Camara Municipal de Diadema - Câmara Municipal de Diadema

Сomentários

Transcrição

Camara Municipal de Diadema - Câmara Municipal de Diadema
Camara Municipal de Diadema
Estado de Sao Paulo
PROJETO DE RESOLUCAO N° 0 05
818 /2013
PROCESSO N°
/2013
--DispOe sobre alteracao de dispositivo do Regimento
Interno da Camara Municipal de Diadema, instituido
pela Resolucalo no 001, de 18 de dezembro de 2008.
O Vereador Luiz Paulo Salgado e Outros, no uso e
gozo de suas atribuicOes legais que lhes confere o
artigo 58 da Lei Organica Municipal, combinado
corn o artigo 173 do Regimento Interno, apresentam
para apreciacao Plendria, o seguinte PROJETO DE
RESOLUCAO:
ARTIGO - 0 paragrafo 4° do artigo 114 do Regimento Interno da Camara Municipal de
Diadema, instituido pela Resolueao n° 001, de 18 de dezembro de 2008, passa a vigorar corn a
seguinte redaeao:
Art. 114 Paragrafo 1° Paragrafo 2° Paragrafo 3° Paragrafo 4° - Concluidas as fases constantes dos itens V ao VIII do artigo
115 deste Regimento, passar-se-d a fase do Expediente dos Vereadores,
ern que cada Vereador terd o direito de fazer uso da Tribuna, pelo prazo
maxim° de 5 (cinco) minutos, sem prorrogacdo, corn direito a apartes e
cessao de tempo, para prestar esclarecimentos e informacOes de interesse
publico, devendo as inscricaes seguir os seguintes criterios:
a - as inscricOes deverdo ser feitas ern livro prOprio;
b - a chamada sera feita pela ordem cronologica de inscricao;
c - somente serao aceitas inscriciies realizadas ate o final da palavra do
primeiro orador inscrito;
d - 0 Vereador inscrito para falar e que nao esteja presente quando the for
dada a palavra, perdera a vez.
ARTIGO 2° - Esta Resolucao entrard em vigor na data de sua publicacao, revogadas as
disposicees ern contrario.
Diadema, 20 de agosto de 2013.
Ve
SALGADO
Els Camara Municipal de Diadema Estado de Säo Paulo
0:3
ZO) 3
itotocolo
Camara Municipal de Diadema
Estado de Ski Paulo
JUSTIFICATIVA
A alteragâo ora proposta no Regimento Interno visa diminuir o tempo de
use da Tribuna na fase do Expediente dos Vereadores, passando dos
atuais 8 (oito) minutos para 5 (cinco) minutos, nä° alterando os demais
critórios para o Expediente dos Vereadores.
A referida medida tern por escopo dar uma major dinamica ao
Expediente dos Vereadores, permitindo que as ponderacties e
argumentagOes dos Nobres Edis se realizem em urn tempo muito mais
'Ogle() e adequado, onde a oratOria parlamentar possa ocorrer de forma
mais estruturada em face ao conjunto geral das demais fases existentes
na sessào ordinkia.
Logicamente que náo se trata aqui de ceifar o direito de fala do
parlamentar, ate mesmo porque no decorrer da sessào ordinaria
existem diversas situagOes em que o parlamentar possa ponderar e
explicitar seu ponto de vista.
Mas sim de estabelecer uma nova dinamica no Expediente para que a
sessão flua de forma mais simples e rapida, para que os municipes
presentes e aos internautas que acompanham a sessão, tenham uma
melhor compreensâo geral do que acontece na sessão.
Diaema, 19 de agosto e 2013. I
Ver.
a) tag:
, UL SA
Di JAW '"
Ver. Dr. RIC Dear
•
Ver. JO g_a1
S
Ver. JOS•DA SILVA
Ver. REINALDO NTONIO MEIRA
Ver. TALABI UBIRAJARA CERQUEIRA FAHEL
ResoWS N o 1/2008, de 18/12/2008
0/-4
8/8oto lo
FLs
Autor: MESA DA CAMARA
Processo: 81408
Mensagem Legislativa: 0
Projeto: 108
Decreto Regulamentador: nä° consta
DISPOE SOBRE 0 REGIMENTO INTERNO DA CAMARA MUNICIPAL DE DIADEMA.
Revoga:
Res. 6/1990
Alterada por:
