Sem t.tulo-3 - Esclerose Múltipla

Сomentários

Transcrição

Sem t.tulo-3 - Esclerose Múltipla
Ação Schering
Seringa pré-carregada facilita o
dia-a-dia do portador de EM
Ano 2 • No 6 • junho/julho/agosto 2004
Por meio do Programa de Atendimento Personalizado Betaferon®,
pacientes recebem orientação sobre a melhor maneira de utilização da nova seringa.
Disponível para o mercado brasileiro
cado em dias alternados, na região sub-
procedimento, o Serviço de Atendimen-
desde o mês de maio, a nova seringa
cutânea do paciente. Além da maior co-
to Personalizado Betaferon® está
pré-carregada de Betaferon® é a mais
modidade que oferece, a seringa
disponibilizando a todos os pacientes
recente inovação da Schering do
pré-carregada contém uma nova
cadastrados no SAC uma
Brasil, que sempre está atenta a
substância
carta da companhia
contribuir para uma melhor qualida-
Canal Aberto
de de vida dos portadores de
kit usuário com fita de vídeo, livreto
Esclerose Múltipla.
responsável em
explicativo e calendário de aplicações,
Eliminando uma
manter a estabilidade do medi-
totalmente reformulado. Além disso, os
etapa da prepa-
camento até 25ºC de temperatura. Para
pacientes estão sendo orientados pe-
ração do medicamento, a nova seringa
explicar o preparo do medicamento com
las enfermeiras domiciliares. Ao conhe-
visa facilitar a administração do
a seringa pré-carregada, bem como sa-
cer melhor a Esclerose Múltipla e apren-
Interferon Beta-1b, que deve ser apli-
nar quaisquer dúvidas sobre o novo
der a se automedicar, o portador tornase independente e mais confiante.
Existente também nos países europeus,
Feito para você
a seringa pré-carregada garante a mes-
Queremos registrar nosso agradecimento a todos os que entram em contato
1b, agora com mais comodidade para o
conosco para esclarecer dúvidas, fazer sugestões e elogiar nosso trabalho. Ele
se aprimora continuamente a cada manifestação de reconhecimento à impor-
ma eficácia clínica do Interferon Beta-
paciente. Ao trazê-la para o País, a
tância de ações, como as visitas domiciliares e as dicas do informativo Estar
Schering do Brasil reforça, mais uma vez,
Bem. Estaremos sempre à disposição, atentos e motivados.
o interesse em aperfeiçoar seus medica-
Por isso, continue em contato através do e-mail [email protected]
ou do telefone 0800 770 0605.
mentos e facilitar a vida dos pacientes
portadores de Esclerose Múltipla.
Estar Bem é uma publicação trimestral produzida pela Schering do Brasil e distribuída aos médicos e pacientes que utilizam Interferon 1-b • Coordenação: Carolina Boggio Felsberg
• e-mail: [email protected] • Tel.: (11) 5186-3342 • Site: www.schering.com.br • Edição, impressão e web solution: kavallet.com.br • e-mail: [email protected]
• Publisher e Jornalista Responsável: Roberto Conrado (33.882) • Fotos: acervo Kavallet e divulgação. Registro Betaferon® MS 1.0020.0080 - vendas sob prescrição médica
UIII MAI 2004/098/BR
Estar Bem Responde
Atendimento
preciso e atencioso
Qualidade de
vida sempre
A dona-de-casa Elizabeth Alves Silva comenta a importância do
serviço de enfermagem domiciliar gratuito da Schering.
Muitas pesquisas continuam sendo realizadas para oferecer novos e melhores
tratamentos aos portadores de Esclerose
Múltipla. No mês de maio, a Schering do
Brasil, a fim de trazer mais qualidade de
vida para as pessoas com EM, lançou a
nova seringa pré-carregada de Betaferon® (leia mais na página 4), que tem
por finalidade facilitar a administração
do medicamento, eliminando uma etapa de sua preparação.
Para explicar quaisquer dúvidas sobre o
novo procedimento do Interferon Beta1b, o Serviço de Atendimento Personalizado Betaferon® (APB) disponibilizou a todos os pacientes cadastrados no SAC um
novo kit usuário e carta abordando a novidade. E por falar em SAC, conheça também, nesta edição, o dia-a-dia dos profissionais do Serviço de Atendimento ao
Consumidor da Schering do Brasil, bem
como outras associações de portadores
de EM do sudeste do País.
