Revista - Fundação Ecos

Сomentários

Transcrição

Revista - Fundação Ecos
Revista
ECOS
ANO 23 | Nº 218 | JUNHO 2011
Participe da
Palestra Educar
Calendário de
pagamento do
2° semestre
Dicas para
este inverno
Encarte
Fundação de Seguridade Social do Banco Econômico S/A
Impresso Especial
08.020.0680/DR/BA
Fundação ECOS
CORREIOS
2
ECOS e você
www.fundacaoecos.org.br
COLUNA DO PARTICIPANTE
Homenagem a Carla Macedo Couto
No dia 08/06/2011, faleceu prematuramente aos 47 anos, Carla Macedo
Couto, ex assistente social e Supervisora de Atendimento da ECOS .
Foi admitida na Fundação ECOS em
janeiro de 1988, a convite do então Diretor Presidente Dr. Paulo Maciel, para
a execução de alguns projetos que ele
queria implantar, dentre eles a criação
do Jornal da ECOS , que passou a ter
divulgação mensal a partir de abril de
1990. Antes desta data, a ECOS divulgava suas informações através de
um encarte do BIS – Jornal do Banco
Econômico.
Coube também a Carla todo o treinamento e desenvolvimento dos “Agentes ECOS”, que eram os funcionários
das agências e departamentos do Banco Econômico que dariam informações
sobre a Fundação nos seus locais de
trabalho. Carla, juntamente com um
grupo do CEDEPE viajou por todo
Brasil para estes treinamentos, como
forma também de divulgar o papel da
ECOS, aos seus participantes.
Uma característica marcante em Carla
era a didática, tinha uma forma muito
agradável na maneira de ensinar e pas-
sar conhecimento e tinha muito gosto
nisso. Ela gostava de preparar as pessoas. Aqueles que tiveram a oportunidade em participar de suas palestras
ou até mesmo na simples conversa,
concordam conosco.
Desenvolveu também o PPA - Plano de Preparação para Aposentadoria,
que permitiu identificar os funcionários do Banco que estavam perto de
se aposentar e prepará-los para essa
etapa tão importante da vida.
O PPA formava turmas de gerentes e
supervisores e através de dinâmicas e
palestras no CEDEPE, a ECOS cumpria
seu papel de tornar o momento da
aposentadoria para seus participantes,
uma etapa agradável da vida. Como
reconhecimento do bom resultado dos
seus trabalhos, foi convidada para integrar a Comissão Técnica de Benefícios da ABRAPP.
Com o objetivo de prestar um atendimento qualificado e personalizado para
os participantes ativos e assistidos da
fundação, Carla idealizou e implantou
a Central de Atendimento da ECOS,
onde teve total apoio dos diretores e
funcionários da ECOS. No período de
janeiro
de
1995 a abril
de 1999, acumulou a função de chefe
da Assessoria
Social e InCarla Couto
tercâmbio e a
função de Supervisora de Atendimento.
Carla era uma pessoa previdente e vivia
na prática o que pregava. Era motivada
pelo trabalho e gostava do que fazia.
Quando soube da sua doença e que a
mesma lhe ceifaria a vida prematuramente, teve a coragem de preparar a
si e aos mais chegados, especialmente
aos filhos, dizendo o quanto eles eram
importantes e o quanto ela se orgulhava deles. Fez o mesmo com os pais,
irmãos e amigos.
Para nós, fica a lembrança de uma amiga, uma pessoa que verdadeiramente
lutou pela vida e que agora descansa
em paz!
Homenagem prestada por Graziela Mota, Participante ativa e Patrícia Sampaio, Participante autopatrocinada da ECOS
DICA
FILME
LIVRO
Em um Mundo Melhor
Diretor: Susanne Bier
Categoria: Drama
Água para Elefantes - Autor: Sara Gruen /
Editora: Sextante - Categoria: Drama
Anton (Mikael Persbrandt) é um médico
que trabalha em um campo de refugiados em um lugar qualquer da África. Na
Dinamarca, seu país natal, estão sua mulher Marianne (Trine Dyrholm) e seus dois
filhos, Elias (Markus Rygaard) e Morten
(Toke Lars Bjarke). Paralelamente, acompanhamos a história do garoto Christian
(William Jøhnk Nielsen) que emigra para a
Dinamarca, ao lado de seu pai Claus (Ulrich Thomsem), logo após a morte da mãe.
Dois mundos distintos que irão se cruzar.
Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do
passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Aos 23
anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando
seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter
para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e
acaba pulando em um trem em movimento - o Esquadrão Voador do circo
Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra. O livro é tão envolvente que
seus personagens continuam vivos muito depois de termos virado a última
página. Sara Gruen nos transporta a um mundo misterioso e encantador,
construído com tamanha riqueza de detalhes que é quase possível respirar
sua atmosfera.
ECOS informa
Atendimento 0800.721.2600
ANIVERSARIANTES
SUSTENTABILIDADE
Agosto
Doação: um ato de carinho e de sustentabilidade
O frio já começou pra valer
e, que tal aproveitar o mês de
inverno e fazer
uma geral no
guarda-roupa
para
verificar
quais roupas e
agasalhos que
você não usa
mais, ou cobertores esquecidos por lá, podem ser doados? Eles serão peças fundamentais para
aquelas pessoas que não têm como se
agasalhar.
