09/2007 - APS Santa Marcelina

Сomentários

Transcrição

09/2007 - APS Santa Marcelina
1. INDICADORES GERAIS
1.1 SAU – SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO DA MICRORREGIÃO DE
CIDADE TIRADENTES/GUAIANASES
No mês de setembro de 2007 foram realizados 30 atendimentos pelo Serviço
de Atendimento ao Usuário (SAU) da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases.
No Quadro 1 apresentamos a planilha original na íntegra com descrição dos
atendimentos, foram realizados 17 atendimentos na região de Cidade Tiradentes e 13
na região de Guaianases, distribuídos da seguinte forma: dois atendimentos da
UBS/PSF
de origem Jardim Vitória, três da UBS/PSF Carlos Gentile, cinco da
UBS/PSF Inácio Monteiro, um da UBS/PSF Gráficos, um da UBS/PSF Profeta
Jeremias, dois da UBS/PSF Barro Branco, dois da UBS/AMA Castro Alves, um da
UBS/AMA Fazenda do Carmo, três da UBS/AMA Jardim Etelvina, seis da UBS/PSF
Jardim Soares, duas da UBS/PSF Celso Daniel, uma da UBS/PSF Cosmopolita e uma da
UBS/PSF Primeiro de Outubro.
No quadro 2, apresentamos o local de procedência e freqüência das solicitações
dos usuários do SAU, forma de acesso e análise das resoluções dos atendimentos que
serão representados por meio das tabelas e dos gráficos 1, 2 e 3 respectivamente.
1
Quadro 1:
Atendimentos realizados pelo SAU da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases no mês de setembro de 2007
,
Data
Região
Cid.
Tiradentes
UBS OrigemGerente/Respons
U.B.S.
Vitória
Jd.
Heloisa
Nome
Acesso
Cicelina Francisca
Pessoalmente
Tipo de Solicitação
Sugestão/Orientação
Descrição da Solicitação
Nº Atendto.
Em 03/09/07, munícipe procurou nosso serviço pessoalmente, para fazer sugestões de
aumentar a unidade de saúde, contratar médicos, aumentar o número de equipes para 090/07
atender a população.
Resolução
Data Encto
Orientei a munícipe sobre o funcionamento do nosso serviço (S.A.U.-0800) informei telefone e
sobre o P.S.F., que existe um projeto p/ aumentar a unidade, e foi conversado c/ o Padre da Igreja
local, cedeu uma área do terreno da Igreja, depende de algumas burocracias, mas está sendo
viabilizado. Quanto a contratar médicos, informei do grande empenho do Santa Marcelina em
priorizar a contratação p/ nossa micro - região, mas existe dificuldade por ficar muito distante do
centro e por ocorrer por parte de algumas pessoas da comunidade ameaça e agressão ao médicos,
então ficam com receio de vir trabalhar em nossa região. Mas mesmo assim, o Santa Marcelina
25/9/2007
está conseguindo fazer a reposição das vagas existentes nas unidades. Informei que estaria
encaminhando esta sugestão a unidade para conhecimento da Eloisa – Gerente, p/ acolhê-la e
informá-la do funcionamento da unidade, se houvesse alguma novidade referente à contratação,
entraria em contato p/ informar.
Colocamo-nos a disposição para as eventualidades necessárias.
Agradeceu
a
atenção
e
Recebto Retorno
Encaminho para a unidade básica de saúde, aguardamos retorno.
orientação.
03/09/07
Guaianases
U.B.S.
Soares
Jd.
Sueli
Kelly de Araujo
Via Fone 0800
Reclamação
(S.A.U)
Em 04/09/07, munícipe Kelly de Araújo, entrou em contato através (0800) p/ reclamar do
sistema de marcação de retorno da unidade de saúde N.G.A. Maria Zélia. Relata que faz
tratamento c/ neurologista do N.G.A. a mais ou menos 03 anos (Dr. Renato) que é um
profissional “muito bom, atencioso, que tem uma luz divina”.
Esteve p/ 3 vezes ás 05h10, p/ conseguir marcar o retorno, mas qdo. chega sua vez já
acabaram as vagas. Tem que retornar em out/07, teme não conseguir marcar até a data
solicitada p/ médico. Informa que Drª. Cíntia também é muito atenciosa, que a encaminhou
p/ conseguir o aparelho de diabetes e insumos.
091/07
Orientei a munícipe sobre o serviço (S.A.U) e sobre o funcionamento do P.S.F., mas quanto ao
agendamento do N.G.A. Maria Zélia, que a vaga é passada através da unidade de saúde de
cadastro, mas estaria entrando em contato com a unidade para verificar como está sendo
realizadas os agendamentos para os pacientes que não consegue encaixe e fazem tratamento a
três anos.
25/9/2007
Informa que é cadastrada na unidade U.B.S. Jardim Soares, que sua A.C.S. chama-se Gisley.
Encaminhamos reclamação e e-mail para unidade e estamos no aguardo de
respostas e providências, para voltar a contatar munícipe.
04/09/07
Guaianases
U.B.S.
Etelvina
Jd.
Dr.
Cid.
Tiradentes
U.B.S.
Carlos
Gentile
Melo
Ana Claudia
Rednei/
Maria Via Fone 0800
Reclamação
Bezerra Pestana
(S.A.U)
Em 04/09/07, munícipe aproveitando o contato p/ falar c/ outra munícipe, fez reclamação da
unidade de saúde A.M.A./U.B.S. Jardim Etelvina. Informa que esteve c/ a mãe Srª. Maria
Bezerra Pestana de 74 anos, tem problemas de aneurisma da aorta, trata-se no Hosp.
Dante Pazzanese, passou mal (febril), a levou até o A.M.A. Jd. Etelvina p/ ser atendida c/
urgência, relata que a recepção é muito desorganizada, misturam as fichas e não verificam
quem são as prioridades p/ fazer o atendimento. Os funcionários ficam “batendo papo”,
092/07
saiam da recepção p/ conversar e fumar, deixando a recepção sozinha, as pessoas
aguardando para fazer a ficha e os médicos sem fazer atendimento por falta de fichas.
Informa que pelos funcionários da enfermagem e os médicos foram bem atendidos, mas na
recepção o tratamento é muito ruim.
Precisa
de
providências
urgentes.
Diante do relato orientei o munícipe sobre o nosso serviço (S.A.U), forneci o fone 0800 e informei
que estaria encaminhando a reclamação para a unidade de saúde para ser apurado o relato do
atendimento administrativo e solicitar retorno assim que as providências fossem tomadas, e a
documentação retornasse, voltaria a entrar em contato com munícipe.
Colocamo-nos a disposição para as eventualidades necessárias.
25/9/2007
Encaminho para a gerência da unidade, aguardamos retorno.
04/09/07
de
Adriana
Devanir Rodrigues
Via Fone 0800
Reclamação
(S.A.U)
Em 06/09/07, munícipe entrou em contato com nosso serviço (S.A.U.-0800) para reclamar
sobre o atendimento da U.B.S. Dr. Carlos Gentile de Melo. Informa que a A.C.S. a mais de
093/07
05 meses não aparece em sua residência para realizar visita domiciliar, tem problemas com
diabetes.
Orientei munícipe sobre o serviço (S.A.U.) e sobre o funcionamento do P.S.F., que entraria em
contato com a unidade para verificar como está sendo o atendimento da área que está sem médico
e a Enfermeira responsável Fabiana, está em férias, e assim que obtivesse o retorno estaria
entrando em contato com ele, sobre as providências tomadas para regularização do atendimento.
25/9/2007
Colocamo-nos a disposição para as eventualidades necessárias.
Encaminho para a gerência da unidade básica de saúde, aguardando retorno
para voltarmos a entrar em contato com municipe.
06/09/07
Guaianases
U.B.S.
Prefeito
Celso
Augusto
Daniel
Vanessa
Jesusmir
Coelho
Munícipe em 06/09/07, entrou em contato c/ serviço (S.A.U.) p/ pedir orientações referentes
ao serviço odontológico, tem problemas de hanseníase, trata-se c/ médico da U.B.S.F. Jd.
Fanganielo, foi orientado por ele, fazer tratamento dentário por não poder ficar c/ dentes
Chaves Via Fone 0800
infeccionados na boca. Procurou a unidade de cadastro e foi informado que teria que
Reclamação/Orientação
094/07
(S.A.U)
aguardar o agendamento, por não ter vaga no momento c/ os dentistas da unidade.
Procurou Vanessa – Gerente e relata que não pegou seu prontuário e pediu para fazer um
atendimento de urgência para saber se é necessário o tratamento ou não.
06/09/07
Cid.
Tiradentes
U.B.S.
Carlos
Gentile
Melo
Dr.
de
Adriana
Antonio Marques dos Via Fone 0800
Reclamação
Santos
(S.A.U)
Orientei sobre o funcionamento do serviço (S.A.U) e do atendimento do P.S.F., a situação do
agendamento de odonto nas unidades, solicitei que aguardasse entrar em contato c/ unidade e
verificar em que situação está e voltarei a entrar em contato.
6/9/2007
Entrei em contato c/ Vanessa – Gerente, e informou que o Sr. Jesusmir esteve
na unidade dizendo que Dr. Vinicius havia encaminhado por ser portador de
hanseníase que deveria ser atendido c/ prioridade, mas não estava c/
encaminhamento então pediu p/ retornar ao médico e solicitar o
encaminhamento e ela verificaria a urgência.
Em 17/09/07 Contatei Sr. Jesusmir p/ ver se o médico havia diagnosticado
algum tipo de problema urgente, e o munícipe me informou que o médico fez
orientações, que ele não poderia deixar de fazer tratamento dentário, por
problema de infecção, mas não havia feito nenhum relatório o encaminhando
(não foi examinado). Perguntei se ele estaria sentindo algum tipo de
incomodo/dor em algum dente, disse que não. Solicitei então que aguardasse o
agendamento que Vanessa estava verificando a possibilidade de passar em
uma consulta c/ Dentista p/ ver se existe alguma urgência. Ele disse que tudo
bem, estaria aguardando o contato.
Em 21/09/07 Vanessa informou que foi agendado consulta p/ munícipe c/ Drª.
Letícia p/ 28/09/07 às 08h30.
Contatei munícipe e informei o dia e o horário da consulta, orientei que não é p/ fazer o trata
Orientei que o médico das unidades de saúde só encaminha ao hospital, por não ser preparada c/
Munícipe em 11/09/07, entrou em contato com serviço (S.A.U. – 0800), informando que é
A.M.A./P.S. p/ dar atendimento de urgência, e qdo. o médico verifica que é necessário tratamento
hipertenso toma medicação, tem problema c/ hérnia de disco e o médico em 28/08/07
mais especializado/observação e etc. Que uma vez dentro do hosp. a responsabilidade não é mais
solicitou Raio X c/ laudo, retornou a unidade c/ o Raio X e não tem mais médico na sua área
da unidade de saúde, e sim do hospital, e qdo. o médico da alta, existe o serviço social que entra
e a Enfª. Fabiana está em férias, está aguardando neurocirurgião e fisioterapia a 07 meses
em contato c/ o familiar, p/ ir buscá-lo, e os funcionários das unidades de saúde, não podem
(fev/07). Relata que algum tempo atrás, passou mal em casa e o vizinho o levou a unidade
Entrei em Contato com a unidade, expliquei o caso ao Enfº. Aguinaldo que
acompanhá-lo até ser dispensado pelo hospital, tem que retornar a unidade, pois não existe
de saúde e c/ estava c/ a P.A. muito alta a cabeça inchada e doendo muito, a médica achou
solicitou que o Sr. Antonio o procurasse no dia seguinte 12/09/07 às 10h00 que
previsão de tempo p/ a observação, ficando difícil esperá-lo e a ambulância tem que retornar p/
melhor encaminha-lo ao Hosp. Jesus Teixeira da Costa (H.G.G.) de referência, depois de
verificaria o caso do munícipe.
095/07
atender outros chamados.