Já a seção Canal Aberto, traz o depoimento da dona-de-casa Elizabeth Alves
Silva que, por meio do serviço de enfermagem domiciliar gratuito da Schering,
eliminou suas dúvidas e, hoje, vive
com mais tranqüilidade. Certamente,
conviver com EM representa um desafio
que pode ser enfrentado. O principal é
manter-se em boas condições, tanto físicas quanto psíquicas. É o que você poderá conferir na entrevista que realizamos com psicólogo Marcos Antonio Barg,
especialista em Psicologia Hospitalar
que trabalha no Departamento de Neurologia da UNICAMP.
Boa leitura!
Estar Bem – Quando descobriu que era portadora de Esclerose Múltipla?
Elizabeth – Os surtos começaram no final de 97, quando passei a sentir formigamentos na mão esquerda. Na época,
trabalhava como secretária e imaginei ser
tendinite. Procurei um ortopedista que
diagnosticou síndrome do túnel do carpo,
o que me obrigou a fazer a cirurgia corretiva. Durante a fisioterapia pós-cirúrgica, o quadro agravou-se e o formigamento espalhou-se por todo o lado esquerdo. Em agosto de 98, devido a um
forte surto, procurei um pronto-socorro. Fiquei dez dias internada para exames até que finalmente tive o diagnóstico correto de EM.
(abordando a novidade) e o novo
Bem-Vindo
Estar Bem – Iniciou o tratamento assim que
soube ser portadora?
Elizabeth – Sim, porém os primeiros medicamentos que tomei foram à base de
cortisona, provocando diversos efeitos
colaterais. Eles também não continham
os surtos, levando-me à internação cinco ou seis vezes. Há cerca de um ano
e meio, comecei a usar o Interferon
Beta-1b e voltei a viver melhor, com mais
tranqüilidade. Não tenho surtos há
um ano.
Estar Bem – E como conheceu o serviço de enfermagem domiciliar gratuito da Schering?
Elizabeth – Recebi a indicação por meio
da Secretaria da Saúde. Como eu
temia errar a aplicação, não fazia o
rodízio. Aplicava somente nas pernas,
o que me causava fortes dores.
Além de um atendimento atencioso, recebi da enfermeira domiciliar orientações precisas sobre manuseio e aplicação do produto, bem como sobre os sintomas da EM. Sentia fadiga e nunca
havia comunicado ao médico. Soube
por ele que existia medicação específica para aliviar esse sintoma. Estou tão
satisfeita que, sempre que tenho oportunidade, indico o serviço a outros
portadores com os quais me comunico
pela internet.
Estar Bem – Qual é a sua mensagem para
os portadores de EM?
Elizabeth – Que tenham fé em Deus e
mantenham uma vida saudável, pois estas atitudes contribuirão para nossa
cura, quando ela for descoberta.
Jaime Scott
Gerente de Unidade de Negócios
Você Sabia?
Aplicação de
Interferon
Beta-1b
Karla Leal Lemos, coordenadora
de enfermagem da Schering,
dá continuidade às dicas de
cuidados na aplicação
Na última edição, abordamos os proce-
Conquista
Atendimento
Ajudando a manter sua
qualidade de vida
Associações
Conheça o dia-a-dia dos
profissionais do SAC
Para explicar o trabalho realizado pelo Departamento de
Neurologia da UNICAMP com os portadores de Esclerose Múltipla,
Estar Bem entrevistou o psicólogo Marcos Antonio Barg, mestre em
Psicologia Clínica e especialista em Psicologia Hospitalar,
que trabalha há 17 anos na instituição.
Associações
de Portadores
de Esclerose
Múltipla:
Espírito Santo - Capital
ACAPEM: Associação Capixaba
de Portadores de
Estar Bem - O Departamento de Neurolo-
Estar Bem - Como é realizado o atendimen-
dimentos básicos. Porém, a aplicação de
gia da Unicamp possui uma equipe
to psicológico ao portador?