Instituições de caridade, associações de
bairros e fundações costumam recolher,
com frequência, roupas e objetos em geral e distribuir entre quem precisa.
Algumas igrejas também possuem a prática de receber doações e promover um
bazar. O bazar tem como objetivo vender
os produtos usados e reverter o dinheiro
arrecadado em doação para
instituições carentes.
Doar é uma ótima ação de
ajuda aos necessitados.
É uma atitude consciente
e de carinho ao próximo.
Antes de doar, verifique se
as peças estão em estado
3
de uso, pois, a intenção pode até ser boa,
mas não adianta muita coisa tirar o que
não presta pra você aquilo que também
não prestará para o outro.
Como começar
Pegue uma caixa vazia e tire todas as
roupas do guarda-roupa. Em poucos minutos você poderá notar algumas roupas
que não estão mais em uso, ou outras
novas que você nunca usou por causa do acúmulo das roupas mais antigas
guardadas, e faça uma triagem. Separe
as roupas que ainda podem ser usadas
por você, daquelas que já não lhe servem
mais e as coloque na caixa.
Blusas, calças, meias, casacos e até sapatos são muito bem vindos para serem
redirecionados a outras pessoas que não
têm condições. O próximo passo é procurar um lugar adequdo que aceite essas doações. Seja solidário com quem
precisa. Reúna a família e os amigos e
promova uma campanha de arrecadação e visite alguns lugares de doações.
Dessa maneira, você estará
ajudando a quem precisa
e incentivando que outras
pessoas percebam a importância dessa atitude.
Neste inverno, ajude a
aquecer o coração de uma
pessoa.
Aposentados
Dia 01 • Everaldo José de Oliveira
Magzara Maria Farias da Silva
Dia 02 • Gilberto Jose da Silva
Manuel da Silva Monteiro
Dia 03 • Carlos Sales Ribeiro Filho
Dia 07 • Izete Noronha Silva
Izumi Ogasawara
Dia 09 • Aristides dos Santos Fernandes
Dia 10 • Maria de Fatima da Cruz Silva
Maria Lucia Villar Moreira
Dia 11 • Francisco Quincas de Oliveira
José Carlos Porto de Castro
Dia 12 • Norma Gomes Martins
Dia 17 • José de Jesus Christão
Dia 18 • Evanice Abreu Dantas
José Carlos Santana
Dia 20 • Denise Novais Aguiar
Dia 23 • Miguel Marinho Espindola
Dia 24 • George Craig de Goes Calmon
Isaura Bernadeth Dutra Cerqueira
Dia 25 • Oswaldo Coluccini
Dia 26 • Adilson José Vieira
Epaminondas da Silva Castro
Dia 27 • Adilson Forgas
Robson Assunção Freitas Pitta
Dia 28 • Edvaldo Fernandes de Andrade
Erivaldo Santos Correia
Dia 29 • João Baptista dos Santos
Dia 30 • Agílio Alves Espindola
O INSS completa 21 anos
O Instituto Nacional do Seguro Social
(INSS) completou 21 anos no último
dia 27 e comemora um novo tempo
com modernidade, agilidade e respeito
à cidadania.
Hoje, existem 1.186 Agências da Previdência Social instaladas em 1.030
municípios. O agendamento eletrônico
pela internet (www.previdencia.gov.br)
e pela Central 135 colocou fim às filas
que se formavam pelas madrugadas.
Agora, quem vai às Agências da Previdência Social é atendido com hora
marcada e pode ter o benefício concedido em até meia hora.Responsável
pelo pagamento de mais de 28 milhões
de benefícios, o INSS cumpre a tarefa
com excelência: as transferências previdenciárias ocorrem rigorosamente
em dia, sem nenhum atraso. E, além
de combater as desigualdades sociais,
a renda transferida mensalmente pelo
Instituto impulsiona a economia de milhares de municípios.
Nesses 21 anos, o instituto vem trabalhando com foco na profissionalização
da gestão, na melhoria das condições
de trabalho para os servidores e na modernização da rede de atendimento e
da infraestrutura tecnológica. O INSS
foi criado em 27 de junho de 1990 a
partir da fusão do Instituto de Administração Financeira da Previdência e Assistência Social (Iapas) com o Instituto
Nacional de Previdência Social (INPS),
como autarquia vinculada ao Ministério da Previdência e Assistência Social
(MPAS), atual Ministério da Previdência
Social (MPS). Compete ao INSS a operacionalização do reconhecimento dos
direitos da clientela do Regime Geral de
Previdência Social (RGPS).
