de Patrizia Laquidara, cantora italiana de v

Сomentários

Transcrição

de Patrizia Laquidara, cantora italiana de v
O Consulado da Itália em Belo Horizonte
apresenta o espetáculo “100 Sottane”,
de Patrizia Laquidara,
cantora italiana de voz requintada,
que prestigia o universo feminino.
Dia 16 de outubro, às 21 horas, Patrizia Laquidara se apresentará na Sala Sérgio
Magnani, da Fundação de Educação Artística, trazendo um espetáculo que tem como
linha principal figuras, fatos, estórias e personagens femininas.
Patrizia Laquidara despontou no Festival de Sanremo e foi logo reconhecida pelo
público e pela crítica, tanto como intérprete quanto como autora, por criar um estilo
originalíssimo e de extraordinária intensidade, que funde sonoridades brasileiras com
ecos mediterrâneos e de outras tradições musicais.
Ganhou vários prêmios importantes, dentre eles o Prêmio Città di Recanati, o Mia
Martini da Crítica, o Alex Baroni, o Prêmio Maschera d'Oro do Conservatório de
Bolonha e o Prêmio Giovanni Paisiello, do “Magna Grecia Awards”.
Apaixonada por música brasileira, Patrizia dedicou a Caetano Veloso seu primeiro CD,
que traz o título “Para você querido Cae". Seus três outros álbuns já gravados são
"Indirizzo Portoghese", “Funambola” e “Il Canto dell´Anguna”.
A Revista Rockerrilla a define como “uma artista de relevo extraordinário [...] a
novidade é o nível e a personalidade de Patrizia, que definitivamente se desvinculou de
qualquer modelo, e hoje pode misturar livremente Catania (Sicília) e Brasil, indolência
mediterrânea e bossa, intuição itálica da melodia e aveludados arranjos jazzy, versos
ligeiros e coros baianos de fundos”.
Patrizia Laquidara esteve presente em Belo Horizonte, na noite de abertura do 8º
Salão do Livro, no ano de 2006. O professor e pesquisador Emilio Franzina fez a
conferência-espetáculo de história cantada “Escritas Migrantes”, apresentando
reflexões em palavras e músicas sobre dois séculos de migrações italianas, tendo
Patrizia Laquidara interpretando as canções, com o acompanhamento do acordeonista
Mirco Maistro.
Na noite do dia 16 de Outubro, Laquidara será acompanhada ao piano por Alfonso
Santimone, músico e compositor original com toque visionário, que enumera importantes
colaborações, entre as quais Gianluca Petrella, Robert Wyatt, Marc Ribot, Giulio
Capiozzo, Harold Land e outros.
O espetáculo integra a X Semana da Língua e Cultura Italiana no Mundo como Tour
Brasil 2010 e será apresentado neste mês de Outubro em outras capitais como Rio de
Janeiro (14), São Paulo (19), Curitiba (20) e Porto Alegre (22). Sua realização em Belo
Horizonte se deve à Associação Ponte entre Culturas/MG e foi viabilizada pelo
patrocínio da Acibra-MG, Associação Emilia Romagna/MG, Circolo Sardo/MG, Circolo
Trentino/BH, Comites/BH, do Istituto Biaggi e das empresas Alalux e Seris.
Biografia
Patrizia Laquidara, nascida em Catânia, é siciliana de origem e vêneta de adoção.
Autora, compositora e talentosa intérprete da música popular italiana, tornou-se
conhecida do grande público depois da sua participação no 53° Festival de Sanremo
com a canção "Agisce", composta a quatro mãos com Bungaro e que recebeu, em 2002, o
Prêmio Città di Recanati.
Foi convidada para cantar em inúmeros festivais, eventos e teatros nacionais e
