O que é o STCP OFTP Client

Сomentários

Transcrição

O que é o STCP OFTP Client
STCP OFTP Client
versão 3.1.0
STCPOFTP
Client
STCP OFTP CLIENT
VERSÃO 3.1.0
Manual do Usuário
rev-1.7
Riversoft Integração e Desenvolvimento de Software Ltda.
Av. Dr. Delfim Moreira, 537 – Centro – Santa Rita do Sapucaí – MG – CEP 37540-000
Tel./Fax: 35 3471-0282
E-mail: [email protected]
Suporte: suporte[email protected]
Web: www.riversoft.com.br
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Índice
1)
INTRODUÇÃO ................................................................................................................. 2
O QUE É O STCP OFTP CLIENT ................................................................................................... 2
O PROTOCOLO OFTP (ODETTE FILE TRANSFER PROTOCOL) .................................................. 2
ONDE USAR O STCP OFTP CLIENT........................................................................................... 3
QUAIS AS VANTAGENS .............................................................................................................. 3
CARACTERÍSTICAS .................................................................................................................... 3
REQUISITOS DE SOFTWARE E HARDWARE .................................................................................. 4
2)
INSTALAÇÃO .................................................................................................................. 5
COMO INSTALAR O STCP OFTP CLIENT ................................................................................... 5
3)
CONFIGURAÇÃO .......................................................................................................... 12
COMO CONFIGURAR O STCP OFTP CLIENT ............................................................................ 12
CONFIGURAÇÃO DO STCP OFTP CLIENT PARA COMUNICAÇÃO SSL3 ................................... 57
4)
UTILIZAÇÃO ................................................................................................................. 69
COMO UTILIZAR O STCP OFTP CLIENT .................................................................................. 69
COMO EXECUTAR O STCP OFTP CLIENT ATRAVÉS DA LINHA DE COMANDO .......................... 70
5)
MENSAGENS E CÓDIGOS DE ERROS ....................................................................... 71
TABELAS COM AS MENSAGENS E CÓDIGOS DE ERRO DO STCP OFTP CLIENT ......................... 71
CÓDIGOS DE EVENTOS GERADOS NO ARQUIVO DE MENSAGENS: .............................................. 71
CÓDIGOS DE ERRO GERAL: ...................................................................................................... 85
CÓDIGOS DE ERRO DE TRANSFERÊNCIA DO PROTOCOLO ODETTE ............................................ 86
CÓDIGOS DE ERRO DE SESSÃO DO PROTOCOLO ODETTE .......................................................... 87
CÓDIGOS DE ERRO DA TRANSFERÊNCIA:.................................................................................. 87
CÓDIGOS DE ERRO GENÉRICO DA INTERFACE DE COMUNICAÇÃO: ........................................... 89
CÓDIGOS DE ERRO DA INTERFACE DE COMUNICAÇÃO TCP/IP (RAS): .................................... 89
CÓDIGOS DE ERRO DA INTERFACE DE COMUNICAÇÃO TCP/IP: ............................................... 94
CÓDIGOS DE ERRO DA INTERFACE DE COMUNICAÇÃO X.25:.................................................... 97
CÓDIGOS DE ERRO DA INTERFACE DE COMUNICAÇÃO SERIAL: ................................................ 98
CÓDIGOS DE ERRO DA INTERFACE DE COMUNICAÇÃO TCP/IP (CRIPTOGRAFIA NATIVA): ....... 99
CÓDIGOS DE ERRO DA INTERFACE DE COMUNICAÇÃO TCP/IP (PROXY): ............................... 100
CÓDIGOS DE ERRO DA INTERFACE DE COMUNICAÇÃO TCP/IP (CRIPTOGRAFIA SSL3): ......... 102
6)
ARQUIVO DE AUDITORIA ........................................................................................ 103
O ARQUIVO DE AUDITORIA ................................................................................................... 103
FORMATO DO ARQUIVO DE AUDITORIA ................................................................................. 103
7)
SEGURANÇA ............................................................................................................... 104
COMO É A SEGURANÇA DO STCP OFTP CLIENT ................................................................... 104
AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO PELA APLICAÇÃO (ODETTE ID) ............................................ 104
CRIPTOGRAFIA ...................................................................................................................... 104
MESSAGE DIGESTS (SUMÁRIO DA MENSAGEM) ..................................................................... 104
ASSINATURA DIGITAL ........................................................................................................... 105
CERTIFICADO ........................................................................................................................ 105
AUTORIDADE CERTIFICADORA (CA) ..................................................................................... 105
SECURE SOCKET LAYER (SSL) ............................................................................................. 106
CRIPTOGRAFIA NO STCP OFTP CLIENT ............................................................................... 106
A CRIPTOGRAFIA NATIVA ..................................................................................................... 107
i
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
A CRIPTOGRAFIA SSL3 NO STCP OFTP CLIENT................................................................... 107
ARQUITETURA DE COMUNICAÇÃO DO STCP OFTP CLIENT .................................................. 108
QUAIS OS ALGORITMOS SUPORTADOS NA COMUNICAÇÃO SSL3............................................ 109
POR QUE A IMPLEMENTAÇÃO OPENSSL ................................................................................ 112
LICENÇA OPENSSL ............................................................................................................... 112
REFERÊNCIAS ........................................................................................................................ 115
ii
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
1)Introdução
O que é o STCP OFTP Client
O
STCP OFTP Client é um cliente de transferência de arquivos seguro e
multiprotocolo para aplicações de e-business e troca de informações
corporativas, baseado na especificação OFTP (ODETTE File Transfer
Protocol).
O Protocolo OFTP (ODETTE File Transfer Protocol)
Este protocolo foi especificado pelo Grupo de Trabalho 4 da Organização ODETTE
(Organisation for Data Exchange by Tele Transmission in Europe), nos anos 80, para
atender a indústria automotiva européia e padronizar a forma de comunicação entre as
diferentes empresas da cadeia produtiva (supply-chain) do setor.
O OFTP foi primeiramente especificado com as premissas do modelo de interconexão
de sistemas abertos (OSI) utilizando o serviço de rede recomendado pela norma
CCITT X.25.
Com o crescimento da utilização do OFTP por diferentes setores (bancos, comércio,
governo e etc.) e em diferentes plataformas (mainframes, mini e microcomputadores),
a organização ODETTE ampliou o escopo da padronização e incorporou a utilização
do protocolo TCP/IP.
A RFC (Request for Comments) 2204 orienta a utilização do OFTP em redes
TCP/IP.
2
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Onde usar o STCP OFTP Client
O STCP OFTP Client pode ser utilizado por diferentes aplicações para:
Integração com parceiros para transferência de informações.
Integração de sistemas através de transferência de arquivos.
Integração com bancos para transferência de cobrança, pagamento, extratos e outros.
Integração com montadoras para transferência de ordens de embarque e produção.
Integração com associações comerciais para transferência de lista negra.
Integração com atacadistas para transferência de pedidos de compras.
Integração com VANS (Embratel, Proceda, Interchange e outras).
Outras aplicações
Quais as vantagens
O STCP OFTP Client oferece as seguintes vantagens:
Facilidade de integração com as aplicações existentes.
Automatização do processo de envio/recepção de arquivos.
Execução através de agendamento.
Aumento da segurança no transporte dos arquivos
Compatibilidade com outros produtos que seguem a especificação OFTP (RFC2204).
Características
O STCP OFTP Client oferece as seguintes características:
Protocolo de transferência OFTP (ODETTE File Transfer Protocol).
Autenticação através do protocolo OFTP.
Autenticação através de certificado digital X.509 (SSL3).
Criptografia RSA, 3DES, DES, AES (SSL3).
Multiprotocolo de comunicação TCP, SSL3, X.25, PAD e Discado.
Transferência de todos os tipos de arquivos.
Registros de logs de auditoria (bilhetagem) e eventos.
Recuperação de transferência interrompida.
Comunicação através de Proxy HTTP, SOCKS4 ou SOCKS5.
Compressão padrão OFTP ou GZIP
Número limitado de 1 (uma) sessão de transferência.
Número limitado de 1 (um) usuário.
Versões Windows NT/2000/2003/XP/98/95/CE/POCKET.
3
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Requisitos de software e hardware
O STCP OFTP Client necessita dos seguintes requisitos de software e hardware para a
sua instalação:
Processador 500MHz x86, x64 ou superior
Memória RAM de 512 Mbytes ou superior
Espaço no disco rígido de 10 Mbytes
Drive de CD-ROM
Sistema operacional Windows 2000/XP/2003/Vista/2008
Net Open Wan Connect (opcional para comunicação X.25)
4
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
2)Instalação
Como instalar o STCP OFTP Client
O
STCP OFTP Client é distribuído através de uma mídia CD-ROM que
contém o programa SETUP.EXE. Os seguintes passos devem ser
executados para iniciar o processo de instalação:
1. Insira o CD na unidade de leitura.
2. No menu Iniciar escolha a opção Executar.
3. Utilize o botão [Procurar] e selecione a unidade de leitura do CD.
4. Encontre e selecione o programa SETUP.EXE.
5. Agora execute o programa clicando no botão [OK].
6. A tela do início do processo de instalação será apresentada.
5
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
7. Esta é a tela de boas-vindas, caso você deseje continuar, pressione o botão
[Avançar] ou pressione o botão [Cancelar] para interromper a instalação.
6
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
8. Nesta tela você deve cuidadosamente ler o Contrato de Licença de Uso do
Usuário Final e caso concorde com os termos propostos, marque a opção
correspondente e pressione o botão [Avançar] para continuar com a
instalação.
7
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
9. A tela Informações do Cliente é exibida, conforme mostra a figura abaixo,
você deve informar o nome do usuário e empresa; pressione [Avançar] para
continuar, [Voltar] para retornar à tela anterior ou [Cancelar] para cancelar
todo o processo de instalação.
8
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
10. A tela Pasta de Destino será exibida, conforme mostra figura abaixo. Caso
você não queira instalar no diretório padrão, clique em [Alterar] para
selecionar outro diretório ou crie um novo e clique [OK]. Pressione
[Avançar] para continuar, [Voltar] para retornar à tela anterior ou [Cancelar]
para cancelar todo o processo de instalação.
9
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
11. A tela Pronto para instalar o programa é exibida, conforme mostra figura
abaixo. Neste momento, verifique se as configurações escolhidas estão
corretas, pressione [Instalar] para continuar, [Voltar] para retornar à tela
anterior ou [Cancelar] para cancelar todo o processo de instalação.
10
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
12. A tela Conclusão do Installshield é exibida, conforme mostra figura abaixo.
Pressione [Concluir] para finalizar a instalação.
11
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
3)Configuração
Como configurar o STCP OFTP Client
O
Programa de configuração do STCP OFTP Client foi instalado na pasta
selecionada durante o processo de instalação e pode ser acessado através do
menu Iniciar. Caso você não tenha alterado a pasta padrão, execute os
seguintes passos:
1. No menu Iniciar, escolha a opção Executar.
2. Selecione Todos os Programas.
3. Selecione Riversoft STCP OFTP Client 3.1.0.
4. Clique no programa Riversoft STCP OFTP Client Config.
5. A tela de configuração inicial é exibida.
12
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
6. A tela de configuração da guia Geral é exibida, conforme mostra a figura
abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para gravar as configurações ou a qualquer
momento [Cancelar] para abandonar sem alterar as configurações.
13
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Descrição dos campos para configuração
Nome
Este campo informa o nome do serviço do STCP OFTP Client.
Obs.: Para a versão STCP OFTP Client este parâmetro não pode ser modificado.
Descrição
Este campo informa a descrição do serviço do STCP OFTP Client.
Obs.: Para a versão STCP OFTP Client este parâmetro não pode ser modificado.
Diretório de Controle
Este campo informa o nome do diretório de instalação do STCP OFTP Client,
onde serão armazenadas as configurações dos Perfis, logs e arquivos de depuração
da comunicação.
Obs.: Para a versão STCP OFTP Client este parâmetro não pode ser modificado.
Diretório de Dados
Preencha este campo com o diretório onde a estrutura de subdiretórios para envio
e recepção dos arquivos de cada Perfil deverá ser criada.
Obs.: Esta configuração deve ser alterada antes da criação dos Perfis.
Número de Série
Preencha este campo com o número de série que está localizado no ―Contrato de
Licença de Uso‖ ou na parte traseira da embalagem do CD.
Obs.: O preenchimento deste campo é obrigatório.
14
M A N U A L
7.
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
A tela de configuração da guia Perfis é exibida, conforme mostra a figura
abaixo:
Nesta tela você poderá adicionar remover, modificar ou copiar os parâmetros de
configuração de um Perfil do serviço STCP OFTP Client e ao final pressionar o
botão [OK] para gravar as configurações ou a qualquer momento [Cancelar] para
abandonar sem alterar as configurações.
Para um novo Perfil adicionado, automaticamente, será criada uma estrutura de
subdiretórios para o envio e recepção dos arquivos, dentro do Diretório de
Dados que foi previamente configurado na guia Geral.
15
M A N U A L
8.
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
A tela de configuração da guia Avançadas é exibida, conforme mostra a
figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo. Em
seguida, clique no botão [Log...].
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para gravar as configurações ou a qualquer
momento [Cancelar] para abandonar sem alterar as configurações.
16
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Descrição dos campos para configuração
Máximo de sessões
Este campo informa a quantidade máxima de sessões simultâneas de transferência
que podem ser ativadas pelo serviço.
Obs.: Limitado a 1 (uma) sessão na versão STCP OFTP Client.
Check Point
Preencha este campo com o múltiplo da quantidade de dados recebidos para que o
STCP OFTP Client force uma gravação física do arquivo. No caso de uma
interrupção da transferência, a sua recuperação ocorrerá a partir da última posição
de check point corretamente gravada.
17
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
9. Preencha os campos descritos abaixo. Ao final, pressione o botão [OK] para
gravar as configurações ou a qualquer momento [Cancelar] para abandonar
sem alterar as configurações.
Controle das mensagens dos eventos
As opções deste grupo de configuração controlam o processamento dos eventos
gerados pelo STCP OFTP Server.
Gravar no arquivo de mensagens
Preencha este campo com o nível de evento que será armazenado no arquivo de
mensagens.
Apresentar na console do STCP
Preencha este campo com o nível de evento que será mostrado na janela de
mensagens do STCP OFTP Server.
18
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Executar Comando Externo
Preencha este campo com o nível de evento que irá disparar um comando
(programa ou bat) externo.
Comando Externo
Preencha este campo com o nome do comando (programa ou bat) externo.
Filtro da mensagem de evento
Filtro da mensagem de envio define o que será ou não registrado nos arquivos de
log ou no Banco de dados do STCP.
Aceitar
Registra nos arquivos de log ou no Banco de dados do STCP.
Rejeitar
Não registra nos arquivos de log ou no Banco de dados do STCP.
Comando para conexão ao banco de dados (ODBC)
String de conexão à fonte de dados ODBC. Informe DSN, UID (usuário) e PWD
(senha).
Opções: Gravar arquivo de mensagem por usuário
Esta opção habilita ou inibe a geração do arquivo de mensagens dos eventos
individualmente para cada Usuário.
Obs.: O arquivo de mensagens será gerado no subdiretório LOG de cada usuário.
19
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Tabela com a descrição do Nível do evento
Nível do Evento Descrição
0
Os eventos de início e término da aplicação.
1
Os eventos que contenham algum erro.
2
Os eventos de término da operação de cancelamento de
espera de uma conexão.
3
Os eventos de início e término de cancelamento das
conexões.
4
Os eventos com sucesso de início e término de conexão,
início e término de sessão, início e término de
transmissão ou início e término de recepção.
5
Não definido.
6
Não definido.
7
Os eventos de início e término da unidade de
processamento (threads).
8
Os eventos de início e término da agenda.
Obs.: Os eventos associados a um nível inferior ou igual ao selecionado serão processados.
20
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
10. Ao final, voltar para a guia Perfis para prosseguir ou a qualquer momento
[Cancelar] para abandonar sem alterar as configurações.
21
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
11. A guia Perfis é exibida para adicionar, remover, modificar ou copiar,
conforme mostra a figura abaixo:
22
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
12. Ao pressionar o botão [Adicionar...], é exibida uma nova tela, conforme
mostra a figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para prosseguir ou a qualquer momento [Cancelar]
para abandonar sem alterar as configurações.
