geografia - Núcleo de Aprendizagem

Сomentários

Transcrição

geografia - Núcleo de Aprendizagem
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
geografia
PROVA UFMG/2005
01. (UFMG-2005) Analise este mapa:
PENÍNSULA ESCANDINÁVIA
A partir da análise e interpretação desse mapa e com base em outros
conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que
A) a posição geográfica muito setentrional desses dois países peninsulares os
torna tão frios, que o povoamento dos seus territórios fica reduzido às suas
margens litorâneas meridionais.
B) o litoral norueguês, já longo pela forma do País, ganha muito em extensão por
ser extremamente recortado por inúmeros fiordes.
C) a geografia escandinava, mais ainda a da Noruega, favoreceu a vocação
marítima do seu povo desde a Idade Média.
D) o relevo acidentado, de altitudes mais elevadas, que se estende de norte a sul
da Península, como uma espinha dorsal, dificulta a formação de extensos rios
nos dois países.
02. (UFMG-2005) Leia este trecho:
O global warming, ou aquecimento global, é um tema extremamente confuso,
"às vezes obscuro", como o classificou recentemente Godard (2001). Este tema
reúne tudo: a poluição e o clima, este último, o álibi, o espantalho; os bons
sentimentos e os interesses confessáveis e inconfessáveis; o planeta que precisa
ser "salvo" enquanto se negocia o direito de poluir; as teorias de modelos e os
mecanismos reais, o hipotético clima do futuro (apresentado como um postulado) e
a evolução do tempo presente; as previsões tão mais gratuitas quão mais distante
está sua confirmação (aproximando-se de profecias à "Nostradamus"); os
sensacionalismo e a seriedade científica, a procura do "furo" e a informação
devidamente fundamentada, a mídia que aumenta a confusão, sobretudo entre
clima e tempo.
GEOGRAFIA
03. (UFMG-2005) A água é um recurso natural de uso múltiplo. Entre as formas de
utilização desse recurso nas atividades humanas, destacam-se os usos doméstico
- urbano e rural -, industrial e agrícola e a dessedentação de animais.
É CORRETO afirmar que, no Brasil, a maior demanda por água é requerida
A) pela atividade industrial, notadamente naqueles parques voltados para a
manufatura de bens de consumo.
B) pela dessedentação de rebanhos, mediante incorporação de técnicas que
substituem o sistema apoiado no deslocamento do gado às fontes naturais de
água.
C) pela atividade agrícola, em que a irrigação se tornou essencial nas áreas de
produção agroexportadora de grãos e frutas e nas policulturas.
D) pelo uso doméstico, uma vez que constitui recurso essencial nas diversas
atividades cotidianas da população.
04. (UFMG-2005) Um estudante de Geografia, durante a elaboração de trabalho
escolar que tratava do relevo brasileiro, encontrou, em um livro didático, esta
definição:
Planalto: Relevo plano e alto, situado acima dos 1.000 m de altitude, cuja formação
ocorreu no Pré-Cambriano. Nesse relevo, os processos de erosão
superam os de acumulação de sedimentos.
Considerando-se esse tipo de relevo, conclui-se que essa definição está
A) CORRETA, uma vez que os planaltos foram esculpidos por processos
bastante antigos, que, na escala do tempo geológico, ocorreram no PréCambriano.
B) INCORRETA, uma vez que atuam, nos planaltos, processos de acumulação
de sedimentos, que superam os de erosão.
C) CORRETA, uma vez que os planaltos, no Brasil, se situam acima dos 1.000 m
de altitude.
D) INCORRETA, uma vez que o modelado dos planaltos - ou seja, sua forma nem sempre é plano.
05. (UFMG-2005) O Brasil é revestido por formações florestais diferenciados sob
vários aspectos. Considerando-se as formações florestais brasileiras, é
INCORRETO afirmar que
A) as florestas galerias, ou ciliares, são formações arbóreas naturais, alongadas
e estreitas, circunscritas a vales ou margens de rios e típicas dos domínios de
cerrados e campos.
B) as florestas subtropicais do Planalto Meridional são equivalentes ecológicos
das florestas de coníferas encontradas nas latitudes extratropicais do
Hemisfério Norte, nas zonas temperadas.
C) as diferenças de densidade, estrutura, fisionomia e composição florística
apresentadas por essas florestas são devidas à diversidade dos climas e dos
solos e a mudanças ambientais no tempo geológico.
D) as formações florestais do Brasil Central, diferentemente das de grande parte
da Amazônia, têm ritmo sazonal marcado pela alternância de estações seca e
chuvosa.
06. (UFMG-2005) A Agência Nacional de Águas (ANA) realizou, em 2002,
diagnóstico ambiental das bacias hidrográficas brasileiras. Analise este mapa, que
foi elaborado com base nos resultados alcançados por essa Agência no que se
refere à situação atual da bacia hidrográfica do Rio São Francisco:
LEROUX, Marcel. Global warming: mito ou realidade? A evolução real da dinâmica do tempo.
Annales de Géographie, n. 624, 2002, p. 115-137. (Adaptado)
A partir da leitura e análise desse trecho, é INCORRETO afirmar que
A) a posição do autor é percebida como a de um defensor convicto da hipótese
do aquecimento global.
B) as mudanças do tempo meteorológico são confundidas, às vezes, com
mudanças climáticas globais.
C) a discussão sobre o tema do aquecimento global envolve uma diversidade de
posições, valores e atitudes polêmicos e, também, de interesses escusos.
D) o texto é crítico e irônico em relação à forma com vem sendo tratado o tema
do aquecimento global.
www.nucleodeaprendizagem.com.br
1
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
Nesse mapa, de acordo com a legenda que o explica, está indicado o uso da terra
dessa bacia em quatro tipos de áreas - I, II, III e IV.
A partir dessa análise, é INCORRETO afirmar que
A) a Área II tem sido alvo de conflitos decorrentes do uso múltiplo da água,
notadamente para geração de hidreletricidade e para irrigação.
B) a Área III apresenta grande concentração de projetos de irrigação fortemente
dependentes da vazão dos rios, tendo-se em vista as reduzidas médias
anuais de precipitação.
C) a Área I abriga grande número de atividades minerárias, que têm
comprometido a qualidade da água pela intensificação do assoreamento e do
uso de produtos tóxicos.
D) a Área IV é caracterizada por alta concentração demográfica e industrial,
responsável pela emissão de grande volume de cargas poluidoras na rede
hidrográfica.
GEOGRAFIA
A partir da análise desse mapa e com base em outros conhecimentos sobre o
assunto, é INCORRETO afirmar que, nos espaços agrícolas brasileiros,
A) as características do meio físico condicionam o processo de modernização
nas diversas regiões.
B) o avanço da fronteira agrícola tem sido acompanhado, de perto, pelo
incremento da modernização.
C) a modernização mais intensa está presente nas regiões que sofrem maior
influência da metrópole global mais dinâmica do País.
D) o grau de modernização comprova a existência de estreita correlação entre as
atividades industriais e as agrícolas.
10. (UFMG-2005) Analise este mapa:
Brasil: Regiões Metropolitanas - 2000
07. (UFMG-2005) Considerando-se as paisagens serranas do meio tropical do
Sudeste brasileiro, com altitudes superiores a 1.200 m - como as da Serra da
Mantiqueira -, é INCORRETO afirmar que elas
A) oferecem alternativas econômicas diferentes nas regiões tropicais, ao
possibilitarem o desenvolvimento de culturas temperadas, sobretudo de
frutas.
B) registram, mesmo estando em latitudes relativamente baixas, temperaturas
que podem atingir valores absolutos próximos ou inferiores a 0 oC.
C) favorecem o desenvolvimento de atividades turísticas diferenciadas - como as
esportivas, ecológicas, de inverno -, relevante opção econômica nos tempos
atuais.
