gabarito rec. bio 2ano ok

Сomentários

Transcrição

gabarito rec. bio 2ano ok
COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS
2º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013
Professor (a): Mirley Alves Vasconcelos
2ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA
Roteiro de Estudos – Questões e Respostas
Estudante: ________________________________________________ Turma: 201/202
______________________________________________________________________
Conteúdo:
- Reino Animalia: poríferos, cnidários, platelmintos, nematas, moluscos, anelídeos, artrópodes,
equinodermos e cordados (peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos).
______________________________________________________________________________
01 - (UFF RJ)
No meio ambiente coexistem seres com diferentes características e que estão sujeitos a
diversos fatores abióticos. Dentre eles, destacam-se as variações de temperatura, que são maiores no
ambiente terrestre do que no ambiente aquático. A manutenção da temperatura do corpo é fundamental para
os vertebrados terrestres, sendo mantida por dois tipos de mecanismos termorreguladores: a ectotermia e a
endotermia.
A tabela abaixo mostra a quantidade de calorias diárias retiradas dos alimentos para manter a temperatura
corpórea de dois animais terrestres A e B.
Analisando o texto e a tabela, pode-se afirmar que:
a)
o animal B é ectotérmico, pois a maioria das
corpórea é obtida do meio ambiente.
b)
o animal A é ectotérmico, pois a maioria das
corpórea é obtida do meio ambiente.
c)
o animal A é endotérmico, pois a maioria das
corpórea é obtida do meio ambiente.
d)
o animal B é endotérmico, pois a maioria das
corpórea é obtida do meio ambiente.
e)
os animais A e B são endotérmicos, pois a
temperaturas corpóreas é obtida do meio ambiente.
calorias necessária para manter a sua temperatura
calorias necessária para manter a sua temperatura
calorias necessária para manter a sua temperatura
calorias necessária para manter a sua temperatura
maioria das calorias necessária para manter suas
Gab: B
02 - (UFV MG) Considerando as seguintes características, assinale a alternativa CORRETA:
1. Coração tetracavitário
2. Ovos com casca
3. Ossos pneumáticos
4. Homeotermia
5. Ovos telolécitos completos
6. Glândulas uropigeanas
7. Fecundação interna
8. Esqueleto cartilaginoso
a)
b)
c)
d)
1
2
3
7
e
e
e
e
4
5
6
8
são características exclusivas dos mamíferos.
são características exclusivas dos répteis.
são características exclusivas das aves.
não ocorrem entre os peixes.
Gab: C
03 - (UNIFESP SP/2011)
terrestre de forma plena.
Os répteis foram o primeiro grupo de vertebrados a conquistar o ambiente
a)
Os répteis modernos estão classificados em três principais ordens. Dê um exemplo de uma espécie
pertencente a cada uma dessas ordens.
b)
Explique quais foram as adaptações necessárias para que os répteis pudessem viver no ambiente
terrestre.
Gab:
a)
Ordem dos escamados — exemplos: serpentes em geral, como cascavel ou jararaca; lagartos,
lagartixas, iguanas; ordem dos quelônios — exemplos: tartarugas, cágados e jabutis; ordem dos crocodilianos
— exemplos: jacarés e crocodilos.
b)
Dentre as adaptações dos répteis para a vida em ambiente terrestre, podemos destacar: pele
queratinizada e impermeável; excreção nitrogenada na forma de ácido úrico; respiração exclusivamente
pulmonar; fecundação interna, ovo com casca calcária, desenvolvimento direto e presença de anexos
embrionários.
04 - (FATEC SP/2012)
A vida animal originou-se nos oceanos primitivos, sendo que os peixes com
nadadeiras lobadas, os crossopterígios, cujos representantes atuais são os celacantos, provavelmente teriam
ocasionado o surgimento dos animais de quatro pernas, os tetrápodes, grupo ao qual pertencem os anfíbios, os
répteis, as aves e os mamíferos atuais. Assim, a partir dos ancestrais marinhos, alguns grupos invadiram a
água doce enquanto outros se deslocaram para a terra.