11/9/2007
medicá-lo o levaram ao hospital e o deixaram no P.S., munícipe disse que o médico deu alta
Voltei a entrar em contato com o munícipe e avisei para comparecer na unidade
Orientei que entraria em contato c/ a unidade e verificando quem está respondendo pela área da
e estava s/ dinheiro teve que voltar p/ casa a pé. Entrou em contato pelo fone 0800,
o dia seguinte no horário marcado pelo o Enfº. e se houvesse algum problema
Enfª. Fabiana, que deve ser o Enfº. da supervisão.
informando que foi atropelada em 14/07/07, socorrida Hosp. Sta. Marcelina Itaim Paulista,
voltasse a me ligar.
atendida p/ Dr. Rubens/Drª. Mariana depois de avaliada levou alguns pontos e foi orientada
a retirá-los no posto de saúde, foi liberada c/ prescrição de Cefalexina e Lisador, retornou na
2ª. feira dia 23/07/08 no Hosp. Itaim Pta. motivo de dor, foi consultada p/ Dr. Bruno (cirurgia geral) que a encaminhou p/ Dr. Francisco (ortopedista/traumatologia), que fez encaminhamento p/ R. M., a orientou procurar o ambulatório do hospital que a encaminhou p/ posto de saúde de onde reside. Chegando na U.B
11/09/07
2
Atendimentos realizados pelo SAU da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases no mês de setembro de 2007
(continuação)
Quadro 1:
Cid.
Tiradentes
U.B.S. Inácio
S/ Gerente
Monteiro
Emerson Pereira da
Pessoalmente
Silva
Orientação
Em 11/09/07, munícipe procurou serviço (S.A.U.) pessoalmente p/ receber orientações
sobre vaga de ortopedia e informou que faz fisioterapia em São Miguel Pta. e como depois
da sessão, começou a sentir muita dor, resolveu passar no P.S. do Hosp. Tide Setúbal e o
médico que o atendeu prescreveu algumas medicações p/ ser aplicadas no próprio P.S. 096/07
(tramal, soro) e o munícipe saiu do hospital c/ a ficha de atendimento e receita e resolveu
passar na unidade Inácio Monteiro, onde é cadastrado p/ tomar a medicação c/ a ficha do
P.S., e o médico o orientou a voltar ao hospital, pois ficou caracterizado c/ fuga.
Como paciente mostrou a receita da medicação que o médico havia prescrito, entrei em contato c/
o A.M.A. JK, expliquei a situação ao Sr. Francisco que verificou se a unidade teria a medicação, me
informou que havia e que o munícipe poderia ir até a unidade, orientei o munícipe, c/ estava sem se
alimentar desde cedo e já passava das 17h00, orientei a ir até sua residência se alimentar e
retornar ao A.M.A. JK p/ ser medicado e ser aliviado da dor. Agradeceu a atenção e orientações e
11/9/2007
se retirou.
Em 14/09/07 munícipe retornou relatando que após tomar a medicação no
A.M.A. JK, estava tudo bem e foi p/ casa, mais tarde passou mal, foi socorrido
ao Hosp. Sta. Marcelina Cid. Tiradentes, ficando em observação, tomando
medicação até o outro dia (a medicação lhe deu reação).
Fui procurada p/ Mônica Enfª. da área informou que ele estava muito confuso
que havia conversado c/ munícipe, e que lhe falou que esteve em nosso serviço
p/ conseguir agilizar a vaga de ortopedia, mas Enfª. me informou que já passou
c/ ortopedista e que está fazendo fisio. c/ Dr. Marcos e em São Miguel.
Em 17/09/07 esteve na unidade para passar em consulta com Dr. Marcos
(Fisioterapeuta) e disse que havia conversado c/ ele e constado o que houve,
Dr. Marcos disse que deveria continuar c/ a fisioterapia que a dor iria
melhorando. Informei que estaria verificando junto a U.B.S. Inácio Monteiro,
onde é cadastrado, como está a situação de agendamento para ortopedia e
entraria em contato.
Agradeceu e informou que estaria aguardando. Retornou 19/09 informando que
não havia melhorado, encaminhei p/ aferir P.A., e estava 11X8 e solicitei que fosse ao P.A. Glória
11/09/07
Cid.
Tiradentes
U.B.S. Inácio
S/ Gerente
Monteiro
Edemilde
Tude
Em 12/09/07, munícipe entrou em contato c/ serviço (S.A.U.- 0800) p/ relatar que a A.C.S.
passou em sua residência a mais ou menos 01 ano e munícipe deixou os dados c/ vizinha,
por que trabalhava e a A.C.S. fez o cartão da unidade, mas como está desempregada, em
22/08/07 A.C.S. passou solicitando a carteirinha de vacina do filho e que estava
impossibilitada no momento p/ lhe mostrar e informou p/ munícipe que retornaria. Em 12/09
Conceição Via Fone 0800
Reclamação/Orientação a A.C.S. passou p/ sua residência p/ 2 vezes, foi até a vizinha e não foi até a dela que ficou 097/07
(S.A.U)
aguardando no portão das 10h00 às 11h40 e ela não retornou, segundo munícipe, a A.C.S.
a viu, mas não foi até sua casa. Esteve na unidade p/ estar precisando de uma pomada.
Aguarda exame E.D.A. desde Ago./07.
Informei que entraria em contato c/ a unidade e verificaria quem é a A.C.S. de sua área p/ retornar
em sua residência e verificar as carteirinhas dos filhos, já que agora está em casa todos os dias
(desempregada) e também ver como esta o andamento de agendamento de E.D.A. e lhe retornaria
a ligação.
Conversei c/ Dida A.C.S. da munícipe, e informou ter voltado no mesmo dia às 14h00 na casa dela,
mas estava com o tanquinho ligado lavando roupa e não ouviu A.C.S. chamar, retornou no dia
26/9/2007
seguinte e conversou c/ munícipe, orientou que fizesse a coleta do papanicolau, e foi até a unidade
e colheu no mesmo dia.
Em 26/09/07, entrei em contato com munícipe, e informou que estava tudo bem,
que A.C.S. esteve em sua residência fez coleta de papanicolau e hoje às 14h00,
passou em consulta com Dr. Newton, que solicitou vários exames, inclusive
U.S.G. de abdome, achou o médico muito bom, atencioso, ótimo médico, está
aguardando o encaminhamento para fazer mamografia que A.C.S. ficou de lhe
entregar em sua residência.
Relata agora estar satisfeita com A.C.S. e o serviço do P.S.F.
Agradeceu o contato, coloquei o S.A.U. a disposição para as eventualidades
necessárias.
12/09/07
Cid.
Tiradentes
U.B.S. Inácio
S/ Gerente
Monteiro
Sirlene
Jesus
Aguiar
de Via Fone 0800
Orientação
(S.A.U)
Em 12/09/07, munícipe entrou em contato conosco para pedir orientações sobre cirurgia de
redução de estômago.
Trabalha na Água Rasa, sai de casa ás 05h50 e retorna ás 19h00 de segunda a sábado,
tem folga de 15 em 15 dias, estará de folga dia 22/09/07, no sábado chega à residência ás
098/07
15h00.
Orientei munícipe sobre o funcionamento do P.S.F., que deve passar em consulta c/ médico da
unidade de cadastro para ver com médico se a encaminharia para cirurgião ou endócrino de acordo
com sua necessidade e verificaria quem é a A.C.S. da área, e estaria pedindo para fazer V.D. e lhe
dar as devidas orientações sobre o funcionamento da unidade e fazer a carteirinha para passar em
consulta.
Solicitei que aguardasse o retorno.
Agradeceu a atenção e informou que estaria aguardando meu telefonema.
20/9/2007
Em 20/09/07 conversei com Vanessa – A.C.S. da área da munícipe, passei o
caso e solicitei V.D. no sábado dia 29/09/07 a partir das 15h00.
Entrei em contato com Dirce (tia) para passar o recado, que será realizada a
V.D. na casa da munícipe na data acima citada.
Agradeceu a atenção.
12/09/07
Guaianases
U.B.S./A.M.
A.
Jd. Ana Claudia
Etelvina
Edna da Silva Mattos
Via
Ouvidoria
Reclamação
C.R.S.L.
Em 13/09/07, recebemos Ofício nº. 008582/2007 – Protocolo O. G. nº. 007920/2007, através
da Fl. de informação nº. 02 da Ouvidoria - C.R.S.L., reclamação da munícipe Edna da Silva
Mattos da farmácia da U.B.S./A.M.A. Jardim Etelvina, relatando que vai à farmácia há
099/07
meses e sempre a encontra fechada, foi informada que não há funcionários p/ fazer o
atendimento e também não tem previsão de funcionamento.
Em 24/09/07, consegui contato c/ munícipe me identifiquei e pedi maiores detalhes sobre a
reclamação feita em relação à farmácia da unidade de saúde Santa Etelvina, e a mesma relatou
que semana passada (não lembra o dia) foi contatada por uma pessoa que acha se chamar Raquel
ou Irene, informando ser responsável pelo setor de reclamação e que a farmácia está fechada por
não ter funcionários para atender e deixou o nome do farmacêutico responsável, munícipe diz que
esteve em um determinado dia na parte da manhã e a farmácia estava aberta.
Informa que pelos funcionários do A.M.A. não tem reclamações a fazer, sempre é bem tratada, mas
que o problema está na parte da U.B.S. a tarde, que às 17h00 já não tem nenhum funcionário da 25/9/2007
unidade, procurou por responsável e foi informada que todos já haviam ido embora.
Informei a munícipe que encaminharia relatório de reclamação a Gerente da unidade e que
aguardaria o retorno e voltaria a entrar em contato para informar sobre providências tomadas.
Munícipe agradeceu o contato e está no aguardo de soluções.
Encaminhamos reclamação e e-mail para unidade e estamos no aguardo de
respostas e providências, para voltar a contatar munícipe.
13/09/07
Guaianases
U.B.S.
Soares
Jd.
Sueli
Cristiana
Santos Silva
Freitas Via
Ouvidoria
Reclamação
C.R.S.L.
Em 13/09/07, recebemos Ofício nº. 008641/2007- Protocolo O.G. nº. 007882/2007, através
da Folha de Informação nº. 02 da Ouvidoria - C.R.S.L. reclamação da munícipe Cristiana
Freitas Santos Silva referente a unidade de saúde Jd. Soares, relatando que o Sr. João
Braga dos Santos (pai), foi até a farmácia da unidade para retirar medicação e foi informado
pela funcionária que o posto não dispõe do medicamento solicitado. O munícipe disse que
0100/07
iria a outro posto e a funcionária Srª. Olga o destratou, chamando de velho e perguntando
“por que não foi direto a outro posto ao invés de perturbar”. Informa que a referida
funcionária trata todos os pacientes desta forma.
Tentamos vários contatos com os telefones informados para colher maiores informações da
munícipe, mas sem sucesso.
Em 24/09/07 conversei com marido Hildelbrando, me identifiquei e deixei o fone 0800 para
munícipe nos retornar.
Em 03/10/07 deixamos novo recado na secretária
3/10/2007
eletrônica para nos retornar contato.
Encaminhado através de fax os documentos referentes a reclamação da
munícipe para unidade de saúde aos cuidados de Sueli – Gerente, apurar
relatos, tentar acolhimento com munícipe e nos retornar se possível com
providências tomadas.
13/09/07
Guaianases
U.B.S.F.
Ivone
Cosmopolita
Valmir Rodrigues de Via
Ouvidoria
Reclamação
Santana
C.R.S.L.
Em 13/09/07, recebemos Of. nº. 011211/2007 – Protocolo O.G. nº. 010168/2007, através da
Fl. de Informação nº. 02 da Ouvidoria – C.R.S.L. a reclamação do munícipe Valmir
Rodrigues de Santana, referente a unidade de saúde Cosmopolita sobre falta de
atendimento. Informa que no dia 23/08/07 às 14h00, compareceu ao posto para passar em 0101/07
consulta agendada previamente com Drª. Ana Carolina Carneiro, C.R.M. nº. 12.126.660, e a
Drª. Ana não foi ao posto e todas as consultas foram canceladas por tempo indeterminado.
Tentamos alguns contatos com o munícipe, mas sem sucesso.
Em 03/10/07, consegui contato com Sr. Valmir, informa ter sido resolvido o problema da consulta c/
o médico, já recebeu resultado dos exames.
Munícipe faz reclamação da demora para conseguir realizar exames mais complicados e médicos
especialistas como, por exemplo, Ecocardiograma, neurologista, ortopedista. Ficou por dois anos
esperando vaga para consulta de ortopedista, faz um ano que está aguardando a consulta para
3/10/2007
neuro e até a presente data não foi atendido. Relata que liga para a ouvidoria da saúde para
conseguir as vagas, quando precisa de alguma vaga de especialidade ou exames a ouvidoria
providência dentro de 15 dias, já conseguiu umas seis vagas.
