Glossário de Termos da NESsT Atores/setores interessados

Сomentários

Transcrição

Glossário de Termos da NESsT Atores/setores interessados
Glossário de Termos da NESsT
Atores/setores interessados - grupos como fundadores, membros, organizações pares e doadores, que
têm uma relação direta com uma OSC e um interesse em seu trabalho.
Auto-financiamento - Refere-se à variedade de atividades, relacionadas ou não com a missão, destinadas a
gerar receita (pagamento de anuidade, taxas de serviço, uso de ativos, empresas comerciais, dividendos de
investimentos). Ao contrário de empresas sociais, auto-financiamento não precisa ter um impacto
significativo na missão.
BoP (Base da Pirâmide) – O World Resources Institute define a base da pirâmide econômica (BoP) como
aqueles com renda anual menor que USD 3.000 em poder de compra local – cerca de 4 bilhões que vivem
em relativa pobreza. Sua renda em dólares americanos atualmente é de menos de $3,35 por dia no Brasil,
$2,11 na China, $1,89 em Gana e $1,56 na Índia. The Next 4 Billion: Market Size and Business Strategy at
the Base of the Pyramid, Executive Summary, World Resources Institute,
http://www.wri.org/publication/content/7790.
Capital de Risco - Os capitalistas de risco geralmente mantêm o controle sobre os empreendimentos em
que estão envolvidos, exercendo uma gestão ativa com o objetivo de fazer com que a empresa venha gerar
lucro.
Capacitação gerencial - Refere-se ao desenvolvimento das principais competências e capacidades de um
negócio social - incluindo liderança, gestão, financiamento, infraestrutura, sistemas, programa de
implementação e avaliação - de modo a aumentar a sua eficácia e o seu impacto.
Capital Financeiro – Geral, apoio financeiro de vários anos de doadores.
Capital Intelectual - Filantropia não monetária baseada na orientação, coaching e consultoria através de
planejamento estratégico, planejamento de negócios e expansão.
Capital paciente - investimento de capital destinado a financiar as empresas de maior risco, por longo
prazo, de modo que a empresa possa alcançar um crescimento sustentável, tornando-a mais desejável para
financiamento de empréstimos e financiamento comercial.
Capital Social - Um dos três tipos de capital que a NESsT e seus apoiadores oferecem para os membros do
portfólio (financeiro, intelectual e social).
Captação de Recursos - Solicitação de doações sob a forma de doação para indivíduos, fundações,
empresas e governo.
Cultura organizacional - dinâmica qualitativa de trabalho existente entre a equipe interna de uma
organização (equipe, diretoria e voluntários).
NESsT 2014
Página 1
Custos Sociais - Os custos incorridos por empresas sociais devido à sua natureza social, que geralmente
não aparecen em outras actividades semelhantes sem objetivos sociais. Por exemplo, o custo de assistentes
sociais que auxiliam trabalhadores com deficiência, o custo de criação de locais de trabalho acessíveis para
trabalhadores com deficiência ou o custo de tecnologias ambientalmente responsáveis, a fim de reduzir a
contaminação.
Desenvolvimento da Pipeline - Atividades realizadas por investidores, incubadoras e aceleradores para
desenvolver um ambiente de empresas prontas para o investimento e/ou expansão dos seus negócios.
Dividendos de investimentos - Atividade de autofinanciamento na qual a OSC obtem recursos dos
investimentos que realiza, seja de forma passiva mediante juros, seja de forma ativa por meio do
investimento no mercado de ações.
Doação - Recurso financeiro oferecido por um doador para um donatário, normalmente organizações sem
fins lucrativos. Doações geralmente são condicionadas a certas qualificações, manutenção de padrões
específicos ou a uma contribuição proporcional da organização beneficiada ou de outro doador.
Doações de risco - Doações providas pela NESsT para apoio no lançamento, incubação e expansão de
empresas sociais. Essas doações são normalmente utilizadas para cobrir os custos sociais do
empreendimento (ver Custos Sociais).
Duplo objetivo/retorno - Termo utilizado para descrever negócios que possuem tanto objetivos
financeiros quanto sociais ("triplo objetivo/retorno" inclui objetivos ambientais também).
Empreendedor - Um indivíduo que cria uma ou mais empresas, assumindo riscos financeiros na
