Parte2 2005.indd - Standard Bank Moçambique

Сomentários

Transcrição

Parte2 2005.indd - Standard Bank Moçambique
1
Índice Index
Destaques Financeiros
Financial highlights
Banca das Grandes Empresas
Wholesale banking
37
Mensagem do Presidente e do Administrador Delegado
Chairman and Managing Director’s Statement
3
Relatório de Contas de 2005 – Risco de Crédito
2005 Report and Accounts – Credit Risk
39
Análise Económica
Economic review
Relatório da Área de Tesouraria e Mercados 2005
2005 Treasury and Market Report
40
2
7
A nossa visão e valores
Our vision and values
19
Banca de Retalho
Retail Banking
42
Conselho de Administração e Conselho Fiscal
Board of Directors and Board Audit
21
Recursos Humanos
Human Resources
43
Informações sobre Governação Corporativa
Corporate Governance statement
23
Compliance
Statement of Compliance
47
27
Política de investimento social
Social Investment Policy
49
28
Demonstrações Financeiras
Financial Statements
51
Relatório do Administrador-Delegado
Managing Director’s report
Análise financeira
Overview of financial results
Standard Bank Relatório Anual 2005
P•2
Standard Bank Annual Report 2005
Financial Highlights
Destaques Financeiros
Key financial highlights for Standard Bank:
Principais indicadores financeiros do Standard Bank:
Indicadores
2004
2005 Variação %
Resultados
Earnings
Lucros atribuíveis às acções ordinárias
Profit attributable to ordinary shareholders
Ganhos por acção
Earnings per share
MZM’000
168,751,024
274,631,209
62.74%
MZM
4,849
7,892
62.74%
MZM’000
7,146,953,188
10,243,735,695
43.33%
MZM’000
1,198,246,598
1,739,024,641
45.13%
MZM’000
6,205,641,005
8,739,039,832
40.82%
MZM’000
662,950,677
1,039,988,323
56.87%
%
%
26.03%
2.38%
32.25%
3.16%
24%
33%
0.97
1.58
63%
4,029
7,892
96%
1.20
1.00
-17%
%
3.62%
4.20%
16%
%
54.28%
55.30%
2%
MZM’000
5,528,564
(13,963,941)
-353%
%
0.4%
-0.9%
-308%
%
70.98%
60.54%
-15%
%
0.00%
10.86%
380
416
Balanço
Balance Sheet
Total do activo
Total assets
Empréstimos e adiantamentos
Loans and advances
Depósitos e contas correntes
Deposit and current accounts
Fundos próprios
Shareholders’ equity
Rentabilidade
Returns
ROE
ROA
PER
Price earning ratio
Total de dividendos declarados por acção
Total dividends declared per share
Cobertura dos dividendos
Dividend cover
MZM
Outros
Others
Margem financeira
Net interest margin
Outros proveitos/total de proveitos
Non-interest revenue to total income
Provisões para diferenças entre vc e vr*
Credit impairment charges
Rácio de perdas de crédito
Credit loss ratio
Rácio custos/proveitos
Cost-to-income ratio
Taxa efectiva de imposto
Effective tax rate
Número de empregados
Number of employees
9%
*vc = valor contabilístico
vr = valor recuperável
O exercício de 2005 foi um ano de consolidação do processo de
integração e dos principais factores que afectam a actividade, no
sentido de possibilitar iniciativas futuras direccionados ao crescimento.
2005 was a year of consolidating the integration process and cementing the fundamentals to drive future growth initiatives.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
Mensagem do Presidente e do Administrador Delegado
Chairman and Managing Director’s Statement
P•3
Standard Bank Relatório Anual 2005
P•4
Mensagem do Presidente e do Administrador
Delegado
Standard Bank Annual Report 2005
Chairman and Managing Director’s Statement
Tomás Salomão
Presidente do Conselho de Administração
Chairman
António Coutinho
Administrador Delegado
Managing Director
O Standard Bank Moçambique conseguiu um bom crescimento
em todas as áreas de negócio em 2005, em parte sustentado por
uma economia moçambicana em franco crescimento. Um crescimento impulsionado pelas exportações, que continua a verificarse ao longo de 2005. O crescimento económico acelerou para
7,7%, principalmente como consequência do crescimento do
sector agrário, do desempenho dos mega projectos de contínua
ajuda internacional. Moçambique continuou a atrair investimento
directo estrangeiro (IDE) em montantes consideráveis estimulados por recursos naturais abundantes, energia barata, portos
e a sua proximidade geográfica da África do Sul, combinados
com uma melhoria da gestão fiscal. O investimento estrangeiro
cresceu em 34% em 2005 para um valor de US$164,5 milhões,
maioritariamente proveniente da África do Sul. Empresas Sul-Africanas investiram em projectos de infra-estruturas e construção.
Empresas do Reino Unido, Zimbabué, Portugal e da China também fizeram investimentos significativos.
Espera-se que a economia cresça a um ritmo mais moderado em
2006, com alguns novos projectos a contribuir para este crescimento, tais como as minas de titânio em Moma na província de
Nampula e nos sectores da construção e de uma agricultura, que
está a recuperar na sequência da seca de 2005 (e também graças ao crescente investimento directo estrangeiro no açúcar e
tabaco).
A desvalorização acelerada do metical face ao dólar e a outras
moedas fortes, depois de 2004 em que se manteve forte e de
níveis de inflação mais altos que o esperado, incluindo o valor
mensal da última década de 5%, registado em Dezembro de
2005, afectaram o quadro macroeconómico em que o Standard
Bank, SARL operou durante o exercício. Políticas económicas e
gerais sólidas, incluindo níveis mais elevados de inspecções por
parte das autoridades reguladoras, mitigaram o impacto destes
factores adversos no sistema. As reservas em divisas aumentaram duma forma consistente durante o ano.
O banco também esteve bem posicionado para beneficiar destas
condições macroeconómicas favoráveis e ultrapassou os seus
principais objectivos financeiros para 2005 – fazendo crescer os
seus ganhos padronizados por acção em 62,74% e alcançando
Standard Bank Mocambique achieved good growth across all
business areas in 2005, helped in part by a growing Mocambique
economy. Strong export-led growth, surpassing that of its African
counterparts, continued in 2005. Economic growth accelerated
to 7,7%, driven mainly by foreign funded mega projects and aid
inflows. Mozambique continued to attract considerable foreign direct investments (FDI) underpinned by abundant natural resources, cheap electricity, domestic sea ports and its geographical
proximity to South Africa together with improved fiscal management. Foreign investment increased by 34% in 2005 to US$164.5
million, with the bulk originating from South Africa. South African
companies invested in large infrastructure and construction projects. The UK, Zimbabwe, Portugal and China also made significant investments.
The economy is forecast to grow at a slightly higher pace in 2006
with certain new mega-projects contributing to the growth, such
as the Moma titanium mine in Nampula province, construction,
and agriculture that is recovering following the 2005 drought (also
thanks to increasing foreign investment in sugar and tobacco).
An accelerated depreciation of the Metical against the USD and
other major currencies after a strong 2004 and higher than anticipated inflation levels, including highest monthly of 5% for a decade
recorded in December 2005 impacted the macro economic environment that Standard Bank, SARL operated in during the year.
Sound economic and political policies, including increasing levels
of regulatory checks moderated the impact of these on the system
as foreign reserves improved steadily through out the year.
The bank was well positioned to capitalize on these favourable
macroeconomic conditions and exceeded its principal financial
objectives for 2005 – growing normalised headline ear-nings per
share by 62.74% and achieving a normalised return on equity
(ROE) of 32.25% - first in the market.
A key growth challenge for Retail Banking in Mozambique is to
find ways to extend appropriate and affordable financial services
to the un-banked and under-banked market segments. Retail
banking continue to attract customers through various targeted
products.
Standard Bank Relatório Anual 2005
um retorno do capital (return on equity - ROE) de 32,25% - o
primeiro do mercado.
Um dos principais desafios enfrentados pela banca de retalho
em Moçambique é encontrar formas de prestar serviços financeiros apropriados e acessíveis aos segmentos de mercado não
cobertos pela banca ou cobertos duma forma deficiente. A banca
de retalho continua a atrair clientes através de vários produtos
concebidos especialmente para este mercado.
O Standard Bank Moçambique está empenhado em possibilitar o
acesso a serviços financeiros a maior número de clientes no país.
Os princípios que nos guiam quando estruturamos os nossos
preços visam garantir produtos e serviços bancários acessíveis
a uma vasta gama de clientes, ponderados face à rentabilidade
sustentável da nossa actividade. Este equilíbrio está reflectido
num aumento médio dos nossos encargos bancários de contas
pessoais em 2006 inferior à taxa de inflação.
Standard Bank Annual Report 2005
P•5
Standard Bank Moçambique is committed to providing access
to financial services for all Mozambicans. Our guiding principles when structuring our prices is to ensure affordable banking
products and services across a broad customer base, balanced
against the sustainable profitability of our business. This balance
is reflected in the average increase in our bank charges for personal transactional accounts for 2006 below the inflation rate.
The bank continues to maintain high standards of corporate governance and complies with the requirements of the Group’s
Code of Corporate Practices and Conduct, (King Code). This includes our commitment to advancing the principles and practice
of sustainable development.
The corporate governance overview, to be covered later in this
report, provides a concise update on our governance structures
and undertakings.
O banco continua a manter elevados padrões de governação
corporativa e cumpre com os requisitos do Código de Práticas
e Condutas Corporativas do Grupo (King Code), o que inclui o
nosso empenho em regermo-nos por princípios e práticas de
The Standard Bank brand, rated the most valuable brand in South
Africa’s Most Valuable Brands survey conducted by Interbrand
Sampson, is being repositioned to make it more relevant to the
local and international markets in which we operate. As a unitary
brand, it is important to ensure a single, unified positioning and
desenvolvimento sustentável.
consistent brand experience across our operations.
A análise da governação corporativa, a ser elaborada mais à
frente neste relatório, fornece uma actualização resumida das
nossas estruturas e compromissos de governação corporativa.
As part of the repositioning, we will be introducing a new advertising payoff line that is more relevant “Inspired. Motivated. Involved.” Following a comprehensive stakeholder feedback process, this payoff line was chosen to encapsulate the essence of
what we are trying to achieve – to make a real difference to the
lives of our customers, shareholders, employees and other stakeholders in Mozambique and across the group.
A marca Standard Bank, considerada a marca mais valiosa da
África do Sul num inquérito das “Marcas Mais Valiosas” realizado
pela Interbrand Sampson, está a ser reposicionada para a tornar
mais relevante para os mercados locais regionais e internacionais
em que operamos. Enquanto marca unitária, é importante assegurar um posicionamento único, uniforme e coerente da marca
em todas as nossas operações.
Como parte do reposicionamento, vamos introduzir um novo
slogan publicitário mais relevante: “Inspirado. Motivado. Empenhado.” Na sequência dum processo abrangente de recolha de
reacções junto das partes envolvidas, esta linha de publicidade
de primeira foi escolhida para transmitir a essência do que estamos a tentar alcançar – fazer verdadeiramente a diferença nas
vidas dos nossos clientes, accionistas, colaboradores e outras
partes interessadas em Moçambique e em todo o grupo.
Desde a aquisição pelo Standard Bank, o processo de integração
tem sido vasto e complexo, abrangendo a integração de pessoas,
operações, sistemas e plataformas informáticos, bem como de
alinhamento de processos, segmentação de mercados e concentração das redes comerciais. Um planeamento e execução
rigorosos revelaram-se cruciais para se dar início a um novo ciclo
de desenvolvimento da organização, explorando todas as sinergias possíveis, aproveitando o que de melhor havia do passado,
com vista a servir melhor os nossos clientes e a criar mais valor
para os nossos accionistas.
Since acquisition by Standard Bank the integration process has
been a vast and complex process of integrating people, operations, information systems and platforms as well as alignment of
processes, market segmentation and concentration of business
networks. Rigorous planning and execution proved to be crucial
to advance the commencement of a new development cycle in
the organisation, exploiting all possible synergies, leveraging on
the best from the past, with a view to serving our customers and
creating more value for our shareholders.
More than ever, Standard Bank, SARL is committed to its people,
its most valuable resource. Greater focus on training programs
that are tailor made to the business needs will result in a longer
term better equipped work force. In the first quarter a recognition
event called STARS was held to recognise and reward exceptional performance.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P•6
Standard Bank Annual Report 2005
Mensagem do Presidente e do Administrador Delegado continuação
Chairman and Managing Director Statement continued
Mais do que nunca, o Standard Bank, SARL está empenhado no
seu pessoal, o seu activo mais valioso. A grande ênfase posta em
programas de formação, que são feitos à medida das necessidades da nossa actividade, vai ter como consequência uma força
de trabalho melhor equipada no longo prazo. No primeiro trimestre,
realizou-se um evento chamado STARS para reconhecer e recompensar os casos de desempenho excepcional.
Our sincere thanks go to our customers, staff and other stakeholders for their continued support over the last year, which has
enabled us to deliver an excellent set of financial results and
substantive progress across our businesses. We look forward
to another year of creating value for all stakeholders and assure
you that we guard against the dangers of arrogance and complacency. The guidance and support of our board gives us added
confidence in believing that we have the skills and resources to
take Standard Bank to the next level.
Queremos expressar os nossos sinceros agradecimentos aos
nossos clientes, ao pessoal e a todas as outras partes envolvidas
pelo seu apoio contínuo durante o último ano, que nos permitiu alcançar um conjunto de resultados financeiros excelentes e
fazer progressos significativos nas nossas áreas de actividade.
Olhamos com expectativa para um novo ano de criação de valor
para todas as partes interessadas e podem ter a certeza de que
estamos atentos aos perigos da arrogância e da complacência.
As orientações e o apoio do nosso Conselho de Administração
dão-nos motivos acrescidos para acreditar que temos as capacidades e os recursos necessários para levar o Standard Bank até
ao patamar seguinte.
Tomás Salomão
Presidente do Conselho de Administração
António Coutinho
Administrador Delegado
Tomás Salomão
Chairman
António Coutinho
Managing Director
Standard Bank Relatório Anual 2005
Análise Económica
Economic review
Standard Bank Annual Report 2005
P•7
Standard Bank Relatório Anual 2005
1.
P•8
Standard Bank Annual Report 2005
Economia Internacional
1.
International Economy
Cláudia Conceição
Unidade da Banca de Investimento
Investment Banking Unit
O desempenho económico global tem sido impressionante. O
crescimento económico acumulado dos últimos dois anos foi o
mais rápido em cerca de 30 anos. Esta situação parece não ser
consentânea com o facto dos preços do petróleo terem aumen-
Global economic performance has been stellar. Cumulative economic growth in the past two years has been the quickest in about
30 years. This should seem inconsistent with nominal oil prices
having risen five times in about five years, or in real terms are
double the average of the past two decades. However, extensive
monetary accommodation has helped offset potential friction from
oil and helped boost confidence and spending.
tado cinco vezes em cerca de cinco anos ou corresponderem,
em termos reais, ao dobro da média das últimas duas décadas.
No entanto, uma vasta adaptação monetária ajudou a anular os
potenciais atritos resultantes dos preços do petróleo e a fazer
disparar a confiança e o consumo.
Nonetheless, it is plausible to assert that the global environment
is prone to rupturing in 2006. The recent splendid performance
has exacerbated the structural fissures that plague the world
economy, which implies that the fallout from, say, a drop in US
house prices, could prove destabilising. The spark to a downturn
could also originate from tightening oil markets, or perhaps avian
flu.
No entanto, pode afirmar-se com plausibilidade que o ambiente
global está vulnerável a uma ruptura em 2006. A excelente performance dos últimos tempos exacerbou as fissuras estruturais que
infectam a economia mundial, o que implica que, por exemplo,
uma queda do preço das casas nos EUA pode ter efeitos destabilizadores. A faísca para inflamar esta situação também pode ter
origem num estreitamento dos mercados do petróleo ou, talvez,
na gripe das aves.
Crescimento económico mundial Global econimic growth
2001
2002
2003
2004
2005e
2006f
World
2.4
3
4
5.1
4.3
4.3
USA
1.2
1.5
1.9
3.3
2.5
2.7
Eurozone
0.8
1.6
2.7
4.2
3.5
3.3
Japan
1.7
0.9
0.7
2
1.2
1.8
Developing countries
4.1
4.8
6.5
7.3
6.4
6.1
Africa
0.2
4.4
4.6
6.5
4.3
4.6
Developing Asia
5.6
6.6
8.1
8.2
7.8
7.2
Central and Eastern Europe
0.2
4.4
4.6
6.5
4.3
4.6
Middle East
3.7
4.2
6.5
5.5
5.4
5
Central and South America
0.5
-
2.2
5.6
4.1
3.8
(e) estimate, (f) forecast
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
Um prognóstico bastante favorável parece no entanto corresponder à perspectiva dominante, com o crescimento global a
escorregar de 4,3% em 2005 para cerca de 4% este ano. Muito
do arrefecimento vai reflectir o natural relaxamento que se segue
ao recente ciclo muito dinâmico e também o endurecimento das
principais autoridades monetárias e a relativa contenção das
suas contrapartes fiscais. Cheia de implicações, a há muito esperada desaceleração dos EUA pode estar prestes a desabar sobre
nós.
P•9
A fairly benign prognosis appears to be the dominant view though,
with global growth slipping from 4,3% in 2005 to about 4% this
year. Much of the cooling will reflect a natural easing following
the recent spirited cycle, and also the tightening by key monetary
authorities and relative restraint by their fiscal counterparts. Significantly, the long-anticipated US slowdown may be upon us.
The US housing market is noteworthy in this respect, having contributed at least one-third to overall growth in the US in 2005.
However, the US Federal Reserve’s tightening through 2005 and
further increments this year will reduce traction in housing activity
and support household savings. The US housing market is perhaps a few quarters behind the UK and Australian experience,
which have soft-landed, and possibly portend similar prospects
for the US.
O mercado de habitação dos EUA é digno de nota a este respeito, tendo contribuído com pelo menos um terço para o crescimento global dos EUA em 2005. No entanto, o endurecimento
da Reserva Federal durante todo o ano de 2005 e os aumentos
adicionais deste ano vão reduzir a pressão sobre o mercado de
habitação e vir em apoio às poupanças das famílias. O mercado
de habitação dos EUA está talvez alguns trimestres atrás da experiência no Reino Unido e na Austrália, em que a descida à terra
decorreu sem incidentes e que talvez nos dê sinais de perspectivas semelhantes para os EUA.
US GDP and personal comsumption growth (%)
8
% q/q
6
4
2
0
-2
-4
1990
1992
1994
GDP
A resistência da economia americana pode estar suportada por
um crescimento saudável do emprego e do rendimento e, aparentemente, por um fortalecimento do ciclo de despesas em bens de
capital. Um cenário com preços do petróleo estáveis ajudaria à
materialização da projecção favorável e, de facto, caso os preços
caíssem, o rendimento real dispararia. O trabalho de recuperação na costa do Golfo é encorajador e uma dinâmica externa com
alguma solidez ajudaria a sustentar as exportações. Um ciclo de
consumo mais brando nos EUA, combinado com uma factura das
importações de petróleo menos penalizadora poderia levar o presente défice de cerca de 7% para 6,25% até ao final do ano.
1996
1998
2000
2002
2004
Personal consumption
The US economy’s resilience may be buttressed by healthy
employment and income growth and, seemingly, a strengthening capital expenditure cycle. Stable oil prices will aid the benign
projection and, indeed, were prices to fall, real incomes would
be boosted. The recovery work in the Gulf Coast is encouraging,
and a reasonably firm external dynamic will help sustain exports.
A softer US consumer cycle, combined with a less punishing oil
import bill, may usher the current account shortfall from around
7% to 6,25% by the year’s end.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 10
Standard Bank Annual Report 2005
Análise Económica continuação
Economic review continued
Brent Crude oil prices in USD per barrel
70
60
50
40
30
20
10
A Reserva Federal dos EUA deve continuar atenta aos riscos
acrescidos de subida da inflação em 2006 – o potencial para
um crescimento da produtividade inferior à tendência é elevado,
especialmente devido à força do crescimento do emprego, e o
crescimento nominal dos salários em geral deve ser sólido. Em
consequência, apesar da alteração da atitude depois de Janeiro,
a política pode reflectir uma continuação do favorecimento da
contenção dos riscos de subida da inflação. Um objectivo de
cerca de 5% para a taxa dos fundos federais este ano é razoável,
mas requer uma resistência económica sustentada. Na sequência dum crescimento económico estimado de 3,7% em 2005, os
EUA devem crescer a uma taxa à volta de 3,5% em 2006. E existe,
talvez, um maior potencial para uma revisão em alta desta projecção.
Do outro lado do oceano, a economia da Eurolândia está a dar
sinais de ressuscitar duma forma sustentada. Esta noção é reforçada pelo facto do Banco Central Europeu (BCE) ter subido a sua
taxa política em Dezembro pela primeira vez em cinco anos. E, à
imagem dos EUA, o BCE tem vindo a pautar a sua actuação por
um retorno à “neutralidade”, esperando-se portanto um endurecimento adicional este ano. Apesar disso, a política da zona euro
continua expansionista tanto em termos reais, como nominais.
As medidas de Dezembro também reforçam a noção de que a
política monetária não pode ser uma muleta que carrega o fardo
do crescimento em vez de reformas estruturais mais vastas.
Depois de ter crescido 1,4% em 2005, a economia da zona euro
deve continuar a crescer modestamente a uma taxa acima de
2% em 2006, principalmente devido à vitalidade da procura doméstica em alta. Duma forma crítica, a Alemanha, o epicentro
da economia da região, parece lançada construtivamente numa
dinâmica de crescimento mais vasta. O investimento em capital
fixo cresceu a uns impressionantes 9,1% (em termos homólogos)
no terceiro trimestre de 2005, ajudando a fazer subir o investimento de toda a região para 6,5%. Por outro lado, as exportações
alemãs estão a beneficiar dum euro ponderado pelo comércio
mais brando e o comércio regional mostra-se muito dinâmico.
Uma melhoria dos preços do petróleo seria uma excelente ajuda
Jan-06
Sep-05
May-05
Jan-05
Sep-04
May-04
Jan-04
Sep-03
May-03
Jan-03
Sep-02
May-02
Jan-02
Sep-01
May-01
Jan-01
Sep-00
May-00
Jan-00
0
The US Federal Reserve should remain wary of heightened inflation risks in 2006 – the potential for below-trend productivity
growth is high, especially on the strength of employment growth,
and nominal wage growth should generally be firm. Consequently,
despite a changed guard after January, policy may reflect continued
sympathy for containing upside inflation risks. A federal funds target rate of around 5% this year is rational, but this requires sustained economic resilience. Following economic growth estimated
at 3,7% in 2005, the US should expand at a 3,5% clip in 2006. And
there is, perhaps, greater upside risk to this forecast.
Across the pond, the Euroland economy is signalling sustainable
revival. This notion is reinforced by the European Central Bank
(ECB) having raised its policy rate in December for the first time
in five years. And, like the US, the ECB is gearing for a return to
“neutrality”, and therefore further tightening is expected this year.
Still, euro area policy remains expansionary in both real and nominal terms. December’s action will also reinforce the notion that
monetary policy can’t be a crutch that carries the growth burden
in place of wider structural reforms.
After expanding by 1,4% in 2005, the euro area’s economy should
grow modestly faster than 2% in 2006, mostly on the strength of
improving domestic demand. Critically, Germany, the epicenter
of the region’s economy, appears to be engaging constructively
in the broader growth dynamic. Fixed investment rose by an impressive 9,1% q/q in the third quarter of 2005, helping to buoy
region-wide investment by 6,5%. Also, German exports are benefiting from a softer trade-weighted euro and intra-regional trade
is showing momentum. An easing in oil prices will aid consumers
noticeably; a 10% decline from 2005 prices will add at least twotenths to GDP growth in 2006.
Standard Bank Relatório Anual 2005
para os consumidores; uma descida de 10% dos preços registados
em 2005 faria o PIB crescer pelo menos duas décimas em 2006.
Em termos gerais, os sinais dados pelo ciclo comercial sugerem
que é razoável apostar numa melhoria sustentada da economia
da região. Também é provavelmente seguro apostar que o BCE,
apesar da política de endurecimento de Dezembro, não se vai
precipitar e normalizar condições monetárias que continuam a
ser explicitamente favoráveis ao crescimento.
No Reino Unido, o mal-estar nos gastos dos consumidores afectou o brilho da economia no último ano, produzindo uma expansão de cerca de 1,7%, abaixo da tendência. As famílias podem
passar mais uma vez desapercebidas na sua actividade em 2006,
principalmente devido à sua predilecção pela poupança, apesar
de condições de rendimento e emprego muito respeitáveis. Por
outro lado, a inflação irá provavelmente ao encontro do objectivo
de 2% durante 2006, dando um espaço mínimo para qualquer
adaptação monetária significativa.
No entanto, o investimento será provavelmente um pouco mais
sólido em 2006, estimulado pelo vigor do sector público e do mercado da habitação. A dinâmica das exportações também pode
injectar alguma vida. Embora a libra esterlina continue sobreavaliada de acordo com a maior parte dos parâmetros, o recente
deslizamento face ao dólar e o potencial de erosão adicional em
2006 devem traduzir-se duma forma positiva em crescimento
global através do saldo líquido das transacções comerciais.
No Japão, depois duma breve recessão em 2004, o forte consumo privado doméstico deu origem a uma reviravolta no último
ano. Para além disso, ajudada pelos correcções das existências
inventário e gastos em capital fixo, a economia conseguiu atingir
um crescimento de cerca de 2,5%. Em 2006, espera-se um
crescimento perto dos 3%.
O crescimento do rendimento das famílias e as condições do
mercado de trabalho estão a melhorar e os ganhos verificados
nos títulos e nos preços dos terrenos nas áreas urbanas também fizeram subir a confiança e a propensão para a despesa dos
consumidores. Certamente, a vitalidade emergente do consumo
privado implica algum potencial de longevidade para o desempenho do Japão em termos de crescimento.
Os gastos em investimento da indústria transformadora em geral
e da indústria automóvel em particular devem continuar robustos
na primeira parte deste ano. O prognóstico quanto à reposição de
capital no sector dos serviços também é favorável, com ênfase
nos serviços públicos e nos sectores tecnológicos.
Um dos principais riscos de descida da economia japonesa, para
além de circunstâncias adversas nos EUA e dum pico nos preços
do petróleo, é um abrandamento na China. Sinais recentes sugerem que as exportações japonesas foram fortes por causa da
procura chinesa. No entanto, o há muito vaticinado abrandamento chinês pode ter sido apenas adiado e, caso continue arredio
durante este ano, acontecerá com bastante maior probabilidade
em 2007.
Standard Bank Annual Report 2005
P • 11
Broadly, business cycle evidence suggests that it is reasonable
to bet on sustained improvement in the region’s economy. It is
also probably safe to bet that the ECB, despite tightening policy
in December, will not rush to normalise what remain expressly
growth-friendly monetary conditions.
In the UK, malaise in consumer spending tarnished the economy
last year, producing below-trend expansion of about 1.7%. Households may again be unremarkable in their engagement in 2006,
mostly because of a predilection for savings and despite respectable income and employment conditions. Also, inflation is likely
to hug the 2% target through 2006, providing minimal leeway for
meaningful monetary accommodation.
Still, investment is likely to be somewhat firmer in 2006, underpinned by vigour in the public sector and the residential housing
property market. The export dynamic may inject some life, too.
While sterling remains overvalued by most measures, the recent
slide against the US dollar and the potential for further erosion
in 2006 should translate positively to overall growth through net
trade.
In Japan, after a brief recession in 2004, strong private domestic
consumption spawned a rebound last year. Moreover, aided by inventory adjustments and capital investment spending, the economy was able to record growth of about 2,5%. In 2006, expansion
close to 3% is envisaged.
Household income growth and labour market conditions are improving, and gains in stock and land prices in urban areas have
also boosted confidence and consumers’ propensity to spend. To
be sure, the emerging strength in private consumption implies the
potential for longevity in Japan’s growth performance.
Investment spending, in manufacturing generally and the motor
industry especially, should remain healthy in the early part of this
year. The prognosis for capital replenishment in the services sector is also favourable, with an emphasis on the utilities and technology sectors.
A key downside risk to Japan’s economy, apart from adverse US
circumstances and an oil price spike, is a slowdown in China.
Recent evidence suggests that Japan’s exports have been vigorous because of Chinese demand. However, the much anticipated
Chinese slowdown may only have been postponed, and should it
remain elusive this year, it will more surely take hold in 2007.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 12
Standard Bank Annual Report 2005
Análise Económica continuação
Economic review continued
A importância da China na equação do crescimento global é alvo
de pouca contestação, em especial o seu papel na fixação marginal de preços de muitos bens básicos. Os novos dados publicados pelo governo chinês indicam que a economia é cerca de
um quinto maior do que o originalmente estimado. Naturalmente,
deve fazer-se o alerta habitual quanto à autenticidade das estatísticas chinesas, mas as análises põem em evidência a importância crescente da China no comércio global e nos fluxos de
capitais e, portanto, as potencialmente mais vastas consequências da volatilidade do seu crescimento.
China’s importance in the global growth equation is contested little, particularly its role as marginal price-setter in many commodities. New data published by the Chinese government indicate that
the economy is about one-fifth larger than originally estimated.
Of course, there is the usual caveat that must be attached to the
authenticity of Chinese statistics, still the revisions highlight its
rising significance in global trade and capital flows, and hence the
potentially wider consequences of its growth volatility.
Indeed, China’s investment cycle appears to be moderating, and
is attested to by the decline in bank lending. In 2005, fixed capital formation amounted to about half of GDP, and persistence of
this strength is bound to foster surplus capacity. Moreover, the
absence of significant market-based credit rationing underscores
the risks of inefficient investment choices.
Na verdade, o ciclo de investimento da China parece estar a dar
sinais de moderação, o que é atestado pela descida do crédito
bancário. Em 2005, a formação de capital fixo ascendeu a cerca
de metade do PIB e a persistência desta solidez irá certamente
fomentar a capacidade de gerar excedentes. Para além disso,
a ausência dum racionamento de crédito significativo baseado
no mercado potencia o risco de escolhas de investimento ineficientes.
Os crescimentos das importações de petróleo caiu de mais de
30% em 2003 e 2004 para menos de 5% no último ano. Os preços
dos imóveis, uma importante determinante do investimento, inverteram-se nas principais cidades. Um consumo privado algo
resistente sugere a existência de alguma capacidade de amortecimento, mas, no entanto, face à estimativa governamental
dum crescimento de 10% em 2005, a performance pode deslizar
para 9% este ano. Caso o crescimento venha a surpreender pela
positiva, é provável que represente actividade “pedida emprestada” a 2007.
2.
Economia Sul-Africana
O crescimento económico da África do Sul, que é o mais alto em
várias décadas, resulta principalmente duma procura doméstica
exuberante. A espiral despesista dos consumidores é potenciada por uma inflação e taxas de juros relativamente baixas,
bem como pela criação líquida de postos de trabalho; pelo efeito
positivo sobre a riqueza decorrente da alta dos preços dos títulos e das casas; por uma forte confiança dos consumidores,
principalmente entre os consumidores negros, cuja confiança
ultrapassa em muito a de todos os outros grupos populacionais
e que é responsável por quase metade dos gastos das famílias;
por um aumento do rendimento disponível superior à inflação; e
pelo crescimento das transferência sociais. Foi, no entanto, financiada por um aumento do endividamento, que se tem tornado
mais acessível suportado por taxas de juros mais baixas e que é
mais fácil de obter com o aumento dos preços das casas dadas
de garantia. Apesar do rácio recorde de endividamento das famílias, existem sinais encorajadores relativos à saúde das suas finanças, tais como uma proporção relativamente baixa de crédito
mal-parado e o número de insolvências.
Growth in oil imports slipped from more than 30% in 2003 and
2004 to less than 5% last year. Property prices, an important determinant of investment, have turned south in major cities. Resilient private consumption suggests some cushion; still, from
around the government’s 10% growth estimate for 2005, performance may slip to 9% this year. Should growth surprise on the
upside, it is likely to represent activity “borrowed” from 2007.
2.
South African Economy
South Africa’s economic growth, which is at a multi-decade high,
mostly stems from exuberant domestic demand. Consumers’ extended spending spree is underpinned by relatively low inflation
and interest rates as well as net job creation; the positive wealth
effect of rising equity and house prices; upbeat consumer confidence, especially among black consumers, whose confidence is
outranking that of all other population groups and which accounts
for nearly half of total household expenditure; above-inflation increases in disposable income; and growth in social transfers. It
has, however, also been financed by increased debt, which has
been more affordable on the back of lower interest rates and
easier to obtain with rising house prices as collateral. Despite
households’ record high debt-to-income ratio, there are encouraging signs regarding the health of households’ finances such as
a relatively low proportion of non-performing loans and number
of insolvencies.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 13
Dados Macroeconómicos Global econimic growth
Crescimento anual do PIB
Real annual GDP
Inflação
inflation
Taxa de juros prime
Prime Interest Rate
ZAR/USD
ZAR/EUR
ZAR/GBP
ZAR/JPY
Variação anual %
Annual variation %
IPCH (média anual)
CPIX (annual average)
IPC (média anual)
CPI Headline (annual average)
Fim do período (%)
End of Period (%)
Média (%)
Average (%)
Média anual
Annual average
Média anual
Annual average
Média anual
Annual average
Média anual
Annual average
Espera-se que o crescimento dos gastos das famílias, o principal
motor da actual expansão económica, venha a ser ligeiramente
moderado pela redução do crescimento do rendimento e por um
efeito positivo menos pronunciado sobre a riqueza. No entanto,
esta situação deve ser parcialmente mitigada pela redução adicional da carga fiscal e por uma política monetária acomodatícia.
