Literatura - Cemaly - Centro Educacional Maria Lygia

Сomentários

Transcrição

Literatura - Cemaly - Centro Educacional Maria Lygia
Literatura
01. Assinale com V (Verdadeiro) ou F (Falso) as afirmações
abaixo sobre a obra "Os Sertões", de Euclides da Cunha.
www.cemaly.com.br
(
) No texto de Euclides da Cunha, misturam-se o
requinte da linguagem, a intenção científica e o propósito
jornalístico.
(
) A obra euclideana insere-se numa tradição da
literatura brasileira que tematiza o povoamento do sertão,
iniciada ainda no Romantismo com Bernardo Guimarães.
( ) Euclides da Cunha escreveu "Os Sertões" com base
nas reportagens que realizou como correspondente do
jornal "O Estado de São Paulo".
( ) Antônio Conselheiro é uma personagem fictícia criada
pelo imaginário do autor.
(
) O episódio de Canudos, retratado no texto de
Euclides da Cunha, faz parte dos movimentos de protesto
surgidos logo após a proclamação da Independência do
Brasil.
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de
cima para baixo, é
(A) V- F- V- F- F
(B) V- V- V- F- F
(C) F- F- V- V- F
(D) F- V- F- F- V
(E) V- V- F- F- F
02. Observe
Modernismo:
a
(D) Lima Barreto expressou sempre o inconformismo face
às injustiças sociais e, na obra "Triste Fim de Policarpo
Quaresma", construiu uma imagem caricata do Brasil com
todas as suas contradições.
(E) Em "Os Sertões", Euclides da Cunha opõe o homem do
sertão ao homem do litoral, acentuando-lhes as diferenças
econômicas e socioculturais.
03. Para responder à questão, analisar as afirmativas que
seguem, sobre a poesia modernista brasileira.
I. Valeu-se da paródia para estabelecer a crítica às
primeiras manifestações vanguardistas.
II. Vinculou-se, nos primeiros tempos, aos movimentos de
vanguarda europeus.
III. Teve, na produção poética de Carlos Drummond de
Andrade e Cecília Meireles, os melhores exemplos de
irreverência formal.
IV. Caracterizou-se, inicialmente, pela irreverência e pelo
anticonvencionalismo.
Pela análise das afirmativas, conclui-se que estão corretas
(A) a I e a II, apenas.
(B) a I e a III, apenas.
(C) a II e a IV, apenas.
(D) a III e a IV, apenas.
(E) a I, a II, a III e a IV.
04. Leia os versos abaixo, do poema "Chama e Fumo" de
PÁGINA
Manuel Bandeira.
1/25
seguinte
declaração
sobre
o
Pré-
Creio que se pode chamar pré-modernismo (no sentido
forte de premonição dos temas vivos em 22) tudo o que,
nas primeiras décadas do século, problematiza a nossa
realidade social e cultural.
BOSI, Alfredo. "História concisa da literatura
brasileira". São Paulo: Cultrix, 1994. p. 306.
Atente agora para o que se afirma a respeito de algumas
obras e autores brasileiros e assinale a alternativa cujo
conteúdo NÃO contempla a síntese crítica de Alfredo Bosi:
(A) Um dos grandes temas de "Os Sertões" é a denúncia
que Euclides da Cunha faz sobre o crime que a nação
brasileira cometeu contra si própria na Guerra dos
Canudos.
(B) Monteiro Lobato imortalizou o personagem Jeca Tatu,
transformando-o no símbolo do caipira subdesenvolvido que
vive na indolência e pratica sempre a "lei do menor
esforço".
(C) Mário e Oswald de Andrade notabilizaram-se como os
grandes líderes da revolução de 22 e, portanto, do
processo de ruptura em relação à tradição intelectual,
libertando a literatura brasileira da "calmaria" em que se
encontrava.
"Amor - chama, e, depois, fumaça...
Medita no que vais fazer:
O fumo vem, a chama passa...
Gozo cruel, ventura escassa,
Dono do meu e do teu ser,
Amor - chama, e, depois, fumaça...
[...]
A cada par que a aurora enlaça,
Como é pungente o entardecer!
O fumo vem, a chama passa..."
Assinale a alternativa correta sobre os versos citados.
(A) Através de uma linguagem concisa e metafórica, os
versos abordam o tema do amor - em sua intensidade e
efemeridade.
(B) Os versos se apresentam numa linguagem elaborada e
explícita, contrariando a tendência à síntese inerente ao
gênero lírico.
(C) As quadras que compõem as estrofes do poema são
irregulares quanto à métrica e às rimas.
(D) Os versos 07 e 08 contêm imagens visuais em que o
poeta descreve um par amoroso, alternadamente, ao
amanhecer e ao crepúsculo.
(E) O poeta expressa, em versos decassílabos, o desejo de
que o amor permaneça eternamente vivo.
05. Soneto de separação
De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.
De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.
Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.
www.cemaly.com.br
Do poema acima, de Vinicius de Moraes, é INCORRETO
afirmar que
(A) apresenta, entre os procedimentos de construção, o
uso de anáforas que dão o tom de cadência melódica e de
repetição.
(B) apresenta uma métrica que imprime a todos os versos
um ritmo cadenciado e forte, constituída, exclusivamente,
por decassílabos.
(C) utiliza rimas que, quanto à posição, classificam-se, em
todas as estrofes, como cruzadas ou alternadas.
(D) emprega recursos de antítese para caracterizar
mudanças bruscas e emoções fortes.
(E) usa a expressão “de repente” como indicação de
ruptura temporal e de mudança de estados anímicos
06. Sobre a poesia da Segunda Geração modernista, é
correto afirmar que
(A) apresenta fortes características regionalistas, assim
como a prosa do período.
(B) valoriza as formas fixas, como o soneto, em detrimento
à liberdade de expressão.
(C) preocupa-se fundamentalmente com o sentido da
existência humana.
(D) apresenta forte tendência nacionalista e de crítica à
realidade social brasileira.
(E) é essencialmente experimentalista e inovadora quanto a
temas e formas de expressão.
07. Analise este fragmento de São Bernardo, de Graciliano
Ramos, para responder ao que se pede.
Sou um homem arrasado. Doença! Não. Gozo perfeita
saúde. Quando o Costa Brito, por causa de duzentos mil
réis que me queria abafar, vomitou os dois artigos, chamoume doente, aludindo a crimes que me imputam. O Brito da
Gazeta era uma besta. Até hoje, graças a Deus, nenhum
médico me entrou em casa. Não tenho doença nenhuma.
O que estou é velho. Cinquenta anos pelo S. Pedro.
Cinquenta anos perdidos, cinquenta anos gastos sem
objetivo, a maltratar-me e a maltratar os outros. O
resultado é que endureci, calejei, e não é um arranhão que
penetra esta casca espessa e vem ferir cá dentro a
sensibilidade embotada.
Cinquenta anos! Quantas horas inúteis! Consumir-se uma
pessoa a vida inteira sem saber para quê! Comer e dormir
como um porco! Levantar-se cedo todas as manhãs e sair
correndo, procurando comida! E depois guardar comida
para os filhos, para os netos, para muitas gerações. Que
estupidez! Que porcaria! Não é bom vir o diabo e levar
tudo? O trecho em questão evidencia:
(A) a esperança de redenção do narrador, ainda que o
relato seja feito de forma rude.
(B) a consciência do princípio capitalista da acumulação, ou
seja, que ter acumulado riqueza de nada lhe adiantou.
(C) a possibilidade de reconciliar-se com as pessoas que
maltratou.
(D) o desabafo de uma vítima de seu tempo e de seu meio,
cuja ajuda significativa na vida foi de Madalena.
(E) necessidade de ser notado.
08. Leia o fragmento abaixo, retirado do romance "Vidas
secas":
... Na palma da mão as notas estavam úmidas de suor.
Desejava saber o tamanho da extorsão. Da última vez que
fizera contas com o amo o prejuízo parecia menor.
Alarmou-se. Ouvira falar em juros e em prazos. Isto lhe
dera uma impressão bastante penosa: sempre que os
PÁGINA
homens sabidos lhe diziam palavras difíceis, ele saía 2/25
logrado. Sobressaltava-se escutando-as. Evidentemente só
serviam para encobrir ladroeiras. Mas eram bonitas. Às
vezes decorava algumas e empregava-as fora de propósito.
Depois esquecia-as. Para que um pobre da laia dele usar
conversa de gente rica? Sinhá Terta é que tinha uma ponta
de língua terrível. Era: falava tão bem quanto as pessoas da
cidade. Se ele soubesse falar como Sinhá Terta, procuraria
serviço em outra fazenda, haveria de arranjar-se. Não
sabia. Nas horas de aperto dava para gaguejar,
embaraçava-se como um menino, coçava os cotovelos,
aperreado. Por isso esfolavam-no. Safados. Tomar as
coisas de um infeliz que não tinha nem onde cair morto!
Não viam que isso não estava certo? Que iam ganhar com
semelhante procedimento? Hem? Que iam ganhar? ...
RAMOS, Graciliano. "Vidas secas". 37ª ed. Rio de Janeiro: Record, 1977.
p.103.
Graciliano Ramos apresenta em suas obras problemas do
Nordeste do Brasil e, ao mesmo tempo, desenvolve um
trabalho universal por apresentar uma visão crítica das
relações humanas. A partir do trecho acima, pode-se
afirmar que o autor:
(A) denuncia a opressão social realizada através do abuso
de poder político, que está representado na fala de
Fabiano.
(B) critica o trabalhador rural nordestino, representado na
figura de Fabiano, por sua ignorância e falta de domínio da
língua culta.
(C) deixa claro que a incapacidade de usar uma linguagem
"boa" não isola Fabiano do mundo dos que usam "palavras
difíceis", pois sua esperteza pode-se concretizar de outras
maneiras.
(D) mostra que a sociedade oferece oportunidades iguais
para os que possuem o domínio de uma linguagem culta e
para os que não possuem, e as pessoas mais trabalhadoras
atingirão o posto de classe dominante.
(E) mostra a relação estreita entre linguagem e poder,
denunciando a opressão ao trabalhador nordestino,
transparente nas diferenças entre a língua falada pelo
opressor e a falada pelo oprimido.
www.cemaly.com.br
09. Há no romance Vidas Secas, de Graciliano Ramos, um
aspecto crítico que pretende aproximar o humano dos
animais e vice-versa, dentro de um processo de
zoomorfização do humano e antropomorfização do animal.
Assim, diante disso, e considerando o contexto da obra, é
possível verificar que
(A) Fabiano está para Baleia, na relação homem, bicho,
animal, assim como Sinhá Vitória está para o papagaio, na
comparação com os pés e o modo de andar.
(B) apenas Sinhá Vitória sofre o processo de aproximação,
uma vez que ela é comparada por Fabiano ao papagaio.
(C) Fabiano não se identifica com animais ou bichos porque
seu universo de aspiração e modelo de linguagem é Seu
Tomás da Bolandeira.
(D) a cachorra Baleia, em nenhum aspecto, sofre o
processo de humanização e isso a distancia da ação dos
personagens da narrativa.
