SV_26 - Saber Viver

Сomentários

Transcrição

SV_26 - Saber Viver
Alguns exames particulares, no Rio, aumentam carga viral de pacientes
Saber Viver
UMA REVISTA PARA QUEM VIVE COM O VÍRUS DA AIDS
Mi n
ANO 3 Nº 26 – JAN/FEV 2004 – DISTRIBUIÇÃO GRATUITA
istério da Saúde
IDS
g
Pro
RECOMENDADO
ram
a
/A
Nacional de DST
Marclei faz parte da
ABIA, uma Ong/Aids
do Rio de Janeiro
A união
faz a força
Pessoas que vivem com HIV
e Aids se unem para garantir
melhor qualidade de vida a
todos os soropositivos
Mantenha seu corpo hidratado e saudável
Começando o ano
com o pé direito
Saber Viver
JAN/FEV 2004
Uma publicação bimestral gratuita
destinada a pessoas que vivem com
o vírus da aids
Correspondências à redação:
Caixa Postal 15.088 - Rio de Janeiro
(RJ) - Cep 20.031-971
[email protected]
Coordenação, edição e reportagem:
Adriana Gomez e Silvia Chalub
Secretária de redação:
Suzete Ferreira
Consultoria lingüística:
Leonor Werneck
Ilustrações:
Ana Vine
Foto:
Alex Ferro, agência Pedra Viva
Conselho editorial deste número:
Estevão Portela (infectologista),
Marlete P. da Silva (nutricionista)
Mauro Schechter (infectologista)
Editoração eletrônica:
A 4 Mãos Comunicação e Design
([email protected])
Impressão:
articipação. Esta é a palavra de ordem da primeira
edição da Saber Viver em 2004. Na matéria de capa,
você vai conhecer pessoas que, depois de se descobrirem
infectadas pelo HIV, conseguiram levantar a poeira e
melhorar a qualidade de vida de todos soropositivos.Assim
como Marclei, Jair e Eduardo, existe muita gente
espalhada pelo país que, com trabalho e pressão em
conferências, Ministério, programas estaduais e
municipais, buscam um Brasil mais justo para todos,
principalmente para os que vivem com HIV/aids. Muito do
que foi conquistado e o que ainda será devemos ao
trabalho desses guerreiros (e alguns, infelizmente, não
estão mais entre nós). Quem sabe, lendo essa matéria,
você descobre que também quer e pode dar um pouco de
si para transformar o nosso país em lugar realmente digno
para viver.
Alterações nos exames de carga viral, no ano passado, nos
laboratórios cariocas Lâmina e Bronstein deixaram
pacientes e médicos preocupados. Agora, a partir da
matéria publicada pela Saber Viver, o caso começa a
fazer sentido. Leia mais detalhes nesta edição.
Um forte abraço.
P
Gráfica Minister
Tiragem:
70.000 exemplares
Agradecimentos especiais:
A todas as pessoas que colaboraram
dando seus depoimentos para as
matérias
Leia nesta edição:
Alimentação: A importância de se manter hidratado . . .4/5
Alteração em exames de carga viral no Rio . . . . . . . . . . . .6/7
APOIO:
Curtas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8
Sua História . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .9
Governo do Estado
de São Paulo
didanosina + abacavir + amprenavir + ritonavir . . . . . . .10/11
Capa: Participação é a palavra de ordem . . . . . . . . .12/13/14
Cartas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .15
Namoro ou amizade . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .16 a 19
Parte desta publicação foi custeada
com recursos do projeto 914/BRA/3014
Alimentação
Manter o corpo hidratado é
fundamental para a saúde
A água é quase tudo no nosso
corpo, literalmente. Cerca de 70%
dele é formado por água. Diante
disso, já dá para ter uma idéia do
quanto este líquido precioso é
importante para qualquer ser humano. Mais ainda para as pessoas infectadas pelo HIV e, principalmente,
as que tomam medicação. Então, é
fundamental ter um equilíbrio entra
a perda de água diária do nosso
corpo com a ingestão de líquido. A
perda ocorre de diversas maneiras:
pela urina, pelas fezes, pelo pulmão,
pela pele (através do suor) e em
situações como vômito, diarréias,
hemorragias, uso de diuréticos,
laxantes e transpiração interna.
4
Saber Viver
A hidratação na hora dos exercícios
Os exercícios físicos devem fazer parte da rotina de qualquer pessoa infectada pelo HIV,
principalmente para prevenir e combater a lipodistrofia (má distribuição de gordura
corporal). Porém, nessas horas, é fundamental ter atenção redobrada para evitar um
quadro de desidratação.
1) Beba água antes, entre os intervalos e após os exercícios físicos;
2) Para exercícios de grande duração (mais de 1 hora) ou em ambientes quentes, beba
um isotônico para repor a perda de água e sais minerais;
3) Mas não exagere. Recomenda-se 500ml de líquido 2 horas antes dos exercícios.
Durante a malhação, o ideal é se hidratar em tempos regulares com o objetivo de repor
a água perdida pelo suor.
Saber Viver
5
Alimentação
estiver seca, significa que o seu
forma mais comum de
Alimentos
corpo precisa se hidratar. O
fornecer água ao
que hidratam
ideal é evitar este estágio,
organismo é através das
Melão, melancia,
ingerindo vários copos de
bebidas e dos alimentos. A
laranja, abacaxi, caju,
água ao longo do dia", ensina
nutricionista Marlete Peágua de coco,
Marlete.
reira, do Hospital Uniabobrinha, abóbora
versitário Clementino Fraga
d’água e pepino.
Filho, explica que a água não
Para soropositivos, a
fornece diretamente energia ao
água é ainda mais
corpo, mas ajuda o organismo a
importante
trabalhar melhor: "A água é fundaPara as pessoas soropositivas, a água se
mental no processo de digestão e absorção dos torna ainda mais importante por vários motivos.
nutrientes, na circulação e eliminação de É comum entre as pessoas que fazem o
toxicinas, na proteção a órgãos e tecidos, tratamento com os anti-retrovirais a sensação de
inclusive evitando a flacidez da pele, e para boca seca. O indinavir, inclusive, pode causar
regular a temperatura corporal".
pedras nos rins. "Beba sempre água, que é
excelente. Mas é possível se hidratar com água
de coco, por exemplo, que repõe sais minerais.
Como manter o corpo hidratado
Normalmente, uma pessoa precisa beber 2 Cuidado com os refrigerantes e os refrescos,
litros e meio de líquido por dia para repor as porque contêm muito açúcar e podem gerar um
perdas diárias. Em temperaturas quentes, quando aumento nos triglicerídeos. Utilize adoçante
o suor gera uma perda ainda maior, são natural ou beba suco natural, sem açúcar", alerta
necessários, pelo menos, 3 litros. "Se a sua boca Marlete. SV
A
Tratamento
Pegos de surpresa!
Exames de dois laboratórios particulares, no Rio, mostram
aumento de carga viral em pacientes que eram indetectáveis
ma mudança na forma de realizar os
exames de carga viral, que começou
em maio do ano passado nos
laboratórios Bronstein e Lâmina, no Rio de
Janeiro, alterou o resultado de alguns exames
em pacientes cuja carga viral era indetectável,
que passaram, em média, para 3 mil cópias
por mililitro de sangue. Depois de muita
ansiedade e apreensão de médicos e pacientes,
o laboratório paulista Diagnósticos da
América, dono do Bronstein e do Lâmina,
anunciou, no início de fevereiro, que essas
alterações são causadas pela forma de
utilização de um tubo de ensaio na hora da
realização do exame, que mantém
componentes do sangue que concentram mais
HIV. Segundo Luiz Gastão, vice-presidente
do Diagnósticos da América, para chegar a
esta conclusão, a empresa fez uma
investigação interna que durou seis meses.
Ele afirma também que essas alterações só
foram percebidas no Rio de Janeiro porque
esses tubos de ensaio já eram utilizados em
São Paulo e em outras cidades do país.
U
Infectologista comunica o caso a
laboratório e Ministério
No ano passado, o infectologista Mauro
Schechter verificou a alteração em exames do
Bronstein e do Lâmina em 5 de 7 pacientes
atendidos em seu consultório que antes
apresentavam carga viral indetectável. "Na
época imaginei que poderia haver algum
problema com o exame ou com os
medicamentos. Isso estava acontecendo também
com pacientes de outros médicos no Rio de
Janeiro". Em julho, o infectologista alertou o
Diagnósticos da América e, após enviar vários emails cobrando uma investigação rigorosa, o
6
George entrou em depressão quendo recebeu o
resultado de seu exame.
laboratório iniciou as pesquisas. Mauro
Schechter avisou também ao Programa Nacional
de DST/Aids, que, na época, comunicou o fato
à Agência Nacional de Vigilância Sanitária
(Anvisa), órgão que controla vários serviços da
área de saúde, desde a produção de
medicamentos a laboratórios.
Após ter acesso aos estudos realizados pelo
laboratório paulista, o infectologista afirma que
não há erro técnico nos exames. "Ao julgar o
que me foi mostrado, todos os exames estão
sendo feitos conforme recomendação dos
fabricantes dos kits". Contudo, é inegável o
transtorno e a ansiedade que esses resultados
geraram na vida de muitas pessoas.