Descrição dos campos para configuração
Nome
Preencha este campo com o nome desejado para este Perfil, que pode ser: a
identificação ODETTE (OID) do parceiro, o nome da aplicação, a sua
identificação ODETTE (OID) ou outra qualquer.
Obs.: Não utilize caracteres especiais.
Descrição
Preencha este campo com a descrição de sua livre escolha.
23
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
13. Ao pressionar o botão [OK] na tela Adicionar Perfil, uma nova tela será
exibida, conforme mostra a figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para gravar as configurações ou a qualquer
momento [Cancelar] para abandonar sem alterar as configurações
Descrição dos campos para configuração
Minha Identificação
As opções definidas neste grupo serão utilizadas pelo STCP OFTP Client na
identificação deste Perfil para o servidor Odette.
24
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Odette ID (OID)
Preencha este campo com a identificação Odette associada a este Perfil. Este
campo poderá ter no máximo 25 (vinte e cinco) caracteres.
Senha
Preencha este campo com a senha associada à identificação Odette. Este campo
poderá ter no máximo 8 (oito) caracteres.
Confirmar
Preencha este campo com a senha informada no campo Senha para validação.
Userdata
Preencha este campo com os dados extras associados à identificação Odette
informada.
Obs.: Preencha este campo somente se for requerido pelo servidor.
Características
As opções definidas neste grupo serão utilizadas pelo STCP OFTP Client na
comunicação com o servidor Odette.
Obs.: Não modifique estas características sem ler atentamente o que significa cada uma
delas e ter certeza de que realmente deseja fazê-lo.
Modo de transferência
Esta opção permite selecionar o modo de transferência que será utilizado para
comunicação com o servidor, são eles: Both (transmissão e recepção de arquivos),
Sender (somente transmissão de arquivos) e Receiver (somente recepção de
arquivos).
Créditos
Preencha este campo com a quantidade de blocos de dados que serão transferidos
até aguardar uma nova autorização para envio. O intervalo válido é de 1 até 99.
Tamanho máximo do buffer
Preencha este campo com o tamanho máximo dos blocos de dados que serão
transferidos. O intervalo válido é de 1 até 65535.
25
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Compressão
Esta opção habilita ou inibe a compressão dos dados (padrão Odette) de uma
transferência.
Restart
Esta opção habilita ou inibe o controle de recuperação automática na interrupção
de uma transferência. Com esta opção habilitada o STCP OFTP Client irá
recuperar a transferência do ponto de interrupção.
Special Logic
Esta opção habilita ou inibe o controle o regime de comunicação lógica especial.
Somente deve ser habilitado para comunicação através do protocolo PAD ou
SERIAL.
Obs.: Não habilite esta opção quando não for utilizado o Protocolo PAD ou SERIAL.
Outros
As opções definidas neste grupo serão utilizadas localmente pelo STCP OFTP
Client para controlar o tempo de inatividade e a geração do arquivo de depuração
da comunicação.
Tempo máximo de inatividade
Preencha este campo com o tempo máximo de inatividade de comunicação entre
o STCP OFTP Client Server e o computador remoto.
Nível de debug
Preencha este campo com o nível de detalhamento das informações que serão
gravadas no arquivo de depuração. Para obter no mesmo arquivo de depuração a
informação dos diferentes níveis, preencha este campo com a soma dos níveis
desejados.
Para cada tentativa de conexão será criado um novo arquivo de depuração no
subdiretório DEBUG, com a seguinte sintaxe:
ODTDEB.<Protocolo>.<Perfil>.YYYMMDDhhmmssnnn.
26
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Protocolo
TCPIP, X25, SERIAL ou PAD
Perfil
Nome do perfil utilizado
YYYY
Ano
MM
Mês
DD
Dia
hh
Hora
mm
Minuto
ss
Segundos
nnn
Milésimos de segundos
A tabela a seguir contém a relação entre o nível de detalhamento e as informações
que serão geradas.
Nível
Descrição
0
Não grava o arquivo de depuração.
1
Grava as informações de entrada e saída das sub-rotinas.
2
Grava as informações de mudanças do estado do protocolo.
4
Grava as informações dos pacotes recebidos e enviados, formatado
por campo.
8
Grava as informações dos pacotes recebidos e enviados, formatado
em hexadecimal.
16
Grava as informações dos eventos ocorridos.
32
Grava as informações dos sub-registros.
Obs.: Somente habilite esta opção quando for solicitado por pessoal especializado.
27
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
14. Com o perfil já criado, selecione-o e clique no botão [Propriedades].
28
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
15. As seguintes opções de Protocolo podem ser selecionadas, conforme mostra a
figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para gravar as configurações ou a qualquer
momento [Cancelar] para abandonar sem alterar as configurações.
Descrição dos campos para configuração
Descrição
Preencha este campo com a descrição de sua livre escolha.
29
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Máximo de sessões
Este campo informa a quantidade máxima de sessões simultâneas de transferência
que podem ser ativadas.
Bloquear usuário
Esta opção habilita ou inibe temporariamente este Perfil de realizar as operações de
transferência.
Backup arquivos transmitidos
Esta opção habilita ou inibe temporariamente este Perfil de mover os arquivos
transmitidos com sucesso para o subdiretório de backup.
Obs.: Os arquivos movidos para o diretório de backup contêm uma extensão no final do
nome com a seguinte característica: YYYYMMDDhhmmss, onde YYYY é o ano, MM é o
mês, DD é o dia, hh é a hora, mm são os segundos do término da transferência.
Nome longo para arquivos
Esta opção habilita ou inibe temporariamente este Perfil de transferir arquivos com
nome maior que 26 (vinte e seis) posições.
Obs.: Não habilite esta opção se você não tiver absoluta certeza de que o parceiro remoto é
um STCP OFTP Client e que esteja também com esta característica habilitada.
Conexão automática
Esta opção habilita ou inibe que este Perfil possa iniciar uma conexão.
Protocolo
Este campo seleciona o tipo de protocolo de comunicação que este Perfil irá
utilizar para conexão. Após selecionar, pressione o botão [Configurar] para
acessar a tela de configuração específica do protocolo de comunicação.
Adicionar ícone na área de desktop (trabalho)
Esta opção habilita ou inibe a criação na área de desktop (trabalho) do ícone com o
atalho para executar o STCP OFTP Client e realizar a operação de transferência.
30
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Número de tentativas de transferência
Preencha este campo com o número máximo de tentativas de conexão que este
Perfil irá executar em caso de falha.
Intervalo entre tentativas (segundos)
Preencha este campo com o intervalo mínimo (segundos) de espera para a
realização de uma nova tentativa de conexão.
31
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
16. As seguintes opções de Protocolo podem ser selecionadas, conforme mostra a
figura abaixo:
Após selecionar a opção desejada, você deverá pressionar o botão [Configurar]
para acessar a tela de configuração específica de cada protocolo.
OFTP - TCP/IP
Configura o STCP OFTP Client para utilizar o protocolo de comunicação
TCP/IP através de uma rede local.
OFTP - TCP/IP Discado
Configura o STCP OFTP Client para utilizar o protocolo de comunicação
TCP/IP através de uma rede de acesso discado (dial-up).
32
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
OFTP – X.25
Configura o STCP OFTP Client para utilizar o protocolo de comunicação X.25
através de uma rede de acesso dedicada.
Obs.: Para utilizar esta opção, você deve ter instalado um cartão de comunicação WCK2000
fornecido pela Net Open (www.net-open.com.br).
OFTP – PAD
Configura o STCP OFTP Client para utilizar o protocolo de comunicação PAD
(X.28) através de uma rede de acesso dedicada.
OFTP – PAD Discado
Configura o STCP OFTP Client para utilizar o protocolo de comunicação PAD
(X.28) através de uma rede de acesso discada.
OFTP – SERIAL
Configura o STCP OFTP Client para utilizar diretamente uma porta serial.
Obs.: Esta opção não usa protocolo TCP/IP.
OFTP – SERIAL Discada
Configura o STCP OFTP Client para utilizar uma porta serial com um modem ou
uma placa de Fax/Modem.
Obs.: Esta opção não usa protocolo TCP/IP.
33
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
17. As seguintes opções de configuração para o protocolo OFTP – TCP/IP
podem ser selecionadas na guia TCP/IP, conforme mostra a figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para prosseguir ou a qualquer momento [Cancelar]
para abandonar sem alterar as configurações.
Descrição dos campos para configuração
Endereço IP
Preencha este campo com o endereço TCP/IP ou nome (DNS) do servidor STCP
OFTP Client.
Porta IP
Preencha este campo com a porta TCP/IP do servidor STCP OFTP Client.
34
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Comunicação Segura
Esta opção habilita ou inibe a utilização de criptografia na comunicação com o
servidor STCP OFTP Client. Você pode escolher entre a opção Nativa ou SSL3.
Obs.: Antes de habilitar esta opção leia atentamente o capítulo sobre Segurança.
Nativa (Básica)
Configura a comunicação segura com criptografia com nível de segurança básico.
Obs.: Antes de habilitar esta opção confirme se o servidor com quem você deseja se
comunicar suporta esta característica.
Nativa (Média)
Configura a comunicação segura com criptografia com nível de segurança médio.
Obs.: Antes de habilitar esta opção confirme se o servidor com quem você deseja se
comunicar suporta esta característica.
Nativa (Alta)
Configura a comunicação segura com criptografia com nível de segurança médio.
Obs.: Antes de habilitar esta opção confirme se o servidor com quem você deseja se
comunicar suporta esta característica.
SSL3
Configura a comunicação segura com criptografia e certificação digital, com a
utilização da padronização definida na RFC2246 (TLS1/SSL3). O TLS1/SSL3 é
comumente encontrado nos servidores de sites seguros (HTTPS) e oferece o
maior grau de segurança atualmente disponível.
Obs.: Antes de habilitar esta opção confirme se o servidor com quem você deseja se
comunicar suporta esta característica.
Compatibilidade
Esta opção possibilita compatibilizar o STCP OFTP Client com diferentes
produtos que existem atualmente no mercado.
RFC2204
Esta opção de compatibilidade permite a comunicação do STCP OFTP Client
com outros produtos que seguem a recomendação RFC2204.
35
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
RFC1006/RFC1086
Esta opção de compatibilidade permite a comunicação do STCP OFTP Client
através de gateways de comunicação TCP-IP/X.25, que seguem a recomendação
RFC1006/1086.
RVS*
Esta opção de compatibilidade permite a comunicação do STCP OFTP Client
com o produto RVS*.
Obs.: Esta opção não deve ser habilitada quando o servidor RVS* for uma versão do
mainframe (grande porte).
* As marcas citadas são propriedade dos seus respectivos donos.
X25/Router
Esta opção de compatibilidade permite a comunicação do STCP OFTP Client
através de roteadores, com suporte à comunicação X.25 através de socket.
Obs.: Consulte a Riversoft sobre esta configuração se você estiver em dúvida.
Compressão GZIP
Esta opção habilita ou inibe a utilização da compressão GZIP on-the-fly (durante a
transferência).
Obs.: Antes de habilitar esta opção confirme se o servidor com quem você deseja se
comunicar suporta esta característica.
36
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
18. As seguintes opções de configuração para o protocolo OFTP – TCP/IP
podem ser selecionadas na guia SSL3, conforme mostra a figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para prosseguir ou a qualquer momento [Cancelar]
para abandonar sem alterar as configurações.
Descrição dos campos para configuração
Chave Privativa
As opções deste grupo estão relacionadas às chaves pública e privada, utilizadas
pelo protocolo TLS1/SSL3 para autenticação e criptografia dos dados.
Obs.: O arquivo da chave privativa deve estar no formato PKCS#12 e os certificados, no
formato DER ou PEM.
Chave
Preencha este campo com o nome do arquivo (caminho completo) onde se
encontra instalada a chave privativa.
37
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Certificado
Preencha este campo com o nome do arquivo (caminho completo) onde se
encontra instalado o certificado digital (X509) associado à chave privativa.
Senha
Preencha este campo com a senha que protege o arquivo da chave privativa.
Confirmar
Preencha este campo com a senha informada no campo Senha para validação.
Certificados CA (Autoridade)
As opções deste grupo estão relacionadas aos certificados digitais das autoridades
certificadoras (CA) que servirão para validar a autenticidade do certificado
apresentado pelo servidor.
Obs.: O arquivo da chave privativa deve estar no formato PKCS#12 e os certificados, no
formato DER ou PEM.
Arquivo
Preencha este campo com o nome do arquivo (caminho completo) onde se
encontra instalado o certificado digital (X509) contendo a chave pública que assina
o certificado apresentado pelo servidor.
Diretório
Preencha este campo com o nome do diretório (caminho completo) onde se
encontram instalados os certificados digitais (X509) contendo a chave pública que
assina o certificado apresentado pelo servidor.
Algoritmos
Preencha este campo com os nomes dos algoritmos suportados para assinatura
digital, hashing e criptografia dos dados.
Obs.: Caso este campo não seja configurado, o protocolo TLS1/SSL3 irá selecionar
automaticamente.
38
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
19. As seguintes opções de configuração para o protocolo OFTP – TCP/IP
podem ser selecionadas na guia Proxy, conforme mostra a figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para prosseguir ou a qualquer momento [Cancelar]
para abandonar sem alterar as configurações.
Descrição dos campos para configuração
Servidor Proxy
As opções deste grupo possibilitam a configuração da comunicação através de um
servidor Proxy.
Habilitar
Esta opção habilita ou inibe a utilização de um servidor Proxy.
39
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
SOCKS4
Esta opção habilita a utilização de um servidor Proxy em conformidade com a
especificação SOCKS4.
SOCKS5
Esta opção habilita a utilização de um servidor Proxy em conformidade com a
recomendação RFC1928 (SOCKS5) e RFC1929.
Obs.: O processo de autenticação utilizado é o definido na RFC1929.
HTTP
Esta opção habilita a utilização de um servidor Proxy em conformidade com a
recomendação RFC2817 (HTTP).
Obs.: O processo de autenticação utilizado é o Basic.
Endereço IP
Preencha este campo com o endereço TCP/IP ou nome (DNS) do servidor STCP
Proxy.
Porta IP
Preencha este campo com a porta TCP/IP do servidor Proxy.
Autenticação
As opções deste grupo possibilitam a configuração do usuário e senha que serão
informados ao servidor Proxy.
Basic
Marque esta opção se o seu servidor Proxy suporta o modo de autenticação Basic.
NTLM
Marque esta opção se o seu servidor Proxy suporta o modo de autenticação
NTLM. Caso você utilize servidores Proxy da Microsoft, esta deve ser a opção
preferencial.
40
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Usuário
Preencha este campo com o nome do usuário autorizado a utilizar o serviço de
Proxy.
Senha
Preencha este campo com a senha do usuário autorizado a utilizar o serviço de
Proxy.
Confirmar
Preencha este campo com a senha informada no campo Senha para validação.
Lê configuração Proxy do IE
Pressione este botão para ler as configurações de Proxy configuradas no Internet
Explorer.
Obs.: As informações de autenticação não serão lidas do IE.
41
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
20. Após Adicionar um perfil, a guia Perfis será apresentada:
Depois de adicionar corretamente um usuário, é necessário configurar os Tipos de
Arquivos. Para isso clique no botão [Propriedades] e será mostrada a tela de
configuração com a guia Tipos de arquivos.
Obs.: Ao pressionar o botão [OK], somente as configurações da guia Geral e Avançadas
serão gravadas.
42
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
21. Na tela de Propriedades do Perfil, selecione a guia Tipos de Arquivos,
conforme mostra a figura abaixo:
Nesta tela você pode: adicionar, remover, modificar ou copiar um novo Tipo de
Arquivo, pressionar o botão [OK] para prosseguir ou a qualquer momento
[Cancelar] para retornar.
A configuração de um Tipo de Arquivo possibilita alterar algumas características
na transferência do arquivo, tais como: conversão do nome ou formato do
arquivo, conversão da codificação dos dados, iniciar uma aplicação ou bat, entre
outras.
O tipo Default sempre deverá existir e será utilizado nos casos onde não haja um
tipo específico definido para a transferência em andamento.
43
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
A associação entre um Tipo de arquivo e o arquivo propriamente dito pode ser
estabelecida de três formas distintas:
Tipo
Descrição
1
Através do nome do arquivo e o nome do tipo.
2
Parte do nome do arquivo e os valores definidos nas propriedades de
Prefixo e Sufixo do tipo.
