O equipamento - Bombeiros do mundo

Сomentários

Transcrição

O equipamento - Bombeiros do mundo
02 Ficha Adestrador Francia 2002_Fich 12 Bomb (12 maitre-chien) 07/06/12 10:20 Página 1
Bombeiros do mundo
Bombeiro adestrador de cães,
França, 2002
As equipes de cães francesas são
requisitadas mundialmente, quando
ocorre uma grande catástrofe, pela
competência demonstrada em todas
as suas intervenções.
O equipamento
CAPACETE F2 (1)
De material plástico, esse capacete é de cor
vermelha para os membros da equipe e de cor
branca para o chefe da unidade. É equipado com
uma lanterna. É mais leve que o capacete F1.
MACACÃO DE INTERVENÇÃO E DE EXERCÍCIOS (2)
De uma única peça e em tecido Kermel/viscose
azul-marinho, tem faixas refletivas cinzas para
garantir que o bombeiro fique bem visível.
EMBLEMA (3)
O emblema identifica o corpo departamental
ao qual pertence a equipe. No caso de missões
internacionais, esse escudo é substituído por
outro com as cores da bandeira francesa.
CINTURÃO (4)
Esse cinturão é uma correia de tecido de
algodão de cor preta com fivela dupla.
Também possui um porta-mosquetão com
duas presilhas corrediças, uma que se fixa ao
cinturão e outra que permite regular o seu
comprimento. Uma faixa refletiva cobre o
cinturão. A cor dessa faixa varia, dependendo
do grau de quem usa o cinturão: laranja para
os praças, amarelo para os suboficiais e
prateado para os oficiais.
LUVAS (5)
De couro e com cano longo para a proteção
dos antebraços, cobrem os punhos do
macacão para assegurar uma proteção
contínua. Uma luva interna de Kevlar oferece
uma boa garantia contra cortes.
BOTAS DE CADARÇO (6)
De couro preto, são dotadas de sola
antiestática e antiderrapante.
CÃO (7)
Após uma formação difícil e exigente, o cão
obtém, juntamente com seu guia, sua
homologação para intervir em salvamentos.
Capacete F2
1
Macacão de
intervenção e
de exercícios
2
3
Emblema
Cinturão
4
Luvas
5
Botas de cadarço
Cão
6
7
02 Ficha Adestrador Francia 2002_Fich 12 Bomb (12 maitre-chien) 07/06/12 10:20 Página 2
Bombeiros do mundo
Bombeiro adestrador de cães
França, 2002
As equipes
de cães
O capacete F2
Embora em um primeiro
momento tenha sido
destinado à luta contra os
incêndios florestais,
atualmente é cada vez
mais utilizado em
intervenções de
salvamento e de remoção
de escombros, e portanto
faz parte do equipamento
do guia nas equipes de
cães.
A eficácia olfativa dos cães
em caso de busca de
vítimas sob os escombros
dispensa qualquer
comentário. Cada Destacamento
Aeromóvel de Intervenção em
Catástrofes (DICA – Détachement
d’Intervention Catastrophes
Aéromobile) compreende quatro
equipes ou duplas. Cada uma é
composta por um cão, escolhido em
função de rigorosos critérios, e de
um guia. Este é, na maioria das
vezes, o proprietário do animal, ao
qual dispensa uma formação
especial no âmbito do corpo de
bombeiros a que pertence. Cada
dupla efetua algumas práticas, e
então recebe um diploma nacional
de guia e cão homologado para
busca e salvamento sob escombros.
Posteriormente a dupla participa
regularmente de testes de aptidão.
Um guia espanhol e seu cão buscam
possíveis sobreviventes entre os
escombros.
Os DICA
Os DICA foram criados no início da
década de 1980 para intervir em
caso de terremoto ou de qualquer
outra catástrofe natural, não
somente na França, mas no mundo
inteiro. A França dispõe de dez
destacamentos situados na Brigada
de Bombeiros Sapadores de Paris,
no Batalhão de Bombeiros
Marítimos de Marselha, no UISC
(Unidade de Instrução de
Segurança Civil) 1, no UISC 7 e em
cada uma das seis zonas territoriais
de defesa. Cada DICA está
preparado para sair em um prazo
de até três horas a partir do
momento em que é alertado, e
pode intervir de forma autônoma
durante períodos de sete dias. Um
DICA é composto, geralmente, por
60 homens: 4 médicos especialistas
em medicina de catástrofes, 4
equipes de cães e 52 oficiais,
suboficiais e bombeiros
especialistas no salvamento em
desabamentos. Cada destacamento
leva 11 toneladas de material de
salvamento e tudo que é
necessário para sua subsistência
enquanto durar a missão.
A mochila
© Reuters/O. Rivas
De material infundível,
permite que o guia leve
tudo aquilo que pode ser
útil tanto a ele como ao
seu cão nas operações de
busca (alimentos, água, kit
de primeiros socorros).

Documentos relacionados

01 Fich BombEsp (NY 3)

01 Fich BombEsp (NY 3) a uma temperatura excessiva. Nesse caso ela é retirada rapidamente, e seu portador tem direito a uma revisão médica completa. Grandes faixas refletivas bicolores (amarelo e prata) fazem com que o b...

Leia mais