2013 - Abrapark

Сomentários

Transcrição

2013 - Abrapark
Ano III - N. 10 - Jan/Fev 2013
Revista bimestral da Associação Brasileira de Estacionamentos
2013: crescimento da
economia brasileira garante
boas oportunidades para o setor
Entrevista
Paul Wessel
Estacionamento,
planeta e lucro
6º PRÊMIO
Abrapark em Ação
LISMO
RNA
JO
AL
GUROS D
NZ SE
E
LIA
Abrapark e Universidade
de Roterdã divulgam
resultado de pesquisa
VENCE DORA DO
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 1
1
25/03/2013 20:45:13
2
Parking Brasil - ed 10.indd 2
Parking Brasil
25/03/2013 20:45:14
Editorial
Novo ano, novos desafios. Não deveria
ser assim, necessariamente, porque os
desafios na vida dos empresários e na
trajetória das empresas e organizações
se apresentam a todo momento, mas
o fato é que se costuma, no embalo
dos fechamentos financeiros de cada
final de ano, pensar também que ano
novo é tempo de planejar e recomeçar.
A Abrapark está iniciando 2013 com
este pensamento, e motivada pela
renovação da nossa gestão frente à
entidade, por mais dois anos, até o
final de 2014. Espera-se um 2013 de
muitos desafios e oportunidades para
o setor de estacionamentos no Brasil,
como você confere em nossa matéria
central, em que reunimos opiniões
de economistas e empresários do
setor. E a Abrapark estará atenta a
isso e trabalhando para dar suporte
aos seus associados e parceiros neste
momento-chave para os negócios em
nosso país.
Como sempre, a tarefa de valorizar
a imagem do setor perante os mais
diversos públicos, assim como acontece
em outros países, estará na pauta da
Abrapark. Nesta edição, apresentamos
os resultados da pesquisa realizada
em parceria entre a Abrapark e a
Universidade Erasmus de Roterdã
(Holanda), sobre esta importante
questão. A recente divulgação da
pesquisa anual de preços realizada
pela Abrapark novamente suscitou
muitos pedidos de entrevistas, o que
nos garante mais uma oportunidade
de esclarecer para os meios de
comunicação e para o grande público
que os preços praticados pelos
estacionamentos em todo o Brasil são
o resultado de uma composição cujos
três principais custos são o imobiliário,
o de mão-de-obra e o relativo à
responsabilidade civil.
De 2010, quando assumimos a
entidade, até o final de 2012, quando
nosso primeiro mandato foi encerrado,
foram muitos desafios, muito trabalho
e um incrível crescimento para a
Abrapark. Continuaremos trabalhando
para fortalecer a nossa associação e o
nosso setor ao longo dos próximos
dois anos de gestão, defendendo
a categoria, investindo na sua
capacitação e fomentando negócios.
Cabe aqui um agradecimento especial
aos nossos apoiadores, patrocinadores,
anunciantes, colaboradores da revista,
parceiros e diretoria, que esteve
trabalhando e construindo em conjunto
nos dois primeiros anos de nossa
gestão.
Muito obrigado a todos, e que venham
mais trabalho, mais desafios e mais
crescimento para todos nós.
André Piccoli
Presidente da Abrapark
04
08
09
10
12
15
20
24
28
30
Acontece
Abrapark em Ação
Garagens Incríveis
Tendência
Entrevista
Central: A economia do Brasil e o setor de estacionamentos em 2013
Eventos
Artigo
Vitrine
Agenda
Siga a Abrapark nas redes sociais
Anuncie na Revista Parking Brasil - [email protected]
Fale com a Revista Parking Brasil - [email protected]
Publicação da Associação Brasileira de Estacionamentos - Av. Paulista, 2073 - Horsa I - 3º andar - Cj. 322 - CEP 01311-940 - São Paulo - SP - Fones: +55
11 2172.2120 / +55 51 3286.0011 - www.abrapark.com.br /Presidente: André Luís Kaercher Piccoli / Primeiro Vice-Presidente: Sergio Morad / VicePresidente de Finanças: Marcelo Alvim Gait / Vice-Presidente de Comunicação: Murillo Cerqueira / Vice-Presidente de Assuntos Institucionais: Luiz
Carlos Ihity Adati / Vice-Presidente de Assuntos Jurídicos: Helio Cerqueira Junior / Conselho Consultivo: Nilton Stellin Bagattini, Roberto Naman,
Domingos Marchetti Rios, Germano Areal Lopes Mendes, Jorge Marcos Soares de Novaes, João Alberto Ferrão / Conselho Fiscal: Paulo Guioto
Frascino, Cid Mesquita Garcia Filho, Marcio Augusto Tabet / Diretor Regional Norte/Nordeste: Jorge Marcos Soares de Novaes / Diretor Regional
Santa Catarina: André Luiz Ostermann / Diretor de Estacionamentos Rotativos em Vias Públicas: Adélcio A. Antonini / Diretor do Comitê de
Tecnologia: Gilberto da Silva /Núcleo Administrativo-financeiro: Gilmara Sant’Anna ([email protected]) / Núcleo de Mercado: Patricia Miller
([email protected]) / Comercialização: [email protected]
Produção e Execução: Virtus Jornalismo e Comunicação +55 51 3328.5243 - www.virtusjornalismo.com.br / Jornalista Responsável: Isabel Pacini
Teixeira – MTB 7374/33/11 / Redação: Isabel Pacini Teixeira, Aline Buaes e Gabriela Lontra / Projeto Gráfico: Luíza Protas / Taíssa Bach / Editoração: Luíza
Protas / Fotos: Divulgação / Capa: Alf Ribeiro/Folhapress
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 3
3
25/03/2013 20:45:17
Acontece
Curitiba terá mais um
estacionamento subterrâneo
Aplicativo inédito no Brasil encontra vagas
de estacionamentos em tempo real
Remote Park é um aplicativo para smartphones criado por dois jovens
cientistas da computação de Minas Gerais, que visa ajudar motoristas a
encontrar vagas em estacionamentos privados nas maiores cidades do
Brasil. O projeto, inédito no país, ainda está em fase final de implantação
e, em breve, aceitará o cadastro gratuito dos estacionamentos interessados em aderir à iniciativa. O aplicativo, de download gratuito, indica os
estacionamentos mais próximos a partir da localização do usuário, obtida através de GPS ou de um endereço desejado, divididos em uma lista
ou mapa que inclui informações como vagas disponíveis, horário de funcionamento, tabela de preços, convênios, formas de pagamento entre
outras. Os estacionamentos não pagam nada para usar a versão básica
do sistema, mas os pacotes avançados, que dão acesso a informações
como movimento geral de estacionamentos por região da cidade, serão
cobrados. Mais informações em www.remotepark.com.br.
Um novo estacionamento subterrâneo com 450 vagas
será construído em Curitiba com o objetivo de integrar
o Mercado Municipal e a Rodoviária da cidade. O consórcio vencedor da licitação será responsável pela construção e operação do novo estacionamento e também
pela modernização e operação dos estacionamentos
da Rodoviária e do subterrâneo da Praça Rui Barbosa,
ambos administrados, hoje, pela Urbanização de Curitiba S/A (Urbs). O contrato prevê um investimento de
R$ 32 milhões, com a concessão de exploração dos três
estacionamentos pelo período de 20 anos. Este será
o segundo estacionamento subterrâneo municipal de
Curitiba. O primeiro, da Praça Rui Barbosa, foi implantado em 1997, conta com 189 vagas e passará por uma
remodernização que inclui nova pintura, sinalização, iluminação, novos processos de operação informatizada
e câmeras de monitoramento.
Reduzindo a poluição nos Estados Unidos em 80% até 2050
Segundo pesquisa do Instituto George para Saúde Global, da Austrália, os carros
ecológicos, que usam combustíveis alternativos, podem contribuir para reduzir as
emissões de gases de efeito estufa com deslocamentos diários nos Estados Unidos em 80%, até 2050. Isso diminuiria em mais de 10% a contaminação total que os
Estados Unidos provocam na atmosfera. Segundo o estudo, os carros particulares e
os pequenos caminhões são responsáveis por 17% das emissões nacionais de gases
de efeito estufa.
Valet para bicicletas ganha espaço em São Paulo
Um novo produto criado para atender eventos como feiras, festivais e shows vem sendo oferecido em São Paulo. É o Bike Valet, da Ciclomídia, um serviço gratuito para estacionamento de bicicletas e outros meios de transporte não motorizados que funciona
como uma “chapelaria”. Uma tenda é montada no estacionamento e os ciclistas podem guardar suas bicicletas enquanto participam do evento. Os custos do serviço são
bancados através de patrocínios e apoios. O serviço estreou em 2011 em um evento na
Casa das Rosas, em São Paulo e, desde então, já esteve disponível em diversas feiras,
festivais, exposições e congressos. A boa aceitação deve-se à diminuição do tráfego
no entorno do evento e à segurança e facilidade para o estacionamento das bicicletas.
4
Parking Brasil - ed 10.indd 4
Parking Brasil
25/03/2013 20:45:21
Quando o assunto é estacionamento,
fique com o líder.
Quando você firma parceria para um projeto ou gestão do seu
estacionamento, precisa ter a tranquilidade do melhor serviço.
Com 31 anos, a Estapar é líder na América Latina, administrando
mais de 900 estacionamentos.
Antes de fechar negócio, consulte a Estapar.
www.estapar.com.br
Novo Endereço: Av. Presidente Juscelino Kubitschek • 1830
Itaim Bibi • CEP: 04543-900 • São Paulo/SP
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 5
5
25/03/2013 20:45:22
Acontece
Renault lança “primeiro carro
elétrico popular” por 13,7 mil
euros
No final de 2012, a montadora francesa Renault apresentou o Zoe, primeiro carro popular 100% elétrico do
mundo. O modelo custa a partir de 13,7 mil euros, na
França, graças ao incentivo ecológico do governo, de 7
mil euros. Apesar de não ser exatamente econômico, o
Zoe é muito competitivo quando comparado a outros
modelos elétricos e híbridos vendidos no mundo. Com
apenas 4,10 metros de comprimento, motor de 60kW, o veículo atinge velocidade máxima de 135 km/h. A bateria de íon-lítio permite
autonomia de até 210 Km. O lançamento do veículo na França foi acompanhado de um projeto de investimento do governo francês,
que prevê a instalação de novas estações de recarga de bateria para veículos elétricos.
Digicon cresce 21% em 2012
Mini tablets controlam estacionamento
rotativo em Santa Catarina
A Digicon, de Gravataí (RS), fabricante especializada em tecnologias para automação de processos, fechou 2012 com um crescimento de
21% e faturamento de R$ 69 milhões. De acordo
com a empresa, o resultado positivo foi devido,
principalmente, às áreas de controle de acesso
e soluções para mobilidade urbana. Na área de
controle de acesso, as soluções da Digicon são
referência no fornecimento de catracas e controladoras de acesso para estacionamentos.