3
O nome do arquivo e os valores definidos em uma expressão
regular.
Obs.: Para informações mais detalhadas sobre expressão regular (RegEx), acesse o site
www.pcre.org.
A tabela abaixo demonstra a associação do nome do arquivo com o tipo
específico:
Nome
Tipo
Tipo Prefixo Sufixo RegEx
TEST.0
1
—
—
—
TEST.1
2
TEST
—
—
TEST.2
2
—
TEST
—
TEST.3
3
—
—
T.T
—
—
—
Default
—
44
Nome
Arquivo
Associação
TEST.0
Sim
TEST.TXT
Não
TEST.TXT
Sim
TXT.TEST
Não
TXT.TEST
Sim
TXT.TXT
Não
TXT.TXT
Sim
TXTTXT
Não
TXTTXT
Sim
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
22. Ao pressionar o botão [Adicionar...], é exibida uma nova tela, conforme
mostra a figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para prosseguir ou a qualquer momento [Cancelar]
para retornar.
Descrição dos campos para configuração
Nome do novo tipo de arquivo
Preencha este campo com o nome desejado para o novo tipo.
Obs.: Leia atentamente o item 26. Não utilize caracteres especiais ou espaços em branco.
45
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
23. Ao pressionar o botão [OK] na tela Adicionar tipo de Arquivo, uma nova
tela será exibida, conforme mostra a figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para gravar as configurações ou a qualquer
momento [Cancelar] para abandonar sem alterar as configurações.
Descrição dos campos para configuração
Verificar nome do Arquivo por:
As opções definidas neste grupo serão utilizadas pelo STCP OFTP Client para
definir a forma de associação do nome do arquivo com o tipo (conforme descrito
no item 26): Padrão (Default), Prefixo/Sufixo, Nome do tipo, Expressão
regular.
46
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Prefixo
Preencha este campo com o prefixo do nome do arquivo que deve ser associado a
este tipo.
Sufixo
Preencha este campo com o sufixo do nome do arquivo que deve ser associado a
este tipo.
Expressão Regular
Preencha este campo com a expressão regular que deve ser associada a este tipo.
Características da Transmissão
As opções definidas neste grupo serão utilizadas pelo STCP OFTP Client para
definir as características do arquivo na transmissão.
Desabilitar
Esta opção permite desabilitar/habilitar o tratamento do tipo de arquivo na
transmissão.
Formato
Esta opção permite selecionar o formato do registro do arquivo, são eles: Não
Formatado, Fixo e Variável.
Obs.: Somente utilize Fixo ou Variável quando o servidor Odette for uma versão de
mainframe (grande porte) e esta característica estiver habilitada.
Tamanho do registro
Preencha este campo com a quantidade de caracteres (bytes) que compõem o
registro.
Obs.: Somente utilize esta opção quando o formato do registro for Fixo ou Variável.
Comando a ser executado
Preencha este campo com o nome de uma aplicação ou arquivo de lote (bat) a ser
executado após o envio com sucesso do arquivo.
47
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Tabela de conversão
Esta opção permite selecionar a tabela de conversão dos dados na transmissão, são
elas: Nenhuma, ASC2EBC.TAB (converte de ASCII para EBCDIC) e
EBC2ASC.TAB (converte de EBCDIC para ASCII).
Origem
Preencha este campo com o a identificação Odette (OID) de origem do arquivo.
Obs.: Quando o Perfil é criado, este campo contém a identificação local.
Destino
Preencha este campo com o a identificação Odette (OID) do destino deste
arquivo.
Obs.: Quando o Perfil é criado, este campo contém a identificação remota.
Remover CR+LF
Esta opção permite habilitar ou inibir a remoção dos caracteres CR (Carriage
Return) e LF (Line Feed) na transmissão do arquivo.
Obs.: Somente utilize esta opção quando o formato do registro for Fixo ou Variável.
Remover Timestamp
Esta opção permite habilitar ou inibir a remoção do timestamp externo do nome
do arquivo.
Converter nome do arquivo
Esta opção permite selecionar a conversão do nome do arquivo antes de
transmitir, são elas: Não, maiúscula ou minúscula.
Características da Recepção
As opções definidas neste grupo serão utilizadas pelo STCP OFTP Client para
definir as características do arquivo na recepção.
Desabilitar
Esta opção permite desabilitar/habilitar o tratamento do tipo de arquivo na
recepção.
48
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Comando a ser executado
Preencha este campo com o nome de uma aplicação ou arquivo de lote (bat) a ser
executado após a recepção com sucesso do arquivo.
Tabela de conversão
Esta opção permite selecionar a tabela de conversão dos dados na recepção, são
elas: Nenhuma, ASC2EBC.TAB (converte de ASCII para EBCDIC) e
EBC2ASC.TAB (converte de EBCDIC para ASCII).
Converter nome do arquivo
Esta opção permite selecionar a conversão do nome do arquivo após a recepção,
são elas: Não, maiúscula ou minúscula.
Inserir CR+LF
Esta opção permite habilitar ou inibir a inserção dos caracteres CR (Carriage
Return) e LF (Line Feed) na recepção do arquivo.
Obs.: Somente utilize esta opção quando o formato do registro for Fixo ou Variável.
Inserir Timestamp
Esta opção permite habilitar ou inibir a inserção do timestamp externo no nome
do arquivo.
Sobrepor arquivo
Esta opção permite habilitar ou inibir a sobreposição do arquivo quando já existir
um arquivo com o mesmo nome.
Inibir EERP
Esta opção permite habilitar ou inibir o envio do comando Odette EERP (End to
End Response) ao final da recepção do arquivo com sucesso.
Obs.: Somente utilize esta opção se o servidor suportar esta característica.
EERP Libera
Esta opção permite habilitar ou inibir o tratamento do arquivo recebido somente
após o envio do Odette EERP (End to End Response).
Obs.: Somente utilize esta opção se o servidor suportar esta característica.
49
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
24. As seguintes opções de configuração para o tipo de arquivo podem ser
selecionadas na guia Avançadas, conforme mostra a figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao
final pressionar o botão [OK] para gravar as configurações ou a qualquer
momento [Cancelar] para abandonar sem alterar as configurações.
Descrição dos campos para configuração
Marcar no arquivo recebido com data e hora local os atributos de:
Esta opção permite habilitar/desabilitar a inserção da data e hora local no arquivo
recebido para os atributos correspondentes.
Obs.: A data e a hora do protocolo ODETTE serão utilizadas nos atributos desabilitados.
50
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Backup arquivo transmitido
Esta opção habilita/desabilita o backup dos arquivos transmitidos para este tipo.
Formato do Timestamp externo do arquivo
A utilização do timestamp externo do arquivo tem o seguinte formato:
<nome do arquivo>.YYYYMMDDhhmmssnnn
<nome do arquivo>
Nome do arquivo sem caracteres especiais ou
espaços.
YYYY
Ano
MM
Mês
DD
Dia
Hh
Hora
mm
Minuto
ss
Segundos
nnn
Milésimos de segundos
51
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Definição das variáveis Internas do STCP OFTP Client
As variáveis internas do STCP OFTP Client podem ser utilizadas como
parâmetros para os comandos externos.
Variável
Descrição
$DEFPARAM
Variável que contém o valor padrão para o
comando externo.
$DIRSYS
Variável que contém o nome do diretório de
controle.
$DIRDATA
Variável que contém o nome do diretório de
dados.
$LUSERID
Variável que contém o nome do Perfil.
$LFNAME
Variável que contém o nome completo do arquivo
local.
$OFNAME
Variável que contém o nome do arquivo
ODETTE.
$OFTYPE
Variável que contém o tipo de registro do arquivo
ODETTE.
$OFRECLEN
Variável que contém o tamanho do registro do
arquivo ODETTE.
$OFSIZE
Variável que contém o tamanho aproximado do
arquivo ODETTE.
$OFDATE
Variável que contém a data do arquivo ODETTE.
$OFTIME
Variável que contém a hora do arquivo
ODETTE.
$OFUSERDATA
Variável que contém o userdata do arquivo
ODETTE.
$OFORIGINATOR
Variável que contém a origem do arquivo
ODETTE.
$OFDESTINATION Variável que contém o destino do arquivo
ODETTE.
52
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Definição do valor padrão do parâmetro
Executar comando para:
Valor padrão do parâmetro
Início da conexão
Nome do diretório de dados do Perfil.
Fim da conexão
Nome do diretório de dados do Perfil.
Fim da transmissão do arquivo Nome completo do arquivo.
Fim da recepção do arquivo
Nome completo do arquivo.
Ler o arquivo
Nome completo do arquivo.
Gravar o arquivo
Nome completo do arquivo.
Agenda
Nome da agenda.
Eventos (LOG)
Linha com detalhes do evento.
Na tela de Propriedades do Perfil, selecione a guia Tipos de Arquivos, conforme
mostra a figura abaixo:
53
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
25. As seguintes opções de configuração podem ser preenchidas na guia Avançadas
nas Propriedades do Perfil, conforme mostra a figura abaixo:
Nesta tela você irá preencher os campos com as informações descritas abaixo e ao final
pressionar o botão [OK] para gravar as configurações ou a qualquer momento
[Cancelar] para abandonar sem alterar as configurações.
Descrição dos campos para configuração
Controle de arquivos na transmissão
As opções definidas neste grupo serão utilizadas pelo STCP OFTP Server no
tratamento da transmissão e recepção dos arquivos.
54
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Filtro de arquivos
Preencha este campo com uma expressão regular para validar o nome do arquivo.
Tamanho máximo
Preencha este campo com o tamanho máximo que um arquivo pode ter para ser
transferido.
Controle de arquivos na recepção
As opções definidas neste grupo serão utilizadas pelo STCP OFTP Server para validar
as informações da conexão (endereço IP, porta, endereço X.25, certificado SSL3 e
etc.).
Filtro de arquivos
Preencha este campo com uma expressão regular para validar o nome do arquivo.
Tamanho máximo
Preencha este campo com o tamanho máximo que um arquivo pode ter para ser
transferido.
Controle da conexão
As opções definidas neste grupo serão utilizadas pelo STCP OFTP Server para validar
as informações da conexão (endereço IP, porta, endereço X.25, certificado SSL3 e
etc.).
Filtro da conexão
Preencha este campo com uma expressão regular para validar as informações da
conexão.
Executar comando no início da conexão
Preencha este campo com o nome de um comando (programa ou bat) externo que
deve ser executada no início da conexão, imediatamente, após a identificação do
usuário e antes de transferir (enviar ou receber) os arquivos.
Executar comando no fim da conexão
Preencha este campo com o nome de um comando (programa ou bat) externo que
deve ser executada ao final da conexão.
55
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Aguardar término da execução do comando
Esta opção habilita/inibe o STCP OFTP Server Server aguardar o encerramento do
comando externo.
Obs.: Utilize esta opção com cautela. Caso a aplicação necessite realizar operações complexas,
mantenha esta opção desabilitada.
56
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Configuração do STCP OFTP Client para
comunicação SSL3
1.
2.
Para acessar o configurador do STCP OFTP Client, clique em Iniciar e
depois, em Riversoft STCP OFTP Client Config.
Selecione o perfil desejado e clique no botão Propriedades.
57
M A N U A L
3.
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Na guia Geral, pressione o botão Configurar.
58
M A N U A L
4.
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Na guia TCP-IP, marque a opção Comunicação Segura e em seguida,
selecione SSL3. Clique em OK para concluir o processo de configuração.
59
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Caso a comunicação entre o STCP OFTP Server Enterprise/Lite e o STCP OFTP
Client que está sendo configurado exija autenticação, o Certificado Digital
deverá ser informado na guia SSL3 no campo Arquivo da opção Certificados CA
(Autoridades).
Chave gerada pelo administrador da
aplicação servidora (STCP OFTP Server).
60
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Configuração da agenda de execução
automática do Riversoft STCP OFTP Client
no Windows 2000, XP e 2003
Para executar automaticamente a aplicação de transferência de arquivos, devemos
realizar os seguintes passos de configuração das tarefas agendadas do sistema
operacional:
1. Acesse a pasta de ―Tarefas agendadas‖ do Windows e clique em ―Adicionar
tarefa agendada‖.
61
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
2. O assistente de tarefa será mostrado, clique no botão Avançar para prosseguir
com a configuração.
3.
Clique no botão Procurar e selecione o programa que será executado
(C:\STCP-RIVERSOFT\PROGRAM\stcpclt.exe).
62
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
4. Selecione o programa (C:\STCPCLT\Program\stcpclt.exe) e clique em Abrir.
5.
Digite um nome para esta tarefa, marque a opção ―Diariamente‖ e clique em
Avançar.
63
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
6.
Digite a data e hora para início da execução da agenda e clique em Avançar.
7.
Informe o nome e a senha de usuário e clique em Avançar.
64
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
8.
Marque a opção ―Abrir as propriedades avançadas desta tarefa ao clicar em
‗Concluir‘.‖ e clique em Concluir.
9.
Configure a linha de comando que será executada pela tarefa agendada.
65
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
A agenda deve ser configurada para executar a seguinte linha de comando:
C:\STCPCLT\program\stcpclt.exe C:\STCPCLT\CTCP.INI -p O0055TESTE r 5 -t 30 -m B
10. Pressione a aba ―Agendar‖ e clique no botão Avançado para alterar os
parâmetros de execução da tarefa de acordo com a sua necessidade. Neste
exemplo, iremos configurar a agenda para ser executada a cada 15 (quinze)
minutos.
66
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
11. Clique em OK para encerrar as configurações.
12. Agora a pasta de tarefas agendadas exibirá a nova tarefa agendada.
67
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Estrutura dos diretórios
O STCP OFTP Client, após a sua instalação e configuração, irá criar a seguinte árvore
de diretórios, onde serão armazenadas as informações de configuração, logs e controle.
<STCPCLI>
<PERFIL>
CONTROLE
ENTRADA
RESTART
FORMATO
LOG
SAIDA
BACKUP
PENDENTE
TEMP
LOG
TRANSTAB
PROGRAM
68
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
4) Utilização
Como utilizar o STCP OFTP Client
O
STCP OFTP Client cria um conjunto individual de subdiretórios para cada
Perfil configurado no serviço para controle das transferências e integração
com as aplicações externas, conforme mostra figura abaixo:
<Diretório de Dados>\
<Diretório do Perfil>\
Subdiretório de dados configurado.
Subdiretório individual do Perfil.
CONTROLE
Subdiretório de controle da aplicação.
ENTRADA\
Subdiretório onde os arquivos recebidos
com sucesso serão disponibilizados.
RESTART
Subdiretório onde os arquivos que estão
em processo de recepção são
armazenados temporariamente.
FORMATO
Subdiretório que contém as definições dos
tipos de arquivos.
LOG
Subdiretório onde serão armazenados os
arquivos de eventos e registro das
transferências.
SAIDA\
Subdiretório onde os arquivos a serem
enviados devem ser disponibilizados.
BACKUP
Subdiretório onde os arquivos enviados
com sucesso serão armazenados se a
opção de backup do Perfil estiver
habilitada.
PENDENTE
Subdiretório onde o arquivo de controle
da transmissão será armazenado
temporariamente.
TEMP
Subdiretório de uso geral.
Para transmitir, os arquivos devem ser disponibilizados no subdiretório ―SAIDA‖ e os
arquivos recebidos estarão no subdiretório ―ENTRADA‖.
69
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Como executar o STCP OFTP Client através da linha de comando
A sintaxe para executar o STCP OFTP através de linha de comando é a seguinte:
STCPCLT.EXE <Arquivo de configuração> [-p –r –t –m –f –w]
Parâmetro
Descrição
<arquivo de configuração>
Define o nome do arquivo de configuração
de instalação “CTCP.INI” com o
caminho completo.
-p <nome do perfil>
Define o nome do perfil de conexão.
-r <número de tentativas>
Define a quantidade de tentativas de
conexão.
-t <intervalo de tentativas>
Define o intervalo em segundos entre as
tentativas.
-m <modo>
Define o modo de transferência a ser
executado: B, S ou R.
B = Transmissão e recepção
S = Somente transmissão
R = Somente recepção
-f <filtro de arquivos>
Define o filtro de arquivos através da
utilização de expressão regular.
-w <Fecha caixa de dialogo>
Define se a caixa de dialogo será fechada
automaticamente no final da execução: 0 ou
1.
