Nº32/2007 - Agricultura e Máquinas

Сomentários

Transcrição

Nº32/2007 - Agricultura e Máquinas
boletim 32:boletim 32.qxd
Nº 32 /2007
1º Quadrimestre
17-05-2007
9:39
Page 1
Boletim Informativo do Sector Agrícola do GRUPO AUTO-INDUSTRIAL
B
Distrib. Gratuita
Tiragem: 3200 ex.
B 1830 / B 2530
A nova série Kubota Super B apresenta os padrões mais elevados em
qualidade, potência e desempenho no trabalho
DESENHADA E CONSTRUÍDA PARA SATISFAZER AS NECESSIDADES E SUPERAR AS EXPECTATIVAS
DOS SEUS UTILIZADORES
• Potência (SAE): B1830 (18,0cv /13,2kW); B2530 (25,0cv / 18,4kW) • Tracção: 4RM • Velocidades de transmissão: 9F/9R
• Velocidades de avanço (km/h): B1830 (1,1 - 18,1); B2530 (1,2 - 20,5) • Inversor de série • Sistema de volta rápida “Bi-Speed”;
Hidráulico, de série • Direcção Hidráulica, de série (completamente assistida)
Editado pelo Grupo Auto-Industrial: Auto-Industrial S.A., Forte Lda, Tractores Ibéricos Lda.
Coordenação Editorial: Engº Fausto Briosa
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:40
Page 2
ESPAÇOS VERDES
CONVENÇÃO MUNDIAL BIENAL
.
Teve lugar em Novembro de 2006, no Campo de Golfe Vila Sol, em Quarteira (Algarve).
O seu objectivo principal foi a apresentação, aos Importadores Wiedenmann a nível mundial e aos Concessionários portugueses
dos novos produtos Wiedenmann, com destaque para os Descompactadores - Arejadores Série i e para a Escova Multifunções
- (Terra Brush) destinada a alisar os relvados sintéticos e a estimular o crescimento, espalhar areia e materiais granulosos e
a melhorar a qualidade de rolamento das bolas, nos relvados naturais.
Participaram na Convenção cerca de 350 pessoas (das quais 40 eram Concessionários portugueses) distribuídas em grupos de 50. O
programa de um dia para cada grupo constou de 3 partes: apresentação teórica do material, na sala; exposição estática das máquinas,
no exterior; a seguir ao almoço, demonstração de campo, sendo as diversas máquinas accionadas por tractores Kubota.
A Organização, a cargo dos Snrs. Karl Wiedenmann, Ruppert Sonntag, (responsável da Wiedenmann para a França, Bélgica,
Luxemburgo, Espanha e Portugal) e Manuel Baioneta (inspector de Tractores Ibéricos) foi considerada exemplar e muito apreciada
por quantos participaram na Convenção.
SALA DE APRESENTAÇÕES
Na 1ªfila, Engº. Manuel Martha
(Administrador do Grupo Auto-Industrial,
responsável do Sector Agrícola) tendo à sua
direita o Engº. Fernando Martins (Gerente
de Tractores Ibéricos)
Demonstração no Green
(descompactador-arejador GXi)
Máquinas em Exposição
Grupo de importadores analisam
as características do
descompactador-arejador GXi
Escova Multifunções
Demonstração de campo
Super 500
Máquina Universal de
Manutenção de Relvados:
Varredora; Eliminadora do
feltro; Corta-relvas de
facas articuladas;
Esvaziamento em altura
Grupo Português
TRACTORES IBÉRICOS – Portela da Ajuda – 2790-194 Carnaxide
Tel. 210009728 - Fax 214243943 - E-mail: [email protected] - www.agriculturaemaquinas.com
2
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:40
EDITORIAL
UMA QUESTÃO DE ENERGIA
As “culturas energéticas” estão na ordem
do dia, por traduzirem preocupações que
afectam todos nós e de que se destacam:
- a sociedade exige cada vez mais energia,
menos contaminante e a melhores preços:
- as energias fósseis tradicionais (carvão,
gás natural e petróleo) estão a chegar a
limites mínimos que habilitam a avançar
desde já previsões de datas do seu
esgotamento completo; no caso concreto
do petróleo bruto (matéria-prima
preferencial da gasolina e do gasóleo)
além do seu preço excessivamente elevado
e com tendências para subir mais e mais,
admite-se que as reservas registadas a
nível mundial sejam totalmente
consumidas em apenas 42 anos, ou seja
até 2050;
- a acção poluente dos resíduos de
combustão das energias fósseis, com
efeitos perversos na degradação do
ambiente e no aquecimento global do
