- completo

Сomentários

Transcrição

- completo
Digestibilidade de dietas contendo glicerol em substituição ao milho para caprinos
Boer x SPRD1
Digestibility of diets containing glycerol replacing to corn for Boer x SPRD goats1
Alberto Jefferson da Silva Macêdo2, Higor Fábio Carvalho Bezerra3, Meiry Rodrigues
Cassuce4, Mesias Dias Lima de Jesus5, Gleidson Giordano Pinto de Carvalho6, Juliana
Silva de Oliveira7
1
Parte da tese de doutorado do segundo autor, financiada pelo CNPq
Graduando em Zootecnia – CCA/UFPB, Areia, PB, Brasil. Bolsista de Iniciação Científica CNPq. e-mail:
[email protected]
3
Doutorando em Zootecnia – UFPB, Areia-PB, Brasil. Bolsista CNPq
4
Doutoranda em Zootecnia – UFRPE, Recife-PE, Brasil. Bolsista Capes
5
Graduando em Medicina Veterinária – UFRB, Cruz das Almas-BA, Brasil.
6
Professor Adjunto – EMEVZ/UFBA, Salvador-BA, Brasil.
7
Professora Adjunta – CCA/UFPB, Areia-PB, Brasil.
2
Resumo: Objetivou-se avaliar a digestibilidade de dietas com glicerol em substituição ao
milho oferecido para caprinos mestiços. Foram utilizados 32 caprinos, machos, castrados,
com peso vivo médio inicial de 15 kg. Utilizou-se quatro níveis de glicerol (0,0; 5,0; 10,0;
e 15%). O Coeficiente de Digestibilidade do Extrato Etéreo apresentou efeito linear
(P<0,05), decrescendo com o aumento dos níveis de glicerina. Para o Coeficiente de
Digestibilidade da Fibra em Detergente Neutro houve efeito quadrático (P<0,05). As
demais variáveis estudadas não apresentaram efeito significativo (P>0,05). A inclusão da
glicerina bruta não altera a digestibilidade dos nutrientes, podendo ser utilizada na dieta.
Palavras–chave: absorção de nutrientes, nutrição animal, produção fecal, coproduto
Abstract: This study aimed to evaluate the digestibility of diets with glycerol replacing to
corn in crossbreed goats. Failure goats replacing corn. 32 goats were used, castrated male,
with average weight of 15 kg. Glycerol used four levels (0.0, 5.0, 10.0, and 15%). The
digestibility of the ethereal extract showed a decreasing linear effect (P <0.05) with
increasing levels of glycerin. The digestibility of neutral detergent fiber coefficient showed
quadratic effect (P <0.05). The other variables showed no significant effect (P> 0.05). The
inclusion of crude glycerin does not alter the digestibility of nutrients and can be used in
the diet.
Keywords: absorption of nutrients, animal nutrition, by-products, fecal production
Introdução
A caprinocultura é considerada uma importante atividade econômica para a região
Nordeste, entretanto apresenta baixos índices produtivos. A prática de terminação em
confinamento, apresenta inúmeras vantagens, dentre as quais podem ser destacadas a
Página - 1 - de 3
redução da idade de abate dos animais, a produção de carne de melhor qualidade, maior
retorno do capital investido em curto prazo de tempo, descanso das áreas de pastagem
durante a estiagem e melhor rendimento de carcaça (Alcalde et al., 2011).
No entanto, a prática do confinamento exige maior investimento com alimentação
inferindo em aumento nos custos de produção. O milho tem grande variação de preço ao
longo do ano, haja vista sua intensa utilização na alimentação humana e na dieta de aves e
suínos, o que leva à necessidade de utilização de fontes alternativas de menor custo. Nesse
contexto o uso do glicerol, coproduto do biodiesel, torna-se uma alternativa importante à
alimentação de caprinos de corte em substituição ao milho.
Objetivou-se avaliar a digestibilidade de dietas contendo glicerol em substituição ao
milho oferecido para cabritos mestiços Boer.
Material e Métodos
O experimento foi conduzido na Fazenda Experimental da UFBA, localizada no
município de São Gonçalo dos Campos – Bahia, durante o período de novembro de 2013 a
janeiro de 2014. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com quatro
tratamentos e oito repetições. Foram utilizados 32 caprinos, machos, castrados, mestiços da
raça Boer x Sem Padrão Racial Definido, com peso vivo inicial médio de 17,8 kg e idade
variando de 3 a 4 meses. Foram mantidos em baias individuais, com piso ripado suspenso,
contendo comedouros e bebedouros individuais em galpão coberto, os tratamentos foram
compostos por quatro níveis de glicerol (0,0; 5,0; 10,0; e 15%). As dietas continham 60%
de volumoso e 40% de concentrado. Os ingredientes foram: milho moído, farelo de soja,
suplemento mineral, silagem de sorgo e níveis de glicerol, em mistura completa.