0 = Fecha caixa de diálogo
1 = Não fecha a caixa de diálogo
Exemplo:
C:\STCPCLT\STCPCLT.EXE C:\STCPCLT\CTCP.INI –p TESTE
No exemplo acima, será executada a conexão para o Perfil TESTE para envio e
recepção.
Ao término da execução do STCP OFTP, o arquivo CLCP.ERR.TXT será criado no
subdiretório de instalação, contendo a seguinte linha:
<código de erro>
70
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
5) Mensagens e Códigos de Erros
Tabelas com as mensagens e códigos de erro do STCP OFTP Client
O
STCP OFTP Client gera para cada evento do sistema um conjunto de
mensagens que podem ser armazenadas em um arquivo diário e os códigos
de erros, descritos nas tabelas a seguir:
Códigos de eventos gerados no arquivo de mensagens:
Mensagem
Descrição
MSG0001
[MSG0001] %s - %s - Erro: configurar conversao de
caracteres '%s' [codigo:%u]
[MSG0002] %s - %s - Erro: configurar conversao de
caracteres '%s' [codigo:%u]
[MSG0003] %s - %s - Erro: arquivo duplicado '%s'
MSG0002
MSG0003
MSG0004
MSG0005
MSG0006
MSG0007
MSG0008
MSG0009
MSG0010
MSG0011
MSG0012
MSG0013
MSG0014
MSG0015
[MSG0004] %s - %s - Erro: remover o arquivo '%s'
[codigo:%u]
[MSG0005] LOCAL - <STCP> - NAO DEFINIDA
[MSG0006] %s - %s - Erro: remover o arquivo '%s'
[codigo:%u]
[MSG0007] %s - %s - Verificado restart para arquivo de
recepcao '%s'
[MSG0008] LOCAL - <STCP> - Erro: nao foi possivel
criar o objeto ODETTE
[MSG0009] LOCAL - <STCP> - Erro: alocacao do UCB
para usuario
[MSG0010] LOCAL - <STCP> - Excedido o limite de '%d'
conexoes para o usuario '%s'
[MSG0011] %s - %s - Arquivo ja esta sendo transmitido
'%s'
[MSG0012] %s - %s - Erro: abrir diretorio de pendencias
'%s' [codigo:%u]
[MSG0013] %s - %s - Erro: remover arquivo do diretório
de pendencias '%s' [codigo:%u]
[MSG0014] %s - %s - Erro: mover arquivo para diretório
de backup '%s' '%s' [codigo:%u]
[MSG0015] %s - %s - Erro: configurar parametros de
transmissao maxrecsize '%d' origem '%s' destino '%s'
[codigo:%u]
71
M A N U A L
MSG0016
MSG0017
MSG0018
MSG0019
MSG0020
MSG0021
MSG0022
MSG0023
MSG0024
MSG0025
MSG0026
MSG0027
MSG0028
MSG0029
MSG0030
MSG0031
MSG0032
MSG0033
MSG0034
MSG0035
MSG0036
MSG0037
MSG0038
MSG0039
MSG0040
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
[MSG0016] LOCAL - <STCP> - NAO DEFINIDA
[MSG0017] %s - %s - Erro: configurar conversao de
caracteres '%s' [codigo:%u]
[MSG0018] %s - %s - Erro: obter o tamanho do arquivo
'%s' [codigo:%u]
[MSG0019] %s - %s - Inicio de transmissao '%s'
[MSG0020] %s - %s - Erro: formato do timestamp invalido
'%s'
[MSG0021] %s - %s - Fim de transmissao com erro '%s'
[codigo:%u]
[MSG0022] %s - %s - Erro: excedido tamanho do nome do
arquivo '%s'
[MSG0023] %s - %s - Fim de transmissao com erro '%s'
[codigo:%u]
[MSG0024] %s - %s - Fim de transmissao com erro '%s'
[codigo:%u]
[MSG0025] %s - %s - Erro: arquivo nao existe no diretorio
de pendencias '%s'
[MSG0026] %s - %s - Transmissao confirmada com
sucesso '%s'
[MSG0027] %s - %s - Erro: execucao da linha de comando
'%s' [codigo:%u]
[MSG0028] %s - %s - Fim de transmissao com erro '%s'
[codigo:%u]
[MSG0029] %s - %s - Erro: criar referencia no diretorio de
pendencias '%s' [codigo:%u]
[MSG0030] %s - %s - Erro: remover o arquivo '%s'
[codigo:%u]
[MSG0031] %s - %s - Fim de transmissao com sucesso '%s'
bytes transmitidos '%u'
[MSG0032] %s - %s - NAO DEFINIDA
[MSG0033] LOCAL - <STCP> - NAO DEFINIDA
[MSG0034] %s - %s - Erro: execucao da linha de comando
'%s' [codigo:%u]
[MSG0035] %s - %s - Inicio de recepcao '%s'
[MSG0036] %s - %s - Fim de recepcao com erro '%s'
[codigo:%u]
[MSG0037] %s - %s - Erro: remover arquivo '%s'
[codigo:%u]
[MSG0038] %s - %s - Erro: mover arquivo '%s' para '%s'
[codigo:%u]
[MSG0039] %s - %s - Fim de recepcao com sucesso '%s'
bytes recebidos '%u'
[MSG0040] %s - %s - Erro: execucao da linha de comando
72
M A N U A L
MSG0041
MSG0042
MSG0043
MSG0044
MSG0045
MSG0046
MSG0047
MSG0048
MSG0049
MSG0050
MSG0051
MSG0052
MSG0053
MSG0054
MSG0055
MSG0056
MSG0057
MSG0058
MSG0059
MSG0060
MSG0061
MSG0062
MSG0063
MSG0064
MSG0065
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
'%s' [codigo:%u]
[MSG0041] LOCAL - <STCP> - Inicio do processo de
cancelamento das conexoes
[MSG0042] LOCAL - <STCP> - Erro: processo de
cancelamento das conexoes
[MSG0043] LOCAL - <STCP> - Fim do servico '%s' para
'%s - Versao %s'
[MSG0044] LOCAL - <STCP> - Inicio do servico '%s'
para '%s - Versao %s'
[MSG0045] LOCAL - <STCP> - Erro: alocacao de
memoria para os usuarios
[MSG0046] LOCAL - <STCP> - Inicio do login no
servidor '%s'
[MSG0047] LOCAL - <STCP> - Erro: fazer o login no
servidor '%s' [codigo:%u]
[MSG0048] LOCAL - <STCP> - Sucesso do login no
servidor '%s'
[MSG0049] LOCAL - <STCPAGENDA> - Verificado
diretorio de transmissao do usuario '%s' situacao '%d'
[MSG0050] LOCAL - <STCP> - NAO DEFINIDA
[MSG0051] LOCAL - <STCP> - NAO DEFINIDA
[MSG0052] %s - %s - Erro: configurar o objeto ODETTE
[codigo:%u]
[MSG0053] %s - %s - Erro: configurar parametros extras
do objeto ODETTE [codigo:%u]
[MSG0054] %s - %s - Erro: tentar conexao de saida
[codigo:%u]
[MSG0055] %s - %s - Inicio de conexao de saida - '%s'
[MSG0056] %s - %s - Erro: conexao de saida [codigo:%u]
[MSG0057] %s - %s - Inicio da thread de conexao de saida
- %08X - %08X
[MSG0058] %s - %s - Erro: usuario esta bloqueado para
conexao
[MSG0059] %s - %s - Erro: configurar a conversao de
caracteres '%s' [codigo:%u]
[MSG0060] %s - %s - Fim de conexao de saida com erro
'%s' [codigo:%u]
[MSG0061] %s - %s - Erro: acesso rejeitado no logon local
para conexao de saida [codigo:%u]
[MSG0062] %s - %s - Fim de conexao de saida com erro
'%s' [codigo:%u]
[MSG0063] %s - %s - Inicio de sessao de saida '%s'
[MSG0064] %s - %s - Fim de sessao de saida '%s'
[MSG0065] %s - %s - Fim de conexao de saida '%s'
73
M A N U A L
MSG0066
MSG0067
MSG0068
MSG0069
MSG0070
MSG0071
MSG0072
MSG0073
MSG0074
MSG0075
MSG0076
MSG0077
MSG0078
MSG0079
MSG0080
MSG0081
MSG0082
MSG0083
MSG0084
MSG0085
MSG0086
MSG0087
MSG0088
MSG0089
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
[MSG0066] %s - %s - Fim da thread de conexao de saida
%08X - %08X
[MSG0067] LOCAL - <STCPCLI> - NAO DEFINIDA
[MSG0068] LOCAL - <STCPCLI> - NAO DEFINIDA
[MSG0069] LOCAL - <STCPCLI> - NAO DEFINIDA
[MSG0070] LOCAL - <STCPAGENDA> - Verificando
agenda automatica '%s' tipo '%d' modo '%d' agenda
'%d/%d-%d-%d:%d' as '%d/%d-%d-%d:%d'
[MSG0071] LOCAL - <STCPCLI> - Erro: criacao da
thread (stcpCliService)
[MSG0072] %s - %s - Lendo arquivo de configuracao de
formato '%s', secao '%s'
[MSG0073] LOCAL - <STCP> - NAO DEFINIDA
[MSG0074] LOCAL - <STCPLOG> - %s - %s - Erro:
abertura do arquivo de log '%s'
[MSG0075] %s - <STCPMON> - Usuario '%s' autenticado
para monitoracao '%s'
[MSG0076] %s - <STCPMON> - Erro: usuario '%s' nao
foi autenticado para monitoracao '%s'
[MSG0077] %s - <STCPMON> - Erro: recepcao de
monitoracao [codigo:%u, %u] '%s'
[MSG0078] %s - <STCPMON> - Timeout na recepcao de
monitoracao '%s'
[MSG0079] %s - <STCPMON> - Cancelamento ou erro
ao aguardar conexao de monitoracao [codigo:%u]
[MSG0080] %s - <STCPMON> - Inicio de conexao de
monitoracao '%s'
[MSG0081] %s - <STCPMON> - Fim de conexao de
monitoracao '%s'
[MSG0082] %s - <STCPMON> - Inicio da thread de
monitoracao %08X - %08X
[MSG0083] %s - <STCPMON> - Fim da thread de
monitoracao %08X - %08X
[MSG0084] %s - <STCPSRV> - Erro: configurar o objeto
ODETTE [codigo:%u]
[MSG0085] %s - <STCPSRV> - Erro: configurar os
parametros extra do objeto ODETTE [codigo:%u]
[MSG0086] %s - <STCPSRV> - Cancelamento ou erro ao
aguardar conexao de entrada %08X - %08X [codigo:%u]
[MSG0087] %s - %s - Inicio de conexao de entrada '%s'
[MSG0088] %s - %s - Erro: acesso rejeitado usuario ja esta
conectado
[MSG0089] %s - %s - Erro: acesso rejeitado usuario esta
bloqueado
74
M A N U A L
MSG0090
MSG0091
MSG0092
MSG0093
MSG0094
MSG0095
MSG0096
MSG0097
MSG0098
MSG0099
MSG0100
MSG0101
MSG0102
MSG0103
MSG0104
MSG0105
MSG0106
MSG0107
MSG0108
MSG0109
MSG0110
MSG0111
MSG0112
MSG0113
MSG0114
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
[MSG0090] %s - %s - Erro: configurar o objeto ODETTE
[codigo:%u]
[MSG0091] %s - %s - Erro: configurar a conversao de
caracteres '%s' [codigo:%u]
[MSG0092] %s - %s - Erro: acesso rejeitado no logon local
para conexao de entrada [codigo:%u]
[MSG0093] LOCAL - <STCP> - NAO DEFINIDA
[MSG0094] %s - %s - Inicio de sessao de entrada '%s'
[MSG0095] %s - %s - Fim de sessao de entrada '%s'
[MSG0096] %s - %s - Fim de conexao de entrada '%s'
[MSG0097] %s - <STCPSRV> - Inicio da thread conexao
de entrada %08X - %08X
[MSG0098] %s - %s - Fim de conexao de entrada com erro
'%s' [codigo:%u]
[MSG0099] %s - <STCPSRV> - Fim da thread conexao de
entrada %08X - %08X
[MSG0100] LOCAL - <STCPSRV> - NAO DEFINIDA
[MSG0101] LOCAL - <STCP> - NAO DEFINIDA
[MSG0102] LOCAL - <STCPSRV> - Erro: alocacao de
UCB para rede '%s'
[MSG0103] LOCAL - <STCPSRV> - Erro: criacao da
thread (stcpSrvServer) para rede '%s'
[MSG0104] %s - <STCPSRV> - Fim de conexao de
entrada com erro '%s' [codigo:%u]
[MSG0105] %s - <STCPSRV> - Erro: acesso rejeitado
usuario '%s' nao cadastrado
[MSG0106] %s - <STCPSRV> - Erro: acesso rejeitado
usuario '%s' invalido para '%s'
[MSG0107] LOCAL - <STCP> - %s - Erro: alocacao de
memoria para o nome do arquivo de debug '%s'
[MSG0108] LOCAL - <STCP> - %s - Erro: abertura do
arquivo de debug '%s' [codigo:%u]
[MSG0109] LOCAL - <STCP> - Fim do processo de
cancelamento das conexoes
[MSG0110] LOCAL - <STCP> - Erro: arquivo de
configuracao CTCP.INI/CTCP.AUX nao existe
[MSG0111] LOCAL - <STCPAGENDA> - Iniciado
agenda automatica '%s' usuario '%s' modo '%c' sessoes '%d'
filtro '%s' comando '%s'
[MSG0112] %s - %s - Erro: conexao automatica nao esta
habilitada
[MSG0113] LOCAL - <STCP> - Configuracao '%s'
maximo de sessoes '%d'
[MSG0114] LOCAL - <STCP> - Versao de Demonstracao
75
M A N U A L
MSG0115
MSG0116
MSG0117
MSG0118
MSG0119
MSG0120
MSG0121
MSG0122
MSG0123
MSG0124
MSG0125
MSG0126
MSG0127
MSG0128
MSG0129
MSG0130
MSG0131
MSG0132
MSG0133
MSG0134
MSG0135
MSG0136
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
com limite de '%d' sessoes simultaneas
[MSG0115] %s - %s - Erro: nome do arquivo invalido '%s'
[MSG0116] LOCAL - <STCPAGENDA> - Erro: abrir
diretorio de transmissao '%s' do usuario '%s' [codigo:%u]
[MSG0117] %s - %s - Erro: abrir diretorio de transmissao
'%s' [codigo:%u]
[MSG0118] %s - %s - Erro: abrir diretorio de formatos '%s'
[codigo:%u]
[MSG0119] %s - %s - Erro: recepcao do arquivo '%s'
bloqueada pelo filtro '%s'
[MSG0120] %s - %s - Erro: recepcao do arquivo '%s'
bloqueada pelo tamanho '%d' > '%d'
[MSG0121] LOCAL - <STCPAGENDA> - Erro:
execucao da linha de comando '%s' da agenda '%s'
[codigo:%u]
[MSG0122] LOCAL - <STCP> - Erro: compilar expressao
regular(regex) '%s' [codigo:%u]
[MSG0123] %s - %s - Erro: transmissao do arquivo '%s'
bloqueada pelo filtro '%s'
[MSG0124] %s - %s - Erro: transmissao do arquivo '%s'
bloqueada pelo tamanho '%d' > '%d'
[MSG0125] %s - %s - Erro: conexao bloqueada '%s' pelo
filtro '%s'
[MSG0126] LOCAL - <STCPCLI> - Erro: acesso rejeitado
usuario '%s' nao cadastrado
[MSG0127] %s - %s - Erro: execucao da linha de comando
'%s' [codigo:%u]
[MSG0128] %s - %s - Erro: execucao da linha de comando
'%s' [codigo:%u]
[MSG0129] LOCAL - <STCP> - Nao foi possivel carregar
o configurador %s - [codigo:%u]
[MSG0130] %s - %s - %s '%s'
[MSG0131] %s - <STCPMON> - Erro: modificar senha
para '%s', usuario ou senha invalida - '%s'
[MSG0132] %s - <STCPMON> - Erro: comando nao
definido '%d' - '%s'
[MSG0133] %s - <STCPMON> - Erro: parametros
invalidos - '%s'
[MSG0134] LOCAL - <STCP> - Erro: numero de serie
nao foi informado ou esta incorreto '%s'
[MSG0135] LOCAL - <STCP> - Numero de serie: '%-.8s%-.4s-%-.4s-%-.4s-%-.12s-%-.4s' - ID: '%-04X-%-04X'
[MSG0136] LOCAL - <STCPAGENDA> - Erro: criacao
76
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
MSG0143
da thread (stcpSchedService)
[MSG0137] LOCAL - <STCP> - Erro: funcao
SetConsoleCtrlHandler
[MSG0138] LOCAL - <STCP> - Erro: criacao do
semaforo (sema_usu)
[MSG0139] LOCAL - <STCP> - Erro: criacao do
semaforo (sema_filename)
[MSG0140] LOCAL - <STCP> - Deseja encerrar o serviço
'%s'?