planeta:
- em consequência, aparece um grande
campo - a agricultura - para o
desenvolvimento de “energias renováveis
e limpas”, entre as quais o bioetanol
(para misturar com a gasolina
convencional ou utilizar em estado puro e
obtido a partir de cereais, cana de açúcar,
beterraba, etc.) e o biodiesel (obtido de
óleos vegetais: colza, girassol, soja, etc.).
A alternativa biocombustiveis ao destino
tradicional –“cadeia alimentar”- da
produção agrícola, já em pleno uso de
execução em diversos países europeus,
“animou” os preços das matérias-primas
e relançou a Agricultura como sector em
que vale a pena investir .
Com uma parte da Superfície Agrícola
Utilizada (SAU) ocupada com “culturas
energéticas” resta uma percentagem mais
reduzida (conforme os países ) para
alimentação humana e animal. A
conciliação destes dois objectivos de
forma sustentável implica, naturalmente,
o recurso a itinerários técnicos de
produção mais evoluídos e a uma
mecanização agrícola mais eficiente, para
pôr cada hectare a produzir mais.
A nível europeu já se sente essa influência,
como demonstram os seguintes indicadores:
Page 3
- o mercado alemão de tractores teve um
acréscimo incrível de 23,1% em 2006,
relativamente ao ano anterior;
- o SIMA (Salão Internacional da
Máquina Agrícola) realizado em Paris de
2 a 8 de Março de 2007 foi, no dizer de
vários
e
qualificados
visitantes
portugueses fiéis que lá estiveram a maior,
mais interessante e animada Feira dos
últimos anos, tanto em número de
máquinas novas expostas como de
clientes e de profissionais interessados;
- grandes fabricantes europeus de
material agrícola (desde tractores a
máquinas de colheita e tratamento de
forragens, a material de transporte e
manutenção de produtos, etc.) têm as
respectivas carteiras de encomendas
completamente preenchidas e prazos de
entrega que, nalguns casos, chegam a
vários meses.
Como atrás foi referido, o aumento dos
preços das matérias-primas de que se
obtêm os biocombustíveis “alegrou” os
respectivos preços mas isso não chega em
geral, nem adicionado à isenção de
impostos, para atrair a adesão dos
agricultores.
Na conceituada revista agrícola
espanhola LABOREO (Outubro de 2006,
págs 30 - 32) o jornalista Isidro del
Campo escreve um artigo sob o título
“CULTURAS ENERGÉTICAS, o seu
futuro depende de apoios e ajudas”.
Referindo-se às medidas para estimular a
expansão destas culturas no conjunto da
EU, acrescenta:
”A Comissão Europeia CE) propôs-se
melhorar as ajudas (subsídio actual
45€ /ha) aos agricultores que destinam as
suas culturas a biocombustíveis;
… “a superfície dedicada a culturas
energéticas em Espanha na campanha
2006/2007 elevou-se a 223 467ha, o que
corresponde a um aumento de 772%,
relativamente à campanha anterior;
…” a CE propôs, em 06/09/22, melhorar
os apoios a agricultores (designadamente
aos que foram afectados pela reforma do
Sector do Açúcar) que destinam as suas
culturas (como a beterraba e os cereais) a
biocombustíveis, permitindo aos países
financiar até 50% dos custos”…
Entretanto, em Portugal, o que se fez?
Como influência visível na retoma da
nossa Agricultura - um Sector estratégico
3
vital, em longa estagnação e, pior do que
isso, em progressivo desmantelamento absolutamente nada.
Para inverter esta situação, alinhar com a
generalidade da EU (cultivando “tanta
terra abandonada”) retirar Portugal da
lista restrita de países citados em certa
imprensa estrangeira que “não têm
fabrico próprio de biocombustíveis nem
projectos concretos para o futuro” e
cumprir as metas da Directiva
2003/30/CE, que visa promover a
utilização de biocombustíveis em
substituição parcial do gasóleo e da
gasolina e estipula uma proporção
mínima para a utilização (5,75% em
2010, que o Governo português deliberou
aumentar para 10%) é necessário, com
urgência:
- dar um “salto” como o realizado pelos
espanhóis (que multiplicaram por 8,