Para o mercado de mobilidade urbana, a Digicon fornece controladores de semáforos, sistemas de gerenciamento inteligente do tráfego,
parquímetros e sistemas de bilhetagem. A empresa pertence ao Grupo Digicon, que encerrou
2012 com faturamento de R$ 288 milhões.
Desde janeiro, a Guarda Municipal de Tubarão (SC) está
utilizando aparelhos, conhecidos como palm transit, para
monitorar o uso irregular das vagas rotativas de estacionamento da cidade catarinense. Para utilizar os palm transit,
os guardas municipais receberam um treinamento especial.
O aparelho faz um rastreamento das vagas ocupadas irregularmente num raio de distância de 200 metros de onde o
agente estiver e recebe o sinal enviado pelo parquímetro em
caso de estacionamento irregular. O parquímetro referente
a cada vaga deve ser acionado pelos motoristas em até um
minuto e meio após o veículo ser estacionado. Caso contrário, os agentes recebem um alerta no palm transit e podem
proceder com a fiscalização. O sistema de estacionamento
rotativo de Tubarão abrange 300 vagas.
Carro inteligente espera o dono na porta
Um carro que sai sozinho de uma vaga de estacionamento
e ainda busca seu dono na porta está prestes a se tornar
realidade. Uma nova tecnologia apresentada pela Audi, e que
deve ser implantada nos veículos da fabricante nos próximos
10 anos, permite que o veículo se movimente sozinho graças
a sensores espalhados pela garagem. Eles guiam o carro, que
está conectado em uma rede Wi-Fi. Os sensores mapeiam o
ambiente e evitam colisões com paredes ou outros carros em
movimento. O controle para acionar o veículo é feito por meio
de um aplicativo para smartphone que mostra o local onde está
o veículo e o caminho que ele deverá percorrer para chegar até
o seu dono. O sistema permite, ainda, que o veículo volte para a
vaga e estacione sozinho.
6
Parking Brasil - ed 10.indd 6
Parking Brasil
25/03/2013 20:45:24
Multifrota Brasil apresenta OrionXr
Uma decisão efetiva e inteligente.
Caixa Automático de Pagamentos APS
Para minimizar custos e maximizar lucratividade em instalações profissionais de estacionamentos, você precisa da mais
confiável, avançada e flexível linha de produtos de automação disponível no mundo.
Com distribuição e assistência técnica garantida no Brasil, os equipamentos da linha OrionXr são fabricados com a mecânica de
precisão Suíça e sobre a comprovada tecnologia Orion ZMS. Um sistema de plataforma sólida como rocha, arquitetura modular,
precisão e praticidade na entrega de dados e que se ajustam a qualquer tamanho de estacionamento profissional tornaram a
marca Zeag líder mundial em sua classe.
A Multifrota Brasil é uma empresa brasileira, com sede em São Paulo, constituída recentemente é distribuidora oficial da marca
Zeag no Brasil. Faz parte do grupo Multifrota de Portugal, e está presente em mais de 200 parques instalados com a marca Zeag.
Amigável, inteligente, confiável, direto. Zeag - controle total.
MULTIFROTA BRASIL AUTOMAÇÃO LTDA.
Rua Arandu, 205 – cjto. 1210 – Edif. Berrini Business Center
Brooklin Novo – SP/SP CEP 04562-030
Tels.: +55 11 2386-5006/07
Janeiro/Fevereiro
7
www.multifrotabrasil.com.br
/ [email protected]
Parking Brasil - ed 10.indd 7
25/03/2013 20:45:24
Abrapark em Ação
Abrapark e Erasmus divulgam resultado da pesquisa
Políticas de estacionamento: uma visão única e coerente?
Por Giuliano Mingardo*
Ter o enfoque justo ao abordar a questão
dos estacionamentos é uma tarefa extremamente difícil para governantes e dirigentes públicos. Como representantes
do setor de estacionamentos, devemos
ajudar os dirigentes públicos nesta difícil
tarefa. Mas como fazer isto? Um primeiro passo poderia ser fornecer a eles o
conhecimento necessário sobre estacionamento e políticas de estacionamento.
Na realidade, muito frequentemente,
discussões sobre estacionamento são
dominadas por sentimentos e emoções
ao invés de fatos e números. Esta não é a
maneira correta de se fazer política e nós
deveríamos tentar mudar isto.
A fim de ajudar os dirigentes públicos, o
setor de estacionamentos deve fornecer
a eles informações coerentes sobre os
estacionamentos e seu funcionamento
dentro do contexto urbano. A questão é:
o setor de estacionamentos está pronto
para passar esta mensagem? O setor possui uma visão abrangente e coerente para
vender aos governantes? Estamos todos
de acordo? Por exemplo, estamos todos
de acordo que estacionamento gratuito
não existe? Estamos todos de acordo sobre como utilizar as receitas provenientes
das taxas de estacionamento?
Para responder estas e outras questões, a
Universidade Erasmus de Roterdã, da Holanda, em parceria com a Abrapark, realizou ao longo de 2012 uma pesquisa online
sobre a percepção dos problemas do estacionamento urbano, entre todos os níveis
de profissionais envolvidos com o setor.
Os participantes preencheram um questionário online e entre os principais temas
abordados estavam questões como:
• Preços de estacionamento;
• O papel do estacionamento na atratividade das áreas urbanas;
• Estacionamento em áreas residenciais;
• O papel do estacionamento no tráfego
urbano;
• Utilização das receitas obtidas com estacionamento;
• O futuro do estacionamento (políticas).
É importante destacar que o objetivo
desta pesquisa é simplesmente examinar
o consenso entre os especialistas sobre
questões relacionadas com políticas
de estacionamento, a fim de identificar
tópicos sobre os quais não há consenso.
Neste ponto, provavelmente novas discussões serão necessárias, a fim de fornecer aquela mensagem coerente aos
dirigentes públicos. O objetivo da pesquisa não é julgar se as percepções estão
certas ou erradas, mas simplesmente
medir se existe ou não consenso dentro
do setor de estacionamentos.
Resultados
Os resultados da pesquisa sugerem
que, neste momento, ainda há pouco
acordo sobre os principais aspectos
das políticas de estacionamento entre os profissionais do setor no Brasil.
Abaixo um breve resumo:
• Não há acordo sobre o fato que visitantes e/ou trabalhadores e/ou residentes devem pagar pelo estacionamento;
• Não há acordo sobre o efeito da precificação do estacionamento. As pessoas
estão conscientes do preço a ser pago?
Como elas reagem se o preço muda?
• Não há acordo sobre se, no futuro, os
preços dos estacionamentos devem ser
calculados com base no tempo exato de
permanência e/ou relacionados com a categoria de emissão de poluentes do veículo;
• Há consenso sobre o papel do estacionamento na atratividade de um negócio
ou centro de compras;
• Há consenso sobre o papel estratégico do estacionamento na mobilidade
urbana e no tráfego;
• Há consenso relativo sobre como utilizar as receitas provenientes das taxas de
estacionamento, exceto no caso em que
o dinheiro deve ser usado para alimentar
o orçamento geral da cidade.
E agora?
O que estes resultados sugerem? Ainda
há necessidade de se discutir e esclarecer algumas questões fundamentais.
Em outras palavras, o setor de estacionamentos deve dar uma resposta clara
para questões como:
• Quem deve pagar pelo custo do estacionamento?
• O preço do estacionamento deve estar relacionado com a compatibilidade
ambiental do veículo?
• Podemos usar as receitas provenientes do estacionamento para construir
escolas ou parques na cidade?
Provavelmente será preciso um longo
tempo até que o setor de estacionamentos esteja de acordo em todas estas questões, e provavelmente nunca
haverá um acordo total. No entanto,
acredito que seja nossa função e papel,
como setor de estacionamentos, ter
uma mensagem forte para os governantes e políticos que seja apoiada pelo
maior número possível de membros do
setor. Se falharmos nisto, não conseguiremos facilitar o trabalho dos dirigentes públicos em relação a decisões
sobre estacionamento.
*Pesquisador sênior e professor do Departamento de Economia Regional, Portos e Transportes (RHV) da Universidade Erasmus de
Roterdã e fundador da Academia de Gestão da Mobilidade (www.eur.nl/mma)
8
Parking Brasil - ed 10.indd 8
Parking Brasil
27/03/2013 14:35:20
Garagens Incríveis
“The Wave”:
design inovador
e sustentabilidade
“The Wave” recebeu o prêmio de Estacionamento Inovador do Ano 2012, concedido pela National Parking Association
(NPA), dos Estados Unidos, reconhecendo o projeto por sua inovação, excelência e melhores práticas. Localizado em
Atlantic City, Nova Jersey, o empreendimento reúne uma série de elementos
inovadores e únicos, assim como uma
combinação de uso misto do estacionamento, que abriga também um amplo
espaço comercial térreo de 4 mil m2. Com
1180 vagas, o estacionamento oferece
letreiros luminosos em lâmpadas LED,
telas metálicas coloridas, um enorme
painel solar e diversas outras práticas sus-
tentáveis, como uma leitora para pagamentos automáticos e seis estações de
recarga para veículos elétricos. O espaço
faz parte de uma iniciativa da Prefeitura
para revitalização do centro da cidade,
a fim de estabelecer um ambiente mais
ativo no setor comercial de Atlantic City.
O escritório de arquitetura Timothy Haas,
responsável pelo projeto e especializado
em estacionamentos, trabalhou ao lado
da Prefeitura a fim de planejar e desen-
volver um estacionamento de uso misto
para apoiar as crescentes necessidades
de vagas na região, que possui diversos
restaurantes, prédios residenciais, hotéis
e centros de convenções, além de contribuir com novos espaços comerciais para
servir o bairro. O “The Wave”, cuja localização estimula os usuários a caminharem pela região, reduzindo o número de
veículos circulando pelas ruas, tornou-se
também uma atração na cidade.
Abrapark em Ação
Diretoria da Abrapark
é reeleita até 2014
O presidente da Abrapark, André Piccoli, continuará à frente da entidade por mais dois anos, junto aos seus diretores e conselheiros. A eleição ocorreu no início de 2013 e o novo mandato vai até 31 de dezembro de 2014. Conheça a nova nominata:
DIRETORIA EXECUTIVA
Presidente: André Luís Kaercher Piccoli
Primeiro Vice-Presidente: Sergio Morad
Vice-Presidente de Finanças: Marcelo Alvim Gait
Vice-Presidente de Comunicação: Murillo Cerqueira
Vice-Presidente de Assuntos Institucionais: Luiz Carlos Ihity Adati
Vice-Presidente de Assuntos Jurídicos: Helio Cerqueira Junior
CONSELHO CONSULTIVO: Nilton Stellin Bagattini, Roberto Naman, Domingos Marchetti Rios, Germano Areal Lopes Mendes,
Jorge Marcos Soares de Novaes, João Alberto Ferrão
CONSELHO FISCAL: Paulo Guioto Frascino, Cid Mesquita Garcia Filho, Marcio Augusto Tabet
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 9
9
25/03/2013 20:45:29
Tendência
Cidade do México conquista
Prêmio de Transporte Sustentável
Uma das iniciativas de destaque foi a implantação do
estacionamento rotativo EcoParq
Bicicletas, áreas para pedestres, novas
linhas de ônibus e um programa de estacionamento rotativo transformaram a
Cidade do México, uma das capitais mais
populosas do planeta e, até bem pouco
tempo atrás, uma das mais problemáticas
áreas urbanas da América Latina, em uma
das cidades mais sustentáveis do mundo.
