Português aplicado na EJA 4 - Pedro Furasté

Сomentários

Transcrição

Português aplicado na EJA 4 - Pedro Furasté
RAPIDINHAS GRAMATICAIS
Algumas dicas de
LÍNGUA PORTUGUESA
Prof.: Pedro Augusto Furasté
Existem palavras com dois acentos em
Língua Portuguesa?
SIM
ou
NÃO ?
Existem!!
Existem
médico-cirúrgico
água-de-colônia
mostrá-lo-á
má-fé
pré-história
técnico-científico
histórico-geográfico
pré-império
além-túmulo
sócio-político
Esclarecendo::
Na verdade, não existe VOCÁBULO com dois
acentos; PALAVRA, sim.
Vejamos:
Assim como 54 é um número formado por
dois algarismos, GUARDA-CHUVA é uma
palavra formada por dois vocábulos.
E Agora...
O que há de errado?
O navio inglês entrava no
porto o navio holandês.
O navio inglês entrava no porto o navio holandês.
Não se trata de uma questão de pontuação, mas de
vocabulário !
Entrava não é o verbo entrar no pretérito
imperfeito do indicativo, mas, sim, o verbo
entravar = (trancar, obstruir) no presente
do indicativo.
É o mesmo que dizer:
O navio inglês tranca no porto o navio holandês.
Mais uma curiosidade interessante:
Como pontuar a frase para lhe dar sentido ?
Maria toma remédio e sua
mãe diz ela parece veneno
Maria toma remédio e sua.
sua.
Mãe,, diz ela,
Mãe
ela, parece veneno.
COMO SERÁ POSSÍVEL ?
Uma vírgula resolve o problema:
Um fazendeiro tinha um bezerro e
a mãe do fazendeiro era também
o pai do bezerro.
Um fazendeiro tinha um bezerro e
a mãe, do fazendeiro era também
o pai do bezerro.
Uma frase com três palavras e
Quais são eles?
4 erros !
Se liga Brasil
Se liga Brasil
1 Mistura tratamentos
Se
= terceira pessoa
Liga = segunda pessoa (imperativo)
Se ligue - 3ª pessoa
Te liga
- 2ª pessoa
Se liga Brasil
2 Frase iniciada
com pronome oblíquo
Ligue--se
Ligue
Liga--te
Liga
Se liga Brasil
3 Brasil = vocativo
Vocativo sempre
isolado por vírgula.
Ligue-se, Brasil
LigueLiga--te, Brasil
Liga
Se liga Brasil
4
Falta a pontuação final.
Ligue--se, Brasil !
Ligue
Liga--te, Brasil !
Liga
A SEGUIR...
ALGUMAS
RAPIDINHAS
ANEXO
Quando ANEXO refere-se a um substantivo, ELE
é um adjetivo, portanto deve concordar com
esse substantivo:
Mandei as fotos anexas.
Os cartões vieram anexos.
Porém, se estiver antecedido de em, torna-se uma locução
adverbial e, portanto, invariável:
Mandei as fotos em anexo.
Os cartões vieram em anexo.
ABAIXO-ASSINADO / ABAIXO ASSINADO
Abaixo-assinado = com hífen, é um documento
assinado por várias pessoas.
Os alunos enviaram um abaixo-assinado ao
diretor da escola
Abaixo assinado = sem hífen, é uma expressão
que se refere a alguém que assinou logo abaixo.
O abaixo assinado solicita sua inclusão na lista
dos pretendentes ao cargo.
AONDE / ONDE
Onde = indica em que lugar, dá ideia de
algo estático, ideia de permanência.
• Onde está meu livro? Onde fica o bar?
Aonde = indica para que lugar, dá ideia de
movimento.
• Aonde ele foi? Aonde isso nos levará?
Truque:
Para desfazer a dúvida, se pudermos substituir por
para onde, usaremos aonde.
ACENDER / ASCENDER
Acender significa pôr fogo, ligar algo.
Se o escoteiro acendeu a fogueira, não
precisa acender a luz.