Dia 31 • Celso Ribeiro de Novais
Cosmo Arlindo da Costa
Pensionistas
Dia 01 • Maria de Lourdes Duarte Brandão
Dia 06 • Marco Antonio Santos da Silva
Romilda Bispo de Jesus
Dia 12 • Maria Isolete Miranda Ferreira
Dia 14 • Rejania Madeira E Silva Cunha
Dia 17 • Irene Aparecida Rosin Garcia
Dia 18 • Edson de Jesus
Dia 22 • Sonia Regina Pinho Ventim
Dia 23 • Pedro Rodrigues D’utra Neto
Dia 25 • Maria Luiza Oliveira Cardoso
Dia 27 • Gildásio de Almeida Carapiá
Meiri Nola Marrega
Verônica Mutti Pedreira
Dia 30 • Dilcedes Carvalho de Souza
Maria Horosina Martins
4
ECOS acontece
www.fundacaoecos.org.br
Sérgio Januário é homenageado no arraiá da APECOS
Na festa de São João deste ano, a diretoria executiva da APECOS homenageou o coordenador Financeiro da
ECOS, Sérgio Januário de Jesus, devido ao seu desempenho profissional e
da sua disposição no atendimento aos
representantes dos associados. Ele
recebeu a placa de homenagem das
mãos do diretor Financeiro da associação, Fernando Guilherme, e agradeceu
surpreso. “Atribuo esta homenagem à
forma com que lido com os representantes da associação, com muita transparência nas informações, uma orientação da própria fundação”, comenta
Sérgio.
A noite também contou com outra homenagem realizada ao associado José
Trindade Navarro, escolhido por
se destacar pelo
seu entusiasmo
e dinamismo nos
eventos
Sérgio Januário
promovidos pela Associação. Emocionado, Navarro beijou a placa, entregue pelo diretor Secretário, João
Rodrigues, e agradeceu. “Muito obrigado e que nosso Senhor abençoe a
todos”.
O evento foi realizado no restaurante
Grande Sertão, em Salvador, no dia 7
de junho. Funcionários da ECOS, associados da APECOS e acompanhantes
prestigiaram a empolgante festa que
teve, pela primeira vez, a participação
dos assistidos Joselino Assunção, do
Rio de Janeiro, Laís Gomes e Guilhermina Nogueira, de Recife. “Estamos
maravilhadas. A festa foi muito animada”, comentaram.
O presidente da associação, Eduardo
Andrade, agradeceu a presença de todos e destacou a importância da participação dos associados.
A diretora Social, Lícia Hasselmann fez
a entrega simbólica dos donativos ao
Irmão Gabriel, mentor do Abrigo São
Gabriel para Idosos de Deus, para
onde foram doados os 264 quilos de
alimentos arrecadados.
Irmão Gabriel agradeceu a
solidariedade de todos e fez um convite
para aqueles que desejam conhecer de
perto o trabalho realizado no Abrigo.
Produzida pela associada Maria de
Lourdes e com a participação de outros associados, foi encenada a peça
teatral Cordel Desencantado, que fez o
público ir aos risos.
Animados com o forró do grupo Chico Leite e Sua Gente, os participantes,
além de dançarem muito, degustaram
as saborosas comidas e bebidas típicas.
Acompanhado da esposa e da cunhada, o associado Itamar Raimundo Galo
participou pela primeira vez do evento. “Foi muito bom ter vindo. Gostei de
participar. O clima legal, muito animado. Ótimo”, comentou ele.
Diretores
a e alegria
festa com danç
A animação da
ilhermina,
Joselino, Gu
da APECO
S e Tiago
ciadas
Laís e asso
Treinamento comportamental 2011
Com o objetivo de possibilitar o autoconhecimento e reforçar a autoestima
e a autoconfiança, dirigentes e funcionários da ECOS participaram de um
treinamento comportamental no dia 17
de junho.
O Método Lifo, apresentado pelo consultor Organizacional Antonio Luiz
Amorim, abordou os principais aspectos para a gestão de forças e para a
melhoria do desempenho individual.
Sua aplicação pode ser expandida para
uma ampla variedade de situações,
tanto no trabalho quanto na vida pessoal. A oportunidade foi um momento
de reflexão para conhecer e entender os
estilos comportamentais e quais forças
motivacionais fazem parte das características de cada um.
zando prejuízos e perdas.
• Desfrutar do convívio, criar um ambiente de harmonia e aceitação social.
O método LIFO apresenta quatro principais orientações de vida, ou estilos,
que visam atender às necessidades
básicas que todos nós experimentamos na vida em diferentes graus:
• Ser útil, contribuindo e fazendo diferença no ambiente.
• Gerar resultados, sendo competente
e produtivo.
• Proteger nossas conquistas, minimi-
Funcionários da ECOS no treinamento
ECOS informa
Atendimento 0800.721.2600
5
PALESTRAS “EDUCAR”
O Brasil passou
por
décadas
de instabilidade econômica. Os preços mudavam diariamente e as pessoas corriam às compras assim que
recebiam seus salários. A estabilidade econômica trazida pelo Plano Real
fez com que o país finalmente tivesse
uma moeda no sentido da palavra e
o receio que a inflação voltasse fez
com que o consumo fosse prioridade.
O aumento do crédito expandiu a capacidade de compra da população e
o endividamento tornou-se uma alternativa viável.
A educação financeira precisa ter como
principal meta desmistificar o papel da
poupança e mostrar que ela precisa se
tornar um hábito para o brasileiro, assim como o cafezinho pela manhã ou
o futebol aos domingos.
