13/2009 - Biblioteca da ESA

Сomentários

Transcrição

13/2009 - Biblioteca da ESA
SERVIÇOS DE DOCUMENTAÇÃO E BIBLIOTECA
Folha Informativa
Nº 13 /2009
2009-07-01 a 2009-07-15
Monografias e outros:
Freitas, Teresa Regina Gonçalves. (2009). Análises microbiológicas a
refeições prontas a comer. Relatório de Estágio do Curso de Engenharia
Biológica e Alimentar, apresentado e discutido na Escola Superior Agrária,
Castelo Branco.
Resumo: O presente trabalho decorreu no Laboratório de Microbiologia dos
Alimentos do Departamento de Alimentação e Nutrição do Instituto Nacional de
Saúde Dr. Ricardo Jorge. Este estágio, teve a duração de 6 meses. Durante este
período, além do trabalho de laboratório, foram feitas visitas a vários tipos de
unidades de restauração colectiva onde se procedeu à colheita de amostras de
refeições prontas a comer. Foram analisadas 105 refeições tendo sido calculado o
número de unidades formadoras de colónias, por grama ou por mililitro de amostra
de microrganismos aeróbios mesofilos. Foram ainda pesquisados os
microrganismos Salmonela spp. e Listeria. Verificou-se que 75,9% dos alimentos
do grupo 1 revelou um nível de qualidade.
Mota, Ednardo Jorge Martins. (2009). Contribuição para avaliação do
desempenho das Etar’s Sul e Norte da cidade de Castelo Branco. Relatório
de Estágio do Curso de Engenharia dos Recursos Naturais e Ambiente,
apresentado e discutido na Escola Superior Agrária, Castelo Branco.
Resumo: O presente trabalho teve como principal objectivo avaliar o
funcionamento das ETAR’S existentes na cidade de Castelo Branco, de modo a
identificar os principais problemas de exploração existentes e averiguar se estas
estão a fazer face às necessidades de tratamento das águas residuais, sendo que
estas aumentaram significativamente nos últimos anos, não só em consequência do
aumento de população residente na cidade, mas também devido ao aumento
significativo do parque industrial cujas águas residuais são igualmente
encaminhadas para as ETAR’S.
Álvares, Pedro. (2009). O tratado de Lisboa e o futuro da Europa. Centro
de Informação Europeia. Ministério dos Negócios Estrangeiros, Lisboa.
Resumo: Tendo por objectivo principal a informação e o esclarecimento do
cidadão, esta publicação pretende dar a conhecer, de forma o mais sucinta e clara
possível, o tratado de Lisboa, delineando os desafios que coloca à construção
europeia. Caracterizado pela reflexão, debate e procura de consensos, este
Tratado exemplifica uma vez mais o desafio de um caminho percorrido em
conjunto e que, com altos e baixos, com avanços e recuos, se tem realizado ao
longo de uma história tão rica como tem sido a da construção europeia.
Lourenço, António. (1991). História do Regionalismo Pampilhosense. Casa do
Concelho de Pampilhosa da Serra, Pampilhosa da Serra.
Resumo: Esta obra pretende dar a conhecer alguma da
história do regionalismo do Concelho de Pampilhosa da Serra
através da pesquisa, da investigação, do conhecimento do
passado humano, da exposição oral ou escrita de coisas
memoráveis, seja dos acontecimentos passados. A sua história,
as suas gentes, os seus costumes são um enriquecimento
cultural e uma mais valia.
Loureiro, Armando, Almeida, Nuno Ferrand de, Carretero, Miguel A. (2008).
Atlas dos anfíbios e répteis de Portugal. Instituto da Conservação da
Natureza e da Biodiversidade, I.P., Lisboa.
Resumo: Este manual estabelece o retrato das ocorrências de
todas as espécies presentes em território nacional, através de
um trabalho aturado e sério, é mais do que um passo para
desbravar o conhecimento. É um contributo efectivo para dar
suporte científico à política de conservação da natureza e de
gestão do território, e uma referência com a qual aferir
alterações subsequentes na distribuição e ocorrência da nossa
herpetofauna.
Catarino, João Paulo. (2008). Roteiro turístico de Proença-a-Nova:
artesanato, gastronomia, património, história, praias fluviais, percursos
pedestres. Câmara Municipal, Proença-a-Nova.
Resumo: Este manual dá-nos a conhecer as enormes
potencialidades turísticas da região de Proença-a-Nova, quer
seja pela hospitalidade das suas gentes, pela segurança, pela
localização geográfica e pela diversidade cultural e paisagística.
Este roteiro turístico foi pensado para quem se apaixonou ou
pretende apaixonar-se pela natureza, pelos sabores
tradicionais, pelos diferentes cheiros emanados de uma
paisagem diversificada, por uma história rica de gente humilde,
solidária e trabalhadora.
Saragoça, José Manuel L.(2009). Tecnologias de informação e comunicação,
educação e desenvolvimento dos territórios. Fundação Alentejo, [S.l.].
Resumo: Esta publicação realça o papel determinante que a Fundação Alentejo
tem vindo a desempenhar na qualificação de jovens alentejanos e no
desenvolvimento de competências críticas para o desenvolvimento regional na
nova era da informação e do conhecimento. O seu conteúdo colige informação
relevante da reflexão e da experiência do autor como promotor do potencial
regional usando as TIC, no plano da educação e no plano da disseminação de
serviços e facilitação de acessos.
Rico, Hugo, Libório, Tânia. (2009). Impacte do Centro de RVCC da Fundação
Alentejo na Qualificação dos Alentejanos. Fundação Alentejo, [S.l.].
Resumo: Este livro debruça-se exactamente sobre o período em que os Centros
de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências davam os primeiros
passos em Portugal e em que as metodologias de educação e formação de adultos
sofreram a primeira ruptura com o que até aí existia.
Publicações periódicas
Agenda cultural (Jul-Ago.09)
Avisos agrícolas, nº 12/2009
Biometrics, nº 2 (Jun. 09)
Boletim meteorológico para a agricultura, nº 2078, 2079 (1-10) e (11-20)
de Jun./2009
Canis et felis, nº 98 (Jun. 09)
Eurocarne, nº 177 (Jun. 09)
Gazeta rural, nº 112 (30 Jun. 09)
Journal of food protection, nº 6 (Jun. 09)
Lacticoop: boletim informativo dos cooperantes, nº 220 (Jun. 09)
O perdigoto, nº 36 (Jun. 09)
Phytoma, nº 622-623 (Jun.09)
Trofeo caza & conservación, 470 (Jul. 09)

Documentos relacionados