Untitled - Teatro RioMar

Сomentários

Transcrição

Untitled - Teatro RioMar
PRESS RELEASE
Venha celebrar os 40 anos do fenômeno pop, da década de 70.
(São Paulo, 15/04/14) - Falar de ABBA é falar de sucesso, hits que colaram nos
ouvidos do planeta pop, trazendo à tona memórias e emoções das mais diversas
gerações – de Madonna, que sampleou Gimme! Guimme! Guimme! (A Man After
Midnight) em Hung Up (2005), fabricando outro megasucesso, a Gucci Mane,
que tomou trechos da mesma canção emprestada em 2013, como pano de
fundo do rap Bob Marley.
Este e outros clássicos do ABBA serviram de inspiração para o grupo de músicos
paulistas para compor o espetáculo The History – A Tribute Show to ABBA. O
espetáculo, que já rodou mais de 120 cidades no Brasil e América Latina,
estreia no Teatro das Artes, no Shopping Eldorado, em nova temporada
repaginada em celebração às quatro décadas de carreira da banda,
completados em abril.
Ovacionado por onde passa – longe de ser mais um projeto cover para inglês
ver –, o show The History é uma homenagem dos cantores Mari Moraes, Patrícia
Andrade, Diego Sena e Jheff Saints a Agnetha, Björn, Benny e Anni-Frid, cujas
iniciais formam o nome ABBA, de quem são fãs de carteirinha.
Os brasileiros têm conquistado plateias pelo modo peculiar com que revivem
sucessos do ABBA – aqueles que colocam pra fora a Dancing Queen que existe
em todos nós aos feitos para dançar de olhos fechados, em bailinhos
desavergonhadamente kitsch.
Reis das pistas
"Quebramos o gelo e o protocolo das frias terras suecas, incorporando um toque 'caliente' de brasilidade ao
intepretar estes hinos do ABBA", define Mari Moraes, cantora que interpreta Agnetha Fältskog, a loira do
ABBA."Fizemos muitas pesquisas sobre o grupo e descobrimos que o comportamento dos integrantes nos
vídeos, mais contidos, era bem diferente do que se via no palcos, onde enlouqueciam", continua Mari,
citando o documentário ABBA: The Movie, de 1977, que mostra a banda numa turnê australiana.
Em The History, o público também vai à loucura com a oportunidade de dançar e cantar clássicos como
Chiquitita e Take a Chance on Me, ambas do filme Mama Mia, cuja história é amarrada e contada por
canções do ABBA.
O repertório de The History é baseado na trilha sonora do musical britänico tornado longa-metragem,
estrelando Meryl Streep.Outro filme que influenciou The History é Priscilla, A Rainha do Deserto, (1994).
Referência para artistas desde os anos 70, quando viveu seu auge, o quarteto está bem representado em
sua versão nacional – brasileiros que arrancariam palmas e gritinhos de Bjorn e Anni-Frid, remanescentes da
formação original do grupo presentes em carne e osso na festa do 40o. aniversário acompanhada de
exposição na Tate Modern Gallery, em Londres, no início de abril. Para celebrar a data, o grupo sueco
acaba de publicar um livro com fotografias antigas e inéditas e uma edição especial do álbum Waterloo
(com o título da canção que lhes deu a vitória no tradicional festival Eurovision, em abril de 74). O disco
chega às lojas da Inglaterra com extras em áudio e um DVD com atuações da época.
Cenas e sons que podem ser revividos ao vivo em The History – A Tribute Show to ABBA.
A banda que acompanha The History é formada por Davi Fernandes (direção musical e teclado), Glauco de
Almeida (baixo), Rogério Dutra Jr. (bateria), Christian Coelho (guitarra) e Jéssica Nascimento (backing
vocal)

Documentos relacionados

leia

leia Este foi o objetivo da ação digital "Teste sua força", criada pela Artcom para o Facebook da Academia Hangar. Em menos de uma semana a página teve um aumento de 85% nas visitas. Além do aumento do ...

Leia mais

Miolo Mateus.indd

Miolo Mateus.indd Mais de cem obras-primas vindas dos Museus do Vaticano e das principais instituições italianas como o Museu do Palácio Venezia e a Galeria Borghese, estão reunidas na exposição “ A Herança do Sagra...

Leia mais