expectativa de gerar lucro. No entendimento atual, empreendedores devem demonstrar fortes habilidades
de liderança e construção de times.
Empreendedor social - visionário ou líder que aborda um problema social crítico de maneira
empreendedora. O empreendedor social nem sempre usa empresa social ou o negócio para fazer isso.
Empréstimo - Formas de repagamento com estruturas variadas, dependendo da finalidade (investimento
vs. Capital de giro) e do fornecedor do empréstimo. Empréstimos carregam juros, os quais podem ser
pagos ao credor em bases normais, geralmente com parcelas regulares do principal (valor inicialmente
emprestado).
Equity – Financiamento em troca de ações ou participação do negócio social/de impacto. Para obter esse
investimento, o negócio deve possuir a forma jurídica adequada (geralmente uma empresa). O investidor
possui direito de voto e um certo nível de controle, e pode receber dividendos se o negócio geral lucro. O
investidor pode obter o retorno do investimento inicial se ele vender suas ações no negócio.
Estágio de Expansão - Terceira fase da abordagem de portfólio visando crescimento significativo e/ou
replicação de um negócio social consolidado para alcançar maior impacto social.
NESsT 2014
Página 2
Estágio de Incubação - Segunda fase da abordagem de portfólio, oferecendo capacitação gerencial,
mentoria e financiamento para lançar e consolidar o negócio social/ de impacto.
Estágio de Planejamento - Primeiro estágio da abordagem de portfólio, que inclui uma série de
workshops para desenvolver ideias de negócios sociais, avaliar a viabilidade do mercado e criar um plano
de negócios.
Estudo de pré-viabilidade - uma investigação inicial sobre a viabilidade da idéia de uma empresa para
determinar se o tempo adicional, esforço e pesquisa valem a pena.
Estudo de Viabilidade - Uma análise formal e compreensiva da viabilidade do negócio proposto.
Filantropia Tradicional - Concessão tradicional de doações em que as organizações doadoras (ou seja,
fundações privadas, empresas) contribuem com uma quantia fixa de dinheiro durante um período de
tempo definido para apoiar um projeto ou programa social. Filantropia é geralmente direcionada a OSCs
que lideram os esforços sociais.
Filantropia de risco - Algumas vezes chamado de "filantropia engajada", um campo em crescimento de
investimento filantrópico que combina políticas e práticas de longo prazo, investimento engajado e
modelos de venture capital do setor de fins lucrativos com princípios e missões com benefícios públicos do
setor sem fins lucrativos. Estratégias de filantropia de risco combinam "investimentos" de capital
financeiro com alguma forma adicional de capacitação gerencial ou assistência técnica para as
organizações sem fins lucrativos apoiadas.
Finanças Sociais -É uma abordagem para administrar o dinheiro que oferece benefícios sociais e/ou
ambientais, e na maioria dos casos, um retorno financeiro. Finanças sociais incentivam positivas soluções
sociais ou ambientais em uma escala que não seria atendida nem por filantropia tradicional nem por
formas tradicionais de investimento.
Financiamento – A busca estratégica por financiamento que podem incluir captação de recursos,
investimento ou operação como empresa com fins lucrativos.
Garantias - Promessas de pagamento para suportar as aplicações de dívidas de financiamento. O fiador
pode garantir o valor total ou apenas uma parte. O credor apela à garantia quando há atraso ou ausência do
repagamento do devedor. Garantias são utilizadas para facilitar a empréstimos financeiros de terceiros.
Indivíduos da Alta Renda (HNWI) – Uma pessoa com alto patrimônio líquido. No ambiente de negócios
bancários privados, indivíduos de alta renda são aqueles que possuem investimentos maiores que US$ 1
milhão.
Investimento de Impacto – Investimento de impacto consiste em investimentos feito em empresas,
organizações e fundos com a intenção de gerar impacto social e ambiental mensurável ao lado de retorno
financeiro. Investimentos de impacto podem ser feito tanto em mercados emergentes quanto
desenvolvidos, e ter como alvo uma série de retornos de abaixo do mercado para taxa de mercado,
dependendo das circustâncias. No entanto, investimento de impacto ocorre em estágios avançados de
NESsT 2014