Dentre as adaptações importantes para a ocupação do ambiente terrestre é correto citar
a)
b)
c)
d)
e)
a
a
a
a
a
eliminação de excretas com elevado teor de água.
fecundação externa e a ausência de anexos embrionários.
presença de estruturas respiratórias externas, finas e úmidas.
pele com revestimento impermeável, com escamas e placas córneas.
presença de grande quantidade de tecido adiposo subcutâneo e o desenvolvimento larval.
Gab: D
05 - (UPE)
A festa no Céu
Entre os bichos da floresta, espalhou-se a notícia de que haveria uma festa no Céu. Porém, só foram
convidados os animais que voam. Um sapo resolveu que iria e se escondeu dentro da viola do urubu. Ao chegar
ao céu, o urubu deixou sua viola num canto. O sapo se vendo sozinho, saltou da viola e divertiu-se.
O urubu pegou a sua viola e voou em direção à floresta. Espiou dentro do instrumento e avistou o sapo
dormindo.
Furioso, ele virou sua viola, e o sapo despencou direto para o chão, mas não morreu.
No entanto, nas suas costas, ficou a marca da queda; uma porção de remendos. É por isso que os sapos
possuem uns desenhos estranhos nas costas. É uma homenagem de Deus a este sapinho atrevido, mas de bom
coração.
Adaptado de Contos tradicionais do Brasil.
Anfíbios e aves já foram tema de lendas, músicas e histórias. Sobre esses vertebrados, analise as proposições e
conclua.
00.
Os anfíbios apresentam pele úmida, intensamente vascularizada e rica em queratina.
01.
As aves apresentam ossos pneumáticos que aumentam a capacidade de voo devido à diminuição do
peso corporal.
02.
Anfíbios e aves possuem coração com três câmaras; a circulação é fechada, dupla e completa.
03.
Ambos são animais homeotermos e possuem sistema digestório completo, com boca destituída de
dentes.
04.
A fecundação é externa, e o desenvolvimento é indireto nos anfíbios, enquanto, nas aves, a fecundação
é interna, sem larvas.
Gab: FVFFV
06 - (UDESC SC/2011)
Observe as figuras abaixo.
Elas representam duas classes de animais pertencentes ao Filo Chordata. A respeito das principais
características desses animais, analise as proposições abaixo.
I.
Na Figura 1, pode-se observar um peixe da Classe Chondrichthyes, animal que apresenta esqueleto
cartilaginoso; e, na Figura 2, um representante da Classe Osteichthyes, animais de esqueleto ósseo.
II.
A linha lateral é um órgão exclusivo dos peixes ósseos e tem por função detectar vibrações na água.
III.
As brânquias dos peixes Chondrichthyes encontram-se protegidas por um opérculo.
IV.
Os peixes ósseos flutuam na água graças à presença de uma estrutura denominada bexiga natatória.
V.
Os peixes cartilaginosos apresentam a boca localizada na porção ventral do corpo, enquanto nos peixes
ósseos a posição é anterior.
Assinale a alternativa correta.
a)
b)
c)
d)
e)
Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.
Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras.
Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.
Somente as afirmativas I, III e V são verdadeiras.
Todas as afirmativas são verdadeiras.
Gab: B
07 - (UFG) Na árvore filogenética ou evolutiva dos animais, a simetria radial é uma característica importante
dos organismos primitivos. Entretanto, os equinodermos como os ouriços e as estrelas-do-mar estão próximos
aos cordados, como os répteis e os mamíferos, evidenciando um ancestral em comum. Sobre esse fato,
a)
b)
cite duas características morfológicas em comum entre os equinodermos e os cordados;
justifique o parentesco existente entre os dois grupos, apesar de simetricamente distintos.
Gab:
a)
As características são: celoma originado do tubo digestório (enterocelomados) e ânus com origem no
blastóporo (deuterostomados).
b)
O parentesco entre esses dois grupos está baseado na simetria bilateral das formas imaturas de ambos
os filos (larvas dos equinodermos e embriões de cordados).