D) se caracterizam pelo acentuado efeito orográfico, que cria regiões semi-áridas
nos vales e nas baixas vertentes ocidentais.
08. (UFMG-2005) Considerando-se a evolução da população brasileira nos três
últimos decênios, é INCORRETO afirmar que
A) a intensidade da urbanização foi reduzida, na década de 1980, como reflexo
da crise econômica que atingiu toda a América Latina.
B) a redução percentual da população rural se fez desacompanhada da queda
proporcional da produção agropecuária na economia.
C) a extensão da legislação trabalhista ao campo colaborou para a intensificação
do êxodo rural.
D) o padrão de crescimento demográfico brasileiro difere significativamente
daquele que ocorreu em países desenvolvidos, no mesmo período.
09. (UFMG-2005) Analise este mapa:
Brasil: Hierarquia urbana e grau de modernização
dos espaços agrícolas - 2002
FONTE: Atlas geográfico escolar. Rio de Janeiro: IBGE, 2002. p. 155. (Adaptado)
A partir da análise desse mapa e com base em outros conhecimentos sobre o
assunto, é INCORRETO afirmar que
A) a formação das regiões metropolitanas se vincula, estreitamente, à presença
de atividades industriais antigas e recentes.
B) a maior concentração de população urbana do País ocorre no largo corredor
em cujas extremidades se localizam Curitiba e Florianópolis.
C) a década de 1990 assistiu à institucionalização de muitas regiões
metropolitanas, sobretudo no Centro-Sul.
D) a significativa quantidade de regiões metropolitanas no Brasil é um reflexo
direto do antigo processo de urbanização
11. (UFMG-2005) Considerando-se a posição geopolítica e econômica do Estado
de Minas Gerais no Brasil, é INCORRETO afirmar que
A) a posição de zona de transição pelo contato com vários ecossistemas
brasileiros, confere ao território mineiro uma aptidão agropastoril diversificada.
B) a produção de café e de leite tem revelado, nas últimas décadas, uma
expressiva queda, o que coloca o Estado em desvantagem no cenário
nacional.
C) a grande extensão territorial, a população numerosa e a economia dinâmica
são fatores tradicionais que favorecem a relevância política do Estado no
cenário nacional.
D) a produção e a exportação de matérias-primas minerais e de bens da
indústria de base - como o ferro-gusa e o aço - constituem, ainda, pilares da
economia estadual.
FONTE: Atlas geográfico escolar. Rio de Janeiro: IBGE, 2002. p. 160. (Adaptado)
www.nucleodeaprendizagem.com.br
2
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
12. (UFMG-2005) A aceleração do crescimento econômico da China, nos últimos
anos, reflete-se na economia mundial por razões diversas.
Considerando-se essa afirmação, é INCORRETO afirmar que tal aceleração
A) interfere na balança comercial de países emergentes, uma vez que reduz a
taxa de exportações desse grupo para os países mais industrializados.
B) provoca aumento da demanda de matérias-primas e de produtos agrícolas no
mercado internacional, afetando os preços praticados nesses itens.
C) é autônoma em relação ao capital internacional, pois estabelece um sistema
financeiro paralelo, que vem se firmando como modelo para as economias
regionais.
D) resulta em um consumo maior de petróleo, o que contribui para a alta do
preço da energia e, consequentemente, para a elevação dos custos de
produção nos processos industriais.
13. (UFMG-2005) Considerando-se a evolução econômico-social em diferentes
regiões do mundo nos últimos anos, é INCORRETO afirmar que
A) a Ásia Oriental tem apresentado um crescimento econômico vigoroso, o que
contrasta com o desempenho abaixo do esperado na União Européia.
B) a Rússia, apesar do processo de privatização concluído e da adoção de
regras capitalistas de mercado, vem revelando desempenho econômico
semelhante ao dos países periféricos.
C) a América Latina, embora tenha sido pouco beneficiada pela recuperação da
economia mundial, vem registrando progresso nos indicadores da saúde e
educação.
D) os EUA absorvem grande parte dos investimentos diretos estrangeiros, mas o
aumento do capital não tem sido suficiente para assegurar a estabilidade da
economia do país.
14. (UFMG-2005) A ONU organizou, no final do século XX, um plano de ação denominado Metas do Milênio -, que tem como um de seus objetivos a melhoria da
condição de vida nas regiões menos desenvolvidas do mundo. De acordo com o
cronograma desse plano, os níveis de pobreza da população mundial começariam
a se reduzir nos primeiros anos do século XXI.
Considerando-se essa informação, é INCORRETO afirmar que o fator responsável
pelo não-cumprimento do cronograma do Plano de Metas da ONU é
A) a defasagem entre a ajuda prometida pelos países da OCDE - ou pelos
países mais desenvolvidos - e aquela efetivamente concedida até o momento
atual.
B) a incapacidade de universalização da educação primária, já constatada em
um número significativo dos países-alvo do programa.
C) a exigência da ONU quanto à aplicação de estratégias de desenvolvimento
sustentável nos países pobres tem reduzido o retorno de capital,
desestimulando os investimentos estrangeiros.
D) o aumento do percentual da população que convive com a fome em regiões
como o Oriente Médio e a África Subsaariana, em contraposição ao que se
esperava no conjunto das Metas.
GEOGRAFIA
PROVA UFMG/2006
01. (UFMG-2006) Analise esta figura, em que estão representadas as relações
entre várias esferas da Terra:
A partir dessa análise e considerando-se outras informações sobre o assunto, é
INCORRETO afirmar que
A) a interação entre as diferentes esferas se processa na superfície do Planeta e
dela resulta a produção do espaço geográfico.
B) as setas, na figura, representam intensos e constantes fluxos de matéria e
energia, responsáveis por forte interdependência entre as esferas.
C) a tecnosfera – a esfera da tecnologia – exerce, ainda, papel pouco
significativo no processo de transformação da superfície do Globo.
D) as interações espaço-temporais entre litosfera, biosfera, hidrosfera e
atmosfera são responsáveis pela formação e dinâmica das paisagens
naturais.
02. (UFMG-2006) O comércio internacional, após o fim da Guerra Fria, foi marcado
por importantes mudanças.
Assim sendo, é INCORRETO afirmar que, entre essas mudanças, se inclui o fato
de que
A) a Organização Mundial do Comércio (OMC), visando a ampliar a redução de
tarifas alfandegárias e a dar à instituição maior poder de controle sobre o
comércio internacional, substituiu o Acordo Geral de Tarifas e Comércio
(GATT).
B) a nova configuração do mercado internacional, resultante do crescente
antagonismo entre países pobres e ricos, ou seja, entre Sul e Norte, provocou
redirecionamento dos fluxos de troca.
C) o comércio internacional adotou regras que facilitam as trocas, mas, por outro
lado, conservou, ainda, artifícios que restringem as vantagens dos países
menos desenvolvidos.
D) o comércio apresentou grande crescimento em algumas áreas continentais,
chegando a superar, em certos casos, as trocas realizadas com países
situados a distâncias maiores.
03. (UFMG-2006) Analise este mapa:
15. (UFMG-2005) Na atualidade, o terrorismo vem-se constituindo em uma
preocupação crescente no cenário internacional.
Considerando-se essa informação, é INCORRETO afirmar que os atos terroristas
A) levam à perda do significado das fronteiras, uma vez que o combate e a
prevenção contra tais atos têm sido organizados, de forma conjunta, no
âmbito regional ou continental.
B) são protagonizados por atores que não se subordinam às instituições
supranacionais legitimadas como promotoras da paz e da segurança do
Planeta.
C) instituem uma nova forma de agressão ao patrimônio humano e material de
um país, sem que algum outro Estado possa ser formalmente
responsabilizado pelo ato.
