Referencias de Aplicações de Protensão em Barragens com o

Сomentários

Transcrição

Referencias de Aplicações de Protensão em Barragens com o
Referencias de Aplicações de Protensão
em Barragens com o Sistema Freyssinet
Terra Armada Ltda.
Grupo Soletanche-Freyssinet
Rio de Janeiro: +55 21 2233 7353
São Paulo: +55 11 4538 1522
Índice
Referências de atuação em Barragens nos últimos 50 anos. ................ 3
UHE Lajeado – Protensão em Vigas Munhões ......................................... 4
UHE Peixe Angical - Protensão em Vigas Munhões .................................. 5
UHE São Salvador - Protensão em Vigas Munhões ................................... 6
UHE Santo Antônio - Protensão em Vigas Munhões .................................. 7
O Concreto Protendido e o Grupo Freyssinet ............................................ 8
Referencias de Obras de Protensão
em Barragens com Sistema Freyssinet
#
Barragem (UHE)
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Ernestina
Funil
Passo Real
Ilha Solteira
Mascarenhas
Marimbondo
Salto Osório
Capivara
São Simão
Paulo Afonso IV
Itumbiara
Foz da Areia
Emborcação
Nova Avanhandava
Tucuruí
Mirorós
Itaparica
Balbina
Rosana
Samuel
Segredo
Xingó
Corumbá
Serra da Mesa
Canoas I e II
Lajeado
Ralco
Peixe Angical
São Salvador
Santo Antonio
Local
Tio Hugo
Resende
Salto do Jacuí
Ilha Soleira
Baixo Guandu
Fronteira
São Jorge D´oeste
Porecatu
São Simão
Paulo Afonso
Itumbiara
Bituruna
Araguarí
São Paulo
Tucuruí
Gentio de Ouro
Petrolândia
Presidente Figueiredo
Rosana
Porto Velho
Mangueirinha
Piranhas
Caldas Novas
Minaçu
Palmital
Lajeado
CHILE
Peixe
São Salvador
Porto Velho
UF
Contratante
Ano
Quantidade de
aço de
protensão
RS
RJ
RS
SP
ES
MG
PR
PR
GO
BA
GO
PR
MG
SP
PA
BA
PE
AM
SP
RO
PR
AL
GO
GO
PR
TO
CH
TO
TO
RO
Estacas Franki
Christiani-Nielsen
Metropolitana
Camargo Correa
CONVAP
FURNAS
COPEL
CBPO
Impregillo – CR Almeida
CETENCO
Mendes Junior
CBPO
Andrade Gutierrez
CBPO
Camargo Correa
Odebrecht
Mendes Junior
Andrade Gutierrez
CBPO
Odebrecht
DM-COBEL
CBPO
Odebrecht
Camargo Correa
CBA- Andrade Gutierrez
Odebrecht/Andrade Gutierrez
Alston Brasil
Andrade Gutierrez e outros
Andrade Gutierrez e outros
Andrade Gutierrez e outros
1949
1969
1970
1970
1970
1971
1974
1974
1976
1978
1979
1979
1980
1981
1983
1984
1985
1986
1986
1987
1991
1992
1994
1995
1997
1999
2003
2005
2007
2010
140
6
14
435
65
101
88
66
131
74
124
47
47
44
890
72
159
43
63
23
74
225
44
200
102
440
76
332
221
1.150
São quase 6.000 toneladas de aço de protensão em mais de 50 anos de atuação no Brasil.
Além de ter executado a primeira estrutura protendida em vertedor de barragem no Brasil, em 1949, Freyssinet tem a maior
experiência acumulada no país neste tipo de trabalho.
UHE Lajeado
Protensão em Viga Munhão
Nossos Serviços:
Descrição do Projeto:
Contratante: Consórcio Construtor Lajeado (Andrade Gutierrez e
Odebrecht).
Cliente Principal: INVESTCO S.A.
Localização: Rio Tocantins – Município de Lajeado e Miracema do
Tocantins – Estado do Tocantins.
Capacidade de Geração: 902 MW
Área do Reservatório: 630 Km²
Serviços Executados: Protensão em Viga Munhão do Vertedouro
(14 Vãos).