08 - (UEM PR/2012)
Joaquim coleciona artrópodes e, em sua coleção, encontra-se um animal com 20
patas, um animal com 18 patas, quatro animais com 8 patas e oito animais com 6 patas; todos com
exatamente o número de patas mencionado e em perfeito estado. Considerando essas informações, assinale o
que for correto.
01.
02.
04.
08.
16.
A média do número de patas por animal é inferior a 8.
Os animais com 20 e 18 patas podem ser miriápodes.
Dentre os animais com 6 patas, podem ser encontrados percevejos, baratas e escorpiões.
A mediana do número de patas em cada individuo é 6.
Os animais de 8 patas podem possuir glândulas coxais em seu sistema excretor.
Gab: 26
09 - (UEPG PR/2012) Os arthropodas constituem um dos filos mais numerosos e diversificados dos animais.
Com relação aos aspectos morfofisiológicos que possibilitaram essa diversificação, assinale o que for correto.
01.
Apresentam vários tipos de aparelhos bucais (sugador, picador-sugador, triturador ou mastigador e
lambedor) que possibilitaram as diversas formas de alimentação.
02.
Nos insetos, a respiração é realizada por ramificações da epiderme em forma de tubos ramificados,
denominadas traqueias.
04.
O sistema circulatório de um inseto possui um coração na região dorsal do abdome que bombeia
sangue para um vaso. No resto do corpo o sangue circula por um sistema de lacunas, chamadas de hemoceles,
que banham os órgãos.
08.
Nos insetos, os excretas são absorvidos pelos túbulos de Malpighi e lançados no intestino pela
extremidade aberta do tubo, sendo eliminados junto com as fezes.
16.
Nos crustáceos, a respiração é totalmente pulmonar.
Gab: 15
10 - (PUC RS)

Ametábolos (do grego: a = negação; metabole = transformação): do ovo emerge um indivíduo muito
semelhante ao adulto, ou seja, não ocorre um estágio de larva antes de o jovem inseto atingir a fase
adulta. Não há uma forte transformação durante o desenvolvimento do inseto, pois a forma jovem já se
assemelha à
do adulto, sendo apenas menor.

Hemimetábolos (do grego: hemi = metade): as formas jovens (ninfas) já têm alguma semelhança
com o adulto, e ocorre apenas uma metamorfose incompleta. A cada muda, a semelhança com o adulto tornase
maior.

Holometábolos (do grego, holos = total): do ovo eclode uma larva de corpo segmentado, muitas
vezes sem
patas, olhos ou asas. Ocorre, então, uma metamorfose completa com mudas até a
transformação em pupa. A
pupa sofre profundas mudanças: os tecidos larvais são destruídos e novos
tecidos, característicos do adulto,
são formados. Uma vez formado, o adulto rompe a cutícula pupal e
emerge, não sofrendo mais nenhuma muda.
São exemplos corretos de ametábolos, hemimetábolos e holometábolos, respectivamente,
a)
b)
c)
d)
e)
a
a
a
a
a
barata, o grilo e a mariposa.
barata, a formiga e o grilo.
mosca, a barata e a mariposa.
mosca, o grilo e a barata.
traça, a barata e a mariposa.
Gab: E
11 - (UNICAMP SP) Uma dona de casa, querendo preparar uma caldeirada de frutos do mar, obteve uma
receita que, além de vegetais e temperos, pedia a inclusão de cação, camarão, lagosta, mexilhão e lula. Ela
nunca havia preparado a receita e não conhecia os animais. O filho explicou que esses animais eram: um peixe
cartilaginoso (cação), crustáceos (camarão e lagosta) e moluscos (mexilhão e lula).
a)
Indique duas características exclusivas dos moluscos que poderão permitir sua identificação pela dona
de casa.
b)
Ao comprar o peixe, a dona de casa não encontrou cação e comprou abadejo, que é um peixe ósseo.
Além da diferença quanto ao tipo de esqueleto, indique outras duas diferenças que os peixes ósseos podem
apresentar em comparação com os peixes cartilaginosos.