numa só campanha, a superfície afecta a
culturas energéticas) provavelmente só
possível copiando a metodologia por eles
seguida;
- haver vontade para promover uma
decisão imediata;
- mobilizar e pôr a funcionar todas as
energias disponíveis para dar expressão
prática à deliberação tomada.
Manuel Martha
SUMÁRIO
Pág.
Kubota - Nova Série Super B
1
Kubota / Wiedenmann – Espaços
Verdes
2
Editorial
3
Kuhn –Máquinas de Colheita e
Tratamento de Forragens
4
Claas – Nova Enfardadeira
Quadrant 3400 Roto Cut
5
Claas – Tractores Nova Série Axion 6
Lemken – Material de Preparação
do Terreno, de Sementeira e de
Protecção e Defesa das Culturas
8
Amazone/ Joskin
9
Kverneland / Joskin
10
Campanha de Demonstrações
McHALE
11
Fendt - Dois Acontecimentos
Importantes
12
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:40
Page 4
ESPECIALISTA DO FABRICO E UM DOS LÍDERES
MUNDIAIS NO MERCADO DE MÁQUINAS DE COLHEITA E
TRATAMENTO DE FORRAGENS
GADANHEIRAS-CONDICIONADORAS
REBOCADAS DE BARRA CENTRAL, FC 303 RGC /
FC 353 RGC
VIRADORES
GF 5001 MH
• Cabeçote de engate rotativo GIRODINE.
• Largura de trab. (3m na 303 e 3,50m na 353)
• Condicionador de rolos de borracha • Barra de corte com
dispositivos de segurança PROTECTADRIVE nos trens de
engrenagens
DE
FORRAGEM
MONTADOS,
Larg. de trabalho - 5m • Nº de rotores 4 • Braços viradores por
rotor 6 • Accionamento dos rotores por espalhadores de dedos
múltiplos, de aço forjado (DIGIDRIVE) • Cabeçote de engate-rotativo
J U N TA D O R E S - E N C O R D O A R E S
SEMI- M O N TA D O S C O M E N C O R D O A M E N T O
CENTRAL, Série GA
VIRADORES DE FORRAGENS MONTADOS OU
SEMI – MONTADOS GF 5801 e GF 8501
Larg. de trabalho de 5,75m, no mod. GF 5801 MH/MHO a
8,5m no GF 8501 MH/MHO - Nº. de rotores 6 e 8.
Accionamento dos rotores: por distribuidor DIGIDRIVE •
“Chassis” articulado para uma perfeita adaptação ao terreno
• 5 modelos: GA 6501; GA 7301; GA 8521; GA 9321; GA 15021.
• Larg. de trabalho: de 5,40m a 6,40m no mod. mais pequeno
até 9,40m a 14,7m no maior (GA 15021) • Rendimento
excepcional • Grande dirigibilidade (rodas direccionais de
série) • Facilidade de transporte (puxado por um tractor) com os
rotores levantados hidraulicamente
CONQUISTA MAIS UM PRÉMIO
MEDALHA DE PRATA NO PALMARÉS DE INOVAÇÃO DO SIMA 2007
KUHN, o grande fabricante mundial de máquinas agrícolas, cuja
criatividade lendária é uma das alavancas do seu extraordinário
crescimento e desenvolvimento, conquistou mais um valioso galardão - a
Medalha de Prata do Palmarés de Inovação do SIMA 2007. A
realização premiada é o Encordoador de tapete de alto desempenho
“Merge- Maxx 900”, formado por 3 unidades ligadas entre si e
constituídas por um pick-up e um tapete: a forragem espalhada sobre o
terreno é recolhida pelos pick-ups e depois disposta lateralmente, em
cordão, pelos tapetes. Para alimentar um colhedor de forragem automotriz
potente, estima-se em mais de 15m a largura de forragem a encordoar
necessária. O encordoador de tapete de alto desempenho (Kuhn)
“Merge Maxx 900’’ responde a este objectivo numa largura de 21m.
TRACTORES IBÉRICOS – Portela da Ajuda – 2790-194 Carnaxide
Tel. 210009728 - Fax 214243943 - E-mail: [email protected] - www.agriculturaemaquinas.com
4
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:40
Page 5
– NOVA ENFARDADEIRA DE GRANDES FARDOS PARALELEPIPÉDICOS
QUADRANT 3400 ROTO CUT
RENDIMENTO SEM IGUAL E TRANSPORTE OPTIMIZADO
Máquina do Ano 2006 e MEDALHA DE OURO DO PALMARÉS DE INOVAÇÂO DO SIMA 2007
Os empresários agrícolas e os produtores de forragens exigem
uma densidade de enfardagem elevada, melhores desempenhos
e um débito máximo. A nova Quadrant 3400 responde
perfeitamente a todas estas exigências. Com rendimentos de
40% superiores às outras enfardadeiras, ela estabelece uma
nova norma de desempenho, nunca antes igualada.
O ROTOR LIDERA A CORRIDA
Com uma largura de 1300mm e um diâmetro de 860mm, o
