resoluções ufrgs mat 2010

Сomentários

Transcrição

resoluções ufrgs mat 2010
Prof. Regis Cortês
MATEMÁTICA – UFRGS 2010 – RESOLVIDA PELO PROF. REGIS CORTES
Nesta prova serão utilizados os seguintes símbolos e conceitos com os respectivos significados:
lxl:
módulo no número x
i : unidade imaginária
sen x : seno de x
cos x : cosseno de x
log x : logaritmo de x
26. Alguns especialistas recomendam que, para um acesso confortável aos bebedouros por parte de crianças e
usuários de cadeiras de rodas, a borda desses equipamentos esteja a uma altura de 76,2 cm do piso, como
indicado na figura abaixo.
Um bebedouro que tenha sido instalado a uma
altura de 91,4 cm do piso à borda excedeu a
altura recomendada. Dentre os percentuais abaixo,
o que mais se aproxima do excesso em relação à
altura recomendada é:
(A) 5%
(B) 10%
(C) 15%
(D) 20%
(E) 25%
Resolução:
91,4 cm
- 76,2
15,2 excesso
76,2 ------ 100%
15,2 ------ x
x = 19,947
27. A distância que a luz percorre em um ano, chamada ano-luz, é de aproximadamente 38.45 . 512 quilômetros.
A notação científica desse número é
(A) 9,5 . 1010.
(B) 0,95 . 1012.
(C) 9,5 . 1012.
(D) 95 . 1012.
(E) 9,5 . 1014.
Resolução:
38 . 45 . 512 = 19 . 2 . 210 . 512
19 . 211 . 511 . 5 = 95 . 211 = 9,5 . 212
28. Entre julho de 1994 e julho de 2009, a inflação acumulada pela moeda brasileira, o real, foi de 244,15%. Em
1993, o Brasil teve a maior inflação anual de sua história.
Prof. Regis Cortês
A revista Veja de 08/07/2009 publicou uma matéria mostrando que, com uma inflação anual como a de 1993, o
poder de compra de 2.000 reais se reduziria, em um ano, ao poder de compra de 77 reais.
Dos valores abaixo, o mais próximo do percentual que a inflação acumulada entre julho de 1994 e julho de 2009
representa em relação à inflação anual de 1993 é
(A) 5%
(B) 10%
(C) 11%
(D) 13%
(E) 15%
Resolução:
2.000 – 77 = 1923 (Aumento)
77
-------- 100%
1923 -------- x
x = 2497,4
Taxa inflação 1993
2497,4 ------- 100%
244,15 ------ x
x = 9,78 10%
29. A propagação do vírus H1N1, causador da gripe A, foi preocupação mundial em 2009. Quatro meses após a
eclosão dos casos da gripe nos Estados Unidos e no México, foi feita uma avaliação dos danos causados pela
moléstia, com a utilização de dados de 28 países.
Os quadros abaixo, publicados no jornal Zero Hora de 27/08/2009, apresentam os países onde haviam ocorrido
mais óbitos até aquela data e as maiores taxas de mortalidade, por 100 mil habitantes.
A moléstia no mundo
País
Brasil
EUA
Argentina
México
Austrália
Chile
Tailândia
Peru
Canadá
Malásia
Óbitos
557
522
439
179
132
128
119
80
71
69
País
Argentina
Chile
Costa Rica
Uruguai
Austrália
Paraguai
Brasil
Peru
Malásia
Canadá
Taxa de mortalidade*
1,08
0,75
0,67
0,65
0,61
0,61
0,29
0,27
0,24
0,21
Prof. Regis Cortês
Com base nessas informações, é correto afirmar que, naquela data,
(A) o Uruguai havia registrado mais de 70 óbitos.
(B) a taxa de mortalidade no Peru era de 27%.
(C) a população da Austrália era maior que a população do Paraguai.
(D) a população da Argentina era superior a 50 milhões de habitantes.
(E) o Brasil era o país mais populoso dentre os citados.
Resolução: Pela relação de taxas de mortalidade Paraguai e Austrália (iguais), tendo a Austrália maior número
de óbitos conclui-se que ela tem maior população em relação ao Paraguai.