Gab:
a)
Características gerais dos moluscos:
– corpo dividido em cabeça, pé e saco visceral (ou massa visceral);
– presença de concha com manto;
– presença de rádula;
– larva veliger (2º estágio larval, após a trocófora);
– corpo mole;
– presença de pálio (manto).
b)
Peixes cartilaginosos têm brânquias que
se abrem em fendas laterais, escamas placoides
cobertas por esmalte semelhantes a um pequeno
dente voltado para trás. Peixes ósseos: brânquias
recobertas por um opérculo, pele com glândulas
produtoras de muco, escamas achatadas.
12 - (UFF RJ) “A Baía de Guanabara mantém uma relação de interdependência com vários ecossistemas a que
se integra. A qualidade das águas não poderia deixar de ser influenciada pela carga poluidora lançada nos rios
de seu entorno e no espelho d’água”.
Os mexilhões podem ser utilizados como bioindicadores para o monitoramento da poluição em ambientes
marinhos devido à sua capacidade de
a)
fixação ao substrato
b)
oxigenação
c)
decomposição
d)
filtração
e)
adaptação
Gab: D
13 - (UEPB/2011)
No mundo oriental é comum o uso de práticas alternativas para curar determinadas
patologias. Apesar de alguns considerarem o emprego das técnicas para descrever práticas médicas diversas da
alopatia, outros consideram estas técnicas como parte da medicina constituída por métodos cientificamente
validados de diagnóstico e tratamento. Entre as práticas alternativas utilizadas para restabelecimento da
circulação em cirurgias de reimplantes de órgãos, está a sangria, feita com o uso de uma sanguessuga, Hirudo
medicinalis, embora existam outras formas de sangrias. Sobre as sanguessugas é correto afirmar:
a)
São vermes segmentados, clitelados, sem cerdas, pertencentes ao filo Annelida, que apresentam
ventosas na região anterior, portando mandíbulas, e ventosa posterior.
b)
São vermes metamerizados, clitelados, com poucas cerdas, pertencentes ao filo Annelida, com
reprodução sexuada cruzada.
c)
São vermes segmentados, sem cerdas e sem clitelo, pertencente ao filo Annelida, cujos órgãos
excretores são do tipo protonefrídios.
d)
São vermes metamerizados, clitelados, podendo apresentar poucas e nenhuma cerda, pertencente ao
filo Annelida, que apresentam ventosas apenas nas regiões anterior e posterior, e hábito predador e parasita.
e)
São vermes segmentados, sem clitelo, podendo apresentar poucas e nenhuma cerda, pertencente ao
filo Annelida, que apresentam ventosas apenas na região anterior, e hábito exclusivamente predador.
Gab: A
14 - (UFF RJ/2012) A ascaridíase e a ancilostomose, causadas respectivamente pelo Ascaris lumbricoides e
pelo Ancylostoma duodenale, são consideradas parasitoses intestinais. No entanto, essas parasitoses podem
também causar lesões pulmonares.
a)
Considerando o ciclo desses parasitas, explique por que eles são capazes de causar lesões pulmonares.
b)
Cite um método profilático para prevenir cada uma dessas parasitoses e justifique a eficácia do método
citado.
Gab:
a)
No ciclo de ambos os parasitas, as larvas caem na circulação e vão para o coração, do qual são levadas
para os pulmões onde podem causar lesões.
b)
Um método profilático para a ascaridíase é a lavagem dos alimentos e das mãos, tendo em vista que a
via de infecção é oral. Já para a ancilostomose é o uso de calçados para proteção da pele, que é a porta de
entrada desses parasitas.
15 - (UEM PR/2011)
No Brasil, as verminoses têm grande importância socioeconômica, estando
diretamente vinculadas às condições precárias de saneamento básico e de moradia. É urgente que o governo
canalize recursos financeiros para esse setor. Dentre as verminoses que ocorrem em nosso país, é correto
afirmar que
01.
a cisticercose é transmitida pelo consumo de carne contaminada por larvas encistadas, os cisticercos.