Um dos mais arrojados projetos hidrelétricos do País, a UHE
Lajeado foi construída em tempo recorde - apenas 39 meses constituindo-se, na ocasião, num marco do Setor Elétrico no
Brasil.
Quantidade de Aço de Protensão: 440 t.
Ano de Conclusão de nossos Serviços: 1999
O empreendimento possibilitou a implantação de 34 programas
ambientais e a criação de 6.200 empregos diretos. A conclusão
dessa obra grandiosa, em 2001, proporcionou a independência
energética do Estado do Tocantins e energia excedente para o
Sistema Interligado Nacional (SIN).
UHE Peixe Angical
Protensão em Viga Munhão
Nossos Serviços:
Descrição do Projeto:
Contratante: Consórcio Construtor Peixe (Andrade Gutierrez e
Odebrecht).
Cliente Principal: ENERPEIXE
Localização: Rio Tocantins – Município de Peixe, – Estado do
Tocantins.
Capacidade de Geração: 452 MW
Área do Reservatório: 294,10 Km²
Serviços Executados: Protensão em Viga Munhão do Vertedouro
(9 Vãos).
Quantidade de Aço de Protensão: 332 t.
Ano de Conclusão de nossos Serviços: 2005
Para vencer o desafio de construir uma barragem em um curto
espaço de tempo, em uma região com temperatura média
elevada, estudos indicam a necessidade da refrigeração com
gelo, com objetivo de reduzir a temperatura máxima da
estrutura. Uma fábrica de gelo foi montada no canteiro, com
capacidade para produzir 10 toneladas/hora de gelo em
escamas, que era adicionado ao concreto em substituição a
uma parte da água da mistura. Foram implantados 30
programas ambientais, os quais consumiram 14% do
investimento total do empreendimento.
UHE São Salvador
Protensão em Viga Munhão
Nossos Serviços:
Descrição do Projeto:
Contratante: Consórcio São Salvador Civil (Andrade Gutierrez e
Odebrecht).
Cliente Principal: SUEZ Energy South America Participações Ltda.
Localização: Rio Tocantins – Município de São Salvador e Paranã –
Estado do Tocantins.
Capacidade de Geração: 241 MW
Área do Reservatório: 104 Km²
Serviços Executados: Protensão em Viga Munhão do Vertedouro
(6 Vãos).
Construída em prazo recorde, apenas 32 meses, antecipando
em dois anos a sua inauguração, que se deu em fevereiro de
2009.
Quantidade de Aço de Protensão: 221 t.
Ano de Conclusão de nossos Serviços: 2007
Durante a construção, foram gerados 1,5 mil empregos diretos e
2,0 mil indiretos.
UHE Santo Antônio
Protensão em Viga Munhão
Nossos Serviços:
Descrição do Projeto:
Contratante: Consórcio Santo Antônio Civil ( Odebrecht e Andrade
Gutierrez).
Cliente Principal: Santo Antônio Energia.
Localização: Rio Madeira – Município de Porto Velho – Estado de
Rondônia.
Capacidade de Geração: 3.150 MW
Área do Reservatório: 271 Km²
Serviços Executados: Protensão em Viga Munhão dos Vertedouros
Principal margem direita (15 Vãos) e Auxiliar margem esquerda
(3 Vãos)
Quantidade de Aço de Protensão: 1.150 t.
Ano de Conclusão de nossos Serviços: 2011
Previsão de conclusão em 2015. Será a segunda maior UHE de
turbinas bulbo do mundo e a sexta maior do Brasil em potência
instalada.
Estrutura concluída em tempo recorde 15 meses. Onde a nossa
participação (logística e desempenho técnico), foi fundamental,
para obtenção de tal êxito.
O Concreto Protendido e o
Grupo Freyssinet
Em 1909, Eugène Freyssinet, concebeu teoricamente a idéia genial da protensão.
Três anos mais tarde, descobriu-se as propriedades elásticas do concreto, previamente
conhecidas apenas para o aço. Estava pronto o caminho para o desenvolvimento de uma
tecnologia, um sistema de concreto protendido.
Eugène Freyssinet
No entanto, o termo protensão, cunhado por Freyssinet, somente apareceu por volta de 1932.
Em 1934, Eugène Freyssinet fez uma espetacular demonstração das vantagens da protensão
quando consolidou com sucesso o terminal de navios no porto de Havre, na França.