Encaminho a documentação para a unidade em questão, via fax, aos cuidados
de Ivani – Gerente, p/ nos relatar sobre o ocorrido e quais foram as providências
tomadas, inclusive sobre as especialidades e exames que o munícipe está
aguardando, há quanto tempo?, após retornar, entraremos em contato com o
munícipe.
13/09/07
3
Atendimentos realizados pelo SAU da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases no mês de setembro de 2007
(continuação)
Quadro 1:
Guaianases
U.B.S.
Etelvina
Jd.
Dr.
Cid.
Tiradentes
U.B.S.
Carlos
Gentile
Melo
Ana Claudia
Mariana
Silva
Gomes
da Via
Ouvidoria
Reclamação
C.R.S.L.
Em 13/09/07, recebemos Referencia 013/07 da Ouvidoria da C.R.S.L.– Protocolo O.G. nº.
480/08/07, reclamação da munícipe Mariana, referente a U.B.S. Jd. Etelvina. Relata ter
problemas para engravidar só conseguindo após dois anos de tentativas.
Esteve na unidade de saúde p/ iniciar o pré-natal a médica que a atendeu solicitou ultrason
p/ saber a quanto tempo está grávida pois devido ao seu problema é difícil precisar o tempo. 0102/07
Ao procurar o agendamento foi informada que só começarão a agendar após setembro.
Diante da gravidade do seu caso, solicita providências urgentes para ser feito um pronto
agendamento.
Em 22/09/07, consegui contato c/ munícipe, me identifiquei, informei sobre o serviço (S.A.U.-0800),
solicitei maiores detalhes sobre a reclamação feita em relação a unidade de saúde Jardim Etelvina.
Relata que passou em consulta c/ Drª. Eloara a 1ª. vez, dia 29/08/07 p/ volta das 15h00, a médica
fez solicitação de U.S.G., foi até a recepção para marcar o exame e a funcionária da recepção a
informou que o atendimento era até as 11h00, retornou dia 30/08 e informaram que não tinha vaga
e que a médica havia feito o preenchimento errado no S.A.D.T. e esse U.S.G. iria demorar meses
p/ conseguir a vaga, que a médica deveria ter colocado U.S.G. obstétrico, por motivo do retorno do
Encaminhei relatório a gerência da unidade para apurar as reclamações e nos
pré-natal estar agendado p/ 26/09/07, sua mãe preocupada, acabou pagando U.S.G. particular, por
informar as providências tomadas para retornarmos a municipe.
municipe não ter condições financeiras.
22/9/2007
No
Aguardo
do
retorno
da
unidade.
Informa que um funcionário lhe orientou que a coleta de exames laboratoriais seria de 2ª. a 6ª-feira
das 07h00 às 08h00, chegou às 07h40 e a funcionária a informou que já havia encerrado a coleta,
que deveria ter chegado às 07h00, informa que não encontra o responsável e que os funcionários é
quem estipulam regras e horários de funcionamento da unidade. Procurou atendimento p/ estar c/ crise alérgica e passou c/ Drª. Rafaela C. Samiko, que prescreveu comprimido de loratadina e qdo. esteve na farm
Agradeceu o contato e atenção e está no aguardo de providências.
13/09/07
de
Adriana
Viviane
Vicente
Weber Via
Ouvidoria
Reclamação
C.R.S.L./ E-mail
Em 13/09/07, recebemos Ref. nº. 014/07 da Ouvidoria da C.R.S.L.– Prot. nº. 5977/07 – Email de 28/08/07 da Ouvidoria Geral/Saúde, a reclamação da munícipe Viviane, referente a
unidade de saúde Dr. Carlos Gentile de Melo. Relata que esteve na unidade em 27/08/07
para retirar remédio de piolhos p/ a filha e a Enfª. falou que deveria levar a criança, retornou
c/ a filha, esperou p/ 2 hs e meia, nem se quer foi atendida. Munícipe pergunta: Será que
0103/07
preencher uma receita demora tudo isto? Porque o atendimento da U.B.S. não é eficiente
quanto nos A.M.A.´s?
Pago os impostos e mereçe ser tratada c/ dignidade. Se os servidores que lá estão não dão
conta do recado, coloquem mais funcionários. Façam alguma coisa!
Tentei por várias vezes contato com munícipe, mas sem sucesso.
Em 22/09/07, consegui contato com Mariana (filha), me identifiquei, informei sobre nosso serviço
(S.A.U.), deixei recado para a munícipe ligar no fone 08007717421.
Encaminho os documentos para unidade em questão para ser averiguado os relatos e acolhimento,
22/9/2007
até que consiga contatar munícipe.
Encaminho os documentos para unidade em questão para ser averiguado os
relatos
e
acolhimento,
até
que
consiga
contatar
munícipe.
Aguardando retorno da unidade.
13/09/07
Cid.
Tiradentes
U.B.S. Inácio
S/ Gerente
Monteiro
Avelino Lindolfo Neto
Via Fone 0800
Reclamação
(S.A.U)
Em 14/09/07, munícipe entrou em contato com nosso serviço (S.A.U.–0800) para reclamar
que esteve na unidade de cadastro para saber do encaminhamento ao neurocirurgião que
foi feito pelo médico em 04/09/07, mas que faz mais ou menos 01 ano que está sofrendo
com dores e dormência no braço, que primeiro era o esquerdo e depois melhorou, mas 0104/07
passou a sentir no braço esquerdo.
Orientei ao munícipe o funcionamento das especialidades e que neurocirurgião por serem poucos
lugares que tem esse profissional, então existe demora em marcar a consulta, mas entraria em
contato com a unidade para verificar a situação do agendamento e retornaria para colocá-lo a par
da situação, informei que se tivesse crise de dor recorresse ao Hospital Santa Marcelina e
aguardasse o meu retorno.
14/9/2007
Agradeceu a atenção e fica no aguardo do retorno.
Encaminho os documentos para unidade em questão para ser averiguado os
relatos
e
acolhimento,
até
que
consiga
contatar
munícipe.
Aguardando retorno da unidade.
14/09/07
Cid.
Tiradentes
U.B.S.
Maria
Tiradentes I
Pedro
Santos
José
dos Via Fone 0800
Reclamação
(S.A.U)
Em 14/09 entrou em contato conosco, através do telefone, Sr. Pedro c/ estória confusa; que
havia falado na Ouvidoria c/ Srª. Eunice e o orientou a ir a um posto de saúde p/ conseguir
um encaminhamento ao ortopedista e deveria encaminhar p/ ela na Ouvidoria ???
Tentei verificar c/ Sr. Pedro maiores detalhes e entender melhor o que ele realmente estava
Entrei em contato com Marina para verificar o que havia ocorrido, a mesma me informou que o
necessitando. Munícipe muito nervoso e confuso informa querer fazer reclamação do A.M.A.
munícipe já é pessoa conhecida da unidade por sempre estar procurando confusão, quer ter
Castro Alves e do Santa Marcelina por ter quebrado o contrato com a Prefeitura ???
Em 15/09/07 tentei entrar em contato com munícipe para informar por que ele
prioridade de atendimento por ter associação, pertence a U.B.S. Tiradentes I, mas como criou
Relatou esteve hoje no A.M.A. Castro Alves por volta das 09h20 e só apareceu funcionário
queria o encaminhamento para o ortopedista, ele não estava, conversei com a
muitos problemas na unidade, deixou de freqüentar a U.B.S. e passou a ir ao Castro Alves, mas já
p/ fazer atendimento na recepção às 09h58, conseguiu o atendimento c/ médico às 10h45
esposa Srª. Pedrelina, informou que o Sr. Pedro precisa do ortopedista para
0105/07
foi orientado a ir para a U.B.S. da sua região, mas não aceita.
15/9/2007
por ter reclamado c/ funcionários, e colocaram a ficha dele na frente, teve a informação
conseguir um laudo para levar ao I.N.S.S., deixei o fone 0800 para Sr. Pedro
através dos funcionários que o Santa Marcelina quebrou o contrato que havia feito com a
retornar.
Prefeitura, que deveria colocar mais funcionários para atender a população e não haviam
No aguardo do relatório da unidade e um novo contato com munícipe.
contratado ainda, estavam em desvio de função, trabalhando além do que deveriam, por
falta desses funcionários.
A reclamação referente ao médico era por que Dr. Rubens se negou a fazer o encaminhamento que ele pediu p/ ortopedista, dizendo que o médico “infringiu a ética do C.R.M.”
Ao perguntar que funcionário havia passado estas informações, munícipe disse que só falaria p/ o Juiz, tentei orientar que o A.M.A. e P.S./P.A., foram criados para realizar atendimentos de urgência, que não era o caso dele, que deveria ir até a U.B.S. Tiradentes I, por ser a unidade de saúde a qual ele pertence, e marca
14/09/07
Guaianases
U.B.S.F.
Jardim
Soares
Sueli
Janet Barbosa Lima
Via Fone 0800
Elogios
(S.A.U)
14/09/07
Guaianases
U.B.S.F.
Primeiro
Outubro
de Marcela
Ariadini Lopes Bonfim
Via Fone 0800
Reclamação
(S.A.U)
Em 14/09/07 entrou em contato conosco, através do telefone 0800 a Srª. Janet para
registrar os seus elogios à unidade de saúde Jardim Soares, informa ser hipertensa que
esteve na unidade e viu o telefone e resolveu ligar para falar sobre o atendimento.
Mora há muito tempo na região e nunca teve um tratamento de saúde em que se sentiu tão
bem atendida por todos os funcionários da unidade, com paciência e atenção. Que é 0106/07
aposentada, mas foi funcionária publica do estado da saúde durante muito tempo e sabe
como é difícil lidar com o público e percebe que a unidade faz isso muito bem. Também faz
tratamento no Hospital do Servidor Público Estadual há muitos anos.
U.B.S.
Maria
Tiradentes I
Sandra Menezes
Via Fone 0800
Reclamação
(S.A.U)
Encaminhado para unidade, para conhecimento de todos os funcionários
Orientei que o atestado médico é dado de acordo c/ o estado de saúde de cada paciente. Se
Em 17/09/07 entrou em contato conosco, através do telefone 0800 a munícipe, muito
estiver impossibilitado de trabalhar, o médico o afasta do trabalho de acordo com sua patologia e
agitada (nervosa), reclamando muito do médico Dr. Cláudio da unidade de saúde onde é
quanto aos dias vai de acordo com a necessidade de cada um, mas quando fornece a declaração
cadastrada, solicitei seus dados p/ fazer a ficha de reclamação e perguntou se teria que se
de comparecimento das horas em que esteve em consulta, significa que o paciente não está
identificar, informei que se não se identificasse ficaria mais difícil resolver o seu problema,
impossibilitado de trabalhar e é um documento reconhecido por lei, portanto não existe motivo para
Entrei em contato com a unidade, conversei c/ a Enfª. Michele que atende a
falou que seu nome era Adriana.
a empresa não aceitar.
área da munícipe, informou que a munícipe esteve na unidade solicitando os 16
Munícipe reclama que o médico se negou a dar 16 dias de afastamento da empresa p/
Munícipe não aceitou as orientações dizendo que o salário do médico é pago por ela e que a
dias de afastamento, segundo a munícipe, havia passado em P.S. e o médico
repousar, está de 2 meses de gravidez, sente dores no baixo ventre e disse que se
unidade não esta servindo para nada, por que não passou pelo médico até agora para fazer
havia diagnosticado infecção de urina e informou que deveria ir ao posto de
acontecer alguma coisa a ela a responsabilidade será nossa, pelo fato do médico do posto 0107/07
pré–natal e nunca viu esta história de ser atendida pela Enfª., informa não ter o que reclamar dela. 17/9/2007
saúde para ele lhe dar um afastamento de 16 dias, que ele não poderia dar por
não lhe atestar os dias. Perguntei por que ela acha que deve ser afastada por 16 dias,
Orientei sobre o funcionamento do P.S.F. e dentro do programa o Enfº. é altamente capacitado p/
ser médico do P.S. O médico da unidade diz não ser motivo para afastá-la do
relata que esteve no Hosp. Jesus Teixeira da Costa (H.G.G.) por sentir dores e o médico
fazer atendimentos as gestantes, que normalmente em um mês consulta-se com Enfº., em outro c/
trabalho e foi orientada a retornar ao médico que a atendeu e conversar com
disse que ela deveria ficar em repouso, perguntei por que o médico do Hospital que a
o médico, e mesmo que a área estiver s/ médico, será atendida pelo médico de outra área, e se for
ele.
atendeu e verificou a necessidade de lhe afastar do trabalho não lhe deu o afastamento,
necessário o Enfº. pede a intervenção médica.
munícipe informa que disse que ele não poderia por ser do P.S. que deveria procurar o
Munícipe resistente às orientações, dizendo que estava c/ dores e não podia trabalhar, então orientei que no caso de urgência (dores/febre etc...) e principalmente por estar grávida de pouco tempo deverá procurar
médico
do
posto
de
saúde
e
ele
deve
dar
o
atestado
de
16
dias.
