Seminario PNCEBT Porto Alegre 29-10-2012

Сomentários

Transcrição

Seminario PNCEBT Porto Alegre 29-10-2012
30/10/2012
Outubro/2012
Sistema Informatizado - PROCETUBE
Fausto Antonio Bernardo
TC
MOTIVAÇÃO
1
30/10/2012
2
30/10/2012
Problemas identificados:
–Dados faltantes
–Informações menos precisas
–Pouca agilidade ao MOSS
–Menos credibilidade ao processo
MOSS
Um dos principais componentes de um
sistema de vigilância animal (MOSS) é o
seu
Sistema
de
Informação:
coleta, manipulação e distribuição dos
dados.
3
30/10/2012
Sistema SDA X MOSS
SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO
–Disponibilidade
–Integridade
–Confidencialidade
–Autenticidade
SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO
Disponibilidade:
–Garantia de que as informações
possam ser facilmente acessadas e
compreendidas.
–Uso de ferramentas tecnológicas
4
30/10/2012
SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO
Integridade:
–Garantia de que os dados serão
preservados na forma definida pelo
proprietário da informação.
SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO
Confidencialidade:
–Limita o acesso a informação às
entidades legítimas, definidas pelo
proprietário da informação.
5
30/10/2012
SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO
Autenticidade:
–Os dados inseridos e alterados
devem ser auditados.
–Irretratabilidade
Sistema SDA
6
30/10/2012
Números do SDA – 28/10/2012
–
–
–
–
–
–
Todos os 496 Municípios do RS operam online
12.666.219 de bovídeos (bovinos e bubalinos) cadastrados
492.829 propriedades rurais cadastradas
513.486 produtores rurais cadastrados
248 inspetorias veterinárias emitindo GTA online
3.617.561 GTA's emitidas pelo SDA, onde:
• Funcionário autorizado: 2.391.834
• Médico veterinário estadual: 403.702
• Médico veterinário federal: 649
• Médico veterinário habilitado: 821.376
SDA – PROCETUBE – 1ª Etapa
– Cadastro MVH e dos Estabelecimentos
credenciados ao PNCETB
– Autorização de aquisição de antígenos e
tuberculina pelo habilitado
– Registro de venda de Antígenos e Tuberculina
aos habilitados
– Testes de Brucelose e Tuberculose em
propriedades certificadas
– Prestação de contas do uso de antígenos e
Tuberculina
7
30/10/2012
SDA – PROCETUBE – 2ª Etapa
– Identificação do animal na propriedade
– Movimentação de animais identificados
– Processo de certficação das propriedades
– Controle de vacinas e antígenos
– Resultado dos exames
8
30/10/2012
CONCLUSÃO
BENEFÍCIOS do sistema informatizado:
– MOSS: Agilidade, Organização e Credibilidade
– Produtor Rural: Valorização do seu rebanho
bovino
– MVH: novas oportunidades de trabalho
– Interação
entre
a
PROCERGS, SEAPA/RS, UFRGS
– Possibilidade Integração com outras bases de
dados:
MAPA,
BI
(epidemiologia), geoprocessamento
9
30/10/2012
Muito obrigado!
Fausto Antonio Bernardo
TC
[email protected]
10