava para 30%.
O avivamento faz coisas surpreendentes. Ele altera, sem previsão, o rumo de pessoas, igrejas e países! Mark A. Noll,
professor de pensamento cristão em Wheaton, em seu livro “The Old Religion in a New World” (2002), escreve que “o
reavivamento promovido por protestantes evangelicais não foi apenas a ação mais importante da vida religiosa americana,
mas também, depois dos eventos que formaram a nova nação, o acontecimento público mais importante que qualquer
outro”.5
Notas
1. “História do Cristianismo ao Alcance de Todos”, p. 436. 2. “Religions Encyclopaedia”, v. 4, p. 2378. 3. “História do Cristianismo ao Alcance de Todos”, p. 389.
4. “História da Igreja Cristã”, v. 2, p. 273. 5. “The Old Religion in a New World”, p. 95.
(extraído)
Aniversariantes
02/04 – Élia Ferreira de Araújo – 3215-2377
02/04 – Jairo Matos Novais – 3222-3380 / 9926-7844
03/04 – Hilda Maria Barbosa de Sá – 3083- 0114/ 8818-4410
04/04 – Ana Paula Cristóvam Silva Lopes –
04/04 – Rute Maria Brito Lima – 3221-0337
04/04 – Rosalha Barbosa de Souza (Arlete) – 3215-2354 / 9151-4716
04/04 – Aline Gomes de Souza – 3214-3999/9160-1568
05/04 – Renata Ribeiro Magalhães – 9973-3760
05/04 – Silvia Maria Neves de Souza – 3215-1554
05/04 – Bernardo Martins Guimarães – 2103- 9405 / 9820- 3315/8813-0113
05/04 – Evani da Sila “MAIA” – 9986-9632 / 32215879 (Trab) / 3212-0382
06/04 – Diác. Antônio Ruas Pereira – 3215-1904/ 9138-0858
06/04 – Aúde Soares Fernandes – 3214-2725/ (31) 8748-0052
06/04 – Bruna Nayara S. Borges – 3221- 9515 / 3229- 3395/ 9808-2663
07/04 – Juliana Maria Mendes Cordeiro Rocha – 9124-1192
08/04 – Bárbara Guimarães Rios Mendes – 9211-9395
08/04 – Vanuza Barbosa Araújo – 9121-0075
09/04 – Luis Guilherme Maia Fonseca – 9925-5651/ 9201- 1590
09/04 – Susana B. Boaventura da Silva Mendes – 3216-2282/ 9177-8736/9951-8427
09/04 – Alane Barbosa de Sá – 3083-0114 / 9976-3550
09/04 – Luciane de Oliveira B. Fernandes – 3214-2725/ 3222-6232(tb)/ 9120-3245
11/04 – Licília Salim Silva – 9167-8573
12/04 – Julieta Gonçalves Souza – 3222-9522 / 9982-8369
12/04 – Áurea Zoraide Souto de Morais – 3215-1123/ 9972-2029
12/04 – Matheus Castelo Branco Santos – 3084- 3482 (filho Pr. Sérgio e Regina)
12/04 – Diego Deltrudes Pinheiro – 9134-6622/ 9993-6650
13/04 – Bethyenne Machado Gomes – 4009- 5202 / 9992-9972
13/04 – Hernane Antunes Teixeira – 3221-5744/ 9934-7123
14/04 – Flávio Pereira Silva – 3213-4543
15/04 – Aparecida Alves (Cida) Ruas –3215-1904 / 9141-6410
15/04 – Laudy Soares Maia – 8419-8199/ 9138- 7163/ 8428-6973 (esposo)
16/04 – Ana Maria Lopes da Rocha – 9146-9767
16/04 – Kennedy de Lacerda e Souza 3082-4704 / 3690-2203 / 9175-9960
16/04 – Higo Gabriel Durães – 3214-7428/ 3213- 1234(Tb) / 9151-5327