D) trazem instabilidade às populações de países desenvolvidos, que usufruem
de serviços públicos eficientes, de elevado padrão de vida e de instituições
democráticas consolidadas.
www.nucleodeaprendizagem.com.br
3
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
A partir dessa análise e com base em outros conhecimentos sobre o assunto, é
INCORRETO afirmar que a ligação viária Ásia-Europa já existente e projetada
A) atinge, na extremidade leste, civilizações marcadas por forte homogeneidade
étnica e cultural.
B) estabelece vias de circulação entre países cuja aproximação, durante a
Guerra Fria, foi dificultada por divergências ideológicas.
C) contribui para a integração comercial entre regiões de grande adensamento
demográfico do mundo.
D) concretiza o sonho multissecular de estabelecimento de uma ligação
continental entre o Mediterrâneo e a Bacia do Pacífico.
04. (UFMG-2006) Analise este bloco-diagrama, em que estão representados o
relevo de uma região, que se caracteriza pela presença de um vale estreito e
profundo, e o movimento aparente do Sol, ao longo do dia:
A partir da análise e interpretação desse bloco-diagrama, é INCORRETO afirmar
que
A) as diferenças de intensidade da insolação, nas várias partes da região
representada, se acentuam ao meio-dia local, quando o Sol está na altura
máxima.
B) o grande vale central, que se estende no sentido dos meridianos, recebe o
menor número de horas de insolação da região.
C) as vertentes orientais recebem os raios solares mais diretamente durante a
manhã, enquanto, nas ocidentais, essa incidência ocorre durante a tarde.
D) as formas e a orientação do relevo, mais do que a latitude, criam importantes
variações de insolação na região.
05. (UFMG-2006) Considerando-se as ondas gigantes – fenômeno conhecido
como tsunami – que atingiram sobretudo o Sudeste Asiático em dezembro de
2004, é INCORRETO afirmar que
A) afetaram os países localizados nas adjacências imediatas do centro que as
gerou e, também, se propagaram por grande parte do Oceano Índico, tendo
alcançado, inclusive, a região costeira oriental da África.
B) uniram parcela considerável dos povos do Planeta em torno de uma causa
comum, congregando, inclusive, o interesse humanitário de países que têm
posições divergentes em relação à luta contra o terrorismo.
C) tiveram sua origem associada à interação entre as águas oceânicas e a
atmosfera, intensificada, na região, pelo forte contraste térmico verificado
entre continente e oceano.
D) provocaram a morte tanto de população residente na orla litorânea,
densamente ocupada, dos países afetados quanto de um grande contingente
de turistas, atraídos pelo Sol e pelas paisagens tropicais paradisíacas.
06. (UFMG-2006) A instabilidade político-social que vem ocorrendo na América do
Sul pode, segundo alguns especialistas, colocar um risco a democracia na região.
Considerando-se essa instabilidade político-social, é INCORRETO afirmar que
A) a América do Sul se transformou, nos últimos anos, no principal foco de
interesse externo dos Estados Unidos, o que tem estimulado manifestações
populares pautadas na defesa da soberania dos países que a constituem.
B) o PIB tem registrado em alguns países uma expansão superior à média
regional, mas, em parte destes, o percentual da população que vive abaixo da
linha da pobreza continua a aumentar.
www.nucleodeaprendizagem.com.br
GEOGRAFIA
C) a região envolve com a prática da corrupção, a interrupção de mandatos de
presidentes legitimamente eleitos e o descompasso entre as propostas de
campanha eleitoral e os programas sociais e econômicos implantados
posteriormente.
D) a expectativa das populações em relação à implantação da democracia no
subcontinente incluía a aproximação dos padrões de qualidade de vida
existentes em países no Hemisfério Norte, de igual regime.
07. (UFMG-2006) A atual distribuição geográfica das grandes religiões constitui
tema cada vez mais oportuno, em razão de suas ligações com questões políticas e
relacionadas a tensões e conflitos.
Considerando-se essa informação, é INCORRETO afirmar que
A) o Budismo e o Confucionismo são religiões que apresentam crescimento
expressivo na Ásia e no Extremo Oriente, em decorrência do sentimento
nacionalista que geram.
B) o Islamismo, além de estar presente na imensa região que vai da África
Ocidental às ilhas do Sudeste Asiático, tem constituído núcleos ativos e
crescentes, embora minoritários, em várias capitais européias.
C) o Cristianismo Ortodoxo, resultante de um cisma, está presente e é influente
em alguns países eslavos, tanto nos Bálcãs como no Leste Europeu, na
Grécia e em algumas regiões asiáticas.
D) o Cristianismo, na Europa, está dividido em vários grandes ramos – entre
eles, em especial, o Catolicismo Romano, o Protestantismo, o Anglicanismo e
o Cristianismo Ortodoxo -, enquanto, nas Américas, predominam os dois
primeiros.
08. (UFMG-2006) É INCORRETO afirmar que a atual política externa brasileira e o
papel geopolítico do País, hoje, no mundo, representam
A) um reforço em sua posição econômica e, possivelmente, um novo papel
geopolítico no mundo, graças à qualidade de potência regional do Brasil na
América do Sul.
B) uma aproximação do NAFTA, em razão da necessidade de se concretizarem
os tratados comerciais entre esse bloco e o Mercosul, tendo-se em vista a
implementação da ALCA.
C) uma defesa da idéia do perdão, tanto pelo Brasil quanto pelos países centrais,
da dívida dos países mais pobres do mundo – especialmente os africanos.
D) um repúdio à ocupação do Iraque e, por outro lado, um apoio à criação do
Estado da Palestina, posições formalmente defendidas nos foros
internacionais de que o Brasil participa.
09. (UFMG-2006) Considerando-se a agricultura comercial praticada no Brasil, é
INCORRETO afirmar que
A) a agricultura de exportação reúne, em reduzidos espaços, grande diversidade
de culturas visando a atender às exigências do mercado.
B) o agronegócio constitui um canal de entrada do capital internacional na
agricultura brasileira e, assim, contribui para a subordinação de grande parte
dessa atividade aos interesses estrangeiros.
C) as últimas safras agrícolas justificam a expressão "celeiro mundial" atribuída
ao País e contribuem para a liderança deste na exportação de vários produtos
alimentares.
D) as áreas agrícolas de incorporação recente apresentam estrutura fundiária
concentrada e exigem elevados investimentos por hectare cultivado.
10. (UFMG-2006) O desempenho atual da indústria brasileira sofre interferência
negativa de fatores de ordem interna ou externa.
Considerando-se essa informação, é INCORRETO afirmar que, no Brasil, a
indústria é afetada.
A) externamente, pelas oscilações no valor da moeda do País, que interferem
na competitividade do produto nacional.
B) internamente, pelo custo das tarifas públicas e pela carga tributária, que
penalizam o setor produtivo brasileiro.
C) internamente, pelo baixo poder aquisitivo de grande parte do mercado
consumidor, consequência da má distribuição de renda no País.
D) externamente, pelos acordos bilaterais que, assinados pelo País, restringem
o número de parceiros e itens comercializados.
4
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
11. (UFMG-2006) Analise esta tabela, em que se relacionam as nove unidades
administrativas mais ricas do País e suas respectivas participações no PIB
nacional, em 1999 e em 2002:
Municípios e Distrito
Federal
São Paulo
Rio de Janeiro
Brasília
Manaus
Belo Horizonte
Duque de Caxias
Curitiba
Guarulhos
São José dos Campos
TOTAL
Participação Relativa no PIB
Nacional (%)
1999
2002
11,6
10,4
5,6
4,7
2,3
2,7
1,3
1,5
1,5
1,4
0,8
1,0
1,3
1,0
1,1
1,0
1,0
1,0
26,5
24,7
GEOGRAFIA
B) significativa mobilidade intra-regional de populações atraídas pelo maior
dinamismo econômico das metrópoles Salvador, Recife e Fortaleza.
C) relativo declínio da participação de seu setor agropecuário no contexto
nacional, sobretudo no que se refere à produção de algodão e de cana-deaçúcar.