30. O orçamento do Fundo de Amparo ao Trabalhador para 2010 é de 43 bilhões de reais. Um pesquisador
estudou a distribuição desse orçamento e representou o resultado em um gráfico de setores, como na figura
abaixo.
Nesse gráfico, a quantia destinada ao abono para quem
ganha até dois salários mínimos foi representada por um
setor cujo ângulo mede 72°. O pesquisador verificou, então,
que o gráfico não estava correto, pois a quantia destinada
ao abono encontrada na pesquisa superava em 200 milhões
de reais a representada pelo gráfico. Logo, o valor encontrado
na pesquisa para aquele abono foi, em bilhões de reais,
(A) 8,8.
(B) 9,1.
(C) 9,5.
(D) 9,8.
(E) 10,6.
(D) 7.
(E) 8.
Resolução:
43 bi ---- 360°
x
---- 72°
x = 8,6 bi + 200 mil = 8,8 bi
31. O quadrado do número
(A) 4.
é
(B) 5.
Resolução:
(a + b)2 = a2 + 2ab + b2
(
2+
+
+2.
4+2.1=6
)2
.
+2-
(C) 6.
Prof. Regis Cortês
32. O menor número inteiro positivo n para o qual a parte imaginária do número complexo
é negativa é
(A) 3.
(B) 4.
(C) 6.
(D) 8.
(E) 9.
+
-
n=0
n=1
22,5 . 0 = 0°
22,5 . 1 = 22,5°
n=8
n=9
22,5 . 8 = 180°
22,5 . 9 = 202,5°
Resolução:
Z = e . cos o + sen o
sen
Z = en . cos o . n + i sen o . n
<0
+
-
Deve pertencer ao
3° ou 4° quadrante.
= en . cos
. n + i sen
.n
Parte imag.
33. Considere, na figura abaixo, a região sombreada limitada por uma reta e pelo gráfico de uma função
quadrática.
As coordenadas dos pontos (x,y) dessa região verificam
as desigualdades
(A)
(B)
(C)
(D)
(E)
x2 – 4x + 1 y 1 – x .
x2 – x + 4 y 1 – x.
x2 – 2x + 1 y 1 – x.
x2 – 4x – 1 y 1 – x.
x2 – 2x + 1 y 1 – x.
Resolução:
A região hachurada é superior a parábola e inferior a reta.
ax2 + bx + c
x2 – 4x + 1
y
y
ax+ b
-x+1
34. Considere o padrão de construção representado pelos desenhos abaixo.
Na Etapa 1, há um único quadrado com lado 10.
Na Etapa 2, esse quadrado foi dividido em quatro
quadrados congruentes, sendo um deles retirado,
como indica a figura. Na Etapa 3 e nas seguintes,
o mesmo processo é repetido em cada um dos
quadrados da etapa anterior.
Prof. Regis Cortês

Nessas condições, a área restante na Etapa 6 será de
(A) 100 (1/4)5.
(C) 100 (1/3)5.
(B) 100 (1/3)6.
(D) 100 (3/4)6.
(E) 100 (3/4)5.
Resolução: As áreas hachuradas formam uma PG de q = 3/4
PG (100 . 100 . 3/4 , 100 . (3/4)2 , . . . )
an = a1 . q n – 1
a6 = 100 . (3/4)5
35. Na sequência 1, 3, 7, 15, ..., cada termo, a partir do segundo, é obtido adicionando-se uma unidade ao
dobro do termo anterior. O 13° termo dessa sequência é
(A) 211 – 1.
(B) 211 + 1.
(C) 212 - 1.
Resolução:
A sequência é formada por:
2n – 1
21 – 1 = 1
22 – 1 = 3
23 – 1 = 7
(D) 212 + 1.
(E) 213 – 1.
n=1
n=2
n=3
213 – 1 =
n = 13
36. Sabendo-se que os números 1 + log a, 2 + log b, 3 + log c formam uma progressão aritmética de razão r, é
correto afirmar que os números a, b, c formam uma
(A) progressão geométrica de razão 10r – 1.
(B) progressão geométrica de razão 10r – 1.
(C) progressão geométrica de razão log r.
(D) progressão aritmética de razão 1 + log r.
(E) progressão aritmética de razão 101 + log r.
Resolução:
PA a2 = a + a3
2
2 + log b = 1 + log a + 3 + log c
2
4 + 2 log b = 4 + log . c
log b2 = log a . c
b2 = a . c
PG (a, b, c)
q = b/a
PA
r = a2 – a1
r = 2 + log b – 1 + log A
r = 1 + log b/a
log b/a = r – 1
10r – 1 = b/a
37. Um número real satisfaz somente uma das seguintes inequações.
I) log x 0
II) 2 log x log(4x)
III)
26x
Prof. Regis Cortês
Então, esse número está entre
(A) 0 e 1.
(B) 1 e 2.
(C) 2 e 3.
(D) 2 e 4.
(E) 3 e 4.
Resolução:
I) 100
x 0
II) log x2
x
III) x2 + 8
1
log 4x
x2 – 4x
0
2
0
x2 – 6x + 8 0
x' = 2
y” = 4
6x
4
4
0
1
0
4
2
4
Para satisfazer uma inequação apenas o número
deverá pertencer ao intervalo (1, 2)
38. Representando no mesmo sistema de coordenadas os gráficos das funções reais de variável real
f(x) = log
e g(x) = x (x2 – 4), verificamos que o número de soluções da equação f(x) = g(x) é
(A) 0.
(B) 1.
(C) 2.
(D) 3.
(E) 4.
Resolução:
3
0
-1
1
2
-2
39. Sabendo-se que um polinômio p(x) de grau 2 satisfaz p(1) = - 1, p(2) = - 2 e p(3) = - 1, é correto
afirmar que a soma de suas raízes é
(A) 0.
Resolução:
(B) 1.
(C) 2.
(D) 3.
(E) 4.
P(x) = a x2 + bx + c
I) a + b + c = - 1
II) 4a + 2b + c = - 2
III) 9a + 3b + c = - 1
(3 – 1) 8a + 2b = 0
(2 – 1) 3a + b = - 1
2–1
3–1
s = - b = - (-4)
a
1
b = - 4 .1
b=-4
b = - 4a
a=1
s=4
Prof. Regis Cortês
40. As medidas dos lados de um triângulo são proporcionais a 2, 2 e 1. Os cossenos de seus ângulos
internos são, portanto,
(A) 1 , 1 , 1 .
8 8 2
Resolução:
a2 = b2 + c2 – 2 . b . c . cos
(B) 1 , 1 , 1 .
4 4 8
22 = h2 + (1/2)2
12 = 22 + 22 – 2 . 2 . 2 . cos
2
2
h=
h
(C) 1 , 1 , 7 .
4 4 8
cos
4
= 7/8
½
½
=
(D) 1 , 1 , 1 .
2 2 4
+ 22 – 2 . . 2 . cos
cos
=½
(E) 1 , 1 , 7 .
2 2 8
41. O período da função definida por f(x) = sen
(A)
(B)
.
é
Resolução:
.
3x = 2
x=2
3
(C)
.
(D)
.
(E) 2
.
42. O tangran é um jogo chinês formado por uma peça quadrada, uma peça em forma de paralelogramo
e cinco peças triangulares, todas obtidas a partir de um quadrado de lado , como indica a figura abaixo
Três peças do tangram possuem a mesma área. Essa área é
(A) l2 .
16
(C) l2 .
8
(B) l2 .
12
(D) l2 .
6
(E) l2 .
4
Resolução: As áreas 4, 6 e 7 são iguais
Prof. Regis Cortês
A = B x h = l x l = A = l2
2
2
2
8
2
43. O perímetro do triângulo equilátero circunscrito a um círculo de raio 3 é
(A) 18
.
Resolução:
h=9
(B) 20
.
(C) 36.
h=l
=9
l = 18 .
2
(D) 15
.
(E) 38.
= 6
x 3
2l = 18
44. Observe abaixo as planificações de duas caixas. A base de uma das caixas é um hexágono regular;
a base da outra é um triângulo equilátero.
Se os retângulos ABCD e A’B’C’D’ são congruentes, então a razão dos volumes da primeira
e da segunda caixa é:
(A) 1 .
