CARGA DE NOTÍCIAS ANO III - nº 18

Сomentários

Transcrição

CARGA DE NOTÍCIAS ANO III - nº 18
ANO III - Nº19
JuNHO
2014
Boletim mensal do Sindicato
do Comércio Atacadista do
Distrito Federal
Mala
Direta Postal
Impresso
Impresso
Básica
Especial
9912313270/2012/DR/BSB
9912313270/DR/BSB
9912313270/DR/BSB
SINDICATO
DO COMERCIO
SINDIATACADISTA
SINDIATACADISTA
ATACADISTA DO DF
CORREIOS
CORREIOS
DEVOLUÇÃO
GARANTIDA
CORREIOS
LEIA MAIS
8
ESPECIAL BrASVENDAS
Nascidos vender
para
Maior evento voltado para o vendedor do Centro-Oeste reúne mais de 1.300 pessoas
para dia de formação e motivação com palestrantes renomados nacionalmente
Copa aquece
comércio
No caminho
certo
Setor em
crescimento
Campeonato gera
desenvolvimento e
expectativa para alavancar
vendas no comércio do DF
Assessor de Tributário
debate lei que trata
sobre remissão de ICMS
em artigo.
Mais de quinze
empresas brasilienses se
destacam no Ranking
ABAD/Nielsen 2014.
LEIA MAIS
3
LEIA MAIS
5
LEIA MAIS
7
CARGA
NOTÍCIAS
EDITORIAL
COLUNA DO PRESIDENTE
Especial
Brasvendas
Cuidado com
o que você fala
O
tel Royal Tulip Brasília Alvorada com
E
o intuito de melhorar a capacidade de
pensadas antes de ditas. É claro que
vendas e, claro, aprender mais com os
se deve saber que todos estão sus-
renomados palestrantes Felipe Mello,
cetíveis a erros, mas é preciso estar
Marcelo Ortega e Daniel Godri. O re-
atento. A questão é que, há algumas
sultado foi notório no rosto de cada um
edições, falamos sobre a violência
dos participantes, a alegria e a moti-
crescente no Brasil e como as pesso-
vação conquistada para ser mais que
as têm se sentido no direito de fazer
vendedores: vencedores. Você confere
“justiça” com as próprias mãos. Dis-
mais detalhes do evento na página 8.
cuti, principalmente, a importância
limites, as organizações sociais?
Em ano de Copa do Mundo a eco-
de uma pessoa pública opinar sobre
Invertemos as ações. Ao invés de
nomia brasileira se prepara para ter
o assunto, deixando brechas para
cobrarmos segurança, atitude dos
altos e baixos em diversos setores do
concluirmos de que havia setores
políticos e justiça, estamos sujando
comércio e esse é um dos assuntos
da sociedade que concordavam com
nossas mãos. Estamos nos tornando
que trataremos nesta edição. A maté-
essas atitudes.
farinha do mesmo saco que chuta-
Brasvendas 2014 foi um
sucesso. “Os nascidos para
vencer” fizeram jus ao tema
e lotaram o espaço de eventos do Ho-
xiste um antigo ditado que
diz que somos donos do
que calamos e escravos do
que dizemos. As palavras devem ser
Fábio de Carvalho
Presidente do Sindiatacadista/DF
ria sobre o Ranking ABAD/Nielsen
Começou! Desde então, todas as
mos. E tudo isso não é de respon-
2014 revela as empresas brasilienses
semanas lemos nos jornais casos de
sabilidade de quem opinou sobre a
que se destacaram e ascenderam no
populações revoltadas que punem
questão. Mas certamente nossas pa-
ano de 2013, o que demonstra a quali-
pessoas inocentes, tirando conclu-
lavras têm influência sobre as esco-
dade e a força do atacado no Distrito
sões precipitadas a partir de provas
lhas das pessoas, ainda mais quando
Federal e no Brasil.
limitadas.
se trata de pessoas públicas. Por isso
Pergunto-me: em que sociedade
Boa Leitura!
SINDIATACADISTA/DF
End.: C – 01 LOTES 1/12 SALAS 314/316 ED. TAGUATINGA
TRADE CENTER - TAGUATINGA/DF - CEP: 72010-010
TEL.: (61) 3561-6064
2
estamos vivendo? Onde estão os
repito: “Somos donos do que calamos e escravos do que dizemos!”.
Presidência
FÁBIO DE CARVALHO
Diretor social
RICARDO DURANTE ITACARAMBI
Diretores suplentes
SAULO DAVI DE MELO
JOSAFÁ DE MORAIS OLIVEIRA
CLÁUDIO DA NOVA BONATO
MARCELO ANTÔNIO MANIERO
RICARDO ANTÔNIO MAMEDE
MARLON AMARAL DE OLIVEIRA
TEODOMAR RODRIGUES ANDRADE
1º Vice-presidente
ROBERTO GOMIDE
Diretor tributário
ÁLVARO SILVEIRA JÚNIOR
Jornalista responsável
LANIÉR ROSA
2º Vice-presidente
LYSIPO TORMINN GOMIDE
Diretor secretário
ROGÉRIO ARAGÃO ALBUQUERQUE
Estagiário
THIAGO SILVA
3º Vice-presidente
JOÃO ORIVALDO OLIVEIRA
Diretor de rel. trabalho
JÚLIO CÉSAR ITACARAMBY
Fotos
TELMO XIMENES
Diretor financeiro
ADAUTO LÚCIO MESQUITA
Diretor comercial
CLAIR ERNESTO DAL BERTO
Publicidade
RICARDO CAMELO
Revisão e matéria de capa
LUÍZA DANTAS
Colaboração
PROATIVA COMUNICAÇÃO
Tiragem
2500
Gráfica
MAIS SOLUÇÕES
Projeto Gráfico
GUINAWEB - ATELIÊ DESIGN
Fale com a redação:
(61) 3561-6064
[email protected]
www.sindiatacadista.com.br
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
CARGA
NOTÍCIAS
NOTAS
Prorrogado prazo para convalidar
participação na Lei nº 5005/12
Caso não protocolem os documentos necessários até 30 de junho, empresas serão excluídas da lei e deverão voltar a apurar na sistemática normal
F
oi publicada no dia 16 de
sistemática normal a partir de julho.
