Diapositivo 1

Сomentários

Transcrição

Diapositivo 1
LICENÇAS DESPORTIVAS
LICENÇA CONCORRENTE / CONDUTOR / 2º CONDUTOR
BOLETIM MÉDICO ANUAL (requer exame médico)
IMPRESSO EM
WWW.AMAK.PT
BOLETIM DE VACINAS ACTUALIZADO
CARTÃO DO CIDADÃO ou B.I.
PASSAPORTE TÉCNICO / FICHA DE HOMOLOGAÇÃO
IMPRESSOS EM
WWW.AMAK.PT
ENTREGAR NA DELEGAÇÃO DA FPAK NA MADEIRA
RUA DOS ARANHAS, 53 – 2º ANDAR
ATENÇÃO ÀS ERRATAS, EXTENSÕES
E VARIANTES OPCIONAIS
FICHA DE INSCRIÇÃO
FICHA DE INSCRIÇÃO INCOMPLETA OU COM DADOS
INCORRECTOS PODERÁ SER REJEITADA
RECONHECIMENTOS
CUMPRIR OS HORÁRIOS E DATAS ESTABELECIDAS NO REGULAMENTO DA PROVA
É PERMITIDA A UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS LIGEIROS DE INTERCOMUNICAÇÃO
É PERMITIDA A UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE NAVEGAÇÃO
É PROIBIDA A UTILIZAÇÃO DE CAPACETES E PNEUS DE COMPETIÇÃO
As viaturas deverão estar conformes o disposto no
Regulamento dos Campeonatos Regionais FIA 2016:
PINTADAS DE UMA ÚNICA COR, SEM PUBLICIDADE OU AUTOCOLANTES
SEM MODIFICAÇÕES = TAL COMO SÃO VENDIDAS AO PÚBLICO
VERIFICAÇÕES TÉCNICAS / DOCUMENTAIS
DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
FICHA DE HOMOLOGAÇÃO COMPLETA
em original, devidamente validada por autenticação da FPAK
(ou FIA, CIK-FIA ou outra ADN), não sendo aceites fotocópias.
PASSAPORTE TÉCNICO
LIVRETE
REGISTO DE PROPRIEDADE
ou declaração do respectivo proprietário autorizando a participação em
provas desportivas (caso a viatura não seja propriedade de um dos
membros da equipa).
CARTÃO DO CIDADÃO ou B.I
CARTA DE CONDUÇÃO
LICENÇA DESPORTIVA
FICHAS DE SEGURANÇA (devidamente preenchidas)
RESPEITAR OS HORÁRIOS
VERIFICAÇÕES TÉCNICAS / DOCUMENTAIS
EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA INSTALADOS
NÚMERO FIA
NORMA DE HOMOLOGAÇÃO
MARCA
NORMA FIA
MARCA
MODELO
NÚMERO HOMOLOGAÇÃO
SINALÉTICA
CONTROLO HORÁRIO
PROCEDIMENTOS
TUDO O QUE É
INSCRITO NA
CADERNETA É DA
RESPONSABILIDADE
DA EQUIPA
HORA OFICIAL
PORTUGAL TELECOM
TELEFONE FALANTE
12151
O PROCEDIMENTO DE CONTROLE COMEÇA NO MOMENTO EM QUE OS VEÍCULOS
ULTRAPASSAM O PAINEL DE ENTRADA NA ZONA DE CONTROLO HORÁRIO
ENTRE A PLACA DE INÍCIO DE ZONA E O POSTO DE CONTROLO, É PROIBIDO ÀS EQUIPAS
INVERTER O SENTIDO DE MARCHA, PARAR A VIATURA OU UTILIZAR UMA VELOCIDADE
ANORMALMENTE LENTA.
É IGUALMENTE INTERDITO REENTRAR NUMA ZONA DE CONTROLO
POSTO DE CONTROLO: COMISSÁRIO INSCREVE A HORA QUE A EQUIPA CONTROLOU
PARA CONTROLAR OS DOIS MEMBROS DA EQUIPA E A VIATURA TÊM DE ESTAR NA ZONA DE
CONTROLO OU NAS PROXIMIDADES DO RESPECTIVO POSTO
A HORA DE CONTROLO CORRESPONDE AO MOMENTO EXACTO EM QUE UM DOS MEMBROS
DA EQUIPA ENTREGUE A CARTA DE CONTROLO AO COMISSÁRIO
A HORA IDEAL DE CONTROLO OBTÉM-SE ADICIONANDO O TEMPO CONCEDIDO PARA
PERCORRER O SECTOR DE LIGAÇÃO À HORA DE PARTIDA DESSE SECTOR
AS EQUIPAS NÃO INCORREM EM QUALQUER PENALIZAÇÃO POR AVANÇO, SE A HORA DE
ENTRADA DOS VEÍCULOS NA ZONA DE CONTROLO SE VERIFICAR NO DESENROLAR DO MINUTO
IDEAL DE CONTROLO OU NO QUE SE LHE ANTECEDE.