Página 3
desenvolvimento de negócios, os montantes do investimentos são mais altos e também incluem
investimentos “primeiramente financeiros” que nunca é o caso em investimento social.
Investimento Social – Investimento social é o fornecimento e uso de capital para gerar retorno social,
assim como financeiro. Investidores sociais pesam os retornos sociais e financeiros que esperam de um
investimento e geralmente aceitam retorno financeiro menor com o objetivo de gerar um impacto social
maior. Investimento Social permite a organizações do setor social desenvolverem atividades que geram
receitas usadas para repagar os investidores. Organizações do setor social podem gerar um excente através
de atividades de troca, contratos para entregar serviços públicos, doações, ou uma combianação de
algumas ou todas essas. http://www.bigsocietycapital.com/what-social-investment
Lucro Líquido - Lucro líquido é o total das receitas menos todas as despesas dentro de certo período
contábil.
Micro-negócios – Um micro-negócio é geralmente definido de acordo com o seu nível de investimento,
venda ou funcionários, mas definições variam de países desenvolvidos para em desenvolvimento. Para o
Banco Mundial, micro-negócios possuem menos que 10 funcionários e menos de US$100.00 em patrimônio
ou vendas. Para a União Europeia, o critério de funcionários é o mesmo, mas as vendas podem alcanãr até
US$2.5 milhões anualmente.
Negócios Inclusivos - iniciativas de negócios que reduzem a probreza por meio da inclusão de
comunidades de baixa renda na cadeia de valores.
Negócio de Impacto – Negócios criados para solucionar problemas sociais críticos e/ou negócios criados
para aumentar um propósito social de maneira finaceiramente sustentável.
Negócios sem fins lucrativos - Negócios operados por OSC e gerenciados pela estrutura legal da OSC ou
por meio de uma entidade subsidiária independente (sem a distribuição de ações para indivíduos). O termo
é usado como sinônimo de negócios sociais.
Negócio social – Definido pela NESsT como negócio que resolve um problema crítico social de maneira
sustentável. NESsT espera que os negócios sociais sejam bem planejados e tenham impacto significativos.
Um negócio social também é referido como "empresa sem fins lucrativos", "negócios com fins sociais", ou
"empreendimento de geração de receitas" que opera com "duplo objetivo" de gerar retorno financeiro
enquanto avança em sua missão social simultaneamente.
Negócio social em estágio inicial - A NESsT define empresas em estágio inicial aquelas que estão há 1-4
anos em seu desenvolvimento e mostram potencial para ser financeiramente auto sustentáveis e
escalonáveis. Algumas podem ter iniciado o processo de crescimento e replicação, mas ainda não estão
prontas para um investimento de mercado puro e precisam confiar em capital paciente (doações,
empréstimos, quasi equiity) e apoio não financeiro para ir para a próxima fase de crescimento.
NESsT 2014
Página 4
Organização para transformação social - Organização que procura resolver problemas políticos a nível
sistêmico, sociais e/ou econômicos através de estratégias inovadoras desenhadas para atingir uma
transformação estrutural da sociedade.
Organizações da Sociedade Civil - Refere-se à diversidade de organizações sem fins lucrativos, não
ligadas ao Estado assim como associações e grupo comunitários (distintos dos setores governamental e de
negócios) que promovem o bem coletivo ou público. Essas organizações também são citadas como
"organizações sem fins lucrativos", "organizações não governamentais (ONGs)", "instituições de caridade",
"organizações voluntárias", etc.
Organizações não governamentais (ONG) - são organizações constituídas legalmente criadas por
pessoas físicas ou jurídicas que operam independemente de qualquer forma de governo. O termo originouse das Nações Unidas e normalmente é utilizado para referir-se a organizações que não são parte do
governo e tampouco negócios com fins lucrativos convencionais. O termo é normalmente aplicado apenas
para organizações que possuem objetivos sociais que tem aspectos políticos, mas não organizações
abertamente políticas como partidos políticos.
Parceiro Estratégico - Aliado chave capaz de oferecer apoio específico para o portfólio de negócios sociais.
