A General Motors Corporation é a maior fabricante

Сomentários

Transcrição

A General Motors Corporation é a maior fabricante
Jornal da SIFCO
A General Motors Corporation é a maior
fabricante mundial de veículos, e sua subsidiária brasileira, a maior da corporação na
América do Sul e a segunda fora dos
Estados Unidos. A empresa, fundada em
1925 em galpões alugados no bairro do
Ipiranga, em São Paulo, completou 80 anos
de Brasil em janeiro deste ano.
No início, suas atividades consistiam na montagem de
veículos importados dos Estados Unidos. Cinco anos depois, a
GMB já inaugurava sua primeira fábrica, em São Caetano do
Sul, e dois anos mais tarde, a unidade fabril de São José dos
Campos. Em 1968, lançou o primeiro automóvel da marca
Chevrolet no país, o famoso Opala, que encerrou sua história
com mais de 1 milhão de unidades vendidas. Desde então, a
GM não parou mais de fabricar sucessos de vendas. O próximo
poderá ser o novo Vectra, que está sendo desenvolvido pelas
áreas de design e engenharia da GM do Brasil e deve chegar ao
mercado até o fim deste ano.
O marco do ano 2000 foi a inauguração do Complexo
Industrial de Gravataí, no Rio Grande do Sul, uma das fábricas
mais modernas do mundo, que recebe visita de especialistas
Astra 2.0 Flexpower
Modelo GSI
n.o 09
março/abril de 2005
S10 Sertões
em manufatura de veículos dos mais diversos países para conhecer
seu sistema de montagem, feito em parceria com os fornecedores
sistemistas instalados dentro do complexo.
Em 2004, a GMB fechou o ano como líder em produção de
veículos, comemorando ainda consecutivos recordes de exportação. A SIFCO se orgulha de estar entre os fornecedores da montadora desde 1972, participando desta conquista fornecendo as mangas de eixo dianteiro para o Astra, Vectra, Zafira e S-10.
A SIFCO parabeniza a GMB pelos seus 80 anos de Brasil e
trabalha para manter essa parceria de sucesso por muitas outras
décadas!
Exposição 80 anos
da GM no Brasil
De olho na OHSAS 18001
A SIFCO já se prepara para buscar a certificação segundo a norma OHSAS 18001, que visa à melhoria contínua do
desempenho em saúde ocupacional e segurança dos empregados, uma preocupação permanente na Empresa.
Assim como a ISO/TS 16949 (qualidade) e a ISO 14000
(meio ambiente), a OHSAS 18001 consiste em um Sistema
de Gestão com foco voltado para a saúde ocupacional e a
segurança.
Os primeiros passos já foram dados pela Área de
Segurança do Trabalho, que está estudando a norma e sua
adequação à nossa realidade. As novidades serão divulgadas
oportunamente.
GEPAT em nova versão
A Gestão de Prevenção de Acidentes do Trabalho da SIFCO - GEPAT está sendo aprimorada. Implantado em 1996, esse sistema conta com
diversas normas de segurança, rigorosamente elaboradas pela Empresa,
levando-se em conta as suas principais causas de acidentes, em um
período de 20 anos.
Essa poderosa ferramenta foi fundamental para o trabalho de prevenção na fábrica e conseqüente redução do índice de acidentes. De
acordo com Alexandre Vivi, da Segurança do Trabalho, a GEPAT continuará contribuindo para a nossa busca pela certificação OHSAS 18001.
A versão 2005/2006 será lançada em breve, e todos os empregados
passarão por treinamento para se adaptar às melhorias.
Uso de EPIs: uma de nossas principais regras
É bom lembrar...
Faixas de Pedestres: mais segurança
para os empregados da SIFCO
Nossa Empresa dispõe de um projeto de
sinalização de faixas de pedestres desenvolvido pela Área de Segurança do Trabalho há
quase dois anos, que garante a integridade física de quem circula pela fábrica. É muito importante obedecer a essas faixas que orientam o
fluxo, afastam os transeuntes das áreas de
risco e evitam atropelamentos.
Outra regra básica que deve ser seguida é
que, ao circular pelas áreas produtivas, obrigatoriamente você deve usar os EPIs - Equipamentos de Proteção Individual.
Faça parte da nossa Brigada de Incêndio
A SIFCO está recrutando novos membros para a
Brigada de Incêndio, que atualmente possui 120 integrantes e deverá contar com mais de 400 brigadistas. Os interessados podem procurar seu supervisor imediato, e vale
destacar que todos os setores terão representantes.
Os selecionados passarão por treinamento teórico e
prático. Os empregados que já fazem parte da Brigada