A poupança traz liberdade para as pessoas. Quando um indivíduo possui um
bom nível de reservas, torna-se mais
cidadão. A pessoa descapitalizada fica
à mercê dos acontecimentos e do acaso, que normalmente não se mostram
bons aliados. Isso ajuda a explicar o
real motivo da inadimplência. Não é o
desemprego ou o infortúnio que leva a
maioria da população a deixar de pagar suas contas, e sim a falta de reservas financeiras, ou seja, de poupança.
Pensar de forma diferente é deixar
para a providência divina o papel de
gestora financeira das famílias.
A população somente verá sentido em
poupar quando receber informações
corretas e coerentes dos agentes financeiros sobre os diversos produtos
de poupança e quando perceber que
guardar para o futuro significa consumir hoje e sempre. Comprar é algo
tão bom que deve acontecer durante
toda a linha da vida das pessoas e não
em curtos espaços de tempo. Com o
CIDADE
DATA
objetivo de prestar estas informações,
a Fundação ECOS em parceria com
A BM&FBOVESPA, realizará para os
seus assistidos e familiares, nas datas e locais relacionadas a seguir, uma
palestra sobre educação financeira
- Palestra Educar - destinada àqueles que desejam saber mais sobre
planejamento do orçamento pessoal,
hábitos de poupança e tipos de investimentos.
HORÁRIO
LOCAL
São Paulo
31/08/11
(quarta-feira)
14h às 17h
Sede BM&FBOVESPA, Rua XV de
Novembro, 275 – 1º andar, auditório 1
Centro - Próximo a estação de metrô
São Bento
Rio de
Janeiro
01/09/11
(quinta-feira)
9h às 12h
Guanabara Palace Hotel
Av. Presidente Vargas. 292 - Centro Próximo a estação de metrô Uruguiana
Recife
13/09/11
(terça-feira)
14h às 17h
Recife Praia Hotel - Av. Boa Viagem, 09
- PINA - Vizinho ao restaurante Boi Preto
Salvador
15/09/11
(quinta-feira)
14h às 17h
Museu Eugenio Teixeira Leal
Pelourinho
As inscrições deverão ser realizadas através de nossa Central de Atendimento
(0800-721-2600), lembrando que o assistido pode inscrever seus familiares, no
máximo de 03 (três). Contamos com a participação de todos!!!
Calendários para o 2º semestre de 2011
Os calendários de pagamento dos benefícios dos assistidos e de pagamento/débito das contribuições
dos autopatrocinados foram divulgados na edição do mês de dezembro/2010. Para seu controle, divulgamos a seguir o calendário para o 2º semestre de 2011. Lembramos que o calendário anual está
disponível em nosso site: www.fundacaoeocos.org.br.
ASSISTIDOS
Mês
Data do Crédito C/C
Julho
25 - segunda-feira
Agosto
25 - quinta-feira
Setembro
23 - sexta-feira
Outubro
AUTOPATROCINADOS
Mês
Data do Pagamento
Julho
29 - sexta-feira
Agosto
31 - quarta-feira
25 - terça-feira
Setembro
30 - sexta-feira
Novembro
25 - sexta-feira
Outubro
31 - segunda-feira
Dezembro/abono anual
02 - sexta-feira
Novembro
30 - quarta-feira
Dezembro
23 - sexta-feira
Dezembro
30- sexta-feira
6
ECOS informa
www.fundacaoecos.org.br
Atingimos Sinistralidade abaixo de 70%
No período de fevereiro a março atingimos o índice de 69,28%, vamos continuar mantendo este equilíbrio.
Dica:
EVOLUÇÃO DE DESPESAS REAIS E DESPESAS LIMITADAS A 70% DAS RECEITAS
PERÍODO DE MAR/10 A FEV/11
Exames médicos são importantes a qualquer momento,
faça os que forem solicitados pelo seu médico o mais rápido
possível, mesmo que os sintomas tenham desaparecidos.
Não deixe de buscar os resultados dos exames, a maioria
tem validade de 6 meses.
Volte ao médico para apresentar os resultados, no prazo minímo possível para não gerar nova consulta.
Se não puder comparecer ao exame ou a consulta, cancele.
Muitos exames antigos poderão ajudar num novo tratamento, pois, o seu médico pode comparar com os exames recentes e chegar a uma conclusão mais rápida.