maio, por meio do Diário
A prorrogação do prazo de con-
Oficial do Distrito Federal,
validação foi fruto do diálogo entre
a Portaria nº 106, que prorroga o
o Sindicato do Comércio Atacadista
prazo para convalidação de ingresso
do Distrito Federal com a Secretaria
na Lei nº 5005/12 (Port. 28, de 3
do Estado de Fazenda do Distrito Fe-
de fevereiro de 2014) para as em-
deral (Sefaz/DF). O período anterior
presas atacadistas que participavam
havia se encerrado no dia 5 de abril.
do Regime Especial de Apuração
As novas empresas interessadas
de ICMS (REA) e/ou do Termo de
podem fazer o pedido a qualquer
Acordo de Regime Especial (Tare).
tempo, porém, somente deverão
Caso não protocole a documenta-
apurar nas condições da lei a partir
ção necessária até o novo prazo,
do deferimento da Sefaz/DF.
lação de Mercadorias e sobre Pres-
que se encerra no dia 30 de junho,
A Lei nº 5005/12 trata da sis-
tações de Serviços de Transporte
a empresa será excluída da Lei nº
temática de apuração de Imposto
Interestadual e Intermunicipal e de
5005/12, devendo apurar o ICMS na
sobre Operações Relativas à Circu-
Comunicação (ICMS).
Crescimento real
2012 e os 51,8% de 2011. O levantamento também revela que
Como divulgado pelo Ranking ABAD/Nielsen 2014, os
o setor registrou uma evolução do faturamento nominal de
dados contabilizados em 2013 mostram que a receita subiu
10,6%, (com a cifra de R$ 178,5 bilhões) enquanto o consumo
para R$ 197,3 bilhões e respondeu por 52% do consumo na-
aumentou 10,2%. Livre da inflação, ou seja, descontando-se
cional, calculado em R$ 379,4 bilhões. É o terceiro ano con-
os 5,91% do IPCA de 2013, o crescimento real foi de 4,4%.
secutivo de maior participação, considerando-se os 51,9% de
Com informações do newtrade.com
PARCEIROS
NASA CAMINHÕES
dá ao associado descontos e vantagens na hora da compra.
Parceiro do Sindiatacadista/DF, a Nasa Caminhões oferece
desconto especial na compra de caminhões, com uma tabela
diferenciada. O convênio firmado com a Volkswagen Brasil,
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
Nessa tabela o associado atacadista poderá ter até R$10 mil
de desconto na compra de caminhões.
Contanto na empresa: Luiz Fernando (61) 3399-9000
3
CARGA
NOTÍCIAS
artigo trabalhista
Jornada sem limite é
causa para rescisão
indireta de contrato
de trabalho
J
ornadas extenuantes, sem inter-
sucesso. No andamento mais recente, a
valos ou folgas semanais e a cir-
Sétima Turma do Tribunal Superior do
cunstância de se ter que trabalhar
Trabalho negou provimento a agravo
trancado durante a noite no estabeleci-
da padaria, que pretendia trazer o caso
mento. Estes foram os motivos aponta-
à discussão do TST.
Clarisse Dinelly
Advogada e assessora trabalhista do
Sindiatacadista/DF
A situação pode ser comparada a
ário, ao ponto de tornar impossível a
uma justa causa, só que não para o
continuidade do contrato de trabalho,
empregado e sim para o empregador.
por se tratar de infração a norma de
A rescisão do contrato por iniciativa
saúde e segurança do trabalhador, pre-
justificada do empregado, a chamada
judicando a saúde do funcionário.
rescisão indireta, é prevista no artigo
Quando a rescisão indireta é re-
483 da Consolidação das Leis do Tra-
conhecida em ação judicial, o empre-
balho (CLT), pelo qual o empregado
gador deve pagar ao empregado as
poderá considerar rescindido o contra-
verbas rescisórias como se estivesse
to por falta grave do empregador.
demitido o funcionário sem justa cau-
A rescisão indireta pode ser apli-
sa. Ou seja, deve pagar aviso prévio
cada em casos em que o empregador
indenizado, 13º salário proporcional,
comete faltas graves contra o empre-
multa de 40% do FGTS, férias propor-
gado, descumprindo o contrato de tra-
cionais e liberar as guias para habilita-
balho firmado entre as partes.
ção no seguro-desemprego.