02.
a esquistossomose pode ser evitada pela destruição dos criadouros de larvas dos mosquitos
transmissores.
04.
a lombriga, Ascaris lumbricoides, é adquirida ao andar-se descalço, visto que a larva penetra pelos pés.
08.
o amarelão, causado pelo Ancylostoma, é uma doença que se pode adquirir pela picada do bicho
barbeiro.
16.
a teníase é uma doença causada pelo verme adulto de Taenia saginata, através da ingestão de carne
bovina contaminada com os cisticercos.
Gab: 16
16 - (CEFET PR) Entre os diferentes tipos de doenças da pele humana causadas por organismos patogênicos,
há uma dermatite causada pela penetração de larvas, através da pele, transmitidas por fezes de cães
portadores.
Esta dermatite se caracteriza por irritação e coceira na pele, com manchas típicas que lembram mapas. O
organismo causador desta dermatite é:
a)
b)
c)
d)
e)
um verme denominado Enterobius vermicularis.
um protozoário denominado Leishmania brasiliensis.
um verme denominado Ancylostoma brasiliensis.
uma bactéria denominada Mycobacterium leprae.
um protozoário denominado Trypanosoma cruzi.
Gab: C
17 - (UFRJ) Preocupada com a detecção de focos de esquistossomose em sua região, uma pessoa resolveu se
precaver da enfermidade.
Apresente uma medida de prevenção da esquistossomose que você considera adequada. Justifique sua
resposta.
Gab:
Medidas preventivas:
1. Construir instalações sanitárias adequadas para impedir que os ovos de esquistossomos presentes nas fezes
contaminem rios, lagos ou reservatórios de água onde existe o caramujo.
2. Eliminar os caramujos transmissores para impedir que o ciclo do Schistosoma se complete.
3. Não consumir e não se banhar na água de locais onde vivem os caramujos transmissores para evitar a
penetração das larvas no corpo.
18 - (ETAPA SP)
por meio de:
a)
b)
c)
d)
e)
O verme da figura a seguir é um parasita intestinal humano. Os humanos se contaminam
Ingestão de vermes nas saladas ou frutas.
Picada de mosquitos contaminados pelo verme.
Relação sexual com pessoa contaminada.
Penetração de ovos do verme pela pele dos pés.
Ingestão de carne de porco contaminada com larvas do verme.
Gab: E
19 - (PUC SP/2011) Os recifes de corais são formados por colônias de animais providos de um esqueleto
que protege um grande número de pólipos. Os animais presentes nos corais pertencem ao mesmo filo que
a)
b)
c)
d)
e)
Gab: A
águas-vivas e anêmonas-do-mar.
mexilhões e caramujos.
esponjas e hidras.
estrelas-do-mar e planárias.
ouriços-do-mar e caranguejos.
20 - (UFT/2011) Os esquemas a seguir representam padrões de sistema nervoso de um animal de simetria
radial e de um de simetria bilateral. Sobre o padrão de sistema nervoso nesses animais é CORRETO afirmar:
a)
A simetria dos cnidários está associada ao sistema nervoso difuso e concentração neuronal.
b)
A simetria nos platelmintos está associada ao sistema nervoso difuso e concentração neuronal.
c)
Nos cnidários a simetria está associada ao sistema nervoso difuso e nos platelmintos ao sistema
nervoso ventral e cefalização.
d)
Nos cnidários a simetria está associada ao sistema nervoso ventral e nos platelmintos ao sistema
nervoso difuso e cefalização.
e)
Não há relação entre simetria e padrão de sistema nervoso nos animais invertebrados.
Gab: C
21 - (UFPR/2012) Existe uma regra geral em fisiologia animal que define como sendo de 1 mm a espessura
máxima de um tecido capaz de sustentar suas células se o mecanismo de transporte é realizado apenas por
difusão. Células, tecidos e organismos precisam ter acesso a oxigênio e nutrientes e remover compostos
nitrogenados e gás carbônico para poderem realizar suas funções vitais adequadamente. O principal sistema
que provê essas condições nos cordados vertebrados é o sistema circulatório. Inegável reconhecer que, graças
a esse sistema (entre outros), vertebrados podem atingir tamanhos tão grandes como o de baleias ou
elefantes. Entretanto, mesmo não apresentando um sistema circulatório completo, com coração e vasos, alguns
animais com estrutura corporal mais simples podem atingir tamanhos consideravelmente grandes. Sob essa
perspectiva, considere as seguintes afirmativas:
1.