(E) não há relação identificadora entre humanos e animais,
uma vez que Sinhá Vitória liquida o papagaio para alimentar
a família e Fabiano mata Baleia a tiros de espingarda.
10. Sobre a segunda fase do Modernismo no Brasil, é
correto afirmar que
(A) foi marcada pela exaltação da natureza, a volta ao
passado histórico, o medievalismo e a criação do herói
nacional na figura do índio.
(B) se caracterizou pela linguagem rebuscada, culta,
extravagante; pela valorização do pormenor mediante jogos
de palavras.
(C) representou um amadurecimento e um aprofundamento
das conquistas da geração de 1922, resultando em uma
literatura mais construtiva e mais politizada.
(D) se caracterizou por ser uma literatura meramente
descritiva e, como tal, sem grande valor literário,
possuindo, portanto, somente interesse histórico.
(E) seguiu os modelos clássicos greco-latinos e os
renascentistas, retomando a mitologia pagã como elemento
estético.
Gramática
11. Somando os números correspondentes às orações
corretas quanto à classificação das mesmas, você
encontrará a resposta da questão.
“Garantiram-me que, depois de preenchido o formulário,
que me enviaram pelo correio na segunda-feira sem falta e
pagar a minha taxa de inscrição, eu seria atendido em
menos de quarenta e oito horas.” (F. Sabino)
(02) 1º oração: principal;
(08) 2º oração: subordinada substantiva objetiva direta;
(14) 3º oração: subordinada substantiva objetiva direta;
(20) 4º oração: subordinada adjetiva restritiva;
(26) 5º oração: coordenada sindética aditiva em relação à
3º e subordinada adverbial temporal em relação à 1ª.
(A) 24
(B) 36
(C) 48
(D) 56
(E) 70
12. Assinale o par de orações grifadas cuja classificação
está trocada:
(A) Vi onde ela estuda. (subordinada substantiva objetiva
direta)
É sabido onde ela estuda. (subordinada substantiva
subjetiva)
(B) Não chores, porque amanhã será um novo dia.
(coordenada sindética explicativa)
Não chores porque erraste o problema. (subordinada
adverbial causal)
(C) Descobriu-se por quem o carro foi consertado.
(subordinada adjetiva restritiva)
Descobriu-se a pessoa por quem o carro foi consertado.
(subordinada substantiva subjetiva)
(D) “Quando você foi embora, Fez-se noite em meu viver
(...)” (subordinada adverbial temporal)
Perguntei ao professor quando faríamos a prova.
(subordinada substantiva objetiva direta)
(E) “Estevão ficou ainda algum tempo encostado à cerca
na esperança de que ela olhasse (...)”
(subordinada substantiva completiva nominal)
“A ambição e o egoísmo se opõem a que a paz reine sobre
a Terra.” (subordinada substantiva objetiva indireta)
PÁGINA
3/25
13. Colégio Naval
Vamos até a Matriz de Antônio Dias onde repousa, pó sem
esperança, pó sem lembrança, o Aleijadinho.
Vamos subindo em procissão a lenta ladeira.
Padres e anjos, santos e bispos nos acompanham e tornam
mais rica, tornam mais grave a romaria de assombração.
Mas já não há fantasmas no dia claro, tudo é tão simples,
tudo tão nu, as cores e cheiros do presente são tão fortes
e tão urgentes que nem se percebem catingas e rouges,
boduns e ouros do século 18.
(O voo sobre as igrejas, Carlos Drumond de Andrade)
O “que” do verso 10 apresenta o valor semântico de:
www.cemaly.com.br
(A) explicação;
(B) condição;
(C) conformidade;
(D) consequência;
(E) lugar.
Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!
- Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte,
14. As orações “Desafia o nosso peito a própria morte”,
“que um filho teu não foge à luta” e “quem te adora”
classificam-se, respectivamente, como:
(A)
principal,
subordinada
substantiva
subjetiva,
subordinada adjetiva restritiva;
(B) principal, subordinada adverbial temporal, subordinada
substantiva objetiva direta;
(C) principal, subordinada substantiva objetiva direta,
subordinada substantiva subjetiva;
(D) coordenada assindética, subordinada substantiva
objetiva direta, subordinada substantiva
apositiva.
15. Marque a alternativa que contém oração subordinada
substantiva completiva nominal.
(A) “Como fazem os pelintras de hoje para não molhar os
pés nos dias de chuva?”
(B) “Veio-me a desagradável impressão de que todo
mundo reparava nas minhas galochas.”
(C) “Um dia as galochas me serão úteis, quando eu for
suficientemente velho para merecê-las.”
(D)
“No
restaurante,
onde
entrei
arrastando
os cascos como um dromedário, resolvi me ver livre das
galochas.”
(E) “No centro da cidade um sol radioso varava as nuvens e
caía sobre a rua, enchendo tudo de luz, fazendo evaporar
as últimas poças de água que ainda pudessem justificar
minhas galochas.”
16. Assinale o único exemplo em que não ocorre oração
subordinada substantiva subjetiva:
(A) “Cansativo que seja, urge atravessarmos o campo que
banha o Rio Negro antes de anoitecer.”
(B) “Todo escritor que surge reage contra os mais velhos,
mesmo que o não perceba, e ainda que os admire.”
(C) “Dormiram naquilo, tinham-se acostumado, mas
seria mais agradável dormirem numa cama de lastro de
couro.”
(D) “É preciso que o pecador reconheça ao menos isto: que
a Moral católica está certa e é irrepreensível.”
(E) “Sobre a multiplicidade informe e confusa dos bens da
matéria é mister que paire a força ordenadora do espírito.”
17. Em “Dentro dela se abrigava a multidão de bárbaros e
de estranhos ali recebidos com brandura e carinho” e
“Tudo o que era natureza tinha o aspecto sinistro, trágico,
desolador (...)”, temos, respectivamente:
(A) uma oração com sujeito simples; / duas orações com
sujeito representado por pronomes (respectivamente,
demonstrativo e relativo);
(B) duas orações, uma com sujeito claro, outra, oculto; /
duas orações, tendo a primeira o sujeito simples
representado por pronome relativo, a segunda, por um
substantivo;
(C) uma oração com sujeito composto cujos núcleos
são bárbaros e estranhos; / duas orações, estando a
PÁGINA
subordinada com sujeito oculto;
4/25
(D) uma oração com sujeito simples; / uma oração com
sujeito representado por pronome indefinido;
(E) uma oração com sujeito pronominal; / uma oração com
sujeito oracional.
18. Comparando-se as palavras sublinhadas em:
— A manga que chupei, estava uma delícia.
— Cortaram a manga da minha camisa.
Constatamos um caso de:
(A) paronímia;
(B) sinonímia;
(C) homonímia;
(D) antonímia;
(E) cognatos.
19. Leia os textos e responda à questão.
Texto I
ENTREVISTA: Bagno afirma que o preconceito linguístico
é o mesmo que preconceito social
[...] Esclareça a afirmação de que a língua falada é natural e
a gramática é artificial [...]
A “gramática” artificial é justamente aquele conjunto de
“leis” arbitrariamente elaboradas, que se baseia em
concepções de “certo” e de “errado” que não têm nenhum
apoio na realidade a não ser o autoritarismo de quem as
elabora. Por que é certo dizer “eu o vi” e é errado dizer “eu
vi ele”, se essa construção existe na língua há mais de mil
anos? Só porque alguém, em determinado momento da
história, resolveu dizer que era assim? Só porque os
portugueses não usam essa construção? Mas nós estamos
no Brasil, falamos uma língua diferente da dos portugueses,
por que temos de seguir como norma a língua deles? [...]
Inglês
21. Assinale a alternativa que preenche corretamente a
lacuna da frase a seguir:
Those people are happy because they......love in their
childhood.
(A) was given
(B) has given
(C) were given
(D) have being given
(E) be given
www.cemaly.com.br
Com base nos dois textos apresentados, pode-se afirmar
que:
(A) segundo Marcos Bagno, a língua que se aproxima mais
do correto é o português de Portugal, exemplificado na tira
do Garfield.
(B) a fala na tira do Garfield se diferencia da fala do
primeiro texto principalmente pelas diferenças de
contexto.
(C) de acordo com o primeiro texto, pode-se afirmar que
Bagno classificaria a fala do segundo como incorreta, pelas
construções: “tô”, “pro”, “magina”, “tú é”.
(D) Bagno afirma que em vez de dizer “Eu vi ele ontem”,
deve-se dizer “Eu o vi ontem”, seguindo a norma- -padrão
da língua portuguesa.
(E) o contexto da tira requer o uso da língua portuguesa na
modalidade padrão.
20. O cientistas pesquisaram marte, que é um mistério
para nós Nota-se que a oração em destaque :
(A) Tem uma função semelhante a um adjetivo.
(B) Possui função semelhante a substantivos
(C) Tem função semelhante a orações independentes.
(D) Assemelha-se a orações coordenadas.
(E) Tem funções similares a conjunções integrantes.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
"Football is any of several games in which two
opposing teams attempt to score points by moving an
inflated ball past a goal line or into a goal area. The games,
differing greatly in their rules, include Soccer and Rugby,
English games from which American football developed.
Soccer is a ball and goal game usually played outdoors.
Played in more than one hundred and forty countries, it is
by far the most popular international sport. Competing
both formally and informally, there are many millions of
soccer players in the world. Every four years national
teams - made up of the top players from each country
(who may play professionally for teams in other countries)
PÁGINA
take part in the World Cup, the world's most popular 5/25
athletic event. The 1990 World Cup finals had a television
audience that exceeded a billion. The 1994 Cup was hosted
by the United States.
(Adaptado das Enciclopédias Columbia Concisa e Grolier)
22. De acordo com o texto assinale a alternativa que
corresponde à voz ativa da sentença a seguir:
The 1994 cup was hosted by the United States.
(A) The United States hosted the 1994 Cup.
(B) The United States will host the 1994 Cup.
(C) The United States have hosted the 1994 Cup.
(D) The United States had hosted the 1994 Cup.
(E) The United States will have hosted the 1994 Cup.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
"After hundreds of years of tobacco use, smoking
has been condemned on a scientific basis as a serious
hazard to the health of the smoker. Future generations
may regard the scientific indictment of smoking as a major
contribution to preventive medicine and the health of the
western world. Statisticians, statistical principles of
scientific thought, and statistical methods of scientific
study played essential parts in evaluating the effects of
smoking."
(extraído de Statistics: A guide to the unknown)
23. Assinale a alternativa que corresponde à voz passiva da
frase a seguir:
Future generations may regard the scientific indictment
of smoking as [...]
(A) Future generations will be regarded by the scientific
indictment of smoking as [...]
(B) The scientific indictment of smoking has been
regarded by future generations as [...]
(C) The scientific indictment of smoking may be regarded
by future generations as [...]
(D) The scientific future generations may be regard by
smoking as [...]
(E) Future generations of smoking will be regarded by the
indictment as [...]
www.cemaly.com.br
24. Assinale a alternativa que relaciona as construções
adequadas e as construções inadequadas em inglês dentre
as listadas a seguir:
1 - Mary is likeing John.
2 - Mary needs to help sheself.
3 - I can see him.
4 - John was expected to win the world cup.
5 - Americans films are goods.
6 - They has a big farm in downtown.
