Releases - StudioClio

Сomentários

Transcrição

Releases - StudioClio
Duo Kurtz-Morejano – Árias italianas
Concerto
Duo Kurtz-Morejano
Com Luísa Kurtz e Carlos Morejano
Dia 01 de junho, sexta-feira, às 20h30
StudioClio – Instituto de Arte e Humanismo
Rua José do Patrocínio, 698 – Cidade Baixa – (51) 3254 7200
www.studioclio.com.br
Em curta temporada no Brasil, a soprano Luísa Kurtz e o pianista Carlos Morejano apresentam
repertório dedicado à tradição lírica italiana. Partindo da escola barroca de Pergolesi, Vivaldi e Traetta,
o duo finaliza o programa com árias de La clemenza di Tito e Don Giovanni, de Wolfgang Amadeus
Mozart, e L’elisir d’amore, de Gaetano Donizetti. Formam assim, o autêntico panorama da música escrita
para canto do Barroco, Classicismo e Romantismo. O Duo Kurtz-Morejano apresenta-se no dia 01 de
junho, às 20h30, no StudioClio.
O duo de Canto e Piano nasceu no ano de 2005, de uma parceria iniciada no período em que
Carlos Morejano foi professor do Conservatório de Música da UFPel, onde atuou como repertorista
e correpetidor de Luísa Kurtz. O repertório trabalhado pelo duo tem ênfase na música de câmara,
procurando equilibrar o repertório tradicional, tão rico para este tipo de formação, com um repertório
novo, merecedor da atenção do público.
O show começa às 20h30. Os ingressos podem ser adquiridos pela página
www.studioclio.com.br pelos valores de R$ 30 (público em geral) e R$ 20 (professores, estudantes e
seniores). O StudioClio fica na Rua José do Patrocínio, 698 – Cidade Baixa. Mais informações pelo
telefone (51) 3254 7200.
Programa:
Giovanni Battista Pergolesi (1710 - 1736) - Se tu m'ami
Antonio Caldara (1670 – 1736) - Sebben crudele
Giuseppe Giordani (1751 - 1798) - Caro mio ben
Antonio Vivaldi (1678 – 1741) - Sposa, son disprezzata (Bajazet)
Tommaso Traetta (1727 – 1779) - Ombra cara amorosa...Io resto sempre a piangere (Antigona)
Finito è il mio tormento (Antigona)
Intervalo
Wolfgang A. Mozart (1756 – 1791) - S'altro che lacrime (La clemenza di Tito)
Wolfgang A. Mozart (1756 – 1791)- Crudele... Non mi dir (Don Giovanni)
Gaetano Donizetti (1797 – 1848) - Prendi, per me sei libero (L'elisir d'amore)
Gaetano Donizetti (1797 – 1848) - So anch'io la virtù magica (Don Pasquale)
Luísa Kurtz
Em 2007, graduou-se em Canto na Universidade Federal de Pelotas, onde foi orientada pelo barítono
Jonas Klug. Atualmente, trabalha como professora da instituição. Participou de masterclasses com
Raquel Pierotti (Espanha), Sherrill Milnes (EUA), Raúl Giménez (Espanha), entre outros.
Nas temporadas 2002 e 2006 do Instituto de Cultura Musical da PUCRS, apresentou-se sob regência do
maestro Frederico Gerling Jr. Em julho de 2007, foi solista da Messe Solennelle de Sainte Cécile, de C.
Gounod, realizada em Pelotas pela Sociedade Pelotense Música pela Música. Em dezembro do mesmo
ano, foi o soprano solista no oratório The Messiah, de G. F. Handel, junto à Orquestra Sinfônica da UCS,
em Caxias do Sul.
Apresenta-se com freqüência ao lado do pianista Carlos Morejano, com quem forma o Duo KurtzMorejano de canto e piano desde 2005. Neste ano de 2008, Luísa foi selecionada para participar
da "Primeira Oficina Lírica do Teatro Guaíra", em Curitiba, onde trabalhará, ao longo do ano com
professores do Conservatório de Música de Adria, Itália. Em abril, foi solista da Carmina Burana, de Carl
Orff, em versão encenada no Teatro do Sesi, Porto Alegre, sob regência do maestro Manfredo Shmiedt.
Laura Gertz | StudioClio | Núcleo Hermes de Comunicação
Está entre os seis cantores bolsistas selecionados para o 39º Festival Internacional de Inverno de
Campos do Jordão, a realizar-se durante o mês de julho deste ano.
Carlos Morejano
Carlos Morejano é bacharel em Música – com habilitação em Piano – pela Universidade Federal do
Rio Grande do Sul. Ele desenvolve intensa atividade com cantores líricos como pianista co-repetidor e
acompanhador em recitais.
Foi pianista acompanhador da Classe de Canto do XI e XII Festival de Música da Cidade de
Montenegro-RS. Como camerista, foi o pianista do II Festival de Inverno Unisinos e do I e II Encontro
de Metais da Fundarte, realizando recitais com nomes como Andre Henry (trompete - França), Gustavo
Garcia (trompa - Uruguai), Marcos Max Martin (trombone - Brasil/USA) e Maria Alice Brandão (Violoncelo
- Brasil). Realizou recital com Fred Mils, trompetista do Canadian Brass, quando este veio ao Brasil nos
anos de 2001 e 2003. Foi integrante do Trio Absinto, dedicado ao repertório barroco, ao lado de Cíntia
de los Santos (Soprano) e Evandro Mattè (trompete).
Em 2000, a convite do Goethe Institut de Porto Alegre, realizou recital integralmente dedicado a Bach
e participou da gravação de Cd com obras deste compositor junto à Orquestra Sinfônica do SESI/RS,
sob regência do maestro Léo Fuhr. Entre os anos de 2003 e 2005, foi Professor Substituto de Piano
e Teoria Musical da Universidade Federal de Pelotas-RS, onde também foi repertorista dos alunos do
Bacharelado em Canto.
Foi responsável pela produção e preparação musical da montagem de Der Schauspieldirektor, de W.
A. Mozart, no Theatro São Pedro de Porto Alegre, onde também realizou recital com o mezzo-soprano
uruguaia Raquel Pierotti, dentro da Temporada Oficial da Orquestra de Cãmara do Theatro São Pedro.
Iniciou o ano de 2006 com temporada na Espanha, onde trabalhou como acompanhador e repertorista
no estúdio privado de Raquel Pierotti e como acompanhador em masterclass ministrado por Viorica
Cortez (Titular do Conservatório Superior de Paris) no Conservatório Superior Del Gran Teatre Del Liceu
de Barcelona.
Em 2006 e 2007, coordenou e ministrou o Opera Studio, projeto promovido pelo Conservatório de
Música da UFPel. No mesmo ano, participou como pianista co-repetidor na montagem de Lady Macbeth
de Mtsensk, de D. Shostakovich, dentro da programação do XI Festival Amazonas de Ópera, na cidade
de Manaus, e também lançou CD com obras de Pe. José Maurício Nunes Garcia, sob regência do
maestro Ernani Aguiar, pelo selo da Academia Brasileira de Música.
Ao lado do soprano Luísa Kurtz e da violonista Virgínia Tavares, forma o Trio Contrastes, apresentando
um repertório que combina elementos da música erudita e da MPB.
Em 2008, volta a integrar o quadro docente do Curso de Graduação em Música da Universidade Federal
de Pelotas como Professor Substituto de Piano e Teoria Musical e participa do XII Festival Amazonas de
Ópera, como pianista co-repetidor na produção deAriadne auf Naxos, de R. Strauss.
Laura Gertz | StudioClio | Núcleo Hermes de Comunicação