rotor abre novas perspectivas de produtividade, permitindo
rendimentos superiores a 60 toneladas de palha/hectare e tratar
cordões volumosos de erva para ensilagem.
Medalha de Ouro
Palmarés de Inovação para Sistema de Atamento em
Enfardadeira de Grande Rendimento
Na enfardagem, um verdadeiro salto tecnológico respeita ao
sistema de atamento em enfardadeiras de grande débito
(CLAAS) e fardos com altura superior ao tipo convencional,
mediante a aplicação de uma cinemática original do movimento
das agulhas, comandadas por engrenagens excêntricas,
contribuindo para a subida rápida das agulhas e para uma
diminuição da sua velocidade de aproximação ao atador.
Consequências:
A QUADRANT 3400 permite, relativamente aos modelos
convencionais:
- Aumentos surpreendentes de rendimento: de 35 para
50t/hora, ou mais;
- Nós de superior qualidade;
- Acréscimos significativos da densidade dos fardos.
Graças ao formato único dos fardos da QUADRANT
3400 (120 x 100cm) é agora possível:
- explorar ao máximo a capacidade de carga;
- em consequência da optimização dos carregamentos,
diminuir os custos associados ao transporte por estrada.
AUTO-INDUSTRIAL S.A. Divisão Agrícola - Portela da Ajuda 2790-194 Carnaxide
Tel. 210009752 - Fax 214187542 - E-mail: [email protected] - www.agriculturaemaquinas.com
5
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:40
Page 6
TRACTORES NOVA SÉRIE AXION
5 modelos: potência máxima ECE R24, c/ Claas Power Management (CPM)
de 131 a 197kW(178 a 260cv)
Foto de Família - OS GRANDES CLAAS: CEIFEIRAS-DEBULHADORAS LEXION; COLHEDORES DE FORRGENS
AUTOMOTRIZES JAGUAR; TRACTORES AXION
NOVAS EXPECTATIVAS
Um espírito pioneiro e o sentido da empresa familiar são a base das nossas acções desde a criação da Empresa em 1913. Nós
pensamos e trabalhamos com a mesma paixão que os nossos clientes: a paixão da Agricultura.
Antecipar as evoluções, ser inovador e introduzir as referências de amanhã é a nossa divisa. Graças à nossa força de inovação
permanente, a um serviço de excelente qualidade e a um profundo envolvimento pessoal, temos sabido ganhar a confiança dos
agricultores de todo o mundo.
Sabemos, por experiência própria, o que eles esperam das máquinas que adquirem: o conforto, a polivalência, a inteligência e a
rendibilidade constituem expectativas unânimes. Foi por isso que nós as ponderámos devidamente na concepção e construção dos
tractores AXION, em ordem a satisfazer as necessidades e a proporcionar lucros acrescidos aos nossos clientes.
Continua na pág. 7
AUTO-INDUSTRIAL S.A. Divisão Agrícola - Portela da Ajuda 2790-194 Carnaxide
Tel. 210009752 - Fax 214187542 - E-mail: [email protected] - www.agriculturaemaquinas.com
6
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:40
Page 7
Continuação da pág. 6
UM CONFORTO INIGUALÁVEL ASSOCIADO A UMA GRANDE POLIVALÊNCIA
UM CONFORTO INIGUALÁVEL
Na cabina, a única do mercado suspensa em 4 pontos, tudo é
claro, funcional e perfeitamente ergonómico.
O novo apoio do antebraço multifunções, com Drivestick
(que comanda a função Hexashift) e o terminal CEBIS
permitem um acesso fácil a todas as funções, enquanto a
insonorização, o comando da iluminação intuitiva e a
climatização oferecem condições de trabalho óptimas.
Ponte dianteira suspensa Proactiv.
UMA GRANDE POLIVALÊNCIA
A elevada distância entre eixos do Axion (2980mm) o
comprimento total mínimo e as suas possibilidades de
lastragem (até 2,9t) permitem-lhe uma notável polivalência.
Contribuem também para isso a sua enorme capacidade de
levantamento e outras características inéditas:
- potência constante numa gama de 600 rpm;
- reserva de binário de 43%;
- reserva de potência até 30cv.
UMA NOVA INTELIGÊNCIA E UMA RENDIBILIDADE INÉDITA
• Todos os indicadores de desempenho disponíveis no terminal
CEBIS
• Tecnologia CAN BUS
• SERVIÇO CLAAS DE PRIMEIRA CLASSE
UMA NOVA INTELIGÊNCIA