400.000,00
350.000,00
300.000,00
250.000,00
200.000,00
150.000,00
100.000,00
69,28%
50.000,00
GUARDE SEMPRE TODOS OS EXAMES.
mai/10
jun/10
jul/10
ago/10
set/10
out/10
Despesa Real
nov/10
dez/10
jan/11
fev/11
mar/11
abr/11
Despesa Limite
Plano de Contribuição Definida
Demonstrações Contábeis
Participantes - Maio
Maio
BALANCETE SINTÉTICO R$1,00
ATIVO
Mai/11
Abr/11
Disponível
5.562
2.133
Realizável
1.541.116
1.523.950
Total do Ativo
1.546.678
1.526.083
PASSIVO
Exigível
Patrimônio Social
Provisões Mátemática
Fundos
Total do Passivo
24.020
27.480
1.523.658
1.498.603
1.500.471
1.475.462
23.187
23.141
1.547.678
1.526.083
COMPOSIÇÃO DO RESULTADO
Mai/11
Abr/11
Resultado
Líquido
26.871
19.562
Gestão
Previdencial
18.253
19.257
8.618
305
Investimentos
Constituições/
Reversões
(26.871)
245 - Participantes
(19.562)
UPE - R$ 123,11
EVOLUÇÃO DAS COTAS
Descrição
Renda
Fixa
Renda
Variável
Mai
Abr
Valor
da Cota
1,280884
1,269103
Variação
0,93%
0,83%
Valor
da Cota
1,822021
1,835286
Variação
(0,72%)
(2,77%)
2011
4,33%
(4,66%)
Plano de Benefício Definido
Participantes - Maio
Benefícios Pagos - Maio
Tipo
R$ mil
Qtd
Participantes
Aposentadorias
4.135
475
Assistidos
730
Pensões
1.203
252
Ativos
97
2
03
Autopatrocinados
63
Auxílio Doença
Sub Total
5.340
730
Quantidade
Total
890
Falecimento - Junho
Correção de Empréstimos - Junho
Data
Correção
Empréstimos liberados até
12/10/2009
0,9797% - Taxa atuarial
de maio/2011
Empréstimos liberados de 13/10/2009
a 31/05/2010
1,0197% - 5,50% aa +
INPC de maio/2011
Empréstimos liberados a partir de
01/06/2010
0,9877% - 5,10% aa +
INPC de maio/2011
Faleceu no dia 19/06/11 em
Salvador/BA, o aposentado Altamirando Carvalho, aos 77
anos. Foi admitido no Banco
Econômico S/A em 10/11/1960,
e aposentou pela ECOS em
11/10/1993.
ECOS informa
7
Atendimento 0800.721.2600
Investimentos - Maio
O mês de maio encerrou com as bolsas
internacionais fechando em baixa, devido aos problemas de dívida em vários
países da Europa, das incertezas quanto à recuperação da economia americana e da inflação. Seguindo o com-
portamento do mercado internacional,
a Bovespa também fechou o mês em
queda.
No mercado doméstico, os indicadores
de inflação divulgados demonstram
uma desaceleração gradual, mas as
expectativas inflacionárias continuam
apontando para manutenção da inflação acima da meta. O mercado acredita que o Banco Central continuará aumentando a taxa Selic em doses de 25
pontos percentuais em cada reunião.
Demonstrações Contábeis - Plano BD
Indicadores Financeiros
BALANCETE SINTÉTICO R$ mil
ATIVO
Mai/11
Indicadores
81
DISPONÍVEL
REALIZÁVEL
Total do Ativo
COMPOSIÇÃO DO RESULTADO
Abr/11
221
707.853
704.233
707.934
704.454
Resultado
Líquido
Gestão
Previdencial
PASSIVO
EXIGÍVEL
7.717
7.025
PATRIMÔNIO SOCIAL
700.217
697.429
Provisão Matemática
533.643
531.490
Superávit Acumulado
160.572
159.975
Reserva de Contig.
133.411
132.873
27.161
27.102
6.002
5.964
707.934
704.454
Reserva Esp. p/ Revisão Plano
Fundos
Total do Passivo
Investimentos
Constituições/
Reversões
Abr/11
3.183
1.807
(3.813)
(3.823)
6.996
5.630
(2.585)
Resultado
do mês
IBOVESPA
Mai/11
(2.605)
597
(798)
Mai/11
2011
12
meses
(2,29%)
(6,77%)
2,49%
CDI
0,99%
4,53%
10,88%
POUPANÇA
0,66%
2,97%
7,22%
DOLAR
0,42%
(5,18%)
(13,04%)
TR
0,17%
0,46%
1,02%
IPC-A(IBGE)
0,47%
3,71%
6,55%
INP-C(IBGE)
0,57%
3,48%
6,44%
IGP-DI(FGV)
0,01%
3,09%
9,16%
IGP-M(FGV)
0,43%
3,33%
9,77%
Meta Atuarial
0,98%
5,60%
11,77%
Rentabilidade dos Investimentos X Meta Atuarial - Maio
5,62%
6,00%
5,60%
4,61%
5,00%
3,73%
4,00%
3,00%
1,35%
2,18%
1,00%
0,76%
0,00%
.