Munícipe
reclama
que
o
médico
nunca
lhe
deu
um
atestado
só
declaração
de
comparecimento
e
que
a
empresa
que
ela
trabalha
não
aceita.
17/09/07
Cid.
Tiradentes
Agradeci o reconhecimento pelo trabalho dos funcionários e a orientei sobre o nosso serviço S.A.U.,
informei que estaria encaminhando para unidade sua satisfação em relação ao serviço prestado por
todos os funcionários.
Ficou agradecida pela atenção e ficou muito feliz de saber que encaminharemos para a unidade
seus relatos de satisfação.
Colocamo-nos a disposição para as necessidades que se fizerem necessária.
24/9/2007
Em 17/09/07 entrou em contato conosco, através do telefone 0800 a munícipe Srª. Sandra,
para reclamar da demora no atendimento do A.M.A. Castro Alves, que havia levado o seu
filho Diego Menezes Dias de 08 anos, para passar em atendimento de urgência, havia
chegado por volta das 14h00 e era 14h58 e ainda não havia sido atendido, que estava um 0108/07
pediatra e um clinico atendendo e tinha muita criança para ser atendida. Informa que
devería ser contratado mais médicos para atender mais rápido.
Orientei munícipe que existe um grande empenho e preocupação da O.S. do Santa Marcelina em
contratar profissionais médicos p/ atender a população da região (completar o quadro), mas por
motivos de ser muito afastado do centro e por haver problemas de ameaças e agressões de
algumas pessoas da comunidade, existe certo receio dos profissionais em aceitar trabalhar em
nossa micro região.
Mas fiquei de verificar no Hosp. Sta. Marcelina Cid.Tiradentes a quantidade de médicos que
estariam fazendo o atendimento e solicitei que retornasse a ligar após alguns minutos.
Entrei em contato c/ Kátia (S.A.C.) me informou que de manhã o quadro de médicos estava 18/9/2007
completo, mas no período da tarde estavam em plantão um médico clínico, um pediatra e um
ortopedista, portanto estava havendo certa demora no atendimento.
Munícipe retornou a ligação e avisei que o quadro era o mesmo e não saberia informar se seria
atendido mais rápido no hospital, mas que seria melhor aguardar o atendimento do A.M.A.
Munícipe agradeceu, informando que aguardaria.
Em 18/09/07 entrei em contato com munícipe para verificar se o filho havia sido
atendido.
Relata que na recepção foi avisada que estavam encaminhando 20 fichas a
cada vez ao consultório e que o médico não havia almoçado.
Munícipe perguntou ao médico se ele iria almoçar e o mesmo lhe respondeu
que não poderia por ter muita criança para ser atendida.
Relata ter sido atendida por volta das 16h00 hora que o médico (Dr. Patrício do
Nascimento) “era um amor de pessoa”, que foi muito atencioso com o filho e
que ficou muito satisfeita com o atendimento.
Munícipe nos agradeceu a atenção, coloquei nosso serviço a disposição, para
qualquer eventualidade.
17/09/07
4
Atendimentos realizados pelo SAU da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases no mês de setembro de 2007
(continuação)
Quadro 1:
Cid.
Tiradentes
U.B.S.F.
Barro
Branco
Paulo
Susan Paula Cordeiro Via Fone 0800
Reclamação
da Silva Santos
(S.A.U)
Em 18/09/07 entrou em contato conosco, através do telefone 0800 a munícipe Srª. Susan
Paula Cordeiro das Silva Santos, que relata estar passando por um período muito difícil com
suas filhas uma de 03 e outra de 09 anos, a 1ª. foi atropelada e a 2ª. está reclamando de
dores na barriga e que vai ao posto e não consegue marcar consulta, esteve ontem no
Hosp. Sta. Marcelina Cid. Tiradente, foi muito bem atendida, apesar de ter demorado, dois
pediatras muito bons, o médico examinou a filha muito bem e informou que ela deveria
procurar o posto de saúde, marcar a consulta p/ o médico fazer solicitação de exames de
fezes, por ser problemas de vermes.
0109/07
Esteve esta manhã no posto de saúde p/ marcar consulta p/ filha e ao passar o caso p/ as
funcionárias da recepção perguntaram se tinha encaminhamento do médico, ela disse que o
médico não havia dado, a informaram que deveria falar com A.C.S., munícipe informou que
ela está doente então elas falaram para ver com os Enfºs., como ficou nervosa sem saber o
que fazer, começou a chorar e disse que ia até o Hospital o médico mandava para o posto,
que chegava no posto falavam que não tem médico e ninguém resolvia nada, foi até
Orientei munícipe a se acalmar e dei informações funcionamento do serviço (S.A.U.) e do P.S.F.,
que existe uma equipe para atender cada micro – área, sendo composta de A.C.S., Auxiliar de Enf.,
Enfº. e Médico; e na ausência desses profissionais pode estar se dirigindo ao Enfº. Supervisor do
dia que responde pela unidade na ausência do Gerente. Que o Sr. Paulo é o gerente da unidade, é
uma pessoa muito acessível e com certeza daria atenção e verificaria as possibilidades de estar
resolvendo o problema, não deixando sair da unidade sem resposta, munícipe diz não saber que
Passei o relatório para a unidade, e conversei sobre o caso com Paulo-Gerente,
funcionava dessa forma. Diz que a filha Keize que foi atropelada esta fazendo os curativos na
informou que já havia conversado com a munícipe e que está muito abalada por
unidade que a Enfª. Marta é muito atenciosa, não tem o que reclamar, que todas as vezes que 26/9/2007
consequência do atropelamento da filha, mas que está sendo atendida.
precisou a Enfª. Cris, sempre a atendeu muito bem, mas hoje acredita que ela estava em
atendimento,
por
isso
não
pode
atendê-la.
Informei munícipe que existe um grande empenho e preocupação da O.S. do Sta. Marcelina em contratar profissionais médicos p/ completar as equipes e dar melhor atendimento a população, mas por motivos de
Munícipe nos agradeceu a atenção, coloquei nosso serviço a disposição, para qualquer eventualidade.
o
fundo
do
posto
p/
falar
c/
Enfº.
e
foi
muito
bem
atendida
Enfº.
Jorge,
que
foi
o
único
que
se
interessou
pelo
caso
dela
e
deu
total
atenção,
pedindo
para
o
médico
q
18/09/07
Cid.
Tiradentes
U.B.S.F.
Inácio
Monteiro
S/ Gerente
Tenilda Alves de Lima
Pessoalmente
Souza
Orientação
Em 19/09/07 entrou em contato conosco pessoalmente a munícipe Srª. Tenilda, para pedir
orientações sobre o funcionamento de encaminhamentos para médicos especialista.
Faz tratamento com Neurologista a mais ou menos 20 anos (epilepsia), mas pelo A.M.E.
Santa Marcelina há 03 anos (Drª. Satomi). Ficou sem tratamento desde que a médica foi
embora, foi informada que deveria retornar ao posto de saúde. Fez exames de E.E.G. e
110/07
R.N.M e médica disse que havia constado problemas no exame, por isso deveria fazer
tratamento. O médico da U.B.S.F. Inácio Monteiro é que está passando a medicação, até
aguardar retorno com Neuro.
Orientei munícipe do funcionamento do serviço (S.A.U) e do P.S.F.
Informei que ao retornar a unidade de saúde o nome tem que aguardar o agendamento, pois não
existe vaga de urgência nas unidades, mas que entraria em contato com unidade para verificar em
que situação está a sua vaga e lhe passarei as informações.
Agradeceu a atenção e informou que aguardaria.
19/9/2007
19/09/07
Guaianases
U.B.S.F.
Prefeito
Celso
Augusto
Daniel
Vanessa
Richard Kelvin Brito Via Fone 0800
Reclamação
Fernandes Neri
(S.A.U)
Diante de tais relatos orientei munícipe sobre o funcionamento do P.S.F., que faz parte do protocolo
Em 19/09/07 entrou em contato conosco através do telefone 0800, munícipe Adriana,
do programa a prática de grupos educativos seja na unidade ou na comunidade, para manter a
reclamando que seu filho Richard está aguardando vaga para hematologista desde outubro
população inteirada dos cuidados com a saúde, e assim evitar várias doenças. Informei também
de 2006, pelo exame de plaquetas ter apresentado uma certa alteração, Dr. Ruan (não está
que existe um grande empenho e preocupação da O.S.S. do Sta. Marcelina em contratar
mais na unidade) o encaminhou para o hematologista, e Dr. Gonçalo também solicitou novo
profissionais médicos p/ completar as equipes e dar melhor atendimento a população, mas por
exame em 26/06/07 e por ter constado uma nova alteração, informou que deveria procurar
motivos de localização (ser muito afastado do centro), e por haver problemas de ameaças e
um hematologista para investigar a causa da alteração das plaquetas. Passou em consulta
agressões de pessoas da comunidade contra esses profissionais, existe receio em aceitar trabalhar
com Dr. Leomax na U.B.S. J K, que foi agendada pela U.B.S.F Pref. Celso A. Daniel (área
em nossa região, e na falta do médico da área as prioridades não deixam de ser atendidas, pois
estar sem médico) e o mesmo verificou os exames, como também constou alteração,
0111/07
são fornecidas vagas dos médicos de outras equipes, deixei claro que estaria passando este 19/9/2007
reencaminhou para o hematologista.
documento com seus relatos para a gerência e retornaria com alguma posição da unidade sobre o
Munícipe relata que as A.C.S.´s não fazem V.D. e ficam horas nas casas de algumas
caso do especialista do seu filho.
pessoas “fazendo fofocas”, que na sua rua estão fazendo abaixo assinado por falta de
Munícipe nos agradeceu a atenção, coloquei nosso serviço a disposição, para qualquer
atendimento médico, e se não resolver o problema vai chamar até a reportagem contra o
eventualidade.
posto, e o munícipe que agrediu o médico com extintor de incêndio não pertence a sua área.
Foi informada por uma funcionária do posto que não quer citar o nome, que será feito um grupo de verminose na área, para dar “um cala boca” aos moradores.
19/09/07
Guaianases
U.B.S.F.
Jardim
Soares
Sueli
Juliana
Macedo
Carla
de
Via Sup. Téc.
Saúde
Cid. Orientação
Tiradentes
Em 20/09/07 entrou em contato conosco Srtª. Ângela da Supervisão Téc. de Saúde Cid.
Tiradentes, relatando ter recebido uma ligação da munícipe Juliana, informando ter chegado
de Minas Gerais há 5 meses e está no 5º. mês de gravidez e precisa de orientações onde
pode fazer de pré-natal, Ângela ficou com os dados (nome e telefone) da munícipe orientadoa que estaria encaminhando para nosso serviço (S.A.U.-0800) e estaríamos entrando em
contato para colher informações e fazer as devidas orientações.
Em 21/09/07 entramos em contato com Juliana, munícipe informou que os pais e cunhada
0112/07
(Srª. Eliabete, Sr. Antonio e Sabrina) já residiam nesse endereço há muito tempo, o pai é
diabético e não tem visita de A.C.S., que a unidade de saúde mais próxima é a U.B.S.F. Jd.
Soares, onde esteve no dia 20/09/07 às 07h20 para passar em consulta com Drª. Cíntia e
uma Senhora de óculos da recepção desmarcou a consulta com a médica, informando estar
de licença médica e remarcou para uma palestra de gestante para o dia 28/09/07 às 08h00.
Orientei munícipe do funcionamento do P.S.F., que existe uma equipe para cada área, sendo
composta por A.C.S., Aux. de Enf., Enfº. e Médico. Através do protocolo do programa, o
acompanhamento de pré-natal é uma das prioridades e deve passar em consulta todos os meses,
uma vez c/ Enfº. e outra c/ Médico, sendo que os Enfºs. são altamente capacitados para fazer tal
atendimento.
Informei que entraria em contato com Sueli (Gerente da unidade) e verificaria por que não está
sendo feita V.D. e como será resolvido o problema do agendamento do seu pré-natal.