(A) Adequadas: 3 , 4. Inadequadas: 1, 2, 5, 6.
(B) Adequadas: 1, 2, 5. Inadequadas: 3, 4, 6.
(C) Adequadas: 3, 4, 5. Inadequadas: 1, 2, 6.
(D) Adequadas: 1, 3, 6. Inadequadas: 2, 4, 5.
(E) Adequadas: 2, 3, 5, 6. Inadequadas: 1, 4
25. Change the following sentence to the Passive Voice:
" Somebody left the lights on all night."
(A) All night somebody left the lights.
(B) The lights are left on all night.
(C) The lights didn't leave on all night.
(D) The lights were left on all night.
(E) The lights was left on all night.
26. THE U.S.
O.J. Walks-The U.S. came to a standstill on Tuesday as
Americans from the President on down - 57% of the
country, according to one poll - tuned in to hear the jury's
decision in the O.J. Simpson double-murder trial.
A nota extraída da revista TIME (oct./95) pretende:
(A) mostrar quanto o Presidente se preocupa com fatos do
cotidiano de seu país
(B) mostrar como os Estados Unidos estão interessados em
fazer justiça
(C) mostrar como todos são bem informados nos Estados
Unidos
(D) mostrar o quanto o caso O.J. Simpson afetou a vida do
país
(E) mostrar que O.J. Simpson foi acusado de duplo
assassinato
27. Choose the correct alternative.
Change the following sentence to the Reported Speech:
"ARE THERE ANY MESSAGES FOR ME?, said Helen."
(A) Helen asked if there is any messages for her.
(B) Helen asked whether there were any messages for she.
(C) Helen asked whether were there any messages for
herself.
(D) Helen asked if there were some messages for her.
(E) Helen asked if there were any messages for herself.
28. The Passive Voice of "It is alleged that he stole a car"
is:
(A) He is alleged to have stolen a car.
(B) The car is alleged to have stolen by him.
(C) It was alleged that the car is stolen by him.
(D) It is alleged that he has stolen a car.
(E) He alleged that the car was stolen by him.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Before our new model ever hit the street, it ( I )
hit from the front, from the side and even from behind in
hundreds of computer simulated crashes. Through a
process called finite modelling we discovered ( II )
innovations, like a cross car beam, high strength steel
reinforcements in the doors, and a continuous ladder
frame would create a car with AMAZING structural
integrity.
PÁGINA
29. A lacuna (I) do texto é corretamente preenchida pela
alternativa:
(A) did
(B) were
(C) been
(D) was
(E) would
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Sri Lanka is considered one of (___I___)
beautiful countries in the world. Lying off the south-coast
of India, the island of Sri Lanka (___II___) separated
from the main land by the Pal Strait. People (___III___)
live there call it by an old name which means "Golden
Island" and, in legend, Sinbad the sailor is said to have
visited it and called it "Serendip" meaning "Lucky Find."
30. Assinale a alternativa que preenche corretamente a
lacuna (...II...) do texto.
(A) is
(B) has
(C) were
(D) are
(E) have
6/25
www.cemaly.com.br
Espanhol
Tu desprecio será mi fuerza
Sé que me desprecias. Siempre lo he sabido. Me
lo decían tu mirada y tus falsas promesas. Cuando
decías que yo para ti era una prioridad y que mi trabajo
te importaba, sabía que me estabas mintiendo. Ahora,
5 ya es público tu desprecio.
Creo que en realidad me tienes miedo. Sabes que
soy quien enseñará a leer a alguien para que pueda
estudiar, quien ayudará a que otro aprenda un oficio y
quien procurará que el padre y la madre de cualquiera
10 se interesen por sus estudios para que no abandone el
colegio sin acabar la Secundaria. Sabes que soy el
ascensor y soy la puerta. Sabes que soy una amenaza
para tu poder porque vengo cargado de ideas y de
palabras y a ti te da miedo que se piense y que se
15 hable.
También conozco tu estrategia: sé que intentarás
enfrentarme con los padres y las madres de mis propios
estudiantes. Usarás los lugares comunes para intentar
que no me apoyen. Buscarás dividirnos, segmentarnos,
20 fragmentarnos. Pero no lo conseguirás.
Tú quieres construir una sociedad de consumidores
obedientes y pagadores devotos mientras que yo procuro
una sociedad de ciudadanos libres. Tú buscas dominar
a todos sometiéndome a mí; yo busco liberarlos a pesar
25 de ti. Tú crees que estoy solo y, sin embargo, yo sé que
somos miles.
Muy pronto saldrás a la calle a pedir mi voto. No te
creeré, porque sé que me desprecias, pero sí te doy un
consejo: cuando vayas por la calle, mira la cara de la
30 gente. Podrás verme en cada rostro porque dentro de
nosotros siempre vive la profesora o el profesor que nos
hizo libres.
33. Según se desprende de la lectura del texto, los
malos políticos
(A) merecen confianza plena.
(B) tienen el apoyo de los estudiantes.
(C) temen que las personas aprendan a pensar.
(D) buscan mejorar el sistema educativo vigente.
(E) denuncian la falta de compromiso de los profesores.
34. La lectura del texto permite afirmar que su autor
es un
(A) vocero de los profesores.
(B) periodista sensacionalista.
(C) crítico del sistema educativo.
(D) candidato a cargos públicos.
(E) estudiante que se siente perjudicado.
35. “porque
dentro de nosotros siempre vive la
profesora o el profesor que nos hizo libres.” (l. 30-32).
Del fragmento transcrito, se puede inferir que los
profesores
(A) quieren ser libres.
(B) libertan a la gente.
(C) quieren salir del anonimato.
(D) buscan el reconocimiento de todos.
(E) tienen que transformar a las personas.
PÁGINA
36. Se indica la relación correcta entre el pronombre y
su referente en
(A) “lo” (l. 2) — “Me” (l. 1).
(B) “te” (l. 4) — “yo” (l. 3).
(C) “nos” en “dividirnos” (l. 19) — “los padres” (l. 17).
(D) “los” en “liberarlos” (l. 24) — “todos” (l. 24).
(E) “nos” (l. 31) — “la gente” (l. 29-30).
31. El texto dice que
(A) la libertad está dentro de las personas.
(B) muchos padres y madres tienen ganas de estudiar.
(C) la sociedad quiere verse libre de los malos políticos.
(D) la gente que tiene algún oficio es porque sabe leer y
escribir.
(E) el desdén de los malos políticos hacia los profesores es
inocultable.
32. La lectura del cuarto párrafo del texto permite
afirmar que el autor
(A) se considera un buen pagador.
(B) espera que la sociedad consuma cada vez más.
(C) se siente solo aunque esté rodeado de mucha gente.
(D) muestra claramente cuáles son los roles de los malos
políticos y de los profesores.
(E) tiene dificultad para entender el comportamiento de la
sociedad contemporánea.
37. Na fala de Gaturro, encontramos o vocábulo carpa.(
barraca) Marque o item que apresenta a melhor definição
possível para o termo nesse contexto.
7/25
www.cemaly.com.br
(A) Uma espécie de peixe encontrada sobretudo no Mar
Mediterrâneo.
(B) Um instrumento utilizado para fazer barulho
estridente.
(C) Uma coberta que se estende sobre um espaço para darlhe teto.
(D) Um tipo de suco bastante consumido nas praias
argentinas.
(E) Uma comida típica da região em que se encontram
Gaturro e seus amigos
Los efectos del chocolate
El chocolate tiene efectos sobre el organismo de sus
consumidores que se manifiestan al poco tiempo de ser
consumido. Es un hecho constatado que varios de estos
efectos se desarrollan a un nivel psicológico, pero otros, y
en esto la ciencia parece estar cada vez más de acuerdo,
son un reflejo de los efectos de las sustancias que el
chocolate lleva consigo. De este modo, podría explicarse la
tendencia a abusar del chocolate de modo instintivo por
cierto número de individuos, vista no solamente como un
vicio sino como una personal manera de “automedicación”.
Es común asociar el consumo de chocolate a situaciones
relacionadas con los estados de ánimo. Escenas de
angustia, estrés, preocupación vienen acompañadas de
ingestas de chocolate en busca de efectos paliativos.
El doctor Bulbena asegura que existe una cierta dosis de
conducta aprendida en el hábito de comer chocolate porque
en nuestra sociedad ha habido un “favorecimiento cultural
al cacao”. Durante años, en la sociedad española se ha
favorecido el consumo del chocolate asociándolo a
momentos de disfrute, infancia, etc. Ahora bien, no
podemos hablar únicamente de conductas de tipo estímulorespuesta, ya que cada día aparecen más evidencias de que
el chocolate contiene sustancias que fisiológicamente
impulsan a su consumo.
38. Na sentença “vista no solamente como un vicio sino
como una personal manera de ‘automedicación’”, que
aparece no texto anterior, o termo em destaque é
empregado com o valor de
(A) tempo, pois trata de precisar quando se deve consumir
o chocolate.
(B) adição, pois acrescenta outro elemento à argumentação
existente.
(C) contradição, uma vez que vem negar o que foi dito
antes.
(D) concessão, já que se opõe ao que foi anteriormente
citado.
(E) explicação, configurando como algo que vem explicar o
que foi anunciado.
39. O chocolate não é só uma delícia. O seu consumo
moderado também oferece uma lista de benefícios. De
acordo com o texto, é correto afirmar que
(A) o chocolate desfaz-se rapidamente no organismo, o que
o torna um bom alimento.
(B) alguns cientistas afirmam que o bom gosto do chocolate
é capaz de paliar muitos tipos de dores humanas.
(C) mesmo com o bem-estar cientificamente constatado
causado pelo chocolate, ele ainda não encontra adeptos ao
seu consumo.
(D) o chocolate serve como indicação de medicação a
algumas enfermidades físicas e mentais.
(E) algumas pessoas veem o chocolate como um aliado nos
momentos de ansiedade e stress, tentando evitar
tristezas.
Qué es más rentable: ¿hacer compra semanal o
mensual?
El aumento del número de hogares, la disminución de las
personas que los habitan y la incorporación de la mujer al
mundo laboral han traído consigo una modificación en los
hábitos de compra y consumo de los ciudadanos. Se ha
reducido el tiempo disponible para la preparación de los
alimentos y ha cambiado la frecuencia con la que se realiza
la compra principal, la cantidad de establecimientos que se
visita y el tiempo que se dedica a hacer la compra. Sin
embargo, según la modalidad de familia de que se trate,
hay que tener en cuenta si resulta más rentable comprar
PÁGINA
los productos de alimentación cada semana o con una 8/25
periodicidad mensual. Lo más recomendable, sea cual sea la
modalidad de familia, es realizar una compra mensual de
productos no perecederos, ya que garantiza tener en casa
provisiones de arroz, legumbres, leche, latas y alimentos en
conserva, bebidas, patatas, aceite, artículos de higiene y
limpieza, etc. De cualquier forma, al hacer la compra hay
que prever qué cantidad de cada alimento se consume
durante el mes, para no comprar más de la cuenta. Cuanto
más duradero es el producto, más propensión hay a su
almacenamiento, incluso aunque se tengan grandes
existencias del mismo en casa.