[MSG0141] LOCAL - <STCP> - Deseja reiniciar o serviço
'%s'?
[MSG0142] LOCAL - <STCP> - Deseja iniciar a conexão
'%s'?
[MSG0143] LOCAL - <STCP> - Usuário inválido
MSG0144
[MSG0144] LOCAL - <STCP> - Senha inválida
MSG0145
[MSG0145] LOCAL - <STCP> - Usuário deve ser um
Administrador ou\nMembro do grupo CONADMIN
[MSG0146] LOCAL - <STCP> - Usuário e/ou Senha
inválido(s)
[MSG7001] LOCAL - <STCPREN> - Erro: quantidade de
parametros e insuficiente - '%d'
[MSG7002] LOCAL - <STCPREN> - Erro: nome do
arquivo invalido - '%s'
[MSG7003] LOCAL - <STCPREN> - Erro: arquivo de
regras '%s' nao tem definicao para arquivo '%s'
[MSG7004] LOCAL - <STCPREN> - Erro: servico de log
nao foi aberto
[MSG7005] LOCAL - %s - Erro: regra '%s' com parametro
invalido no arquivo '%s'
[MSG7006] LOCAL - %s - Inicio do STCPREN para o
arquivo '%s'
[MSG7007] LOCAL - %s - Erro: copia do arquivo de '%s'
para '%s' [codigo:%u]
[MSG7008] LOCAL - %s - Copia do arquivo de '%s' para
'%s' destino '%s'
[MSG7009] LOCAL - %s - Copia do arquivo de '%s' para
'%s' origem '%s'
[MSG7010] LOCAL - %s - Erro: remover o arquivo '%s'
[codigo:%u]
[MSG7011] LOCAL - %s - Erro: executar o comando '%s
%s'[codigo:%u]
[MSG7012] LOCAL - %s - Erro: executar o comando '%s
MSG0137
MSG0138
MSG0139
MSG0140
MSG0141
MSG0142
MSG0146
MSG7001
MSG7002
MSG7003
MSG7004
MSG7005
MSG7006
MSG7007
MSG7008
MSG7009
MSG7010
MSG7011
MSG7012
77
M A N U A L
MSG7013
MSG7014
MSG8001
MSG8002
MSG8002
MSG8003
MSG8004
MSG8005
MSG8006
MSG8007
MSG8008
MSG8009
MSG8010
MSG8011
MSG8012
MSG8013
MSG8014
MSG8015
MSG8016
MSG8017
MSG8018
MSG8019
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
%s'[codigo:%u]
[MSG7013] LOCAL - <STCPREN> - Erro: conectar
recurso '%s' [codigo:%u]
[MSG7014] LOCAL - <STCPREN> - Erro: desconectar
recurso '%s' [codigo:%u]
[MSG8001] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
nome do tipo de arquivo
[MSG8002] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
nome do perfil
[MSG8002] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
nome do usuário
[MSG8003] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
senha
[MSG8004] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi confirmada
a senha
[MSG8005] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
nome do arquivo do Trace dos dados enviados
[MSG8006] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
nome do arquivo do Trace dos dados recebidos
[MSG8007] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
nome do arquivo de Debug
[MSG8008] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
string de discagem do modem
[MSG8009] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
string de inicialização do modem
[MSG8010] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
string de desconexão do modem
[MSG8011] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
mensagem de conexão
[MSG8012] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
mensagem de confirmação
[MSG8013] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
mensagem de ocupado
[MSG8014] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
mensagem de erro
[MSG8015] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
mensagem de sem tom de discagem
[MSG8016] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
mensagem de sem portadora
[MSG8017] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado
os parâmetros do PAD
[MSG8018] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi confirmada
a nova senha
[MSG8019] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: criar o
78
M A N U A L
MSG8020
MSG8021
MSG8022
MSG8023
MSG8024
MSG8025
MSG8026
MSG8027
MSG8028
MSG8029
MSG8030
MSG8031
MSG8032
MSG8033
MSG8034
MSG8035
MSG8036
MSG8037
MSG8038
MSG8039
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
diretório '%s' [codigo:%u]
[MSG8020] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
linha de comando
[MSG8021] LOCAL - <STCPCFG> - Linha de comando
inválida
[MSG8022] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: gravação do
arquivo CTCP.INI
[MSG8023] LOCAL - <STCPCFG> - O tipo 'default' não
pode ser removido.
[MSG8024] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
nome do serviço.
[MSG8025] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
diretório de controle
[MSG8026] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
diretório de dados
[MSG8027] LOCAL - <STCPCFG> - Confirmação da
senha está incorreta
[MSG8028] LOCAL - <STCPCFG> - O diretório de
sistema informado é diferente do atual.\nCertifique-se que
o serviço STCP OFTP está paralisado\nantes de prosseguir
com a modificação.\n\nDeseja continuar ?
[MSG8029] LOCAL - <STCPCFG> - O diretório de dados
informado é diferente do atual.\nCertifique-se que o
serviço STCP OFTP está paralisado\nantes de prosseguir
com a modificação.\n\nDeseja continuar ?
[MSG8030] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
número serial corretamente
[MSG8031] LOCAL - <STCPCFG> - OnButtonDirsys
SHGetMalloc
[MSG8032] LOCAL - <STCPCFG> - Diretório inválido
[MSG8033] LOCAL - <STCPCFG> - OnButtonDirdat
SHGetMalloc
[MSG8034] LOCAL - <STCPCFG> - Número de sessões
inválidos
[MSG8035] LOCAL - <STCPCFG> - O checkpoint não
pode ser igual a zero
[MSG8036] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
endereço IP
[MSG8037] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado a
porta IP
[MSG8038] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
endereço X25 remoto
[MSG8039] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
endereço DTE
79
M A N U A L
MSG8040
MSG8041
MSG8042
MSG8043
MSG8044
MSG8045
MSG8046
MSG8047
MSG8048
MSG8049
MSG8050
MSG8051
MSG8052
MSG8053
MSG8054
MSG8055
MSG8056
MSG8057
MSG8058
MSG8059
MSG8060
MSG8061
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
[MSG8040] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
Número de Identificação do Usuário (NIU)
[MSG8041] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
número a ser discado.
[MSG8042] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
identificação do Odette
[MSG8043] LOCAL - <STCPCFG> - Porta IP já foi
configurada em outra seção
[MSG8044] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado
usuario para monitoração
[MSG8045] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada
senha para monitoração
[MSG8046] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi confirmada
senha para monitoração
[MSG8047] LOCAL - <STCPCFG> - Tamanho inicial do
buffer não pode ser menor que 128 ou maior que 99999
[MSG8048] LOCAL - <STCPCFG> - Os créditos não
podem ser menor que 1 ou maior que 999
[MSG8049] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: carga dos
arquivos da Rede Dial-Up
[MSG8050] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi possível
abrir ou encontrar a biblioteca RAS
[MSG8051] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: carga das
funções de acesso remoto
[MSG8052] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
modo de verificação
[MSG8053] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
prefixo ou sufixo
[MSG8054] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
expressão regular
[MSG8055] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
tamanho do registro
[MSG8056] LOCAL - <STCPCFG> - O diretório
informado '%s' não existe.\n\nDeseja criá-lo ?
[MSG8057] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
senha do Odette
[MSG8058] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi confirmada
a senha do Odette
[MSG8059] LOCAL - <STCPCFG> - O tamanho do
buffer não pode ser menor que 128 ou maior que 99999
[MSG8060] LOCAL - <STCPCFG> - Timeout para
pacotes não pode ser igual a zero
[MSG8061] LOCAL - <STCPCFG> - Timeout de espera
de pacote não pode ser igual a zero
80
M A N U A L
MSG8062
MSG8063
MSG8064
MSG8065
MSG8066
MSG8067
MSG8068
MSG8069
MSG8070
MSG8071
MSG8072
MSG8073
MSG8074
MSG8075
MSG8076
MSG8077
MSG8078
MSG8079
MSG8080
MSG8080
MSG8081
MSG8082
MSG8083
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
[MSG8062] LOCAL - <STCPCFG> - Timeout de espera
de caracter não pode ser igual a zero
[MSG8063] LOCAL - <STCPCFG> - Número máximo de
tentativas não pode ser igual a zero
[MSG8064] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
endereço DTE remoto
[MSG8065] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado a
mensagem de conexão do PAD
[MSG8066] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi confirmada
a senha
[MSG8067] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
Endereço IP
[MSG8068] LOCAL - <STCPCFG> - Porta IP inválida
[MSG8069] LOCAL - <STCPCFG> - Nome não foi
informado
[MSG8070] LOCAL - <STCPCFG> - Nome da agenda já
existe
[MSG8071] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
Usuário
[MSG8072] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
Comando
[MSG8073] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
Endereço IP
[MSG8074] LOCAL - <STCPCFG> - Porta IP inválida
[MSG8075] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado o
Usuário
[MSG8076] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado a
placa X25
[MSG8077] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informado a
porta X25
[MSG8078] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
string de espera de conexão
[MSG8079] LOCAL - <STCPCFG> - O tipo de arquivo
'%s' já existe
[MSG8080] LOCAL - <STCPCFG> - Nome do perfil '%s'
já existe
[MSG8080] LOCAL - <STCPCFG> - Nome do usuário
'%s' já existe
[MSG8081] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: alterar a senha
no sistema [codigo:%u]
[MSG8082] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: arquivo '%s'
não existe ou não possui permissão de acesso
[MSG8083] LOCAL - <STCPCFG> - O serviço '%s' foi
desativado com sucesso.
81
M A N U A L
MSG8084
MSG8085
MSG8085
MSG8086
MSG8087
MSG8088
MSG8089
MSG8089
MSG8090
MSG8091
MSG8092
MSG8093
MSG8094
MSG8095
MSG8096
MSG8097
MSG8098
MSG8099
MSG8100
MSG8101
MSG8102
MSG8103
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
[MSG8084] LOCAL - <STCPCFG> - O serviço '%s' foi
ativado com sucesso.
[MSG8085] LOCAL - <STCPCFG> - Você tem certeza
que deseja remover o Perfil '%s'\ne todos os seus subdiretórios ?
[MSG8085] LOCAL - <STCPCFG> - Você tem certeza
que deseja remover o Usuário '%s'\ne todos os seus subdiretórios ?
[MSG8086] LOCAL - <STCPCFG> - Remover tipo de
arquivo '%s' ?
[MSG8087] LOCAL - <STCPCFG> - Remover Rede '%s'
?
[MSG8088] LOCAL - <STCPCFG> - O usuário '%s' já
existe.
[MSG8089] LOCAL - <STCPCFG> - Remover perfil '%s'
?
[MSG8089] LOCAL - <STCPCFG> - Remover usuário
'%s' ?
[MSG8090] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi possível
criar o diretório '%s' [codigo:%u]
[MSG8091] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: %d ao
remover o arquivo '%s'
[MSG8092] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: %d ao
remover o diretorio '%s'
[MSG8093] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: criar o grupo
STCPGRP [codigo:%u]
[MSG8094] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: criar usuário
[MSG8095] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: criar usuário
%s [codigo:%u]
[MSG8096] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: adicionar o
usuário '%s' ao grupo STCPGRP [codigo:%u]
[MSG8097] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: remover o
usuário %s [codigo:%u]
[MSG8098] LOCAL - <STCPCFG> - Remover agenda
'%s' ?
[MSG8099] LOCAL - <STCPCFG> - Nome da agenda
'%s' já existe
[MSG8100] LOCAL - <STCPCFG> - O serviço '%s' já
existe instalado
[MSG8101] LOCAL - <STCPCFG> - Não existe diretório
de origem '%s'
[MSG8102] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: adicionar o
grupo [codigo:%u]
[MSG8103] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: configurar
82
M A N U A L
MSG8104
MSG8105
MSG8106
MSG8107
MSG8108
MSG8109
MSG8110
MSG8111
MSG8111
MSG8112
MSG8113
MSG8114
MSG8115
MSG8116
MSG8117
MSG8118
MSG8119
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
info no grupo [codigo:%u]
[MSG8104] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: adicionar
usuário [codigo:%u]
[MSG8105] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: adicionar
usuário no grupo [codigo:%u]
[MSG8106] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: remover o
usuário [codigo:%u]
[MSG8107] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: remover o
grupo [codigo:%u]
[MSG8108] LOCAL - <STCPCFG> - O serviço '%s' está
ativo.\n\nDeseja desativa-lo agora ?\n
[MSG8109] LOCAL - <STCPCFG> - O serviço '%s' não
está ativo.\n\nDeseja ativá-lo agora ?\n
[MSG8110] LOCAL - <STCPCFG> - Existe uma versão
anterior do STCP OFTP instalada em sua
máquina.\nRecomendamos que seja feito uma cópia de
segurança antes de prosseguir.\n\nDeseja continuar com a
atualização ?
[MSG8111] LOCAL - <STCPCFG> - Existe(m) arquivo(s)
no diretório de entrada e/ou saída\n\nVocê tem certeza
que deseja remover o Perfil '%s'\ne todos os seus subdiretórios ?
[MSG8111] LOCAL - <STCPCFG> - Existe(m) arquivo(s)
no diretório de entrada e/ou saída\n\nVocê tem certeza
que deseja remover o Usuário '%s'\ne todos os seus subdiretórios ?
[MSG8112] LOCAL - <STCPCFG> - O serviço '%s' não
foi removido corretamente [codigo:%u].\n\nExecute a
seguinte linha de comando:\n\n--> '%s %s -delservice' <-[MSG8113] LOCAL - <STCPCFG> - O serviço '%s' não
foi instalado corretamente [codigo:%u].\n\nExecute a
seguinte linha de comando:\n\n--> '%s %s -addservice' <-[MSG8114] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: colocar os
direitos no grupo STCPGRP [codigo:%u]
[MSG8115] LOCAL - <STCPCFG> - Não foi informada a
nova senha
[MSG8116] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: arquivo de
configuração '%s' não existe
[MSG8117] LOCAL - <STCPCFG> - Usuário '%s' criado
com sucesso
[MSG8118] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: criar usuário
'%s' [codigo:0x%X]
[MSG8119] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: criar usuário
'%s' já existe
83
M A N U A L
MSG8120
MSG8121
MSG8122
MSG8123
MSG8124
MSG8125
MSG8126
MSG8127
MSG8128
MSG8129
MSG8130
MSG9001
MSG9002
MSG9003
MSG9004
MSG9005
MSG9006
MSG9007
MSG9008
MSG9009
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
[MSG8120] LOCAL - <STCPCFG> - Usuário '%s'
removido com sucesso
[MSG8121] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: remover
usuário '%s' [codigo:0x%X]
[MSG8122] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: remover
usuário '%s' não existe
[MSG8123] LOCAL - <STCPCFG> - Usuário '%s'
modificado com sucesso
[MSG8124] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: modificar
usuário '%s' não existe
[MSG8125] LOCAL - <STCPCFG> - Usuário '%s'
modificado com sucesso
[MSG8126] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: modificar
senha do usuario '%s'
[MSG8127] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: modificar
usuário '%s' não existe
[MSG8128] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: não foi
possível criar o atalho na área de trabalho
[MSG8129] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: não foi
possível remover o atalho da área de trabalho
[MSG8130] LOCAL - <STCPCFG> - Erro: não foi
possível localizar o diretório da área de trabalho
[MSG9001] LOCAL - <STCPCTL> - Erro: não foi
informado o endereço IP
[MSG9002] LOCAL - <STCPCTL> - Erro: porta IP
inválida
[MSG9003] LOCAL - <STCPCTL> - Erro: não foi
informado o usuário
[MSG9004] LOCAL - <STCPCTL> - Erro: não foi
confirmada a senha
[MSG9005] LOCAL - <STCPCTL> - Erro: execução da
linha de comando '%s' [codigo:%u]
[MSG9006] LOCAL - <STCPCTL> - Erro: diretório
inválido ou profile não definido
[MSG9007] LOCAL - <STCPCTL> - Erro: remover o
diretório %s [codigo:0x%X]
[MSG9008] LOCAL - <STCPCTL> - Erro: programa '%s'
não autorizado [codigo:0x%X]
[MSG9009] LOCAL - <STCPCTL> - Erro: remover o
arquivo '%s' [codigo:0x%X]
84
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Códigos de erro geral:
Código
Descrição
1
Operação não permitida, conflito de permissões para o processo.