Ascender significa elevar-se, subir.
Ele ascendeu ao cargo de presidente com
muita rapidez.
POR CAUSA DE
Expressão sempre seguida de um substantivo.
• Não fomos para a praia por causa do mau
tempo.
São absolutamente erradas e sem propósito as
formas usualmente encontradas na linguagem
coloquial: por causa que ou por causa de que.
ADENTRO / AFORA ou A DENTRO / A FORA
Atenção: ambas devem ser escritas
palavra só, jamais separadamente.
Entramos mato adentro.
A reunião foi noite adentro.
Nada disse e saiu porta afora.
Sejamos honestos pela vida afora.
numa
SÉRIO / SERIÍSSIMO
O superlativo dos adjetivos terminados por -io, -ia
dobram o i; escrevem-se com ii.
sério - seriíssimo
macio – maciíssimo
sumário – sumariíssimo
próprio – propriíssimo
pio – piíssimo
frio – friíssimo
precário – precariíssimo
provisório - provisoriíssimo
necessário – necessariíssimo
AFIM / A FIM DE
Afim
=
numa
palavra
só,
significa
semelhante, parecido, que possui
parentesco
Almas afins. Matérias afins.
= sempre com o de, indica
finalidade, objetivo, ou estar com
A fim de
vontade de algo.
Veio a fim de ajudar.
Estou a fim de sair contigo hoje.
TÓRAX / TORÁCICO
TÓRAX,
escreve-se com C : TORÁCICO.
Mesmo sendo derivado de
• Sofreu uma forte dor na caixa torácica.
APESAR QUE
Expressão erradamente usada na linguagem
coloquial.
O correto é apesar de ou apesar de que.
Apesar de tudo ter saído como o combinado,
ela não gostou.
Apesar de que tudo tenha saído como o
combinado, ela não gostou.
TU E ELE IREIS / TU E ELE IRÃO
Apenas a primeira maneira: tu e ele ireis.
A concordância correta é feita com a pessoa prevalente, isto
é, a primeira pessoa tem preferência sobre as demais; na
falta da primeira, a segunda tem a preferência.
Eu e tu iremos.
Tu e ele ireis.
Eu, tu e ele iremos. Ele e tu ireis.
Tu e eu iremos.
Tu e nós iremos.
Eu e ele iremos.
Tu, ele e eu iremos.
Nós e ele iremos.
A PRINCÍPIO / EM PRINCÍPIO
A princípio = significa no início, no começo.
A situação, a princípio esteve calma.
Em princípio = significa em tese, hipoteticamente
Em princípio sou favorável à aprovação
do custo.
Não confundir:
Ele ainda estava
carreira,
quando
(no começo)
em princípio de
foi
transferido.
A / HÁ
A
Quando nos referimos a um tempo vindouro,
futuro ou quando indicar distância.
Sairemos daqui a pouco.
Voltaremos daqui a dez dias.
O atirador estava a dez metros.
Há
Quando nos referimos a um tempo passado.
Pode ser trocado por faz.
Saímos daqui há pouco.
O fato aconteceu há dez anos.
ÀQUELE(S), ÀQUELA(S), ÀQUILO
Com acento indicativo de crase sempre que
puderem ser substituídos, respectivamente, por a
este(s), a esta(s), a isto.
O sentido da frase pode alterar-se, devemos levar
em conta apenas a estrutura frasal.
• Dei o livro àquele aluno.
(Dei o livro a este aluno.)
• Referiu-se àquilo com orgulho.
(Referiu-se a isto com orgulho)
• Fez elogios àquela mulher.
(Fez elogios a esta mulher.)
ARROZ
plural?
ARROZES
• As palavras terminadas em –Z fazem o
plural acrescentando –ES:
Portanto:
gravidez - gravidezes
nariz – narizes
perdiz – perdizes
giz – gizes
noz – nozes
cruz - cruzes
ASPIRAL / ESPIRAL
Apenas espiral que tem forma de espira, caracol. Aspiral
é uma palavra que não existe.