17/04 – Janete Fonseca Santos – 3212-7241/ 9166-1373
17/04 – Nalbar Alves Rocha – 3215-1881 / 3221-3973/ 9959-5759
17/04 – Helder Carvalho Câmara – 3221-2766 / 9165-1899
17/04 – Mariane Passos Ribeiro dos Santos – 9988-1548 (filha Domingos/Juliana)
18/04 – Ana Luiza Almeida Souza Nogueira – 3215-2041/ 9955-0404
20/04 – Iuna Duany Mendes Rocha – 9149-4825
20/04 – Esther de Amorim Fernandes – (Célula Aliança)
20/04 – Rosenilde de Assis Soares Silva– 3224-2469/ 9161-0916
21/04 – Maria Fernanda Machado Santos – 3213-0703/ 9127-8726
21/04 – Maria Alice do Amparo Penides Santos – 9126-2769
21/04 – Rosilene Cardoso Marques Jbeili – 3221- 5909/ 3082-0876 / 9184-0439
22/04 – Sidney Ribeiro da Silva – 3222-5631 / 8802-5631/ 9919-5166
22/04 – Moisés Gonçalves Pereira – 3215-1554
24/04 – Wanderlandy Alves Rocha – 3215-1881 / 9967-7600
24/04 – Fernanda Alves Jabbur – 3216-9064(copiadora)/ 9908-8809
25/04 – Renée Michael Gonçalves Santana – 8815- 9804
26/04 – Pr. Roberto Wágner Oliveira Santos – 3214-2200 / 8822-3811
26/04 – Godesteu Rodrigues Vasconcelos Júnior – 8412-0601 / 9142-6449
27/04 – Érika Ferreira Rodrigues – 3222-4088 / 9152-1503 / 8411-6067
28/04 – Lidiane de Magalhães Souza – 3223- 9465 / 3229-3075
28/04 – Taíz Dantas Souto – 9118-4534
29/04 – Janete Cruz Barros Brito – 9172-7801
29/04 – Ávila Lopes Martins – 9958-0976
29/04 – Ane Caroline Fróes – 3222-0394 / 8415-5210
29/04 – Izabel Tamires de Aguiar Medeiros– 3214- 3176/ 3212- 1823/ 88252094
Atualize as informações na secretaria da igreja.
Felicidades!
www.presbiterianadapaz.com.br
Congregação
Agenda Semanal
Domingo
9h30 Escola Bíblica Dominical
19h30 Culto de Celebração
Segundas-Feiras
15h - Oração das Mulheres
Terças, Quartas, Sextas e Sábados
Grupos de comunhão nos lares
Queremos manter você
informado sobre as
programações da igreja.
Entre no site e se cadastre
em NEWSLETTER. Você
receberá avisos e
mensagens no seu E-MAIL.
Rua Petrônio Narciso, nº 218
Vila Atlântida
Domingo:
9h Escola Bíblica
19h Culto de Adoração
4ªs F. 19h – reuniões de oração
6ªs F. 19h – Estudo Bíblico
Responsável: Presb Geraldo
Ou utilize envelope específico.
Quintas-Feiras
19h30 - Estudo Bíblico
Sábados
19h30 - Reuniões para a Mocidade e
Adolescência
Deseja se tornar membro da Igreja da Paz? Entre em
contato com Pr Roberto Wágner - fone: (38) 8822-3811
[email protected]
Reunião de Oração
Segunda à Sexta
7h às 8h na sala 13
Terças: 19:30h
Expediente
da Secretaria:
2ª a 6ª Feiras: 8h00 às 12h00 e 14h00 às
18h00
Sábados: 8h00 às 12h00
Entrada pela rua Ipanema (lado
esquerdo do templo)
Av Feliciano M. de Freitas, nº 793 | Bairro Vila Regina | CEP: 39400-207 | Montes Claros / MG | (38) 3215-7616 | 8822-3809
Site: www.presbiterianadapaz.com.br | E-mail e Facebook: [email protected]