Interferon Beta - 1b requer cuidados es-
multidisciplinar exclusiva para atender os
Marco - Após receber o diagnóstico do
portadores de EM. Explique como funciona
neurologista, o interessado é encami-
o ambulatório.
nhado para entrevista com o psicólogo,
Marcos - O ambulatório de EM, confor-
cujos aspectos do tratamento são dis-
fundamental que o paciente atente
me os critérios de atuação dos Centros
cutidos. O paciente pode ser encaminha-
Os colaboradores do Serviço de Atendi-
Betaferon®, ao qual fornecerá seu nome
Portadores de Esclerose Múltipla
também para os detalhes, como obser-
de Referência para Diagnóstico e Trata-
do para atendimento semanal ou quin-
mento ao Consumidor da Schering do
ou código na Schering. Após o primeiro
Tel. ( 31 ) 3271-9580
var a data de validade, não agitar o pro-
mento de Esclerose Múltipla conta, des-
zenal. Para receber a assistência psico-
Brasil têm entre suas inúmeras atribui-
contato, o portador recebe um cartão de
[email protected]
de o ano passado, com uma equipe de
lógica, ou obter mais informações, deve-
ções fornecer informações sobre
identificação e kits especiais Betaferon®.
neurologistas, psicólogo, assistente so-
se ligar para o Ambulatório de Neurolo-
Esclerose Múltipla e o tratamento com o
Ao se cadastrar, passa a receber também
cial e fisioterapeuta, todos com vasta
gia do Hospital das Clínicas – Unicamp,
Interferon Beta-1b, montar e enviar kits
dicas importantes sobre EM", explica Mô-
gelada. Para evitar a vermelhidão pós-
experiência no atendimento de pacien-
de segunda a sexta-feira, das 8h00 às
para os usuários do medicamento,
nica Espinosa, analista de Atendimen-
aplicação, recomenda-se o uso de gelo
tes portadores de condições crônicas.
17h30, e falar com os doutores Benito
agendar visitas dos profissionais do ser-
to Personalizado Betaferon®. "Além das
cinco minutos antes e depois. Cuida-
A equipe atua na assistência e orienta-
Damasceno ou Tânia Marchiori. O tele-
viço de enfermagem domiciliar gratuito
orientações, os pacientes encontram
ção dos pacientes e familiares. Além dis-
fone é (0xx19) 3788.7754.
da Schering em várias das principais
aqui apoio psicológico e a oportunidade
peciais, não é mesmo?
Enf. Karla – Sim. Ao aplicar o produto, é
duto, esperar a pele secar antes da aplicação e não utilizar a medicação muito
dos redobrados também devem ser to-
so, incentiva e acompanha a formação
Esclerose Múltipla
Tel. ( 27 ) 8805-1530 / 3347-4656
Minas Gerais - Capital
Mônica e Luiz Fernando, do APB
ASAPEM - Associação de Apoio aos
Minas Gerais - Interior
AAPEM: Associação de Apoio aos
Portadores de EM (Juiz de Fora)
Tel. ( 32 ) 3236-5206
[email protected]
cidades brasileiras, responder e-mails
de refletir", completa Luiz Fernando Jus-
de novos grupos de pacientes nas cida-
Estar Bem - Como o tratamento psicológi-
e participar dos eventos relacionados
to, estagiário do APB.
do, lembrando que agulhas e seringas
des da região como Sumaré, Jundiaí e
co pode auxiliar o paciente a "transformar
ao tema.
Segundo Mônica, os serviços oferecidos
Esclerose Múltipla (Uberlândia)
devem ser desprezadas e colocadas
Várzea Paulista.
sua convivência com a doença"?
Operando das 7h45 às 17 horas, de se-
pelo departamento se refletem positi-
Marcos - A psicoterapia pode auxiliá-lo a
Tel. ( 34 ) 3219-6131
gunda a sexta-feira, o SAC é constituído
vamente na vida do portador de EM.
