vanessa tetracampeã da europa

Сomentários

Transcrição

vanessa tetracampeã da europa
OLIMPO
Revista do Comité Olímpico de Portugal
Publicação Bimestral - Maio|Junho de 2007 - Nº 124 - PUBLICAÇÃO GRATUITA
PROJECTO OLÍMPICO
VANESSA
TETRACAMPEÃ
DA EUROPA
DIA OLÍMPICO
Festa em Rio Maior
MISSÃO
DE 76 ATLETAS
Correndo
para
Belgrado
olimpo_3.qxd
09-07-2007
18:57
Page 3
OLIMPO 124
MAIO/JUNHO 2007
Propriedade e Edição/Property and Edition
Comité Olímpico de Portugal, Travessa da Memória, 36 1300-403 Lisboa
Tel.: 21 361 72 60 Fax: 21 363 69 67
Director / Director José Vicente Moura
Director Executivo / Executive Director João Querido Manha
Textos / Texts João Q. Manha
Fotos / Photography Carlos Alberto Matos
Projecto Gráfico e Paginação / Layout and Graphics Rogério Bastos
Impressão / Printing Mirandela - Artes Gráficas, S.A.
Tiragem / Circulation 1800 exs.
Periodicidade Bimestral / Bimonthly publication
Numero de Registo ICS 102203
Depósito Legal 9083/95
Distribuição gratuita / Free copy
FOTOS DE CAPA / COVER PHOTOS
Vanessa Fernandes (foto principal), Dia Olímpico
em Rio Maior e Atletas do F.O.J.E 2007.
Vanessa Fernandes (main photo),Olympic Day in
Rio Maior and Young Athletes for EYOF 2007.
SUMÁRIOSUMMARY
7 F.O.J.E.
Portugal participa pela nona vez no Festival Olímpico da Juventude Europeia., com uma Missão de 76 atletas,
praticamente o máximo possível. Dar a conhecer ao maior número de atletas jovens as virtudes do Olimpismo é
o primeiro objectivo. Os resultados desportivos surgem por acréscimo.
7 EYOF
Portugal is participating once more in the European Youth Festival, in Belgrade, with a 76 athletes' Mission. The
main objective is to allow the Portuguese promising athletes to feel the Games ambiance and spirit and the values
of the Olympics. Sports results will come in addition.
15 DIA OLÍMPICO
O Dia 23 de Junho voltou a ser comemorado em força pelas Federações olímpicas em Rio Maior e Lagos, em
organizações do C.O.P. e das respectivas Câmaras Municipais, este ano com o apoio de patrocinadores como a
Samsung e a McDonald's. O espírito olímpico está cada vez mais presente entre os mais jovens.
15 OLYMPIC DAY
More than 4,000 young athletes have participated in this year's Olympic Day ceremonies, in the cities of Rio Maior
and Lagos, supported by local Mayors and by Olympic Sponsors McDonald's and Samsung. Portuguese youth are
becoming more and more aware of the Olympic spirit.
3
Maio|Junho 2007
olimpo_4-5.qxd
08-07-2007
14:52
Page 4
EDITORIAL
Portugal e a
Juventude Olímpica
Estamos convictos
de que a Missão que
se desloca a Belgrado,
para além da obtenção
de bons resultados
desportivos,
compreenderá que a
confraternização entre
a juventude europeia
e o respeito pelas
tradições e regras
olímpicas, são elementos
essenciais do espírito
amistoso que desejamos
para os Jogos.
4
Maio|Junho 2007
uito em breve inicia-se a IX edição do Festival Olímpico da Juventude
Europeia (FOJE) 2007, que se realiza na cidade de Belgrado, na Sérvia.
Portugal estará presente, mais uma vez, com uma comitiva composta por
112 pessoas de 8 modalidades desportivas, tantas quanto nos é dado participar.
Desde o 1º. Festival realizado em Bruxelas, em 1991, que Portugal participa
neste importante evento desportivo, ideia do então Presidente dos Comités
Olímpicos Europeus, Dr. Jacques Rogge.
Nas várias edições, os jovens atletas portugueses arrecadaram, 32 medalhas: 10
de ouro, 10 de prata e 12 de bronze, o que em termos gerais nos posiciona na
19ª. posição entre os 48 países europeus. Tal comprova a qualidade do trabalho
efectuado pelos nossos técnicos e pelas Federações junto da nossa juventude,
principalmente pelo facto de muitos dos nossos participantes integrarem, mais
tarde, os Projectos Olímpicos, ou atingiram o pódio nos Jogos Olímpicos, caso
do ciclista Sérgio Paulinho.
Estamos convictos de que a Missão que se desloca a Belgrado, criteriosamente
preparada, para além da obtenção de bons resultados desportivos, sempre
essenciais, compreenderá que, para além destes, a confraternização entre a
juventude europeia e o respeito pelas tradições e regras olímpicas, são elementos essenciais do espírito amistoso que desejamos para os Jogos.
Para mais, quando tudo se prepara para em 2010 ou 2012 se realizarem, pela
primeira vez, os Jogos Olímpicos da Juventude, outra proposta do Dr. Jacques
Rogge, agora Presidente do Comité Olímpico Internacional, a qual, aprovada na
119.ª Sessão do C.O.I. na Guatemala, permitirá tornar extensivo aos jovens atletas de todo o mundo a participação num evento olímpico, antecipando-lhes o
conhecimento directo das tradições e dos valores defendidos pelo Movimento
Olímpico.
Por outro lado, a realização dos Jogos Olímpicos da Juventude irá permitir que
países demograficamente diminutos ou com escassa capacidade económica se
candidatem, dado serem menos exigentes em termos organizativos, mas, ainda
assim, susceptíveis de obterem grande repercussão mundial.
M
olimpo_4-5.qxd
08-07-2007
14:52
Page 5
JOSÉ VICENTE MOURA
Presidente do Comité Olímpico de Portugal
Portuguese Olympic Committee Chairman
Portugal and the
Youth Olympics
We are sure that the
Mission travelling to
Belgrade will accomplish
fine performances and
understand that the happy
relationship among
European youth and the
respect for Olympic
traditions and rules
are essential elements
of the friendly spirit that
we all aspire for the
Games.
he IX European Youth Olympic Festival will begin soon in Belgrade, the Serbian
capital. Portugal will attend, once more, with a 112 persons Mission, entering in
eight different sports, the maximum that each country is allowed to participate.
Portugal competes in this very important sports event since the first Festival organized in Brussels by appointment of Dr. Jacques Rogge, by then the president of
the European Olympic Committees.
The Portuguese youngsters collected in the eight previous editions a total of 32
medals, ten gold, ten silver and twelve bronze, comprehensive amount that positions us in the 19th place of the medals board among the 48 European countries.
This proves the quality of the work that is being developed among Portuguese
youth by our coaches and the national Associations. A lot of the adolescents that
competed in the EYOF editions later integrated the Olympic Programs or, even
better, managed to reach the podium of the Olympic Games, as cycle rider Sérgio
Paulinho achieved in Athens 2004.
We are sure that the Mission travelling to Belgrade, carefully selected and prepared, will accomplish fine performances and understand that, beside the results,
the happy relationship among European youth and the respect for Olympic traditions and rules are essential elements of the friendly spirit that we all aspire for
the Games.
Not forgetting that everything is set for the First Youth Olympic Games in 2010,
another proposal of Dr. Jacques Rogge, now President of the International
Olympic Committee, that was approved in the recent 119th Session of I.O.C. in
Guatemala City, extending to the young athletes of the whole world the possibility
of participating in a Olympic event, anticipating them the feeling and the direct
acknowledge of the traditions and values defended by the Olympic Movement.
Finally, the realization of Youth Olympic Games opens to demographic small and
economic less developed countries, the possibility to bid to host them, because
they are much less demanding in organization matters, however still able to offer
back great world exposure.
T
5
Maio|Junho 2007
olimpo_07.qxd
08-07-2007
14:55
Page 7
Festa no Danúbio
ela nona vez consecutiva,
Portugal participa com o
máximo de atletas possível
no Festival Olímpico da Juventude
Europeia. As atletas Joceline
Monteiro e Ungudi Quiawacana são
rostos de uma nova geração que
tem como referências o grande
sucesso da última participação, em
Lignano Sabbiadoro, Itália, onde se
revelaram campeãs de grande futuro como as canoístas Sara Rafael,
Márcia Costa e Inês Esteves, que
hoje fazem parte dos Projectos
Olímpicos. Belgrado e o Danúbio
azul esperam pela festa da juventude europeia, quando o Comité
Olímpico Internacional já anuncia a
realização a partir de 2010 de uns
Jogos Olímpicos da Juventude, no
fundo a evolução do F.O.J.E. criado
há 16 anos por Jacques Rogge para
uma dimensão mundial.
P
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
Party in the Danube
Portugal is participating in European
Youth Olympic Festival for the ninth time
with the maximum number of athletes.
The huge success of last participation in
Lignano Sabbiadoro, where a few new
champions like canoeists Sara Rafael,
Máscia Costa and Inês Esteves (small
photo) were revealed, is inspirational for
the new generation introducing Joceline
Monteiro and Ungudi Quiawacana (main
photo). Belgrade and the blue Danube
River wait for the big party of the European
youth.
7
Maio|Junho 2007
olimpo_08-09.qxd
08-07-2007
15:00
Page 8
Uma tradição jovem
ortugal é um dos países com mais assídua
presença nos Festivais Olímpicos da
Juventude Europeia, tendo organizado em
Lisboa, em 1997, a 4.ª edição. Nos últimos anos, as
participações nacionais atingiram um nível de excelência, com a conquista de 16 medalhas em apenas
duas participações, o mesmo número das conquistadas nas seis edições anteriores.
Particularmente, a última presença portuguesa
no Festival de Lignano saldou-se nos melhores
resultados de sempre, com nove medalhas e um
total de 24 resultados dentro dos oito primeiros
lugares e ainda mais cinco até ao 10º. Um ano
depois de Atenas, verificou-se o mesmo efeito positivo de uma presença desportiva e social de nota
elevadíssima, que mostrou estar a trabalhar-se muito
bem nos escalões formativos das Federações.
No último Festival, para lá do Atletismo que
alcançou o número recorde de quatro medalhas, a
surpresa portuguesa, com a conquista de cinco
pódios e sete atletas medalhados, foi a Canoagem.
P
Contudo, este ano a Canoagem não consta do programa desportivo do Festival de Belgrado, devido à
sua complexidade logística. Em substituição,
regressa o Ténis de Mesa, que já fizera parte de programas anteriores.
Este ano, dentro da dificuldade de previsão que
um evento como este sempre envolve, o Atletismo
volta a apresentar alguns jovens prometedores,
como Carlos Pacheco, Joceline Monteiro, Irina
Rodrigues, Emanuel Neves, Nádia Gaspar ou Fábio
Gonçalves, que tentarão seguir as pisadas de
Marcos Fortes, Nelson Évora, Liliana Cá e Marcos
Caldeira, medalhas de ouro nas edições anteriores.
Desde a 4.ª edição, em Lisboa-19976, que o
Atletismo conquistou sempre medalhas no F.O.J.E.
A outra modalidade com forte presença é a
Natação que em Lignano falhou por pouco a
conquista de uma medalha (Jorge Maia foi 4.º), que
repetisse o sucesso dos prometedores Tiago
Venâncio e Diana Gomes, que saltaram do Festival
da Juventude de 2003 directamente para os Jogos
Olímpicos de 2004 - uma proeza invulgar.
No Judo, as maiores atenções centram-se em
Marta Cachola, irmã da campeã europeia de juniores
Ana Cachola, atleta do Projecto Esperanças 2012,
uma dos quatro portugueses apoiados pela
Solidariedade Olímpica. A nível masculino, um das
referências é Miguel Frischknecht, filho do antigo
nadador olímpico Paulo Frischknecht (Jogos de
Montreal-76 e Moscovo-80) e actual presidente da
Federação Portuguesa de Natação. O Judo português ainda não conseguiu conquistar qualquer
medalha nos Festivais da Juventude.
O ciclismo também apresenta uma equipa prometedora de cadetes, que já alcançaram resultados
de bom nível em Espanha, mas não será fácil repetir
o sucesso de Sérgio Paulinho - medalha de ouro no
Festival de Bath em 1995.
A nível colectivo, Portugal participa pela primeira
vez com uma selecção de Pólo Aquático, que não
deverá ter as maiores possibilidades de sucesso,
face ao nível tradicional dos países opositores.
Good old Portuguese tradition
Portugal is one of the most assiduous participants in
the European Youth Olympic Festival, having staged
the fourth edition, back in 1997. In the most recent
editions, Portuguese participation reached high level
performances, conquering 16 medals in the last two
Games, the same number of those received in the previous six presences.
In 2005, in Lignano, Portugal obtained the best results
ever, getting nine medals and 24 results within the top
eight and other five on top ten, just one year after the
good results at Athens Olympics.
At Lignano's youth party the Portuguese canoeing
team preformed the big surprise by achieving the
podium five times, medalling all but one the team's
members of three girls and five boys. Unfortunately,
Canoeing is no longer in the EYOF program, because
of logistics difficulties, but the replacing sport, Table
Tennis, is improving very fast among Portuguese
youngsters.
Honouring the tradition of good results in Athletics
(four medals in Lignano 2005), the track and field
team looks forward to a nice presentation Carlos
Pacheco, Joceline Monteiro, Irina Rodrigues ou Fábio
Gonçalves, aiming to repeat the marvellous performances of Marcos Fortes, Nélson Évora, Liliana Cá
and Marcos Caldeira, four gold winners in the previous
EYOF. Since Lisbon-1996, Athletics has got medals in
every Festival. Good results can also come from Judo
and Cycling competitions. On team's competition,
Portugal is playing the Water Polo tournament, with
low perspectives, facing some of the top European
countries of this sport.
Marcos Caldeira, vencedor em Lignano, nas pisadas olímpicas de Nélson Évora - ambos campeões no F.O.J.E..
Marcos Caldeira follows Nelson Évora's olympic footsteps: they were both EYOF champions
8
Maio|Junho 2007
08-07-2007
15:01
Page 9
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
olimpo_08-09.qxd
Os onze atletas portugueses medalhados no F.O.J.E. de 2005
The eleven portuguese medal winners at EYOF 2005
As 32 medalhas portuguesas
Portugal tem conquistado medalhas em todas as edições do Festival Olímpico da Juventude Europeia,
num total de 32: dez de ouro, dez de prata e doze de bronze.
As duas últimas participações, em Paris 2003 e Lignano-2005, foram as melhores, com um total de 16,
das quais seis de ouro.
1ª Edição
3ª Edição
Bruxelas, Bélgica - 1991
18 a 20 de Julho
Bath, Reino Unido - 1995
9 a 14 de Julho
Atletismo
Ilídio Silva - 1500 m - 3.º
Judo
Andreia Cavalleri - -61 Kg - 3.ª
Natação
Petra Chaves - 100 m costas - 3.ª
Petra Chaves - 200 m costas - 2.ª
Futebol
Selecção Masculina - sub-16 - 1.º
Ciclismo
Sérgio Paulinho - Rampa (2,5 Km) - 1.a
2ª Edição
Valkenswaard, Holanda - 1993
3 a 9 de Julho
Natação
Ana Francisco - 100 m mariposa - 2.ª
Ténis
André Lopes / Tiago Sousa (Pares Masc.) - 2.º
Futebol
Selecção Masculina - sub-16 - 3.º
4ª Edição
Lisboa, Portugal - 1997
8 a 24 Julho
Atletismo
Filipe Pedro - 3000 m - 2.0
Andebol
Selecção Masculina - juvenis - 3.0
Futebol
Selecção Masculina - sub-16 - 3.0
5ª Edição
Esbjerg, Dinamarca - 1999
10 a 16 Julho
Atletismo
Marco Fortes - Lançamento Peso - 1.0
PORTUGAL NO F.O.J.E.
Festival
Ouro
Total
Bruxelas - 91
1
Valkestaad - 93
0
Bath - 95
1
Lisboa - 97
0
Esbjerg - 99
1
Múrcia - 01
1
Paris - 03
4
Lignano - 05
2
Prata
Bronze
1
2
0
1
1
0
2
3
35
13
01
23
02
12
17
49
Futebol
Selecção Masculina - sub-16 - 2.0
Tiago Venâncio - 100 m livres - 1.0
Diana Gomes - 200 m bruços - 3.aª
6ª Edição
8ª Edição
Murcia, Espanha - 2001
22 a 26 Julho
Lignano Sabbiadoro, Itália 2003
4 a 8 de Julho
Atletismo
Nelson Évora - Comprimento - 1.0
Laura Silva - 3000 m - 3.ª
7ª Edição
Paris, França - 2003
26 de Julho a 2 Agosto
Atletismo
Liliana Cá - Lançamento do Disco - 1.ª
Milton Dias - 400 m Barreiras - 1.0
Arnaldo Abrantes - 100 m Barreiras - 2.0
Judo
Joana Cesário -57 Kg - 2.0
Natação
Tiago Venâncio - 50 m livres - 1.0
Atletismo
Marcos Caldeira
Salto em Comprimento - 1.0
António Rodrigues - 400 m barreiras - 2.0
João Almeida - 100 m barreiras - 2.0
António Vital e Silva
Lançamento do Disco - 3.0
Canoagem
Fernando Pimenta, Jorge Castro, João
Ribeiro e Flávio Pereira
K4 500 m - 1.º
Márcia Costa - K1 1000 m - 2.aª
Márcia Costa - K1 500 m - 3.a
Sara Rafael e Inês Esteves
K2 1000 m - 3.0
Sara Rafael e Inês Esteves
K2 500 m - 3.0
9
Maio|Junho 2007
olimpo_10-11.qxd
08-07-2007
15:03
Page 10
16 ANOS DE HISTÓRIA
Jacques Rogge com Mário Pescante, dois grandes impulsionares do F.O.J.E. enquanto líderes dos Comités Olímpicos
Europeus.
Jacques Rogge and Mario Pescante were the greatest enthusiasts of EYOF, as European Olympic Committees leaders.
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
primeiro Festival Olímpico da Juventude
Europeia (F.O.J.E.) foi organizado em 1991,
então ainda com o nome de Jornadas
Olímpicas da Juventude Europeia, uma ideia de
Jacques Rogge, ao tempo presidente dos Comités
Olímpicos Europeus e actual presidente do Comité
Olímpico Internacional.
A ideia foi apoiada pelos COE e em 1991
Bruxelas foi a primeira cidade a receber os potenciais futuros atletas olímpicos das modalidades de
Verão (Atletismo, Ginástica, Basquetebol, Voleibol,
Natação, Ténis de Mesa, Futebol, Hóquei e Judo).
Dois anos mais tarde, começaram também os
F.O.J.E. de Inverno e desde então o Festival foi organizado todos os dois anos impares.
O F.O.J.E. reflecte uma necessidade muito antiga
dos atletas europeus disporem de uma competição
continental à semelhança das que existem noutros
continentes (Jogos Asiáticos, Jogos Pan-Africanos,
Jogos Pan-americanos). Como as condições climatéricas do Velho Continente dificilmente permitiriam
um "casamento" entre os calendários continentais e
mundiais, a ideia dos "Olímpicos da Europa" foi
abandonada e substituída pela do F.O.J.E., contemplando escalões etários, antes da mais alta competição, mais disponíveis. Assim, o F.O.J.E. dá aos
FOTO: IOC/R.JUILLIART
Uma ideia de Jacques Rogge
O
A Missão portuguesa ao F.O.J.E. de 2005, em Lignano, foi excelente desportiva e socialmente.
Portuguese Mission to Lignano EYOF 2005 was superb on both sports and social fields.
10
Maio|Junho 2007
olimpo_10-11.qxd
08-07-2007
15:04
Page 11
Participantes
ANO
1991
1993
1995
1997
1999
2001
2003
2005
2007
CIDADE
Bruxelas
Valkensvaard
Bath
Lisboa
Ebsjerg
Murcia
Paris
Lignano
Belgrado
PAÍS
Bélgica
Holanda
Reino Unido
Portugal
Dinamarca
Espanha
França
Itália
Sérvia
NOC
33
43
47
47
48
48
48
48
49
ATLETAS F.O.J.E. E OLÍMPICOS
MEDALHADOS F.O.J.E. E OLÍMPICOS
ATLETAS F.O.J.E. MEDALHADOS OLÍMPICOS
ATLETAS
2084
2615
2366
2500
2324
2191
2500
2965
2358
jovens europeus a oportunidade de desenvolverem
no campo desportivo o espírito da amizade, fair play,
tolerância e valores que aproximem povos tão distantes e culturalmente diversificados, ajudando-os a
aumentarem o seu sentido de cidadania europeia.
O F.O.J.E. confia decididamente nos princípios
olímpicos para criar um mundo melhor e mais pacífico através do Desporto, evitando qualquer descriminação e desenvolvendo o espírito da amizade,
solidariedade e fair play. Muitos dos ideais perseguidos pela sociedade europeia contemporânea são
reconhecidos nos princípios originais do Olimpismo,
desenvolvidos por Pierre de Coubertin, o criador do
Movimento Olímpico Internacional.
O F.O.J.E e os Jogos
A relação entre o F.O.J.E e os Jogos Olímpicos é
cada vez mais próxima. Dos 48 países participantes, apenas seis ainda não contam qualquer atleta
olímpico. O número dos que participaram no
F.O.J.E. e nos Jogos Olímpicos, já chegou a 442
(249 homens e 193 mulheres), com realce para a
Natação (120), Atletismo (104) e Judo (45). A
maior parte dos jovens que já chegaram aos Jogos
Olímpicos participaram nos F.O.J.E. de
Valkensvaard-1993 (93 atletas), seguido do de
Bath-1995 e do de Lisboa-1997, respectivamente
com 89 e 66 atletas.
Doze atletas, ainda juniores, entre os quais
Diana Gomes e Tiago Venâncio, participaram no
F.O.J.E de Paris em 2003 e nos Jogos Olímpicos
de Atenas de 2004. Nove atletas, incluindo o nadador português José Couto, participaram no F.O.J.E
e em três Jogos Olímpicos.
E os resultados também já são muito significativos. São 37 os atletas do F.O.J.E. que conquistaram medalhas olímpicas (13 ouro, 12 prata e 13
bronze), contando-se entre eles Sérgio Paulinho
(ouro no F.O.J.E. de Bath e prata nos Jogos
Olímpicos de Atenas), a par de grandes nomes do
desporto contemporâneo europeu como o nadador
holandês Peter van den Hoogenbrand, o nadador
italiano Massimo Rossellini, a atleta romena
Gabriela Szabo, a tenista belga Justine Henin, a
atleta grega Fanni Halki ou a sueca Karolina Kluft.
Também se regista o facto de haver nove atletas
medalhados em Jogos Olímpicos, como o campeão de Judo italiano Madaloni (Sydney 2000),
que passaram pelos F.O.J.E. sem conquistar resul-
442
37
10
QUADRO DE MEDALHAS GERAL
Sérgio Paulinho, ouro no F.O.J.E. e prata nos Jogos
Olímpicos.
Sérgio Paulinho won gold at Bath EYOF and silver at Athens
Olympics.
tados de relevo. Quanto aos desportos colectivos, o
destaque vai para cinco das jogadoras da selecção
de Voleibol da Rússia, medalha de prata nos Jogos
de Atenas, que já tinham ganho medalhas em diferentes edições do F.O.J.E.
PAÍS
OURO PRATA BRONZE TOTAL
1 Rússia
110
84
61
255
2 Grã Bretanha
83
59
67
209
3 Itália
46
46
59
151
4 França
44
41
59
144
5 Ucrânia
35
33
37
105
6 Hungrria
35
30
42
117
7 Roménia
32
35
40
107
8 Espanha
32
38
37
107
9 Alemanha
31
41
43
115
10 Holanda
25
25
41
91
11 Polónia
20
24
30
74
12 Bélgica
17
19
37
73
13 Suécia
16
16
23
55
14 URSS (1991)
12
8
9
29
15 Croácia
12
10
12
34
16 Geórgia
12
9
13
34
17 Israel
12
3
10
25
18 Bielo-Rússia
11
15
24
50
19 Portugal
10
10
12
32
20 Dinamarca
9
7
4
20
21 Bulgária
8
11
10
29
22 Finlândia
7
7
9
23
23 Eslováquia
7
2
12
21
24 República Checa 6
15
12
33
25 Lituânia
6
4
17
27
Rogge’s original idea
First European Youth Olympic Festival was hosted in 1991 by Belgian Olympic Committee and
European Olympic Committees lead by Jacques
Rogge, current president of the I.O.C. His idea
was well backed by European NOC, having participate 33 countries and more of two thousand
young athletes in those first Games. Two years
later, they organized the Winter EYOF for the first
time and the Festival was set for every two years,
as a compensation for the lack of some kind of
Pan-European Games, as the Asian Games or the
Pan-American’s.
EYOF was conceived for the most young athletes
with better possible performance ability. Young
Europeans can develop friendship, fair play and
tolerance values in the field of sport, bringing
close people so culturally different, also helping
them to increase their sense of continental citizenship.
Nowadays, the direct relationship between EYOF
and Olympic Games is very close. Almost every
country already had a EYPOF athlete who reached the Olympics a few years later and there are
37 athletes who won medals both in EYOF and in
O.G., one of them Portuguese Sérgio Paulinho, of
Cycling, Gold at Bath EYOF and Silver at Athens
Games.
Os campeões de Lignano, há dois anos, integram actualmente o Projecto
de Esperanças Olímpicas.
2005 EYOF medallists were integrated in C.O.P. 2012 Olympic Hope
Program
11
Maio|Junho 2007
olimpo_13.qxd
09-07-2007
19:07
Page 13
MISSÃO DO C.O.P.
BELGRADO 2007
Missão do C.O.P. com 76 atletas
Missão do Comité Olímpico de Portugal ao Festival
Olímpico da Juventude de Belgrado é constituída por
112 pessoas e acompanha por três jornalistas dos
órgãos da imprensa desportiva diária.
A Missão inclui 77 atletas, sendo 46 rapazes e 30 raparigas.
A Chefia de Missão, que sucede a Norberto Rodrigues e
João Correia, foi confiada a dois engenheiros, Pedro Ribeiro
e Nuno Fernandes, um com a experiência da Chefia de
Missão (adjunto) aos Jogos Olímpicos de Atenas, e o outro
mais jovem, a estrear-se nestas funções.
Pedro Ribeiro é um homem do Râguebi, de que foi jogador, treinador nacional, árbitro e comentador de televisão.
Nuno Fernandes é um atleta olímpico do Salto com Vara,
A
que participou nos Jogos Olímpicos de Barcelona-92,
Atlanta-96 e Sydney-2000, presidente da Comissão de
Atletas Olímpicos e membro da Comissão Executiva do
C.O.P., actualmente a finalizar um mestrado do C.O.I. em
gestão desportiva.
Chefe de Missão
Pedro de Sousa Ribeiro
Vogal do Conselho Fiscal do C.O.P.
67 anos
Chefe Adjunto de Missão
Nuno Fernandes
Vogal da Comissão Executiva do C.O.P.
38 anos
Equipa médica feminina
Pela primeira vez na história das Missões do C.O.P., a equipa
médica que acompanha a Missão é totalmente composta
por mulheres, sob a direcção da especialista em medicina
desportiva, Isabel Crespo.
Catarina Monteiro, assistente da chefia de Missão, participa pela quarta vez consecutiva no Festival da Juventude
Europeia, com a responsablidade da coordenação logística.
Coordenadora da Logística
Catarina Monteiro
29 anos
Equipa Médica
Isabel Crespo
Médica
30 anos
Marta Gonçalves
Fisioterapeuta
24 anos
Rita Fernandes
Fisioterapeuta
24 anos
Susana Nogueira
Fisioterapeuta
29 anos
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
Gabinete de Comunicação
João Querido Manha
Adido de Imprensa
49 anos
Pedro Ribeiro e Nuno Fernandes, a Chefia de Missão.
Pedro Ribeiro and Nuno Fernandes, Chefs de Mission of Portugal.
Carlos Alberto Matos
Fotógrafo
54 anos
Fernando Machado
Cameraman
46 anos
EQUIPAS
Atletismo
24 atletas
6 oficiais
Ciclismo
3 atletas
2 oficiais
Portugal presents 77 athletes
Portugal NOC Mission to EYOF includes 111 people, including
76 athletes (46 boys and 30 girls).
Chefs of Mission are Pedro de Sousa Ribeiro, 67 years old, member of C.O.P.'s Fiscal Council and formerly Deputy Chief of Athens
2004 Games' Mission, and Nuno Fernandes, three times Olympic
Pole Vault athlete at Barcelona-92, Atlanta-96 and Sydney-2000
Games. Mr. Ribeiro was a Rugby player, coach and Association
president, and Mr. Fernandes is the current leader of the
Portuguese Athletes Commission, very closely to finish a Sports
Management Masters Degree sponsored by I.O.C. They are both
engineers.
For the first time, a Portuguese Olympic squad includes an allfemale medical staff, lead by doctor Isabel Crespo. Team's coordinator Catarina Monteiro is heading for her fourth EYOF experience
in Belgrade.
Isabel Crespo será a médica da Missão ao F.O.J.E.
Doctor Isabel Crespo head of Medical Staff
Ginástica
2 atletas
2 oficiais
Judo
12 atletas
3 oficiais
Natação
16 atletas
4 oficiais
Pólo Aquático
13 atletas
4 oficiais
Ténis de Mesa
4 atletas
2 oficiais
Ténis
2 atletas
1 oficial
13
Maio|Junho 2007
olimpo_14-15.qxd
08-07-2007
15:12
Page 14
Belgrado, Cidade Desportiva
A
candidatura de Belgrado a sede do F.O.J.E. de 2007 foi apresentada na
Assembleia-geral dos Comités Olímpicos Europeu, realizada em
Reiquejavique, Islândia, em Dezembro de 2002, e aprovada na
Assembleia do ano seguinte, em Roma.
Ao longo dos últimos anos a Comissão C.O.E. do F.O.J.E. visitou a cidade
por duas vezes, acompanhando os preparativos da organização. Alguns problemas têm sido levantados pelos países participantes, nomeadamente por causa
da inexistência de elevadores nos edifícios da Aldeia Olímpica e sobretudo
pelas deficientes condições técnicas da antiquada pista de atletismo do estádio
do Partizan e da ausência de pista auxiliar de treinos.
Belgrado é um mosaico cultural, palco do cruzamento de múltiplas civilizações, e considera-se por isso uma cidade extremamente hospitaleira, onde
qualquer visitante vai encontrar referências da sua própria cultura, por mais distante que seja. Depois de duas décadas de grandes tumultos, no seguimento
do desmoronamento da antiga Jugoslávia, a capital dos Balcãs prepara-se para
o futuro, procurando melhorar as perspectivas das novas gerações. É neste
contexto de viragem que esta organização desportiva que reúne de dois em dois
anos a juventude europeia chega a Belgrado, para descobrir que se trata de
uma cidade desportiva por excelência, onde se pode usufruir de uma vida nocturna muito intensa sem que isso prejudique as performances no campo - é
pelo menos o que os sérvios garantem, quando explicam o seu próprio estilo
de vida.
Cidade de dois milhões de habitantes, situada no Sudeste da Europa, na
confluência do Sava e do Danúbio - Belgrado é uma das cidades mais antigas
do continente, com registos desde o ano 878, estratégico ponto geográfico.
Relata a sua longa e conturbada história, que foi conquistada 40 vezes e sempre
conseguiu renascer das cinzas.
Os sérvios orgulham-se da sua cidade desportiva, com uma plêiade de
desportistas de modalidades individuais e colectivas com dezenas de títulos
europeus, mundiais e olímpicos. O Basquetebol, o Futebol, o Andebol, o
Voleibol, o Pólo Aquático, o Atletismo, o Ténis, o Remo e o Tiro são modalidades de referência para os sérvios, reconhecidos em todo o Mundo. Os clubes
de Belgrado, particularmente o Partizan e o Estrela Vermelha, coleccionam títulos europeus em várias modalidades. E as instalações desportivas têm sido
palco de Campeonatos do Mundo e da Europa de praticamente todos os
desportos olímpicos: só neste ano de 2007, Belgrado recebeu ou vai receber
os Europeus de Judo (onde Telma Monteiro se sagrou campeã), de Ténis de
Mesa, Lutas Amadoras e de Canoagem, bem como as Ligas Mundiais de
Voleibol e de Pólo Aquático. Em 2009, será palco da 25.ª Universíada.
A Aldeia Olímpica do F.O.J.E. 2007 é o campus universitário de
Nova Belgrado.
Olympic Village for EYOF 2007 is the university campus of New
Belgrade.
14
Maio|Junho 2007
Belgrade, City of Sports
Belgrade candidacy to EYOF city in
2007 was presented at European
Olympic Committees General
assembly in 2002 in Reykjavik,
Iceland, and voted at next year's
Rome assembly.
During the past couple of years the
EOC EYOF Commission visited
Belgrade twice, inspecting the
organization works. Some problems have been presented by participant countries, most of them
related to the accommodation
conditions in seven stores buildings without lifts, or with some
venues low conditions, like the
very old Athletics track of Partizan's
stadium, which facilities has no
training track.
Belgrade is the Serbian capital with
the population of two million people. Its geographic position makes
it an important road, rail and air
intersection connecting the Near
and Middle East with the Western,
Northern and Southern Europe, as
well as an international river port
and telecommunications centre.
The town covers 3.6% of Serbia's
territory. People living in Belgrade
make 15.8% of Serbia's population
and 31.2% of the employed.
Belgrade has developed significant
industrial and agricultural resources, in particular, in the area of
metal, metal processing and electronic industry, trade and banking.
Belgrade is the centre of Serbia's
culture, education and science.
As instalações desportivas de Belgrado são antiquadas.
Belgrade Sports Facilities are old and not totally satisfatory.
ALDEIA
OLÍMPICA
Programa
A Aldeia Olímpica, com uma capacidade total de 4406 camas, situase a 15 minutos do Aeroporto
Nikola Tesla, cobrindo uma área
de 10,5 hectares, incluindo
parques, circuitos pedonais e
área verdes em volta dos quatro
blocos de apartamentos de sete
andares. Foi construída entre 1949
e 1955, mas sofreu importantes
obras de beneficiação desde 1985
até 1997. O Restaurante self-service, chamado Studentski Grad,
situa-se na aldeia.
Cerimónia de Abertura
Atletismo
Ciclismo
Ginástica
Natação
Ténis de Mesa
Ténis
Judo
Pólo Aquático
Basquetebol
Voleibol
Andebol
Cerimónia de Encerramento
21 22 23 24 25
26 27 28
olimpo_14-15.qxd
09-07-2007
Desportos
por Idades
19:08
Desporto
Atletismo
Ginástica
Ciclismo
Judo
Natação
Ténis de Mesa
Ténis
Basquetebol
Andebol
Pólo Aquático
Voleibol
Page 15
Rapazes
1990 - 1991
Raparigas
1990 - 1991
1992 - 1993
1991 - 1992
1991 - 1992
1991 - 1992
1992 - 1993
1991 - 1992
1991 - 1992
1991 - 1992
1993 - 1994
1992 - 1993
1991 - 1992
1990 - 1991
1991 - 1992
1990 - 1991
Albânia
Alemanha
Andorra
Arménia
Áustria
Azerbaijão
Bélgica
Bielo-rússia
Bósnia e Herz.
Bulgária
Chipre
Croácia
Dinamarca
Eslováquia
Eslovénia
Espanha
Estónia
Finlândia
França
Geórgia
Grécia
Holanda
Hungria
Irlanda
Islândia
Israel
Itália
Letónia
Liechtenstein
Lituânia
Luxemburgo
Macedónia
Malta
Moldávia
Mónaco
Montenegro
Noruega
Polónia
Portugal
R. Checa
Reino Unido
Roménia
Rússia
São Marino
Sérvia
Suécia
Suíça
Turquia
Ucrânia
TOTAL
22
75
10
18
42
32
69
60
51
70
13
53
39
55
55
76
65
74
77
34
73
55
75
26
49
36
76
64
8
64
20
31
11
28
0
23
42
62
76
50
64
37
76
4
99
33
42
68
76
Atletismo
6
24
2
2
10
10
24
24
24
20
8
20
5
12
12
24
20
24
24
6
24
14
24
12
8
4
24
20
2
18
4
4
6
5
Ciclismo
2
3
1
2
3
2
3
3
3
3
1
1
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
1
2
3
3
3
3
2
3
Ginástica
2
3
2
2
3
3
3
1
2
1
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
2
3
3
3
3
3
3
Judo
2
12
2
5
8
12
9
12
12
10
1
4
4
8
8
12
12
10
12
12
12
12
12
10
8
12
12
3
10
1
2
3
8
Natação
4
16
2
2
5
2
12
12
8
16
2
12
9
10
10
16
12
16
16
4
16
6
16
8
10
6
16
8
2
12
3
4
2
3
Ténis de Mesa
4
4
2
3
4
4
4
4
4
2
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
2
4
Ténis
2
1
2
2
2
2
2
2
1
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
1
2
2
2
2
5
20
10
24
10
24
12
24
1
24
16
16
24
3
3
3
3
3
1
3
3
3
3
3
2
3
2
3
3
3
3
3
3
3
3
3
10
12
12
6
12
8
12
12
5
6
12
12
2
4
16
16
8
16
8
16
12
16
8
16
16
4
4
4
4
4
4
4
2
4
4
4
4
4
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
TOTAL
2359
680
110
107
391
452
147
75
ENTRE AS MAIORES
DELEGAÇÕES
Portugal é uma
das maiores
delegações
concorrentes
ao F.O.J.E.,
entrando com o
máximo de atletas possível,
excepto em
Ginástica. Só a
Sérvia e a
França participam com mais
atletas. Cada
país pode
concorrer com
apenas uma
modalidade
colectiva, à
excepção da
Sérvia que participa em todas.
No quadro, o
número total de
atletas de cada
país inclui os
que correspondem aos
desportos
colectivos, apresentados nos
quadro à direita.
BASQUETEBOL MASCULINO
Bulgária
Espanha
Estónia
Israel
Letónia
Lituânia
Macedónia
Sérvia
12
12
12
12
12
12
12
12
PÓLO AQUÁTICO MASCULINO
Alemanha
Eslováquia
Eslovénia
França
Grécia
Hungria
Portugal
Sérvia
13
13
13
13
13
13
13
13
ANDEBOL FEMININO
Áustria
Dinamarca
Holanda
Islândia
Noruega
R. Checa
Rússia
Sérvia
14
14
14
14
14
14
14
14
VOLEIBOL FEMININO
Bélgica
Croácia
Finlândia
Itália
Polónia
Sérvia
Turquia
Ucrânia
12
12
12
12
12
12
12
12
15
Maio|Junho 2007
olimpo_17-19.qxd
08-07-2007
15:17
Page 17
Nomes para fixar
P
or tradição, o Atletismo é a modalidade com mais
consistência competitiva das Missões de Portugal,
tendo conquistado 12 medalhas até à data, com resultados bons em todas as edições do Festival, com realce para a
última em que quatro atletas subiram ao pódio. Este ano não
foge à regra e apresentam-se na lista da Federação
Portuguesa de Atletismo alguns nomes para fixar, desde os
que descendem de famílias com pergaminhos na modalidade
a outros bem personalizados: dos Abrantes e dos Pacheco, às
Ungudi e Irina, o Atletismo mantém as expectativas elevadas.
São vários os atletas que confirmaram nos recentes
Campeonatos Nacionais de Juvenis a aposta federativa relativamente à pré-acreditação para o F.O.J.E., desde logo com
realce para o benfiquista Fábio Gonçalves, especialista de
800 metros, que bateu um recorde nacional da categoria com
mais de 30 anos, com 1.51,44, melhorando em mais de um
segundo o tempo de inscrição. Nos Nacionais de Abrantes,
Fábio repetiu o triunfo dos 1500 metros, mas contando com a
concorrência fortíssima do seu homónimo Fábio Rebelo, atleta do Pego Longo, numa final emocionante em que se encontraram um dia depois de cada um ter ganho uma prova:
Rebelo tinha triunfado nos 3000 metros e Gonçalves nos
1500. Trata-se de dois atletas muito equilibrados, com grande
futuro, tendo a direcção técnica da Federação decidido
inscrever Fábio Rebelo nos 800 metros, Fábio Gonçalves nos
1500 e José Costa (CCR Maceda), nos 3000 metros. O
homónimo do chefe de equipa classificou-se em 2.º lugar
nos Nacionais de Juvenis, com um tempo também abaixo dos
nove minutos.
Outra figura prometedora desta selecção é Carlos
Pacheco, do Sporting, velocista irmão de Ricardo Pacheco
(F.O.J.E. de Múrcia), campeão nacional dos 100 e 200
metros, com 10,83 e 22,39 segundos e um à vontade muito
grande no controlo das corridas. Para as barreiras, havia muitos candidatos (37 atletas nos 300 metros dos Nacionais),
mas o possível sucessor de António Rodrigues (Medalha de
Prata em Lignano) é Emanuel Neves, o único a correr os 300
metros barreiras abaixo dos 40 segundos. O jovem portista
tinha sido batido na final dos 110 metros barreiras por André
Lima (14,33 segundos), que assim foi escolhido para disputar esta prova em Belgrado. Os três (Pacheco, Neves e Lima)
farão também parte da estafeta.
O vizelense Ricardo Costa, que dominou os 2.000 metros
obstáculos nos Nacionais de Juvenis, com grande vantagem
disputará no F.O.J.E. a mesma especialidade, mas na distância de três quilómetros.
Nos lançamentos, o escolhido foi Christophe Correia, atleta da ADC Lovelhe, que disputará em Belgrado as competições de Peso e Disco. No teste derradeiro dos Nacionais,
Christophe ficou em 2.º lugar na segunda prova (45,19
metros), mas dominou claramente o lançamento do Peso,
aproximando-se da sua melhor marca de 15,14 metros. Em
terra fica Rui Sustelo, herdeiro de um nome grande do atletismo nacional.
Nos saltos, quem leva a responsabilidade de "honrar" a
tradição iniciada por Nelson Évora e seguida por Marcos
Caldeira, campeões em Múrcia e Lignano, chama-se João
Alexandre, que representa o Juventude Vidigalense, de Leiria.
Foi o único a passar os sete metros (7,19 com vento) nos
Nacionais de Abrantes, marca de referência para poder chegar
ao pódio no F.O.J.E.
No salto em Altura, que João Alexandre também pratica,
foi seleccionado Pedro Mossamedes, que se aproxima da fasquia dos dois metros (1,96 m), enquanto para a Vara João
Abrantes, mais um herdeiro de um apelido com historial no
atletismo e no Olimpismo, apresenta-se como o único juvenil
português a passar os quatro metros (4,20 nos Nacionais),
estando igualmente convocado para participar na estafeta
4x100 metros.
Fábio Gonçalves e Fábio Rebelo,
especialistas de 800 e 1500 metros.
Fábio Gonçalves and Fábio Rebelo,
800 and 1500 meters specialists.
17
Maio|Junho 2007
09-07-2007
19:09
Page 18
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
olimpo_17-19.qxd
Pedro Mossamedes aproxima-se dos dois metros na Altura.
Pedro Mossamedes is about to reach the 2 meters high mark.
ATLETA
Carlos Pacheco
Hugo Santos
Fábio Gonçalves
Fábio Rebelo
José Pedro Costa
André Lima
Emanuel Neves
Ricardo Costa
Pedro Mossâmedes
João Abrantes
João Alexandre
Christopher Correia
CLUBE
Sporting
Riachense
Benfica
Pego Longo
Maceda
Quinta da Lomba
Porto
Vizela
SUOVAIS
Sporting
J. Vidigalense
Lovelhe
NASC.
04.01.1990
05.01.1991
26.01.1990
11.04.1991
30.04.1991
18.04.1991
13.03.1990
28-06-1990
03.02.1991
22.05.1990
01.01.1990
08.09.1990
OFICIAIS
José Nunes da Costa Chefe de Equipa
Carlos Santos
Treinador
Ana Oliveira
Treinador
Paulo Barrigana
Treinador
Paulo Reis
Treinador
05.11.1956
20.09.1957
09.01.1963
30.09.1964
17.07.1972
PROVA
100 metros, 4x100
400 metros
800 metros
1500 metros
3.000 metros
110 metros, 4x100
400 barreiras, 4x100
2000 obst.
Altura
Salto com Vara, 4x100
Comprimento
Peso, Disco
Carlos Pacheco, sprinter irmão de Ricardo Pacheco.
Carlos Pacheco's brother Ricardo competed in previous EYOF.
Family names
Athletics are the olympic sports with greater consistency by tradition in Portugal, having won 12
medals in previous EYOF, performing generally well in every competition. Last EYOF in Lignano,
Athletics achieved a record of four medals.
This year, the expectations are fair once more, as the final team presents a lot of young athletes with
pedigree, including some descendents of prestigious family names of Portuguese Athletics, like
sprinter Carlos Pacheco, brother of international Ricardo Pacheco. 800 meters Fábio Gonçalves is
another name to watch in Belgrade, after having beaten a more than 30 years old national record.
On discus and shot put the chosen young man is Christophe Correia, who beat the son of a former
specialist on the race to Belgrade in the national trials disputed in Abrantes last month.
On Long Jump, that Portugal won twice, by Olympic Nelson Évora and by promising Marcos
Caldeira, the bet is on João Alexandre, who already jumped 7,19 meters.
18
Maio|Junho 2007
Emanuel Neves barreirista do FC Porto.
Emanuel Neves hurdle promising specialist.
Estádio do Partizan com pista antiga
As provas de Atletismo decorrem no Estádio do Partizan, uma infra-estrutura que
data de 1949, quando foi inaugurada com um jogo de futebol entre a Jugoslávia e a
França. Foi renovado em 1998 e tem hoje capacidade para 32710 espectadores. A
pista é antiquada, com um perigoso ralo de escoamento ao longo da "corda" que
levantou sérias objecções aos Chefes de Missão, aquando da última inspecção.
olimpo_17-19.qxd
08-07-2007
15:17
Page 19
Atenções em Ungudi,
Joceline e Irina
O
sector feminino, também apresenta três blocos de atletas com boas capacidades,
a prometer alguns resultados, com três velocistas, três meio-fundistas e uma lançadora que prometem. Desde logo a figura de Undugi Quiawacana, de origem
angolana, destaca-se pela polivalência entre a velocidade pura e o Comprimento. Salta
cerca de 5,70 metros, o que em Lignano lhe teria valido uma ida ao pódio. Undugi
disputará os 100 metros (12,01 segundos), que venceu em Abrantes, deixando os 200
para Susana Santos (25,91 s.) e os 400 para Joceline Monteiro, que nos Nacionais de
Abrantes conquistou os títulos nacionais dos 200 e dos 300 metros. As três atletas,
Ungudi, Susana e Joceline, têm valor aproximado e comporão a estafeta, juntamente
com a barreirista Telma Elias.
Possivelmente também a um nível de finalista, a jovem Irina Rodrigues, atleta do
clube da olímpica Vânia Silva, o Juventude Vidigalense, disputará o lançamento do
Disco e do Peso, apresentando-se com marcas muito prometedoras, respectivamente
46,01 e 13,72 metros. Uma promessa numa área em que o atletismo jovem português
não tem tido grandes resultados.A ribatejana Telma Elias, do Tramagal, travou um
despique interessante nos Nacionais de
Abrantes com Eva Vital e Nádia Gaspar,
vencendo a final dos 100 metros barreiras com 14,15 segundos. Nádia
Gaspar foi depois repescada para o
F.O.J.E. ao vencer com autoridade os
300 metros barreiras.
No meio-fundo, três atletas igualmente de valor aproximado: Daniela
Cunha, vencedora dos 1500 metros e
2.ª nos 800 metros, Carla Salomé
Rocha, vencedora dos 800 e dos 2.000
metros obstáculos, e Sara Ribeiro, vencedora dos 3000 metros e 2.ª nos
1500 - estes foram os resultados dos
Nacionais de Abrantes. Depois disso, a
selecção final determinou Daniela para
os 800, Sara para os 1500 e Carla para
os 3000 metros.
A equipa feminina inclui ainda mais
três
saltadoras, Ana Rita Pereira (1,61
Irina Rodsrigues pertence ao clube da olímpica
m. em Altura), Marta Onofre (Salto
Vânia Silva.
Irina Rodrigues belongs to the same club of
com Vara) e Carla Pinhão (11,88 m.
Portugal olympian Vânia Silva.
no Triplo Salto).
ATLETA
Ungudi Quiawacana
Susana Santos
Joceline Monteiro
Daniela Cunha
Sara Ribeiro
Carla Rocha
Telma Elias
Nádia Gaspar
Ana Pereira
Marta Onofre
Carla Pinhão
Irina Rodrigues
CLUBE
Saraiva
Arneirense
Olhão
Várzea
Vizela
Vizela
Tramagal
Benfica
Braga
Belenenses
GRECAS
J.Vidigalense
NASC.
09.11.1990
20.09.1990
10.05.1990
30.04.1990
31.05.1990
25.04.1990
04.01.1990
07.10.1990
14.05.1991
28.01.1991
21.04.1990
05.02.1991
PROVA
100, Comprimento, 4x100
200 metros, 4x100
400 metros, 4x100
800 metros
1500 metros
3000 metros
100 barreiras, 4x100
400 barreiras
Altura
Salto com Vara
Triplo Salto
Disco, Peso
Ungudi Quiawacana, de origem angolana, como Patrícia Mamona, 5.ª em Lignano.
Ungudi Quiawacana has Angolan origins, like Patrícia Mamorna, 5th at Lignano EYOF.
Ungudi, Joceline and Irina
The Portuguese girls have exotic names like Ungudi, Joceline or Irina, who represent the
social renewal of our country. Of Angolan origin, Ungudi Quiawacana jumps around 5,70
meters and is a very sharp sprinter, running 100 meters in around 12 seconds. Joceline
Monteiro is better on 200 and 400 meters. And Irina Rodrigues is a tall strong young girl,
who can throw the discus to 50 meters away, belonging to the same club of Portuguese
Olympian Vânia Silva.
Three different athletes will compete on half and long distance events, looking very similar to one another - Daniela Cunha runs the 800 meters, Sara Ribeiro the 1500 and Carla
Rocha the 3000. Portugal will present a team with the maximum number of 12 girls,
competing in all events.
19
Maio|Junho 2007
olimpo_20-21.qxd
08-07-2007
15:20
Page 20
Um trio de bons roladores
Dia Olímpico, em Rio Maior, foi o momento de confirmação da selecção de Ciclismo para o F.O.J.E. de
Belgrado. Os três atletas escolhidos por Nuno Alves e
por José Poeira saíram de um lote de cinco pré-convocados,
sobre os quais o conhecimento era já grande, devido à regularidade de provas que disputam os cadetes portugueses, sob
orientação da Federação respectiva. São todos bons roladores, expoentes de uma formação de qualidade de zonas com
grandes tradições no ciclismo (Minho, Gaia, Bairrada e
Oeste).
Dois deles, Daniel Freitas e Vítor Lopes, estavam mesmo
virtualmente certos na selecção do F.O.J.E., uma vez que têm
dominado a Taça de Portugal de Cadetes ao longo da temporada, estando iguais em pontos na frente da tabela, e Hélder
Ferreira era um dois três candidatos à última vaga. Além
disso, na estreia internacional., algumas semanas atrás, correram em Bilbau e não defraudaram: Vítor ganhou e Hélder foi
terceiro, o que deixa excelentes indícios para Belgrado, sem
esquecer que as provas de Ciclismo do F.O.J.E., como se viu
em Lignano, são altamente competitivas, autênticos
Campeonatos da Europa da categoria etária.
Em Rio Maior, numa prova de Critério que é pouco usual
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
O
entre nós (25 voltas a um circuito com sprints de cinco em
cinco voltas e soma das pontuações), Daniel Freitas dominou
na íntegra, triunfando nos cinco sprints. Hélder Ferreira
conseguiu o segundo lugar, batendo Vítor Lopes, que foi terceiro. Os três atletas foram os únicos a conseguir passar nos
dois primeiros lugares do em todas as voltas pontuáveis. Um
quarto candidato a ir ao F.O.J.E., Fábio Costa, do
Cantanhedense, foi batido pelo azar, ao cair na parte inicial da
prova, mas empenhou-se depois numa tenaz perseguição ao
longo do circuito, conseguindo recolar e ainda participar em
alguns sprints, mas já visivelmente cansado. Acabou por
receber o prémio de consolação de ser escolhido como
suplente, participando no estágio final do Vimeiro, na expectativa de algum impedimento de última hora dos três titulares.
Nuno Alves, com a experiência da última participação em
Lignano, onde a prova de Estrada teve uma média extraordinária de mais de 44 quilómetros hora, não coloca a fasquia
muito alta, mas sabe que no Ciclismo tudo pode acontecer.