Vários meses de apreensão
George de Gouvea, 41 anos, chegou a
realizar três exames seguidos no Lâmina no
período de junho a setembro do ano passado e
todos apresentaram um aumento progressivo
de sua carga viral, que antes era indetectável.
Saber Viver
Laboratório garante que entrará
em contato com Ministério
Quando conversou com a Saber Viver, Luiz
Gastão assegurou que entregaria as conclusões
do estudo ao Ministério da Saúde. Até o
fechamento desta matéria (13 de fevereiro), o
Saber Viver
Programa Nacional de DST/Aids não havia
tomado conhecimento do material. Porém, o
assessor responsável pela Área de Diagnóstico,
Tratamento e Assistência do Programa, Rogério
Scapini, antecipa que este caso deverá ser
encaminhado à Anvisa.
Como avaliar o exame
A partir deste episódio com os exames do
Bronstein e do Lâmina, a questão passa a ser
como interpretar o seu exame. Para Mauro
Schechter, este exame, como todos os outros
realizados em laboratório, deve ser visto como
um complemento à observação clínica. Rogério
Scapini, por sua vez, ressalta que o consenso
brasileiro prevê o monitoramento do paciente
através dos exames de CD4 e carga viral que,
dependendo dos resultados, poderão indicar a
troca dos remédios. O assessor do Programa
Nacional de DST/Aids lembra que os testes de
genotipagem, disponíveis na rede pública, são
capazes de avaliar se o paciente está com falha
terapêutica e, conseqüentemente, necessitando
mudar a medicação. "Enfim, todos os exames e
medicamentos estão disponíveis na rede pública,
basta solicitá-los a um médico credenciado", diz
Rogério Scapini. Os endereços dos laboratórios
públicos que fazem carga viral e CD4 estão na
homepage do Programa Nacional de DST/Aids
(www.aids.gov.br). SV
Saiba Mais
QUANDO UM EXAME É
DETECTÁVEL OU INDETECTÁVEL
Existem alguns métodos utilizados
para a realização do exame de
carga viral. Os mais utilizados
atualmente são capazes de
detectar até 400 cópias por mililitro de
sangue. Quando este número é menor,
o resultado é indetectável. Já existem
exames mais sensíveis, capazes de
detectar até 50 cópias do HIV por
mililitro de sangue. Há pesquisas com
métodos capazes de rastrear até 5
cópias por mililitro de sangue.
7
Tratamento
"Quando eu recebi o último exame, me senti
mais próximo da morte", conta George que, na
época, entrou em depressão. Sem opção de
tratamento, ele foi encaminhado pelo seu
médico a um centro de pesquisa para um ensaio
clínico com novas medicações. "Eu e ele (seu
médico) acreditávamos piamente na falha
terapêutica", diz. A surpresa veio quando
George recebeu os resultados dos exames
realizados pelo centro, nos EUA, que
apontaram carga viral indetectável. A pedido
do médico, realizou novas testagens em
laboratórios diferentes, no Rio de Janeiro, e o
resultado também foi indetectável. "Na época,
se eu ainda tivesse opção de tratamento,
provavelmente o meu médico teria mudado a
minha medicação. Ele não tinha porque duvidar
do resultado. Acho que o Lâmina, quando
percebeu alguma diferença nesses exames,
deveria ter nos comunicado", desabafa.
Jeremias Souza, 34 anos, também levou um
susto ao receber seu exame, realizado no
Lâmina em julho. "Meu médico perguntou se
eu estava tomando os remédios direito. Sou
um caxias com os horários. Há 9 anos
descobri que estava infectado pelo HIV. Já
tive vários problemas de saúde e sinto quando
algo não vai bem comigo. Na época, eu estava
ótimo". Depois de repetir o exame no próprio
Lâmina um mês depois, o número de cópias
havia subido de 1.430 para 2.420 cópias. "A
minha cabeça pirou". Indicado pelo seu
médico, Jeremias tentou fazer o exame de
genotipagem em um outro laboratório e se
surpreendeu ao saber que sua carga viral
estava indetectável. Por iniciativa própria,
ligou para o Lâmina e explicou o que
aconteceu. "O médico que me atendeu disse
que iria entrar em contato de novo. Mas, até
hoje, nada!", lamenta Jeremias.
Curtas
Foto: Marinho Kudze
A camisinha fez parte da folia
o carnaval desse ano, a camisinha marcou
presença. No Rio de Janeiro, a escola de
samba Acadêmicos do Grande Rio desfilou o
enredo "Vamos vestir a camisinha, meu amor". A
artista plástica Adriana Bertini, que há 9 anos
utiliza preservativos descartados pela indústria
como matéria prima para seus trabalhos,
executou alguns figurinos da escola usando
camisinhas multicoloridas.
Já em João Pessoa, integrantes de organizações
governamentais, não-governamentais e de
serviços de saúde da Paraíba, que durante todo
o ano convivem e enfrentam a aids e outras
DSTs, formaram o bloco Camisinhaz. Os foliões
saíram pelas ruas da cidade rimando saúde com
folia.
N
Silvana Alves - Passista da Grande Rio
com figurino de Adriana Bertini, confeccionado
com camisinhas
PROGRAMA DAMAS
Prefeitura do Rio oferece oportunidade a travestis
prefeitura do Rio de Janeiro lança a
partir de março o Programa Damas,
que promoverá palestras e cursos para
travestis e transgêneros. O objetivo é criar
uma rede de proteção e promover um
aumento de escolaridade e qualificação
profissional para esse grupo. Para isso,
serão oferecidas oficinas de cultura, expressão corporal, estética, saúde, direi-
A
tos humanos, entre outras. Haverá,
ainda, a oportunidade de estágios e apoio
para criação de pequenas empresas.
Duração do curso: encontros de quatro horas,
duas vezes por semana, durante seis meses.
Vagas: 60
Bolsa mensal: R$ 240,00
Inscrições: de 2ª a 6ª, das 9 às 18hs, no Núcleo
de Direitos Humanos da SMDS. Rua Afonso
Cavalcanti, 455/ sala 517 - Cidade Nova
Praça Onze abre estudo sobre Herpes e HIV
Unidade de Testes Terapêuticos do
Projeto Praça Onze da Universidade
Federal do Rio de Janeiro está recrutando
voluntários soropositivos para um estudo
envolvendo a substância valaciclovir para
o tratamento do vírus do herpes simples
em pessoas infectadas pelo HIV. O
estudo vai durar 6 meses e para participar
A
8
é necessário ter mais de 18 anos, CD4
abaixo de 100 e ter tido herpes genital 3
ou mais vezes em um ano.
Os interessados devem entrar em
contato com Projeto Praça Onze Telefone
(21) 2273 9073, ramal 217 ou 219, falar
com Carla ou Gisele.
Saber Viver
Escreva para Caixa Postal 15.088 – Rio de Janeiro – RJ – Cep
20.031-971. As histórias devem ter, no máximo, 30 linhas e serão
publicadas obedecendo a ordem de chegada na redação. Os textos
poderão ser editados.
Depoimento
Aprendi a ter
qualidade de vida
“
Tenho 28 anos e descobri que estava
infectado pelo HIV em 2000, quando já
estava bastante debilitado. Achei que nos
próximos 3 meses iria morrer.
Passei um ano nessa tortura, sem ter
com quem conversar, sem coragem para
contar para minha família, sem conhecer
nenhum soropositivo. Eu achava que era a
única pessoa com HIV no mundo.Já havia
perdido a esperança. Meu CD4 era 13
e minha carga viral estava muito alta.
Tive falha terapêutica porque
rejeitava a medicação. Então, um dia
eu estava no Lacen/PI e um rapaz se
aproximou de mim,me fez o convite
para visitar o grupo de adesão que
ele freqüentava todas as
quartas-feiras e me entregou
uma revista Saber Viver.
Não dei muita
importância e fui para casa. Somente por
curiosidade, comecei a ler a revista. Essa
leitura me despertou a vontade de visitar o
grupo de adesão. Percebi que havia uma luz
no fim do túnel e que eu não estava sozinho.
Na primeira vez, fui com muito medo.
Encontrei muitas pessoas, fiz amizades e
aprendi a ter qualidade de vida. Atualmente,
meu CD4 é 780 e minha carga viral está
indetectável.
Há dois anos, participo semanalmente
das reuniões do grupo de adesão. Junto
com outras pessoas, formamos o Núcleo
Piauí da Rede Nacional de Pessoas Vivendo
com HIV/Aids e faço parte da diretoria.
Trabalho como voluntário no hospital de
referência de Teresina, o Instituto de
Doenças Tropicais Nathan Portella.
Recebo todas as edições da revista Saber
Viver e as divulgo para outras pessoas.
Hoje tenho total apoio de minha
família, de pessoas do meu trabalho, dos
meus amigos e de todos da minha cidade
que sabem que tenho o HIV e me respeitam. Procuro passar informações sobre
HIV e aids e luto contra o preconceito e a
discriminação.Vivo melhor com HIV do que
antes e incentivo todos os meus amigos
soropositivos, principalmente aqueles com
diagnóstico recente, para que eles não
sofram como eu sofri quando descobri que
estava infectado pelo HIV.
Um grande abraço a todos.