EXEMPLO
HORA PARA CONTROLAR
11:00
HORA EM QUE PODE ENTRAR NO CONTROLO
INTERVALO EM QUE DEVE ENTREGAR CADERNETA
10:59:00
HORA IDEAL
11:00:00 – 11:00:59
QUALQUER DIFERENÇA RELATIVAMENTE À HORA IDEAL, SERÁ PENALIZADA DA SEGUINTE FORMA:
ATRASO
ADIANTAMENTO
10 SEGUNDOS POR MINUTO OU
FRACÇÃO DE MINUTO
UM MINUTO POR MINUTO OU FRACÇÃO
DE MINUTO
11:01:23 = 10 SEGUNDOS
10:59:45 = 1 MINUTO
SE O SECTOR DE LIGAÇÃO SEGUINTE NÃO COMEÇAR POR UMA PROVA ESPECIAL, A HORA A QUE A EQUIPA
CONTROLOU, CONSTITUI, SIMULTANEAMENTE, A HORA DE CHEGADA DO FINAL DO SECTOR DE LIGAÇÃO E
A HORA DE PARTIDA DO NOVO SECTOR
COMISSÁRIO INSCREVE A HORA QUE A EQUIPA CONTROLOU + HORA PROVISÓRIA DE PARTIDA
COMISSÁRIO INSCREVE HORA DE PARTIDA EFECTIVA
CARRO IMOBILIZADO SOBRE LINHA DE PARTIDA
30”
15”
10”
5; 4, 3, 2, 1- PARTIDA
Qualquer equipa que não possa partir nos 20 segundos seguintes à hora
indicada, será imediatamente deslocada para local seguro e EXCLUÍDA.
Partida retardada imputável à equipa: o controlador inscreverá na carta
de controlo a nova hora de partida.
A penalidade será de 1 minuto, por minuto ou fração de minuto de
atraso.
Na prática, o tempo está sempre a contar até à nova hora de partida.
Partida retardada/recusada por falta de equipamento de vestuário:
O diretor de prova, o chefe de troço ou até o comissário de posto,
deverá retirá-lo do local de partida, até que este esteja em
conformidade.
Ser-lhe-á dada uma nova hora de partida, aplicando-se a regra anterior.
COMISSÁRIO INSCREVE HORA DE PASSAGEM PELA LINHA DE META
UTILIZAÇÃO DA CADERNETA
10
09
10
10
10
10
13
10
13
10
30
13
15
10
10
30
10
30
10
30
10
10
40
10
54
42
42
10
10
54
11
10
55
10
00
03
55
05 03
11
11
28
11
4
30
00
4
11
25
11
48
25
4
28
02 00
11
4
11
48
ROAD BOOK
Distância do sector
Média horária
do sector
Tempo para
percorrer
o sector
Distância total
desde o início
do sector
Distância parcial
desde o desenho
precedente
Distância até
ao controlo
horário
Número/Nome
da Via
Direcção a
seguir
PROVAS ESPECIAIS DE CLASSIFICAÇÃO
Distância
para
final da PEC
MAPAS
CÁLCULOS DE COMBUSTÍVEL
REGRA DE TRÊS SIMPLES
=Y
70 Litros ----------- :100 Km
X
----------- X33 Km
23,1 Litros em 33 Km
PLANO DE ASSISTÊNCIA
MALA DO CO-PILOTO
CORTA CINTOS / X-ACTO
GARRAFA DE AR COMPRIMIDO
MANÓMETRO DE PRESSÃO DE PNEUS
CLIP (PRISÃO DE METAL)
CANETAS E LÁPIS
POST-IT
BATERIA DE RESERVA P/ INTERCOMUNICADORES
ALICATE MULTIUSO
FITA PLÁSTICA (APERTA CABOS)
FITA ISOLADORA MALHADA
FUSÍVEIS
LANTERNA
CHAVE DE RESERVA
LUVAS
CONJUNTO DE PORCAS DE RODAS
FICHA DE HOMOLOGAÇÃO
SPRAY DE ÁGUA (HIDRATANTE)
TOALHETES HÚMIDOS
LENÇOS DE PAPEL
LIQUÍDOS
AÇUCARES RÁPIDOS
ANTIDOPAGEM
DEVEM ENTREGAR AO MÉDICO DA
PROVA, LISTA DOS NOMES DOS
MEDICAMENTOS QUE ESTÃO TOMAR.
PLACA SOS / OK
Qualquer equipa a quem tenha sido mostrado o sinal ou que veja um
carro que tenha sofrido um acidente grave, em que ambos os membros
da equipa sejam vistos dentro da viatura, sem exibirem o sinal, deverá
parar de imediato para lhes prestar assistência assim como as viaturas
que se lhe seguirem.
Excepto a segunda viatura que deverá prosseguir pelo percurso da
prova, para informar da situação no ponto rádio mais próximo.
As viaturas que se lhe seguirem, terão de desimpedir a estrada, para o
acesso das viaturas de emergência.
O caderno de itinerário, tem de conter uma página, com as instruções
em caso de acidente.