Na história da modalidade está a medalha de ouro de Sérgio
Paulinho, na prova de Rampa do F.O.J.E. de Bath.
Desta vez, a competição volta a ter três provas, para todos
os atletas: Estrada, Critério e Contra-relógio.
Daniel Freitas ganhou todos os sprints do Critério do Dia Olímpico, em Rio Maior.
Daniel Freitas won every sprint of Olympic Day race.
20
Maio|Junho 2007
olimpo_20-21.qxd
08-07-2007
15:20
Page 21
Daniel Freitas, gaiense de Mafamude.
Daniel Freitas, from the Oporto region.
Vítor Lopes, nascido na Venda do Pinheiro, vizinho de Sérgio Paulinho.
Vítor Lopes, neighbour of EYOF and Olympic medallist Sergio Paulinho.
Three fine roller bikers
Olympic Day celebrations in Rio Maior was the last qualification stage for cycling team and the
results of the Criterium race confirmed the expectations of the national coach Nuno Alves. Sprinters
Daniel Freitas, who won all five sprints, Hélder Ferreira, 2nd in Rio Maior, and Vítor Lopes, 3rd and
top challenger in the Portugal Cup rankings, were the chosen ones. Fourth candidate Fábio Costa,
suffered an accident that pulled him out of the hard run for the three EYOF spots.
After Lignano's experience, two years ago, where the medium speed was very high for such young
riders, the expectations of great results are not so high, despite the medium value of these three
athletes. They will present themselves in Belgrade after hearing about Sérgio Paulinho's achievements of winning the gold medal at Bath EYOF and a silver medal at Athens 2004 Olympics, which
took him to the top class world riders and is running this month the Tour of France for the very first
time.
ATLETA
Daniel Freitas
Vítor Lopes
Hélder Ferreira
CLUBE
ADRAP
Milharado
Roriz
NASC.
10.05.1991
10.10.1991
15.02.1991
OFICIAIS
Treinador
Dirigente
Nuno Alves
José Diogo Calado
11.01.1979
17.11.1947
PROVA
Estrada, contra-relógio, Critério
Estrada, contra-relógio, Critério
Estrada, contra-relógio, Critério
Hélder Ferreira, minhoto de Barcelos.
Hélder Ferreira, represents the northern Minho region.
21
Maio|Junho 2007
olimpo_22.qxd
08-07-2007
15:25
Page 22
Apenas duas ginastas
E
ste ano, Portugal apresenta apenas duas atletas (das
três possíveis) na competição de Ginástica do
F.O.J.E., considerada um autêntico Campeonato
Europeu de Juniores, dada a categoria das ginastas presentes, como se viu na última edição, em Lignano: a vencedora da competição geral, Vanessa Ferrari, sagrou-se
campeã europeia e mundial menos de dois anos depois.
As ambições são comedidas, depois de em 2005 Catarina
Abrantes ter terminado em 36.º lugar e a equipa em 17.ª
A F.P.G. escolheu as duas
melhores portuguesas para
Belgrado-2007, Marta Damásio
e Lúcia Oliveira, que recentemente se classificaram por
esta ordem nos Campeonatos
Nacionais de Juniores, disputados no início de Junho na
Maia, e que teve uma participação reduzida, o que explica a
opção federativa.
Marta Damásio, ginasta do
Lisboa Ginásio Clube, foi a
natural vencedora desta competição, com 46,700, tendo
ganho também em paralelas e
trave. Não terá sido uma das suas melhores competições,
uma vez que caiu duas vezes na trave e no duplo mortal no
solo, mas o seu bom nível geral garantiu-lhe o título de
uma forma folgada.
Lúcia Oliveira (Sport Clube do Porto) foi segunda com
44,500, sagrando-se campeã nacional de saltos de cavalo.
Apesar de ter caído uma vez nas paralelas e duas vezes na
trave, Lúcia Oliveira revelou evolução neste último aparelho.
Only two gymnasts
This year Portugal will present only two of the three possible gymnasts, because
this category is very short of top athletes for the moment. In a very hard competition, that revealed the world champion Vanessa Ferrari, two years ago, the
ambitions are not so high among us. Lignano's EYOF was considered like a real
European Junior Championships.
Marta Damásio, the junior national champion, is a specialist on parallel bars and
beam. She will be accompanied by Oporto's Lúcia Oliveira, second on National
Championships, best on Vault and improving fast on beam.
Two years ago, best Portuguese on this competition, Catarina Abrantes, finished
36th.
Feira de Begrado
As provas de Ginástica decorrem no Hall 3, que se destaca pela sua arquitectura em vidro, um dos catorze pavilhões da Feira de Belgrado, estrutura de
100 mil metros quadrados criada em 1937, bem no centro da cidade.
ATLETA
Marta Damásio
Lúcia Oliveira
NASC.
07.04.1993
07.01.1992
CLUBE
Lisboa Ginásio
Sport C.P.
OFICIAIS
Chefe de Equipa
Juiz
Paula Barata
Alda Côrte-Real
14.12.1965
28.08.1947
22
Maio|Junho 2007
MODALIDADE
Artística
Artística
Marta Damásio, campeã nacional, atleta da Lisboa Ginásio Clube.
Marta Damásio, portuguese junior champion of Lisbon Ginasio Clube.
olimpo_24-25.qxd
08-07-2007
16:28
Page 24
No trajecto de Telma Monteiro
O
Duas algarvias, uma açoriana
Marta Cachola é a atleta com mais experiência, com excelentes resultados nos torneios de Zagreb (Croácia) e de Jicin
(República Checa), este último de categoria A (5.º lugar), o
que dá um indício do seu valor relativo a nível europeu. Além
disso, venceu este ano o Torneio Internacional da F.P.J., em
Miranda do Corvo.
A sua colega do Judo Clube do Algarve, Rita Maurício,
tem um trajecto semelhante, também razoável com 3.º lugares em Fuengirola (Espanha) e Miranda da Corvo e também
um 5.º em Jicin.
Marta Santos, a escolhida para a categoria de 52 quilos,
triunfou em Miranda Corvo e foi 7.ª na República Checa e 5.ª
em Espanha, enquanto a montijense Lina Antunes, da categoria mais pesada, regista dois segundos lugares, em Miranda e
Fuengirola.
Finalmente, a açoriana Carolina Teves (5.ª em Miranda do
Corvo e Fuengirola) apresenta uma credencial especial: participou em Maio nos Jogos das Ilhas, na Córsega, tendo ganho
a medalha de bronze.
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
Judo português ainda persegue a primeira medalha
num Festival da Juventude Europeia, mas a tarefa é
muito difícil, dado o nível que a competição normalmente atinge. Em 2005, o 5.º lugar de Ana Sousa foi o melhor resultado da comitiva nacional e, desta vez, o experiente seleccionador nacional Rui Veloso mantém as expectativas moderadas, considerando boas todas as classificações
alcançadas ao nível do 7.º lugar. O que vier acima será
benefício - numa cidade onde recentemente a olímpica
Telma Monteiro conquistou o título de Campeã da Europa.
Rui Veloso iguala este ano o decano dos treinadores de
Atletismo António Vilela como o português com mais presenças
consecutivas no F.O.J.E., apresentando uma equipa de cinco raparigas e sete rapazes já com alguma experiência internacional. Dois
nomes se destacam pela familiaridade: Marta Cachola, jovem algarvia irmã da campeã europeia de sub-23 e Menção Honrosa do
Prémio Juventude do C.O.P. em 2005, Ana Cachola; e Miguel
Frischknecht, filho do antigo nadador olímpico e actual presidente da
Federação Portuguesa de Natação e membro da Comissão Executiva
do C.O.P., Paulo Frischknecht.
Rui Veloso com a selecção de Judo, o mais antigo treinador do F.O.J.E.
Judo coach Rui Veloso is the most EYOF experienced Portuguese official.
24
Maio|Junho 2007
olimpo_24-25.qxd
08-07-2007
16:28
Page 25
Um Palácio conhecido por Hala
A competição de Judo decorre no Palácio dos Desportos, também conhecido em
Belgrado como Hala. Foi construído e inaugurado em 1968, funcionando actualmente
integrado no novo Centro Desportivo e de Negócios de Nova Belgrado. Tem capacidade para cinco mil pessoas e é usado por diversas equipas e desportos, nomeadamente o basquetebol do Partizan, até aos anos 90, sendo actualmente palco de
muitos espectáculos musicais.
Ryan Melo (Azul) e Nuno Paiva.
Joao Castro (Azul) e Pedro Silva.
Nuno Esteves e Carolina Teves
Maioria lisboeta
A selecção masculina é esmagadoramente formada
por atletas da Grande Lisboa, com apenas uma
excepção, o açoriano Nuno Paiva, medalha de ouro
dos Jogos das Ilhas em mais de 73 quilos, num ano
em que regista alguns bons resultados, sobretudo o
2.º lugar de Miranda do Corvo e o 3.º de Zagreb.
Depois dele, Miguel Frischknecht apresenta o
currículo mais preenchido, com dois 3.º lugares
em Fuengirola e Miranda do Corvo, numa selecção
que tem menos participações internacionais do que
a congénere feminina. Pedro António Branco (60kg)
foi 7.º num torneio na Polónia e 2.º em Miranda,
enquanto Nuno Esteves regista um 5.º lugar (com
quatro vitórias) em Fuengirola.
Os mais pesados Ryan Melo e Pedro Silva e o
peso mais leve, João Castro, têm apenas classificações em Miranda do Corvo, onde o jovem da Junta
de Freguesia de Benfica alcançou um segundo
lugar.
ATLETA
João Castro
Nuno Esteves
Pedro António
Miguel Frischknecht
Ryan Melo
Pedro Silva
Nuno Paiva
Marta Cachola
Rita Mauricio
Marta Santos
Carolina Teves
Lina Antunes
CLUBE
J.F. Benfica
Oficinas S.José
J.C. Lisboa
Algés
Maristas
Lusófona
J.C.P.Delgada
J.C. Algarve
J.C. Algarve
J.C. Lisboa
C.J. Ribeira Grande
Montijo
NASC.
15.04.1991
11.12.1992
04.06.1991
24.12.1991
31.03.1991
22.06.1991
25.01.1991
04.02.1991
07.06.1991
07.06.1992
12.07.1991
31.09.1992
OFICIAIS
Árbitro
Treinador
Treinador
Francisco Rodrigues 01.05.1971
Rui Veloso
14.12.1963
Paulo Nogueira
02.05.1971
Marta Santos (Branco).
Miguel Frischknecht (Azul)
e Pedro António.
PROVA
50kg
55kg
60kg
66kg
73kg
81kg
90kg
63kg
57kg
52kg
48kg
70kg
On Telma Monteiro's path
EYOF 2007 Judo competition floor is the same where Telma Monteiro won the
European Championships three months ago and that will inspire the Portuguese tem,
for sure. Coach Rui Veloso, the Portuguese recordman of EYOF presences, is not
expecting too much of his team, but says that some 7th places can be reached. Maybe
better.
Two of the family names are very know in Portugal: Marta Cachola is the younger sister
of European Under-23 Champion Ana Cachola, member of the Olympic Team for
London 2012 Games, and Miguel Frischknecht, son of former Olympic swimmer Paulo
Frischknecht, who competed on Montreal-76 and Moscow-80 Games and is the current Swimming Federation president.
On girls' team, eyes also on Lina Antunes, who finished second in two international
tournaments this year.
The boys' squad is almost an all-Lisbon team, upgraded with the Azorean Nuno Paiva,
last month champion of the Island Games. He's competing on +73 kg category and
could be one of the best in Belgrade, after finishing twice on medals in two international tournaments, early this year. Pedro Branco (70 kg) also can reach a place on top
seven.
25
Maio|Junho 2007
olimpo_26_27.qxd
08-07-2007
15:31
Page 26
Portugueses em todas as provas
s responsáveis pela selecção de Natação conseguiram
este ano enquadrar todos os seleccionados no programa do F.O.J.E., participando em todas as provas do
programa de quatro dias, inclusive com dois atletas nalgumas
provas. A Natação tem um prestígio a defender, sobretudo
depois de Diana Gomes e Tiago Venâncio terem conquistado
três medalhas no Festival de Paris, há quatro anos, e em
Belgrado é expectável que se consiga pelo menos repetir as
duas finais atingidas por Jorge Maia (4.º e 5.º) em Lignano
Sabbiadoro.
A selecção final de 16 escolhidos, oito rapazes nascidos
em 1991 e 1992 e oito raparigas de 1993, reflecte um processo cuidadoso que teve início em Março, nos Campeonatos
Nacionais de Juvenis de Coimbra, prosseguiu logo de seguida
no Multinations de Genève, que apuraram uma pré-selecção
de 24, e culminou na sequência de meetings de Junho, no
Porto, Coimbra e Loulé, onde se chegou à escolha definitiva.
Trata-se, portanto, da equipa mais forte possível neste escalão
etário. Comparativamente, também a selecção masculina se
anuncia mais forte que a feminina, tal como aconteceu há
dois anos, quando o melhor resultado das raparigas foi um 5.º
lugar em final B (13.º), de Marta Marinho e de uma estafeta.
O
Fundista e Brucista
Piscina
de recordes
As provas de Natação vão decorrer na Piscina de Tasmajdan, o
maior complexo desportivo da
Sérvia, que comporta piscinas
coberta e ao ar livre, além de um
estádio e de um pavilhão. No histórico destas instalações constam seis campeonatos da
Europa, dez campeonatos do
Mundo e um inúmero conjunto
de provas internacionais, em
que foram batidos 18 recordes
mundiais. A piscina olímpica foi
construída entre 1959 e 1961, com
profundidade entre os 2,2 e os
cinco metros, com capacidade
para 2500 espectadores. A piscina olímpica coberta foi construída em 1968.
26
Maio|Junho 2007
O fundista Rui Costa, do Vitória de Guimarães, e o brucista
André Silva, do Palmela Desporto (o clube de Tiago
Venâncio), são os atletas com melhores provas dadas até
agora, com relevo para a prova internacional na Suíça, onde
ganharam algumas provas e subiram cinco vezes ao pódio.
Rui Costa venceu os 1500 metros e foi segundo classificado nos 400 e 800 metros. André Silva venceu as duas corridas de bruços. O jovem vimaranense tem como melhor
marca aos 1500 metros 16.06,07, podendo descer em breve
dos 16 minutos, enquanto o palmelão é inscrito com 1.07,15
aos 100 metros e 2.23,94 aos 200.
Estes dois atletas pertencem já ao Percurso de Alta
Competição da Federação Portuguesa de Natação, tal como
acontece com outros cinco qualificados para o F.O.J.E.,
nomeadamente Miguel Oliveira (200 e 400 Estilos) e José
Gonçalves (200 e 400 Livres) e as raparigas Joana Rodrigues
(200 Livres e 400 Estilos), Joana Santos (200, 400 e 800
Livres) e Maria Veloso (também 400 e 800 metros livres).
O objectivo declarado da F.P.N. é conseguir em Belgrado
que os restantes membros da equipa consigam igualmente
resultados que lhes possibilitem o acesso ao mesmo programa de alta competição - o que significa que todos vão levar a
tarefa de melhorar os recordes pessoais.
Miguel Oliveira disputa as duas provas de Estilos, com
tempos de inscrição de 2.14,77 e 4.46,21 minutos, enquanto
José Gonçalves nada os 200 metros livres em 1.56,76. No
sector feminino, Joana Santos apresenta 4.36,93 aos 400
metros e Maria Veloso 9.16,02 aos 800, enquanto a melhor
marca de Joana Rodrigues é 5.18,35 aos 400 metros estilos.
A Federação, enquanto não conhecer as marcas de inscrição e de referência de todas as provas e concorrentes, não
consegue estabelecer objectivos classificativos, mas é assumida a convicção de que pelo menos aqueles dois atletas
O fundista Rui Costa é o mais credenciado dos nadadores portugueses.
Rui Costa (400 and 1500 meters) is the top ranked Portuguese swimmer.
Maria Veloso já integra o Percurso de Alta Competição da F.P.N.
Maria Veloso is one of the athletes of F.P.N. High Competition Program .
mais conceituados poderão disputar finais. Mas haverá certamente muitas presenças em finais B, eventualmente superando
as nove disputadas em Lignano,
A equipa reflecte uma enorme heterogeneidade de procedências, sendo particularmente abrangente e recompensadora para
os clubes que realizam o trabalho de formação. Foram escolhidos 16 atletas de clubes diferentes, pois somente Leixões,
Solidariedade Académica de Leiria e Náutico Académico de
Coimbra bisaram.
olimpo_26_27.qxd
08-07-2007
ATLETA
CLUBE
André Silva
Palmela Desporto
100 Bruços, 200 Bruços, 4x100 Estilos
15:31
Page 27
NASC.
02.09.1991
ATLETA
CLUBE
Ana Monteiro
F.Vilacondense
200 Mariposa, 200 Costas
NASC.
14.08.1993
In all events
Francisco Vital Bombeiros Estoris
08.02.1992
100 Mariposa, 200 Mariposa, 100 Livres, 4x100 Livres / 4x100 E
Belenenses
24.05.1993
Cláudia Robalo
100 Bruços, 200 Bruços, 200 Estilos, 4x100 Estilos
José Gonçalves Leixões
10.08.1991
200 Livres, 400 Livres, 4x100 Livres / 4x200 Livres
Joana Rodrigues
C. Propaganda N.
03.02.1993
400 Estilos, 200 Livres, 4x100 Livres / 4x200 Livres
Luís Estanislau Louletano
100 Mariposa, 200 Mariposa
Joana Santos
Felgueiras
07.06.1993
200 Livres, 400 Livres, 800 Livres, 4x100 Livres / 4x200 Livres
08.08.1991
Luís Vaz
V.N.Famalicão
04.06.1991
50 Livres, 100 Livres, 200 Livres, 4x100 Livres / 4x100 Estilos
Mara Silva
A.S.A. Leiria
100 Costas, 200 Costas, 4x100 Estilos
Miguel Oliveira C.N.A. Coimbra
200 Estilos, 400 Estilos
Margarida Resende Leixões
11.06.1993
50 Livres, 100 Livres, 4x100 Livres / 4x100 Estilos
01.01.1991
01.03.1993
Rui Costa
Vitória S.C.
10.03.1991
400 Livres, 1500 Livres, 4x100 Livres / 4x200 Livres
Maria Veloso
C.N.A. Coimbra
400 Livres, 800 Livres, 400 Estilos
Samuel Queirós Porto
200 Costas, 100 Costas, 4x100 Estilos
Sara Cruz
A.S.A. Leiria
14.01.1993
100 Livres, 100 Mariposa, 4x100 Livres/ 4x100 Estilos
OFICIAIS
Chefe de Equipa
Treinador
Treinador
Treinador
Bruno Freitas
António Silva
Rui Freitas
Ana Campos
17.03.1991
27.09.1982
23.10.1969
12.12.1970
04.02.1980
11.10.1993
Swimming Federation officials were able to fulfil the
EYOF program and there will be Portuguese swimmers in every event, trying to defend the prestige
granted four years ago by Diana Gomes and Tiago
Venâncio, who won three medals in Paris EYOF and
managed to qualify to the Athens Olympic Games,
just one year after.
The Portuguese team was selected after a sequence of
competitions and meetings since March, including
the Genève Multinations. They ensure that the 16team is the best and stronger possible at this age and
can at least repeat last edition results.
Long distance swimmer Rui Costa and breaststroker
André Silva are the top ranked. Rui Costa got a win on
1500 meters in Geneve and was second on 800
meters race, aiming to swim the longest run above 16
minutes. Those two and other five athletes already
belong to the High Competition Program and the
federation looks forward to obtain results that allow
everyone to enter the same program.
olimpo_28_29.qxd
08-07-2007
15:35
Page 28
Uma tarefa difícil
Selecção Nacional de Esperanças Olímpicas Masculinas
de Pólo Aquático, formada por atletas nascidos em 1991
e 1992, representa Portugal na área das modalidades
colectivas do F.O.J.E., sucedendo ao Basquetebol, 6.º classificado em Lignano. Pela frente terá equipas de algumas potências da modalidade a nível europeu, em particular a Hungria e a
Grécia, evitando na primeira fase a fortíssima equipa do país
anfitrião. Para responsáveis e jogadores, constitui uma boa
oportunidade para jogar ao mais alto nível, mas em matéria de
resultados as perspectivas são complicadas.
A equipa é formada por jovens de diversas cidades onde a
modalidade se desenvolve, nomeadamente Felgueiras, Paços
de Ferreira, Ermesinde, Porto, Lisboa, Évora e Portimão, sendo
algarvio o maior contingente, com quatro atletas do Portinado.
Três dos seleccionados, Ricardo Gonçalves, Diogo Pereira e
Nuno Marques, já representaram Portugal nos escalões superiores.
A preparação desta Selecção Nacional iniciou-se em
Janeiro, com o primeiro estágio de observação em Rio Maior,
tendo realizado posteriormente diversos estágios, em Tavira
pelo Carnaval, Rio Maior em Março e Silves, na Páscoa, altura
em que disputou um Torneio em Ermesinde, encerrando a primeira fase de preparação.
A preparação prosseguiu com novo ciclo a partir de Maio,
com estágios sucessivos em Rio Maior, Abrantes e, no final de
Junho em Évora com nova participação em Torneio.
A anteceder a partida para Belgrado, a equipa volta a
A
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
concentrar-se, de 12 a 17 e Julho, disputando povo torneio, em
Loulé. O Pólo Aquático entra pela primeira vez no programa do
F.O.J.E., no lugar do futebol que fez parte das últimas cinco
edições. As oito selecções participantes estão divididas em
dois grupos, disputando-se depois eliminatórias para os lugares de 1.º a 4.º pelos dois primeiros de cada grupo e de 5.º a
8.º para os restantes.
Portugal foi incluído no grupo A, juntamente com Hungria,
Grécia e França. A partida inaugural, no dia 23, é com os franceses, seguindo-se a Grécia e a Hungria nos dias seguintes.
No grupo B, participam Eslováquia, Eslovénia, Alemanha e
Sérvia. As finais disputam-se na sexta-feira, dia 27.
28
Maio|Junho 2007
olimpo_28_29.qxd
08-07-2007
15:35
Page 29
ATLETA
Ricardo Gonçalves
Miguel Van Zeller
Luís Carneiro
Filipe Oliveira
Paulo Albardeiro
Nuno Marques
Pedro Sousa
Ricardo Andrez
Rui Oliveira
Diogo Pereira
André Coelho
André Faustino
Stefan Luz
NASC.
31.01.1991
26.03.1991
31.03.1992
10.11.1991
04.05.1991
08.02.1992
09.09.1991
25.11.1991
15.04.1991
01.01.1991
27.05.1991
22.01.1991
17.05.1991
CLUBE
Portinado
CFP
Gespaços
Portinado
Aminata
CFP
CPN
Portinado
AR72
FOCA
FOCA
Portinado
Aminata
OFICIAIS
Chefe de Equipa
Treinador-adjunto
Treinadora
Árbitro
Fernando Leite
Jorge Coelho
Helena Barros
Raul Vital
03.05.1975
19.07.1976
28.08.1966
09.04.1971
POSIÇÃO
Guarda-redes
Guarda-redes
Central
Central
Piot
Pivot
Lateral
Lateral
Lateral
Lateral
Ponta
Ponta
Ponta
Nas águas do Partizan
A competição de Pólo Aquático decorrerá na Piscina do Centro Desportivo
Banjica, situado na zona nobre da cidade, a cerca de cinco quilómetros do
centro. Foi construído em 1973 e inclui duas piscinas cobertas e duas ao ar
livre, além de muitas instalações desportivas. Já foi palco de um
Campeonato Mundial de Desportos Aquáticos e é o estádio dos jogos
caseiros da equipa do Partizan.
Hard job
Portuguese Water Polo team has a
hard job ahead, but can do better
than basketball team two years ago,
which finished 6th. Portugal will play
Hungary and Greece, two countries
of tradition in this sport and aims to
beat France. The selecting work of
this team was very tight, during successive trials.
Before travelling to Belgrade, the
squad will join in a final stage in
Algarve, for a last tournament. It's the
first time that this sport enters the
EYOF program, so it appears like a
superb and unique opportunity for
these young lads to live the Olympic
spirit. They know they hardly could
be Olympians because this is not a
priority sport in Portugal.
olimpo_30.qxd
09-07-2007
19:10
Page 30
Sorte de n. 3
D
0
n.º 29), e Charlotte Pires, a n.º 59 do mesmo ranking. O
director-técnico nacional da modalidade, Paulo Lucas, não
coloca grande pressão sobre os atletas, mas admite que têm
condições para ultrapassar várias eliminatórias, tratando-se de
jovens com muita experiência internacional, no caso de
Charlotte já envolvida em competições profissionais dos circuitos mais básicos (Futures e Challengers).
Ambos os atletas foram campeões nacionais de juniores
em pares em 2006, tendo Pedro Palha feito par com Martim
Trueva. Charlotte Pires é treinada no Clube de Oeiras por João
Cunha e Silva, um dos melhores tenistas portugueses de
FOTO: CARLOS ALBERTO MATOS
epois de Gastão Elias, que foi o porta-estandarte do
F.O.J.E. de 2005, ter viajado directamente da final do
Mundial de Cadetes, de Paris, para a aldeia de Lignano,
o que prejudicou a sua prova, a Federação Portuguesa de
Ténis viu-se obrigada este ano a escolher os n.ºs 3 dos rankings nacionais de sub-16, devido à coincidência de datas
com os Campeonatos da Europa. Um prémio de consolação
para jovens, que já levam quase dez anos de dedicação a este
desporto.
Os escolhidos são Pedro Palha, n.º 185 do ranking ETA
(Martim Trueva, atleta do Projecto Esperanças Olímpicas é o
Charlotte Pires é uma tenista já com experiência em competições profissionais.
Young Charlotte Pires already participated in low prize money professional tournments.
Ténis joga-se no “Olymp”
O centro desportivo e de recreio Zvezdara, também conhecido por "Olymp" e
"Oásis verde", no centro do município de Zvezdara, perto do centro de
Belgrado, é o palco para as provas de ténis, num complexo que inclui nove
"courts".
ATLETA
Pedro Palha
Charlotte Pires
CLUBE
Ace Team
CET Oeiras
NASC.
27.01.1991
30.03.1991
OFICIAIS
Chefe de Equipa Miguel de Sousa
30
Maio|Junho 2007
PROVA
Masculinos / Par Misto
Femininos / Par Misto
20.04.1975
Lucky number 3
The coincidence of dates between the European calendar and EYOF schedule opened a window of opportunity for under-16 portuguese tennis players ranked on the 3rd spot of the national rankings. As the best of
the category are playing at the same time in the European Championships, Pedro Palha and Charlotte Pires
were selected for EYOF, a fine consolation prize for their investment in this sport since youngest age.
In Belgrade, they will both play without any pressure and national coach hopes they can pass some rounds
and maybe do well on the doubles competition. They were indeed doubles national champions last year.
Charlotte Pires plays since 7 years old and already participated on professional tournaments, being
coached by João Cunha e Silva, one of the best Portuguese players ever.
olimpo_30.qxd
08-07-2007
16:40
Page 31
Regresso em força
O
tendo englobado os estágios das selecções nacionais realizados nas últimas semanas no Funchal e no Porto.
Os madeirenses são Luís André Freitas e Sara Costa, os
nortenhos Diogo Carvalho e Maria João Nogueira, quatro
jovens atletas já com alguma experiência internacional e currículos preenchidos com múltiplos títulos nacionais.
Diogo Carvalho sagrou-se este ano campeão nacional de
cadetes e já foi campeão de pares mistos em 2004, contando
18 chamadas às selecções. Luís Freitas conta três títulos
nacionais recentes (Equipas, Pares e Pares Mistos) e foi nove
vezes internacional.
FOTO: HELDER SANTOS/ILHAPRESS
Ténis de Mesa, que deu algumas medalhas à
Jugoslávia e à Sérvia em anteriores F.O.J.E., volta ao
programa do Festival e constitui uma excelente oportunidade para os jovens representantes portugueses, englobados no projecto de desenvolvimento da Federação
Portuguesa, que tem alcançado resultados prometedores em
todos os escalões etários, tendo entrado pela primeira vez no
Projecto Pequim 2008 (João Pedro Monteiro) e incluído três
jovens no Projecto Esperanças 2012.
Os rapazes vão ambos participar nos Campeonatos
Europeus de Bratislava, na semana que antecede o F.O.J.E.,
Luís André Freitas é mais um atleta da magnífica escola madeirense de ténis de mesa.
Luis Freitas is one more promising table tennis player from the excellent Madeira' school of this sport.
Bolinha em Palácio de gelo
O palco das provas de ténis de mesa é uma das infra-estruturas mais recentes, o Palácio de Gelo, inaugurado em 1978, com capacidade para 2000 espectadores.
ATLETA
Diogo Carvalho
Luís André Freitas
Maria J. Nogueira
Sara Costa
CLUBE
C.P. Oliveirinha
ACM Madeira
Ala Gondomar
Câmara Lobos
NASC.
10.10.1992
28.01.1993
08.11.1992
12.11.1993
OFICIAIS
Treinador
Treinador
Mário Couto
04.07.1992
Rafael Gomes 20.04.1975
PROVA
Singulares, Pares
Singulares, Pares
Singulares, Pares
Singulares, Pares
Table tennis is back
Table Tennis returns this year to the EYOF program and represents an excellent opportunity to the young
Portuguese players, members of the developing process running in the national Federation, which has now
four players in the Olympic Projects. The two boys will participate in the Bratislav European Championships
just one week before EYOF. They show a lot of international experience, among with several national titles.
Diogo Carvalho is the current Portuguese individual champion, and Luís Freitas counts three team's and doubles titles. Maria Nogueira was national champion five times in the past three seasons and represented the
national team in ten occasions. Less experimented is Sara Costa, born in Madeira Island, just like Luís Freitas.
31
Maio|Junho 2007
olimpo_32-36.qxd
08-07-2007
15:49
Page 32
´
REPORTAGEM DIA OLIMPICO
2007
Vocação olímpica
de Rio Maior
Cerca de 2000 atletas de 20 Federações participaram este ano nas
Comemorações do Dia Olímpico, que voltaram a ser organizadas no Centro
Olímpico de Rio Maior, com a colaboração da Câmara Municipal e este ano pela
primeira vez com o patrocínio da Samsung, parceira oficial do C.O.P. A cidade
ribatejana mostrou de novo a sua vocação olímpica, acolhendo nas instalações
multifacetadas do Complexo Desportivo provas, treinos e demonstrações de 16
das 20 modalidades que aderiram às comemorações deste ano.
A bandeira olímpica desfilando perante os dois mil jovens participantes.
Olympic flag bearers walking in front of two thousand young athletes.
32
Maio|Junho 2007
olimpo_32-36.qxd
08-07-2007
15:49
Page 33
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
Samsung
apoiou celebração
O azulão foi a cor dominante do Dia Olímpico de 2007.,
Dark blue was 2007 Olympic Day official colour.
s festejos tiveram início na sexta-feira, dia 23,
no largo fronteiro à Câmara Municipal, onde,
na presença do presidente da autarquia,
Silvino Sequeira, e do Governador Civil de Santarém,
Paulo Fonseca, foi acendida a chama olímpica,
conduzida depois em desfile até ao Complexo
Desportivo pelos atletas olímpicos locais, Susana
Feitor, Inês Henriques, Vera Santos e João Vieira.
Com o içar da bandeira olímpica e a audição do hino
olímpico foram inauguradas as cerimónias pelo presidente do C.O.P.
Vicente Moura sublinhou a disponibilidade do
município de Rio Maior para este importante evento,
que se realiza pelo quinto ano consecutivo na
Cidade Olímpica, graças ao apoio do presidente da
Câmara local. "Silvino Sequeira teve a visão de
construir as instalações, a sabedoria de se associar
ao C.O.P. e a ideia de dar a conhecer Rio Maior ao
país e ao mundo através do desporto", realçou
Vicente Moura.
O autarca ribatejano agradeceu a confiança que
o Comité Olímpico de Portugal deposita na cidade e
sublinhou o facto de um pequeno município com
pouco mais de vinte mil habitantes estar na perspectiva de ter cinco ou seis atletas nos próximos
Jogos Olímpicos de Pequim.
No sábado, além da intensa actividade desportiva, realizou-se a cerimónia de encerramento no
Pavilhão Polidesportivo, que constou de desfile dos
participantes, de várias actuações gímnicas, por
O
classes do Ginásio Clube do Sul e do Colégio
Moderno, e de dança, a cargo de grupos locais, e
de uma actuação do grupo musical Morangada. O
ponto alto deste sarau foi a actuação dos atletas do
Projecto Olímpico Pequim 2008, Ana Rente e Diogo
Ganchinho, da Federação Portuguesa de Trampolins
e Desportos Acrobáticos. A festa encerrou com uma
espectacular largada de fogo de artifício.
O presidente do Instituto do Desporto de Portugal,
Luís Sardinha, em representação do Secretário de
Estado da Juventude e do Desporto, assistiu ao evento, bem como o Membro português do Comité
Olímpico Internacional, Fernando Lima Bello.
Também acompanharam as cerimónias, o presidente da Confederação do Desporto de Portugal,
Carlos Cardoso, o antigo atleta olímpico, medalha
de bronze dos Jogos de 1984, António Leitão,
membros dos órgãos directivos do C.O.P., como
António Feu, Norberto Rodrigues, João Correia,
Manuel Boa de Jesus, Marques da Silva, António
Aleixo, João Matos, Pedro Sousa Ribeiro, o antigo
atleta, dirigente e árbitro olímpico , em representação da Associação de Antigos Atletas Olímpicos,
Luís Caldas, dirigente da Academia Olímpica de
Portugal (A.O.P.) Sandro Lúcio, o membro da
Comissão Multidisciplinar do C.O.P. José Alves
Diniz, o antigo presidente do I.D.P. e também membro da A.O.P., representando a Câmara Municipal de
Oeiras, José Manuel Constantino, o presidente da
Escola Superior de Desporto de Rio Maior, José
Diogo Ganchinho, do Projecto
Pequim 2008, um dos atletas que
participou no Dia Olímpico em Rio
Maior
Diogo Ganchinho, athlete of Beijing
2008 Project, starred the Closing
Ceremony at Rio Maior's Dome.
A Samsung, parceiro oficial do C.O.P. e do movimento
olímpico internacional, associou-se pela primeira vez
às comemorações do Dia Olímpico, patrocinando o
evento de Rio Maior. A empresa portuguesa da marca
coreana fez-se representar ao mais alto nível em Rio
Maior, através do seu presidente, Gil Eup An, do director-geral, Rui Gil Conde, e do director de Marketing, In Su
Kim.
Além de ter oferecido um impermeável dos Jogos
Olímpicos de Pequim 2008 a cada um dos participantes, a Samsung ainda atribuiu um incentivo extra aos
jovens atletas ao oferecer um aparelho de MP3 a cada
uma das 20 Federações, os quais foram entregues
aos que mais se distinguiram ao longo da jornada.
Também premiados foram os atletas olímpicos Ana
Rente e Diogo Ganchinho, que realizaram uma exibição de saltos de trampolim durante a cerimónia de
encerramento.
Durante o jantar de encerramento, Eup An e Vicente
Moura trocaram lembranças e tiveram oportunidade
de estreitar a relação entre a Samsung e o C.O.P.
Gil Eup An, Presidente da Samsung com Ana Rente e
Diogo Ganchinho, atletas do Projecto Pequim 2008.
Samsung President, Gil Eup An, with olympic athletes
Ana Rente and Diogo Ganchinho
Rui Gil Conde e Gil Eup An, da Samsung, e Vereador
Manuel Brites, com Vicente Moura.
Samsung's Managing Director and Chairman, Rui Gil
Conde and Gil Eup An, with Rio Maior deputy mayor
Manuel Brites, and C.O.P. president.
33
Maio|Junho 2007
olimpo_32-36.qxd
08-07-2007
15:49
Page 34
´
REPORTAGEM DIA OLIMPICO
2007
Rodrigues, muitos dirigentes desportivos e autoridades locais. No encerramento, a Câmara
Municipal de Rio Maior foi representada pelo
Vereador de Desporto, Manuel Brites.
Sábado desportivo
A Federação Portuguesa de Ciclismo organizou
uma prova de Critério, na categoria de Cadetes,
num percurso de 25 voltas, na distância de 35 km,
que constituía a última oportunidade para os cinco
pré-seleccionados para o Festival Olímpico da
Juventude Europeia conseguirem justificar a escolha do director-técnico nacional. Um dos atletas em
causa, Daniel Freitas, dominou a prova, ganhando
os cinco sprints, seguido de Hélder Ferreira e de
Vítor Lopes, que também pertenciam ao grupo dos
escolhidos previamente.
Uma modalidade que teve uma participação
intensa e numerosa no Dia Olímpico foi a Esgrima,
que realizou no Pavilhão Multiusos de Rio Maior as
finais nacionais dos circuitos das várias especialidades e escalões etários jovens, dos benjamins,
revelando a existência de novos clubes, aos infantis, iniciados e cadetes. O olímpico João Gomes
voltou a marcar presença ao longo de toda a jornada e o Mestre Hélder Alves, treinador do olímpico
Joaquim Videira, foi galardoado com o prémio de
melhor treinador juvenil do ano.
A Natação reuniu 64 jovens (12 a 14 anos) na
prova do Dia Olímpico, na Piscina de Rio Maior. No
escalão destinado a nadadoras com 12 anos, Lisa
Marisa Soares, da Amadora, foi a mais pontuada e
na categoria para nadadoras nascidas em 1994,
Diana Ramos Rocha (Escola Desportiva de Viana)
foi a vencedora. No sector masculino, Infantis B,
Paulo Bruno Janeiro (CNLA) alcançou a maior pontuação, enquanto entre os nadadores de 14 anos o
vencedor foi João Cláudio Sousa (Gespaços).
As Lutas Amadoras e Judo reuniram cerca de
duas dezenas de atletas, cada, em treinos, mais
discretos do que o Taekwondo, que apresentou 130
jovens atletas numa demonstração espectacular
nos Jardins no centro da cidade. A participação de
Pentatlo Moderno decorreu em simultâneo com as
provas de Triatlo.
As Federações colectivas realizaram provas de
exibição. O Andebol reuniu a Selecção da Detecção
de Talentos (nascidos em 1992 e 93), o
Basquetebol juntou a selecção distrital da
Associação de Leiria, em jogo-treino no Pavilhão de
Rio Maior, o Hóquei algumas equipas em jogos de
6x6 e o Basebol promoveu um jogo de divulgação
de diversas idades com trinta participantes.
Finalmente, o Futebol fez-se representar por uma
Selecção de 27 raparigas Sub-17, escolhidas pelo
seleccionador nacional José Augusto, a qual realizou igualmente um jogo de demonstração.
O Ténis movimentou 150 atletas numa competição cujas finais se realizaram em Caldas da
Rainha, enquanto os Trampolins reuniram a maior
delegação, de 400 atletas, numa acção espectacular em Santarém.
As provas de Remo e Canoagem, que deviam
realizar-se na Lagoa de Óbidos, tiveram que ser
canceladas por razões de segurança.
34
Maio|Junho 2007
Jovens olímpicos do futuro estiveram em grande actividade ao longo de todo o dia de sábado.
A long sports journey for the olympics of future all day long at Rio Maior's facilities.
olimpo_32-36.qxd
08-07-2007
15:49
Page 35
Olympic tradition of Rio Maior
Olympic Day Fest in Rio Maior began on Friday June 23 in the
City Hall Square, where Mayor Silvino Sequeira and C.O.P.
chairman Vicente Moura presided the lightening of the
Olympic flame, carried out by city's Olympic athletes trough
the local streets to the Sports Centre. The ceremony included
the Olympic Flag raising and the Olympic Hymn play.
In the occasion Vicente Moura thanked once again the city's
availability to host such an important event for the fifth year in
a row, showing once more its traditional Olympic vocation.
"Silvino Sequeira had the vision to build the infra-structure,
the wisdom of joining C.O.P. and the idea of promote his city
image to the country and internationally, through the sports",
Mr. Moura said.
On Saturday, Rio Maior gave the floor to a lot of sports events
which culminated in a significant Closing Ceremony, where
two newcomers to Beijing Project, Ana Rente and Diogo
Ganchinho, of Trampoline, performed as the event's guest
stars.
Representative of Sports Secretary, the president of
Portuguese Sports Institute, Luis Sardinha, attended the ceremony, along with Federations officials and the Portuguese
Member of I.O.C., Fernando Lima Bello.
In the field of sports, the main competitions were the Cycling
circuit and the Fencing Olympic Day Tournament, along with
a Swimming championship for youngsters from 12 to 14
years old. The fencing tournament introduced more than 200
athletes, the biggest delegation in Rio Maior, because the
Trampoline event was held in the nearby city of Santarém. A
total of almost 2000 athletes from 20 Federations participated in the journey, but the rowing and the canoeing events,
due to the Óbidos Lake, had to be cancelled for security reasons.
Samsung leadership in Portugal gave great support to the
Festival and every participant received a rain coat with
Beijing's logo, a good first taste of the Olympic spirit for everybody.
DIA OLÍMPICO 2007
FEDERAÇÃO
Chama olímpica desfilou nas ruas de Rio Maior até ao Complexo Desportivo, onde o treinador Jorge Miguel içou a bandeira
olímpica.
Olympic torch carried by four Rio Maior's olympic athletes from city hall to Sports Complex where coach Jorge Miguel raised
the olympic flag.
Andebol
Badminton
Basebol
Basquetebol
Canoagem
Ciclismo
Esgrima
Futebol
Ginástica
Hóquei
Judo
Lutas Amadoras
Natação
Pentatlo Moderno
Remo
Taekwondo
Ténis
Ténis de Mesa
Trampolins
Triatlo
Total
ATLETAS
TOTAL
24
14
30
24
141
75
220
36
40
24
16
18
64
20
100
130
150
4
400
120
29
22
40
37
146
106
250
45
50
27
18
20
74
35
130
142
160
5
500
150
1986
35
Maio|Junho 2007
olimpo_32-36.qxd
08-07-2007
15:49
Page 36
´
REPORTAGEM DIA OLIMPICO
2007
Corrida e anéis em Lagos
m simultâneo com as comemorações de Rio
Maior, realizava-se em Lagos a Corrida do
Dia Olímpico de 2007, num percurso de
cinco quilómetros, traçado nas ruas da cidade,
com partida e chegada ao Estádio Municipal, com
organização do Comité Olímpico de Portugal,
Câmara Municipal de Lagos, Federação
Portuguesa de Atletismo e Associação de
Atletismo do Algarve. Cerca de 750 pessoas participaram no evento, que terminou em apoteose
com a criação de anéis olímpicos humanos no
relvado do estádio, juntando todos os participantes vestindo t-shirts com as cinco cores das argolas olímpicas.
Este evento tem o patrocínio, a nível nacional e
global, da McDonald's, que estabeleceu em 2003
uma parceria com o Comité Olímpico Internacional.
O atleta olímpico Nuno Merino (Trampolins),
patrocinado pela McDonald's, esteve presente na
Corrida 2007 em Lagos, acompanhado de Atletas
Olímpicos Algarvios, Ana Dias, Jorge Costa,
Ezequiel Canário e Carlos Cabral.
Ao mesmo tempo, realizou-se um passeio,
denominado Caminhada Olímpica, pelas ruas de
Lagos, igualmente na distância de cinco quilómetros. O evento incluiu um espaço de actividades
desportivas nas modalidades olímpicas, uma área
de actividades de fitness e um espaço saúde onde
ser realizou um rastreio Cardiovascular.
Pelo seu carácter participativo, a Corrida do Dia
Olímpico não distribuiu prémios aos primeiros atletas chegados à meta, mas todos os participantes da
Corrida do Dia Olímpico e da Caminhada Olímpica
receberam um diploma de presença e uma t-shirt
alusiva.
E
Olympic Day Run
for 750
At the same time of Rio
Maior's events, south coast
city of Lagos received this
year's Olympic Day Run,
sponsored by McDonald's,
which joined together about
750 people running in a 5
km circuit within the city.
Olympic athlete Nuno
Merino, a McDonald's athlete, and C.O.P. Secretary
General Victor Fonseca da
Mota attended the ceremonies, as did some of Algarve
region Olympic athletes,
current and former. Every
participant received a courtesy t-shirt and a diploma.
The organization joined
resources from Portuguese
Athletics Federation and
Algarve Athletics
Association, which supported technically the efforts of
Portuguese N.O.C. to keep
this initiative very much
alive. After the race, all the
participants joined together
in the centre field of Lagos'
stadium, to draw the
Olympic rings, showing
their spirit of friendship and
fair play. Lagos succeeded
to the cities of Leiria,
Barreiro and Setúbal, where
it was organized in the past.
McDonald's is supporting
this race since 2003, showing their commitment to
the olympic values to which
they are related to since
1976.
21.ª Corrida do Dia Olímpico
A primeira Corrida do Dia Olímpico realizou-se
em 1987, com a participação de 45 Comités
Olímpicos Nacionais, na distância de 10 km. No
ano passado, a Corrida foi organizada por 161
Comités Nacionais e este ano o C.O.I. estima que
o número tenha sido superado.
Desde 2001 que o número de participantes na
Corrida do Dia Olímpico, a nível mundial, tem
vindo a crescer de uma forma impressionante,
passando de cerca de 1 milhão de participantes
no ano de 2001, para 1,6 milhões em 2005.
A nível nacional, Lagos sucedeu este ano às
cidades de Leiria, Barreiro, Setúbal, Aveiro,
Entroncamento e Alfândega da Fé, onde a Corrida
do Dia Olímpico se realizou em anos anteriores.
O Secretário-geral do
C.O.P., Victor Mota,
presidiu à Corrida do Dia
Olímpico.
Secretary General of
C.O.P., Victor Fonseca da
Mota, presided to the
Olympic Day Run.
McDonald's associada desde 1976
A ligação da McDonald's ao COI data de 1976,
data em que a marca se tornou patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos mantendo até hoje um
longo e forte compromisso com o Movimento
Olímpico.
A McDonald's orgulha-se desta parceria mun-
36
Maio|Junho 2007
dial, uma vez que partilha as mesmas ideias e
valores do movimento olímpico, que incluem trabalho de equipa, participação e divertimento nos
esforços efectuados.
"Estamos muito satisfeitos por fazer parte
deste evento global tão importante até porque a
Corrida Do Dia Olímpico reforça o nosso conceito
de compromisso com o bem-estar dos nossos
consumidores, o nosso apoio ao movimento olímpico e a importância da prática de estilos de vida
activos", refere João Noronha Lopes, Director
Geral da McDonald's Portugal.
olimpo_38-40.qxd
08-07-2007
15:58
Page 38
PROJECTO PEQUIM 2008
VANESSA E DUPLA DE 470
Fazem esquecer Futebol
O Projecto Pequim, depois da eliminação do Futebol, passou a contar 78 atletas, 13 dos
quais no Nível principal, e são já nove os nomes confirmados em Pequim
ouco mais de um mês depois de Telma
Monteiro se ter sagrado campeã da Europa
de Judo em Belgrado, foi a vez de Álvaro
Marinho-Miguel Nunes triunfarem nos Europeus de
470 (Vela) em Salónica e de Vanessa Fernandes
ganhar pela quarta vez consecutiva os Europeus de
Triatlo, disputados em Copenhaga.
Os velejadores olímpicos dominaram a competição desde o primeiro dia, terminando dez
P
das 12 regatas nas primeiras quatro posições e
a regata final (medal race) em terceiro lugar.
Com este triunfo, a poucas semanas dos
Campeonatos Mundiais ISAF de Cascais, a
dupla Álvaro Marinho-Miguel Nunes sobe ao
Nível 1 do Projecto Pequim 2008, elevando para
13 o número de atletas individuais no degrau
mais alto, compensando a frustrante eliminação
da selecção de futebol no "play-off" olímpico
Vanessa Fernandes ganhou quatro provas internacionais em mês e meio.
Vanessa Fernandes won four races in 45 days, including the European Championship.
38
Maio|Junho 2007
com a Itália, durante os Europeus de sub-21, na
Holanda.
Vanessa tetracampeã
Vanessa Fernandes dominou o Campeonato da
Europa de Triatlo de Elite, repetindo as provas da
Taça do Mundo de Lisboa e Madrid e ainda os
Campeonatos da Europa de Duatlo, na Hungria quatro vitórias internacionais em mês e meio. Em
olimpo_38-40.qxd
08-07-2007
15:59
Page 39
Copenhaga, a portuguesa cumpriu os 1500 metros
de natação, 40 quilómetros de ciclismo e 10 quilómetros de corrida em 2h02m36s, cortando a meta
com grande vantagem, depois de ter sido muito
auxiliada pela jovem Anais Moniz nos primeiros
dois percursos.
A segunda classificada, a campeã olímpica Kate
Allen, terminou a prova 46 segundos depois. A
medalha de bronze ficou para a suíça Nicola Spirig,
seguida da britânica Andrea Whitecombe, da alemã
Ricarda Lisk e da britânica Michelle Dillon.
Anaïs Moniz, atleta do Projecto Olímpico
Esperanças 2012, classificou-se na 24.ª posição, a
6 minutos e 44 segundos de Vanessa Fernandes,
enquanto no sector masculino Bruno Pais tremnava
em 10.º lugar, depois de ter sido 12.º na Taça do
Mundo de Lisboa e 16.º na de Madrid.
Outro atleta do Nível 1, Joaquim Videira teve
igualmente dois meses de altíssima competição e
bons resultados, atingindo o 2.º lugar do ranking
mundial de Espada, depois de ganhar um Grande
Prémio em Sydney (Austrália), batendo na final o
japonês Shunsuke Saka por 15-8, ter sido 3.º classificado na Taça do Mundo de Paris, 5.º em
Montreal (Canadá) e 3.º em Bogotá (Colômbia).
Sendo ainda um atleta do Nível 2, também é
significativo o salto do veterano João Rodrigues
para o 2.º posto do ranking mundial de Prancha à
Vela (RS:X), apõs ter sido 5.º classificado nos
Europeus de Limassol.
Quatro Qualificados
Neste período, o Projecto foi brindado com quatro
qualificações directas de atletas que não estavam
na lista. Numa semana apenas em meados de
Maio, o Atletismo ultrapassou a Natação como
modalidade mais representada no lote de qualificados, que subiu para nove. Na maratona de Berlim,
Hélder Ornelas e Paulo Gomes realizaram os mínimos A de qualificação olímpicos e na prova dos 50
km da Taça da Europa de Marcha, em Royal
Leanington Spa, Inglaterra, também António Pereira
e Augusto Cardoso asseguraram a presença nos
Jogos. Para António Pereira, de 31 anos, a marca
valeu mesmo uma entrada no Nível 3, de semifinalistas, ao classificar-se em 14.º lugar com o
melhor registo pessoal e a 17 segundos do recorde
nacional, com 3.52,17 horas. Augusto Cardoso, 36
anos, realizou o tempo de 3.55,14 horas e terminou na 16ª posição.
Hélder Ornelas, atleta que integrou o Projecto
Pequim 2008 do C.O.P. até Dezembro de 2006, foi
o vencedor da Maratona de Praga, como tempo de
2.11,49 horas, superando largamente o mínimo
olímpico de 2.13,00 horas. Ornelas correu a
Maratona pela terceira vez, tendo ganho a de Milão
em Dezembro de 2005 e ficado em 15.º lugar na
dos Campeonatos Europeus de Gotemburgo, em
2006. Paulo Gomes terminou em 3.º lugar em
Praga, com 2.12,51, batendo o mínimo olímpico
por nove segundos e melhorando a sua marca pessoal em cerca de três minutos. Estes dois atletas
obtiveram também a qualificação para os
Campeonatos do Mundo de Osaca, que têm início
a 25 de Agosto.
Álvaro Marinho e Miguel Nunes campeões da Europa, em Salónica.
Álvaro Marinho and Miguel Nunes, class 470 European Champions, in Greece.
Natação com 8 Atletas
A Federação de Natação passou a ter oito atletas
no Projecto, um no Nível 3 (Tiago Venâncio), cinco
no Nível 4 (Sara Oliveira e quatro elementos da
Estafeta 4x200 livres) e dois no Nível Qualificado
(Pedro Oliveira e Diogo Carvalho).
Tiago Venâncio ascendeu ao Nível 3, em virtude de ter alcançado a marca de 1:49:02 nos 200
metros Livres e 49:71 nos 100 metros Livres,
durante os Campeonatos do Mundo de Melbourne,
marcas que constituem Mínimos B de participação
nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 em ambas
as provas. Pedro Oliveira, que fazia parte do
Projecto Esperanças Olímpicas, foi integrado como
Qualificado, em virtude de ter alcançado a marca
de 2:00:62 nos 200 metros Costas, nos mesmos
Campeonatos, Mínimo B de participação nos
Jogos de Pequim 2008.