O tema dum crescimento mais lento, mas ainda relativamente
robusto, vai prevalecer na maior parte de tipos de gastos dos
consumidores, incluindo no mercado dos automóveis e da habitação.
Os gastos em bens de capital vai estimular ainda mais a economia e deve vir a desempenhar um papel alargado na dinâmica mais vasta do crescimento, fazendo crescer não apenas os
gastos totais, mas aliviando também as limitações do lado da
oferta. As exportações líquidas devem continuar a subtrair-se à
produção doméstica. No entanto, embora a solidez sustentada
do rand continue a prejudicar a competitividade dos produtores
locais, as firmas têm-se tornado cada vez mais adeptas de formas de enfrentar este desafio. Por outro lado, o apoio às exportações líquidas deve vir da renovação da procura na Europa e de
mercados de bens básicos fortes.
2002
2003
2004
2005
2006e
3,60
2,8
3,7
4,3
3,9
9,30
6,8
4,3
3,9
4,3
9,20
5,8
1,4
3,4
4,0
17,00
11,5
11
10,5
10,5
15,59
14,96
11,31
10,64
10,5
10,54
7,55
6,43
6,33
6,15
9,90
8,53
7,97
7,83
7,6
15,77
12,25
11,74
11,5
10,98
11,93
15,41
16,79
17,44
18,4
Households’ spending growth, the chief driver of the current economic expansion, is expected to be dampened slightly by reduced
income growth and a fading positive wealth effect. However, this
should be partially mitigated by further income tax relief and accommodative monetary policy. The theme of slower, but still relatively robust, growth will prevail in most types of consumer spending, including the car and housing markets.
Fixed investment spending will add further stimulus to the economy and should play an expanding role in the larger growth dynamic, not only by increasing total spending but also by alleviating
supply-side limitations. Net exports should continue to subtract
from domestic output. However, while sustained rand strength still
hampers local producers’ competitiveness, firms have become increasingly adept at mollifying this challenge. Also, support for net
exports should come from reviving European demand and strong
commodity markets.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 14
Standard Bank Annual Report 2005
Análise Económica continuação
Economic review continued
Poupança das famílias e acumulação de activos (AS)
Households savings and asset accumulation (SA)
30
%
25
20
15
10
5
0
-5
1980
1982
1984
1986
1988
1990
Taxa de poupança das famílias
Household savings rate
O mercado de habitação registou um desempenho excepcional
em 2005, fomentado por dados fundamentais sobre o consumo
saudáveis, taxas de juros baixas e ganhos generosos no rendimento disponível sustentados por um crescimento económico
acelerado e cortes consecutivos nos impostos sobre o rendimento. Para além disso, uma classe média em progressão, especialmente na população negra, também contribuiu para uma procura
e um crescimento dos preços sem precedentes.
O mercado de veículos automóveis registou um crescimento recorde em 2005, resultante tanto de factores macroeconómicos,
como de factores específicos do sector. Os dados fundamentais
sobre o consumo saudáveis, as taxas de juros baixas e os ganhos generosos no rendimento disponível sustentados por um
crescimento económico acelerado e cortes consecutivos nos impostos vieram em apoio a uma forte procura por parte dos consumidores. Por outro lado, os aumentos negativos dos preços
dos automóveis, combinado com novos e melhores modelos,
atraíram os consumidores para este mercado.
3.
A Economia Moçambicana
Um forte crescimento encabeçado pelas exportações, superior ao
das suas contrapartes africanas, continuou a verificar-se em 2005.
Estima-se que o crescimento económico tenha acelerado para
os 7,7%, liderado pela construção, pela indústria transformadora
e pelo contributo continuado dos mega projectos. Moçambique
continuou a atrair investimentos estrangeiros directos (IED) consideráveis, sustentados por recursos naturais abundantes, electricidade barata, portos marítimos domésticos e a sua proximidade geográfica com a África do Sul. O investimento estrangeiro
aumentou 34% em 2005, para um valor de US$164,5 milhões,
sendo o grosso deste investimento originário da África do Sul. As
empresas sul-africanas investiram em grandes infra-estruturas e
projectos de construção. O Reino Unido, o Zimbabué, Portugal e
a China também fizeram investimentos substanciais.
1992
1994
1996
1998
2000
2002
2004
Crescimento (homólogo) dos activos das famílias
Growth in households’ assets (y/y)
The residential property market recorded stellar performance in
2005, underpinned by healthy consumer fundamentals, low interest rates and generous gains in disposable income on the back
of accelerating economic growth and consecutive cuts in income
taxes. Furthermore, a growing middle class, specifically within the
black population, also contributed to the unprecedented demand
and price growth.
The vehicle market registered record-high growth in 2005, underpinned by both macroeconomic and sector-specific factors.
Healthy consumer fundamentals, low interest rates and generous gains in disposable income on the back of accelerating economic growth and consecutive cuts in income taxes supported
strong consumer demand. In addition, negative real vehicle price
increases, combined with new and improved car models, lured
consumers into the market.
3.
The Mozambique Economy
Strong export-led growth, surpassing that of its African counterparts, continued in 2005. Economic growth is estimated to have
accelerated to 7,7% driven by construction and manufacturing,
and the continued contributions of the mega projects. Mozambique continued to attract considerable foreign direct investments
(FDI) underpinned by abundant natural resources, cheap electricity,
domestic sea ports and its geographical proximity to South Africa.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 15
Dados macroeconómicos (Moçambique) Macro-economic data (Mozambique)
PIB real anual
Real annual GDP
Inflação - Cidade de Maputo
Inflation - Maputo City
MZM/USD
MZM/ZAR
Total de receitas
Total Income
Total de despesas
Total expense
Saldo orçamental
Budgetary balance
Saldo orçamental (sem subsídios)
Budgetary balance (excl. grants)
%
média anual
annual average
%
%
em % do PIB
in GDP %
em % do PIB
in GDP %
em % do PIB
in GDP %
em % do PIB
in GDP %
2000
2001
2002
2003
2004
2005
2006e
1,9
13,1
8,2
7,8
7,2
7,7
7,4
7,3
12,7
9,1
34
-12
17,1
3
34
13,5
-0,2
36
12,7
-18
-7
7,2
28
26
12,9
12,4
12,4
12,9
12,6
13,8*
14,5*
26,7
32,1
27,9
26,5
24,4
27,1*
27,5
-5,8
-6,1
-7
-4,5
-4,5
-5,6*
-3,9
-13,7
-19,9
-17,3
-14,0
-12,0
-13,3*
-13,0
* Estimativas * Estimates
O alumínio, da fundição da MOZAL continua a gerar cerca de
60% dos ganhos das exportações. Moçambique registou o maior
crescimento das chegadas de turistas da África sub-saariana,
34%, sendo um número significativo de turistas originário da
África do Sul. A seca que afligiu zonas do sul do país restringiu
a produção agrícola, mas teve um impacto limitado no crescimento. Os sectores tradicionais, em especial a agricultura e as
actividades não agrícolas das áreas rurais, têm vindo a dar um
contributo crescente para a produção económica. As boas chuvas dos últimos meses criam boas perspectivas quanto à próxima
colheita.
A inflação média anual caiu para uma média de 7,15% em 2005,
dentro do objectivo de 8% do FMI, em consequência duma menor
inflação dos bens alimentares no terceiro e quarto trimestres de
2005. Dado que os bens alimentares constituem 60% do cabaz
do índice de preços ao consumidor, a inflação é muito sensível
a alterações do preço deste tipo de bens. A pouca chuva do último trimestre do ano causou uma seca em zonas do sul do país
que se manifestou em escassez de alimentos. Os preços dos
bens alimentares subiram e a inflação saltou para dois dígitos em
Dezembro, pela primeira vez em 2005, para se fixar em 14,8%. A
inflação não relacionada com bens alimentares manteve-se em
dois dígitos durante a maior parte do ano devido aos efeitos da
transferência dos aumentos dos preços de venda ao público de
combustíveis entre Abril e Dezembro de 2005. Em Janeiro de
2006, foi lançado um novo índice de preços ao consumidor que
toma 2004 como ano de base e contém alterações às ponderações e à composição dos elementos do cabaz de consumo.
Nomeadamente, o que correspondia à categoria de alimentação,
bebidas e tabaco com uma ponderação de 63,46% foi substituído
por uma categoria de alimentação e bebidas não alcoólicas com
uma ponderação de 51,85%. Foi criada uma nova categoria de
bebidas alcoólicas, tabaco e narcóticos com uma ponderação de
2,13%. A categoria de alimentação e bebidas está agora em linha
com a maior parte dos países da África sub-saariana.
Foreign investment increased by 34% in 2005 to US$164.5 million, with the bulk originating from South Africa. South African
companies invested in large infrastructure and construction projects. The UK, Zimbabwe, Portugal and China also made significant investments.
Aluminium, from the MOZAL smelter continues to generate about
60% of export earnings. Mozambique recorded the highest growth
in tourism arrivals in sub-Saharan Africa, 34%, with a significant
number coming from South Africa. A drought that afflicted southern
parts of the country moderated agricultural output but had a limited impact on growth. Traditional sectors, particularly agriculture
and non-farm activities in rural areas, are increasingly contributing to economic output. Good rainfalls in recent months bode well
for the upcoming harvest.
Annual average inflation eased to an average of 7,15% in 2005,
well within the IMF target of 8%, as a result of lower food inflation
in the second and third quarters of 2005. As food constitutes 60%
of the consumer price index basket, inflation is very sensitive to
changes in food prices. Poor rains in the last quarter of the year
led to a drought in the southern parts of the country that manifested in a food shortage. Food prices picked up, food inflation
crept into the double digits in December, for the first time in 2005,
to settle at 14.8%. Non-food inflation remained in the double digits
for most of the year due to the pass-through effects of the hikes
in the retail price of fuel between April and December 2005. In
January 2006, a revised consumer price index was released with
2004 as the new base year, and changes in the weightings and
composition of items in the consumption basket. Notably, what
was the food, beverages and tobacco category with a weight of
63.46% has been replaced by a food and non-alcoholic beverages category with a 51.85% weighting. A new consumption category comprising of alcoholic beverages, tobacco and narcotics
was created with a 2.13% weighting. The revised food et al weight
is now in line with that of most sub-Saharan African countries.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 16
Standard Bank Annual Report 2005
Análise Económica continuação
Economic review continued
Annual inflation
20
18
16
14
12
10
8
6
4
2
0
Jan.
Feb.
Mar.
Apr.
May
Jun.
2004
O défice doméstico primário situou-se a um nível melhor do que
esperado, em 1% do PIB no fim de Junho de 2005, em consequência de menores despesas correntes financiadas localmente
devido à imposição dos limites de despesas de 2004 até à aprovação do orçamento em Maio. As dificuldades na cobrança de receitas no primeiro semestre do ano também contribuíram para
um alargamento do défice orçamental (sem subsídios), que se
estima em 7% do PIB para 2005. Os gastos com pessoal foram
menores que o previsto em termos de objectivos, ao passo que
os gastos prioritários ultrapassaram o objectivo previsto para o final de Junho de 2005. Existem indicações de que o desempenho
em termos de receitas melhorou no segundo trimestre de 2005
suportado pelos impostos sobre o rendimento das pessoas colectivas e uma melhor administração fiscal, através de auditorias a
grandes contribuintes e identificação de dívidas embora trazendo
mais contribuintes para dentro do sistema, e duma aplicação estrita da legislação fiscal.
Um forte crescimento das importações desencadeado por uma
valorização real das taxas de câmbio na segunda metade de
2004 e a importação de cereais a título de ajuda por causa da
seca levaram a um alargamento do défice das contas correntes
(sem subsídios). As exportações de camarões, açúcar e tabaco
não tiveram um desempenho tão bom quanto esperado devido
a factores adversos temporários. A liquidez externa melhorou
em consequência dum forte apoio por parte dos doadores sob a
forma de subsídios e empréstimos subsidiados.
No primeiro trimestre de 2005, a inflação abrandou na sequência da venda de dólares pelo Banco de Moçambique para retirar
moeda local de circulação perto do final de 2004. Posteriormente,
o Metical valorizou-se e começou a estabilizar em meados de
2005. No segundo semestre de 2005, a moeda enfraqueceu em
resposta a um dólar mais forte e ao novo sistema de leilão de
moeda estrangeira entre o banco central e os principais bancos
comerciais. A inflação mais alta e o imperativo de cumprir um
objectivo de reservas internacionais no valor de US$900 milhões
até ao final de 2005 vieram pressionar ainda mais a moeda. No
entanto, a volatilidade da taxa de câmbio diminuiu à medida que
o mercado se adaptou ao novo sistema de leilão, na sequência
duma melhor gestão da liquidez, e parcialmente, devido ao efeito
Jul.
Aug.
Sep.
Oct.
Nov.
Dez.
2005
The domestic primary deficit came in better than expected, at 1%
of GDP, at the end of June 2005 as a result of lower current and
locally financed expenditure related to the imposition of the 2004
expenditure limits until the budget was approved in May. Difficulty
in revenue collection in the first half of the year also contributed
to a widening budget deficit (excluding grants) that is estimated to
have settled at 7% of GDP for 2005. The wage bill came in below
target whereas priority expenditure exceeded the programmed
target at end-June 2005. Indications are that revenue performance improved in the second half of 2005 supported by corporate income taxes and improved revenue administration through
completing audits of compliance with large taxpayers, identification of tax arrears, bringing more taxpayers into the system and
strict tax enforcement.
Strong import growth triggered by a real exchange rate appreciation in the second half of 2004 and drought relief cereal imports led to a widening current account deficit (excluding grants).
Prawns, sugar and tobacco exports did not perform as well as
expected due to temporary adverse factors. External liquidity improved as a result of strong donor support in the form of grants
and concessional loans.
In the first quarter of 2005 inflation eased following the Bank of
Mozambique’s sale of dollars to withdraw local currency towards
the end of 2004. Subsequently, the metical appreciated and began
to stabilise in mid-2005. In the second half of 2005, the currency
weakened in response to a stronger dollar and the introduction
of the new foreign-currency auction system between the central
bank and the major commercial banks. Higher inflation and a
mandate to meet an international reserves target of US$900m by
the end of 2005 put more pressure on the currency. However, exchange rate volatility declined as the market adapted to the new
auction system, following better liquidity management, and partly
due to the effecting of the 50% provisioning requirement on foreign currency loans to non-exporters. Established macroeconomic
stability and continued inflows of foreign currency, from foreign
direct investment and donor support, are expected to stabilise the
currency going forward.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
da exigência de provisionamento de 50% dos empréstimos em
moeda estrangeira a não exportadores. Espera-se que a estabilidade macroeconómica firmada e a continuação da entrada de
fluxos de moeda estrangeira provenientes de investimento estrangeiro directo e ajuda dos doadores estabilizem o curso futuro
da moeda.
P • 17
Between January and October 2005, the discount rate remained
unchanged at 11,5%, and then rose in the last quarter of 2005 to
settle at 13,75% in December. The tighter monetary policy stance
was in response to the accelerating inflation rate, from 7,8% y/y
in October to 14% y/y in December. Over the course of 2005, the
Treasury bill rate was stable and positive in real terms, though the
yield curve was relatively flat because of the interest rate ceiling
on Treasury bill auctions.
Metical Exchange rates in 2005
36000
4500
33000
4000
3500
30000
3000
27000
2500
24000
2000
1500
21000
1000
18000
500
15000
0
Jan.
Feb.
Mar.
Apr.
May
Jun.
USD
Jul.
EUR
Aug.
Sep.
Oct.
Nov.
Dez.
ZAR (rhs)
Entre Janeiro e Outubro de 2005, a taxa de desconto manteve-se
inalterada em 11,5% e depois subiu no último trimestre de 2005
para se fixar em 13,75% em Dezembro. A atitude mais apertada
em termos de política monetária veio responder à aceleração da
taxa de inflação homóloga de 7,8% em Outubro para 14% em
Dezembro. Durante o ano de 2005, a taxa dos bilhetes de tesouro
manteve-se estável e positiva em termos reais, embora a curva
de rendibilidades fosse relativamente plana por causa dos limites
Donor support and private capital inflows exceeded expectations,
allowing for the net international reserves target for end of June
2005 to be met, however, the indicative target for end-September
was missed.
de taxa aplicáveis aos leilões de bilhetes de tesouro.
Interest rates
21
%
18
15
12
9
6
Jan.
Feb.
Mar.
Apr.
May
Prime
A ajuda dos doadores e as entradas de fluxos de capitais privados excederam as expectativas, permitindo que o objectivo de
reservas internacionais para o final de Junho de 2005 fosse
atingido, embora o objectivo indicativo para o final de Setembro
não o fosse.
Jun.
Jul.
Discount
Aug.
Sep.
Oct.
91 day t-bill
Nov.
Dez.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 18
Standard Bank Annual Report 2005
Standard Bank Relatório Anual 2005
A nossa visão e valores
Our vision and values
Standard Bank Annual Report 2005
P • 19
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 20
Standard Bank Annual Report 2005
A nossa Visão
Our vision and values
• Estamos empenhados em produzir uma diferença real no sector
financeiro Moçambicano e entre outros mercados emergentes.
• Asseguraremos uma sustentabilidade a longo prazo através
da harmonia das necessidades dos nossos clientes, nossos
colaboradores e nossos accionistas e por sermos relevantes
nas sociedades em que operamos.
• Só seremos bem sucedidos se conseguirmos atrair, reter,
desenvolver e desdobrar equipes de pessoas com energia,
paixão e talentos.
• We are committed to making a real difference to financial services in Mozambique and other emerging markets.
• We will ensure long-term sustainability by harmonising the
needs of our customers, our people and our shareholders and
by being relevant to the societies in which we operate.
• We will only succeed if we are able to attract, retain, develop
and deploy teams of people with energy, passion and skills.
Os nossos Valores
• Serving our customers
We do everything in our power to ensure that we provide our
customers with the products, services and solutions to suit their
needs, provided that everything we do for them is based on
sound business principles.
• Servir aos nossos clientes
Fazemos tudo que está ao nosso alcance para responder as
necessidades dos nossos clientes com produtos, serviços e
soluções que respondam as suas necessidades, baseado em
sólidos princípios de negócio.
• Desenvolver os nossos colaboradores
Encorajamos e apoiamos os nossos colaboradores a elevarem-se ao máximo do seu potencial, e avaliamos os nossos
líderes através do seu crescimento e na forma como eles desafiam às pessoas que eles lideram
• Remunerar os nossos Accionistas
Entendemos que temos o privilégio de existir se garantirmos
um retorno a longo prazo aos nossos accionistas. Envidamos
todos os esforços para exceder as nossas metas e cumprir
com as nossas promessas.
• Ser proactivo
Pautamos por antecipar os factos do que reagir, assegurando
sempre que as nossas acções são responsáveis.
• Trabalhar em equipe
Nós, bem como todos os aspectos do nosso trabalho, somos
interdependentes. Acreditamos que em equipe conseguimos
atingir melhores resultados do que quando agimos individualmente. Valorizamos as equipes existentes em unidades orgânicas, direcções e paises.
• Lutar contra a arrogância
Confiamos na nossa habilidade de atingir metas ambiciosas e
celebramos os nossos sucessos, mas não nos permitimos a
ser arrogantes.
• Respeitarmo-nos mutuamente
Temos o maior apreço pela dignidade dos nossos colaboradores. Respeitamo-nos uns aos outros e esta é a postura assumida pelo Standard Bank. Reconhecemos que existe obrigações correspondentes associadas com os direitos de cada
indivíduo.
• Elevarmo-nos aos mais alto nivel de confiança e integridade.
Os nossos “stakeholders” principalmente, os nossos clientes
entendem que a natureza de todo o nosso negócio é baseada
em confiança e integridade.
Our values
• Growing our people
We encourage and help our people to develop to their full potential, and measure our leaders on how well they grow and
challenge the people they lead.
• Delivering to our shareholders
We understand that we earn the right to exist by providing appropriate long-term returns to our shareholders. We try extremely hard to meet our various targets and deliver on our
commitments.
• Being proactive
We strive to stay ahead by anticipating rather than reacting, but
our actions are always carefully considered.
• Working in teams
We, and all aspects of our work, are interdependent. We appreciate that, as teams, we can achieve much greater things
than as individuals. We value teams within and across business units, divisions and countries.
• Guarding against arrogance
We have confidence in our ability to achieve ambitious goals
and we celebrate success, but we must never allow ourselves
to become arrogant.
• Respecting each other
We have the highest regard for the dignity of all people. We
respect each other and what Standard Bank stands for. We
recognise that there are corresponding obligations associated
with our individual rights.
• Upholding the highest levels of integrity
Our entire business model is based on trust and integrity as
perceived by our stakeholders, especially our customers.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 21
Conselho de Administração
Board of Directors
Tomás Salomão
Presidente do Conselho
de Administração
Chairman
Roger Snelgar
Vice-Presidente
(Executivo)
Vice Chairman
António Caroto Coutinho
Administrador-Delegado
Managing Director
Anton Marais
Vice Administrador
Delegado
Deputy Managing Director
Carlos Alberto Sampaio
Morgado
Administrador
(Não Executivo)
Director (Non Executive)
Miquelina de Menezes
Lopes de Carvalho Julien
Administradora
(Não Executiva)
Director (Non Executive)
Mahomed Rafique Jusob
Mahomed
Administrador
(Não Executivo)
Director (Non Executive)
Óscar Diniz
Vogal
Member
Arlete Georgete Jonas Patel
Vogal
Member
Conselho Fiscal
Board Audit
Rui Fernandes
Presidente
Chairman
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 22
Standard Bank Annual Report 2005
Standard Bank Relatório Anual 2005
Informações sobre Governação Corporativa
Corporate Governance statement
Standard Bank Annual Report 2005
P • 23
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 24
Standard Bank Annual Report 2005
Governação Corporativa
Corporate Governance
Standard Bank Group Limited – aspectos gerais
Standard Bank Group Limited – overview
As raízes do Standard Bank Group Limited surgiram em 1862
e este banco tem as suas acções cotadas na Bolsa de Valores
de Joanesburgo, da África do Sul (JSE), a título principal, e na
Bolsa de Valores da Namíbia (NSX), a título secundário. É uma
sociedade registada de controlo de entidades bancárias e a sua
principal subsidiária operacional é o The Standard Bank of South
Africa Limited.
The Standard Bank Group Limited traces its routes back to 1862
and has a primary listing on the JSE Securities Exchange South
Africa (JSE) with a secondary listing on the Namibian Stock Exchange (NSX). It is a registered bank controlling company and its
main operating subsidiary is The Standard Bank of South Africa
Limited.
O Grupo está empenhado na aplicação de boas práticas de governação em todos os aspectos da sua actividade e a criação
de subsidiárias dentro do Grupo é gerida de forma cuidada para
assegurar o cumprimento das exigências normativas domésticas
e internacionais.
O Conselho de Administração é responsável pela governação
global do Grupo, assegurando que são aplicadas práticas adequadas. Foram criadas algumas comissões que auxiliam o Conselho de Administração a atingir os objectivos definidos. As funções e responsabilidades das comissões são indicadas nos seus
mandatos, que são revistos anualmente no sentido de garantir a
manutenção da sua relevância.
O Stanbic Africa é uma divisão do The Standard Bank of South
Africa Limited e supervisiona as operações do Grupo em África,
com excepção da África do Sul.
The group remains committed to the practice of good corporate
governance in all aspects of its operations and the establishment
of subsidiaries within the group is carefully managed to ensure
compliance with both domestic and international regulatory requirements.
The Board of Directors is responsible for the overall corporate
governance of the group, ensuring that appropriate practices are
in place. A number of committees have been established that
assist the board in fulfilling its stated objectives. The committees’
roles and responsibilities are set out in terms of agreed mandates,
which are reviewed annually to ensure they remain relevant.
Stanbic Africa is a division of The Standard Bank of South Africa
Limited and oversees the group’s operations in Africa outside of
South Africa.
Standard Bank, SARL
Standard Bank, SARL
Codes and regulations
Normas e regulamentos
The bank complies with applicable legislation, regulations, standards and codes, with the board continually monitoring regulatory
compliance.
O banco cumpre toda a legislação, regulamentos, normas e
códigos de conduta. O Conselho de Administração acompanha
continuamente o processo de cumprimento das exigências normativas.
Board of Directors
Conselho de Administração
The board of directors is responsible for the overall corporate governance of the bank, ensuring that appropriate controls, systems
and practices are in place.
O Conselho de Administração é responsável pela governação
global do banco, garantindo que são postos em prática mecanismos de controlo, sistemas e procedimentos adequados.
Strategy
Estratégia
O Conselho de Administração é responsável pela sua estratégia
e orientação geral perante os accionistas.
Eficácia do Conselho de Administração
O Conselho de Administração é gerido por uma maioria de administradores independentes que, devido às suas competências e
diversidade, contribuem para um funcionamento eficiente da
administração. O Conselho de Administração está empenhado
em melhorar continuamente a sua eficácia e desempenho em
termos de governação corporativa.
Pela primeira vez este ano ou durante o exercício em análise o
Conselho de Administração levou a cabo uma auto-avaliação
The board is responsible to the bank’s shareholders for its overall
strategy and direction.
Board Effectiveness
The board is led by a majority of independent board members
who, by their skills and diversity, contribute to the efficient running
of the board. The board is focused on continued improvements to
its effectiveness and corporate governance performance.
For the first time this year or during the year under review the
board conducted a self-assessment evaluation, which was divided into structure, process and effectiveness. A special meeting
was convened to discuss the outcome and address any areas of
concern. The results will be used to further improve board functioning.
Standard Bank Relatório Anual 2005
dividida em estrutura, processos e eficácia. Foi convocada uma
reunião especial para discutir os resultados e tratar das potenciais fontes de preocupação. Os resultados serão utilizados para
melhorar ainda mais o funcionamento do Conselho de Administração.
Gestão de riscos
O Conselho de Administração tem a última responsabilidade pela
gestão de riscos, o que inclui avaliar as principais áreas de risco
e assegurar que os processos de gestão de riscos e os sistemas
de controlo interno são postos em prática. Para o auxiliar nesta
tarefa, o Conselho de Administração constituiu um Conselho Fiscal.
Governação
O banco opera num sector altamente regulado e está empenhado
em cumprir a legislação, os regulamentos e os códigos de conduta. Procura manter os mais elevados padrões de governação
corporativa, incluindo em termos de transparência e responsabilização. Ao mesmo tempo que continuamos a incentivar uma forte
cultura de governação e gestão responsável dos riscos em linha
com o apetite pelo risco e normas de governação do Grupo Standard Bank, controlamos permanentemente as nossas práticas
para assegurar que são as mais adequadas ao banco e servem
para pôr em evidência os objectivos comerciais e comunitários.
Conselho de Administração
Existem actualmente três administradores executivos e quatro
administradores não executivos. O Conselho de Administração
tem uma composição adequada em termos de competências e
experiência.
Standard Bank Annual Report 2005
P • 25
Risk Management
The board has ultimate responsibility for risk management, which
includes evaluating key risk areas and ensuring the process
for risk management and systems of internal control are implemented. To assist in fulfilling this duty the board has established a
Board Audit Committee.
Governance
The bank operates in a highly regulated industry and is committed
to complying with legislation, regulation, and codes of best practice and seeks to maintain the highest standards of governance,
including transparency and accountability. Whilst we continue to
nurture a strong culture of governance and responsible risk management in line with Standard Bank group’s risk appetite and
governance framework, we are constantly monitoring our practices to ensure that they are the best fit for the bank and serve to
enhance business and community objectives.
Board and directors
There are currently three executive directors and four non-executive directors. The board has the right mix of competencies and
experience.
Strategy
At an annual meeting with management the board considers and
approves the bank’s strategy and its plans on how to achieve the
agreed objectives, which are in line with the group’s overall objectives. The board continuously monitors performance against
strategies and agreed budgets.
Estratégia
Director’s appointments, induction and training
Numa reunião anual com os quadros directivos, o Conselho de
Administração avalia e aprova a estratégia do banco e os seus
planos para alcançar os objectivos definidos, que são consentâneos com os objectivos gerais do Grupo. O Conselho de Administração acompanha continuamente o desempenho face às estratégias e orçamentos definidos.
During the year, the bank appointed one new director. In terms of
the articles of association, appointments are only effective until
the next annual general meeting, at which time the shareholders
will be asked to approve each appointment. Each of the appointments complied with the requirements of the Companies Act and
the Banks Act of both home and host countries
Nomeação, tomada de posse e formação de Administradores
Going concern
Durante o exercício, o banco nomeou um novo administrador.
Nos termos dos estatutos, as nomeações só são eficazes até
à Assembleia Geral de Accionistas seguinte, em que as nomeações são sujeitas à aprovação dos accionistas. Todas as nomeações foram efectuadas de acordo com as disposições da
legislação comercial e bancária do país de origem e do país de
acolhimento.
The board has again reviewed the facts and assumptions on
which it relied and, based on these, will continue to view the company as a going concern for the foreseeable future.
Continuação da actividade
O Conselho de Administração procedeu a uma nova revisão dos
factos e premissas em que se baseou e, com base nestes, vai
continuar a encarar o banco duma perspectiva de continuação da
sua actividade durante o horizonte previsível.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 26
Standard Bank Annual Report 2005
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
Relatório do Administrador-Delegado
Managing Director’s report
Análise financeira
Overview of financial results
28
Banca das Grandes Empresas
Wholesale banking
37
Relatório de Contas de 2005 – Risco de Crédito
2005 Report and Accounts – Credit Risk
39
Relatório da Área de Tesouraria e Mercados 2005
2005 Treasury and Market Report
40
Banca de Retalho
Retail Banking
42
Recursos Humanos
Human Resources
43
P • 27
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 28
Standard Bank Annual Report 2005
Análise financeira
Overview of financial results
Para o Standard Bank, SARL, o exercício de 2005 foi o exercício em que alcançou um forte crescimento dos proveitos e uma
maior rentabilidade dos capitais próprios, tendo-se verificando um
crescimento significativo de todos os componentes dos proveitos,
bem como dos activos e passivos. Esta situação contribuiu para
um aumento significativo (+62,74%) dos resultados líquidos (RL)
atribuíveis às accionistas face ao ano anterior, para um valor de
MT274.631.000.000.
The 2005 financial year for Standard Bank, SARL was one in
which, the key objectives of strong growth in earnings and higher returns on shareholder equity were achieved with significant
growth in all revenue lines, as well as assets and liabilities. These
contributed to a significant 62.74% increase in profits attributable
to ordinary shareholders (PAT) to MT 274 631 000 000 from prior
year.
Os ganhos por acção aumentaram por valores comparáveis aos
dos RL, para MT7.892 (2004: MT4.849), ao passo que a ren-tabilidade dos capitais próprios (ROE) subiu para 32,25% face aos
26,03% alcançados no ano anterior. Este crescimento do ROE
verificou-se apesar do aumento significativo (57%) dos ca-pitais
próprios. Em 31 de Dezembro, o total do activo era 43,33% superior ao verificado na anterior data de prestação de contas, reflectindo os esforços feitos durante o exercício para fazer crescer
o negócio.
Earnings per Share increased by similar levels as PAT to MT 7
892 (2004: MT 4 849), whilst return on shareholders’ equity (ROE)
increased to 32.25% from 26.03% in the prior year. The increase
in ROE was despite a significant increase in shareholders’ equity
of 57%. Balance sheet size as at 31 December 2005 was 43.33%
larger than previous reporting date, underscoring concerted efforts during the year to grow the business.
Resultados por Acção (EPS) EPS - Earnings Per Share
9.000
7.892
8.000
7.000
EPS - MT
6.000
5.648
6.268
5.000
4.714
4.849
2003
2004
4.000
3.000
2.000
1.000
-
2001
2002
2005
Exercício Year
EPS
Um sólido crescimento do PIB estimado em 7,7% criou um ambi-
A healthy 7.7% estimated growth rate in GDP provided an eco-
ente económico adequado à melhoria significativa dos resultados.
As previsões apontam para um crescimento da economia a um
ritmo ainda maior em 2006 com a estabilização das operações
dos mega projectos e a HCB a voltar a mãos moçambicanas.
nomic environment suitable to the achievement of the significant
improvement in results. The economy is forecast to grow even
at steadier pace in 2006 with a stabilization in operations of the
megaprojects and HCB reversing back to full Mozambican ownership.
A desvalorização acelerada do metical face ao USD e a outras
moedas principais, depois de se ter mantido forte em 2004, e
níveis de inflação mais altos que o esperado, incluindo o nível
mensal mais elevado da década (5%) registado em Dezembro
de 2005, afectaram o enquadramento macroeconómico em que
o Standard Bank, SARL operou durante o exercício. A aplicação
de políticas sociais e económicas coerentes, incluindo um nível
crescente de controlos regulamentares, mitigaram o impacto desta conjuntura no sistema, dado que as reservas de moeda estrangeira aumentaram de forma sustentada durante o ano.
An accelerated depreciation of the Metical against the USD and
other major currencies after a strong 2004 and higher than anticipated inflation levels, including highest monthly of 5% for a
decade recorded in December 20005 impacted the macro economic environment that Standard Bank, SARL operated in during
the year. Sound economic and political policies, including increasing levels of regulatory checks moderated the impact of these
on the system as foreign reserves improved steadily through out
the year.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 29
Principais factores que afectam os resultados
Key factors impacting the results
Um Metical mais fraco
Weaker Meticais
O Metical desvalorizou-se 27,95% face ao USD, para fechar o
ano em MT24.183/USD, e 13,06% face ao rand sul-africano, para
fechar o ano em MT817/ZAR. Em 2004, o metical teve uma forte
valorização de 20,78% face ao USD. Embora tal tenha tornado
alguns bens de exportação, tais como o algodão e o açúcar, mais
competitivos na cena internacional, os preços mais elevados dos
bens importados veio somar-se às pressões inflacionistas domésticas.