Entrei em contato com Sueli, informou-me que a paciente em questão foi moradora da região, junto
c/ os pais, mudou-se p/ MG e ficou lá durante 2 anos e retornou para S. Paulo, mas foi morar em 26/9/2007
Guarulhos e há dois meses retornou a antiga residência, através do prontuário, verificou que a
munícipe iniciou o pré-natal e está cadastrada no Sisprenatal desde 17/08/07, onde passou em
consulta com o Enfº. da área Thiago, foi reagendada a consulta de retorno com Drª. Cíntia para dia
20/09/07 ás 08h00.
Aguardando retorno da unidade.
Entrei em contato com Vanessa que havia passado o caso, munícipe esteve na
unidade no dia anterior com marido e fez escândalo, não querendo aceitar os
argumentos e resistentes as orientações da Gerente. Informou que na
administração passada, foi adotado o sistema de ficar c/ encaminhamento dos
pacientes na unidade e não davam nenhum comprovante, foi verificado que no
prontuário da família, Dr. Ruan não fez anotação dessa solicitação, então pode
ser que foi perdido esse encaminhamento. Diante do fato entrou em contato
com supervisão para tentar resolver o problema, avisei que estaria conversando
com as pessoas da regulação para resolver este problema ela concordou.
Conversei com Michael, passei e-mail dos dados e ficou de verificar a vaga para
a criança.
Voltei a contatar munícipe e solicitar alguns dados, informando que estávamos
providenciando a vaga de acordo com o pedido de outubro de 2006. Agradeceu
e informa que está no aguardo. Em 24/09/07, entrei em contato com Regulação
da C.R.S.L. e Michael me passou a data horário e local da consulta com
Hematologista para Richard. Entrei em contato com a Adriana que informou que as A.C.S. estive
Orientei a Adriana comparecer ao grupo de verminose, 25/09/07 e levar o seu filho para consegui
Informei que a consulta esta agendada para 31/10/07 às 07h00 no Hospital Sta. Marcelina de Itaq
Agradeceu as orientações e atenção e está no aguardo da vaga. Retornou a unidade para conver
Encaminhado para unidade em 26/09/07, aguardando retorno.
21/09/07
Guaianases
U.B.S.F.
Jardim
Soares
Sueli
Reinaldo Silva Santos
Via Fone 0800
Reclamação
(S.A.U)
Em 25/09/07 entrou em contato conosco através do Fone 0800, Sr. Reinaldo Silva Santos,
para fazer reclamação do atendimento da unidade de saúde Jardim Soares. Fez exame de
sangue, fezes e urina e até a presente data o informaram que ainda não chegaram os
resultados dos exames, informa que A.C.S. a mais de 2 meses não faz V.D. (não passa na
rua). Teme que percam o resultado de seu exame por já terem perdido resultados de
exames de sua esposa quando estava gestante, que por várias vezes chegou na recepção e
foi informado que estavam em reuniões (constantes), administrativos não tem disciplina,
0113/07
ficam perdidos, parece que não sabem o que estão fazendo, acha que a chefia não tem
responsabilidade.
Faz reclamação da falta de médicos, pergunto se todos os setores da unidade são
desorganizados e os funcionários atendem mal, informa que o tratamento pelos funcionários
da farmácia é melhor.
Diante das reclamações feita pelo munícipe, passei as informações do funcionamento do P.S.F. e
da função do A.C.S. de fazer visitas às famílias p/ orientar sobre o funcionamento do P.S.F., da
unidade e orientações referentes à saúde como: dengue, verminose, e etc, dentro da capacitação
do programa, levar a situação da saúde da família p/ a equipe e de acordo com cada patologia o
Enfº./Médico, entra em contato c/ o paciente, através de envio de consulta, se estiver sem médico,
é passado para o da outra equipe e de acordo com cada caso marca consulta para tratar o
problema.
Que existe um grande empenho da O.S. Santa Marcelina em preencher o quadro de médicos para 3/10/2007
melhor atender a população, mas que os casos prioritários não deixam de ser atendidos.
Informei que estaria passando a reclamação para ser apurada pela Gerente Sueli e estaria lhe
retornando assim que as providências necessárias fossem tomadas.
Agradeceu a atenção e está no aguardo de providências.
Aguardando retorno da unidade.
25/09/07
Guaianases
U.B.S.F.
Jardim
Soares
Sueli
Domicio Rocha
Via Fone 0800
Reclamação
(S.A.U)
Em 25/09/07 entrou em contato conosco através do Fone 0800, Sr. Domicio Rocha, para
fazer reclamação do atendimento ruim da recepção da unidade de saúde Jardim Soares.
Foi até a unidade para marcar a consulta e não gostou da forma de tratamento da
funcionária, relata que os funcionários têm uma maneira agressiva de tratar as pessoas não
dão atenção, por várias vezes procurou por sua Enfermeira Sueli, mas informam que ela só
está na unidade na parte da tarde.
0114/07
O munícipe e a esposa são hipertensos, não sabem quem é A.C.S., na unidade perderam o
resultado de exame de sangue dele, falou com gerente e até a presente data teve não teve
retorno, nem 2ª. via.
Solicita providências.
Orientei munícipe sobre atendimento do P.S.F. e como funciona o serviço de coleta e resultado de
exames, que na falta do resultado original por motivo plausível, poderá ser solicitado através da
unidade à segunda via.
Informei que estaria entrando em contato com a unidade de saúde através da Gerente Sueli para
verificar as ocorrências relatadas e o informarei sobre providências tomadas.
Agradeceu a atenção, está no aguardo de retorno.
3/10/2007
Aguardando retorno da unidade.
Orientei munícipe sobre atendimento do P.S.F. e como funciona o serviço de coleta e resultado de
exames, que na falta do resultado original por motivo plausível, poderá ser solicitado através da
unidade à segunda via.
Informei que estaria entrando em contato com a unidade de saúde através da Gerente Sueli para
verificar as ocorrências relatadas e o informarei sobre providências tomadas.
Agradeceu a atenção, está no aguardo de retorno.
3/10/2007
Aguardando retorno da unidade.
25/09/07
Guaianases
U.B.S.Jardi
Jeferson
m
São
Debian
Carlos
Ronaldo
Palmeira
Ribeiro
Via Ouvidoria C.R.S.L. - E- Reclamação
mail
Em 26/09/07, nos foi enviado através de E-mail da Ouvidoria da C.R.S.L. a reclamação do
munícipe Sr. Ronaldo Ribeiro Palmeira referente ao A.M.A. Fazenda do Carmo, onde esteve
no dia 24/09/07 para conseguir um encaminhamento para o otorrinolaringologista por estar
com dores de ouvido apresentando secreção (tímpano perfurado), e teve que esperar 02h30
pelo atendimento depois de ter sido feita a sua ficha. Relata que havia apenas um médico
no atendimento clinico para o atendimento, e que isso acontece com freqüência.
0115/07
Entrou em contato direto com a unidade questionando o número de profissionais médico
para o atendimento e da propaganda do serviço na televisão.
Solicita providências.
26/09/07
5
Atendimentos realizados pelo SAU da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases no mês de setembro de 2007
(continuação)
Quadro 1:
Cid.
Tiradentes
U.B.S.F.
Barro
Branco
Paulo
Julia Mel Gonçalves - Via Fone 0800
Reclamação
Rosenildes
(S.A.U)
28/09/07
Cid.
Tiradentes
U.B.S.F.
Profeta
Jeremias
Telma
Espedito Freitas
Via Fone 0800
Reclamação
(S.A.U)
28/09/07
Cid.
Tiradentes
U.B.S.F.
Jardim
Vitória
Maria Eloisa
Cleidiane dos Santos Via Fone 0800
Orientação
Lima
(S.A.U)
Em 28/09/07, entrou em contato cnosco (S.A.U.) através do fone 0800, a munícipe
Rosenildes Gonçalves, relatando que esteve no A.M.A. Castro Alves passando sua filha
Julia de 06 meses com o Dr. Patrício do Nascimento que solicitou Raio X e diagnosticou que
a criança estava com bronquiolite, prescreveu Hidrocortizona e Inalação com Berotec e
Entrei em contato com a unidade, para saber do ocorrido e Marina me informou que o Dr. Patrício
Atrovent. A munícipe perguntou ao médico se teria que tomar os dois medicamentos; ele
está muito estressado por estar trabalhando sozinho como pediatra há alguns dias, atendendo a
respondeu rispidamente, “eu não coloquei aí, carimbei e assinei”. Ao ler o nome da ficha de
mais ou menos 100 crianças por dia e não está agüentando mais.
atendimento a mãe notou que estava com outro nome (Ana Paula), voltou ao consultório e
Informei que estaria enviando através de fax, esse relato da munícipe e que ela me enviasse a
informou ao médico que não era o nome da filha, segundo a munícipe o médico não gostou
resposta por escrito, para retornarmos as providências adotadas a munícipe.
muito. Ao retornar ao consultório depois de ser medicada o médico pegou uma caixa de
0116/07
28/9/2007
Aguardando retorno da unidade.
remédio colocou dosagem e horário de uso na própria embalagem e entregou para a mãe
(Celestone), ela retornou e perguntou para o médico se não iria dar a prescrição na receita e
o médico tomou a caixa de remédio da sua mão dizendo: “Quem está prescrevendo não sou
eu, não vou dar mais nada e bateu a porta”.
Munícipe não gostou do tratamento e foi falar com a Enfª. que foi conversar com o médico para fazer a prescrição do remédio, mas sem sucesso. Foi orientada pela Enfª. a falar com a Gerente da unidade Marina, mas ela não quis lhe atender.
Por isso, resolveu ligar para reclamar, solicitando providências, pela forma do médico tratá-la.
Orientei munícipe sobre funcionamento do P.S.F., da existência de organização dentro de todas as
Em 28/09/07, entrou em contato com nosso serviço, através do telefone, Sr. Espedito, muito
unidades de saúde, que a unidade havia ficado s/ médico e Dr. Francisco está na unidade há
nervoso, relatando que esteve no dia 26/09/07 às 15h00 na U.B.S.F. Profeta Jeremias c/
poucos dias e tem as prioridades dentro da necessidade do posto de saúde a serem atendidas, o
sua filha especial, p/ ser feito o preenchimento da documentação de isenção tarifária p/ Dr.
caso de isenção tarifária não é caso de urgência médica.
Francisco e o mesmo se negou a fazer, foi mal educado, proferindo até palavras de baixo
Tem que marcar o dia e horário pré-determinado no agendamento p/ realizar preenchimento de
escalão, diz não ser um profissional p/ atender a nossa população, “e não quer mais ir a
isenções, não só p/ a filha do munícipe, mas p/ todos os cadastrados da unidade. A consulta que
Entrei em contato com a unidade, para saber do ocorrido e Telma – Gerente da
essa unidade, pois se nega ser atendido por esse médico”.
havia sido marcada p/ esposa deveria estar dentro das prioridades.
unidade informou que no dia 26/09 às 15h00 estava marcada a consulta para
Falou que não gosta do Sta. Marcelina, que as Irmãs Marcelinas são ditadoras, que sua filha
Oriento que o médico não só atende os agendados durante o dia, tem casos de urgência
sua esposa Maria A. Fontes de Freitas e não era dia de fazer isenção tarifária,
tem problemas neurológicos p/ que nasceu no Hosp. do Sta. Marcelina e teve problemas no
(demanda) que acabam chegando à unidade sem estar agendado, e por tratar-se de urgência
que o Sr. Espedito não havia informado antes para a A.C.S. que precisava fazer
parto, (dentre outros comentários), não concorda com o atendimento da unidade, nem com
médica não pode ser omitido socorro.
0117/07
3/10/2007
a isenção tarifária para a filha. Que já havia conversado com o munícipe e
a forma de organização. Conta ter sido perseguido e torturado na época da ditadura,
Informei que deveria conversar com Gerente Telma, e verificar com a A.C.S. o agendamento p/ a
explicado e já hvia sido marcado o dia e horário da perícia.
pertence ao P. T. (partido dos trabalhadores), diz ser revolucionário.