•Comprei três cadernos com espirais.
espiral
ASTERISCO
A forma correta é asterisco e nunca asterístico.
•O item foi assinalado com um asterisco.
ATRÁS, ATRASO, ATRASAR, ATRASADO
Cuidado com essas palavrinhas
- são sempre escritas com S.
asterisco
APARTAMENTO
Como abreviar ?
pode ser abreviado de DUAS maneiras:
ap.
ou
Mas nunca
apart.
apto.
BEM-VINDO / BENVINDO
Bem-vindo = é a forma correta.
Bem pede sempre o hífen.
•Bem-aventurado, bem-querer, bem-amado, bem-te-vi, bemvindo...
Benvindo = é usado apenas como nome próprio.
•Tive uma consulta com o Dr. Benvindo de Oliveira no mês
passado.
BENEFICENTE / BENEFICÊNCIA
Apesar da palavra benefício, o correto é beneficente, beneficência
•Estivemos numa festa beneficente.
•Muitos infelizes vivem da beneficência alheia.
AGUAR
• PRES. INDIC.
Eu águo
Tu águas
Ele água
Nós aguamos
Vós aguais
Eles águam
PRES. SUBJ.
Eu águe
Tu águes
Ele águe
Nós aguemos
Vós agueis
Eles águem
BIMENSAL / BIMESTRAL
Bimensal
= é algo que ocorre duas vezes por mês,
quinzenalmente.
•Aquele jornal onde Eduardo mantém sua coluna é bimensal.
Bimestral = é algo que ocorre de dois em dois meses, ou que
dura dois meses corridos.
•A avaliação bimestral foi realizada durante toda a semana
passada.
22 BOM DIA / BOM-DIA
Bom dia = sem hífen, é a saudação, o cumprimento.
Bom dia, disse-lhe ao chegar.
Bom-dia = com hífen, quando substantivado,
antecedido de artigo.
O bom-dia foi respondido com entusiasmo.
ÂNSIA / -ÂNCIA
• ânsia – significa aflição, angústia e se
escreve com S.
• -ância – a terminação sempre deve ser
escrita com C.
constância, ambulância, fragrância,
vigilância, estância, petulância...
CERCADO POR TODOS OS LADOS
Expressão redundante. Cercado já significa por todos os lados.
CHAMPANHA / CHAMPANHE
A grafia correta, em Português, é champanha.
Champanhe é um francesismo (champagne).
E como se trata de uma palavra masculina,
é portanto:
O CHAPANHA.
ÁLCOOL
ÁLCOOIS
ALCOOLS
ÁLCOÓIS
- plural ?
ALCOOLES
ALCOÓIS
ÁLCOOLES
COM NÓS / COM VÓS - CONOSCO / CONVOSCO
Com nós / com vós - está correto o uso e deve ser feito sempre
que nós ou vós forem seguidos de mesmos, próprios, todos ou de
um numeral:
•Ele disse que quer falar com nós dois.
•Quer tratar disso com nós mesmos.
Nos demais casos, usa-se sempre conosco ou convosco.
•Os ingressos ficaram conosco.
•Senhor esteja sempre convosco.
CONSIGO
É um pronome reflexivo.
•Ele fala consigo mesmo.
•A guia trouxe consigo o mapa da região.
Jamais use para significar com você, com o senhor.
•Quero falar consigo agora. (errado)
BASTANTE / BASTANTES
Se modifica substantivo - é adjetivo - concorda
com o substantivo.
Se modifica outra palavra - é advérbio - não
varia, não concorda.
substantivo
Bastante
outra palavra
O TRUQUE É TROCAR POR MUITO:
SE O MUITO VARIAR,
O BASTANTE TAMBÉM VARIA
DESCULPEM A NOSSA FALHA
Absolutamente equivocada essa expressão.
Quem desculpa, desculpa por algo ou por alguma coisa, ou
desculpa alguém de algo ou de alguma coisa. Portanto:
•Desculpem pela nossa falha.
•Desculpem-nos da nossa falha.