The Meticais depreciated by 27.95% against the US dollar to
close at MT 24 183/USD and 13.06% against the South African
rand to close at MT 3 817/ZAR. In 2004 the Meticais had a strong
appreciation of 20.78% against the US dollar in 2004. Whilst this
made export commodities such as cotton and sugar more competitive internationally, higher prices of imported commodities
added to local inflationary pressures.
Restriction of foreign currency loans
Restrições aos empréstimos em moeda estrangeira
A Circular nº 05/GGBM/2005, de 20 de Maio de 2005, do Banco
de Moçambique veio efectivamente restringir os clientes que se
podiam endividar em moeda estrangeira apenas aos clientes
com receitas de exportações demonstradas. Os empréstimos
concedidos a clientes não abrangidos por estes requisitos obrigam a um provisionamento de 50%. A conversão resultante dos
empréstimos anteriormente denominados em moeda estrangeira
dos clientes afectados pela circular levou a que 63,17% dos empréstimos ficassem denominados em moeda estrangeira, face a
apenas 34,96% no ano anterior . A consequência adicional foi
uma redução do risco de incumprimento resultante especificamente das flutuações das taxas de câmbio.
Taxas de juro domésticas mais baixas
As taxas domésticas médias de cedência de fundos durante o
ano caíram de 23,7% em Dezembro de 2004 para 19,1% no
final do exercício, uma redução de 460 pontos de base. Em resposta, o PLR do Standard Bank caiu de 23% para 17% durante o
mesmo período, pressionando ainda mais a margem financeira.
Contudo, o crescimento dos activos geradores de proveitos veio
compensar o impacto desta pressão adicional. A redução do PLR
também teve como consequência uma melhoria da qualidade
dos activos, fixando-se a diferença entre o valor contabilístico e
o valor recuperável em 31 de Dezembro de 2005 a um nível 18%
inferior ao do exercício anterior, apesar de os activos terem crescido de forma substancial.
Desempenho face aos objectivos
O Standard Bank, SARL alcançou os seus quatro principais objectivos de desempenho para o exercício em análise, tal como
indicado seguidamente.
ROE: Este indicador é considerado pelo Grupo Standard Bank
como uma das principais medidas para avaliar o desempenho
financeiro global e reflecte o seu empenho em proporcionar uma
rentabilidade adequada e sustentável aos accionistas. O Standard Bank, SARL teve um ROE de 32,25% face a um objectivo
de 31,05% .
Circular n 05/GGBM/2005 of 20 May 2005 issued by the Bank
of Mozambique effectively restricted clients that could borrow in
foreign currency to those with readily proven earnings from export
proceeds. Loans given to clients that are not in this category is
required to be impaired immediately by 50%. Consequent conversion of loans formerly in foreign currency by clients affected by
the circular has resulted in 63.17% of loans being denominated
in foreign currency as against only 34.96% in the year before.
The additional result of this is a reduction in risk of default arising
specifically from exchange rate fluctuations.
Lower domestic interest rates
Average domestic lending rates for the year reduced from 23.7%
in December 2004 to 19.1% at year end, a 460 basis points decrease. In response, Standard Bank’s PLR decreased from 23%
to 17% over the same period, thereby increasing the squeeze on
interest margin. But growth in earning assets offset the impact of
this squeeze. The reduction in PLR also resulted in better asset
quality as total balance sheet credit impairment as at 31 December 2005 was 18% lower than previous year end, even though
assets grew significantly.
Performance against objectives
Standard Bank, SARL achieved its four key performance objectives for the year under review as analysed below.
ROE: This is considered by the Standard Bank Group as a key
measure in evaluating overall financial performance and reflects
its commitment to producing adequate and sustainable returns to
shareholders. Standard Bank, SARL achieved a ROE of 32.25%
compared to an objective of 31.05% .
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 30
Standard Bank Annual Report 2005
Análise financeira continuação
Overview of financial results continued
ROE - Rentabilidade dos Capitais Próprios ROE - Return On Equity
35,00%
31,90%
33,10%
32,25%
30,00%
25,90%
26,03%
ROE %
25,00%
20,00%
15,00%
10,00%
5,00%
0,00%
2001
2002
2003
2004
2005
Exercício Year
ROE %
RL: Os resultados depois de impostos (RL) cresceram 49% em
termos reais face a um objectivo de 29%. A taxa real é ajustada
com base numa inflação homóloga de 14% em 2005.
PAT: Profits after tax (PAT) increased by a real rate of 49% as
against an objective of 29%. The real rate is adjusted on the basis
of a year-on-year annual inflation of 14% in 2005.
RL PAT
300.000
274.631
Valor Value (MTm)
250.000
200.000
218.133
164.063
196.540
168.751
150.000
100.000
50.000
2001
2002
2003
2004
2005
Exercício Year
RL PAT
Custos/Proveitos:
Cost-to-income:
Os resultados verificados para o objectivo em termos de rácio entre custos e proveitos (com um valor de 66,20%) foram melhores
que os fixados no objectivo, dado que este rácio se situou num
valor inferior, 60,54%, depois dos custos de integração substanciais do exercício anterior. Este valor verificou-se mesmo antes da
correcção pelos custos fora do controlo da administração.
The target cost-to-income (C/I) ratio of 66.20% was bettered as
the CI ratio came in well below at 60.54%, after the significant
integration costs of prior year. This is even before adjustment for
costs which, are not within management’s control.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 31
Rácio Custos/Proveitos Cost-to-income ratio
80.00%
70,98%
70.00%
RCP- % CIR %
50.00%
60,54%
56,07%
60.00%
53,12%
45,18%
40.00%
30.00%
20.00%
10.00%
0.00%
2001
2002
2003
2004
2005
Exercício Year
Rácio custos/proveitos % Cost-to-income ratio %
ROA: A rentabilidade do activo indica a eficiência da utilização
dos recursos postos à disposição da administração. O Standard
Bank, SARL está empenhado numa melhoria sustentada deste
rácio. O ROA do exercício foi 3,16% face a um objectivo de
2,16%.
ROA: Return on assets indicates the efficiency of utilization of
resources at the disposal of management. Standard Bank, SARL
is committed to continually improving this. ROA for the year was
3.16% compared to an objective of 2.16%.
ROA- Rentabilidade do Activo ROA - Return On Assets
5.00
4,59%
4.50
4.00
3,70%
3.50
3,16%
ROA- %
3.00
2.50
2,36%
2,38%
2003
2004
2.00
1.50
1.00
0.50
0.00
2001
2002
2005
Exercício Year
ROA %
Este objectivo foi alcançado mesmo num quadro de aumento
significativo da base de activos total.
The achievement of this objective was against a backdrop of a
significant increase in total assets base.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 32
Standard Bank Annual Report 2005
Análise financeira continuação
Overview of financial results continued
Análise da demonstração de resultados
Income statement analysis
Margem financeira (MF)
Net interest income (NII)
Margem Financeira (MF) NII - Net interest income
400.000.000
Montante Amount - MT’000
350.000.000
300.000.000
250.000.000
200.000.000
150.000.000
100.000.000
50.000.000
2001
2002
2003
2004
2005
Exercício Year
Margem financeira NII - Net interest income
Devido à queda de 460 pontos de base nas taxas médias de
cedência de fundos, esperava-se uma compressão marcada das
margens. No entanto, esta situação acabou por ser compensada
pelo aumento de 200 pontos de base resultante de 7 aumentos,
os mais persistentes dos últimos anos, da taxa de cedência de
fundos da Reserva Federal americana, de 2,25% para 4,25%, e
pelo crescimento significativo dos activos geradores de proveitos,
tanto em moeda local como em moeda estrangeira. Da mesma
forma, aproveitaram-se as oportunidades que surgiram para investir em Bilhetes do Tesouro (em que se verificou um aumento
de 17 pontos de base no referencial de 91 dias) para salvaguar-
Due to the 460 basis points decrease in average lending rates, a
significant compression of margins was expected to occur. This
was however, offset by 200bps rise resulting in 7 increases, the
most persistent in recent years, in the funding rate by the FED
from 2.25% to close at 4.25%, and a significant growth in both
local and foreign currency earning assets. Equally, opportunities
were taken advantage of as they arose to invest in Treasury Bills
(which, recorded a 17 bps increase in the benchmark 91 day) to
protect NII and dilute effective tax rate, given that income from
dar a margem financeira e diluir a taxa efectiva de imposto, dado
que os rendimentos provenientes de BTs estão isentos de impostos.
Given this conjunction of factors, growth in NII was still 41.86%
compared to a negative of 4.31% in 2004.
TBs are tax exempt.
Non interest revenue
Dada esta combinação de factores, o crescimento da margem
financeira ainda alcançou um valor de 41,86%, face a uma queda
de 4,31% em 2004.
Outros proveitos
O total doutros proveitos, num valor de MT451,350,000,000, alcançado durante o exercício foi 47,84% superior ao verificado em
2004, em termos homólogos.
Total non-interest revenue of MT 451 350 000 000 for the year
was 47.84% higher than 2004, year on year.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 33
Outros Proveitos NIR - Non interest income
500.000.000
451.350
450.000.000
400.000.000
Montante Amount - MTm
350.000.000
300.000.000
290.904
273.519
295.119
305.289
2001
2002
2003
2004
250.000.000
200.000.000
150.000.000
100.000.000
50.000.000
2005
Exercício Year
Outros proveitos NIR - Non interest income
O aumento verificado na base de clientes de retalho impulsionou
o crescimento das operações geradoras de comissões. A banca
de empresas e a banca de investimento aumentaram o seu nível
de comissões através duma participação centrada nas actividades de originação de dívida durante o exercício, culminando
na subscrição da maior emissão privada de obrigações feita em
Moçambique.
Um aumento de 131,85% dos volumes de negociação fez crescer
os proveitos de operações financeiras para um valor 51,78% superior ao alcançado no exercício anterior, embora as margens
fossem muito mais reduzidas. Contudo, espera-se uma compressão adicional das margens para 2006 à medida que o impacto da circular nº 05/GGBM/2005 seja incorporado gradualmente
no sistema e o nível de concorrência continue a aumentar.
Provisões para riscos de crédito
Increase in retail customer base drove increases in transaction
based fees. Corporate and Investment banking increased fees
through focused participation in debt origination activities during
the year, culminating in the underwriting of the largest corporate
bonds issued in Mozambique.
A 131.85% increase in trading volumes pushed net trading income
to 51.78% higher than the prior year, though margins were much
smaller. Further margin compressions are however, expected in
2006 as the impact of circular n 05/GGBM/2005 gradually builds
in the system and level of competitiveness keeps growing.
Provisions for credit losses
Diferença entre Valor Contabilístico e Valor Recuperável
Credit Impairment
30.000
25.000
23,112
20.000
13,964
15.000
10.000
5,667
MTm
5.000
2001
2002
2003
2004
2005
(5.000)
(5,529)
(10.000)
(15.000)
(20.000)
(19,093)
(25.000)
Exercício Year
Diferença entre Valor Contabilístico e Valor Recuperável Credit Impairment
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 34
Standard Bank Annual Report 2005
Análise financeira continuação
Overview of financial results continued
A qualidade da carteira de crédito ainda se manteve apesar do
crescimento substancial verificado durante o exercício, o que
reflecte o empenho do Standard Bank, SARL na aplicação de
políticas creditícias sólidas e o cumprimento estrito da política de
crédito do Grupo.
The quality of the loan book was still maintained despite the significant growth in the loans portfolio during the year. This reflects
Standard Bank, SARL’s commitment to sound credit practices
and strict adherence to group credit policies.
O rácio de perdas de 0,9% situou-se a um nível inferior ao objectivo de 1%, embora as provisões para diferenças entre valor
contabilístico e valor recuperável tivessem sido bastante mais
elevadas que no exercício anterior. As diferenças de sinal negativo entre valores contabilísticos e valores recuperáveis verificadas
no exercício anterior deveram-se a recuperações líquidas positivas de créditos abatidos noutros exercícios.
Despesas operacionais
Credit loss ratio of 0.9% was below the target of 1% even though
impairment charges were significantly higher than prior year. The
negative impairment of prior year was due to net positive recoveries of credit written off in other periods.
Operating expenses
Cost to income ratio declined to 60.54% from 70.98% in the previous year, as revenue grew at a faster rate than expenditure. Total
operating costs were 23.77% higher than previous year, before
adjusting for 14% inflation.
O rácio custos/proveitos desceu para 60,54% face a um valor de
70,98% registado no ano anterior, dado que os proveitos cresceram a um ritmo mais elevado que os custos. O total de custos
operacionais foi 23,77% superior ao valor verificado no exercício
anterior, antes da correcção de 14% referente à inflação.
Rácio Custos/Proveitos % Cost-to-income ratio %
80.00%
70,98%
70.00%
60,54%
56,07%
RCP- % CIR %
60.00%
50.00%
53,12%
45,18%
40.00%
30.00%
20.00%
10.00%
0.00%
2001
2002
2003
2004
2005
Exercício Year
Rácio custos/proveitos % Cost-to-income ratio %
Um dos principais factores do aumento dos custos foi a rubrica de
custos com o pessoal, que aumentaram 32,32% devido a:
Key driver of the increase in costs was staff costs, which increased by 32.32% due to:
n
n
n
n
n
Mais 36 (9,50%) empregados que no exercício anterior;
Implementação do aumento anual dos salários com base no
contrato colectivo de trabalho;
Um aumento líquido de MT22.213.000.000 nas contribuições
para o fundo de pensões local dos empregados. Este aumento teve por objectivo cobrir os custos mais elevados dos
serviços presentes e dos juros.
n
an increase of 36 (9.50%) in staff headcount over prior year
implementation of annual salary increase per the collective
workers’ agreement, and
a total net increase of MT 22 213 000 000 in contribution to
the local employees’ pension fund. This increase was to account for higher current service and interest costs.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 35
O aumento de 16,73% das outras despesas operacionais deveuse essencialmente aos custos associados à substituição de todas
as ATMs durante o exercício, aos custos de marketing integrados
e ao aumento geral dos preços de bens e serviços devido à inflação.
A 16.73% increase in other operating expenses were driven basically by costs associated with the replacement of all the ATMs
during the year, integrated marketing costs and general inflationary increases in the prices of goods and services.
Análise do balanço
Balance sheet analysis
Activos bancários
Banking assets
O total do activo em 31 de Dezembro de 2005, no valor de MT10.243.736.000.000, reflecte um aumento de
MT3.096.783.000.000 (ou 43,33%) face a MT7.146.953.000.000
no exercício anterior, antes de levar em linha de conta o impacto
da desvalorização da moeda local e o impacto nos empréstimos
e adiantamentos e nos correspondentes estrangeiros.
Total assets as at 31 December 2005 of MT 10 243 736 000 000,
reflects an increase of MT 3 096 783 000 000 (or 43. 33%) from
MT 7 146 953 000 000 in prior year, before considering the impact of the local currency devaluation and impact on loans and
advances and foreign correspondents.
Activos Geradores de Proveitos/Total do Activo
Earnings Assets/Total Assets
8%
Correspondentes
Correspondents
21%
49%
BTs/TAMs
ATM’s
Empréstimos e adiantamentos
Loans and Advances
Obrigações
Bonds
22%
Os empréstimos cresceram 45,13% face ao exercício anterior. O
impacto da circular nº 05/GGBM/2005 do Banco de Moçambique
teve como consequência que uma proporção mais elevada da
carteira de empréstimos (63,17% face a 34,96% no exercício anterior) passasse a estar denominada na moeda local. Esta situação veio reduzir o risco de incumprimento motivado por movimentos cambiais, mas aumenta o risco de taxa de juros devido
à disparidade entre as taxas na moeda local e em moedas estrangeiras, que se estreitou durante o período. A concentração
da carteira daí resultante continua a ser uma realidade, apesar
duma melhor distribuição sectorial que em 2004. Os produtos de
retalho esperados para o lado do activo em 2006 virão permitir
uma diversificação ainda maior da carteira.
Os procedimentos para avaliação e aprovação de crédito vão
continuar a ser reforçados, sublinhando a forte tónica posta na
qualidade dos novos empréstimos a serem aprovados.
Loans increased by 45.13% over last year. The impact of circular
n 05/GGBM/2005 of the Bank of Mozambique has been that a
higher proportion of the loans portfolio (63.17%) is now held in local currency than at previous year end (34.96%). This moderates
risk of default due to exchange rate movements but increases interest rate risk due to disparity between rates in local and foreign
currencies, which narrowed during the period. Inherent concentration of the portfolio continues, even though sectoral split was
better than in 2004. The anticipated introduction of retail asset
products in 2006 will diversify the portfolio further.
Credit evaluation and approval procedures continue to strengthen, underlining the strong emphasis placed on the quality of all
new loans being approved.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 36
Standard Bank Annual Report 2005
Análise financeira continuação
Overview of financial results continued
Capitais próprios
Shareholders’ funds
O total de capitais próprios aumentou 56,87%, para um valor de
MT1.039.988.0000.000. Este aumento inclui uma reserva adicional no valor de MT230.089.000.000 decorrente da avaliação de
activos efectuada durante o exercício em consonância com a NIC
16: imóveis, maquinaria e equipamento.
Total shareholders’ funds increased by 56.87% to MT 1 039 988
000 000. The increase includes an additional reserve of MT 230
089 000 000 arising on the revaluation of properties during the
year in line with IAS 16: Property, plant and equipment.
O rácio de adequação dos capitais próprios (solvência) situou-se
em 13,60% em 31 de Dezembro de 2005, um valor superior aos
8% ponderados pelo risco exigidos pelo Banco de Moçambique.
O valor mínimo das reservas legais exigido pelo Banco de
Moçambique, ou seja um valor equivalente ao capital social emitido, também foi cumprido.
Capital adequacy ratio at year end was 13.60% as at 31 December 2005, which is still above the risk weighted minimum of 8%
required by the Bank of Mozambique.
The minimum amount of legal reserves required by Bank of Mozambique, i.e equivalent of issued share capital, has also been
met.
Dividends
Dividendos
Tendo em conta o elevado nível de capitalização, que proporciona a base necessária para crescimento futuro das actividades
comerciais, bem como o cumprimento dos requisitos em termos
de reservas legais mínimas, o Conselho de Administração propõe
que 100% dos lucros do exercício sejam distribuídos aos accionistas sob a forma de dividendos.
Given the high level of capitalization, which provides basis for
future growth in business activities as well as having met the required minimum legal reserves 100% of the profit for the year is
being proposed for approval by the Board of Directors as dividend
payments to the shareholders.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 37
Banca das Grandes Empresas
Wholesale banking
Como parte do nosso processo de integração, continuámos a
alinhar as nossas operações de banca das grandes empresas
com as do nosso Grupo. Tal traduziu-se numa melhoria e uniformização do modelo de serviços para clientes de banca das
grandes empresas através duma diferenciação clara entre vendas, prestação de serviços e crédito. Integrámos o negócio de
originação da banca de investimento e criámos capacidade
para construir competências na prestação de serviços bancários. Demos atenção à melhoria da eficiência dos processos e
à produtividade, no sentido de conter custos, e melhorámos os
sistemas de risco para aumentar as capacidades em termos de
gestão de riscos.
As part of our integration process we continued to align our wholesale operations with that of our Group. This revolved around enhancing and standardising the wholesale customer service model
through the clear differentiation between sales, service and credit,
we embedded the investment banking origination business and
created the capacity to build the transactional services capabilities. Attention was paid to improving process efficiency and productivity to contain costs and enhancing risk systems to improve
risk management capabilities.
Houve uma clara ênfase no crescimento dos activos, em especial
através duma fixação de preços eficaz com base numa filosofia
de riscos versus rendibilidade, ao mesmo tempo que continuámos a alargar a nossa base de passivos originando passivos de
baixo custo através duma melhor oferta de serviços bancários
(gestão de disponibilidades, operações de comércio internacional
e banca electrónica). A nossa base de clientes cresceu substancialmente devido a uma gestão eficaz dos relacionamentos e uma
melhoria dos serviços prestados a clientes. Tivemos claramente
dois segmentos de mercado na banca das grandes empresas
- as empresas, por um lado, e o governo e as organizações internacionais, por outro - que foram afectos a carteiras separadas
com gestores de conta próprios para garantir que a concentração
desejada é alcançada.
Verificou-se um aumento das receitas da tesouraria através da
criação duma equipa de cambistas e vendas mais centrada na
actividade, com vista a aumentar os volumes e a base de clientes. Tal foi conseguido apesar duma queda significativa das margens, mas o aumento substancial dos volumes veio compensar o
declínio da margem das operações financeiras.
Dum ponto de vista do pessoal, a estrutura necessária foi posta
em prática, tendo sido contratados vários empregados novos. Temos agora uma equipa específica de banca das grandes empresas que é capaz de desempenhar as suas funções no sentido de
cumprir a estratégia definida.
Durante 2005, os feitos mais relevantes da equipa de banca
de investimento foram a estruturação, subscrição e colocação
da emissão obrigacionista da mCel, bem como a colocação de
obrigações do Estado. A equipa de banca de investimento conseguiu vários mandatos novos para intervir como banco principal
nas operações, assim como novas operações actuando sozinha
ou como agente doutros bancos.
Vamos continuar a aproveitar os relacionamentos do nosso Grupo, em que temos recursos profissionais concentrados em mercados, sectores e segmentos específicos, no sentido de melhorar
a nossa capacidade de apoiar os nossos relacionamentos numa
base pan-africana. Este aspecto é de particular relevância no que
diz respeito às grandes operações de financiamento de projecto,
fusões e aquisições, mercado de capitais e financiamento do comércio internacional.
There was a clear focus on growing assets in particular through
effective pricing based on risk vs. return philosophy, whilst continuing to increase the liabilities base, by sourcing low-cost liabilities through improved transactional services offering (cash management, trade and electronic banking). Our customer base has
grown significantly through effective relationship management
and an improvement in client service. We have two clear market
segments in the Wholesale Bank ie corporate and Government
and International Organisations, which have been allocated into
separate portfolios with dedicated relationship managers to ensure the necessary focus is achieved.
There was an increase in the treasury revenues by building a
more focused dealer and sales team in order to increase volumes/client base. This was achieved despite a significant drop in
spreads yet the substantial increase in volumes made up for the
decline in net trading income.
From an employee point of view the necessary structure was put
in place, various new staff was employed and we now have a
team of dedicated wholesale staff who are able to perform their
function to achieve the strategy.
During 2005, the most significant achievement by the investment
banking team was the arranging, underwriting and placement
of the mCel bond as well as the placement of the Government
bonds. Te corporate team secured various new mandates to act
as main transactional banker and secured some significant new
deals on their own or acting as agent on behalf of other banks.
We will continue to leverage off our Group relationships where we
have dedicated professional resources concentrating on specific
markets/industries/segments in order to enhance our ability to
sustain our relationships on a pan African basis. This is of particular relevance with regard to the larger project finance, corporate
finance, capital market and structured trade finance transactions.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 38
Standard Bank Annual Report 2005
Banca das Grandes Empresas continuação
Wholesale banking continued
Em 2006, vamos concentrar-nos especialmente no crescimento
do balanço para aumentar a nossa quota de mercado, manter a
nossa ênfase no cliente através da gestão do relacionamento e
melhoria dos serviços prestados, fortalecer as nossas capacidades em termos de operações bancárias, procurar oportunidades
no campo da banca de investimento e introduzir novos produtos
de valor acrescentado.
The focus areas for 2006 will be on: Growing the balance sheet
in order to increase our market share, maintaining a customer
focus through relationship management and service improvement, strengthening transactional banking capabilities, pursuing
investment banking opportunities and introducing new value add
products.
A equipa está agora completa e estamos bem posicionados para
prestar um SERVIÇO EXCELENTE aos nosso clientes e sermos
o banco líder nos nossos mercados seleccionados, maximizando
assim os benefícios para todas as partes interessadas.
The team is now essentially fully resourced and we are now well
positioned to provide EXCELLENT SERVICE to our customers
and to be the number 1 bank in our chosen markets optimizing
returns for our stakeholders.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 39
Relatório de Contas de 2005 – Risco de
Crédito
2005 Report and Accounts – Credit Risk
A gestão do risco de crédito é uma das áreas chave na política de
gestão do Banco, tendo vindo a ser aperfeiçoada e actualizada a
definição de políticas e critérios de análise e gestão da carteira.
The management of credit risk is a key area in the Bank’s management policy, the definition of policies and criteria to analyse and
manage the portfolio having been improved and updated.
Uma maior agressividade comercial na venda deste produto, aliada às políticas de crédito definidas, resultaram num crescimento
da carteira de crédito de MT 1.227.323 milhões (MTn 1.227 milhões) para MT 1.739.537 milhões (MTn 1.740 milhões), ou seja,
42%.
Greater commercial aggressiveness in selling this product, combined with the credit policies defined, resulted in an increase in
the credit portfolio from MT 1,227,323 million (MTn 1,227 million)
to MT 1,739,537 million (MTn 1,740 million), i.e. 42%.
One of the risk mitigation criteria adopted by the Bank has been to
reduce concentration and diversify by industry. The retail, manufacturing industry and service sectors were those with the highest
credit volume. Within retail, the sugar sub-sector, with considerable impact on the country’s farming production, stands out. The
breakdown by industry is presented below.
Um dos critérios de mitigação do risco adoptados pelo Banco, tem
sido a redução da concentração e a diversificação sectorial. Os
sectores de comércio, Indústria e Serviços foram os que registaram maior volume de crédito, destacando-se no comércio o subsector de açúcar com impacto considerável na produção agrícola
do país. De seguida apresenta-se a distribuição sectorial.
Crédito por Sectores
3% 0%
Agricultura
Agriculture
6%
Pecuária, Silvicultura e exp. Florestal
Cattle breeding, silviculture and forest exploitation.
19%
Pescas
Fisheries
18%
0%
2%
Indústria de transformação e extractiva
Extraction and Transformation Industry
Electricidade, gás e águas
Electricity, Gas and Water
Construção e obras públicas
Construction and Public Works
1%
Indústria de turismo
Industry and Tourism
Comércio
Commerce
10%
37%
4%
Transportes e comunicações
Transports and Communications
Instituições financeiras ñ/monetárias
Non-grant making financial institutions
Outros sectores
Other sectors
Este crescimento e a manutenção do rigor na avaliação e gestão
da carteira de crédito, resultaram numa melhoria significativa do
rácio de crédito vencido sobre o crédito total de 2,1% para 0,9%.
O nível de provisões para cobertura do risco de crédito mantém-se dentro dos mais rigorosos critérios, conforme política do
Grupo, assumindo como mínimo, o exigido pela Autoridade de
Supervisão.
This increase and the continued rigour in the analysis and management of the credit portfolio resulted in a significant improvement
in the ratio of non-performing loans to total loans, from 2.1% to
0.9%.
The level of allowances for credit risk remains within the strictest
standards, in line with the Group’s policy, where the level required
by the Regulatory Authority is regarded as a minimum.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 40
Standard Bank Annual Report 2005
Relatório da Área de Tesouraria e Mercados
2005
2005 Treasury and Market Report
O ano de 2005 foi marcado pela elevada volatilidade do câmbio
do metical no segundo e terceiro trimestre devido ä forte procura
de moeda estrangeira pelos importadores não satisfeita e a alguns movimentos especulativos não identificados.
Para a procura de divisas contribuiu a alta de preços do petróleo
a nível internacional, estimando-se em cerca de 15% do total de
importações e os movimentos de capitais e de serviços acima
do normal.
2005 was marked by the high volatility of the metical exchange
rate in the second and third quarters due to the strong unmet
demand for foreign currency by importers and some unidentified
speculative movements.
Em Janeiro deu entrada o novo Código de Conduta e iniciouse o sistema de intervenção de divisas por parte do Banco de
Moçambique através de leilões semanais tendo desde Junho
sido introduzidos importantes medidas de redução da dolarização da economia com destaque para o Aviso No 5/GGMBM/2005
sobre o provisonamento de 100% nos empréstimos em moeda
estrangeira a entidades residentes e o inicio de profundas reformas no Mercado Cambial Interbancário.
Com efeito foram alterados os procedimentos e as regras de
acesso aos sistema de leilões de divisas com a fixação de montantes máximos por banco e limites de variação /bandas de flutuação cambial,com efeitos muito positivos na descida da taxa de
cambio do metical nos últimos dois meses. Em termos acumulados em 2005 o metical depreciou-se contra o dólar 27.95%, 13%
contra o rand e 10% contra o EUR.
Ao longo do ano o Banco de Moçambique interveio no mercado
de divisas tendo injectado cerca de Usd 368 milhões contra Usd
220 em igual período do ano anterior.
Esta direcção teve em 2005 uma participação muita activa no
Mercado Cambial e Interbancário tendo duplicado o seu volume
de negócios passando dos USD 363 milhões para os USD 850
milhões.Os proveitos cambias ascenderam a MZM 236,50 bilioes
de meticais (USD 10,1 milhões de dólares) em linha com o aumento do volume de negócios.O racio proveitos cambiais sobre
de proveitos foi de 28,95% .
Na Área de Mercado Monetário de salientar a participação do
Standard Bank na grande aemissão de divida publica da República de Mocambique – OT 2005 Sèrie III com um valor subscrito
de MZM 300 bilioes de um total emitido de MZM 1,666 biliões a
10 anos . O Volume total de Obrigacoes do Tesouro em carteira
a 31 de Dezembro foi de MZM 545,8 bilioes de meticais. Durante
o ano de 2005 o Banco destacou-se igualmente pela liderança e
tomada firme da emissão de Obrigações de uma companhia de
Telecomunicações no montante de MZM 360 biliões de meticais.
A gestão e controlo da Tesouraria e Mercados foi substancialmente melhorada com a implementação de um sistema de informático especifico de Sala obedecendo ás regras internacionais
mais avançadas de gestão de limites e de risco cambial. Foram
separadas as funcôes das areas de Front e Back Office de forma
a responder as exigencias internacionais de controlo desta Área.
Desejaríamos também salientar a importância que o Banco
dedicou à formação e treinamento dos seus colaboradores nesta
The increase in oil prices at the international level contributed to
the demand for foreign currency, being estimated at approximately 15% of the total of imports and capital and service movements
above the usual level.
In January, the new Code of Ethics entered into effect, and the
new system of intervention in currencies by the Bank of Mozambique commenced with weekly auctions. Since June, major measures to reduce the links between the dollar and the economy
have been introduced, among which Order no. 5/GGMBM/2005
on the provisioning of 100% of foreign currency loans to residents
and the start of far-reaching reforms in the Interbank Exchange
Market should be highlighted.
In fact, the procedures and rules to access the currency auction
system were altered by setting maximum amounts per bank and
limits for exchange variations/bands, which had a very positive
impact on the reduction in the metical exchange rate in the final
two months. In aggregate terms, in 2005 the metical depreciated
27.95% against the dollar, 13% against the rand and 10% against
the euro.
Throughout the year, the Bank of Mozambique intervened in the
exchange market, having injected approximately USD 368 million, which compares to USD 220 million in the same period in
the preceding year.
In 2005, this Department participated actively in the Exchange
and Interbank Market, having doubled its turnover from USD 363
million to USD 850 million. Exchange gains reached MZM 236.50
billion (USD 10.1 million), in line with the increase in turnover. The
ratio of exchange gains to income stood at 28.95%.
In the Money Market, Standard Bank’s participation in the large
debt issue by the Mozambican Republic – the 10-year OT 2005
Series III, with a subscribed value of MZM 300 billion out of a
total of MZM 1.666 billion issued, should be highlighted. The total
volume of Treasury Bonds in its portfolio as at 31 December was
MZM 545.8 billion. During 2005, the Bank also stood out as a result of having led and underwritten a MZM 360 billion bond issue
by a telecommunications company.
The management and control of Treasury and Markets was substantially improved through implementation of a specific dealing room computer system complying with leading international
guidelines on the management of limits and exchange risks. The
Front and Back Office functions of this area were segregated so
as to meet the applicable international control requirements.
We would also like to stress the importance given by the Bank
to the education and training of its employees in this area, with
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 41
Área com a participação em vários cursos de Mercado Cambial
e Monetário e gestão de Risco em diversos países da região e
que culminou com a certificação internacional de Dealer (ACI) por
um dos nossos colaboradores. A sua certificação internacional
reforça o papel pedagógico e de conduta que o Banco pretende
pautar-se no mercado.
participation in numerous Exchange and Money Market and Risk
Management courses in various countries in the region and which
culminated in the International Dealer Certification (ACI) of one
of our employees. This international certification strengthens the
educational and cultural role the Bank wishes to adopt in the market.
O comité de gestão de Activos e Passivos (ALCO) é o órgão superior ,que reúne com periodicidade mensal e zela pelo cumprimento dos rácios prudenciais e dos requisitos exigidos pela entidade
de supervisão para alèm da gestão das políticas de risco cambial
e de risco de taxa de juro que o Banco poderá incorrer.
The Assets and Liabilities Committee (ALCO) which is the supervising committee, meets each month and ensures compliance
with prudent ratios and requirements imposed by the supervisory
authority, in addition to managing policies in respect of exchange
and interest rate risks the Bank may incur.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 42
Standard Bank Annual Report 2005
Banca de Retalho
Retail Banking
O banco desenvolveu propostas de serviços e produtos para
vários segmentos de retalho, incluindo clientes de banca de
empresas, banca de executivos e banca de assalariados. Antes
de 2005, o banco actuava exclusivamente na banca por grosso,
prestando serviços a empresas.
The business has developed service and product propositions for several retail segments,including business
banking,executive banking and salaried customers.Prior to
2005 the bank was solely a wholesale bank servicing the corporate customers.
O desenvolvimento comercial centra-se principalmente na implementação de produtos e serviços para responder às necessidades dos segmentos escolhidos. O ano de 2005 foi o ano
da introdução do tratamento de operações internacionais com
cartões, da emissão instantânea de cartões e dos cartões de
débito. As transferências bancárias internacionais Moneygram
foram lançadas em oito das nossas principais agências em todo
o país. Prevê-se que as restantes agências comecem a prestar
este serviço em 2006.