Em caso de acidente, que não justifique intervenção médica, o sinal OK
terá de ser claramente mostrado às 3 viaturas de prova seguintes e a
todos os helicópteros que tenham necessidade de intervir.
Se pelo contrário forem necessários cuidados médicos, terá de ser
imediatamente mostrado o sinal às viaturas seguintes e aos
helicópteros, caso estes existam.
Abandono da viatura
O sinal OK deve ser afixado de maneira a ser claramente visível pelos
outros concorrentes.
Esta regra será lembrada a todos os concorrentes por meio de uma nota
escrita a ser entregue com a documentação a cada elemento da equipa.
Toda a equipa capaz de respeitar esta regra e que não o faça, poderá ser
penalizada pelo CCD conforme disposições do CDI.
Triângulo vermelho reflector
Em caso de paragem deverá ser colocado em local visível, no mínimo 50
metros antes, mesmo que a viatura de prova se encontre fora da
estrada.
Caso se comprove o desrespeito a esta regra, a equipa receberá uma
penalidade à discrição do CCD.
Abandono da Prova
Equipa que abandone uma prova, tem de informar tão urgente quanto
possível os organizadores. Salvo em casos de força maior, a equipa que
não respeitar esta regra, ficará sujeita à aplicação de uma penalidade à
discrição do CCD.
Placas de matrícula - terão de constar na dianteira e traseira da viatura
de prova, sendo que a placa traseira, têm de ter as dimensões impostas
pelo Código da Estrada, não podendo ainda o seu local original, ser
ocupada por qualquer tipo de publicidade.
SUPER RALI:
Reentrada em parque até 90 minutos antes da hora de partida da
primeira viatura em prova, do rali em que está inserido.
A Ordem de Partida será pela classificação.
PARQUE FECHADO:
Todas as zonas de controlo, isto é, todas as zonas compreendidas entre a
primeira placa avisadora amarela e a última placa final bege com 3 listas
negras transversais, são consideradas parque fechado.
NENHUMA REPARAÇÃO OU ASSISTÊNCIA PODE SER EFETUADA NESTAS ZONAS.
As equipas estão em PARQUE FECHADO:
Desde a sua entrada num parque de partida, num de reagrupamento,
num parque de final de secção ou etapa, numa zona de controlo até à
saída desta ou até à chegada ao final da prova, e até que expirem os
prazos para apresentação de reclamações previstas e à autorização de
abertura do parque fechado pelo CCD.
AUXÍLIO À ENTRADA, DENTRO OU SAÍDA DE UM PARQUE FECHADO:
Apenas os controladores e os membros da equipa poderão empurrar
uma viatura, de um controlo horário, de reagrupamento ou de final de
etapa.
REPARAÇÕES EM ZONAS DE PARQUE FECHADO
Desde que se afigure aos CT que uma viatura se apresenta num estado
incompatível com uma normal e segura utilização da via pública, esta
deverá ser obrigatoriamente reparada na presença destes.
TEMPO UTILIZADO NA REPARAÇÃO: Será considerado como idênticos
minutos de atraso, a fim de evitar que a equipa tente recuperar o tempo
assim perdido. A penalidade aplicável é de 1 minuto, por minuto ou
fração de minuto.
ATRASO À PARTIDA DO RALI, ETAPA, SECÇÃO OU REAGRUPAMENTO
Todo o atraso imputável à equipa será penalizado com 10 segundos por
cada minuto ou fração de minuto de atraso.
A partida será recusada a qualquer equipa, que se apresente com um
atraso superior a 15 minutos.
EXCLUSÃO
Sanção que só poderá ser pronunciada pelo diretor de prova na
sequência de excesso de penalização ou pelo CCD, por infração grave
(esteja ou não prevista no regulamento da prova).
O concorrente só poderá ser excluído no final de uma secção.
EXCLUSÃO
a) todo o atraso superior a 15 minutos sobre o tempo dado para
percorrer a distância entre 2 CH, consecutivos;
b) ou um atraso superior a 30 minutos no final de cada secção e/ou
etapa do rali, ditará a exclusão da equipa, a pronunciar pelo diretor de
prova;
Para o cálculo, considera-se o tempo real, e não o tempo de penalização
(10 segundos por minuto).
EXCLUSÃO
Avanço sobre a hora ideal
Um avanço sobre a hora ideal de apresentação, não permitirá, em caso
algum, reduzir o atraso que conta para a exclusão, nem serão tomadas
em consideração para o cálculo do atraso máximo que implica a
exclusão.
EXCLUÍDO
EX-AEQUO E ATRIBUIÇÃO DE PONTOS EM PROVAS
Empate no final do rali
Será proclamado vencedor aquele que tenha obtido o melhor tempo na
primeira PEC, que não Super Especial. Se isso não for suficiente para o
desempate, os tempos da segunda, terceira, quarta, etc., serão então
tomados em consideração, respetivamente.
Entre a Super Especial inicial e o final da prova, caso não tenham sido
disputados 60% (inclusive) da quilometragem total das PEC, serão
atribuídos somente 50% dos pontos.
OBRIGADO!

Documentos relacionados