No início de 2013, a capital mexicana recebeu o Prêmio Internacional de Transporte Sustentável, concedido anualmente
pelo ITDP - Institute for Transportation
and Development Policy (Instituto de
Políticas de Transporte e Desenvolvimento), sediado em Nova York. A premiação,
feita anualmente desde 2005, ocorreu
durante o 92º Transportation Research
Board, que aconteceu em Washington
DC, nos Estados Unidos, entre 13 e 17 de
janeiro. O Rio de Janeiro também foi lembrado na premiação como bom exemplo
internacional e recebeu menção honrosa
pelo lançamento do seu primeiro corredor de Bus Rapid Transit (BRT), sistema
de transporte coletivo de alta capacidade
que utiliza corredores exclusivos.
Os méritos da Cidade do México incluem
iniciativas realizadas ao longo de 2012 que
garantiram e melhoraram a mobilidade e
a qualidade de vida dos seus cidadãos.
Entre elas, a expansão do sistema de
transporte público Metrobus, que hoje
liga em modo expresso o centro histórico ao aeroporto, criando a mais extensa
linha de BRT da América Latina. A expansão do EcoBici, sistema de aluguel de bicicletas que já é sucesso mundial, incluiu 90
novas estações para um total de 1200 novas bicicletas para aluguel em circulação.
A revitalização de espaços públicos, principalmente no centro da cidade, incluiu
medidas como proibir totalmente a circulação de carros em algumas regiões, li-
10
Parking Brasil - ed 10.indd 10
berando espaço para ônibus e pedestres.
Os vendedores de rua também foram
alojados em novos centros comerciais,
para liberar as vias de pedestres. Assim,
a administração municipal da Cidade do
México conseguiu, em poucos anos, mudar radicalmente a orientação da cidade,
valorizando espaços abertos e pedestres,
ao invés de veículos e transportes. Em
2011, uma pesquisa feita pela IBM em 19
capitais do mundo, incluindo Pequim, na
China, e Nairóbi, no Quênia, posicionou
a Cidade do México em último lugar na
avaliação sobre tráfego rodoviário, níveis
de estresse da população e tempos de
deslocamentos urbanos. “Eles mudaram
fundamentalmente a direção e a visão da
cidade, e muito disto ocorreu em 2012”,
afirmou Walter Hook, presidente do
ITDP, uma organização não governamental internacional que atua junto a cidades
para melhorar a qualidade de vida urbana. Hook acredita que está aumentando
constantemente a consciência sobre a
importância da mobilidade urbana e do
transporte sustentável. “A cada ano encontramos mais e mais prefeituras que
realizam mudanças dramáticas para realmente retomarem as suas cidades”, afirma o presidente do ITDP.
Parking Brasil
25/03/2013 20:45:32
ecoParq: estacionamento
rotativo sustentável
A implantação de um programa completo de estacionamento público em alguns bairros estratégicos
da Cidade do México foi outra das iniciativas de
sucesso realizada pela administração municipal ao
longo de 2012. Esta já é a segunda vez consecutiva
que o ITDP reconhece os benefícios de um programa municipal de estacionamento na sua premiação
anual. Em 2012, a cidade norte-americana de São
Francisco já havia sido premiada pela implantação
do seu bem sucedido SFPark, sistema de gerenciamento de estacionamento público com preços
variáveis de acordo com a demanda e com informações online em tempo real sobre disponibilidade de
vagas para estacionar, acessível via mensagens de
texto ou aplicativo em smartphones. Neste ano, um dos destaques da cidade vencedora da premiação foi justamente o seu programa de estacionamento rotativo,
o ecoParq, que implantou parquímetros para gerenciar milhares de vagas em ruas
da cidade que anteriormente eram tomadas por flanelinhas, tendo sido muito bem
aceito pela população. Os residentes dos bairros onde se encontram os parquímetros são isentos do pagamento pelo estacionamento. Dos recursos gerados pelo
programa, 30% são direcionados para melhorias do espaço público diretamente
nos bairros onde estão os parquímetros que geraram aquela renda. Um Comitê de
Transparência, formado por membros da comunidade junto com departamentos da
Prefeitura, decide o destino exato dos recursos, que podem ser usados para melhorar
a iluminação das ruas, reformar as calçadas, parques ou praças da região. Em uma avenida do bairro Polanco, um dos primeiros a receber os parquímetros, os moradores
decidiram, por exemplo, implantar bancos e jardins ao longo das calçadas.
Rio de Janeiro recebe
menção honrosa
Entre os premiados pelo ITDP, quatro cidades receberam menção honrosa por
seus esforços em construir uma mobilidade mais inteligente e sustentável ao
longo de 2012: Bremen (Alemanha), Lviv
(Ucrânia), Rosário (Argentina) e Rio de
Janeiro (Brasil). A Cidade Maravilhosa foi
lembrada pelo lançamento de seu primeiro corredor BRT, o Transoeste, que já recebeu aprovação de 90% dos usuários desde
a sua inauguração, em junho de 2012. O
corredor liga a Barra da Tijuca a Santa Cruz
e Campo Grande e possui 56 km de extensão e 64 estações, com intervalo, entre os
ônibus, de aproximadamente um minuto
e meio. Calcula-se que o novo sistema beneficie diariamente 220 mil pessoas, que
reduziram pela metade seu tempo de médio de viagem.
www.fbbseguros.com.br
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 11
11
25/03/2013 20:45:37
Entrevista
Estacionamento,
planeta e lucro:
um trinômio possível
Fundado em 2009 por profissionais de estacionamento empenhados em reposicionar os seus negócios
e a indústria, de forma a tornarem-se parte da solução para os problemas de urbanização e de
degradação do meio ambiente enfrentados pelas cidades, o Green Parking Council é uma organização
sem fins lucrativos, com foco no desenvolvimento e na dispersão de práticas verdes na indústria
de estacionamentos. Confira a entrevista exclusiva concedida à revista Parking Brasil pelo diretor
executivo da entidade, Paul Wessel:
Como nasceu o Green Parking Council?
O Green Parking Council é uma organização norte-americana
sem fins lucrativos, de desenvolvimento e dispersão de
práticas verdes na indústria de estacionamentos e ao
redor dela. Em 2009, sob a bandeira “Parking, Planet
and Profit” (“Estacionamento, Planeta e Lucro”), os
fundadores da entidade, verdadeiros visionários do setor de
estacionamentos, desafiaram a si próprios e a sua indústria a
pesquisar, a debater, a chegar a um consenso sobre as maneiras
como os estacionamentos podem ser ativos rentáveis e,
ao mesmo tempo, ajudar a “curar” o planeta. Essa ideia se
espalhou como fogo, capturando a paixão e a imaginação dos
profissionais do setor imobiliário e proprietários de imóveis,
operadores de estacionamentos, profissionais da área de
tecnologia, fabricantes de automóveis e engenheiros. Alguns
deles já tinham uma preocupação de longa data sobre o
planeta e estavam ansiosos para encontrar uma comunidade
profissional que buscasse unir essa preocupação com o seu
negócio; outros foram levados pela oportunidade de crescer
em um novo segmento de mercado; e
muitos viram isso como uma
oportunidade
de
transformar
um
ativo que é frequentemente subutilizado. Todos os envolvidos
viram o papel crescente que o ambiente construído tem tido
para sustentar as gerações futuras e o planeta.
É possível aliar estacionamentos com planeta e lucros?
Fundamental para o nosso trabalho é promover modelos
de negócios sustentáveis, isto é, modelos de negócios que
promovam a sustentabilidade e que sejam em si mesmos
rentáveis. Ao construir o nosso programa levando em conta
tanto o aspecto da oferta como o da demanda da indústria de
estacionamentos, estamos criando estacionamentos para as
próximas gerações.
De que forma o Green Parking Council atua para expandir
práticas verdes em estacionamentos?
O GPC trabalha na intersecção de estacionamento, construção
verde, tecnologia limpa, energia renovável, infraestrutura
de redes inteligentes, planejamento urbano e mobilidade
sustentável. Buscamos o estacionamento como um elemento
de conexão entre as pessoas e os lugares para aonde elas estão
indo, pois garagens são realmente estações de transferência
entre locais e formas de transporte. Procuramos, então,
maximizar os modos de mobilidade das pessoas, incluindo
aqui carros, bicicletas, transporte público, compartilhamento
de automóveis, compartilhamento de bicicleta, caronas e
caminhadas.
Como funcionam os programas de Certificação e
Credenciamento do Green Parking Council?
Ambos os programas surgiram a partir de uma rede de mais
12
Parking Brasil - ed 10.indd 12
Parking Brasil
25/03/2013 20:45:37
Entrevista
Paul Wessel
de 200 voluntários que identificaram 50 diferentes facetas
de práticas de gestão de estacionamento, programas e
tecnologias que podem contribuir para a sustentabilidade de
um estacionamento. O Programa de Certificação está prestes
a ser lançado em fase de testes, período em que iremos
calibrar o modelo de certificação levando em conta garagens
existentes e reconhecidas como “verdes”. Além disso, durante
seis meses também estaremos buscando as contribuições de
especialistas e do público que estará testando o Programa de
Certificação.
A indústria de estacionamentos no Brasil é nova e o país está
passando por um momento econômico muito positivo. Os
empresários brasileiros do setor estão prontos para investir
na conversão de seus estacionamentos em estruturas mais
sustentáveis?
Preços mais elevados da gasolina e uma regulamentação
ambiental mais séria levaram a Europa a uma maior
consciência de sustentabilidade, mas à medida que o mundo
fica mais “plano” e que as empresas de estacionamento,
design e engenharia se tornam mais globais, as diferenças
vão sendo reduzidas. Economias em rápido desenvolvimento
como a China, o Brasil e a Índia aprenderam com os erros de
desenvolvimento da Europa e dos Estados Unidos. No Brasil,
a ênfase no transporte sustentável é inspiradora. Acredito
que os empreendedores brasileiros começarão com uma
expectativa maior de desempenho no que se refere aos ativos
de estacionamentos.
O senhor participou recentemente do evento anual
“Transforming Transportation” (Transformando os
Transportes), em Washington, junto com centenas de
grandes pensadores da China, Índia, Rússia e América
Latina. O setor de estacionamentos foi contemplado nas
discussões?