Pessoas / comunidades marginalizadas - A NESsT trabalha com grupos que sofrem discriminação,
exclusão ou pobreza unicamente por causa de sua etnia, crenças, orientação, língua ou classe social. Esses
grupos geralmente possuem pouco acesso à educação, emprego e mercados para seus produtos e serviços.
Planejamento estratégico - um esboço das metas futuras, métodos e ações desenhado para orientar uma
organização no cumprimento de sua missão.
Plano de Negócios - uma sólida e compreensiva estratégia de implantação criada pelos principais
responsáveis de um negócio para avaliar o potencial de mercado existente e de entrada do negócio.
Portfólio NESsT - Portfólio próprio da NESsT de negócios sociais que recebem apoio financeiro e
capacitação gerencial nos estágios de planejamento, incubação e expansão.
Primeiro estágio de expansão – A primeira tentativa real do negócio social em evoluir o seu modelo para
crescer dentro de suas comunidades e/ou replicar de uma comunidade para um número seleto de outras.
Esse processo conduz a um aumento significativo no nível de impacto e atividades comparadas à
incubação, tipicamente na ordem de grandeza de quatro ou cinco vezes.
Private Equity - Private equity é um tipo de atividade financeira realizada por instituições que investem
essencialmente em empresas que ainda não são listadas em bolsa de valores, com o objetivo de alavancar
seu desenvolvimento.
Private Equity Shares – Única à NESsT, criada para fazer doações filantrópicas fáceis e efetivas para a
indústria de private equity e promover excelência em filantropia com a indústria de private equity e além.
NESsT 2014
Página 5
Prontidão organizacional – Uma análise de prontidão de um negócio social ao entrar no processo de due
diligence da NESsT. A metodologia é aplicada a todos os grupos alvo da NESsT.
Prontidão para investimento – Prontidão para investimento deve ser definida como a capacidade de um
negócio pequeno ou médio, negócio social ou empreendedor – que está buscando por financiamento
externo, particularmente financiamento através de equity – para entender as necessidades específicas de
um investidor e ser capaz de responder a essas necessidades oferecendo estrutura apropriada e
informação relevante, ao ser crível e criar confiança.
http://ec.europa.eu/enterprise/newsroom/cf/_getdocument.cfm?doc_id=1171
Quasi-equity - Uma forma especial de financiamento para empresas de impacto que preenche a lacuna
entre a doação, empréstimo e equity. Ele tem qualidades semelhantes ao equity sem conferir direitos de
propriedade para o investidor. Financiamentos de quasi-equity incluem o uso de subscrição, finanças de
ações e subsídios reembolsáveis. Note-se que algumas das definições atuais de quasi-equity também
envolvem o uso de dívida, subordinada sem garantia.
Rede de Assessoria de Negócios (BAN) - Um grupo de profissionais que fornece suporte pro-bono
(voluntário) para NESsT e para o portfólio de negócios sociais da NESsT.
Responsabilidade Social Corporativa (RSC) – Iniciativa corporativa para avaliar e ter responsabilidade
pelos efeitos da empresa no meio ambiente e o impacto no bem estar social. O termo geralmente é aplicado
aos esforços de empresas que vão além do que é requisitado pelos órgãos reguladores ou grupos de
proteção ambiental (http://www.investopedia.com).
é uma forma de auto regulação integrada em um modelo de negócios.As funções políticas de RSC como
construção, mecanismo de auto regulação pelo qual um negócio monitora e garante o seu cumprimento
ativo com o espírito da lei, padrões éticos e normas internacionais. RSC é um processo com o objetivo de
abraçar responsabilidade para as ações da empresa e encorajar impacto positivo através de suas atividades
no meio ambiente, consumidores, funcionários, comunidades e outros.
Triplo objetivo/retorno - Termo utilizado para descrever negócios que possuem objetivos financeiros,
sociais e ambientais.
NESsT 2014
Página 6

Documentos relacionados

a utilização de práticas sociais como estratégia

a utilização de práticas sociais como estratégia É notável que haja uma relação histórica evolutiva entre o terceiro setor e muitas ações do homem, inicialmente pouco organizadas, ora denominada caridade ou filantropia e talvez, uma preocupação i...

Leia mais