Em 1943, o engenheiro Edme Campenon, dirigente da empresa Campenon Bernard, criou a STUP
(Societé Technique pour l'utilisation de la Precontrainte), berço do Grupo Freyssinet, onde se
desenvolve e se aprimora o processo a partir dos trabalhos de pesquisa iniciados por Eugène
Freyssinet.
O objetivo era disseminar as técnicas de protensão e suas aplicações, os equipamentos e
materiais de protensão e fornecer assistência técnica em campo.
A cronologia do desenvolvimento da técnica do concreto protendido e da formação
do Grupo Soletanche - Freyssinet:
Entre 1943 e 1955, a ênfase foi convencer calculistas estruturais e consultores das enormes
vantagens técnicas e econômicas que poderiam advir deste novo sistema. Ao mesmo tempo a
empresa começou a se desenvolver internacionalmente na Bélgica, Alemanha, Inglaterra, Brasil,
Itália e Escandinávia. É desta época a primeira obra em concreto protendido no Brasil, a
(primeira) Ponte do Galeão no Rio de Janeiro. Mundialmente, alguns dos mais notáveis projetos
desta época foram: Ponte sobre Marne, Viaduto Caracas na Venezuela, Ponte Lago
Pontchartrain nos Estados Unidos, etc.
Entre 1949 e 1950, STUP participou de inúmeras conferencias sobre o tema de protensão e deu
subsídios à recém-criada ASP Association Scientifique de la Precontrainte. Durante estes eventos,
engenheiros de diversas nacionalidades tiveram contato com o estado da arte da protensão e
tiveram a oportunidade de visitar obras executadas. Este foi o marco inicial da tecnologia dos
sistemas de protensão.
A segunda fase, entre 1954 e 1970, foi marcada pelo início da concorrência no mercado de
protensão.
STUP investiu numa política de pesquisa e desenvolvimento, trabalhando continuamente em
projetos cada vez mais ambiciosos, requerendo grandes recursos técnicos e humanos. A fim de
superar estes novos desafios, equipamentos em obras se tornaram completamente mecanizados
no final de 1950 e o primeiro macaco de tensionamento elétrico apareceu em 1957. Foi o início
uma nova era. A era do desenvolvimento de projeto e construção. A intensa atividade fez
necessária uma organização nacional e escritórios foram criados em Marseilles, Lille, Nantes,
Strasbourg, Lyon, Toulouse e Rambouillet. As principais construções deste período foram:
Deslocamento do Templo Abu Simbel no Egito, Ponte Gladesville na Austrália, Ponte Oliron na
França.
É também dessa fase, a construção da Ponte Rio – Niterói. Nessa magnífica obra de engenharia,
Freyssinet executou todos os serviços de protensão. Além disso, a tecnologia de transporte e
montagem das aduelas esteve a cargo de “Entreprises Campenon Bernard” também
pertencente ao Grupo Freyssinet.
A terceira fase, entre 1970 e 1980, é marcada pelo início da diversificação das atividades,
particularmente com o desenvolvimento das técnicas de reparação de estruturas. O período
também foi caracterizado por obras grandiosas como a Ponte Estaiada em Brotonne na França e
o Estádio Olímpico Montreal no Canadá. Esta consistente atividade internacional consolidou a
presença do Grupo em todos continentes.
Em 1976, STUP se tornou Freyssinet Internacional, marcando sua vocação de grupo internacional
e prestando uma merecida homenagem ao homem cujo trabalho era continuado.
A fase atual, iniciada em 1990, reforça o foco no desenvolvimento de novas tecnologias e
estímulo à inovação.
Mais recentemente, com a fusão com a empresa Soletanche, o Grupo Soletanche - Freyssinet se
consolida como uma referencia mundial em serviços especializados de alta tecnologia na
construção (fundações, geotecnia, cabos estaiados, protensão, movimentação de cargas,
reparação, manutenção, etc.) e participa em projetos internacionalmente conhecidos como a
ponte da Normandia na França, Ponte Vasco da Gama em Portugal, Estádio Cardiff no Reino
Unido.