40. Para alguns, fazer compras não lhes parece algo tão
fácil. Por isso, especialistas têm ajudado a solucionar
alguns problemas encontrados na hora de ir ao
supermercado. De acordo com o conteúdo apresentado
no texto, é correto afirmar que
(A) os hábitos de compra têm se mantido inalterados
graças às mudanças ocorridas na sociedade.
(B) é preciso observar as quantidades necessárias ao mês a
fim de evitar compras desnecessárias.
(C) fazer um orçamento é imprescindível para saber se o
que se investe é compatível com o que se ganha.
(D) é recomendável observar com que frequência se faz
compras para não comprar mais do que se precisa.
(E) o tempo de cocção dos alimentos foi reduzido porque as
pessoas precisam sair de casa mais cedo
46. O
Matemática
diagrama
que
representa
 A  B  C   C  B   A  é
41. Se z1  3  2i e z2  4  i , assinale a única alternativa
o
conjunto
(A)
falsa:
(A) z1  z2  7  i
(B) z2  z1  1  3i
(C) z1  z2  14  5i
(D) z1
(E)
2
 13
(B)
z1 3  8i

z2
4
42. Sendo
w  3i ,
pode-se
afirmar
que
z  w  2iw  1  i é um número complexo, cujo módulo é
2
igual a:
(A)
2
(B)
3
(C)
(C) 2
(D)
5
www.cemaly.com.br
(E) 3
43. O
número
z  3 i ,
na
forma
trigonométrica,
corresponde a:
(A) 2  cos 45º  i sen 45º 
(D)
PÁGINA
(B) 2  sen 30º  i cos 30º 
9/25
(C) 2  cos 30º  i sen 30º 
(D) 2  cos 60º  i sen 60º 
(E) 2  sen 45º  i cos 45º 
44. Um reservatório na forma de um paralelepípedo reto
retangular, que tem 10m de comprimento, 15m de largura e
3m de altura, está completamente cheio de água.
Após serem utilizados 180000 litros, o nível da água
restante no reservatório atingirá a altura de:
(A) 1,20m
(B) 1,60m
(C) 1,80m
(D) 2,10m
(E) 2,40m
45. Um frasco de remédio tem a forma de um cilindro
circular reto com raio de 3cm e altura de 10cm e contém
xarope em 2/3 de seu volume total.
Se uma pessoa tomar, todos os dias, de 12 em 12 horas,
15ml desse xarope, então a quantidade de xarope
existente no frasco é suficiente para, aproximadamente,
(A) 4 dias
(B) 5 dias
(C) 6 dias
(D) 7 dias
(E) 8 dias
47. Uma lanchonete vende, em média, 200 sanduíches por
noite ao preço de R$ 6,00 cada um. O proprietário observa
que, para cada R$ 0,10 que diminui no preço, a quantidade
vendida aumenta em cerca de 20 sanduíches.
Considerando o custo de R$ 4,50 para produzir cada
sanduíche, o preço de venda que dará o maior lucro ao
proprietário é:
(A) R$ 5,00
(B) R$ 5,25
(C) R$ 5,50
(D) R$ 5,75
(E) R$ 6,00
48. Foi aplicado um teste contendo três questões para um
grupo de 80 alunos. O gráfico abaixo representa a
porcentagem de acerto dos alunos por questão.
(C) no primeiro semestre, foram fechadas mais de 62.000
vagas.
(D) no terceiro trimestre, diminuiu o número de
desempregados.
(E) o número de vagas fechadas no segundo semestre foi
menor que 45.000.
Física
Suponha que 52 alunos acertaram pelo menos duas
questões e 8 alunos não acertaram nenhuma. O número de
alunos que acertaram as três questões é:
(A) 44
(B) 40
(C) 12
(D) 20
(E) 30
www.cemaly.com.br
49. Em uma pesquisa de mercado sobre o uso de notebooks
e tablets foram obtidos, entre os indivíduos pesquisados,
os seguintes resultados:
51. Uma pessoa vai de carro da cidade A para a cidade B
percorrendo 25% da distância a uma velocidade média igual
40 km/h e o restante a 60 km/h. Podemos concluir que a
velocidade média da viagem de A para B é
aproximadamente igual a:
(A) 48 km/h
(B) 37 km/h
(C) 53 km/h
(D) 30 km/h
(E) 25 km/h
Sabendo que todos os pesquisados utilizam pelo menos um
desses dois equipamentos, então, dentre os pesquisados, o
número dos que usam apenas tablet é
52. Um caminhão desloca-se numa rodovia retilínea com
velocidade constante de 108 km/h. Num determinado
instante, o motorista do caminhão avista um carro parado
no meio da estrada, a 115 m de distância. Suponha que,
entre o instante em que ele vê o carro e o instante em que
aciona os freios, decorra um intervalo de tempo de 0,50 s.
PÁGINA
Considerando que a aceleração escalar produzida pelos 10/25
2
freios seja constante, o módulo da aceleração, em m/s ,
para que o caminhão não colida com o carro, vale:
(A) 8
(B) 17
(C) 27
(D) 36
(E) 45
(A) 4,5
(B) 5,0
(C) 5,5
(D) 6,0
(E) 7,5
50. No gráfico a seguir tem-se o número de vagas
fechadas a cada mês na indústria paulista, no ano de 1998.
53. Um estudante que se encontrava sentado em uma
praça, em frente de um moderno edifício, resolveu
observar o movimento de um elevador panorâmico. Após
haver efetuado algumas medidas, concluiu que a velocidade
escalar do elevador em função do tempo era bem
representada pelo gráfico abaixo:
- 55 usam notebook;
- 45 usam tablet, e
- 27 usam apenas notebook.
A partir desse gráfico, conclui-se corretamente que, em
relação à indústria paulista no ano de 1998,
(A) em dezembro havia menos desempregados que em
janeiro.
(B) durante o primeiro trimestre, a taxa de desemprego
diminuiu.
Sabendo que, no instante t = 0, o elevador se encontrava no
solo, podemos afirmar que:
(A) o elevador parou, pela primeira vez, a uma altura de
30,0 m do ponto de partida e permaneceu parado 10,0
segundos.
(B) o elevador parou, pela primeira vez, a uma altura de
30,0 m do ponto de partida e permaneceu parado durante
15,0 segundos.
(C) o elevador parou, pela primeira vez, a uma altura de
60,0 m do ponto de partida e permaneceu parado durante
10,0 segundos.
(D) o elevador parou, pela primeira vez, a uma altura de
60,0 m do ponto de partida e permaneceu parado durante
15,0 segundos.
(E) o elevador parou, pela primeira vez, a uma altura de
24,0 m do ponto de partida e permaneceu parado durante
10,0 segundos.
Desprezando o atrito e admitindo g = 10 m/s2, a relação
entre as massas de A (mA) e de B (mB) é:
(A) mB = 1,5mA
(B) mA = 1,5mB
(C) mA = 0,5mB
(D) mB = 0,5mA
(E) mA = mB
56. Um corpo de massa m=3,0kg é abandonado de um ponto
A, situado a 5,0 m de altura.
54. Leia o fragmento da reportagem sobre automóveis.
É comum no inverno, com longos períodos de estiagem,
motoristas tomarem choques ao saírem do veículo e
encostarem na carroceria. Alguns chegam a procurar por
oficinas ou autoelétricas na esperança de resolver esse
grave incômodo, mas infelizmente isso não tem conserto.
Disponível em: <http://www.estadao.com.br/noticias/suplementos, choqueao-sair-do-carro-e-fenomeno-natural,21291,0.htm>.
www.cemaly.com.br
Segundo o fragmento acima, alguns motoristas chegam a
procurar oficinas para tentar solucionar o problema do
choque, porém sabe-se que não há solução. Uma possível
explicação ao fenômeno ocorrido é que:
(A) o atrito da nossa pele com a nossa roupa, ou até mesmo
com o banco do carro, deixa-nos eletricamente carregados.
Portanto, quando o motorista toca na carroceria, ocorre a
descarga que causa o choque.
(B) o atrito da nossa pele com a nossa roupa, ou até mesmo
com o banco do carro, deixa-nos eletricamente
magnetizados. Portanto, quando o motorista toca na
carroceria, ocorre a descarga que causa o choque.
(C) o atrito da nossa pele com a nossa roupa, ou até mesmo
com o banco do carro, deixa-nos magneticamente
descarregados. Portanto, quando o motorista toca na
carroceria, ocorre a descarga que causa o choque.
(D) o atrito da nossa pele com a nossa roupa, ou até mesmo
com o banco do carro, deixa-nos eletricamente neutros.
Portanto, quando o motorista toca na carroceria, ocorre a
descarga que causa o choque.
(E) o atrito da nossa pele com a nossa roupa, ou até mesmo
com o banco do carro, deixa-nos magneticamente
carregados. Portanto, quando o motorista toca na
carroceria, ocorre a descarga que causa o choque.
55. O conjunto abaixo, constituído de fio e polia ideais, é
abandonado do repouso no instante t = 0 e a velocidade do
corpo A varia em função do tempo segundo o diagrama
dado.
Afirma-se que:
(A) a energia cinética do corpo em A é 150J
(B) a energia mecânica do corpo no ponto A é 90J.
(C) a energia mecânica do corpo no ponto B é 60J.
(D) a energia potencial do corpo em B é igual a 150J
(E) o trabalho realizado pelo peso do corpo de A até B é
90J.
PÁGINA
57. No esporte conhecido como bungee-jumping prende-se 11/25
uma tira elástica em um dos pés de uma pessoa e ela salta
de uma grande altura. Suponha que, numa dessas
experiências, a pessoa tenha massa de 80kg e altura de
2m. Suponhamos também que g=10m/s2 e o comprimento da
tira elástica não deformada seja 20m.
Sabendo que a distância entre o ponto em que a tira está
presa e a água é 42 m, pode-se afirmar que o valor mínimo
da constante elástica da tira (supondo que ela obedeça à
Lei de Hooke) de modo que a pessoa não atinja a água, é
igual a:
(A) 120N/m
(B) 140N/m
(C) 160N/m
(D) 180N/m
(E) 200N/m
58. Conservação da carga elétrica é o princípio
em física que estipula que a carga elétrica não pode ser
criada ou destruída. A quantidade total de carga, ou seja, a
diferença entre o somatório das cargas positivas e o
somatório das cargas negativas no universo, é
sempre conservada. Historicamente foi Benjamin Franklin,
com base em seus próprios experimentos, quem apresentou
a primeira formulação da conservação da carga elétrica,
afirmando que processos de eletrização não criam cargas,
mas as transferem.
A lei de conservação da carga elétrica pode ser enunciada
como segue:
www.cemaly.com.br
(A) A soma algébrica dos valores das cargas positivas e
negativas em um sistema isolado é sempre constante.
(B) A soma algébrica dos valores das cargas positivas em
um sistema isolado é constante.
(C) A soma algébrica dos valores das cargas negativas em
um sistema isolado é constante.
(D) A soma vetorial dos valores das cargas positivas e
negativas em um sistema isolado é sempre constante.
(E) A soma algébrica dos valores das cargas positivas e
negativas em um sistema isolado nunca é constante.
