Valorização é uma das maiores Vantagens do Campo Belo

Сomentários

Transcrição

Valorização é uma das maiores Vantagens do Campo Belo
Distribuição Gratuita
Edição 1889 - Março de 2013 - www.videoimovel.com.br
DECORAÇÃO
Peças compactas
para a sua casa
página 04
Valorização é uma das maiores vantagens do Campo Belo
Alguns bairros paulistanos estão na lista dos mais
valorizados por conta das
obras de infraestrutura
que a cidade vem recebendo. Exemplo disso é o
Campo Belo. A chegada
do monotrilho, a construção de um túnel que ligará
a avenida Roberto Marinho à rodovia Imigrantes
e a criação de um parque
linear no entorno, são alguns dos principais motivos desta valorização. De
2007 para cá os imóveis
na região se valorizaram
140%, segundo um estudo
feito pela Geoimóveis.
Quem está no Campo
Belo, está perto de tudo.
Isso porque em poucos
minutos é possível chegar
aos Shoppings Morumbi,
Ibirapuera e Market Place
e também a grandes cen-
Divulgação
Vista aérea do bairro: excelente
localização e infraestrutura completa
tros empresariais, como os
pólos da Luís Carlos Berrini, Nações Unidas e Vila
Olímpia. Importantes vias
cruzam o bairro, como a
Washington Luís, a Avenida Jornalista Roberto Marinho e Avenida dos Ban-
deirantes, facilitando ainda
mais o acesso para quem
vai a outras regiões.
Tudo isso sem perder a
tranquilidade, afinal, o
bairro é também um dos
mais organizados, arborizados e limpos da cidade.
É importante ressaltar que
o bairro está inserido em
uma área estritamente
residencial. O direito em
permanecer assim foi obtido na justiça e desde 2006
o bairro só pode receber
construções residenciais.
Mobilidade – O Campo
Belo que já conta com
uma rede de transporte
coletivo bastante completa tende a melhorar
ainda mais com a inauguração das estações de
metrô
Brooklin-Campo
Belo e Água Espraiada,
que contemplarão os moradores do bairro. Ambas
pertencem à Linha 5-Lilás
e estão em construção.
De acordo com o Plano
de Expansão do Governo
do Estado de São Paulo, a
estação irá melhorar ainda mais a região e valorizar os imóveis. De acordo
com a Secretaria Estadual
dos Transportes Metropolitanos, o preço do metro
quadrado dos imóveis
chega a triplicar com o
anúncio de obras de novas estações.
Divulgação / Panoramic Interests
Estilo
Microapartamentos são
tendência mundial
Atualmente, praticidade é
a palavra-chave em todos
os setores da vida, inclusive
quando o assunto é moradia.
Em alguns países como o
Japão, Estados Unidos, Canadá as habitações pequenas e inteligentes são muito comuns, principalmente
nas metrópoles, onde a
verticalização dos centros
urbanos confere a este tipo
de imóvel a solução ideal
para quem deseja morar
em áreas bem localizadas,
próximas ao trabalho, ao
metrô, com maior infraestrutura urbana em comércio, transporte e lazer.
Nos microapartamentos as
áreas comuns e de convivência são sempre muito
bem pensadas e completas.
A ideia é que o morador
possa ter dentro do condomínio uma ampla gama
de serviços e lazer. Piscina, quadras poliesportivas,
espaço gourmet, salas de
cinema, e até lavanderias
fazem parte do leque de
opções de quem escolhe
um imóvel como esses para
morar.
Os apartamentos com metragens entre 35 m² e 40
m² visam atender a uma
demanda criada por mudanças sociais e demográficas, como a redução do
tamanho das famílias brasileiras. Este tipo de imóvel
atende bem os jovens solteiros, as famílias pequenas
e os idosos.
Além disso, são imóveis