(EPERM)
2
O arquivo ou diretório selecionado não existe (ENOENT).
3
O processo selecionado não foi encontrado (ESRCH).
4
A função foi interrompida (EINTR).
5
Falha de acesso de entrada ou saída (EIO).
6
Falha de acesso ao dispositivo (ENXIO).
7
Argumento passado para executar o processo excede o limite
permitido (E2BIG).
8
Formato inválido do arquivo executável (ENOEXEC).
9
Descritor utilizado para acesso ao arquivo é inválido (EBADF).
10
Não existe processo filho (ECHILD).
11
Recurso temporariamente indisponível (EAGAIN).
12
Não existe memória disponível (ENOMEM).
13
Falha de permissão para a operação desejada (EACCESS).
14
Endereço de memória inválido (EFAULT).
16
Recurso está ocupado (EBUSY).
17
Arquivo já existe (EEXIST).
18
Falha para executar um link através do sistema de arquivos
(EXDEV).
19
O tipo de dispositivo para operação solicitada é inválido
(ENODEV).
20
O tipo de arquivo informado não é um diretório (ENOTDIR).
21
O tipo de arquivo informado é um diretório (EISDIR).
22
Argumento inválido para a função (EINVAL).
23
Existe um excesso de arquivos abertos no sistema (ENFILE).
24
Existe um excesso de arquivos abertos no processo (EMFILE).
25
Falha de operação para o dispositivo selecionado (ENOTTY).
27
Tamanho do arquivo excede o permitido (EFBIG).
85
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
28
Não existe espaço disponível no dispositivo selecionado
(ENOSPC).
29
Operação inválida de posicionamento (seek) no dispositivo
(ESPIPE).
30
Operação inválida em um dispositivo somente de leitura (EROFS).
31
Excedido número de referências para o mesmo arquivo
(EMLINK).
32
Pipe interrompido (EPIPE).
33
Falha para executar uma função matemática (EDOM).
34
Falha de overflow ou underflow (ERANGE).
36
(EDEADLK)
39
Recurso de lock não disponível (ENOLCK).
40
Função não implementada (ENOSYS).
42
Falha na decodificação de um caractere multibyte (EILSEQ).
80
Arquivo duplicado ao executar função ―COPY‖. Verificar arquivo
duplicado na pasta de destino.
183
Arquivo duplicado ao executar função ―MOVE‖. Verificar arquivo
duplicado na pasta de destino.
Códigos de erro de transferência do protocolo Odette
Código
Descrição
400
Null.
401
Nome do arquivo inválido.
402
Parâmetro Destination da seção Odette inválido.
403
Parâmetro Originator da seção Odette inválido.
404
Formato do registro não suportado.
405
Tamanho do registro não suportado.
406
Tamanho do arquivo excede o máximo permitido.
410
Contador do registro inválido.
411
Contador de bytes inválido.
412
Falha no método de acesso.
413
Arquivo duplicado ou diretório RESTART não existe.
86
M A N U A L
499
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Código não especificado: um erro foi detectado, mas não pode ser
adequadamente descrito pelos códigos disponíveis.
Códigos de erro de sessão do protocolo Odette
Código
Descrição
501
Comando inválido no pacote ODETTE.
502
Violação de protocolo: comando especificou uma função inválida no
estado atual.
503
Código do usuário não cadastrado no servidor.
504
Senha inválida.
505
Erro no computador local, comunicação sendo terminada.
506
Comando contém dados inválidos.
507
Tamanho do pacote ODETTE inválido.
508
Excedido o limite máximo de conexões do usuário.
509
Excedido tempo limite de inatividade.
510
Modo incompatível.
599
Código não especificado: um erro foi detectado, mas não pode ser
adequadamente descrito pelos códigos disponíveis.
Códigos de erro da transferência:
Código
Descrição
1001
Operação não permitida, conflito de permissões para o processo
(EPERM).
1002
O arquivo ou diretório selecionado não existe (ENOENT).
1003
O processo selecionado não foi encontrado (ESRCH).
1004
A função foi interrompida (EINTR).
1005
Falha de acesso de entrada ou saída (EIO).
1006
Falha de acesso ao dispositivo (ENXIO).
1007
Argumento passado para executar o processo excede o limite
permitido (E2BIG).
1008
Formato inválido do arquivo executável (ENOEXEC).
87
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
1009
Descritor utilizado para acesso ao arquivo é inválido (EBADF).
1010
Não existe processo filho (ECHILD).
1011
Recurso temporariamente indisponível (EAGAIN).
1012
Não existe memória disponível (ENOMEM).
1013
Falha de permissão para a operação desejada (EACCESS).
1014
Endereço de memória inválido (EFAULT).
1016
Recurso está ocupado (EBUSY).
1017
Arquivo já existe (EEXIST).
1018
Falha para executar um link através do sistema de arquivos
(EXDEV).
1019
O tipo de dispositivo para operação solicitada é inválido
(ENODEV).
1020
O tipo de arquivo informado não é um diretório (ENOTDIR).
1021
O tipo de arquivo informado é um diretório (EISDIR).
1022
Argumento inválido para a função (EINVAL).
1023
Existe excesso de arquivos abertos no sistema (ENFILE).
1024
Existe excesso de arquivos abertos no processo (EMFILE).
1025
Falha de operação para o dispositivo selecionado (ENOTTY).
1027
Tamanho do arquivo excede o permitido (EFBIG).
1028
Não existe espaço disponível no dispositivo selecionado
(ENOSPC).
1029
Operação inválida de posicionamento (seek) no dispositivo.
1030
Operação inválida em um dispositivo somente de leitura (EROFS).
1031
Excedido número de referências para o mesmo arquivo
(EMLINK).
1032
Pipe interrompido (EPIPE).
1033
Falha para executar uma função matemática (EDOM).
1034
Falha de overflow ou underflow (ERANGE).
1036
O sistema ficou bloqueado (EDEADLK).
1039
Recurso de lock não disponível (ENOLCK).
1040
Função não implementada (ENOSYS).
1042
Falha na decodificação de um caractere multibyte (EILSEQ).
1100
O arquivo contém a extensão de timestamp externa inválida.
88
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Verifique a opção Remover timestamp.
1101
O nome do arquivo excedeu o limite máximo de 26 (vinte e seis)
caracteres. Verifique a opção Nome longo para arquivos.
1102
O nome do arquivo contém caractere inválido ou espaço em
branco.
1103
O nome do arquivo está bloqueado. Verifique a opção de Filtro de
arquivos.
1104
O tamanho do arquivo excedeu o limite. Verifique a opção de
Tamanho máximo.
1203
Erro: conectar recurso.
1265
Null.
Códigos de erro genérico da interface de comunicação:
Código
Descrição
6801
Falha alocação de memória.
6802
Parâmetro com a localização da biblioteca de comunicação
(DLLName) não foi informado no arquivo de configuração.
6803
Falha na carga da biblioteca de comunicação.
6804
Biblioteca de comunicação inválida ou corrompida.
Códigos de erro da interface de comunicação TCP/IP (RAS):
Código
Descrição
9005
Acesso negado. Verifique usuário e senha.
9600
Uma operação está pendente.
9601
Descritivo para porta é inválido.
9602
A porta já está aberta.
9603
Buffer é pequeno.
9604
Erro na informação especificada.
9605
Não pode configurar informação para porta.
9606
A porta não está conectada.
89
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
9607
Evento inválido.
9608
O dispositivo não existe.
9609
O tipo de dispositivo não existe.
9610
Buffer inválido.
9611
A rota não está disponível.
9612
A rota não está alocada.
9613
Compressão especificada é inválida.
9614
Não existem buffers disponíveis.
9615
A porta não foi encontrada.
9616
Requisição assíncrona está pendente.
9617
A porta ou dispositivo já está desconectando.
9618
A porta não está aberta.
9619
A porta está desconectada.
9620
Não existem endpoints.
9621
Não pode abrir o arquivo do phone book.
9622
Não pode carregar o arquivo do phone book.
9623
Não pode achar a entrada do phone book.
9624
Não pode escrever no arquivo do phone book.
9625
Informação inválida encontrada no arquivo do phone book.
9626
Não pode carregar uma string.
9627
A chave não foi encontrada.
9628
A porta foi desconectada.
9629
A conexão foi terminada pelo computador remoto.
9630
A porta foi desconectada em virtude de uma falha no hardware.
9631
A porta foi desconectada pelo usuário.
9632
O tamanho da estrutura está incorreto.
9633
A porta já está em uso ou não foi configurada para acesso remoto.
9634
O seu computador não pode ser registrado na rede remota.
9635
Erro desconhecido.
9636
Um dispositivo errado foi associado à porta.
9637
A string não pode ser convertida.
9638
Excedido tempo limite.
90
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
9639
Rede assíncrona não disponível.
9640
Erro de NETBIOS.
9641
O servidor não pode alocar recursos de NETBIOS necessários para
o cliente.
9642
Um de seus nomes NETBIOS já está registrado na rede remota.
9643
O adaptador de rede no servidor falhou.
9644
Não receberá mensagem da rede de popups.
9645
Erro de autenticação.
9646
A conta não está permitida a fazer logon nessa hora do dia.
9647
A conta está desabilitada.
9648
A senha expirou.
9649
A conta não tem permissão para fazer acesso remoto.
9650
O servidor de acesso remoto não está respondendo.
9651
Seu modem (ou outro dispositivo conectado) reportou erro.
9652
Resposta não reconhecida pelo dispositivo.
9653
Uma macro requisitada pelo dispositivo não foi encontrada no
arquivo de configuração do dispositivo.
9654
Um comando ou resposta no arquivo de configuração do dispositivo
faz referência a uma macro indefinida.
9655
A macro não foi encontrada no arquivo de configuração do
dispositivo.
9656
A macro no arquivo de configuração do dispositivo está indefinida.
9657
O arquivo de configuração do dispositivo não pode ser aberto.
9658
O nome do dispositivo de configuração é muito longo.
9659
O arquivo de configuração faz referência a um nome de dispositivo
desconhecido.
9660
O arquivo de configuração do dispositivo não contém respostas para
o comando.
9661
No arquivo de configuração do dispositivo está faltando um
comando.
9662
Tentativa de configurar uma macro não listada no arquivo de
configuração do dispositivo.
9663
O arquivo de configuração faz referência a um tipo de dispositivo
desconhecido.
91
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
9664
Não pode alocar memória.
9665
A porta não está configurada para acesso remoto.
9666
Seu modem (ou outro dispositivo conectado) não está funcionando.
9667
Não pode ler o arquivo de configuração.
9668
A conexão caiu.
9669
O parâmetro ―usage‖ no arquivo de configuração é inválido.
9670
Não pode ler o nome da seção do arquivo de configuração.
9671
Não pode ler o tipo de dispositivo do arquivo de configuração.
9672
Não pode ler o nome do dispositivo do arquivo de configuração.
9674
Não pode ler a velocidade máxima de conexão do arquivo de
configuração.
9675
Não pode ler a velocidade máxima da portadora do arquivo de
configuração.
9676
A linha está ocupada.
9677
Uma pessoa respondeu em vez do modem.
9678
Não existe resposta.
9679
Portadora não detectada.
9680
Não existe tom de linha.
9681
Erro geral reportado pelo dispositivo.
9691
Acesso negado porque o usuário e/ou senha está inválida no
domínio.
9692
Falha de hardware.
9699
A resposta do dispositivo causou estouro de buffer.
9701
O dispositivo mudou para uma velocidade não suportada pelo driver
COM.
9702
Resposta recebida do dispositivo quando nenhuma resposta era
esperada.
9703
A aplicação não permite interação com o usuário. A conexão requer
interação com o usuário para completar com sucesso.
9708
A conta expirou.
9709
Erro trocando a senha no domínio. A senha deve estar curta ou já foi
utilizada.
9710
Erros de overrun na serial foram detectados durante a comunicação
com seu modem.
92
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
9711
Falha na inicialização do RASMAN. Verifique o log de evento.
9712
Porta biplex inicializando. Aguarde alguns minutos e redisque.
9713
Linhas ISDN não estão disponíveis.
9714
Canais ISDN não estão disponíveis para fazer a chamada.
9715
Muitos erros ocorreram em virtude da baixa qualidade de linha.
9717
Endereços IP's não estão disponíveis na lista de IP's estáticos do
acesso remoto.
9718
Timeout aguardando por uma resposta válida do PPP remoto.
9719
PPP terminado pela máquina remota.
9720
Nenhum protocolo de controle configurado.
9721
PPP remoto não está respondendo.
9722
O pacote PPP é inválido.
9723
O número do telefone, incluindo o prefixo e o sufixo, é muito longo.
9724
O protocolo IPX não pode discar na porta porque a máquina é um
roteador IPX.
9725
O protocolo IPX não pode discar na porta porque o roteador IPX
não está instalado.
9726
O protocolo IPX não pode ser usado para dial-out por mais de uma
porta ao mesmo tempo.
9727
Não pode acessar o arquivo TCPCFG.DLL.
9728
Não pode encontrar um adaptador IP para acesso remoto.
9729
SLIP não pode ser usado a menos que o protocolo IP seja instalado.
9730
Registro do computador não está completo.
9731
O protocolo não está configurado.
9732
A negociação PPP não está convergindo.
9733
O protocolo de controle PPP não está disponível no servidor.
9734
O protocolo de controle PPP terminou.
9735
O endereço requisitado foi rejeitado pelo servidor.
9736
O computador remoto terminou o protocolo de controle.
9737
Detectado loopback.
9738
O servidor não associou um endereço.
9739
O protocolo de autenticação requerido pelo servidor remoto não
pode usar a senha com criptografia do Windows NT. Disque
93
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
novamente, entrando com a senha.
9740
Configuração TAPI inválida.
9741
O computador local não suporta o tipo de criptografia requerida.
9742
O computador remoto não suporta o tipo de criptografia requisitada.
9743
O computador remoto requer criptografia.
9744
O número da rede IPX associado pelo servidor remoto não pode ser
usado. Verifique o log de evento.
9745
SMM inválido.
9746
SMM não iniciado.
9748
SMM Timeout.
9749
Número do telefone errado.
9750
Módulo errado.
9751
Número do callback inválido. Somente os caracteres de 0 até 9, T, P,
W, ( , ), -, @ e espaço são permitidos no número.
9752
Um erro de sintaxe foi encontrado durante processamento de um
script.
9753
A conexão não pode ser desconectada porque foi criada pelo MultiProtocol Router.
9804
A conexão RAS não foi estabelecida.
9805
O usuário para autenticação do RAS não foi configurado.
Códigos de erro da interface de comunicação TCP/IP:
Código
Descrição
10004
A função foi interrompida (WSAEINTR).
10009
Descritor utilizado para acesso é inválido (WSAEBADF).
10013
Falha de permissão para a operação desejada (WSAEACCESS).
10014
Endereço de memória inválido (WSAEFAULT).
10022
Argumento inválido para a função (WSAEINVAL).
10024
Excesso de sockets abertas no processo (WSAEMFILE).
10035
Recurso temporariamente indisponível (WSAEWOULDBLOCK).
10036
Existe uma operação em andamento (WSAEINPROGRESS).
10037
Existe uma operação em andamento (WSAEALREADY).
94
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
10038
Operação solicitada em um handle inválido (WSAENOTSOCK).
10039
Um endereço IP é requerido (WSAEDESTADDREQ).
10040
Mensagem excede o tamanho permitido (WSAEMSGSIZE).
10041
Protocolo inválido para a socket (WSAEPROTOTYPE).
10042
Opção inválida para o protocolo (WSAENOPROTOOPT).
10043
Protocolo não é suportado (WSAEPROTONOSUPPORT).
10044
Tipo de socket não é suportado (WSAESOCKTNOSUPPORT)
10045
Operação não é suportada (WSAEOPNOTSUPP).