mobilizar recursos internos, que o aju-
por 20 profissionais, sendo dois específi-
Há, por exemplo, o caso de uma pa-
dem a entrar em contato com os seus
cos para o Atendimento Personalizado
ciente que utilizava o medicamento in-
para crianças e animais e não o deixe
limites e com as limitações impostas pela
Betaferon® (APB). Formados em psicolo-
corretamente há três anos. “Após en-
muito cheio. Assim que chegar à linha
EM. O paciente pode precisar de ajuda
gia, esses profissionais contam com o
trar em contato conosco, recebeu a vi-
Tel. ( 33 ) 3221-1955
limite, feche e encaminhe ao hospital
para desenvolver capacidades como to-
apoio de uma ampla equipe multidisci-
sita da enfermeira, que a orientou
[email protected]
lerância, flexibilidade e se permitir apren-
plinar, composta por administradores de
quanto à correta aplicação do
der com a experiência. É importante que
empresa, farmacêuticos, enfermeiros
Interferon Beta-1b. Durante esses dois
Rio de Janeiro - Capital
o tratamento seja visto como um meio
e neurologistas.
anos de contato com os pacientes, tam-
lo. E nunca se esqueça: pensamentos
que irá ajudá-lo no percurso da vida. Al-
AFUAPEM: Associação Força e União
Atendendo, em média, 580 ligações men-
bém aprendi muito sobre o valor da vida
positivos e atitudes positivas!
guns transformam suas dificuldades em
sais, o departamento realiza treinamen-
e do relacionamento humano”, finali-
barreiras intransponíveis, outros, cons-
tos e reuniões freqüentemente, a fim de
za Mônica.
troem pontes e se permitem criar opor-
aperfeiçoar a qualidade de seus serviços.
tunidades de crescimento pessoal, e per-
"O paciente entra em contato com o SAC
gunda a sexta-feira, ou mandar e-mail
cebem que não existe apenas uma ma-
por meio do 0800 e digita a tecla 5. Em
para [email protected]
neira de ser feliz.
seguida, é encaminhado para o serviço
mados ao descartar o material utiliza-
no coletor para materias perfurocortantes. Mantenha-o inacessível
ou centro de saúde mais próximo, tendo o máximo cuidado para transportá-
Se precisar, basta ligar para 0800
770 0605, das 7h45 às 17h00, de se-
A P B B E TA F E R O N ®
0800 7700605
ASTEM: Associação Triangulina de
GAPEM: Grupo de Apoio aos Portadores de EM (Governador Valadares)
dos Amigos e Portadores de EM
Tel. ( 21 ) 2208-1585
APEM: Associação de Portadores de
Esclerose Múltipla
Tel. ( 21 ) 9635-5663
Você Sabia?
Aplicação de
Interferon
Beta-1b
Karla Leal Lemos, coordenadora
de enfermagem da Schering,
dá continuidade às dicas de
cuidados na aplicação
Na última edição, abordamos os proce-
Conquista
Atendimento
Ajudando a manter sua
qualidade de vida
Associações
Conheça o dia-a-dia dos
profissionais do SAC
Para explicar o trabalho realizado pelo Departamento de
Neurologia da UNICAMP com os portadores de Esclerose Múltipla,
Estar Bem entrevistou o psicólogo Marcos Antonio Barg, mestre em
Psicologia Clínica e especialista em Psicologia Hospitalar,
que trabalha há 17 anos na instituição.
Associações
de Portadores
de Esclerose
Múltipla:
Espírito Santo - Capital
ACAPEM: Associação Capixaba
de Portadores de
Estar Bem - O Departamento de Neurolo-
Estar Bem - Como é realizado o atendimen-
dimentos básicos. Porém, a aplicação de
gia da Unicamp possui uma equipe
to psicológico ao portador?
Interferon Beta - 1b requer cuidados es-
multidisciplinar exclusiva para atender os
Marco - Após receber o diagnóstico do
portadores de EM. Explique como funciona
neurologista, o interessado é encami-
o ambulatório.
nhado para entrevista com o psicólogo,
Marcos - O ambulatório de EM, confor-
cujos aspectos do tratamento são dis-
fundamental que o paciente atente
me os critérios de atuação dos Centros
cutidos. O paciente pode ser encaminha-
Os colaboradores do Serviço de Atendi-
Betaferon®, ao qual fornecerá seu nome
Portadores de Esclerose Múltipla
também para os detalhes, como obser-
de Referência para Diagnóstico e Trata-
do para atendimento semanal ou quin-
mento ao Consumidor da Schering do
ou código na Schering. Após o primeiro
Tel. ( 31 ) 3271-9580
var a data de validade, não agitar o pro-
mento de Esclerose Múltipla conta, des-
zenal. Para receber a assistência psico-
Brasil têm entre suas inúmeras atribui-
contato, o portador recebe um cartão de
[email protected]
de o ano passado, com uma equipe de
lógica, ou obter mais informações, deve-
ções fornecer informações sobre
identificação e kits especiais Betaferon®.