Viaduto de Milaut - Estrutura estaiada com 2460m de extensão
França - 2004
Presença no Brasil:
Presente há 60 anos no Brasil, o Grupo Freyssinet vem perpetuando o espírito de seu fundador,
Eugène Freyssinet. Este espírito, associado ao arrojo e à excelência técnica, tem permitido nossa
participação em obras notáveis de engenharia.
Desde 1999, após uma reestruturação global, a empresa Terra Armada Ltda., membro do Grupo
Soletanche-Freyssinet, passa a desenvolver no Brasil as atividades de protensão, absorvendo
toda a tecnologia e mão de obra especializada disponíveis no grupo.
EQUIPE TÉCNICA:
Pedro Nuno da Fonseca Pinto de Sousa
CREA 139989/D SP
Engenheiro Civil formado em 1984 pela Faculdade de Engenharia de Araraquara, com grande
experiência em obras de protensão e estruturas estaiadas no Brasil e no exterior, tendo atuado
entre outras, na Ponte Vasco da Gama, sobre o Rio Tejo em Portugal e na Ponte sobre o Rio
Orinoco em Puerto Ordaz, Venezuela.
É atualmente diretor de Terra Armada Ltda.
Edson Eli Almeida Lima
CREA 27.934/D BA
Engenheiro Civil pela universidade Católica de Salvador BA, atua no Grupo Freyssinet desde 1986.
Trabalhou na estrutura estaiada do Transbordo da Lapa – Secretaria de Obras – Salvador – BA.
Tem grande experiência em protensão, tendo atuado na supervisão de dezenas de obras.
Sua notável experiência em protensão em barragens foi desenvolvida ao longo dos últimos anos
nas seguintes obras: UHE Xingó, UHE Serra da Mesa; UHE Canoas I e II, UHE Lajeado e UHE Peixe e
Implantação de Protensão externa adicional na Ponte Rio-Niteroi., UHE São Salvador, UHE Santo
Antonio, Centro Administrativo de Belo Horizonte, etc.
Leonardo Mantilla Netto
CREA 90-1-03522-0-D SP
Engenheiro Civil pela Universidade Santa Cecília, atuou na supervisão de protensão em grandes
obras como: Ponte Guadiana – Teixeira Duarte – Portugal, Ting Kau Bridge – Cubiertas – Hong
Kong, Pontes na Rodovia D. Pedro I – CBPO – São Paulo, Ponte sobre o Rio Araguarí – Andrade
Gutierrez, etc., Puente de las Americas – Panama – Puente Rio Napo – Equador.
Grande experiência nacional e internacional em protensão e estruturas estaiadas, atua no Grupo
Freyssinet desde 1988.
Alberto Azevedo Ferrão
CREA 1956.100183-D/– RJ
Engenheiro Civil formado pela Escola Nacional de Engenharia (UFRJ) em 1955.
Ingressou no Grupo Freyssinet em 1956, quando foram feitos os primeiros trabalhos de protensão
no Brasil. Participou como responsável técnico em centenas de obras de protensão no Brasil.
Professor da cadeira de Estruturas de Concreto Protendido da Universidade Gama Filho – Rio de
Janeiro – de 1972 a 1977. Conferencista em dezenas de seminários e simpósios técnicos em
diversas entidades como: Instituto de Engenharia de SP, UFRJ, UERJ, IME, Universidade Federal da
Bahia, UFF, UNB, etc. É atualmente conselheiro e consultor técnico especial de Terra Armada
Ltda.
Cristiano Victor Rodrigues
CREA 82–03194–6-RJ
Engenheiro Civil formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro em 1982.
Ingressou na Terra Armada em 1983 onde participou de diversas obras de engenharia,
principalmente na área geotécnica. Hoje é diretor de Terra Armada Ltda.
Luciano Antonio Domingues
CREA 5061300421/D SP
Engenheiro Mecânico, formado pela Universidade São Francisco, responsável por manutenção,
suprimentos, logística e gestão da qualidade de materiais e equipamentos.
Tem grande experiência em equipamentos de protensão, incluindo procedimentos de aferição e
acompanhamento de qualidade de equipamentos e componentes.
Ponte Vasco da Gama – Lisboa – Portugal - 1998
***
Terra Armada Ltda.
Grupo Soletanche-Freyssinet
Rio de Janeiro: +55 21 2233 7353
São Paulo: +55 11 4538 1522