10046
Família de protocolo não é suportada (WSAEPFNOSUPPORT).
10047
Família de endereço não é suportada pela família de protocolo
(WSAEAFNOSUPPORT).
10048
Endereço já esta em uso (WSAEADDRINUSE).
10049
Endereço não está disponível (WSAEADDRNOTAVAIL).
10050
A rede está inoperante (WSAENETDOWN).
10051
A rede não foi localizada. (WSAENETUNREACH).
10052
A conexão de rede foi abortada por um reset (WSAENETRESET).
10053
A conexão de rede
(WSAECONNABORTED).
10054
A conexão de rede foi abortada pelo computador remoto
(WSAECONNRESET).
10055
A operação solicitada não pode ser concluída por falta de memória
(WSAENOBUFS).
10056
Foi solicitada uma conexão em uma socket já conectada
(WSAEISCONN).
10057
A socket não está conectada, a operação de transmissão e recepção
está desabilitada (WSAENOTCONN).
10058
A socket está conectada em shutdown, a operação de transmissão e
recepção está desabilitada (WSAESHUTDOWN).
10059
(WSAETOOMANYREFS).
10060
A solicitação de conexão falhou porque o computador remoto não
respondeu durante um período de tempo (WSAETIMEDOUT).
10061
A solicitação de conexão foi recusada porque o computador remoto
não tem o serviço solicitado disponível (WSAECONNREFUSED).
95
foi
abortada
pelo
software
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
10062
(WSAELOOP).
10063
(WSAENAMETOOLONG).
10064
A operação falhou porque o computador remoto encontra-se
desativado (WSAEHOSTDOWN).
10065
Uma operação foi solicitada para um computador remoto
desconhecido (WSAEHOSTUNREACH).
10066
(WSAENOTEMPTY).
10067
Excedeu o limite de processos (WSAEPROCLIM).
10068
(WSAEUSERS).
10069
(WSAEDQUOT).
10070
(WSAESTALE).
10071
(WSAEREMOTE).
10091
Subsistema de rede não está disponível (WSASYSNOTREADY).
10092
Versão
da
winsock.dll
(WSAVERNOTSUPPORTED).
10093
A winsock não foi iniciada (WSANOTINITIALISED).
10101
O comando de shutdown está em andamento (WSAEDISCON)
10801
A alocação de memória de controle falhou.
10805
A criação da semáfora de controle da recepção falhou.
10806
A criação da semáfora de controle do término da recepção falhou.
10807
A alocação do buffer de recepção falhou.
10808
A alocação do buffer de transmissão falhou.
10809
Identificador da conexão já foi liberado ou está inválido.
10811
A biblioteca de comunicação RAS não carregou corretamente.
10822
A conexão já foi encerrada.
10830
A configuração do modo de comunicação está inválida.
10831
O endereço do computador remoto não foi configurado.
10900
A compressão dos dados não foi concluída com sucesso.
10901
A descompressão dos dados não foi concluída com sucesso.
10902
O tipo do servidor proxy configurado não é suportado.
96
não
é
suportada
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Códigos de erro da interface de comunicação X.25:
Código
Descrição
15001
Erro interno do sistema.
15002
Erro interno do sistema.
15004
Erro interno do sistema.
15005
O link de comunicação não está ativo.
15007
A rede enviou um reset, então verifique se o sinal 104 no modem
está ligado. Caso contrário, entre em contato com provedor da rede.
15008
Comando para interface X.25 inválido.
15009
Todos os canais lógicos do circuito estão ocupados.
15010
A operação desejada não pode ser realizada.
15014
O nível 2 do X.25 não está ativo.
15015
O número de transmissões ou recepções pendentes excedeu o
limite máximo das filas internas do X.25.
15016
Foi recebido um pacote de confirmação de CLEAR em resposta a
um RESET.
15017
Chegou uma mensagem com o tamanho maior do que o buffer
especificado na aplicação.
15018
Foi recebida uma mensagem com o bit qualificado ligado, porém
isto não afeta na utilização da aplicação.
15019
O usuário enviou uma desconexão para o remoto.
15020
O assinante chamado solicitou a desconexão ou o reinício.
15021
Todos os canais lógicos do número chamado estão ocupados.
15022
Recebeu uma desconexão do remoto, após a conexão ter sido
estabelecida.
15023
Não existe esta facilidade.
15025
A rede está congestionada. Tente mais tarde.
15026
O número chamado está fora de serviço.
15029
O número chamado está fora de serviço.
15031
O número chamado pertence a um grupo fechado.
15033
O número chamado não existe.
15037
Recebeu uma desconexão do remoto.
15039
A rede detectou um erro de procedimento do assinante local.
97
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
15041
RPOA desconectado.
15045
O número chamado não aceita uma chamada a cobrar.
15053
O número chamado não é válido.
15061
Esta facilidade não foi contratada.
15070
O usuário enviou um reset.
15073
Recebeu um reset do remoto.
15075
A rede detectou um erro do assinante local.
15077
A rede está congestionada. Tente mais tarde.
15079
O número chamado está fora do ar.
15085
A rede enviou um reset.
15087
O número chamado não é válido.
15090
Não respondeu a uma conexão.
15091
Foi enviado um reinício.
15092
Não respondeu a um comando de reset.
15093
Não respondeu a um comando de interrupção.
15094
Não foi possível alocar memória para dicionário de compressão
para recepção.
15095
Não foi possível alocar memória para dicionário de compressão
para transmissão.
15099
O número chamado está fora de serviço.
15801 a Erro interno na APIX25.
15808
15809
Comunicação encerrada pelo remoto.
15902
Erro no encapsulamento do pacote.
Códigos de erro da interface de comunicação Serial:
Código
Descrição
17601
Não há memória disponível.
17602
Erro interno.
17603
Erro na abertura da porta serial.
17604
Acesso à porta serial não é permitido.
98
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
17605
Porta serial não encontrada.
17606
Erro na configuração da porta serial.
17607
Erro na porta serial ao receber.
17608
Erro na porta serial ao enviar.
17631
Não há número para discar.
17632
Não foi informado o endereço (DTE) para conexão.
17633
Erro de alocação de memória.
17634
Comando de modem inválido (ERROR).
17635
Modem ocupado (BUSY).
17636
Modem sem portadora (NO CARRIER).
17637
Modem sem tom de discagem (NO DIAL TONE).
17638
Modem recebendo chamada (RING).
17639
Excedeu tempo limite de espera por uma resposta do modem.
17640
Porta serial inválida, cabo não conectado ao modem, qualquer
reposta inválida do PAD ou do modem.
17661
CLEAR recebido do remoto.
17662
Comando do PAD inválido.
17663
RESET enviado pelo PAD.
17664
PAD já conectado (ENGAGED).
17665
Excedeu tempo limite de espera por uma resposta do PAD.
17671
Queda dos sinais do MODEM. Não é possível transmitir ou receber.
17672
PAD não ativo. Não é possível transmitir ou receber.
17673
Processo cancelado pelo usuário.
Códigos de erro da interface de comunicação TCP/IP (Criptografia
Nativa):
Código
Descrição
18001
A execução da criptografia não foi concluída com sucesso.
18002
A execução da decriptografia não foi concluída com sucesso.
18003
A importação da chave pública não foi concluída com sucesso.
18004
A exportação da chave de sessão não foi concluída com sucesso.
99
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
18005
A importação da chave de sessão não foi concluída com sucesso.
18006
A criação do contexto de criptografia não foi concluída com sucesso.
18007
A geração da chave pública não foi concluída com sucesso.
18008
A geração da chave de sessão não foi concluída com sucesso.
18009
A exportação da chave pública não foi concluída com sucesso.
18900
O tempo limite de negociação das chaves expirou.
18901
A negociação das chaves foi cancelada.
18902
Falha interna.
Códigos de erro da interface de comunicação TCP/IP (Proxy):
Código
Descrição
19001
O servidor informou um erro geral (SOCKS5).
19002
A conexão com o endereço solicitado está bloqueada (SOCKS5).
19003
A rede não foi encontrada (SOCKS5).
19004
O endereço solicitado não foi encontrado (SOCKS5).
19005
A solicitação de conexão foi recusada (SOCKS5).
19006
O TTL expirou (SOCKS5).
19007
O comando solicitado não é suportado (SOCKS5).
19008
O tipo de endereço não é suportado (SOCKS5).
19091
A solicitação foi rejeitada ou falhou (SOCKS4).
19092
A solicitação foi rejeitada porque o servidor SOCKS não conseguiu
comunicar com o identd (SOCKS4).
19093
A solicitação foi rejeitada porque o servidor SOCKS não conseguiu
comunicar com o identd (SOCKS4).
19256 a
A autenticação do usuário não foi aceita (SOCKS5).
19399
19401
A solicitação foi recusada pelo proxy (HTTP).
19402
Este código é reservado para uso futuro (HTTP).
19403
O usuário/senha não foi autenticado (HTTP).
19404
A página solicitada não foi encontrada (HTTP).
100
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
19405
Método de acesso não é permitido (HTTP).
19406
O recurso não tem as características solicitadas (HTTP).
19407
O servidor proxy requer autenticação (HTTP).
19408
Tempo expirado para a requisição (HTTP).
19409
A requisição não pode ser processada porque tem um conflito de
recurso (HTTP).
19410
O recurso solicitado não está disponível (HTTP).
19411
O servidor recusou a solicitação porque não encontrou o campo
Content-Length (HTTP).
19412
O servidor recusou a solicitação porque o campo pre-conditions está
inválido (HTTP).
19413
O servidor recusou a solicitação porque o conteúdo excede o
tamanho limite (HTTP).
19414
O servidor recusou a solicitação porque o campo URI excede o
limite (HTTP).
19415
O servidor recusou a solicitação porque tem um formato não
suportado (HTTP).
19416
O servidor recusou a solicitação porque o campo Range tem um
valor não suportado (HTTP).
19417
O servidor recusou a solicitação porque o campo Expect tem um
valor não suportado (HTTP).
19500
O servidor encontrou um erro interno ao tentar processar a
solicitação (HTTP).
19501
O servidor não suporta uma funcionalidade solicitada (HTTP).
19502
O servidor não conseguiu estabelecer contato ou houve falha na
conexão com o outro servidor (HTTP).
19503
O servidor não está disponível para processar a solicitação (HTTP).
19504
Ocorreu timeout na comunicação entre os servidores (HTTP).
19505
O servidor recusou a solicitação porque a versão do protocolo não é
suportada (HTTP).
19512
A versão informada não é suportada (SOCKS4, SOCKS5).
19513
O método de autenticação solicitado não é suportado (SOCKS5).
19514
O tempo limite de resposta expirou (SOCKS4, SOCKS5, HTTP).
19515
Falha interna.
101
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Códigos de erro da interface de comunicação TCP/IP (Criptografia
SSL3):
Código
Descrição
20001
A negociação do protocolo SSL3 não foi concluída com sucesso.
20002
O protocolo está aguardando uma leitura.
20003
O protocolo está aguardando uma escrita.
20004
O protocolo está aguardando verificação do certificado (X509).
20005
O protocolo reportou um erro na pilha TCP/IP.
20006
O protocolo está em operação.
20007
O protocolo está aguardando um comando de CONNECT.
20008
O protocolo está aguardando um comando de ACCEPT.
20851
Falha de alocação de contexto para SSL3.
20852
Lista de algoritmos inválidos.
20853
Certificado inválido ou não encontrado.
20854
Arquivo de chave privativa inválido ou não encontrado.
20855
Arquivo de certificado inválido para a chave privativa.
20856
Diretório dos arquivos de certificados CA inválido ou não existe.
20857
Diretório dos arquivos de certificados inválido ou não existe.
20858
Contexto de conexão SSL3 inválido.
20859
Falha ao configurar o descritor da conexão SSL3.
102
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
6) Arquivo de Auditoria
O Arquivo de auditoria
O
STCP OFTP Client gera um arquivo diário de auditoria, contendo as
informações correspondentes ao início e final da sessão, início e final da
transferência. Através destes arquivos é possível criar relatórios e estatísticas
de utilização do serviço.
O arquivo de auditoria é armazenado no subdiretório de controle LOG com a seguinte
nomenclatura: YYYYMMDD.log.txt, cada linha do arquivo é um registro de formato
fixo, contendo as informações descritas a seguir:
Formato do arquivo de Auditoria
Seq. Tam. Formato Descrição
1
14
N
Data e hora da ocorrência. (YYYYMMDDhhmmss)
2
4
N
Código da operação relacionada a este registro:
0000 – Início de sessão de entrada
0001 – Fim de sessão de entrada
0002 – Início de sessão de saída
0003 – Fim de sessão de saída.
0004 – Início de transmissão do arquivo
0005 – Fim de transmissão do arquivo
0006 – Início de recepção do arquivo
0007 – Fim de recepção do arquivo.
3
30
X
Nome do Perfil
4
16
X
Nome do processo de comunicação
5
8
X
Código do processo
6
8
X
Código da thread
7
6
N
Resultado
000000 – Sucesso
8
12
N
Tamanho do arquivo
9
256
X
Nome do arquivo
10
128
X
Informações gerais
103
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
7) Segurança
Como é a segurança do STCP OFTP Client
O
STCP OFTP Client implementa a segurança em dois níveis: autenticação do
usuário pela aplicação e a criptografia dos dados.
Autenticação do usuário pela aplicação (ODETTE ID)
A autenticação do usuário é realizada pela aplicação através do reconhecimento de um
usuário com até 26 (vinte e seis) caracteres e senha com até 8 (oito) caracteres antes do
início da transferência.
Criptografia
Criptografia é a codificação dos dados com o objetivo de proteger o seu conteúdo das
pessoas indesejadas. Os algoritmos matemáticos usados para proteger os dados são
chamados de codificadores.
Existem dois tipos de codificadores: assimétricos (chave pública) e simétricos
(convencionais).
Os codificadores assimétricos operam com um par de chaves: pública e privada. A
chave que codifica os dados não é a mesma que decodifica.
Os codificadores simétricos utilizam uma única chave. A chave que codifica os dados é
a mesma que decodifica.
Os codificadores simétricos são mais rápidos do que os assimétricos e por isso são
utilizados para codificar grandes volumes de dados, porém os assimétricos servem para
manter a privacidade durante a troca das chaves simétricas e a assinatura digital.
Message Digests (sumário da mensagem)
A representação de uma mensagem de tamanho variável em uma mensagem pequena
de tamanho fixo é chamada de ‗hash‘ ou ‗Message Digests‘ (Sumário da Mensagem).
Os algoritmos de ‗hash‘ foram desenhados de maneira a produzirem uma
representação única para cada mensagem e tornar extremamente difícil o processo de
reconstrução da mensagem a partir do seu ‗hash‘. É impossível diferentes mensagens
produzirem o mesmo ‗hash‘.
104
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Assinatura Digital
A Assinatura Digital é o processo de codificar o ‗hash‘ de uma determinada mensagem
com a chave privativa do emissor. Qualquer um que receba a mensagem digitalmente
assinada pode, através da chave pública do emissor, decodificar o ‗hash‘ e verificar a
sua origem.
Certificado
O Certificado é a associação da chave pública com a identificação do seu possuidor
(nome do indivíduo, endereço do servidor ou outro) emitido e assinado por uma
Autoridade Certificadora (CA).
O Certificado inclui também as informações da autoridade certificadora e o seu
período de validade. Adicionalmente mais informações (extensões) podem ser
associadas (número de série e outras).
Autoridade Certificadora (CA)
A Autoridade Certificadora é a empresa responsável pela verificação e processamento
das solicitações de certificado (certificate request), emissão e manutenção deles. Estas
empresas mantêm uma lista de procedimentos e exigências para garantir a
autenticidade do possuidor da chave pública.
É possível a criação de sua própria autoridade certificadora (CA), em geral, para ser
utilizada dentro da própria rede (Intranet).
105
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Secure Socket Layer (SSL)
OFTP
HTTP
SSL
Alert
Protocol
SSL
Change
Cipher Spec
SSL
Handshake
Protocol
O SSL é uma camada de protocolo para utilização entre a aplicação e a camada de
comunicação TCP/IP. O SSL fornece os serviços de comunicação segura entre a
aplicação cliente e servidor, permitindo a mútua autenticação, assinatura digital
(integridade) e criptografia (privacidade).