É apenas com as máquinas operadoras apropriadas que acciona
que o tractor mostra a sua utilidade e faz uma prova do seu
potencial. O Axion não foge a esta regra. Graças à sua
tecnologia inteligente e evoluída ele domina com brio a
enfardagem, a colheita e o tratamento de forragens, a
lavoura, a sementeira e o transporte.
• Informações e regulações intuitivas pelo terminal Cebis
• Até 5 distribuidores electro-hidráulicos
• Gestão dos tempos e das quantidades por intermédio do
terminal Cebis
• Gestão automática da ponte dianteira, da blocagem dos
diferenciais e da tdf
• Sistema de gestão das cabeceiras CSM (Claas Sequence
Management)
• Comando preciso, na cabina, do Sistema de levantamento,
da tdf dianteira e do distribuidor dianteiro
• Comando de direcção por GPS e/ou pelo sistema óptico
em opção
UMA RENDIBILDADE INÉDITA
Com a tecnologia CLAAS os utilizadores fazem economias de
combustível, porque os motores CLAAS consomem apenas
aquilo que necessitam. Além de minimizarem o consumo, eles
respondem a todas as mais recentes normas anti - poluição e
emitem poucos gases poluentes. A razão desta proeza? Um
regime sempre adaptado ao trabalho a efectuar.
• Tecnologia motor de ponta para um consumo mínimo
• 40 a 50 km/h a um regime motor reduzido
• Rendimento optimizado do conjunto da transmissão
• Boa acessibilidade aos pontos de manutenção
AUTO-INDUSTRIAL S.A. Divisão Agrícola - Portela da Ajuda 2790-194 Carnaxide
Tel. 210009752 - Fax 214187542 - E-mail: [email protected] - www.agriculturaemaquinas.com
7
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:40
Page 8
ESPECIALISTA DA PREPARAÇÃO E TRABALHO DO
TERRENO, DA SEMENTEIRA E DA PROTECÇÃO E DEFESA
DAS CULTURAS
Décadas de experiência no desenvolvimento e no design, com uma produção moderna e uma serviço pós-venda da máxima confiança,
garantem à LEMKEN a manutenção da sua posição no grupo dos líderes de vendas de máquinas de preparação e trabalho do
terreno, de sementeira e de pulverização, quer no mercado doméstico (alemão) quer nos dos cerca de 50 países para onde
exporta.
Grades rotativas de eixo vertical (rototerras) Série
“Zirkon”: 7 modelos rígidos, com largura de trabalho de 2,5m
a 4,5m e 8 dobráveis hidraulicamente, c/ larg. de trab. de 4 a
6m. Concebidas para combinar com semeadores montados e c/
rolos de vários tipos.
Charruas reversíveis Vari-Europal, de largura variável
(regos estreitos, para sementeira imediata; regos largos
para lavouras de Inverno e sementeira na Primavera)
Cultivadores de relhas pé de pato e discos côncavos
Smaragd: óptimos para romper restolhos, incorporar matéria
orgânica no terreno e realizar a primeira etapa da próxima
colheita: combinados com uma grade de gaiolas rolantes
podem, em certas condições, fazer uma “mobilização mínima”
e deixar, numa só passagem, a terra pronta para ser semeada
Pulverizadores Montados EuroLux
Cultivadores de discos recortados(de montagem individual
e dupla obliquidade) RUBIN 9, para altos rendimentos; ideais
para incorporar e misturar na camada superficial do solo
restolhos e outros resíduos orgânicos e para a preparação da
cama de sementeira de terrenos previamente lavrados
Bomba de êmbolo-membrana. Depósito de 890 a 1290 L de
capacidade. Larg. de trabalho: 15 a 21m
• Controlo de pressão constante nos bicos de pulverização:
Eurolux TM (manual); Eurolux TL (controlo remoto
Elcomat-Plus); Eurolux TLE (controlo remoto electrónico e
totalmente automático com computador Spraydos)
Semeador pneumático Solitair 9 combinado com uma
rototerra “Zirkon”, para sementeira directa ou sobre
restolhos e larguras de trabalho de 3 a 4,5m. Pode trabalhar só
ou com RUBIN, SMARAGD, etc.; o dispositivo electrónico
Lemken Solitronic controla todas as funções
AUTO-INDUSTRIAL S.A. Divisão Agrícola - Portela da Ajuda 2790-194 Carnaxide
Tel. 210009752 - Fax 214187542 - E-mail: [email protected] - www.agriculturaemaquinas.com