Isenção tarifária, mas munícipe informa que a A.C.S. já esteve em sua residência e levou o dia que
Informei tanto para munícipe e para Telma que encaminharia a reclamação e
Perguntei se havia sido agendada antes a consulta, munícipe informou que sua esposa
deverá ser feito a perícia do SPtrans, para 05/10/07 às 09h00 e conversou c/ a Gerente que ficou
aguardaria o retorno do caso, para entrar em contato novamente com munícipe.
estava agendada p/ passar em consulta c/ o médico, “e já que ela não iria mais a consulta e
de verificar o caso. Informa também ter feito reclamação para Ouvidoria Geral, do Governo do Estado e para Marta – Supervisora Técnica de Saúde da Cid. Tiradentes e me encaminhou através de e-mail, os e-mail´s que for
No aguardo do retorno da unidade.
o médico ficaria sem atender, não custava nada atender a sua filha”. Informa que no dia anterior havia faladoOrientei
c/ a A.C.S.
munícipe
e a mesma
a relevar
solicitou
o ocorrido,
que ele
darfosse
nova c/
chance
a filhatanto
até ap/unidade
ele munícipe
no horário
c/ p/agendado
o Dr. Francisco,
p/ a esposa,
para conhecer
e ela conversaria
melhor o c/
médico
o Dr. p/
que
fazer
se trata
o atendimento
de um excelente
de sua profissional
filha.
com várias formações e a população estaria perde
Indaguei qual era o local que a filha faz tratamento sobre o problema neurológico e munícipe informa que emMunícipe,
lugar nenhum.
concordou em tentar um novo contato, segundo ele, por eu estar pedindo.
Relata que não foi diretamente p/ ele que o Dr. disse que não iria atender, mas p/ a A.C.S., que não quis saber quem “ele era ou sobre quem ele estava falando”, e se o Dr. Francisco falasse direto p/ ele o teria agredido.
Informa que o bilhete só teria validade até 30/09/07 e precisaria do laudo c/ urgência p/ a troca.
Perguntei quantas vezes havia feito o bilhete p/ sua filha, informou ser a 4ª. vez, e se em todas as vezes a SPtrans havia orientado que deveria voltar 30 dias antes do vencimento p/ fazer a renovação, munícipe informa que estava no encargo da esposa, mas que até aquela data a mesma não havia marcado a isenção, por isso pre
Em 28/09/07, entrou em contato com nosso serviço (S.A.U.) através do fone 0800, a
munícipe Cleidiane dos Santos Lima, para pedir orientações referentes a fazer tratamento
para engravidar, informa que é casada há 05 anos, não faz uso de métodos
0118/07
anticoncepcionais e não consegue engravidar, gostaria de saber se existe tratamento pelo
S.U.S.?
Orientei munícipe sobre funcionamento do P.S.F., e poderia estar procurando a unidade de saúde e
solicitar informações com a A.C.S. ou Enfª. da área, o médico da unidade é generalista, atende
todos os casos, mas o que ele não puder resolver faz o encaminhamento para especialista,
também através do S.U.S., informei que estaria conversando com a Enfª. da área para retornar
como está o atendimento médico.
2/10/2007
28/09/07
Cid.
Tiradentes
U.B.S.F.
Gráficos
Adalgisa
Ana
Cristina
Santos
Via
E-mail
dos Ministério
da
Reclamação
Saúde/Ouv.
C.R.S.L.
Em 28/09/07, recebemos do Ministério da Saúde, através da Referência 15/07 de 25/09/07
da Ouvidoria da C.R.S.L. o E-mail da munícipe Ana Cristina dos Santos, onde realiza
reclamação de mal atendimento a sua mãe de 63 anos na unidade de saúde Gráficos no dia
11/09/07 às 08h00, pela funcionária da recepção, e também sobre falta de médicos. 0119/07
Solicita providências.
Solicitei a Enfª. Alzira informações sobre o atendimento médico e a mesma me
passou que há mais ou menos 1 mês foi contratado Dr. Pablo para a equipe e
está fazendo atendimentos normais, que a munícipe deve se dirigir até a
recepção da unidade de saúde com o cartão e marcar a consulta, se houver
alguma dificuldade, procurá-la.
Entrei em contato com munícipe e passei as informações de Alzira, munícipe
relata que esteve na unidade ontem (01/10) e marcou consulta com o médico
para 5ª.-Feira (04/10 às 10h40), orientei-a fazer todas as queixas ao médico e
aguardar conduta.
Munícipe agradeceu o contato e atenção, nos colocamos a disposição para as
eventuais necessidades.
Em 04/10, munícipe ligou para informar que passou em consulta com Dr. Pablo,
que a atendeu muito bem e fez várias solicitações de exames de sangue,
U.S.G. transvaginal e a encaminhou para o ginecologista/fertilização.
Pediu orientações se poderia fazer o U.S.G. pelo particular, informei que seria
de acordo com a s condições dela, mas que aguardasse a vaga de
G.O./Fertilização que terá que fazer tratamento e não vai ser urgente, terá que ter um pouco de paciência, m
Agradeceu
a
atenção.
Entrei em contato com a unidade de saúde, conversei com Adalgisa - Gerente, para apurar os
relatos da munícipe e verificar o que ocorreu na data informada.
Enviei e-mail a munícipe e aguardamos retorno, através do S.A.U. - 0800.
3/10/2007
Aguardando retorno da unidade e contato com a munícipe.
28/09/07
6
Quadro 2: Apresentação do local de procedência e freqüência das solicitações dos usuários do SAU, forma de acesso e análise
das resoluções dos atendimentos realizados no mês de setembro de 2007 na Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases
Apresentação do local de procedência e frequência das solicitações dos Usuários ao SAU, forma de acesso, e análise das resoluções dos atendimentos realizados no mês de setembro
de 2007 na micro-região Guaianases/Cidade Tiradentes.
Tipo de
equipamento da
atenção Básica
Unidade de
procedência da
solicitação feita
pelo usuário
Jd Vitória
Carlos Gentile
Frequência
das
solicitações
Data de sua
ocorrência
Nome do usuário
Forma de acesso ao
SAU
Tipo de Solicitação
Descrição das solicitação por assuntos (Agendamento da
UBS,Atendimento de funcionários, falta de especialistas médicos,
Organização das Unidades, Outros Municípios, Pedido de material
para uso domiciliar, Pedido APAC, Falta de médicos, Orientações
atendimento de urgências, vagas no CAPS, Orientações Gerais)
Situação atual das solicitações(resolvido, resolvido
com pendência, não resolvido)
Descrição das pendências
Organização da Unidade / Falta de médicos
Resolvido com pendência
Aguardando retorno da Unidade referente a contratação de
médicos e ampliação do espaço físico
03/09/07
Cicelina Francisca
Pessoalmente
Sugestão/Orient
ação
28/09/07
Cleidiane dos Santos Lima
Via fone 0800
Orientação
Orientações Gerais
Resolvido
06/09/07
Devanir Rodrigues
Via fone 0800
Reclamação
Atendimento de funcionários / organização da Unidade
Resolvido com pendência
11/09/07
Antonio Marques dos Santos
Via fone 0800
Reclamação
orientação
Orientações serviços de urgência / organização da
Unidade
Resolvido
13/09/07
Viviane Weber Vicente
Via Ouvidoria CRS
Reclamação
Leste
Atendimento de funcionários / organização da Unidade
Não resolvido
11/09/07
Émerson Pereira da Silva
Pessoalmente
Orientação
Orientações Gerais
Resolvido
12/09/07
Edemilde Conceição Tude
Via fone 0800
Reclamação
Orientação
Atendimento de funcionários
Resolvido
12/09/07
Sirlene Aguiar de Jesus
Via fone 0800
orientação
Orientações Gerais
Resolvido
14/09/07
Avelino Lindolfo Neto
Via fone 0800
Reclamação
Agendamentos da UBS
Resolvido com pendência
aguardando retorno da Unidade referente ao agendamento de
neurocirurgião
19/09/07
Tenilda Alves de Lima Souza
Pessoalmente
Orientação
Agendamentos da UBS
Resolvido com pendência
Aguardando retorno da Unidade referente à ordem na fila de
espera pelo agendamento de neuro
2
3
/
Aguardando retorno da Unidade referente à cobertura da área
pelo ACS.
Contato com munícipe sem sucesso, aguardando retorno da
Unidade
PSF
Inácio Monteiro
5
/
7
Apresentação do local de procedência e freqüência das solicitações dos Usuários ao SAU, forma de acesso e análise das
resoluções dos atendimentos realizados no mês de setembro de 2007 na microrregião Cidade Tiradentes/Guaianases, (continuação)
Quadro 2:
Apresentação do local de procedência e frequência das solicitações dos Usuários ao SAU, forma de acesso, e análise das resoluções dos atendimentos realizados no mês de setembro
de 2007 na micro-região Guaianases/Cidade Tiradentes.
Tipo de
equipamento da
atenção Básica
Descrição das solicitação por assuntos (Agendamento da
UBS,Atendimento de funcionários, falta de especialistas médicos,
Tipo de Solicitação Organização das Unidades, Outros Municípios, Pedido de material
para uso domiciliar, Pedido APAC, Falta de médicos, Orientações
atendimento de urgências, vagas no CAPS, Orientações Gerais)
Unidade de
procedência da
solicitação feita
pelo usuário
Frequência
das
solicitações
Data de sua
ocorrência
Nome do usuário
Gráficos
1
28/09/07
Ana Cristina dos Santos
Via Ouvidoria CRS
Reclamação
Leste
Profeta
Jeremias
1
28/09/07
Expedito Freitas
Via fone 0800
28/09/07
Forma de acesso ao
SAU
Situação atual das solicitações(resolvido, resolvido
com pendência, não resolvido)
Descrição das pendências
Atendimento de funcionário / falta de médicos
Resolvido com pendência
Aguardando retorno da Unidade
Reclamação
Atendimento de funcionário / organização da Unidade
Resolvido
Júlia Mel Gonçalves Rosenildes Via fone 0800
Reclamação
Atendimento de Funcionários
Resolvido
18/09/07
Susan Paula Cordeiro da Silva
Via fone 0800
Santos
Reclamação
Atendimento de funcionários
Resolvido
14/09/07
Pedro José dos Santos
Via fone 0800
Reclamação
Atendimento de funcionários / organização da unidade /
agendamento da Unidade
Resolvido com pendência
17/09/07
Sandra Menezes
Via fone 0800
Reclamação
Falta de médicos atendimento de funcionários
Resolvido
Atendimento de funcionário /
organização da Unidade
Resolvido com pendência
PSF
Barro Branco
Castro Alves
2
2
AMA
Fazenda do
Carmo
Aguardando relatório da Unidade e novo contato com
munícipe
1
26/09/07
Ronaldo
Palmeira
Ribeiro Via Ouvidoria Reclamaçã
CRS Leste
o
Aguardando conseguir contato com munícipe
e reorno da Unidade
8
Tabela 1: Apresentação do tipo de solicitações atendidas pelo SAU da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases no mês de
setembro de 2007.
Tipo de Atendimento
Reclamações
Elogio
Total
Sugestão / Orientação
Orientações
Reclamação c/
Orientação
Nº
%
Nº
%
Nº
%
Nº
%
Nº
%
20
67%
1
3%
5
17%
1
3%
3
10%
30
Gráfico 1 da Tabela 1 dos Atendimentos do SAU da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases no mês de setembro de 2007
70%
67%
60%
50%
40%
30%
17%
20%
10%
10%
3%
3%
0%
Tipo de Atendimento
Reclamações
Orientações
Sugestão / Orientação
Reclamação c/ Orientação
Elogio
9
Apresentação do consolidado percentual do acesso dos usuários ao SAU da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases
no mês de setembro de 2007.
Tabela 2:
Acesso ao Usuário
Ouvidoria CRSL
Nº
7
Gráfico 2 da Tabela
STS Tiradentes
%
23%
Nº
1
%
3%
Total
Pessoalmente
Nº
3
%
10%
0800
Nº
19
%
63%
30
2 dos Atendimentos do SAU da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases no mês de setembro de 2007.
63%
70%
60%
50%
40%
30%
20%
10%
0%
23%
10%
3%
3%
Tipo de Acesso do Usuário
Ouvidoria CRSL
STS Tiradentes
Pessoalmente
0800
Supervisão Técnica
10
Percentual das solicitações Resolvidas, resolvidas com pendências e não-resolvidas segundo atendimentos do SAU da
Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases no mês de setembro de 2007.
Tabela 3:
Equipamentos de Saúde
Atendimentos
Resolvidos
Resolvido c/ Pendência
Não Resolvido
Nº
%
Nº
%
Nº
%
Nº
%
PSF
24
80%
13
54%
10
42%
1
4%
AMA
6
20%
1
17%
5
83%
Total
30
100%
da Atenção Básica
Gráfico 3 da Tabela
3 das Resoluções do SAU da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases no mês de agosto de 2007.