59. Uma das maiores maravilhas dos tempos atuais, sem
sombra de dúvida é a eletricidade. Porém, o conceito físico
de carga elétrica, bem como entender seu comportamento
ainda são coisas que não fazem parte da realidade de
muitos brasileiros. Considere uma pequena esfera
condutora A, no vácuo, possui inicialmente carga elétrica
Q. Ela é posta em contato com outra esfera, idêntica a ela
porém neutra, e ambas são separadas após o equilíbrio
Eletrostático ter sido atingido. Esse procedimento é
repetido mais 10 vezes, envolvendo outras 10 esferas
idênticas à esfera A, todas inicialmente neutras. Ao final, a
carga da esfera A é igual a:
(A) Q/29
(B) Q/210
(C) Q/211
(D) Q/10
(E) Q/11
60. Quando uma esfera está eletrizada, as cargas em
excesso repelem-se mutuamente e por isso migram para a
superfície externa da esfera, atingindo o equilíbrio
eletrostático. Assim, o campo elétrico dentro da esfera
(em equilíbrio eletrostático) é nulo, já que não há uma
força que atraia uma carga para dentro do corpo.
Considere quatro esferas metálicas idênticas, separadas e
apoiadas em suportes isolantes. Inicialmente as esferas
apresentam as seguintes cargas: QA = Q, QB = Q/2, QC = 0
(neutra) e QD = -Q. Faz-se, então, a seguinte sequência de
contatos entre as esferas:
Distribuição inicial das cargas entre as esferas
I-contato entre as esferas A e B e esferas C e D. Após os
respectivos contatos, as esferas são novamente separadas;
II-a seguir, faz-se o contato apenas entre as esferas C e
B. Após o contato, as esferas são novamente separadas;
III-finalmente, faz-se o contato apenas entre as esferas
A e C. Após o contato, as esferas são separadas.
Pede-se a carga final na esfera C, após as sequências de
contatos descritas.
PÁGINA
12/25
7Q
(A)
8
(B) Q
Q
(C)
2
Q
(D)
4
7Q
(E)
16
Química
63. Os efeitos especiais do isoeugenol presente na nozmoscada são conhecidos desde a antiga China. É notória a
importância que essa molécula exerceu no comércio e na
construção e destruição de cidades.
61. Para estimular um estudante a se familiarizar com os
números atômicos de alguns elementos químicos, um
professor cobriu as teclas numéricas de uma calculadora
com os símbolos dos elementos químicos de número atômico
correspondente, como mostra a figura a seguir.
www.cemaly.com.br
Sobre essa molécula, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às
afirmativas a seguir.
Nessa calculadora, se o estudante adicionar o elemento de
menor número atômico com o de maior eletronegatividade,
elevar a soma ao elemento cujo número atômico seja um
número primo par e, em seguida, calcular o logaritmo do
resultado, acionando a tecla log, o resultado final será um
dígito, cuja tecla corresponde ao símbolo
(A) de um gás nobre.
(B) do elemento mais eletronegativo.
(C) do elemento de menor número atômico.
(D) de um halogênio.
(E) do elemento menos eletronegativo.
62. A vanilina é a substância responsável pelo aroma de
baunilha presente na composição de determinados vinhos.
Este aroma se reduz, porém, à medida que a vanilina reage
com o ácido etanoico, de acordo com a equação química
abaixo.
A substância orgânica produzida nessa reação altera o
aroma do vinho, pois apresenta um novo grupamento
pertencente à função química denominada:
(A) éster
(B) álcool
(C) cetona
(D) aldeído
( ) A molécula apresenta estrutura alicíclica insaturada.
(
) Apresenta 2 carbonos primários, 7 carbonos
secundários e 1 carbono terciário.
( ) É uma estrutura com grupos funcionais compostos.
(
) O grupo funcional hidroxila é caracterizado como
álcool.
(
) Segundo o conceito ácido-base de Arrhenius, essa
molécula apresenta caráter básico.
Assinale a alternativa que contém, de cima para baixo, a
sequência correta.
(A) V – F – V – V – F.
(B) V – F – F – F – V.
(C) F – V – V – F – F.
(D) F – V – F – V – V.
(E) F – F – V – V – F.
64. Leia a cantiga popular a seguir, conhecida como “O
Pastorzinho”.
Havia um pastorzinho que andava a pastorear
saiu de sua casa e pôs-se a cantar.
dó, ré, mi, fá fá fá
dó ré do ré re re
do sol fa mi mi mi
do re mi fá fa fa
Chegando ao palácio a princesa lhe falou
dizendo ao pastorzinho que o seu canto lhe agradou
sol lá si do dó dó
sol la sol la, la la
sol re do si si si
sol la si do do do
As notas musicais dessa cantiga foram organizadas de
modo a representar um grupo funcional, conforme
demonstrado a seguir.
PÁGINA
13/25
(A)
Notas Musicais
Simbologia Química
Dó ou do
(B)
Ré ou re
Mi
(C)
Fá ou fa
(D)
Sol
www.cemaly.com.br
Lá ou la
(E)
Si
Ante o exposto, os versos que contêm notas musicais
relacionadas aos grupos funcionais aminas, ácidos
carboxílicos e álcoois estão descritos nas linhas
66. Observe a posição do elemento químico ródio (Rh) na PÁGINA
14/25
tabela periódica.
(A) 3 e 5.
(B) 3 e 6.
(C) 5 e 9.
(D) 6 e 11.
(E) 9 e 12.
65. Impressoras 3D vêm revolucionando por causa da sua
versatilidade. Um exemplo é a produção de exoesqueleto à
base de polímeros, que podem substituir o gesso, como
mostrado na figura abaixo.
Assinale a alternativa correta a respeito do ródio.
(Disponível em: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/pecaimpressa-em-3d-substitui-gesso-usado-em-fraturas. Adaptado.)
O nylon é um material muito interessante para esse tipo de
impressão, uma vez que produz peças flexíveis e muito
resistentes. Um tipo de estrutura polimérica desse
material é representada por
(A) Possui massa atômica menor que a do cobalto (Co).
(B) Apresenta reatividade semelhante à do estrôncio (Sr),
característica do 5º período.
(C) É um elemento não metálico.
(D) É uma substância gasosa à temperatura ambiente.
(E) É uma substância boa condutora de eletricidade.
67.
Estica daqui, puxa dali. Muitas das mulheres almejam ter
um cabelo lindo, que brilhe, mas principalmente que seja
liso. É claro que elas contam com uma grande ajuda para
que isso seja possível: as famosas escovas progressivas,
como a escova blindagem.
Escova blindagem: A técnica não usa química para mexer na
estrutura dos fios nem leva formol em sua fórmula. O
segredo é o silicone que irá fechar as cutículas do cabelo,
fazendo ele ficar alinhado e liso. O efeito deve ficar bem
lindo, parecido com o dos cabelos da atriz Anne Hathaway.
Considere as seguintes substâncias representadas
quimicamente:
1. NaC
2. H3CCOOH
3. C12H22O11
4. Fe
5. H2O
São capazes de excitar as regiões I, II e III da língua,
respectivamente, as seguintes substâncias apresentadas:
(A) 5, 1 e 2.
(B) 3, 1 e 2.
(C) 4, 2 e 1.
(D) 5, 4 e 3.
(E) 2, 3 e 5.
69.
www.cemaly.com.br
Analisando-se as informações contidas no texto acima e
com base nas características das substâncias e materiais
citados, é CORRETO afirmar que a(o)
(A) solução de metanal tem sido utilizada na escova
blindagem.
(B) silicone, produto que contém silício, cria um filme sobre
os fios dos cabelos.
(C) efeito proporcionado pela “escova blindagem” se deve à
ausência de química em sua composição.
(D) silicone, ou silício elementar, substitui o uso de formol,
por possuir propriedades físico-químicas semelhantes a
esse aldeído.
(E) “escova blindagem” deixa o cabelo alinhado e liso,
principalmente porque o silicone retém a água na superfície
e no interior do fio, aumentando a durabilidade das
escovas.
68. O esquema apresentado a seguir mostra as regiões da
língua que respondem mais intensamente aos diferentes
sabores.
O listrado multicor que se desenha na areia quando o nível
da água baixa nas lagoas do Pantanal da Nhecolândia,
conhecidas como salinas, em Mato Grosso do Sul, por muito
tempo foi um mistério para observadores. A explicação PÁGINA
15/25
está numa cianobactéria que sobrevive nas condições
dessas águas de pH entre 9 e 11. Na época seca essas
bactérias se reproduzem em profusão e pintam as lagoas
com substâncias de sua própria decomposição.
Águas que apresentam pH entre 9 e 11 são
(A) ácidas, com [H+] que varia de 10–5 a 10–3 mol/L.
(B) ácidas, com [H+] que varia de 10–2 a 10–4 mol/L.
(C) alcalinas, com [OH–] que varia de 10–2 a 10–4 mol/L.
(D) alcalinas, com [OH–] que varia de 10–5 a 10–3 mol/L.
(E) neutras, com [H+] que se iguala a [OH–], de 10–7 mol/L.
70.
São dadas três misturas heterogêneas de sólidos:
I. Sal e areia
II. Naftaleno e areia
III. Ferro e areia
Os processos mais convenientes para separá-las são,
respectivamente,
(A)catação, dissolução fracionada; peneiração.
(B)levigação; evaporação; separação magnética.
(C)peneiração; sublimação; catação.
(D)dissolução fracionada; sublimação; separação magnética.
(E)centrifugação; evaporação; separação magnética.
Biologia
71. Um instituto de pesquisa norte-americano divulgou
recentemente ter criado uma “célula sintética”, uma
bactéria chamada de Mycoplasma mycoides. Os
pesquisadores mostraram uma sequência de nucleotídios,
que formam o único cromossomo, dessa bactéria, o qual foi
introduzido em outra espécie de bactéria, a Mycoplasma
caprocolum. Após a introdução, o cromossomo da M.
capricolum foi neutralizado e o cromossomo artificial da M.
mycoides começou a gerenciar a célula, produzindo suas
proteínas.
www.cemaly.com.br
A importância dessa inovação
comunidade científica se deve à:
tecnológica
para
a
(A) possibilidade de sequenciar os genomas de bactérias
para serem usadas como receptoras de cromossomos
artificiais.
(B) capacidade de criação pela ciência, de novas formas de
vida, utilizando substâncias como carboidratos e lipídios.
(C) possibilidade da bactéria Mycoplasma capricolum para
sua distribuição em ambientes naturais.
(D)
possibilidade
de
programar
geneticamente
microrganismos ou seres mais complexos para produzir
medicamentos, vacinas e combustíveis.
(E) capacidade da bactéria Mycoplasma capricolum de
expressar suas proteínas na bactéria sintética estas
serem usadas na indústria.
72. Para a identificação de um rapaz vítima de acidente,
fragmentos de tecidos foram retirados e submetidos à
extração de DNA nuclear, para comparação com o DNA
disponível dos possíveis familiares (pai, avô materno, avó
materna, filho e filha). Com o teste com o DNA nuclear não
foi conclusivo, os peritos optaram por usar também DNA
mitocondrial, para diminuir duvidas.