Poríferos não apresentam tecidos verdadeiros e, portanto, não são capazes de desenvolver órgãos ou
sistemas que possam resolver o problema das trocas internas de gases, nutrientes e excretas. Assim, poríferos
são animais para os quais a regra do 1 mm é efetivamente aplicável, e por isso nenhuma espécie desse grupo
atinge esse tamanho.
2.
Alguns cnidários (celenterados) podem atingir grandes dimensões. As soluções para o problema do 1
mm são variáveis e geralmente baseadas em duas características: a) esses animais são diblásticos
(apresentam duas monocamadas corporais, que geralmente se encontram diretamente em contato com a água
externa ou com a água da gastroderme); b) o aumento corporal está associado ao aumento de uma camada
acelular ou com poucas células, denominada mesogleia.
3.
Animais pseudocelomados (também denominados de blastocelomados) podem realizar as trocas
internas utilizando o fluido do pseudoceloma em si. O transporte pode, ainda, ser auxiliado por um sistema de
canais como os encontrados em acantocéfalos e rotíferos, denominado em alguns desses grupos de sistema
lacunar de canais.
4.
Apesar de serem acelomados e de não apresentarem um sistema circulatório, muitos platelmintos
podem atingir grandes tamanhos. É o caso das planárias terrestres, que atingem mais de 30 cm de
comprimento, e das tênias (algumas com dezenas de metros de comprimento). Nesses casos específicos, as
trocas de gases, nutrientes e excretas ocorrem através do trato digestivo e pela superfície corporal desses
animais, com um processo de difusão eficiente.
Assinale a alternativa correta.
a)
b)
c)
d)
e)
Gab: D
Somente
Somente
Somente
Somente
Somente
a afirmativa 2 é verdadeira.
as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras.
as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.
as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.
as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.
22 - (UPE)
Na evolução dos seres do reino Animalia, o surgimento dos filos Platyhelminthes e
Nematelminthes veio acompanhado por inovações evolutivas na organização do corpo, capacitando-os a uma
melhor adaptação ao meio ambiente em que estão inseridos. Com relação às características dos animais
pertencentes a esses filos, analise as afirmativas e conclua.
00.
Os platelmintos são diblásticos e pseudocelomados, enquanto os nematelmintos são triblásticos e
celomados.
01.
Ambos possuem simetria bilateral, apresentam cefalização e centralização do sistema nervoso. Não têm
órgãos ou sistemas especializados para trocas gasosas, e a respiração é cutânea.
02.
A reprodução dos platelmintos é muito diversificada. Nas planárias, a reprodução é exclusivamente
assexuada por fragmentação do corpo. Os esquistossomos e as tênias têm reprodução sexuada e são
hermafroditas. Os nematelmintos são, na maioria, dióicos, com dimorfismo sexual.
03.
São nesses dois filos que aparecem, pela primeira vez, no reino animal, estruturas especializadas na
excreção de resíduos e sistema circulatório. Para excreção, os platelmintos desenvolveram as células-flama, e
os nematelmintos desenvolveram os renetes, célula gigante com formato semelhante à letra H.
04.
Apesar de os animais dos filos Platyhelminthes e Nematelminthes não apresentarem desenvolvimento
de segmentação corporal e de sistemas esqueléticos, são capazes de movimentar-se por meios de contrações
das células musculares localizadas sob a epiderme do corpo.
Gab: FVFFV
23 - (UFTM MG) Utilizava-se o termo verme para os animais platelmintos, nematelmintos e anelídeos, por
apresentarem o corpo fino e alongado. Muitas vezes até larvas encontradas em frutos, como a goiaba, são
denominadas popularmente como vermes.