30
25
24
20
15
13
10
10
6
5
5
1
1
0
PSF
Atendimentos
AMA
Resolvidos
Resolvido c/ Pendência
Não Resolvido
11
1.2 AÇÕES DE EDUCAÇÃO PERMANENTE DA MICRORREGIÃO DE CIDADE
TIRADENTES/GUAIANASES
No mês de setembro de 2007 foi realizada pela Equipe de Educação
Permanente uma capacitação para médicos, uma capacitação para enfermeiros
e uma capacitação para Agentes Comunitários de Saúde.
O tema abordado na capacitação dos médicos foi “Saúde da Mulher” e
foram capacitados 24 médicos em uma turma.
O tema abordado na capacitação dos enfermeiros foi “Medicina
Tradicional Chinesa, Terapia Ocupacional e Fisioterapia na Saúde da Mulher” e
foram capacitados 44 enfermeiros divididos em cinco turmas.
O tema abordado na capacitação dos Agentes Comunitários de Saúde foi
“Medicina Tradicional Chinesa e Saúde da Mulher” e foram capacitados 286
Agentes Comunitários de Saúde divididos em nove turmas.
Nos Quadros 3, 4 e 5 respectivamente, apresentamos a quantidade de
Médicos, Enfermeiros e Agentes Comunitários de Saúde capacitados por
Unidade.
12
Apresentação dos Médicos da Microrregião de Cidade Tiradentes/Guaianases,
por Unidade, capacitados em “Saúde da Mulher” em setembro de 2007.
Quadro 3:
Médicos Capacitados por UBS/PSF
COSMOPOLITA
1
1º DE OUTUBRO
1
CELSO DANIEL
2
COSMOPOLITA
1
DOM ANGELICO
1
FANGANIELO
1
FERROVIARIO
1
INACIO MONTEIRO
3
JD FANGANIELO
1
JD VITORIA
1
PROFETA JEREMIAS
2
BARRO BRANCO
0
CARLOS GENTILE
4
FANGANIELLO
1
GRAFICOS
1
JD FANGANIELO
1
PRESTES MAIA
1
SANTA LUZIA
1
TOTAL
24
Apresentação
dos
enfermeiros
da
Microrregião
de
Cidade
Tiradentes/Guaianases, por Unidade, capacitados em “Medicina Tradicional Chinesa,
Terapia Ocupacional e Fisioterapia na Saúde da Mulher” em setembro de 2007.
Quadro
4:
Enfermeiros Capacitados Por UBS/PSF
UBS
Funcionários
Gráficos
2
Jd. Soares
4
Celso Daniel
4
Cosmopolita
3
Dom Angélico
1
Inácio Monteiro
5
Jd. Vitória
2
1º de Outubro
2
Carlos Gentile
1
Profeta Jeremias
4
Fanganiello
4
Bandeirantes
1
Santa Luzia
5
Barro Branco
2
Prestes Maia
1
Ferroviários
3
São Carlos
1
44
total
13
Apresentação dos Agentes Comunitários de Saúde da Microrregião de Cidade
Tiradentes/Guaianases, por Unidade, capacitados em “Medicina Tradicional Chinesa na
Saúde da Mulher” em setembro de 2007.
Quadro 5:
ACS Capacitados por UBS/PSF
UBS
Funcionários
Gráficos
12
Jd. Soares
32
Celso Daniel
30
Cosmopolita
17
Dom Angélico
15
Inácio Monteiro
26
Jd. Vitória
9
1º de Outubro
15
Carlos Gentile
28
Profeta Jeremias
17
Fanganiello
22
Bandeirantes
8
Santa Luzia
17
Barro Branco
25
Ferroviários
13
total
286
14
1.3 COMISSÃO DE PRONTUÁRIO
Atividades da Comissão de Prontuários do mês de setembro 2007
A Comissão realizou visitas para caracterização documental dos prontuários e
diagnóstico situacional em relação a guarda,conservação e arquivamento dos mesmos,
seguindo um cronograma previamente elaborado e com agendamento junto às UBS.
As
atividades
instrumento/roteiro
do
cronograma
aludido
previam
a
aplicação
do
à UBS Barro Branco, à UBS Dom Angélico e à UBS Jardim
Vitória por duplas necessariamente formadas por profissional médico e profissional
enfermeiro; tendo estas analisado amostras pré-estabelecidas de 1%(um por cento) do
total de prontuários familiares de cada um dos serviços,e para tanto utilizaram-se
números definidos mediante sorteio entre zero e duzentos que se repetiram em cada
micro área.
De forma genérica, encontrou-se prontuários com situação de arquivamento
satisfatória, bem conservados, padronizados, razoavelmente estruturados e com
registros de informações que contemplam em parte as exigências dos conselhos de
classe (CRM/COREN).
Foram identificados alguns problemas que necessitaram de intervenção
imediata junto a gerência das Unidades, dentre os quais se pode exemplificar: exame
lacrado com data de um ano atrás sem verificação médica , ausência de KITS
de
visita domiciliar do ACS e relatórios de visita domiciliar desatualizados.
15
2. INDICADORES DE QUALIDADE
2.1 INDICADORES DE PRODUÇÃO PSF
Período – Analisado o período de 21 de agosto a 20 de setembro de 2007, perfazendo
um total de 30 dias, o que coincide com o período de “Mês Referência” para os fechamentos
dos sistemas no Ministério da Saúde. Tal período foi utilizado devido à facilidade na
obtenção dos dados já em processamento.
2.1.1 VOLUME DE ATIVIDADES REALIZADAS DURANTE O MÊS
Número de consultas realizadas pelo médico e enfermeiro – Obtidos do SIAB
Número de consultas médicas realizadas – Foi atingido 67,76% do valor pactuado
no Contrato de Gestão, havendo uma diminuição de 6,67% (1328 consultas) com
relação ao mês anterior, esta diminuição se explica pelo fato da diminuição do
número de profissionais médicos nas unidades por motivo de férias, embora as
unidades Jardim Bandeirantes (118,00%) e Primeiro de Outubro (123,88%) tenham
apresentado produção de consultas acima do pactuado;
Número de consultas enfermagem realizadas – Foi atingido 86,57% do valor
pactuado no Contrato de Gestão, havendo um aumento de 8,25% (787 consultas)
com relação ao mês anterior, considerando que o quadro de RH nesta categoria
apresenta pouca variação do número de profissionais, este aumento no quarto mês
consecutivo demonstra que a atuação da equipe técnica de acompanhamento na
supervisão “in loco” para readequação dos processos de trabalho na unidade obtido
bons resultados;
Número de visitas realizadas pelo ACS – obtidos pelo SIAB;
Número de visitas previstas – Foi atingido 95,18% do valor pactuado no Contrato
de Gestão, havendo uma diminuição de 1,64% (839 Visitas Domiciliares) com
relação ao mês anterior, esta diminuição se explica pelo fato da diminuição do
número de agentes comunitários nas unidades por motivo de férias, embora as
16
unidades Jardim Bandeirantes (106,26%), Jardim Soares (124,13%) e Dom
Angélico (149,75%) tenham apresentado produção de consultas acima do pactuado;
Número de Equipes – Obtido da composição existente para a unidade;
Volume de Atividade Realizadas por Mês na AMA –O número de consultas médicas
realizadas foi 79,00% acima do valor pactuado no Contrato de Gestão, neste mês
de referência houve aumento do número de consultas em 6,18% com relação ao
mês anterior, este aumento se deve ao fato da maior estabilidade dos
profissionais médicos no serviço.
2.2 ANÁLISE DA SITUAÇÃO VACINAL
A análise da situação vacinal neste mês foi realizada através da conferência do
arquivo de “fichas espelho” na sala de vacina, nas faixas etárias menores de 1 ano, de 1
a 4 anos e 5 a 14 anos de idade.
Foram analisadas um total de 27.732 “fichas espelho”, das quais 2.969 menores
de 1 ano, 10.002 de 1 a 4 anos e 14.761 de 5 a 14 anos. A Tabela 4 nos mostra que a
situação vacinal no momento da conferência das “fichas espelho” na faixa etária
menores de 1 ano com vacina em dia é de 89,5%, de 1 a 4 anos é de 80,0% e de 5 a 14
anos com vacina em dia temos 64,8%.
Os valores encontrados ainda estão abaixo do preconizado pelo MS, porém desde
o início desta gestão, este indicador vem aumentando gradativamente, conforme nos
mostra o gráfico 4 nas linhas de tendência de maio a setembro por faixa etária onde
podemos verificar que em maio deste ano os valores na faixa etária menores de 1 ano
era de 81,94% com vacina em dia, demonstrando melhora em 7,6%; na faixa etária de 1
a 4 anos era de 70,8% havendo uma melhora de 9,2%. Esta melhora se deve ao fato do
empenho das equipes na atualização de monitoramento da situação vacinal nestas
faixas etárias.
17
Tabela 4: Situação Vacinal das Crianças de 0 a 15 anos de vida na Microrregião de Cidade Tiradentes / Guaianases da OS Santa
Marcelina no mês de setembro de 2007
UNIDADE
Supervisão Prefeitura 28_Guaianases
3002926 UBS CELSO AUGUSTO DANIEL
3016935 UBS J BANDEIRANTES
2787385 UBS J FANGANIELLO
4050045 UBS J SOARES
2766019 UBS PRIMEIRO DE OUTUBRO
2788624 UBS STA LUZIA
2789310 UBS V COSMOPOLITA
Supervisão Prefeitura 31_Cidade Tiradentes
2786788 UBS BARRO BRANCO
4050347 UBS CARLOS GENTILE DE MELO
2786974 UBS DOM ANGELICO
2787059 UBS FERROVIARIOS
3121135 UBS GRAFICOS
2787954 UBS J VITORIA
2027305 UBS PROFETA JEREMIAS
3661600 UBS/AMA INACIO MONTEIRO
Total
UNIDADE
Supervisão Prefeitura 28_Guaianases
3002926 UBS CELSO AUGUSTO DANIEL
3016935 UBS J BANDEIRANTES
2787385 UBS J FANGANIELLO
4050045 UBS J SOARES
2766019 UBS PRIMEIRO DE OUTUBRO
2788624 UBS STA LUZIA
2789310 UBS V COSMOPOLITA
Supervisão Prefeitura 31_Cidade Tiradentes
2786788 UBS BARRO BRANCO
4050347 UBS CARLOS GENTILE DE MELO
2786974 UBS DOM ANGELICO
2787059 UBS FERROVIARIOS
3121135 UBS GRAFICOS
2787954 UBS J VITORIA
2027305 UBS PROFETA JEREMIAS
3661600 UBS/AMA INACIO MONTEIRO
Total
Fonte: Ficha Espelho na sala de vacinação
Total Carteiras
Analisadas Menores 1 ano
1893
324
138
232
669
215
185
130
1076
118
135
188
110
123
115
187
100
2969
Total Carteiras
Analisadas - 5 a
14 anos
11041
59
801
1554
5725
1824
941
137
3720
6
17
24
493
1823
867
474
16
14761
Vacina
em Dia
1657
252
120
179
659
177
160
110
1000
103
126
184
102
120
115
160
90
2657
Vacina
em Dia
6000
54
558
1180
2057
1376
695
80
3568
5
16
14
475
1790
791
464
13
9568
% Vacina em
Dia
87,5
77,8
87,0
77,2
98,5
82,3
86,5
84,6
92,9
87,3
93,3
97,9
92,7
97,6
100,0
85,6
90,0
89,5
% Vacina em
Dia
54,3
91,5
69,7
75,9
35,9
75,4
73,9
58,4
95,9
83,3
94,1
58,3
96,3
98,2
91,2
97,9
81,3
64,8
Vacina em
Atraso
236
72
18
53
10
38
25
20
76
15
9
4
8
3
0
27
10
312
Vacina em
Atraso
5041
5
243
374
3668
448
246
57
172
1
1
10
18
33
96
10
3
5213
Total Carteiras
% Vacina em
Analisadas - 1 a Vacina em Dia
Atraso
4 anos
12,5
22,2
13,0
22,8
1,5
17,7
13,5
15,4
7,1
12,7
6,7
2,1
7,3
2,4
0,0
14,4
10,0
10,5
% Vacina em
Atraso
45,7
8,5
30,3
24,1
64,1
24,6
26,1
41,6
4,6
16,7
5,9
41,7
3,7
1,8
11,1
2,1
18,8
35,3
6817
835
521
983
2623
662
950
243
3185
98
126
47
517
888
684
688
137
10002
5071
781
463
644
1800
570
672
141
2931
62
110
46
482
855
615
634
127
8002
Total Carteiras
Analisadas 0 a
14 anos
Vacina em Dia
19751
1218
1460
2769
9017
2701
2076
510
7981
222
278
259
1120
2834
1666
1349
253
27732
12728
1087
1141
2003
4516
2123
1527
331
7499
170
252
244
1059
2765
1521
1258
230
20227
% Vacina em
Dia
74,4
93,5
88,9
65,5
68,6
86,1
70,7
58,0
92,0
63,3
87,3
97,9
93,2
96,3
89,9
92,2
92,7
80,0
% Vacina em
Dia
64,4
89,2
78,2
72,3
50,1
78,6
73,6
64,9
94,0
76,6
90,6
94,2
94,6
97,6
91,3
93,3
90,9
72,9
Vacina em
Atraso
% Vacina em
Atraso
1746
54
58
339
823
92
278
102
254
36
16
1
35
33
69
54
10
2000
Vacina em
Atraso
25,6
6,5
11,1
34,5
31,4
13,9
29,3
42,0
8,0
36,7
12,7
2,1
6,8
3,7
10,1
7,8
7,3
20,0
% Vacina em
Atraso
7023
131
319
766
4501
578
549
179
502
52
26
15
61
69
165
91
23
7525
35,6
10,8
21,8
27,7
49,9
21,4
26,4
35,1
6,3
23,4
9,4
5,8
5,4
2,4
9,9
6,7
9,1
27,1
18
Gráfico 4: Evolução da situação vacinal das crianças de 0 a 14 anos de vida na Microrregião de Tiradentes e Guaianases da OS Santa
Marcelina nos meses de maio a setembro/07
100,0
89,5
90,0
84,8
81,9
86,1
81,5
82,7
80,0
78,0
76,8
82,7
80,0
77,0
75,4
70,0
70,8
65,8
64,8
60,0
Gráfico 5: Calendário Vacinal completo de crianças de 1 a 15 anos de idade
50,0
maio
junho
% Vacina em Dia em menores de 1 ano
Linha de tendência (de 5 a 14 anos)
julho
% Vacina em Dia de 1 a 4 anos
Linha de tendência (de 1 a 4 anos)
agosto
setembro
% Vacina em Dia de 5 a 14 anos
Linha de tendência (menores 1 ano)
.