O evento confirmou que as pessoas de todo o mundo estão
percebendo a importância dos estacionamentos. O prefeito
de Quito (Equador), Jorge Albán, salientou: “Se mantivermos
as tendências atuais de propriedade do carro, vamos acabar
tendo que estacionar na lua.” O expert alemão em clima
e transportes, Daniel Bongart, argumentou que “valores
arrecadados em estacionamentos, taxa de congestionamento
e leilões de placas são fundamentais para o financiamento
dos transportes sustentáveis”. Também ouvimos sobre
como resolver o problema de quem viaja e de quem quer
estacionar em Hangzhou, na China, que tem o maior sistema
de empréstimo de bicicletas do mundo. Hoje são 240.000
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 13
Wessel: estacionamentos sustentáveis e
auto-rentáveis no foco do Green Parking Council
viagens por dia e mais de 60.000 bicicletas com sistema RFID,
e a previsão é que se chegue, em 2020, em 175 mil bicicletas. O
prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, enfatizou que em
cidades onde as ruas e os estacionamentos são controlados,
a mudança nos transportes pode acontecer rapidamente.
Ele está trabalhando com prefeitos de grandes metrópoles
do mundo para reduzir as emissões de carbono e aumentar
a eficiência energética em todo o mundo. À medida que a
indústria de estacionamentos se une para ajudar a transformar
os estacionamentos em solução, as pessoas estão percebendo
a nossa contribuição.
As diversas formas de transporte sustentável podem
expandir a mobilidade, evitando congestionamentos,
poluição do ar e a dependência de combustíveis importados.
Mas o desafio para solucionar todas estas questões ao redor
do mundo é grande. É viável?
O desafio é grande e é nosso, como o presidente do Banco
Mundial, Jim Yong Kim, explicou: “Se as coisas forem mal,
quando o meu filho de três anos chegar a minha idade os
oceanos serão 150% mais ácidos, os recifes de coral terão
desaparecido, a pesca estará completamente comprometida
e todos os dias a guerra por comida e as brigas por água
ocorrerão em algum lugar do mundo”. Trabalhar a questão
dos transportes é parte da responsabilidade moral que temos
com as cidades de hoje e com as futuras gerações.
O Green Parking Council atua além dos Estados Unidos?
Iniciamos a nossa jornada no continente norte-americano,
com foco nos Estados Unidos e Canadá, mas nos encontramos
cada vez mais em discussão com profissionais da África do
Sul, Austrália, Alemanha, México e América Latina. Com toda
certeza, esperamos aprofundar essas negociações.
13
25/03/2013 20:45:38
14
Parking Brasil - ed 10.indd 14
Parking Brasil
25/03/2013 20:45:38
Central
A economia
do Brasil
e o setor de
estacionamentos
em 2013
Levi Bianco/Brazil Photo Press/Folhapress
As expectativas são positivas,
conforme especialistas e
operadores do setor
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 15
15
27/03/2013 14:35:22
O que os brasileiros devem esperar da economia em 2013? Como as empresas devem
se preparar para este ano que começa? A
fim de responder essas e outras dúvidas,
a Parking Brasil procurou economistas e
especialistas, além de ouvir diretamente
alguns empresários do setor de estacionamentos. A crise econômica na Europa e a
expectativa de reajuste fiscal nos Estados
Unidos são fatores externos que não podem ser ignorados em uma análise econômica do Brasil e das expectativas para
2013. Mas, quando o discurso se foca no
mercado interno, a opinião dos economistas é positiva, já que 2013 tem tudo para
ser um ano de retomada gradual da economia do país.
Para o presidente da Ordem dos Economistas do Brasil, Manuel Henriquez Garcia, as expectativas para 2013 são muito
positivas, apesar de não serem “ótimas”.
Os setores de comércio e serviços estão
entre os que mais se beneficiarão da situação econômica geral. “O crescimento da
economia no Brasil em 2012 foi baixo, com
o PIB chegando a 0,9%, enquanto em 2011
tivemos 2,7% e, em 2010, 7,5%, número muito acima do padrão brasileiro. Esse sobe e
desce não ajuda o empresário a olhar para
o futuro”, afirma Garcia, que é também
professor do Departamento de Economia
da Universidade de São Paulo (USP). Segundo ele, para os empresários é importante que a economia cresça de modo estável, a fim de encorajar novos projetos de
investimentos. “O governo prevê crescimento de 4,5%, mas entre os economistas
o número mais confiável é 3%”, acrescenta
Garcia, destacando que o setor industrial,
por exemplo, que teve retração de 2,8%
em 2012, deve crescer a uma taxa de 3,1%
em 2013, alavancando todo o resto da economia em conjunto. “Se o crescimento
do país se mantiver nesta taxa de 3% ao
longo dos próximos meses, os setores
de serviços, comércio e telecomunicações sentirão um forte incremento na demanda”, declara,
festejando a expectativa
de um bom período para
estes setores, estimulados pelo momento positivo do
mercado de
trabalho
e dos
baixos níveis de desemprego entre os jovens brasileiros.
A expectativa positiva também é compartilhada pelos analistas do Instituto
Brasileiro de Economia (IBRE), da Fundação Getúlio Vargas, cujos indicadores de
confiança traçam um cenário de recuperação gradual do crescimento da economia
no Brasil em 2013. “No lado empresarial,
embora não esteja tão elevada quanto
no momento posterior à saída do país da
crise de 2008/09, a confiança sustenta-se
em patamar moderado, com expectativas
que indicam possibilidade de retomada
suave de investimentos na medida em
que o ritmo da economia se acelere. Este
cenário apresenta muitos riscos, mas
o aumento do otimismo dos segmentos ligados ao investimento
na virada do ano pode ser lido como
um primeiro sinal de ventos um pouco mais favoráveis ao crescimento em
2013”, afirma o analista econômico
do IBRE, Aloísio Campelo Jr.
Para o economista e diretor da
Volkin Investimentos, Igor
Moraes, a perspectiva é de
uma recuperação lenta da
economia, com a sensação de negócios começando a tomar corpo
somente a partir do
segundo trimestre de 2013. Moraes salienta
o fato de
o Brasil
ainda
manter
16
Parking Brasil - ed 10.indd 16
viva a memória de 2010, quando registrou
um crescimento acima da média, de 7,5%
ao ano. “Esse número não se repetirá.
Comparativamente a 2012, 2013 será um
ano de transição, com o Brasil saindo de
um período de aceleração da economia”,
avalia Moraes. “Há um cenário de retomada lenta em 2013, que será um ano de
recuperação, com índices de crescimento
dentro da média histórica brasileira, que
sempre ficou entre 2,8% e 3% ao ano”, explica o economista.
Parking Brasil
25/03/2013 20:45:43
Mercado
Mercado
de trabalho
de trabalho
x modelo
x modelo
de de
consumo
consumo
Um dos
Um principais
dos principais
fatores
fatores
positivos
positivos
apontados
apontados
pelospelos
economistas
economistas
é a boa
é a situação
boa situação
do mercado
do mercado
de trabalho
de trabalho
e doseíndices
dos índices
de jovens
de jovens
entreentre
18 e 24
18 anos
e 24 anos
empregados.
empregados.
Segundo
Segundo
análise
análise
do IBRE,
do IBRE,
as baixas
as baixas
taxastaxas
de desemprego
de desemprego
projetadas
projetadas
para opara
começo
o começo
de 2013,
de 2013,
com acom
ajuda
a ajuda
do novo
do novo
saláriosalário
mínimo,
mínimo,
contribuirão
contribuirão
para manter
para manter
a renda
a renda
real em
real em
elevação
elevação
e sustentarão
e sustentarão
o consumo
o consumo
no curto
no curto
prazo.prazo.
“Os “Os
jovensjovens
entram
entram
no mercado
no mercado
de trabalho
de trabalho
com com
muitas
muitas
pos- possibilidades.
sibilidades.
Hoje só
Hoje
não
sótrabalha
não trabalha
quemquem
não quer”,
não quer”,
afirma
afirma
o presidente
o presidente
da Ordem
da Ordem
dos Economistas
dos Economistas
do Brasil,
do Brasil,
ex- explicando
plicando
que, mesmo
que, mesmo
com com
salários
salários
baixos,
baixos,
estesestes
jovens
jovens
têm acesso
têm acesso
a crédito
a crédito
e financiamentos,
e financiamentos,
o queo aumenta
que aumenta
o consumo
o consumo
de produtos
de produtos
e serviços
e serviços
no Brasil.
no Brasil.
“Estamos
“Estamos
vendovendo
aumentar,
aumentar,
por exemplo,
por exemplo,
o consumo
o consumo
de carros
de carros
e e
motocicletas,
motocicletas,
com as
com
cidades
as cidades
e estradas
e estradas
brasileiras
brasileiras
cada cada
dia mais
dia mais
congestionadas”,
congestionadas”,
afirmaafirma
Garcia,
Garcia,
acrescentando
acrescentando
que esta
que situação
esta situação
positiva
positiva
deve deve
se manter
se manter
por mais
por mais
dois dois
ou três
ouanos,
três anos,
“garantindo
“garantindo
um público
um público
que alavanca
que alavanca
a eco-a economia”.
nomia”.
Segundo
Segundo
análise
análise
do IBRE,
do IBRE,
a previsão
a previsão
para 2013
para é2013 é
que aque
renda
a renda
média média
anual dos
anual
brasileiros
dos brasileiros
cresça, em
cresça,
termos
em terreais,mos
3,9%.reais,
Números
3,9%. Números
que, aliados
que,com
aliados
a manutenção
com a manutenção
de
baixode
desemprego,
baixo desemprego,
poderãopoderão
turbinarturbinar
o poderoaquisitivo
poder aquisitidas famílias
vo das efamílias
sustentar
e sustentar
o aumento
o aumento
real do consumo.
real do consumo.
No
entanto,
No entanto,
Manuel Henrique
Manuel Henrique
Garcia alerta
Garcia
que
alerta
a grande
que adigrande
ficuldade
dificuldade
do governo
do governo
do Brasil
do é,
Brasil
justamente,
é, justamente,
manter
manter
as as
taxastaxas
de crescimento
de crescimento
sem endividar
sem endividar
aindaainda
mais as
mais
famílias
as famílias
brasileiras.
brasileiras.
GarciaGarcia
defende
defende
que oque
governo
o governo
mudemude
o foco
o efoco e
invistainvista
mais em
maisobras
em obras
de infraestrutura
de infraestrutura
em parceria
em parceria
com com
o setor
o setor
privado,
privado,
únicoúnica
modoforma
de favorecer
de favorecer
de modo
de modo
real oreal o
crescimento
crescimento
da economia.
da economia.
AsAs
expectativas
são
expectativas
são
positivas,
conforme
positivas,
conforme
operadores
dodo
setor.
operadores
setor.
Acompanhe:
Acompanhe:
Internacional
CriseCrise
Internacional
Dentre
os problemas
econômicos
internacionais
que mais
Dentre
os problemas
econômicos
internacionais
que mais
podem
o Brasil,
crise
na Europa
é o mais
podem
afetarafetar
o Brasil,
a crisea na
Europa
é o mais
grave.grave.
