Ministério Moisés - Javé Nissi

Сomentários

Transcrição

Ministério Moisés - Javé Nissi
Ministério Moisés - Javé Nissi -Carta Mensal
Pouso Alegre, 01 de Abril de 2016
“O Senhor está contigo, Valente Guerreiro” (Jz 6,12b)
A oração é um encontro entre duas pessoas. Como encontro exige que eu esteja preparado para ele e exige
que exista o outro aqui “Deus”. Além de tudo a oração é uma decisão que implica em ascese espiritual. Ela é a
arma mais poderosa do mundo, ela proporciona um Relacionamento de amizade com o Senhor vivo e
Ressuscitado, é o meio pelo qual os céus se abrem para nós e nos garante a vida e vida em abundância, “Batismo
no Espirito Santo”.
Podemos ainda dizer que oração é o elo de ligação – a ponte que nos liga a Deus – ela é a expressão do
relacionamento de intimidade que temos com Deus. Os homens vão a Jesus através da oração e este é o meio pelo
qual podemos entender o plano de Deus para nossa vida e conformar nossa vida a vontade do Pai.
Diante desse fato, o momento mais importante é o do meu relacionamento com ele. A primeira coisa em
nossa vida deve ser o relacionamento e o conhecimento da sua vontade, do seu querer. Esse momento, esse
encontro é a oportunidade de escutá-lo, perceber os meios, as ferramentas e os instrumentos que ele quer me dar
para que cada um possa usar com habilidade e consseguir realizar a missão com eficácia, segundo o coração Dele.
Então esse fim deve me levar ao princípio que é rezar, estar em oração, que é uma atitude interior e deve ser sem
cessar nos ensina São Paulo.
Vamos dar um início nos perguntando: Como está minha vida de Oração? (Jer 17,5-10).
Nunca estamos peritos em rezar, pois não sabemos como pedir o que convém, por isso precisamos do
Espírito Santo para que Ele nos ensine a rezar, a pedir conforme convém. É o Espírito Santo que durante a oração
gera fome de Deus Sl 42,2-3, age como educador de almas, conduz-nos passo a passo, fortalece-nos para vencer
as dificuldades despertando a necessidade do alimento que é fundamental para a sobrevivência da Alma, fazendo
assim que a oração seja eficaz, poderosa a ponto de alcançar os ouvidos de Deus e atingir seu coração. Portanto,
quando falamos de oração é preciso considerar nossa união, intimidade com o Espírito Santo que supõe abertura,
fruto de uma docilidade interior (Rm 8,26).
A partir desse encontro frutuoso que brota da abertura e da ação do Espírito Santo ele procura realizar em
nós: conversão de nossa vida, pureza interior agindo na raiz de nossas intenções e fidelidade a Deus e a seus
mandamentos e em nosso favor e da comunidade.
A Sagrada Escritura está cheia de homens e mulheres de oração, Intercessores: Abraão suplicou por Ló e este
foi liberto da destruição de Sodoma e Gomorra; Moisés intercedeu pelo Povo e foi ouvido; Samuel orou
constantemente pela nação; Daniel orou pela libertação do seu povo no cativeiro; Davi suplicou pelo povo; Cristo
rogou por Seus discípulos e fez especial intercessão por Pedro; Maria intercedeu, suplicou para que Jesus
providenciasse vinho nas Bodas de Caná e SãoPaulo é exemplo de constante oração de intercessão.
Assim, como esses personagens se tornaram pela Oração grande Líderes, que nós também como
intercessores, possamos fazer parte da História da Salvação tornando-nos homens e mulheres de intensa vida de
Oração e intimidade com Deus.
Nele graça e Paz.
Reunamos os núcleos de Intercessão de nossas comunidades numa Ofensiva de Oração. Somos
VALENTES GUERREIROS pela Ressureição de Cristo que venceu o Pecado e a Morte!
"Antes de tudo, pois exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens..." - I Tm 2,1

Documentos relacionados

REDE de INTERCESSÃO

REDE de INTERCESSÃO “Mês da Bíblia” e faz ecoar a convocação nos quatro cantos do mundo a esta Palavra que é viva e eficaz (cf. Hb 4,12) que não passa e se encarnou tornando-se homem, homem verdadeiro e Deus verdadeir...

Leia mais