É importante ressaltar que a falta
Com esse precedente da Corte Su-
cometida pela empresa, da mesma
prema Trabalhista, as empresas devem
forma que na justa causa do emprega-
ficar atentas as jornadas de trabalho de
do, deve ser suficientemente grave a
seus funcionários, sempre respeitando
tornar insustentável a manutenção da
a jornada máxima de 10 horas diárias
relação empregatícia entre ambos.
e os intervalos obrigatórios para des-
dos por um padeiro da cidade de Arujá
Nesse caso específico, a falta co-
canso e refeição, lembrando sempre
(SP) para pedir rescisão indireta do
metida pela empresa e a submissão do
que se trata de norma que visa prote-
contrato de trabalho. O pedido, deferi-
empregado a jornadas excessivas sem
ger a saúde e a segurança dos empre-
do pela Justiça do Trabalho, vem sen-
intervalos para descanso e refeição foi
gados, sob pena de poder ser aplicada
do questionado pela empregadora, sem
considerada muito grave pelo Judici-
a “justa causa” pelo empregado
4
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
CARGA
NOTÍCIAS
ARTIGO TRIBUTÁRIO
Segurança jurídica – bem
imprescindível
E
m recente julgamento, que tra-
tadores, auditores e outros. Hoje, o em-
tou da Lei 4.732/11 (remissão
presário é obrigado a interpretar e aplicar
de ICMS), pelo Conselho Es-
a norma e se sujeitar a uma futura fisca-
pecial do Tribunal de Justiça do Distrito
lização que poderá ocorrer em até cinco
Federal, o Desembargador Getúlio Mo-
anos, tempo no qual a norma será inter-
raes, prolator do voto vencedor, desta-
pretada e reinterpretada por uma enorme
cou que a segurança jurídica é um prin-
quantidade de profissionais, fixando o en-
cípio supraconstitucional, fundamento
tendimento administrativo e/ou judicial
de todas as contribuições democráticas
sobre o tema que, se contrário ao apli-
Felizmente no Distrito Federal, nos
do mundo. A assertiva do eminente De-
cado a cinco anos atrás pelo empresário/
últimos meses, o TJDFT trouxe um pou-
sembargador nos dá a dimensão do quão
intérprete, lhe trará pesados ônus.
co mais de segurança jurídica quando
Jacques Veloso
Advogado e assessor jurídico do
Sindiatacadista/DF
difícil é a vida do empreendedor no Bra-
Este sistema impõe um enorme cus-
julgou improcedentes as duas Ações
sil onde, infelizmente, a segurança jurí-
to de gestão tributária que deveria estar
Diretas de Inconstitucionalidade movi-
dica é um bem raro, principalmente em
sendo empregado na produção de riqueza
das pelo Ministério Público do Distrito
questões tributárias.
para o país. Contudo hoje os empreende-
Federal e Territórios (MPDFT) contra a
lei de remissão e o novo regime de apuração de ICMS instituído pela lei 5.005, as
decisões tornam o passado, efetivamente
passado, e criam uma base mais sólida
para o futuro. Esperamos que MPDFT
não recorra, porém, se o fizer, que o
Supremo Tribunal Federal mantenha a
decisão e a conquista de previsibilidade
das relações jurídico-tributárias no Distrito Federal, pois como disse Canotilho,
“O homem necessita de segurança para
conduzir, planificar e conformar autôno-
Vivemos num país de insana pro-
dores do país estão reféns de um sistema
dução legislativa em matéria tributária,
caótico, sujeitos a obstáculos criados pelo
cerca de 40 novas normas por dia útil.
Estado como “propósito negocial”, vi-
“Quando vou a um país, não exa-
Normas que não são inteligíveis à grande
sando impedir o planejamento tributário,
mino se há boas leis, mas se as que lá
maioria da população e difíceis de serem
guerra fiscal, Confaz e outras estruturas
existem são executadas, pois boas leis
interpretadas até mesmo por aqueles que
anacrônicas que afetam sobremaneira o
há por toda parte”
vivem de fazê-lo, como advogados, con-
resultado do país.
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
ma e responsavelmente sua vida.”
(Montesquie)
5
CARGA
NOTÍCIAS
economia
Eleições
2014
Empresários de materiais de
construção preveem queda
durante Copa do Mundo
Vendas poderão cair até 15% ao decorrer do evento, que terá início
no mês de junho
O
Brasil se prepara para sediar
por toda a mobilização diante da Copa.
rejista de Material de Construção do Dis-
o maior torneio de futebol
“Nossa estimativa é que o enfraquecimen-
trito Federal (Sindmac/DF), essa queda
do planeta, a Copa do Mundo
to das vendas chegue até 30%. Isso por
nas vendas já vem de curto prazo e pode
FIFA, evento que acontece de junho a ju-
que os bancos e outros tipos de prestação
complicar ainda mais. “Estamos otimistas,
lho de 2014. Com a chegada da Copa, os
de serviços paralisam devido aos pontos
mas é esperada uma queda maior nas ven-
setores de alimentação, produtos de limpe-
facultativos e a liberação de funcionários
das. Isso gera preocupação e insegurança.
za, remédios, perfumaria e vestuário terão
para acompanhar os jogos do Brasil. Acre-
Como a maior parte das lojas não irão abrir
um aumento significativo nas vendas.
dito que isso irá acontecer na maior parte
e aquelas que fecharem em dias de jogos
do mês de junho”, conclui Luiz Antônio.
não terão como retornar devido ao horário
Por outro lado, o setor que mais deve
sair perdendo nessa época é o de materiais
Para Miguel Soares, proprietário da
das partidas, a tendência é que as vendas
de construção, que estimam uma queda de
Só Reparos, empresa varejista do ramo de
caiam não só em Brasília, mais em todo o
até 15% nas vendas. Isso por que os consu-
materiais de construção, a diminuição nas
país” finaliza o presidente.
midores geralmente não se envolvem com
vendas poderá ser de até 3%. “Essa queda
Para o presidente do Sindicado do Co-
obras durante esse período, além da maioria
vai ser apenas nos dias em que a seleção
mércio Atacadista do Distrito Federal, Fá-
das empresas dispensarem os funcionários
brasileira estiver em campo. Vai ter influ-
bio de Carvalho, o memento é de cautela.