D) importância, no plano político nacional, desproporcional a seu peso
econômico quando comparada ao papel exercido pelo Centro-Sul do País.
14. (UFMG-2006) Analise este mapa, em que estão destacadas duas regiões – I e
II – do Estado de Minas Gerais:
FONTE: Folha de S. Paulo, São Paulo, 4 maio de 2005. Caderno Dinheiro. (Adaptada)
A partir dessa análise e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é
INCORRETO afirmar que, no período considerado,
A) a importância que as atividades industriais ocupam na composição do PIB
dessas unidades administrativas é um dos fatores que explicam a
concentração espacial da riqueza no Brasil.
B) os dois municípios de maior população foram os que alcançaram crescimento
mais significativo da participação percentual no PIB nacional.
C) o Distrito Federal ocupa posição de destaque por ser a Capital Federal e,
consequentemente, pela importância de seu setor terciário na geração de
renda.
D) a presença, nesse ranking, de municípios que não sediam administrações
estaduais pode ser explicada pelo extravasamento da atividade industrial de
grandes centros para municípios situados em suas proximidades.
12. (UFMG-2006) Analise esta figura, em que está representado um dos
processos responsáveis pelo desmatamento da Amazônia:
FONTE: PERES, L.; COUTINHO, L. O Paraíso Cercado e Ameaçado. Veja, 25 fev. 2004, p.65. (Adaptada)
Com base nas informações dessa figura, é INCORRETO afirmar que
A) a introdução do cultivo de grãos constitui a etapa final do processo de
desmatamento na fronteira agrícola sul.
B) o desmatamento da Amazônia vem ocorrendo em bases racionais, o que
implica o corte seletivo de espécies de maior valor econômico.
C) as atividades econômicas que avançam sobre a floresta acarretam prejuízo
ao patrimônio natural, embora atendam aos interesses do agronegócio.
D) a sucessão temporal e espacial das atividades econômicas integra essa
região ao mercado mundial.
A partir dessa análise e com base em outros conhecimentos sobre o assunto, é
INCORRETO afirmar que
A) a Região I está inserida no Polígono das Secas, onde a irregularidade das
precipitações e as estiagens prolongadas condicionam a atividade agrícola.
B) a Região II, que abriga as maiores jazidas de ferro do País, fornece parcela
considerável do principal minério que figura na pauta de exportação brasileira.
C) a Região II é parte integrante da bacia hidrográfica do Rio Paraná, que se
destaca por constituir, hoje, no Brasil, a principal fonte geradora de energia.
D) a Região I tem sua rede urbana inserida na zona de influência da Capital
Mineira e possui um único centro regional – a cidade de Montes Claros.
15. (UFMG-2006) Vários elementos da paisagem natural da Amazônia brasileira
aparecem com destaque em Contos amazônicos, de Inglês de Sousa. Nessa
obra, tais elementos associam-se à vida humana nas suas dimensões culturais,
econômicas, sociais e religiosas.
Assinale a alternativa em que a associação proposta entre o elemento físico e a
dimensão humana, NÃO se confirma na leitura da obra.
A) A floresta, cuja existência é explicada pelo clima, bem como as formações
herbáceas, favoráveis à pecuária, é fator marcante na paisagem e na vida
humana.
B) Os rios, paranás, igarapés e lagos, que formam uma trama intrincada,
complexa, são fonte de alimentos, meio de vida e vias de comunicação.
C) Os amplos horizontes, decorrentes da predominância de planícies na região,
desprovida de serras, despertam, no homem amazônico, sentimentos de ócio
e preguiça.
D) As pesadas chuvas que caem no final da tarde, típicas do clima e das
condições atmosféricas dominantes, relacionam-se, às vezes, a momentos de
tensão e de medo.
13. (UFMG-2006) Considerando-se a posição geoeconômica e política ocupada
pela Região Nordeste, hoje, no Brasil, é INCORRETO afirmar que essa região se
caracteriza por
A) autonomia no controle de suas atividades econômicas, que se traduz em
independência em relação à região de economia mais dinâmica do País.
www.nucleodeaprendizagem.com.br
5
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
PROVA UFMG/2007
01. (UFMG-2007) Analise este mapa topográfico, em que estão representados os
principais elementos do relevo de um trecho do território brasileiro:
Analise, agora, esta proposta de zoneamento ambiental para essa mesma área
elaborada por uma equipe de especialistas em planejamento territorial:
GEOGRAFIA
A partir dessa análise e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é
INCORRETO afirmar que, depois da urbanização dessa bacia hidrográfica,
ocorreu
A) alteração do volume de água armazenada em subsuperfície, o que pode
dificultar sua obtenção a partir de poços.
B) aumento considerável da vazão de córregos e rios durante o período das
chuvas, o que pode contribuir para maior frequência e volume de inundações.
C) diminuição no nível das águas dos córregos e rios durante os períodos de
menor pluviosidade, o que pode comprometer tradicionais formas de uso da
água.
D) redução generalizada na velocidade de circulação da água em superfície, o
que pode aumentar, em termos relativos, o volume de água disponível ao
homem.
03. (UFMG-2007) Analise este planisfério, em que estão indicados os trajetos
percorridos, no século XIX, pela expedição de Charles Darwin (1831-1836) e pela
de Louis Agassiz (1865-1866):
FIGUEIREDO, C. A ciência dos opostos. Nossa história, ano 3, n.27. p.54, jan. 2006 (Adaptado)
A partir da análise do mapa topográfico e da proposta de zoneamento
correspondente, é INCORRETO afirmar que a zona ambiental
A) W, devido às características de seu relevo, apresenta potencial para o uso
agrícola, com destaque para os cultivos anuais que empregam mecanização.
B) X, por se estender pelas margens de rios e abranger nascentes e áreas
adjacentes, tem sua proteção assegurada pela legislação ambiental brasileira.
C) Y, em razão de sua topografia relativamente plana e da proximidade de
cursos de água, apresenta potencialidade para prática de agricultura irrigada.
D) Z, graças à declividade suave e à ausência de risco associado a cheias de
rios, revela potencial para implantação de equipamentos urbanos.
02. (UFMG-2007) Analise estes fluxogramas, em que está representado o ciclo
hidrológico de uma mesma bacia hidrográfica, antes (I) e depois (II) de sua
urbanização:
A partir da análise do trajeto dessas duas expedições, é INCORRETO afirmar que
A) a de Agassiz penetrou na Bacia Amazônica, demonstrando interesse pelo
interior continental.
B) a de Agassiz se deslocou pelos hemisférios Ocidental e Oriental, percorrendo
as três grandes zonas climáticas do Planeta.
C) a de Darwin deu a volta ao mundo, acabando por cruzar os oceanos Atlântico,
Pacífico e Índico.
D) a de Darwin esteve em quatro dos cinco continentes, com destaque para a
América do Sul e ilhas oceânicas.
04. (UFMG-2007) Analise esta sequência de figuras, em que está representada a
formação do solo ao longo do tempo geológico, sabendo que as divisões que
aparecem em cada figura e na legenda representam as etapas dessa evolução:
SCHAETZL, R.J.; ANDERSON, S. Soil - genesis and geomorphology.
Cambridge: University Press, 2005. p. 369. (Adaptado)
A partir dessa análise, é INCORRETO afirmar que essa sequência de figuras
sugere que
A) a evolução e o aumento da espessura do solo estão condicionados à escala
do tempo geológico.
B) o crescimento aéreo e subterrâneo da vegetação é inversamente proporcional
ao desenvolvimento do solo.
C) o desenvolvimento do solo, ao longo do tempo, resulta na sua diferenciação
em horizontes.