Business development is focused primarily on implementing
products and services to meet the needs of the chosen segments. The 2005 year saw the introduction of cross-border
transactability,instant card issue and debit cards.Moneygram
cross- border money transfers were launched in eight of our
main branches accross the country.The remainder of the
branches are scheduled for 2006 to be completed.
Ênfase nas vendas e serviços
To reduce its reliance on interest income ,the business has
implimented several complementary initiatives to increase
fee-based revenue.A strong sales drive enable a significant
increase in the number of customers and transactional volumes.
Para reduzir a sua dependência dos proveitos de juros, o banco
implementou diversas iniciativas complementares para aumentar
os proveitos de comissões. Uma grande ênfase nas vendas permite um aumento substancial do número de clientes e do volume
de operações.
O banco levou a cabo campanhas integradas de vendas e marketing num esforço para alargar a sua base de clientes, esforço
esse que será prosseguido em 2006. O pessoal e as equipas de
vendas foram incentivados a estimular a ênfase nas vendas, o
que levou a um crescimento superior a 100% da base de contas.
O banco introduziu uma ferramenta independente de medição
dos serviços, a CEBS, usada com sucesso pela banca de retalho da África do Sul e doutros países africanos. Esta ferramenta
mede e regista a avaliação feita pelos clientes da qualidade dos
serviços da banca de retalho.
Todas as ATMs do banco foram substituídas para permitir funções internacionais, como parte integrante da rede mundial da
Visa. Os clientes do banco podem agora fazer operações fora do
país com o seu cartão de débito Visa, da mesma forma que os
estrangeiros com cartões ligados à Visa que nos visitam podem
fazer operações em solo moçambicano.
Recursos Humanos
O desenvolvimento e a formação dos recursos humanos é uma
importante prioridade para fazer face ao ambiente em mutação
a nível nacional e internacional. O pessoal é exposto a práticas
comerciais globais através da participação em cursos de gestão,
em que interagem com os seus pares de outros países para partilhar ideias e boas práticas.
Sales and service drive
The business introduced integrated sales and marketing campaigns in an efort to expand the customer base .This will be
further enhanced during 2006.Sales staff and teams were
incentivised to stimulate the sales drive which led to an in
excess of 100% growth in the account base.
The bank introduced an independant service measurement
tool, CEBS, successfully used by Retail Banking in South
Africa and other African countries.It measures and records
customer rating of service quality in retail banking.
All the banks ATMs were replaced to enable cross border
functionality as part of the world wide Visa network.Customers from the bank can now transact outside the country with
their Visa debit card the same for foreign visitors to Mozambique with Visa link cards.
Human Resources
The developement and training of staff is a high priority to
meet the demands of the changing enviroment locally and
outside the borders of the country.Staff are exposed to global
business practices by attending management courses where
they interact with their peers from other countries to share
ideas and best practices.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 43
Recursos Humanos
Human Resources
No âmbito da Política de integração do Banco no grupo Standard
Bank, desde então, esforços tem sido evidados no alinhamento
das Políticas de Gestão de Recursos Humanos ás Políticas do
Grupo.
In the context of the Bank’s policy of integration in the Standard
Bank Group, major efforts have been deployed to align the Bank’s
Human Resource Policies with the Group’s Policies.
É assim, que no ano de 2005 a grande aposta do banco incidiu
sobre as áreas tradicionais de negócio, potenciando o factor humano, elemento indissociável ao sucesso que se pretende atingir.
Neste desafio que se apresenta, o Departamento de Recursos
Humanos vem desenvolvendo Políticas com vista a prospecção,
recrutamento e retenção da força de trabalho aliadas a mecanismos que permitam manter os colaboradores altamente motivados e com espírito competitivo.
Paralelamente a estas acções, mereceram destaque, pela sua
inovação a introdução da Visão e Valores do grupo Standard
Bank, que pela sua importância foi o acto de lançamento presidido pelo Sr. Jacko Maree, chairman do Grupo. Destacou-se, igualmente, a introdução do instrumento de avaliação de desempenho
denominado “Balance Score Card” que visa essencialmente aprimorar e tornar mais objectiva a avaliação dos trabalhadores.
Por último, a que destacar o inicio do processo anual de reconhecimento público e premiação dos trabalhadores que mais se
destacaram no exercício das suas actividades. Este programa,
engloba todo o grupo e denomina-se “STARS”.
Neste sentido, entendemos ser indispensável a partilha de informação relativa ao estagio actual de recursos humanos, apresentando alguns dados estatísticos que reflectem a situação
organizacional do banco nomeadamente, o efectivo por zona
geográfica, idade, habilitações literárias, formação e desenvolvimento.
Efectivos
O quadro de efectivos do banco vem sendo gerido, de acordo
com os objectivos estratégicos do Banco sendo que, no final do
ano de 2005 o banco apresentava um efectivo de 416 colaboradores comparativamente a 380 do ano transacto, representando
um aumento de cerca de 11%, como se pode verificar na tabela
que se segue:
Colocação
Workplace
Thus, in 2005 the Bank focused chiefly on the traditional business areas, maximising human resources, a key factor for the
success to be achieved. To respond to this challenge, the Human Resource Department is developing policies with a view to
prospecting for, recruiting and retaining workers, combined with
mechanisms that make it possible to keep our employees highly
motivated and animated with a competitive spirit.
In parallel with these actions, the introduction of the Standard
Bank Group’s Vision and Values should be highlighted on account
of their innovative nature. Due to their significance, the Group
CEO, Mr. Jacko Maree, presided over the launch. The introduction of a performance evaluation tool called the “Balance Score
Card”, which is essentially aimed at refining and making employees’ performance evaluations more objective, also stands out.
Finally, the commencement of the annual process of public recognition and rewarding of employees who have stood out in the performance of their duties should be highlighted. This programme
covers the entire group and is called “STARS”.
In this sense, we believe it is essential to share knowledge in respect of the current human resource status, by presenting statistical data reflecting the Bank’s organisational situation, in particular
employees by geographic area, age, qualifications, training and
development.
Personnel
The Bank’s personnel are managed in accordance with its strategic guidelines. As at the end of 2005, the Bank had 416 employees, compared to 380 in the preceding year, which signifies
an increase of approximately 11%, as illustrated in the following
table:
31.12.04
31.12.05
Sede
Head Office
176
206
Zona Norte
Northern Zone
31
30
Zona Centro
Central Zone
53
49
Zona Sul
Southern Zone
120
131
Total
Total
380
416
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 44
Standard Bank Annual Report 2005
Recursos Humanos continuação
Human Resources continued
Distribuição dos Efectivos por Zonas Geográficas
Breakdown of Employees by Geographic Zone
250
Nº de Colaboradores
No. of Employees
200
150
100
50
0
Sede
Head Office
Zona Norte
Northern Zone
Zona Centro
Central Zone
Zona Sul
Southern Zone
Zona Geográfica
Geographic Zone
31.12.04
31.12.05
Habilitações Literárias
Qualifications
O número de trabalhadores com formação básica e abaixo do
nível básico vem diminuindo progressivamente, decorrente do
melhoramento do nível académico dos trabalhadores mantendose a tendência de subida do número de trabalhadores com formação superior em consequência da política de recrutamento e
de formação.
The number of employees with basic education and below the
basic level is decreasing progressively as a result of an improvement in employees’ academic qualifications. The trend towards
an increase in the number of employees with higher education
persists, as a result of the recruitment and training policy.
Habilitações Literárias Academic Qualifications
300
Nº de Colaboradores
No. of Employees
250
200
150
100
50
0
Nenhuma
None
Elementar
Elementary
Básico
Basic
Habilitações Qualifications
31.12.2004
31.12.2005
Médio
Secondary
Superior
Higher
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 45
Estrutura Etária Age Structure
450
400
350
Nº de Colaboradores
No. of Employees
300
250
200
150
100
50
0
20-29
30-39
40-49
50-59
60-65
Total
Idade Age
31.12.04
31.12.05
Efectivo por Idade
Personnel by Age
De um modo geral, o efectivo do Standard Bank é jovem, com
cerca de 57% da força de trabalho com idades compreendidas
entre os 20 e os 39 anos.
Generally speaking, Standard Bank’s personnel are young, with
approximately 57% of its workforce comprised between 20 and
39 years of age.
ESTRUTURA ETÁRIA AGE STRUCTURE
Idade/Age
20-29
30-39
40-49
50-59
60-65
TOTAL
ANO/YEAR
63
179
104
33
1
380
31.12.2004
66
173
129
45
3
416
31.12.2005
N.º Colabor.
No. of employees
N.º Colabor.
No. of employees
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 46
Standard Bank Annual Report 2005
Recursos Humanos continuação
Human Resources continued
Formação e Desenvolvimento
Training And Development
O Standard Bank durante o ano de 2005 a coberto da sua grande
aposta na formação empenhou-se em capacitar os seus gestores
e executivos em programas de desenvolvimento de lideranças
e gestão. Deste modo, 2 colaboradores participaram num programa avançado de análise de risco de crédito na Namíbia e 6
completaram com sucesso os programas de desenvolvimento
de gestão organizados pelo Grupo Standard, nomeadamente,
«Challenge», «Compass» e «Novo» na África do Sul.
In the context of its commitment to training, in 2005 Standard
Bank endeavoured to provide its managers and executives with
new capabilities through the development of leadership and management programmes. Accordingly, 2 employees participated
in an advanced credit risk analysis programme in Namibia and
6 succeeded in completing the management development programmes organised by the Standard Group, namely, ”Challenge“,
”Compass“ and ”Novo“, in South Africa.
É de mencionar também a participação de colaboradores nos
cursos de «Derivatives» e da ACI - Associação de Mercados Financeiros da qual resultou na certificação de um colaborador em
«ACI Dealing».
The participation of employees in ”Derivatives“ and ACI - Financial Market Association courses, which resulted in the certification
of an employee in ”ACI Dealing“, should also be noted.
No âmbito da melhoria da prestação de serviços ao cliente foi
introduzido o programa de formação em «Stellar Service» que
beneficiou cerca de 127 colaboradores e efectuou-se a acreditação de formadores para a capacitação de colaboradores no
novo serviço de transferências «Moneygram» do qual resultou
na formação de 55 colaboradores para a operação deste serviço.
Ainda no âmbito da melhoria de prestação do serviço ao cliente,
um colaborador sénior recebeu a certificação bancária de gestor
de clientes (AE Certification).
Por último há que destacar igualmente a formação de um colaborador na operação do Sistema SAP.
In the context of improving customer service, the training programme in”Stellar Service“, which benefited approximately 127
employees, was introduced. Facilitators were accredited to train
employees in the new ”Moneygram“ transfer service, which resulted in the training of 55 employees to provide this service. Also
in respect of improving customer service, a senior employee obtained banking certification as an account executive (AE Certification).
Finally, the training of an employee in operation of the SAP system should be highlighted.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Política de “Compliance”
Statement of Compliance
Standard Bank Annual Report 2005
P • 47
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 48
Standard Bank Annual Report 2005
Politica de “compliance”
Statement on the compliance function
Camal Daúde
Director de Risco
Head of Risk
O Banco possui e adoptou procedimentos e politicas para “Conheça o Seu Cliente (KYC)” e “Anti Money Laundering” e cumpre
com todo o rigor as normas, regulamentos, exigências demandadas pelo Banco de Moçambique. O banco aplica o código da
prática bancária e subscreve aos valores nele inserido. Existe
um sistema montado para garantir que o banco cumpra com os
princípios e recomendações exaradas no código. No início do
próximo exercício económico pretendemos indroduzir o Basel II
– novo acordo de capital.
The bank has “Know Your Customer” and “Anti Money Laundering” policies in place and follows strictly with applicable legislation, regulation, standards of the central bank directives. The
bank applies the code of banking practice and susbscribes to the
values underlying the code. There are systems in place to ensure
compliance with the principles and recommendations set out in
the code. We will early next year introduce the Basel II new capital
accord.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Política de investimento social
Social Investment Policy
Standard Bank Annual Report 2005
P • 49
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 50
Standard Bank Annual Report 2005
Politica de Investimento Social
Social Investment Policy
Como entidade de referência no país, o banco deve a sua existência à sociedade e à comunidade onde opera.
As an African business the bank owes its existence to the people
and societies within which it operates.
O banco acredita numa actuação justa e socialmente responsável enquanto entidade empregadora, tanto através das suas
práticas comerciais de base, como no apoio a programas comunitários direccionados a melhorar as sociedades em que exerce a
sua actividade. Em consequência disso, o banco está empenhado
não apenas na promoção do desenvolvimento económico, mas
também no fortalecimento da sociedade civil e na melhoria do
bem-estar das pessoas.
The bank believes in acting as a non-exploitative and socially responsible employer through both its core business practices and
the support of community programmes aimed at the betterment
of the societies within which it operates. The bank is committed
therefore not only to the promotion of economic development but
also to the strengthening of civil society and human well being.
O banco concentra os seus gastos no investimento social em determinadas áreas, no sentido de alcançar melhores resultados.
Estas áreas são revistas anualmente, uma vez que as necessidades sócio-económicas tendem a alterar. Em 2005, concentrou-se o investimento social na área da Educação (virada para a
Criança), Saúde - HIV, meio-ambiente e desporto.
O banco esteve orgulhosamente associado a várias iniciativas de
responsabilidade social, a título de exemplo:
• O patrocínio do Festival Esperança que contou com a presença dos UB40,
• O patrocínio do programa “amigo da árvore”, uma iniciativa
do Conselho Municipal da Cidade de Maputo,
• O patrocínio do projecto “Criança nosso Futuro” uma iniciativa do Gabinete da Esposa do Presidente, assim como a
taça Moçambicana de futebol mCel
• Doação de presentes de Natal ao orfanato 1º de Maio e a
Pediatria do Hospital Geral José Macamo.
O banco dedica 1% do seu resultado líquido deduzido para actividades de responsabilidade social.
The bank concentrates its social investment expenditure in defined focus areas in order to make the greatest impact. These
areas of focus are subject to annual revision as the country’s socio-economic needs change. Education, children, HIV, environment and sports have been the focus of the bank in 2005.
The bank was proudly involved in several Corporate social investments initiatives, such as:
• The sponsorship of Festival Esperança (the Hope Festival),
which featured UB40,
• The “friend of the tree” programme, an initiative of the Maputo Town Council,
• The Criança, nosso futuro (Children, our future) project, an
initiative of the First Lady’s Office, as well as the mCel Mozambican Cup.
The bank has committed 1% of it’s profits after tax to social investments programs in 2005.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
Demonstrações Financeiras
Financial Statements
Aprovação pelo Conselho de Administração
Board of Directors approval
52
Relatório dos auditores independentes
Report of the independent auditors
53
Demonstração de resultados
Income statement
54
Balanço
Balance sheet
55
Movimentos em fundos próprios
Statement of changes in equity
56
Mapa de fluxo de caixa
Cash flow statement
58
Principais políticas contabilísticas
Significant accounting policies
59
Notas às demonstrações financeiras
Notes to the financial statements
69
P • 51
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 52
Aprovação da Administração
Standard Bank Annual Report 2005
Directors approval
A Direcção do Banco é responsável pela preparação, integridade e objectividade das demonstrações financeiras. As
demonstrações financeiras foram preparadas de acordo com
as Normas Internacionais de Relatório Financeiro e são baseadas em políticas contabilísticas adequadas consistentemente
aplicadas e apoiadas por julgamentos e estimativas razoáveis
e prudentes.
The directors are responsible for the preparation, integrity
and objectivity of the financial statements. The financial statements have been prepared by management in accordance
with International Financial Reporting Standards. The financial
statements are based on appropriate accounting policies consistently applied and supported by reasonable and prudent
judgements and estimates.
Para satisfazer esta responsabilidade, a gerência do Standard Bank estabeleceu e mantém sistemas e práticas contabilísticas adequadamente apoiadas por sistemas internos
de controle contabilístico. Esses controles asseguram que os
activos do Banco sejam salvaguardados, que as transacções
sejam executadas e registadas de acordo com a autorização
da gerência, práticas de negócio e políticas e procedimentos
geralmente aceites. Estes controles são implementados por
pessoal qualificado e treinado com uma segregação de funções apropriada, são monitorados pela gerência e incluem um
sistema orçamental e de relatório abrangente e uma estrutura
de controle adequada.
The directors fulfill this responsibility primarily by establishing
and maintaining accounting systems and practices adequately
supported by internal accounting controls. Such controls provide assurance that the company’s assets are safeguarded,
that transactions are executed and recorded in accordance
with company’s authorisation, generally accepted business
practices and the company’s policies and procedures. These
controls are implemented by trained, skilled personnel with
an appropriate segregation of duties, are monitored by management and include a comprehensive budgeting and reporting system and an appropriate control framework.
A responsabilidade dos auditores independentes é reportar
sobre a apresentação adequada das demonstrações financeiras.
Os administradores do banco acreditam que a empresa possui recursos adequados para continuar a operar num futuro
previsível. Por esta razão, na preparação das demonstrações
financeiras continuam a adoptar o princípio de continuidade.
As demonstrações financeiras do exercício findo em 31 de
Dezembro de 2005, constantes das páginas 3 a 51 foram
aprovadas pelo Conselho de Administração do Standard
Bank, SARL em 30 de Março de 2006 e vão assinadas em
seu nome por:
António Coutinho
(Administrador Delegado)
It is the responsibility of the independent auditors to report on
the fair presentation of the financial statements.
The directors believe that the company has adequate resources to continue in operational existence for the foreseeable
future. For this reason, they continue to adopt the going concern basis in preparing the financial statements.
The financial statements for the year ended 31 December
2005 set out on pages 3 to 51 were approved by the board of
directors of Standard Bank, SARL on 30th March 2006 and are
signed on its behalf by:
António Coutinho
Managing Director
Standard Bank Relatório Anual 2005
Relatório dos auditores independentes
Standard Bank Annual Report 2005
P • 53
Report of the independent auditors
Aos Accionistas do
To the shareholders of
Standard Bank, SARL
Standard Bank, SARL
Procedemos à auditoria das demonstrações financeiras do
Standard Bank, SARL, constantes das páginas 3 a 52 do exercício findo em 31 de Dezembro de 2005. Estas demonstrações são da responsabilidade da Administração do Banco.
A nossa responsabilidade é expressar um parecer sobre as
mesmas, com base na nossa auditoria.
We have audited the annual financial statements of Standard
Bank, SARL set out on pages 3 to 50 for the year ended 31
December 2005. These financial statements are the responsibility of the company’s directors. Our responsibility is to express an opinion on these financial statements based on our
audit.
Executámos a nossa auditoria de acordo com as Normas
Internacionais de Auditoria. Tais normas exigem que o planeamento e a condução da auditoria se processem de forma
a obter uma certeza razoável de que as demonstrações financeiras estão livres de quaisquer distorções materialmente
relevantes. A auditoria inclui a análise, numa base de teste,
da evidência que sustenta os valores e as divulgações incluídas nas demonstrações financeiras. Uma auditoria também
inclui uma avaliação dos princípios contabilísticos adoptados,
e estimativas de natureza substancial feitas pela Administração, assim como uma ponderação da apresentação global
das demonstrações financeiras. Acreditamos que os nossos
procedimentos de auditoria fornecem uma base razoável que
nos permite emitir o nosso parecer.
We conducted our audit in accordance with International
Standards on Auditing. Those standards require that we plan
and perform the audit to obtain reasonable assurance about
whether the financial statements are free of material misstatement. An audit includes examining, on a test basis, evidence supporting the amounts and disclosures in the financial
statements. An audit also includes assessing the accounting
principles used and significant estimates made by the management, as well as evaluating the overall financial statement
presentation. We believe that our audit provides a reasonable
basis for our opinion.
Em nossa opinião, as demonstrações financeiras apresentam de forma apropriada, em todos os aspectos materiais,
a situação financeira do Banco a 31 de Dezembro de 2005,
bem como os resultados das suas operações e seus fluxos
de caixa para o ano findo na mesma data, em conformidade
com as Normas Internacionais de Relatório Financeiro.
In our opinion, the financial statements fairly present, in all
materials respects, the financial position of the company as
at 31 December 2005, and of the results of its operations and
its cash flows for the year then ended in accordance with
International Financial Reporting Standards.
Maputo
30 March 2006
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 54
Standard Bank Annual Report 2005
Demonstração de resultados
Income statement
do exercício findo em 31 de Dezembro de 2005
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
3
499 164 399
401 148 923
21 687 477
18 025 803
3
(134 358 094)
(143 990 862)
364 806 305
257 158 061
15 849 945
11 555 510
Nota Note
Juros e proveitos equiparados
Interest and similar income
Juros e custos equiparados
Interest expense and similar charges
for the year ended 31 December 2005
Margem financeira
Net interest income
(5 837 532)
(6 470 293)
Receita de taxas e comissões
Fee and commission income
4
226 761 451
156 944 967
9 852 233
7 052 390
Custos de taxas e comissões
Fee and commission expense
4
(11 916 452)
(7 687 299)
(517 741)
(345 432)
Proveito líquido de taxas e comissões
Net fee and commission income
214 844 999
149 257 668
9 334 492
6 706 958
236 504 969
155 817 082
10 275 565
7 001 709
-
214 528
-
9 640
Proveitos operacionais
Operating income
816 156 273
562 447 339
35 460 002
25 273 817
Despesas operacionais e dotações para
redução do valor recuperável do empréstimo
Operating expenses and allowances
for loan impairments
Despesas gerais de administração
General administrative expenses
6
(494 101 941)
(399 224 879)
(21 467 526)
(17 939 345)
(13 963 941)
5 528 564
(606 699)
248 428
Resultados líquidos de operações cambiais
Net trading income
5
Outras receitas de exploração
Other operating income
Redução do valor recuperável dos
empréstimos e adiantamentos
Impairment of loans and advances
7
Resultado antes de impostos
Profit before tax
Imposto do ano
Income tax expense
8
Lucro líquido do ano
Net profit for the year
308 090 391
168 751 024
(33 459 182)
-
13 385 777
(1 453 720)
7 582 900
-
274 631 209
168 751 024
11 932 057
7 582 900
Ganhos por acção
Earnings per share
•
•
Básicos
Basic
9
MZM 7 892
MZM 4 849
USD 34 cents
USD 22 cents
•
•
Diluídos
Diluted
9
MZM 7 892
MZM 4 849
USD 34 cents
USD 22 cents
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
Balanço
P • 55
Balance sheet
em 31 de Dezembro de 2005
as at 31 December 2005
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
10
5 413 621 480
3 568 721 504
223 860 624
188 828 237
11
-
805 000 000
-
42 594 170
12
2 531 413 802
1 291 465 000
104 677 410
68 334 012
13
1 739 024 641
1 198 246 598
71 911 038
63 401 639
14
1 123 806
1 123 806
46 472
59 463
15.1
402 375 241
153 110 513
16 638 764
8 101 385
15.2
47 348 720
41 505 175
1 957 934
2 196 122
22
-
20 609 663
-
1 090 499
16
108 828 005
67 170 929
4 500 186
3 554 149
10 243 735 695
7 146 953 188
423 592 428
378 159 676
17
174 000 000
174 000 000
9 206 690
9 206 690
18
174 000 000
162 653 479
9 099 302
8 606 323
19
279 700 382
39 036 772
4 067 274
2 065 514
20
412 287 941
287 260 426
20 631 668
15 199 527
1 039 988 323
662 950 677
43 004 934
35 078 054
21
8 739 039 832
6 205 641 005
361 371 204
328 352 955
22
12 839 519
-
530 932
-
23
238 842 983
111 499 415
9 876 483
5 899 658
24
203 559 291
156 940 863
8 417 454
8 304 057
25
9 465 747
9 921 230
391 421
524 952
9 203 747 372
6 484 002 511
380 587 494
343 081 622
10 243 735 695
7 146 953 188
423 592 428
378 159 676
Nota Note
Activos
Assets
Caixa e equivalentes de caixa
Cash and cash equivalents
Títulos do Banco de Moçambique
Bank of Mozambique bills
Activos financeiros mantidos para
comercialização
Financial assets available for sale
Empréstimos e adiantamentos a clientes
Loans and advances to customers
Investimentos
Investments
Propriedade e equipamento
Property and equipment
Activos incorpóreos
Intangible assets
Activo corrente líquido
Current tax asset
Outros activos
Other assets
Total de activos
Total assets
Fundos próprios
SHAREHOLDERS’ EQUITY
Capital social
Share capital
Reserva legal
Legal reserve
Outras reservas
Other reserves
Lucros não distribuídos
Retained earnings
Total de fundos próprios
Total shareholders’ equity
Passivos
Liabilities
Depósitos de clientes
Deposits from customers
Dívidas de impostos
Current tax liabilities
Outras exigibilidades
Other liabilities
Obrigações para benefício dos empregados
Employee benefit obligations
Empréstimos de médio e longo prazos
Medium and long-term loans
Total dos passivos
Total liabilities
Total de fundos próprios e passivos
Total shareholders’ equity and liabilities
P • 56
Saldo em 31 de Dezembro 2005
Balance at 31 December 2005
Lucro líquido de 2005
Net profit for 2005
Transferido
Transfers:
- para/(de) reserva de riscos gerais
- to/(from) general credit risks reserve
- para reserva legal
- to legal reserve
- dividendo ordinário de 2004
- Ordinary dividend for 2004
- valor justo ganho em activos disponíveis-para-venda
- Fair value gain on available-for-sale/assets
- Excedente de reavaliação da propriedade
- Revaluation surplus on property
Saldo em 31 de Dezembro de 2004
Balance at 31 December 2004
Lucro líquido de 2004
Net profit for 2004
Transferido:
Transfers:
- de reserva para riscos gerais de crédito
- from general credit risks reserve
- para/(de) reserva para riscos gerais
- to/(from) general risks reserve
- para reserva legal
- to legal reserve
- dividendo ordinário de 2003
- Ordinary dividend for 2003
Saldo em 1 de Janeiro 2004
Balance at 1 January 2004
24 609 564
-
-
11 346 521
-
174 000 000
-
-
174 000 000
-
-
162 653 479
-
-
174 000 000
-
-
138 043 915
MT’000
MT’000
174 000 000
Reserva legal
Legal reserve
Capital social
Share capital
do exercício findo em 31 de Dezembro de 2005
Movimento em fundos próprios
Standard Bank Relatório Anual 2005
234 417 751
230 089 048
-
-
-
-
-
4 328 703
-
-
-
-
-
4 328 708
MT’000
Reserva de
reavaliação
Revaluation
reserve
32 766 628
-
-
-
-
(1 941 441)
-
34 708 069
-
-
-
3 811 478
-
30 896 591
MT’000
Reserva para
riscos gerais de
crédito
General credit
risks reserve
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
(26 000)
-
-
26 000
MT’000
Reserva para
riscos bancários
gerais
General banking
risks reserve
12 516 003
-
12 516 003
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
Reserva de
reavaliação
disponível-paravenda
Available-for-sale
fair value reserve
MT´000
412 287 941
-
-
(140 198 614)
(11 346 521)
1 941 441
274 631 209
287 260 426
(139 454 197)
(24 609 564)
-
(3 811 478)
168 751 024
286 384 641
MT’000
Lucros não
distribuídos
Retained
earnings
1 039 988 323
230 089 048
12 516 003
(140 198 614)
-
-
274 631 209
662 950 677
(139 454 197)
-
(26 000)
-
168 751 024
633 679 850
Total
de fundos
próprios
Total
Shareholders’
equity
MT’000
Statement of changes in equity
for the year ended 31 December 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 57
1 105 842
1 714 098
-
1 913 138
9 206 690
Saldo em 31 Dezembro 2004
Balance at 31 December 2004
Saldo em 31 Dezeembro 2005
Balance at 31 December 2005
Lucro líquido de 2005
Net profit for 2005
Transferido:
Transfers:
- para/(de) reserva para riscos gerais
- to/(from) general credit risks reserve
- para reserva legal
- to legal reserve
- dividendo ordinário de 2004
- Ordinary dividend for 2004
- lucro do valor justo nos activos disponíveis para venda
- Fair value gain on available for sale assets
- excedente de reavaliação da propriedade
- Revaluation surplus on property
apurado durante o ano
Exchange translation differences
-
-
492 979
-
9 099 302
-
-
9 206 690
-
-
8 606 323
-
5 786 383
-
7 293 552
USD
USD
Lucro líquido de 2004
Net profit for 2004
Transferido:
Transfers:
- de reserva para riscos gerais de crédito
- from general credit risks reserve
- (para)/de reserva para riscos gerais
- (to)/from general risks reserve
- para reserva legal
- to legal reserve
- dividendo ordinário de 2003
- Ordinary dividend for 2003
Diferenças cambiais
Exchange translation differences
Saldo em 1 Janeiro 2004
Balance at 1 January 2004
Reserva Legal
Legal reserve
Capital social
Share capital
Movimento em fundos próprios continuação
Standard Bank Relatório Anual 2005
9 743 536
-
9 514 496
-
-
-
-
-
229 040
47 594
-
-
-
-
-
181 446
USD
Reserva de
Reavaliação
Revaluation
reserve
1 752 123
-
-
-
-
-
(84 351)
-
1 836 474
370 113
-
-
-
171 270
-
1 295 091
USD
Reserva para
riscos gerais
de crédito
General credit
risks reserve
-
-
-
-
-
-
-
-
-
78
-
-
(1 168)
-
-
1 090
Reserva para
riscos
bancários
gerais
General
banking risks
reserve
USD
517 554
-
-
517 554
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
Reserva de
reavaliação
disponível
para venda
Available-forsale fair value
reserve
USD
(7 945 949)
(7 945 949)
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
USD
Reserva
cambial
Foreign
currency
translation
reserve
20 631 668
-
-
-
(6 091 288)
(492 979)
84 351
11 932 057
15 199 527
3 155 800
(6 266 436)
(1 105 842)
-
(171 270)
7 582 901
12 004 374
USD
Lucro nãodistribuído
Retained
earnings
43 004 934
(7 945 949)
9 514 496
517 554
(6 091 288)
-
-
11 932 057
35 078 054
7 200 821
(6 266 436)
-
(1 168)
-
7 582 901
26 561 936
USD
Total
de Fundos
próprios
Total
Shareholders’
equity
Statement of changes in equity continued
Standard Bank Annual Report 2005
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 58
Standard Bank Annual Report 2005
Mapa de fluxo de caixa
Cash flow statement
do ano findo em 31 de Dezembro de 2005
for the year ended 31 December 2005
Nota Note
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
Fluxos de caixa de actividades
operacionais
Cash flows from operating activities
Caixa gerado das actividades
Cash generated from operations
28
342 691 031
215 880 221
14 889 090
9 700 673
Variações em capital circulante
Changes in operating assets and liabilities
29
1 702 037 424
17 394 021
70 381 566
35 044 612
2 044 728 455
233 274 242
85 270 656
44 745 285
(10 000)
(30 887 501)
(435)
(1 387 943)
2 044 718 455
202 386 741
85 270 221
43 357 342
15.1
(40 600 704)
(29 716 710)
(1 764 002)
(1 335 334)
15.2
(19 019 161)
(417 971)
(828 258)
(18 782)
(59 619 865)
(30 134 681)
(2 592 260)
(1 354 116)
Dividendos pagos
Dividends paid
(140 198 614)
(139 454 197)
(6 091 288)
(6 266 436)
Fluxos de caixa líquidos de actividades de
financiamento
Net cash flows from financing activities
(140 198 614)
(139 454 197)
(6 091 288)
(6 266 436)
Total de fundos gerados
Total funds generated
1 844 899 976
32 797 863
76 586 673
35 736 790
3 568 721 504
3 535 923 641
188 828 237
148 215 182
-
-
(41 554 286)
4 876 265
5 413 621 480
3 568 721 504
223 860 624
188 828 237
Caixa líquido de actividades operacionais
Net cash from operating activities
Imposto pago
Tax paid
22
Caixa líquido gerado de actividades
operacionais
Net cash generated from operating
activities
Fluxo de caixa de actividades de
investimento
Cash flow from investing activities
Aquisições de propriedade, instalações
e equipamento
Acquisitions of property, plant and
equipment
Aquisição de activos incorpóreos
Acquisition of intangible assets
Caixa líquido utilizado em actividades
de investimento
Net cash utilised in investing activities
Fluxo de caixa de actividades de
financiamento
Cash flow from financing activities
Caixa e equivalentes de caixa no início do ano
Cash and cash equivalents at the beginning
of the year
Diferença cambial no saldo de abertura
Translation difference in opening cash and
cash equivalents
Caixa e equivalentes de caixa no fim do ano
Cash and cash equivalents at the end
of the year
10
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
Políticas contabilísticas significativas
Significant accounting policies
do exercício findo em 31 de Dezembro de 2005
1.
Incorporação e actividades
for the year ended 31 December 2005
1.
O Standard Bank, SARL é um Banco privado sediado
em Moçambique, o qual foi constituído em 1967. O
Banco tem como “holding” e accionista maioritário
o Stanbic Africa Holdings Limited (96.01%), um
banco de investimento constituído no Reino Unido.
O Stanbic Africa Holdings Limited é uma subsidiária
totalmente possuída pelo Standard Bank Group que
é um banco de investimento constituído na África
do Sul. Os outros accionistas minoritários detêm os
restantes 3.99%. O Banco desenvolve actividades
concernentes à banca comercial e à banca de investimentos e presta serviços relacionados com as
mesmas.
2.
Políticas contabilísticas significativas
(a)
Declaração de cumprimento
Bases de preparação
2.
Significant accounting policies
(a)
Statement of compliance
The financial statements have been prepared in
accordance with International Financial Reporting
Standards (IFRS).
(b)
The accounting policies have been consistently applied by the company, except where specifically
stated.
As políticas contabilísticas foram consistentemente
aplicadas pela empresa excepto onde especificamente determinado.
Functional currency
Moeda funcional
The company’s functional currency is the Mozambique Meticais, being the currency of the primary
economic environment in which it operates and
the currency in which accounting records are maintained. The financial statements are presented in
Meticais rounded to the nearest thousand.