durante os jogos em que a seleção brasileira
ência sim, mas as obras têm cronogramas
“as empresas já esperava por essa diminui-
estiver em campo.
e eles têm que ser seguidos. Após os jogos
ção no ritmo das vendas, por se tratar de um
volta tudo ao ritmo normal”, afirma o em-
mês festivo. Com a Copa do mundo e o
presário.
expediente reduzido, a queda é maior, mas
Segundo o empresário Luiz Antônio
Jorge, da RC Pisos e Revestimentos, a redução no consumo poderá ser de até 30%,
De acordo com Antonio Carlos Aguiar,
não só por causa dos jogos do Brasil, mas
presidente do Sindicato do Comércio Va-
6
nossas empresas estão preparadas para esse
impacto. Concluiu Carvalho
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
CARGA
NOTÍCIAS
ranking 2014
Eleições
Empresas brasilienses
se destacam no Ranking
ABAD/Nielsen 2014
Pesquisa demonstra crescimento
e prevê desenvolvimento em 2014
D
as 16 empresas
a situação esteja boa, mas
brasilienses res-
que, acima das dificuldades
pondentes à pes-
estamos permanecendo no
quisa do Ranking ABAD/
DF na esperança da melhora
Nielsen 2014, oito subiram
das condições tributárias”,
de posição em relação ao
ressaltou.
associação estimou um cres-
cimento de 3,5%. Segundo a
cimento de 5%, atingindo o
ABAD, as empresas ataca-
resultado de 4,4% próximo
distas estão apostando numa
a sua meta. Para o ano de
forma de expandir o fatura-
2014, a espera é de um cres-
mento e a rentabilidade.
ano anterior. Em relação ao
A Associação Brasilei-
Distrito Federal, o ranking é
ra de Atacadistas e Distri-
liderado pela Condor Ataca-
buidores (ABAD) também
dista, que ocupa atualmente
revelou, através do levanta-
No Distrito Federal
No Geral
a 42º colocação no quadro
mento realizado, que o fatu-
1º Condor Atacadista
42
geral. Segundo a ABAD, as
ramento das empresas pes-
2º Disdal Distribuidora
65
empresas do Distrito Federal
quisadas somam R$ 197,3
3º Base Atacadista
67
que participaram do ranking
bilhões em 2013 – a alta é
4º Nova Amazonas
76
somaram no ano passado
de 10,6%. Em comparação
5º Garra Distribuição
78
um faturamento de R$ 1.
com 2012, esse aumento é
6º Alvo Distribuidora
119
253.212.880,48.
de 4,4%, representando 2,1
7º Ferragens Pinheiro
145
O presidente do Sindica-
pontos percentuais acima do
8º Machmelo
151
to do Comércio Atacadista
crescimento do Produto In-
9º Max Distribuição
191
do Distrito Federal (Sindia-
terno Bruto (PIB). De acor-
10º Megafox
265
tacadista/DF), Fábio de Car-
do com a ABAD, o mercado
11º Ela Distribuidora
270
valho, analisou o resultado:
do varejo alimentar gerou
12º Comercial Alvorada
287
“O ano de 2013 foi de luta:
no ano passado cerca de R$
13º Opção Atacadista
303
um período em que vivemos
379,4 bilhões.
14º Sasse
352
ranking ABAD/Nielsen 2014
a insegurança jurídica e a
Em 2012, o setor ataca-
15º Casa do Chocolate
374
falta de incentivos fiscais.
dista cresceu 2,5% e atingiu
16º Beirigo Alimentos
431
Ainda assim, o setor cres-
o faturamento de R$ 178,5
ceu. Isso não significa que
bilhões. No ano passado, a
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
7
CARGA
NOTÍCIAS
Matéria de Capa
Nascidos para o sucesso
Em sua sétima edição, o Brasvendas, realizado pelo Sindiatacadista/DF,
reuniu mais de 1.300 pessoas, adquirir novas técnicas para o alcance de
metas e melhorias na vida profissional
Fábio de Carvalho, Leila Amorim, Adelmir Santana, José do Egito e Adauto Mesquita
A
cordar cedo em um sábado de
vendas –, realizado e promovido pelo Sin-
ção Brasileira – os vendedores mostraram
manhã requer mais do que co-
dicato do Comércio Atacadista do Distrito
empolgação, aproveitando para tirar fotos
ragem: motivação, interesse e
Federal (Sindiatacadista).
e apreciar a decoração verde e amarela
entusiasmo são os principais ingredientes
Pegando carona na Copa do Mundo,
para não desistir e voltar ao conforto da
o sétimo Brasvendas vestiu a camisa e
O imenso auditório foi palco para re-
cama. No dia 17 de maio, porém, mais de
veio com o tema “Nascidos para ven-
ceber as maiores empresas atacadistas do
1.300 pessoas deixaram a preguiça de lado
der”. A temática logo pôde ser percebida
Distrito Federal e arredores. O interesse
e foram buscar a motivação própria, pres-
no hotel Royal Tulip Alvorada, lugar es-
e empolgação para adquirirem e compar-
tigiando a sétima edição do maior evento
colhido para congregar os participantes.
tilharem informações com os renomados
voltado para o vendedor do Centro-Oeste:
Com dois grandes totens – um do próprio
palestrantes do evento – Daniel Godri,
o Seminário Brasiliense de Vendas – Bras-
Brasvendas e, outro, com o time da Sele-
Marcelo Ortega e Felipe Mello – eram vi-
8
disposta no hall de entrada.