Cristiano Ferreira Silva - Teresina-PI
[email protected]
9
Passo a passo
didanosina + abacavir +
amprenavir
+
ritonavir
Uma combinação eficaz contra
vírus resistentes
uando os medicamentos que você usa
começam a não fazer efeito contra o
HIV, é preciso mudar a medicação. A combinação apresentada nesse número é para
essas horas. "Esse esquema que inclui o
amprenavir tem grandes chances de funcionar em pessoas com falha terapêutica
com outros inibidores de protease", diz o infectologista Estevão Portela.
Q
amprenavir
Segundo Portela, o amprenavir foi um medicamento muito pouco utilizado no passado por
serem necessárias muitas cápsulas por dia
(dezesseis!) para que ele surtisse o efeito desejado. Mas hoje se sabe que, ao ser associado ao
ritonavir, a dose diária pode ser de oito cápsulas
diárias. "Desse modo", diz o médico, "o amprenavir tem demonstrado ser muito eficaz". Os
efeitos colaterais do amprenavir e do ritonavir
são os mesmos de todos os inibidores de protease: diarréia, náuseas, elevação dos níveis de
triglicérides e colesterol e lipodistrofia. Uma
alimentação saudável e a prática de exercícios
físicos podem amenizar esses problemas.
abacavir
Esse medicamento é bem tolerado para a maioria
das pessoas. Porém, 5% dos pacientes têm uma
reação a ele que pode ser grave. Seus sintomas
são febre e dores abdominais. Caso isso ocorra,
procure seu médico o mais rápido possível. O
ideal é estabelecer uma estratégia junto com ele
sobre como agir, antes de começar o tratamento
com o abacavir. "Geralmente a reação ao abacavir ocorre entre o 7° e o 14° dia do início da
terapia" diz Portela, que recomenda não suspender o medicamento sem antes contatar seu
médico. "Só ele pode avaliar se a reação se deve
10
realmente ao abacavir ou se pode ser uma gripe,
por exemplo". O infectologista alerta que, caso
o medicamento seja suspenso, o paciente, em
hipótese alguma, deve retornar ao medicamento,
pois sua situação poderá se agravar.
didanosina
Apesar de muita gente tomar esquemas de
medicamentos que incluem a estavudina em
conjunto com a didanosina, essa combinação
tem sido evitada por causa do seu potencial
tóxico para algumas pessoas, principalmente
para mulheres grávidas. Segundo Estevão
Portela, associar o abacavir à didanosina é
uma escolha mais segura.
O esquema exposto nesse número recomenda a dose diária de 4 comprimidos de
didanosina 100mg. No entanto, pessoas com
menos de 60kg devem tomar apenas 3
comprimidos de 100mg. Os comprimidos de
didanosina devem ser dissolvidos em água ou
mastigados e ingeridos em jejum.
didanosina
4 comprimidos dissolvidos em água
1 vez ao dia em jejum de 1 hora antes
de tomá-los e 45 minutos depois
abacavir
1 comprimido de 12 em 12 horas
amprenavir
4 cápsulas de 12 em 12 horas
junto com alimentos
ritonavir
1 cápsula de 12 em 12 horas
junto com alimentos
Passo a passo
8h da manhã
Ao acordar, Jorge toma seus 4
comprimidos de didanosina e espera 1
hora para tomar o café da manhã.
11h da manhã
Onde quer que esteja, Jorge dá uma
paradinha para fazer um lanche e tomar
seu medicamentos: 1 comprimido de
abacavir, 4 cápsulas de amprenavir e 1
cápsula de ritonavir.
11h da noite
Jorge estuda à noite, por isso só toma
seus remédios quando volta para casa.
Mas, às vezes, ele sai da faculdade para
comer uma pizza com amigos. Nessas
horas, ele nunca deixa de comer algo
para poder tomar seus
medicamentos: 1 comprimido de
abacavir, 4 cápsulas de amprenavir e 1
cápsula de ritonavir.
Estas são apenas sugestões de como inserir a medicação no dia-a-dia. Você, junto com o profissional de saúde que o atende,
é a pessoa mais indicada para adequar seu tratamento à sua rotina de vida.
Saber Viver
11
Comportamento
Querer
é poder
União de pessoas que vivem com HIV e aids
garante melhor qualidade de vida a todos
Desde que a aids surgiu, na década de 80, as pessoas que vivem
com o HIV vêm mostrando que sabem ir à luta. Já no início da
epidemia, grupos organizados brigavam pelo direito à vida e à
cidadania dos portadores do vírus. Essa participação foi e continua
sendo fundamental para que a aids esteja hoje no estágio em que
está. Graças, principalmente, às reivindicações das pessoas que
vivem com HIV e aids, a cada ano surgem novos medicamentos
que são distribuídos gratuitamente nos postos de saúde, a
discriminação aos soropositivos é punida por lei e o direito dos
soropositivos ao trabalho está garantido. Claro que ainda falta
muita coisa a ser feita, e é por isso que continuamos lutando.
arclei Guimarães, 33 anos, acha fundamental que as pessoas soropositivas
participem politicamente na questão da aids.
"Infelizmente, não há direito adquirido sem
luta", diz ele. "Nossa participação em formulações e implementações de políticas públicas
para a aids é importante para conscientizar o
governo sobre as questões do tratamento e dar
maior efetividade na resposta brasileira contra
a epidemia", diz ele. "Além disso, através da
nossa atuação, poderemos melhorar as
M
12
estratégias de prevenção da doença e mobilizar
toda a sociedade contra o preconceito". Marclei
faz parte da Abia – Associação Brasileira
Interdisciplinar de Aids – uma organização nãogovernamental que atua no Rio de Janeiro. Ele
é um dos coordenadores do Grupo Entendendo
os Tratamentos (GET) para pessoas que vivem
com HIV e aids. O objetivo do Grupo é
democratizar informações sobre o tratamento e
conscientizar as pessoas soropositivas para que
elas se sintam no controle da situação e tenham
Saber Viver
Comportamento
"Infelizmente, não há direito
adquirido sem luta"
Marclei
uma visão política da aids. "Procuramos buscar
a força e o lado saudável e positivo de cada
um", diz Marclei, que atua também em outro
grupo dentro da Abia – o GTT (Grupo de
Trabalho em Tratamento para aids) – que reúne
profissionais de saúde, ativistas, membros de
ONGs e pessoas interessadas em geral.
Jair Brandão, 31 anos, é membro do
Conselho Municipal de Saúde do Recife. Sua
trajetória política se iniciou quando ele entrou
para a Rede Nacional de Pessoas Vivendo com
HIV/aids de Pernambuco (RNP+/ PE).
Segundo ele, fazer parte do Conselho é um
importante passo, porque lhe dá a chance de
propor melhorias e fiscalizar o que vem sendo
realizado no Sistema de Saúde Pública (SUS)
no que diz respeito ao atendimento das pessoas
são soropositivas. "Nós, que somos usuários
dos serviços públicos de saúde e vivemos com
HIV e aids, sabemos melhor do que ninguém
como ajudar e promover um serviço de saúde
eficiente e digno", diz Jair. Ele ressalta que nos
Conselhos de Saúde é imprescindível e
estratégico estar bem articulado com
representantes de outras patologias: "Temos que
Saber Viver
agir coletivamente e não individualmente.
Melhorar o sistema de saúde pública beneficia
a todos, independente da sorologia", diz ele.
"Claro que em alguns momentos temos que
brigar para melhorar pontos específicos no
atendimento aos que vivem com HIV/aids".
Eduardo Barbosa, 42 anos, está desde 94
batalhando pelos direitos das pessoas que vivem
com HIV e aids e hoje é presidente do Fórum de
ONGs/Aids de São Paulo. Para ele ainda há
muito a ser feito: "Existem locais em que o
atendimento ao portador do HIV é precário, onde
o profissional de saúde não tem acesso a
atualizações e ainda é mal remunerado, o que
gera rotatividade nos serviços. Há também o
“Melhorar o sistema
de saúde pública
beneficia a todos,
independente da
sorologia"
Jair
problema da falta de medicamentos para
combater os efeitos colaterais do tratamento
contra a aids". Na opinião de Eduardo, para
melhorar esse quadro é importante que as pessoas
soropositivas sejam protagonistas do próprio
tratamento. "Nós, soropositivos, temos
que ocupar o lugar de ‘agentes de
direitos’ nas unidades em que somos
atendidos, discutindo muito com os
profissionais que nos atendem e
monitorando todas as ações e obrigações do sistema de saúde para com a
atenção integral".
Eduardo anuncia
que, em breve, terá início, em São Paulo, através
do Fórum de ONGs, uma pesquisa sobre a
qualidade de atenção aos que vivem com HIV e
aids em todos os postos de atendimento do
Estado. "Precisaremos da colaboração de cada
um. As pessoas soropositivas são fundamentais
para discutir, propor e buscar a implementação
de políticas mais integrais".
Marclei, Jair e Eduardo são exempos de
pessoas que, com sua força e vontade de
viver bem, ajudam outros soropositivos a ter
uma vida com mais qualidade e, ainda mais
que isso, a perceber a importância de lutar
pelos seus dieitos. SV
"Nós, soropositivos, temos que ocupar o lugar de
‘agentes de direitos’ nas unidades em que somos
atendidos” Eduardo
AIDS
NOVOS HORIZONTES
Informação
Educação
Serviços
International Grants
Vo z e s d e To d o o M u n d o
Profissionais de Saúde
MC 202/02
14
Saber Viver
Cartas
Contatos imediatos
SABER VIVER - CAIXA POSTAL 15.088- RIO DE JANEIRO - RJ
20.031-971 – e-mail: [email protected]
TOXOPLASMOSE
Gostaria de solicitar-lhes detalhes sobre a
tão assustadora e nociva toxoplasmose.