8
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:40
Page 9
– 124 ANOS A PRODUZIR QUALIDADE, TECNOLOGIA E RENDIMENTO
100 ANOS A EXPORTAR PARA OS AGRICULTORES DE TODO O MUNDO
ONTEM
HOJE
AMANHÃ
Técnica controlada por
satélite para aplicação
em sementeira,
fertilização e protecção
de culturas
Fertilização
Protecção
das culturas
Sementeira
Sementeira
de precisão
A FORÇA E O SUCESSO MUNDIAL DA EXPERIÊNCIA
Distribuidores de Estrume semi-líquido
(Cisternas) de 2500 a 24 000litros; Modulo
2; Komfort; Cobra; Quadra; Euroliner
Equipamentos de distribuição e injecção:
Dentes; Socos; Discos; à Superfície
Semi-reboques galvanizados para transporte de animais: 7 a 14 vacas
FORTE, Lda.
Portela da Ajuda 2790-194 Carnaxide - Tel 21 000 97 72 - Fax 21 418 75 42
E-mail: [email protected] - www.agriculturaemaquinas.com
9
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:41
Page 10
UMA GAMA COMPLETA DE MÁQUINA PARA A COLHEITA E TRATAMENTO DE FORRAGENS
EFICÁCIA E FIABILIDADE GARANTIDAS PELO Nº 1 MUNDIAL EM MÁQUINAS OPERADORAS
PARA A AGRICULTURA: o Grupo KVERNELAND
GADANHEIRAS
Montadas (Fig.1)
Série 1100, de tambor: 1,65 e 1,85m larg. corte
Série 2400, de disco: 2 a 3,20m larg. corte
Série 2500, de disco, apoio central: 2,4 a 4m larg.
corte
Série 3000, c/ condicionador: 2,40 a 3,20 larg. corte
Frontal, c/ condicionador:3,20m larg.corte
Série 5000 – 1frontal e 2 traseiras: 9m larg. corte
Rebocadas (Fig.2)
Série 4200, c/ condicionador: 2,80 a 4m larg. corte
Fig. 1
Fig. 2
Fig. 3
Fig. 4
Fig. 5
Fig. 6
VIRADORES DE FENO (Fig.3)
Série 8000c/ 4 a 8 rotores: 4,60 a 11m larg. trab.
JUNTADORES -ENCORDOADORES (Fig.4)
Série 9000 c/ 1 rotor: 3,20 a 4,60m larg. trab.
Série 9100 c/ 2 rotores: 6,30 a 8,40m larg. trab.
Série 9150C c/ 4 rotores: 15m larg. trab.
PLASTIFICADORAS (EMBALADORAS) DE
GRANDES FARDOS
-Redondos (Fig.5)
Série 7100 –montada
Séries 7400, 7500 e 7600 – rebocadas
- Paralelepipédicos
Modelo 7664
Com comandos manuais e/ou eléctricos
ENFARDADEIRAS-PLASTIFICADORAS
(Fig.6)
Enfarda e plastifica numa só passagem, podendo
utilizar-se apenas como enfardadeira. È a máquina
mais compacta do mercado
- OFERECE A SOLUÇÃO QUE MELHOR SATISFAZ AS SUAS NECESSIDADES
Semi-reboques para Obras Públicas,
Trans-KTP de 9 a 27 toneladas e
capacidade até 13,9m3
Semi-reboques basculantes multiusos, de 8
a 24 toneladas
Semi-reboques para Ensilagem, Silo-Space,
de 20 a 24 toneladas e até 40 - 45m3 de
capacidade
FORTE, Lda.
Portela da Ajuda 2790-194 Carnaxide - Tel 21 000 97 72 - Fax 21 418 75 42
E-mail: [email protected] - www.agriculturaemaquinas.com
10
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:41
Page 11
CAMPANHA DE DEMONSTRAÇÕES DE ENFARDADEIRAS DE CÂMARA FIXA
f 550, DE ENFARDADEIRAS PLASTIFICADORAS FUSION e de PLASTIFICADORAS DE GRANDES FARDOS REDONDOS 991
FORTE, Lda e respectivos Concessionários organizaram uma série de demonstrações da gama completa de máquinas McHale
para enfardagem e plastificação de grandes fardos redondos, com o objectivo de proporcionar a numerosos interessados uma
avaliação fundamentada, em condições reais, da sua excelente capacidade de trabalho.
As referidas demonstrações tiveram lugar nas datas e locais a seguir mencionados e nelas participaram os tipos de máquinas
indicadas em título.
Esclarece-se que o mercado nacional começou a ser conquistado pelas plastificadoras (embaladoras) as quais, pelo seu
extraordinário desempenho, abriram caminho às enfardadeiras de câmara fixa f550 e às enfardadeiras-plastificadoras Fusion
(que, por chegarem mais tarde, constituíram novidade para alguns assistentes, embora estejam igualmente a alcançar quotas de
penetração crescentes a nível nacional.)
DEMONSTRAÇÕES REALIZADAS
Trofa
Concessionário: CAMPOS & DIAS
Data: 28 de Março
Ilha de S. Miguel – Açores
Concessionário : AGRITRACTORES
Datas: 27 e 28 de Fevereiro e 1 de Março