Quer Tiago Venâncio, quer Diogo Carvalho, já
pertenciam ao Projecto Pequim (Nível 4), enquanto
elementos da Estafeta 4x200 metros Livres, pelo
que a partir de agora o número de integrados desta
especialidade baixa de seis para quatro (Adriano
Niz, Duarte Mourão, Fábio Pereira e Miguel Pires)
Diogo Carvalho também passou para o Nível
Qualificado, em virtude de ter alcançado a marca
de 2:02:41 nos 200 metros Estilos, nos
Campeonatos 'Open' de Espanha, que se realizaram
em Cádiz, em Abril, conseguindo o Mínimo B
olímpico.
Sara Oliveira foi integrada no 4º Nível, de acordo com as condições da Grelha de Integração
desta modalidade, em virtude de ter alcançado a
marca de 2:12:61 nos 200 metros Mariposa
durante os Campeonatos do Mundo.
Ana Rente e Diogo Ganchinho
(Trampolins)
Diogo Ganchinho tornou-se no terceiro atleta da
Federação de Trampolins e Desportos Acrobáticos
no Projecto Pequim 2008, no Nível 3, fruto da sua
classificação de 6.º lugar, na prova de Trampolim
Individual, na Taça do Mundo do Kunshan, China,
em Abril de 2007. Por ter ficado em 4.ª na mesma
prova e em 7.ª na Taça do Mundo de Quèbec
(Canadá) Ana Rente foi promovida também ao
Nível 3.
Manuel Campos e Luís Araújo
(Ginástica)
O ginasta Luís Araújo, da Federação Portuguesa de
Ginástica, foi integrado pela primeira vez nos
39
Maio|Junho 2007
olimpo_38-40.qxd
08-07-2007
15:59
Page 40
PROJECTO PEQUIM 2008
Junho de 2007
Projectos Olímpicos, Nível
3, em resultado da sua classificação de 12.º lugar em
Saltos de Cavalo, nos
Campeonatos da Europa da
especialidade, que se realizaram em Amesterdão
(Holanda) em Abril de 2007.
E Manuel Campos regressou
ao Nível 3, após ter-se classificado em 6.º lugar no
Concurso II dos mesmos
Campeonatos Europeus.
K4 feminino sobe
Finalmente, a tripulação de
K4 feminino da Federação
Portuguesa de Canoagem foi
integrada no Nível 3 do
Projecto Pequim 2008 do
Comité Olímpico de
Portugal, a partir de 1 de
Junho, e já confirmou posteriormente estes resultados. A
equipa constituída por Joana
Sousa, Beatriz Gomes, Teresa Portela e Helena
Rodrigues obteve durante o mês de Maio um 5.º
lugar na Taça do Mundo de Zagreb (Croácia) e um
8.º na Taça do Mundo de Szeged (Hungria).
O apoio financeiro à tripulação de K4, que já
figurava no Nível 4 do Projecto desde Abril de
2006, mantém-se de acordo com o contrato anterior, como especialidade colectiva. As quatro atletas foram integradas no Projecto Pequim 2008 a
título individual, somente para efeito de atribuição
de bolsas, verificando-se a entrada de Helena
Rodrigues e a saída de Márcia Costa, relativamente
à composição anterior.
Hélder Ornelas garantiu a
presença nos Jogos ao vencer a Maratona de Berlim.
Hélder Ornelas won the
Berlin Marathon and qualified himself for Beijing
Olympics.
Two more European champs
Two of the Portuguese top athletes and great medals hope for Beijing Games, triathlon athlete
Vanessa Fernandes and sailors Álvaro Marinho and Miguel Nunes, conquered two more European
titles. Vanessa obtained her 4th successive win, confirming the Olympic ranking leadership, and
470 team Marinho-Nunes were boosted to the First Level of the Project, just one week before the
beginning of Cascais' ISAF World Championships.
Vanessa Fernandes got in Copenhagen her fourth European title in a row, beating the Olympic
champion Kate Allen for a 46 seconds margin.
Two other athletes performed very well during June, both climbing to the 2nd place of respective
World rankings, the fencer Joaquim Videira (Epée) and the sailor João Rodrigues (RS:X). Videira
won a Grand Prix in Sydney, Australia, and Rodrigues finished 5th in the European
Championships, in Greece.
In this period of time, four new athletes joined the restrict list of already qualified for Beijing
Olympic Games, all of them from Athletics Federation. Helder Ornelas and Paulo Gomes got their
ticket in the Berlin Marathon, won by Ornelas, and António Pereira e Augusto Cardoso in the
European Race Walking Cup, ran in Leanington, England.
The Beijing Project lost the Football national team, which was beaten by Italy in the Olympics
playoffs, but received a few new names. Diogo Ganchinho and Ana Rente, of Trampoline, entered
in the Level 3, after good results at World Cups in China and Canada. Also the gymnasts Manuel
Campos and Luís Araújo were instated on the same Level 3, after their good performances in the
Amsterdam European Championships.
Finally, the four girls of Canoeing K4 were promoted to Level 3, thanks to two top-8 finishes in
Zagreb and Szeged World Cups.
40
Maio|Junho 2007
Atletas 78
Níveis
TOTAIS
António Pereira
Augusto Cardoso
Hélder Ornelas
Paulo Gomes
João Costa
Manuel V. da Silva
Diogo Carvalho
Pedro Oliveira
Tiago Venâncio
Francis Obikwelu
Rui Silva
Susana Feitor
Naide Gomes
João Vieira
Sérgio Paulinho
Joaquim Videira
Telma Monteiro
João Bruno Faria
Vanessa Fernandes
Álvaro Marinho
Miguel Nunes
Gustavo Lima
Alberto Chaíça
Nélson Évora
Emanuel Silva
Leonel Correia
Pedro Santos
João Neto
João Pina
Nuno Merino
Bruno Pais
Afonso Domingos
Bernardo Santos
João Rodrigues
Ana Cabecinha
Inês Henriques
Luís Jesus
Vera Santos
Joana Sousa
Teresa Portela
Beatriz Gomes
Helena Rodrigues
João Gomes
Manuel Campos
Luís Araújo
Ana Hormigo
Pedro Dias
Luís Pereira
Ana Rente
Diogo Ganchinho
Pedro Fraga
Nuno Mendes
Francisco Andrade
Jorge Lima
Telma Santos
Bruno Neves
Filipe Cardoso
Nuno Vicente
André Parada
Miguel Duarte
Carlos Pinto
Hugo Passos
Sara Oliveira
Adriano Niz
Duarte Mourão
Fábio Pereira
Miguel Pires
Paulo Cerquido
Júlio Seixo
Roberto Rodrigues
Bruno Amorim
Ester Alves
Maria Lima
Frederico Gil
João Pedro Monteiro
João Freitas
José Pedrosa
Pedro Rosas
ATLETISMO
ATLETISMO
ATLETISMO
ATLETISMO
TIRO
TIRO ARMAS CAÇA
NATAÇÃO
NATAÇÃO
NATAÇÃO
ATLETISMO
ATLETISMO
ATLETISMO
ATLETISMO
ATLETISMO
CICLISMO
ESGRIMA
JUDO
TIRO ARMAS CAÇA
TRIATLO
VELA
VELA
VELA
ATLETISMO
ATLETISMO
CANOAGEM
CANOAGEM
CANOAGEM
JUDO
JUDO
TRAMPOLINS
TRIATLO
VELA
VELA
VELA
ATLETISMO
ATLETISMO
ATLETISMO
ATLETISMO
CANOAGEM
CANOAGEM
CANOAGEM
CANOAGEM
ESGRIMA
GINÁSTICA
GINÁSTICA
JUDO
JUDO
TIRO ARMAS CAÇA
TRAMPOLINS
TRAMPOLINS
REMO
REMO
VELA
VELA
BADMINTON
CICLISMO
CICLISMO
EQUESTRE
EQUESTRE
EQUESTRE
EQUESTRE
LUTAS AMADORAS
NATAÇÃO
NATAÇÃO
NATAÇÃO
NATAÇÃO
NATAÇÃO
REMO
REMO
REMO
REMO
REMO
REMO
TÉNIS
TÉNIS DE MESA
TIRO COM ARCO
VOLEIBOL PRAIA
VOLEIBOL PRAIA
1
2
3
4/Q
13
13
23
3
24/5
Q
Q
Q
2
3
Q
Q
3
1
1
1
1
1
1
1
1
1
1
1
1
1
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
3
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
4
olimpo_42.qxd
08-07-2007
16:01
Page 42
REPORTAGEM
Peles vistas à lupa
Um grupo de atletas do Projecto Olímpico Pequim
2008 submeteu-se a um rastreio dermatológico na
Clínica Unimed Cascais, promovido pelo Grupo
Português de Saúde, parceiro do C.O.P.
Participaram nesta iniciativa os atletas Susana Feitor
(Atletismo), Alberto Chaiça (Atletismo), Álvaro Marinho
(Vela), Emanuel Silva (Canoagem), Gustavo Lima
(Vela), João Neto (Judo), Manuel Vieira da Silva (Tiro
com Armas de Caça), Miguel Nunes (Vela), Nelson
Évora (Atletismo) e Nuno Merino (Ginástica).
Coordenado pelo Dr. António Picoto, responsável
pela área de Dermatologia do Grupo Português Saúde,
este rastreio avaliou o estado geral de pele de cada
atleta, com incidência em sinais, manchas ou outros
indícios de problemas dermatológicos. Existe uma
preocupação especial com os atletas de modalidades
com prolongadas exposições ao Sol, particularmente os
das provas mais longas de Atletismo, como a Marcha e
a Maratona, ou os velejadores e remadores que passam
também muito tempo em planos de água, nas horas de
maior intensidade dos raios solares.
Todos os atletas foram pormenorizadamente elucidados sobre os cuidados habituais que devem ter os
praticantes de desporto ao ar livre.
O grupo de atletas do Projecto Olímpico sujeito a rastreio na Clínica Unimed.
Olympic Project athletes who underwent a skin exhamination at Unimed Clinic.
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
Skin check
Ten of the Olympic Project athletes submitted their skin to an
exhaustive examination in the
Cascais Unimed Clinic, under
the protocol of health group
G.P.S. and C.O.P. The athletes
were instructed by Doctor
António Picoto to pay more
attention to the sun rays aggressions and were given some
advice of precautions to consider when playing outdoors
sports.
Miguel Nunes (Vela) e Alberto Chaíça (Maratona) inspeccionados cuidadosamente.
Sailor Miguel Nunes and marathonman Alberto Chaíça carefully inspected.
Comissão de Treinadores do C.O.P. foi eleita
A Comissão de Treinadores do Comité Olímpico de
Portugal foi eleita em reunião presidida por Vicente Moura
e colaborará futuramente com o Departamento de Apoio
ao Projecto Olímpico, tal como previsto no contrato-programa de desenvolvimento desportivo estabelecido com o
Instituto do Desporto de Portugal (I.D.P.).
Os sete membros eleitos para a Comissão de
Treinadores, representando as respectivas Federações),
são Valentyn Melnychuk (Basquetebol), Rui Caçador
(Futebol), Pedro Almeida (Ginástica), Rui Magalhães
(Natação), José Santos (Remo), Fernando Gomes (Ténis
de Mesa) e Luís Nunes (Trampolins). Na primeira reunião,
Luís Nunes foi cooptado presidente da Comissão. Através
deste novo órgão representativo, que alinha junto das já
existentes Comissão Multidisciplinar e Comissão de
Atletas como interlocutores do DAPO, os treinadores das
diversas Federações passam a dispor de um instrumento
de comunicação directo com a coordenação do Projecto
Olímpico, nomeadamente para poderem dar conta de
eventuais dificuldades na execução dos planos de preparação dos atletas dos Projectos Olímpico Pequim-2008 e
Esperanças Londres-2012.
New Coaches Commission
The new Coaches Commission of Portuguese Olympic Committee was elected last month and will serve as a new direct
communication channel for trainers with the coordination of the Olympic Projects. The seven members Commission
chairman will be Trampoline coach Luís Nunes, with the support of Rui Caçador (Football) and Rui Magalhães
(Swimming) in the short executive committee.
42
Maio|Junho 2007
Valentyn Melnychuk, seleccionador de Basquetebol,
eleito para a Comissão de Treinadores.
Basketball national coach Valentyn Melnychuk elected for Trainers Comission.
olimpo_42.qxd
08-07-2007
16:01
Page 43
REPORTAGEM
Prémio Fair Play para a equipa que veio de mais longe.
Young Goa team got the Fair Play Trophy at Pontinha's
tournament.
43
Maio|Junho 2007
olimpo_44-45.qxd
08-07-2007
16:05
Page 44
REPORTAGEM
O presidente do C.O.P. e o atleta Nuno Merino transmitiram os valores olímpicos às crianças de Alcochete.
C.O.P. president and athlete Nuno Merino spread the olympic values through Alcochete's children.
Festa Olímpica
no Dia da Criança
Academia Olímpica de Portugal, através do
seu Núcleo de Setúbal, promoveu um Dia
Internacional da Criança inolvidável para mais
de 1200 crianças do Concelho de Alcochete. Em
colaboração com a Câmara Municipal de Alcochete,
o dia 1 de Junho deste ano foi transformado em
autêntica Festa Olímpica para as crianças do préescolar e do ensino primário do concelho, na
sequência da acção de formação sobre Olimpismo
realizada recentemente naquela vila da margem Sul,
para professores dos ensinos básico e secundário,
dirigentes e animadores desportivos e para estudantes de cursos de Desporto.
A iniciativa traduziu-se num conjunto de activi-
A
44
Maio|Junho 2007
dades físicas envolvendo mais de 1200 crianças e
enquadradas por cerca de 150 professores, animadores e funcionários da autarquia, tendo começado
com um desfile de todos os participantes desde o
largo fronteiro a Câmara Municipal até ao Parque
Desportivo do Valbom.
Depois, ao longo da manhã, realizaram-se uns
autênticos Jogos Olímpicos em miniatura. Desde a
cerimónia de acendimento de uma pira olímpica,
que contou com a colaboração dos atletas olímpicos
Nuno Merino e Joana Pratas, juramentos por um
representante dos "atletas" e por um dos "juízes", largada de pombos, até às provas desportivas, que
incluíram competições de corridas de armados, lan-
çamento do dardo e salto em comprimento com
pesos - tal como as que faziam parte do programa
dos Jogos Olímpicos da Antiguidade.
O presidente do Comité Olímpico de Portugal,
José Vicente Moura, acompanhou todas as cerimónias, agradecendo e incentivando o exemplar interesse da autarquia pela utilização dos ideais e símbolos olímpicos para uma sólida formação desportiva e educacional da juventude alcochetense.
Esta iniciativa mobilizou toda a comunidade
escolar do concelho de Alcochete, tanto do ensino
público como do particular. Além da colaboração da
AOP, contou com o apoio da delegação de Lisboa e
Vale do Tejo do IDP e do Agrupamento de Escolas
olimpo_44-45.qxd
08-07-2007
16:05
Page 45
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
ACADEMIA
Sessão para Membros
em Rio Maior
A cerimónia de abertura seguiu os rituais olímpicos do juramento dos atletas e dos juízes.
Athletes and judges representatives took the olympic oath.
Olympic feast on Children's Day
The Olympic Academy of Portugal organized this year a simulation of Olympic
Games for children under six in Alcochete,
town of Tagus River south margin, in the
Children's Day. 1,200 girls and boys participated in this event. Teachers and Academy
members teach them the olympic values,
friendship and fair play. Some of the children served as referees and judges in the
playground. Athens 2004 Trampoline finalist Nuno Merino and former Olympic sailor
Joana Pratas helped the ceremonies, which
included the simulation of the Olympic
rituals, like the flame lightening or the
Olympic oath, by athletes and judges representatives. All the scholar community of
Alcochete county participated in this initiative. An Olympic show was exhibited in the
city hall during two weeks, also by appointment of Academy and Portugal NOC.
Na I Sessão para Membros da AOP, realizada em
Rio Maior, Vicente Moura dissertou sobre
"Olimpismo e Lusofonia". O presidente do Comité
Olímpico de Portugal referiu-se ao desporto no
seu papel de aglutinador dos povos lusófonos,
num contexto em que o Olimpismo criado por
Pierre de Coubertin tem demonstrado grande
capacidade para se adaptar às aceleradas transformações da sociedade e num quadro em que
os governos de língua portuguesa sublinham a
necessidade de cooperação entre os países da
CPLP nas diversas áreas, incluindo a do desporto.
Vicente Moura sublinhou o facto de o COP ter estado, em 2004, na génese da Associação dos
Comités Olímpicos de Língua Oficial Portugal e de
esse ter sido um passo decisivo para a realização, em Outubro de 2006, dos I Jogos da
Lusofonia, evento que transcendeu a mera competição desportiva, criando laços de amizade e de
confraternização ímpares na história recente.
Manuel Boa de Jesus apresentou o tema "Pequim2008 - Missão Portuguesa", sobre os Jogos da XXIX
Olimpíada e as perspectivas da participação portuguesa.
Outras comunicações apresentadas foram
"Olimpismo e Dopagem", a cargo do director do
Laboratório de Análises e Dopagem de Lisboa, Luís
Horta, "Olimpismo: aspectos jurídicos e institucionais", por Alexandre Mestre, e "O Dia Olímpico", por
Victor Mota, secretário-geral do Comité Olímpico de
Portugal.
Esta comunicação do secretário-geral do COP serviu
sobretudo para elucidar sobre a importância do 23
de Junho para o Movimento Olímpico, sendo feita
perante uma assistência de membros da AOP composta em larga medida por professores e funcionários ou eleitos autárquicos, ou seja, por pessoas
com ligação profissional aos domínios em que com
alguma frequência surgem celebrações espontâneas designadas como dias ou semanas olímpicas.
Mais informação em www.comiteolimpicoportugal.pt
As crianças não se cansaram dos jogos e correrias ao longo de uma
manhã que não devia ser diferente.