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
CARGA
NOTÍCIAS
síveis e contagiantes até para aqueles que
ainda não haviam acordado direito no sábado. A programação intensa, direcionada
para as mais diversas áreas, visou proporcionar aos participantes a oportunidade de
interagirem e obterem informações sobre
novas oportunidades.
Cortinas abertas
Em seu discurso de abertura, o presidente do Sindiatacadista, Fábio de Carvalho, agradeceu a presença de todos e,
principalmente, dos patrocinadores do
evento – BRB, Sebrae, Serasa Experian,
Senac, Amanco, Fecomércio, ABAD –,
sacional, tivemos um acúmulo de experiên-
sete edições sempre solidifica o Bras-
afirmando que, sem eles, a realização do
cias e informações que agregarão, e muito,
vendas como um evento de referência
evento não seria possível.
no dia a dia de nossos trabalhos. A estrutura
em capacitação motivacional na Capital
“É uma alegria, e sempre um prazer,
montada pelo Sindiatacadista esse ano de-
Federal. “O modelo que nós adotamos
ter um público desses aqui reunido, na
monstrou que a sétima edição se equiparou
aqui em Brasília para esse evento é, de
congregação de um evento tão enrique-
ao sucesso costumeiro”, salientou.
certa forma, uma concorrência e confra-
cedor para o setor atacadista de Brasília.
O ex-senador e presidente da Fecomér-
ternização entre as empresas, onde os
Vocês, vendedores, fazem todo o diferen-
cio/DF, Adelmir Santana, falou um pouco
representantes e pessoas envolvidas po-
cial no PIB de Brasília. Vocês participam
sobre a responsabilidade que cada vendedor
dem trocar experiências e adquirir novos
com 22% da arrecadação de todo o ICMS
tem em atingir as expectativas de necessida-
conhecimentos”, afirmou.
do DF. Vocês são o verdadeiro sustentá-
des e desejos de cada cliente, e como a moti-
O apresentador Paulo Pagani entre-
culo das empresas em que trabalham. E o
vação continuada é a chave para conquistar
teve os participantes e, por meio de uma
Brasvendas é o reflexo dessas estatísticas:
um bom atendimento – sempre.
metáfora com notas musicais, ressaltou
é feito para que esse bom trabalho conti-
“Vivemos hoje um processo de evo-
a importância das pessoas em nunca se
nue sendo bem executado, de maneira que
lução em que as informações são tão fre-
acomodarem. Para isso, citou as pala-
impulsione cada um a fazer sempre mais
quentes que dificilmente qualquer um de
vras de garra que o herói Ayrton Senna
e melhor”, ressaltou.
nós pode acompanhá-las no dia a dia.
costumava insistir, como “acorde para
O presidente da Associação Brasileira
Felizmente para nós, vendedores, até
vencer” e “tenha fé e acredite, você
de Atacadistas e Distribuidores de Produtos
hoje não foi possível substituir a figura
pode tudo”.
Industrializados (ABAD), José do Egito,
do ser humano, que tem o contato e a
“E você, para que nasceu? Você in-
elogiou a estrutura do evento e mostrou-se
vivência com aqueles que nos procuram.
veste em você mesmo? Em conhecimen-
impressionado com a boa troca de energias
Somos nós que sentimos as emoções e
to, habilidade? É preciso implementar a
entre os presentes, bem como as ideias con-
os desejos, e os senhores têm uma res-
motivação continuada em nossas vidas.
feridas pelos palestrantes.
ponsabilidade enorme em atender a es-
Sem ela, não conseguiremos valorizar
sas sensações”, salientou.
nossas funções cotidianas, nem alcançar
“Com certeza quando eu estiver lá na
minha empresa, no Ceará, estarei bem mais
Já para Adauto Mesquita, líder re-
motivado. Essa energia do Brasvendas é sen-
gional da ABAD, a participação nas
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
o sucesso, seja na vida profissional ou
pessoal”, afirmou Paulo.
9
CARGA
NOTÍCIAS
Motivação profissional
e pessoal
de dos vendedores e áreas afins. No Bras-
você tem que motivar e estar motivado
vendas, abordou “Sucesso em Vendas”,
sempre! É necessário fazer com que as
O cuiabano e consultor Felipe Mello
apresentando técnicas e formas de com-
pessoas te vejam de uma maneira ativa e
teve a responsabilidade de abrir o ciclo
portamento para alavancar os negócios
viemos para esse seminário com a opor-
de palestras dos Brasvendas. O mestre
e expandir conhecimento. Além disso,
tunidade de fazer música, fazer barulho e
em Comunicação Social, especializado
explicou a crucial diferença entre preço
mostrar nossa empolgação”, comentou.
em Cambridge e gestor de programas so-
e valor e em como determinadas coisas,
cioculturais ministrou palestra sobre “Pro-
para uns, podem ser tão valiosas – já para
tagonismo individual – o ser interessado
outros, nem tanto.