Esse assunto tem grande influência na
minha vida e na de muitos amigos que
não sabem o que fazer.
A. R. – Rio Bonito - RJ
Saber Viver: A toxoplamose é uma
infecção que pode ser adquirida no
contato com os gatos ou, mais
freqüentemente, através de carne mal
cozida. Em geral, o protozoário que
provoca a doença não causa sintoma
ao entrar no organismo, mas também
não é destruído pelo sistema imune. Se
a pessoa que possui esse protozoário,
em algum momento, entrar em
imunodepressão, principalmente com o
CD4 abaixo de 100, ela corre o risco de
desenvolver um tipo de manifestação
clínica severa chamada toxoplasmose
cerebral, que é a mais comum
manifestação em soropositivos com
imunodeficiência avançada.
TOXOPLASMOSE
Saiba Mais
RESISTÊNCIA AOS MEDICAMENTOS
Já tive que mudar várias vezes meu
esquema de medicamentos, inclusive
repetindo algumas drogas. Quero
saber se isso as torna inúteis e faz
com que o vírus fique mais resistente
e que tipo de cuidados devo tomar
para que isso não ocorra.
G. – Fortaleza - CE
Saber Viver: Quando um medicamento
passa a não funcionar satisfatoriamente
em um paciente, na maioria das vezes é
preciso mudar a combinação de anti-retrovirais usada. Porém, muitas vezes, por
falta de novas opções, é necessário voltar
a usar uma mesma droga usada anteriormente. Segundo o infectologista
Estevão Portela, quase sempre o resultado
não é tão bom quanto em um paciente
que nunca teve falha terapêutica. "O ideal
seria que tivéssemos novas drogas para
serem introduzidas. Mas não se pode dizer
que os medicamentos tomados pelo leitor
se tornaram inúteis, talvez menos
eficazes", diz o médico. Para que o HIV
não se torne resistente aos medicamentos
que você está tomando, procure tomá-los
respeitando os horários e a forma que seu
médico indicou.
Para prevenir a entrada do protozoário da toxoplasmose
em seu organismo:
• Evite manipular e comer carne crua ou mal cozida
• Lave as mãos antes de comer
• Lave as mãos depois de contato com gato, pois ele,
apesar de não adoecer, pode transmitir a toxoplasmose
para o homem.
• Evite mexer na caixa de areia e nas fezes desse animal.
Para saber se você está contaminado pelo protozoário da
toxoplasmose, faça um exame de sangue
Quando há contaminação e o nível de CD4 está baixo, é
recomendado fazer uso de Bactrim para prevenir a
toxoplasmose.
Colaborou: Estevão Portela (infectologista)
Faça uma
Assinatura Solidária
da Saber Viver
A Saber Viver é uma revista gratuita, mas, se você quer recebê-la em casa, colabore conosco fazendo uma
Assinatura Solidária.Você escolhe um dos valores abaixo para doar à Saber Viver e passa a receber, em sua casa,
um exemplar da revista a cada dois meses, durante um ano, em envelope sem identificação do remetente.
Escolha a sua doação:
R$ 12,00 R$ 25,00 R$ 50,00
•
•
Como fazer sua doação
• Deposite o valor escolhido no Banco HSBC, agência 0424, conta poupança 429254-2. Envie o comprovante do depósito,
nome e endereço completo para revista Saber Viver.Atenção: O depósito não deve ser feito em caixas eletrônicos.
• Deposite o valor escolhido através de Vale Postal (disponível em todas as agências de correio) para a revista Saber ViverCNPJ 04.568.776/0001-63. Envie o comprovante para a redação da revista. Não se esqueça de colocar seu nome e
endereço completo.
Revista Saber Viver: Caixa Postal 15.088 – Rio de Janeiro – RJ – Cep 20031-971
Saber Viver
15
Namoro ou Amizade
Cartas
QUERO NAMORAR. Gosto de atividades
físicas e culturais. Tenho 41 anos. Mulheres, liguem-me. Chico. Tel (21) 9691 9330
TENHO 65 KG, 1.74M, 34 ANOS, sou branco
bronzeado, extrovertido e bonito. Espero
cartas com foto. Thiago. Av. São João,
1509 – aptº 44 – Santa Cecília. São PauloSP. Cep 01210-1000. Tel (11) 3361 9888
ESTOU À DISPOSIÇÃO das garotas de São
Paulo de 30 a 40 anos. Tenho 41 anos,
HIV+, branco e calvo. Mas como diz o
ditado “É dos carecas que elas gostam
mais”. Armando. Tel (11) 9358 7861
BUSCO PESSOAS SINCERAS, de bem com a
vida e honestas para amizade. Sou viúva e
tenho 30 anos. Cláudia. Rua Olinda, 265
– Realengo. Rio de Janeiro-RJ. Cep
21730-040
TODOS NÓS TEMOS direito à felicidade. Tenho
37 anos, 1.75m e 70 kg. Gostaria de me
corresponder com mulheres alegres de 20
a 45 anos. Francisco da Silva Marinho.
Largo do Machado, 11- aptº 403 – Catete. Rio de Janeiro-RJ. Cep 22221-020
DESEJO UMA RELAÇÃO de amizade com homens soropositivos, baseada em carinho,
atenção e amor. Sou mulato, 32 anos,
1.70m e 79kg. Almir. Tel (21) 3158 3421
OLÁ! SOU CUBANO, 1.78m, 75 kg,
divorciado, 39 anos e tenho um filho de 2
anos. Busco rapazes de 20 a 50 anos para
futuras amizades. Favor enviar as cartas
em inglês ou espanhol. Adalberto
Ramirez Ruiz. Calle Luis Ramirez Lopez
-5 com Ivan Gonzalez y Ramón López
Penã. Rpto. Frank País. Sancti Spiritus.
60200. Cuba
PARA MULHERES 100% evangélicas,
de 30 a 40 anos e que morem em
Madureira-RJ. Sou assintomático, moreno
claro, 1.77m, 75 kg e estou na faculdade.
Jezrell. E-mail [email protected]
ESTOU SOZINHA POR OPÇÃO dos outros, é claro. Sou gordinha, alegre, simpática, 1.58m,
73 kg e 22 anos. Homens extrovertidos,
liguem-me. Luciana. Tel (21) 9784 8647
QUERO TE CONHECER. Sou branco, 33 anos,
olhos verdes, 1.70m e 68 kg. Adoro ler,
escrever, namorar, ir à praia e ao teatro.
Procuro homens para um futuro
relacionamento. Fábio. Travessa Miguel
Escobar, 13 – casa 2 – Fonseca. NiteróiRJ. Cep 24120-317
PREFIRO UMA MULHER de Brasília, mas responderei a todas. Sou professor, soropositivo, 1.80m, 82 kg, tenho 3 filhos e
39 anos. Sylvio. Tel (61) 9559 5760. E-mail
[email protected]
PARA
ME FALTA UMA PAIXÃO. Tenho um casal de
filhos, 39 anos, HIV+ há 7 anos, sem vícios,
1.65m e 45 kg. Preciso muito de um
companheiro sincero. Madalena Florentina
da Silva. Estrada Guandu do Sena, 4545
– casa 05 – Bangu. Rio de Janeiro-RJ.
Cep 21854-000. Tel (21) 9398 1032
A CAMINHO DA LIBERDADE. Procuro mulheres
de 20 a 40 anos. Sou moreno, 32 anos,
1.75m e 62 kg. Alessandro Machado dos
Santos. Matrícula 152.979 – inclusão –
cela 02. Caixa Postal 19. Casa BrancaSP. Cep 13700-970
NÃO AGÜENTO MAIS a solidão. Sou travesti,
HIV+ e 29 anos. Procuro a minha alma
gêmea. Valquiria. Mod. 3 lote 43ª Residencial Santa Maria. Brasília-DF.
Cep 72580-300
SOU ASSINTOMÁTICO, 38 anos, professor,
branco, 1.69m e 71 kg. Busco homens
ativos de São Paulo para um relacionamento sério. Evanir da Silva. Rua Paraná,
73 – Parque das Américas. Mauá-SP.
Cep 09351-110. Tel (11) 4054 2858
(deixar recado).
QUERO FAZER PARTE desta tribo. Tenho 36
anos, 1.76m, 75 kg e sou amigo de
verdade. Mulheres presidiárias, escrevamme. Aguardo sua carta com foto. Augusto.
Caixa Postal 12777. São Paulo-SP. Cep
04744-970
ADORO ESPORTES. Sou moreno, 35 anos,
soropositivo, 1.75m e 70 kg. Quero encontrar a minha companheira. De preferência,
enviar cartas com foto. Adilson Silva
Dilton. Rua Antonio Carlos Magalhães,
19 – Km 17 – Itapuã. Salvador-BA. Cep
41630-720
PROCURO UM HOMEM de 30 a 40 anos que
more no Rio de Janeiro para relacionamento sério ou amizade. Sou morena clara,
27 anos, 1.65m e 50 kg. Christina. Tel (21)
3666 3644.