neurologistas, psicólogo, assistente so-
se ligar para o Ambulatório de Neurolo-
Esclerose Múltipla e o tratamento com o
Ao se cadastrar, passa a receber também
cial e fisioterapeuta, todos com vasta
gia do Hospital das Clínicas – Unicamp,
Interferon Beta-1b, montar e enviar kits
dicas importantes sobre EM", explica Mô-
gelada. Para evitar a vermelhidão pós-
experiência no atendimento de pacien-
de segunda a sexta-feira, das 8h00 às
para os usuários do medicamento,
nica Espinosa, analista de Atendimen-
aplicação, recomenda-se o uso de gelo
tes portadores de condições crônicas.
17h30, e falar com os doutores Benito
agendar visitas dos profissionais do ser-
to Personalizado Betaferon®. "Além das
cinco minutos antes e depois. Cuida-
A equipe atua na assistência e orienta-
Damasceno ou Tânia Marchiori. O tele-
viço de enfermagem domiciliar gratuito
orientações, os pacientes encontram
ção dos pacientes e familiares. Além dis-
fone é (0xx19) 3788.7754.
da Schering em várias das principais
aqui apoio psicológico e a oportunidade
peciais, não é mesmo?
Enf. Karla – Sim. Ao aplicar o produto, é
duto, esperar a pele secar antes da aplicação e não utilizar a medicação muito
dos redobrados também devem ser to-
so, incentiva e acompanha a formação
Esclerose Múltipla
Tel. ( 27 ) 8805-1530 / 3347-4656
Minas Gerais - Capital
Mônica e Luiz Fernando, do APB
ASAPEM - Associação de Apoio aos
Minas Gerais - Interior
AAPEM: Associação de Apoio aos
Portadores de EM (Juiz de Fora)
Tel. ( 32 ) 3236-5206
[email protected]
cidades brasileiras, responder e-mails
de refletir", completa Luiz Fernando Jus-
de novos grupos de pacientes nas cida-
Estar Bem - Como o tratamento psicológi-
e participar dos eventos relacionados
to, estagiário do APB.
do, lembrando que agulhas e seringas
des da região como Sumaré, Jundiaí e
co pode auxiliar o paciente a "transformar
ao tema.
Segundo Mônica, os serviços oferecidos
Esclerose Múltipla (Uberlândia)
devem ser desprezadas e colocadas
Várzea Paulista.
sua convivência com a doença"?
Operando das 7h45 às 17 horas, de se-
pelo departamento se refletem positi-
Marcos - A psicoterapia pode auxiliá-lo a
Tel. ( 34 ) 3219-6131
gunda a sexta-feira, o SAC é constituído
vamente na vida do portador de EM.
mobilizar recursos internos, que o aju-
por 20 profissionais, sendo dois específi-
Há, por exemplo, o caso de uma pa-
dem a entrar em contato com os seus
cos para o Atendimento Personalizado
ciente que utilizava o medicamento in-
para crianças e animais e não o deixe
limites e com as limitações impostas pela
Betaferon® (APB). Formados em psicolo-
corretamente há três anos. “Após en-
muito cheio. Assim que chegar à linha
EM. O paciente pode precisar de ajuda
gia, esses profissionais contam com o
trar em contato conosco, recebeu a vi-
Tel. ( 33 ) 3221-1955
limite, feche e encaminhe ao hospital
para desenvolver capacidades como to-
apoio de uma ampla equipe multidisci-
sita da enfermeira, que a orientou
[email protected]
lerância, flexibilidade e se permitir apren-
plinar, composta por administradores de
quanto à correta aplicação do
der com a experiência. É importante que
empresa, farmacêuticos, enfermeiros
Interferon Beta-1b. Durante esses dois
Rio de Janeiro - Capital
o tratamento seja visto como um meio
e neurologistas.
anos de contato com os pacientes, tam-
lo. E nunca se esqueça: pensamentos
que irá ajudá-lo no percurso da vida. Al-
AFUAPEM: Associação Força e União
Atendendo, em média, 580 ligações men-
bém aprendi muito sobre o valor da vida
positivos e atitudes positivas!