D) o material inorgânico presente no solo resulta de alterações ocorridas na
rocha.
www.nucleodeaprendizagem.com.br
6
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
05. (UFMG-2007) Considerando-se a tropicalidade dos climas – e suas
consequentes repercussões na vida humana – em vastas extensões do território
brasileiro, é INCORRETO afirmar que
A) a alternância típica das estações chuvosa e seca – verão e inverno – ainda
influencia o calendário agrícola de amplas regiões, mesmo daquelas em que
já se utiliza a irrigação.
B) a redução da intensidade da radiação solar e da duração do dia no inverno,
embora pouco significativa, torna o sol alternativa energética inviável nessa
estação do ano.
C) a umidade relativa do ar apresenta variação estacional semelhante à das
chuvas, com expressiva redução durante os dias de inverno, o que implica
efeitos sobre a saúde humana.
D) as diferenças de temperatura entre verão e inverno, embora reduzidas,
aumentam com a latitude, sem que o frio se torne fator limitante para a
agricultura em muitas regiões.
06. (UFMG-2007) Leia este trecho:
As caatingas
"Então, a travessia das veredas sertanejas é mais exaustiva que a de uma
estepe nua.
Nesta, ao menos, o viajante tem o desafogo de um horizonte largo e a
perspectiva das planuras francas.
Ao passo que a caatinga o afoga; abrevia-lhe o olhar, agride-o e estonteia-o;
enlaça-o na trama espinescente e não o atrai; repulsa-o com as folhas urticantes,
com o espinho, com os gravetos estalados em lanças; e desdobra-se-lhe na frente
léguas, imutável no aspecto desolado: árvores sem folhas, de galhos estorcidos e
secos, revoltos, entrecruzados, apontando rijamente no espaço ou estirando-se
flexuosos pelo solo, lembrando um bracejar imenso, de tortura, da flora
agonizante.
Embora esta não tenha as espécies reduzidas dos desertos – mimosas
tolhiças ou eufórbias ásperas sobre o tapete de gramíneas murchas – e se afigure
farta de vegetais distintos, as suas árvores, vistas em conjunto, semelham uma só
família de poucos gêneros, quase reduzida a uma espécie invariável, divergindo
apenas no tamanho, tendo todas a mesma conformação, a mesma aparência de
vegetais morrendo, quase sem troncos, em esgalhos logo ao irromper do chão."
CUNHA, Euclides da. Os sertões. São Paulo: Francisco Alves/Publifolha, 2000. p. 37-8.
A partir dessa leitura, é INCORRETO afirmar que, no trecho transcrito, o autor
A) apresenta a caatinga como uma vegetação de reduzida biodiversidade,
embora de significativa multiplicidade de formas adaptativas.
B) caracteriza a vegetação da caatinga como repulsiva, agressiva, por causa dos
espinhos, galhos retorcidos, folhas urticantes.
C) deixa entrever o caráter decidual da vegetação quando fala de árvores sem
folhas, de galhos estorcidos e secos.
D) descreve a vegetação sertaneja no período das secas; daí, as expressões
que remetem à agonia, morte, desolação.
07. (UFMG-2007) Analise este trecho de música, em que se retratam condições
socioambientais das grandes cidades brasileiras.
A Cidade
A cidade se apresenta centro das ambições
Para mendigos ou ricos e outras armações
Coletivos, automóveis, motos e metrôs
Trabalhadores, patrões, policiais e camelôs
A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o de baixo desce
GEOGRAFIA
C) exalta o modo de vida urbano ao alegar que, nas cidades, a posse de bens
duráveis – como automóveis e motocicletas – é traço característico de seus
habitantes.
D) inclui o contingente populacional urbano inserido no mercado de trabalho
informal, comumente ligado à expansão do subemprego e do desemprego
estrutural.
08. (UFMG-2007) Considerando-se a organização geoeconômica da Região Sul
brasileira, é INCORRETO afirmar que
A) a indústria da Região Metropolitana de Porto Alegre conserva profundos
vínculos com a agropecuária regional, que lhe fornece importante percentual
da matéria-prima processada.
B) a proximidade geográfica do Sudeste contribui para tornar a Região
Metropolitana de Curitiba importante área receptora dos impulsos da
desconcentração industrial paulista.
C) o grau de modernização da agricultura sulina é predominantemente baixo,
sobretrudo nas sub-regiões de criação avícola e suína e nas de cultivo de
soja.
D) o norte do Paraná é ocupado, hoje, pela soja e outros cultivos, que
gradativamente, substituíram os cafezais.
09. (UFMG-2007) Considerando-se os reflexos da evolução da economia brasileira
na espacialização das atividades e da população, é INCORRETO afirmar que
A) a oferta do setor de serviços à população se ampliou e se dispersou em
consequência da expansão do número de núcleos urbanos no País.
B) a zona rural, nas duas últimas décadas, registrou em algumas regiões
agrícolas, crescimento populacional e, em outras, decréscimo no número
absoluto de habitantes.
C) o espaço econômico sofreu redução no território brasileiro, em razão da
impossibilidade de se manter a oferta de trabalho na fronteira de recursos.
D) o meio rural registrou aumento percentual da oferta de empregos,
principalmente nos setores secundário e terciário da economia.
10. (UFMG-2007) Considerando-se a dinâmica espacial do setor industrial de
Minas Gerais, é INCORRETO afirmar que
A) a Região Leste do Estado, no que se refere ao setor de pesquisa e
desenvolvimento, se transformou na mais importante plataforma de produção
da agroindústria nacional.
B) a Região Norte mineira – com destaque para Montes Claros e Pirapora –,
apesar da política de incentivos fiscais de que se beneficiou, teve expansão
industrial pouco expressiva.
C) as cidades polarizadas por Belo Horizonte experimentam industrialização
estimulada tanto por sua forte base mineral como pelos impulsos recebidos da
própria Capital.
D) as regiões Central, Sul e do Triângulo Mineiro – com destaque para a Região
Metropolitana de Belo Horizonte e algumas cidades médias – abrigam a maior
concentração industrial e urbana do Estado.
11. (UFMG-2007) Analise este mapa, em que está indicada a localização do
Estreito de Bering:
Chico Science, "A Cidade".
A partir dessa análise, é INCORRETO afirmar que, nesse trecho de música, o
autor
A) considera a exclusão social como uma característica marcante das
sociedades urbanas, que tem aumentado à medida que se intensifica a
concentração de renda.
B) denuncia a pequena mobilidade econômica das classes sociais, decorrente
da intensificação da divisão do trabalho que acompanha o processo de
urbanização.
www.nucleodeaprendizagem.com.br
7
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
GEOGRAFIA
A partir dessa análise, é INCORRETO afirmar que esse Estreito.
A) pela posição em latitudes elevadas, é desprovido da importância estratégica e
geopolítica comum a outros estreitos que separam continentes e ilhas.
B) pela relativa facilidade de ligação entre os continentes Euroasiático e
Americano, se constitui uma das hipóteses da origem das civilizações mais
antigas da América.
C) por ser cortado pelo Círculo Polar Ártico, tem sido muito sensível às flutuações
climáticas globais, passadas e presentes.
D) por estabelecer a ligação entre os oceanos Glacial Ártico e o Pacífico Norte,
possibilita a permuta da flora e da fauna de ecossistemas diferentes.
B) os conflitos com raízes em divergências religiosas ainda resultam em guerras
civis e massacres violentos de minorias, o que tem contribuído para aumentar
a população de refugiados em diferentes partes do mundo.
C) os cristãos evangélicos e católicos, em países da América Latina, e os
protestantes fundamentalistas, nos Estados Unidos, vêm aumentando sua
representatividade nos governos e, consequentemente, no próprio poder de
interferir em decisões políticas.
D) os líderes religiosos que assumiram o poder em alguns países têm defendido
a oficialização de uma pluralidade de religiões, o que tem provocado reações,
por vezes violentas, de minorias radicais da sua população.
