Gas Tracker

Сomentários

Transcrição

Gas Tracker
• TREINAMENTO TEÓRICO E
PRÁTICO
• Gas Tracker
• Localizador de tubos enterrados de polietileno
GAS TRACKER
Localizador de Tubulações de Polietileno
enterradas e pressurizados com Gás
desde que estejam em solos compactados.
- Produto aprovado pela Comgás em Dez/2009, aguarda aprovação da CEG.
GAS TRACKER
QUESTÕES FREQUENTES:
- É necessário que o solo esteja compactado;
- É necessário o acesso a um ponto da
tubulação para inserção do sinal sonoro;
- Não é necessário desconectar o cliente;
- Detecta tubos em profundidades de até 4
metros;
- O display do equipamento não informa a
profundidade da tubulação;
- O sinal é propagado por até 1200 metros,
600 metros em cada direção;
- O equipamento suporta pressões de 11 bar;
- Não opera em tubos metálicos ou com água;
- Não necessita de calibração;
- O sinal sonoro não é capaz de fazer vibrar
tubulações próximas ou que toquem o tubo;
- O equipamento receptor reconhece e
desconsidera outros sinais sonoros
diferentes do sinal produzido pelo Gas
Tracker;
- O equipamento é extremamente preciso (se
existe sinal, existe tubulação);
GAS TRACKER
Histórico:
Em Dezembro de 2009 a FGS BRASIL, mentendo sua politica de constante
busca por novidades tecnológicas, foi nomeada pela empresa francesa
MADE S.A. como representante para Brasil e América Latina para
comercializar com exclusividade o equipamento GAS TRACKER.
A MADE S.A. é uma empresa especializada no fornecimento de
equipamentos usados em redes de distribuição de energia desde 1991.
Após uma longa história com muito sucesso atuando junto a EDF
(Eletricité de France), a MADE S.A. foi recomendada a desenvolver
equipamentos a empresa – na época do mesmo grupo – GDF (Gaz de
France), em especial um equipamento que conseguisse localizar tubos de
polietileno enterrados.
Atualmente existem no mercado várias maneiras e métodos para localizar
tubulações metálicas ou cabos elétricos, mas não existe uma tecnologia
especifica que localize tubulações plásticas. Em colaboração com o setor
de engenharia da GDF foi desenvolvido o produto que hoje é conhecido
como Gas Tracker
GAS TRACKER
A MADE S.A. aliou-se então a um engenheiro especialista em análise e
gerenciamento de dados obtidos com um sonar com larga experiência
na marinha francesa.
A MADE S.A. desenvolveu uma maneira de “ouvir” o subsolo de maneira
confiável e eficiente, como um submarino consegue ouvir o oceano.
Hoje, mais de 220 equipamentos Gas Tracker estão sendo usados na
Europa e nos EUA com absoluto sucesso em empresas como:
- a francesa Gaz de France, a brasileira Comgás, National Grid, Scotia
Gas Networks e a Wales and West Utilities do Reino Unido, Idgas da
Turquia, RWE da República Tcheca, PortGas de Portugal, várias
empresas norte-americanas como Atmos energy, Orange and Rockland
Utilities, ConEdison, Entergy, Equitable Gas Company, PECO Energy,
Roanoke Gas, além da Maxigas Natural do Mexico e Osaka Gas do
Japão.
Gas Tracker é a única maneira de ouvir o subsolo e localizar
tubulações de polietileno enterradas com exatidão e eficiência!
GAS TRACKER
O Segredo e a Metodologia:
Usar o próprio gás como meio!!
No momento em que conectamos o “resonator” diretamente na
tubulação (através de um ponto de purga ou pelo ponto de medição da
linha) então ligamos o Transmissor.
O “resonator” enviará uma frequência - uma vibração acústica - que
fará com que o gás vibre, e é simples como parece ser:
Um sopro vibrará as moléculas de gás dentro da tubulação e surgirá