O confinamento durou 69 dias, sendo 15 dias de adaptação. O fornecimento de
alimento e de água foram duas vezes ao dia ad libitum, o alimento fornecido e as sobras
foram pesados diariamente para determinação do consumo e ajuste do alimento fornecido
permitindo que ocorra em torno de 10% de sobras. O ensaio de digestibilidade, realizado
entre o 38° e 42° dia do confinamento, através da coleta total de fezes. Os três primeiros
dias foram para adaptação dos animais às bolsas coletora e dois dias de coleta. Durante os
41° e 42° dia do confinamento, realizou-se a coleta de fezes diretamente das bolsas
coletoras, duas vezes ao dia. Foram coletadas amostras de alimentos juntamente com
amostras de fezes para posteriores análises laboratoriais. Foi estimado o consumo dos
nutrientes matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), fibra em detergente neutro (FDN),
estrato etéreo (EE) e proteína bruta (PB), subtraindo-se o total de cada nutriente contido
nos alimentos ofertados e o total de cada nutriente contido nas sobras.
Os dados foram submetidos à análise de variância (ANOVA), e de regressão a 5% de
probabilidade, utilizando-se o programa SAEG (Sistema de Análises Estatísticas e
Genéticas), versão 9.1 (Saeg, 2007).
Resultados e Discussão
O coeficiente de digestibilidade do extrato etéreo (CDEE) apresentou efeito linear
(P<0,05), decrescendo com o aumento dos níveis de glicerina. Resultado pode estar
relacionado a composição química das dietas. Para o coeficiente de digestibilidade da fibra
em detergente neutro (CDFDN) houve efeito quadrático (P<0,05), aumentando no nível de
Página - 2 - de 3
5% de glicerina bruta e decrescendo com a inclusão das demais doses, esse efeito pode
estar relacionado, que a inclusão de pequenas doses de glicerina podem estimular o
crescimento microbiano de bactérias fibrolíticas através do glicerol e desta forma estimular
a digestão da fibra. Abo El-Nor et al., (2010), analisando “in vitro” as doses de 0, 36, 72 e
108 g de glicerol/kg de MS observaram diminuição na digestibilidade da FDN nos dois
tratamentos com maior concentração de glicerina, corroborando com os dados encontrados
no presente trabalho. As demais variáveis estudadas não apresentaram efeito significativo
(P>0,05).
Tabela 1. Coeficientes de digestibilidade das frações nutricionais (%) de caprinos mestiços
Boer em terminação alimentados com níveis de glicerina bruta em substituição
ao farelo de milho
Níveis de glicerina na dieta (%)
Valor-P*
CV¹%
0
5
10
15
L²
Q³
Digestibilidade (%)
CDMSa
69,77
69,04
68,19
65,05
0,0734
0,3663
5,18
CDMOb
71,34
70,65
70,09
66,23
0,0843
4,91
0,3380
CDPBc
67,13
70,32
69,01
67,23
0,3141
5,47
0,0882
CDEEd
76,46
62,91
56,32
38,27
0,0000
21,38
0,3096
CDFDNe
58,64
60,36
58,39
51,55
0,0161
9,37
0,0425
Equações de regressão
CDEEd
Ŷ= 77,6217 – 2,7100X
r² = 0,95
CDFDNe
Ŷ= 58,5832 + 08184 – 0,0856
r² = 0,99
¹CV = coeficiente de variação. L² = Significância para efeito linear. Q³ = Significância para efeito quadrático.
Valor-P* = probabilidade significativa ao nível de 5%. (CDMSa): Coeficiente de digestibilidade da matéria
seca, (CDMOb): Coeficiente de digestibilidade da matéria orgânica, (CDPBc): Coeficiente de digestibilidade
da proteína bruta, (CDEEd): Coeficiente de digestibilidade do extrato etéreo, (CDFDNe): Coeficiente de
digestibilidade da fibra em detergente neutro.
Item
Conclusões
A inclusão da glicerina bruta com cerca de 5,6% de metanol em caprinos mestiços
Boer não altera a digestibilidade dos nutrientes, podendo ser utilizada na dieta dos mesmos
dependendo do custo e se possível com menor teor de metanol.
Literatura citada
ABO EL-NOR, S.; ABUGHAZALEH, A.A.; POTU, R.B.; HASTINGS, D.; KHATTAB,
M.S.A. Effects of differing levels of glycerol on rumen fermentation and bacteria. Animal
feed Science and Tecnology, v. 162, p.99 - 105, 2010.
ALCALDE, C.R.; GRANDE, P.A.; LIMA, L.S.L.; MACEDO, F.A.F.; ZEOULA, L.M.;
PAULA, M.C. Oilseeds in feeding for growing and finishing ¾ Boer + ¼ Saanen goat
kids. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 40, n. 8, p.1753 - 1757, 2011.
SAEG-Sistema para Análises Estatísticas, versão 9.1. Viçosa: Fundação Arthur
Bernardes - UFV, 2007. 1 CD ROM.
Página - 3 - de 3

Documentos relacionados

deerstags

deerstags coletas de dados. Os níveis crescentes de sólidos não interferiram (P>0,05) no coeficiente de digestibilidade aparente da matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, fibra em detergente neutro,...

Leia mais