participarão de um curso de reciclagem e de simulados.
2
Menos ruído
Empregados
homenageados
Parte dos empregados homenageados
pelos 10 anos sem acidentes
A Cipa da unidade de Campinas homenageou
os 10 empregados que estão há mais de 10 anos
sem acidentes, com uma placa comemorativa,
além de um troféu para José Raimundo dos Santos,
o recordista dentre eles, com 17 anos e 3 meses sem
acidentes.
Homenageados: Emerson Ricardo Ferigatto,
Manutenção Elétrica; Jorge Álvares, José Ulisses
Santos e Natalício José Santos, Acabamento; Jorge
Donizete Mazarin, Tratamento Térmico; João
Wilson da Silva e Benedito Oliveira, Inspeção; Iraci
da Silva, José Raimundo dos Santos e Dervalde
Domingues da Silva, Produção.
A SIFCO valoriza práticas ambientalmente corretas e, por meio de seu
Sistema de Gestão Ambiental (SGA), vem implantando diversas ações que visam
à redução da emissão de ruídos na fábrica.
Dentre as iniciativas mais recentes, destaca-se o trabalho do Departamento
de Usinagem, que instalou silenciadores em 87 equipamentos de esmerilhamento de peças e implantou processo de gravação com máquina de micropercurssão,
ao invés de tipagem em peças.
Outro bom exemplo vem do Departamento de Manutenção, que construiu,
internamente, transportadores automáticos de vigas, em substituição aos escorregadores da linha de Usinagem. Além disso, a área adaptou catalisadores
e silenciadores em empilhadeiras de toda a Empresa e nos equipamentos de
prensas e recalcadoras da
Forjaria.
Práticas como
treinamento e conscientização dos
empregados, inclusive no processo de
integração dos
novos, também
têm alcançado
resultados positivos.
Bons resultados quanto à diminuição
de emissão de ruídos
Programa Aprendizes
do SENAI
1.a Turma de Aprendizes da SIFCO: jovens de 15 a 17 anos
Em setembro de 2004, a SIFCO retomou o Programa Aprendizes do SENAI,
com a contratação de 11 jovens, entre 15
e 17 anos, selecionados nos cursos de
Mecânica de Usinagem e Eletricista de
Manutenção. Os aprendizes fazem parte
das unidades do SENAI de Campo Limpo
Paulista e Jundiaí.
O programa visa, entre outros benefícios, abrir espaço para novos talentos;
garantir à Empresa uma mão-de-obra
qualificada; e oferecer a oportunidade do
primeiro emprego aos jovens que querem
ingressar no mercado de trabalho.
Praticantes: profissionais
recém-formados pelo SENAI,
com mais de 18 anos
Durante dois anos, os jovens aprendizes permanecem nas dependências do
SENAI em período letivo e nas férias
escolares, na Empresa. Desse modo,
podem conciliar conhecimento teórico
com a experiência prática, tendo a
chance de se tornarem profissionais
mais qualificados.
Além dos aprendizes, também
foram contratados quatro praticantes
para a Ferramentaria. São jovens
recém-formados pelo SENAI, que já
completaram 18 anos. Fernando
Aparecido da Silva, da Ferramentaria,
destaca vantagens na iniciativa: "Os praticantes passam por diversas funções, em
sistema de rodízio, o que permite apontar
aquelas com as quais eles mais se identificam, resultando em melhor aproveitamento das aptidões".
3
Novo visual nas Forjarias
Entre as melhorias efetuadas na
SIFCO, uma em especial tem chamado a
atenção dos empregados. Trata-se da nova
pintura do Setor de Acabamento, que pretende propiciar ao ambiente mais beleza,
conforto visual e bem-estar à equipe que
ali trabalha. A proposta é transformar o
setor em um local mais claro e com cores
suaves, escolhidas pelos próprios empregados, com a predominância do azul
aplicado em três tons.
A mesma boa idéia também foi adotada pela Forjaria e pelo Tratamento
Térmico, que tiveram suas paredes real-
Azul é a nova cor do
Setor de Acabamento
çadas com tons de verde e laranja, respectivamente. Para transformar o visual de
seus setores, os empregados literalmente
estão colocando a mão na tinta, já que
eles próprios querem deixar seu local de
trabalho mais agradável.
Para Luiz Antonio Sanches, do
Departamento IFJ, a SIFCO sempre incentivou a prática de melhorias contínuas, e
esta é um bom exemplo.
No Tratamento Térmico,
as paredes foram pintadas de laranja, pelos
próprios empregados
SIFCO premiando as melhorias
Para incrementar e estimular
a participação no Programa de
Melhorias e Performance, a SIFCO
realizou o sorteio de três jogos de
rodas esportivas entre os trabalhos