Esse termo não corresponde a nenhuma categoria taxonômica. Dos animais citados,
a)
apenas os platelmintos apresentam celoma e são triblásticos.
b)
apenas os platelmintos e nematelmintos são triblásticos e acelomados.
c)
apenas as larvas encontradas nos frutos pertencem ao filo dos Artrópodes.
d)
é possível encontrar neles, tubo digestório completo e circulação aberta.
e)
é comum a ocorrência de estruturas excretoras e sistema nervoso dorsal.
Gab: C
24 - (CEFET PR) Os nematódeos estão entre os metazoários mais difundidos e abundantes. Até o momento
foram descritas apenas cerca de 20.000 sp mas há expectativas de milhões ainda esperando serem
descobertas. Os principais nematódeos parasitas humanos e suas formas de prevenção estão colocados abaixo
nas colunas I e II respectivamente.
Coluna I
Nematódeos parasitas
I.
Ancylostoma duodenale
II.
Ascaris lumbricoides
III.
Enterobius vermicularis
IV.
Necator americanus
V.
Wulchereria bancrofti
Coluna II
Principais medidas de prevenção
a)
combater o vetor
b)
evitar contato da pele
contaminado
c)
ferver roupas de cama
d)
lavar bem os alimentos
e)
saneamento básico
f)
tratar os doentes
g)
usar telas e repelentes
h)
utilizar água tratada
com
o
solo
Assinale a alternativa abaixo em que está INCORRETA a associação entre o parasita e suas formas de
prevenção:
a)
I  b, e, f
b)
II  d, e, f, h
c)
III  c, e, f
d)
IV  a, c, h
e)
V  a, f, g
Gab: D
25 - (UFPEL RS) As minhocas pertencem à Classe Oligochaeta e são representadas pelas espécies Pheretyma
hawayana (minhoca brasileira), Lumbricus terrestris (minhoca européia) e Eisenia phoetida (minhoca vermelha
da Califórnia). Todas as espécies participam ativamente na produção de húmus, o que contribui para o
aumento da fertilidade do solo. Além disso, cavam inúmeras galerias subterrâneas que são responsáveis pela
drenagem e aeração do solo.
Com base no texto e em seus conhecimentos, é correto afirmar que as minhocas são organismos
a)
monóicos, isto é, cada indivíduo apresenta apenas um órgão sexual; triploblásticos, isto é, possuem os
três folhetos embrionários; protostômios, isto é, a cavidade anal é originada do blastóporo; armazenam o
esperma recebido de outra minhoca no interior do clitelo.
b)
dióicos, isto é, cada indivíduo apresenta tanto órgãos sexuais masculinos como femininos;
diploblásticos, isto é, possuem apenas dois folhetos embrionários; deuterostômios, isto é, apresentam a
cavidade oral originada do blastóporo; armazenam o esperma na cavidade celomática.
c)
dióicos, isto é, cada indivíduo apresenta tanto órgãos sexuais masculinos como femininos;
diploblásticos, isto é, possuem apenas um dos dois folhetos embrionários (ectoderma ou endoderma);
deuterostômio, isto é, apresentam cavidade anal originada do blastóporo; armazenam o esperma recebido de
outra minhoca em seus apêndices carnosos denominados de parapódios.
d)
monóicos, isto é, cada indivíduo apresenta tanto órgãos sexuais masculinos quanto femininos;
triploblásticos, isto é, possuem os três folhetos embrionários; protostômios, isto é, apresentam a cavidade oral
originada do blastóporo; armazenam nas vesículas seminais o esperma recebido de outra minhoca.
e)
monóicos, isto é, cada indivíduo apresenta tanto órgãos sexuais masculinos quanto femininos;
triploblásticos, isto é, possuem apenas três folhetos embrionários; deuterostômios, isto é, apresentam a
cavidade oral originada do blastóporo; liberam o esperma armazenado nas vesículas seminais quando o casulo
contendo óvulos passa pelas aberturas dos receptáculos seminais.
f)
I.R.
Gab: D
BOM TRABALHO!