A moeda funcional da empresa é o Metical,.sendo a
moeda em que a mesma opera e mantém os seus
registos contabilísticos. As demonstrações financeiras são apresentadas em Meticais arredondados
para a unidade de milhar mais próxima.
Other presentation currency
Outra moeda de apresentação
(c)
Operações em moeda estrangeira
As operações em moeda estrangeira são convertidas à taxa de câmbio em vigor à data da transacção.
Os activos e passivos monetários denominados em
Basis of preparation
The financial statements are prepared on a historical cost basis, except for modification by the revaluation of property and certain financial instruments
which are measured at fair value as required by IAS
39 - Financial Instruments: Recognition and Measurement.
As demonstrações financeiras são preparadas com
base no custo histórico, excepto para alterações
resultantes da reavaliação da propriedade e determinados instrumentos financeiros os quais são
medidos pelo valor justo tal como exigido pela IAS
39 – Instrumentos Financeiros: Reconhecimento e
Medição.
Para conveniência dos utentes, as demonstrações
financeiras são também apresentadas em dólares
americanos. A demonstração de resultados e respectivas notas são convertidas em dólares americanos com utilização da taxa de câmbio média do ano,
e o balanço à taxa de câmbio oficial em vigor no fim
do ano. Todas as diferenças cambiais resultantes
são reconhecidas directamente em fundos próprios. Componentes dos fundos próprios existentes
em 31 de Dezembro de 2004 são convertidas para
dólares americanos à taxa de câmbio de fecho do
ano. Componentes dos fundos próprios surgidas
subsequentemente a 31 de dezembro de 2004 são
convertidos para dólares americanos à taxa de câmbio em vigor neste dia.
Incorporation and activities
Standard Bank, SARL is a private company, incorporated in 1967, with its head office in Mozambique.
The company’s holding company is Stanbic Africa
Holdings Limited (96.01%), a banking investment
holding company incorporated in the United Kingdom. Stanbic Africa Holdings Limited is a wholly
owned subsidiary of Standard Bank Group which
is a banking investment holding company incorporated in South Africa. Other minority shareholders
own 3.99% of the company. The company is engaged in commercial and investment banking and
related services.
As demonstrações financeiras foram preparadas de
acordo com as Normas Internacionais de Relatório
Financeiro (IFRS).
(b)
P • 59
For the convenience of the users, the financial
statements are also presented in United States Dollars. The income statement and related notes are
translated into United States Dollars using the average rate of exchange for the year, and the balance
sheet at the official exchange rate ruling at the end
of the year. All resulting exchange differences are
recognised directly in equity. Components of equity
which existed as at 31 December 2004 are translated into United States Dollars using the closing exchange rate as at that date. Components of equity
arising subsequent to 31 December 2004 are translated into United States Dollars using the exchange
rate ruling at the date of the transaction.
(c)
Foreign currency transactions
Transactions in foreign currencies are translated at
the foreign exchange rate ruling at the date of the
transaction. Monetary assets and liabilities denominated in foreign currencies are translated at the
foreign exchange rate ruling at the balance sheet date.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 60
Políticas contabilísticas significativas continuação
Standard Bank Annual Report 2005
Significant accounting policies continued
moeda estrangeira são convertidos à taxa de câmbio vigente à data do balanço. As diferenças cambiais resultantes da conversão são levadas à conta de
resultados. Os activos e passivos não-monetários
denominados em moeda estrangeira são convertidos à taxa de câmbio em vigor na data da transacção.
(d)
Margem financeira
Foreign exchange differences arising on translation
are recognised in the income statement. Non-monetary assets and liabilities denominated in foreign
currencies, which are stated at historical cost, are
translated at the foreign exchange rate ruling at the
date of the transaction.
(d)
Interest and similar income and interest expense
and similar charges are recognised in the income
statement as they accrue using the effective yield
method.
Os juros e proveitos equiparados e os juros e custos
equiparados são reconhecidos na demonstração de
resultados logo que vencidos, segundo o método
do rendimento efectivo.
(e)
Receita de taxas e comissões
(e)
(f)
(g)
Fee and commission income is recognised when
the related service is provided.
(f)
Proveitos líquidos de operações em moeda estrangeira
Os proveitos líquidos de operações em moeda estrangeira incluem os lucros e perdas resultantes das
operações em moeda estrangeira e da conversão
dos itens monetários denominados em moeda estrangeira.
Instrumentos financeiros
Classificação
Os instrumentos comercializáveis são aqueles que
a empresa detém, principalmente com o propósito
de obter lucros a curto prazo, e os activos e passivos que a empresa designou após reconhecimento
inicial ao valor justo através de lucros ou perdas.
Nestes se incluem os investimentos e exigibilidades
resultantes da venda a curto prazo de instrumentos
financeiros.
Empréstimos são criados pelo Banco ao fornecer
dinheiro a um credor, para além daqueles criados
com a intenção de obter lucros a curto prazo. Os
empréstimos têm pagamentos fixos ou determinados e não estão quotados num mercado activo. Empréstimos compreendem empréstimos a bancos e
a clientes.
Os activos mantidos até à maturidade representam
os activos financeiros com pagamentos fixos ou
determináveis e com data de maturidade fixa, que
o banco tem a intenção e a capacidade de manter
até à data de vencimento. Alguns instrumentos de
dívida incluem-se nestes activos.
Os activos disponíveis para venda representam
os activos financeiros que não são mantidos com
propósitos de transacção, e os activos não classificados como empréstimos ou mantidos até à maturidade. Os instrumentos disponíveis-para-venda
incluem determinados investimentos em forma de
dívida ou capital próprio.
Fee and commission income
Fee and commission income arises on financial services provided by the company including cash management services, brokerage services, project and
structured finance transactions.
A receita de taxas e comissões provém dos serviços financeiros prestados pela empresa, incluindo
os serviços de gestão de tesouraria, serviços de
corretagem, projectos e operações financeiras estruturadas.
A receita de taxas e comissões é reconhecida quando o respectivo serviço é prestado.
Interest income and expense
Net trading income
Net trading income includes gains and losses arising from transactions in the trading of foreign currency and translation of foreign currency monetary
items.
(g)
Financial instruments
Classification
Trading instruments are those that the company
principally holds for the purpose of short-term profit
taking and those assets and liabilities which the
company has designated upon initial recognition as
at fair value through profits or loss. These include
investments and liabilities from short-term sales of
financial instruments.
Loans and receivables are loans and receivables created by the company providing money to a debtor
other than those created with the intention of shortterm profit taking. Loans and receivables have fixed
or determinable payments and are not quoted in an
active market. They comprise of loans and advances to banks and customers.
Held-to-maturity assets are financial assets with
fixed or determinable payments and fixed maturity
that the company has the intent and ability to hold to
maturity. These include certain debt instruments.
Available-for-sale assets are financial assets that are
not held for trading purposes and assets not classified as loans and receivables or held to maturity.
Available-for-sale instruments include certain debt
and equity investments.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Políticas contabilísticas significativas continuação
Standard Bank Annual Report 2005
P • 61
Significant accounting policies continued
Reconhecimento
Recognition
O Banco reconhece os activos financeiros mantidos
para comercialização e os activos disponíveis para
venda na data em que o Banco se compromete a
adquirir os activos. A partir desta data, são reconhecidos todos os ganhos e perdas resultantes de
alterações no valor justo destes activos.
The company recognises financial assets held for
trading and available-for-sale assets on the date it
commits to purchase the assets. From this date any
gains and losses arising from changes in fair value
of assets are recognised.
Os empréstimos mantidos até à maturidade e os
empréstimos são reconhecidos no dia em que o
dinheiro é pago ao cliente.
Medição e avaliação subsequente
Os instrumentos financeiros são inicialmente medidos pelo seu custo, incluindo os custos de transacção.
Subsequentemente ao reconhecimento inicial, todos os instrumentos comercializáveis e todos os
activos disponíveis-para-venda são avaliados pelo
seu valor justo, excepto aquele instrumento que
não estiver quotado num mercado activo e cujo
valor justo não puder ser apurado de forma credível,
é avaliado pelo seu custo histórico, incluindo os custos de transacção, menos as perdas por redução do
seu valor recuperável, com divulgação adequada do
facto.
Todas as dívidas financeiras não-comercializáveis,
empréstimos e os activos mantidos até à maturidade são avaliados pelo custo amortizado, deduzido
das perdas por redução do seu valor recuperável. O
custo amortizado é calculado segundo o método da
taxa de juro efectivo. Os prémios e os descontos,
incluindo os custos de transacção iniciais, são incluídos no valor contabilístico do respectivo instrumento e amortizados com base na taxa de juro efectivo
do instrumento.
Princípios de medição do valor justo
O valor justo dos instrumentos financeiros é baseado no seu preço de mercado à data do balanço sem
qualquer dedução para custos de operação. No caso
de não se conhecer o preço do mercado, o valor
justo dos instrumentos é estimado com utilização
de técnicas de fluxo de caixa descontado.
Nos casos em que sejam usadas técnicas de fluxo
de caixa descontado, os fluxos de caixa futuros são
estimados com base nas melhores estimativas da
Administração, sendo a taxa de desconto a taxa de
mercado à data do balanço para um instrumento
com termos e condições semelhantes.
Não são determinados valores justos nos casos em
que não seja praticável fazê-lo, e nos casos em que
as principais características do instrumento financeiro subjacente, pertinente para o seu valor, sejam
divulgadas.
Lucros e perdas na medição subsequente
Os lucros e perdas resultantes de uma alteração no
valor justo dos activos disponíveis para venda são
reconhecidos directamente em fundos próprios.
Quando os activos financeiros são vendidos, cobra-
Held-to-maturity loans and loans and receivables
are recognised on the day cash is advanced to the
customer.
Measurement and subsequent remeasurement
Financial instruments are measured initially at cost,
including transaction costs.
Subsequent to initial recognition all trading instruments and all available-for-sale assets are measured
at fair value, except that any instrument that does
not have a quoted market price in an active market
and whose fair value cannot be reliably measured
is stated at cost, including transaction costs, less
impairment losses, with appropriate disclosure of
that fact.
All non-trading financial liabilities, loans and receivables and held-to-maturity assets are measured at
amortised cost less impairment losses. Amortised
cost is calculated using the effective interest rate
method. Premiums and discounts, including initial transaction costs, are included in the carrying
amount of the related instrument and amortised
based on the effective interest rate of the instrument.
Fair value measurement principles
The fair value of financial instruments is based on
their quoted market price at the balance sheet date
without
any deduction for transaction costs. If a market price
is not available, the fair value of the instruments is
estimated using discounted cash flow techniques.
Where discounted cash flow techniques are used,
estimated future cash flows are based on management’s
best estimates and the discount rate is a market
related rate at the balance sheet date for an instrument with
similar terms and conditions.
No fair values are determined where it is impracticable to do so, and the principal characteristics of the
underlying financial instrument pertinent to its value
are disclosed.
Gains and losses on subsequent measurement
Gains and losses arising from a change in the fair
value of available-for-sale assets are recognized directly in equity. When the financial assets are sold,
collected or otherwise disposed of the cumulative
gain or loss recognized in equity is transferred to
the income statement.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 62
Políticas contabilísticas significativas continuação
Standard Bank Annual Report 2005
Significant accounting policies continued
dos ou, de outro modo alienados, os ganhos ou perdas acumulados reconhecidos em fundos próprios
são transferidos para a conta de resultados.
Gains and losses arising from a change in the fair
value of trading instruments are recognized in the
income
statement.
Os ganhos e perdas resultantes de uma alteração
no valor justo dos instrumentos comercializáveis
são levados à conta de resultados.
Derecognition
A financial asset is derecognised when the company loses control over contractual rights that comprise that asset. This occurs when the rights are realized, expire or are surrendered. A financial liability
is derecognised when it is extinguished.
Não-reconhecimento
Um activo financeiro deixa de ser reconhecido
quando o Banco perde o controle sobre os direitos
contratuais que esse activo comporta. Isto ocorre
quando os direitos são realizados, expiram ou são
cedidos. Uma exigibilidade financeira deixa de ser
reconhecida logo que seja liquidada.
Loans and receivables are derecognised on the day
they are transferred by the company.
Offset
Os empréstimos deixam de ser reconhecidos no dia
em que a empresa proceder à sua transferência.
Financial assets and liabilities are offset and the net
amount reported in the balance sheet when the
company has a legally enforceable right to set off
the recognised amounts, and intends to settle on
a net basis or to realise the asset and settle the
liability simultaneously.
Compensação
Os activos e passivos financeiros são compensados, e o valor líquido reportado no balanço quando
a empresa tiver um direito legalmente exeqüível de
compensar os valores reconhecidos, e pretender
liquidar num base líquida, ou realizar o activo e liquidar simultaneamente a dívida.
(h)
Instrumentos específicos
Caixa e equivalentes de caixa
Os itens de caixa e equivalentes de caixa compreendem os saldos de caixa em cofre, os depósitos mantidos no Banco de Moçambique e os investimentos altamente líquidos de curto prazo, com
maturidades de três meses ou inferiores, à altura
da sua aquisição
Investimentos
Os investimentos de dívida que o banco tem a intenção e a capacidade de manter até à maturidade,
são classificados como activos mantidos até à maturidade. Os outros investimentos são classificados como activos disponíveis para venda ou como
activos mantidos para comercialização.
Empréstimos e adiantamentos
Os empréstimos e adiantamentos originados pelo
Banco são classificados como empréstimos e devedores originados.
Os empréstimos e adiantamentos são reportados
líquidos de provisões, de modo a reflectir os valores
recuperáveis estimados (ver política contabilística
(i)).
Outros passivos evidenciados por títulos
As outras exigibilidades evidenciadas por títulos são
classificadas como exigibilidades não-negociáveis e
obrigações.
(h)
Specific instruments
Cash and cash equivalents
Cash and cash equivalents comprise cash balances
on hand, balances held with Bank of Mozambique
and short-term highly liquid investments with maturities of three months or less when purchased.
Investments
Debt investments that the company has the intent
and ability to hold to maturity are classified as heldtomaturity assets. Other investments are classified
as either available-for-sale-assets or held for trading.
Loans and advances
Loans and advances originated by the company are
classified as loans and receivables.
Loans and advances are reported net of allowances
to reflect the estimated recoverable amounts (refer
accounting policy (i)).
Other liabilities evidenced by paper
Other liabilities evidenced by paper are classified as
non-trading liabilities and bonds.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Políticas contabilísticas significativas continuação
(i)
Redução do valor recuperável
Standard Bank Annual Report 2005
P • 63
Significant accounting policies continued
(i)
Impairment
Os valores contabilísticos dos activos da empresa
são revistos em cada data do balanço, por forma a
que se possa determinar se existe evidência objectiva de redução do valor recuperável. No caso de
existir alguma indicação dessa redução, procede-se,
então, à estimativa do valor recuperável do activo.
Uma perda por redução do valor recuperável é reconhecida sempre que o valor contabilístico de um
activo ou a sua unidade geradora de caixa exceder
o valor recuperável. As perdas por redução do valor
recuperável são levadas à conta de resultados.
The carrying amounts of the company’s assets are
reviewed at each balance sheet date to determine
whether there is an indication of impairment. If
any such indication exists, the asset’s recoverable
amount is estimated. An impairment loss is recognised whenever the carrying amount of an asset
or its cash-generating unit exceeds its recoverable
amount. Impairment losses are recognised in the
income statement.
Cálculo do valor recuperável
Loans and advances and held-to-maturity assets:
Empréstimos e adiantamentos originados e empréstimos mantidos até à maturidade:
The recoverable amount of loans and advances and
assets that are classified as held-to-maturity, is determined based on management’s estimation of the
collectibility of such loans.
O valor recuperável dos empréstimos e adiantamentos originados e dos empréstimos adquiridos
que sejam classificados como mantidos até à maturidade, é determinado com base na estimativa
que a Administração faz da probabilidade desses
empréstimos virem a ser recuperados pelo Banco.
Os empréstimos e adiantamentos são apresentados líquidos de provisões específicas para a incapacidade de se realizar a sua cobrança. As provisões
específicas são criadas contra o valor contabilístico
dos empréstimos e adiantamentos que sejam
identificados como prováveis de virem a ter o seu
valor recuperável reduzido, com base nas revisões
periódicas dos saldos em aberto, com vista a reduzir estes empréstimos e adiantamentos aos seus
valores recuperáveis. Quando um activo tomado
pelo custo amortizado tiver sido identificado como
de valor recuperável reduzido, o valor contabilístico
do activo é reduzido a um valor igual ao valor actual
dos fluxos de caixa futuros esperados, descontados
à taxa de juro efectivo original do activo.
A provisão para redução do valor recuperável também é reconhecida com base na carteira como um
todo, aguardando por identificação das perdas por
redução do valor recuperável de cada um dos empréstimos em carteira. Essas provisões da carteira
levam em conta factores, tais como, características
do risco, experiência histórica de risco e períodos
de emergência da perda para a respectiva carteira
de activos.
Todas as perdas por redução do valor recuperável
identificadas são reconhecidas na demonstração de
resultados.
Activos financeiros disponíveis para venda:
O valor recuperável de um instrumento de fundos
próprios é representado pelo seu valor justo. O
valor recuperável dos instrumentos de dívida e dos
empréstimos adquiridos reavaliados para aferição
do valor justo, é calculado com base no valor actual
dos fluxos de caixa esperados no futuro, descontado à taxa de juro corrente do mercado.
Nos casos em que um activo reavaliado para aferição do valor justo, directamente através dos fundos
próprios, tiver o valor recuperável reduzido, e uma
Calculation of recoverable amount
Loans and advances are presented net of specific
allowances for uncollectibility. Specific allowances
are made against the carrying amount of loans and
advances that are identified as being impaired,
based on regular reviews of outstanding balances,
to reduce these loans and advances to their recoverable amounts. When an asset carried at amortised
cost has been identified as impaired, the carrying
amount of the asset is reduced to an amount equal
to the present value of expected future cash flows,
discounted at the original effective interest rate of
the asset.
Provision for impairment is also recognised on a collective portfolio basis pending the identification of
impairment losses on individual assets in the portfolio. Such portfolio provisions take into account factors such as risk characteristics, historic loss experience and loss emergence periods for the respective
asset portfolio.
Any identified impairment loss is recognised in the
income statement.
Financial assets available for sale:
The recoverable amount of an equity instrument is
its fair value. The recoverable amount of debt instruments and purchased loans remeasured to fair
value is calculated as the present value of expected
future cash flows discounted at the current market
rate of interest.
Where an asset remeasured to fair value directly
through equity is impaired, and a write down of the
asset was previously recognised directly in equity,
the write down is transferred to the income statement and recognized as part of the impairment
loss. Where an asset measured to fair value directly
through equity is impaired, and an increase in the
fair value of the asset was previously recognised in
equity, the increase in fair value of the asset recognised in equity is reversed to the extent the asset
is impaired. Any additional impairment loss is recognised in the income statement.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 64
Políticas contabilísticas significativas continuação
Standard Bank Annual Report 2005
Significant accounting policies continued
Reversals of impairment
redução no valor do activos tiver, previamente, sido
reconhecida directamente em fundos próprios, o
valor reduzido é transferido para a conta de resultados e reconhecido como parte do prejuízo, por
redução do valor recuperável. Nos casos em que
um activo avaliado para aferição do valor justo, directamente através dos fundos próprios, tiver o seu
valor recuperável reduzido, e um aumento no valor
justo do activo tiver, anteriormente, sido reconhecido em fundos próprios, o aumento no valor justo do
activo reconhecido em fundos próprios é estornado
na medida da redução do valor recuperável do activo. Todos os outros prejuízos por redução do valor
recuperável são reconhecidos na demonstração de
resultados.
An impairment loss in respect of a held-to-maturity
security or receivable is reversed if the subsequent
increase in recoverable amount can be related objectively to an event occurring after the impairment
loss was recognised.
In respect of other assets, an impairment loss is reversed if there has been a change in the estimates
used to determine the recoverable amount.
An impairment loss is reversed only to the extent
that the asset’s carrying amount does not exceed
the carrying amount that would have been determined, net of depreciation or amortisation, if no impairment loss had been recognised.
Estorno da redução do valor recuperável
Um prejuízo por redução do valor recuperável de
um título ou devedor mantido até à maturidade é
estornado se o aumento subsequente no valor recuperável puder estar objectivamente relacionado
com um acontecimento que tiver ocorrido após o
prejuízo por redução do valor recuperável ter sido
reconhecido.
No que diz respeito a outros activos, um prejuízo
por redução do valor recuperável é estornado no
caso de se verificar alguma alteração nas estimativas usadas para determinar o valor recuperável.
Um prejuízo por redução do valor recuperável só é
estornado na medida em que o valor contabilístico
do activo não exceder o valor contabilístico que teria
sido determinado, líquido de depreciação ou amortização, se não tivesse sido reconhecido nenhum
prejuízo por redução do valor recuperável.
(j)
Propriedade e equipamento
Activos próprios
Os itens de propriedade são registados pelo valor
reavaliado deduzido da depreciação acumulada. Por
sua vez, os itens de equipamento são registados
pelo seu custo histórico ou custo julgado deduzido da depreciação acumulada (ver abaixo) e dos
prejuízos por redução do valor recuperável. O custo
dos activos de construção própria inclui o custo dos
materiais, trabalho directo e uma parcela adequada
de custos indirectos de produção.
Nos casos em que um item de edifícios, instalações
e equipamento incluir componentes principais com
tempos de vida útil diferentes, os mesmos são contabilizados como itens de edifícios, instalações e
equipamento, em separado.
Os edifícios são reavaliados periodicamente nos
termos da legislação fiscal, das normas de contabilidade em Moçambique e das Normas Internacionais
de Relatório Financeiro. O valor remanescente da
reavaliação é apresentado como reserva de reavaliação e é incluído em fundos próprios até à sua
realização, altura em que é transferido directamente
para lucros acumulados.
(j)
Property and equipment
Owned assets
Property is stated at revalued amounts less accumulated depreciation while equipment is stated at
cost or deemed cost less accumulated depreciation
(see below) and impairment losses. The cost of
self-constructed assets includes the cost of materials, direct labour and an appropriate proportion of
production overheads.
Where an item of property and equipment comprises major components having different useful lives,
they are accounted for as separate items of property and equipment.
Buildings are revalued periodically in terms of the
tax legislation and the rules of accounting in Mozambique and International Financial Reporting
Standards. The amount of the revaluation surplus
is shown as a revaluation reserve and is included in
equity until realised, at which stage it is transferred
directly to retained
earnings.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
Políticas contabilísticas significativas continuação
Significant accounting policies continued
Despesa subsequente
Subsequent expenditure
A despesa subsequente só é capitalizada quando a
mesma contribuir para aumentar benefícios futuros
incorporados no item de edifícios e equipamento.
Todas as outras despesas são reconhecidas na
demonstração de resultados conforme incorrerem.
Subsequent expenditure is capitalised only when it
increases the future economic benefits embodied
in the item of property and equipment. All other expenditure is recognised in the income statement as
an expense as incurred.
Depreciação
Depreciation
Os activos imobilizados são depreciados segundo o
critério das quotas constantes, usando os seguintes
períodos de vida estimados permitidos para efeitos
fiscais, que não sejam substancialmente diferentes
dos seus períodos de vida estimados. Os períodos
de vida útil estimados são como segue:
Depreciation is charged to the income statement on
a straight-line basis over the estimated useful lives
of items of property and equipment permitted for
tax purposes, which do not differ substantially from
their estimated useful lives. The estimated useful
lives are as follows:
Número de anos
•
•
•
•
(k)
Edifícios
Equipamento
Veículos motorizados
Outros activos imobilizados
Number of years
50
10 – 25
4
10
Activos incorpóreos
•
•
•
•
(k)
Buildings
Equipment
Vehicles
Other fixed assets
50
10 – 25
4
10
Intangible assets
Os activos incorpóreos adquiridos pelo Banco são
registados pelo seu custo histórico menos a amortização acumulada (ver abaixo) e os prejuízos por
redução do valor recuperável.
Intangible assets acquired by the company are
stated at cost less accumulated amortisation (see
below) and
impairment losses.
Amortização
Amortisation
Os activos incorpóreos são amortizados segundo o
método das quotas constantes ao longo do tempo
de vida útil estimado do activo. Os activos incorpóreos são amortizados durante um período máximo de 3 anos.
Amortisation is charged to the income statement on
a straight-line basis over the estimated useful lives
of intangible assets. Intangible assets are amortised
over a period of not more than 3 years.
(l)
(l)
P • 65
Other reserves
Outras reservas
Reserva para riscos gerais de crédito
Esta reserva tem o propósito de cobrir os potenciais
riscos de crédito não cobertos por reservas específicas para perdas por redução do valor recuperável.
Esta reserva é calculada com base no regulamento
nr.5/GGBM/99 emitido pelo Banco de Moçambique, o qual estabelece uma percentagem mínima
de 0-2% do total da carteira de crédito, incluindo
aceites e garantias dependendo do título de crédito
disponível, mas excluindo os empréstimos para os
quais haja sido identificada uma reserva específica
para cobrir as perdas por redução do valor recuperável. Assim, a reserva representa o valor mínimo das
provisões para risco de crédito adicionais, para além
das provisões de redução do valor recuperável de
carteira determinadas de acordo com as normas
de contabilidade, de forma a satisfazer os requisitos estabelecidos na regulamentação do sector
bancário local.
General credit risks reserve
This reserve is intended to cover potential credit
risks not covered by specific and portfolio impairment allowances. The reserve is calculated based
on Circular no. 5/GGBM/99 issued by the Bank of
Mozambique which prescribes a minimum of 0
– 2% of the total portfolio of banking assets, including acceptances and guarantees, depending on
the security available but excluding those loans for
which specific impairment has been identified. The
reserve therefore represents the minimum amount
of additional credit risk provisions required, in excess of the portfolio impairment provisions determined in accordance with accounting standards,
in order to meet the requirements of local banking
regulations.
Such reserve is treated directly in equity as appropriation of retained earnings.
General banking risks reserve
Essa reserva é tratada directamente em fundos
próprios como apropriação dos lucros acumulados.
Reserva para riscos bancários gerais
Esta reserva é criada ao critério da Administração
para potenciais perdas resultantes de operações
This reserve is created at the discretion of management for potential losses arising out of operations
for which no other provisions have been raised
elsewhere.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 66
Políticas contabilísticas significativas continuação
Standard Bank Annual Report 2005
Significant accounting policies continued
Available-for-sale fair value reserve
para as quais nenhuma outra provisão tenha sido
criada.
This reserve has been created to account for gains
and losses arising on the remeasurement to fair
value of available-for-sale financial assets.
Reserva de reavaliação dos activos financeiros
disponíveis para venda
Esta reserva foi criada para registar ganhos e perdas
resultantes da reavaliação para aferição do valor justo dos activos financeiros disponíveis para venda.
(m)
(m)
Associates are those entities in which the company has significant influence, but not control, over
the financial and operating policies. The financial
statements include the company’s share of the
total recognised gains and losses of associates accounted for on an equity basis, from the date that
significant influence commences until the date that
significant influence ceases. When the company’s
share of losses exceeds the carrying amount of the
associate, the carrying amount is reduced to nil and
recognition of further losses is discontinued except
to the extent that the company has incurred obligations in respect of the associate.
Investimentos nas associadas
As associadas são as entidades onde o Banco possui influência significativa, mas não o controle, sobre
as políticas financeiras e operacionais. As demonstrações financeiras incluem a parte que compete ao
Banco do total dos ganhos e perdas reconhecidos
das associadas, os quais são contabilizados numa
base equitativa, a partir da data em que tiver início
a influência significativa até à data em que essa influência significativa cessar. Quando o quinhão de
prejuízos que compete à empresa exceder o valor
contabilístico da associada, o valor contabilístico é
reduzido a nulo, cessando a partir daí o reconhecimento de mais prejuízos, excepto na medida em
que o Banco tiver incorrido em obrigações a respeito da associada.
Transactions eliminated on consolidation
Unrealised gains arising from transactions with associates are eliminated to the extent of the company’s interest in the entity. The unrealised gains are
eliminated against the investment in the associate.
Unrealised losses are eliminated in the same way
as unrealised gains, but only to the extent that there
is no evidence of impairment.
Transacções eliminadas na consolidação
Os ganhos não realizados resultantes das transacções com as associadas são eliminados na medida
do interesse do Banco na entidade. Os ganhos não
realizados são eliminados contra o investimento na
associada. As perdas não realizadas são eliminadas
da mesma forma que o foram os ganhos não realizados, mas apenas na medida em que não haja
evidência de alguma redução do valor recuperável.
(n)
Dividendos
Os dividendos são reconhecidos como uma exigibilidade no período em que são declarados.
(o)
Investments in associates
(n)
Dividends
Dividends are recognised as a liability in the period
in which they are declared.
(o)
Taxation
Income tax on the profit for the year comprises
current and deferred tax. Income tax is recognised
in the income statement except to the extent that
it relates to items recognised directly in equity, in
which case it is recognised in equity.
Impostos
O imposto sobre o lucro do exercício inclui o imposto corrente e o diferido. O imposto é reconhecido na
demonstração de resultados, excepto a parte que
diz respeito aos itens directamente reconhecidos
em fundos próprios, sendo nesse caso reconhecido
em fundos próprios.
O imposto corrente é o imposto que se espera pagar
sobre o rendimento tributável do exercício, com utilização das taxas prescritas por lei, ou que estejam
em vigor à data do balanço e qualquer ajustamento
ao imposto a pagar respeitante a anos anteriores.
O imposto diferido é provido segundo o método
da dívida do balanço, fornecido para diferenças
temporárias entre os valores contabilísticos dos
activos e passivos para propósitos de preparação
de relatórios financeiros, e os valores usados para
efeitos de tributação. O valor do imposto diferido
provido é baseado na forma esperada de realização
ou de determinação do valor contabilístico dos activos e passivos, com utilização de taxas prescritas
ou em vigor à data do balanço.
Current tax is the expected tax payable on the taxable income for the year, using tax rates enacted
or substantially enacted at the balance sheet, and
any adjustment to tax payable in respect of previous years.
Deferred tax is provided using the balance sheet liability method, providing for temporary differences
between the carrying amounts of the assets and
liabilities for financial reporting purposes and the
amounts used for tax purposes. The amount of deferred tax provided is based on the expected manner
of realisation or settlement of the carrying amount
of assets and liabilities, using tax rates enacted or
substantially enacted at the balance sheet date.
A deferred tax asset is recognised to the extent that
it is probable that future taxable profits will be available against which the temporary differences can
be utilised.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Políticas contabilísticas significativas continuação
Um imposto diferido é reconhecido na medida em
que existir a probabilidade de obtenção de lucros
tributáveis/futuros, contra os quais as diferenças
temporárias possam ser utilizadas.
(r)
Standard Bank Annual Report 2005
Significant accounting policies continued
(r)
De acordo com os contratos de trabalho negociados com os seus trabalhadores, o Banco assumiu
a responsabilidade de pagar pensões de reforma,
incluindo benefícios às viúvas, órfãos e pessoas singulares, em conformidade com o estabelecido no
acordo colectivo de trabalho do sector bancário.
In respect of these defined retirement benefits,
the company set up an internal fund to cover future
pension costs. The plan assets held by the fund,
represented by investments in high yield deposit
accounts, quality corporate bonds and current accounts, and returns on the plans assets are to cover
the obligation that might be determined by way of
actuarial valuation.
No que diz respeito aos benefícios de reforma
acima definidos, o Banco criou um fundo interno
para cobrir os custos que este fundo de pensões irá
futuramente acarretar. Os activos do plano constituídos por estes fundos, são representados por investimentos em contas de depósito de rendimento
alto, obrigações de empresas de qualidade e contas
correntes, sendo que as receitas resultantes dos
activos do plano servirão para cobrir a obrigação que
pode ser determinada por meio de uma avaliação
actuarial.
Transfers to the fund are made at a rate of 20.8%
(2004: 20.8%) of each staff member’s annual basic
salary. The interest and returns generated by the
plan assets are capitalised annually.
Actuarial valuation of the defined benefit obligation
is done using the projected unit credit method at
such regular intervals as management may deem
fit to ensure that the amounts recognized in the financial statements do not differ materially from the
amounts that would be determined at the balance
sheet date.
As transferências para o fundo são feitas à taxa de
20.8% (2004: 20.8%) do salário base anual de cada
trabalhador. O juro e os retornos gerados pelos activos do plano são capitalizados anualmente.
A avaliação actuarial da obrigação definida a respeito
do benefício, é efectuada com utilização do método
de crédito da unidade projectada com a regularidade
que a Administração julgar mais conveniente, de
modo a assegurar que os montantes reconhecidos
nas demonstrações financeiras não se apresentem
materialmente diferentes dos valores que seriam
determinados à data do balanço.
The liability in the balance sheet in respect of defined benefit pension obligations is stated at the
present value of the obligations and includes adjustments for unrecognised actuarial gains/losses (see
below) and past service costs.
Actuarial gains and losses
Actuarial gains and losses arise as a result of changes in actuarial assumptions and the effect of differences between previous actuarial assumptions
and what has actually occurred (experience adjustments).
A responsabilidade evidenciada no balanço respeitante às obrigações definidas para pagamento de
pensões é determinada pelo valor actual das obrigações e inclui ajustamentos por ganhos/perdas
actuariais não reconhecidos e custos de serviços
anteriores..
The company recognises all actuarial gains and loses over the expected remaining working lives of
the employees participating in the plan.
Ganhos e perdas actuariais
A empresa reconhece todos os ganhos e perdas actuariais com base no tempo de trabalho que resta a
cada trabalhador que participa no plano.
(s)
Provisões
Uma provisão é reconhecida no balanço quando
o Banco tiver uma obrigação legal ou construtiva
em resultado de um acontecimento passado, que
implique uma saída de benefícios económicos para
liquidação dessa obrigação.