12. (UFMG-2007) Com relação ao espaço ocupado pela Amazônia no Continente
Sul-Americano, é INCORRETO afirmar que
A) a biosfera, nessa região, detém parcela considerável da água doce disponível
no Planeta, bem como um banco genético cuja riqueza tem atraído redes de
biopirataria.
B) a fragilidade do ecossistema amazônico se contrapõe à exuberância da sua
cobertura vegetal e, por isso, demanda a adoção de estratégias para a
ocupação econômica dessa região.
C) a ocupação recente dessa região confirma a hipótese, surgida no século XX,
de que o volume de sua produção agrícola pode atender à demanda de
alimentos no mundo.
D) os avanços e os retrocessos no processo de integração política regional
fragilizam os países que compartilham espacialmente a Amazônia frente às
pressões da comunidade internacional.
PROVA UFMG/2008
13. (UFMG-2007) Considerando-se os reflexos das migrações internacionais na
organização do espaço mundial, é INCORRETO afirmar que, na atualidade, há
A) um aumento de ações decorrentes da xenofobia que caracteriza parcela da
população dos países receptores de imigrantes.
B) um crescimento do contingente de imigrantes ilegais, o que tem favorecido a
criação de leis que dificultam e criminalizam a presença deles nos países
receptores.
C) uma plena integração cultural e socioeconômica, no país receptor, das
gerações posteriores de imigrantes, tornadas cidadãos nacionais.
D) uma tendência à mudança do perfil étnico, nos países receptores, em razão
do número de imigrantes recebidos e de seu comportamento demográfico
diferenciado.
14. (UFMG-2007) Considerando-se alguns dos países do grupo classificado, na
atualidade, como emergente, é INCORRETO afirmar que
A) a China vem direcionando o setor de bens de consumo duráveis para o
atendimento da demanda de seu mercado interno, em detrimento das
exportações.
B) a Índia, embora com um elevado percentual da população abaixo da linha da
pobreza, se tem destacado pela exportação de mão-de-obra qualificada e de
tecnologia de ponta no setor de informática.
C) a Rússia contrapõe sua condição de membro do grupo de países mais
desenvolvidos do mundo – o G-8 – a um desempenho econômico típico de
países emergentes.
D) o México vem alcançando rápido crescimento industrial ao adotar um modelo
de zonas francas, onde se instalaram as empresas maquiladoras de países
norte-americanos.
01. (UFMG-2008) Leia este trecho:
"Do chapadão – de onde tudo se enxerga. Do chapadão com
desprumo de duras ladeiras repentinas, onde a areia se cimenta: a grava do areal
rosado, fazendo pururuca debaixo dos cascos dos cavalos e da sola crua das
alpercatas. Ou aquela areia branca, por baixo da areia amarela, por baixo da areia
rosa, por baixo da areia vermelha – sarapintada de areia verde [...] O vivido velho
dos vaqueiros, gritando galope, encourados rentes, aboiando. Os bois de todo
berro, marruás com marcas de unha de onça. Chovia de escurecer, trovoava,
trovoava, a escuridão lavrava em fogo. E na chapada a chuva sumia, bebida,
como por encanto, não deitava um lenço de lama, não enxurrava meio rego.
Depois, subia um branco poder de sol, e um vento enorme falava, respondiam
todas as árvores do cerrado [...] E o coração e corôo de tudo, o real daquela terra,
eram as veredas vivendo em verde com o muito espelho de suas águas [...] e o
buritizal..."
GUIMARÃES ROSA, João. O recado do Morro. Rio de Janeiro:
Nova Fronteira, 2007. p. 116-117.
A partir dessa leitura e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é
INCORRETO afirmar que
A) a pecuária extensiva, que, por longo tempo, foi a principal atividade
econômica da região, criou tipos humanos da sociedade sertaneja – o
vaqueiro, o peão, o boiadeiro.
B) a realidade é falseada quando se descrevem, numa região de pouca
umidade, chuvas abundantes e fortes, com nuvens escuras, relâmpagos e
trovões.
C) a unidade paisagística descrita é típica do Brasil Central – as grandes
chapadas tabulares, do domínio morfoclimático dos cerrados, das matas
galerias e veredas.
D) o solo, por ser arenoso, favorece a infiltração da água da chuva e reduz o
escoamento superficial, o que torna o subsolo das chapadas um importante
reservatório hídrico.
02. (UFMG-2008) Analise este mapa:
A Antártida e áreas oceânicas e continentais periféricas
15. (UFMG-2007) No início da segunda metade do século XX, o desenvolvimento
econômico e tecnológico contribuiu para alimentar a idéida de que as religiões
passariam a segundo plano, sobretudo nas sociedades progressivamente
contempladas com a modernização proposta pelo mundo ocidental. No entanto os
fatos que se desenrolam a partir do final desse mesmo século contrapõem-se a tal
idéia.
Considerando-se esses fatos, é INCORRETO afirmar que
A) as sociedades, em alguns países africanos e asiáticos, continuam submetidas
aos fundamentos religiosos e não, aos códigos civis propostos, apesar da
influência da colonização ocidental na estruturação jurídica de seus Estados.
FONTE: Atlas Geográfico escolar. 3. ed. Rio de Janeiro: IBGE, 2006. p.33. (Adaptado)
www.nucleodeaprendizagem.com.br
8
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
GEOGRAFIA
A partir dessa análise e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é
INCORRETO afirmar que
A) a Antártida é um continente coberto por uma imensa capa de gelo de água
doce, cercada de águas oceânicas, cujo equilíbrio ambiental é de interesse
planetário.
B) a península lançada em direção à Terra do Fogo é a menos desfavorável à
presença do homem na região, pois possibilitou a criação de estações
permanentes de pesquisa.
C) a tundra, própria de climas muito frios, encontra condições favoráveis para se
desenvolver amplamente nessa região e se constitui a base de uma cadeia
alimentar diversificada.
D) o Círculo Polar Antártico limita, praticamente, o Continente à Zona Polar e, por
isso, a Antártida é o mais extenso e contínuo domínio de climas polares
continentais da Terra.
Assinale a alternativa em que as anotações do viajante contêm informações
geográficas INCORRETAS.
A) Levantei voo em Jacarta, cidade de um país que é um imenso arquipélago, de
clima quente e úmido, revestido, outrora, de florestas e cuja população é
predominantemente islâmica.
B) Observei uma grande planície entre o Oceano Índico e uma grande cadeia de
montanhas, que imagino tratar-se do delta do Rio Ganges, com seus
formigueiros humanos flagelados por enchentes frequentes.
C) Suponho que esse sistema de cordilheiras e planaltos elevados, que acabei
de cruzar, é o Himalaia, um dos mais imponentes conjuntos montanhosos do
mundo, onde vivem populações de tradição budista – caso dos tibetanos.
D) Julgo já estar próximo de Moscou, pois vejo extensos planaltos elevados, de
clima temperado úmido, cobertos de florestas no passado, e com muitos
lagos – inclusive o Aral, grande celeiro de cereais.
03. (UFMG-2008) Leia este trecho:
"De um ano para cá, nenhum bicho foi tão mal falado quanto esse tal 'aquecimento global'. Dia sim, dia não, aparece alguém dizendo que ele vai nos devorar.
......................................................................................................................
Ninguém sabe ao certo, mesmo porque, em fenômenos naturais, o
conhecimento humano engatinha. Mas o fato é que, até agora, a paranóia em
relação ao aquecimento global só fez bem ao Brasil. [...] Além disso, não dá para
levar a sério a previsão de que o calor vai 'savanizar' a Amazônia e 'desertificar' o
cerrado. Segundo o geógrafo Aziz Ab'Saber, ao contrário, o aquecimento será
bom para a floresta, uma vez que o Brasil está sujeito às correntes marítimas."
05. (UFMG-2008) Os países menos desenvolvidos – tanto os semiperiféricos
quanto os periféricos – ocupam, no cenário internacional, posição diferente da que
mantiveram durante o período da Guerra Fria.