guns transformam suas dificuldades em
sais, o departamento realiza treinamen-
e do relacionamento humano”, finali-
barreiras intransponíveis, outros, cons-
tos e reuniões freqüentemente, a fim de
za Mônica.
troem pontes e se permitem criar opor-
aperfeiçoar a qualidade de seus serviços.
tunidades de crescimento pessoal, e per-
"O paciente entra em contato com o SAC
gunda a sexta-feira, ou mandar e-mail
cebem que não existe apenas uma ma-
por meio do 0800 e digita a tecla 5. Em
para [email protected]
neira de ser feliz.
seguida, é encaminhado para o serviço
mados ao descartar o material utiliza-
no coletor para materias perfurocortantes. Mantenha-o inacessível
ou centro de saúde mais próximo, tendo o máximo cuidado para transportá-
Se precisar, basta ligar para 0800
770 0605, das 7h45 às 17h00, de se-
A P B B E TA F E R O N ®
0800 7700605
ASTEM: Associação Triangulina de
GAPEM: Grupo de Apoio aos Portadores de EM (Governador Valadares)
dos Amigos e Portadores de EM
Tel. ( 21 ) 2208-1585
APEM: Associação de Portadores de
Esclerose Múltipla
Tel. ( 21 ) 9635-5663
Ação Schering
Seringa pré-carregada facilita o
dia-a-dia do portador de EM
Ano 2 • No 6 • junho/julho/agosto 2004
Por meio do Programa de Atendimento Personalizado Betaferon®,
pacientes recebem orientação sobre a melhor maneira de utilização da nova seringa.
Disponível para o mercado brasileiro
cado em dias alternados, na região sub-
procedimento, o Serviço de Atendimen-
desde o mês de maio, a nova seringa
cutânea do paciente. Além da maior co-
to Personalizado Betaferon® está
pré-carregada de Betaferon® é a mais
modidade que oferece, a seringa
disponibilizando a todos os pacientes
recente inovação da Schering do
pré-carregada contém uma nova
cadastrados no SAC uma
Brasil, que sempre está atenta a
substância
carta da companhia
contribuir para uma melhor qualida-
Canal Aberto
de de vida dos portadores de
kit usuário com fita de vídeo, livreto
Esclerose Múltipla.
responsável em
explicativo e calendário de aplicações,
Eliminando uma
manter a estabilidade do medi-
totalmente reformulado. Além disso, os
etapa da prepa-
camento até 25ºC de temperatura. Para
pacientes estão sendo orientados pe-
ração do medicamento, a nova seringa
explicar o preparo do medicamento com
las enfermeiras domiciliares. Ao conhe-
visa facilitar a administração do
a seringa pré-carregada, bem como sa-
cer melhor a Esclerose Múltipla e apren-
Interferon Beta-1b, que deve ser apli-
nar quaisquer dúvidas sobre o novo
der a se automedicar, o portador tornase independente e mais confiante.
Existente também nos países europeus,
Feito para você
a seringa pré-carregada garante a mes-
Queremos registrar nosso agradecimento a todos os que entram em contato
1b, agora com mais comodidade para o
conosco para esclarecer dúvidas, fazer sugestões e elogiar nosso trabalho. Ele
se aprimora continuamente a cada manifestação de reconhecimento à impor-
ma eficácia clínica do Interferon Beta-
paciente. Ao trazê-la para o País, a
tância de ações, como as visitas domiciliares e as dicas do informativo Estar
Schering do Brasil reforça, mais uma vez,
Bem. Estaremos sempre à disposição, atentos e motivados.
o interesse em aperfeiçoar seus medica-
Por isso, continue em contato através do e-mail [email protected]
ou do telefone 0800 770 0605.
mentos e facilitar a vida dos pacientes
portadores de Esclerose Múltipla.