Sua solução
será empurrada
os países
Sua solução
será empurrada
para para
2013, 2013,
com com
os países
europeus
sofrendo
desaceleração
e apresentando
europeus
sofrendo
forte forte
desaceleração
e apresentando
situações
consideradas
gravíssimas,
é o caso
situações
consideradas
gravíssimas,
comocomo
é o caso
da da
Espanha.
Segundo
análise
do Instituto
Brasileiro
de EcoEspanha.
Segundo
análise
do Instituto
Brasileiro
de Eco(IBRE),
da Fundação
Getúlio
Vargas,
o prolongado
nomianomia
(IBRE),
da Fundação
Getúlio
Vargas,
o prolongado
período
de baixo
crescimento
da economia
mundial
período
de baixo
crescimento
da economia
mundial
elevaeleva
as incertezas
os desdobramentos
da europeia.
crise europeia.
as incertezas
sobresobre
os desdobramentos
da crise
“Os dados
confirmam
área
do Euro
estárecesem reces“Os dados
confirmam
que aque
áreaa do
Euro
está em
são novamente,
comtrimestres
dois trimestres
consecutivos
de consão novamente,
com dois
consecutivos
de condoAs
PIB.
As previsões
para
os próximos
trimestres
traçãotração
do PIB.
previsões
para os
próximos
trimestres
também
nãoanimadoras.
são animadoras.
Segundo
o presidente
também
não são
Segundo
o presidente
do do
Central
Europeu,
Draghi,
a economia
BancoBanco
Central
Europeu,
MarioMario
Draghi,
a economia
se re-se recuperará
apenas
a partir
do segundo
semestre
de 2013”,
cuperará
apenas
a partir
do segundo
semestre
de 2013”,
explica
a economista
Matos,
do IBRE.
nos Estados
explica
a economista
Sílvia Sílvia
Matos,
do IBRE.
Já nosJáEstados
Unidos,
há a possibilidade
de iniciar
2013 iniciar
comforte
um forte
Unidos,
há a possibilidade
de 2013
com um
reajuste
medida
que pode
restrições
no dereajuste
fiscal,fiscal,
medida
que pode
gerargerar
restrições
no desenvolvimento
do setor
exportador
brasileiro.
senvolvimento
do setor
exportador
brasileiro.
“Para“Para
2013, 2013,
reduzimos
a previsão
de crescimento
da economia
reduzimos
a previsão
de crescimento
da economia
ame- amede para
2,3% 1,5%.
para Sem
1,5%. dúvida,
Sem dúvida,
o maior
ricanaricana
de 2,3%
o maior
risco risco
para para
os refere-se
EUA refere-se
fimmedidas
das medidas
de estímulos
os EUA
ao fimaodas
de estímulos
fiscaisfiscais
no início
de 2013,
qual pode
reduzir
no início
de 2013,
a qualapode
reduzir
signifisignificativamente
cativamente o o
crescimento
durante
o ano”,
explica
crescimento
durante
o ano”,
explica
Sílvia.Sílvia.
Janeiro/Fevereiro
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 17
Marcelo Alvim Gait, presidente do
Sindepark-SP
ICO Estacionamentos
Hélgio e daTrindade
Filho,
gerente de produtos
Digicon
“As perspectivas
para 2013da
são
as melhores
possíveis,
uma
vez
que
acreditamos
que os
“Em nosso segmento, de estaestacionamentos
parte
da infraescionamentos fazem
rotativos
públicos,
trutura
de
viabilidade
para
qualquer
tipo de
acreditamos que o mercado está
projeto
ou
empreendimento.
O
momento
em franca expansão. Cremos que
atualadodemanda
Brasil é reconhecido
no mundo
por esta solução
se todo
como especial. Além do ‘boom’
imobiliário, as copas
das Confededeve principalmente
ao aumento
rações
e
do
Mundo,
as
Olimpíadas
e
demais
eventos
propiciam
expressivo dos veículos em circulação em todas as cidades,
e
um
cenário
perfeito
para
inserirmos
nossa
atividade
num cono decorrente problema de estacionamentos nas vias públicas,
texto
de evolução
e modernidade.
Este anoà mobilidade
teremos muitas
assim
como
ao aumento
dos projetos voltados
oportunidades
de ampliar
nossoseventos.
horizontes.
A atividade de
urbana
em decorrência
dos grandes
No segmento
estacionamento
passou
a
estar
inserida
em
muitos
contextos
de estacionamentos públicos, o investimento em soluções
como
prioridade
e
não
mais
como
um
‘apêndice’
dos
com tecnologia será a única forma de atender com melhorprojetos. A evolução
tecnológica
tem
sistemas
softwares
qualidade
e eficiência
o aumento
datrazido
demanda,
pois oecusto
de o
gestão
e controles
de acesso cada
vez mais
eficazes,
para
investimento
em infraestrutura
é muito
maior
e mais propiciando
uma
melhor
automação
do
setor
como
um
todo. A
complexo. A perspectiva de um ano com mercado aquecido
mesma
evolução
é
sentida
nas
estruturas
das
empresas,
exige uma qualificação nos serviços e nas soluções a serem que
estão mais
comprometidas
clientes
e fornecedores.
oferecidas,
para
a obtenção decom
umaseus
maior
eficiência
nos reVale lembrar que os processos de contratação, seleção e treisultados.”
namentos também têm propiciado uma relevante melhora na
qualidade de nossa mão-de-obra.”
Marcelo Alvim Gait, presidente do
Sindepark-SP e da ICO Estacionamentos
Paulo Bomfim, gerente comercial da
“As perspectivas para 2013 são as meNepos Sistemas de Controle e Automação
lhores possíveis, uma vez que acredi“A
expectativa
da Nepos parafazem
o setor de
tamos
que os estacionamentos
estacionamentos
é dedeum
considerável
parte da infraestrutura
viabilidade
aumento
da demanda,
principalmente
para qualquer
tipo de projeto
ou em- na
indústria
de
shopping
centers,
nosso
preendimento. O momento atual do Brasil é reconhecido
no principal
segmento
de
atuação,
que
continua
mundo todo como especial. Além do ‘boom’ imobiliário, as
em plena
expansão
País, come previsão
copas das Confederações
e do Mundo,
as no
Olimpíadas
dede eventos
inauguração
de quase
50 novos
empreendimentos
mais
propiciam
um cenário
perfeito
para inserir- em
2013.
É também
um crescimento,
pontual,
mos
nossa
atividadeesperado
num contexto
de evolução porém
e moderniem
todos
os
outros
setores
atendidos
pela
Nepos,
especialdade. Este ano teremos muitas oportunidades de ampliar
mentehorizontes.
em terminais
aeroportuários
e rodoviários
e complenossos
A atividade
de estacionamento
passou
esportivos,
devido
à Copa
das Confederações,
neste
a xos
estar
inserida em
muitos
contextos
como prioridade
e ano,
e
do
Mundo,
em
2014.
Para
se
preparar
para
este
ano,
não mais como um ‘apêndice’ dos projetos. A evolução será
preciso buscar
eficiência
por meio
da inovação,
com pesquitecnológica
tem trazido
sistemas
e softwares
de gestão
e
sa e desenvolvimento
em meios de
controles
de acesso cadade
veznovas
mais tecnologias
eficazes, propiciando
pagamentos
e integração
às empresas
geração
de beneuma
melhor automação
do setor
como umde
todo.
A mesma
fícios,
promoções
e
fidelização
de
clientes.
As
empresas
evolução é sentida nas estruturas das empresas, que estão deverão
ser mais competitivas,
nos custos
mais
comprometidas
com seusatravés
clientesdae redução
fornecedores.
de lembrar
mão-de-obra
e matéria-prima,
ter capital eseleção
ousadiae para
Vale
que os
processos de contratação,
aproveitar astambém
oportunidades
do mercado,
oferecer mesoluções
treinamentos
têm propiciado
uma relevante
eficientes
e
seguras
com
equipamentos
robustos
para
o uso
lhora na qualidade de nossa mão-de-obra.”
contínuo e intensivo e dispor de capacidade em atendimento de serviços em todos os níveis.”
17 17
25/03/2013 20:45:46
Javier
da Park
Help
JavierAndres,
Andres,diretor
diretor
da Park
no
Brasil
Help
no Brasil
“O
está
muito
ativo.
Teremos
“Osetor
setor
está
muito
ativo.
Temudanças
corporativas
e
comerremos mudanças corporativas
ciais.
Novos players
fusões de
e comerciais.
Novose players
e
grandes
operadores
posicionamfusões de grandes operadores
-se
no setor com
um foco
posicionam-se
no setor
com mais
um
moderno,
onde
os
estacionamenfoco mais moderno, onde os estos vão além de
um
mero
carros.de
Novas
tacionamentos
vão
além
de depósito
um mero de
depósito
carculturas
e
visões
nas
operações
de
estacionamentos
ros. Novas culturas e visões nas operações de estaciobuscam melhorar
nível dososerviços
usuários.
namentos
buscam omelhorar
nível dosaos
serviços
aosÉ
uma
mudança
de
tendências,
com
foco
no
usuário
usuários. É uma mudança de tendências, com foco noe
não só enonão
veículo,
soluções soluções
mais sustentáusuário
só nobuscando
veículo, buscando
mais
veis
e
com
forte
atuação
sobre
a
gestão
negócio.
sustentáveis e com forte atuação sobre ado
gestão
do
Os empresários
devem ter
consciência
de que o de
innegócio.
Os empresários
devem
ter consciência
vestimento
na
instalação
não
é
um
custo,
e
sim
uma
que o investimento na instalação não é um custo, e
necessidade.
Investimentos
não podem
serpodem
feitos apesim
uma necessidade.
Investimentos
não
ser
nas
em
situações
limite;
devem
ser
planejados
e orienfeitos apenas em situações limite; devem ser planejatados
em busca em
da melhoria
conforto
ao usuário
dos
e orientados
busca da do
melhoria
do conforto
aoe
da
sustentabilidade
do
seu
estacionamento.
Só
assim
usuário e da sustentabilidade do seu estacionamento.
poderão
prestar um
melhor
seus clientes
Só
assim poderão
prestar
umserviço
melhoraos
serviço
aos seuse
tornar
a
operação
mais
rentável.”
clientes e tornar a operação mais rentável.”
André Piccoli,
Piccoli, presidente
presidente da
da
André
Abrapark
e do
Sindepark-RS,diretor
diretorda
da
Abrapark
e do
Sindepark-RS,
Park
Estacionamentos
SafeSafe
Park
Estacionamentos
“2013
da consolidação
“2013
seráserá
umum
anoano
da consolidação
de
de
grandes
projetos
no Brasil.
A prograndes projetos no Brasil.
A proximiximidade
da do
Copa
do Mundo,
o merdade
da Copa
Mundo,
o mercado
cado imobiliário
e adevenda
imobiliário
aquecidoaquecido
e a venda
carde
carros
novos,
que
deve
continuar
ros novos, que deve continuar crescendo, trazem
excecrescendo,
trazem excelentes
oportunidades
o noslentes
oportunidades
para o nosso
setor. Novaspara
empresas
so
setor.
Novas
empresas
de
tecnologia
e
suprimentos
de tecnologia e suprimentos iniciam atuação em nosso
iniciam atuação
emabrindo
nosso mercado
emopções
2013, abrindo
mercado
em 2013,
o leque de
para oso
leque
de
opções
para
os
empresários
em
termos
de proempresários em termos de produtos e preços. Será
um
dutos
e
preços.
Será
um
ano
de
muitas
possibilidades
ano de muitas possibilidades para a nossa atividade, mas
para precisamos
a nossa atividade,
mas ainda
precisamosdo
desetor
uma
ainda
de uma maior
conscientização
maior conscientização
do setor
público sobre a imporpúblico
sobre a importância
dos estacionamentos
como
tância
dos
estacionamentos
como
uma
das soluções
uma das soluções para a mobilidade dos
grandes
centros
para a mobilidade dos grandes centros urbanos”.
urbanos”.
Manuel
Pinheiro,
presidente
Manuel
Pinheiro,
presidente
do
do Multifrota,
Grupo Multifrota,
distribuidor
Grupo
distribuidor
oficial
oficial Zeag
da marca
Zeag no Brasil
da marca
no Brasil
mercadodede estacionamentos
estacionamentos
“O “O
mercado
conta
com
cerca
de
500shoppings
shoppings
conta com cerca de 500
funcionamento
Brasil,estiestiem em
funcionamento
nonoBrasil,
mando-se
a
abertura
de
50
novos
mando-se a abertura de 50 novos
shoppings
a cada ano.
obshoppings a cada ano.
Temos observado
um Temos
crescente
servado
um
crescente
interesse
dos
maiores
operadointeresse dos maiores operadores brasileiros na área
resempreendimentos
brasileiros na áreade
degrande
empreendimentos
de
porte e por de
issogrande
acreporte
e
por
isso
acreditamos
que
2013
é
o
ano
do ‘salto
ditamos que 2013 é o ano do ‘salto à frente’. Chegamos
à frente’.
Chegamos
um ano no
Brasil e
há
menos de
um ano há
no menos
Brasil ede
esperamos
ultrapasesperamos
ultrapassar
o
valor
de
R$
10
milhões
de fasar o valor de R$ 10 milhões de faturamento em 2014.”
turamento em 2014.”
18
18
Parking Brasil - ed 10.indd 18
Sergio
vice-presidente
da Abrapark
SergioMorad,
Morad,
vice-presidente
da
eAbrapark
presidente
da
Multipark
e presidente da Multipark
“O
dede
veículos
im“Oaumento
aumentoda
dafrota
frotanacional
nacional
veículos
pulsionou
a demanda
por vagas
grandes
impulsionou
a demanda
por nos
vagas
nos
centros
atraindo aatraindo
atenção
grandesmetropolitanos,
centros metropolitanos,
de
empresários
de
outros
setores,
deixando
a atenção de empresários de outros setoores,
mercado
mais
concorrido,
principalmente
deixando
o mercado
mais
concorrido,
em
licitações públicas
e grandespúblicas
concorrênprincipalmente
em licitações
e
cias. Isto redundougrandes
na redução
das
margens
de
lucro
do
seconcorrências. Isto redundou na
tor, quedas
também
vemde
sofrendo
o aumento
dos principais
redução
margens
lucro docom
setor,
que também
vem socustos com
fixos,ocomo
aluguel,
e mão-de-obra.
mercado
frendo
aumento
dos seguro
principais
custos fixos, O
como
aluestá seguro
aquecido,
com demanda
e mais
capitalizado,
guel,
e mão-de-obra.
O crescente
mercado está
aquecido,
com
com novos
investidores.
Por
consequência,
cada
vez mais
demanda
crescente
e mais
capitalizado,
comestá
novos
investidoprofissionalizado.
As
empresas
estão
investindo
mais
em
infrares. Por consequência, está cada vez mais profissionalizado.
As
estrutura,estão
segurança
e tecnologia.
contratantes segurança
estão mais
empresas
investindo
mais emOs
infraestrutura,
e demandando
maior
eficácia
gestão operacional
eexigentes
tecnologia.
Os contratantes
estão
maisna
exigentes
e demane
administrativa
do
negócio.
Visualizamos
para
2013
um
mercadando maior eficácia na gestão operacional e administrativa
do
amadurecido,
onde
obterão
êxito
empresas
que
definitivado negócio. Visualizamos para 2013 um mercado amadurecido,
mente
profissionalizarem
a gestão
de seus negócios.
A tendênonde
obterão
êxito empresas
que definitivamente
profissionacia é que
o negócio
fique
restritoAatendência
poucas empresas,
porém
lizarem
a gestão
de seus
negócios.
é que o negócio
grandes
e
experientes.
Em
um
mercado
cada
vez
mais
profisfique restrito a poucas empresas, porém grandes e experiensionalizado,
as
barreiras
de
entrada
aumentaram.
Empresários
tes. Em um mercado cada vez mais profissionalizado, as bare investidores
interessados
em entrar
no segmento
devem proreiras
de entrada
aumentaram.
Empresários
e investidores
incurar parceiros
experientes,
de modo
a reduzir
riscos.
Quanto
teressados
em entrar
no segmento
devem
procurar
parceiros
aos empresários
que ajáreduzir
atuam riscos.
no setor,
entendemos
que 2013
experientes,
de modo
Quanto
aos empresários
obrigará
as
empresas
a
otimizarem
sua
gestão
operacional
que já atuam no setor, entendemos que 2013 obrigará as em-e
administrativa,
de modo
a criarem
diferencialee administrativa,
atenderem mepresas
a otimizarem
sua gestão
operacional
lhor
a demanda
mais
exigentee dos
contrantes
do setor.
Todos
de
modo
a criarem
diferencial
atenderem
melhor
a demanda
devem
buscar
excelência
no
serviço
prestado
e
na
gestão
opemais exigente dos contrantes do setor. Todos devem buscar
racional,
de
modo
a
sobreviver
neste
setor.
Esforço
este
excelência no serviço prestado e na gestão operacional,que,
de
com certeza,
redundará
em melhor
atendimento
ao consumimodo
a sobreviver
neste setor.
Esforço
este que, com
certeza,
dor final e em
melhores
aos contratantes.”
redundará
melhorresultados
atendimento
ao consumidor final e melhores resultados aos contratantes.”
Hélgio Trindade Filho, gerente de
produtos
da Digicongerente comercial da
Paulo Bomfim,
“Em Sistemas
nosso segmento,
deeestacionamentos
Nepos
de Controle
Automação
rotativos públicos, acreditamos que o mer“A expectativa da Nepos para o setor de
cado está em franca expansão. Cremos
estacionamentos é de um considerável
que a demanda por esta solução se deve
aumento da demanda, principalmente
principalmente ao aumento expressivo
na indústria de shopping centers, nosso
dos veículos em circulação em todas as
principal segmento de atuação, que concidades, e o decorrente problema de estacionamentos nas vias
tinua em plena expansão no País, com
públicas, assim como ao aumento dos projetos voltados à mobiliprevisão de inauguração de quase 50 novos empreendimendade urbana em decorrência dos grandes eventos. No segmento
tos em 2013. É também esperado um crescimento, porém
de estacionamentos públicos, o investimento em soluções com
pontual, em todos os outros setores atendidos pela Nepos,
tecnologia será a única forma de atender com melhor qualidade
especialmente em terminais aeroportuários e rodoviários e
e eficiência o aumento da demanda, pois o custo para o invescomplexos esportivos, devido à Copa das Confederações,
timento em infraestrutura é muito maior e mais complexo. A
neste ano, e do Mundo, em 2014. Para se preparar para este
perspectiva de um ano com mercado aquecido exige uma quaano, será preciso buscar eficiência por meio da inovação,
lificação nos serviços e nas soluções a serem oferecidas, para a
com pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias em
obtenção de uma maior eficiência nos resultados.”
meios de pagamentos e integração às empresas de geração
de benefícios, promoções e fidelização de clientes. As empresas deverão ser mais competitivas, através da redução
nos custos de mão-de-obra e matéria-prima, ter capital e ousadia para aproveitar as oportunidades do mercado, oferecer soluções eficientes e seguras com equipamentos robustos para o uso contínuo e intensivo e dispor de capacidade
em atendimento de serviços em todos os níveis.”
ParkingBrasil
Brasil
Parking
25/03/2013 20:45:52
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 19
19
25/03/2013 20:45:54
Eventos
Maior encontro americano do
setor ocorre em maio
em Fort Lauderdale
Mais de 50 sessões educacionais e 225 exibidores mostrarão as últimas
tecnologias, produtos e serviços voltados para estacionamentos, durante
a edição 2013 da Conferência do International Parking Institute (IPI)
Depois do deserto do Arizona, o
maior encontro do setor de estacionamento realizado na América será à
beira-mar. Mais de 2500 profissionais
de estacionamentos e transportes
do mundo inteiro são esperados em
Fort Lauderdale, na Flórida, para a
conferência anual do International
Parking Institute (IPI), que ocorre de 19 a 22 de maio de 2013.
no seu dia a dia”, afirma o diretor-geral do IPI, Shawn Conrad.
“É um evento incomparável para networking e oferece uma
rara oportunidade para aprender sobre novas ideias e tecnologias de líderes e idealizadores da indústria”, acrescenta. A
conferência também oferecerá a possibilidade de realizar diversas visitas externas a estacionamentos da região durante
o evento. O IPI é a maior entidade mundial que representa
operadores do setor de estacionamentos e tem forte parceria com a Abrapark desde 2011.
O evento reúne alguns dos os maiores especialistas do setor
para apresentar novas tecnologias, soluções de sustentabilidade e tendências da indústria. Um enorme pavilhão de exposição no Greater Fort Lauderdale Convention Center abrigará
mais de 225 expositores, que estarão mostrando desde sistemas automáticos e eletrônicos de pagamento a equipamentos sem fio para gerenciamento de tráfego e aplicativos para
smartphones. Profissionais de estacionamento de diversos
países estarão reunidos em mais de 50 sessões educacionais
com arquitetos, urbanistas, governantes e instituições para
aprender a capitalizar com as novas tendências e determinar
quais novas tecnologias se aplicam melhor para cada tipo de
operação e usuário. “A Conferência do IPI oferece uma oportunidade única para os interessados que enfrentam desafios
diversos de estacionamento, transporte e sustentabilidade
Mais informações no endereço www.parking.org.