Para identificar o corpo, os peritos devem verificar se há
homologia entre o DNA mitocondrial do rapaz e o DNA
mitocondrial do(a):
(A) pai
(B) filho
(C) filha
(D) avó materna
(E) avô materno
73. Atualmente, um gene é considerado:
(A) parte de um segmente de RNA.
(B) parte de uma molécula de DNA.
(C) parte de uma proteína.
(D) uma fração de um aminoácido.
(E) um fragmento de lipídio.
74. No fim de junho de 2000, foi considerado concluído,
depois de dez anos de trabalho, o “Projeto Genoma
Humano”, um marco no estudo da Biologia, que recebeu
ampla divulgação na imprensa, internacional. Numa breve
história da genética, podemos relacionar alguns fatos que
marcaram época pela sua importância científica, como
segue:
I – Observação da estrutura espiralada do DNA.
II – Estabelecimento das leis da hereditariedade.
III – Surgimento da técnica de identificação das pessoas
pelo exame do DNA.
IV – Clonagem do primeiro mamífero a partir de uma célula
de um animal adulto.
V – Identificação da localização cromossômica dos genes.
VI – Transformação genética de bactérias para a produção
de insulina humana.
Assinale a alternativa que correlaciona os fatos
mencionados anteriormente em ordem cronológica
crescente:
(A) II, V, I, VI, III, IV.
(B) II, V, III, I, VI, IV.
(C) V, II, IV, I, VI, III.
(D) V, II, I, IV, III, VI.
(E) IV, III, VI, I, V, II.
75. 1Em uma experiência, Francisco Redi colocou em oito
frascos de vidro um pedaço de carne. Quatro vidros
tiveram sua abertura recoberta por um pedaço de gaze.
Após alguns dias, apareceram larvas de moscas nos vidros
que não continham a gaze recobrindo a abertura do frasco.
Nos frascos protegidos com gaze, elas não apareceram.
Essa experiência ilustra o princípio da:
(A) Teoria Celular.
(B) biogênese.
(C) sucessão ecológica.
(D) origem da célula.
(E) higiene.
76. Um agricultor utilizou um mesmo inseticida durante
longo tempo em sua lavoura para eliminar uma praga. Após
todo esse tempo, ele verificou que a população da praga
tornou-se resistente ao inseticida. O fenômeno evolutivo
que ocorreu na população da praga foi:
(A) Mutação.
(B) Aberração cromossômica numérica.
(C) Isolamento reprodutivo.
(D) Seleção natural.
(E) Formação de nova espécie.
PÁGINA
16/25
77. Os transportes através da membrana plasmática
podem ser feitos a favor do gradiente de concentração ou
contra ele. No entanto, quando as moléculas são grandes
demais, as células recorrem a outros mecanismos, como a
endocitose e a exocitose. É, então, correto afirmar:
www.cemaly.com.br
(A) A exocitose e denominada clasmocitose, quando libera
exclusivamente resíduos grandes durante a digestão
celular.
(B) No conjunto de processos da exocitose, não está
incluída a liberação de hormônios para o metabolismo
celular.
(C) A pinocitose é o processo usado pelas células para
englobar partículas pequenas e sólidas.
(D) Na fagocitose, a célula emite pseudópodes que
envolvem a partícula a ser englobada.
(E) As bolsas citoplasmáticas que contém o material
englobado por pinocitose são chamadas fagossomas.
78. As glândulas multicelulares se formam a partir da
proliferação celular de um tecido e, após a sua formação
ficam imersas em outro tecido, recebendo nutrientes e
oxigênio. De acordo com o tipo de secreção que é
produzido, as glândulas são classificadas basicamente em
endócrinas e exócrinas. Entretanto, existe uma glândula
que possui duas partes, uma exócrina e outra endócrina. A
figura abaixo mostra um esquema comparativo da formação
de dois tipos de glândulas.
79. “Seja um voluntário, uma única doação pode salvar até
quatro vidas”. (Diário da Manhã, 23/11/2004). “Doar
sangue é simples
e ajuda muita gente”. (O Nacional, 23/11/2004). Campanha
alusiva à Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue.
Analise as seguintes afirmativas referentes a esse
importante tecido.
I. O plasma é o componente líquido e contém, além de água,
sais minerais, aminoácidos, lipídios, vitaminas, proteínas e
hormônios.
II. As hemácias, também chamadas de eritrócitos, são
células bicôncavas, anucleadas nos mamíferos, que
transportam os gases
respiratórios.
III. As plaquetas são fragmentos citoplasmáticos que
realizam funções importantes no combate aos processos
alérgicos.
IV. Os linfócitos são leucócitos agranulócitos produzidos
na medula óssea que realizam a função de defesa através
da fagocitose.
Está correto o que se afirma em
(A) I e II apenas.
(B) II e III apenas.
(C) I, II e IV apenas.
(D) II, III e IV apenas.
(E) I, II, III e IV.
80. Arroz e feijão formam um “par perfeito”, pois
PÁGINA
fornecem energia, aminoácidos e diversos nutrientes. O 17/25
que falta em um deles pode ser encontrado no outro. Por
exemplo, o arroz é pobre no aminoácido lisina, que é
encontrado em abundância no feijão, e o aminoacido
metionina é abundante no arroz e pouco encontrado no
feijão. A tabela seguinte apresenta informações
nutricionais desses dois alimentos.
Com base na figura, assinale a opção que identifica,
respectivamente, o tecido de onde as glândulas se
originam, o tecido onde elas ficam imersas, a glândula I, a
glândula II e um exemplo de uma glândula exócrina.
(A) Tecido epitelial, tecido conjuntivo, glândula exócrina,
glândula endócrina e glândula salivar.
(B) Tecido conjuntivo, tecido epitelial, glândula exócrina,
glândula endócrina e tireoide.
(C) Tecido epitelial, tecido conjuntivo, glândula endócrina,
glândula exócrina e pâncreas.
(D) Tecido conjuntivo simples, tecido epitelial, glândula
endócrina, glândula exócrina e paratireoide.
(E) Tecido conjuntivo frouxo, tecido epitelial, glândula
endócrina, glândula exócrina e glândula lacrimal.
A partir das informações contidas no texto e na tabela,
conclui-se que:
(A) os carboidratos contidos no arroz são mais nutritivos
que os do feijão.
(B) o arroz é mais calórico que o feijão por conter maior
quantidade de lipídios.
(C) proteínas do arroz têm a mesma composição de
aminoácidos que as do feijão.
(D) a combinação de arroz com feijão contém energia e
nutrientes e é pobre em colesterol.
(E) duas colheres de arroz e três de feijão são menos
calóricas que três colheres de arroz e duas de feijão.
História
81. A respeito da Revolução Socialista na Rússia e da
URSS é correto afirmar:
www.cemaly.com.br
(A) A Revolução socialista que derrubou o Governo de
Kerensky, o qual estabelecera uma república liberalburguesa, exilou a Família Imperial Romanov em Paris.
(B) A Revolução Socialista chegou ao poder com a liderança
de Lênin e Leon Trotsky e se empenhou em manter a Rússia
na Primeira Guerra Mundial, fiel ao tratado da Tríplice
Entente.
(C) Exceto a Comuna de Paris (1871), a Revolução Socialista
na Rússia significou a instauração do primeiro governo
inspirado na ideologia de Karl Marx - Friedrich Engels.
(D) Após a morte de Lênin, Stálin triunfou na luta pelo
poder com Trotsky e defendeu sempre a idéia da
"Revolução Permanente", de que deveria o modelo ser
levado ao restante da Europa e ao mundo.
(E) A URSS terminou, como organização política, em 1945,
quando terminou também a Segunda Guerra Mundial.
82. Em relação ao período compreendido entre as duas
guerras mundiais (1919-1938), caracterizado pela crise do
Estado e da sociedade liberal, assinale a afirmativa
correta:
(A) O nazismo consolidou uma política interna de
miscigenação racial e social visando a preparar a Alemanha
para a expansão territorial.
(B) O fascismo encontrou dificuldades sucessivas para
implantar o corporativismo, pois sofreu uma violenta
oposição dos setores conservadores da burguesia e da
classe média italiana.
(C) A ausência de uma política de autossuficiência obrigou
os regimes nazifascistas a compensar suas deficiências
econômicas com o expansionismo militar.
(D) A expansão da doutrina comunista na Europa, com a
consolidação da Revolução Russa, favoreceu a Aliança com
os comunistas italianos e alemães, cujo apoio propiciou a
ascensão nazifascista.
(E) Nazismo e fascismo são doutrinas baseadas no
nacionalismo
e
no
totalitarismo,
cuja
política
intervencionista buscava a estabilidade do Estado.
83. A ocupação da Polônia marca o início da Segunda
Guerra Mundial. A tentativa de manter a paz a qualquer
custo, como foi feito em Munique, se revelou impossível.
Hitler não se dava por satisfeito com a reconquista do
"espaço vital", queria mais e mais. Sobre a Segunda Guerra,
é correto afirmar:
(A) A Itália, aliada da Alemanha desde a assinatura do
Pacto de Aço, declarou guerra à Inglaterra e à França em
junho de 1940. Em setembro do mesmo ano, a Itália atacou
o Egito e a Turquia.
(B) Em 1941, tropas alemãs invadiram o território soviético
e dominaram definitivamente Leningrado e Moscou.
(C) A partir dos sucessos na frente ocidental, da invasão e
conquista da Bélgica, Holanda e França e do recuo inglês
para o outro lado do canal, Hitler voltou sua atenção para a
Polônia.
(D) O sucesso definitivo alemão deveu-se à sua tática
militar, conhecida como "guerra relâmpago"; essa consistia
no uso de forças motorizadas, tanques e aviação,
conjugados e combinados entre si, em uma ação defensiva.
(E) A partir da declaração de guerra, feita por Inglaterra
e França contra a Alemanha, outros países foram entrando
no conflito, de ambos os lados. A cada novo beligerante, a
relação de forças se alterava, e a guerra entrava em uma
nova fase. Inicialmente uma guerra européia, estendeu-se
paulatinamente à Ásia e a África.
84. Os 45 anos que vão do lançamento das bombas
atômicas até o fim da União Soviética, não foram um
período homogêneo único na história do mundo. (...)
dividem-se em duas metades, tendo como divisor de águas
o início da década de 70. Apesar disso, a história deste
período foi reunida sob um padrão único pela situação
internacional peculiar que o dominou até a queda da URSS.
(HOBSBAWM, Eric J. Era dos Extremos. São Paulo: Cia
das Letras, 1996)
O período citado no texto e conhecido por “Guerra Fria”
pode ser definido como aquele momento histórico em que
PÁGINA
houve
18/25
(A) corrida armamentista entre as potências imperialistas
europeias ocasionando a Primeira Guerra Mundial.
(B) domínio dos países socialistas do Sul do globo pelos
países capitalistas do Norte.
(C) choque ideológico entre a Alemanha Nazista / União
Soviética Stalinista, durante os anos 30.
(D) disputa pela supremacia da economia mundial entre o
Ocidente e as potências orientais, como a China e o Japão.
(E) constante confronto das duas superpotências que
emergiram da Segunda Guerra Mundial.
85. O presidente sul-africano ficou surpreso ao saber que,
no Brasil, o maior país de população negra fora da África,
se fala uma só língua e se pratica o sincretismo
religioso.