Res. 3/2009
Res. 1/2010
Res. 3/2011
Res. 1/2012
Res. 2/2010
Res. 1/2013
Res. 3/2010
Res. 2/2013
Res. 1/2011
RESOLUQAO N° 001/2008
PROCESSO N° 814/2008
(Publicada em 19 de fevereiro de 2009)
DISPOE SOBRE 0 REGIMENTO INTERNO.
0 Presidente da Camara Municipal de Diadema:
"Fag° saber que a Camara Municipal aprovou e eu promulgo a
seguinte RESOLUCAO":
REGIMENTO INTERNO DA CAMARA MUNICIPAL DE DIADEMA
TiTULO I
DA CAMARA
CAPITULO I
DISPOSICOES PRELIMINARES
ARTIGO 1° - A Camara Municipal 6 o Poder Legislativo do Municipio e se comp6e de Vereadores(as) eleitos(as)
nas condighes e termos da legislacao vigente.
Parigrafo Unico — Para os efeitos desta Resolucao e de todos os documentos gerados pela Camara Municipal,
Vereadores e Vereadoras sera° tratados por Vereador(es).
ARTIGO 2° - A Camara Municipal tern funcees precipuamente legislativas e exerce atribuiceies de fiscalizacao,
controle e assessoramento dos atos do Executivo e, no que the compete, pratica atos de administracao intema.
Parigrafo 1° - A tuna° legislativa consiste em deliberar por meio de Leis, Decretos Legislativos e Resoluches
sobre todas as matarias de competencia do Municipio, respeitadas as reservas constitucionais da Uniao e do
Estado.
Parigrafo 2° - A funcao de fiscalizacao externa 6 exercida corn o auxilio do Tribunal de Contas do Estado,
compreendendo, entre outras:
SECA° II
DAS SESSOES ORDINARIAS
SUBSECÃO I
DISPOSIODES PRELIMINARES
eierte-e-elufagite-ffe-5-feirtee)--ftefes.
ARTIGO 114 - As Sessoes Ordinarias serao realizadas semanalmente, as quintas-feiras, com inicio as 14h00 e
s6 terminarao finda a Ordem do Dia na forma dos artigos 118 e 119 do presente Regimento Interco. (Redagão
dada pela Resolucao no 001/2013).
(Parigrafo revogado pela Resolucao no 001/2013).
Perfigrefo-22 - Pathgrafo 1° - As Sessoes Ordinarias cujas datas recalrem em feriados em dias decretados
facultativos ou de luto oficial ou outro motivo relevante, serao transferidas para o dia Otil que as anteceder ou
suceder, atraves de deliberagao das Liderangas. (Paragrafo renumerado pela Resolucao n° 001/2013).
Pertigrefe-32 - ParAgrafo 2° - Ressalvados os Requerimentos de urg6ncia e as proposig6es quando entregues
corn textos ja redigidos e digitados, as proposituras, especialmente Indicagees e Requerimentos, deverao ser
entregues a elaboragao, na Divisao Thcnico-Legislativa, ate 24 (vinte e quatro) horas antes do inicio da Sessao,
ficando para a Sessao seguinte as que forem encaminhadas al6rn desse horario. (Parigrafo renumerado pela
Resolucao n° 001/2013).
Potrigrafe-4° - Parâgrafo 3° - A Divisao Itnico-Legislativa tern a incumbéncia de listar todas as Indicagees e
Requerimentos que, a juizo dela, forem considerados de teor pol6mico, para posterior leitura em Plenario, na
forma regimental. (ParAgrafo renumerado pela Resolucao n° 001/2013).
nRnl uas.Oca Jo jntb ,oaac pubilCO, OCvcnd 0 as um,'
Resolucao no 003/2009).
b - a L. IC11110
pcm V
(Redacao dada :Ma
9
d
L.1‘1, I
LIU° MUG. tcmpu polo Talai apOb v ulluuv viaduflnata du.
Penigrafe-e- Parigrafo 4° - Concluidas as fases constantes dos itens V ao VIII do artigo 115 deste Regimento,
passar-se-a a fase do Expediente dos Vereadores, em que cada Vereador tern o direito de fazer use da Tribuna,
pelo prazo maxim° de 8 (oito) minutos, sem prorrogagao, corn direito a apartes e cessao de tempo, para prestar
esclarecimentos e informagOes de interesse pOblico, devendo as inscrig6es seguir os seguintes crit6rios: