Reflexão Internacional sobre Solidariedade

Сomentários

Transcrição

Reflexão Internacional sobre Solidariedade
Reflexão Internacional
sobre Solidariedade
Irmãs Escolares de Nossa Senhora
A Pare com o tráfico humano
Agosto de 2014
Introdução
“Ninguém pode negar que ‘o comércio de pessoas humanas constituí uma ofensa chocante contra a
dignidade humana e uma violação grave dos direitos humanos fundamentais’, e é um acelerador de
lucros criminosos neste novo século. Mesmo o Concílio Vaticano Segundo observou que ‘a
escravidão, prostituição, a venda de mulheres e crianças e condições degradantes de trabalho onde as
pessoas são tratadas como instrumentos de ganho mais que libertar e responsabilizar pessoas’ são
‘infâmias’ que envenenam a sociedade humana’... e constitui ‘uma suprema desonra ao Criador.’”
(Seminário Vaticano sobre o Tráfico Humano), 31 de outubro de 2013)
Chamado à oração
Somos desafiadas pelas palavras do Profeta Isaías, “O Espírito do Senhor está sobre mim”, inspirame/nos ser testemunha da esperança que a dignidade será restaurada para a humanidade.
Experiência
“Eu tinha 15 anos quando o homem para quem trabalhava transferiu-me para um homem chamado
Nakpangi. Ele forçou-me a trabalhar para ele, vendendo-me para atos sexuais quase cada dia. Ele me
mudava ao redor de vários hotéis ou motéis ao redor de Toronto, muitas vezes ameaçando-me
advertindo-me com a Craigslist. Eu fiquei sabendo mais tarde que ele conseguiu US$ 360,000 durante
os dois anos e meio que trabalhei para ele. Lá havia outra menina também. Ela acreditava que era sua
namorada e o dinheiro que estava ganhando se destinava a comprar uma casa onde eles iriam morar
juntos.” (A Craigslist é uma rede de comunidades online centralizadas que disponibiliza anúncios gratuitos aos usuários.
São anúncios de diversos tipos, desde ofertas de empregos até conteúdo erótico.)
Esta não era a maneira que acontecia comigo. Ele ameaçou-me e uma vez disse que ele iria sequestrar
meu irmão de 2 anos se eu ‘saísse da linha’. Uma vez quando eu experimentei partir ele me pegou e
bateu em mim, exigindo que eu pagasse US$100,000 como taxa de ‘saída’. Numa noite um homem,
passando-se por cliente, roubou todo dinheiro que eu tinha ganhado naquela noite. Nakpangi culpoume e ameaçou-me. Fiz isto! BASTA! Eu telefonei para a polícia e contei-lhe cada coisa e também que
havia outra menina sendo vendida no mesmo motel. Vieram e pegaram-na e prenderam Nakpangi.
(Adaptado de Estrela de Toronto, artigo, 25 de 2008)
***
“Eu queria ir embora da Tailândia. Então veio uma oportunidade de fazer muito dinheiro e morar
numa grande cidade do Canadá e eu a apanhei. Após a minha chegada ao aeroporto, um grupo de
homens veio ao meu encontro, tomaram meu passaporte “por segurança” e me conduziram a uma casa
onde estavam muitas outras moças. Logo me dei conta de que eu estava presa. Eu não podia deixar a
casa e me foi dito que eu devia pagar US$30,000 pela minha passagem. E quando perguntei como se
fazia para ganhar dinheiro me disseram que o único jeito para mim era “servir” homens cada dia. Por
meses fui guardada na casa trancada, recebia pouca comida e diariamente era escoltada à força para
um bordel. Um dos homens disse: ‘Você fará aquilo que dizemos para você se deseja que sua família
viva. ’ Eventualmente oficiais do governo encontraram e invadiram a casa. Não sei o que vai acontecer
comigo agora, desde que não tenho identidade oficial”. (História resumida da Cruz Vermelha Canadense, Vancouver,
BC)
Reflexão
Quem está trazendo boas novas para esses oprimidos, livrando esses cativos da exploração sexual,
soltando esses prisioneiros do tráfico humano. Até quando esperamos nós para dizer como o Papa
Francisco, BASTA?
Deus da liberdade e amor, estamos entristecidos em saber que mais de 27 milhões de pessoas tem sido
traficadas na escravidão. Os efeitos da escravidão contemporânea estão sentidos em cada país por todo
o mundo. Como irmãos e irmãs, estamos atormentados por esta realidade que vai deixar repercussões
devastadoras para as gerações. Mas “amigos não perdem o coração. Fomos feitos para estes tempos...
Somos necessitados, isso todos nós sabemos ... O que se precisa para uma mudança dramática é a
acúmulo de atos, juntando, juntando, juntando mais e continuando. Sabemos que isso não toca cada
um na Terra para trazer justiça e paz, mas somente um grupo determinado que não vai desistir durante
o primeiro, segundo ou centésimo (gale = ventania). Isso é que poderá não desesperar quando você
lembra porque você veio a Terra a quem você serve e quem enviou você para cá. As boas palavras que
dizemos e as boas obras que fazemos não são nossas. Elas são as palavras e obras daquele que nos
trouxe aqui.” (“Você Foi feito Para isto,” por Clarissa Pinkola Estes)
Ação
Que desafio mexe com seu coração/alma e qual é o chamado para você? Como se apresenta o tráfico
humano em seu país?
Aprenda mais
 Iniciativas globais da ONU - www.ungift.org
 Membro Canadense do Parlamento - www.joysmith.ca/humantrafficking (e twitter)
Relatório dos Estados Unidos sobre o Tráfico de pessoas – http://www.state.gov/j/tip/rls/tiprpt/
 Países como Suécia e Noruega tem focalizado como criminalização e alvejando aqueles que
prendem mulheres e jovens. Esta abordagem, conhecida como Modelo Nórdico, tem
produzido uma significativa diminuição da prostituição e tráfico sexual.
 The Natashas: The New Global Sex Trade, por Victor Malarek
Invisible Chains, por Benjamin Perrin
Not For Sale: The Return of the Global Slave Trade, por David Batstone
Oração final
O tráfico humano pode ser uma realidade avassaladora. Basta! O Amor Não Pode Esperar.
Por aqueles que se tornaram tão endurecidos que o tráfico humano já não importa. Basta! O Amor
Não Pode Esperar.
Por aqueles por tanto tempo consumidos pela ganância que não reconhecem mais o valor inerente da
pessoa humana. Basta! O Amor Não Pode Esperar.
Deus amoroso, pedimos pela conversão de coração para todos os traficantes de pessoas e por coragem
para reconhecermos e cumprir o nosso próprio papel na demanda da sociedade para o tráfico humano.
Rezamos isto em solidariedade com todas as vítimas e sobreviventes do tráfico humano.
Preparado pelo Comitê “Pare com o tráfico humano das IENS do Canada” para o Escritório Internacional de Shalom, Roma, Itália.
Gráfico de um desenho de Gen Casani, IENS; Mapa em Aquarela de Elena Romanova.
Tradução: Ir. M. Margarida Martins, IENS

Documentos relacionados

Dia Internacional de Oração e Consciência Sobre o tráfico humano

Dia Internacional de Oração e Consciência Sobre o tráfico humano italiano e se mudou com a sua família para a Itália. Mais tarde, ela se tornou uma religiosa e durante 50 anos levou uma vida de oração e de serviço como Irmã Canossiana. Para mais informações sobr...

Leia mais