19
3. INDICADORES DE QUALIDADE - AMA
Foram analisadas 2684 fichas de atendimento realizados nas 3 AMA da região da OS
Santa Marcelina Cidade Tiradentes e Guaianases e concluímos que ;
Das fichas analisadas 972 eram da AMA Fazenda do Carmo e constatando-se
em relação a qualidade dos registros administrativos ,que estes se mantém em
100% .
Quanto aos registros da área técnica, no entanto apesar de ter havido melhora
significativa do preenchimento do item orientações gerais (aumento de 11%),os
demais itens estabilizaram seus percentuais nos níveis do mês de Agosto.
Do total de fichas è importante ressaltar que 557 apresentavam registro de
encaminhamento às UBS, um índice bem maior que o registrado anteriormente,
representando 67% do total analisado.
Quanto a quantidade de fichas não totalmente preenchidas houve redução de
84,22 % em Agosto para, 78,09% em Setembro, o que demonstra tendência de
melhor preenchimento por parte do técnicos.
Nas AMA Castro Alves e Etelvina foi iniciado o processo de informatização em
Setembro, e já se pode observar importante melhora no preenchimento das
informações administrativas e médicas ,fruto do monitoramento que estamos
mantendo com as Gerências destas Unidades .
20
Indicadores de Acompanhamento e Avaliação do Contrato de Gestão da OS Santa Marcelina na Microrregião de Cidade
Tiradentes/Guaianases em setembro de 2007.
Tabela 5:
UNIDADE
Supervisão Prefeitura 28_Guaianases **************
3002926 UBS CELSO AUGUSTO DANIEL
3016935 UBS J BANDEIRANTES
2787385 UBS J FANGANIELLO
4050045 UBS J SOARES
2766019 UBS PRIMEIRO DE OUTUBRO
2788624 UBS STA LUZIA
2789310 UBS V COSMOPOLITA
Supervisão Prefeitura 31_Cidade Tiradentes *******
2786788 UBS BARRO BRANCO
4050347 UBS CARLOS GENTILE DE MELO
2786974 UBS DOM ANGELICO
2787059 UBS FERROVIARIOS
3121135 UBS GRAFICOS
2787954 UBS J VITORIA
2027305 UBS PROFETA JEREMIAS
3661600 UBS/AMA INACIO MONTEIRO
Total
% Realiz X Consulta
Pacto
Méd
82,81%
7838
58,67%
1150
118,00%
767
91,47%
1491
83,98%
1646
123,88%
1214
62,07%
810
77,55%
760
54,12%
5650
44,36%
723
52,14%
1022
64,59%
633
73,78%
723
86,94%
852
29,38%
191
22,54%
293
61,89%
1213
67,76%
13488
Prev pelo
Prev pelo %VD ACS X
% Cons. X prev
Cons Enf
Vd ACS
Prev - Pacto
(Enf) - Pacto
Pacto
Pacto
9465
82,53
3747
4540
98,54
24867
1960
89,68
843
940
94,61
4929
650
66,35
209
315
106,26
1732
1630
79,87
623
780
97,10
3952
1960
103,72
975
940
124,13
7274
980
71,49
336
470
100,82
2460
1305
59,68
373
625
72,63
2364
980
82,55
388
470
77,83
2156
10440
90,22
4520
5010
91,92
23929
1630
65,90
514
780
85,44
3475
1960
83,51
785
940
90,72
4427
980
115,11
541
470
149,75
3654
980
130,43
613
470
92,99
2269
980
121,28
570
470
80,12
1955
650
100,63
317
315
96,75
1577
1300
102,24
639
625
89,65
2918
1960
57,55
541
940
74,88
3654
19905
86,57
8267
9550
95,18
48796
Prev pelo
Pacto
25235
5210
1630
4070
5860
2440
3255
2770
26032
4067
4880
2440
2440
2440
1630
3255
4880
51267
Equ
Unid
29
6
2
5
6
3
4
3
32
5
6
3
3
3
2
4
6
61
21
4. Indicadores Gerais de Acompanhamento – Consolidado
Sistema de Avaliação e Acompanhamento de Serviços de Saúde
Contrato
Contratada
Unidade
: Contrato de Gestão Microrregião Cidade Tiradentes/Guaianases
: Casa de Saúde Santa Marcelina
: Consolidação do Contrato
Período: 01/09/2007 a
30/09/2007
Indicadores Gerais de Acompanhamento e Avaliação da Gestão
Comissão de Prontuário
Apresentação de relatório das reuniões da comissão de
Serviço de Atendimento ao Usuário
Apresentação do relatório de atividades do
Indicadores de Produção
Produção PSF
Número de consultas PSF (médico) realizadas no
Número de consultas PSF (médico) previstas no
Número de consultas PSF (enfermeiro) realizadas no
Número de consultas PSF (enfermeiro) previstas no
Número de visitas dos agentes comunitários de saúde realizadas no
Número de visitas dos agentes comunitários de saúde previstas no
Número de equipes PSF da
Número de equipes PACS da
13488
19905
8267
9550
48796
51267
61
0
Produção PSF
Número de consultas (médico) realizadas menos consultas previstas no
Porcentagem da diferença entre as consultas (médico) realizadas menos previstas no período
Número de consultas (enfermeiro) realizadas menos consultas previstas no
Porcentagem da diferença entre as consultas (enfermeiro) realizadas menos previstas no período
Número de visitas dos agentes comunitários de saúde realizadas menos consultas previstas no
Porcentagem da diferença entre as visitas dos ACS realizadas menos previstas no período
-6417
-32,24
-1283
-13,43
-2471
-4,82
Produção AMA
Número de consultas AMA (médico) realizadas no
Número de consultas AMA (médico) previstas no
24161
13500
Produção AMA
Número de consultas AMA (médico) realizadas menos consultas previstas no
0
Indicadores de Qualidade
Preenchimento das Fichas de Atendimento
Apresentação de relatório com análise de preenchimento das Fichas de
Número de Fichas de Atendimento AMA analisadas na amostra (pesquisa de preenchimento
Número de Fichas de Atendimento AMA com atendimento completo na
Porcentual de Fichas de Atendimento AMA
2954
1270
0
Notificação da Unidade de Abrangência
Apresentação de relatório de notificação das unidades de
Número de Fichas de Atendimento AMA analisadas na amostra (pesquisa Notificação UBS
Número de Fichas de Atendimento AMA com notificação à UBS de abrangência na
Porcentagem de Fichas de Atendimento AMA com notificação à UBS de
_____/______/______
Data
2954
128
_______________________________________
Assinatura e Carimbo
22
4.1 – Indicadores Gerais PSF
Núcleo Técnico de Contratação de Serviços de Saúde
Sistema de Avaliação e Acompanhamento de Serviços de Saúde
ContratoContrato
ContratadaContratada
:
:Contrato de Gestão Microrregião Cidade Tiradentes/Guaianases
:Casa de Saúde Santa Marcelina
Grupo:Grupo: Indicadores de Produção
Objetivo:Objetivo:
Indicadores de Produção
Produção PSF
Produção
Realizada
Unidade de Saúde
Visita
ACS
UBS Barro Branco
UBS Carlos Gentile de Melo
UBS Dom Angélico
UBS Ferroviários
UBS Gráficos
UBS Inácio Monteiro
UBS Jardim Bandeirantes
UBS Jardim Fanganiello
UBS Jardim Soares
UBS Jardim Vitória
UBS Prefeito Celso Augusto Daniel
UBS Primeiro de Outubro
UBS Profeta Jeremias
UBS Santa Luzia
UBS Vila Cosmopolita
Soma do período
Produção PSF Período
Produção Prevista
Consulta Consulta
Enferm. Médicos
Visita
ACS
Consulta Consulta
Enferm. Médicos
Setembro
Ano:
2007
% Produção Realizada /
Produção Prevista
Visita
ACS
Consulta Consulta
Enferm. Médicos
3.475
4.427
3.654
2.269
1.955
3.654
1.732
3.952
7.274
1.577
4.929
2.460
2.918
2.364
2.156
514
785
541
613
570
541
209
623
975
317
843
336
639
373
388
723
1.022
633
723
852
1.213
767
1.491
1.646
191
1.150
1.214
293
810
760
4.067
4.880
2.440
2.440
2.440
4.880
1.630
4.070
5.860
1.630
5.210
2.440
3.255
3.255
2.770
780
940
470
470
470
940
315
780
940
315
940
470
625
625
470
1.630
1.960
980
980
980
1.960
650
1.630
1.960
650
1.960
980
1.300
1.305
980
85,4
90,7
149,8
93,0
80,1
74,9
106,3
97,1
124,1
96,7
94,6
100,8
89,6
72,6
77,8
65,9
83,5
115,1
130,4
121,3
57,6
66,3
79,9
103,7
100,6
89,7
71,5
102,2
59,7
82,6
44,4
52,1
64,6
73,8
86,9
61,9
118,0
91,5
84,0
29,4
58,7
123,9
22,5
62,1
77,6
48.796
8.267
13.488
51.267
9.550
19.905
95,2
86,6
67,8
Fonte: Contratada e NTCSS
Emitido em:
09-out-07
23
4.2 – Indicadores Gerais AMA
Secretaria Municipal de Saúde - SMS
Núcleo Técnico de Contratação de Serviços de Saúde
Sistema de Avaliação e Acompanhamento de Serviços de Saúde
Contrato : Contrato de Gestão Microrregião Cidade Tiradentes/Guaianases
Contratada : Casa de Saúde Santa Marcelina
Grupo:Grupo: Indicadores de Produção Indicadores de Produção
Objetivo:Objetivo:Produção AMA
Unidade de Saúde
Período SetembroAno: 2007
Produção
Realizada
Produção Prevista
(%) Produção
Realizada / Prevista
UBS/AMA Castro Alves
7.559
4.500
168,0
UBS/AMA Fazenda do Carmo
8.532
4.500
189,6
UBS/AMA Jardim Etelvina
8.070
4.500
179,3
24.161
13.500
179,0
Soma do período:
Fonte: Contratada / NTCSS
Emitido em: 09-out-07
24

Documentos relacionados