Children's Day morning shouldn't be different of usual mornings in
Alcochete, but indeed it was.
de Alcochete. Associada ao evento, esteve patente
até dia 11 de Junho no átrio dos Paços do Concelho
uma exposição temporária sobre a história dos
Jogos Olímpicos modernos, concebida pela
Academia e composta por materiais cedidos pela
AOP, pelo COP e por particulares.
Formação em Alcochete
Algumas semanas antes, já Alcochete fora palco de
uma importante acção de formação olímpica, promovida pela autarquia em colaboração com a
Academia Olímpica de Portugal, dirigida a docentes
dos ensinos básico e secundário, dirigentes e animadores desportivos e formandos do Curso
Tecnológico de Desporto da Escola Secundária
Pluricurricular de Alcochete, num total de 170 pessoas.
O programa incluiu a apresentação de comunicações por Robert Marxen, presidente da Academia
Olímpica Alemã, e dos membros da AOP Rui Costa,
João Paulo Natário e Luís Costa. Robert Marxen
desenvolveu o tema "Educação olímpica para crianças e jovens".
A sessão de abertura foi presidida pelo edil
alcochetense, Luís Miguel Franco, e pelo presidente
da AOP, Sílvio Rafael, tendo comparecido ainda José
Manuel Costa, em representação do presidente do
C.O.P.
Joana Pratas e Nuno Merino na exposição olímpica montada pela A.O.P.
Joana Pratas and Nuno Merino visited the
Olympic Exposition created by A.O.P.
45
Maio|Junho 2007
olimpo_47.qxd
08-07-2007
16:08
Page 47
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
REPORTAGEM
Mariano Barreto, natural de Goa, homenageado na Pontinha.
Tournament paid tribute to football coach Mariano Barreto,
who was born in Goa.
Vicente Moura deu as boas-vindas à jovem selecção de Goa na sede do C.O.P.
Vicente Moura welcome Goa Football Team at C.O.P. headquarters.
Desporto estreita
laços com Goa
selecção de futebol de sub-15 do Estado de
Goa, Índia, foi recebida e obsequiada com
um almoço na sede do Comité Olímpico de
Portugal, em vésperas de participar no Torneio
Internacional Mariano Barreto, organizado pelo
Clube Atlético e Cultural da Pontinha, em Lisboa,
no mês de Junho.
A selecção de Goa realizou um estágio em
Portugal, no âmbito do protocolo de cooperação
entre a Associação de Futebol de Goa e o C.O.P. e a
Faculdade de Desporto da Universidade do Porto.
Tratou-se da segunda equipa indiana a estagiar em
Portugal, dois anos depois da selecção da Índia,
tendo a primeira parte do estágio decorrido em
Guimarães.
A delegação era composta por 19 jogadores e
quatro dirigentes e técnicos.
O presidente do C.O.P., José Vicente Moura, deu
as boas-vindas à equipa goesa e destacou a importância deste intercâmbio, sublinhando o papel do
clube anfitrião e o significado da homenagem ao
treinador Mariano Barreto.
O responsável da delegação, Sávio Messias,
declarou que esta deslocação acrescentou dois
novos "partners", o Vitória de Guimarães e o C.A.C.
Pontinha, ao protocolo de cooperação, que tem
sido fundamental para o desenvolvimento do futebol goês e para o fortalecimento dos laços entre o
território e Portugal.
O presidente do C.A.C. Pontinha, Carlos Filipe,
considerou que a participação da equipa indiana no
A
torneio que se realiza no fim-de-semana constituiu
um "momento histórico" na vida das instituições
envolvidas e manifestou interesse em desenvolver a
cooperação com o C.O.P.
No âmbito do mesmo protocolo, dois jovens
licenciados pela Faculdade de Desporto do Porto
trabalharam em Goa nos últimos dois anos, ajudando a reorganizar o futebol juvenil local.
Prémio Fair Play
O torneio organizado pelo C.A.C. Pontinha e pela
Junta de Freguesia da Pontinha teve em disputa
quatro troféus oferecidos pelo C.O.P. e serviu de
homenagem ao treinador Mariano Barreto, que nasceu em Goa e trabalhou com a Câmara Municipal
de Odivelas, no início da sua carreira.
A equipa de Tenente Valdez derrotou na final a
do clube organizador por 6-4, mas talvez o mais
interessante tenha sido a participação dos goeses.
Perderam por 0-8 com o CAC e por 1-3 com o
Santa Maria, mas venceram com muita dignidade o
Prémio Fair Play. O futebol de Goa está numa fase
de reestruturação, com o forte contributo dos
jovens técnicos portugueses, ao abrigo do mesmo
protocolo, e o próprio Mariano Barreto considera
que "pode vir a tornar-se uma referência para a
Índia", depois de ter visitado o território recentemente.
Vicente Moura realçou que mais uma vez o
Desporto mostra como se "deixa de lado as diferenças culturais e aproxima os povos".
Prémio Fair Play para a equipa que veio de mais longe.
Young Goa team got the Fair Play Trophy at Pontinha's
tournament.
Sports approaching to Goa
For the second time in two years a young football team from
India's former Portuguese territory of Goa trained and played
during three weeks, by appointment of the agreement established between Portuguese Olympic Committee, Oporto
Sports University and Índia Football Association.
This time, Goa's under 15 squad participated in a tournament
hosted by Lisbon club Cultural of Pontinha, paying tribute to
their former coach Mariano Barreto, one of top Portuguese
football coaches who's also a Goan born.
Goa selection couldn't avoid heavy defeats, but observers are
persuaded that they are improving. Portuguese coaches from
Oporto University are working in the territory, under the same
protocol.
Futebol da Índia pode desenvolver-se através dos contactos de Goa com os portugueses.
Contacts of Goa football with portuguese players and
coaches will help India to develop the game.
47
Maio|Junho 2007
olimpo_48-49.qxd
08-07-2007
16:10
Page 48
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
REPORTAGEM
Vicente Moura, autor do Prefácio, céptico com o rumo do Desporto.
Vicente Moura said he's very ceptical about sports' future in Portugal.
Marcelo Rebelo de Sousa fez a defesa da causa do Desporto.
Law Professor Marcelo Rebelo de Sousa defended the cause of Sport.
Professor Marcelo apresentou
"Em defesa do Desporto"
a apresentação da obra "Em Defesa do
Desporto", a qual apelidou de "apelo político", Marcelo Rebelo de Sousa referiu-se em
tom crítico à Lei de Bases da Actividade Física e do
Desporto, afirmando que a divisão, precisamente,
entre actividade física e desporto, que ela preconiza,
"é um pecado mortal, porque uma coisa não se
pode dissociar da outra".
O professor Marcelo Rebelo de Sousa falava na
sede do C.O.P. no lançamento da obra "Em Defesa
do Desporto - Mutações e Valores em Conflito",
coordenada por Jorge Olímpio Bento e José Manuel
Constantino e editada pela Editora Almedina, com o
apoio do Comité Olímpico de Portugal.
"Todas as pessoas deviam ler este livro, a começar pelos governantes. É preciso colocar o desporto
na agenda política, porque é um tema da maior
importância, quando se fala de Educação. O
Desporto é uma boa causa para os nossos tempos",
afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, que considerou
esta obra um primeiro passo muito relevante, que
precisa de uma sequência, inclusive com o recurso
a meios áudio-visuais.
"É preciso não deixar arrefecer este entusiasmo",
reforçou.
O apresentador da obra, praticante diário de
Desporto, fez uma análise do carácter transversal,
universal e secular do desporto, da Antiguidade ao
pós-contemporâneo, defendendo-o como uma
causa civilizacional em várias dimensões, com
por fazer caminhadas regulares, nem que seja na
luta contra a obesidade.
N
48
Maio|Junho 2007
Vicente Moura céptico
especial incidência na sua importância na educação
e no ensino - que considerou subalternizarem em
Portugal esta disciplina fundamental à vida humana.
E concluiu que os diversos ensaios que compõem a obra ajudam a compreender e a estimular a
defesa do desporto, apontando-o como um instrumento fundamental para estudantes, professores e
desportistas em geral - no fundo, todas as pessoas,
mesmo as que abominam o Desporto, mas acabam
Na apresentação do livro coordenado por José
Manuel Constantino e Jorge Olímpio Bento, o presidente do Comité Olímpico de Portugal considerou
que a actual Lei de Bases da Actividade Física e do
Desporto, "muito surpreendentemente, fractura o
conceito integrador preconizado pelas instâncias da
União Europeia, opondo a actividade física à prática
desportiva regular e de alto rendimento".
No seu discurso, Vicente Moura reafirmou que
não se opõe à mudança, "muito pelo contrário,
como atesta o percurso do Comité ao longo da última década", mas declara-se "contrário à estatização
e partidarização do Desporto".
O C.O.P. e o movimento associativo - declarou "olham com cepticismo a deriva errática, conceptual
e legislativa", concluindo que neste milénio pouco
foi acrescentado e "persistem metas por alcançar e
muitas etapas por cumprir, de que são exemplo o
baixo índice de prática desportiva, atestado pelo
Eurobarómetro".
O dirigente olímpico defendeu mais uma vez
um "desporto organizado, competitivo, sustentável, mas respeitador das regras, regulado, mas
nunca estatizado, juridicamente ordenado, mas
nunca amordaçado, fiscalizado como tudo na
coisa pública, mas preservando autonomia ges-
olimpo_48-49.qxd
08-07-2007
16:10
Page 49
José Manuel Constantino e Olímpio Bento com dois dos autores, Autónio Marques e Vítor Serpa.
The two coordinators with two of the authors, Vítor Serpa and António Marques.
port.
tionária e o respeito dos órgãos legitimados".
"Em Defesa do Desporto"
Vicente Moura foi o autor do prefácio da obra agora
publicada, uma colectânea de textos de "reputados
especialistas do sector desportivo", a quem agradeceu por terem sabido associar o C.O.P. a esta produção.
O C.O.P. não teve dúvidas em se associar aos
autores, no quadro do Programa de Apoio à
Produção Editorial, previsto no programa eleitoral
para a XXIX Olimpíada - referiu.
"Em defesa do Desporto - Mutações e Valores
em Conflito" reúne ensaios de múltiplos autores
que olham o Desporto "de modo a revelar a multiplicidade dos seus aspectos e a afirmar a sua valia
pedagógica, cultural e social, antropológica e axiológica".
A edição é coordenada por Jorge Olímpio
Bento, Presidente da Faculdade de Desporto da
Universidade do Porto e da Comissão
Multidisciplinar do C.O.P., e por José Manuel
Constantino, presidente da Oeiras Viva, membro da
Academia Olímpica de Portugal e antigo presidente
do Instituto do Desporto de Portugal.
Os autores vêem o Desporto moderno como
"emanação e expressão dos princípios básicos da
sociedade industrial, tendo como referência cimeira
e estruturante, o princípio do rendimento", tendo-se
transformado numa "pluralidade de motivos e finalidades, de sujeitos e praticantes, de modelos e
cenários", à medida que a própria sociedade evoluiu.
New book "Defending Sports"
Very popular tv politics commentator Marcelo Rebelo de
Sousa presented at C.O.P. headquarters the new book
"Defending Sports", written by several authors and coordinated by former Sports Institute President and member of
Olympic Academy, José Manuel Constantino, and by Oporto
Sports University president Jorge Olímpio Bento.
The preface of this book was written by C.O.P. president, José
Vicente Moura, and the Committee sponsored the edition.
Mr. Rebelo de Sousa said this book is a "political appeal" and
exhorted everybody to bring sports the first line of the social
worries, in order to shorten the sports practice deficit of the
whole country.
Vicente Moura criticized the new Sports Law considering that
it breaks the European Union concept of integration, when it
opposes the general physical activity to the high standards
sports practice.
The event was attended by substantial number of local sports
leaders and personalities.
Os autores
Os autores reunidos neste livro são um conjunto
eclético de pensadores do Desporto lusófono, profissionais de variadas áreas do conhecimento,
transversais ao Desporto:
O Grupo Tágides interpretou oito peças de música renascentista.
Classical music group Tágides played Renaissance pieces.
C.O.P. oferece exemplar
O Comité Olímpico de Portugal vai oferecer um exemplar da obra a cada uma das 90
Instituições Desportivas, que constituem a Assembleia Plenária.
António Marques
Cristina Almeida
Vítor Serpa
Adroaldo Gaya
Maurício Murad
Elsa Pereira
André Seabra
Sidónio Serpa
Fernando Tenreiro
José Maia
José Manuel Meirim
Teresa Marinho
Go Tani
Carla Ribeiro
Paulo Silva
49
Maio|Junho 2007
olimpo_50.qxd
08-07-2007
16:12
Page 50
«
NOTICIARIO
Rio Maior recebe
Prémio Internacional
International award
to Rio Maior
Instalações de Rio Maior merecem reconhecimento do Comité Olímpico Internacional.
Rio Maior Sports facilities got a very prestigious award from I.O.C
FOTOS: CARLOS ALBERTO MATOS
O Complexo Desportivo de Rio Maior obteve o
Troféu IOC/IAKS de Bronze de 2007 que distingue
instalações exemplares para a prática do desporto
e lazer.
O prémio anual é promovido pelo Comité
Olímpico Internacional (COI) e pela Associação
Internacional de Instalações Desportivas e
Recreativas (IAKS).
Com sede em Colónia, Alemanha, a IAKS é a
organização reconhecida pelo COI para os assuntos de instalações desportivas, agregando mais de
mil associados em 110 países.
O Troféu será entregue dia 31 de Outubro em
Colónia, numa cerimónia em que a Cidade
Olímpica portuguesa será representada pelo presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Silvino
Sequeira.
Para a Câmara de Rio Maior, este prémio
significa "a valorização e reconhecimento público
da dimensão conceptual, arquitectónica, funcional
e de gestão das diferentes instalações desportivas".
A classificação de Rio Maior como Centro de
Preparação Olímpica do Comité Olímpico de
Portugal foi um dos factores preferenciais para a
avaliação do júri, a par da relação do complexo
com a cidade e da sua integração em ambiente
escolar, com realce para a parceira com a Escola
Superior de Desporto, bem como da sua utilização
por 57 equipas nacionais de 23 desportos diferentes e por 42 equipas estrangeiras de 30 países.
O prémio é extensivo ao autarca Silvino Sequeira e aos atletas olímpicos da cidade.
Mayor Silvino Sequeira is very proud of his strong group of olympic athletes.
The Sports Complex of Rio Maior
was awarded the 2007 bronze trophy of the IOC/IAKS prize, which
distinguishes the best infra-structure for sports and leisure.
This annual award is sponsored
by International Olympic
Committee e by the International
Association for Sports and
Leasure Facilities.
To the small city of Rio Maior this
award means a "major public
recognition for the conceptual,
architectonic, functional and of
management of several sports
facilities", integrated in the same
complex - the Olympic
Preparation Centre.
The results will be publicly exhibited with extensive documentation at the 20th Congress in
conjunction with the international
trade fair "Amenity Areas, Sports
and Pool Facilities" (FSB) in
Cologne from 31st October to
2nd November 2007. This year
88 designers of 27 countries participated in the competition, and
the jury awarded four gold
medals, four silver and 12 bronze.
Novo Centro Olímpico em Vila Real S. António
O Comité Olímpico de Portugal e a Câmara Municipal de
Vila Real de Santo António assinaram um Protocolo de
Cooperação que institui o Centro de Preparação Olímpica
desta cidade do Algarve (CPOVRSA), tendo como objectivo a
preparação de atletas e a formação de treinadores, dirigentes e
outros agentes desportivos, no âmbito dos Programas
Olímpicos.
O documento assinado pelos presidentes do C.O.P., José
Vicente Moura, e da Câmara Municipal, Luís Soromenho
Gomes, prevê a constituição de uma Direcção Técnica e de
um Departamento Médico, constituído por profissionais a
designar de comum acordo entre as partes.
O Departamento Médico será apetrechado com equipamento cedido pelo C.O.P.
Ao Comité Olímpico compete promover, organizar e coordenar os programas de preparação olímpica, a realizar no
Centro, de acordo com os interesses das Federações, disponibilizar os meios financeiros e humanos necessários, contratar eventuais serviços de apoio e incentivar as Federações e
entidades estrangeiras a utilizarem os meios disponibilizados
pelo CPOVRSA.
A autarquia cede e gere as instalações e assegura a sua
utilização preferencial pelos programas do C.O.P.
Este é o segundo Centro de Preparação Olímpica coordenado pelo C.O.P., a par do de Rio Maior, dispondo das múltiplas instalações desportivas já existentes em Vila Real de
Santo António, com destaque para o Estádio e pista de atletismo e para a Nave desportiva, complexo que será enriquecido
com a construção de um novo Pavilhão Multiusos.
Este Protocolo de cooperação é válido por quatro anos
correspondentes ao ciclo olímpico, podendo ser prorrogado
por períodos sucessivos de igual duração.
New Olympic Centre in Algarve
Portuguese Olympic Committee and the City of Vila Real de Santo António, in Algarve, south of Portugal, signed a protocol to create a new Olympic Preparation Centre, aiming to help athletes and coaches to improve their skills.
The new centre will have a professional technical board and a medical department. This is the second Olympic Centre
coordinated by C.O.P., taking advantage of the multiple sports infra-structure of this south city of mild weather. The city
is now building a new Sports Dome that will enrich the existing sports complex.
50
Maio|Junho 2007
A Nave Desportiva de Vila Real de Santo António.
Vila Real de Santo António Sports Complex.

Documentos relacionados

alvo: pequim - Comité Olímpico Portugal

alvo: pequim - Comité Olímpico Portugal O fenómeno de massas a que temos assistido, tanto internamente como no seio das comunidades lusas radicadas no estrangeiro, com uma exacerbação no limite do racional de um acontecimento que transce...

Leia mais