2
Resolução:
(B) 2 .
3
(C) 1.
V1
(D) 3 .
2
(E) 2.
V2
Prof. Regis Cortês
V 1 = AB . h = 6 . l 2
. h
4
V2 = AB . h = (2l)2
h = 4l2
4
4
V2 = l2
V1 = 6 . h . l 2
4
.h
V1 = 6 . h l2
V2
4
2
l
.h
.h
= 6 = 3
4
2
45. Considere um cubo de aresta 10 e um segmento que une o ponto P, centro de uma das faces do
cubo, ao ponto Q, vértice do cubo, como indicado na figura abaixo.
10
A medida do segmento PQ é
X
(A) 10.
(B) 5
.
(C) 12.
(D) 6
(E) 15.
Resolução:
x2 = 102 + (5
)2
x=
=5
46. Um reservatório tem forma de um cilindro circular reto com duas semiesferas acopladas em suas
extremidades, conforme representado na figura abaixo.
O diâmetro da base e a altura do cilindro medem, cada um, 4dm, e o volume
de uma esfera de raio r é
.
Dentre as opções abaixo, o valor mais próximo da capacidade do reservatório,
em litros, é
(A) 50.
(B) 60.
(C) 70.
(D) 80.
(E) 90.
2
Resolução:
VRES = VESF + VCIL
VT = 80
3
VT = 4 r3 + AD .
3
h
. 23 +
VT = 4 .
. 22 . 4
3
80
47. Os lados do quadrilátero da figura abaixo são segmentos das retas y = x + 2, y = - x – 2, y = - 2x + 2
Prof. Regis Cortês
e y = 2x – 2.
(4,6)
A área desse quadrilátero é
(A) 18.
(B) 19.
(C) 20.
(D) 21.
(E) 22.
Resolução: (A)
A1
6
-2
1
A2
A) y = x + 2
y = 2x – 2
x=4
y=6
C) y = 2x – 2
0 = 2x – 2
x=1
B) y = - x – 2
Y = - 2x + 2
x=4
y=-6
D) y = x + 2
0=x+2
x=-2
A=Bxh
2
A1 = 3 . 6 = 9
2
A T = A1 + A2
A2 = 3 . 6 = 9
2
9 + 9 = 18
48. Os pontos de interseção do círculo de equação (x – 4) 2 + (y – 3) 2 = 25 com os eixos coordenados são
vértices de um triângulo. A área desse triângulo é
(A) 22.
Resolução:
Para y = 0
Para x = 0
(B) 24.
(0,0)
(8,0)
(C) 25.
(D) 26.
(E) 28.
6
A = B x h = 8 . 6 = 24
2
2
(0,0)
(0,6)
8
49. O Google, site de buscas na internet criado há onze anos, usa um modelo matemático capaz de entregar
resultados de pesquisas de forma muito eficiente. Na rede mundial de computadores, são realizadas, a cada
segundo, 30.000 buscas, em média. A tabela abaixo apresenta a distribuição desse total entre os maiores sites
de busca.
Sites
Google
Yahoo
Microsoft
Outros
Total
Buscas
21.000
2.700
800
5.500
30.000
De acordo com esses dados, se duas pessoas fazem simultaneamente uma busca na internet, a probabilidade
de que pelo menos uma delas tenha usado o Google é
(A) 67%.
(B) 75%.
(C) 83%.
(D) 91%.
(E) 99%.
Prof. Regis Cortês
Resolução:
Probabilidade de as duas não usarem o Google
PA = 9 . 9 = 9%
30 30
Probabilidade de pelo menos uma usar o Google
1 – 0,09 = 0,91 = 91%
50. Uma urna contém bolas numeradas de 1 até 15. Retirando-se da urna 3 bolas, sem reposição, a
probabilidade de a soma dos números que aparecerem nessas bolas ser par é
(A) 1 .
13
(B) 6 .
13
(C) 28 .
65
(D) 31 .
65
Resolução:
8 números impares
7 números pares
Para soma par temos: P + P + P ou I + I + P
P+P+P
+
I+I+P
= 33
65
(E) 33 .
65