("O Globo" - 23/7/98)
O texto se refere à visita ao Brasil do presidente sulafricano, Nelson Mandela, que combateu duramente os
sérios problemas enfrentados pela África do Sul após se
libertar da sujeição efetiva à Inglaterra. Uma das
dificuldades por que passou o país foi a política de
"apartheid", que consistia no(a):
(A) resistência pacífica, que previa o boicote aos impostos
e ao consumo dos produtos ingleses.
(B) radicalismo religioso, que não permitia aos brancos
professar a religião dos negros, impedindo o sincretismo
religioso que interessava aos ingleses.
(C) manutenção da igualdade social, que facilitava o acesso
à cultura a brancos e negros, desde que tivessem poder
econômico e político.
(D) segregacionismo oficial, que permitia que uma minoria
de brancos controlasse o poder político e garantisse seus
privilégios diante da maioria negra.
(E) desarmamento obrigatório para qualquer instituição
nacional e exigência do uso exclusivo do dialeto africano
nas empresas estrangeiras.
www.cemaly.com.br
86. A Constituição de 1824, elaborada por "homens probos
e amantes da dignidade imperial e da liberdade dos povos",
segundo o Imperador Pedro I, continha uma novidade em
relação ao projeto de constituição de 1823: a criação do
Poder Moderador.
Assinale a alternativa que melhor define este Poder:
(A) Com base no Poder Moderador, o Imperador restringiu
os poderes dos regentes unos - Padre Diogo Feijó e Araújo
Lima.
(B) O Poder Moderador conferia à Câmara de Deputados a
prerrogativa de vetar decisões do Imperador.
(C) A Constituição de 1824 conferia ao Poder Moderador,
que era exercido pelo Senado, nomear e demitir livremente
os ministros de estado, conceder anistia e perdoar dívidas
públicas.
(D) O Poder Moderador era o quarto poder do Império e
era exercido pelo Imperador Pedro I. Com base neste
Poder, o Imperador poderia dissolver a câmara dos
deputados, aprovar e suspender resoluções dos conselhos
provinciais e suspender os magistrados, entre outras
prerrogativas.
(E) O Poder Moderador de invenção maquiavélica, atribuído
a Benjamin Constant, foi responsável pelo Golpe da
Maioridade de 1840.
87. Sobre a formação do Estado Brasileiro, da Monarquia à
República, é correto afirmar, exceto:
(A) o Estado Brasileiro, com a Constituição de 1824,
conseguiu a proeza de avançar na conquista dos princípios
liberais, em especial no que se referia à Igreja e à
escravidão negra;
(B) a fase regencial foi extremamente conturbada, com a
eclosão de várias revoltas, que colocaram em risco a
estabilidade política, a integridade territorial e os
interesses das oligarquias regionais;
(C) por volta de 1849, já no Governo de D. Pedro II, a
Conciliação, como ajuste de cúpula, procurou resolver
situações de conflito político, mas manteve intocada a
realidade social;
(D) com a Proclamação da República, em 15 de novembro
1889, a monarquia, que chegou ao Brasil por acaso, sem
participação do povo, foi embora sem nenhuma grandeza,
com a indiferença do povo.
88. Fundação Universitária para o Vestibular
Houve um estremecimento na relações entre os Estados
inglês e brasileiro, na primeira metade do século XIX, em
consequência da forte pressão que a Inglaterra exerceu
sobre o Brasil a partir do reconhecimento da
Independência (1826). Tais pressões decorreram:
(A) da anexação do Uruguai por D. Pedro e da sua
transformação em Província Cisplatina, limitando o
comércio inglês no Prata;
(B) da oposição inglesa aos privilégios alfandegários
concedidos, desde 1819, aos produtos portugueses
importados pelo Brasil;
(C) dos incentivos do governo brasileiro à exportação de
algodão, o que tornava esse produto mais barato do que o
produzido nas colônias britânicas;
(D) do início da imigração européia para o Brasil, fato que
poderia levar à industrialização e à diminuição das
importações de produtos ingleses;
(E) da oposição do Estado inglês ao tráfico negreiro que o
governo brasileiro, depois de resistir, proibiu, em 1850.
89. Veja
PÁGINA
19/25
A imagem satiriza um acontecimento histórico no qual:
(A) O presidente Washington Luiz foi deposto do governo
e o poder foi entregue a Getúlio Vargas.
(B) Getúlio Vargas assumiu a presidência do Brasil após
uma longa batalha com as oligarquias rurais.
(C) Getúlio Vargas, com o apoio das oligarquias de Minas e
São Paulo, chegou à presidência.
(D) Washington Luiz foi derrotado nas eleições
presidenciais pelo candidato gaúcho Getúlio Vargas.
90. Veja:
Meus senhores! Agora...
o chefe do governo
provisório...
vai transmitir o governo.. após as formalidades legais ...
ao presidente constitucional da República!
O episódio ilustrado acima representou:
(A) A vitória nas eleições do candidato gaúcho Getúlio
Vargas para a presidência em 1934.
(B) A transição de um governo provisório para um governo
sólido baseado nos ideais democráticos.
(C) A validade do resultado das eleições presidenciais de
1932, através da Revolução Constitucionalista.
(D) A reeleição indireta de Getúlio Vargas para um novo
mandato de quatro anos como presidente.
Geografia
www.cemaly.com.br
91. O desenvolvimento técnico-científico vem
proporcionando ao sistema produtivo maior capacidade de
transformar a natureza, gerando, entretanto, vários
fenômenos ambientais desfavoráveis. Sobre as mudanças
climáticas globais e o moderno conhecimento técnicocientífico, é correto afirmar que:
(A) os estudos científicos realizados a partir de dados de
satélite demonstram que, desde o final da década de 1960
até o presente, o conjunto da cobertura de gelo da Terra
continua sem modificações.
(B) o aumento do nível do mar e o aumento de intensidade e
freqüência de episódios de tempestades são fenômenos
ambientais sobre os quais o sistema técnico-científico
moderno detém completo controle.
(C) o sistema climático terrestre é bastante complexo, e,
mesmo diante do avanço técnico-científico, há muito que
ser compreendido em relação à magnitude, tempo e
impactos das mudanças climáticas.
(D) os cientistas demonstram que o clima no planeta Terra
sofre alterações e sobrevive a essas mudanças há milhões
de anos, na mesma escala de tempo que as mudanças
climáticas globais da atualidade.
(E) a mudança de padrões de chuvas e de temperatura, o
aumento de incêndios e tempestades, em países com fraco
desenvolvimento técnico-científico, vem provocando as
mudanças climáticas globais.
92. A Amazônia apresenta um quadro econômico e
ambiental com particularidades que a diferenciam das
demais regiões geoeconômicas brasileiras, sendo
INCORRETO afirmar:
(A) A Floresta equatorial, durante a história do Brasil, foi
o bioma que mais sofreu com o desmatamento.
(B) O extrativismo vegetal, principal atividade regional, é a
base da economia e gera intensos desmatamentos.
(C) A ação antrópica predatória acentua a poluição,
empobrece os solos e assoreia os cursos d’água, agravando
os impactos ambientais.
(D) A formação de pastagens e áreas de culturas substitui
parcialmente os trechos desmatados da floresta e altera o
modo de sobrevivência dos caboclos locais.
(E) A expansão da agropecuária na atualidade vem
causando sérios impactos na vegetação.
93. A análise das bases físicas não tem força,
isoladamente, para esclarecer o grande drama dos grupos
humanos em face da região semi-árida nordestina. No
entanto, o conhecimento do meio natural é uma prévia
decisiva para explicar as causas primeiras de uma questão
que se insere no cruzamento dos fatos físicos, ecológicos e
sociais.(...)
(AB’SÁBER, p. 32)
A reflexão acerca da incidência das secas que assolam
periodicamente o Nordeste do Brasil e os conhecimentos
sobre o domínio morfoclimático semi-árido das caatingas
brasileiras, é incorreto afirmar;
(A) As secas do Nordeste brasileiro, na escala global, não
podem ser evitadas, mas podem ser prognosticadas, em
virtude dos recursos que a moderna meteorologia dispõe
sobre as previsões do tempo, e a ação do homem pode
minimizar os seus efeitos através de uma política
socioeconômica adequada.
(B) Os fortes aguaceiros que ocorrem na região semi-árida
PÁGINA
são predominantemente frontais e de curta duração, 20/25
provocando alta infiltração no solo, minimizando as
condições de carência de umidade para a cobertura
vegetal.
(C) O caráter de exceção do clima semi-árido, no Nordeste
brasileiro, explica-se pela existência de climas mais úmidos
nas regiões situadas nas mesmas latitudes dos demais
continentes.
(D) O alto grau de xerofilismo da caatinga ou “mata-clara”,
em tupi-guarani, se manifesta, fisionomicamente, por
apresentar folhas pequenas e caducas, que reduzem a
perda de água pela evapotranspiração, e raízes bem
desenvolvidas, grossas e penetrantes, que se adaptam às
condições de semi-aridez da região.
(E) A forte insolação, a baixa nebulosidade, as elevadas
taxas de evaporação, as temperaturas constantes,
relativamente altas, e o regime de chuvas marcado pela
escassez, pela irregularidade e pela concentração das
precipitações num curto período de, aproximadamente,
três meses, caracterizam o clima da região semi-árida.
94. Com base nos conhecimentos sobre meio ambiente e
sua relação com as ações antrópicas, é incorreto afirmar:
(A) O conceito de desenvolvimento sustentável
corresponde a um conjunto de ações e de estratégias
econômicas, destinadas a promover o crescimento da
riqueza e a melhoria das condições de vida, através de
modelos capazes de evitar a degradação ambiental e a
exaustão dos recursos naturais.
www.cemaly.com.br
(B) A atual redução da camada de ozônio na atmosfera e a
formação das “ilhas de calor” nas metrópoles, provocadas
pelas constantes inversões térmicas, são algumas das
conseqüências produzidas pelo maior fenômeno climático do
século, denominado de El Niño.
(C) A crescente concentração de gases-estufa na
atmosfera, especialmente do dióxido de carbono,
resultante da queima de combustíveis fósseis e de
florestas, dentre outros, provoca um aumento da retenção
do calor irradiado pela Terra, elevando assim a
temperatura média do Planeta.
(D) A expansão térmica da superfície oceânica, que vem se
registrando em várias partes do globo, tem contribuído
para o aumento significativo do número de tempestades e
dos ciclones tropicais em várias áreas, enquanto, em
outras, tem-se constatado uma elevação do nível do mar.
(E) O desmatamento em grande escala pode produzir, numa
região, vários impactos socioambientais, a exemplo do
rebaixamento gradativo do aqüífero, com reflexos no
abastecimento de água, no assoreamento dos rios, nas
sucessivas inundações e na extinção de atividades
extrativas vegetais, além de provocar o rompimento de
cadeias alimentares, com sérias repercussões na
agricultura.
95. “ (...) meio ambiente é determinado espaço onde ocorre
a interação dos componentes bióticos (fauna, flora),
abióticos (água, rocha e ar), biótico-abiótico (solo) e o
socioeconômico. Estes componentes interagem entre si
através de diferentes processos, envolvendo a troca de
energia e matéria.”
