Islamismo uma Introdução

Сomentários

Transcrição

Islamismo uma Introdução
Islamismo
uma Introdução
Joachim Andrade
1
8
2
2
O
u
t
u
b
r
o
d
e
2
0
0
4
Deus é Clemente e
Misericordioso
1
A religião com três partes
Maomé
Maomé: “A religião de Deus tem três partes:islã, imã,
e ihsã (ou islah)”.
A primeira atribui o nome para a religião.
Islã significa a submissão
O que o muç
muçulmano deve fazer para submetersubmeter-se sua vida à
vontade de Deus.
Islã significa a submissão ativa de sua vida para a vontade
de Deus.
O muç
muçulmano é aquele que submete sua vida a Deus.
ISLÃ, IMÃ, ISLAH
1) islã: (submissão), o que o muç
muçulmano deve fazer,
fazer,
2) imã (fé
(fé): questão pessoal, crer no que Deus
ensinou,
3) ihsan (bondade) ou islah (ser correto),
Interiorizar os mandamentos divinos para que eles possam
formar e expressar uma vida de bondade e correta.
Ir alé
além do nossa pequenez para integrar tudo o que Deus
revelou e desejou em cada aspecto da conduta do ser
humano.
2
Duas fontes de fé e prática
A crença e prática islâmica tem duas
fontes: O AlCorão e o hadith.
O Alcorão é a Escritura do Islã.
O hadith são os ditos, feitos e decisões de
Maomé
Maomé.
O Alcorão e o hadith formam juntos a base
da crenç
crença e prá
prática islâmica.
Os cinco pilares do Islã
1. Shahada – a profissão de fé
fé
2. Salat – a oraç
oração ritualí
ritualística diá
diária.
3. Zakat – o imposto dos pobres
4. Saum – o jejum de Ramadã
5. HajjHajj- a peregrinaç
peregrinação de Mecca.
Mecca.
3
1. Shahada – a profissão de fé
• A pratica do Islã é embasada numa afirmação
central e quatro princípios da religiosidade
islâmica.
– 1) Não existe outro deus do que O Deus
(Alá),
– 2) Maomé é o Mensageiro de Deus.
A Shahada marca como entrada para a
comunidade muçulmana e também como
entrada para outro mundo.
2. Salat – a oração diária
Salat é a oraç
oração ritualí
ritualística.
Cada detalhe da oraç
oração diá
diária é cuidadosamente prescrita.
Os muç
muçulmanos não são livres para desviar de qualquer oraç
oração.
Objetivo: reafirmar a submissão a Deus nos momentos importantes
do dia.
O momentos da oraç
oração:
Ao amanhecer
Meio dia
Tarde
Anoitecer
Noite
4
O chamamento à oração
A oraç
oração é precedida com o chamamento a adoraç
adoração
(azan)
azan) cantado por muezzin no mirante.
O azan é sempre na lílíngua árabe.
Três partes: introduç
introdução, o chamado, conclusão.
O azan inicia e termina com o nome de Deus Alá
Alá.
Depois da cada frase encontraencontra-se um momento do
silencio, assim o muç
muçulmano pode repetir a frase em
silêncio.
O Azan: o chamado à oração
(Introduç
(Introdução)
1. Deus é maior(4X)
2.Testemunho firmemente que não
existe outro deus do que Alá
Alá! (2X)
3. Testemunho firmemente que
Maomé
Maomé é mensageiro de Deus!
(2X)
(Chamado)
4. Vinde a oraç
oração!
ão! (2X)
5. Vinde a Salvaç
Salvação!
ão! (2X)
6. Oraç
Oração é melhor do que o sono
(2X)
(Conclusão)
7. Deus é maior! (2X)
8. Não existe deus a não ser Deus!
1X
1. Allahu akbar!
akbar!
2. Ashhadu alal-la ilah ill’
ill’Allah.
Allah.
3. Ashhadu anna Muhammadun
Rasul Allah.
Allah.
4. Hayy ‘ala alal-salah!
salah!
5. Hayy ‘ala alal-falah.
falah.
6. AlAl-salah kheirun min alal-naum.
naum.
7. Allahu akbar
8. La ilah ill’
ill’Allah.
Allah.
5
A ablução
Os muç
muçulmanos se preparam para a oraç
oração com a
abluç
ablução ritualí
ritualística.
Eles lavam:
As mãos e braç
braços até
até cotovelos;
Rosto, com uma atenç
atenção especial aos olhos, nariz, ouvidos,
e boca;
Os pé
pés até
até joelhos.
Quando afetados de uma impureza ritualí
ritualística por ex, depois
das relaç
relações sexuais ou depois de tocar um animal sujo, eles
passam por uma “ abluç
ablução total”
total” tomando banho. A
abluç
ablução simboliza pureza interna e a natureza elevada da
oraç
oração.
6
Os momentos de salat
O Imã permanece na frente e conduz a oraç
oração.
Os devotos ficam numa
numa linha
linha horizontal,
O rosto virado para a Ca’ba em Mecca,
Mecca,
Fazem a niyya, o ato da intenç
intenção.
A recitaç
ro capí
recitação da Fatiha, (o primei
primeiro
capítulo de Alcorão)
Versos Corânicos são recitados de memó
memória.
As etapas