jan/11
fev/11
mar/11
Rentabilidade dos Investimentos
R$ mil
abr/11
mai/11
Meta atuarial
Part. (%)
Rentabilidade (%)
No mês
No ano
Renda Fixa
563.177
79,78%
1,30%
6,98%
Renda Variável
100.561
14,25%
(0,69%)
(1,50%)
30.263
4,29%
1,06%
5,27%
Empréstimos
9.904
1,40%
1,13%
5,66%
Estruturado
1.428
0,20%
(0,22%)
(1,18%)
No Exterior
533
0,08%
(2,13%)
(9,48%)
Outros
11
0,00%
-
-
Total
705.877
100,00%
1,00%
5,62%
Meta Atuarial
533.643
75,60%
0,98%
5,60%
Imóveis
3,41%
2,31%
2,00%
4,58%
Segmento
Plano de Gestão Administrativa
Demonstrações
Contábeis
BALANCETE SINTÉTICO R$1,00
ATIVO
Mai/11
COMPOSIÇÃO DO RESULTADO
Abr/11
Disponível
27.918
54.288
Realizável
565.664
475.826
82.838
85.999
676.420
616.113
Exigível
583.572
519.521
Fundos
92.848
96.592
676.420
616.113
Permanente
Total do Ativo
PASSIVO
Total do Passivo
Mai/11
Abr/11
(3.744)
(3.414)
Gestão Administrativa
(2.727)
(2.196)
Investimentos
(1.017)
(1.218)
(3.744)
(3.414)
Resultado Líquido
Constituições/Reversões
8
Perfil do Participante
www.fundacaoecos.org.br
Um rio de oportunidades
A partir de um convite do irmão para
passar as férias no Rio de Janeiro, o
aposentado Oliveiro Maltoni, 74
anos, não retornou mais à sua cidade
natal, Visconde do Rio Branco, em Minas Gerais. Ligou para a mãe, avisou
que ficaria por lá mesmo e tornou o
Rio de Janeiro como seu endereço até
os dias de hoje.
Com pouco tempo, por intermédio
do irmão, veio a oportunidade de ir
trabalhar no Banco da Cidade do Rio
de Janeiro, o Bancidajan. Era março
de 1959 e Oliveiro havia conseguido
seu primeiro emprego como Contínuo.
Com o passar do tempo, atuou na seção de Contas Correntes, foi encarregado do setor de Compensação de
Cheques, de Cobrança e de Ordem de
Pagamento.
Em 1965 o Grupo Econômico comprou
o Banco da Cidade. “Acompanhei a
evolução do banco de perto e a novidade das novas tecnologias”, afirma
ele se referindo a implantação do setor de Processamento de Dados que
na aquela época era o que havia de
mais avançado no mercado.
Oliveiro Maltoni se aposentou em
1993, mas ainda continuou no banco
até 1996, quando houve o episódio da
intervenção da instituição pelo Banco
Central. “Quando decidi me aposentar
percebi que era a hora de aproveitar
tudo o que consegui ao longo dos
anos de trabalho”, conta ele.
O companheirismo e a colaboração
dos antigos colegas marcaram os tempos que Oliveiro trabalhou no banco.
“Cheguei lá ainda muito jovem e fiz
amizades sinceras. Alguns já se foram,
mas este é o ciclo normal da vida”, lamenta ele.
Foi em 1961, na Casa de Estudante
onde jovens se reuniam para dançar,
Vida de Aposentado
Oliveiro e a esposa Virginia (à esquerda) acompanhados dos irmãos, cunhadas e sobrinha
que Oliveiro conheceu Virgínia do Rosário, aquela que viria a ser sua esposa após três anos. “Foi aquela flechada que me pegou em cheio. Me
amarrei”, confidencia ele.
Sem filhos, o casal leva uma vida
tranquila e feliz. “Não tivemos, mas
temos muitos sobrinhos que consideramos nossos filhos”.
Residente em Copacabana, Oliveiro
acorda cedo e aproveita para caminhar no calçadão. “Após minha caminhada pela orla vou para casa e leio
meu jornal”. Ainda em casa, Maltoni
muitas vezes vai para a cozinha preparar o almoço. “Dou um descanso
bom a ela (Virgínia). Sei fazer uma
bela carne assada e outros pratos. Só
não faço sobremesa porque não posso comer”, comenta ele.
Como um bom católico, o aposentado,
acompanhado da esposa, frequenta a
igreja duas vezes no mês para se comungar.
De seis em seis meses Oliveiro costuma viajar para um lugar diferente.
“Conheço o Nordeste todo, a Amazônia, e agora estou perto de estrear
meu passaporte indo para Itália ou
Portugal”, afirma ele.
Oliveiro tem uma paixão grande pela
cidade do Rio de Janeiro e só vai a
Minas para visitar a família. “Se existe
paraíso, esse lugar é aqui. Depois que
decidi ficar no Rio, nunca mais pensei
em voltar. Hoje gosto de ir a Minas
para passear”.
Maltoni e a esposa Virgínia costumam
frequentar os encontros festivos e
viagens proporcionados pela ECOS.
“O que espero agora é que Deus me
dê muita saúde porque acho que tenho bastante tempo para aproveitar.
Sou um vitorioso”, finaliza ele.