E-mail [email protected]
PROCURO MULHERES BAIANAS, que tenham
carro, de 20 a 45 anos e de boa saúde.
Sou empresário, moro sozinho, 35 anos,
corpo atlético, branco e 1.80m. André
Viana. Tel (71) 9946 2723. E-mail
[email protected]
CONTINUO ESPERANÇOSO ATRÁS da minha
cara metade. Desejo me relacionar com
mulheres de 30 a 45 anos que tenham uma
situação financeira definida.Tenho 47 anos,
branco, saudável e HIV+ há 12 anos. Luis.
Tel (13) 9113 6605
ESTOU MUITO SOZINHO. Sou soropositivo,
moreno e tenho 38 anos. Quero fazer
novas amizades. Edson Miranda Pereira.
Estrada Vicinal Pascoal Milton Lintini,
km 12. Lucélia-SP. Cep 17780-000. Caixa
Postal 91
SOU NEGRA, 1.70m, 81 kg e 41 anos. Estou
à procura de homens honestos, de 42 a
60 anos para um futuro compromisso.
Noemi. Rua Fortaleza, 119 – Paracambi.
Rio de Janeiro-RJ. Cep 26600-000
TOURINO SOLITÁRIO. Preciso encontrar uma
mulher de qualquer parte do Brasil. Tenho
41 anos e 1.75m. Aurimar. Rua Santo
Antônio, 44 – Jardim Carioca. Campos
dos Goitacazes-RJ
SOU DISCRETO, moreno e tenho 36 anos.
Gostaria de conhecer pessoas com mais
de 38 anos. JCSP. Tel (21) 9653
4118/9335 7653
ESTOU À PROCURA de pessoas do mesmo
sexo para amizade ou algo mais. Tenho 23
anos. Escrevam-me. Guto. Av. Godofredo
Maciel,
2440-bloco
M-aptº401Maraponga. Fortaleza-CE. Cep 60710001. Tel (85) 9954 5749
SOU APOSENTADO, mas trabalho como
técnico de informática. Tenho 40 anos,
moreno e 1.70m. Gostaria de conhecer
homens ativos, carinhosos e tranqüilos.
Gelson. Tel (21) 8131 6140
MEU SONHO É SER PAI. Sou baiano, bissexual,
HIV+ há 1 ano, 27 anos, 1.85m e 83 kg.
Procuro homens e mulheres. Igor. E-mail
[email protected]
PROCURO UM NAMORADO inteligente, independente e de 18 a 30 anos. Sou moreno e
tenho 1.76m. Robson. Tel (21) 3245 0753
SOU MUITO DISCRETO, HIV+, branco e 28
anos. Quero fazer amigos do Rio de Janeiro. Sandro.
E-mail [email protected]
TENHO 43 ANOS, HIV+ desde 1996, sou
branco e não afeminado. Gostaria de
conhecer homens ativos de 35 a 45 anos.
Duda. Tel (11) 4545 4757
MORO COM UMA das minhas três filhas.
Tenho 58 anos, soronegativa, 53 kg e
1.55m. Desejo me relacionar com homens
de 55 a 65 anos. Maria. Tel (21) 3331 7407
(ligar até as 16h ou aos domingos)
QUERO CONHECER CAMINHONEIROS soporositivos de 29 a 40 anos. Sou branca e
tenho 29 anos. Claudia. Tel (11) 6934 2330
GOSTO DE MÚSICA, cinema e de namorar.
Procuro pessoas de ambos os sexos para
uma amizade. Tenho 32 anos. Valdir. Email [email protected]
PARA ÀQUELES COM muita vontade de viver.
Sou HIV+ há 13 anos, evangélica, viúva e
tenho 39 anos. Bete. Tel (11) 4194 3831
TENHO 35 ANOS e sou HIV+. Quero fazer amizades em Brasília. Wagner Dolabella. Email [email protected]
CONTROLE INTERNO, AS CARTAS PARA ESTA SEÇÃO SÓ SERÃO PUBLICADAS SE CONTIVEREM
ENDEREÇO COMPLETO E XEROX DO DOCUMENTO DE IDENTIDADE.
A SABER VIVER
MANTERÁ ESSES
DADOS SOB SIGILO E SÓ DIVULGARÁ O QUE FOR DO INTERESSE DO LEITOR.
16
Saber Viver
SÓ PARA MULHERES da zona leste de São
Paulo. Sou carinhoso, HIV+, 38 anos, 1.65m
e 59 kg. Carlos Miranda. Rua Dona
Carmela, 317 – Jardim Grimaldi. São
Paulo-SP. Cep 03271-020
TENHO AMOR E CARINHO transbordando.
Procuro uma mulher disponível e carente.
Sou branco e tenho 39 anos. Eduardo. Rua
Professora Maria Neuza Cunha, 131Bloco B-aptº 32 – Valongo. Santos-SP.
Cep 11085-010.
E-mail [email protected]
ESTOU DE BEM com a vida, sou
espiritualista, passivo, branco, 39 anos,
1.65m e 60 kg. Se você é honesto e ativo,
envie-me carta com foto e telefone.
Francisco. Caixa Postal 4706. São PauloSP. Cep 01061-970
SOU AJUDANTE DE CARGA, 26 anos,
evangélico, simpático e alegre. Procuro
moças românticas. Darei preferência a
quem enviar foto. Elias Ferreira Leme.
Rua Campos Novos Paulista, nº 148 –
Grajaú. Santo Amaro-SP. Cep 04840-510
DESEJO CONHECER MULHERES de 34 a 40
anos. Sou aposentado, negro e tenho 34
anos. Aguardo sua ligação. Alberto. Tel
(21) 3317 8207
QUERO SER FELIZ. Sou soropositivo e tenho
39 anos. Pretendo conhecer mulheres para
construir uma boa amizade ou algo mais.
Jorge. Tel (21) 2489 6109
SE VOCÊ TEM um corpo legal, é ativo, não
afeminado, escreva-me. Sou travesti, 23
anos, branca, 1.79m e 75 kg. Favor enviar
foto. Cristal. Rua Isaac Tabacow, 77 –
Vila Granada. São Paulo-SP. Cep 03655010. Tel (11) 9567 2770
NÃO AGÜENTO MAIS a solidão. Sou travesti,
HIV+ e 29 anos. Procuro a minha alma
gêmea. Valquiria. Mod. 3 lote 43ª Residencial Santa Maria. Brasília-DF.
Cep 72580-300
ESTOU CHEIO DE AMOR e carinho para dar.
Sou moreno, 28 anos, 1.75m e 75 kg.
Busco encontrar rapazes de 25 a 40 anos
para um relacionamento maduro. Luiz
Eduardo. Tel (81) 3441 4793. E-mail
[email protected]
TENHO TRAÇOS AFEMINADOS, branca, 25 anos
e me considero bonita. Estou ansiosa em
conhecer um rapaz inteligente e não
preconceituoso. Márcia J. Borges. Rua
João Alfredo de Morais, 597 – São
Lourenço da Serra-SP. Cep 06890-000
TENHO 27 ANOS.Gostaria de conhecer
homens com mais de 25 anos. Claúdia.
E-mail [email protected]
GEMINIANA SOLITÁRIA. Tenho 35 anos e sou
soronegativa. Gostaria de me relacionar
com mulheres de qualquer lugar do Brasil.
Ana. Tel (21) 8836 0679/ 9114 7431
Saber Viver
PRECISO ENCONTRAR MOÇAS de 20 a 30 anos.
Sou simpático e tenho 53 anos. Pedro.
Caixa Postal 32885. Rio de Janeiro-RJ.
Cep 21942-970
DOU PREFERÊNCIA ÀS MULHERES morenas.
Sou viúvo, HIV+, branco, 1.68m e 56 kg.
Moacyr. Tel (11) 3923 4737
SAGITARIANA SOLITÁRIA. Sou assintomática,
39 anos, morena, 1.60m e 60 kg. Desejo
entrar em contato com homens de 30 a 45
anos para amizade ou algo mais. Angélica.
Rua Petrória, 677 – Parque Vitória.
Franco da Rocha-SP. Cep 07856-140. Tel
(11) 9363 3612
ESTOU À PROCURA de uma alma gêmea, que
seja de preferência militar. Cartas com foto
serão bem vindas. Irene. Rua Santo
Antônio, 44 – Jardim Carioca. Campos
dos Goitacazes-RJ. Cep 28081-250
OFEREÇO APOIO EMOCIONAL e uma sincera
amizade a todas as pessoas. Sou cubana
e trabalho com pacientes HIV+. Mariela
Alvarez Ramírez. Finca Outro Lado. San
Antonio de Las Vegas. Prov. Habana.
Cuba. CP 34190
TENHO 1 FILHO, mas sou separado, 35 anos
e gosto muito de escrever. Quero me
corresponder com moças de 25 anos.
Marcos Antonio. Rua Lupércio, 23 –
Grajaú – BNH. Santo Amaro-SP. Cep
04840-550
CONTINUO À PROCURA da minha cara
metade. Sou HIV+, branco, gay, 1.65m e
74 kg. Peixinho solitário. Tel (21) 9231
4215
BUSCO INCESSANTEMENTE um companheiro
ativo, soropositivo, para amar e ser amado.