SSL Record Protocol
TCP
IP
Figura 1 - Arquitetura SSL
O SSL suporta a escolha específica dos algoritmos utilizados para criptografia, ‗hash‘ e
assinatura digital. A seleção dos algoritmos entre o cliente e servidor é realizada no
estabelecimento da sessão do protocolo.
O SSL tem diferentes versões, a adotada pelo STCP OFTP Client é a versão 3.0.
Criptografia no STCP OFTP Client
O STCP OFTP Client utiliza a criptografia no nível de transporte onde um túnel
seguro é estabelecido entre o cliente e o servidor, e todos os dados trafegados são
codificados. A escolha do tipo de criptografia: Nativa ou SSL3 é realizada na
configuração do produto.
106
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
A Criptografia Nativa
A ―criptografia nativa‖ é uma implementação proprietária de troca de chaves e
criptografia dos dados utilizando os algoritmos de chaves simétricas e assimétricas
onde as chaves são negociadas dinamicamente. São 3 (três) as opções de configuração
para os níveis de criptografia: Normal, Média e Alta, com as seguintes características:
Normal Média Alta
-
Chave assimétrica de 512 bits e chave simétrica de 48 bits
Chave assimétrica de 1024 bits e chave simétrica de 56 bits
Chave assimétrica de 2048 bits e chave simétrica de 128 bits
A criptografia SSL3 no STCP OFTP Client
O STCP OFTP Client inicia o processo de comunicação segura com a solicitação para
a camada SSL3 da abertura de uma nova sessão com a troca da chave pública
(assimétrica) seguida da troca da chave de sessão (simétrica).
Estes são os passos realizados para a troca de chaves:
1. O cliente solicita a abertura de uma sessão segura com o servidor. O
servidor tem um certificado (X.509), contendo a chave pública e uma
chave privada.
2. O servidor envia uma cópia do seu certificado contendo a chave pública
para o cliente.
3. O cliente gera uma nova chave simétrica para esta sessão.
4. O cliente codifica a chave de sessão com a chave pública do servidor e
envia a chave de sessão codificada para o servidor.
5. O servidor utiliza a sua chave privativa para decodificar a chave de sessão.
O STCP OFTP Client possibilita a configuração do conjunto de algoritmos a serem
utilizados para codificação na criptografia, assinatura digital e hash.
107
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Arquitetura de comunicação do STCP OFTP Client
STCP OFTP Core
Subsistema de Rede
SSL3
X.25
Subsistema de Log
NATIVA
X.28
SERIAL
TXT
ODBC*
mySQL*
TCP/IP
Figura 2 – Arquitetura do STCP OFTP Client
O STCP OFTP Client tem uma arquitetura modular e possibilita a configuração de
diferentes tipos de comunicação.
108
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Quais os algoritmos suportados na comunicação SSL3
O STCP OFTP Client permite a configuração de diferentes algoritmos e grupos de
algoritmos para comunicação SSL3, abaixo segue a lista e definições:
Algoritmos
Descrição
ALL
HIGH
MEDIUM
LOW
EXP
EXPORT
EXPORT40
EXPORT56
eNULL
NULL
aNULL
Todos os algoritmos.
Codificadores com chave maiores que 128 bits.
Codificadores com chave de 128 bits.
Codificadores com chave de 56 ou 64 bits.
Codificadores exportáveis com 40 ou 56 bits.
RSA
kEDH
kDHr
kDHd
aRSA
aDSS
DSS
aDH
kFZA
aFZA
eFZA
FZA
DH
ADH
3DES
DES
RC4
RC2
IDEA
AES
MD5
SHA
SHA1
Codificadores exportáveis com 40 bits.
Codificadores exportáveis com 56 bits.
Sem codificadores (não recomendado).
Sem autenticação. Corresponde ao algoritmo DH anonymous. Esta
configuração é vulnerável ao ataque ―man in the middle‖ (não
recomendado).
Codificadores que utilizam RSA para troca de chave.
Codificadores que utilizam EDH (Ephemeral Diffie Helman) para
validação da chave.
Codificadores que utilizam DH (Diffie Helman) para validação da
chave e certificado DH assinado por uma CA com chave RSA.
Codificadores que utilizam DH para validação da chave e certificado
DH assinado por uma CA com chave DSS.
Autenticação RSA com certificado com chave RSA.
Autenticação DSS com certificado com chave DSS.
Autenticação DH com certificado com chave DH.
Codificadores, autenticação com algoritmo FORTEZZA (não
disponível).
Codificadores DH incluindo o DH anônimo.
Codificadores DH anônimo.
Codificadores triple DES.
Codificadores DES (Data Encryption Standard).
Codificadores RC4.
Codificadores RC2.
Codificadores IDEA.
Codificadores AES (Advanced Encryption Standard).
MD5
SHA1
109
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Conjunto de Algoritmos
Descrição
ADH-AES256-SHA
Troca de chaves = Diffie-Helman
Autenticação = Sem
Criptografia = AES com 256 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = Diffie-Helman
Autenticação = RSA
Criptografia = AES com 256 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = Diffie-Helman
Autenticação = DSS
Criptografia = AES com 256 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA
Autenticação = RSA
Criptografia = AES com 256 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = Diffie-Helman
Autenticação = Sem
Criptografia = AES com 128 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = Diffie-Helman
Autenticação = RSA
Criptografia = AES com 128 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = Diffie-Helman
Autenticação = DSS
Criptografia = AES com 128 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA
Autenticação = RSA
Criptografia = AES com 128 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = DH
Autenticação = DSS
Criptografia = RC4 com 128 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = DH (1024)
Autenticação = DSS
Criptografia = RC4 com 56 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA (1024)
Autenticação = RSA
Criptografia = RC4 com 56 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = DH (1024)
Autenticação = DSS
Criptografia = DES com 56 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA (1024)
Autenticação = RSA
Criptografia = DES com 56 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA (1024)
Autenticação = RSA
Criptografia = RC2 com 56 bits
Mac = MD5
Troca de chaves = RSA (1024)
Autenticação = RSA
Criptografia = RC4 com 56 bits
Mac = MD5
Troca de chaves = DH
Autenticação = RSA
Criptografia = 3DES com 168 bits
Mac = SHA1
DHE-RSA-AES256-SHA
DHE-DSS-AES256-SHA
AES256-SHA
ADH-AES128-SHA
DHE-RSA-AES128-SHA
DHE-DSS-AES128-SHA
AES128-SHA
DHE-DSS-RC4-SHA
EXP1024-DHE-DSS-RC4-SHA
EXP1024-RC4-SHA
EXP1024-DHE-DSS-DES-CBC-SHA
EXP1024-DES-CBC-SHA
EXP1024-RC2-CBC-MD5
EXP1024-RC4-MD5
EDH-RSA-DES-CBC3-SHA
110
M A N U A L
S T C P
O F T P
EDH-RSA-DES-CBC-SHA
EXP-EDH-RSA-DES-CBC-SHA
EDH-DSS-DES-CBC3-SHA
EDH-DSS-DES-CBC-SHA
EXP-EDH-DSS-DES-CBC-SHA
DES-CBC3-SHA
DES-CBC-SHA
EXP-DES-CBC-SHA
IDEA-CBC-SHA
EXP-RC2-CBC-MD5
RC4-SHA
RC4-MD5
EXP-RC4-MD5
ADH-DES-CBC3-SHA
ADH-DES-CBC-SHA
EXP-ADH-DES-CBC-SHA
ADH-RC4-MD5
C L I E N T
3 . 1 . 0
Troca de chaves = DH
Autenticação = RSA
Criptografia = DES com 56 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = DH (512)
Autenticação = RSA
Criptografia = DES com 40 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = DH
Autenticação = DSS
Criptografia = 3DES com 168 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = DH
Autenticação = DSS
Criptografia = DES com 56 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = DH (512)
Autenticação = DSS
Criptografia = DES com 40 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA
Autenticação = RSA
Criptografia = 3DES com 168 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA
Autenticação = RSA
Criptografia = DES com 56 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA (512)
Autenticação = RSA
Criptografia = DES com 40 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA
Autenticação = RSA
Criptografia = IDEA com 128 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA (512)
Autenticação = RSA
Criptografia = RC2 com 40 bits
Mac = MD5
Troca de chaves = RSA
Autenticação = RSA
Criptografia = RC4 com 128 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA
Autenticação = RSA
Criptografia = RC4 com 128 bits
Mac = MD5
Troca de chaves = RSA(512)
Autenticação = RSA
Criptografia = RC4 com 40 bits
Mac = MD5
Troca de chaves = DH
Autenticação = Sem
Criptografia = 3DES com 168 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = DH
Autenticação = Sem
Criptografia = DES com 56 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = DH(512)
Autenticação = Sem
Criptografia = DES com 40 bits
Mac = SHA1
Troca de chaves = DH
Autenticação = Sem
Criptografia = RC4 com 128 bits
111
M A N U A L
S T C P
O F T P
C L I E N T
3 . 1 . 0
Mac = MD5
EXP-ADH-RC4-MD5
NULL-SHA
NULL-MD5
Troca de chaves = DH(512)
Autenticação = Sem
Criptografia = RC4 com 40 bits
Mac = MD5
Troca de chaves = RSA
Autenticação = RSA
Criptografia = Sem
Mac = SHA1
Troca de chaves = RSA
Autenticação = RSA
Criptografia = Sem
Mac = MD5
Por que a implementação OpenSSL
A Riversoft optou pela utilização da implementação do SSL3 OpenSSL na sua linha de
produtos por ser esta atualmente uma das mais utilizada no mercado mundial (Apache,
Squid, Tivoli, VPN-1, Firewall-1 entre diversos outros produtos) e ao mesmo tempo
possibilitar o acesso aos seus códigos fontes pela comunidade internacional.
Adotar as padronizações mundiais OFTP e TLS1/SSL3 é um compromisso da
Riversoft para garantir a interoperabilidade do produto STCP OFTP Client.
Licença OpenSSL
OpenSSL License
--------------/*
=========================================================
===========
* Copyright (c) 1998-2004 The OpenSSL Project. All rights reserved.
*
* Redistribution and use in source and binary forms, with or without
* modification, are permitted provided that the following conditions
* are met:
*
* 1. Redistributions of source code must retain the above copyright
* notice, this list of conditions and the following disclaimer.
*
* 2. Redistributions in binary form must reproduce the above copyright
* notice, this list of conditions and the following disclaimer in
* the documentation and/or other materials provided with the
* distribution.
*
* 3. All advertising materials mentioning features or use of this
* software must display the following acknowledgment:
* "This product includes software developed by the OpenSSL Project
* for use in the OpenSSL Toolkit. (http://www.openssl.org/)"
*
112
* 4. The names "OpenSSL Toolkit" and "OpenSSL Project" must not be used to
* endorse or promote products derived from this software without
* prior written permission. For written permission, please contact
* [email protected]
*
* 5. Products derived from this software may not be called "OpenSSL"
* nor may "OpenSSL" appear in their names without prior written
* permission of the OpenSSL Project.
*
* 6. Redistributions of any form whatsoever must retain the following
* acknowledgment:
* "This product includes software developed by the OpenSSL Project
* for use in the OpenSSL Toolkit (http://www.openssl.org/)"
*
* THIS SOFTWARE IS PROVIDED BY THE OpenSSL PROJECT ``AS IS'' AND ANY
* EXPRESSED OR IMPLIED WARRANTIES, INCLUDING, BUT NOT LIMITED TO,
THE
* IMPLIED WARRANTIES OF MERCHANTABILITY AND FITNESS FOR A
PARTICULAR
* PURPOSE ARE DISCLAIMED. IN NO EVENT SHALL THE OpenSSL PROJECT OR
* ITS CONTRIBUTORS BE LIABLE FOR ANY DIRECT, INDIRECT, INCIDENTAL,
* SPECIAL, EXEMPLARY, OR CONSEQUENTIAL DAMAGES (INCLUDING, BUT
* NOT LIMITED TO, PROCUREMENT OF SUBSTITUTE GOODS OR SERVICES;
* LOSS OF USE, DATA, OR PROFITS; OR BUSINESS INTERRUPTION)
* HOWEVER CAUSED AND ON ANY THEORY OF LIABILITY, WHETHER IN
CONTRACT,
* STRICT LIABILITY, OR TORT (INCLUDING NEGLIGENCE OR OTHERWISE)
* ARISING IN ANY WAY OUT OF THE USE OF THIS SOFTWARE, EVEN IF ADVISED
* OF THE POSSIBILITY OF SUCH DAMAGE.
*
=========================================================
===========
*
* This product includes cryptographic software written by Eric Young
* ([email protected]). This product includes software written by Tim
* Hudson ([email protected]).
*
*/
Original SSLeay License
----------------------/* Copyright (C) 1995-1998 Eric Young ([email protected])
* All rights reserved.
*
* This package is an SSL implementation written
* by Eric Young ([email protected]).
* The implementation was written so as to conform with Netscapes SSL.
*
* This library is free for commercial and non-commercial use as long as
* the following conditions are aheared to. The following conditions
* apply to all code found in this distribution, be it the RC4, RSA,
* lhash, DES, etc., code; not just the SSL code. The SSL documentation
* included with this distribution is covered by the same copyright terms
113
* except that the holder is Tim Hudson ([email protected]).
*
* Copyright remains Eric Young's, and as such any Copyright notices in
* the code are not to be removed.
* If this package is used in a product, Eric Young should be given attribution
* as the author of the parts of the library used.
* This can be in the form of a textual message at program startup or
* in documentation (online or textual) provided with the package.
*
* Redistribution and use in source and binary forms, with or without
* modification, are permitted provided that the following conditions
* are met:
* 1. Redistributions of source code must retain the copyright
* notice, this list of conditions and the following disclaimer.
* 2. Redistributions in binary form must reproduce the above copyright
* notice, this list of conditions and the following disclaimer in the
* documentation and/or other materials provided with the distribution.
* 3. All advertising materials mentioning features or use of this software
* must display the following acknowledgement:
* "This product includes cryptographic software written by
* Eric Young ([email protected])"
* The word 'cryptographic' can be left out if the rouines from the library
* being used are not cryptographic related :-).
* 4. If you include any Windows specific code (or a derivative thereof) from
* the apps directory (application code) you must include an acknowledgement:
* "This product includes software written by Tim Hudson ([email protected])"
*
* THIS SOFTWARE IS PROVIDED BY ERIC YOUNG ``AS IS'' AND
* ANY EXPRESS OR IMPLIED WARRANTIES, INCLUDING, BUT NOT LIMITED TO,
THE
* IMPLIED WARRANTIES OF MERCHANTABILITY AND FITNESS FOR A
PARTICULAR PURPOSE
* ARE DISCLAIMED. IN NO EVENT SHALL THE AUTHOR OR CONTRIBUTORS BE
LIABLE
* FOR ANY DIRECT, INDIRECT, INCIDENTAL, SPECIAL, EXEMPLARY, OR
CONSEQUENTIAL
* DAMAGES (INCLUDING, BUT NOT LIMITED TO, PROCUREMENT OF
SUBSTITUTE GOODS
* OR SERVICES; LOSS OF USE, DATA, OR PROFITS; OR BUSINESS INTERRUPTION)
* HOWEVER CAUSED AND ON ANY THEORY OF LIABILITY, WHETHER IN
CONTRACT, STRICT
* LIABILITY, OR TORT (INCLUDING NEGLIGENCE OR OTHERWISE) ARISING IN
ANY WAY
* OUT OF THE USE OF THIS SOFTWARE, EVEN IF ADVISED OF THE POSSIBILITY
OF
* SUCH DAMAGE.
*
* The licence and distribution terms for any publically available version or
* derivative of this code cannot be changed. i.e. this code cannot simply be
* copied and put under another distribution licence
* [including the GNU Public Licence.]
*/
114
Referências
www.openssl.org
www.modssl.org
http://oss-institute.org/newspdf/OSSIFIPSRef.pdf
www.odette.org
www.oftp.net
115

Documentos relacionados

stcp odette client

stcp odette client 3o caso: Protocolo de Comunicação: Nenhum Esta configuração é a mesma utilizada para o PAD, porém a seção PAD não existirá para este protocolo.

Leia mais

Capa manual X25

Capa manual X25 A tela Choose Destination Location será exibida, selecione o diretório onde será instalado o produto. Caso você não queira instalar no diretório padrão, então clique em Browse para selecionar o dir...

Leia mais