apresentados. As rodas são fabricadas pela Alujet, empresa do Grupo
Brasil, o qual nossa Empresa também pertence.
A idéia agradou a todos os
participantes e tem sido motivo de
incentivo.
Entrega da premiação aos representantes dos grupos sorteados
Diminuição do Índice de Refugo
Comprometimento. É com esta filosofia que o pessoal das Forjarias Jundiaí e Campinas, Matrizaria e
Manutenção apresentam semanalmente as melhorias
de processo e redução de desperdícios.
Dentre os resultados obtidos, destaca-se a redução
significativa daquele considerado o maior de todos: os
desperdícios: o REFUGO. Durante o ano de 2004, houve
um acompanhamento do índice de melhorias por área,
apontando casos de significativa queda no refugo.
Segundo Amarildo Gonçalves de Oliveira, do Setor
de Martelos da Forjaria (Jundiaí), a iniciativa também
facilitou o trabalho na área: "Ganhamos mais agilidade e, conseqüentemente, nossa produtividade também
aumentou".
4
Das pranchetas para os
Softwares de Engenharia
Os sistemas computadorizados CAD (Projeto Auxiliado por
Computador), CAE (Engenharia Auxiliada por Computador) e
CAM (Manufatura Auxiliada por Computador), desde que foram
concebidos, revolucionaram o trabalho das engenharias no desenvolvimento de novos produtos.
O uso desses avançados recursos propicia a execução de
importantes projetos, desde a concepção, execução, testes de
modelos virtuais e protótipos físicos, até a produção em série
de um novo produto. Também apóiam os bons processos gerenciais, viabilizando atingir objetivos de qualidade, prazos e custos.
Um bom exemplo de progresso alcançado com a adoção
desses sistemas é o Japão, que por meio dessas ferramentas assumiu posição de liderança no mercado automotivo, conseguindo
reduzir os tempos de projeto e lançamento de novos carros da
média de cinco para três anos. E essa marca melhorou ainda mais
chegando em alguns casos a 18 meses.
As inovações tecnológicas são fortes aliadas de todos os setores e, no nosso caso, influenciam o comando do acelerador do
mercado automotivo. Para o empregado Ramon Fuentes, de
Desenvolvimento de Novos Produtos, que há 28 anos acompanha essa evolução, todos ganham com a tecnologia: "Vivenciei
a evolução da prancheta aos modernos softwares e posso afirmar que ganhamos muito em agilidade e eficácia. Não dá
mais para voltar atrás!"
Engenharia do Produto: responsável pelos projetos SIFCO
A evolução tecnológica na SIFCO
ao longo do tempo...
• 1986: início dos investimentos em capacitação tecnológica e aquisição de Softwares específicos, em função de um
contrato para fornecimento vigas, mangas de eixo e braços
para caminhões da Ford dos Estados Unidos. Foi construído o Laboratório de Ensaios de Fadiga.
• 1987: os primeiros cálculos de engenharia passam a ser
feitos com Softwares de CAE pelo Método de Elementos
Finitos.
• 1992: aquisição dos primeiros Softwares de CAD/CAM e
início da migração do trabalho de projetos de produtos em
pranchetas para o sistema CAD/aquisição da tecnologia
para Aquisição de Dados e Análise Experimental de
Tensões.
• 1997: o desenvolvimento de novos produtos totalmente
na base CAD.
Solução inteligente com
Servidor de Terminais
Visando a gerenciar e centralizar todo
o processamento de seus microcomputadores, a SIFCO está adotando a nova tecnologia do Terminal Service. Trata-se de um
Servidor de Terminais ligado às estações de
trabalho, que são transformadas em
pequenos terminais por meio dos equipamentos thinclient.
A iniciativa trará diversos benefícios
como a melhoria do desempenho dos
microcomputadores, já que sua velocidade
de processamento passa a ser determinada
pelo servidor; controle do gerenciamento de
informações e da utilização das máquinas;
maior segurança no armazenamento de
dados e no combate à pirataria e vírus;
Servidor de Terminais:
mais agilidade e
segurança
redução da demanda de suporte técnico,
além de menores custos para atualização
dos equipamentos.
Embora em fase inicial do processo,
os usuários já enxergam pontos positivos
na mudança: "Ficou mais ágil a troca de
e-mails e o uso da internet e de programas mais atuais", garante Wilson Roberto
Siqueira, da Área de Compras.
Em breve, mais empregados terão
acesso à nova tecnologia, cuja adoção está
ocorrendo de forma gradativa na SIFCO.