Esta demonstração coincidiu com a entrega, a clientes finais, de
3 máquinas: 2 Fusion e 1 F550
SANTARÉM
Concessionário: AGRIPÓVOA
Data: 30 de Março
Albergaria-a-Velha e Ilhavo
Concessionário: FERSILCA
Data: 29 de Março
Estimativa do nº de Assistentes: As 4 demonstrações referidas deverão ter sido acompanhadas, no
seu conjunto, por cerca de 300 pessoas, com predomínio de agricultores qualificados e com
experiência nas operações realizadas .
Opiniões expressas pelos Assistentes: foram muitos os assistentes que se manifestaram
maravilhados, pelo rendimento e qualidade do trabalho efectuado por todas as máquinas. O
destaque maior foi para a Enfardadeira-Plastificadora Fusion que com apenas 1 operador, pela
combinação de 2 operações - enfardamento e plastificação - produz 50-60 fardos por hora (fardos
densos, de até 1000kg) de que resultam: aumento de produtividade; redução dos custos de operação;
maiores lucros.
Esta máquina conquistou a Medalha de Ouro de Inovação do ROYAL SHOW (Inglaterra) de 3 a 6 de
Julho de 2005
FORTE Lda
Portela da Ajuda 2790-194 Carnaxide - Tel 21 000 97 72 - Fax 21 418 75 42
E-mail: [email protected] - www.agriculturaemaquinas.com
11
boletim 32:boletim 32.qxd
17-05-2007
9:41
Page 12
– 2 APONTAMENTOS IMPORTANTES PARA O SUCESSO DA MARCA
1-
o Nº. 1 na Alemanha para potências de 60 cv/44 kW e superiores
As estatísticas de vendas de tractores,
acabadas de publicar, revelam que:
- o mercado alemão para tractores
acima dos 60cv teve um crescimento
incrível de 23,1%, atingindo 23 877
unidades
- Fendt alcançou 19,% da quota de
mercado c/ 4644 registos (mais 712
que em 2005)
(O 1º do “ranking” global, na
Alemanha, chegou aos 21%)
- Potência média dos tractores FENDT
vendidos na Alemanha foi de
150cv/110kW
- Fendt conquistou claramente a
preferência dos profissionais, o que
comprova o sucesso da estratégia
VARIO:
• Quota de mercado FENDT: 101cv e
superior: 25,5%; 2º do “ranking”
20,4%
• Quota de mercado FENDT: 151cv e
superior: 31,7%; 2º do “ranking”
15,7%
Tractor FENDT 936 VARIO – o mais potente (269kW/366cv) mais rápido (60km/h)
e mais sofisticado do Mundo
2 - 50 000º FENDT VARIO no SIMA 2007, em Paris - uma história de sucesso
A QUALIDADE E A INOVAÇÃO TÊM UM NOME
FORTE Lda
Portela da Ajuda 2790-194 Carnaxide - Tel 21 000 97 72 - Fax 21 418 75 42
E-mail: [email protected] - www.agriculturaemaquinas.com
12
Palma - Tel. 244 447 120 - Mira de Aire
Na quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2007, o 50 000º tractor FENDT com tecnologia VARIO saiu da linha de montagem da fábrica de
Marktoberdorf. Era um Fendt modelo 312 VARIO. Desde 1995, os tractores FENDT com transmissão contínua VARIO têm permitido
operações confortáveis de elevado rendimento e reduzido consumo de combustível.
Prova do significado positivo deste conceito de tracção inovador é o facto de, em 2006, 71% de todos os clientes FENDT terem
escolhido um modelo VARIO. Esta percentagem tem mostrado uma rápida tendência para crescer de ano para ano. A história do
sucesso VARIO começou em 1995 com a apresentação do
FENDT 926 VARIO na AGRITECHNICA. O 10 000º
VARIO saiu da linha de montagem em Abril de 2001 e foi
entregue ao novo proprietário quando da celebração de um
aniversário. Dois anos mais tarde, um prestador de serviços
holandês recebeu o 30 000º VARIO.
E agora, este ano, no Salão Internacional da Máquina
Agrícola (SIMA 2007) em Paris o 50 000º foi entregue ao
seu novo proprietário. Foi um 312 VARIO de 125cv pintado
de branco. A boa aceitação dos 300 VARIO no mercado prova
que um número crescente de clientes nesta classe de potência
também deseja usufruir das vantagens e dos benefícios da
tecnologia VARIO. Hoje VARIO é sinónimo de tecnologia de
transmissão contínua em tractores. Mas VARIO é
também agora muito mais do que isso, é um
conceito de tractor que já provou a sua
superioridade em muitos milhões de
horas de trabalho.