etapas da oraç
oração são marcadas por Allahu akbar.
O momento
momento mais dinâmico:
dinâmico: as repetidas prostraç
prostrações, com
testa, mãos e joelhos tocando o chão.
A prostraç
prostração simboliza: submissão a Deus,
Deus,
confianç
confiança na compaixão divina.
Cumprimento da paz: AlAl-salamu alaykum!
alaykum! WaWa-alaykum alalsalam!
salam! (Paz esteja contigo. E contigo esteja paz)
A oração congregacional de
Sexta feira
Os homens devem rezar na mesquita ao meio dia de
sexta-feira.
O pregador faz a homilia (khotba).
Todas as mesquitas tem dois elementos básicos:
o mihrab, que marca a direção de Mecca
o minbar, o púlpito para a homilia de sexta feira.
Sapatos não são vestidos na mesquita,
O chão é coberto de carpete ou tapetes.
Nenhuma pintura ou imagem é permitida. As mesquitas
são decoradas com versos Corânicos.
7
3. Zakat: a taxa do pobre
Zakat é uma porcentagem fixa do salário a ser
distribuída aos pobres da comunidade.
2.5% do salário; 10% os frutos da terra.
O objetivo é garantir que todos os membros da
comunidade são providenciados com algo.
O termo zakat é tirado da palavra árabe que
significa “ purificar.” Os muçulmanos purificam
seus bens doando uma porção aos pobres.
Como Zakat é Coletado
No Paquistão, zakat é coletado como uma forma
de taxa aos pobres.
Nas aledeias Indonesianas,
Indonesianas, zakât é pago em
forma de arroz.
Famí
Famílias preparam mais comida ao meio de sexta
feira para alimentar os necessitados depois da
oraç
oração do meio dia.
Pode se dar també
também ao padeiro para fazer o pão
distribuir aos pobres.
O modo de coletar e distribuir o zakat varia
muito.
Os muç
muçulmanos progressistas (modernos) pagam
zakat atravé
através das agencias como Islamic Relief.
Relief.
8
Sentido espiritual do zakat
Cuidar
os pobres da comunidade não
uma questão de escolha, sentimento
o simpatia.
É um dever de cada muçulmano.
Qualquer relação que não inclui o
elemento concreto de assistência aos
pobres da comunidade não é uma
resposta total à mensagem do
Alcorão.
4. O jejum de Ramadã
• Os elementos no jejum de Ramadã são:
– lembrança,
– Celebração,
– Esperança escatológica.
– Solidariedade comunitária.
– renovação
– perdão,
– Abertura e conscientização.
9
Durante o mês de Ramadã, entre o
sol nascente e o sol poente,
muçulmanos não comem nem
bebem algo ou engajam com as
atividades sexuais.
Celebrando o Alcorão
Muç
Muçulmanos acreditam que o Alcorão foi
revelado primeiro no mês de Ramadã
Muç
Muçulmanos comemoram a revelaç
revelação do Alcorão.
Agradecem a Deus pelo presente do Alcorão.
Com os grupos de estudo, congressos acadêmicos e
relaç
relações publicas.
O Alcorão é dividida em 30 partes portanto os
muç
muçulmanos podem ler uma parte cada dia.
10
Lailat al-Qadr, a noite do destino
A ultima semana de Ramadã é mais sagrada no ano
muçulmano.
Na noite do destino os muçulmanos esperam o dia
do julgamento.
Muitos passam a noite inteira na mesquita, lendo o
Alcorão, escutando sua recitação, executando as
orações obrigatórias.
Quando chega o último julgamento, eles esperam de
estarem na oração.
Celebração comunitária
Ramadã é tempo
mais feliz na vida
do muçulmano e
desejado com
muita esperança.
O ritmo cotidiano é
substituído por
ritmo “sagrado”,
Famílias levantam
antes do sol nascer
para uma leve
refeição,
Mesquitas ficam
lotadas de
adoradores, visitas
e sermões e
recitações
Ao anoitecer, as
famílias, amigos,
vizinhos terminam
os jejum com a
comida tradicional.
As tardes, eles vão a
mesquita para as
longas tarâwîh
orações.
Depois das orações,
os chamados
sociais são feitos,
os programas de
TV são
apresentados.
11
Tempo sagrado
A celebraç
celebração comunitá
comunitária de um longo e difí
difícil
jejum, em seguida a celebraç
celebração comunitá
comunitária
solidifica o senso da pertenç
pertença comunitá
comunitária
entre os muç
muçulmanos.
A substituiç
substituição do ritmo cotidiano de atividades
ordiná
ordinárias – levantar, comer, orar, fazer as
compras – realizadas em horá
horários
extraordiná
extraordinário resulta em criar o tempo
sagrado.
Os negó
negócios e tempo do trabalho são realizado
s numa forma mí