Wilson já trabalha em uma
máquina com thinclient
(equipamento ao fundo)
5
Westport amplia serviços de logística e
seqüenciamento just in time para a Ford KTP
A partir de julho de 2005, a Westport,
nossa subsidiária em solo norte-americano, iniciará serviços de logística e seqüenciamento just in time dos espelhos retrovisores externos de quatro modelos de
pick-ups produzidos pela Ford KTP, respectivamente F-250, F-350, F-450 e o F-550.
Novo projeto
de espelhos
retrovisores
desenvolvido
pelo Westport
Embora os veículos sejam da Ford,
o contrato foi celebrado com a empresa
Schefenacker Vision Systems, que tem
sede em Lonsdale, na Austrália, além de
diversas unidades espalhadas pelo
mundo, produzindo itens para a indústria
automobilística.
Os trabalhos foram coordenados por
Rena Sharpe, Gerente de Operações e
Kenny Wilson, Supervisor de Seqüenciamento, ambos da Westport, contando com
a preciosa colaboração de todo o seu time.
O projeto do rack para seqüenciamento
foi desenvolvido por Saloni Pires, da
Westport, e o volume mensal inicial
Tecnologia de ponta em
Forno Elétrico de Indução
A SIFCO Campinas acaba de colocar em operação o seu mais novo equipamento. Trata-se do
Forno Elétrico de Indução, adquirido para modernizar a unidade e atender à crescente demanda
de produção.
A montagem do forno foi concluída em fevereiro e levou vários meses, por ser um equipamento complexo, pesado e de difícil instalação. Para
tanto, contou com a colaboração de diversos setores, que fizeram um excelente trabalho em equipe.
Ainda em fase de teste, a principal vantagem
do novo forno é seu sistema de aquecimento,
muito mais homogêneo e fácil de ser controlado.
O equipamento também conta com um eficiente
sistema de alimentação e transporte, com benefícios para a segurança do empregado, além de
uma melhor relação ergonômica.
Esse novo investimento permite um salto
tecnológico em forno elétrico de indução, e
propiciará ainda mais qualidade aos produtos
que fabricamos e um significativo aumento de
produtividade.
O sistema de
aquecimento do
novo forno é mais
homogêneo e fácil
de ser controlado
Equipe da Westport e da
Schefenacker Vision Systems
contratado será de 64.000 espelhos, representando mais um importante negócio
para a Westport.
Programa
de Integração
O Programa de Integração dos
novos empregados está com novidades. Trata-se da participação do
pessoal da Área da Qualidade na
apresentação dos procedimentos
da Empresa.
Segundo Ângelo Ricardo Forner,
da Área da Qualidade, o objetivo é
apresentar toda a sistemática que
envolve a Gestão da Qualidade. "É
fundamental que o novo empregado
tenha as primeiras noções de qualidade no início de suas atividades na
SIFCO para que este tema se torne
uma bandeira na sua vida profissional”, afirma Ângelo.
“Uma empresa somente consegue alcançar excelência, se contar
com o envolvimento e o comprometimento de todos os seus empregados, mostrando-lhes a importância
das atividades que exercem”, conclui ele.
Publicação da SIFCO para seus Empregados, Clientes, Fornecedores e Parceiros. Avenida São Paulo, 361, CEP 13202-610, Jundiaí, SP,
Tel.: (11) 4588-1500. Coordenação: Recursos Humanos. Conselho Editorial: Célia Regina Dias (IFJ - ramal 1543), Eliana Albuquerque
Torres (IUE - ramal 1680), Érika Guillardi (IQA - ramal 1742), Francisco Assis Pavan (ARH - ramal 1625), Francislaine A. Fleming
(IPM - ramal 1645), Alessandra Costa da Silva (CVE/CVP - ramal 1571), Jeferson A. Lopes (ATI - ramal 1829), Márcia Ferraboli Pagani
(RH - ramal 1536), Maria Inês Pirane (FCO/FOF - ramal 1529), Regina C. Castelan (ARH - ramal 1597), Rosa Maria Holinger
(CSC - ramal 1772), Shirley Rabello (IPD - ramal 1695), Valéria C. Medeiros (IFC - ramal 9501), Vânia de Britto (IPC - ramal 1798) e
Veridiana Gentini (IFM - ramal 1781). Produção Editorial e Gráfica: Conexo Comunicação - Tel.: (19) 3241-4078. Jornalista Responsável:
Mara Dipe (MTb 25794). Fotos: Giancarlo Giannelli. Editoração: Projeto A. Fotolitos: Rip Editores.
6

Documentos relacionados

sobre eixo 14 - mar/abr 2006

sobre eixo 14 - mar/abr 2006 Publicação da SIFCO para seus Empregados, Clientes, Fornecedores e Parceiros. Avenida São Paulo, 361, CEP 13202610, Jundiaí, SP, Tel.: (11) 4588-1500. Coordenação: Recursos Humanos. Conselho Editor...

Leia mais