Expediente
Publicação da Fundação de Seguridade
Social do Banco Econômico S/A - ECOS
Rua Torquato Bahia nº 3, 2º andar - Comércio, Salvador/BA
Cep.40015-110- Tel. (71) 3082.2600 - Fax:(71) 3242-3255
E-mail: [email protected]
Website: www.fundacaoecos.org.br
Jussara Carvalho Salustino
Diretora Presidente
Tiago Villas-Bôas
Diretor Adm/Financeiro
Coordenadora de Comunicação
Katia Dumaresq
Roberto de Sá Dâmaso
Diretor de Seguridade
Diagramação
Carmen Moreno
Tiragem 1.200 exemplares
Jornalista
Juliana Marques 2699BA
FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL DO BANCO ECONÔMICO S/A - ANO 02 | Nº18 | JUNHO 2011
PREVIDÊNCIA
Atualize seus conhecimentos sobre previdência, respondendo cada questão abaixo e identificando cada resposta no CAÇAPALAVRAS. As questões estão baseadas na Lei Complementar Nº 109, de 29 de maio de 2001, que dispõe sobre o Regime
de Previdência Complementar.
Questões:
1. As entidades de previdência _______________ têm por objetivo principal, instituir e executar planos de benefícios de
caráter previdenciário.
2. _____________, é a pessoa física que aderir ao plano de benefícios.
3. O _______________ do Plano, é o documento que consta as normas e regras do plano e os direitos e obrigações das
Patrocinadoras, dos Participantes e Beneficiários.
4. O Instituto que permite ao participante ativo transferir o direito acumulado para outro plano é _______________.
5. Plano de __________, estabelece o nível de contribuição necessário à constituição das reservas garantidoras dos benefícios e coberturas das despesas administrativas.
6. As entidades fechadas deverão manter estrutura mínima composta por Conselho ___________, Conselho ________ e
Diretoria-__________.
7. A concessão de benefício pela previdência complementar não depende da concessão de benefício pelo regime geral de
previdência _______.
8. Os _____________ são considerados direito adquirido do participante quando implementadas todas as condições estabelecidas para elegibilidade no regulamento do plano.
Caça-Palavras
As palavras estão dispostas na horizontal, vertical e diagonal
W
E
R
T
Y
U
I
O
P
Ç
L
K
J
H
G
L
V
C
B
Ç
H
X
Q
P
T
M
A
S
V
Y
R
A
J
A
D
T
S
F
E
R
I
K
D
L
G
S
T
O
P
X
Q
P
Ç
P
A
R
T
I
C
I
P
A
N
T
E
G
R
E
C
R
C
J
L
U
B
C
Q
I
O
P
Z
Q
A
O
C
V
N
H
U
R
T
N
V
B
L
A
B
P
E
X
C
E
R
D
E
K
V
A
Q
I
U
T
R
P
Q
X
N
M
R
D
J
C
A
Ç
L
F
O
R
S
H
V
N
A
R
G
S
G
P
G
T
T
J
Z
S
Y
S
Q
Y
U
S
D
T
P
T
E
F
U
Z
V
N
Q
C
T
U
D
G
X
M
N
A
I
U
E
U
P
I
U
N
C
R
T
M
N
F
R
T
I
Z
A
I
D
E
L
I
B
E
R
A
T
I
V
O
B
C
R
O
L
R
I
Q
D
L
B
V
F
E
K
D
R
T
B
C
H
B
O
D
H
L
F
R
X
V
Z
I
C
I
G
D
X
P
E
A
V
F
C
J
O
C
P
R
I
V
A
D
A
C
X
M
I
P
N
S
E
T
U
E
N
A
N
B
S
X
J
A
R
N
M
I
D
E
S
P
E
F
R
O
J
F
A
S
V
X
N
L
S
A
T
S
G
Y
C
S
G
V
N
O
T
Z
I
E
C
E
D
A
Q
F
Q
A
X
S
Q
H
I
S
K
A
L
E
I
B
C
R
H
O
P
U
T
B
O
P
A
Y
U
O
V
I
N
A
C
T
J
E
D
S
Z
I
H
J
D
A
G
Ç
U
D
U
C
I
X
F
C
T
H
D
P
S
I
Z
I
L
A
O
T
N
O
I
S
B
E
N
E
F
I
C
I
O
S
V
F
A
T
G
X
H
U
N
I
J
C
S
D
U
I
S
N
S
P
O
C
H
N
G
X
T
L
K
P
E
R
Y
U
I
O
P
D
S
A
E
R
C
I
V
A
F
K
I
L
L
M
B
T
S
I
A
N
E
B
R
Y
B
N
O
Q
C
V
B
N
L
Ç
E
B
D
F
U
Z
N
A
I
L
G
Y
M
H
A
I
N
A
M
E
F
Q
P
Z
E
J
I
S
K
X
H
R
C
J
T
P
C
B
X
P
O
U
F
Z
O
B
C
D
Z
I
Ç
X
Q
J
E
V
P
A
F
I
S
C
A
L
A
D
Ç
A
V
F
R
A
V
Ç
S
N
L
O
A
N
D
O
E
S
N
A
P
S
A
I
A
S
K
V
I
N
O
A
H
N
F
I
R
E
I
I
N
O
E
Q
D
H
R
Q
D
X
N
L
U
T
G
O
K
N
R
D
P
N
U
P
T
L
C
I
D
U
O
N
U
L
O
I
S
I
U
X
Z
E
N
R
I
K
I
A
E
I
T
H
M
O
I
A
As respostas estão na última página. Exercite sua memória e só olhe as respostas para conferir. Boa sorte!