mínima. O negocio principal de
Ramadã é a celebraç
celebração do jejum.
Renovação e Perdão
Quando uma pessoa realmente arrependida, Deus
imediatamente perdoa.
No mês de Ramadã a misericó
misericórdia Deus é super
abundante.
Ramadã é o tempo para arrepender e começ
começar o novo,
tarawih oraç
orações imploram o perdão pelos pecados
cometidos no ano anterior.
A pró
própria pratica do Ramadã,
Ramadã, todos os pecados são
perdoados.
A alegria do perdão é vista na celebraç
celebração da festa Id alalfitr,que
fitr,que vem no final da Ramadã.
Ramadã.
12
Conscientização dos pobres
No mês de Ramadã os muç
muçulmanos
experimentam a fome.
Eles são orientados a lembrarem os
milhões que passam fome.
Os muç
muçulmanos fazem uma oferenda
especial para que os pobres també
também
podem celebrar a festa do termino de
jejum.
5. o hajj
• O hajj é a peregrinação a Mecca.
• Todos os muçulmanos, homens e
mulheres (que podem realizar)tem a
obrigação de fazer o hajj uma vez na vida.
• A peregrinação deve ser realizada durante
a época da peregrinação.
• Certos rituais devem ser seguidos.
13
Os rituais de Hajj
Entrar no estado ritual de ihram
Tawaf:
Tawaf: caminhar ao redor do Ca’
Ca’ba
– Construí
Construído por Abraão.
– Primeiro lugar da adoraç
adoração na historia
– A direç
direção da oraç
oração para todos os
muç
muçulmanos.
Sa’
Sa’y: correr entre Safa, Marwa
– Comemorar a fé
fé da Agar.
Praticas piedosas
– Visitar a casa de Abraão.
– Coletar a água da fonte de Zamzam
14
O dia do Testemunho no monte
Arafat
• Peregrinos deixam Mecca em direção de
Muzdalifa
– Sobrem o Monte Arafat, dia todo passam com a
oração
• Significado: a vida humana encontra seu
significado na submissão, obediência a Deus.
– O dia essencial da peregrinação.
• Tarde: Celebram a união em Muzdalifa
O sacrifício em Mina
Ao metade do caminho de Mecca, os
peregrinos fazem uma parada em Mina a
um rito final.
Eles sacrificam os carneiros /ovelhas para
comemorar a obediência do Abraão.
Muçulmanos em todo mundo se unem na
Festa do Sacrifício (Id al-Adha).
15
Os cinco pilares de Imã
Crenç
Crença em:
►1.
Deus
►2.
Os Profetas
►3.
Os Livros Sagrados
►4.
Os Anjos
►5.
O Dia do Julgamento
Quantos são os profetas?
Maomé tinha dito que existiriam 122, 000
profetas.
Cada nação recebeu seu profeta.
26 profétas são mencionados por nome
np Alcorão.
O profeta (nabi) que é o mensageiro
(rasul) traz o Livro.
16
Os grandes profétas
1. Adão (Adam)
2. Noé (Nuh)
3. Abraão (Ibrahim)
4.Moisés (Musa)
5.Jesus (Isa)
Maomé é o profeta da Religião Islã.
Jesus no Alcorão
Títulos: Masih (Cristo),Rasul, Servo de
Deus. (Abdullah)
Nascido da virgem (Maryam)
Trouxe os Evangelho.
Realizou os milagres como criança.
Curou os doentes, concedeu a vista aos
cegos, ressuscitou os mortos com a
permissão de Deus.
Não morreu na cruz.
Elevado ao céu e voltará antes do último
dia.
Min al-muqarrabin, o santo.
17
Maria no Alcorão
A histó
história da apresentaç
apresentação no Templo.
Anunciaç
Anunciação do nascimento de Jesus.
Preservou sua virgindade(ahsanat
).
virgindade(ahsanat).
Santa entre todas as mulheres.
• Maomé
Maomé disse: “De todos os filhos de Adão,
cada um é tocado com o pecado exceto Jesus
e sua mãe Maria.”
Maria.”
Uma leve referencia sobre a assunç
assunção de
Maria ao cé
céu.
O Julgamento Final.
O elemento chave da doutrina Alcorão.
Alicerce para uma conduta moral.
No dia do julgamento, três grupos:
– Os condenados, que não acreditaram, obedeceram
– Os salvos, que acreditaram, obedeceram Deus
– Min alal-muqarrabin,
muqarrabin, os “santos”
santos”
“Aqueles que acreditam, e os judeus e cristãos e
Sabianos,
Sabianos, - qualquer que acredita, em Alá
Alá e no
julgamento final, e que faz a bondade, terá
terá sua
recompensa com seu Senhor; neles não haverá
haverá o
medo, nem eles lamentarão”
lamentarão” Alcorão 2:62; 5:
69.)
18

Documentos relacionados

Apresentação do PowerPoint

Apresentação do PowerPoint praticadas em vida; na autoridade total de Deus sobre o destino do homem e na vida após a morte. Na corrente de profetas a partir de Adão, incluindo Noé, Abraão, Ismael, Isaac, Jacó, José, Moisés, ...

Leia mais