Considerando-se os aspectos que justificam essa posição atual, é INCORRETO
afirmar que
A) as pautas de exportação mais diversificadas dos países semiperiféricos se
diferenciam do padrão anterior, caracterizado pelo fluxo de matérias-primas
de áreas pobres para os países ricos e pelo de produtos industriais no sentido
contrário.
B) o crescimento da demanda de matéria-prima e de fontes de energia em
algumas dessas economias tem não só valorizado o consumo interno das
reservas nacionais, mas também provocado a elevação do preço desses itens
no mercado internacional.
C) o desenvolvimento de tecnologias de uso bélico – inclusive nuclear –, antes
de domínio exclusivo de países desenvolvidos, transformou alguns países
periféricos em desestabilizadores da segurança mundial.
D) os projetos de desenvolvimento econômico e social, financiados por
organismos como o FMI e o Banco Mundial, têm contribuído para reduzir a
interdependência que, ao longo do século XX, se estabeleceu entre países
centrais e semiperiféricos.
Em defesa do aquecimento global. ISTOÉ, 11 abr. 2007. Opinião e Idéias, p. 48. (Adaptado)
A partir dessa leitura e considerando outros conhecimentos sobre o assunto, é
INCORRETO afirmar que, nesse trecho, o uso da frase
A) "a paranóia em relação ao aquecimento global só fez bem ao Brasil" pode se
referir, por exemplo, ao uso do etanol, que, ao substituir o petróleo, reduz a
emissão de gases-estufa.
B) "ele vai nos devorar" pode se referir à possibilidade de inundação de
importantes cidades, na extensa zona costeira do Planeta, em consequência
da elevação do nível dos oceanos.
C) "em fenômenos naturais, o conhecimento humano engatinha" associa a
controvérsia atual sobre efeitos desse aquecimento à falta de pesquisas
científicas mais aprofundadas.
D) "o aquecimento será bom para a floresta" se refere aos benefícios futuros da
redução das precipitações na Amazônia, que tornará esse espaço mais
favorável ao homem.
04. (UFMG-2008) Analise este mapa, em que está indicado o trajeto de um
viajante que, de avião, partiu de Jacarta, na Indonésia, com destino a Moscou:
FONTE: Atlas geográfico escolar. 3. ed. Rio de Janeiro: IBGE, 2006. p. 47. (Adaptado)
Com base em suas observações e conhecimentos geográficos, esse viajante fez
várias anotações, numa agenda, sobre as regiões sobrevoadas durante sua
viagem.
www.nucleodeaprendizagem.com.br
06. (UFMG-2008) Recentemente, aspectos de ordem política e humanoeconômica da América Latina têm contribuido para modificar a participação desse
Subcontinente no cenário mundial. Considerando-se esses aspectos, é
INCORRETO afirmar que o Subcontinente Latino-Americano
A) é um dos grandes exportadores mundiais de combustíveis fósseis e oferece
outras possibilidades energéticas em diversidade e volume que permitem sua
utilização em outras partes do mundo.
B) exerce grande poder de atração sobre empresas multinacionais, por abrigar
considerável mercado potencial, formado por população numerosa e, ainda,
com grande parte de suas necessidades não-atendidas.
C) registra, hoje, graças ao emprego de tecnologias nele geradas, ritmo de
desenvolvimento industrial que supera aquele verificado em outras regiões do
mundo, que também abrigam países em desenvolvimento.
D) tem gerado dúvidas sobre a segurança dos investimentos externos na região,
devido às recentes nacionalizações de unidades industriais estrangeiras
localizadas em alguns dos países que o constituem.
07. (UFMG-2008) Considerando-se sua localização e sua dimensão, é
INCORRETO afirmar que o território brasileiro
A) é caracterizado por pequena variação latitudinal, responsável pela reduzida
amplitude térmica anual registrada no País, típica de espaços intertropicais.
B) é dotado de extenso litoral, de onde, historicamente, as áreas de fronteira
agrícola se projetaram para as bordas da vasta floresta equatorial do
Continente Sul-Americano.
C) ocupa o interior de uma placa litosférica, responsável, em parte, pelo
predomínio, na paisagem, de amplas depressões e de planaltos rebaixados
pela erosão.
D) possui quatro fusos horários atrasados em relação ao Meridiano de
Greenwich, mas a hora oficial – a Hora de Brasília – estende-se a boa parte
do País.
9
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
08. (UFMG-2008) Analise este mapa, em que está destacada a área de
distribuição espacial da Depressão do São Francisco em Minas Gerais:
FONTE: Atlas geográfico escolar. 3. ed. Rio de Janeiro: IBGE, 2006. p. 97. (Adaptado)
A partir dessa análise e considerando outros conhecimentos sobre o assunto, é
INCORRETO afirmar que essa área
A) abriga uma população que, em número de densidade, decresce, grosso
modo, de sul para norte, à medida que se afasta da metrópole nacional
localizada em território mineiro.
B) constitui, hoje, o principal pólo mineiro de atração da indústria nacional,
diretamente beneficiado pela desconcentração industrial em curso no Estado.
C) é constituída de grandes áreas, em que a criação extensiva de gado faz uso
de pastagens desenvolvidas em áreas ocupadas, originalmente, pelo cerrado
e pela caatinga.
D) ocupa extenso corredor de terras baixas, de orientação norte-sul, resultante
do rebaixamento do relevo por ação do Rio São Francisco e de seus
principais afluentes.
GEOGRAFIA
02. (UFMG-2009) Um projeto, já aprovado pelo Senado, reduz o número de fusos
horários, adotados no Brasil, de quatro para três. Cogitou-se, inclusive, a adoção
de um fuso único.
Considerando-se as razões que justificam a existência desses fusos, bem como as
implicações de possíveis modificações a serem feitas neles, é INCORRETO
afirmar que
A) a adoção de fusos horários foi decidida por convenção internacional, com o
objetivo de disciplinar o cumprimento de contratos financeiros e de trocas na
economia-mundo.
B) a extensão do território brasileiro, no sentido latitudinal, e as fortes variações
sazonais da radiação solar forçam a adoção de fusos horários diferentes no
País.
C) a proposta de adoção de um fuso único esbarra em questões ligadas à prática
de atividades econômicas, ao consumo de energia e ao relógio biológico de
parte da população.
D) o emprego de maior número de fusos, no mesmo território nacional, implica
inconvenientes ao funcionamento dos sistemas financeiro, administrativo e de
comunicações do País.
03. (UFMG-2009) Leia estes trechos:
O interior do Ceará voltou a ser atingido por tremores de terra na madrugada de
ontem, com abalos sísmicos que alcançaram até 3,9 graus na escala Richter.
Folha de S. Paulo, 1o mar. 2008. p. C1. (Adaptado)
PROVA UFMG/2009
A terra voltou a tremer na região de Caraíbas, no Norte de Minas Gerais. O abalo
sísmico de 4,0 graus na escala Richter ocorreu anteontem à noite, onde, em
dezembro de 2007, terremoto causou a morte da primeira vítima de um tremor de
Estado de Minas, 21 de mar. 2008. p. 22. (Adaptado)
terra no País.
Por volta das 21 h de anteontem, um tremor de terra de 5,2 graus na escala
Richter assustou moradores de São Paulo, Rio, Paraná e Santa Catarina. Com
epicentro na costa brasileira, a cerca de 270 km da capital paulista, o terremoto foi
considerado moderado por cientistas e geólogos do País.
01. (UFMG-2009) Leia este trecho:
"O debate sobre o aumento das taxas de desmatamento na Amazônia, no
final de 2007, foi ocasião propícia para um ataque inédito de alguns interesses do
setor agroindustrial atuando no Brasil central e na Amazônia ao Inpe, uma das
instituções-chave do sistema brasileiro de ciência e tecnologia [...]