Sou discreto, assintomático, 38 anos,
moreno, 1.79m e 73 kg. J. Sobrinho. Rua
Barão de Campinas, 747- aptº 71Campos Elíseos. São Paulo-SP. Cep
01201-001
SOU POSITIVO, branco, 32 anos, analista de
sistemas, músico e bastante peludo. Tenho
a intenção de me relacionar com mulheres
brancas e comunicativas. Alex Aguiar. Av.
Teleférico II, nº 476 – Conjunto Água
Branca. Contagem-MG. Cep 32370-010.
E-mail [email protected]
JÁ SOU COMPROMETIDO, mas desejo trocar
conhecimentos com outras pessoas.
Tenho 42 anos, moreno e adoro cantar.
José Marcelo da Silva. E-mail
[email protected]
TENHO UM SORRISO BONITO, 40 anos e sou
moreno. Mulheres loiras ou morenas,
mandem cartas com foto. Marcos. Rua
Nestor Pestana, 125 – cj 62 –
Consolação. São Paulo-SP. Cep 01303010. Tel (11) 3333 3983
QUERO FAZER NOVAS amizades. Tenho 31
anos. Edson. Tel (19) 3033 0985
SOU POSITIVO, branco, 32 anos, analista de
sistemas, músico e bastante peludo. Tenho
a intenção de me relacionar com mulheres
brancas e comunicativas. Alex Aguiar. Av.
Teleférico II, nº 476 – Conjunto Água
Branca. Contagem-MG. Cep 32370-010.
E-mail [email protected]
GOSTO DE VIAJAR E CURTIR a natureza. Tenho
bom nível cultural, 46 anos, assintomático
e moreno. Gostaria de conhecer pessoas
do sexo masculino. J. Duarte. Caixa
Postal 634. Fortaleza-CE. Cep 60001-970
PROCURO RAPAZES de até 26 anos para um
futuro namoro. Descarto afeminados.
Marcelo Ramos Abreu. Rua João
Gomes Cardoso, 1925 – Eldorado.
Contagem-MG. Cep 32315-030. Tel (31)
3392 5644
BELEZA NÃO É TUDO. Sou honesto, sincero,
moreno, 1.70 e 60 kg. Quero encontrar um
homem com as mesmas características.
Marcos. Rua José Moreira Garcia, 31 –
Centro. Guapimirim-RJ. Cep 25940-000
SOU INDEPENDENTE, muito extrovertida,
soropositiva, 33 anos e morena. Procuro
homens de 30 a 40 anos que queiram um
relacionamento duradouro. Rosângela.
E-mail [email protected]
SE VOCÊ GOSTA de fazer novas amizades e é
discreto, escreva-me. Sou caseiro, simples
e tenho 37 anos. Paulo. Estrada dos
Pitocos, 754 – Rua H-lote 23 – Paciência.
Rio de Janeiro-RJ. Cep 23585-430. Tel
(21) 3321 4223
TENHO 29 ANOS, HIV+, mulata e muito
comunicativa. Quero encontrar homens de
27 a 45 anos para um relacionamento
sério. Jane Lúcia. Rua Castelo Branco, 9
– Fazenda Cassiano B – Mangaratiba –
Campo Grande. Rio de Janeiro-RJ. Cep
23065-230. Tel (21) 9396 7934
NÃO TENHO VÍCIOS, 43 anos, estou me
divorciando, mas moro sozinho. Preciso
encontrar uma companheira para oferecer
meus carinhos. Almir Pereira. Rua Fazenda Monte Alegre, 92 – Vila Jaraguapituba. São Paulo-SP. Cep 05180-060
SOU SAUDÁVEL, 37 anos, HIV+ e moreno.
Espero receber cartas de homens ativos
de até 45 anos. Douglas. Caixa Postal 35
– Ribeirão Pires. São Paulo-SP. Cep
09400-970
DESCARTO AFEMINADOS. Sou passivo,
moreno, 23 anos, 1.79m e 80 kg. Blad. Email [email protected]
OLÁ! SOU passivo, 41 anos, 1.66m e 67
kg. Procuro rapaz ativo e másculo para
amizade e futuro relacionamento. Beto. Tel
(21) 9126 5952.
E-mail [email protected]
SOU TIPO MULATA exporta samba, HIV+ e 29
anos. Quero encontrar um homem atraente, de 25 a 49 anos e que queira um compromisso sério. Jane. Rua Castelo Branco, 9- Fazenda Cassiano – Mangariba Campo Grande. Rio de Janeiro-RJ. Cep
23065-230. Tel (21) 9396 7934
17
Cartas
QUER ME ADOTAR? Sou charmoso, alegre e
tenho 40 anos. Eduardo Bittencourt. Rua
Profª Maria Neuza Cunha, 131-aptº 32
B. Valongo. Santos-SP. Cep 11085-010
SOU 100% ATIVO, moreno, 28 anos, 1.74m
e 83 kg. Desejo encontrar alguém para
amizade ou algo mais. Utemberg. E-mail
[email protected]
Cartas
QUERO NAMORAR E CASAR com uma
mulher de 20 a 35 anos. Sou super
carinhoso, 32 anos, 1.83m, 65 kg e
evangélico. Vanderlei. Rua Joaquim
Teodoro de Carvalho, 1954. ItuiutabaMG. Cep 38307-072
PROCURO PESSOAS DE BOM gosto para uma
sincera amizade. Sou inteligente, simpático e carinhoso. Frank. Conjunto Rosane Collor-quadra C, nº 14 – Tabuleiro.
Maceió-AL. Cep 57080-000. Tel (82) 373
5048
SOU TRAVESTI, bonita e inteligente. Procuro
homens ativos, alegres e honestos.Vanny.
Tel (11) 4425 8758
QUEM SABE EU SEJA o seu grande amor?
Sou soropositivo, 26 anos, branco, 1.78m
e 66 kg. Estou à procura de rapaz entendido, inteligente e de 20 a 28 anos. Carlos
Alberto. Rua Igarapé da Missão15-aptº
33 A. São Paulo-SP. Cep 08485-010
SAGITARIANO INTERESSANTE. Quero encontrar
homem de qualquer raça, culto e com
altura acima de 1.70m. Sou branco, 44
anos, 1.77m e 60 kg. André. Tel (21) 9413
6954
PROCURO UMA PESSOA do sexo masculino
para namoro sério. Tenho 2 filhos, 35 anos
e sou morena. Roseli. Tel (13) 3236 3167
(ligar após as 19h)
NO MOMENTO NÃO TOMO remédio. Tenho 30
anos, morena, bonita, 1,75m e 75 kg.
Gostaria de conhecer pessoas de ambos
os sexos para amizade. Ana tel (21) 2230
4954
SUGERIMOS QUE OS LEITORES QUE
QUEIRAM SE CORRESPONDER ALUGUEM UMA CAIXA POSTAL NA AGÊNCIA DOS CORREIOS. RECOMENDAMOS TAMBÉM QUE, AO MARCAR UM
ENCONTRO, PREFIRAM LOCAIS PÚBLICOS E AVISEM A UM AMIGO.
NÃO IMPORTA O SEXO. Pretendo me corresponder com pessoas de todo o Brasil.
Tenho 23 anos e sou evangélico. Leandro
Machado Santos. Travessa Carlos
Gomes, 120-casa 4 – Cidade Nova. Rio
Bonito-RJ. Cep 28800-000
MUITOS JÁ ENCONTRARAM o seu companheiro na revista, por isto decidir
escrever também. Sou HIV+, 32 anos e
estou muito sozinha. Solange. Tel (31)
3846 2603
SOMENTE PARA PESSOAS morenas, passivas
e com mais de 1.75m. Dou preferência para quem enviar foto. Edmilson. Rua Ipiraides Martins Borges, 21 A- Alto. Vila João
Batista. São Paulo-SP. Cep 02837-150
Arrume um
namorado. Não
arrume doença.
Use camisinha
ESTOU SOLITÁRIO. Sou carinhoso, passivo,
45 anos e super discreto. Procuro amizade
ou algo mais. Tadeu. Tel (21) 9935 1123
DISPENSO OS AVENTUREIROS e os que não
gostam de animais. Sou morena,
simpática, 31 anos e HIV+. Procuro um
homem louro ou moreno. Me liguem.
Joceli. Tel (11) 9958 6362
GOSTARIA DE CONHECER homens de 25 a 45
anos, não afeminados para um futuro
compromisso. Sou moreno, 37 anos,
1.70m e 61 kg. Douglas. Caixa Postal.
Ribeirão Pires-SP. Cep 09400-970
DESEJO FAZER CONTATO com homens que
gostem de cinema, e de viajar que tenham
situação financeira definida. Leda. Tel (21)
9823 8629
NECESSITO TROCAR EXPERIÊNCIAS de vida e
compartilhar bons sentimentos. Sou HIV+
e presidiário. Marcos César Mazzi.
Matrícula 121614. Caixa Postal 591.
Penitenciária de Hortolândia PI. Rod.
Campinas Monte Mor, km 5 B- Nova
Boa Vista. Hortolândia-SP
SOU ASSINTOMÁTICA e HIV+ há 5 anos.
Estou à procura de uma mulher sincera
para viver um relacionamento duradouro.
Mulher Carente. Tel (13) 9116 2797. Email [email protected]
TENHO 26 ANOS, HIV+, 1.80m e 65 kg.