Estar Bem é uma publicação trimestral produzida pela Schering do Brasil e distribuída aos médicos e pacientes que utilizam Interferon 1-b • Coordenação: Carolina Boggio Felsberg
• e-mail: [email protected] • Tel.: (11) 5186-3342 • Site: www.schering.com.br • Edição, impressão e web solution: kavallet.com.br • e-mail: [email protected]
• Publisher e Jornalista Responsável: Roberto Conrado (33.882) • Fotos: acervo Kavallet e divulgação. Registro Betaferon® MS 1.0020.0080 - vendas sob prescrição médica
UIII MAI 2004/098/BR
Estar Bem Responde
Atendimento
preciso e atencioso
Qualidade de
vida sempre
A dona-de-casa Elizabeth Alves Silva comenta a importância do
serviço de enfermagem domiciliar gratuito da Schering.
Muitas pesquisas continuam sendo realizadas para oferecer novos e melhores
tratamentos aos portadores de Esclerose
Múltipla. No mês de maio, a Schering do
Brasil, a fim de trazer mais qualidade de
vida para as pessoas com EM, lançou a
nova seringa pré-carregada de Betaferon® (leia mais na página 4), que tem
por finalidade facilitar a administração
do medicamento, eliminando uma etapa de sua preparação.
Para explicar quaisquer dúvidas sobre o
novo procedimento do Interferon Beta1b, o Serviço de Atendimento Personalizado Betaferon® (APB) disponibilizou a todos os pacientes cadastrados no SAC um
novo kit usuário e carta abordando a novidade. E por falar em SAC, conheça também, nesta edição, o dia-a-dia dos profissionais do Serviço de Atendimento ao
Consumidor da Schering do Brasil, bem
como outras associações de portadores
de EM do sudeste do País.
Já a seção Canal Aberto, traz o depoimento da dona-de-casa Elizabeth Alves
Silva que, por meio do serviço de enfermagem domiciliar gratuito da Schering,
eliminou suas dúvidas e, hoje, vive
com mais tranqüilidade. Certamente,
conviver com EM representa um desafio
que pode ser enfrentado. O principal é
manter-se em boas condições, tanto físicas quanto psíquicas. É o que você poderá conferir na entrevista que realizamos com psicólogo Marcos Antonio Barg,
especialista em Psicologia Hospitalar
que trabalha no Departamento de Neurologia da UNICAMP.
Boa leitura!
Estar Bem – Quando descobriu que era portadora de Esclerose Múltipla?
Elizabeth – Os surtos começaram no final de 97, quando passei a sentir formigamentos na mão esquerda. Na época,
trabalhava como secretária e imaginei ser
tendinite. Procurei um ortopedista que
diagnosticou síndrome do túnel do carpo,
o que me obrigou a fazer a cirurgia corretiva. Durante a fisioterapia pós-cirúrgica, o quadro agravou-se e o formigamento espalhou-se por todo o lado esquerdo. Em agosto de 98, devido a um
forte surto, procurei um pronto-socorro. Fiquei dez dias internada para exames até que finalmente tive o diagnóstico correto de EM.
(abordando a novidade) e o novo
Bem-Vindo
Estar Bem – Iniciou o tratamento assim que
soube ser portadora?
Elizabeth – Sim, porém os primeiros medicamentos que tomei foram à base de
cortisona, provocando diversos efeitos
colaterais. Eles também não continham
os surtos, levando-me à internação cinco ou seis vezes. Há cerca de um ano
e meio, comecei a usar o Interferon
Beta-1b e voltei a viver melhor, com mais
tranqüilidade. Não tenho surtos há
um ano.
Estar Bem – E como conheceu o serviço de enfermagem domiciliar gratuito da Schering?
Elizabeth – Recebi a indicação por meio
da Secretaria da Saúde. Como eu
temia errar a aplicação, não fazia o
rodízio. Aplicava somente nas pernas,
o que me causava fortes dores.
Além de um atendimento atencioso, recebi da enfermeira domiciliar orientações precisas sobre manuseio e aplicação do produto, bem como sobre os sintomas da EM. Sentia fadiga e nunca
havia comunicado ao médico. Soube
por ele que existia medicação específica para aliviar esse sintoma. Estou tão
satisfeita que, sempre que tenho oportunidade, indico o serviço a outros
portadores com os quais me comunico
pela internet.
Estar Bem – Qual é a sua mensagem para
os portadores de EM?
Elizabeth – Que tenham fé em Deus e
mantenham uma vida saudável, pois estas atitudes contribuirão para nossa
cura, quando ela for descoberta.
Jaime Scott
Gerente de Unidade de Negócios

Documentos relacionados