20
Parking Brasil - ed 10.indd 20
Parking Brasil
25/03/2013 20:45:58
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 21
21
25/03/2013 20:46:01
Eventos
Estacionamentos e mobilidade urbana na pauta
do congresso da European Parking Association
O Centro de Convenções de Dublin sedia o congresso da EPA
A 16ª edição do Congresso da Associação Europeia de
Estacionamentos (EPA), que reúne as associações nacionais de
mais de 20 países, terá como tema central “Estacionamento e
Mobilidade Urbana” e incluirá a primeira apresentação na Europa
dos resultados do inovador programa de estacionamento da cidade
norte-americana de São Francisco, o SFPark. O congresso, que
acontece em Dublin, Irlanda, de 11 a 13 de setembro de 2013, também
incluirá um debate interativo sobre Estacionamento de Varejo, uma
análise comparativa sobre Aplicação de Políticas de Estacionamento
em diversos mercados europeus e a apresentação dos resultados
do amplo Projeto de Coleta de Dados do Mercado Europeu de
Estacionamentos. O Congresso da EPA, um dos mais importantes
encontros mundiais do setor, ocorre a cada dois anos e reúne os mais
experientes profissionais de estacionamentos da Europa. As sessões
22
Parking Brasil - ed 10.indd 22
de debate serão divididas em temas como Visão Estratégica do Setor
de Estacionamentos para 2013, Tecnologia para Estacionamentos em
Ação, a eficácia do estacionamento pago nas ruas, cooperação entre
os países europeus, gestão da mobilidade em grandes cidades, com
foco em cidades turísticas e grandes eventos. Entre os palestrantes,
nomes de destaque como Alan Bristow, secretário de transportes
de Londres (“Lições dos Jogos Olímpicos de 2012”); Craig Norton,
do Aeroporto Internacional de Sydney, Austrália (“Tecnologias
Integradas para Estacionamentos”); Carol Zimmerman, do Batelle
Institute (“Preços Dinâmicos em San Franscico”), o engenheiro
Michael Philips, diretor de Tráfego de Dublin (“Desafios do
Estacionamento em uma Cidade com 1.000 anos”) e o pesquisador
Giuliano Mingardo, da Universidade Erasmus de Roterdã, Holanda,
membro do comitê científico do congresso.
Parking Brasil
25/03/2013 20:46:04
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 23
23
25/03/2013 20:46:07
Artigo
Por que o “estacionamento” pode
ser o problema mais estressante das
prefeituras?
...e que impacto o estacionamento
realmente tem na vitalidade dos
centros urbanos?
Por Glenn Caldwell
Consultor da Parking & Traffic Consultants (Sydney, Austrália),
especializada em gerenciamento e estratégias de estacionamento
municipal. Mais informações: www.parkingconsultants.com
[email protected]
[email protected]
A maioria das prefeituras têm planos corporativos
que normalmente incluem objetivos bem claros com
relação a revitalizar o comércio de rua e das zonas centrais. Os centros comerciais urbanos locais mudam
constantemente – expandindo e contraindo conforme mudam as condições econômicas ou conforme
surgem novos empreendimentos que redirecionam a
atenção do público. Não é raro os comerciantes culparem a Prefeitura por não agir suficientemente rápido para defender os centros urbanos e comerciantes
locais. A reivindicação mais comum dos estabelecimentos é de que a falta de estacionamento afeta o
comércio e o número de visitantes em sua área.
Às vezes, coloca-se uma pressão excessiva e injusta
na Prefeitura exigindo o seu apoio ao comércio local
através da resolução de problemas que sequer são a
causa das crises comerciais – ou seja, focando apenas
em problemas relacionados ao estacionamento de
veículos, ao invés de resolver problemas universais
por meio de:
• Melhorias de espaços públicos;
• Maior variedade no comércio, com lojas especializadas para atrair diferentes públicos;
• Diminuição de permissões de estacionamento;
• Redução do fluxo pendular;
• Apoio ao ciclismo, transporte público e passeios a
pé.
Mesmo assim, o estacionamento tem o seu lugar na
revitalização dos centros urbanos. O que impede que
o estacionamento seja um recurso verdadeiramente
útil é o fato de que ele é uma ferramenta de uso político em todos os aspectos.
24
Parking Brasil - ed 10.indd 24
Parking Brasil
25/03/2013 20:46:07
Antes de começar qualquer iniciativa de estacionamento ou transporte, as prefeituras precisam se armar de dados estatísticos contundentes com relação às
suas comunidades, incluindo estudos que investiguem o tráfego regular e o uso
de estacionamento, com suporte de pesquisas e grupos focais respondendo a
perguntas como:
A tabela a seguir compara os gastos
médios dos visitantes, com diferentes meios de transporte:
• Por que as pessoas visitam nossos centros urbanos?
• Como elas chegam lá?
• O que torna a experiência positiva?
Experiências internacionais
Foi conduzido um estudo em Londres, em 2012, para investigar a relevância do
estacionamento no sucesso de centros urbanos no distrito da capital. Várias administrações da área solicitaram a uma consultoria local que discutisse os impactos
do transporte, fornecimento de estacionamento e estacionamentos pagos nas
vendas do varejo em centros urbanos. O resumo das descobertas inclui:
• Mais vagas de estacionamento não conduzem necessariamente ao sucesso
comercial.
• Não existe estacionamento “de graça”.
• Os comerciantes costumam superestimar o número de clientes que usa o
carro para ir ao seu estabelecimento. Em alguns casos, essa variação chega a
400%.
• Os motoristas gastam mais em uma única viagem; quem caminha ou pega
ônibus gasta mais no curso de uma semana ou mês.
• Uma boa variedade de lojas e serviços e um ambiente de qualidade são os
fatores mais importantes para atrair visitantes aos centros de cidades.
• As prefeituras precisam coletar dados relativos ao estacionamento de veículos, mas há menos informações disponíveis em relação aos fatores econômicos
dos centros urbanos.
Fonte: The Means (2012)
A tabela a seguir mostra claramente uma comparação entre
as expectativas de comercian-
Por exemplo, a Prefeitura de Sidney,
na Austrália, conduziu recentemente
um estudo de estacionamento em várias ruas principais. As estimativas iniciais da equipe e comerciantes locais
eram de que menos de 40% dos visitantes caminhavam até a rua principal,
ao passo que o estudo comprovou que
aproximadamente 55% das pessoas escolhem caminhar.
Além disso, no mesmo local, a Prefeitura recebia pedidos de vários comerciantes para aumentar o número de
vagas de estacionamento para seus visitantes, ao passo que o estudo apontou que havia vagas suficientes em
ruas próximas. O problema com essas
vagas é que elas não ficam imediatamente próximas do destino final do
motorista e também não ficavam à vista. A Prefeitura comprovou o valor de
uma boa pesquisa e está em melhores
condições de discutir com a população
a questão do estacionamento – com
melhores parâmetros.
tes com relação ao meio de
transporte de seus clientes
– e o que está acontecendo de
verdade:
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 25
As pesquisas desse tipo de informação
(incluindo comparações e tendências
ano a ano) com regularidade podem
servir como suporte para as iniciativas
de longo prazo das prefeituras, com
relação à renovação urbana – permitindo que as entidades comuniquem
suas intenções à população interessada, gerando uma transformação sem o
foco no veículo particular.
25
25/03/2013 20:46:10
As prefeituras precisam obter
as informações certas
Às vezes, o problema não se resume
a “Estacionamento Pago” contra
“Estacionamento
Gratuito”
–
“obrigar o estacionamento a suprir
uma demanda” em vez de “gerenciar
a demanda de estacionamento”. As
prefeituras precisam estar armadas
com o conhecimento e recursos
para consultar vários interessados
(comerciantes, residentes, etc.) com
dados reais e confiáveis sobre os
verdadeiros problemas que afetam
os residentes e os comerciantes,
incluindo:
• Qual é a parcela de visitantes e seus
meios de transporte em nossas zonas
centrais?
• O que cada categoria de visitantes
oferece com relação a gastos?
• Qual o impacto de cada categoria de
visitantes nos congestionamentos e
espaços urbanos?
• Por que os centros urbanos locais
possuem difícil acesso? A falta de estacionamento deve mesmo ser considerada a causa – ou seriam os erros de
planejamento ao longo do tempo e as
más políticas de transporte?
• De onde vêm todos os carros? De
moradores ou passantes?
• O que as pessoas estão fazendo
para adotar práticas de transporte
mais sustentáveis?
• As ruas principais de comércio local
têm uma combinação atraente de lojas e espaços públicos?
Como gerenciar o sistema moderno de estacionamento?
A tecnologia trouxe mudanças significativas aos sistemas de estacionamentos atualmente utilizados pelas prefeituras do mundo (uma tendência que tende a se acelerar). Com as mudanças das regras bancárias,
a expansão das redes de telecomunicação e os sistemas operacionais
de computadores mais avançados, integrar o sistema de estacionamento ao ambiente existente da Prefeitura é algo no mínimo desafiador. O
fluxograma a seguir mostra como pode ser complexo adotar um novo
sistema, mesmo em municípios de tamanho médio:
Conclusão
Se um centro urbano for atraente e vibrante, as pessoas
estão dispostas a fazer um esforço a mais para ir até ele
– independentemente da disponibilidade e custo de estacionamento. Filas intermináveis de veículos estacionados
em volta dos centros urbanos não fazem da área um local
vibrante – isso só pode ser feito com multiplicidade cultural, espaços públicos e lojas especializadas de diferentes
interesses.
As prefeituras devem conduzir pesquisas aprofundadas
sobre os padrões de transporte de seus visitantes para determinar em quais áreas precisam investir para gerar mais
fluxo de visitantes. Isso pode incluir a realização de melhorias
no transporte público, a construção de ciclovias e passarelas.
26
Parking Brasil - ed 10.indd 26
O estacionamento tem um papel na divisão dos modos
de transporte, já que sempre haverá pessoas cuja única
opção é utilizar um veículo particular. O truque é garantir que haja espaço suficiente para os motoristas, assegurando que o transporte alternativo (ônibus, trens, caminhada e bicicleta) seja a forma preferida da maioria
dos visitantes. Dessa maneira, desonera-se a Prefeitura
da obrigação de construir estacionamentos caros e que
geram congestionamentos. Além disso, as vagas de estacionamento em volta dos centros urbanos devem ser
gerenciadas de forma inteligente para maximizar seu uso
e resultados (ou seja, permitindo que mais carros usem
menos espaços).
Parking Brasil
25/03/2013 20:46:12
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 27
27
25/03/2013 20:46:12
congr
Vitrine
Anunciador de voz para vagas especiais
O Anunciador de Voz da Engeltec reduz o uso indevido das vagas especiais de um estacionamento. Através do monitoramento contínuo da vaga, o aparelho emite uma mensagem de voz após a parada do veículo, informando o cliente que a vaga é reservada
para idosos, gestantes ou portadores de necessidades especiais. A mensagem de voz
em formato mp3 pode ser customizada, de acordo com a necessidade ou padrão.
