FICHA DE ORIENTAÇÃO QUESTIONÁRIO 1) Quais

Сomentários

Transcrição

FICHA DE ORIENTAÇÃO QUESTIONÁRIO 1) Quais
FICHA DE ORIENTAÇÃO
QUESTIONÁRIO
1) Quais os principais nomes do atletismo brasileiro no salto triplo e quais suas melhores marcas?
2) Que qualidades físicas devem ser aprimoradas de forma especial pelo saltador de triplo quando
comparado ao saltador em distância? Justifique sua resposta.
3) Qual o seu parecer (análise) quanto a preferência de atletas longelíneos para a prova de salto triplo
4) Você considera válido o processo do cálculo da “Distância Objetivo” para o salto triplo? Justifique
sua resposta.
5) Monte um esquema resumido das fases do salto triplo (organograma) para facilitar o estudo desta
prova.
6) No salto triplo, como você interpreta o princípio básico da “eqüitativa distribuição do esforço pelo
saltos componentes”?
7) Que semelhanças e diferenças existe entrem entre o 1º salto do salto triplo com o salto em distância?
8) Por quais razões o segundo salto do salto triplo é considerado o de maior dificuldades para a maioria
dos atletas?
9) Porque o terceiro salto do salto triplo é considerado um salto em distância realizado com extrema
dificuldade?
10) Como técnico, que exercícios específicos ( educativos) você passaria para seu atleta de triplo
visando reproduzir os movimentos executados durante o salto?
RESPOSTAS
1) ADEMAR FERREIRA DA SILVA –Bi-campeão Olímpico em 52 e 56 e recordista mundial com 16,69
m
NELSON PRUDÊNCIAO – 2º lugar nos jogos Olímpicos de 1976 com a marca de 17,27 m
JOÀO CARLOS DE OLIVEIRA – 3º Lugar nos Jogos Olímpicos de 1976 e Recordista Mundial com
17,69 m.
2) Força do Salto, força dinâmica negativa e positiva.
3) Os atletas altos levam vantagem principalmente no que diz respeito à amplitude das passadas.
4) Ambas as provas envolvem velocidade, força de salto, força dinâmica positiva e negativa, ou seja são
semelhantes, embora o salto triplo seja mais complexo. Há fundamento no processo do cálculo da
“Distância Objetivo” já que na prática tem sido observado isto, geralmente o atleta tem seu desempenho no
triplo entre 70 a 75% de sua melhor performance do salto em distância.
5) Preparação, Técnica (1º salto, 2º salto e 3º salto) e queda.
6) Um salto é interdependente do outro, a queda do 1º salto é parte componente do 2º salto e a queda do 2º
salto será a impulsão do 3º salto. Por conseguinte é necessário que se distribua os saltos dentro de um
equilíbrio, dentro de uma distribuição racional.
7) Semelhanças: predomínio da velocidade da corrida de aproximação, é executado com a perna de
impulsão e elevação da perna livre.
Diferenças: corpo um pouco mais inclinado para a frente, movimento dos braços, durante a ação no ar o
corpo permanece na vertical, a perna de impulsão busca o solo no final do salto.
8) Reside na elevação do joelho da perna livre, sua queda e impulsão para o terceiro salto.
9) Devido a menor velocidade e impulsão deficiente ( executado com a perna “fraca”), ângulo de elevação
maior.
10) Saltos alternando as pernas, salto “saci”.

Documentos relacionados

ATLETISMO – SALTO TRIPLO DESCRIÇÃO TÉCNICAS

ATLETISMO – SALTO TRIPLO DESCRIÇÃO TÉCNICAS distância com a diferença de que não e consegue conduzir as pernas tão á frente. Tentar obter a trajetória do CG tão longa quando possível. Minimizar a perda de velocidade. Antes da queda as pernas...

Leia mais

1. Os saltos

1. Os saltos O TS tem também sido descrito como o movimento desportivo onde se aplicam as maiores sobrecargas que o corpo humano pode suportar (Amadio, 1989a, 1989b), nomeadamente e com maior ênfase durante o a...

Leia mais