que se valorizam facilmente, devido a facilidade de
comercialização e locação, pois boa parte desses
empreendimentos fica em
bairros bem localizados.
Por este motivo, a ideia
não agrada somente quem
deseja morar em um microapartamento, mas também as pessoas que desejam obter uma renda extra.
Muitos preferem alugar o
imóvel para estudantes, estrangeiros e até executivos,
conseguindo fazê-lo bem
mais rápido do que se estivesse alugando um imóvel
maior.
Tendência – Muitas grandes
cidades estão na tendência
dos apartamentos com-
pactos. De acordo com a
matéria publicada pela BBC
Brasil, o prefeito de Nova
Iorque, Michael Bloomberg,
acredita que o micro apartamento é o futuro inevitável do mercado imobiliário
das grandes metrópoles.
Mesmo havendo uma lei
na cidade que proíbe a
construção de moradias
com menos de 37m² ¬- a
exceção das chamadas moradias sociais – o prefeito
autorizou a execução de
um projeto piloto de cubículos habitáveis. Um concurso foi lançado em 2012
- o “adAPT NYC” - e o micro
apartamento vencedor, um
projeto com 55 unidades
que têm entre 23 m² a 34
m², deve ficar pronto em
2014. Se for bem recebido
pelo mercado e a população, a ideia é que a lei seja
mudada.
Também nos Estados Unidos, a cidade de San Francisco, mudou sua regulamentação, em novembro
de 2012, para reduzir o limite mínimo de tamanho
dos imóveis para 20 m².
expediente
Direção geral:
Valéria Saad
Direção de arte:
Fernanda Correia
Editora e jornalista
responsável:
Fernanda Correia
Mtb n°35.730
Gerente:
Douglas Belarmino
Produção:
Junior Furquim
Financeiro:
Rosangela Reis
Distribuição: Triefe
Tiragem desta
edição: 100.000
Regulamentação:
Lei Municipal n°
14.517, artigo
26, parágrafo 2°
.
Considerando o
dispositivo do inciso
IX do artigo 5°
, da
Constituição Federal, excetua-se da
vedação estabelecida no “caput” deste
artigo a distribuição
gratuita de jornais
e periódicos que se
enquadram na Lei
Federal n°5.250,
de 9 de fevereiro
de 1967. Registro
do jornal: Matrícula
362 em 29/07/2009,
no 4°Cartório de
Registros de Títulos
e Documentos de
São Paulo.
Dúvidas, críticas e
sugestões:
[email protected]
www.
videoimovel.com.br
( (11) 3047-4336
Decoração
Soluções
Fotos: Divulgação
Para deixar os pequenos charmosos
Ideias perfeitas para serem aplicadas nos pequenos espaços
Poltrona
A elegante poltrona
comfort foi desenvolvida pela Teakstore
(www.teakstore.com.br).
Linhas retas e curvas
se contrapõem, trazendo beleza e conforto à
peça. A matéria prima
utilizada é a teca, madeira leve, resistente e
sustentável.
Estante multiuso
Seja para guardar livros ou
vinho, esta estante da Ripa
Design (ripadesign.com) é
perfeita para ambientes
pequenos.
A marca utiliza resíduos de
madeira de serrarias e marcenarias para a produção
de móveis e utensílios, em
parceria com marceneiros
da região serrana do estado do Rio de Janeiro.
Para sentar
Coloridas e divertidas, as Mesottes são mesinhas de madeira produzidas com eucalipto certificado e podem ser
guardadas enfileiradas ou mesmo penduradas na parede.
Outra facilidade no armazenamento das peças é o furo
que possuem no tampo, que possibilita que sejam penduradas.
Tudo bem guardado
Esta peça da italiana
Cappellini Design (www.
cappellini.it) além de bonita
e criativa, não ocupa muito espaço. Trata-se de uma
cômoda sobre rodas, com
gavetas em acrílico de diferentes tamanhos. A pirâmide preta possui 17 gavetas
enquanto que a vermelha
conta com 20.

Documentos relacionados