( AUGUSTO FILHO. In: CHASSOT e CAMPOS (Orgs.), p.
80)
Com base no conceito apresentado e nos conhecimentos
atuais sobre o meio ambiente, pode-se afirmar:
(A) O Protocolo de Kyoto, que obriga os países
industrializados a reduzir a emissão de gases que causam o
aquecimento do planeta, foi convertido em lei internacional
após a aprovação pela maioria dos países envolvidos,
liderados pelos Estados Unidos.
(B) O tempo de decomposição da matéria orgânica nos
solos das regiões temperadas e frias é muito mais rápido
do que no das regiões tropicais, acumulando, em pouco
tempo, grande quantidade de húmus na superfície.
(C) Os problemas ambientais já se tornaram globais ou
planetários, pois todos os ecossistemas do planeta estão
interligados.
(D) O atraso tecnológico dos países subdesenvolvidos
contribui para que eles tenham se tornado os maiores
emissores de gases que provocam o aquecimento global, a
destruição da camada de ozônio e a perda da
biodiversidade, contribuindo, em grande escala, para a
degradação ambiental.
(E) A reciclagem dos resíduos, além de trazer
repercussões econômicas e sociais positivas, tem se
mostrado uma exigência do mundo contemporâneo no que
se refere a uma consciência ambiental mais desenvolvida.
96. Vários especialistas e organizações ambientalistas têm
denunciado a continuidade no processo de desmatamento e
degradação dos ecossistemas amazônicos, apontando como
principais vetores;
(A) O crescimento da população indígena e o das migrações
internas.
(B) A expansão da pecuária extensiva e a da soja, além da
extração ilegal de madeira.
(C) A criação de pólos industriais e a de grandes projetos
de extração mineral.
(D) A extração da borracha em escala industrial e as roças
itinerantes de subsistência.
(E) O crescimento do extrativismo vegetal e o da pesca
pelas populações ribeirinhas.
97. No que diz respeito a ação das ondas no modelado
terrestre é correto afirmar:
(A) A ação contínua das ondas do mar ataca a base, os
paredões rochosos do litoral, causando o desmoronamento
de blocos de rochas e o conseqüente afastamento do
paredão. Esse processo dá origem a costas altas
denominadas falésias.
(B) As praias são depósitos de areia ou cascalho que se
originam nas áreas abrigadas da costa.
(C) Quando o depósito de areia se acomoda paralelamente à
costa, formam-se as restingas.
(D) Todas as alternativas anteriores estão corretas.
PÁGINA
(E) As alternativas A e B estão corretas.
21/25
98. O abalo que destruiu a cidade de Kobe, no Japão, é
apenas um dos exemplos da intensa atividade sísmica do
globo. Tal atividade não se manifesta com a mesma
intensidade em todos os lugares, sendo mais significativa
nas áreas;
(A) de pontos quentes.
(B) de limites convergentes.
(C) de contatos entre placas litosféricas.
(D) das margens continentais inativas
(E) dos limites divergentes.
99. Assinale a alternativa que apresenta o que tem em
comum as seguintes cadeias montanhosas: Andes, Himalaia,
Alpes e Rochosa.
(A)
Geologicamente
recentes
e
resultantes
de
dobramentos.
(B) Geologicamente antigas e resultantes de dobramentos.
(C) Localizam-se nas porções orientais dos continentes
onde ocorrem.
(D) Geologicamente constituídas por terrenos cristalinos
antigos.
(E) Os grandes desníveis foram provocados por
falhamentos em terrenos cristalinos.
100. Sobre os agentes externos modeladores do relevo é
incorreto afirmar:
(A) A água apresenta um poder incrível de desgaste do
solo. Este agente pode erodir o solo de três maneiras:
Através da ação pluvial, fluvial e marinha.
(B) As águas dos mares provocam as chamadas falésias
quando desgastam os paredões rochosos.
(C) Temperatura, ventos, seres vivos e processo
orogenético são exemplos de agentes externos do relevo.
(D) Falhamento e Dobramento são exemplos de agentes
construtores do relevo.
(E) A ação marinha provoca no relevo processos de
acumulação. Como exemplo destes processos podemos
citar: Restinga e Tômbulo
Artes
www.cemaly.com.br
101. Os estados teocráticos da Mesopotâmia e do Egito
evoluíram
acumulando
características
comuns
e
peculiaridades culturais. Os egípcios desenvolveram a
prática de embalsamar o corpo humano e colocar as
vísceras nos vasos canopos porque:
I – A arte helenística corresponde à fusão entre a cultura
ocidental e a oriental, promovida por Alexandre Magno, no
período que sucede ao classicismo grego.
II – Os traços mais característicos da arte helenística são
identificados nas preocupações éticas e espirituais ligadas
aos castigos e recompensas de uma vida futura.
III – A arte helenística é marcada pela preferência por
temas trágicos e emocionantes, cujas esculturas
apresentavam movimento e ação.
IV – Entre as esculturas de destaque da arte helenística
destaca-se a imagem ao lado, “Laoconte e seus filhos
atacados pelas serpentes”.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I, III e IV.
(B) Apenas II e III.
(C) Apenas I, II e III.
(D) Apenas II, III e IV.
(E) I, II, III e IV.
103. Sobre a pintura grega, considere as afirmativas
abaixo.
PÁGINA
(A) se opunham ao politeísmo dominante na época.
(B) os seus deuses, sempre prontos para castigar os
pecadores, desencadearam o dilúvio.
(C) depois da morte a alma podia voltar ao corpo
mumificado.
(D) construíram templos, para realização de cultos e para
moradia do faraó, na eternidade.
(E) os camponeses constituíam categoria social inferior.
102. Observe a imagem e analise as informações sobre a
arte helenística.
I – A pintura clássica grega era muito utilizada em
cerâmicas, como na ânfora, representada ao lado.
II – As cenas retratadas nas pinturas gregas estavam,
geralmente, vinculadas à mitologia.
III – A pintura grega mostrava cenas realistas,
reproduzidas com um rigor quase fotográfico.
Quais estão corretas?
(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas III.
(D) Apenas I e II.
(E) Apenas II e III.
104. A arte grega, no período .......................... atingiu a
perfeição idealizada, surgindo grandes obras de técnica
muito apurada. A escultura do período atingiu a perfeição
na representação das formas humanas, sendo o Discóbulo,
do escultor........................., uma das obras imortais dessa
fase da história da arte grega.
22/25
(A) arcaico – Policleto
(B) homérico – Fídias
(C) pós-clássico - Mirón
(D) helenístico – Policleto
(E) clássico - Mirón
105. Observe as imagens de I a V.
Filosofia
106. Leia a seguinte passagem de Santo Agostinho:
"Incorre em erro a alma quando se identifica tanto a essas
imagens [exteriores], e, levada por tal amor, vem a
considerar-se da mesma natureza que elas." (A trindade)
Conforme o pensamento de Santo Agostinho, analise as
afirmativas abaixo derivadas do trecho citado:
I. o amor nunca nos engana.
II. o erro deve-se à ação da própria alma.
III. o erro acontece quando a alma se identifica com coisas
exteriores a ela.
IV. a alma erra porque, no pecado original, foi abandonada
por Deus.
V. a alma erra porque faz parte da natureza.
Assinale a alternativa correta:
www.cemaly.com.br
(A) Somente as afirmativas II e III são corretas.
(B) Somente a afirmativa V é correta.
(C) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
(D) Somente a afirmativa II é correta.
(E) Somente a afirmativa III é correta.
107. Analise as afirmativas abaixo sobre a importância que
PÁGINA
Santo Agostinho atribui à memória. Mas o que é o mais 23/25
importante a ser lembrado?
I. Nossa infância
II. Nosso eu
III. O pecado original
IV. Deus
V. Nossas imagens externas
Assinale a alternativa correta:
Com base nas imagens e nos conhecimentos sobre Pop Art
norte-americana e inglesa, assinale a alternativa que
corresponda às imagens do movimento, especificamente na
Inglaterra.
Assinale a alternativa correta.
(A) Somente as imagens I e II.
(B) Somente as imagens I e IV.
(C) Somente as imagens III e IV.
(D) Somente as imagens I, II e III.
(E) Somente as imagens II, III e IV.
(A) Somente as afirmativas I e II são corretas.
(B) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
(C) Somente a afirmativa II é correta.
(D) Somente a afirmativa III é correta.
(E) Somente a afirmativa IV é correta.
108. Assinale a alternativa que responde corretamente à
pergunta abaixo. Segundo Santo Agostinho, através de qual
procedimento podemos descobrir a verdade?
(A) Pela experiência empírica.
(B) Pelo diálogo ecumênico.
(C) Pela iluminação interior.
(D) Pela ação do Demiurgo.
(E) Pela dedução transcendental das categorias.
www.cemaly.com.br
109. O principal problema de Descartes pode ser
formulado do seguinte modo: “Como poderemos garantir
que o nosso conhecimento é absolutamente seguro?” Como
o cético, ele parte da dúvida; mas, ao contrário do cético,
não permanece nela. Na Meditação Terceira, Descartes
afirma: “[...] engane-me quem puder, ainda assim jamais
poderá fazer que eu nada seja enquanto eu pensar que sou
algo; ou que algum dia seja verdade eu não tenha jamais
existido, sendo verdade agora que eu existo [...]”
(DESCARTES. René. Meditações Metafísicas. Meditação
Terceira, São Paulo: Nova Cultural, 1991. p. 182. Coleção Os
Pensadores.)
Com base no enunciado e considerando o itinerário seguido
por Descartes para fundamentar o conhecimento, é
correto afirmar:
(A) Todas as coisas se equivalem, não podendo ser
discerníveis pelos sentidos nem pela razão, já que ambos
são falhos e limitados, portanto o conhecimento seguro
detém-se nas opiniões que se apresentam certas e
indubitáveis.
(B) O conhecimento seguro que resiste à dúvida apresentase como algo relativo, tanto ao sujeito como às próprias
coisas que são percebidas de acordo com as circunstâncias
em que ocorrem os fenômenos observados.
(C) Pela dúvida metódica, reconhece-se a contingência do
conhecimento, uma vez que somente as coisas percebidas
por meio da experiência sensível possuem existência real.
(D) A dúvida manifesta a infinita confusão de opiniões que
se pode observar no debate perpétuo e universal sobre o
conhecimento das coisas, sendo a existência de Deus a
única certeza que se pode alcançar.
(E) A condição necessária para alcançar o conhecimento
seguro consiste em submetê-lo sistematicamente a todas
as possibilidades de erro, de modo que ele resista à dúvida
mais obstinada.
110. Sobre
afirmar:
o
racionalismo
cartesiano,
é
incorreto
(A) A verdade deve ser afirmada pela razão.
(B) A razão não pode provar a existência de absolutamente
nada.
(C) É possível duvidar da existência de tudo, menos do
sujeito que pensa.
(D) A razão é capaz de fornecer a natureza e as origens do
conhecimento.
(E) O costume não é uma fonte adequada para fundamentar
o conhecimento.
PÁGINA
24/25
www.cemaly.com.br
25/25
PÁGINA

Documentos relacionados