A metáfora da
escada: palestra mais
aguardada
torna-se interessante”. Na ocasião, expôs
“Um evento como esse é imprescindí-
a necessidade de se ter uma boa troca de
vel porque traz, em curto espaço de tem-
Diversos olhos curiosos esquadrinha-
energia e experiência com as pessoas –
po, um volume de ideias maravilhosas. A
vam uma pequena escada colocada em
sejam elas clientes, familiares e pessoas
minha palestra hoje trata sobre técnica e
cima do palanque do auditório no Royal
desconhecidas – passando, dessa forma,
comportamento em vendas: estratégia,
Tulip. O que ela estava fazendo ali? Talvez
de um ser interessado para uma pessoa
comunicação, negociação, enfim, todos
alguém da manutenção tivesse esquecido
interessante a alguém.
os elementos necessários para quem quer
a mesma. Talvez alguém fosse utilizá-la
“Eu gostaria muito de compartilhar
produzir mais e melhor. Vivemos um mo-
para ajustar o projetor. Talvez.
essa vontade que sinto de fazer as coisas
mento diferente, um mercado muito mais
Os minutos após o intervalo para o
que faço na competência técnica, mas,
veloz, cliente mais exigente, o Google é
almoço se passavam – alguns discutiam
além disso, o meu desejo maior é de fazer
concorrente de todo mundo, então, a téc-
animadamente, outros bocejavam, devido
um bom encontro com quem estou me
nica de vendas não pode estagnar no que
ao estado natural de relaxamento do cor-
relacionando, seja em casa, na empresa
era dez anos atrás”, ressaltou.
po. Mas a ansiedade para o próximo pa-
e na sociedade. Então, se eu puder com-
Para as vendedoras da Garra Ataca-
lestrante não diminuía, nem mesmo pela
partilhar alguma coisa, eu creio que seja
dista Clarice Marinho e Tatiana Gushi-
presença inquietante – e nada comum –de
isso: fazer bons encontros, criar amizades
ken, que participaram junto ao um grupo
uma escada no palco, ao invés do senhor
e solidificar relacionamentos”, avisou.
animado na abertura do evento, com muita
de olhos azuis, baixinho e de cabelos bran-
Ludmila Martins Pires, da parte lo-
música, percussão e danças, as palestras
cos, aguardado por todos.
gística da Garra Distribuidora, aprovou
foram realizadas com uma abordagem
Foi então que o curitibano Daniel Go-
as palestras, principalmente a de Felipe
mais humana, sem deixar, claro, as técni-
dri subiu ao palanque e prostrou-se ao lado
Mello. “Foi muito boa e me motivou
cas de vendas de lado.
da escada. Logo afirmou que sua principal
bastante. Acredito que todos os pontos
“Eu achei que a abordagem foi muito
ferramenta para a palestra que ministraria
que ele abordou poderei usar não só no
adequada em falar da vida não só dentro
era ela – sim, a própria escada! Fez boni-
meu trabalho, mas também em diversos
da empresa, mas também debater família
to: abordou diversas metáforas temáticas,
desafios pessoais. O Sindiatacadista está
e o dia a dia a partir do momento que você
sempre explorando a fiel companheira ao
de parabéns pela iniciativa”, parabenizou.
acorda. Isso faz com que possamos refletir
lado, que – mistério resolvido – é utiliza-
em como reagimos em diversas situações
da por Godri para demonstrar como cada
do cotidiano”, explicou Clarice.
pessoa escolhe encarar as dificuldades do
Sucesso para as vendas
Com mais de dez anos de atuação, o
Já Tatiana reforçou o posicionamento
dia a dia. Alguns sobem degrau por degrau
segundo palestrante, Marcelo Ortega, é es-
da colega e explicou como colocará em
de maneira correta, sempre almejando o
pecialista no desenvolvimento de técnicas
prática o que foi assimilado. “Nós, da Gar-
topo. Outros sabem como subir, mas vão
e atitudes que determinam crescimento,
ra, estávamos muito animados e decidimos
pelo lado errado. Mas também existe uma
lucratividade e aumento de produtivida-
que para você trabalhar na área de vendas,
parcela que prefere se esconder embaixo,
10
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
CARGA
NOTÍCIAS
com medo de procurar o lado correto para
alcançar seus objetivos.
Considerado como o ponto alto do
Brasvendas, Godri – escolhido para o
evento devido solicitação dos próprios
participantes – foi eleito o segundo melhor palestrante no ranking brasileiro das
estrelas que brilham no mercado de palestras, segundo a Revista Veja. Na ocasião,
ressaltou o talento que cada um possui
naturalmente e na busca por sempre investir neste dom para colher os frutos que
semear durante a vida.
“Todos nós somos especiais e com
certeza nascemos com um dom de ser
especial. Evidente que cada um tem que
descobrir o seu talento, e devemos ter
humildade na diversidade. Você precisa
descobrir aonde é bom e investir nisso.
Quanto mais você puder assimilar informação, melhor para você. Eu costumo
dizer que você precisa se motivar e se
capacitar – não adianta fazer só um sem
escolher o outro. E um evento como esse
está dando capacitação, recursos para
você ser melhor. É mais ou menos como
a semente: se você olhar uma árvore de
cem metros, ela já foi uma semente pequenininha. Todos nós temos potencial:
o que se precisa é criar condições para
desenvolver esse talento”, avaliou.
Alguns dos presentes já se tornaram
participantes assíduos desde o primeiro
Brasvendas, realizado em 2008. Este é o
caso do vendedor Valdir Barosi, da Condor Atacadista – que também fez parte do
time de ansiosos pela palestra de Daniel
Godri. Ele ressalta a importância do evento para o setor atacadista. “Todos os anos
as palestras abordam pontos-chave no processo de vendas, o que nos ajuda muito no
dia a dia. A palestra do Godri era muito
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
aguardada por mim e
superou as expectativas,
já que acompanho seu
trabalho pela internet e
conheço muito de sua
didática”, explicou.