uma reação em cadeia, com cada molécula de gás transmitindo essa
vibração para a molécula mais próxima, até que esta vibração chegue
a parede da tubulação plástica.
A tecnologia desenvolvida pela MADE S.A. consegue o mais difícil, que
é reconhecer o sinal propagado do subsolo até a superfície!
O sinal é “ouvido” pela vibração, então quanto mais compacto o solo,
melhores os resultados obtidos!
GAS TRACKER
O “Resonator” e o
Transmissor
1- Conectar
na linha
- Muito simples de ajustar;
- Equipamento robusto próprio para
uso no campo;
- Baterias recarregáveis com
duração de aproximadamente 6,
tempo mais que necessário para
localizar com exatidão a tubulação
plástica enterrada;
O “resonator” envia a onda acústica
dentro da tubulação através de uma
membrana.
Resonator’
Então o único cuidado é purgar o ar
existente dentro do “resonator”,
retirando o ar bem devagar para
evitar danos a membrana.
3- Enviar o Sinal 1
Transmissor
2- Ligar o
Transmissor
GAS TRACKER
O receptor e o
visualizador
1- Colocar o
receptor no
chão
- Dois diferentes modos de uso: o
Pre-Location e o Pin Pointing
- No modo Pre-location é possivel
localizar a grosso modo onde pode
estar localizada a tubulação
enterrada, através de barras
constantes que aparecerão no
display;
- No modo Pin-Pointing, a medição é
mais apurada e precisa, o resultado
aparece no visor com valores
percentuais indicando a força do
sinal. Aqui o maior valor indicará a
localização exatada da tubulação
enterrada com extrema exatidão.
Receptor
Visualizador
2- Visualizar
GAS TRACKER
Ganho
No “visualizador” é possivel aumentar em até 10 vezes a sensibilidade
do aparelho, que é originalmente ajustado para “1”.
Quando percorrer uma distância grande da fonte de emissão do sinal
sonoro, ou quando o solo estiver muito molhado e encharcado ou
ainda, quando a tubulação hover sido lançada pelo método não
destrutivo e a compactação do solo não for eficiente, é necessário
aumentar a sensibilidade do aparelho para que este consiga “ouvir” as
vibrações do solo de maneira eficiente.
Memória
No visualizador aparecem as 5 últimas medições realizadas. Esta
informação auxiliará na correção de rumo enquanto caminha na
superfície e faz a leitura do display.
GAS TRACKER
Modo Pre-Location
A direita: Sem sinal,
procure em outro lugar!
A esquerda:
Aparecem barras, o
sinal está forte. É o
momento de alterar
para o modo “pinPointing” e
encontrar a
tubulação com
exatidão.
GAS TRACKER
Modo Pin Pointing
A direita: Sinal forte
(83%) é muito bom. O
x01s1 significa que o
equipamento trabalha no
ganho 1
A esquerda: Note
que x10s1 significa
que o equipamento
trabalha no ganho
10. Os 5 campos de
3 zeros são as
mémórias das
leituras efetuadas.
GAS TRACKER
Apresentação na Comgas em Dez/09
Abaixo: Leitura no display
Acima: Conexão do
resonator na linha
através de ponto de
purga
GAS TRACKER
Leitura do display
Ajuste para Ganho 10
• Philippe Capon:
•
Engenheiro mecânico;
•
Gerente de exportação há 3 anos da empresa francesa MADE S.A., fabricante do
equipamento de localização de tubos enterrados GAS TRACKER;
•
[email protected]
• Ricardo Collela:
•
Tecnólogo Mecânico, pós Graduado em Administração de Empresas e em
Marketing, MBA em Gestão de Negócios em Petróleo e Gás;
•
Especialista “Master” em Metodologias para União de Sistemas Termoplásticos,
treinamento na Georg Fischer Piping Systems/Suíça;
•
Gerente de Novos Negócios na FGS BRASIL desde 2002.
•
11 4617 8000 ramal 33, 11 9330 2692, [email protected]
OBRIGADO!
www.fgsbrasil.com.br