EDUCAÇÃO
EP
Atendimento 0800.721.2600
PREVIDENCIARIA
02
BEM ESTAR E SAÚDE
Atividades de inverno
Oficialmente o inverno 2011 começou
no dia 21 de junho e, de acordo com
meteorologistas, este ano a estação
deve registrar temperaturas mais baixas do que em 2010, devido à passagem de massas de ar frio mais intensas
do que no ano passado. O friozinho e a
típica preguiça de inverno acompanham
a chegada da estação que tem as temperaturas mais baixas do ano. Aproveite
este período com algumas opções abaixo que podem deixar você mais feliz
neste inverno.
nhou há um certo tempo e guardou na
estante, agora é a hora de se deliciar
com histórias fascinantes e novos conhecimentos.
Tomar um bom chocolate quente
Ligar para os amigos que não vê
há tempos
Bebidas como chás, cafezinho e um saboroso chocolate quente trará um calorzinho gostoso para esquentar o corpo.
Reunir pessoas que ama
Seja para assistir um filme, tomar uma
bebida quente ou apenas bater um
papo descontraído, este será um excelente momento para aproximar as pessoas queridas e realizar uma troca de
ideias e calor humano.
Assistir um bom filme
Bem agasalhada, seja no cinema ou em
casa, assistir a um suspense, romance
ou comédia, será uma opção acertada.
Ler um bom livro
Aquele livro que você comprou ou ga-
Rever fotos antigas
Inverno é uma estação nostálgica! Muitas pessoas sentem vontade de ouvir
músicas antigas e assistir a filmes que
passaram há bastante tempo. Rever fotos de família, da infância e de lugares
inesquecíveis preencherá o tempo e o
coração de boas recordações.
Após a experiência de rever fotos de
amigos que você não vê há um tempão,
uma das melhores coisas a fazer é ligar
para alguns deles e saber como está e
quanta coisa mudou na vida de vocês e
confirmar que a amizade continua.
Caprichar no visual
Conhecida como a estação mais glamourosa do ano, usar e abusar dos casacos,
botas e cachecóis tornarão você mais
aquecido e elegante. Ah, e se o frio for
intenso não esqueça a luva e o gorro.
Praticar exercícios
É certo que a preguiça é constante neste
período, mas praticar atividades físicas
mantém a temperatura do organismo,
produzindo calor. Faça pelo menos uma
curta caminhada e aproveite o dia.
Viajar
Campos do Jordão, Gramado, Buenos
Aires e Bariloche são os melhores lugares pra visitar no inverno. Os roteiros
são lindos, os hotéis sempre aconchegantes e as comidas, NOSSA! Fora as
comprinhas.
Aproveite essas dicas e passe um inverno muito agradável.
Domir
O friozinho dá uma
vontade de dormir...
Então, saia menos
à noite e aproveite
mais a sua cama que
ocasionalmente será
um dos lugares mais
quentes do mundo.
Com muitos cobertores, é claro!!
FINANCEIRO
2º semestre tem novas regras para cartões de crédito
Entraram em vigor em 1º de junho as
novas regras para os cartões de crédito do país. A partir de agora, o consumidor é obrigado a pagar pelo menos
15% da fatura e em dezembro esse
índice subirá para 20%.
De acordo com o vice-presidente da
Associação dos Executivos de Finan-
ças – ANEFAC, Miguel José Ribeiro de
Oliveira, “essa medida é positiva, pois
agora, mesmo que o consumidor pague o mínimo, ele vai conseguir reduzir a sua dívida”.
Outra regra que deve ser cumprida
pelas operadoras é o envio de cartões
para o consumidor. Elas estão proibidas de enviar cartões sem a aprovação
prévia do consumidor e o cancelamento tem que ser imediato quando solicitado pelo cliente.
As administradoras só poderão oferecer apenais dois tipos de cartões: o
básico e o diferenciado.
O Limite na cobrança de tarifas também foi alterado. O número de tarifas
permitidas para o cartão de crédito diminuiu de 80 para apenas cinco. São
elas: anuidade, emissão de 2º via, saque, pagamentos de contas no cartão
e avaliação emergencial de limite de
crédito.
Mas, atenção! Esta medida só vale
para os cartões emitidos a partir de
1º de junho de 2011. Para os demais,
a partir do segundo semestre do ano
que vem.
Respostas: 1. Privada, 2. Participante, 3. Regulamento, 4. Portabilidade, 5. Custeio, 6. Deliberativo – Fiscal – Executiva, 7. Social, 8. Benefícios

Documentos relacionados

ECOS Maio - Fundação Ecos

ECOS Maio - Fundação Ecos recebendo colegiais e oferecendo a visão prática da criação e da evolução do dinheiro, ao longo da história, além de outros serviços dirigidos a estudantes e ao público em geral. No Pelourinho, o M...

Leia mais

Paulo Maciel: todos lamentam a perda do amigo e

Paulo Maciel: todos lamentam a perda do amigo e no mesmo mês e ano em que a instituição completava cem anos. Cinco décadas depois, foi ele quem comandou todas as festividades do sesquicentenário do Banco, na qual atuou durante 42 anos, fez muito...

Leia mais