Para o coordenador
logístico da Comercial
Alvorada, Jason Rodrigues de Oliveira, que
participou pela segunda
vez do Brasvendas, o
evento repetiu o sucesso conferido aos outros
anos. “Eu vim principalmente para ver a palestra
do [Daniel] Godri, por já
conhecer seu trabalho e
ser fã dele. Gostei muito
do que vivenciei hoje,
as experiências foram
ótimas e os palestrantes não decepcionaram”, elogiou.
Ao final do evento,
foram sorteados diver-
positivo em cada um de vocês e espera-
sos prêmios entre os participantes: duas
mos, de coração, que cada um saia daqui
camisetas oficiais da Seleção Brasileira;
mais confiante e preparado para encarar o
duas sanduicheiras grill; um liquidifica-
mercado aí fora”, finalizou o presidente.a
dor; uma bolsa térmica; um micro-ondas;
categoria cada vez mais ativa e perma-
e uma televisão de 43 polegadas. Além
nentemente treinada. E o Brasvendas é,
disso, as autoridades presentes, encabe-
acima de tudo, um encontro que aperfei-
çadas pelo presidente do Sindiatacadista,
çoa nossas relações e conhecimentos, para
Fábio de Carvalho, anunciaram as equi-
desempenharmos bem nossas funções de
pes vencedoras do troféu “maior carava-
atendimento à nossa clientela. Felizes são
na”, conquistada pela Condor Atacadista,
os empresários que assim enxergam, fe-
e “caravana mais animada”, conferida à
lizes são os trabalhadores que trabalham
Garra Distribuidora.
em empresas que valorizam a formação
“Gostaria de informar que, na verdade,
continuada. O evento, como sempre, está
todos vocês são vencedores e merecedores
de parabéns por desempenhar papel tão
desses troféus aqui disputados. O Bras-
importante na capacitação da ponte entre
vendas vem apenas para aflorar este lado
produto e cliente”.
11
CARGA
NOTÍCIAS
Brasvendas
Depoimentos
Autoridades
Fábio de Carvalho
presidente do Sindiatacadista
“O Brasvendas representa para nós e para o setor atacadista a injeção de ânimo
necessária para o nosso dia a dia. Nós, do Sindiatacadista, estamos apenas fazendo
nosso papel, que é dar aos associados e parceiros condições de desenvolver seu
trabalho nas suas empresas, para que tenham uma equipe de vendas cada vez mais
qualificada para atender o varejo dentro e fora do DF”.
José do Egito
Presidente da ABAD
“Todo ano o Brasvendas supera o ano anterior. A estrutura montada pelo
Sindiatacadista esse ano demonstrou que a sétima edição se equiparou ao sucesso costumeiro do evento. Foi um grande sucesso e as equipes de vendas das
empresas que vieram saíram muito motivadas, prontas para bater os objetivos
não só deste mês, mas do ano todo”.
Adelmir Santana
Presidente da Fecomércio
“O Sindiatacadista, preocupado sempre em investir na formação continuada, uma motivação permanente, tem sucesso mais uma vez na realização desses encontros, mantendo a categoria cada vez mais ativa e
permanentemente treinada. E o Brasvendas é, acima de tudo, um encontro
que aperfeiçoa nossas relações e conhecimentos, para desempenharmos
bem nossas funções de atendimento à nossa clientela. Feliz são os empresários que assim enxergam, feliz são os trabalhadores que trabalham em
empresas que valorizam a formação continuada. O evento, como sempre,
está de parabéns por desempenhar papel tão importante na capacitação da
ponte entre produto e cliente”.
12
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
CARGA
NOTÍCIAS
Adauto Mesquita
Líder regional da ABAD
“Este evento é um sucesso total todo ano. A animação das pessoas e o espírito de
competição de um querendo superar o outro mostra exatamente o retrato da realidade
das vendas. Você vai para a rua e se estiver mais ou menos não funciona – o concorrente
vai lá e, com tudo que você deixa a desejar, supre as necessidades do cliente e conquista
seus objetivos. É necessário estar 100% focado no sucesso para garanti-lo e, mais uma
vez, o Brasvendas mostra isso para os vendedores de maneira brilhante”.
Palestrantes
Felipe Mello
Marcelo Ortega
Daniel Godri
“O Brasvendas é um evento de primei-
“Fazer bons encontros com as pes-
“O Brasvendas é mais do que es-
soas me deixa muito mais forte, porque
pecial. O vendedor nunca para, o ven-
percebo que por onde passo distribuin-
dedor lê muito pouco e não existem
do alegrias, a gente faz amigos, que se
eventos ou a maioria das empresas não
transformam em parcerias para a vida
tem uma ferramenta de desenvolvi-
toda. E o Brasvendas teve essa energia
mento contínua, por isso que um even-
positiva, solidificando relações huma-
to como esse é imprescindível, porque
nas, o que espero que seja incorporado
traz em um curto espaço de tempo um
que podemos receber é quando as pessoas
no trabalho, em casa e com qualquer
volume de ideias maravilhosos. Eu
gostam do que nós fazemos e quando nos
cidadão que estes participantes encon-
sou um estudioso de vendas, treino
trem nas ruas. Foi uma honra participar
equipes há 15 anos e vim aqui para
de algo tão importante”.
esse evento trazer boas ideias”.