Employees’ retirement benefits – pension obligations
In accordance with employment contracts negotiated with employees, the company has assumed
responsibility for retirement pensions, including
benefits to widows, orphans and individuals, as established by a collective work agreement within the
banking sector.
Benefícios dos empregados - Pensões de reforma
Os ganhos e perdas actuariais surgem em resultado das alterações nos pressupostos actuariais e
dos efeitos das diferenças entre os pressupostos
actuariais anteriores e os actualmente ocorridos
(ajustamentos experimentais).
P • 67
(s)
Provisions
A provision is recognised in the balance sheet when
the company has a legal or constructive obligation
as a result of past event, and it is probable that an
outflow of economic benefits will be required to
settle the obligation.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 68
Políticas contabilísticas significativas continuação
(t)
Empréstimos que rendem juros
Os empréstimos que rendem juros são reconhecidos inicialmente pelo custo deduzido dos custos de
transacção atribuíveis. Após reconhecimento inicial,
os empréstimos que rendem juros são determinados pelo custo amortizado, com todas as diferenças
entre o custo e o valor de redenção a serem reconhecidas na demonstração de resultados no decorrer
do período dos empréstimos, com base no método
de juro efectivo.
(u)
Valores comparativos
Os valores comparativos são reclassificados sempre que necessário para serem coerentes com a
presente apresentação. Os valores comparativos
também foram redeterminados de acordo com a alteração na classificação detalhada na nota 12.2.
Standard Bank Annual Report 2005
Significant accounting policies continued
(t)
Interest-bearing borrowings
Interest-bearing borrowings are recognised initially
at cost, less attributable transaction costs. Subsequent to initial recognition, interest-bearing borrowings are stated at amortised cost with any difference between cost and redemption value being
recognised in the income statement over the period
of the borrowings on an effective interest basis.
(u)
Comparative figures
Comparatives are reclassified where necessary to
comply with current presentation. Comparatives
have also been restated in line with the change in
classification detailed in note 12.2.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Notas às demonstrações financeiras
do exercício findo em 31 de Dezembro de 2005
Nota Note
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
11.
12.
13.
14.
15.
16.
17.
18.
19.
20.
21.
22.
23.
24.
25.
26.
27.
28.
29.
30.
31.
32.
33.
34.
Margem financeira
Net interest income
Proveito líquido de taxas e comissões
Net fee and commission income
Proveito líquido de operações em moeda estrangeira
Net trading income
Despesas gerais de administração
General administrative expenses
Redução do valor recuperável de empréstimos e adiantamentos
Impairment of loans and advances
Impostos
Income tax expense
Ganhos por acção
Earnings per share
Caixa e equivalentes de caixa
Cash and cash equivalents
Títulos do Banco de Moçambique
Bank of Mozambique bills
Activos financeiros disponíveis para venda
Financial assets available for sale
Empréstimos e adiantamentos a clientes
Loans and advances to customers
Investimentos
Investments
Propriedade e equipamento
Property and equipment
Outros activos
Other assets
Capital social
Share capital
Reserva Legal
Legal reserve
Outras reservas
Other reserves
Lucros não-distribuídos
Retained earnings
Depósitos de clientes
Deposits from customers
Passivos/activos do imposto corrente
Current tax liabilities/(assets)
Outros passivos
Other liabilities
Benefícios a pagar aos empregados
Employee benefit obligations
Empréstimos de médio e longo prazo
Medium and long-term loans
Transacções com as associadas
Related party balances
Exigibilidades contingentes
Contingent liabilities
Caixa gerado das operações
Cash generated from operations
Variações em capital circulante
Changes in operating assets and liabilities
Informação do valor justo
Fair value information
Poderes para contrair empréstimos
Borrowing powers
Risco máximo de crédito
Maximum credit risk
Taxas de câmbio
Translation rates
Gestão de risco
Risk management
Standard Bank Annual Report 2005
P • 69
Notes to the financial statements
for the year ended 31 December 2005
Página Page
70
70
71
71
72
72
73
73
74
74
77
79
81
86
86
86
87
87
88
89
89
90
92
93
94
94
95
96
96
96
97
97
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 70
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras
Notes to the financial statements
do exercício findo em 31 de Dezembro de 2005
3.
for the year ended 31 December 2005
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
305 934 269
172 976 946
13 292 099
7 772 795
156 405 014
121 843 438
6 795 417
5 475 088
36 825 116
106 328 539
1 599 961
4 777 920
499 164 399
401 148 923
21 687 477
18 025 803
129 367 426
112 398 656
5 620 700
5 050 683
4 990 668
31 592 206
216 832
1 419 610
134 358 094
143 990 862
5 837 532
6 470 293
364 806 305
257 158 061
15 849 945
11 555 510
158 092 615
92 915 922
6 868 739
4 175 246
19 561 856
12 279 582
849 915
551 788
49 106 980
51 749 463
2 133 579
2 325 356
226 761 451
156 944 964
9 852 233
7 052 390
11 916 452
7 687 299
517 741
345 432
214 844 999
149 257 668
9 334 492
6 706 958
Margem financeira
Net interest income
Juros e proveitos equiparados
Interest and similar income
Operações do mercado monetário
Money market operations
Empréstimos e adiantamentos
Loans and advances
Investimentos de dívida
Debt investments
Juros e custos equiparados
Interest expense and similar charges
Depósitos de bancos e clientes
Deposits from banks and customers
Depósitos do mercado monetário
Money market deposits
Margem financeira
Net interest income
4.
Proveito líquido de taxas e comissões
Net fee and commission income
Proveito de taxas e comissões
Fee and commission income
Taxas de pagamento e transacções
Payment and transaction fees
Taxas de documentação e administração
Documentation and administration fees
Taxas do serviço
Service fees
Custo de taxas e comissões
Fee and commission expense
Garantias e comissões
Guarantees and commission
Proveito líquido de taxas e comissões
Net fee and commission income
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 71
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
5.
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
236 504 969
155 817 082
10 275 565
7 001 709
236 504 969
155 817 082
10 275 565
7 001 709
218 176 665
169 391 842
9 479 245
7 611 697
239 646 411
181 116 093
10 412 053
8 138 530
34 600 640
47 155 201
1 503 314
2 118 940
1 678 225
1 561 743
72 914
70 178
1 678 225
1 561 743
72 914
70 178
-
-
-
-
494 101 941
399 224 879
21 467 526
17 939 345
19 807 401
9 920 000
860 583
445 763
161 609 511
119 721 837
7 021 540
5 379 790
6 900 115
22 358 291
299 793
788 221
51 329 384
29 115 965
2 230 137
1 524 756
239 646 411
181 116 093
10 412 053
8 138 530
Proveito líquido de operações cambiais
Net trading income
Lucros cambiais
Net foreign exchange trading gains
6.
2005
MT’000
Despesas gerais de administração
General administrative expenses
Despesas de administração e gestão
Administration and management expenses
Custos com o pessoal (nota 6.1)
Staff costs (note 6.1)
Depreciação
Depreciation
Remuneração dos administradores
Directors’ remuneration
Outros emolumentos
Other emoluments
Honorários
Fees for services as directors
6.1
Custos com o pessoal
Staff costs
Bónus de desempenho
Performance bonuses
Salários e subsídios
Salaries and allowances
Outros
Other
Custos com a segurança social
Pension and retirement benefit
O Banco empregava no final do ano 416 trabalhadores (2004: 380).
The number of staff members in service at the end of the year was 416 (2004 : 380).
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 72
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
7.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
(14 429 585)
(18 123 875)
(626 931)
(814 404)
(17 807 82)
(887 300)
(773 705)
(39 871)
(2 982 855)
(2 751 601)
(123 345)
(123 644)
21 256 313
27 291 340
917 282
1 226 347
(13 963 941)
5 528 564
(606 699)
248 428
33 459 182
-
1 453 720
-
308 090 391
168 751 024
13 385 777
7 582 900
98 588 925
54 000 328
4 283 449
2 427 488
(72 563 664)
(61 328 971)
(3 152 715)
(2 755 863)
7 433 921
7 328 643
322 986
328 375
33 459 182
-
1 453 720
-
Redução do valor recuperável dos empréstimos e adiantamentos
Impairment of loans and advances
Amortizações parciais
Write-downs
Redução do valor recuperável na carteira
de crédito
Impairment on performing loans
Redução do valor recuperável, especificamente nos créditos mal-parados
Specific impairment on non performing
loans
Redução do valor recuperável nos empréstimos concedidos ao pessoal abaixo
das taxas de mercado
Impairment on loans to staff below
market rates
Valores recuperados
Recoveries and reversals
Redução do valor recuperável líquido
Net impairment
8.
Impostos
Income tax expense
Imposto do ano
Current tax
Reconciliação do imposto
Reconciliation of effective tax charge
Lucro do exercício
Profit for the year
Imposto corrente à taxa de 32%
Current tax on profit at statutory rate
of 32%
Ajustamentos do imposto
Tax adjustments:
Efeito do rendimento não sujeito a imposto
Effect of income not subject to tax
Impacto das despesas não deductíveis
Impact of non deductible expenses
O imposto é calculado à taxa da Contribuição Industrial de 32%, com base nos novos códigos do imposto que entrou em vigor
à 1 de Janeiro de 2003. De acordo com o actual código, os juros recebidos de instrumentos da dívida pública não estão sujeitos
a imposto.
Tax is calculated at the corporate income tax rate of 32% based on the new tax codes, which came into effect from January 1,
2003. In terms of current tax codes, interest received on public debt instruments is not subject to income taxes.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 73
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
9.
Ganhos por acção
Earnings per share
Ganhos básicos e diluídos por acção
Basic and diluted earnings per share
Os ganhos básicos e diluídos por acção, no total de MT 7.892 (2004: MT 4 849) baseiam-se num lucro líquido de
impostos no valor de MT 274 631 209 000 (2004: MT 168 751 024 000) e são calculados com utilização da média
ponderada das 34 800 000 acções emitidas (2004: 34 800 000).
The basic and diluted earnings per share of MT 7 892 (2004: MT 4 849) are both based on a net profit after tax of MT
274 631 209 000 (2004: MT 168 751 024 000) and calculated using weighted average shares in issue of 34 800 000
(2004: 34 800 000).
10.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
349 866 601
291 715 995
14 467 461
15 435 280
881 651 720
809 968 670
36 457 500
42 857 073
14 437 117
78 899 300
596 994
4 174 721
4 167 666 042
2 378 137 539
172 338 669
125 832 043
-
10 000 000
-
529 120
5 413 621 480
3 568 721 504
223 860 624
188 828 237
Caixa e equivalentes de caixa
Cash and cash equivalents
Caixa
Cash balances
Depósitos no Banco de Moçambique
Balances with the Bank of Mozambique
Depósito “overnight” no Banco de
Moçambique
Balance with the Bank of Mozambique
overnight
Depósitos noutros bancos
Balances with other banks
Depósitos “overnight” noutros bancos
Balances with other banks overnight
Em depósitos noutros Bancos incluem-se:
Balances with other banks are comprised of:
Contas correntes de compensação
Current clearing accounts
Depósitos a prazo
Time placements
241 830 000
403 622 013
10 000 000
21 356 453
3 925 836 042
1 974 515 526
162 338 669
104 475 590
Total de depósitos
Total placements
4 167 666 042
2 378 137 539
172 338 669
125 832 043
3 683 827 504
403 622 013
152 231 287
21 356 453
483 838 538
1 974 515 526
20 007 382
104 475 590
4 167 666 042
2 378 137 539
172 338 669
125 832 043
São as seguintes as maturidades dos
depósitos noutros bancos
The maturities of the placements with other
banks is as follows:
Até 1 mês
Up to 1 month
De 1 a 3 meses
From 1 month to 3 months
O depósito mantido no Banco de Moçambique de MT 881 651 720 000 (2004: MT 809 968 670 000) é para permitir que o
Banco possa satisfazer a reserva estatutária mínima obrigatória de 11.51% do total dos depósitos, nos termos da Circular nr.
2/GGBM/2004 de 20 de Abril de 2004.
The balance held with the Bank of Mozambique of MT 881 651 720 000 (2004: MT 809 968 670 000) is to enable the company
to meet the statutory reserve requirement of a minimum average of 11.51% of total qualifying deposits in terms of Circular no.
2/GGBM/2004 of 20 April 2004.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 74
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
11.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
-
805 000 000
-
42 594 170
-
805 000 000
-
-
42 594 170
-
-
805 000 000
-
42 594 170
Títulos do Banco de Moçambique
Bank of Mozambique bills
Títulos de Autoridade Monetária (TAMs)
Títulos de Autoridade Monetária (TAMs)
O perfil da maturidade dos títulos a partir
da data do balanço é como se segue:
The maturity profile of the treasury bills
from the balance sheet date are as
follows:
0 – 91 dias/days
91 – 180 dias/days
180 – 364 dias/days
Os Títulos da Autoridade Monetária (TAM’s) referem-se aos títulos emitidos pelo Banco de Moçambique, por forma a servir os
propósitos da política monetária. Os proveitos resultantes dos títulos são reconhecidos em juros e proveitos equiparados. O
Banco de Moçambique não emitiu TAM’s no corrente ano.
The TAMs refer to bills issued by the Bank of Mozambique for monetary policy purposes. Income from the bills is recognised in
interest and similar income. The Bank of Mozambique did not issue TAMs in the current year.
12.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
80 835 045
-
3 342 639
-
22 634 170
40 000 000
935 954
2 116 481
33 823 215
37 000 000
1 398 636
1 957 744
208 482 639
-
8 621 041
-
307 055 225
-
12 697 152
-
15 741 042
15 514 500
650 914
820 903
25 669 466
25 577 500
1 061 467
1 353 357
1 837 173 000
1 173 373 000
75 969 607
62 085 527
2 531 413 802
1 291 465 000
104 677 410
68 334 012
Activos financeiros disponíveis para
venda
Financial assets available for sale
Emitido por:
Issued by:
Obrigações de empresas
Corporate bonds
Obrigações da Moçambique Celular
(Mcel/2005)
Moçambique Cellular (Mcel/2005) bonds
Obrigações da Cimentos de Moçambique
(Cimentos/2004)
Cimentos de Moçambique
(Cimentos/2004) bonds
Obrigações da Telecomunicações de
Moçambique (TDM/2004)
Telecomunicações de Moçambique
(TDM/2004) bonds
Obrigações do Governo
Goverment bonds
Governo (OT/2005 I série)
Government (OT/2005 series I)
Governo (OT/2005 III série)
Government (OT/2005 series III)
Governo (OT/2004) obrigações
Government (OT/2004) bonds
Governo (OT/2002 II série)
Government (OT/2002 series II)
Obrigações do Tesouro
Treasury bills
Emitidas pelo Governo
Issued by Government
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 75
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
Obrigações da Moçambique Celular (Mcel/2005)
Moçambique Cellular (Mcel/2005 bonds)
Representam obrigações de 5 anos e foram emitidas em 31 de Março de 2005 com valor nominal
de MT 100 000 cada. A taxa de cupão é a taxa de
juro média ponderada das Obrigações do Tesouro
com mais de 60 dias + 3.75%, recebida de 3 em 3
meses. O capital é reembolsado em 4 pagamentos
semestrais, com início em 30 de Setembro de 2006
e término em 15 de Junho 2010.
These are 5-year bonds and were issued on 31 May
2005 with a nominal value of MT 100 000 each. The
coupon rate is the weighted average interest rate of
greater than 60 day Treasury Bills (TBs) + 3.75%, received every three months. Capital reimbursement
is in 4 semi-annual capital payments, starting on 30
September 2006 and ending 15 June 2010.
Cimentos
bonds
Obrigações da Cimentos de Moçambique (Cimentos/2004)
Activos financeiros disponíveis para venda (continuação)
Obrigações do Governo (OT/2005 I série)
Representam obrigações do tesouro de 5 anos subscritas em 21 de Junho de 2005 com maturidade em
10 de Junho de 2010. As obrigações têm um valor
nominal de MT 100 000 cada. A taxa de cupão é a
taxa de juro media ponderada das Obrigações do
Tesouro + 1%, recebida de 3 em 3 meses. O capital
será reembolsado na data de maturidade das obrigações , em 10 de Junho de 2010.
Obrigações do Governo (OT/2005 III série)
Representam obrigações do tesouro de 10 anos
subscritas em 22 de Novembro de 2005 com maturidade em 22 de Novembro de 2015. As obrigações têm um valor nominal de MT 100 000 cada. A
taxa de cupão é a taxa de juro média ponderada das
6 últimas emissões de Obrigações do Tesouro (ou
TAM’s na ausência de OT’s) + 1%, recebida a cada
6 meses. O capital será reembolsado na data de
vencimento das obrigações, em 22 de Novembro
de 2015.
(Cimentos/2004)
Telecomunicações de Moçambique (TDM/2004)
bonds
Obrigações da Telecomunicações de Moçambique (TDM/2004)
12.
Moçambique
These are 2.5-year bonds and were issued on 13
December 2004 with a nominal value of MT 100
000 each. The coupon rate is the weighted average
interest rate of the last 6 issues of more than 90
day Treasury Bills (TBs) or Monetary Autho-rity Bills
(TAMs) + 5.25%, received every 3 months. Capital
reimbursement is in 5 equal semiannual capital payments of MT 20 000 per bond, starting on 13 June
2005 and ending 13 June 2007 (6 months grace
period).
Representam obrigações de 2.5 anos emitidas em
13 de Dezembro de 2004 com um valor nominal de
MT 100 000 cada. A taxa do cupão é a taxa de juro
média ponderada das últimas 6 emissões de Bilhetes de Tesouro de mais de 90 dias ou Títulos de
Autoridade Monetária (TAM’s) + 5.25% recebidos
em cada 3 meses. O reembolso de capital é efectuado em 5 pagamentos iguais de capital semestral
de MT 20 000 por obrigação, com início em 13 de
Junho de 2005 e com o término em 13 de Junho de
2007 (6 meses de período de graça).
Representam obrigações de 6 anos emitidas em 24
de Março de 2004 com valor nominal de MT 100 000
cada. A taxa do cupão é a taxa de juro média ponderada pelas maturidades das últimas 6 emissões
de Bilhetes do Tesouro ou Títulos da Autoridade
Monetária com maturidade superior a 60 dias + 4%,
recebido de 3 em 3 meses. O reembolso de capital
é efectuado em 20 pagamentos iguais trimestrais
de MT 5 000 por obrigação, com início em 24 de
Março de 2005 e com término em 24 de Março de
2010 (1 ano de período de graça).
de
These are 6-year bonds and were issued on 24
March 2004 with a nominal value of MT 100 000
each. The coupon rate is the weighted average
interest rate of the last 6 issues of more than 60
day Treasury Bills (TBs) or Monetary Authority Bills
(TAMs) + 4%, received every 3 months. Capital
reimbursement is in 20 equal quarterly capital payments of MT 5 000 per bond, starting on 24 March
2005 ending 24 March 2010 (1 year grace period).
12.
Financial assets available for sale (continued)
Government (OT/2005 series I bonds)
These are 5-year treasury bonds issued on 21 June
2005 and maturing on 10 June 2010. The bonds
have a nominal value of MT 100 000 each. The
coupon rate is the weighted average interest rate
of Treasury Bills (TBs) + 1%, received every three
months. Capital will reimbursed on maturity of the
bonds on 10 June 2010.
Government (OT/2005 series III bonds)
These are 10-year treasury bonds issued on 22
November 2005 and maturing on 22 November
2015. The bonds have a nominal value of MT 100
000 each. The coupon rate is the average interest
rate of the last six issues of Treasury Bills (TBs) (or
TAMs in the absence of TBs) + 1%, received every
six months. Capital will reimbursed on maturity of
the bonds on 22 November 2015.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 76
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
Obrigações do Governo(OT/2004)
Government (OT/2004) bonds
Obrigações de 5 anos emitidas em 8 de Junho de
2004 com um valor nominal de MT 100 000 cada.
A taxa de cupão é a taxa de juro média ponderada
das últimas 6 emissões de Obrigações do Tesouro
com maturidades entre 60 e 182 dias adicionado
de 1%, recebidos em cada 6 meses. O reembolso
de capital é efectuado no período findo em 8 de
Dezembro de 2008.
These are 5-year bonds and were issued on the
8th June 2004 with a nominal value of MT 100 000
each. The coupon rate is the weighted average interest rate of the last 6 issues of 60-day and 182
day Treasury Bills (TBs) + 1%, received every six
months. Capital reimbursement is at the end of the
period on 8th December 2008.
Government (OT/2002 series II bonds)
Obrigações do Governo (OT/2002 II série)
These are 5-year treasury bonds and were issued
on 09 August 2002 and mature on 09 August 2007.
The bonds have a nominal value of MT 100 000
each. The coupon rate is the weighted average rate
of the last issue of Treasury Bills (TBs), or TAMs in
the absence of TBs, maturing between 60 - 182
days or more + (1% from 7th Coupon), received
every six months. Capital will be reimbursed semiannually as follows:
Representam obrigações do tesouro de 5 anos emitidas em 9 de Agosto de 2002 e vencem em 9 de
Agosto de 2007. As obrigações têm um valor nominal de MT 100 000 cada. A txa de cupão é a taxa
de juro média ponderada da última emissão das
Obrigações do Tesouro, ou dos TAM’s, na ausência
daquelas das OT’s , com maturidade 60 - 182 dias
ou mais + 1%, recebida a cada 6 meses. O capital será reembolsado em prestações semestrais,
como segue:
09 Fevereiro de 2006
09 Agosto de 2006
09 Fevereiro de 2007
09 Agosto de 2007
09 February 2006
09 August 2006
09 February 2007
09 August 2007
12.5%
12.5%
25%
50%
2005
MT’000
2004
MT’000
12.5%
12.5%
25%
50%
2005
USD
2004
USD
Obrigações do Tesouro
Treasury Bills
O perfil da maturidade das obrigações do tesouro à data do balanço, é o que a seguir se indica:
The maturity profile of the treasury bills from the balance sheet date is as follows:
0 – 91 dias/days
91 – 180 dias/days
1 432 761 000
404 412 000
226 000 000
947 373 000
59 246 620
16 722 987
11 958 115
50 127 412
1 837 173 000
1 173 373 000
75 969 607
62 085 527
O desconto nas obrigações do tesouro varia de 8.49% a 11.00% (2004: 10.45% a 13.60%) e é reconhecido em juros e proveitos equiparados.
Discount on the treasury bills ranges from 8.49% to 11.00% (2004: 10.45% to 13.60%) and is recognised in
interest and similar income.
A receita com proveito diferido nos activos financeiros acima indicados é revelada em outras exigibilidades. – ver nota 23.
The unearned discount on the above financial assets is disclosed under other liabilities – refer note 23.
12.1
Avaliação subsequente
Um ganho de valor justo de MT’000 12 516 003
(2004: nulo) resultante da reavaliação do valor justo
dos activos financeiros disponíveis para venda foi
reconhecido directamente em fundos próprios de
acordo com a IAS 39. Uma taxa base de desconto
de 11.25% nos bilhetes do tesouro mais a margem
de lucro contratual das obrigações foi usada na
reavaliação do valor justo.
12.1
Subsequent measurement of available- for-sale assets
A fair value gain of MT’000 12 516 003 (2004 : nil)
arising on remeasurement to fair value of available
for sale financial assets has been recognised directly in equity in accordance with IAS 39. A base
discount rate of 11.25% on treasury bills plus the
bonds’ contractual spread was used to remeasure
to fair value.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 77
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
12.2
Alteração na classificação
12.2
Durante 2005, a empresa alterou a classificação de
uma parte significativa de investimentos mantidos
até-à-maturidade para disponível-para-venda. Esta
alteração foi feita de acordo com a nova política da
empresa-mãe. De acordo com as disposições transitórias da IAS 39 revista, a empresa considerou a
mudança de forma retrospectiva. Uma vez que o
valor contabilístico dos activos se aproxima do seu
valor justo, o efeito da alteração na classificação nos
resultados do ano anterior não foi material.
13.
Empréstimos e adiantamentos a
clientes
Loans and advances to customers
13.1
Empréstimos a prazo
Term loans
Moeda local
Local currency
Moeda estrangeira
Foreign currency
Change in classification during the year
During 2005 the company changed the classification of more than an insignificant portion of investments from held-to-maturity to available for sale.
This was in line with the new policy of the holding
company. In line with transitional provisions of the
revised IAS 39, the company has accounted for the
change retrospectively. As the carrying value of the
assets approximated their fair value in the prior year,
the effect of this change in classification is not material to the prior year results.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
749 147 856
194 358 606
30 978 285
10 283 905
486 204 014
416 988 461
20 105 198
22 063 699
1 235 351 870
611 347 067
51 083 483
32 347 604
361 587 902
224 238 806
14 952 152
11 864 926
150 619 076
366 503 634
6 228 304
19 392 445
512 206 978
590 742 440
21 180 456
31 257 371
3 336 723
10 540 626
137 978
557 726
12 666 366
14 693 084
523 772
777 441
16 003 089
25 233 710
661 750
1 335 167
1 763 561 937
1 227 323 217
72 925 689
64 940 142
(14 429 576)
(3 638 901)
(596 683)
(192 542)
(10 107 720)
(25 437 718)
(417 968)
(1 345 961)
739 024 641
1 198 246 598
71 911 038
63 401 639
Descobertos bancários
Overdrafts
Moeda local
Local currency
Moeda estrangeira
Foreign currency
Créditos mal-parados
Non-performing loans
Moeda local
Local currency
Moeda estrangeira
Foreign currency
Total
Total
Menos: provisões para cobrir a redução
do valor recuperável
Less: impairment provisions
- Redução do valor recuperável da carteira
de crédito
- Portfolio impairment
- Redução de um valor recuperável
específico
- Specific impairment
Empréstimos e adiantamentos líquidos a
clientes
Net loans and advances to customers
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 78
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
13.2
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
156 320 000
73 796 635
6 464 045
3 904 728
-
480 800
-
25 440
-
86 102 092
-
4 555 835
20 000
4 490 878
827
237 621
305 079 000
240 852 195
12 615 437
12 743 974
24 974 000
6 342 478
1 032 709
335 593
94 950 000
88 956 000
3 926 312
4 706 841
-
615 140
-
32 548
272 128 006
388 356 346
11 252 864
20 548 716
720 696 000
-
29 801 762
-
27 628 000
143 993 029
1 142 455
7 618 961
6 880 397
7 219 624
284 514
382 005
154 886 534
186 118 000
6 404 764
9 847 880
1 763 561 937
1 227 323 217
72 925 689
64 940 142
919 068 469
591 351 446
38 004 733
31 289 595
66 777 910
48 543 368
2 761 358
2 568 527
100 099 281
50 481 056
4 139 241
2 671 054
661 613 188
511 713 637
27 358 607
27 075 799
16 003 089
25 233 710
661 750
1 335 167
1 763 561 937
1 227 323 217
72 925 689
64 940 142
Análise Sectorial
Sectoral analysis
Agricultura
Agriculture
Madeira e florestas
Timber and forest
Pescas
Fishery
Indústria extractiva
Industrial extraction
Indústria de transformação
Industrial transformation
Electricidade, gás e água
Electricity, gas and water
Construção e obras públicas
Construction and public works
Indústria e turismo
Industry and tourism
Comércio
Commerce
Comércio e alojamento
Trade and accommodation
Transporte e Comunicações
Transport and communication
Instituições financeiras, não-monetárias
Financial institutions, non monetary
Outros sectores
Other sectors
13.3
2005
MT’000
Maturidade dos empréstimos
Maturity of loans
Até 1 mês
Up to 1 month
De 1 a 3 meses
From 1 month to 3 months
De 3 meses a 1 ano
From 3 months to 1 year
De 1 a 5 anos
From 1 year to 5 years
Sem maturidade fixada
No fixed maturity
Os empréstimos sem maturidade fixada referem-se aos empréstimos mal-parados no valor de MT 16 003 089 000
(2004: MT 25 233 710 000) (ver nota 13.1) já vencidos.
The loans with no fixed maturity refer to non-performing loans of MT 16 003 089 000 (2004: MT 25 233 710 000) (refer 13.1)
already due.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 79
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
13.4
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
29 076 619
78 788 690
1 538 503
3 302 583
(21 256 313)
(27 291 340)
(755 633)
(1 226 348)
(18 781 641)
(44 183 507)
(816 017)
(1 985 405)
17 807 823
18 123 875
736 378
814 404
14 429 537
-
596 682
-
2 982 885
3 638 901
123 346
192 542
278 386
-
-
-
-
-
(408 608)
440 727
24 537 296
29 076 619
1 014 651
1 538 503
10 107 720
25 437 718
417 968
1 345 961
14 429 576
3 638 901
596 683
192 542
24 537 296
29 076 619
1 014 651
1 538 503
2 213 956
2 213 956
91 550
117 145
(1 090 150)
(1 090 150)
(45 078)
(57 682)
1 123 806
1 123 806
46 472
59 463
2 500
2 500
103
132
1 121 306
1 121 306
46 368
59 331
1 090 150
1 090 150
45 079
57 682
2 213 956
2 213 956
91 550
117 145
Redução do valor recuperável dos
empréstimos e adiantamentos
Impairment of loans and advances
Saldo no início do ano
Balance at the beginning of the year
Estorno da amortização parcial
Reversal of write down
Empréstimos sujeitos a abate
contabilístico
Loans written off
Redução do valor recuperável do ano
Charge for the year
- específica
- specific
- da carteira
- portfolio
Amortização parcial dos empréstimos
abaixo das taxas do mercado
Write-down of loans below market rates
Juro em suspenso
Interest in suspense
Diferença cambial
Exchange translation difference
Saldo no fim do ano
Balance at the of the year
Incluíndo:
Comprising:
Redução de um valor recuperável
específico
Specific impairment
Redução do valor recuperável da carteira
Portfolio impairment
Saldo no fim do ano
Balance at the end of the year
14.
2005
MT’000
Investimentos
Investments
Investimentos de capital e outros
investimentos sem rendimento fixo
Equity investments and other non-fixed
income investments
Sem cotação
Unlisted
Partilha dos prejuízos acumulados da
associada (nota 16.2)
Accumulated share of losses of
associate (note 16.2)
14.1
Os investimentos sem cotação
referem-se ao seguinte:
Unlisted investments refer to the
following:
a. Obigações
Bonds
b. Participação no capital social:
Equity participation:
- Parque Industrial da Matola (PIM)
- Parque Industrial da Matola (PIM)
- Interbancos, SARL
- Interbancos, SARL
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 80
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
14.2
Interbancos, SARL
O investimento na Interbancos SARL representa um
investimento de 17% no capital social da associada
(16% de forma directa e 1% de forma indirecta). Os
Administradores são de opinião que a empresa tem
influência significativa sobre as políticas operacionais e financeiras da Interbancos SARL, em virtude
da sua participação no Conselho de Administração
da associada.
A parte correspondente ao Banco nos prejuízos
acumulados após aquisição da Interbancos, SARL
foi limitada ao valor de investimento de MT 1 090
150 000. Os Administradores não acreditam que os
resultados de exploração das associadas tenham
melhorado de forma tão significativa para justificar
uma anulação dos prejuízos reconhecidos.
14.2
Interbancos, SARL
The investment in Interbancos, SARL represents a
17% investment in the equity of the associate (16%
directly and 1 % indirectly). The directors are of the
opinion that the company has significant influence
over the operating and financial policies of Interbancos, SARL, by virtue of its participation on the Board
of Directors of the associate.
The company’s share of the cumulative post acquisition loss of Interbancos, SARL, has been limited
to the amount of investment of MT 1 090 150 000.
The directors do not believe the associates trading
results have improved significantly to justify a reversal of the recognised losses.
P • 81
1 485 321
(10 905 715)
3 844 417
230 089 048
(4 938 561)
(75 229 329)
(78 647 957)
317 496 658
Valor líquido contabilístico em 31 de
Dezembro de 2005
Net book value at 31 December 2005
26 050 885
-
26 050 885
26 050 885
-
-
(5 843 901)
20 229 851
11 664 935
402 375 241
(211 652 345)
614 027 586
402 375 241
(21 425 024)
230 089 048
-
40 600 704
153 110 513
MT’000
Total
Total
Durante o ano de 2005 a empresa reavaliou os seus edifícios. As reavaliações, levadas a cabo por avaliadores independentes, resultaram num excedente de reavaliação de MT’230 089 048 000. A empresa submeteu ao Ministério das Finanças os valores
reavaliados para efeitos fiscais, continuando a aguardar que os mesmos sejam aprovados por aquela entidade. Após aprovação, os valores reavaliados tornar-se-ão no valor contabilístico do edifício para efeitos fiscais. Os administradores não tem razões
para acreditar que tal aprovação não seja concedida. Por esta razão não foram reconhecidas nestas demonstrações financeiras, nenhumas consequências da reavaliação do imposto diferido.
During 2005 the company revalued its buildings. The revaluations, which were carried out by independent external professional valuers, resulted in a revaluation surplus of
MT 230 089 048 000. Approval of the revalued amounts for tax purposes is still being sought from the Ministry of Finance. Upon approval, the revalued amounts will become the
carrying amount of the buildings for tax purposes. The directors have no reason to believe that such approval will not be granted. For this reason, no deferred tax consequences of the
revaluation have been recognised in these financial statements.
18 290 048
(33 445 509)
51 735 557
18 290 048
(3 218 395)
-
171 003
1 647 367
19 690 073
Obras em
curso
Work in
progress
MT’000
2.
4 781 805
(24 329 550)
29 111 355
4 781 905
(2 362 253)
-
343 160
492 714
6 308 284
MT’000
Outros activos
imobilizados
Other fixed
assets
MT’000
Os edifícios acima referidos estão localizados numa terra arrendada pelo Governo de Moçambique. De acordo com a legislação moçambicana toda a terra é propriedade do estado..
The above buildings are located on leasehold land owned by the Government of Mozambique. The laws of Mozambique preclude the private ownership of land.