DESDE
É uma preposição e significa a partir de.
•Está chovendo desde cedo.
•Estava te esperando desde as dez horas.
Cuidado com a pronúncia.
Freqüentemente vemos a última sílaba ser "separada" e
combinada com um artigo.
Des do meio-dia. Des da última vez.
• Estudamos bastante para a prova.
(Estudamos muito)
• Tenho bastantes razões para afirmar isso.
(muitas razões)
• As crianças estão bastante alegres.
(muito
alegres.)
• Havia bastantes pessoas no palco.
(muitas pessoas)
EIS AQUI
É uma redundância. Eis já significa "aqui está".
•Eis o resultado dos exames.
(E não: Eis aqui o resultado dos exames.)
ENFRENTAR BOAS CONDIÇÕES
Expressão contraditória. Enfrentar denota confronto, embate.
Prefira-se: encontrar boas condições.
ENFRENTAR DE FRENTE
Precisamos enfrentar o problema de frente... É uma redundância.
Se é enfrentar, só pode ser de frente.
Veja a raiz: enFRENTar.
BEM--ME
BEM
ME--QUER / MALMEQUER
Bem-me-quer é escrita separadamente,
com hífen;
Malmequer é escrita juntinho, sem hífen.
• Outras palavras que merecem atenção:
pontapé,
passatempo,
vaivém,
mandachuva,
viravolta,
rodapé
ENTRETANTO / NO ENTANTO
Cuidado no uso. Ou se usa entretanto ou no entanto,
jamais no entretanto.
O jovem estudou muito, entretanto não foi aprovado no
Vestibular.
O jovem estudou muito, no entanto não foi aprovado no
Vestibular.
ESQUECER / ESQUECER-SE
Quem esquece, esquece algo ou alguma coisa;
Quem se esquece, se esquece de algo ou alguma coisa.
Esqueci os óculos.
Esqueci-me dos óculos.
Ninguém esquecerá teu rosto.
Ninguém se esquecerá de teu rosto.
CATORZE OU QUATORZE ?
• Ambas as formas estão corretas.
Da mesma forma que:
COTA/QUOTA
COCIENTE/QUOCIENTE
COTIDIANO/QUOTIDIANO
MAS CUIDADO:
só CINQUENTA e não CINCOENTA
ETC.
Etc. é a abreviatura de et cetera (da expressão latina et coetera) e
quer dizer: e outras coisas. Atualmente pode se referir a coisas ou
pessoas. Antes do etc. podemos colocar vírgula ou não. Será
sempre seguido de ponto, pois se trata de uma abreviatura.
•Os escoteiros levam mantimentos, água, chocolates, etc.
•Acampamos em vales, serras, planícies etc.
FÉRIA / FÉRIAS
Féria = é o dinheiro arrecadado num determinado espaço de
tempo.
• Sua féria diária ultrapassa um salário mínimo.
Férias = é o período legal de descanso.
•Suas férias caem sempre em janeiro.
FIM DE SEMANA
Usa-se sempre sem hífen
•Foi um fim de semana cansativo para todos nós.
Como se lêem
lêem??
cóccix
inexorável / inexoravelmente
FLOREZINHAS
O plural de florzinha é florezinhas.
Para fazer o plural dos diminutivos terminados em -zinho, zinha,
coloca-se a palavra no grau normal, põe-se no plural, troca-se o S
final pelo sufixo -zinhos, zinhas
pãozinho (pão - pães) pãezinhos
colherzinha (colher - colheres) colherezinhas
mulherzinha (mulher - mulheres) mulherezinhas
barzinho (bar - bares) barezinhos
FOI PREVISTO ANTERIORMENTE
Trata-se de uma redundância. Se foi previsto, só pode ter sido
anteriormente.
Tudo saiu conforme o foi previsto.
COMPETIR
É conjugado como o verbo REPETIR
• Da mesma forma são conjugados os verbos:
conferir, conseguir, despir, divertir, mentir,
perseguir, prosseguir, refletir, seguir, sentir,
servir, sugerir, transferir, vestir
FURTO / ROUBO FURTAR / ROUBAR
Furto / furtar = apropriação por alguém de um bem alheio, às escondidas.
O carro foi furtado de dentro do estacionamento.
Durante a exposição foram furtados diversos materiais que estavam
expostos.
Roubo / roubar = pressupõe ameaça, violência, constrangimento.
Houve novo roubo na rodoviária de Porto Alegre.
Assistimos ao roubo da bolsa daquela senhora.
HORA EXTRA / HORAS EXTRAS
Sempre sem hífen.
•Nesse mês recebi poucas horas extras.
A propósito: a pronúncia correta de extra é com o “e” fechado: êxtra e não
éxtra
HORAS / h
A maneira correta de abreviar a palavra horas é: h Observe bem, sem s, sem
ponto e minúsculo. Não se deixa espaço entre o algarismo e a abreviatura.
15h
18h15min
20h
22h30min
Presente do Indicativo
eu repito
tu repetes
ele repete
nós repetimos
vós repetis
eles repetem
eu compito
tu competes
ele compete
nós competimos
vós competis
eles competem
INTERCESSÃO / INTERSEÇÃO /INTERSECÇÃO
Intercessão = vem de interceder e significa intervenção.
Na escola, houve a intercessão da mãe pelo filho.
Interseção = significa cruzamento, corte.
Devemos ter cuidado na interseção de rodovias
movimentadas.
Intersecção = é o mesmo que interseção.
O ponto é a intersecção de duas retas.
INTERMEDIAR
Verbo que deve ser conjugado da mesma forma que odiar.
intermedeio, intermedeias, intermedeia,
intermediamos, intermediais, intermedeiam
CRER
• PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO?
- Igual ao vender
vendi
cri
vendeste
creste
vendeu
creu
vendemos
cremos
vendestes
crestes
venderam
creram
Ela não creu em você, mas eu cri.
LEMBRAR / LEMBRAR-SE
Quem lembra, lembra algo ou alguma coisa.
Lembrei a data de teu aniversário.
Consegui lembrar a matéria da prova.
Quem se lembra, se lembra de algo ou de alguma coisa.
Lembrei-me da data de teu aniversário.
Jamais deixarei de lembrar-me dessa data.
LISTA / LISTRA
Lista = é relação, rol, sequência de nomes.
Você está na lista dos aprovados.
Listra = é faixa, tira.
Pintaram as listras da faixa de pedestres.
Da mesma forma, então, as derivadas:
Listadas = colocadas em listas.
Os nomes dos aprovados foram listados no jornal.
Listradas = composta de listras.
Vestia um pijama listrado.
florzinha: plural ?
1. grau normal - flor
2. plural - flores
3. trocar - S por zinhos / zinhas
florezinhas
MAL / MAU
Mal = é o contrário de bem.
São advérbios, portanto, invariáveis.
Aquela turma só pratica o mal. (o bem)
Minha mãe passou mal o dia de ontem.
(passou bem)
Mau = é o contrário de bom.
São adjetivos, portanto concordam com o termo a
que se referem.
Esse guri sempre foi um mau aluno.
(bom aluno)
Escreveu a carta em mau português.
(bom português)
Lobo mau
pãozinho - pãezinhos
papelzinho - papeizinhos
farolzinho - faroizinhos
colherzinha - colherezinhas
barzinho - barezinhos
mulherzinha - mulherezinhas
MEIO-DIA E MEIA
Está correta a expressão porque nos referimos à meia hora depois do
meio-dia: meio dia e meia hora.
Meio refere-se a dia e meia refere-se a hora. A palavra hora fica
subentendida. Portanto, sempre meio-dia e meia.
MEIO-DIA / MEIA-NOITE
Sempre escritas com hífen.
MEIO / MEIA / MEIOS / MEIAS
A palavra meio pode ser um adjetivo ou um advérbio.
Se estiver modificando um substantivo, será um adjetivo, caso contrário
será um advérbio.
Como adjetivo, concorda em gênero e número com o substantivo que
estiver modificando.
meia garrafa, meia dúzia, meias palavras, meias porções
Como advérbio, fica invariável e pode ser trocado por mais ou menos,
um pouco.
meio adoentada, meio cansada, meio abertos, meio escondida
RÁDIO:
RADIOZINHO / RADINHO
pátio - patiozinho
cárie - cariezinha
colégio - colegiozinho
história - historiazinha
MORDER / PICAR - MORDIDA / PICADA
Morder = deve ser usado apenas para animais que tenham dentes.
O mesmo para Mordida.
Este cachorro mordeu o carteiro.
A mordida da piranha causa muita dor.
Pode-se usar, ainda, DENTADA:
Aquele cavalo deu uma dentada no jóquei.
Picar, Picada = mosquitos, pernilongos, abelhas, escorpiões, aranhas, formigas
não mordem, dão picadas (ou ferroadas); cobras, apesar de terem duas presas,
também picam ou dão picadas.
A picada do mosquito fez avermelhar a perna do escoteiro.
A cascavel picou a guia.
OBRIGADO / OBRIGATÓRIO
Essas palavras exigem a preposição A.
Fomos obrigados a pagar a conta duas vezes.
O exame é obrigatório a todos os motoristas.
CAMISAS ROSA / CAMISAS ROSAS
Adjetivos que indicam cor – concordam com o nome a que
se referem:
Camisas amarelas
Olhos verdes
Paredes brancas
Cadeiras azuis
Sapatos pretos
Unhas roxas
Luzes vermelhas
Blusas verdes
Grades vermelhas
Substantivos que indicam cores – permanecem invariáveis:
Ternos cinza
Sapatos gelo
Gravatas vinho
Sandálias areia
Faixas laranja
Blusas rosa
Paredes violeta
Fardas oliva
PARA EU / PARA MIM
Para Eu = quando o EU exerce a função de sujeito do verbo que o
segue.
Isso é para eu fazer.
Pediu para eu ler a história.
Não deu para eu chegar a tempo.
Da mesma forma com os demais pronomes:
Comprei o vestido para tu usares na festa de final de ano.
Deu o título da redação que é para nós fazermos.
Pediu para tu voltares mais cedo.
Para Mim = nos demais casos. Geralmente encontra-se no final da
frase.
Esse presente é para mim.
Essa blusa não é adequada para mim.
Cuidado quando se tem uma frase com a ordem invertida que nos dá
uma falsa impressão:
Para mim, conhecer teus pais é muito importante.
Nome de cor composto ?
Primeiro elemento
Segundo elemento
NUNCA VARIA
Adjetivo VARIA
Substantivo NÃO VARIA
OLHOS AZUL-CLAROS
UNIFORMES VERDE-OLIVA
BLUSAS AMARELO-ESCURAS
CARTÕES VERDE-MAR
PIORAR MAIS / MELHORAR MAIS
Construções incorretas. Piorar e melhorar não admitem mais ou menos.
É errado dizer que algo precisa melhorar mais ou piorar mais.
Deve-se dizer simplesmente que algo precisa melhorar ou piorar.
PODE / PÔDE
Pode = sem acento é a forma do presente do indicativo.
Pôde = com acento é a forma do pretérito perfeito do indic.
Ele pode sair mais cedo. (presente)
Ele pôde sair mais cedo. (pretérito)
Ele faz o que pode por seu time. (presente)
Ele fez o que pôde por seu time. (pretérito)
Cora Coralina
POETA / POETISA
Isso mesmo. O feminino de o poeta é a poetisa, e não como querem alguns a
poeta. O feminino a poetisa não caiu em desuso e está tão vivo como o feminino
de o profeta que é a profetisa
POR CAUSA DE
Expressão sempre seguida de um substantivo.
Não fomos para a praia por causa do mau tempo.
São absolutamente erradas e sem propósito as formas usualmente encontradas na
linguagem coloquial: por causa que ou por causa de que.