Quero encontrar um rapaz nas mesmas
condições e descrições. Cristiano. Tel
(21) 9585 8899.
E-mail [email protected]
PROCURO MOÇAS que queiram ultrapassar
as barreiras para viver um grande amor.
Sou moreno e tenho 25 anos. Anderson.
Rua Maria dos Reis Mathias, 141
–Klavim. Nova Odema. São Paulo-SP.
Cep 13460-000
SOMENTE PARA HOMENS ATIVOS. Sou muito
carinhoso, moreno e tenho 28 anos. Luiz.
Tel (21) 8116 7824
18
GOSTARIA DE ME CORRESPONDER com outro
rapaz HIV+. Tenho 27 anos e sou branco.
M.C. Av. Getúlio Vargas, 2403, casa 7.
Nilópolis-RJ. Cep 26525-012a
FALTA VOCÊ PARA EU ser feliz. Sou bonito,
branco, discreto e tenho situação financeira definida. Rick. Caixa Postal 2917.
Rio de Janeiro-RJ. Cep 20010-974. Tel
(21) 3831 9144
SOU PRODUTOR, DIRETOR e escritor. Procuro
qualquer serviço honesto. Jairo. Tel (21)
9291 2361
UM AMOR ESPECIAL. Somente para rapazes
de até 33 anos de todo o Brasil. Dou
preferência para os de porte atlético.
Jairo. E-mail [email protected]
ESTOU PRECISANDO MUITO da sua ajuda
em donativos. Tenho 24 anos, sou presidiário e HIV+. Edéuso Alexandre da
Silva. Matrícula 155.817. Caixa Postal
97. Presidente Bernades-SP. Cep
19300-970
TENHO 47 ANOS bem simpáticos e sou
soropositiva. Pretendo me relacionar com
homens de 45 a 50 anos. Fátima Tel (21)
2596 0498/9375 9959
SOU SADIO, romântico e tenho 39 anos.
Estou à procura de amizades sinceras.
Responderei a todos os e-mails. Fernando. E-mail [email protected]
OI GATOS! Tenho 36 anos, passivo, loiro e
não sou afeminado. Espero a sua ligação.
Marcelo. Tel (11) 9264 3001
ESTOU MUITO CARENTE. Desejo encontrar
uma mulher para amar. Sou soropositivo,
47 anos, 1.60m e 52 kg. Tony. Rua F 4, nº
36 – Jardim Piabetá. Nossa Senhora do
Socorro. Aracaju-SE. Cep 49160-000
TROCAR CORRESPONDÊNCIAS é muito bom
para acrescentar novas idéias na nossa
vida. Natascha. Tel (13) 3233 2040
PROCURO UMA GRANDE AMIZADE com
homens de 36 a 50 anos que gostem de
ler e aproveitar ao máximo a vida.
Zanongrado.
E-mail [email protected]
TENHO 1.80M, 72 KG e sou moreno.
Homens de 20 a 40 anos, mandem cartas
com foto e telefone. Ivonei Rodrigues.
Rua Juvenal Garcia, 769-Centro. ItajaíSC. Cep 88302-040
PROCURO EMPREGO. Já trabalhei como
emissor de passagens aéreas e terrestres.
Aceito qualquer outro tipo de trabalho.
Tenho 45 anos. José Antônio. Caixa
Postal 18344. São Paulo-SP. Cep 04626970 Tel (11) 9947 7855
TENHO EXPERIÊNCIA em diversas funções
como operador de máquinas, auxiliar de
manutenção, na área de educação e
hospitalar. Tenho 42 anos e moro em
Santos. José. Tel (13) 3426 2735/8119
6805
O MEU DESEJO É MORAR JUNTO. Pretendo
dividir as alegrias da vida com homens
não afeminados. Tenho 65kg e 1.65m.
José. Tel (11) 9802 7713
ALÉM DE ADORAR RECEBER A REVISTA Saber
Viver, gostaria de fazer amigos. Tenho 38
anos e sou HIV+ há 15 anos. Favor enviar
cartas com foto. Edjanir F. Costa. Rua
Nelson Lucas, 145 – Jardim Adriana II.
Guarulhos-SP. Cep 07135-165
NÃO AGÜENTO MAIS A SOLIDÃO. Procuro
homens do Rio de Janeiro de 30 a 40 anos
que queiram compromisso sério. Sou
morena, 39 anos, 1.54m e 51 kg. Marli.
Rua Rigoleto, 129 –casa 1 – Posse. Nova
Iguaçu-RJ. Cep 26020-680
QUERO ME RELACIONAR com homens de 30
a 45 anos que saibam dirigir. Sou moreno,
alto e 64 kg. Edu. Tel (21) 8111 1834
Saber Viver
ESTOU PRONTO PARA LARGAR TUDO por você.
Sou charmoso, 40 anos e inteligente. Darei
preferência a cartas com foto. Eduardo
Bittencourt. Rua Professora Maria
Neuza Cunha, 131 –aptº 32 B – Saboó.
Santos-SP. Cep 11085-010. E-mail
[email protected]
NÃO TENHO VÍCIOS e sou muito trabalhador.
Gostaria de me comunicar com mulheres
de 25 a 32 anos. Silva. Rua São Luiz, 84 –
Jardim Balneário. Contagem. Tecnópolis
– MG. Cep 32110-170
SOMENTE PARA MULHERES SEM FILHOS. Quero
ter uma amizade saudável ou algo mais.
Guerino Piccin. Rua São José da Tapera,
32 – Jardim Independência. São PauloSP. Cep 03223-010
QUERO ENCONTRAR RAPAZES que queiram
dividir, além de sexo, as contas da casa.
Tenho 55 anos e sou branco. Dimas Tel
(11) 9632 7875
BUSCO UMA PESSOA LEGAL que queira
compartilhar bons momentos ao lado de
outro homem. Sou sarado e tenho 37 anos.
Edu. E-mail [email protected]
SOU FÃ Nº 1 DESTA REVISTA. Estou à procura
de homens militares.Ramon. Tel (22) 2728
5085 / 9812 7516
SOLITÁRIO E CARENTE. Procuro companheiro
soropositivo, ativo e discreto para uma
relação estável e tranqüila. Sou carinhoso
e romântico. Favor enviar foto que
retribuirei. J.C. Caixa Postal 62653. São
Paulo-SP. Cep 01214-970. E-mail
[email protected]
ESTOU LUTANDO com a minha nova
realidade. Sou HIV+ há pouco tempo,
moreno e 41 anos. Gostaria de me
corresponder com pessoas do mesmo
sexo. Carlinhos. Avenida Marechal
Deodoro da Fonseca, 790- aptº 12 – Ed.
Hanns – Centro. Jaraguá do Sul –SC.
Cep 89251-700
GOSTO DE LER. Sou carinhoso, soropositivo,
inteligente e tenho 21 anos. Mulheres
evangélicas, escrevam-me. Edmilson de
Oliveira. Rua Santa Davina, 36 – São
Miguel Paulista. São Paulo-SP. Cep
08080030.
E-mail [email protected]
SÓ PARA MULHERES que queiram um
compromisso sério. Tenho 32 anos e sou
HIV+. Mauri Luis. Rua Onze, nº 42 –
Jardim Aeroporto. Ilha Solteira-SP. Cep
15385-000. Tel (18) 9749 3707
ESTOU MUITO SOZINHO. Sou branco e tenho
1.79m. Rômulo. Rua Oliveira Bulhões,
435 – casa 4 – Cascatinha. PetrópolisRJ. Cep 25710-320
SOMENTE MULHERES. Sou esbelto e tenho
47 anos. Dercio Reis. Tel (13) 225 450 /
9446 4112. E-mail [email protected]
PROCURO NOVAS AMIZADES com mulheres de
toda as idades. Sou soropositivo, branco,
38 anos e 1.68m.Liguem-me. Gilberto. Tel
(24) 3337 0855
Saber Viver
PEÇA A SABER VIVER NA UNIDADE DE SAÚDE
ONDE VOCÊ FAZ O SEU TRATAMENTO. DE DOIS
EM DOIS MESES ELA ESTARÁ À SUA
Saber Viver
DISPOSIÇÃO GRATUITAMENTE. QUALQUER
PROBLEMA, ENTRE EM CONTATO CONOSCO.
DESEJO TROCAR IDÉIAS e conhecer novos
amigos de todo o Brasil. Sou pedagogo e
tenho 45 anos. João Vicente. Av. Paulo
Ferraz da Silva Porto, 430 – Prainha.
Caraguatuba-SP. Cep 11661-520
Soluções criativas e responsáveis
para a sua comunicação
TENHO SAUDADES DE SER AMADO. Tenho 46
anos, branco, passivo e não afeminado.
Sérgio. Av. Higienópolis, 156 – Vila Gilda.
Santo André-SP. Cep 91090-360
SÓ ACEITO ATIVOS. Sou moreno jambo, 40
anos, 1.67m e 66 kg. Se possível, enviar
foto. Edvaldo Lima. Rua Conselheiro
Nébias, 719 – aptº 212. Campos Elísios.