35 755 945
110 985 274
396 144 515
35 755 945
16 532 580
1 698 192
317 496 558
28 643 759
86 803 462
Custo/avaliação
Cost/valuation
Depreciação acumulada
Accumulated depreciation
Em 31 de Dezembro de 2005
At 31 December 2005
Em 31 de Dezembro de 2005
At 31 December 2005
Valor líquido contabilístico de abertura
Opening net book value
Adições
Additions
Transferências
Transfers
Revaliação da propriedade
Revaluation of property
Depreciação
Depreciation
Em 31 de Dezembro de 2005
At 31 December 2005
Propriedade e equipamento
Property and equipment
MT’000
MT’000
Viaturas
Vehicles
Standard Bank Annual Report 2005
1.
15.
Equipamento
Equipment
Edifícios
Buildings
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 82
269 509
30 929
(3 160 854)
2 973 947
(244 762)
(4 736 489)
86 803 462
Em 31 de Dezembro de 2004
At 31 December 2004
Valor líquido contabilístico em 31 de Dezembro de 2004
Net book value at 31 December 2004
Custo/avaliação
Cost/valuation
Depreciação acumulada
Accumulated depreciation
Em 31 de Dezembro de 2004
At 31 December 2004
2 103 545
5 664 816
28 643 759
(64 323 614)
(73 709 396)
86 803 462
92 967 373
160 512 858
28 643 759
29 400 630
83 145 950
MT’000
MT’000
Valor líquido contabilístico de abertura
Opening net book value
Adições
Additions
Alienações/transferências
Disposals/transfers
Outros
Other
Depreciação
Depreciation
Em 31 Dezembro de 2004
At 31 December 2004
Equipamento
Equipment
Edifícios
Buildings
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
Standard Bank Relatório Anual 2005
6 308 284
(21 967 197)
28 275 481
6 308 284
(1 891 986)
-
-
5 269 486
2 930 784
MT’000
Viaturas
Vehicles
19 690 073
(30 227 114)
49 917 187
19 690 073
(10 251 324)
-
231 237
11 891 407
17 818 753
Outros activos
imobilizados
Other fixed
assets
MT’000
11 664 935
-
11 664 935
11 664 935
-
-
(1 023 499)
4 787 456
7 900 978
Obras em
curso
Work in
progress
MT’000
153 110 513
(190 227 321)
343 337 834
153 110 513
(20 040 653)
(213 833)
2 451 194
29 716 710
141 197 095
MT’000
Total
Total
Standard Bank Annual Report 2005
P • 83
15.1
64 534
(473 827)
(353 231)
167 031
9 514 496
(214 568)
(1 004 772)
13 128 915
Em 31 de Dezembro de 2005
At 31 December 2005
(4 020 249)
(4 370 373)
13 128 915
Valor líquido contabilístico em 31 de
Dezembro de 2005
Net book value at 31 December 2005
1 471 373
5 491 622
17 499 289
Custo/reavaliação
Cost/revaluation
Depreciação acumulada
Accumulated depreciation
Em 31 de Dezembro de 2005
At 31 December 2005
718 300
73 782
1 471 373
1 515 597
4 592 947
MT’000
MT’000
Valor líquido contabilístico de abertura
Opening net book value
Adições
Additions
Transferências
Transfers
Revaliação da propriedade
Revaluation of property
Depreciação
Depreciation
Ajustamentos cambiais
Exchange translation adjustments
Em 31 de Dezembro de 2005
At 31 December 2005
Propriedade e equipamento (continuação)
Property and equipment (continued)
Equipamento
Equipment
Edifícios
Buildings
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
Standard Bank Relatório Anual 2005
197 734
(1 296 497)
1 494 232
197 734
(69 729)
(102 638)
-
14 909
21 407
333 785
MT’000
Viaturas
Vehicles
763 501
(1 823 452)
2 586 953
763 502
(217 512)
(139 832)
-
7 430
71 574
1 041 841
Outros activos
imobilizados
Other fixed
assets
MT’000
1 585 046
-
1 585 046
1 585 046
(165 010)
-
-
253 903
878 938
617 215
Obras em
curso
Work in
progress
MT’000
16 638 764
(11 510 572)
28 149 336
16 638 764
(1 810 254)
(930 865)
9 514 496
-
1 764 002
8 101 385
MT’000
Total
Total
Standard Bank Annual Report 2005
P • 84
Valor líquido contabilístico em 31 de Dezembro de 2005
Net book value at 31 December 2005
Custo/avaliação
Cost/valuation
Depreciação acumulada
Accumulated depreciation
Em 31 de Dezembro de 2004
At 31 December 2004
Em 31 de Dezembro de 2004
At 31 December 2004
Valor líquido contabilístico de abertura
Opening net book value
Adições
Additions
Alienações/transferências
Disposals/transfers
Depreciação
Depreciation
Ajustamentos cambiais
Exchange translation adjustments
Em 31 de Dezembro de 2004
At 31 December 2004
12 111
(142 034)
318 611
133 636
(21 836)
932 370
4 592 947
1 515 597
4 919 090
(3 403 493)
8 493 059
(3 900 112)
1 515 597
94 524
254 551
4 592 947
1 232 385
MT’000
MT’000
3 485 226
Equipamento
Equipment
Edifícios
Buildings
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
Standard Bank Relatório Anual 2005
333 785
(1 162 328)
1 496 113
333 785
59 166
(85 017)
-
236 767
122 849
MT’000
Viaturas
Vehicles
1 041 841
(1 599 378)
2 641 219
1 041 841
210 844
(460 648)
10 391
534 346
746 908
Outros activos
imobilizados
Other fixed
assets
MT’000
617 215
-
617 215
617 215
116 895
-
(45 991)
215 126
331 185
Obras em
curso
Work in
progress
MT’000
8 101 385
(10 065 311)
18 166 696
8 101 385
1 637 886
(900 535)
110 147
1 335 334
5 918 553
MT’000
Total
Total
Standard Bank Annual Report 2005
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 85
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
15.2
Activos incorpóreos
Intangible assets
Em 31 de Dezembro de 2005
At 31 December 2005
Valor líquido contabilístico de abertura
Opening net book value
Adições
Additions
Amortização
Amortisation
Diferenças cambiais
Exchange translation differences
Valor líquido contabilístico de fecho
Closing net book value
Custo
Cost
Amortização acumulada
Accumulated amortisation
Valor líquido contabilístico em 31 de Dezembro de 2005
Net book value at 31 December 2005
MT’000
USD
41 505 175
2 196 122
19 019 161
828 258
(13 175 616)
(572 448)
-
(493 998)
47 348 720
1 957 934
195 850 011
8 098 665
(148 501 291)
(6 140 731)
47 348 720
1 957 934
70 439 113
2 952 594
417 971
18 782
(2 237 365)
(100 538)
(27 114 544)
(1 218 404)
-
543 688
41 505 175
2 196 122
176 830 850
9 356 476
(135 325 675)
(7 160 354)
41 505 175
2 196 122
Em 31 de Dezembro de 2004
At 31 December 2004
Valor líquido contabilístico de abertura
Opening net book value
Adições
Additions
Alienações
Disposals
Amortização
Amortisation
Diferenças cambiais
Exchange translation differences
Valor líquido contabilístico de fecho
Closing net book value
Custo
Cost
Amortização acumulada
Accumulated amortisation
Valor líquido contabilístico em 31 de Dezembro de 2004
Net book value at 31 December 2004
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 86
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
16.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
8 585 461
4 582 030
355 021
242 444
10 045 869
15 625 750
415 410
826 790
749 857
9 159 829
31 008
484 665
73 857 036
(34 870)
3 054 089
(1 845)
-
3 285 006
-
173 656
15 586 782
34 333 511
644 658
1 816 656
-
219 673
-
11 783
108 825 005
67 170 929
4 500 186
3 554 149
Outros activos
Other assets
Outros devedores
Other debtors
Proveitos a receber
Accrued income
Despesas pagas antecipadamente
Pre-paid expenses
Contas de compensação
Clearing accounts
Material de escritório
Stationery
Outras contas internas
Other internal accounts
Empréstimo do Banco de Moçambique
Loan from Bank of Mozambique
O empréstimo do Banco de Moçambique representa os fundos mantidos para serem emprestados aos clientes do programa
PREI.
The loan from Bank of Mozambique represents funds held for onward lending to clients under the PREI program.
17.
Capital social
Share capital
17.1
Autorizado
Authorised
34 800 000 acções de MT 5 000 cada
34 800 000 shares of MT 5 000 each
17.2
174 000 000
174 000 000
9 206 690
9 206 690
174 000 000
174 000 000
9 206 690
9 206 690
162 653 479
138 043 915
8 606 323
5 786 383
11 346 521
24 609 564
492 979
1 105 842
-
-
-
1 714 098
174 000 000
162 653 479
9 099 302
8 606 323
Emitido e totalmente realizado
Issued and fully paid
34 800 000 acções de MT 5 000 cada
34 800 000 shares of MT 5 000 each
Todas as acções estão igualmente classificadas para pagamento de dividendos.
All shares rank equally for dividend
payment.
18.
Reserva Legal
Legal reserve
No início do ano
At the beginning of the year
Transferências efectuadas durante o ano
Transfers during the year
Diferenças cambiais
Exchange translation differences
Nos termos da legislação moçambicana, o Banco tem de reforçar anualmente a reserva legal com uma percentagem não
inferior a 15% dos seus lucros líquidos de impostos, até que a reserva atinja o valor igual ao do capital. A reserva legal atingiu
o limite do valor do capital emitido especificado no artigo 63 da Lei 157pp de 1 de Novembro, não sendo, por isso, necessárias
mais transferências, até que o capital social emitido seja alterado.
In terms of Mozambican legislation, a company must allocate each year, to a legal reserve, not less than 15% of its
profit after tax, until the reserve is equal to the amount of issued share capital. The legal reserve has reached the
limit of the amount of issued capital specified in article 63 of Law 15/99 of 1 November, and hence no further
transfers will be made, until the issued share capital changes.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 87
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
19.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
234 417 751
4 328 703
9 693 493
229 040
32 766 628
34 708 069
1 354 945
1 836 474
12 516 003
-
517 554
-
-
-
(7 945 949)
-
279 700 382
39 036 772
4 067 274
2 065 514
Outras reservas
Other reserves
Reserva de reavaliação (19.1)
Revaluation reserve (19.1)
Reservas para riscos gerais de crédito
(19.2)
Reserves for general credit risks (19.2)
Reserva de reavaliação dos activos
disponíveis para venda
Available-for-sale assets fair value
reserve
Reserva para cobrir a flutuação cambial
Foreign currency translation reserve
19.1
A reserva de reavaliação resultou do excedente apurado na reavaliação dos edifícios do Banco, de acordo com a nota
2(j) das políticas contabilísticas. A última reavaliação teve lugar em 31 de Dezembro de 2005 e foi realizada por avaliadores independentes com base no Valor do Mercado Livre. A reserva é transferida directamente para lucros não-distribuídos quando na venda dos respectivos edifícios resultarem excedentes. Ver também a nota 15.1.
The revaluation reserve arose from the surplus on the revaluation of the company’s buildings in line with accounting
policy note 2(j). The latest revaluation was done as at 31 December 2005 by independent external professional valuers
using the Open Market Value basis. The reserve is transferred to retained earnings when the surplus is realised on
disposal of the respective buildings. Refer also note 15.1.
19.2
A reserva representa o valor das provisões gerais criadas de acordo com a circular 05/GGBM/99 do Banco de Moçambique, que recomenda às instituições financeiras a criação de uma provisão geral mínima de 0% - 2% do total da carteira
para cobrir prejuízos de crédito não especificamente identificados, ou potenciais perdas que a experiência pode sugerir
existirem na carteira (ver nota 2(1) das políticas contabilísticas) - cujo valor exceda o da redução estimada na recuperação dos empréstimos em carteira, nos termos da IAS 39.
The reserve represents the amount by which general provisions required in accordance with circular number 05/
GGBM/99 of the Bank of Mozambique, which requires credit institutions to create a minimum general provision of between 0% - 2% for credit losses not specifically identified or potential losses which experience may indicate are present
in the portfolio (refer to accounting policy note 2(l)), exceed total portfolio impairments in terms of IAS 39.
20.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
287 260 426
286 384 641
15 199 527
12 004 374
274 631 209
168 751 024
11 932 057
7 582 901
(140 198 613)
(139 454 197)
(6 091 288)
(6 266 436)
(9 405 081)
(28 471 042)
(408 628)
(1 277 112)
-
-
-
3 155 800
412 287 941
287 260 426
20 631 668
15 199 527
Lucros não-distribuídos
Retained earnings
No início do ano
At the beginning of the year
Lucro líquido do ano
Net profit for the year
Dividendos pagos
Dividends paid
Transferências líquidas durante o ano
Net transfers during the year
Diferenças cambiais
Exchange translation differences
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 88
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
21.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
2 822 852 295
1 967 302 868
116 728 789
104 093 954
4 335 688 154
2 719 433 716
179 286 613
143 890 711
7 158 540 449
4 686 736 584
296 015 402
247 984 665
956 947 312
881 313 646
39 571 075
46 632 079
623 552 071
637 890 775
25 784 727
33 736 211
1 580 499 383
1 518 904 421
65 355 802
80 368 290
8 739 039 832
6 205 641 005
361 371 204
328 352 955
659 360 476
508 790 876
27 265 454
26 921 149
501 431 669
316 009 172
20 734 883
16 720 681
419 707 238
758 407 479
17 355 465
40 128 866
1 580 499 383
1 583 207 527
65 355 802
83 770 697
Depósitos de clientes
Deposits from customers
à ordem
On demand
Em moeda local
In local currency
Noutras moedas
In other currencies
Depósitos a prazo mantidos até à
maturidade
Term deposits held to maturity
Em moeda local
In local currency
Noutras moedas
In other currencies
Total
Total
Maturidade dos depósitos a prazo
Maturity of term deposits
Até 1 mês
Up to 1 month
De 1 a 3 meses
From 1 month to 3 months
De 3 meses a 1 ano
From 3 months to 1 year
O juro a pagar pelos depósitos é reconhecido em juros e custos equiparados.
Interest payable on deposits is recognised in interest expense and similar charges.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 89
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
22.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
(20 609 663)
10 277 838
(1 090 499)
430 816
33 459 182
-
1 453 720
-
12 849 519
10 277 838
363 221
430 816
(10 000)
(30 887 501)
(435)
(1 387 943)
-
-
168 146
(133 372)
12 839 519
(20 609 663)
530 932
(1 090 499)
91 894 991
39 810 430
3 799 983
2 106 450
85 070 012
37 467 223
3 517 761
1 982 466
-
10 996 737
-
581 859
22 890 272
7 677 326
946 544
406 223
7 466 313
5 602 189
308 742
296 423
20 783 616
1 862 180
859 431
98 532
10 737 779
8 083 328
444 022
427 705
238 842 983
111 499 413
9 876 483
5 899 658
Passivos/activos do imposto corrente
Current tax liabilities/(assets)
Saldo em 1 de Janeiro
Balance at 1 January
Imposto do ano
Charge for the year
Contribuição industrial com base no
lucro do ano (ver nota 8)
Company tax based on profit for the
year (refer note 8)
Pagamentos/transferências
Payments/transfers
Pagamentos antecipados a respeito do
período actual
Advance payments in respect of the
current period
Diferenças cambiais
Exchange translation differences
Saldo em 31 de Dezembro
Balance at 31 December
23.
Outros passivos
Other liabilities
Antecipações passivas
Accruals
Títulos a pagar
Bills payable
Dividendo a pagar
Dividend payable
Receita com proveito diferido
Unearned discount
Credor estado
State creditor
Credores
Creditors
Outros
Other
A receita com proveito diferido refere-se ao juro diferido nas Obrigações do Tesouro do Governo de Moçambique no fim do
ano.
Unearned discount refers to deferred interest on Treasury Bills of Government of Mozambique as at year end.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 90
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
24.
Benefícios a pagar aos empregados
Employees benefit obligations
a.
Valores contabilísticos
Carrying amounts
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
396 560 428
362 182 000
16 398 314
19 163 779
(193 001 189)
205 241 137
(7 980 860)
10 859 722
203 559 291
156 940 863
8 417 454
8 304 057
14 400 000
8 875 000
625 645
469 594
41 650 930
26 304 000
1 809 631
1 391 798
12 240 000
8 701 000
531 798
460 387
68 290 930
43 880 000
2 967 074
2 321 779
(16 961 546)
(14 764 035)
(736 917)
(781 195)
51 329 384
29 115 965
2 230 157
1 540 584
156 940 863
123 391 001
8 304 057
5 172 176
(10 056 667)
(10 330 138)
(436 938)
(546 588)
68 290 930
43 880 000
2 462 395
2 321 779
(11 615 835)
-
(1 912 060)
1 356 690
203 559 291
156 940 863
8 417 454
8 304 057
Fundo de pensões
Pension fund liability
Valor corrente das responsabilidades
líquidas
Present value of obligations
Menos: Prejuízos actuariais não
reconhecidos
Less: unrecognised actuarial losses
Total benefícios a pagar aos empregados
Total employee benefit obligations
b.
Débitos na demonstração de
resultados
Income statement charges
Custo total do serviço
Current service cost
Encargos financeiros
Interest cost
Prejuízo actuarial reconhecido
Actuarial loss recognized
Ganhos líquidos dos activos do fundo de
pensões
Net gains made on pension fund assets
c.
Reconciliação do balanço
Balance sheet reconciliation
Saldo em 1 de Janeiro
Opening value at 1 January
Benefícios pagos
Benefits paid
Custo periódico líquido de pensões
Net periodic pension cost
Diferenças cambiais
Exchange rate differences
Saldo em 31 de Dezembro
Closing value at 31 December
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 91
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
d.
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
205 241 137
60 910 344
10 859 722
2 553 177
-
153 031 793
-
8 097 220
(12 240 000)
(8 701 000)
(531 798)
(460 387)
-
-
(2 347 064)
669 712
193 001 137
205 241 137
7 980 860
10 859 722
148 608 334
127 824 897
6 145 157
6 763 473
54 950 957
29 115 966
2 272 297
1 540 584
203 559 291
156 940 863
8 417 454
8 304 057
Prejuízos actuariais não reconhecidos
Unrecognised actuarial losses
Saldo em 1 de Janeiro
Opening value at 1 January
Novos prejuízos actuariais
New actuarial losses
Amortização do período
Amortisation for the period
Diferenças cambiais
Exchange rate differences
Saldo em 31 de Dezembro
Closing value at 31 December
e.
2005
MT’000
Activos do fundo de pensões
Staff pension fund assets
Os activos são representados pelo
seguinte:
The assets are represented by the
following:
Contas correntes
Deposit accounts and bonds
Contas a receber - Standard Bank
Receivables - Standard Bank
Estes activos não foram reconhecidos contabilisticamente para o fundo de pensões, visto não estarem de acordo com
o critério de reconhecimento dos activos do plano na IAS 19 – Benefícios dos trabalhadores.
These assets have not been recognised in accounting for the pension fund liability as they do not meet the plan assets
recognition criteria in IAS 19 – Employee Benefits.
f.
Plano do Fundo de Pensões
Nos termos do Acordo Colectivo de Trabalho do sector bancário, a empresa contribui com 20.8% (2004: 20.8%) do
salário base anual de cada empregado para o Fundo de Pensões de Reforma que é administrado por um “Board of Trustees”. Em 2004 foi realizada uma avaliação actuarial por uma firma de Actuários independentes que indicou existir, à
data de 31 de Dezembro de 2004, um défice de MT’000 362 182 000 (2003: MT’000 184 301 345). Consequentemente,
a Administração do banco decidiu reconhecer as perdas actuariais resultantes ao longo de restante vida de trabalho médio dos empregados com 15 anos de trabalho numa base de quotas constantes, com início em 1 de Janeiro de 2005.
Staff Pension Fund Plan
In terms of the banking sector collective workers agreement, the company voluntarily contributes 20.8% (2004:20.8%)
of each staff’s annual basic salary to the Staff Retirement Pension Fund administered by a Board of Trustees. An actuarial valuation was done in 2004 by an independent firm of Actuaries and indicated a deficit of MT’000 362 182 000 as
at 31 December 2004 (2003: MT’000 184 301 345). Beginning 1 January 2005 management has consequently decided
to recognise the resulting actuarial losses over the remaining average working lives of employees of 15 years on a
straight line basis.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 92
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
Principais pressupostos actuariais
Principal actuarial assumptions
São os seguintes os principais pressupostos actuariais:
The principal actuarial assumptions are as follows:
Taxa de desconto
Discount rate
Retorno esperado doa activos do plano
Expected return on plan assets
Futuros aumentos salariais
Future salary increases
Futuro aumento das pensões
Future pension increase
Taxa de inflacção
Inflation rate
Média do tempo de trabalho remanescente dos empregados
Average remaining working lives of employees
2005
2004
11.50%
11.50%
8.50%
8.50%
9.00%
9.00%
9.00%
9.00%
9.00%
9.00%
14 years
15 years
A 31 de Dezembro de 2005, estavam inscritos no plano 406 membros activos (2004: 368) e 102 pensionistas (2004:102).
As at 31 December 2005, the plan had 406 (2004: 368) active members and 102 (2004: 102) pensioners.
25.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
9 465 747
9 921 230
391 421
524 952
9 465 747
9 921 230
391 421
524 952
Empréstimos a médio e longo prazo
Medium and long-term loans
Empréstimo do Banco Europeu de
Investimento - EIB
Loan from European Investment
Bank - EIB
O empréstimo do Banco Europeu de Investimento representa o valor de EUR 490 000 recebido pelo Standard Bank para ser, de
novo, emprestado a um cliente. O empréstimo é pagável em 9 prestações anuais, com início em Julho de 2003. O juro está a
ser pago desde o ano 2000.
The loan from European Investment Bank represents an amount of EUR 490 000 received by the company for onward lending
to a client. The loan is repayable over nine annual instalments beginning in July 2003. Interest has been payable since the year
2000.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 93
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
26.
Transacções com as associadas
Related party transactions
Diversas transacções bancárias, depósitos, contas a pagar, garantias são celebradas com as associadas. As mesmas são realizadas numa base comercial no decurso normal do negócio. As transacções com as associadas executadas durante o ano e os
respectivos saldos no fim do ano são as seguintes:
A number of banking transactions, placements, payables, guarantees are entered into with related parties. These are carried
out at arms length in the ordinary course of business. Related party transactions during the year and balances at the end of the
year are as follows:
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
46 698 768
9 256 559
10 141 020
32 437 087
15 709 693
1 197 543
18 216 570
-
2 028 948
402 175
440 603
1 409 312
705 927
53 812
818 575
-
98 533 434
35 123 806
4 281 038
1 578 314
241 830 000
303 561 514
237 347 161
3 074 032 669
1 330 000
1 076 912 454
251 323 887
755 986 976
2 192 264
10 000 000
12 552 682
9 814 628
127 115 439
54 989
56 982 510
13 208 264
40 001 427
115 999
3 858 101 344
2 086 415 581
159 537 738
110 308 200
3 873 983
516 364
248 849
5 267 776
-
160 195
21 352
10 290
217 830
-
9 906 972
-
409 667
-
1 123 806
1 123 806
46 471
59 464
-
2 023 538
-
-
2 023 538
-
7 667 298
517 741
345 434
10 525 600
30 500 000
441 201
5 431 469
226 012
287 390
Juros pagos pelos depósitos
Interest earned on placements
Standard Bank Mauritius
Standard Bank London
Standard Bank South Africa
Standard Bank Isle of Man
Depósitos
Placements
Standard Bank Mauritius
Standard Bank London
Standard Bank South Africa
Standard Bank Isle of Man Branch
Stantard Bank Swaziland
Juro aprovisionado
Standard Bank Mauritius
Standard Bank London
Standard Bank South Africa
Standard Bank Isle of Man Branch
Investimento nas empresas associadas
Investment in associated companies
Despesas com os honorários de gestão a
pagar à sede
Management fees expenses to head office
Despesas acumuladas referentes aos
honorários de gestão a pagar à sede
Accrued management fee expenses payable
to head office
Despesa com os honorários das empresas do
grupo sobre as garantias
Intragroup fee expense on guarantees
46 574 266
46 574 266
11 916 452
Garantias recebidas
Guarantees received
Standard Bank Group
Devido pelas associadas
Due from associate
Empréstimo do Interbanco
Loan due from Interbanco
737 581 500
5 465 660
As transacções com os administradores são divulgadas na nota 6.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 94
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
27.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
278 749 952
219 227 029
11 526 690
11 599 743
369 264 564
310 618 950
15 269 593
16 435 474
648 014 516
529 845 979
26 796 283
28 035 217
Exigibilidades contingentes
Contingent liabilities
A empresa tinha as seguintes
exigibilidades contingentes em 31 de
Dezembro
The company had the following
contingent liabilities as at 31 December
Garantias
Guarantees
Cartas de crédito
Letters of credit
A legislação moçambicana obriga todas as empresas a contribuir para um fundo nacional de pensões. Todavia, uma vez que a
indústria do fundo de pensões está actualmente a propor a revisão da escala no seu todo, a indústria de serviços financeiros
celebrou um acordo colectivo exigindo a criação de planos de pensão privados. Os detalhes do plano de pensões da empresa,
estabelecido de acordo com os requisitos do acordo colectivo e aprovação, constam da nota 24. Contudo, o registo e a aprovação
final do plano de pensões da empresa e a aprovação do acordo colectivo da indústria de serviços financeiros ainda não foram recebidos das autoridades pertinentes. Nestas circunstâncias, existe uma incerteza quanto à obrigatoriedade da empresa continuar,
ou não, a contribuir para o plano do estado.
The legislation of Mozambique requires every company to contribute for employee retirement benefits to a state-owned fund.
However, as the entire pension fund industry is currently under proposed whole-scale review, the financial services industry
entered into a collective bargaining agreement requiring the establishment of private pension plans. Details of the company’s
pension plan, established in accordance with the requirements of the collective bargaining agreement, are set out in note 24.
However, formal registration and approval of the company’s private pension plan, as well as approval of the financial services
industry’s collective bargaining arrangement, is yet to be received from the relevant authorities. Under these circumstances,
there is uncertainty as to whether or not the company is still required to contribute to the state-owned plan. The company has not
made any contributions to the state-owned plan since the establishment of its own private pension plan.
28.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
308 090 391
168 751 024
13 385 777
7 582 901
34 600 640
47 155 197
1 503 313
2 118 940
-
(26 000)
-
(1 168)
342 691 031
215 880 221
14 889 090
9 700 673
Caixa gerado das operações
Cash generated from operations
Lucro antes de impostos
Profit before taxation
Ajustamentos de itens não-monetários:
Adjustments for non cash items:
Depreciação e amortização
Depreciation and amortisation
Transferido da reserva para riscos
bancários gerais
Transfer from general banking risks
reserve
Fundos gerados das operações
Cash generated from operations
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 95
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
29.
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
2 533 398 827
42 443 898
104 759 493
(9 180 949)
127 343 570
78 061
5 265 830
11 422 184
46 618 428
33 549 867
1 927 736
1 775 020
(455 483)
(3 273 131)
(18 835)
(173 207)
2 706 905 342
72 798 695
111 934 224
3 843 048
232 763 000
33 287 847
12 317 396
(786 350 100)
(50 756 019)
(41 606 666)
568 507 818
-
30 081 680
(39 423 921)
(22 361 909)
(2 084 394)
(30 823 679)
(1 722 577)
(1 630 893)
(77 792)
-
(4 115)
(1 004 867 918)
(55 404 674)
(41 552 658)
(2 926 992)
1 702 039 424
17 394 021
70 381 566
916 056
Variações em capital circulante
Changes in operating assets and
liabilities
Passivos
Liabilities
Depósitos de clientes
Deposits from customers
Outros passivos
Other liabilities
Benefícios a pagar aos empregados
Employee benefit obligations
Empréstimos de médio e longo prazo
Medium and long terms loans
Aumento no passivo corrente
Increase in operating liabilities
Activos
Assets
Títulos do Banco de Moçambique
Bank of Mozambique bills
805 000 000
Activos financeiros disponíveis para
venda
Financial assets available for sale
(1 227 432 799)
Depósitos noutros bancos
Balances with other banks
Empréstimos e adiantamentos a clientes
Loans and advances to customers
(540 778 043)
Outros activos
Other assets
(41 657 076)
Outros investimentos
Other investments
Aumento em activos operacionais
Increase in operating assets
Variações líquidas em capital circulante
Net changes in operating assets and
liabilities
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 96
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
30.
Informação sobre o valor justo
30.
Empréstimos e adiantamentos a clientes
Loans and advances to customers
A Administração do Banco é de opinião que não é
praticável determinar o valor justo dos empréstimos
e dos adiantamentos, pelo facto do sistema não estar devidamente preparado para tal e de não haver
um sistema de classificação de crédito que permita
avaliar o risco de crédito, de modo a verificar as
taxas de descontos adequadas a utilizar.
Management is of the opinion that it is not practicable to determine the fair value of loans and advances given the fact that the system is not supportive
and there is no external credit rating system to independently assess individual credit risk in order to
ascertain appropriate discount rates to be used.
The characteristics of the loans and advances portfolio are, however, outlined in note 15 and management believes that the carrying value of loans approximates their fair value given the facts that:
As características da carteira de empréstimos e adiantamentos são, todavia, esboçadas na nota 15 e
a Administração acredita que o valor contabilístico
dos empréstimos é inferior ao seu valor justo, o que
se deve ao seguinte:
(a) Interest rates reduced by an average of 4.5% in
2004 in local currency, thereby contributing to reduced credit risk.
(b) The maturity of most of the loans is within 1
year.
(c) Prudent and adequate provisions for impairment
losses on an individual and portfolio basis have
been recognised in determining the carrying value
of loans and advances.
(a) As taxas de juro reduziram em média 4.5% em
2005 em moeda local, contribuindo desse modo
para reduzir o risco de crédito.
(b) A maturidade da maioria dos empréstimos é de
1 ano.
(c) Provisões prudentes e adequadas para prejuízos
por redução do valor recuperável numa base individual e da carteira têm sido reconhecidas na determinação do valor contabilístico dos empréstimos.
Bank and customer deposits
For demand deposits and deposits with no defined
maturities, fair value is taken to be the amount payable on demand at the balance sheet date.
Depósitos de bancos e clientes
Para os depósitos à ordem e depósitos com maturidades não definidas, o valor justo é tido como
sendo o valor pagável à ordem à data do balanço.
31.
31.
Borrowing powers
Directors may borrow from the fellow subsidiaries
of the Standard Bank Group in line with negotiated
borrowing terms and limits. Borrowings are thus
always with the approval of the holding company.
Poderes para contrair empréstimos
Os Administradores podem contrair empréstimos a
partir das subsidiárias do Standard Bank Group de
acordo com os termos e limites de crédito negociados. Desse modo, os empréstimos são concedidos
desde que devidamente aprovados pela empresamãe.
32.
Fair value information
32.
Maximum credit risk
This best represents the maximum amount of credit
loss the Company would suffer, without taking into
account the fair value of any collateral, should counter parties completely fail to perform.
Risco máximo de crédito
Representa o valor máximo do prejuízo de crédito
que o Banco iria sofrer, sem levar em conta o valor
justo de qualquer garantia, se as contrapartes do
contrato não cumprirem as suas obrigações.
Empréstimos e adiantamentos
Loans and advances
Garantias dadas
Guarantees given
2005
MT’000
2004
MT’000
2005
USD
2004
USD
1 763 561 937
1 227 323 216
72 925 689
64 940 142
278 749 952
219 227 029
11 526 690
11 599 743
2 042 311 889
1 446 550 245
84 452 379
76 539 885
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 97
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
33.
34.
Taxas de câmbio
33.
Translation rates
As seguintes taxas de câmbio têm sido usadas na
conversão destas demonstrações financeiras para
dólares americanos (US$).
The following exchange rates have been used in the
translation of these financial statements into United
States Dollars (USD.
Taxa de fecho
MT 24 183.00/USD
(2004: MT 18 899.30/USD)
Closing rate
MT 24 183.00/USD
(2004: MT 18 899.30/USD)
Taxa média
MT 23 016.25/USD
(2004: MT 22 254.15/USD)
Average rate
MT 23 016.25/USD
(2004: MT 22 254.15/USD)
As taxas são baseadas nas taxas oficiais publicadas
pelo Banco de Moçambique.
The rates are based on official rates as advised by
the Bank of Mozambique.
Gestão de risco
Falar em banca é falar em risco, se considerarmos
a constante incerteza que o negócio bancário envolve. O risco é a medida de um desvio, possível ou
esperado, do resultado de uma determinada situação.
São os seguintes os principais tipos de risco financeiro a que o Standard Bank está exposto:
• Risco de crédito – é o risco que se deve à incapacidade das contrapartes cumprirem ou honrarem as suas obrigações de crédito para com o
Banco.
• Risco de liquidez - é o risco do Banco não dispor
de fundos suficientes ou de activos negociáveis
para cumprir as suas obrigações de fluxo de caixa
futuras em tempo útil.
• Risco de preço – tipos de risco de preço a que o
Banco está exposto:
* Risco de moeda – o risco do valor dos instrumentos financeiros do Banco virem a sofrer flutuações devido às alterações nas taxas de câmbio.
* Risco de taxa de juro – o risco do valor dos instrumentos financeiros do Banco virem a sofrer
flutuações devido às alterações nas taxas de
juro.
* Risco de mercado – o risco das alterações no
preço dos instrumentos financeiros negociáveis
devido às alterações gerais do mercado ou às
alterações específicas dos emissores desses
títulos.
• Risco de incumprimento de normas – este é o
risco do Banco não ser capaz de cumprir os regulamentos do Banco de Moçambique ou outros
regulamentos relevantes.
• Risco operacional – o risco de falhas ou de ter
processos internos, pessoal ou sistemas inadequados.