internacionais (Inglaterra, Estados Unidos, Espanha, Eslovênia, Portugal, Polônia, Brasil,
Equador, França, Suíça, Marrocos, Bélgica, Croácia). Representou a Voz Feminina
Italiana no Festival Internacional de Música Étnica e Contemporânea “Suoni dell´altro
Mondo” em 2006.
Apaixonada por música brasileira, Patrizia dedicou a Caetano Veloso seu primeiro CD,
que traz o título “Para você querido Cae", gravado em 2001 com artistas como Paolo
Birro, Sasaki Marumo e a Orquestra de Arcos de Marco Tezza.
Patrizia conseguiu criar um estilo originalíssimo e de extraordinária intensidade, que
funde sonoridades brasileiras com ecos mediterrâneos e de outras tradições musicais
(o fado português).
Em 2003, no Festival di Sanremo, ganhou o Prêmio Mia Martini da Crítica e o Prêmio
Alex Baroni para a melhor interpretação na Categoria “Jovem”, com a música “Lividi e
Fiori”. Naquele ano, gravou seu segundo CD "Indirizzo Portoghese" (Genius/Virgin), um
álbum encantador, que acrescentou mais um capítulo à história passional entre a canção
italiana e a música lusófona e recebeu elogios da crítica, enquanto alguém iniciou a
defini-la como uma “quarta tribalista”.
Patrizia é co-autora e intérprete da música “Noite e Luar”, composta em 2005, que é a
trilha sonora do filme "Manual do Amor” do diretor Giovanni Veronesi.
O terceiro CD “Funambola” foi gravado em abril de 2007, em New York, com produção
de Arto Lindsay e Patrick Dillett. Por este álbum, recebeu o Prêmio Maschera d'Oro
do Conservatório de Bolonha, como cantora de música popular.
Em 2009, recebeu o Prêmio Giovanni Paisiello, do “Magna Grecia Awards” e fez
concertos nos EUA, nas cidades de Seattle, San Francisco, Los Angeles e New York.
É autora e produtora artística, junto a Alfonso Santimone e ao escritor e poeta Enio
Sartori, do álbum “Il Canto dell´Anguna”, publicado em maio 2010.
www.patrizialaquidara.it
www.myspace.com/patrizialaquidara
Espetáculo: “100 Sottane”
Patrizia Laquidara, voz
Alfonso Santimone, piano
Data: Belo Horizonte, 16 de outubro, 21 horas
Local: Sala Sérgio Magnani, Fundação de Educação Artística
Rua Gonçalves Dias 320 - Funcionários.
Entrada franca (retirar o ingresso meia hora antes do show).
Promoção
Consulado da Itália em Belo Horizonte
Patrocínio
ACIBRA-MG Associação de Cultura Ítalo-Brasileira do Estado de Minas Gerais
ALALUX by NORAH
Associação Emilia Romagna de Minas Gerais
Circolo Sardo de Minas Gerais
Circolo Trentino de Belo Horizonte
Comitê da Imigração Italiana de Belo Horizonte - COMITES
Istituto Biaggi
SERIS Serviços Técnicos Industriais
Realização
Associação Ponte Entre Culturas - MG
Informações: www.ponteentreculturas.com.br

Documentos relacionados

Patrizia Laquidara - Espetáculo "100 Sottane"

Patrizia Laquidara - Espetáculo Em 2003, no Festival di Sanremo, ganhou o Prêmio Mia Martini da Crítica e o Prêmio Alex Baroni para a melhor interpretação na Categoria “Jovem”, com a música “Lividi e Fiori”.  Naquele ano, gravou ...

Leia mais

Patrizia Laquidara já morou em Catania, Lisboa, Milão, Vicenza

Patrizia Laquidara já morou em Catania, Lisboa, Milão, Vicenza em Piacenza e na Igreja de Santa Maria Immacolata de Brescia. Com seu talento peculiar, Patrizia Laquidara já realizou turnês nos Estados Unidos, Brasil, Japão, Equador. Ela também já se apresentou...

Leia mais