Não é inocente, nesse contexto, um doloso desconhecimento: ignorar que a
ciência (aqui e em toda parte) avança por meio de acertos e erros. Pretender fazer
de diferenças metodológicas sobre como detectar desmatamento e degradação a
partir do espaço o argumento para deslegitimar nossa ciência pode ser um ato
mais que destrutivo ao futuro do Brasil.
O nó da questão é o falso dilema entre conservação e desenvolvimento.
Falso, porque trata a conservação como sinônimo de preservação intocável e
identifica o desenvolvimento com produção destrutiva, respaldado num histórico de
agropecuária causadora de gigantesco passivo ambiental na Amazônia. Falso,
pois não admite a existência de diversos modos de modernidade e caminhos
alternativos de desenvolvimento e pretende fazer da verdade complexa dessa
questão pouco mais que uma caricatura simplista.
Considerando-se essas informações e outros conhecimentos sobre o assunto, é
INCORRETO afirmar que
A) a ausência de vítimas no terremoto que afetou parte de São Paulo, Rio de
Janeiro, Paraná e Santa Catarina é explicada pelo fato de, no Centro-Sul do
País, a construção civil empregar técnicas antiterremotos eficazes em países
como o Japão.
B) a escala Richter é utilizada para quantificar a magnitude sísmica de um
terremoto ocorrido em continente ou em oceano, desde aqueles registrados
somente pelos sismógrafos, até aqueles sentidos pelo homem e causadores
de grande destruição.
C) a mídia, ao fazer uso das expressões "tremor de terra", "abalo sísmico" e
"terremoto", está-se referindo a um fenômeno geológico, que tem sua origem
associada à mobilidade e ao deslocamento das placas litosféricas.
D) as áreas continentais distantes das bordas de placas tectônicas – como é o
caso de grande parte do território brasileiro –, se revelam, também,
sismicamente instáveis, embora, nelas, os terremotos apresentem magnitude
e frequência reduzidas.
A partir da leitura e interpretação desse trecho, é INCORRETO afirmar que
A) a "caricatura simplista" mencionada se refere à postura comum de reduzir-se
o assunto Amazônia a uma só via, o conservadorismo ou o desenvolvimento.
B) a notícia do aumento da taxa de desmatamento na Amazônia, que incomodou
diferentes setores da sociedade, motivou várias críticas a um importante
órgão de pesquisa brasileiro.
C) os autores consideram inaceitável criticar-se a possibilidade de a ciência
brasileira cometer erros relativos à detecção e ao monitoramento do
desmatamento.
D) uma postura radical do lado conservacionista e a tradição brasileira de uso
irracional dos recursos ambientais dificultam o debate sobre a Amazônia.
04. (UFMG-2009) Segundo especialistas, a atual política internacional voltada à
expansão do mercado de biocombustíveis pode implicar repercussões
desfavoráveis ao homem ao meio ambiente. Considerando-se essa possibilidade,
é INCORRETO afirmar que a expansão do mercado de biocombustíveis poderá
A) colocar em risco os avanços sociais esperados da aprovação da lei, em
tramitação no Legislativo Federal, que proíbe o trabalho escravo no País, haja
vista interesses manifestos em ampliar essa relação de trabalho.
B) incentivar o conflito de natureza socioambiental caracterizado pela presença,
de um lado, de lavouras energéticas e, de outro, daquelas destinadas à
produção de alimentos.
C) intensificar o processo, já em curso, de avanço da fronteira agrícola sobre a
Floresta Amazônica, caso o plantio de cana-de-açúcar continue a se expandir
pelo Centro-Oeste do País.
D) reduzir ainda mais, no Brasil, a disponibilidade e o volume de recursos
hídricos essenciais à manutenção de algumas atividades humanas, se a
extensão dos canaviais alcançar a proporção prevista por especialistas.
BECKER, Bertha; NOBRE, Carlos A.; BARTHOLO, Roberto.
Uma via para a Amazônia. Folha de S. Paulo. 27 abr. 2008. p. A3. (Adaptado)
www.nucleodeaprendizagem.com.br
Folha de S. Paulo, 24 abr. 2008. p. C4. (Adaptado)
10
NÚCLEO DE APRENDIZAGEM
SUPERINTENSIVO UFMG 2010
05. (UFMG-2009) Analise este gráfico:
Brasil: Distribuição percentual da população ativa, segundo
segmentos de atividades econômicas - 2000
Fonte: IBGE. Atlas do Censo Demográfico - 2000. Rio de Janeiro: IBGE, 2003. p. 108. (Adaptado)
A partir da análise desse gráfico e considerando-se outros conhecimentos sobre o
assunto, é INCORRETO afirmar que,
A) em todas as regiões brasileiras, a predominância do setor de serviços e
comércio independe do grau de desenvolvimento econômico alcançado,
isoladamente, por elas.
B) no Brasil, as maiores variações inter-regionais do percentual de população
ocupada estão relacionadas às atividades agrícolas e industriais.
C) no Centro-Oeste, a expressiva participação da população no setor de serviços
e comércio está ligada, entre outros fatores, à presença de Brasília e da
metrópole goiana.
D) no Sudeste, a reduzida parcela da população ocupada na atividade agrícola
torna esse setor pouco atrativo aos investimentos de capital.
GEOGRAFIA
07. (UFMG-2009) Considerando-se a produção, o comércio e o consumo mundiais
na atualidade, é INCORRETO afirmar que
A) a especialização da produção, no período pós-Guerra Fria, promoveu a
intensificação do comércio internacional e aumentou a dependência de um
grande número de países em relação a essa atividade.
B) a retomada de índices mais elevados de crescimento da população mundial,
no último quarto do século XX, interrompeu a queda continuada do número de
famintos e comprometeu a relação entre demanda e oferta de alimentos.
C) as preocupações com a preservação ambiental têm sido usadas, por países
desenvolvidas, para exercer vigilância sobre processos produtivos fora de
suas fronteiras e impor barreiras a importações de origens diversas.
D) os países emergentes vêm opondo resistência à manutenção, no comércio
internacional, dos privilégios dos países desenvolvidos, o que pode contribuir
para o estabelecimento de uma relação de troca mais equilibrada.
08. (UFMG-2009) Analise esta charge:
06. (UFMG-2009) Analise este mapa:
Brasil: Percentual de domicílios beneficiados pelos
programas sociais do Governo Federal - 2006
A partir dessa análise e considerando-se outros conhecimentos sobre o assunto, é
CORRETO afirmar que essa charge está relacionada
A) a conflitos de natureza religiosa ocorridos na China – no caso, os que
envolvem budistas chineses insuflados por monges tibetanos, liderados pelo
Dalai Lama.
B) à garantia da liberdade de expressão da mídia na transmissão das
competições dos Jogos Olímpicos, ameaçada por movimentos dissidentes
internos à China.
C) à postura intransigente da China diante das expressões externas por maior
liberdade do povo tibetano e do temor ao uso das Olimpíadas para
manifestações de protesto.
D) ao fechamento ou às restrições do regime político chinês às competições
esportivas internacionais, supostamente representativas da cultura capitalista
ocidental.
Fonte: Folha de S.Paulo, 29 mar. 2008. p. A1. (Adaptado)
A partir da análise desse mapa e considerando-se outros conhecimentos sobre o
assunto, é INCORRETO afirmar que
A) a região brasileira de maior homogeneidade socioeconômica é a que
apresenta os menores percentuais de benefícios concedidos pelo Governo
Federal.
B) o percentual mais elevado de domicílios beneficiados ocorre em Estados com
maior expansão da renda do agronegócio.
C) o mapa evidencia desigualdades que se manifestam entre as regiões
geoeconômicas e no interior de cada uma delas.
D) o percentual de domicílios beneficiados é mais alto nas Unidades da
Federação que apresentam densidade demográfica mais baixa.
www.nucleodeaprendizagem.com.br
11

Documentos relacionados