Ter ganhado o título de caravana mais animada representa
o esforço que fizemos. É muito difícil trabalhar com pessoas
à distância, mas quando a equipe está unida, ela tem que
se tornar algo único. E isso é superação e ter o prazer de
chegar aqui e levar esse troféu. Esse evento é impressionante e a cada ano a direção do Sindiatacadista consegue se
superar. O Brasvendas foi maravilhoso.
ro mundo. Um evento como esse se fosse
realizado na Inglaterra, Estados Unidos,
São Paulo, Curitiba ou qualquer outro lugar seria um belo e motivado evento. Vocês
estão de parabéns. O que eu vim fazer hoje
aqui é lembrar a todos que cada um pode
ser melhor que já é. E o melhor pagamento
sentimos importantes para alguém, seja
a empresa em que trabalhamos, seja em
casa, seja para qualquer pessoa que venha
por ventura cruzar nosso caminho”.
Participar do Brasvendas dignifica a todos da Condor. Participamos de todas as edições e é sempre bom fazer parte da
premiação. Esse ano recebemos o troféu de maior caravana
e isso é um respaldo da organização. É por isso que levamos
tantos vendedores ao evento. A organização está de parabéns, por mais uma edição de sucesso.
Pedro Henrique
Diretor de Marketing e Comunicação da Condor Atacadista
Ildevan José Ferreira de Almeida - Vaninho
Gerente de vendas do Garra Distribuidora
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
13
CARGA
NOTÍCIAS
eventos
Curitiba recebe Feira ABAD em agosto
Evento deve receber mais de 30 mil visitantes durante quatro dias de
palestras, exposições, encontros de negócios e shows
A
Feira ABAD 2014 já tem
Sindicato do DF ganhou os prêmios de
destino e data definidos. A
maior caravana do Centro-Oeste. Este
Associação Brasileira de
ano não deve ser diferente: por isso,
Atacadistas Distribuidores de Produ-
a entidade já começou a oferecer os
tos Industrializados (ABAD) escolheu
pacotes para os interessados e espera
Curitiba (PR) para sediar a 34ª Con-
levar ainda mais empresários.
venção Anual do Atacadista Distribui-
A Feira ABAD é o maior encontro
dor. O evento acontecerá no Expotra-
de negócios do segmento na América
de Convention Center, localizado na
Latina, onde profissionais da cadeia de
região metropolitana da cidade, entre
abastecimento encontram produtos, equi-
os dias 4 e 7 de agosto. Serão quatro
pamentos e serviços que desenham novas
dias de palestras, exposições, shows,
tendências e geram grandes oportunida-
dentre outros.
des de negócios. Em 2013, foram 200
A filiada da ABAD no Distrito
expositores e mais de 30 mil visitantes.
Federal é o Sindicato do Comércio
Além da programação da feira, o
tria, varejo, agentes de distribuição e
Atacadista (Sindiatacadista/DF), que
visitante e expositor têm a oportuni-
prestadores de serviço. Outro destaque
está organizando uma caravana para o
dade de realizar novos contatos e es-
fica por conta das palestras, voltadas
evento. Nos últimos seis encontros, o
treitar relacionamentos com a indús-
para técnicas de vendas.
C A R A V A N A
S I N D I A T A C A D I S T A
2014
CURITIBA
LOCAL:
EXPOTRADE
CONVÊNIO CENTER
PINHAIS - PR
14
34ª Convenção
Anual do Atacadista
Distribuidor
O pacote inclui:
Passagem aérea de ida e volta voando Tam
03 noites de hospedagem com café da manhã
Traslado aeroporto/ hotel/ aeroporto
Informações
Traslado hotel/ evento/ hotel
(61) 3561-6064
Credencial do evento
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
CARGA CULTURAL
x
CARGA
NOTÍCIAS
Festas juninas e Copa do Mundo:
tradição e emoção em uma só torcida
Mês irá congregar importantes eventos nacionais e internacionais,
objetivando, assim, maior aumento nas vendas e no setor atacadista
O
mês de junho chegou e com
Comércio Atacadista do Distrito Fe-
bidas e alimentos. Além da preparação
ele o clima de São de João en-
deral (Sindiatacadista/DF), Fábio de
para as festas juninas que se estende até
tra em campo. É isso mesmo:
Carvalho, o momento é de expectativa
o mês de julho, almejamos um sucesso
a Copa do Mundo 2014 será realizada no
e de melhora nos negócios. “Apesar de
no setor”, aponta o presidente.
mesmo período das tradicionais festas ju-
ter setores que terão quedas nas vendas,
No DF, o mês de junho, além de re-
ninas. O setor atacadista aposta no cresci-
por causa das paralisações devido aos
ceber os jogos do maior evento de fu-
mento de 10% das vendas, em relação ao
jogos, os setores alimentícios esperam
tebol do mundo, terá uma programação
mesmo período do ano passado, princi-
um crescimento maior em relação ao
de festas juninas extensa e diversificada.
palmente no setor de alimentos e bebidas.
ano anterior. Isso porque na Copa do
Confira os principais eventos, e divirta-se
Para o presidente do Sindicato do
Mundo, aumentam-se as vendas de be-
com a família.
Arraiá do Country
Data: 18 e 19 de Julho
Hora: A partir das 16h
Local: Brasília Country Club - SMPW Quadra 27, Conj. 3,
Parkway
Boletim mensal
do Sindicato do Comércio
Atacadista do Distrito Federal
Arraiá Legis 2014 - ASCADE
Data: 13 a 15 de junho de 2014
Horário: 16h
Local: Clube ASCADE – Setor de Clubes Sul, trecho 02,
Conjunto 10 – Brasília/DF
15

Documentos relacionados

Carga de Notícias - nº 2

Carga de Notícias - nº 2 do Parque da Cidade (ExpoBrasília). Na oportunidade, fornecedores - atuantes nas áreas de Alimento, Higiene, Limpeza e Bazar, poderão entrar em contato direto com empresários atacadistas e supermer...

Leia mais