Engeltec - Soluções Digitais
Telefone: (051) 3352-8270
[email protected]
Gestão centralizada para
redução de custos e prevenção
de fraudes
Paraciclo modular
Os paraciclos modulares têm como diferencial o fato que podem
ser movimentados ou mesmo guardados quando não estiverem
em uso. Inspirados no modelo inglês “Sheffield”, popularmente
conhecido como “U” invertido, cada um dos paraciclos permite o
estacionamento simultâneo de duas bicicletas. Este modelo é considerado pelos ciclistas como ideal e mais seguro por permitir que
a bicicleta seja trancada pelo quadro e pelas rodas, minimizando a
possibilidade de furto da bicicleta ou apenas de suas rodas. Além
disso, o paraciclo neste formato não danifica nem entorta as rodas
e raios das bicicletas.
Ciclomídia
Telefone: (011) 2503-1678
www.ciclomidia.com.br
Nepos G/Valet
Esta solução da marca suíça Zeag busca
ser uma alternativa para as crescentes
dificuldades dos operadores de estacionamentos em obter mão de obra qualificada, minimizando custos operacionais
através de gestões unificadas, onde diversas instalações em diferentes locais,
cidades ou até países podem ser geridas
de apenas uma sala de controle operacional e financeiro. Como novidade,
algumas funções de automações terceirizadas também poderão ser integradas
a este recurso, bem como os caixas automáticos que atuam 24 horas. A gestão
unificada tem como principal benefício
inibir ou neutralizar fraudes.
Multifrota Brasil
Telefone: (011) 2386-5006
E-mail: fl[email protected]
www.zeag.com
InfoPark
A solução NEPOS G\VALET® é responsável pela gestão dos veículos em áreas
com serviço de valet.. A recepção é efetuada através de um terminal fixo ou portátil,
com a identificação de modelo, cor, placa,
prisma, entre outros. A solução está integrada ao sistema Sem Parar/Via Fácil, presente em mais de 150 estacionamentos, incluindo shoppings e aeroportos, e o pagamento do
serviço de valet pode ser efetuado em um caixa
Nepos local ou incluído no valor da estadia do
estacionamento na fatura mensal do usuário
do Sem Parar. O cliente solicita a devolução
do seu veículo apresentando seu smartcard ou
ticket com código de barras ao leitor do totem
de chamada, podendo acompanhar o tempo de
entrega através do monitor instalado no totem.
InfoPark é o aplicativo para
smartphones
da
ParkHelp
que permite a visualização da
quantidade de vagas livres em
um estacionamento, em tempo
real, que se atualiza a cada minuto
e é configurável de acordo com
as necessidades do cliente.
As vagas livres de cada planta
podem ser visualizadas em dispositivos móveis ou em navegadores
web. A ParkHelp configura o aplicativo através de um web app para
smartphone e dá o acesso ao aplicativo por um domínio escolhido pelo
cliente ou pelo domínio próprio da ParkHelp.
ParkHelp do Brasil
www.parkhelp.com
Telefone: (021) 3258-7664
Nepos Sistemas
Telefone: (011) 3018-5400
www.nepos.com.br
Para divulgar produtos na seção Vitrine da
Revista Parking Brasil, entre em contato com
[email protected]
28
Parking Brasil - ed 10.indd 28
Parking Brasil
25/03/2013 20:46:21
congress blue ad 1circ discountps
14/02/2013
19:45
Page 1
The Irish Parking Association invites you to the
16th EUROPEAN PARKING ASSOCIATION CONGRESS
in the Convention Centre Dublin, on September 11-13, 2013
DELEGATE REGISTRATION NOW OPEN
Book online at www.epacongress.eu
A limited number of
sponsorship and exhibition
opportunities available
THE PREMIER EUROPEAN PARKING INDUSTRY EVENT
incorporating the 2nd Annual Global Parking Associations Leadership Summit [GPALS]
All information is on the official congress website
or email the conference organisers at [email protected]
Platinum Sponsors include:
Silver Sponsors include: Six Payment Services, Apcoa, Euro Car Parks, Parkeon, Q-Park,
Scheidt and Bachmann,Tazbell Services Group
www.epacongress.eu
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 29
29
25/03/2013 20:46:21
O 3º Fórum Internacional Sobre
Mobilidade Urbana – 2013 traz
palestras, apresentação de exemplos
e casos de sucesso, por empresas
especializadas internacionais e
rodadas de negócios. Com o tema
Desenvolvimento sustentável e
inteligente, acessibilidade e inovações
tecnológicas, o evento trará
especialistas do Brasil e do exterior.
Abril
Onde: Florianópolis (SC)
http://mobilidadenascidades.com.br/blog
16 a 18
11 a 13
mais de 60 países, para mais de 250
sessões de palestras e conferências já
confirmadas. A cada ano, o encontro
ocorre em um local diferente, entre
Europa, Ásia-Pacífico e América do
Norte. Em 2012, foi realizado em
Viena, na Áustria.
O 16ª EPA Congress é um evento
da European Parking Association
realizado a cada dois anos, no qual
os problemas e as perspectivas de
tráfego parado em conexão com
o desenvolvimento do tráfego nas
cidades da Europa são discutidos.
Onde: Tóquio (Japão)
www.itsworldcongress.jp
Onde: Dublin (Irlanda)
www.epacongress.eu
Traffex International Exhibition é uma
feira que reúne as tendências para
o tráfego no mundo todo e exibe
modernos sistemas de trânsito.
Onde: Birmingham (Inglaterra)
2013.traffex.com
21 a 25
O Canadian Parking Association 2013
Annual Conference & Trade Show
é o encontro anual da Associação
Canadense de Estacionamentos que
reúne empresários e fornecedores
de todo o Canadá para uma série
de debates e conferências, além de
apresentação de novos produtos e
tecnologias. A edição de 2012 ocorreu
em Calgary e teve como tema “A
Evolução dos Estacionamentos”.
Dezembro
3a5
Setembro
Abril
2013
Setembro
Agenda
03 a 05
A Expo Parking é a única feira voltada
exclusivamente para a indústria
de estacionamentos do Brasil e
será organizada, pela terceira vez,
paralelamente ao Transpoquiq
Latin America, o maior evento de
infraestrutura para transportes da
América Latina.
S
C
Onde: Pavilhão Vermelho, Expo
Center Norte, São Paulo (Brasil)
www.transpoquip.com.br
www.expo-parking.com.br
Dezembro
19 a 22
2013 IPI CONFERENCE & EXPO é
maior encontro mundial do setor de
estacionamentos, organizado pelo
International Parking Institute (IPI).
Onde: Fort Lauderdale, Flórida (EUA)
www.parking.org
CONFERENCE & EXPO
2 0 1 3
MAY 19-22
FORT LAUDERDALE
Outubro
Maio
Onde: Montreal (Canadá)
www.canadianparking.ca
14 a 18
A 20ª edição do ITS World Congress
ocorre este ano em Tóquio, no Japão.
O encontro reúne profissionais e
pesquisadores do mundo inteiro,
engajados em temas sobre
Sistemas de Transporte Inteligente
(Intelligent Transport Systems,
na sigla em inglês). A expectativa
para esta edição, cujo tema será
“Open ITS to the Next”, é receber
8 mil profissionais, provenientes de
04 a 05
A Abrapark realiza a terceira
edição do Congresso Brasileiro
de Estacionamentos, reunindo
palestrantes de renome internacional
e operadores e colaporadores do
setor, de todo o Brasil.
Onde: Pavilhão Vermelho, Expo
Center Norte, São Paulo (Brasil)
www.abrapark.com.br
A Abrapark não se responsabiliza por mudanças
nas datas e programação dos eventos.
P
m
p
Envie informações para a agenda de eventos da
Parking Brasil. Entre em contato com
[email protected]
30
Parking Brasil - ed 10.indd 30
Parking Brasil
25/03/2013 20:46:23
Filial Própria no Brasil.
Shopping Center
Chegar, estacionar e desfrutar.
A solução mais completa para o seu estacionamento.
Sistema Inteligente
de Orientação
Indoor
Sistema Inteligente
de Orientação
Outdoor
Sinalização Sinalização
Estática
Dinâmica
Lighting
Find
YourCar
Digitalizar o código QR
para visualizar o video
corporativo
InfoPark
Mobility & Sustainability Solutions
Escritório no Rio de Janeiro
Av. Evandro Lins e Silva, 840 Sala 1404 Barra da Tijuca.
22631-470 Rio de Janeiro RJ Tel. +55 21 3258 7664
Escritório em São Paulo
Av. Paulista, 967 Térreo, Sala 3 Cerqueira César.
01311-100 São Paulo SP Tel. +55 11 3145 5854
Escritório em Goiânia
Rua 25 A, 496 Setor Aeroporto.
74070-150 Goiânia GO Tel. +55 62 3922 5053
ParkHelp_ 45 países,
mais de 200.000 vagas instaladas.
parkhelp.com
Janeiro/Fevereiro
Parking Brasil - ed 10.indd 31
Park
Manager
31
25/03/2013 20:46:24
www.presenca.com.br
Entre uma tecnologia e outra,
prefira a que tem mais estrada.
Cancelas Magnetic.
Conte com a eficiência das cancelas preferidas para uso nos pedágios de todo o país.
Magnetic. Equipamentos extremamente resistentes, ideais para condomínios, centros
comerciais, indústrias e outras tantas situações de fluxo intenso de veículos. Padrão de
qualidade internacional e fabricação no Brasil. O padrão que você procura.
Magnetic. Cancelas com estrada de sobra para você ficar tranqüilo.
Placa lógica. Mais de 20 funções. Compatibilidade com qualquer sistema existente.
Autonomia estendida. 13.000 ciclos/dia.
Incomparável. Braços até 10 m.
Garantias. 2 anos. Atendimento ágil e dedicado o tempo todo.
Custo x benefícios. Vida útil em torno de dez anos. Baixa ou nenhuma manutenção.
O menor consumo de energia do mercado. Resultado: pagam-se rapidamente.
E mais. Fale com a Magnetic e conheça outras vantagens exclusivas.
11 5660.8500
[email protected]
www.magnetic.com.br
32
Parking Brasil - ed 10.indd 32
Parking Brasil
25/03/2013 20:46:26

Documentos relacionados

AF_Abrapark_Revista Parking_Ed 29.indd

AF_Abrapark_Revista Parking_Ed 29.indd 01311-940 - São Paulo - SP - Fones: +55 11 2172.2120 / +55 51 3286.0011 - www.abrapark.com.br Diretoria Executiva Presidente: Sergio Morad / Vice-Presidente de Finanças: Marcelo Alvim Gait / Vice-P...

Leia mais

Novembro/Dezembro 2013

Novembro/Dezembro 2013 Publicação da Associação Brasileira de Estacionamentos - Av. Paulista, 2073 - Horsa I - 3º andar - Cj. 322 - CEP 01311-940 - São Paulo - SP - Fones: +55 11 2172.2120 / +55 51 3286.0011 - www.abrapa...

Leia mais

Leia essa edição

Leia essa edição Publicação da Associação Brasileira de Estacionamentos - Av. Paulista, 2073 - Horsa I - 3º andar - Cj. 322 - CEP 01311940 - São Paulo - SP - Fones: +55 11 2172.2120 / +55 51 3286.0011 - www.abrapar...

Leia mais