Clique aqui e acesse o Tutorial!

Сomentários

Transcrição

Clique aqui e acesse o Tutorial!
Entenda o que significam alguns termos do hobby: KIT RTF
ARF BNF PNP ESC BEC WAG GYRO …
Para você que está começando agora, fiz uma seleção dos termos mais
usados e depois dessa publicação, você não ficará mais perdido numa
conversa em um fórum ou no clube de vôo com seus amigos :) Espero que
aproveitem as definições dos termos e siglas:
KIT:
Um KIT significa que o helicoptero vem desmontado, porém completo para
montagem. Um KIT não necessáriamente precisa vir com a eletrônica.
RTF:
RTF (Ready to Fly) é o modelo que já vem pronto para vôo. A caixa vem com o
modelo, rádio controle e bateria. Mesmo se chamando “Pronto para Voar”, não
significa que ele vem realmente pronto para vôo. As vezes é necessário fazer
regulagens como trimagens e validação da montagem.
ARF:
ARF (Almost Ready to Fly) é o modelo que vem construído e falta alguma
eletrônica para voar. Geralmente vem faltando do ESC, motor e receptor.
BNF:
BNF (Bind aNd Fly) é similar ao RTF, só que não vem com rádio controle. É
necessário você fazer o Bind (sincronizar o receptor com o transmissor) e voar.
PNP:
PNP (Plug aNd Play). É alguma coisa entre ARF e RTF. Geralmente vem 100%
completo, faltando a bateria, receptor e transmissor. O resto e só plugar e voar.
ESC:
ESC (Eletronic Speed Controller) é o componente que literalmente controla a
quantidade de eletricidade enviada ao motor, controlando assim a sua
velocidade.
BEC:
BEC (Battery Ellimination Circuit) é o componente que elimina a necessidade
de se instalar uma bateria exclusiva para alimentar o receiver(rx) no modelo.
Ele pode vir integrado ao ESC (que é o mais comum) ou pode ser um
componente separado. Geralmente se coloca um BEC quando a bateria tem
uma voltagem alta, e quando os servos exigem muita amperagem, então para
melhorar a performance, se usa um ESC para o motor e um BEC externo
exclusivo para o receptor e servos.
WAG:
tail WAG, ou em portugues, o abanar da cauda é o termo utilizado quando a
cauda do helicoptero abanda da esquerda pra direita continuamente devido ao
excesso de ganho do Gyro. Com o ganho muito alto, o gyro tenta compensar o
balanço da cauda e acaba compensando a si mesmo, gerando o tail wag, ou
somente wag.
GYRO:
Gyro é um pequeno componente que detecta qualquer guinada do helicoptero
para a esquerda ou direita e envia um comando para o servo de cauda,
travando o heli em sua posição.
SERVO:
É um componente responde à um comando (sinal pode ser digital ou
analogico), alterando sua posição mecanica. No helicoptero é usado por
exemplo na bailarina, para fazer movimentos como frente, trás, esquerda,
direita. Também pode ser utilizado para recolher um trem de pouso, dentre
outras aplicações.
RX e TX:
RX ou Receiver, é o receptor que fica no modelo. Já o TX ou Transmitter é o
seu Rádio Controle.
BIND:
É a sincronização entre um Tx e um Rx. Dependendo do rádio, um Tx pode ser
sincronizado com mais de um Rx, podendo assim, um mesmo rádio, controlar
modelos diferentes, um por vez é claro…