EXCEÇÕES:
São invariáveis:
bege: bolsas bege
turquesa: sandálias turquesa
azul-celeste: camisas azul-celeste
azul-marinho: sapatos azul-marinho
São variáveis:
lilás: camisetas lilases
cáqui: uniformes cáquis
Facultativo:
escarlate: lábios escarlates
lábios escarlate
PROSCREVER / PRESCREVER
Proscrever = significa desterrar, degredar.
Alguns inconfidentes foram proscritos do Brasil para sempre.
Prescrever = significa receitar, ordenar, anular, tornar sem efeito.
Seu mandato prescreve em 90 dias.
O médico prescreveu esse remédio.
RAIO X / RAIOS X
A forma correta é apenas a segunda: RAIOS X
É perigoso submeter-se por muito tempo à exposição de raios X.
REAVER
O verbo reaver é conjugado da mesma forma que o verbo haver, porém apenas
nas formas em que o haver conserve a letra V. Então, no presente do indicativo,
temos:
RESTABELECER / REESTABELECER
Válida apenas a primeira forma.
O novo dirigente do clube levou seis meses para restabelecer as finanças.
RECORDE
Deve ser escrita assim, sem acento: recorde. É uma palavra paroxítona. Record é
inglês. O plural é recordes.
Ayrton Senna bateu vários recordes de velocidade.
RETIFICAR / RATIFICAR
Retificar = significa corrigir, consertar.
Foi preciso retificar o traçado da rodovia em construção.
Ratificar = significa confirmar, homologar.
O resultado foi ratificado pelo juiz.
SEÇÃO / SECÇÃO / SESSÃO / CESSÃO
Seção = significa departamento, setor, segmento, divisão, parte de um todo:
Francisco trabalha na seção de peças usadas.
Secção = significa a mesma coisa que seção.
Sessão = significa o tempo em que um grupo se encontra reunido, assembléia, reunião:
A última sessão dos condôminos durou quase duas horas.
Assistimos à última sessão daquela noite no cinema.
Cessão = é o ato de ceder, doar:
O governo fez a cessão do terreno para a nova fábrica.
SEJE / SEJA
Erro inadmissível, grosseiro e inaceitável esse seje.
O correto é seja.
SOB / SOBRE
Sob = significa debaixo.
Ficou sob a sobra da figueira.
Sobre = significa acima de, a respeito de
O chinelo estava sobre a poltrona.
Falavam sobre o escotismo.
SUBSÍDIO / SUBSISTIR
A pronúncia do S é forte, do mesmo modo como subseqüente, subsolo.
SUCINTO / SUSCITAR
Palavras apenas semelhantes. Cuidado com a grafia de cada uma delas.
Sucinto = quer dizer resumido.
Fez um relato sucinto da viagem realizada pela turma.
Suscitar = quer dizer provocar.
Sua atitude acabou de suscitar muitas dúvidas sobre o assunto.
TODOS OS TRÊS / TODOS TRÊS
Todos os três = emprega-se essa forma antes de substantivo.
Durante as investigações, todos os três rapazes confirmaram a versão do caso.
Todos três = emprega-se essa forma quando não há substantivo depois.
Todos três disseram a mesma coisa.
VAGO / VAZIO
Vago = significa que não está ocupado, que não está preenchido.
O lugar do presidente continua vago.
Nesta sala não há um lugar vago.
Vazio = significa que está oco, que não tem nada dentro.
Tiraram os móveis da sala, ficou tudo vazio.
A garrafa sobre a mesa já está vazia.
VAIVÉM
Escreve-se sempre junto.
Enjoou com o vaivém do balanço do navio.
Cuidado. É claro que podemos encontrar
Uma construção com o verbo vir e o verbo ir :
Ele vai e vem depressa.
VIGER
O verbo viger (estar em vigência) só é conjugado nas
pessoas em que, depois do G, apareça E.
O contrato já está vigendo.
Nosso acordo só vigeu até o mês passado.
Essa lei vige desde 1975.
Cuidado: não existe o verbo vigir.
F