Documentos relacionados

Nº 37/2008 - Agricultura e Máquinas

Nº 37/2008 - Agricultura e Máquinas Podem ser combinadas com vários tipos de rolos

Leia mais

Nº 39/2009 - Agricultura e Máquinas

Nº 39/2009 - Agricultura e Máquinas - exposição estática (em mais de 100 stands) de tractores e de máquinas agrícolas, de fornecedores de fertilizantes, de produtos fitofarmacêuticos e outros, de prestadores de serviços de diversas n...

Leia mais

N.º 20/2003 - Agricultura e Máquinas

N.º 20/2003 - Agricultura e Máquinas - ESPECIALISTA DA COLHEITA - Nº 1 na Europa - MAIOR FRABRICANTE MUNDIAL DE ENFARDADEIRAS DE GRANDES FARDOS

Leia mais

Nº 35/2008 - Agricultura e Máquinas

Nº 35/2008 - Agricultura e Máquinas R. de Odeceixe, Nº. 68 - 7630–140 S. TEOTÓNIO - Telef./Fax 283 958 447 A&M - Quando e como iniciou a actividade de prestador de serviços de máquinas agrícolas? AG - Tudo começou em 1974, quando adq...

Leia mais

powermondial - Agricultura e Máquinas

powermondial - Agricultura e Máquinas Uma equipa técnica constituída pelos Srs. Pedro Almeida, José Dinis (da mesma Empresa) Júlio Gonçalves (de M. J. Nalha) e pelos Inspectores de Vendas de Tractores Ibéricos, Lda, Manuel Baioneta – K...

Leia mais

novo tractor kubota m 105 dtq

novo tractor kubota m 105 dtq CEIFEIRA-DEBULHADORA LEXION, ENFARDADEIRA DE GRANDES FARDOS PARALELEPIPÉDICOS (QUADRANT) ENFARDADEIRA DE GRANDES FARDOS REDONDOS (ROLLANT) COLHEDOR DE FORRAGENS AUTOMOTRIZ (JAGUAR) e todo o conjunt...

Leia mais

- NOVOS TRACTORES ELIOS - Agricultura e Máquinas

- NOVOS TRACTORES ELIOS - Agricultura e Máquinas • Fine cut (corte fino) geração II; mais de 3000 cortes/min; • Accionamento principal, com aumento de 20% de transmissão de potência;

Leia mais