São Paulo-SP. Cep 01203-001
PARA ÀQUELES HOMENS que estejam a fim
de um caso sério. Sou jovem e moreno
claro. Beto. Tel (11) 9146 4841
EDUCAÇÃO E BONS PRINCÍPIOS são
fundamentais. Quero conhecer homens
branco, de 45 a 55 anos e com situação
financeira definida. Sou ruiva, soropositiva
e tenho 47 anos. Leonan. Rua Mauro
Granato, 1060 – Boa Vista 1. Barra
Mansa-RJ. Cep 27335-650
ME ENCONTRO PRIVADO DA LIBERDADE, mas
prestes a sair. Sou soropositivo, branco e
tenho 42 anos. Gostaria de receber cartas
de mulheres HIV+. Aparecido Alberto.
Matrícula 54.439. Rodovia Marechal
Rondon, km 475. Penitenciária Avanhandava. São Paulo-SP. Cep 16360-000
CAPRICORNIANO CARENTE. Procuro um
namorado romântico e sincero para morar
junto. Jairo. Tel (21) 9291 2361
TENHO 31 ANOS, branco e não sou
afeminado. Desejo me relacionar com um
homem de 29 a 40 anos. Carlos. Rua São
Lourenço do Sul, 136 – Pedra Branca.
São Paulo-SP. Cep 02633-060
QUERO CONHECER UM RAPAZ que tenha a
pretensão de construir uma família. Tenho
2 filhos, 40 anos, HIV+ e sou morena.
Estarei esperando a sua carta com foto.
GJO. Rua Vicente Florindo Neto, 368 –
Jardim Baronesa. Osasco-SP. Cep
06268-160
HOMENS PELUDOS, soropositivos e com mais
de 40 anos, escrevam-me, de preferência
com foto. José Angelo da Cunha. Rua
Oscar Thompson, 80 aptº 03 – Barra
Funda. São Paulo-SP. Cep 01151-020.
Tel (11) 9343 9619
SOU POSITIVA, SINCERA, 35 anos e 2 filhos.
Procuro minha alma gêmea, um homem
honesto, trabalhador, que respeite o
próximo e ame a vida. Me liguem! Ana. Tel
(11) 6781-8069(após as 18h)
Enquanto você cuida de seu projeto,
nós criamos o seu material informativo.
Entre em contato conosco
[email protected]
19
ALGUNS LOCAIS QUE
OFERECEM VÁRIOS
SERVIÇOS A SOROPOSITIVOS
AMAZONAS
RNP+ núcleo Amazonas
Rua Teresina, 476 ( Fiocruz) – Adrinópolis
Manaus-AM
Cep: 69057-070
BAHIA
Grupo Gay da Bahia – GGB
Tel: (71) 321-1848/322-2552
Rua Frei Vicente, 24 – Pelourinho
Salvador-BA
Cep: 40022-260
Instituto Família e AIDS de Salvador
Tel: (71) 480-0048
Rua Tomáz Gonzaga, 256 – Edifício Titã – sala 2 Pernambués
Salvador – BA
Cep: 41110-060
CEARÁ
Pastoral Nacional DST/Aids da CNBB
Tel: (85) 219-3461
Av. Dom Manuel, 3 – Centro
Fortaleza – CE
Cep: 60001-970
Gapa-CE
Tel: (85) 253-4159
Rua Castro e Silva, 121/sala 305
Fortaleza-CE
Cep: 60030-010
DISTRITO FEDERAL
Gapa-DF
Tel: (61) 328-3668, 326-7000
SCLN 404, bloco b, loja 50 – Asa Norte
Brasília-DF
Cep: 70845-520
MINAS GERAIS
RNP+ Núcleo Uberlândia
Tel.(34) 3214-4576
Rua Cel. Antônio Pereira, 400/ sala 319
Centro Uberlândia-MG
Cep: 38400-104
PARANÁ
Pela Vidda/PR
Tel: (41) 342-1183
Rua Carneiro Lobo, 35 – Água Verde
Curitiba-PR
Cep: 80240-240
PERNAMBUCO
RNP+ Núcleo Pernambuco
Tel: (81) 3231-0905
Av. Manoel Borba, 545 - Boa Vista
Recife – PE
Cep: 50070-000
PIAUÍ
RNP+ Núcleo Piauí
Tel: (85) 220-1072
Av.Odilon Araújo, 176/bloco A/aptº 201- Cond. Jardim
América-Cristo Rei
Teresina-Piauí
Cep: 60025-100
RIO GRANDE DO SUL
Rede Compromisso com a Vida
Telfax: (51) 3341-6333 ramal 2125
Rua Três de Abril, 90 – área 2 – Iapi
Porto Alegre-RS
Cep: 90520-200
RIO DE JANEIRO
ABIA
Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS
Tel: (21) 2223-1040
Rua da Candelária, 79/10º andar – Centro
Rio de Janeiro-RJ
Cep: 20091-020
Grupo Reagir Positivo
Tel: (21) 3753-0472 / 2772-9382
Rua Francisca Dantas, 360 - Centro
São João de Meriti – RJ
Cep: 25520-030
RNP Núcleo Médio Paulista
Tel: (24) 3323-5283
Rua Prefeito Bulcão Viana, 45 – Jardim Boa Vista
Barra Mansa - RJ
Cep: 27350-200
RNP+ Núcleo RJ
Tel: (21) 2597-4242 ramal 2163 / 3899-5477
Rua Dr. Leal, 706 - Engenho de Dentro
Rio de Janeiro-RJ
Cep: 20730-380
Sociedade Viva Cazuza
Tel: (21) 2551-5368 / Fax: 2553-0444
Rua Pinheiro Machado, 39 - Laranjeiras
Rio de Janeiro - RJ
Cep: 22231-090
Site: www.vivacazuza.org.br
RONDÔNIA
RNP Núcleo Porto Velho
Tel: (69) 224-4572
Rua José de Alencar, 1390 – Areal
Porto Velho-Rondônia
Cep: 78916-623
SÃO PAULO
Centro Corsini
Oferece oficinas artesanais e diversos serviços de saúde:
oftalmologia, ginecologista,
terapia floral, odontopediatria, entre outros.
Tel: (19) 3756-6300
Rua Luiz Otávio, 2869 – Jardim Santa Cândida
Campinas-SP
Cep: 13088-130
Centro de Convivência Joana D’arc
Tel: (13) 3383-2166
Rua das Cravinas, 327- Jardim Primavera
Guarujá - SP
Cep: 11432-310
Fórum de ONG/Aids de São Paulo
Tel (11) 3334-0704
Av. São João, 324 – 6º - conj. 602 – Centro
São Paulo-SP
Cep: 01036-000
Instituto Diet
Tel: (11) 6464-0976
Av. Esperança, 206 – Centro
Guarulhos-SP
Cep: 07095-005
GIV-Grupo de Incentivo à Vida
Tel: (11) 5084-0255
Rua Capitão Cavalcante, 145 – Vila Mariana
São Paulo-SP
Cep: 04017-000
OSTRA
Organização de Solidariedade, Trabalho e Respeito à AIDS
Oferece oficinas terapêuticas de trabalhos manuais que
visam à inclusão social e geração de renda. A Ong
também possui o Clube do Encontro, onde as pessoas
podem encontrar um amigo ou namorado.
Telfax: (11) 4421-6965
Av. Gago Coutinho, 426 - Vila Sacadura Cabral - Santo
André -SP
Cep: 09070-000
RNP+ Núcleo São José do Rio Preto
Rua Voluntários de São Paulo, 3398 – Centro
São José do Rio Preto-SP
Cep: 15015-200
CASAS DE APOIO
ESPÍRITO SANTO
Casa de Apoio Campo Grande
Tel: (27) 3343-6293
Rua Pastor José de Paula, 193
Campo Grande - Cariacica-ES
Cep: 29146-320
SÃO PAULO
Terra da Promessa
Tel: (11) 6231-0467
Av. Ultramarino, 78 – Mandaqui
São Paulo-SP
ATENDIMENTO JURÍDICO
GRATUITO
BAHIA
Lide Positiva – Casa do Pev
Tel: (77) 425-0681
Rua Laudicéia Gusmão, 644 – Centro
Vitória da Conquista-BA
Cep: 45035-000
RIO GRANDE DO SUL
Fac. de Direito da Universidade Federal
do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Tel: (51) 3316-3967
Av. João Pessoa, 80- subsolo - Farroupilhas
Porto Alegre-RS
Cep: 90040-000
RIO DE JANEIRO
Escritório Modelo da Universidade Cândido Mendes de
Ipanema
Tel: (21) 2523-4141 ramal 201
Rua Joana Angélica, 63 – subsolo – Ipanema
Rio de Janeiro-RJ
Cep: 22410-000
VOCÊ TAMBÉM PODE AJUDAR
RIO DE JANEIRO
Enviando alimentos infantis e fraldas descartáveis para:
Hospital Grafeée Guinle –setor de pediatria
Tel: (21) 2568-1620 ramal 253/ 252/251 – somente pela
manhã
Rua Mariz e Barroz, 775 térreo-Tijuca
Tornando-se um Voluntário
A Ong Pela Vidda/RJ está cadastrando pessoas
para atuar nos seus projetos e iniciativas.
Tel: (21) 2518-3993
Av. Rio Branco, 135/sala 709 – Centro
Sites www.riovoluntario.org.br/
www.ajudabrasil.org.br
SITES ÚTEIS
Site educativo e informativo sobre Aids:
www.hiv.org.br
Soropositivo
www.soropositivo.org
Gapa-São José dos Campos
www.gapasjsc.org.br