• Risco de reputação – o risco do Banco ver a sua
imagem profissional ser afectada de forma negativa, em face da sua incapacidade de manter os
negócios actuais ou de dar início a novos negócios.
A natureza dos riscos e a abordagem para gerir os
riscos são diferentes para as carteiras negociáveis e
para as não negociáveis.
34.
Risk management
Risk is synonymous with banking because of the
ever-present uncertainty. Risk is the measure of a
variation from the possible or expected outcome of
a certain situation.
The most important types of financial risk to which
Standard Bank, SARL is exposed are:
• Credit risk – the risk that counter parties fail to
fulfill or honour their credit obligations to the
company.
• Liquidity risk – the risk that the company has insufficient funds or marketable assets at its disposal to fulfill its future cash flow obligations on
a timely basis.
• Price risk – types of price risk the company is
exposed to are:
* Currency risk – the risk that the value of the company’s financial instruments will fluctuate due to
changes in exchange rates.
* Interest rate risk – the risk that the value of financial instruments will fluctuate due to changes in
underlying interest rates.
* Market risk – the risk of changes in the price of
trading financial instruments fluctuating due to
changes general to the market or specific to the
issuers of such securities.
• Strong corporate governance structures
• Compliance risk – the risk of the company not
being able to comply with regulations of Bank of
Mozambique or other relevant regulations.
• Operational risk – the risk of failure of or inadequate internal processes, people and systems.
• Reputation risk – the risk that the professional
image of the company could be impacted upon
negatively, resulting in an inability to either hold
onto existing business or generate new business.
The nature of the risks and the approach to managing risks differ between the trading and non-trading portfolios.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 98
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
A.
Risco de crédito
A.
A exposição aos riscos de crédito tem origem no
seguinte:
Exposures to credit risks arises through:
• Trading activities – the major risk is that settlement does not take place as originally agreed
upon by both parties. Thus one party delivers
the agreed value while the other does not.
• Non-trading activities – the company’s exposure
is in respect of:
• Actividades comerciais - O principal risco é que
a liquidação não aconteça como originalmente
acordado por ambas as partes. Enquanto uma
das partes entrega o valor acordado, a outra parte
não o faz.
• Actividades não comerciais - A exposição do Banco resulta de:
* Loans and advances
* Letters of credit
* Guarantees
* Empréstimos e adiantamentos
* Cartas de crédito
* Garantias
The risk that counter parties to trading instruments
might default on their obligations is monitored on an
ongoing basis. In monitoring credit risk exposure,
consideration is given to trading instruments with
a positive fair value and to the volatility of the fair
value of trading instruments.
O risco que poderá resultar de uma falha das contrapartes ao negociarem os instrumentos está constantemente a ser monitorado. Na monitoria da exposição do risco de crédito, são considerados os
instrumentos de negociação com um valor justo
positivo e a inconstância do valor justo dos instrumentos negociáveis.
The company’s primary exposure to credit risk arises through its portfolio of loans and advances. The
amount of credit exposure in this regard is represented by the carrying amounts of the assets on
the balance sheet. Further credit exposure is in the
form of off balance sheet credit risk through commitments to extend credit and guarantees and letters of credit issued.
A primeira exposição do Banco ao risco de crédito é
originada pela sua carteira de empréstimos e adiantamentos. O valor da exposição ao crédito é representado pelos valores contabilísticos dos activos
no balanço. A exposição ao crédito apresenta-se
ainda na forma de crédito de risco extrapatrimonial,
através dos compromissos que são assumidos para
aumentar o crédito e as garantias emitidas.
The directors have established a Credit Committee
that implements the company’s credit policy. It is
the company’s policy to require suitable collateral
to be provided by customers prior to the disbursement of approved loans. Acceptable collaterals are
usually in the form of cash, inventory, listed investments or other property.
Os Administradores estabeleceram uma Comissão
de Crédito que é responsável por implementar a
política de crédito do Banco. É política do Banco exigir que os clientes forneçam garantias adequadas
antes de lhes serem desembolsados os empréstimos aprovados. O Banco considera como garantia
aceitável valores monetários, inventário, investimentos na bolsa de valores ou outros bens.
As cartas de crédito são também sujeitas a uma rigorosa avaliação de crédito antes de serem emitidas.
Os acordos especificam limites monetários para as
obrigações do Banco.
B.
Risco de liquidez
O risco de liquidez surge no financiamento geral das
actividades da empresa e na gestão das posições.
Neste se inclui o risco de ser incapaz de financiar activos com maturidades e taxas apropriadas e o risco
de ser incapaz de liquidar um activo a um preço razoável e num período de tempo apropriado.
De modo a mitigar os riscos de liquidez, o Banco
tem acesso a uma base de financiamento diversificada e obtém fundos através de um vasto leque de
instrumentos, incluindo depósitos, outros passivos
evidenciados por títulos negociáveis e capital social.
Isto aumenta a flexibilidade de financiamento, limita
a dependência a uma dada fonte de fundos, reduzindo, de um modo geral, o custo dos fundos.
Adicionalmente, o Banco detém uma carteira de
activos líquidos como parte da sua estratégia de
gestão do risco de liquidez.
Credit risk
Letters of credit are also subject to strict credit assessments before being provided. The agreements
specify monetary limits to the company’s obligations.
B.
Liquidity risk
Liquidity risk arises in the general funding of the
company’s activities and in the management of positions. It includes both the risk of being unable to
fund assets at appropriate maturities and rates and
the risk of being unable to liquidate an asset at a
reasonable price and in an appropriate time frame.
In order to mitigate liquidity risks, the company has
access to a diverse funding base and raises funds
through a broad range of instruments including deposits, other liabilities evidenced by paper and share
capital. This enhances funding flexibility, limits dependence on any one source of funds and generally
lowers the cost of funds.
In addition the company holds a portfolio of highly
liquid assets as part of its liquidity risk management
strategy.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 99
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
C.
Risco do preço
C.
Price risk
Risco da moeda
Currency risk
O Banco utiliza permutas de moeda (o que exige o
pagamento de juros e valores de capital em moedas
diferentes) e contratos a termo (compromissos para
compra ou venda de moeda numa data futura especificada a um preço especificado, cujo pagamento
pode ser efectuado em numerário ou mediante
qualquer outro activo financeiro, para mitigar o risco
da moeda.
The company uses currency swaps (which require
an exchange of interest payment flows and capital
amounts in different currencies) and forward contracts (commitments to either purchase or sell currency at a specified future date for a specified price
and may be settled in cash or another financial assets) to mitigate currency risks.
As permutas e as operações a termo são celebradas somente com qualquer uma das associadas ou
com contrapartes, cuja reputação seja reconhecidamente sólida.
A adesão aos diferentes limites estabelecidos pelo
Banco de Moçambique é também um princípio indispensável das actividades de gestão de risco de
moeda.
Risco da taxa de juro
As operações do Banco estão sujeitas ao risco das
flutuações da taxa de juro, na medida em que os activos que vencem juros (incluindo os investimentos)
e os passivos que atraem juros vencem ou o seu
preço é novamente fixado em períodos diferentes
ou em valores diferentes. As actividades de gestão
de risco são, desse modo, planeadas para melhorar
a margem financeira, dado que os níveis da taxa de
juro do mercado são consistentes com as estratégias da empresa.
As actividades de gestão de risco do activo-passivo
são conduzidas no contexto da sensibilidade do
Banco às alterações da taxa de juro. De um modo
geral, a sensibilidade do Banco deve-se, principalmente, ao facto dos seus activos que rendem juros
terem uma duração mais curta e dos seus preços
serem refixados mais frequentemente do que os
passivos que rendem juros. Isto significa em ambiente de redução de taxa de juro, as margens ganhas
irão aumentar consoante o preço dos activos for
sendo refixado.
Parte do retorno dos instrumentos financeiros do
Banco é obtida a partir da má combinação ( mismatch) controlada de activos e passivos.
Risco de mercado
O risco de mercado diz, principalmente, respeito
aos instrumentos financeiros negociáveis e é gerido
pelo Banco em resposta às mudanças operadas no
mercado. A carteira de títulos negociáveis restringese a instrumentos de elevada qualidade.
O Departamento de Tesouraria do Banco administra
as posições do negócio, com base nos limites e procedimentos estabelecidos nas políticas de Gestão
do Activo e Passivo.
Swaps and forward transactions are entered into
only with either the parent company or counter parties of highly assessed good standing.
Adherence to the different limits set by the Bank
of Mozambique is also a key driver in currency risk
management activities.
Interest rate risk
The company’s operations are subject to the risk of
interest rate fluctuations to the extent that interestearning assets (including investments) and interest-bearing liabilities mature or reprice at different
times or in differing amounts. Risk management
activities are thus aimed at optimizing net interest
income, given market interest rate levels consistent
with business strategies.
Asset-liability risk management activities are conducted in the context of the company’s sensitivity
to interest rate changes. In general, the company’s
sensitivity is mainly due to the fact that its interestearning assets have a shorter duration and reprice
more frequently than interest-bearing liabilities. This
means that in lowering interest rate environments,
margins earned will increase as assets reprice.
Part of the company’s return on financial instruments is obtained from controlled mismatching of
assets and liabilities.
Market risk
Market risk relates mainly to trading financial instruments and is managed by the company in response
to changing market conditions. The trading portfolio is restricted to high quality instruments.
The Treasury Department manages dealing positions based on limits and procedures set out in Asset Liability Management policies.
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 100
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
D.
Risco resultante de situações de incumprimento
Este risco é gerido através de:
■ Estruturas fortes de administração corporativa;
■ formação e desenvolvimento contínuos do pessoal;
■ uma política de comunicação aberta com as autoridades reguladoras e da procura de envolvimento proactivo no desenvolvimento dos projectos de lei;
■ De procedimentos de monitoria rigorosos dos
procedimentos internos e externos.
E.
Risco resultante das operações
Este é o risco de perdas directas e indirectas resultantes da falha ou da existência de processos internos inadequados, pessoal, sistemas e processos
externos.
Processos internos
A Administração do banco utiliza comunicação efectiva com o pessoal para monitorar os riscos dos processos internos. Em aditamento à auditoria interna
e à supervisão realizam validações para determinar a:
■ Adequação dos controles, e
■ Eficiência dos sistemas de controle interno.
Pessoal
Formação contínua do pessoal e cursos de reciclagem estão a ser levados a cabo, com vista a ajudar a
colmatar a incapacidade de recrutar pessoal qualificado e adequado. Está a ser seguida uma política de
remuneração competitiva, por forma a que o Banco
consiga reter o pessoal identificado como chave.
Uma abordagem de remuneração e disciplina, incluindo o recurso à lei, está a ser adoptada, de modo
a encorajar a lealdade e a desencorajar a prática de
actividades desonestas.
Sistemas
Programas para limitar o acesso à Internet e ao correio electrónico foram instalados, com vista a controlar o acesso abusivo do pessoal e proteger os
sistemas contra o ataque de vírus, os quais estão
cada vez mais sofisticados e destrutivos.
Branqueamento de capitais - externo
O branqueamento de capitais é o acto de legitimar
os fundos provenientes de acções criminosas. O
Banco está a encarar este risco com a devida seriedade, tendo estabelecido uma política de antibranqueamento de dinheiro, assim como criado
uma comissão responsável pela questão do branqueamento de capitais que se reúne regularmente.
A empresa nomeou um responsável para se ocupar
da questão do branqueamento de capitais, o qual é
responsável por implementar as políticas e os procedimentos, assim como por monitorar o seu cumprimento. Treinamento de pessoal é regularmente
realizado para desenvolver uma cultura de controle
do branqueamento de capitais e para manter o pessoal informado a respeito dos riscos.
D.
Compliance risk
Compliance risk is managed through:
■ Strong corporate governance structure
■ Continuous staff training and development
■ Open policy of communication with the regulatory authorities and proactively seeking involvement in the development of draft legislation
■ Strict monitoring procedures on both internal and
external procedures
E.
Operational risk
This is the risk of direct or indirect losses through
failure of or inadequate internal processes, people,
systems and external processes.
Internal Processes
Management utilises effective communication with
staff to monitor risks of internal processes. In addition internal audit and supervision do validations to
determine:
■ Adequacy of controls
■ Effectiveness of the internal controls.
People
Continuous training of staff is undertaken to address the inability to recruit suitably qualified staff.
A highly competitive remuneration policy is followed to retain staff identified as key. A reward and
discipline approach, including recourse to the law,
is adopted to encourage loyalty and discourage dishonest activities.
Systems
Internet and email access limiting programs have
been installed to control staff access and abuse and
further protect the systems against viruses that are
increasingly sophisticated and destructive. Management continues to conduct independent external review of IT risks on an annual basis.
External – money laundering
Money laundering is the act of legitimizing criminally derived funds. The company takes this risk
seriously and has an anti-money laundering policy
in place as well as a money laundering committee
that meets on a regular basis. A money laundering control officer has also been appointed and is
responsible for implementing policies and procedures as well as for monitoring compliance. Training
of staff is regularly undertaken to develop a money
laundering control culture and to make staff aware
of the risks.
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 101
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
F.
Risco de perder a reputação
O Banco dá um grande valor ao estabelecimento
da estrutura de uma cultura empresarial adequada,
construída a partir da sólida experiência do Standard
Bank Group, como forma de reduzir os riscos de
perder a reputação.
Além disso, o Banco segue uma cultura de abertura,
adopção e aderência rigorosa às melhores práticas
de preparação de relatórios financeiros, e procura
agir sempre em conformidade com todos os requisitos da legislação e regulamentação.
F.
Reputation risk
A strong premium is placed on establishing adequate Corporate Governance structure, drawing
from the solid experience of the Standard Bank
Group as a way of reducing reputation risks.
Furthermore, there is a culture of openness, adoption and strict adherence to best financial reporting
practices as well as compliance with all regulatory
and legal requirements
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 102
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
34.1
Risco da taxa de juro
Interest rate risk
34.1.1 Sensibilidade do juro nos itens do balanço (MT’000)
Interest sensitivity of on balance sheet items (MT’000)
Em 31 de Dezembro de 2005
At 31 December 2005
Até 1 mês
Up to 1 month
1-3 meses
1-3 months
3-12 meses
3-12 months
1-3 anos
1-3 years
+ 3 anos
+ 3 years
Sem rendimento de juros
Non-interest
bearing
Total
3 683 827 503
483 838 538
-
-
-
1 245 955 439
5 413 621 480
681 918 000
750 843 000
404 412 000
49 577 500
632 147 300
12 516 002
2 531 413 802
945 099 121
66 777 910
76 074 741
290 468 678
369 138 397
16 003 089
1 763 561 936
-
-
-
-
-
(24 537 296)
(24 537 296)
-
-
-
-
-
1 123 806
1 123 806
-
-
-
-
-
402 375 241
402 375 241
-
-
-
-
-
47 348 720
47 348 720
-
-
-
-
-
108 828 005
108 828 005
5 310 844 624
1 301 459 448
480 486 741
340 046 178
1 001 285 697
1 809 613 006
10 243 735 694
-
-
-
-
-
174 000 000
174 000 000
-
-
-
-
-
174 000 000
174 000 000
-
-
-
-
-
279 700 382
279 700 382
-
-
-
-
-
412 287 941
412 287 941
-
-
-
-
-
1 039 988 323
1 039 988 323
3 832 494 672
530 928 341
334 330 946
-
-
4 041 285 873
8 739 039 832
-
-
-
-
-
12 839 519
12 839 519
-
-
-
-
-
238 842 983
238 842 983
-
-
-
-
-
203 559 291
203 559 291
Activos
Assets
Caixa e equivalentes de caixa
Cash and balances with banks
Activos financeiros disponíveis para
venda
Financial assets available for sale
Empréstimos e adiantamentos a clientes
Loans and advances to customers
Provisões para redução do valor
recuperável
Impairment allowances
Investimentos
Investments
Propriedade e equipamento
Property and equipment
Activos incorpóreos
Intangible assets
Outros activos
Other assets
Fundos próprios
Shareholders’ equity
Capital social
Share capital
Reserva Legal
Legal reserve
Outras reservas
Other reserves
Lucros não-distribuídos
Retained earnings
-
Passivos
Liabilities
Depósitos dos clientes
Deposits from customers
Dívidas de imposto
Current tax liabilities
Outros passivos
Other liabilities
Benefícios a pagar aos empregados
Employee benefit obligations
Empréstimo de médio prazo
Medium term loan
-
-
-
1 352 250
8 113 497
-
9 465 747
3 832 494 672
530 928 341
334 330 946
1 352 250
8 113 497
4 496 527 666
9 203 747 372
Sensibilidade do balanço a variações da
taxa de juro
On balance sheet interest sensitivity gap
1 478 349 952
770 531 107
146 557 795
338 693 928
993 172 200
(3 726 902 983)
-
Em 31 de Dezembro de 2004
At 31 December 2004
Sensibilidade do balanço a variações da
taxa de juro
On balance sheet interest sensitivity gap
(2 480 066 930)
2 390 541 722
1 147 454 627
-
-
(1 057 929 419)
-
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 103
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
34.1.2
Sensibilidade do juro nos itens do balanço (USD)
Interest sensitivity of on balance sheet items (USD)
Em 31 de Dezembro de 2005
At 31 December 2005
Até 1 mês
Up to 1 month
1-3 meses
1-3 months
3-12 meses
3-12 months
152 331 287
20 997 382
-
28 198 238
31 048 381
16 722 987
39 081 136
2 761 358
3 145 794
-
-
-
1-3 anos
1-3 years
+ 3 anos
+ 3 years
Sem rendimento de juros
Non-interest
bearing
Total
-
-
51 521 955
223 860 624
2 050 097
26 140 152
517 554
104 677 410
12 011 276
15 264 376
661 750
72 925 689
-
-
-
(1 014 651)
(1 014 651)
-
-
-
-
46 471
46 471
-
-
-
-
16 638 764
16 638 764
-
-
-
-
1 957 934
1 957 934
Activos
Assets
Caixa e equivalentes de caixa
Cash and balances with banks
Activos financeiros disponíveis para venda
Financial assets available for sale
Empréstimos e adiantamentos a clientes
Loans and advances to customers
Provisões para redução do valor
recuperável
Impairment allowances
Investimentos
Investments
Propriedade e equipamento
Property and equipment
Activos incorpóreos
Intangible assets
Outros activos
Other assets
-
-
-
-
-
4 500 186
4 500 186
219 610 661
53 817 121
24 868 781
14 061 373
41 404 528
74 829 963
423 592 427
-
-
-
-
-
7 195 137
7 195 137
-
-
-
-
-
7 195 137
7 195 137
-
-
-
-
-
11 565 992
11 565 992
-
-
-
-
-
17 048 668
17 048 668
-
-
-
-
-
43 004 934
43 004 934
158 478 877
21 954 610
13 825 040
-
-
167 112 677
361 371 204
-
-
-
-
-
530 932
530 932
-
-
-
-
-
9 876 483
9 876 483
-
-
-
-
-
8 417 454
8 417 454
Fundos próprios
Shareholders’ equity
Capital social
Share capital
Reserva Legal
Legal reserve
Outras reservas
Other reserves
Lucros não-distribuídos
Retained earnings
Passivos
Liabilities
Depósitos dos clientes
Deposits from customers
Dívidas de imposto
Current tax liabilities
Outros passivos
Other liabilities
Benefícios a pagar aos empregados
Employee benefit obligations
Empréstimo de médio prazo
Medium term loan
-
-
-
55 917
335 504
-
391 422
158 478 877
21 954 610
13 825 040
55 917
335 504
185 937 546
380 587 495
Sensibilidade do balanço a variações da
taxa de juro
On balance sheet interest sensitivity gap
61 131 784
31 862 511
11 043 741
14 005 455
41 069 024
(154 112 516)
-
Em 31 de Dezembro 2004
At 31 December 2004
Sensibilidade do balanço a variações da
taxa de juro
On balance sheet interest sensitivity gap
(131 257 080)
126 520 120
60 714 134
-
-
(55 977 174)
-
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 104
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
34.1.3
Maturidades dos activos e passivos (MT’000)
Maturities of assets and liabilities (MT’000)
Em 31 Dezembro de 2005
At 31 December 2005
Até 1 mês
Up to 1 month
1-3 meses
1-3 months
3-12 meses
3-12 months
1-3 anos
1-3 years
4 929 782 942
483 838 538
-
-
681 918 000
776 420 550
404 412 000
24 000 000
945 099 121
66 777 910
76 074 741
290 468 678
-
-
-
-
-
-
-
-
-
+ 3 anos
+ 3 years
Sem período
fixado
No period
Total
-
-
5 413 621 480
632 147 300
12 516 002
2 531 413 802
369 138 397
16 003 089
1 763 561 936
-
-
(24 537 296)
(24 537 296)
-
-
-
1 123 806
1 123 806
-
-
-
402 375 241
402 375 241
-
-
-
47 348 720
47 348 720
Activos
Assets
Caixa e equivalentes de caixa
Cash and balances with banks
Activos financeiros disponíveis para venda
Financial assets available for sale
Empréstimos e adiantamentos a clientes
Loans and advances to customers
Provisões para redução do valor
recuperável
Impairment allowance
Investimentos
Investment
Propriedade e equipamento
Property and equipment
Activos incorpóreos
Intangible assets
Outros activos
Other assets
108 828 005
-
-
-
-
-
108 828 005
5 983 710 068
1 327 036 948
480 486 741
314 468 678
1 001 285 697
454 829 562
10 243 735 694
-
-
-
-
-
174 000 000
174 000 000
-
-
-
-
-
174 000 000
174 000 000
-
-
-
-
-
279 700 382
279 700 382
-
-
-
-
-
412 287 941
412 287 941
-
-
-
-
-
1 039 988 323
1 039 988 323
7 845 874 396
555 623 342
334 330 946
-
-
3 211 148
8 739 039 832
-
-
12 839 519
-
-
-
12 839 519
-
238 842 983
-
-
-
-
238 842 983
-
-
-
-
-
203 559 291
203 559 291
-
-
-
1 352 250
8 113 497
-
9 465 747
7 845 874 396
794 466 325
347 170 465
1 352 250
8 113 497
206 770 439
9 203 747 372
(1 862 164 328)
535 570 623
133 316 276
313 116 428
993 172 200
(791 929 200)
-
(2 533 613 365)
2 262 144 621
627 278 174
(173 887 871)
421 912 279
(603 833 838)
-
Fundos próprios
Shareholders’ equity
Capital social
Share capital
Reserva Legal
Legal reserve
Outras reservas
Other reserves
Lucros não-distribuídos
Retained earnings
Passivos
Liabilities
Depósitos dos clientes
Deposits from customers
Dívidas de imposto
Current tax liabilities
Outros passivos
Other liabilities
Benefícios a pagar aos empregados
Employee benefit obligations
Empréstimo de médio prazo
Medium term loan
Diferencial de liquidez no balanço
On balance sheet liquidity gap
Em 31 Dezembro de 2004
At 31 December 2004
Diferencial de liquidez no balanço
On balance sheet liquidity gap
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 105
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
34.2
Maturidades dos activos e passivos (USD
Maturities of assets and liabilities (USD)
Em 31 de Dezembro de 2004
At 31 December 2005
Até 1 mês
Up to 1 month
1-3 meses
1-3 months
3-12 meses
3-12 months
1-3 anos
1-3 years
+ 3 anos
+ 3 years
Sem período
fixado
No period
Total
213 860 624
5 000 000
5 000 000
-
-
-
223 860 624
28 198 238
31 048 381
16 722 987
-
-
-
75 969 607
-
1 057 664
-
992 433
26 140 152
517 554
28 707 803
39 081 136
2 761 358
3 145 794
12 011 278
15 264 376
661 750
72 925 689
-
-
-
-
-
(1 014 651)
(1 014 651)
-
-
-
-
-
46 471
46 471
-
-
-
-
-
16 638 764
16 638 764
-
-
-
-
-
1 957 934
1 957 934
Activos
Assets
Caixa e equivalentes de caixa
Cash and balances with banks
Activos financeiros mantidos para
comercialização
Financial assets available for sale
Activos financeiros disponíveis para venda
Loans and advances to customers
Empréstimos e adiantamentos a clientes
Impairment allowance
Provisões para redução do valor
recuperável
Impairment allowance
Investimentos
Investment
Propriedade e equipamento
Property and equipment
Activos incorpóreos
Intangible assets
Outros activos
Other assets
4 500 186
-
-
-
-
-
4 500 186
285 640 184
39 867 403
24 868 781
13 003 711
41 404 528
18 807 822
423 592 427
-
-
-
-
-
7 195 137
7 195 137
-
-
-
-
-
7 195 137
7 195 137
-
-
-
-
-
11 565 992
11 565 992
-
-
-
-
-
17 048 668
17 048 668
-
-
-
-
-
43 004 934
43 004 934
324 437 596
22 975 782
13 825 040
-
-
132 785
361 371 204
-
-
530 932
-
-
-
530 932
-
9 876 483
-
-
-
-
9 876 483
-
-
-
-
-
8 417 454
8 417 454
Fundos próprios
Shareholders’ equity
Capital social
Share capital
Reserva Legal
Legal reserve
Outras reservas
Other reserves
Lucros não-distribuídos
Retained earnings
Passivos
Liabilities
Depósitos dos clientes
Deposits from customers
Dívidas de imposto
Current tax liabilities
Outros passivos
Other liabilities
Benefícios a pagar aos empregados
Employee benefit obligations
Empréstimo de médio prazo
Medium term loan
Diferencial de liquidez no balanço
On balance sheet liquidity gap
-
-
-
55 917
335 504
-
391 422
324 437 596
32 852 265
14 355 972
55 917
335 504
8 550 239
380 587 494
(38 797 411)
7 015 138
10 512 810
12 947 791
41 069 024
(32 747 351)
-
(134 090 328)
119 726 371
33 178 928
(9 200 757)
22 324 228
(31 938 442)
-
Em 31 Dezembro 2004
At 31 December 2004
Diferencial de liquidez no balanço
On balance sheet liquidity gap
Standard Bank Relatório Anual 2005
P • 106
Standard Bank Annual Report 2005
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
34.3
Risco da moeda
Currency risk
34.3.1
Risco da moeda MT´000)
Currency risk MT´000)
Em 31 Dezembro 2005
At 31 December 2005
Total
USD
EUR
GBP
MZM
ZAR
MT’000
MT’000
MT’000
MT’000
MT’000
MT’000
Outras moedas
Other
currencies
MT’000
5 413 621 480
3 310 379 690
714 245 839
9 182 672
1 031 860 061
273 836 264
74 116 954
2 531 413 802
-
-
-
2 531 413 802
-
-
1 739 024 641
615 157 561
19 927 219
268
1 087 497 283
16 442 311
-
1 123 806
-
-
-
1 123 806
-
-
402 375 241
-
-
-
402 375 241
-
-
47 348 720
-
-
-
47 348 720
-
-
108 828 005
11 833 594
1 035 930
-
94 992 625
965 855
-
10 243 735 695
3 937 370 845
735 208 988
9 182 940
5 196 611 538
291 244 430
74 116 954
174 000 000
-
-
-
174 000 000
-
-
174 000 000
-
-
-
174 000 000
-
-
279 700 382
-
-
-
279 700 382
-
-
412 287 941
-
-
-
412 287 941
-
-
1 039 988 323
-
-
-
1 039 988 323
-
-
8 739 039 832
3 963 088 297
724 752 105
11 189 464
3 596 411 626
287 847 001
155 751 339
12 839 519
-
-
-
12 839 519
-
-
238 842 983
7 364 311
592 685
6 430
226 910 120
3 969 438
-
203 559 291
-
-
-
203 559 291
-
-
9 465 747
-
9 465 747
-
-
-
-
Activos
Assets
Caixa e equivalentes de caixa
Cash and balances with banks
Activos financeiros mantidos até à
maturidade
Financial assets available for sale
Empréstimos e adiantamentos a clientes
Loans and advances to customers
Investimentos
Investments
Propriedade e equipamento
Property and equipment
Activos incorpóreos
Intangible assets
Outros activos
Other assets
Fundos próprios
Shareholders’ equity
Capital social
Share capital
Reserva Legal
Legal reserve
Outras reservas
Other reserves
Lucros não-distribuídos
Retained earnings
Passivos
Liabilities
Depósitos de clientes
Deposits from customers
Dívidas de imposto
Current tax liabilities
Outras exigibilidades
Other liabilities
Benefícios a pagar aos empregados
Employee benefit obligations
Empréstimos a longo e médio prazo
Medium and long term loans
9 203 747 372
3 970 452 608
734 810 537
11 195 894
4 039 720 556
291 816 439
155 751 339
Líquido
Net
-
(33 081 761)
398 452
(2 012 954)
116 902 659
(572 010)
(81 634 385)
Em 31 Dezembro de 2004
At 31 December 2004
-
(50 222 870)
2 730 266
3 016 782
393 715 170
(50 336 858)
(298 902 389)
Standard Bank Relatório Anual 2005
Standard Bank Annual Report 2005
P • 107
Notas às demonstrações financeiras continuação
Notes to the financial statements continued
34.3.2
Risco da moeda (USD)
Currency risk (USD)
Em 31 de Dezembro de 2004
At 31 December 2005
Total
USD
EUR
GBP
MZM
ZAR
MT’000
MT’000
MT’000
MT’000
MT’000
MT’000
Outras moedas
Other
currencies
MT’000
223 860 624
136 888 711
29 535 039
379 716
42 668 819
11 323 503
3 064 837
104 677 410
-
-
-
104 677 410
-
-
71 911 038
25 437 603
824 018
11
44 969 494
679 912
-
46 472
-
-
-
46 472
-
-
16 638 764
-
-
-
16 638 764
-
-
Activos
Assets
Caixa e equivalentes de caixa
Cash and balances with banks
Activos financeiros disponíveis para venda
Financial assets available for sale
Empréstimos e adiantamentos a clientes
Loans and advances to customers
Investimentos
Investments
Propriedade e equipamento
Property and equipment
Activos incorpóreos
Intangible assets
Outros activos
Other assets
1 957 934
-
-
-
1 957 b934
-
-
4 500 186
489 335
42 837
-
3 928 074
39 939
-
423 592 428
162 815 649
30 401 894
379 727
214 886 968
12 043 354
3 064 837
7 195 137
-
-
-
7 195 137
-
-
Fundos próprios
Shareholders’ equity
Fundos próprios
Shareholders equity
Capital social
Share capital
Reserva Legal
Legal reserve
Outras reservas
Other reserves
Lucros não-distribuídos
Retained earnings
7 195 137
-
-
-
7 195 137
-
-
11 565 992
-
-
-
11 565 992
-
-
17 048 668
-
-
-
17 048 668
-
-
43 004 934
-
-
-
43 004 934
-
-
361 371 204
163 879 101
29 969 487
462 700
148 716 521
11 902 866
6 440 530
530 932
-
-
-
530 932
-
-
9 876 483
304 524
24 508
266
9 383 043
164 142
-
8 417 754
-
-
-
8 417 454
-
-
Passivos
Liabilities
Depósitos de clientes
Deposits from customers
Dívidas de imposto
Current tax liabilities
Outras exigibilidades
Other liabilities
Benefícios a pagar aos empregados
Employee benefit obligations
Empréstimos de médio e longo prazo
Medium and long term loans
391 421
-
391 421
-
-
-
-
380 587 794
164 183 625
30 385 416
462 966
167 047 950
12 067 008
6 440 530
Líquido
Net
-
(1 367 976)
16 478
(83 238)
4 834 084
(23 653)
(3 375 693)
Em 31 Dezembro de 2004
At 31 December 2004
-
(2 657 395)
144 464
159 623
20 832 263
(2 663 429)
(15 815 526)
P • 108
Riqueza distribuída
Wealth distributed
561 780 743
562 447 339
47 155 201
34 600 640
194 413 504
185 413 504
185 413 504
-
-
147 200 798
100.00
26.42
24.96
5.96
182 677 836
113 795 898
148 396 538
Retenções para apoiar o crescimento do negócio
Retentions to support future business growth
Mais valia retida
Retained surplus
Depreciação
Depreciation
140 198 612
33 459 182
239 646 411
562 447 339
(151 678 161)
(450 730 076)
561 750 743
714 125 500
42.66
%
31 de Dezembro
de 2004
31 December 2004
MZM’000
962 430 819
31 de Dezembro
de 2005
31 December 2005
MZM’000
Dividendos 70% sobre a mais valia
Dividends 70% on surplus
Accionistas
Shareholders
Impostos
Taxation
Governo
Government
Salários e outros benefícios antes de impostos
Salaries, wages and other benefits before tax
Empregados
Employees
Distribuição da riqueza
Distribution of wealth
Criação de riqueza
Wealth created
Juros, comissões e outros proveitos
Interest, commissions and other revenues
Juros pagos aos depositantes e outros custos de serviços
Interest paid to depositors and other costs of services
Valor acrescentado
Value added
Declaração do valor acrescentado
Value added statement
do exercício findo em 31 de Dezembro de 2005
Informação financeira adicional
Standard Bank Relatório Anual 2005
100.00
26.90
32.88
13.83
26.38
%
35 460 002
1 503 313
15 999 628
6 091 282
1 453 720
10 412 053
24 404 529
(17 410 746)
41 815 275
31 de Dezembro
de 2005
31 December 2005
USD
100.00
26.42
24.96
5.96
42.66
%
25 273 818
2 118 940
6 614 532
8 733 472
8 331 637
8 331 637
-
-
8 208 709
25 273 818
(6 815 725)
32 089 543
31 de Dezembro
de 2004
31 December 2004
USD
100.00
26.90
32.88
13.83
26.38
%
for the year ended 31 December 2005
Additional financial information
Standard Bank Annual Report 2005

Documentos relacionados

relatório e contas

relatório e contas A segunda linha, destinada exclusivamente a mercados da OCDE e empresas risco sem garantia atribuída pela COSEC, no montante de 420 milhões de euros, garantida em 60% pelo Estado, apresentava no f...

Leia mais