E agora Serpro? Essa intransigência acabará onde - Sindppd-RS

Сomentários

Transcrição

E agora Serpro? Essa intransigência acabará onde - Sindppd-RS
SERPRO - E agora Serpro? Essa
intransigência acabará onde? A Greve
continua!
Confira aqui também nota de Apedido publicada pelo Sindppd/RS na edição do Jornal Correio do
Povo desta segunda-feira (16/11).
A PEDIDO PUBLICADO NO CORREIO DO POVO (16/11)
Mensagem enviada pelos trabalhadores por e-mail:
E agora Serpro? Essa intransigência acabará onde?
A Greve continua!
Mais de vinte e cinco dias de greve e o Serpro perdeu sua última aposta. A tal conciliação da
Dataprev que a empresa apostava como solução para o seu problema não resolveu nada. E agora o
que a diretoria da empresa vai dizer para seu corpo funcional.
Será que não está na hora de negociar de verdade? Ou negociam ou terão que ir ao TST. Que
vexame para ex-sindicalistas.
Qual a categoria em Campanha Salarial neste ano de 2009 que teve um tratamento tão duro aos
seus trabalhadores, como este que está sendo dado pelas direções do Serpro e da Dataprev com
apoio do governo Lula?
Presidente Mazoni: quais os motivos para tanta intransigência?
Os bancários da Caixa Federal que fizeram 28 dias de greve não ganharam tudo o que mereciam,
mas chegaram ao final com Acordo por 1 ano, ganho real e nenhum desconto em pecúnia pela greve.
Os trabalhadores sempre mantiveram sua disposição de negociação. Não queremos lembrar ao
presidente Mazoni que foi sindicalista e que provavelmente nunca lhe foi imposto a assinar acordo
por dois anos o quanto é revoltante a forma que a empresa está se conduzindo nessa Campanha
Salarial.
A cada dia que passa se amplia o fosso que nos separa para chegarmos a um acordo em relação ao
fechamento de nosso ACT.
Nesse iniciar de mais uma semana com greve, qual o passo que será dado pela empresa para a
solução do impasse. Que quadro funcional a direção do Serpro espera encontrar se não houver a
construção de uma saída para o impasse.
Os trabalhadores foram quem deflagraram a greve e devem decidir o seu futuro e sua dignidade.
Afinal são 25 dias de greve! Não aceitamos colocar o pescoço dos trabalhadores na bandeja da
diretoria do Serpro que além da sua intransigência quer nos punir com o desconto dos dias da greve.
A greve continua e queremos lembrar que não esperaremos imóveis diante de tanta intransigência.
Os trabalhadores em nível nacional continuam em greve. O DF vai realizar assembleia nessa
segunda-feira pela manhã, 10h, para debater o retorno às paralisações. SP tem assembleia às 8h da
manhã para avaliar o quadro nacional e deliberar pela continuidade da greve. BA, CE, PA, PR, PE,
RS e SC continuam na greve.
Os outros estados continuam em greve e fazem assembleia durante o dia. A nossa assembleia
acontecerá nessa segunda-feira às 11h.
Nossos parabéns aos grevistas, em especial aos colegas do DF que foram parte dos melhores
lutadores. Aguardamos vocês nessa segunda! É claro que todo o Brasil está de parabéns: CE, DF,
PA, BA, RS, PR, SC, PE, SP, RJ, MG, o escritório do ES dentre outros.
Mas temos a certeza que nessa segunda-feira, o DF que deu uma pequena descansada nesse fim de
semana retomará a greve porque os motivos da mesma não foram resolvidos e não vão deixar os
outros estados na mão, apesar da tentativa de alguns, de querer jogar o mesmo jogo do Serpro.
Assembleia nessa segunda-feira às 11h na regional. Vejam apedido do sindicato no Correio do Povo
nessa segunda-feira sobre a greve!
A diretoria da empresa como sempre está com a palavra. Ou negociam de verdade ou não terão
descanso nessa segunda-feira e próximos dias.
Sindppd-RS

Documentos relacionados